Inter assina termo para ingresso na Liga Forte Futebol do Brasil

Foi criada nesta terça-feira (28), no Rio de Janeiro, a Liga Forte Futebol do Brasil. A nova entidade visa à união dos clubes participantes em prol de novas discussões para desenvolver o Campeonato Brasileiro e ampliar o desenvolvimento de receitas para todos os integrantes. O Sport Club Internacional esteve no encontro e assinou o ingresso no grupo. Nas próximas semanas, debates internos vão aprofundar o modelo a ser aplicado.

– Foi dado um passo importante para o desenvolvimento do futebol brasileiro com o protagonismo dos clubes. Conseguimos chegar a um consenso de modelo inicial de governança para avançar na formalização da Liga e, a partir disso, buscar a adesão de outras agremiações e desenvolver os modelos de acordos comerciais. Temos muito trabalho a ser feito, porém o bom diálogo entre todas as partes nos deixa otimistas – reforça o vice jurídico do Clube, Guilherme Mallet.

Além do Inter, outros 24 clubes assinaram o termo de criação da Liga Forte.

Inter reduz valor de ingressos em dois setores do Beira-Rio

Portões 3 e 7 terão ingressos mais baratos/Foto: Ricardo Duarte

Tem novidade no Gigante! A partir do jogo contra o Coritiba, marcado para o dia 24/06, às 21h30, sócios e não sócios terão a oportunidade de adquirir ingressos mais baratos em dois setores do estádio: os portões 3, com cadeiras, e o 7, arquibancada sem cadeiras. Ambos estarão isolados dos demais setores que compõem a área livre.

Assim, os sócios colorados terão descontos significativos: os da modalidade Campeão do Mundo terão 60% de redução e passam a pagar R$ 16. Já os da categoria Nada Vai nos Separar terão 20% de abatimento e pagam R$ 32. Para sócios que fazem check-in, que são isentos, e os da Academia do Povo, que já pagam ingressos mais baratos (R$ 10), não há desconto. Com a redução dos valores, o preço base dos ingressos nos dois setores será de R$ 40 para não sócios.

Valores especiais para lotar o Gigante/Foto: Ricardo Duarte

De acordo com Victor Grunberg, vice-presidente de Administração, o objetivo é oferecer valores mais em conta para que sócios e não sócios possam assistir aos jogos. “Fizemos essa adequação buscando satisfazer, prioritariamente, nossos sócios. Mas também estamos contemplando os torcedores em geral, pois queremos aumentar nosso quadro social e entendemos que um caminho para isso ocorrer é ofertar valores mais em conta. Nosso desejo é que a torcida volte ao Beira-Rio, queremos casa cheia e que todos possam acompanhar de perto a boa campanha do Colorado dentro de campo”, revela.

Novos valores para os portões 3 e 7:

Sócio Campeão do Mundo 60% de desconto – R$ 16
Sócio Nada Vai nos Separar20% de desconto – R$ 32
Não sócios – R$ 40

D’Alessandro encerra Semana de Prevenção a Acidentes de Trabalho

D’Ale palestrou para os colaboradores colorados nesta sexta/Foto: Felipe Bortoluzzi

A SIPAT (Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho) do Internacional foi encerrada com chave de ouro. Na tarde desta sexta-feira (27/05), Andrés D’Alessandro, um dos maiores ídolos da história colorada, palestrou para os colaboradores e as colaboradoras do Clube do Povo, compartilhando suas experiências no futebol e na vida através de lições de gestão, profissionalismo, comprometimento e dedicação.

Evento encerrou a SIPAT/Foto: Felipe Bortoluzzi

D’Ale atendeu a convite da CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes) colorada, que pensou a SIPAT de 2022 como uma reconstrução da vida. Os primeiros ciclos de palestras do evento, iniciado na última quarta-feira (25/05), focaram no período “pós-pandemia”, e receberam psiquiatras, psicólogos e educadores físicos, que falaram das principais ações a serem tomadas para evitar doenças que assolam a população mundial.

Além das palestras, ainda foi planejado um ambiente de reconexão, com a presença de profissionais de shiatsu. Realizadas na Universidade Corporativa Colorada (UCC), as ações também foram transmitidas, ao vivo, para o CT de Alvorada, de modo a abranger a maior quantidade possível de colaboradores do Clube. O sucesso do evento foi celebrado por Luís Eduardo Raya, engenheiro de Segurança do Trabalho que participa da CIPA.

“Essa é uma semana em que a gente tenta refletir um pouco sobre a nossa segurança durante o dia a dia, que é árduo. Começamos com alguns médicos, psicólogos e psiquiatras, falando um pouco dos problemas que a Covid nos deixou. E nada melhor do que encerrar essa semana com uma palestra extremamente motivacional. Um ídolo.”

Luís Eduardo Raya
D’Ale emocionou o quadro de colaboradores do Inter/Foto: Felipe Bortoluzzi

D’Ale emociona

Apoio da família na infância, dificuldades que superou no início da carreira, os bastidores das grandes conquistas com o Inter e o caminho para se tornar um líder e referência. D’Alessandro arrancou lágrimas e sorrisos das dezenas que conheceram “mais uma história, nem melhor, nem pior”, como definida pelo próprio ídolo, que como de costume reforçou sua gratidão e respeito pelas pessoas que trabalham no clube de seu coração.

“É um prazer estar aqui com vocês. Uma honra compartilhar momentos com os funcionários do Clube. Quem me conhece, sabe: a gente valoriza muito o trabalho de vocês. Então, para mim, é uma honra estar aqui apresentando algumas coisas que vocês já sabem. Muito do que vocês já sabem, dos 22 anos de futebol que vivi, vivenciei. Mas é muito importante poder voltar como um ex-atleta, como um torcedor.”

D’Alessandro
Público acompanhou a fala atentamente/Foto: Felipe Bortoluzzi

Passagens como a preparação para conquistar o ouro nas Olimpíadas de 2004, os desafios encarados na solitária mudança para a Alemanha, em 2003, e sobre os meses na Inglaterra, onde nem mesmo o trânsito ‘invertido’ foi capaz de atrapalhar o futuro pai de Martina, divertiram o público e mostraram um lado ainda mais humano do argentino, que definiu como perfeita a trajetória que construiu ao longo de 14 anos no Beira-Rio. Após o evento, D’Ale confidenciou, em entrevista para o Site do Inter, a alegria em seguir ligado ao Clube após sua aposentadoria.

“Foi legal. Primeiro, pelo encontro com eles, que estão vivendo uma semana de aprendizado. E fico muito contente e agradecido, porque tudo que tem a ver com o Clube mexe com a gente. Não podemos dar um jeito sempre, eu já saí, não sou atleta, mas essas coisas que têm a ver com o Inter a gente faz e se reencontra. Um pouquinho de carinho, um agradecimento; isso é bem legal.”

D’Alessandro
Ídolo foi tietado após a palestra/Foto: Felipe Bortoluzzi

O ídolo também falou sobre a nova rotina que tem desbravado. Aposentado dos gramados, D’Ale não escondeu a saudade dos tempos em campo, mas revelou que tem buscado aproveitar ao máximo o tempo livre em seu dia a dia. Entre os novos hábitos, é claro, está a presença assídua no Beira-Rio, apoiando o Inter ao lado de seus irmãos de paixão, como integrante da Maior e Melhor Torcida do Rio Grande.

“Não é fácil, de um dia para o outro, não fazer o que a gente gosta. Eu tinha uma rotina praticamente automática, de treinar todos os dias da semana e, no final da semana, jogar, concentrar. Hoje, não tem nada disso. Não vou mentir que estou com um pouquinho de saudade ainda, mas estou ocupando o tempo. Passando mais com a família, viajando, coisa que eu não poderia fazer antes. Estou aproveitando!”

D’Alessandro
Ídolo é presença constante no Beira-Rio/Foto: Ricardo Duarte

Nota de esclarecimento

Nesta quarta-feira (26/05) tomamos conhecimento de declarações feitas no programa Sala de Redação, da Rádio Gaúcha, que não são verdadeiras. O comentarista Adroaldo Guerra Filho relatou informações que não coincidem com a realidade da relação do Clube com os seus atletas. Procuramos o jornalista para prestar esclarecimentos no programa de hoje, o que infelizmente não aconteceu.

Deixamos claro que jamais haverá qualquer movimento da Direção que não seja proteger o patrimônio do Inter. Sempre valorizamos nossos jogadores de futebol.

O aproveitamento dos atletas como titulares obedece critérios técnicos. Nosso futebol não funciona mais com dirigentes escalando equipes e desrespeitando os profissionais contratados, suas escolhas e até mesmo os seus momentos de carreira. Precisamos que TODOS evoluam, para que possamos crescer juntos.

Qualquer afirmação diferente do exposto acima será entendida como ofensa ao Inter, além de significar desrespeito à nossa torcida, e será sempre condenada pela Direção.

Nota oficial: eleições

Na tarde desta quarta-feira, a comunidade colorada tomou conhecimento pela imprensa de um laudo de perícia em ação direcionada contra o Sport Club Internacional e as empresas responsáveis pelo sistema de votação utilizado na eleição realizada em dezembro de 2020. Do Clube foi exigido, tão-somente, o fornecimento da lista digital dos associados que votaram, o que foi atendido e cuja integridade foi atestada pelo perito.

O laudo deixa claro a inexistência de qualquer favorecimento ou intervenção em favor de qualquer chapa, o que referenda o resultado do pleito. Nossas equipes técnica e jurídica estão analisando o documento para eventuais apontamentos técnicos que se façam necessários.

A nossa eleição de 2020 foi a maior da história de um clube no futebol brasileiro e temos plena confiança na lisura do processo. O Clube desde o início da ação se manteve à disposição para esclarecimentos.

O vazamento desse laudo de 108 páginas em menos de 24 horas de sua disponibilização no processo, que tramita em segredo de justiça, mostra a clara intenção de expor e difamar o Sport Club Internacional, o que deve ser lamentado por todos os colorados e coloradas.

Inter participa de reuniões para a criação da Liga de Clubes

Nesta sexta-feira (06/05), o Internacional participou de reunião que tratou da primeira proposta de estatuto da Liga de Clubes do país. Confira a nota elaborada pelas instituições representadas no encontro:

Clubes das séries A e B discutem contraproposta para criação da Liga

A maioria dos clubes de futebol integrantes das séries A e B do Campeonato Brasileiro segue em seu esforço pela criação da Liga de Clubes e, com esse objetivo, se reuniu na tarde desta sexta-feira para discutir os critérios que nortearão, em bases sustentáveis e justas, o equilíbrio de forças no futuro.

Entre os assuntos debatidos, o mais relevante foi a divisão de receitas de forma que contribua de fato para o aprimoramento da competição, tornando menos desiguais as condições de competitividade atuais.

Os termos aceitos em São Paulo por outros 6 clubes perpetuam o abismo que existe hoje, ao manterem a parte igualitária das receitas em 40%, enquanto nos campeonatos mais bem sucedidos este percentual pode chegar a 68% somando todos os direitos domésticos, internacionais e de marketing, caso da Premier League, por exemplo.

Não é aceitável que haja clubes ganhando 6 vezes mais do que outros, enquanto nas melhores Ligas do mundo essa diferença não ultrapassa 3,5 vezes.

Outro ponto a ser aprimorado é a adoção de premissas que não privilegiem pilares de difícil aferição, em especial ao que tange a engajamento. Tais critérios, na visão da maioria dos clubes que participaram da reunião, apenas perpetuam a posição de superioridade de alguns sobre outros, não dando a oportunidade de maior equilíbrio dos campeonatos.

A criação da Liga entre os 40 clubes será a oportunidade de se mudar efetivamente o futebol brasileiro e esse objetivo não pode se subordinar a interesses individuais de alguns, petrificados há décadas na superioridade de recursos. Sabemos que não seria justo buscar igualdade total de receitas, mas sim equanimidade e melhor distribuição.

O futebol brasileiro não avançará sem que haja um consenso entre os 40 clubes das séries A e B de que a justa distribuição de receitas gerará maiores oportunidades na disputa.

Contas coloradas são aprovadas pelo Conselho Deliberativo

A noite de quinta-feira (28) reservou uma boa notícia para os colorados: o balanço de contas foi aprovado pelo Conselho Deliberativo, após a apresentação realizada pela direção, que apontou um superávit de R$ 787 mil nos cofres colorados no período de 2021.

Entre os pontos divulgados pela direção, foram destacadas as medidas adotadas pelo Clube para chegar ao resultado positivo. A gestão controlada de custos e despesas, a otimização e melhoria dos processos em todos os âmbitos e o engajamento dos colaboradores foram apontados como fatores determinantes para que o objetivo fosse alcançado.

De acordo com os números apresentados, ao longo do ano passado, o Inter conseguiu economizar R$ 13,2 milhões em custos e despesas gerais. Além disso, investiu R$ 1,1 milhão no CT da Base, em Alvorada, R$ 1 milhão em TI, buscando se consolidar com um dos clubes mais digitais do país, obteve receita de R$ 88,3 milhões com negociações de atletas e geração de caixa de aproximadamente R$ 100 milhões.

Outro ponto destacado foi que as vendas de produtos oficiais da adidas, patrocinadora do Clube, tiveram um acréscimo de 30% em comparação ao ano anterior, principalmente alavancadas pelas camisas III (Merlot) e as desenvolvidas para datas como o Outubro Rosa e a Consciência Negra. Outro item divulgado foi que os royalties da marca alcançaram 35% a mais no mesmo período.

Os números do balanço colorado na gestão do presidente Alessandro Barcellos já haviam sido aprovados por auditores independentes que analisaram todas as demonstrações financeiras do período, comprovando e validando os dados apresentados pela atual gestão. De acordo com a BDO, “as demonstrações contábeis referidas apresentam adequadamente, em todos os aspectos relevantes, a posição patrimonial e financeira do Sport Club Internacional em 31 de dezembro de 2021, o desempenho de suas operações e seus fluxos de caixa para o exercício findo nesta data, de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil, aplicáveis às entidades desportivas”.

O Conselho Fiscal do Clube também já tinha corroborado os valores expostos ao Conselho Deliberativo.

Direção apresenta balanço das contas de 2021

Beira-Rio sedia reunião na noite desta quinta-feira (Foto: Ricardo Duarte)

A sessão ordinária do Conselho Deliberativo do Sport Club Internacional desta quinta-feira (28/04) aprecia o Relatório do Conselho de Gestão do Clube, bem como examina e vota o Balanço de Contas colorado do exercício 2021.

Os números que integram o balanço já foram aprovados, sem ressalvas, por auditores independentes que analisaram todas as demonstrações financeiras do período, comprovando e validando os dados apresentados pela atual gestão. O Conselho Fiscal também aprovou os valores.

Os números do primeiro ano da gestão de Alessandro Barcellos apontam que houve um equilíbrio econômico baseado nas boas práticas de gestão internas que foram implantadas junto a fornecedores de produtos e serviços, além da criação de uma diretoria executiva que atua em todas as áreas coloradas, liderada por Giovane Zanardo, CEO do Clube, assim como a considerável redução das despesas operacionais ao longo do último ano.

Um ponto que merece destaque na prestação de contas é que, pela primeira vez em cinco anos, o Inter teve superávit de quase R$ 1 milhão oriundo da venda de atletas, melhoria na gestão de recursos, novas ações de Marketing, entre outras iniciativas que injetaram aportes financeiros aos cofres colorados.

Rafael Cechin assume diretoria de comunicação

O Sport Club Internacional informa a contratação do executivo Rafael Cechin como Diretor de Comunicação.

Cechin responderá diretamente para o CEO e passa a atuar junto ao Conselho de Gestão do Clube. Sua principal função será integrar a comunicação do Inter, avaliando e reorganizando os processos vinculados à área e à produção de conteúdos.

Com mais de 20 anos de experiência, o profissional liderou processos de integração, gestão e produção jornalística em veículos de comunicação. Atualmente, prestava consultorias em estratégia de comunicação.

#ColoradoJogaJunto: sócios e sócias têm valores especiais para apoiar o Inter no Brasileirão e na CONMEBOL Sul-Americana

Aqui, #ColoradoJogaJunto, e o Inter, apostando na força da Maior e Melhor Torcida do Rio Grande como um diferencial para as disputas do Brasileirão e da CONMEBOL Sul-Americana, praticará valores especiais para seus sócios e sócias nas partidas continentais e nacionais que serão realizadas no Beira-Rio em 2022. A partir do jogo contra o Guaireña-PAR, previsto para as 21h30 da próxima quinta-feira (14/04), a modalidade Campeão do Mundo contará com descontos de 60%, e não mais 50%, para comprar ingressos, enquanto associados e associadas ‘Nada Vai Nos Separar’ pagarão 80% – 10% a menos do que do que no ano passado – do valor total das entradas.

A política de valorização do quadro associativo, que será adotada ao longo dos dois turnos nacionais e das fases de grupos, oitavas e quartas da CONMEBOL Sul-Americana, já se fez presente na reta final do Gauchão, quando os sócios e sócias também puderam comprar ingressos com descontos acima da média historicamente praticada. Clique aqui para saber mais sobre os diferentes planos oferecidos e se associar ao Clube do Povo do Rio Grande do Sul!