Raio-X: Celeiro decide título do Brasileirão Sub-20

Juniores decidem título nacional contra o São Paulo/Foto: Jota Finkler

Manhã histórica para o Celeiro de Ases! A partir das 11h deste domingo (28/11), o Sub-20 do Clube do Povo visita o São Paulo, no Morumbi, para a disputa da finalíssima do Brasileirão da categoria. Em vantagem após vitória de 2 a 0 na ida, realizada no Beira-Rio, o Inter pode perder por até um gol de diferença que, mesmo assim, garantirá a taça. Confira todas as informações sobre o duelo!


Transmissão 📻

Veículo que mais transmite o Inter, a Rádio Colorada acompanhará a finalíssima do Brasileirão Sub-20 de maneira especial. Ao vivo a partir das 10h30, a cobertura da emissora oficial do Clube do Povo contará com boletins e entrevistas exclusivas direto do Morumbi. Confira a programação:

Domingo (28/11)Plataformas
10h30Portões AbertosInternet e App do Inter
11hJornada EsportivaInternet e App do Inter
13hVestiário VermelhoInternet e App do Inter
Ninguém transmite mais o Inter do que a Colorada/Foto: João Callegari

As redes sociais do Inter (@scinternacional no TwitterInstagram Facebook) acompanharão a partida através de relato minuto a minuto. Com imagens, o SporTV, a Band e o Eleven Sports anunciam transmissão.


Regulamento 📖

Sub-20 pode perder por até um gol no Morumbi/Foto; Jota Finkler

Competição eliminatória organizada pela CBF, o Brasileirão Sub-20 não conta com saldo qualificado por gols marcados fora de casa como critério de desempate. Assim, o São Paulo precisa vencer por três gols de diferença para garantir a taça no tempo normal. Triunfo adversário por escore idêntico ao do construído pelo Inter no Beira-Rio levará a decisão para os pênaltis, ao passo que demais resultados valem troféu ao Celeiro.


Vamo, Inter! 💪

Celeiro chegou embalado à final/Foto: Jota Finkler

Sem espaço para euforia, os juniores colorados passaram por semana de intensa preparação para a final do Campeonato Brasileiro. O foco na decisão justificou, inclusive, preservação da maioria dos nomes que compõem o Sub-20 na última quarta-feira (24/11), data de confronto válido pela 13ª rodada do Gauchão da categoria. No CT de Alvorada, o Celeiro, representado pelos juvenis, foi superado por 1 a 0 pelo Garibaldi.

Desde a última sexta (26/11), a gurizada colorada já se encontra em São Paulo, onde desembarcou no turno da tarde. Na partida de volta da decisão, os técnicos João Miguel e Leonardo Martins não poderão contar nem com Tiago Barbosa, nem com Juan Cuesta, ambos suspensos pelo terceiro cartão amarelo. No Beira-Rio, a dupla foi substituída, na etapa final do domingo passado (21/11), por Vitinho e João Felix, respectivamente.

Invicto há 11 jogos no Brasileirão Sub-20, o Clube do Povo cresceu na hora certa para chegar à final do país. Sétimo colocado na primeira fase, condição que atingiu após vitórias nas quatro últimas rodadas do turno de pontos corridos, o Celeiro eliminou Palmeiras e Atlético-MG nas respectivas quartas e semifinais. Enquanto o Porco foi superado pelo agregado de 5 a 4, construído depois de triunfo de 2 a 1 na ida, em Alvorada, e empate de 3 a 3 em São Paulo, o Galo sucumbiu pelo escore de 1 a 0 – resultado do confronto de volta, sediado em Belo Horizonte.

Luta nos mata-matas começou contra o Palmeiras/Foto: Jota Finkler

Individualmente, a sólida campanha colorada conta com destaques em diversos setores. Goleador do Clube do Povo na competição, Matheus Cadorini balançou as redes nove vezes no Brasileiro, número que referenda sua crescente rodagem no grupo principal, com quem já soma dois gols marcados. Depois do centroavante, a artilharia do Celeiro apresenta Juan Cuesta e Allison, empatados com cinco tentos anotados, dois a mais do que o quarteto formado por Thauan Lara, Matheus Dias, Vini Mello e Nicolas.

Cuesta (E) e Cadorini (D) são dois dos destaques da campanha colorada/Foto: Jota Finkler

Segundo na artilharia, Juan Cuesta lidera a lista de garçons do Celeiro de Ases no Brasileirão Sub-20 – também empatado com outro companheiro. Tanto o colombiano quanto Cléberson já ofereceram cinco passes para gol no torneio, dois a mais do que Thauan Lara, nome seguinte na estatística e sucedido por Estêvão, Allison, Pedrinho e Jonathan, responsáveis por duas assistências, o dobro de Nicolas, Vini Tobias, Bernardo, Anthoni e Cadorini.


A vitória na ida 🔙

Gurizada não deu chances para o São Paulo no Beira-Rio/Foto: Jota Finkler

Foi através dos gols de Matheus Cadorini e Juan Cuesta, cada um em uma etapa, que o Inter construiu importante vantagem na decisão do Campeonato Brasileiro Sub-20 de 2021. Senhor do jogo desde o primeiro apito, o Celeiro passou a atuar com superioridade numérica a partir dos 20 minutos, quando Patryck, lateral-esquerdo do São Paulo, foi expulso. Exatamente por este setor, Cadorini sofreu e converteu pênalti já nos acréscimos da etapa inicial.

O segundo gol da tarde de domingo foi anotado aos 10. Lançado pela ponta-esquerda da goleira sul do Beira-Rio, Juan Cuesta deixou a marcação para trás e tentou servir Cadorini. Falha, a assistência explodiu no pé de defensor rival antes de retornar para o camisa sete, que usou do peito para arredondar bola espirrada e, de imediato, emendar chute forte de perna direita, que ainda picou em frente ao goleiro Felipe antes de morrer nas redes.

Vantagem foi bastante comemorada pelo Inter/Foto: Jota Finkler

Arbitragem 👨‍⚖️

Alexandre Vargas Tavares de Jesus, auxiliado por Thiago Rosa de Oliveira e Thayse Marques Fonseca. Trio carioca. Quarto árbitro: João Vitor Gobi, de São Paulo.


Rival 🆚

Alex (D) é o técnico do Sub-20 tricolor/Foto: Ricardo Rimoli/São Paulo

Comandado por Alexsandro de Souza, ex-atleta de Cruzeiro, Palmeiras, Fenerbahçe e Curitiba, o São Paulo encerrou a primeira fase do Campeonato Brasileiro na quarta colocação. Nas quartas de final, a equipe paulista eliminou o Athletico-PR, enquanto o Flamengo, treinado por Fábio Matias, ex-Inter, foi a vítima das semis. A partida deste domingo será a primeira disputada, nesta campanha, pelo Tricolor no Morumbi.


Palco 🏟️

Colorados terão acesso liberado ao Morumbi/Foto: Ricardo Duarte

Oficialmente nomeado Cícero Pompeu de Toledo, o Morumbi receberá até 13.000 pessoas no duelo deste domingo. Do total de ingressos disponibilizados pelo São Paulo, três mil foram destinados à Maior e Melhor Torcida do Rio Grande, que terá acesso liberado ao Estádio, mediante apresentação de documento de identificação e uso de máscara, com entrada pelo portão 15A.


Campanha colorada 📊

Colorado venceu 12 dos 24 jogos que já disputou/Foto: Jota Finkler

O Celeiro de Ases venceu metade das partidas que disputou na atual edição do Campeonato Brasileiro Sub-20. Dono de 12 triunfos, o Clube do Povo ainda empatou sete e perdeu cinco dos duelos que integram sua campanha, dona de saldo positivo de 13 gols. Até aqui, os comandados de João Miguel e Leonardo Martins somam 40 tentos anotados. Relembre a caminhada do Inter até a finalíssima:

Primeira fase:
26/06 (SÁB) – Corinthians 1 x 1 Internacional –Gol: Allison;
30/06 (QUA) – Internacional 2 x 1 Ceará – Gols: Allison e Carlos Eduardo;
03/07 (SÁB) – Vasco 1 x 0 Internacional;
10/07 (SÁB) – Internacional 1 x 3 Palmeiras – Gol: Juan Cuesta;
14/07 (QUA) – Fortaleza 0 x 3 Internacional – Gols: Juan Cuesta e Matheus Cadorini (2x);
18/07 (DOM) – Internacional 1 x 0 Fluminense – Gol: Matheus Dias;
26/07 (SEG) – Grêmio 2 x 2 Internacional – Gols: Juan Cuesta e Matheus Cadorini;
28/07 (QUA) – Internacional 1 x 1 Athletico-PR – Gol: Jonathan;
01/08 (DOM) – São Paulo 1 x 1 Internacional – Gol: Juan Cuesta;
08/08 (DOM) – Internacional 1 x 0 Flamengo – Gol: Matheus Cadorini;
14/08 (SÁB) – Botafogo 3 x 2 Internacional – Gols: Vini Mello e Matheus Cadorini;
22/08 (DOM) – Internacional 2 x 3 Chapecoense – Gols: Contra e Vini Mello;
28/08 (SÁB) – Atlético-MG 1 x 0 Internacional;
04/09 (SÁB) – Internacional 4 x 0 Santos – Gols: Vini Mello, Allison, Gustavo e Thauan Lara;
11/09 (SÁB) – Internacional 1 x 1 América-MG – Gols: Thauan Lara;
18/09 (SÁB) – Atlético-GO 1 x 2 Internacional – Gols: Matheus Cadorini (2x);
26/09 (DOM) – Internacional 2 x 0 Bahia – Gols: Nicolas e Vitinho;
03/10 (DOM) – Sport 3 x 4 Internacional – Gols: Matheus Dias, Nicolas, Allison e Thauan Lara;
12/10 (TER) – Internacional 2 x 1 Cruzeiro – Gols: Tiago Barbosa e Nicolas;

Quartas de final:
18/10 (SEG) – Internacional 2 x 1 Palmeiras – Gols: Matheus Cadorini e Estêvão;
24/10 (DOM) – Palmeiras 3 x 3 Internacional – Gols: Allison, Matheus Dias e Lucca;

Semifinal:
31/10 (DOM) – Internacional 0 x 0 Atlético-MG;
07/11 (DOM) – Atlético-MG 0 x 1 Internacional – Gol: Thauan Lara;

Final:
21/11 (DOM) – Internacional 2 x 0 São Paulo – Gols: Matheus Cadorini e Juan Cuesta;
Time já soma 11 jogos de invencibildiade/Foto: Jota Finkler

Um século de Carlitos, o maior goleador da história colorada

Ídolo colorado (D) marcou época no Rolo Compressor

Este poderia ser apenas mais um sábado qualquer. Entretanto, para os colorados, tem um sabor especial. Há cem anos, nascia o nosso maior goleador de todos os tempos. Alberto Zolim Filho, popularmente conhecido como Carlitos, é definitivamente um personagem lendário na história do Clube do Povo, com lugar especial reservado na galeria de maiores ídolos. Nada mais justo para quem marcou quase 500 gols defendendo, por toda vida, uma única camisa – a colorada.

Ícone do Rolo Compressor, Carlitos aterrorizou as defesas adversárias por nada menos que 14 temporadas vestindo vermelho e branco, de 1938 a 1951. Com ele em campo, o Inter alcançou a sua primeira era dourada, dominando completamente o futebol do sul do Brasil e alcançando a supremacia, ainda vigente, no clássico Gre-Nal.

Falecido em 2001, aos 79 anos de idade, Carlitos completaria 100 anos neste sábado (27/11), mas suas histórias ficaram eternizadas nas páginas gloriosas do Clube do Povo.

Foto: Revista Colorada / Julho 1958 – Disponível para consulta na Biblioteca Zeferino Brazil /FECI

Criado no bairro Tristeza, na zona sul de Porto Alegre, desde cedo o menino ainda franzino empolgava os moradores da região com seu faro de gol e dribles desconcertantes. Com menos de 17 anos, foi levado para o Inter. Inicialmente, em função da forte linha ofensiva colorada formada por nomes como Sylvio Pirillo, Acácio e Castilhos, seria aproveitado como zagueiro. Porém, após alguns treinamentos, conquistou seu espaço na ponta-esquerda, posição de origem do futuro craque.

Com efeito imediato na equipe, não demorou para ser convocado para a Seleção Gaúcha, ainda no mesmo ano. Feito que revelaria ser uma das maiores honras da sua carreira, assim como poder atuar ao lado de ídolos como Risada, Levi, Motorzinho e Osvaldo Brandão no Clube do Povo. Pouco a pouco, o promissor goleador ia se tornando crucial no time do seu coração.


‘La Mano de Dios’ – Carlitos também marcou um icônico gol com a mão. Ao invés dos ingleses, as vítimas foram os catarinenses, quando o ídolo atuava pela Seleção Gaúcha.

Foto: Revista Colorada / Julho 1958 – Disponível para consulta na Biblioteca Zeferino Brazil /FECI

Com forte apoio popular, o Clube do Povo crescia a passos largos nesta época. Jovens como ele vinham da várzea e ligas humildes, como a da Canela Preta, para formar um time que marcaria época na década seguinte. Começava a surgir o mítico Rolo Compressor – e aquele guri da zona sul de Porto Alegre seria fundamental.

Ao lado de Tesourinha, Nena, Adãozinho e outros craques, levou o Inter à hegemonia, ainda vigente, no Gre-Nal e no Gauchão – título que conquistou nada menos que 10 vezes. Se tornou ícone de um time lendário que redefiniu o futebol do Sul do Brasil.

Foto: Revista Colorada / Julho 1958 – Disponível para consulta na Biblioteca Zeferino Brazil /FECI

Goleador implacável, tornou-se o maior artilheiro do Inter, do Gre-Nal e do futebol gaúcho em todos os tempos – recordes que perduram até hoje. Entre seus 485 gols, reservou 42 deles somente para o clássico, seu jogo preferido. Frio e calculista, jamais desperdiçou um único pênalti em toda sua carreira.

Não faltavam recursos para o artilheiro. Em um clássico com o Cruzeiro-POA, em 1945, o atacante balançou as redes de forma inusitada, no famoso ‘Gol do Plano Inclinado’, desafiando a física e deixando adversários incrédulos. Na ocasião, quando avançava para finalizar, o ídolo acabou passando da bola e, na fome pelo gol, deu um salto para trás, alinhando seu corpo ao horizonte. Praticamente deitado no ar, Carlitos conseguiu o cabeceio consagrador.

Carlitos e o ‘Gol do Plano Inclinado’, retratado em obra de arte

Por vezes, encarnava o próprio Saci. Especialista na arte de provocar defensores e criar armadilhas para os goleiros, Carlitos aprontava as suas peripécias pelo bosque dos Eucaliptos. Em um clássico, antes de um escanteio ser batido, prendeu o calção do desavisado goleiro gremista Júlio em um prego da trave. Quando o arqueiro saltou na direção da bola, a peça do uniforme não o acompanhou, permanecendo pendurada e rasgada na goleira.


Eterno romântico, dedicou uma vida ao Colorado e jamais trocou de time. Seu amor chegou ao ponto de batizar três filhos com a letra inicial do Inter: Ivan, Iran e Irany, o trio da imagem.

Foto: Revista Colorada / Julho 1958 – Disponível para consulta na Biblioteca Zeferino Brazil /FECI

Herói e protagonista de um romance sem fim. Homem que viveu um amor autêntico e correspondido, com aroma de Eucaliptos e sabor de gols. Muitos gols. Eterno Carlitos!

“Aos novos que vestem a camiseta do nosso glorioso clube, gostaria de dizer que façam como os de antigamente: o coração rubro em primeiro lugar, amor à camiseta.”

Carlitos

Gurias vencem na estreia da Copa Gaúcha Sub-17

Grupo se reuniu antes do jogo./Foto: João Callegari

Na rodada de abertura da Copa Gaúcha Sub-17 as Gurias Coloradas venceram o Juventude por 7 a 0. Os gols foram marcados por Tamara Bolt (3x), Kamile, Priscila, Carol Gil e Érica.

O primeiro tempo começou muito movimentado, o Inter iniciou pressionando a saída de bola adversária, chegando com perigo em bolas paradas nos primeiros minutos. Foi em uma bola parada, um escanteio, que Kamile cobrou na segunda trave e Tamara subiu mais alto que todo mundo para abrir o placar e deixar o jogo mais tranquilo. Depois do placar aberto, o Colorado ficou mais leve e conseguiu colocar seu futebol em campo, Maju recebeu bola na intermediária e deu um lindo lançamento para Tamara encobrir a goleira e marcar o seu segundo no jogo, pouco tempo depois, Carol Gil recebeu a bola pela ponta-esquerda e fez um belo cruzamento, ‘Bolt’ subiu mais alto que a lateral e cabeceou para o fundo das redes, fim de primeiro tempo: Gurias 3 x 0 Juventude. 

Logo no início da etapa complementar, as Gurias voltaram marcando: Kamile cobrou escanteio fechado, a zaga não tirou e Priscila, com seu oportunismo e boa finalização que a torcida colorada já conhece, colocou para o fundo das redes. Poucos minutos depois Kamile recebeu passe de Tamara, a nossa camisa 9 deu um belo chute, colocando a bola no ângulo, sem chances para a arqueira adversária. Depois de algumas trocas no time, o desempenho e vontade não mudou, Ju Romanelli cobrou um tiro de canto e Carol Gil acertou um belo chute de perna direita ampliando o placar. Para fechar a goleada, Érica recebeu toque de Berchon pela intermediária esquerda, conseguiu um belo cruzamento que passou por todo mundo, até pela goleira, dando números finais a partida: Gurias Coloradas 7 x 0 Juventude. 

Treinadas pelo técnico Fábio Sanhudo, as Gurias foram a campo com: Mari Zanella, Teté, Carla (Guta), Raiara e Carol Gil (Érica); Kewllen, Danny Teixeira (Berchon) e Maju (Ju Romanelli); Tamara, Priscila (Iasmin) e Kamile (Clarinha). 

Érica (E) comemorou seu gol com Duda Flores e Mari Barbieri./Foto: João Callegari

Preparação finalizada para enfrentar o Santos no Gigante

O Colorado tem mais um duelo direto na tabela de classificação. O adversário da vez é o Santos, neste domingo (28/11), às 19h, no Beira-Rio, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. Apenas dois pontos separam as duas equipes nesta reta final da competição. Uma vitória deixa o Clube do Povo mais perto de conquistar o seu objetivo: a classificação para a Libertadores.

A preparação para a partida contra o Santos foi encerrada na manhã deste sábado (27/11), no CT Parque Gigante. O treinador Diego Aguirre comandou – junto da sua comissão – exercícios físicos, depois seguiu com atividade de posse de bola em curto espaço de campo e completou com um treinamento tático, além de um trabalho de bola parada defensiva e ofensiva.

Para o confronto deste fim de semana, o comandante não terá à disposição Rodrigo Dourado e Paulo Victor, suspensos, além de Rodrigo Lindoso, com uma lesão muscular na coxa.

O Inter tem 45 pontos e busca mais uma vitória para retornar a zona de classificação para a Copa Libertadores da América. Já o Santos tem dois pontos a menos e está na 11ª posição. A Rádio Colorada e as redes sociais do Clube acompanham todos os detalhes da partida em tempo real.

Colorado começa preparação para receber o Santos

O Campeonato Brasileiro chegou na reta final e o Colorado tem mais três desafios importantes pela frente em busca da classificação para a Libertadores da América. O primeiro é neste domingo (28/11), no Beira-Rio, contra o Santos, às 19h, válido pela 36ª rodada. O treinador Diego Aguirre iniciou na tarde desta sexta-feira (26/11) a preparação para a partida.

O treinamento foi dividido em duas partes. Enquanto a equipe que atuou contra o Fluminense realizou atividades físicas na academia e depois correu ao redor do campo, o restante do elenco trabalhou com bola. O treinador uruguaio comandou diversos exercícios técnicos em campo reduzido, exigindo muita intensidade, posse de bola e finalizações dos jogadores.

Para o próximo confronto, o comandante não terá à disposição o volante Rodrigo Dourado, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, além de Paulo Victor, expulso no último jogo. Rodrigo Lindoso, com uma lesão muscular na coxa, também fica de fora. O grupo colorado volta a treinar na manhã deste sábado (26/11), encerrando a preparação para a partida.

Inter promove ‘Red Weekend’ com desconto para Carteiras Vermelhas e promoção de ingressos para o jogo contra o Santos

Os torcedores colorados terão três dias para aderirem à promoção da Carteira Vermelha (modalidade Sócio Colorado), além de poder prestigiar o Inter em campo contra o Santos. De sexta-feira (26/11) até domingo (28/11), o Inter promove a ‘Red Weekend’, onde a aquisição da carteira terá 10% de desconto e os colorados ainda terão direito a receberem gratuitamente a camiseta casual antirracismo, lançada neste mês, que poderá ser retirada na CAS a partir de 15 de dezembro.

O valor da carteira passa de R$ 2.200,00 para R$ 1.980,00. Outra ação da Red Weekend é oferecer ingressos gratuitos para torcedores que adquirirem qualquer produto acima de R$ 100,00 nas lojas físicas Inter Store. A promoção também é valida até domingo.

“A Carteira Vermelha é a modalidade mais desejada pela torcida, tanto que as poucas unidades que são colocadas à venda se esgotam rapidamente. Para contemplar que mais pessoas tenham acesso a ela, resolvemos fazer essa campanha com duração estendida. E a promoção no ingresso é porque queremos casa cheia para incentivar o time até o último minuto. Precisamos do torcedor ao nosso lado. E a hora é agora, uma vez que temos apenas mais dois jogos em casa”, afirma o vice-presidente de Marketing, Jorge Avancini.

A modalidade Sócio Colorado, popularmente conhecida como Carteira Vermelha, pode ser adquirida neste valor promocional em até 12 vezes no cartão de crédito, sendo que já está inclusa a taxa do cartão de acesso (carteira impressa). A mensalidade fica por R$ 125,00. A associação deve ser feita diretamente no site do Clube.

Entre os benefícios estão o acesso aos jogos mediante Check-In, descontos em produtos oficiais, participação em promoções e sorteios do Clube, direito a voto nas eleições do (conforme regras de estatuto), visita Colorada e Museu do Inter com 100% de isenção e uso do Parque Gigante com descontos especiais na natação, academia e nos salões de festa.

“Esta é um época ótima para realizarmos a campanha. Pegamos como mote a Black Friday e ampliamos. Nosso objetivo é que a Carteira Vermelha seja, também, uma opção para presentear aquela pessoa especial, que pode ser alguém da família, um amigo ou qualquer um que mereça fazer parte do nosso quadro social e ostentar essa carteira que é um orgulho colorado”, finaliza Avancini.

Beira-Rio iluminado pelo Dia Nacional do Doador de Sangue

O vermelho que colore o Beira-Rio nesta noite carrega um significado especial. Comemorado nesta quinta-feira (25/11), o Dia Nacional do Doador de Sangue foi criado com o objetivo de estimular a população a doar, prática que se tornou ainda mais necessária desde o início da pandemia do novo coronavírus, que levou ao esvaziamento dos estoques de hemocentros localizados Brasil afora. A iluminação cênica de nossa casa, portanto, serve de convocação a todos que puderem fazer sua parte. Doe sangue!

FECI proporciona às crianças concerto didático com orquestra

Maestro interagiu com os jovens (Foto: Felipe Bortoluzzi)

Na tarde desta quinta-feira (25/11), a Fundação de Cultura e Educação do Internacional (FECI) promoveu uma ação incrível no espaço do Coração do Gigante, no Beira-Rio. A Orquestra Jovem do Rio Grande do Sul (OJRS), um projeto que conta com cerca de 115 crianças e adolescentes de baixa renda, presenteou as crianças do Projeto Interabilita e Projeto Interagir com um concerto didático.

O objetivo principal foi o de ensinar para as nossas crianças um pouco mais sobre essa arte tão apaixonante que é a música. O maestro Telmo Jaconi fez questão de falar detalhadamente sobre cada instrumento, mostrando as diferenças de sons, tamanhos e maneiras de tocar.

Orquestra Jovem do Rio Grande do Sul apresentou-se no Gigante (Foto: Felipe Bortolluzi)

Músicas infantis e temas de filmes famosos foram executados pela orquestra, além de, claro, o hino oficial do Internacional, o “Celeiro de Ases”, composto por Nelson Silva. As crianças cantaram e interagiram bastante com o maestro e os instrumentistas.

A ação contou com a presença do Diretor Presidente do FECI, Valdir Luiz Scariot, e a Presidente Executiva da OJRS, Carla Zitto, que também, por indicação do Clube, assumiu a diretoria da FECI.

Projetos Intaragir e Interabilita participaram do evento (Foto: Felipe Bortolluzi)

Inter sofre gol cedo e é derrotado no Maracanã

Em partida da 35ª rodada do Brasileirão, o Clube do Povo foi superado pelo Fluminense, no Maracanã, pelo placar de 1 a 0. Fred, aos três minutos de confronto, marcou o gol do time da casa no duelo, que será sucedido, no calendário colorado, por duelo com o Santos, no Beira-Rio, previsto para as 19h do próximo domingo (28/11).


Começo infeliz

Uma vez mais, o início de partida do Inter foi extremamente prejudicial para os interesses do time de Aguirre. Logo no terceiro minuto de confronto, Fred, de pênalti, abriu o placar para o Fluminense. Diferente do final de semana passada, porém, o tento não abalou a estrutura da equipe colorada, que tratou de concentrar a posse de bola para impedir qualquer empolgação dos cariocas, então empurrados por sua torcida. Em um primeiro momento concentrada até a intermediária tricolor, a troca de passes alvirrubra começou a oferecer perigo ao rival a partir do minuto 23.

A primeira grande chance do Clube do Povo veio na bola parada. Pela direita da grande área, Edenilson levantou para Cuesta, que exigiu milagre de Marcos Felipe. No instante seguinte, foi o próprio zagueiro argentino quem cruzou, mas teve sua tentativa de assistência cortada com o pé pelo goleiro adversário. Já no último lance de perigo da etapa inicial, Patrick cruzou fechado e quase encobriu o arqueiro, que espalmou nos pés de Mercado. Yago Felipe, providencial, travou o arremate do argentino e garantiu a manutenção da vantagem mandante até o intervalo.


Placar inalterado

O cenário de ataque contra defesa foi intensificado na etapa final, que presenciou cinco mudanças no time colorado. Exatamente dos pés do primeiro atleta sacado do banco, Matheus Cadorini, o Inter teve sua melhor chance no jogo. Aos 21, o centroavante recebeu de Taison e, dentro da área, finalizou rasteiro, ao lado do poste. Com dificuldades para voltar a entrar no retângulo rival, o Clube do Povo também apostou em arremates de fora da área, igualmente insuficientes de igualar o escore.


Primeiro tempo

1min – Arbitragem flagra mão de Bruno Méndez e indica penalidade para o time da casa.

3min – Fred converte para o Fluminense.

8min – UUUUUUUUUH! Cuesta antecipa corte parcial da zaga do Fluminense, recupera a posse e aciona Patrick. De canhota, da entrada da área, o Pantera finaliza com desvio e quase marca.

15min – Segura, Marcos Felipe! Palacios cobra falta pelo lado direito do ataque colorado. A bola buscava a segunda trave, mas é encaixada pelo goleiro, que sai da meta em bonito voo.

22min – Marlon recebe o amarelo por falta de Saravia.

23min – MILAAAAAAAAAAAAAAAGRE! Edenilson cobra falta pela direita da área carioca. Na segunda trave, Cuesta sobe soberano e cabeceia com estilo. No ângulo, Marcos Felipe voa para espalmar com a ponta dos dedos.

24min – CORTA! Com o pé, Marcos Felipe impede que cruzamento de Cuesta chegue vivo em sua pequena área.

31min – Luiz Henrique recebe na área colorada e, de perna canhota, chuta cruzado. Fred, na segunda trave, não consegue o desvio para as redes.

32min – Patrick, de canhota, finaliza rasteiro para defesa segura de Marcos Felipe.

43min – MEU DEUS DO CÉU! Dourado, de ganchou, serve Edenilson, que emenda de voleio, já dentro da área, na direção de Taison. Forte demais, ela passa em frente ao 10 do Inter.

44min – Caio Paulista faz jogada individual pela esquerda, com Caio Paulista, que finta Mercado e enche o pé. A bola sai tirando tinta do poste colorado.

45min – Mais três. Vamos a 48!

46min – Saravia cruza da direita, Edenilson desvia na primeira trave e, já pela esquerda da entrada da área, Taison mata no peito antes de emendar com a canhota. Assustou!

48min – QUAAAAAAAAAAAAAASE! Patrick avança pela esquerda e cruza com desvio. Ela ameaça encobrir Marcos Felipe, mas o goleiro se estica todo para salvar. Na sobra, Mercado finaliza travado por Yago.

48min – Intervalo no Maracanã.


Segundo tempo

9min – Cuesta recebe o amarelo por falta em Caio Paulista.

10min – Wellington amarelado por falta em Dourado.

11min – Cadorini e Mauricio vêm a campo no Inter. Patrick e Bruno Méndez são sacados.

12min – UUUUUUUUUUH! Palacios recebe com espaço na esquerda da área carioca e cruza para Edenilson, que desvia, mas com força.

18min – De fora da área, Mauricio arrisca o canhotaço. Tiro de meta para o Fluminense.

21min – PRA FOOOOOOOOOOOOOOORA! Edenilson desloca lindo lançamento para Taison, que consegue o domínio pela esquerda da entrada da área do Fluminense e serve Cadorini. O centroavante domina e chuta rasteiro, com qualidade, mas ao lado do poste.

22min – Duas trocas, agora, vêm no Fluminense. Arias e Bobadilla por Luiz Henrique e Fred.

25min – Yago Felipe impede contra-ataque colorado e é punido com cartão.

27min – Gustavo Maia é a novidade no Inter. Sai Palacios.

28min – Luccas Claro recebe assistência de Marlon e desvia de raspão. A bola pica em frente à goleira do Inter e sai ao lado da meta.

34min – SARAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAVIA! Caio Paulista recebe de Wellington, invade a área colorada e rola para Arias. Antes dele, que estaria cara a cara com Lomba, Renzo consegue o desarme providencial.

36min – Amarelo para Dourado. Puxão em Caio Paulista.

37min – Lucca vem no Fluminense. Sai Caio.

37min – No Inter, duas trocas. Paulo Victor e Heitor nos lugares de Moisés e Dourado.

44min – Manoel por Calegari. Muda o Fluminense.

45min – Sedento por espaço na súmula, Manoel já comete falta em Gustavo Maia e recebe o amarelo.

45min – Mais sete! Vamos a 52!

50min – Paulo Victor expulso por falta em Yago. Heitor reclama, e recebe o amarelo.

51min – Mais dois de acréscimo.

52min – Mercado recebe o amarelo, também por reclamação.


Ficha técnica:

Fluminense (1): Marcos Felipe; Samuel Xavier, David Braz, Luccas Claro e Marlon; Wellington, Calegari (Manoel) e Yago Felipe; Luiz Henrique (Arias), Fred (Bobadilla) e Caio Paulista (Lucca). Técnico: Marcão.

Internacional (0): Marcelo Lomba; Mercado, Bruno Méndez (Mauricio), Victor Cuesta e Moisés (Paulo Victor); Rodrigo Dourado (Heitor), Edenilson, Saravia, Taison e Patrick (Cadorini); Palacios (Gustavo Maia). Técnico: Diego Aguirre.

Gols: Fred, aos 3’/1ºT (F).

Cartões amarelos: Marlon, Manoel, Yago Felipe e Wellington (F). Cuesta, Heitor, Mercado e Dourado (I).

Cartão vermelho: Paulo Victor (I).

Arbitragem: Felipe Fernandes de Lima, auxiliado por Guilherme Dias Camilo e Felipe Costa de Oliveira. Quarto árbitro: Felipe da Silva Paludo. Emerson de Almeida Ferreira.

Estádio: Maracanã-RJ.

Inter perde a primeira no Gauchão Sub-20

Equipe sub-17 representou time sub-20 que se prepara para a final do Brasileirão da categoria/Foto: Jota Finkler

O Internacional perdeu sua primeira partida pelo Campeonato Gaúcho Sub-20. Na tarde desta quarta-feira (24/11) o Colorado foi derrotado, em casa, pelo Garibaldi por 1 a 0. No dia 30 de novembro o time sub-20 enfrenta o Caxias na serra gaúcha. Mesmo com a derrota o Inter segue na liderança com 20 pontos, quatro a mais que o segundo colocado.

O zagueiro Felipe, recuperado de lesão, o volante Bizescki e o meia atacante Matteo foram os únicos jogadores do time sub-20. O restante da equipe foi montado com o elenco sub-17. O jogo foi movimentado e teve chances para ambas as equipes no primeiro tempo. Destaque para a bola na trave Ghíven próximo ao fim da primeira etapa.

No segundo tempo o Internacional foi superior, mas a bola teimou em não entrar. E o castigo maior veio no fim do jogo com o gol do adversário, em cobrança de falta na área que enganou o goleiro colorado, já no fim da partida.

O Internacional comandado por Ariel Lanzini foi a campo com Guilherme Oliveira; João Carlos (Kauan Guedes), Felipe (José Adilson), Samuel e Rangel; Bizescki, Lucas Farias (Tortello), Jhonatan Kauan (Vinicius Côrtes), Ghíven (Carlos Eduardo) e Matteo; Carlison (Sarjani).