Beira-Rio iluminado pelos Dias Mundial e Nacional da Doença do Alzheimer

Criados com o objetivo de conscientizar a população, os Dias Mundial e Nacional da Doença do Alzheimer ocorrem nesta terça-feira (21/09). Dados de 2020 do Ministério da Saúde alertavam que 1,2 milhão de brasileiros e brasileiros possuem a doença, a maior parte deles ainda sem diagnóstico. Assim, fomentar campanhas que gerem debate e quebrem estigmas sobre a enfermidade é um dever de todos nós, abraçado, nesta noite, pela iluminação do Beira-Rio, colorido em roxo.

Sub-20 arranca vitória em Goiânia e encosta no G-8 do Brasileirão

Matheus Cadorini marcou duas vezes
(Foto: Bruno Corsino ACG)

Já em clima de Revolução Farroupilha, feriado que se aproxima, o Celeiro de Ases demonstrou a tradicional raça gaúcha de pelear até o fim. Em duelo disputado em Goiânia, na tarde deste sábado (18/09), o Internacional encarou o Atlético-GO pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro Sub-20 e arrancou os três pontos no apagar das luzes. O centroavante Matheus Cadorini marcou duas vezes e o Clube do Povo venceu por 2 a 1 no CT do Dragão.

Com a vitória, a gurizada colorada encosta no G-8 do Brasileirão, ganha força na reta final e bate na porta da zona de classificação à próxima fase. Ao todo, são 23 pontos, o que deixa o Inter em 9º da tabela, ao menos, até este domingo, quando se dará o fechamento da rodada. Restam agora três jogos para ficar entre os oito primeiros, diante de Bahia (casa), Sport (fora) e Cruzeiro (casa).

Colorado encarou o Atlético-GO no CT do Dragão
(Foto: Bruno Corsino ACG)

Começo intenso, mas sem gols

Impondo forte pressão na saída de bola do time da casa, o Celeiro criou grande chance logo aos 11min. Allison interceptou passe na intermediária e serviu Matheus Cadorini, que finalizou com perigo ao lado do alvo. Três minutos depois, Matheus Dias avançou pelo meio, bateu firme e Léo segurou no meio do gol.

Nova oportunidade veio aos 21min, quando Cadorini recebeu pelo meio e abriu na ponta para a corrida de Allison. O cruzamento veio rasteiro, o camisa 9 se deslocou e bateu de primeira, parando no goleiro. Cinco minutos depois, Juan Cuesta recebeu pela esquerda, cortou pra dentro e finalizou, mas Léo segurou novamente.

Primeiro tempo sem gols em Goiânia
(Foto: Bruno Corsino ACG)

Inter aumenta o ritmo

A segunda etapa começou como a primeira terminou: com domínio colorado. Porém, com maior ímpeto e volume. Logo no primeiro minuto, Allison quase abriu o placar ao desviar cruzamento de Juan Cuesta. De tanto insistir, a gurizada do Inter foi premiada, aos 11min, em uma bonita transição ofensiva.

Matheus Cadorini fez o pivô na zona central de campo e Allison inverteu da direita para a ponta esquerda, onde estava Juan Cuesta. Após cruzamento do colombiano, Estêvão bateu cruzado e Cadorini, já dentro da área, mandou para as redes. Foi o seu quinto gol na competição, igualando-se a Juan Cuesta na artilharia da equipe.

Camisa 9 deixou sua marca (Foto: Bruno Corsino ACG)

Insistência premiada

Apesar do gol, a alegria durou pouco e os donos da casa responderam de imediato. Aos 18min, Jean Carlos, que acabara de ingressar no jogo, foi lançado na frente, dividiu com Anthoni e aproveitou a sobra para igualar o placar mais uma vez.

Valente, o Colorado não se abateu e persistiu na busca pela vitória. E, quando tudo parecia se encaminhar para um empate em Goiânia, Matheus Cadorini, aos 47min, mostrou seu faro de gol mais uma vez. Bernardo recebeu de Igor pela ponta direita e cruzou no segundo poste. O camisa 9 subiu soberano e cabeceou no contrapé do goleiro – 2 a 1 para o Inter!

FICHA TÉCNICA:

Atlético-GO (1): Léo; Kleberson, Michel, Edilton e Renan; Thiago (Marcos Daniel), João Victor (Jean Carlos), Romário (Gabriel Borges) e Isaac; Ronald (Adson) e Daniel (Kevin). Téc: Rogério Corrêa.

Internacional (2): Anthoni; Vinicius Tobias (Bernardo), Tiago Barbosa, João Felix e Jonathan; Lucas Vital, Matheus Dias (Igor), Allison (Gustavo), Estêvão (Cléberson) e Juan Cuesta (Nicolas); Matheus Cadorini. Téc: João Miguel/Leonardo Martins.

Gols: Matheus Cadorini (I), aos 11’/2T; Jean Carlos (A), aos 18’/2T; Matheus Cadorini, aos 47’/2T.

Local: CT do Dragão, em Goiânia-GO.

Arbitragem: Michelle Peixoto Safatle, auxiliada por Marcio Soares Maciel e Tiego Henrique dos Santos Braga.

Segunda de feriado na CAS

O Sport Club Internacional informa que a Central de Atendimento ao Sócio (CAS) não estará em funcionamento nesta segunda-feira (20/09), feriado do Dia do Gaúcho (Revolução Farroupilha). O atendimento será retomado normalmente na terça-feira, das 9h às 18h.

> Mais informações sobre a CAS

Brasileiro Sub-20: Inter empata com o América-MG

Thauan Lara marcou o gol colorado no empate (Fotos: Jota Finkler)

Na abertura da 15ª rodada do Campeonato Brasileiro Sub-20, o Celeiro de Ases enfrentou o América-MG na tarde deste sábado (11/09), no Sesc Protásio Alves. Apesar do maior volume de jogo e da pressão até o final, o Colorado ficou no empate em 1 a 1 com os mineiros. Rodriguinho marcou para os visitantes no final do primeiro tempo, enquanto o lateral esquerdo Thauan Lara igualou o placar na segunda etapa.

Com o ponto somado, o Inter chega a 20 na competição, adiando as pretensões de ingressar no G-8. No momento, ainda sem as partidas de domingo desta rodada, a equipe colorada divide a 11ª colocação com o Fluminense. No próximo final de semana, o Celeiro de Ases vai a Goiânia para enfrentar o Atlético-GO. Depois disso, ainda terá os duelos contra Bahia, Sport e Cruzeiro para buscar uma vaga na próxima fase.

Com apenas três pontos separando as duas equipes, o duelo prometia ser parelho ainda antes de a bola rolar. Integrante do G-8, o time mineiro deu trabalho e cedeu poucos espaços para o Celeiro de Ases, que não teve a presença dos atacantes Matheus Cadorini e Juan Cuesta, chamados para integrar o grupo principal.

O primeiro tempo começou com certo equilíbrio, mas o Colorado pouco a pouco foi subindo suas linhas e tomando conta do jogo. Aos 26min, a pressão pela retomada deu certo e Cléberson experimentou chute forte da entrada da área. A bola tinha o endereço do gol, mas o goleiro adversário conseguiu espalmar. Pressionado pela zaga, Vinícius Mello ainda conferiu o rebote, sem sucesso.

Enquanto o Inter rodava o jogo em busca de alguma brecha, os mineiros dificultavam a vida colorada impondo forte marcação. Aos 35min, Lucas Vital abriu na direita, Vinicius Tobias fez a ultrapassagem em velocidade e cruzou para o centro da área. Vini Mello levou a melhor sobre o zagueiro e conseguiu o cabeceio, que passou por cima.

Quando parecia que o empate persistiria na etapa inicial, o América, em sua primeira chegada, abriu o placar. Aos 46min, Gustavinho avançou em jogada individual pela direita e cruzou para Carlos Alberto. O goleiro Anthoni ainda conseguiu uma grande defesa, mas Rodriguinho guardou no rebote. Um duro golpe para a equipe colorada antes do intervalo.

No prejuízo, o Colorado voltou para o segundo tempo na busca pelo empate. Logo aos 3min, Allison arriscou o chute e Cássio fez mais uma defesa. Aos 10min, Estêvão, que acabara de entrar, encontrou Thauan Lara pela esquerda da área, Arthur chegou atrasado e cometeu pênalti. O próprio lateral colorado converteu, deslocando o goleiro, e igualou o placar.

A virada quase veio aos 28min. Thauan balançou a marcação e encontrou Estêvão com liberdade pelo meio. O meia ajeitou com carinho e bateu com muito veneno. A bola ainda quicou no chão antes da boa defesa de Cássio, no cantinho. Pouco depois, o lateral levantou na área e Lucas Vital levou perigo no cabeceio.

Aos 35min, Thauan Lara, mais uma vez, descolou lançamento longo para Nicolas, na ponta direita. No domínio, o atacante tocou na frente e deixou a marcação para trás. O chute saiu cruzado, rente à trave. O Colorado pressionava pela virada. Aos 46min, Vinicius Tobias fez fila pela direita, deixou dois para trás e lançou no segundo poste. Vitinho subiu para o cabeceio e foi bloqueado pela marcação.

Na sede pela virada, o Inter acabou dando espaço atrás, e Anthoni teve que garantir o empate no final do jogo. Carlos Alberto recebeu com liberdade e o goleiro saiu com coragem, nos pés do centroavante, para evitar o gol mineiro.

FICHA TÉCNICA:

Internacional (1): Anthoni; Vinicius Tobias, João Pedro, João Felix e Thauan Lara; Lucas Vital, Igor (Matheus Dias), Allison (Vitinho), Cléberson (Nicolas) e Gustavo (Estêvão); Vinícius Mello. Técnicos: João Miguel/Leonardo Martins.

América-MG (1): Cássio; Arthur, Gustavo Marques, Zé Vitor (Júlio) e Carlos Junio; Kevyn (Kanté), Rodriguinho, Gustavo (Ighor Gabryel) e Kawê (Adyson); Mateus Henrique e Carlos Alberto. Técnico: William Batista.

Gols: Rodriguinho, aos 46’/1T (A); Thauan Lara, aos 10’/2T;

Local: Sesc Protásio Alves, em Porto Alegre.

Arbitragem: Jonathan Giovanella Vivian, auxiliado por Juarez de Mello Júnior e Fagner Bueno Cortes.

Inter no peito, vacina no braço: saiba tudo sobre a campanha

O Inter traçou um novo e importante objetivo: ser o clube brasileiro com o maior número de sócios vacinados. Para isso, lançou nesta sexta-feira (10/09) a campanha Inter no peito, vacina no braço, que isenta o pagamento de uma mensalidade aos novos associados que têm a primeira dose e de duas mensalidades aos que estão com o quadro vacinal completo, ou seja, que já tomaram as duas doses ou a dose única. A promoção é válida para associações finalizadas até o dia 30 de setembro.

“Nosso objetivo é incentivarmos que cada vez mais colorados se vacinem. Pois, também, é uma segurança que teremos para quando o público retornar ao estádio. Estamos nos preparando para isso, tomando todos os cuidados possíveis, tanto que, desde a última semana, nosso site está recebendo o cadastro das carteiras digitais de vacinação. A vacina é essencial para que a torcida possa voltar a frequentar o Beira-Rio de forma segura e consciente.”

Jorge Avancini, vice-presidente de Marketing do Inter

Para se associar: primeiramente acesse o cadastro de sócios (clique aqui), escolha a modalidade e preencha o formulário. Após efetuar o pagamento da primeira mensalidade, basta cadastrar a carteira nacional de vacinação obtida por meio do ConecteSUS. O benefício da(s) mensalidade(s) gratuita(s) será concedido no mês seguinte à validação da carteira de vacinação. Mais informações podem ser obtidas na CAS, de segunda a sexta-feira, pelo telefone (51) 3230-4600, opção 2, e e-mail: cas@internacional.com.br.

Para sócios: quem já faz parte do quadro social também terá promoção: uma ou duas doses no braço dão direito a 10% de desconto em produtos na Inter Shop do Beira-Rio. A promoção não vale para aquisição da camisa 3 e não pode ser aplicada em itens que já estão com desconto na loja. Para conseguir o desconto, o associado deve apresentar as carteiras de sócio e de vacinação.

Sócio do Interior: os associados do Interior do Rio Grande do Sul e de outros estados também podem participar da campanha, que vai dar 10% de desconto em produtos na Inter Shop do Beira-Rio para quem tomou uma dose da vacina ou já está com o quadro vacinal completo, ou seja, com as duas doses ou a dose única. Para isso, basta solicitar os produtos pelo Whatsapp (51) 99635-2225 ou pelo instagram.com/interstore.beirario. Para conseguir o desconto, o associado deve mandar uma foto das carteiras de sócio e de vacinação. A entrega dos produtos deverá ser combinada diretamente com a loja.

> Para atualizar seu cadastro de sócio com a carteira de vacinação, clique aqui!

Atenção:

– A isenção das mensalidades se dará na segunda e/ou terceira mensalidade após o pagamento da primeira mensalidade + taxa da carteira de sócio (R$ 20,00);

– É necessário enviar a carteira nacional de vacinação do ConecteSus;

– A campanha é válida para associações concluídas entre os dias 10 e 30 de setembro;

– Para aproveitar o desconto de 10% na Inter Shop do Beira-Rio, é necessário apresentar a carteira de sócio e a de vacinação na loja;

– O desconto de 10% não será aplicado para a camisa 3 e não é valido para produtos que já possuem desconto na loja;

– O desconto é aplicado em compras à vista ou em até quatro parcelas no cartão de crédito.

Seja sócio: passo a passo

1 – Acesse a página de ‘associe-se’ (clique aqui) e escolha a sua modalidade:

2 – Informe os seus dados e crie um login:

3 – Insira o seu endereço e escolha a forma de pagamento:

4 – Efetue o pagamento:

Parque Gigante passará por manutenção elétrica na próxima segunda-feira

Em razão da manutenção na subestação principal que atende a toda sua rede elétrica, o Parque Gigante estará fechado na próxima segunda feira (13/09) para todos os serviços disponíveis aos associados. A reabertura ocorre no dia seguinte (terça-feira), com a retomada dos serviços normalmente.

Brasileiro Sub-20: Inter goleia o Santos por 4 a 0

Gurizada do Inter teve grande desempenho (Fotos: Jota Finkler)

Com uma atuação de luxo, o Celeiro de Ases goleou o Santos pelo placar de 4 a 0 neste sábado (04/09), no Sesc Protásio Alves. Mais do que o placar obtido na partida, válida pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro Sub-20, a gurizada mostrou desempenho e repertório no quatro gols marcados por Vinícius Mello, Allison, Gustavo e Thauan Lara.

Na busca pela classificação à próxima fase, o Inter volta a campo no próximo sábado, quando joga novamente em Porto Alegre, diante do América-MG. Depois disso, ainda terá pela frente Atlético-GO, Bahia, Sport e Cruzeiro para buscar uma vaga entre os oito primeiros.

A equipe colorada entrou na rodada na 11ª posição e, agora com 19 pontos, aguarda os demais jogos para saber em qual colocação fica até o próximo final de semana.

“São três pontos importantes. Agora é seguir firme para ganhar força no campeonato”, definiu o lateral Thauan Lara, que fechou a conta da partida.

O domínio colorado foi total do começo ao fim da partida. Com dois gols no primeiro tempo e outros dois no segundo, o placar traduziu o desempenho em campo, com forte movimentação ofensiva e solidez na contenção por parte da gurizada do Inter.

Logo aos 8min, Allison acreditou na jogada, recolheu a bola no fundo pela esquerda e centrou na direção de Vinícius Mello. O centroavante subiu soberano, ganhando do marcador e cabeceando firme no cantinho para abrir o placar: 1 a 0! (clique para ver o gol)


Ainda no primeiro tempo, pouco antes do intervalo, o Colorado ampliou. Desta vez, Vini Mello fez o pivô no zona central de campo e segurou a marcação enquanto Juan Cuesta partia em velocidade atacando o espaço nas costas da zaga. O lançamento veio na medida, o colombiano avançou e rolou para Allison (foto) balançar a rede. (clique para ver o gol)


O amplo controle vermelho seguiu o mesmo na etapa complementar. Aos 28min, Vinícius Mello foi lançado na ponta esquerda e cruzou rasteiro no segundo poste, onde estava Gustavo. O meia bateu de primeira, deslocando o goleiro, para marcar o terceiro do Inter. (clique para ver o gol)


A cereja do bolo veio na reta final, aos 36min, quando Juan Cuesta recebeu pela esquerda, cortou pra dentro tirando da marcação e foi derrubado, quase na entrada da área. Thauan Lara cobrou mais uma falta com perfeição e deu números finais ao jogo: Inter 4×0 Santos. (clique para ver o gol)

FICHA TÉCNICA:

Internacional (4): Vitor Hugo; Bernardo, João Pedro (Samuel), Tiago Barbosa e Thauan Lara; Lucas Vital (Pedrinho), Igor, Gustavo (Kevin Quiñones) e Allison (Matheus Dias); Juan Cuesta (Vitinho) e Vinícius Mello (Lucca). Técnico: Leonardo Martins

Santos (0): Eduardo Araújo; Victor Braga, Yalle, Thiago Balieiro e Diogo Correia (Gabriel Santana); Matheus Nunes (Geliel), João Pistelli e Wesley Patati; Kaio Henrique, Rwan (Rafael Quintino) e Brayan. Técnico: Rodrigo Casarin

Gols: Vinícius Mello, aos 8’/1T; Allison, aos 47’/1T; Gustavo, aos 28’/2T; Thauan Lara, aos 36’/2T (I).

Local: Sesc Protásio Alves

Arbitragem: Francisco Soares Dias, auxiliado por Tiago Augusto Kappes Diel e Conrado Bittencourt Berger.

Ouvidoria: atendimento presencial retoma quarta-feira

O Sport Club Internacional comunica que o setor de ouvidoria atenderá somente por e-mail nesta segunda-feira (06/09). O atendimento presencial será retomado na quarta-feira, após o feriado nacional do Dia da Independência do Brasil (7 de setembro).

“É uma camisa muito pesada”, destaca Kaique Rocha

Zagueiro de 20 anos reforça o Inter (Fotos: Ricardo Duarte)

O Colorado segue fortalecendo seu atual elenco, mas, também, de olho no futuro. Nesta lógica, o jovem zagueiro Kaique Rocha foi apresentado, na tarde desta quinta-feira (02/09), como novo reforço para a defesa. Com apenas 20 anos, ele traz na bagagem a experiência absorvida em dois anos defendendo a Sampdoria, da Itália.

Apresentado pelo vice-presidente de futebol Emílio Papaléo Zin e o diretor executivo Paulo Bracks, o promissor defensor recebeu a mística camisa 3 colorada. Ele assinou contrato de empréstimo por dois anos, com valor estipulado para compra ao término do vínculo.

Kaique foi apresentado por Paulo Bracks (E) e Emílio Papaléo Zin (D)

Os dirigentes colorados destacaram a juventude e potencial do zagueiro, bem como o formato de contratação que vem se consolidando. Paulo Bracks ainda fez um agradecimento especial para setores do Clube que ajudaram diretamente na contratação e registro do atleta.

“Ele vem de duas temporadas na Europa, onde teve um bom período de amadurecimento e experiência. Aqui no Brasil, já havia se destacado em diversas categorias pelo Santos. É mais um jogador que trazemos na mesma linha que adotamos, para nos ajudar no presente e, também, mirar no futuro”

Emílio Papaléo Zin – vice-presidente de futebol

“Gostaria de elogiar algumas áreas do Clube que são invisíveis aos olhos externos, mas que trabalharam muito para que o Kaique pudesse ser apresentando hoje: o recursos humanos (RH), o setor de registros e o jurídico. Trabalharam de forma incessante, quase que nas últimas 24 horas de janela de transferência. Conseguimos, de sábado para segunda, em menos de 70 horas, contratar e registrar o Kaique como jogador do Inter.”

Paulo Bracks – diretor executivo de futebol
Defensor já conheceu o Gigante

Com apenas 20 anos, Kaique já demonstra personalidade. Além da estatura elevada (1,95m), o zagueiro sempre foi capitão nas equipes de base do Santos e teve um aprendizado especial na Itália, terra de grandes entusiastas e craques da arte de defender.

Amadurecimento
“Acabei saindo muito jovem do Brasil, com 18 anos, mas não acho que foi uma decisão precipitada. Não atuei muito na equipe profissional, joguei 20 jogos no sub-19 quando cheguei na primeira temporada e também fui para muitos jogos no profissional. Amadureci demais, realmente. Hoje, eu sou um Kaique muito mais experiente do que quando sai daqui com 18 anos. Aprendi muito na escola italiana, creio que seja uma das melhores para sistema defensivo.”

Pausa para adaptação
“É muito importante (a pausa no Brasileiro). Realmente, é até difícil aqui no cenário brasileiro você ter esse longo tempo de descanso. Importante para mim e para o Gustavo (Maia) podermos nos adaptar ao grupo e entender melhor o que o professor vai querer de nós na temporada”

Pronto fisicamente
“Estou, sim, há um tempo sem jogar jogos oficiais. Mas, hoje, me sinto pronto. Acabei de sair, há duas semanas, de uma pré-temporada. Me sinto no auge da minha condição física. O que o professor precisar contar comigo eu estarei pronto.”


Busca por espaço
“Prontos sempre temos que estar. Vou em busca da minha posição nos treinos diariamente, mas acho que esse não é o primeiro objetivo. Venho aqui para aprender, tem zagueiros experientes aqui no Internacional. Venho para amadurecer também, sou um zagueiro muito jovem. Vou, sim, em busca do meu lugar na equipe, mas quem tem que ficar preocupado não é a gente e, sim, as equipes adversárias. Cuesta e Bruno estão bem na defesa, quem eles forem enfrentar vai saber que irá pegar uma defesa difícil de passar. Quem ganha é o Internacional”

Mística camisa 3
“É uma camisa muito pesada. Espero um dia poder chegar aos pés do Índio, um zagueiro multicampeão aqui no Inter. Espero ser comparado com ele algum dia. Não penso em voltar agora para Europa, espero fazer história no Inter e fazer a torcida feliz.”

Escola italiana
“No Santos, eu gostava de sair muito e me aventurar no setor de ataque. Tive que aprender a me adaptar na Europa, ficar mais recuado e fazer meu trabalho mesmo como zagueiro, não sair muito da minha função. Lá, eles optam muito pelo sistema defensivo, a primeira meta é não sofrer gols. A primeira coisa que zagueiro tem que fazer é isso. O Kaique que volta pro Inter é mais maduro e experiente nesse tema.”

Sim ao Inter
“É o Internacional. Mesmo que não me apresentassem nada, pesaria em todos os sentidos (vir para Porto Alegre). Uma camisa gigante no futebol brasileiro. Se não for o maior, é um dos maiores clubes do país. Um grupo muito bom, vamos tentar terminar o Brasileiro bem e, no ano que vem, buscar títulos para nossa torcida.”

Aprendizado com Ranieri
“Não tenho preferência por qual lado jogar. Joguei no Santos seis anos pelo lado esquerdo. Na Europa, aprendi com o mister (Claudio) Ranieri, campeão da Premier League. Ele me falou que não poderia me limitar a somente um lado. Ele me ensinou muito nesses dois anos a atuar tanto no lado direito da defesa como lateral. Esses dois anos não foram em vão para mim.”

Veja a coletiva na íntegra:

Ficha técnica:
Nome: Kaique Rocha Lima
Data Nascimento: 28/02/2001
Local Nascimento: Taboão da Serra-SP
Altura: 1,95m

Carreira:
2013 | Santos
2019 | Sampdoria
2021 | Internacional

Saiba mais sobre o zagueiro

Formado no Santos, Kaique foi capitão dos times nas categorias de base e acabou promovido aos profissionais em 2018. Aos 16 anos, assinou seu primeiro contrato profissional e acabou negociado com o futebol europeu em 2019.

O defensor terminou o seu período de formação na Itália, jogando com regularidade pelo time júnior da Sampdoria. Em 2020, foi chamado ao grupo principal e estreou em partida da Copa Itália, em outubro. Kaique também tem no currículo convocações para as seleções de base do Brasil. Em 2019, foi chamado para seleção sub-18. Na época, defendeu o país junto com o atacante Yuri Alberto, que também era seu companheiro no clube paulista.

“É uma oportunidade de ouro”, exalta Gustavo Maia

Atacante falou pela primeira vez com a camisa 7 colorada (Fotos: Ricardo Duarte)

Mais um jovem talento agrega o elenco colorado! Desta vez, o atacante Gustavo Maia, que vem do Barcelona, da Espanha, para alçar voo no Internacional. Formado na base do São Paulo, ele chega por empréstimo até 31 de dezembro de 2022, com valor estipulado para compra ao término do vínculo.

O atleta foi apresentado no final da tarde desta segunda-feira (30/08), ao lado do vice presidente de futebol, Emílio Papaléo Zin, e do diretor executivo, Paulo Bracks. Emocionado ao receber a histórica camisa 7 do Clube do Povo, o jovem talento ressaltou a “oportunidade de ouro” em vestir o manto colorado.

Atleta foi apresentado por Paulo Bracks (E) e Emílio Papaléo Zin (D)

“Além de um ano na Europa, tem uma larga experiência nas seleções brasileiras de base, onde deixou uma boa impressão a todos que o viram. O Inter dá as boas-vindas e estamos muito contentes com a tua chegada. Conte conosco, com todo nosso apoio para uma rápida adaptação e prontamente seja mais um a somar nesse nosso grupo já tão qualificado.”

Emílio Papaléo Zin – vice-presidente de futebol

“É o nosso sexto reforço esse ano. Estamos sendo bastante criteriosos nas contratações, dentro de uma análise igualmente minuciosa, para que os atletas sejam apresentados para o presente e futuro do Clube.”

Paulo Bracks – diretor executivo de futebol
Gustavo Maia reforça o ataque colorado

Apesar da pouca idade, o garoto mostrou personalidade e que está totalmente focado nos objetivos em Porto Alegre. Garantiu estar bem fisicamente, com gana de mostrar serviço nos treinamentos e agarrar a oportunidade.

Confira os principais trechos da entrevista:

Posicionamento
“Gosto de jogar pela ponta. Ponta esquerda, ponta direita ou centralizado. Não tenho problema com posição, já joguei até de lateral. Pode contar comigo para qualquer posição.”

Experiência no Barcelona
“Minha passagem pelo Barcelona durou um ano. Pude aprender com muitos jogadores lá. Tive a oportunidade de fazer alguns treinos no time A. É um clube muito grande, com estrutura espetacular. Foi uma boa experiência.”

Atacante de 20 anos conheceu o Gigante

Expectativa
“Estou com as melhores expectativas para chegar, jogar, trabalhar duro no dia a dia. Assim, ter oportunidades nos jogos. Meu maior objetivo é fazer história no Clube e poder continuar aqui.”

“Novos” colegas
“O Inter tem um grupo muito qualificado, com grandes jogadores. Tive o prazer de jogar com o Mauricio e o Yuri na Seleção. Vim para agregar e, com a ajuda do grupo, poder evoluir.”


Camisa 7
“É uma emoção que não cabe no peito usar a camisa número 7, que foi de Taison e outros ídolos. É uma honra para mim. Pode ter certeza que vou honrar essa camisa com garra, vontade e muito foco.”

Nova oportunidade
“No Barcelona, faltou um pouco de adaptação e ritmo de jogo. Acho que estou pronto para jogar aqui no Inter. É uma oportunidade de ouro que estou tendo aqui. É um clube espetacular, com jogadores incríveis.”

Aprender e evoluir
“Eu tenho muito a aprender aqui com os jogadores mais experientes do grupo, como o Edenilson, o Paolo Guerrero, entre outros. Estou aqui para evoluir, mostrar meu futebol. Tenho certeza que darei muitas felicidades para o torcedor colorado.”

Veja a apresentação na íntegra:

Ficha técnica:
Nome: Gustavo Maia da Silva
Data Nascimento: 22/01/2001
Local Nascimento: Brasília
Altura: 1,68m

Carreira:
2015 | São Paulo
2020 | Barcelona
2021 | Internacional

Conquistas:
2016 | Copa do Brasil sub-15
2017 | Taça BH sub-17
2017 | Copa Ouro sub-17
2018 | J League Challenge Cup sub-18
2020 | Torneio Internacional sub-20 (Brasil)