Imagens: Inter x Avaí – 4ª rodada/Brasileirão 2022

O Inter pressionou muito, criou diversas chances, mas não saiu do empate sem gols com o Avaí, no Beira-Rio. Confira os registros do duelo, que integrou a quarta rodada do Brasileirão de 2022!

Inter pressiona, mas não sai do zero contra o Avaí

Colorado pressionou, mas não saiu do zero no Beira-Rio/Foto: Ricardo Duarte

O Colorado empatou sem gols com o Avaí, na noite deste domingo (1º/05), em partida da quarta rodada do Brasileirão de 2022. Com o resultado, o Inter, que volta a campo na próxima quinta-feira (05/05), mas pela CONMEBOL Sul-Americana, chega aos sete pontos no Nacional. O adversário neste meio de semana será o Guaireña, fora de casa.


Inter pressiona, mas não marca

Inter pressionou muito no início do confronto/Foto: Ricardo Duarte

O Inter foi a campo em ritmo frenético no Beira-Rio. Apoiado pela torcida, que protagonizava bonita festa nas arquibancadas do Gigante, o Colorado já fazia por merecer seu gol antes mesmo dos 10 minutos. A essa altura, afinal, o jogo já testemunhara boas chances de Wanderson e Alemão, que muito se encontravam em tabelas envolventes, e de Mauricio, que carimbou o poste após cruzamento de Bustos.

Vivendo semana de grande exigência para o preparo físico, o Colorado diminuiu a intensidade a partir dos 15 minutos. Atento à força do ataque vermelho, especialmente insinuante na ponta-esquerda, o Avaí também tratou de reencaixar seu sistema defensivo, recuando ainda mais as linhas, que ficaram restritas às cercanias da própria grande área catarinense.

Wanderson teve boa atuação no Beira-Rio/Foto: Ricardo Duarte

Escanteios, escanteios e mais escanteios. A bola aérea foi intensamente aproveitada pelo Inter antes do intervalo, e valeu ao Clube do Povo diversas situações de perigo latente, mas nenhuma convertida para as redes. Também Mauricio apareceu nesta fase da partida, quase abrindo a conta aos 46. O placar, contudo, estava decidido a abraçar o zero, que perdurou até o último apito da etapa.


Douglas impede a vitória do Inter

Alemão quase abriu a conta no reinício da partida/Foto: Ricardo Duarte

Assim como no primeiro tempo, o Inter também pressionou intensamente no reinício de confronto, mas passou a esbarrar no brilho do goleiro Douglas. No minuto quatro, ele impediu que Wanderson marcasse um golaço. Ainda antes, Alemão, em bonita jogada individual, havia arrancado tinta do travessão catarinense. Já aos oito, Wilton Pereira Sampaio fez o que lhe é costumeiro, e ignorou possível penalidade em Edenilson.

Aos 12, o Beira-Rio soltou o grito de gol, mas por poucos segundos. De fora da área, o insinuante Wanderson acertou as redes. Infelizmente, do lado de fora da meta. Pecado! Mais tarde, aos 23, o camisa 11 recebeu passe genial de Bustos e mandou chute forte. Douglas, que há pouco brilhara para impedir gol do recém-entrado Taison, espalmou. Com o correr dos minutos, a tensão cresceu e as chances escassearam, consagrando o empate no Beira-Rio.

Taison também teve sua chance/Foto: Ricardo Duarte

Primeiro tempo

2min – SAAAAAAAAALVA A ZAGA! Wanderson faz linda jogada a partir do campo de defesa e lança Alemão, que devolve na medida para o camisa 11. Atacante invade a área pela direita, sai de frente com Douglas e tenta a assistência para Mauricio. Antes dele, a zaga corta.

3min – UUUUUH! Alemão e Wanderson tabelam novamente, mas a zaga trava o arremate do camisa 11. Na sobra, Edenilson enche o pé. Bloqueado, o chute sai em escanteio para o Inter.

6min – PRESSÃO COLORADA! Pena escapa pela esquerda, deixa a marcação comendo poeira e cruza por baixo. Antes de Alemão, Cortez afasta de qualquer maneira pela linha de fundo.

9min – NO POOOOOOOOOSTE! Renê, de primeira, abre jogo para Wanderson, que cruza na primeira trave. A zaga corta parcialmente, mas Bustos, pela direita, emenda chute forte e rasteiro. Mauricio, no centro da área, desvia em direção à trave direita de Douglas. Teimosa, ela corre por sobre a linha e retorna em direção ao campo. QUE BLITZ!

11min – Com dores, Moledo deixa o campo. Entra Mercado.

18min – Bissoli consegue espaço na entrada da área colorada, ajeita para o pé direito e finaliza. Méndez bloqueia a trajetória da bola, que sai, com perigo, em escanteio.

30min –UUUUUH! Mauricio pega a sobra de corte da zaga e, a poucos passos da meia-lua, arrisca de perna direita. Chute cruzado sai ao lado do poste direito de Douglas.

31min – OPA! Mauricio cobra escanteio fechado pela direita. Douglas, estranhamente, afasta de soco.

37min – Pena recebe cobrança curta de escanteio e cruza fechado. A bola quase encobre Douglas, mas sai pela linha de fundo.

43min – TINHA ENDEREÇO! Após cobrança de falta feita por Pena, Gabriel controla o rebote e, a partir do corredor central da intermediária ofensiva, arrisca rasteiro. Zaga consegue o bloqueio e impede um possível gol colorado.

45min – Mais dois. Vamos a 47!

46min – Bustos cruza bola inteligente e rasteira para Mauricio, que domina sobre a risca da grande área, enquadra o corpo e manda de canhota. Com desvio na zaga, ela sai pelo fundo do campo.

47min – Intervalo no Gigante.


Segundo tempo

0min – Mudança no Avaí: Dentinho por Marcinho.

2min – ELE TÁ DEMAAAAAAAAAAAIS! Alemão deixa dois marcadores para trás em lindo drible, invade a área e enche o pé. Forte, ela sai por cima, assoviando o travessão catarinense.

3min – MILAAAAAAGRE! Wanderson chama a marcação para dançar e finaliza pela direita da área rival. Douglas voa e espalma em escanteio.

8min – NADA? Edenilson recebe cruzamento rasteiro e prepara o chute, mas sofre toque faltoso de Bruno Silva. Wilton mandou seguir. Era pênalti.

9min – Bruno Silva amarelado.

12min – PRA FOOOOOOOOOOOORA! Mauricio aciona Wanderson, que domina na quina esquerda da área rival e chuta forte. Bola explode na rede, mas de fora.

14min – Pena finaliza de fora da área. Pra fora, por pouco!

15min – Duas novidades no time visitante. Entram Rômulo e Jean Pyerre nas vagas de Bruno Silva e Copete.

16min – Edenilson amarelado.

19min – Entram David e Taison. Mano retira Mauricio e Pena.

21min – SAAAAAAAAAAAAAALVA O GOLEIRO! Taison costura da esquerda para o centro e solta a bomba. No cantinho, Douglas voa e salva o time visitante.

23min – MAIS UM MILAGRE! Bustos, de ganchinho, lança Wanderson, que recebe pela direita da pequena área e enche o pé. Douglas opera mais uma intervenção providencial.

26min – DANIEEEEEEEEEEEEEEEEEEEL! Bissoli recebe de Dentinho e se prepara para finalizar, mas é abafado por excelente saída do goleiro colorado.

29min – Estêvão e Pedro Henrique estreiam pelo Inter! Saíram Wanderson e Alemão.

33min – Avaí completa suas cinco mudanças. Pottker e Jean Cleber substituem Bissoli e Raniele.

37min – PRA FOOOOOOOOOORA! Pedro Henrique faz a finta no lateral rival, entra na área e solta o canhotaço. Tiro de meta para o Avaí.

39min – Rômulo corta da esquerda para o centro e chuta rasteiro. Daniel encaixa.

43min – David recebe de Estêvão e arma o giro sobre Arthur, mas é derrubado pelo zagueiro, que recebe o cartão amarelo.

44min – Taison é punido com o amarelo.

45min – Vamos a 50.

46min – TRAVESSÃÃÃÃÃÃO! Renê escapa pela esquerda e levanta na medida para Edenilson, que cabeceia como manda o figurino. A bola explode no poste superior!

48min – Jean Cleber vai só no corpo de Edenilson. Amarelou.

50min – Jogo encerrado.


Ficha técnica:

Internacional (0): Daniel; Bustos, Bruno Méndez, Rodrigo Moledo (Gabriel Mercado) e Renê; Gabriel, Edenilson e Carlos de Pena (David); Mauricio (Taison), Alemão (Pedro Henrique) e Wanderson (Estêvão). Técnico: Mano Menezes.

Avaí (0): Douglas; Kevin, Bressan, Arthur Chaves e Cortez; Raniele, Bruno Silva (Rômulo) e Eduardo; Marcinho (Dentinho), Bissoli e Copete (Jean Pyerre). Técnico: Eduardo Barroca.

Cartões amarelos: Edenilson e Taison (I). Bruno Silva, Jean Cleber e Arthur Chaves (A).

Arbitragem: Wilton Pereira Sampaio, auxiliado por Bruno Raphael Pires e Fábio Pereira. Quarto árbitro: Roger Goulart. VAR: Daiane Caroline dos Santos.

Estádio: Beira-Rio.

Público: 23.823. Pagantes: 3.362. Não pagantes: 20.461.

Renda: R$ 963.264,00.

Inter x Avaí - Brasileirão - 01/05/22

Galeria de fotos: São Luiz 0 x 0 Internacional – 3ª rodada/Gauchão 2022

Com time repleto de jovens e capitaneado por D’Alessandro, Inter disputa jogo movimentado em Ijuí. Placar, apesar das boas chances dos dois lados, ficou zerado até o fim. Confira as fotos:

Colorado empata sem gols em Ijuí

Colorado empatou sem gols no 19 de Outubro/Foto: Ricardo Duarte

Com um elenco bastante modificado em relação ao escalado nas duas primeiras rodadas do Gauchão, o Clube do Povo encarou o São Luiz, fora de casa, na noite desta quarta-feira (02/02). Completamente lotado, o Estádio 19 de Outubro recebeu boa partida, que contou com grande exibição de D’Alessandro, mas encerrada sem gols. O resultado mantém o Inter na liderança do Estadual, agora com sete pontos somados em três jogos. No próximo sábado (05/02), o time de Alexander Medina visita o Ypiranga, em Erechim, a partir das 16h30.


Novidades no time

Medina promoveu mudanças em todos os setores do time nesta quarta-feira. Em relação à espinha de equipe, também modificada, que disputou as duas primeiras rodadas do Gauchão, oito nomes apareceram pela primeira vez como titulares na temporada. Desses, Keiler e Paulo Victor estrearam em 2022. Já durante o jogo, três atletas oriundos da base foram alçados a campo: Matheus Dias, Lucas Ramos e Nicolas. Além deles, também entrou o jovem Gustavo Maia, resultando em uma média de idade de 22 anos para a equipe que encerrou o duelo.


Primeiro tempo movimentado

Inter voltou a jogar fora de casa pelo Gauchão/Foto: Ricardo Duarte

A grande injustiça no placar que encerrou a etapa final foi a manutenção do zero para os dois lados. Teimosa, a bola muito circundou as metas de Inter e São Luiz ao longo dos 45 minutos que inauguraram o confronto, mas insistiu em não encontrar os córdeis das cidadelas rubra e colorada. Para os donos da casa, que exploravam tanto a velocidade de Ariel, nos contra-ataques, quanto a bola parada, o grande vilão foi Keiller, que operou defesa providencial em falta cobrada por Jean Silva, aos 27.

Keiller voltou a jogar pelo Inter depois de quase cinco anos/Foto: Ricardo Duarte

Já de parte do Inter, as principais tramas contaram com o brilho de D’Alessandro. Inteligente para perceber a marcação menos aplicada do São Luiz na altura do meio de campo, o camisa 10 participou ativamente da construção das jogadas colorada, e muito bem combinou com Mauricio e Paulo Victor. Aos 18, o segundo desses recebeu lindo lançamento do maestro e cruzou rasteiro para o primeiro, que chutou forte, com espaço, mas por cima.

A melhor chance do primeiro tempo, inclusive, pertenceu ao Inter, e surgiu de tabela entre D’Ale e PV. Acionado pelo gringo, o camisa seis teve espaço para cruzar, mas foi travado por bloqueio feito com a mão por Lucas Carvalho. Na cobrança da falta, assinalada a centímetros da grande área, Heitor exigiu milagre do arqueiro rival, enquanto Cadorini, no rebote, teve seu arremate cortado em cima da linha por Paulinho Santos.

Cadorini quase marcou na etapa final/Foto: Ricardo Duarte

Inter pressiona no reinício

Alexander Medina mudou o time na etapa final, invertendo Mauricio e Caio. Pela meia-esquerda, o camisa 27 passou a combinar ainda mais com PV e D’Ale, sobrecarregando esse como principal corredor colorado. Ao mesmo tempo, Vidal ficava espetado pela direita, pronto para servir de escape a jogadas individuais. Sempre de cabeça erguida, Johnny assumiu a responsabilidade das inversões, que reduziram o São Luiz, antes incômodo, à postura excessivamente defensiva.

Paulo Victor armou boas chances para o Colorado/Foto: Ricardo Duarte

Neste novo desenho, o Inter confundiu o São Luiz e criou cinco grandes chances em 15 minutos. O goleiro Renan, diante de arremates de Lindoso, Mauricio e Mercado, assumiu sua parcela de culpa para manter o escore zerado, bem como a linha de impedimento adversária, que foi definitiva para anular escapes de Paulo Victor e Kaique.


Primeiro tempo

2min – Inter começa o jogo na pressão! Pela direita, Mauricio e D’Alessandro combinam antes de a bola ser espichada para Cadorini, que inverte até Paulo Victor. Lateral cruza na direção de D’Ale, mas a zaga antecipa e corta em escanteio.

4min – KEILLER! De fora da área, Ariel arrisca chute forte. Goleirão se estica no canto e defende, em dois tempos, com estilo.

9min – UH! Heitor é lançado na área rival e, pela direita, tenta o toque de primeira para Cadorini. Antes dele, João Marcus corta.

10min – COMO JOGA! D’Alessandro pensa diferente! Da altura do meio de campo, camisa 10 percebe Caio nas costas do lateral Lucas Carvalho e lança. No último instante, rival afasta pela linha de fundo.

11min – PRA FOOOOOOOOORA! Heitor cobra escanteio da esquerda, na medida para Kaique subir no terceiro andar e desviar com estilo. Ela sai tirando tinta.

12min – LINDOSO! Ariel recebe de Juba e, dentro da área colorada, corta o primeiro marcador. Antes do chute, é travado pelo 19 do Clube do Povo!

18min – QUE JOGAAAAAADA! QUAAAAAAAAAASE! De novo, D’Alessandro percebe Paulo Victor com espaço e lança o lateral, que domina já dentro da área. Da esquerda, o camisa seis cruza rasteiro para Mauricio, que chega batendo na altura da marca do pênalti. Forte demais, ela sai por cima.

26min – KEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEILLER! Ao lado da meia-lua da grande área colorada, Jean Silva cobra falta com muito veneno. Goleiro do Clube do Povo se estica todo e, no canto direito, opera um milagre.

32min – FALTA! D’Ale volta a encontrar Paulo Victor e serve o lateral, que vai ao fundo e cruza. Com a mão, Lucas Carvalho abafa.

33min – UUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUH! A dois passos da grande área, pela esquerda, Heitor cobra falta fechada, buscando a segunda trave. Renan Rocha voa para espalmar, mas o rebote é de Matheus Cadorini, que finaliza rasteiro. Em cima da linha, Paulinho afasta, e nem Paulo Victor, nem Mauricio, conseguem marcar na sobra.

39min – Por reclamação, Daronco apresenta o amarelo para D’Alessandro.

41min – Mauricio aplicava balãozinho em Willian Goiano, mas é atropelado pelo zagueiro rival. Falta e amarelo apresentados.

43min – Amarelo para Ariel: caçou Heitor.

45min – Mais três! Vamos a 48 em Ijuí.

48min – Intervalo no 19 de Outubro.


Segundo tempo

7min – SUBIU A BANDEIRA! Após cobrança de escanteio de D’Alessandro, feita pela direita, Caio fica com a bola na entrada da área e deixa com PV. O camisa seis cruza para Lindoso, com espaço nas cercanias do gol, mas o volante prefere o toque para Kaique. Antes do zagueiro, que estava em impedimento, Renan defendeu.

9min – TIROU TIIIIIIIIIIIIIIIIINTA! Johnny recupera a posse no campo ofensivo e, sem titubear, enquadra o corpo para o chute. Forte, a bomba explode na haste de sustentação.

11min – MILAAAAAAAAAAAAAAAAAAGRE! PV e D’Ale tabelam pela esquerda. Em velocidade, o lateral vai ao fundo e toca para Mauricio, que invade a área, ajeita para a canhota e chuta colocado. Renan, em escanteio, espalma, salvando os locais.

12min SURGE UM VILÃO! D’Ale cobra escanteio da esquerda, Kaique ganha por cima e Mercado, livre na segunda trave, chuta. Com os pés, Renan Rocha salva o Rubro.

16min – PV faz fila pela esquerda, deriva para o centro e acha Mauricio com lindo toque de ganchinho. De perna direita, meio-campista chuta pra fora, mas em condição flagrada como irregular.

30min – Duas trocas no Clube do Povo. Gustavo Maia e Nicolas entram, Rodrigo Lindoso e Matheus Cadorini saem.

31min – No São Luiz, também uma dupla de mudanças. Germano na vaga de Paulinho, Paulinho Simionato no lugar de Juba.

37min – Mais mudanças no time da casa. Vem Mizael, vai Lucas Carvalho. Sai Régis, entra Prill.

40min – Aplaudido de pé por um 19 de Outubro lotado, D’Alessandro deixa o campo. Entra Matheus Dias, acompanhado de Lucas Ramos, substituto de Mauricio.

45min – Mais cinco! Vamos a 50.

47min – No lugar de João Marcus, o São Luiz promove a entrada de Rodrigo Milanez.

49min – Mais um. Serão, ao todo, seis de acréscimo.

51min – Fim de jogo.


Ficha técnica:

São Luiz (0): Renan Rocha; Lucas Carvalho (Mizael), João Marcus (Rodrigo Milanez), Willian Goiano e Márcio Goiano; Régis (Prill), Paulinho (Germano) e João Vieira; Ariel, Juba (Paulinho Simionato) e Jean Silva. Técnico: Paulo Henrique Marques.

Internacional (0): Keiller; Heitor, Gabriel Mercado, Kaique Rocha e Paulo Victor; Rodrigo Lindoso (Gustavo Maia), Johnny, Caio Vidal, D’Alessandro (Matheus Dias) e Mauricio (Lucas Ramos); Matheus Cadorini (Nicolas). Técnico: Alexander Medina.

Cartões amarelos: Willian Goiano e Ariel (S). D’Alessandro (I).

Arbitragem: Anderson Daronco, auxiliado por Gustavo Schier e Conrado Berger. Quarto árbitro: Deividi de Freitas.

Estádio: 19 de Outubro.

Inter empata sem gols com o Ceará no Castelão

O Clube do Povo empatou sem gols com o Ceará nesta quarta-feira (06/10), no Castelão, em partida da 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time de Aguirre chega aos 33 pontos na competição, e segue na luta pelo G6. No próximo domingo (10/10), o Internacional recebe a Chapecoense, no retorno da torcida colorada ao Beira-Rio, encerrando sequência de dois jogos consecutivos como visitante.


Inter começa melhor, adversário cresce com o tempo

Retorno da torcida, primeira partida em 10 dias e vitorioso na rodada passada. O cenário sugeria um Ceará bastante intenso nos movimentos de abertura do confronto, mas a realidade correu bem diferente do esperado. Melhor em campo na primeira quinzena de minutos, o Inter chegou com enorme perigo em duas situações, a primeira finalizada por Mauricio, mas cortada por Messias, e depois em arremate de Yuri, milagrosamente espalmado por João Ricardo. Após esta, porém, o domínio do jogo trocou de mãos.

Simpático à bola área ofensiva, explorada principalmente por Cléber, mas também, em lances de bola parada, por Messias e Luiz Otávio, o Ceará assustou pela vez primeira aos 19. Servido por Marlon, Vina finalizou rasteiro, e Daniel salvou. Depois, novos escanteios alvinegros voltaram a assustar o time de Aguirre, mas insuficientes para alterar o placar, que seguiu zerado até o intervalo de confronto. Boa parte da igualdade, vale lembrar, também encontrou justificativa no acidentado gramado do Castelão, que muito prejudicava a troca de passes de ambas as equipes.


Daniel faz a diferença

Extremamente desfalcado, em decorrência de convocações para a Data FIFA, lesões, suspensão e, inclusive, quadros gripais, o Inter dispunha de poucas opções ofensivas no banco de reservas. Até por isso, Aguirre precisou ser criativo nas trocas que realizou ao longo da etapa final, chegando a modificar o esquema tático do Inter, que saiu do 4-4-2 e adotou o 4-3-3. O time da casa, por outro lado, seguiu fiel ao seu estilo, dominante após o intervalo.

Bem-sucedida como fora na primeira etapa, a bola área seguiu oferecendo importantes escapes para o Ceará ao longo do tempo segundo. Quem também voltou a brilhar, contudo, foi Daniel, responsável por consecutivos milagres que impediram a meta colorada de ser vazada. Na linha de frente, o Inter assustou em espaçados contra-ataques, também insuficientes de balançar as redes alvinegras.


Primeiro tempo

2min – UUUUUUUUUUUUH! Inter chega com enorme perigo pela direita, por onde Lindoso levanta na área. Yuri sobe mais do que a zaga e escora para Mauricio, que domina no peito e finaliza cruzado. A bola passa por João Ricardo, mas Messias corta.

2min – Ceará responde com Vina, que finaliza forte, mas por cima.

3min – ENCAIXA, JOÃO RICARDO! Lindoso, de novo, serve o ataque. Acionado da vez, Caio ajeita para Yuri, que briga com Messias, mas não consegue o desvio por culpa do goleiro, que sai bem da meta.

12min – MILAAAAAAAAAAGRE! Lindoso, mostrando que o pé está na forma, serve linda bola para Patrick, que também encanta para cortar a marcação. Com espaço, o Pantera serve Yuri, que solta o canhotaço. João Ricardo voa para salvar o time da casa.

19min – DA-NI-EEEEEEEL! Ceará chega de pé em pé. Da intermediária ofensiva, Luiz Otávio levanta para Marlon, que desvia de cabeça na direção de Vina. O camisa 29 finaliza, e Daniel salva o Inter.

20min – Cléber, de cabeça, sobe mais do que a zaga colorada e desvia escanteio vindo da direita. Bola sai ao lado do poste.

23min – Bruno Pacheco recebe o amarelo por falta em Caio Vidal.

25min – Moisés é o amarelado da vez. Impediu contra-ataque alvinegro.

31min – UUUUUUUH! Patrick, na meia-esquerda, percebe Mauricio nas costas de Luiz Otávio e tenta o toque. O camisa 27 só não finaliza por João Ricardo, que deixa o gol como um líbero e cortar com os pés.

32min – Inter chega bem pela direita. Mauricio estica jogo até Saravia, que invade a área e tenta cruzamento rasteiro. Antes de Caio, a zaga corta, mas a sobra é do 27 colorado, que cruza da intermediária. Com desvio, ela quase encobre João Ricardo, mas morre nas mãos do goleiro.

34min – Ceará volta a assustar em escanteio. Alçado pela esquerda, o cruzamento é desviado por Luiz Otávio, na primeira trave, e encontra Airton nas cercanias da pequena área. Ele desvia por cima.

39min – BRUNO MÉÉÉÉÉNDEZ! Ceará chega em altíssima velocidade. Vina, na meia-lua da grande área, serve passe em profundidade para Kelyvin, que invade a área livre. No momento do arremate, porém, o adversário é travado por bote providencial do zagueiro uruguaio.

40min – Luiz Otávio caça Yuri e, por isso, é advertido.

45min – Mais dois. Vamos a 47.

47min – Encerrada a primeira etapa.


Segundo tempo

0min – Muda o Inter! Paulo Victor vem, Moisés vai.

5min – ERA O GOL! Patrick invade a área alvinegra em altíssima velocidade pela esquerda, mas tem seu arremate providencialmente travado por Luiz Otávio, que salva os mandantes com preciso carrinho.

7min – Cléber arma contra-ataque perigoso para o Ceará, tabela com Vina e, dentro da área vermelha, solta a bomba. Bola explode no travessão.

9min – Saravia amarelado por reclamação.

14min – Airton sai no Ceará. Substituto é Erick.

16min – Duas trocas no Inter. Gustavo Maia entra, Mauricio sai, Johnny vem, Caio vai.

23min – Fabinho e Lima são as novidades da vez no time da casa. Sobral e Kelvyn sacados.

23min – Vina amarelado por reclamação.

24min – SAAAALVA A ZAGA! Saravia vai ao fundo pela direita, faz fila e cruza rasteiro. Patrick finaliza com a perna direita, Messias trava de carrinho.

27min – Carrinho salvador de lá, carrinho salvador de cá! Erik tenta o cruzamento rasteiro para Vina, mas Johnny corta no limite.

29min – Fabinho cabeceia com enorme perigo na área colorada, mas a bola sai em tiro de meta.

30min – DANIEEEEEEEEEEEEL! Ceará cobra escanteio curto pela direita. Erguida na segunda trave, a bola é desviada em testaço de Cléber, que exige milagre do goleiro do Inter.

36min – Marlon derruba Gustavo e recebe o cartão.

40min – DANIEL! DANIEL! DANIEL! Lima cobra escanteio da esquerda, Luiz Otávio ganha por cima e Vina, de puxeta, finaliza. Goleiro do Inter encaixa.

43min – Jael substitui Cléber no Vozão.

45min – Mais cinco de acréscimos.

46min – Igor recebe seu cartão também.


Ficha técnica:

Ceará (0): João Ricardo; Igor, Messias, Luiz Otávio e Bruno Pacheco; Fernando Sobral (Fabinho), Marlon, Airton (Erick), Vina e Kelvyn (Lima); Cléber (Jael). Técnico: Tiago Nunes

Internacional (0): Daniel; Saravia, Bruno Méndez, Mercado e Moisés (Paulo Victor); Caio Vidal (Gustavo Maia), Rodrigo Lindoso, Rodrigo Dourado e Patrick; Mauricio (Johnny) e Yuri Alberto. Técnico: Diego Aguirre.

Cartões amarelos: Bruno Pacheco, Marlon, Vina, Igor e Luiz Otávio (C). Moisés e Saravia (I).

Arbitragem: Rodolpho Toski Marques, auxiliado por Victor Hugo Imazu e Sidmar Meurer. Quarto árbitro: Luciano da Silva. VAR: Rodrigo Guarizo do Amaral.

Estádio: Castelão-CE.

Empate sem gols encerra participação das Gurias no Brasileiro Sub-18

Gurias ficaram com a terceira colocação no Nacional/Foto: João Callegari

As Gurias Sub-18 receberam o São Paulo, na tarde desta quinta-feira (09/09), para a disputa da partida de volta das semifinais do Brasileirão da categoria. No Sesc Protásio Alves, as coloradas empataram sem gols com o Tricolor, resultado que, somado ao revés do jogo de ida, eliminou o Inter da competição.

Time foi a campo com postura ofensiva nesat quinta/Foto: João Callegari

Superadas por 5 a 1 na semana passada, as Gurias precisavam do resultado para avançar à final do país. Assim, o time de Fábio Sanhudo iniciou o confronto como protagonista, escalado com Loirão e Carol Gil nas pontas do ataque, que tinha em Mileninha sua referência.

Ofensivas, as linhas do Clube do Povo apertaram a saída de bola tricolor no primeiro terço da partida. Visivelmente desconfortável, a equipe visitante tinha dificuldades para sair do seu campo, mas conseguia impedir a criação de chances claras por parte das coloradas.

Inter pressionou no início do confronto/Foto: João Callegari

O correr do tempo foi amigo das paulistas, que conseguiram se soltar dentro de campo. Em busca, principalmente, do contra-ataque, alternativa simpática à linha de frente formada por Giovaninha, Duda Rodrigues e Milena, o São Paulo viveu momentos de pressão bem-sucedida, capaz de prejudicar a saída de bola colorada e armar oportunidades de relativo perigo, embora nenhuma suficiente para mudar o escore.

Defesas estiveram bem postadas no gramado do Sesc/Foto: João Callegari

Fiéis ao plano de jogo até o último minuto, as Gurias retornaram dos vestiários dispostas a correr maiores riscos, concessão necessária para quem buscava o controle do placar. A organização tática, contudo, não foi suficiente para perturbar a goleira Marcelle, logo justificando as primeiras alterações na equipe colorada.

Maranhão e Teté foram as primeiras escolhidas por Sanhudo pra conferir maior imposição física e controle do corredor direito. Voltadas para a frente, as Gurias ainda contaram com a costumeira segurança de Gabi Barbieri, atrás, para perseguir o triunfo, mas ele, infelizmente, não veio. Campeãs do Brasileirão Sub-18 em 2019, as Gurias adiaram o sonho do Bi para 2022.

Ficha técnica:

Internacional (): Gabi Barbieri; Lívia, Guta, Duda Flores (Gabi Bortolon) e Liriel (Milene); Maju (Kamilla), Berchon (Teté) e Mai (Maranhão); Loirão, Mileninha (Ju Romanelli) e Carol Gil. Técnico: Fábio Sanhudo.

São Paulo (): Marcelle; Ravena, Alves, Lauren e Clara (Ingrid); Joyce, Carol e Duda (Isa); Milena (Paola), Giovaninha (Gica) e Duda Rodrigues. Técnico: Thiago Viana.

Cartões amarelos: Mileninha (I). Carol e Milena (S).

Arbitragem: Andressa Hartmann, auxiliada por Ariela Duarte e Estefani Estrela da Rosa. Quarto árbitro: Marcello Ignacio Neto.

Estádio: Sesc Protásio Alves-POA.

Fora de casa, Inter empata sem gols com o Atlético-GO

O Clube do Povo empatou sem gols com o Atlético-GO, na noite deste domingo (29/08), em partida da 18ª rodada do Brasileirão. Com o ponto conquistado no Antônio Accioly, o Colorado chega a 23 pontos na competição.

Os comandados de Diego Aguirre retornam aos gramados no dia 13 de setembro, após final de semana de folga em virtude da disputa da Data FIFA que conta com Edenilson, Palacios e Guerrero convocados. Diante do Sport, a partida abre o returno, e terá como palco a Ilha do Retiro.


Defesas levam a melhor

Nem Colorado, nem Dragão levaram verdadeiro perigo às defesas adversárias no primeiro tempo desta 18ª rodada do Brasileirão. Caracterizada por retaguardas bem postadas, a etapa inicial presenciou momento de maior verticalidade dos dois lados ainda na casa dos 10 minutos, quando Yuri, para o Inter, e André Luís, do lado do Atlético-GO, levaram perigo em lances de relativa confusão das zagas rivais.

Mais uma vez segura, a dupla de zaga formada por Bruno Méndez e Victor Cuesta anulou com exatidão as tramas de João Paulo e Zé Roberto, tabela que se mostrou perigosa ao longo deste primeiro turno de Brasilierão. Na frente, os melhores momentos colorados saíram da aproximação de Taison a Moisés e Patrick, trio que conseguiu boas tramas pela esquerda, mas nenhuma consagrada com gol.


Mandantes retornam melhor, Inter termina em cima

Quem retornou melhor dos vestiários foi o Atlético-GO, que acumulou boas chances nos 10 minutos de abertura da etapa final. Janderson, logo após a saída da bola, assustou pela esquerda, enquanto João Paulo teve arremate cortado em cima da linha, de maneira providencial, por Bruno Méndez. Aos 13, Zé Roberto também levou perigo, mas em lance paralisado por irregularidade na origem.

Após segundo terço de muitas paralisações, os 15 minutos finais de jogo presenciaram pressão colorada. A partir das entradas de Mauricio, Caio Vidal e Palacios, o Inter construiu enorme volume ofensivo, armado a partir da velocidade do trio e das paredes de Paolo Guerrero, que muito incomodava a zaga. Ninguém, contudo, foi capaz de balançar as redes, que seguiram intactas até o último apito.


Primeiro tempo

9min – UUUUUUUUUUUUH! Yuri recebe de Taison, invade a área rubro-negra e, rente à linha de fundo, tenta o passe rasteiro, para trás. A zaga não afasta, o ataque não completa, e a posse retorna ao 11 do Inter, que finaliza bloqueado por grande saída de Fernando Miguel.

10min – BEM, DANIEL! Igor Cariús arrisca despretensioso, mas com força, pela esquerda. A bola explode na zaga do Inter e toma a direção do lado direito da área vermelha. Antes de André Luis, goleiro colorado deixa o gol e afasta.

11min – COOOOORTA A ZAGA! Taison, que visão! Camisa 10 percebe Moisés nas costas da zaga e serve. Lateral vai até a linha de fundo e cruza rasteiro. Antes de Patrick, Arnaldo manda pela linha de fundo.

26min – Arnaldo sai cara a cara com Daniel e, dentro da área, finaliza para as redes. Gol é anulado por impedimento do lateral-direito rubro-negro.

28min – Lesionado, Arthur Henrique deixa o campo no Dragão. Entra Janderson.

32min – Daniel! João Paulo finaliza de muito longe, e goleiro colorado espalma com segurança.

35min – SALVA, FERNANDO MIGUEL! Edenilson lança Yuri nas costas da zaga atleticana. Camisa 11 dominaria com total liberdade, mas goleiro rubro-negro deixa a meta e afasta o perigo.

45min – Mais um. Vamos até 46!

46min – Encerrado o primeiro tempo.


Segundo tempo

1min – Janderson é lançado em velocidade pela esquerda, consegue o drible na segunda tentativa e chuta cruzado. Daniel espalma, Moisés corta, e arbitragem interrompe o lance por impedimento.

5min – SAAAAALVA, BRUNO MÉNDEZ! Em cima da linha, zagueiro corta finalização de João Paulo, que já superara o goleiro Daniel. Grande lance do uruguaio!

13min – Zé Roberto recebe com espaço na área colorada, mas lance é paralisado por irregularidade na origem da jogada. Atacante reclama e recebe o amarelo.

15min – Johnny por Guerrero. Muda o Inter.

15min – Dourado impede escapada de Janderson e recebe o amarelo.

25min – Vêm Palacios e Paulo Victor no Clube do Povo. Taison e Moisés deixam o campo.

26min – André Luiz escapa pelo corredor direito e finaliza fechado. Daniel encaixa.

28min – NA TRAAAAAAAAAAVE! Heitor costura da direita para o centro e finaliza com a canhota. A bola supera Fernando Miguel, mas explode no poste direito da meta atleticana. Teimosia para não entrar!

32min – Rickson e Montenegro entram no Atlético-GO. Saem André Luis e Zé Roberto.

33min – Por reclamação, Palacios recebe o amarelo.

35min – Caio e Mauricio por Patrick e Yuri. Aguirre completa as cinco mudanças.

37min – UH! Daniel lança linda bola para Edenilson, que escapa pela esquerda e aciona Caio. Camisa 47 corta para a perna direita e, dentro da área, finaliza rasteiro. Fernando Miguel encaixa.

39min – UUUUUUUUUH! Mauricio arma contra-ataque para o Inter e deixa com Caio, que tenta o passe rasteiro na segunda trave. Guerrero teria o gol aberto para marcar, mas a zaga cortou em escanteio!

42min – UUUUUUH! DE NOVO, MAURICIO SERVE! Agora, do 27 para Palacios, que invade a área pela direita, ajeita para soltar a bomba e manda por cima. Quase, quase!

45min – Com quatro de acréscimos, vamos a 49.

49min – Jogo encerrado em Goiânia.


Ficha técnica:

Atlético-GO (0): Fernando Miguel; Arnaldo, Wanderson, Éder e Igor Cariús; Baralhas, Willian Maranhão, André Luis (Rickson), João Paulo e Arthur Henrique (Janderson); Zé Roberto (Montenegro). Técnico: Eduardo Barroca.

Internacional (0): Daniel; Heitor, Bruno Méndez, Victor Cuesta e Moisés (Paulo Victor); Edenilson, Johnny (Guerrero), Rodrigo Dourado e Patrick (Caio Vidal); Taison (Palacios) e Yuri Alberto (Mauricio). Técnico: Diego Aguirre.

Cartões amarelos: Zé Roberto (A). Rodrigo Dourado e Palacios (I).

Arbitragem: Marielson Alves Silva, auxiliado por Alessandro Álvaro Rocha de Matos e Edevan de Oliveira Pereira. Quarto árbitro: Osimar Moreira da Silva Júnior. VAR: Pathrice Wallace Corrêa Maia.

Estádio: Antônio Accioly-GO.

Inter empata sem gols com o Cuiabá no Beira-Rio

No Beira-Rio, o Internacional empatou sem gols com o Cuiabá-MT, na noite deste sábado (31/07), em partida da 14ª rodada do Brasileirão. No próximo domingo (08/08), o Clube do Povo visita o Flamengo, no Maracanã, na continuidade do campeonato. O duelo ocorre a partir das 18h15.


Jogo truncado

O primeiro tempo presenciou duas equipes com propostas bastante distintas no Beira-Rio. Enquanto o Inter contava com meio-campistas de grande poder de construção, assim buscando o controle da posse de bola, o Cuiabá foi a campo postado com duas linhas de quatro muito retraídas, que apostavam nos escapes de Clayson como principal arma ofensiva.

Dentro de suas ideias, cada equipe criou boas oportunidades na etapa inicial. As melhores do Inter saíram dos pés de Caio, travado pela zaga, e Palacios, milagrosamente negado por Walter. Já o Cuiabá assustou com Clayson e Jenison. Ambos arremataram pela linha de fundo, contribuindo para a manutenção do zero no placar até o intervalo.


Placar zerado

Os espaços ficaram ainda mais escassos na etapa final, que presenciou boas tramas do Cuiabá, nenhuma convertida em gol. De sua parte, o Inter acumulou posse de bola ainda maior do que nos primeiros 45 minutos, mas sofreu para superar o ferrolho adversário, que também seguiu intransponível até o último apito.


Primeiro tempo

0min – INTER COMEÇA EM CIMA! Moisés escapa em velocidade pela esquerda, vai ao fundo e cruza com desvio. Guerrero briga pelo cabeceio, mas a zaga corta.

15min – Taison pega a sobra de corte parcial da zaga visitante e emenda chute forte. De primeira, ela sai por cima.

17min – Moisés recebe pela esquerda e arrisca chute forte, mas travado. No rebote, Taison serve linda bola para Dourado, que sai de frente com o goleiro, mas não consegue o domínio. Na sequência, lance é anulado por impedimento.

19min – Mauricio, com dores, deixa o campo. Caio Vidal entra.

24min – UH! Dourado aciona Guerrero nas costas da marcação. Peruano invade a área e finaliza forte, por cima.

25min – CANTO BOLA! Moisés escapa pela esquerda e cruza na primeira trave. Zaga corta, mas a sobra é de Caio, que finaliza. Com desvio, ela sai por escanteio. Quase o primeiro do Inter.

33min – MILAAAAAAAAAAAAGRE! Guerrero faz excelente pivô para Edenilson, que invade a área e abre o jogo com Palacios. Chileno finaliza cruzado, Walter salva e, no rebote, a zaga impede o gol de Taison.

43min – Pepê faz boa jogada pela esquerda e serve Clayson, que bate forte, de primeira, da entrada da área. Tiro de meta para o Inter.

45min – Mais dois. Vamos a 47.

46min – Clayson escapa em velocidade do campo de defesa e, já na área colorada, deixa com Gava. O meia aciona Jenison, que tem espaço, mas finaliza mal.

48min – Intervalo no Beira-Rio.


Segundo tempo

0min – Inter retorna com mudança. Entra Vinicius Mello, sai Guerrero.

2min – Jenison dribla Dourado e, pela intermediária ofensiva, arrisca chute cruzado. Forte, ela levou perigo.

4min – Clayson recebe o amarelo por reclamação.

16min – Inter constrói boa jogada pela esquerda! Taison, Caio e Moisés tabelam, e a bola chega em boas condições para o lateral, que cruza rasteiro. Vini Mello não consegue o desvio por detalhe!

17min – UUUUH! Dourado recupera no campo de ataque e aciona Vini Mello. Dele com Taison, que abre o jogo até Caio. Camisa 47 finaliza forte, mas Walter defende em dois tempos.

18min – VIIIIIIIICTOR CUESTA! Jenison recupera a posse no campo de ataque e parte para cima da zaga colorada. Acompanhado por Gava, ele tenta a assistência para o companheiro, mas El Patrón consegue corte providencial.

22min – Vini Mello recebe de Taison, faz o giro dentro da área e finaliza rasteiro. A bola explode na rede, mas de fora.

23min – Sai Palacios, entra Boschilia. Muda o Inter.

23min – No Cuiabá, duas trocas: Osman e Yuri e entram, Camilo e Uillian Correia saem.

24min – DA-NI-EL! Osman escapa pelo corredor direito de ataque e, dentro da área, solta o pé.

29min – Cuesta recebe o amarelo por falta em Osman.

30min – Defende, Walter! Edenilson cobra escanteio pela direita, Cuesta sobe bem na segunda trave e desvia para baixo. Goleiro encaixa.

34min – Osman amarelado por antijogo.

43min – Moisés, que há minutos recebera amarelo por reclamação, agora leva o segundo e é expulso.

43min – Rafael Elias entra, Jenison sai.

44min – Paulão amarelado por reclamação.

45min – Mais seis. Vamos a 51.

47min – Caio Vidal sai, Paulo Victor entra. Muda o Inter.

47min – No Cuiabá, Gava dá lugar a Auremir, e Felipe Marques substitui Clayson.

51min – Pepê corta da esquerda para o centro e finaliza colocado. Ao lado do poste de Daniel, ela sai em tiro de meta.

52min – Fim de jogo.


Ficha técnica:

Internacional (0): Daniel; Renzo Saravia, Bruno Méndez, Victor Cuesta e Moisés; Rodrigo Dourado, Edenilson e Taison; Carlos Palacios (Gabriel Boschilia), Paolo Guerrero (Vinicius Mello) e Mauricio (Caio Vidal, depois Paulo Victor). Técnico: Diego Aguirre.

Cuiabá (0): Walter; João Lucas, Marllon, Paulão e Uendel; Camilo (Osman), Uillian Correia (Yuri), Rafael Gava (Auremir) e Pepê; Clayson (Felipe Marques) e Jenison (Rafael Papagaio). Técnico: Jorginho.

Cartões amarelos: Victor Cuesta e Moisés (I). Paulão, Osman e Clayson (C).

Cartão vermelho: Moisés (I).

Arbitragem: Paulo César Zanovelli (MG), auxiliado por Felipe Alan Costa de Oliveira (MG) e Leonardo Henrique Pereira (MG). Quarto árbitro: Lucas Guimarães Rechatiko Horn (RS). Árbitro de Vídeo (VAR): Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ). Auxiliar do VAR: Diogo Carvalho Silva (RJ).

Estádio: Beira-Rio.

Inter empata sem gols na partida de ida das oitavas da Libertadores

O Clube do Povo visitou o Olimpia-PAR, na noite desta quinta-feira (15/07), para a disputa da partida de ida das oitavas de final da Libertadores da América. O confronto continental, que teve como palco o Estádio Manuel Ferreira, foi encerrado com empate sem gols, resultado que obriga o Inter a vencer a volta para avançar no tempo normal.

Antes de decidir vaga nas quartas de final da América, o Inter volta suas atenções ao Brasileirão. No próximo domingo (18/07), às 20h30, o Clube do Povo recebe o Juventude em partida da 12ª rodada do torneio nacional. O reencontro com o Olimpia-PAR ocorre na próxima quinta (22/07), às 21h30, no Gigante.


Melhor para as defesas – e os goleiros

De início truncado, o confronto custou para presenciar quantidade considerável de espaços nos ataques de Inter ou Olimpia-PAR. De parte dos paraguaios, as primeiras oportunidades surgiram em arremates, sobretudo de Isidro Pitta, desferidos sem grande perigo, enquanto o Inter abriu o jogo explorando a precisão de Edenilson nas bolas paradas.

Primeira equipe a armar verdadeira pressão sobre o adversário, o Inter assustou com seguidos escapes de Caio Vidal na casa dos 30 minutos. Pela direita, em rebote frontal e também após arranque pelo corredor esquerdo, o camisa 47 do Clube do Povo sobrecarregou a defesa paraguaia, que contou com intervenções providenciais de Aguilar para não ser vazada.

Atingida a casa dos 40 minutos, o jogo trocou de lado. Forte pelo corredor esquerdo, ocupado por Derlis González e Iván Torres, o Olimpia armou incursões bastante verticais nos instantes que antecederam a chegada do intervalo. Foi então que Daniel brilhou com milagres que mantiveram o placar zerado até o apito final.


Jogo franco

Se faltaram em dado momento do primeiro tempo, as chances sobraram na etapa final – para os dois lados. Logo aos quatro, Yuri fez grande jogada pela esquerda, mas teve sua assistência cortada por Alcaraz. Pouco depois, Recalde, em cabeceio preciso, exigiu milagre de Daniel. Quem também assustou por cima foi Caio, que quase completou para as redes bom cruzamento de Patrick.

Apesar da quantidade considerável de chances criadas pelos dois lados, ninguém alterou o placar até o encerramento da partida. Confirmado como placar final, o 0 a 0 impede classificação colorada no tempo normal em caso de novo empate no Beira-Rio. Se não contar com gols, o jogo segue até os pênaltis, enquanto igualdade com tentos garante vaga paraguaia, visto que a Libertadores conta com saldo qualificado.


Primeiro tempo

4min – UH! À direita da área adversária, Edenilson cobra falta direto na segunda trave. Moisés sobe bem e manda por cima.

5min – Olimpia responde com Isidro Pitta, que finaliza. Travada, ela sai em escanteio.

8min – De fora da área, Pitta arrisca. Forte e rasteira, a bola sai pela linha de fundo.

21min – Pela intermediária ofensiva, Edenilson cobra falta frontal. Forte, ela sai por cima.

28min – MILAAAAAAAAAAAAAGRE! Boschilia serve Caio, caindo pela ponta-esquerda de ataque. O camisa 47 domina, corta para a perna direita e finaliza forte. Aguilar voa para defender.

29min – UUUUUH! Edenilson cobra escanteio da direita com a parte externa do pé e quase encobre Aguilar, que consegue o tapa. Cuesta fica com a sobra e cruza da esquerda, a zaga até afasta parcialmente, mas Caio, da entrada da área, emenda de primeira. Goleiro voa a espalma em escanteio.

32min – PASSOU POR TODO MUNDO! Caio é lançado por Edenilson nas costas de Iván Tores, invade a área e cruza rasteiro. Yuri se atira de carrinho, mas não consegue completar para as redes.

40min – Iván Torres recebe de Derlis e cruza. Na primeira trave, Pitta cabeceia. Por cima, forte demais.

44min – DA-NI-EEEEEEEEEL! Iván Torres pega a sobra de corte parcial da zaga colorada e finaliza de direita. Bola tinha endereço do cantinho, mas goleiro do Inter, providencial, espalma.

45min – Mais um. Vamos a 46.

46min – SAAAAAAAAAAAAAAAAALVA, DANIEL! Agora, quem pega o rebote da zaga colorada é Pitta, que solta um petardo. Goleiro voa para espalmar. Milagre!

46min – Intervalo no Beira-Rio.


Segundo tempo

0min – Inter retorna com Johnny na vaga de Boschilia.

2min – SAAAAAALVA, ALCARAZ! Yuri dispara desde a intermediária, invade o retângulo paraguaio e, cara a cara com o goleiro, rola na direção da marca do pênalti. Zagueiro paraguaio afasta o perigo.

3min – Orzusa amarelado. Impediu contra-ataque de Caio Vidal.

4min – Ojeda finaliza da entrada da área colorada. Ela sai ao lado do poste esquerdo de Daniel.

8min – DANIEL! Recalde consegue o cabeceio na área colorada. Goleiro do Inter espalma, e Yuri, na segunda trave, afasta em definitivo.

11min – UUUUUUUUUH! Patrick levanta linda bola na direção de Caio. Livre na segunda trave paraguaia, o camisa 47 desvia de cabeça, mas sem direção.

15min – TIIIIIIRA A ZAGA! Patrick invade a área paraguaia a dribles, mas é travado no último instante.

18min – MILAAAAAAAAAAGRE! Recalde recebe linda assistência de Silva, corta a zaga colorada e, de frente para o gol, chuta rasteiro. Daniel salva o Inter!

19min – Caio sai, Palacios vem. Muda Aguirre.

20min – QUAAAAAAAAAAAAAAAAASE! Patrick recebe ótimo cruzamento de Heitor e ajeita para Yuri. O camisa 11 ajeita, e Edenilson, de canhota, finaliza rasteiro. Tirou tinta!

21min – Muda o Olimpia. Entram Roque Santa Cruz e Sosa, saem Recalde e Silva.

24min – ANOTOU A PLACA? Palacios faz grande jogada pelo corredor direito, deixa três marcadores para trás e cruza rasteiro. Zaga corta no último instante.

26min – Derlis González sai cara a cara com Daniel e serve Salazar. Com o gol aberto, lateral paraguaio desperdiça.

29min – Heitor recebe o amarelo por falta na meia-lua da grande área colorada.

35min – Alcaraz e Edenilson amarelados após desentendimento.

36min – UUUUUUUUUUUUUH! Edenilson cobra falta fechada da alura da quina esquerda da área paraguaia. Aguilar espalma.

37min – Três trocas no time da casa. Jordan Santacruz, Néstor Camacho e Cáceres entram. Ojeda, Pitta e Salazar saem.

39min – QUE PECADO! Patrick deixa dois para trás na ponta-esquerda e cruza rasteiro. Dentro da área, Yuri finaliza, mas sem direção.

45min – Mais quatro. Vamos a 49.

47min – Vinicius Mello vem, Edenilson vai. Muda o Inter.

49min – Jogo encerrado.


Ficha técnica:

Olimpia (0): Alfredo Aguilar; Victor Salazar (Luis Cáceres), Saúl Salcedo, Antolín Alcaraz e Iván Torres; Braian Ojeda (Jordan Santacruz), Edgardo Orzusa, Alejandro Silva (Ramón Sosa) e Derlis González; Isidro Pitta (Néstor Camacho) e Jorge Recalde (Roque Santa Cruz). Técnico: Sergio Orteman.

Internacional (0): Daniel; Heitor, Bruno Méndez, Victor Cuesta e Moisés; Rodrigo Dourado, Edenilson (Vinicius Mello) e Gabriel Boschilia (Johnny); Caio Vidal (Carlos Palacios), Yuri Alberto e Patrick. Técnico: Diego Aguirre.

Cartões amarelos: Edgardo Orzusa e Antolín Alcaraz (O). Edenilson e Heitor (I).

Arbitragem: Patricio Loustau (ARG), auxiliado por Cristian Navarro (ARG) e Martín Soppi (URU). Quarto árbitro: Diego Riveiro (URU). Árbitro de Vídeo (VAR): Esteban Ostojich (URU). Auxiliar do VAR: Pablo Llarena (URU).

Estádio: Manuel Ferreira, Asunción (PAR).

Inter esbarra no goleiro e empata sem gols na Arena

O Clube do Povo empatou sem gols com o Grêmio, na tarde deste sábado (10/07), em partida da 11ª rodada do Brasileirão. Melhor em campo na Arena, o Inter criou as principais oportunidades, mas esbarrou em atuação inspirada do goleiro adversário. Com o resultado, o Colorado chega aos 11 pontos no Nacional.

Agora, o Colorado volta suas atenções para a Libertadores. Na próxima quinta-feira (15/07), às 21h30, o Inter enfrenta o Olimpia-PAR, fora de casa, na abertura das oitavas de final da América. Pelo Brasileirão, os comandados de Aguirre enfrentam, no domingo que vem (18/07), o Juventude, no Beira-Rio.


Jogo de um time só

O Inter foi muito melhor na etapa inicial do clássico 433. Logo aos três, Yuri Alberto construiu excelente arranque individual e soltou chute forte de canhota, que Chapecó interviu milagrosamente para salvar. Pouco depois, Patrick invadiu a área gremista e voltou a colocar o goleiro rival para trabalhar, desta vez com defesa segura.

Restrito a forçar o pivô de Diego Souza, o Grêmio esteve inoperante nos 45 minutos iniciais. Anulado por atuação segura da defesa vermelha, o rival voltou a sofrer com blitz colorada pouco antes dos 30 minutos. Com liberdade para se movimentar, Taison arquitetou, junto de Yuri Alberto e Patrick, novas oportunidades perigosas, por detalhe não convertidas.


Pressão no início e no final

Reiniciado o confronto, o Inter seguiu melhor dentro de campo, criando novas chances na primeira dezena de minutos. Voltando de lesão, Taison foi substituído por Boschilia ainda nos vestiários, e exatamente através da perna canhota do meio-campista saíram alguns dos melhores arremates do Clube do Povo após o intervalo.

Com o passar do tempo, o rival somou maior posse de bola, em momento algum refletida em sustos ao goleiro Daniel. Dos 20 aos 40 minutos, o confronto correu bastante truncado, até que o Inter, nos instantes finais, voltou a encurralar o adversário. Chapecó, novamente, brilhou para impedir a vitória colorada.


Primeiro tempo

3min – MILAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAGRE! Yuri recebe na altura do meio de campo, carrega até as cercanias da área gremista, abre ângulo para a canhota e manda um foguete rasteiro. Chapecó, com a ponta dos dedos, espalma pela linha de fundo. Quase o gol colorado!

6min – CHEGA O INTER NOVAMENTE! Caio arma contra-ataque em altíssima velocidade pela direita. Camisa 47 deixa com Edenilson, que cruza aberto. Yuri, na segunda trave, ajeita, e Patrick, de direita, finaliza. Chapecó encaixa.

12min – Seguro, Daniel! Ferreira corta da esquerda para o centro e chuta rasteiro. No meio do gol, goleiro colorado encaixa.

21min – QUE PECADO! Taison escapa em velocidade pela esquerda do campo defensiva e serve Edenilson. Camisa oito, de primeira, tenta o passe para Yuri, que teria campo aberto pela frente. Forte demais, a bola supera o atacante do Clube do Povo.

22min – De longe, Fernando Henrique tenta. Para longe ela vai.

24min – Geromel, na maldade, deixa o pé em Taison. Arbitragem marca falta, mas não apresenta o cartão.

24min – UH! Moisés cobra falta pela esquerda do ataque colorado. Dourado sobe mais do que Diego Souza e desvia, exigindo defesa de Chapecó. Lance, porém, é anulado por falta de Rodrigo no atacante rival.

25min – PRA FOOOOOOOOOOOOORA! Taison e Yuri tabelam com estilo em frente à área gremista. O camisa 11 recebe com espaço e finaliza na direção do ângulo. Desviada, ela sai pela linha de fundo.

26min – UUUUUH! Escanteio cobrado aberto é emendado, de primeira, por Yuri. Levou perigo.

30min – BRUUUUUUUUNO! Grêmio recupera a posse após falta não marcada de Fernando Henrique em Taison. Com espaço, Douglas Costa escapa em velocidade e tenta a assistência para Ferreira. Bruno Méndez, cirúrgico, trava o passe.

34min – MILAAAAAAAAAAAAAAAAAAGRE! Patrick oferece assistência preciosa para Taison, que invade a solta o canhotaço. Abafado por Chapecó, o arremate é defendido pelo goleiro, grande nome do Grêmio nesta primeira etapa.

37min – Bruno Méndez recebe o amarelo por falta em Douglas Costa.

40min – Dourado amarelado. Lance parecido, mas de menor intensidade ao protagonizado por Geromel há alguns minutos.

43min – Saiu, enfim! Bobsin chega em Caio com muita violência. Amarelo apresentado.

45min – Encerrado o primeiro tempo.


Segundo tempo

0min – Grêmio volta com mudança. Sai Ferreira, entra Léo Pereira.

0min – Inter também muda: Taison por Boschilia.

1min – Yuri vai ao fundo pela direita e cruza aberto. Boschilia já armava o chute, mas a zaga consegue o corte.

1min – INTER VOLTA PRESSIONANDO! Dourado recupera a posse no campo de ataque e serve Edenilson, que solta a bomba. Kannemann trava, de carrinho.

3min – UUUUUUUUUUH! Boschilia, da entrada da área, pega a sobra de corte da defesa e emenda com a canhota. Desviada, ela sai por cima.

4min – QUE BLITZ! Geromel afasta passe de Patrick para Yuri, mas a sobra é, uma vez mais, de Boschilia. Agora, ele finalizou sem força, e Chapecó encaixou.

7min – DANIEL! Grêmio escapa em veloz contra-ataque com Douglas Costa. Ele tenta servir Léo Pereira, mas Cuesta consegue o resvalo e, após picar no chão, a bola morre nas mãos do goleiro colorado.

10min – Diego Souza escapa nas costas da zaga colorada, briga com Edenilson e Bruno Méndez e tenta por cobertura. Ela sai por cima.

17min – QUE TABELA! Yuri e Boschilia constroem com estilo pelo corredor direito de ataque. Livre, em frente à área gremista, o camisa 11 solta a bomba. Chapecó sofre, mas encaixa.

18min – UH! Caio recebe de Edenilson, corta da direita para dentro e solta chute forte. Chapecó encaixa.

19min – Duas mudanças no Inter: Galhardo e Paulo Victor entram, Caio Vidal e Moisés saem.

22min – Diego Souza vai, Ricardinho vem. Jean Pyerre também é novidade, substituindo Douglas Costa.

27min – Johnny por Edenilson. Aguirre troca o Inter.

28min – Rafinha sacado. Vanderson entra.

36min – De fora da área, Fernando Henrique finaliza. Com perigo, bola sai em tiro de meta.

41min – MILAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAGRE! Yuri Alberto ganha da zaga gremista e aciona Patrick. O Pantera devolve para o camisa 11, que recebe nas costas de Kannemann e solta um canhotaço. Chapecó, de novo, salva o Grêmio.

45min – SAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAALVA-SE O GRÊMIO! Bruno lança linda bola para Yuri, que escapa de Cortez, invade a área e cruza rasteiro. Johhny finaliza, a zaga tira, mas o rebote é colorado, com Patrick. O Pantera solta a bomba de perna direita, e Chapecó opera novo milagre.

45min – Mais sete. Vamos a 52.

48min – Saravia é lançado nas costas da zaga gremista por Cuesta. Lateral domina na área adversária e é atropelado por Kannemann. Arbitragem manda seguir.

52min – Clássico encerrado.


Ficha técnica:

Grêmio (0): Gabriel Chapecó; Rafinha (Vanderson), Pedro Geromel, Walter Kannemann e Bruno Cortez; Fernando Henrique, Victor Bobsin e Douglas Costa (Jean Pyerre); Alisson, Diego Souza (Ricardinho) e Ferreira (Léo Pereira) Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Internacional (0): Daniel; Renzo Saravia, Bruno Méndez, Victor Cuesta e Moisés (Paulo Victor); Rodrigo Dourado, Edenilson (Johnny) e Taison (Gabriel Boschilia); Caio Vidal (Thiago Galhardo), Yuri Alberto e Patrick. Técnico: Diego Aguirre.

Cartões amarelos: Victor Bobsin (G). Bruno Méndez e Rodrigo Dourado (I).

Arbitragem: Flávio Rodrigues de Souza (SP), auxiliado por Daniel Paulo Ziolli (SP) e Daniel Luis Marques (SP). Quarto árbitro: Anderson da Silva Farias (RS). Árbitro de Vídeo (VAR): Márcio Henrique Gois (SP). Auxiliar do VAR: Fabrício Porfirio de Moura (SP).

Estádio: Arena, Porto Alegre (RS).