Gurias vencem o líder Palmeiras em São Paulo

Millene marcou o gol da vitória/Foto: Rebeca Reis/Staff Images Woman/CBF

As Gurias Coloradas conquistaram uma vitória espetacular na manhã deste sábado (30/04). No Estádio Canindé, pela oitava rodada do Brasileirão A1, o Inter bateu o Palmeiras, líder do Nacional, pelo placar de 1 a 0. Millene Fernandes, em magistral chute de perna direita, garantiu o triunfo do Clube do Povo, que chega aos 19 pontos na tabela, igualando as palestrinas. O retorno alvirrubro a campo está previsto para o próximo dia 15, diante do Cruzeiro, no Sesc Protásio Alves.

Ouça o gol de Millene na narração da Rádio Colorada

Gurias se impõem

Gurias venceram a sexta partida no Brasileirão/Foto: Rebeca Reis/Staff Images Woman/CBF

Dono da casa, o atual líder do campeonato começou o jogo em cima, pressionando nos primeiros 10 minutos. A principal arma palestrina, como de costume, era a movimentação de Bia Zaneratto, que deixava o comando de ataque para abrir espaços às companheiras Byanca Brasil e Chú, escaladas nas respectivas pontas direita e esquerda. Compactado, porém, o Inter soube preencher a entrada de sua área e impedir que grandes vazios surgissem para as velocistas atacantes do Palmeiras.

Com o passar dos minutos, o time de Maurício Salgado, seguro atrás, ficou à vontade para chegar na frente. Aos nove, Millene recebeu linda assistência de Fabi, saiu de frente com a goleira Jully, conseguiu o drible, mas finalizou na rede de fora. O lance, na sequência, seria invalidado por impedimento tardiamente assinalado. A partir de então, a posse de bola, antes concentrada na intermediária de defesa do Inter, migrou para o campo de ataque do Clube do Povo.

Gurias tiveram boa atuação no primeiro tempo/Foto: Rebeca Reis/Staff Images Woman/CBF

O momento de maior pressão das Gurias chegou na casa dos 30. Duda, na bola parada, assustou em dois cruzamentos fechados, que Jully precisou cortar no desespero. Aos 36, na melhor chance da etapa inicial, Lelê desarmou a zaga paulista pela direita da grande área e cruzou rasteiro. Na primeira trave, Millene dominou fintando duas marcadoras e ganhando ângulo para o chute cruzado de perna direita. O pique no gramado impediu o gol e manteve o placar zerado.


Golaço na frente, paredão atrás

Millene marcou cedo na etapa final/Foto: Rebeca Reis/Staff Images Woman/CBF

Míseros 30 segundos. As Gurias precisaram disso, e nada mais, para chegar pela primeira vez ao ataque no segundo tempo. Fulminante, o reinício de partida das coloradas não tardou para resultar em gol. Aos sete, Millene Fernandes pressionou a saída de jogo do Palmeiras, desarmou a volante Samia e percebeu Jully adiantada. A artilheira emendou lindo chute de perna direita, que encobriu a goleira a morreu no cantinho da meta paulista. Golaço, o terceiro da goleadora no Brasileirão A1!

Festa no Canindé/Foto: Rebeca Reis/Staff Images Woman/CBF

O Palmeiras sentiu o baque com o gol colorado, e por pouco não foi nocauteado aos 16. Antes goleadora, Millene quis ser garçonete, e cruzou da direita da grande área alviverde. Jully não encaixou, e a bola surgiu, no susto, para Priscila, que finalizou para fora. Aos 18, quem entortou a marcação foi Duda, dona de chute forte que Agustina quase desviou contra o próprio patrimônio. Desgostoso com a atuação de suas comandadas, Hoffmann Túlio logo mudou o Palmeiras, colocando Camilinha no corredor direito do ataque.

De fôlego renovado, o Porco criou para chegar ao empate, mas não contava com a magnífica atuação da goleira Gabi Barbieri, que disputava sua primeira partida como atleta profissional. Aos 26, a cria colorada voou no canto direito para espalmar chute forte de Bia Zaneratto, que arriscara, com a canhota, da meia-lua. No minuto seguinte, Byanca Brasil finalizou, da quina esquerda da área do Inter, de chapa. O endereço era o ângulo, mas a camisa 1 do Clube do Povo, de mão trocada, deu o tapa e impediu o gol rival. PA-RE-DÃO!

Ouça os milagres de Gabi Barbieri na narração da Rádio Colorada
Gabi brilhou no Canindé/Foto: Rebeca Reis/Staff Images Woman/CBF

O Palmeiras seguiu pressionando até o último dos 52 (!) minutos da etapa final, enquanto o Inter voltou a assustar em contra-ataques, muitos armados pelas substitutas Tamara e Biazinha. Na defesa, Isa Haas, que entrou para formar trio com Bruna Benites e Sorriso, ajudou a bloquear os seguidos cruzamentos do ataque adversário, que teve sua última chance aos 48, quando Bruna Calderan finalizou com perigo, mas pela linha de fundo. Pela sexta vez em oito rodadas: vitória das Gurias!

VAMOS, GURIAS!/Foto: Rebeca Reis/Staff Images Woman/CBF

Primeiro tempo

2min – UUH! Fabi Simões escapa pela direita e cruza na direção de Duda. Livre na segunda trave, a camisa 10 teria espaço para concluir às redes, mas foi antecipada por corte da zaga, que afastou em escanteio.

4min – SORRISO! Palmeiras avança em superioridade numérica, mas Chú adianta demais a bola e é desarmada pela camisa quatro do Clube do Povo.

4min – Bia Zanerrato, de cabeça, desvia cruzamento de Day. Com perigo, a bola sai pela linha de fundo.

7min – Gabi Barbieri faz sua primeira defesa como goleira profissional. Segura, ela encaixa chute mascado de Bia Zaneratto.

Gabi estreou aos 19 anos de idade/Foto: Rebeca Reis/Staff Images Woman/CBF

9min – CHEGA O INTER! Millene é lançada por Fabi Simões nas costas da marcação, invade a área, dribla Jully e chuta na rede de fora. Lance, porém, já estava parado por impedimento de Fernandes.

29min – BATERAM CABEÇA! Da intermediária esquerda de ataque, Duda cobra falta em direção à segunda trave palestrina. Agustina antecipa a força aérea colorada, mas corta em cima de Sorriso. Lelê teria a sobra, mas Jully, com os pés, manda pela linha de fundo.

30min – TEM QUE TESTAR! De fora da área, Sorriso finaliza, a bola quica em frente a Jully e a goleira quase se complica.

Xerife colorada assustou na frente/Foto: Rebeca Reis/Staff Images Woman/CBF

36min – PRA FOOOOOOOOOOORA! Lelê desarma na direita do ataque colorado e cruza rasteiro para Millene, que domina cortando a marcadora e, da quina da pequena área, chuta cruzado. Era gol, mas a bola acerta o montinho do gramado e sai pela linha de fundo.

40min – Só assim pra parar ela! Fabi escapa em velocidade pela esquerda, e Bruna Calderan, que comia poeira, acerta a sete colorada em carrinho por trás. Amarelo apresentado.

40min – COMO JOGA A MINHA 10! Duda cobra mais uma falta venenosa, que passa por Sorriso e é espalmada por Jully.

Duda teve mais uma grande atuação/Foto: Rebeca Reis/Staff Images Woman/CBF

45min – Mais três! Vamos a 48.

48min – Intervalo no Canindé.


Segundo tempo

0min – Recomeço fulminante! Da esquerda, Lelê recebe cruzamento, consegue o domínio, mas perde a posse na entrada da pequena área. Jully encaixa.

2min – Segura, Gabi! De fora da área, Duda Santos finaliza forte. No centro do gol, Barbieri encaixa.

5min – GOLAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAÇO! GOLAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAÇO! GOLAAAAAAAAAAAAAAAAAÇO-AÇO-AÇO-AÇO! MILLENE! É GOL DA ARTILHEIRA! É PINTURA DA CRAQUE! OBRA DE ARTE NO CANINDÉ! Jully sai jogando com passe enforcado para Samia. Millene percebe a dificuldade da adversária no domínio, recupera a posse, deixa a bola picar e, diante da goleira adiantada, solta um foguete de perna direita. Por cobertura, no cantinho, as Gurias abrem o placar!

6min – GABIIIIIIII! Da entrada da área, Bia Zaneratto finaliza de perna canhota. No cantinho, Barbieri espalma.

8min – Troca nas locais. Sochor por Samia.

15min – Duas mudanças no Inter: Priscila e Haas nos lugares de Lelê e Maii Maii.

16min – PRA FOOOOOOOOOOOOOOOOORA! Millene escapa em velocidade pela direita e cruza rasteiro para Priscila. Jully faz o movimento para encaixar, mas deixa a bola passar, e Priscila, quase debaixo das traves, finaliza no susto. Que pecado!

18min – MILAAAAAAAAAGRE! Pela direita, Duda faz fila, entra na área mesmo cercada por três marcadoras e cruza por baixo. Agustina afasta na direção do próprio patrimônio, mas Jully consegue salvar.

18min – Fabi Simões recebe o amarelo.

21min – Muda o Palmeiras. No lugar de Chú, entra Camilinha.

26min – MILAAAAAAAAAGRE DE GABI! Bia Zaneratto finta duas zagueiras coloradas, invade a meia-lua e finaliza de perna canhota. Barbieri voa para espalmar.

Goleira parou o melhor ataque do Brasileirão/Foto: Rebeca Reis/Staff Images Woman/CBF

27min – GABIIIIIIIIIIIIII! Byanca Brasil, pela quina esquerda da área colorada, finaliza colocado. De chapa, a bola buscava o ângulo, mas foi cinematograficamente espalmada por Barbieri, que mandou em direção ao poste superior.

30min – Tamara por Millene. Maurício Salgado muda mais uma vez.

33min – UH! Tamara escapa em altíssima velocidade pela esquerda, combina com Duda e Priscila, e finaliza colocado. Tiro de meta para o Palmeiras.

34min – Zóio impede contra-ataque palestrino. Amarelada.

Zóio fechou o meio de campo do Inter/Foto: Rebeca Reis/Staff Images Woman/CBF

35min – Sochor acerta Fabi. Amarelo para ela!

45min – Mais cinco.

47min – Duda Santos levanta na área do Inter pela direita. Sochor, na pequena área, desvia por cima.

48min – SAAAAAAAAAI DAQUI! Bruna Calderan recebe grande assistência de Byanca Brasil e finaliza pela direita da área colorada. Pra fora, por pouco.

52min – DEIXOU CORRER ATÉ 52, MAS ACABOOOOOOOOU! ACABOOOOOOOOOOU!


Ficha técnica:

Palmeiras (0): Jully; Bruna Calderan, Agustina, Thais e Day Silva (Katrine); Julia Bianchi, Samia (Sochor), Duda Santos, Byanca Brasil e Chú (Camilinha); Bia Zaneratto. Técnico: Hoffmann Túlio.

Internacional (1): Gabi Barbieri; Capelinha, Bruna Benites, Sorriso e Eskerdinha; Zóio, Duda e Maii Maii (Haas); Fabi Simões (Biazinha), Lelê (Priscila) e Millene (Tamara). Técnico: Maurício Salgado.

Gols: Millene, aos 5/2ºT (I).

Cartões amarelos: Bruna Calderan e Sochor (P). Zóio e Fabi Simões (I).

Arbitragem: Paulo Cesar Francisco apita, auxiliado por ítalo de Paula Andrade e Patricia de Oliveira. Quarto árbitro: Adeli Mara Monteiro.

Estádio: Canindé-SP.

Gurias largam em vantagem na final do Brasileirão Sub-17

Clarinha marcou o gol da vitória na Vila Belmiro/Foto: Rebeca Reis/Staff Images Woman/CBF

Vitória gigante na Vila Belmiro! As Gurias Coloradas superaram o Santos por 1 a 0, nesta noite de quinta-feira (28/04), e largaram em vantagem na final do Brasileirão Feminino Sub-17! Clarinha marcou seu sexto gol no Nacional e garantiu o triunfo do Clube do Povo no jogo de ida da decisão. A partida de volta, que decidirá a taça, está marcada para o próximo domingo (1º/05), às 11h, no Sesc. Clique aqui para confirmar sua presença de maneira gratuita no confronto!

Ouça o gol de Clarinha na narração da Rádio Colorada

Ligadas desde o primeiro apito, as Gurias marcaram um gol histórico na casa santista. Logo aos 14 segundos, o Inter tirou o zero do placar após Clarinha pressionar a saída de jogo das Sereias, desarmar Marzia Coutinho, invadir a grande área e, de frente para a goleira Rayssa, finalizar sem chance de defesa. Pela sexta vez na competição, a camisa 11 balançava as redes rivais, empatando com Alice na artilharia do torneio. Vantagem relâmpago no litoral paulista!

As Sereias da Vila, embora apoiadas por sua torcida, sentiram o baque com o precoce vazamento de sua defesa, abatimento aproveitado pelas Gurias, que seguiram donas do jogo até o minuto 20. Em novo desarme no campo de ataque, Clarinha quase marcou o segundo, mas foi travada pela marcação adversária. Berchon, cobrando falta pela intermediária direita, também passou perto de ampliar, bem como Priscila, mais uma bloqueada pela zaga.

Camisa 11 soma seis gols no Brasileirão Sub-17/Fotos: Rebeca Reis/Staff Images Woman/CBF

O time da casa contou com reforços importantes para a partida desta quinta. Recentemente campeãs do Sul-Americano Sub-20 com a Seleção, ao lado das coloradas Biazinha, Mileninha e Gabi Barbieri, a meio-campista Gi Fernandes e a atacante Analuyza foram escaladas como titulares pela técnica Sandra dos Santos. O nível da dupla cresceu na reta final do primeiro tempo, e conduziu as Sereias ao ataque, deixando o jogo bastante indigesto para o Inter.

Aos 25, Gi escapou pela ponta-direita de ataque e cruzou bola rasteira. Perigosa, a assistência foi cortada por Carla. Pouco depois, na casa dos 30, a camisa 11 Julia teve duas oportunidades pelo corredor esquerdo. A primeira, finalizada com curva, tirou tinta do poste de Bianca. A segunda, arrematada sem ângulo, cruzou toda a extensão da área colorada, mas saiu pela lateral.

Ativo na frente, o Santos quase pagou um preço caro por sua postura ofensiva aos 36. Neste minuto, primeiro dos três acrescidos à etapa inicial, Priscila e Alice fizeram grande tabela pela direita, suficiente para dominar a área paulista. No último toque, porém, a centroavante teve cortado seu passe para a companheira. A resposta das Sereias chegou aos 37, quando Bianca salvou chute perigoso de Isa Viana. Chegava o intervalo.

Bianca segue invicta no Brasileirão Sub-17/Foto: Rebeca Reis/Staff Images Woman/CBF

O ritmo de trocação dos acréscimos do primeiro tempo imperou durante praticamente toda a etapa final. A primeira chance pertenceu às Sereias, que assustaram em cabeceio de Fernandes, seguramente defendido por Bianca. No minuto seguinte, o time da casa quase fez contra, mas escapou, graças a corte em cima da linha da zagueira Mazzoti, de sofrer o segundo gol.

Combativa na frente, a atacante Alice, que muito incomodava a zaga local, precisou deixar o campo aos 11, lesionada após sofrer forte pancada. Em seu lugar, entrou Bruna Wink, que reforçou a compactação colorada. Mais tarde, David da Silva chamou Teté para o jogo. A atleta, que substituiu Clarinha, deu maior imposição ao corredor direito, e quase foi garçonete de Berchon, que chutou com perigo, mas para fora, aos 28.

Berchon empunhou a braçadeira de capitã/Foto: Rebeca Reis/Staff Images Woman/CBF

Enquanto a exaustivamente forçada bola aérea santista fracassava na consistência de Bianca, a velocidade de Priscila conseguiu assustar a defesa rival nos últimos minutos de partida. Atenta à insegurança da goleira rival para jogar com os pés, a atacante, que integra o elenco profissional das Gurias, manteve o Inter atento à saída de bola adversária, e quase repetiu Clarinha para marcar após desarme aos 35. A finalização, desta vez, saiu mascada, encerrando o último lance de perigo da noite.

Até aqui, as Gurias somam seis vitórias nos seis jogos disputados pelo Brasileirão Sub-17. Com 22 gols marcados e nenhum sofrido, as coloradas têm a vantagem do empate para a partida de volta. Triunfo das Sereias por diferença mínima, independente do placar, levará a decisão para os pênaltis, ao passo que demais resultados interessam ao time paulista. Vamos em busca da taça, guerreiras!

Empate interessa ao Inter na luta pelo troféu/Foto: Rebeca Reis/Staff Images Woman/CBF

Ficha técnica:

Internacional (1): Bianca; Joana (Fridrich), Guta, Carla e Erica Gomes; Mika (Karol), Danny Teixeira e Berchon; Clarinha (Teté), Alice (Bruna Wink) e Priscila. Técnico: David da Silva.

Gol: Clarinha, aos 14”/1ºT (I).

Cartões amarelos: Joana (I).

Arbitragem: Marianna Nanni Batalha, auxiliada por Alberto Masseira e Robson Oliveira. Quarto árbitro: José Almeida e Souza.

Estádio: Vila Belmiro-SP.

Bastidores: a primeira vitória oficial do Inter na Colômbia

A primeira vitória colorada em jogos oficiais disputados na Colômbia veio na hora certa! Em Pereira-COL, o Clube do Povo encarou o Independiente Medellín, em partida da terceira rodada da CONMEBOL Sul-Americana de 2022, e conquistou importante vitória de 1 a 0, gol de Alemão. Agora, o Canal do Inter te apresenta os Bastidores do confronto!

Galeria de Fotos: Independiente Medellín 0 x 1 Internacional – 3ª rodada/CONMEBOL Sul-Americana

Pela terceira rodada da fase de grupos da CONMEBOL Sul-Americana, o Clube do Povo superou o Independiente Medellín, fora de casa, por 1 a 0. Alemão marcou o gol colorado no confronto, cujas fotos você confere a seguir!

Inter vence o Independiente, na Colômbia, com mais um gol de Alemão

Com gol de Alemão, Inter bateu o Independiente Medellín/Foto: Ricardo Duarte

Três pontos na mala, três vitórias consecutivas na temporada e três gols de Alemão com a camisa colorada! Na noite desta terça-feira (26/04), o Clube do Povo superou o Independiente Medellín, na cidade de Pereira-COL, em partida da terceira rodada da fase de grupos da CONMEBOL Sul-Americana. O triunfo de 1 a 0 foi conquistado com gol de Alexandre Alemão, que decidiu para o Inter aos nove minutos do segundo tempo.

O gol de Alemão na voz da Rádio Colorada

> Veja as imagens da partida!

Dono de cinco pontos na competição continental, o Clube do Povo volta suas atenções para o Campeonato Brasileiro. No próximo domingo (1º/05), os comandados de Mano Menezes recebem o Avaí, no Beira-Rio, em duelo da quarta rodada nacional. O embate já conta com serviço de jogo aberto e Check-In liberado, enquanto a venda de ingressos para sócios e sócias será aberta às 10h desta quarta. Clique aqui para saber mais e confirmar presença na partida. Colorado, definitivamente, joga junto!

Inter venceu a primeira na CONMEBOL Sul-Americana/Foto: Ricardo Duarte

Inter melhor e mais agressivo

Com as estreias de Alemão como titular e de Vitão com a camisa colorada, o Inter foi a campo apresentando um distinto desenho tático nos momentos em que não tinha a bola. Alinhado ao centroavante Alexandre, Wanderson atuava como um segundo homem de frente, armando o Clube do Povo no 4-4-2, que ainda tinha os meias Edenilson na direita e Carlos de Pena pela esquerda. A postura tornou especialmente agressiva a pressão alvirrubra na saída de jogo do adversário, valendo ao time de Mano Menezes consecutivos desarmes já no campo ofensivo.

Zagueiro Vitão estreou pelo Inter/Foto: Ricardo Duarte

Referência na frente, Alemão era imediatamente acionado a cada posse recuperada pelo Inter. Combativo, o centroavante soube usar do corpo para superar a zaga desde o minuto cinco, instante no qual quase transformou cruzamento de Edenilson em assistência para gol de cabeça. Já quando construía suas incursões ao ataque, o Colorado espetava Bustos na ala-direita, segurava Renê para a saída de três, aproximava Pena e Wanderson, ativos na esquerda, e potencializava o dínamo Gabriel, inquieto no corredor central.

E foi na base da troca de passes que a Academia do Povo tramou as melhores chances do primeiro tempo. Aos 26, Bustos triangulou com Dourado e cruzou boa bola para Alemão, mas Marmolejo antecipou para ficar com ela em seus braços. No minuto seguinte, Edenilson e Gabriel tabelaram dentro da área, o 23 recebeu de frente para o goleiro e finalizou, mas foi parado por milagre. Nova defesa providencial para a manutenção do zero no placar ocorreu aos 39, diante de chute venenoso de SuperEd.

Alemão já levava perigo no primeiro tempo/Foto: Ricardo Duarte

Apesar da superioridade colorada, o DIM também criou suas chances antes do intervalo, mas sempre parou em Daniel. Cedo, aos seis, o goleiro alvirrubro defendeu em dois tempos chute forte de Vladimir Hernández. Tarde, aos 39, ele bloqueou Yulian Gómez, lateral adversário que surgia livre na área do Clube do Povo, em belíssima saída da meta. Não adiantava: o primeiro tempo era dos arqueiros, que seguraram o placar no zero.

Daniel brilhou na Colômbia/Foto: Ricardo Duarte

Alemão e Daniel brilham e garantem a vitória colorada

Os colombianos retornaram em melhor nível para a etapa final, com mudança na lateral-direita. Aos quatro, por exemplo, Méndez exigiu novo milagre de Daniel, que de mão trocada enviou pela linha de fundo arremate originalmente endereçado ao seu ângulo direito. Preocupado em atacar, o Medellín ofereceu espaços em sua defesa, que foram aproveitados pelo time de Mano Menezes aos nove. Pela esquerda, Wanderson prendeu a marcação e recebeu a companhia de Rodrigo Dourado, que invadiu a área antes de servir Alemão. Uh, Alemão!

Garçom, Dourado serviu/Foto: Ricardo Duarte

O centroavante, que vinha de dois gols marcados nos últimos dois jogos, dominou fazendo o giro de perna esquerda. De frente para a bola, esperou a zaga decidir se fecharia o passe para Edenilson, livre na direita, ou o arremate cruzado, no canto de Marmolejo. Preocupada com a assistência de Alemão, a defesa colombiana pagou para ver, e deixou o camisa 35 finalizar. Para onde? Para as redes! Golaço!

Originalmente escalado no 4-1-4-1, o DIM partiu para o 4-2-3-1 após o gol de Alemão. Como seguiu sem criar, logo abraçou o 4-2-4, e só assim passou a pressionar. Com força pelos lados, o time da casa insistiu em consecutivos cruzamentos em direção à área do Clube do Povo, mas todos esses esbarraram na data desta terça-feira. Dia do goleiro em homenagem ao aniversariante e ídolo Manga, o 26 de abril presenciou consecutivos milagres de Daniel, que foi definitivo, no mínimo em três ocasiões, para a consagração do 1 a 0 colorado.

A vitória em Pereira-COL, segunda conquistada por Mano Menezes nas duas partidas que treinou o Inter, deixa o Colorado com cinco pontos na tabela, mesmo número do Independiente Medellín. Momentaneamente, o Clube do Povo é líder do grupo E da CONMEBOL Sul-Americana, competição em que enfrentará, na quinta-feira da próxima semana (05/05), o Guaireña-PAR, no Defensores del Chaco.


Primeiro tempo

5min – DIM sai jogando errado, Pena fica com a sobra e arrisca. Sem direção, ela sai pela linha de fundo.

5min – UH! Alemão leva a melhor sobre dois zagueiros e desvia cruzamento de Edenilson, feito pela direita, por cima.

Centroavante brigou com a zaga adversária/Foto: Ricardo Duarte

6min – Daniel encaixa! De fora da área, Vladimir Hernández solta o pé, e goleiro colorado defende em dois tempos.

17min – Vitão recebe o amarelo por falta em Pons.

21min – Da esquerda, Pena cobra escanteio na segunda trave. Por ali, Alemão consegue desvio mascado em direção ao gol colombiano. Marmolejo encaixa.

26min – UUUH! Gabriel inverte linda bola para Bustos, que tabela com Dourado, escapa até a linha de fundo e cruza rasteiro. Alemão quase desvia, mas a bola sai forte e morre nas mãos de Marmolejo.

Bustos criou boa chance após tabela com Dourado/Foto: Ricardo Duarte

27min – SAAAAAAAAAAAALVA O GOLEIRO! Renê cobra lateral rápida pela esquerda. Na área, Alemão faz o pivô para Gabriel, que serve Edenilson, recebe linda devolução e, em cima da marca do pênalti, chuta colocado. Goleiro salva os locais.

36min – De pé em pé, Inter chega ao ataque pela esquerda. Acionado por Wanderson, Pena tenta o lançamento em profundidade para Alemão, mas Marmolejo deixa o gol e fica com ela.

39min – UUUUUUUUUH! Gabriel dá passe de gancho para Edenilson, que chuta forte da entrada da área. Marmolejo dá rebote, mas abafa Alemão e evita o gol colorado.

Gabriel foi um gigante em campo/Foto: Ricardo Duarte

39min – DANIEEEEEEEEEEEEEL! Bustos recua bola curta para o goleiro colorado, e Gómez tira proveito para sair cara a cara com o camisa 1 do Inter, que deixa a meta e bloqueia o arremate rival.

44min – TRAVADO! Pena recebe de Wanderson e chuta de primeira. Cadavid bloqueia o arremate, que sai em escanteio.

Canhota de Carlos de Pena segue afiada/Foto: Ricardo Duarte

45min – Mais um minuto de acréscimo. Vamos a 46!

46min – Intervalo na Colômbia!


Segundo tempo

0min – Time da casa retorna com novidade. Vem Arboleda, sai Mosquera.

4min – DANIEEEEEEEEL! De muito longe, Méndez arrisca. No ângulo, goleiro colorado espalma.

7min – Gómez invade a área colorada pela esquerda e tenta o cruzamento para Hernández. Forte demais, ela sai em tiro de meta para o Inter.

9min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOL DO CLUBE DO POVO! É GOL VERMELHO! É GOL DO INTER! É GOL DE ALEMÃO! O HOMEM É ARTILHEIRO, É CENTROAVANTE GOLEADOR, É COLORADO TORCEDOR! GOLAAAAAAAAAAAÇO! Pela esquerda, o Inter escapa em velocidade com Wanderson, que, aberto na ponta, envolve a marcação e lança Dourado. Elemento surpresa, o volante pisa na área e assiste Alemão, que faz lindo giro com a perna esquerda, engatilha o chute de perna direita e manda cruzado, no cantinho, sem chance de defesa. TRÊS GOLS EM TRÊS JOGOS, É O TANQUE COLORADO, É ALEMÃO!

O gol de Alemão na voz da Rádio Colorada

13min – Nova mudança no time da casa. Vem López, sai Loaiza.

20min – Mauricio e David vêm a campo no Clube do Povo. Saem Wanderson e Alemão.

25min – Cambindo no lugar de Arregui: terceira substituição colombiana.

26min – Amarelo para Méndez. Acertou Dourado com o cotovelo.

29min – Mais duas novidades no Inter. Johnny e Mercado nas vagas de Dourado e Vitão, que sai de maca.

Duas vitórias em dois jogos para o professor/Foto: Ricardo Duarte

30min – Mauricio e Edenilson combinam pela direita. Com espaço, o camisa oito cruza para David, que cabeceia atrapalhado pela zaga. Marmolejo defende.

32min – Encerradas as alterações do time da casa. Castrillón entra no lugar de Vladimir.

35min – MILAAAAAAAAAAAAGRE! DANIEL! DANIEL! DANIEEEEEEEL! Castrillón cobra falta pela direita, Mercado não consegue o corte na segunda trave e Pons, na pequena área, finaliza à queima-roupa. Paredão colorado salva com o braço esquerdo!

43min – Liziero por Gabriel é a quinta troca de Mano Menezes.

Liziero foi a quinta troca colorada/Foto: Ricardo Duarte

43min – QUAAAAAAASE O SEGUNDO! Mauricio recebe na quina direita da área colombiana e chuta colocado. A bola resvala na marcação e quase encobre o goleiro, mas Marmolejo se recupera em tempo de fazer a defesa.

45min – Mais seis. Vamos a 51!

48min – HERÓI COLORADO! DANIEEEEEEL! Castrillón enche o pé a partir da quina esquerda da área colorada, mas goleiro vermelho, no seu dia, no dia do aniversário de Manga, salva o Inter.

49min – Moreno recebe o amarelo. Atropelou Bustos.

51min – POR CIMA! Johnny recebe de Edenilson, invade a área em velocidade e finaliza. Tiro de meta para os locais.

Johnny quase ampliou a vantagem alvirrubra/Foto: Ricardo Duarte

51min – Mais um. Jogo vai a 52.

52min – FIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIM DE PAPO! VITÓRIA COLORADA! O INTER VENCE NA COLÔMBIA! TRÊS PONTOS PARA O CLUBE DO POVO!


Ficha técnica:

Independiente Medellín (0): Marmolejo; Mosquera (Arboleda), Víctor Moreno, Cadavid e Yulian Gómez; Arregui (Cambindo), Javier Méndez e Loaiza (López); Vladimir Hernández (Castrillón), Luciano Pons e Pineda. Técnico: Julio Comesaña.

Internacional (1): Daniel; Bustos, Bruno Méndez, Vitão (Mercado) e Renê; Gabriel (Liziero), Rodrigo Dourado (Johnny), Edenilson, Carlos de Pena e Wanderson (Mauricio); Alemão (David). Técnico: Mano Menezes.

Gols: Alemão, aos 9’/2ºT (I).

Cartões amarelos: Javier Méndez e Moreno (D). Vitão (I).

Arbitragem: Nicolas Lamolina, auxiliado por José Savorani e Mariana de Almeida. Quarto árbitro: Yael Falcón.

Estádio: Hernán Ramírez Villegas-COL.

Independiente Medellin x Inter - Sul-Americana - 26/04/2022

Bastidores da vitória colorada no Maracanã

O Inter venceu a segunda seguida no Brasileirão 2022! Em duelo da terceira rodada do Brasileirão, o Clube do Povo superou o Fluminense, por 1 a 0, na partida de estreia de Mano Menezes na casamata colorada. O Canal do Inter te mostra os bastidores do duelo, que contou com gol de Alemão:

Fotos: Fluminense 0 x 1 Internacional – 3ª rodada/Brasileirão 2022

Na estreia do técnico Mano Menezes, o Inter contou com gol de Alemão para superar o Fluminense por 1 a 0, em partida da terceira rodada do Brasileirão de 2022, disputada no Maracanã. Confira as imagens do confronto:

Alemão marca e Inter vence o Fluminense por 1 a 0 na estreia de Mano Menezes

Alemão marcou o gol da vitória do Inter no Maracanã/Foto: Ricardo Duarte

O MARACA É ALEMÃO! Com mais um gol do centroavante, o Inter superou o Fluminense por 1 a 0, no Rio de Janeiro, em duelo da terceira rodada do Brasileirão. Conquistada no jogo de estreia de Mano Menezes na casamata do Clube do Povo, a vitória, segunda seguida do no Nacional, deixa o Colorado com seis pontos na tabela do país.

Pelo Brasileirão, o Inter volta a campo no próximo domingo (1º/05), no Beira-Rio, contra o Avaí. Antes disso, os comandados de Mano Menzes partem para a Colômbia, onde enfrentarão o Independiente Medellín, às 21h30 de terça-feira (26/04), pela terceira rodada da CONMEBOL Sul-Americana.

Colorado chegou à segunda vitória consecutiva/Foto: Ricardo Duarte

Inter começa melhor, mas Fluminense cresce

O início de partida empolgou a torcida colorada presente no Maracanã. Nos primeiros 10 minutos de confronto, o Clube do Povo assustou em quatro ocasiões, a melhor delas desperdiçada por Moledo, que quase tirou o zero do placar após cobrança de escanteio da esquerda. Escalado pelo estreante Mano Menezes com Wanderson (também debutante) na ponta-esquerda e Mauricio na direita, além de Edenilson e Carlos de Pena como interiores, o Inter seguiu melhor até os 25, demonstrando intensidade para chegar ao ataque em bloco, com muitos jogadores pisando na área carioca.

Moledo quase marcou no primeiro tempo/Foto: Ricardo Duarte

Com o passar do tempo, o Fluminense encaixou melhor sua pressão na saída de jogo colorada, forçando erros consecutivos de nossa defesa. O cenário tornou a partida mais corrida e franca, favorecendo o estilo dos cariocas, que passaram a somar maior posse de bola e se aproximar da área do Inter. Referência ofensiva dos locais, Cano bem que tentou converter o bom momento tricolor em gol, mas sofreu para levar a melhor sobre Moledo. Seguro, Daniel também contribuiu para a manutenção do empate de 0 a 0 até o intervalo.

Mano Menezes estreou com vitória/Foto: Ricardo Duarte

Alemão decide

Dos vestiários, o Inter retornou com a primeira troca de Mano Menezes. Autor de gol decisivo no domingo passado (17/04), quando o Colorado venceu o Fortaleza, no Beira-Rio, por 2 a 1, Alemão entrou no lugar de Wesley, e precisou de apenas oito minutos para reencontrar as redes adversárias. Servido por Pena, extrema-esquerda acionado por Wanderson, o centroavante fez a diagonal a partir da direita da área carioca e antecipou a zaga para desviar, de primeira, no contrapé de Fábio. Festa colorada no Maraca!

UH! ALEMÃO!

Abel respondeu ao gol do Inter com mudança no esquema tático carioca. David Braz, zagueiro, foi sacado para a entrada de Luiz Henrique, enquanto Willian deu lugar a Jhon Arias. Mais ofensivo e leve, o time da casa partiu para o ataque, mas seguiu sem conseguir criar diante de uma zaga sólida e estrelada por nova exibição de gala de Rodrigo Moledo. Já na frente, o Clube do Povo tirava proveito dos espaços oferecidos pelo Fluminense, armando contragolpes que por detalhe não valeram mais um gol ao time de Mano Menezes.

Bustos e Carlos de Pena, antes mesmo dos 30, exigiram os primeiros milagres de Fábio. O lateral-direito, que invadiu a grande área após assistência de Edenilson, encheu o pé para defesa providencial do goleiro, ao passo que o uruguaio, na altura da meia-lua, teve seu arremate, colocado, espalmado em escanteio. Aos 42, Alemão, violentamente caçado pela marcação tricolor, superou as pancadas para, aos trancos e barrancos, arriscar de perna canhota. Com desvio de Luccas Claro, o lance quase resultou em gol, mas o placar já estava definido: 1 a 0 para o time de Mano Menezes!

Grande estreia, professor!/Foto: Ricardo Duarte

Primeiro tempo

2min – UUUUUUUH! Bustos recebe pela direita e estica jogo até Mauricio, que cruza rasteiro. Edenilson resvala na primeira trave, mas Wesley, na marca do pênalti, é antecipado pela zaga. Era gol!

3min – PRESSIONA O INTER! Wanderson recebe de Mauricio, que fazia fila na defesa carioca, e arrisca de fora da área. Por cima!

7min – QUASE O GOL COLORADO! Pena cobra escanteio da esquerdo em direção à segunda trave. Por ali, Mercado sobe mais do que a zaga e desvia para Moledo, que cabeceia por cima.

10min – FÁBIO! Pena, da entrada da área, arrisca de perna canhota. Goleiro carioca defende sem rebote.

15min – Lesionado, Manoel deixa o campo. Entra Luccas Claro.

21min – VALEU, ED! Camisa oito corta André, abre ângulo para a perna esquerda e, da entrada da área, solta a bomba. Tiro de meta para Fábio, que se esticou todo, mas não tocou nela.

31min – André, de cabeça, tenta servir Cano, que tinha espaço na área colorada. Daniel deixa o gol e encaixa sem rebote!

35min – Martinelli, de fora da área, arrisca. Daniel, no centro do gol, segura.

36min – Cano, de cabeça, tenta encobrir Danil, mas o goleiro faz mais uma defesa firme.

41min – David Braz recebe o primeiro amarelo do jogo.

44min – Willian arma contra-ataque veloz para o Fluminense. Pela direta, ele invade a área e cruza para Cano, que chega batendo. De primeira, para fora.

45min – Mais dois! Vamos a 47.

46min – MOLEDÃO! Cano recebia bom passe em profundidade na área colorada, mas zagueiro dono da camisa quatro antecipa e corta pela linha de fundo.

47min – Intervalo no Maracanã.


Segundo tempo

0min – Inter retorna com mudança. Vem Alemão, sai Wesley.

8min – É GOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOL COLORADO NO MARACANÃ! É GOL DE ALEMÃO! É DE CENTROAVANTE! UH, ALEMÃO! UH, ALEMÃO! PRA CIIIIMA! Inter roda a bola no corredor central da intermediária ofensiva. De Edenilson ela chega até Wanderson, que estica jogo na direção de Carlos de Pena. Aberto na esquerda, o uruguaio cruza rasteiro, e Alemão antecipa a zaga para desviar às redes cariocas. De pé em pé até o barbante: essa é a Academia do Povo!

O gol de Alemão na narração da Rádio Colorada

13min – Amarelo para Luccas Claro. Caçou Alemão!

14min – POR CIIIIIIIIIIIMA! Edenilson cobra falta pela direita. Na quina esquerda da grande área, Pena emenda de primeira e manda pela linha de fundo.

15min – Duas mudanças no Fluminense: Luiz Henrique e Arias nos lugares de David Braz e Willian.

16min – Também tem troca no Inter. David, de volta de lesão, entra na vaga de Wanderson.

19min – David recebe o amarelo.

26min – Boschilia entra na vaga de Mauricio. Terceira troca de Mano.

29min – QUE AULA DE CONTRA-ATAQUE! Edenilson escapa pela direita. Em altíssima velocidade, o meio-campista abre até Bustos, que invade a área e enche o pé. Fábio salva o Fluminense!

29min – FÁÁÁÁÁÁÁÁÁBIO! De Pena recebe com espaço e, a poucos passos da meia-lua, arrisca de perna canhota. Goleiro tricolor voa para espalmar em escanteio.

32min – Muda o Fluminense. Entra Fred na vaga de Martinelli, vem Matheus Martins no lugar de Ganso.

39min – Dourado por Edenilson, que sai com dores, é a última troca de Mano Menezes no jogo.

41min – Por reclamação, Fred é amarelado.

42min – QUASE! Alemão recebe de David, avança na marra e chuta de canhota. Mascada, a bola desvia em Luccas Claro e quase vai no contrapé de Fábio, que se estica todo para defender.

45min – Mais sete de acréscimos!

46min – Daniel amarelado por antijogo.

47min – Calegari acerta Alemão. Amarelo nele!

48min – Dourado também recebe o amarelo.

50min – Cartão para Arias. Caçou o Pena.

52min – FIM DE JOGO NO MARACANÃ!


Ficha técnica:

Fluminense (0): Fábio; Nino, Manoel (Luccas Claro) e David Braz (Luiz Henrique); Calegari, André, Martinelli (Fred) e Marlon; Ganso (Matheus Martins); Cano e Willian (Jhon Arias). Técnico: Abel Braga.

Internacional (1): Daniel; Bustos, Rodrigo Moledo, Gabriel Mercado e Renê; Gabriel, Edenilson (Dourado), Carlos de Pena; Mauricio (Boschilia), Wesley Moraes (Alemão) e Wanderson (David). Técnico: Mano Menezes.

Gols: Alemão, aos 8’/2ºT (I).

Cartões amarelos: David Braz, Fred, Calegari, Arias e Luccas Claro (F). David, Daniel e Dourado (I).

Arbitragem: Braulio da Silva Machado, auxiliado por Alex dos Santos e Thiaggo Labes. Quarto árbitro: Philip Bennett. VAR: Emerson de Almeida Ferreira.

Estádio: Maracanã-RJ.

Gurias vencem e assumem a vice-liderança do Brasileirão A1

Gurias venceram a quinta no Brasileirão A1/Foto: Bruno Sousa/Atlético-MG

Anota mais três pro Clube do Povo! Fora de casa, as Gurias Coloradas bateram o Atlético-MG por 1 a 0, em partida da sexta rodada do Brasileirão A1, chegaram à quinta vitória na competição, segunda consecutiva, e atingiram a vice-liderança do país. O triunfo, conquistado com gol de Lelê, deixa o Inter com 15 pontos, um a menos do que o Palmeiras, atual primeiro colocado. Agora, o time de Maurício Salgado volta atenções para o Flamengo, adversário no próximo domingo (24/04), às 16h, em duelo que contará com mando de campo alvirrubro.


Gurias começam em cima – e com gol

O início de partida foi de predomínio das Gurias, que mesmo desfalcadas de nomes importantes, como Mayara, Djeni Becker e Bruna Benites, souberam explorar os pontos fracos do Atlético-MG no gramado de Nova Lima. Inquieta e atenta, a atacante Lelê foi quem mais incomodou nos movimentos de abertura do confronto, sempre se posicionando nas costas da adiantada linha de zaga mineira. Percebida por Isa e Capelinha, a camisa 9 teve seus dois primeiros cabeceios travados por defesa da goleira Nicole e bloqueio da lateral Leidiane, mas não perdoou na terceira oportunidade que lhe foi oferecida.

Primeiro tempo foi de muita aplicação colorada/Foto: Bruno Sousa/Atlético-MG

Aos 16, Zóio cruzou da quina direita da grande área, com açúcar para Leticia, que subiu no terceiro andar e desviou com estilo, fora do alcance da goleira. Antes de cruzar a linha, a bola chegou a explodir no poste esquerdo, mas um beijo nas mãos de Nicole garantiu o gol do Inter. Em vantagem, as Gurias seguiram criando as melhores chances na continuidade da etapa inicial, enquanto o Atlético-MG, talvez subestimando o alto nível da jovem Mari Zanella, que estreava como profissional à frente da meta colorada, apostava em consecutivos chutes de longa distância.


Galo pressiona, Inter também assusta, mas goleiras brilham

Lindsay Camila tornou as Vingadoras mais ofensivas para o reinício de confronto, colocando a centroavante Nath Fabem e a meia-atacante Jayanne nas vagas de Katielle e Soraya. Em contrapartida à ousadia, a nova postura também ofereceu espaços para o contragolpe colorado, que começou a levar perigo aos três, sempre orquestrado por Duda, responsável por servir boas assistências às tentativas de Fabi e Lelê.

Apostando na bola aérea ofensiva, o Atlético-MG passou a frequentar de maneira desconfortável os arredores da área colorada, mas tinha dificuldades para agredir com eficácia a meta das Gurias. No ataque, Fabi, primeiro em chute de longa distância e depois em linda jogada pela ponta-direita, que nem Millene, nem Priscila conseguiram finalizar, respondeu com qualidade à pressão alvinegra, mas também sem o capricho necessário para ampliar a vantagem.

Rival pressionou no segundo tempo/Foto: Bruno Sousa/Atlético-MG

Atingida a meia-hora no cronômetro, as chances claras, antes escassas, se multiplicaram, e as goleiras, até então pouco exigidas, viraram protagonistas. Aos 32, Mari brilhou para espalmar, em direção ao poste superior, violento chute de Rafa Barros, impedindo o gol atleticano. Nicole respondeu com três saídas providenciais do gol, através das quais abafou arremates de Millene, duas vezes, e Fabi. Já nos acréscimos, Zanella encaixou sem rebote chute de Fabem, o último da partida.


Primeiro tempo

10min – UH! Isa lança linda bola para Lelê, que aparece nas costas de Cotrim e cabeceia. Sem força, ela morre nas mãos de Nicole.

13min – Boa chance! Da direita, Capelinha cruza bola aberta, na segunda trave, com açúcar para Lelê. A centroavante consegue o desvio, mas ela explode nas costas de Leidi e sai em escanteio.

16min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOL DAS GURIAS, É GOL DE CENTROAVANTE, É GOL DA MINHA CAMISA NOVE! LELÊÊÊÊÊÊÊ! Da quina direita da área atleticana, Zóio percebe Lelê entre as zagueiras rivais e cruza na medida. Centroavante colorada sobe no terceiro andar e desvia com estilo, mas a bola explode no poste esquerdo. O rebote, porém, explode nas mãos da goleira Nicole, e cruza a linha da meta mineira. Gurias em vantagem!

22min – Da intermediária esquerda de ataque do Atlético-MG, Soraya cobra falta direta. Por cima, ela sai em tiro de fundo para o Inter.

25min – Lelê recebe pela direita da área adversária e cruza fechado. Fabi estava na área, e por pouco não conseguiu o desvio!

26min – POR CIIIIIIIIIMA! Gurias rodam a bola por quase dois minutos. Percebida por Zóio, Duda recebe no corredor central da intermediária ofensiva e, apesar da distância, arrisca de perna direita. Forte, ela sai por cima.

30min – Karol Bermúdez arrisca de fora da área. Em curva, a bola sai pela linha de fundo.

31min – NICOOOOOOOOOOOOOOOLE! Maii Maii finta a marcação e abre jogo para a esquerda da entrada da área atleticana. Lelê briga com Leidi e a sobra é de Fabi, que invade a área, mas não finaliza por culpa da goleira rival, que sai muito bem da meta.

34min – MARI! Katielle cobra escanteio curto, recebe a devolução de Leidi e finaliza de perna canhota. Estreante como profissional, goleira colorada defende sem rebote.

44min – De longe, Aninha tenta surpreender Mari Zanella com cobrança fechada, mas a goleira colorada faz a defesa.

45min – Mais dois! Vamos a 47.

46min – MILAAAAAAAAAAAGRE! Duda intercepta saída de jogo rival e tabela com Lelê. Lançada pela centroavante, camisa 10 colorada enche o pé e exige grande defesa da goleira Nicole. Quase o segundo!

47min – Intervalo de jogo.


Segundo tempo

0min – Atlético-MG retorna com duas mudanças. Jayanne e Nath nas vagas de Soraya e Katielle.

3min – UUUUUUUH! Duda ataca de garçonete duas vezes. Primeiro, a 10 serviu Fabi, que recebeu com espaço, mas chutou sem força com a perna direita. Na sobra, a servida é Lelê, que enche o pé, mas manda pela linha de fundo.

13min – Maurício Salgado manda Priscila e Maiara a campo. Saíram Lelê e Maii Maii.

13min – Atlético-MG assusta com Cuesta, que escapa pela direita e cruza rasteiro. Isa não consegue o corte definitivo, e a sobra quase fica com Nath Fabem, mas Capelinha afasta.

16min – Mais uma substituição no Galo. Marta entra no lugar Karol, sacada com dores.

16min – SERIA UMA PINTURA! Fabi, na direita do ataque colorado, intercepta a cobrança de tiro de meta rival e arrisca. A boa encobre Nicole, mas supera o poste.

21min – MEU DEEEEEEEEEEEEEEEEEEUS! Duda linda o jogo com muito estilo para Fabi, que invade a área pela direita e cruza fechado. Nem Millene, na altura da marca penal, nem Priscila, na segunda trave, conseguem o desvio, e ela morre em arremesso lateral.

22min – Nova lesão motiva a quarta substituição nas Vingadoras: Luciana por Aninha.

29min – Muda o Inter. Capelinha deixa o campo para a entrada de Eskerdinha. Isabela é deslocada para a lateral-direita.

29min – Mari Zanella recebe o amarelo. Motivo? Sentiu dores. Isa ajuda a goleira e, por isso, também é punida com cartão.

31min – Rafaela Barros é a última novidade nas mandantes. Saiu Cuesta.

32min – MAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAARI! De muito longe, Rafaela solta um foguete, que tinha endereço. Zanella dá o tapa, a bola explode no poste superior, e a zaga corta. Milagre da minha cria!

35min – Nath Fabem faz o giro de pivô na área colorada e enche o pé. Pra fora!

37min – Novo erro na saída de bola paulista resulta em posse para Priscila, que chuta mascado. Lance quase vira uma assistência para Millene, mas Nicole deixa o gol e tranquiliza.

42min – Duda lança Fabi, que sai cara a cara com a goleira, mas não consegue o domínio e adianta demais a bola. Nicole deixa o gol e salva as locais.

43min – VALEU, DUDA! Camisa 10 costura da esquerda para o centro e, da entrada da área, arrisca. Forte, ela sai por cima.

44min – MARI! MARI! MARI! Nath desarma Duda com falta, o árbitro ignora e a atacante adversária chuta para defesa segura e sem rebote da goleira colorada.

45min – Mais cinco.

47min – ERA PARA MATAR O JOGO! Millene escapa em contra-ataque de altíssima velocidade para as Gurias. Camisa 14 invade a área atleticana pela esquerda, sai de frente com a goleira e enche o pé, mas sem direção.

48min – Duda deixa Millene de frente com a goleira, mas o domínio da camisa 14 oferece a posse para Nicole, que defende.

49min – MEU DEUS DO CÉU! Leidiane cruza da direita, Jayanne domina na esquerda da pequena área e também levanta fechado, Sorriso desvia, e Isabela, debaixo das traves, corta. NÃO VAI ENTRAR!

50min – FIM DE JOGO!


Ficha técnica:

Atlético-MG (0): Nicole; Leidi, Cotrim, Hilary e Bárbara Melo; Karol Bermúdez (Marta), Dayana, Cuesta (Rafaela Barros) e Katielle (Nath Fabem); Aninha (Luciana) e Soraya (Jayanne). Técnica: Lindsay Camila.

Internacional (1): Mari Zanella; Capelinha (Eskerdinha), Haas, Sorriso e Isabela; Zóio, Duda e Maiara (Mai); Fabi Simões, Lelê (Priscila) e Millene. Técnico: Maurício Salgado.

Gol: Lelê, aos 16’/1ºT (I).

Cartões amarelos: Mari Zanella e Isa Haas (I).

Arbitragem: Antonio da Silva, auxiliado por Pablo da Costa e Marcyano Vicente. Quarta árbitra: Marcyano Vicente.

Estádio: Castor Cifuentes-MG.

Inter se despede do Gauchão com vitória na Arena

Taison marcou o gol da vitória colorada/Foto: Ricardo Duarte

O confronto de volta das semifinais do Gauchão de 2022, disputado na Arena, foi encerrado com vitória de 1 a 0 do Clube do Povo. Iniciada às 22h15 desta quarta-feira (23/03), a partida contou com lindo gol de Taison para o Inter, insuficiente para reverter a desvantagem da ida. Agora, o Colorado volta suas atenções para o Campeonato Brasileiro, torneio no qual estreará, em abril, contra o Atlético-MG.


Inter melhor no primeiro tempo

Colorado foi melhor na Arena/Foto: Ricardo Duarte

As novidades na equipe colorada não ficaram restritas ao papel, que apresentou Bruno Méndez e Wesley Moraes entre os titulares. Dentro de campo, Medina escalou o Inter com Liziero na lateral-esquerda, Kaique como quarto zagueiro, Taison e Mauricio abertos nas meias e David e Wesley no ataque, modificando a plataforma de jogo até então apresentada por seu time.

Consciente da desvantagem no placar agregado, Medina não mantinha as duas linhas de quatro nos momentos em que o Inter se aproximava do ataque. A partir da intermediária de defesa, quando com a bola o Colorado atuava com dois alas (Taison pela esquerda e Bustos na direita), três meias – Gabriel, mais recuado, Edenilson, pela esquerda, e Mauricio, na direita – e um trio de zagueiros, encaixado a partir de postura mais cautelosa de Liziero.

Medina escalou o Inter com novidades/Foto: Ricardo Duarte

As variações confundiram o time da casa, que contou com milagre de Brenno para não ser vazado aos nove, minuto em que David recebeu cruzamento açucarado de Mauricio e testou forte. Pouco depois, o goleiro travou, também de maneira providencial, assistência de Taison para Wesley. Já aos 45, o centroavante colorado não ofereceu chance de defesa, mas por excesso de força. Por cima, a chance desperdiçada foi a última criada antes do intervalo.

Torcida apoiou das arquibancadas da Arena/Foto: Ricardo Duarte

Vitória justa, mas insuficiente

O Inter seguiu melhor no segundo tempo, embora tenha custado a criar boas chances após o reinício. Perigoso pelo corredor direito, que passou a ser ocupado por Caio Vidal, o time de Medina sofria para concluir com verdadeiro perigo à meta rival. Percebendo a falta de espaços, Taison decidiu que era hora de arriscar de longe, e assim marcou um dos gols mais bonitos da história da rivalidade Gre-Nal.

Taison brilhou na etapa final/Foto: Ricardo Duarte

Da intermediária esquerda de ataque, o camisa sete ignorou a longa distância até a meta gremista, e mesmo que pudesse decidir pelo cruzamento, preferiu o chute. De perna direita, com efeito e direção, o arremate do ídolo quase fugiu das vistas do público, tamanha a velocidade com que progrediu em direção ao ângulo de Brenno. Saía o primeiro. Para empatar o agregado, faltavam mais dois.

E verdade seja dita, o Colorado tentou aumentar o escore nos minutos seguintes à pintura de Taison. Mauricio, pela esquerda da área, esbarrou em milagre de Brenno, goleiro que voltou a ser herói em chute de Edenilson. Caio também teve boa chance, após parede de Wesley, mas finalizou mascado, facilitando a vida do arqueiro rival. Já nos acréscimos, Ferreira armou confusão que paralisou o jogo por mais de cinco minutos, tempo ignorado por Vuaden, que encerrou o jogo sem novo tempo adicional.

Ídolo comemorou junto de Medina/Foto: Ricardo Duarte

Primeiro tempo

7min – Pela direita, Campaz cobra escanteio rasteiro. Na primeira trave, Bruno Alves desvia de letra, e Daniel encaixa.

9min – MILAAAAAAAAAAAAGRE! Mauricio recebe livre na direita da área gremista e cruza curto. Na primeira trave, David emenda forte cabeceio no contrapé de Brenno, mas o goleiro voa e busca no ângulo. Que chegada!

13min – Bitello recebe de Rodrigues, ajeita para a perna canhota e chuta forte. Com perigo, ela sai por cima.

16min – COOOOOOOOORTA, BRENNO! Taison percebe Wesley nas costas da zaga gremista e serve por elevação. Antes do centroavante, Brenno sai do gol e, com os punhos, afasta desesperado.

18min – CANTO BOLA! Inter recupera a posse no campo de ataque e troca passes em velocidade até Wesley fazer a parede para Taison. Camisa sete chuta colocado, mas a bola resvala na marcação e sai em escanteio.

19min – INTER PRESSIONA! Wesley, do campo de defesa, lança David, que deixa dois marcadores para trás e devolve no centroavante. Do camisa 9 para Liziero, que invade a área e cruza rasteiro, mas travado. Novo escanteio!

20min – UH! Pela esquerda, Edenilson cobra escanteio fechado, que morre na rede, mas de fora.

22min – Campaz abre ângulo para a perna canhota e chuta pela linha de fundo.

27min – Mauricio recebe o amarelo por reclamação.

38min – Com dores, David é sacado. Entra Caio Vidal!

45min – PRA FOOOOOOOOOORA! Taison recebe na intermediária ofensiva e encontra Bustos com espaço. Acionado, o lateral avança até as cercanias da área adversária e cruza rasteiro, no pé de Wesley, que antecipa David e chuta forte. Quase o gol colorado!

45min – Mais dois! Vamos a 47!

47min – Intervalo na Arena.


Segundo tempo

0min – BREEEENNO! Taison, da esquerda, levanta na área gremista, em direção a Caio. Goleiro rival deixa a meta e corta de soco, mas não conta com rebote de Bustos, que chuta de primeira. Geromel trava, ela toma altura e, enfim, morre nas mãos do arqueiro.

2min – Campaz, de novo com a canhota, chuta forte. Desta vez, saiu com perigo, mas também em tiro de meta.

2min – Nicolas impede contra-ataque colorado e, por isso, recebe o amarelo.

3min – POR CIIIMA! Caio entorta Nicolas e, da direita da área gremista, cruza para Taison. De cabeça, capitão desvia com muita força.

9min – FALTOU FORÇA! Caio cruza da direita, a zaga afasta antes de Mauricio, mas Taison fica com a sobra. Camisa sete domina com a canhota e logo engatilha o chute, que sai mascado.

13min – Ferreira vem a campo no lugar de Elias. Time da casa muda pela vez primeira.

14min – LINDA TRAMA! Wesley faz a parede para Edenilson, que finta dois marcadores e abre jogo até Bustos. Lateral-direito, já dentro da área, prefere o chute ao cruzamento, e manda nas mãos de Brenno.

15min – Wesley faz a parede para Taison, que retrocede jogo com Liziero. Ângulo aberto, o camisa cinco cruza na segunda trave, buscando Caio, mas Nicolas antecipa e manda por escanteio.

18min – MEU DEUS DO CÉU! MEU DEUS DO CÉU! TAISON! MEU DEUS DO CÉU! EU TE AMO, TAISON! NÓS TE AMAMOS, TAISON! O TEU CLUBE, DO POVO, TE AMA! GOLAAAAAAAAAAAAAAAAAAÇO! GOLAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAÇO! QUE GOLAAAAAAAAAAAAAAÇO! Da intermediária esquerda de ataque, Taison, ousado, decide cobrar falta direto no gol gremista – e o faz com perfeição. Forte, no ângulo direito, a bomba do camisa sete estufa as redes locais e coloca o Inter na frente!

O gol de Taison na narração da Rádio Colorada

20min – QUAAAAAASE O SEGUNDO! Liziero dá um chapéu em Thiago Santos e, da esquerda da área, cruza. Bruno Alves corta, Gabriel fica com a sobra e chuta, mas Geromel trava. Tinha endereço!

24min – Roger muda duas vezes. Sarará e Gabriel Silva substituem Rodrigues e Thiago Santos.

25min – Campaz recebe na direita, corta para a canhota e chuta. Kaique trava e ela vai pela linha de fundo.

25min – DANIEEEEEEEEL! Nicolas cobra escanteio da direita, Lucas Silva desvia, e goleiro colorado, após o pique da bola, salva o Inter!

28min – MILAAAAAAAAAGRE! Mauricio ganha de Sarará e, pela esquerda da área rival, enche o pé. Brenno salva!

29min – Amarelo para Brenno. Fez cera.

34min – MAIS UMA VEEEEEEEEZ! Edenilson, da entrada da área, enche o pé. No ângulo, Brenno voa para salvar.

37min – Ele viu que é de fora! Taison arrisca chute forte e rasteiro, que Brenno encaixa.

38min – Ferreira acerta carrinho por trás em Caio. Amarelo nele!

38min – Wesley volta a fazer a zaga gremista de mochila, e protege até a chegada de Caio. Mascado, 47 chuta para defesa de Brenno.

43min – Johnny e Cadorini nas vagas de Gabriel e Taison. Medina muda duas vezes.

44min – Janderson por Campaz, Fernando Henrique no lugar de Bitello.

45min – Gustavo Maia é a última novidade no Inter. Saiu Mauricio.

45min – Mais cinco. Vamos a 50!

49min – Ferreira, mesmo perdendo, provoca. Por isso, é expulso, assim como Bruno Méndez e Medina.

50min – Vuaden não quer jogo e apita o final do segundo tempo.


Ficha técnica:

Grêmio (0): Brenno; Rodrigues (Sarará), Geromel, Bruno Alves e Nicolas; Thiago Santos (Gabriel Silva), Lucas Silva e Bitello; Campaz, Diego Souza e Elias Manoel (Ferreira). Técnico: Roger Machado.

Internacional (1): Daniel; Fabricio Bustos, Bruno Méndez, Kaique Rocha e Liziero; Gabriel (Johnny) e Edenilson; David (Caio Vidal), Mauricio (Gustavo Maia) e Taison (Cadorini); Wesley Moraes. Técnico: Alexander Medina.

Gol: Taison, aos 18’/2ºT (I)

Cartões amarelos: Nicolas, Ferreira e Brenno (G). Mauricio (I).

Cartões vermelhos: Ferreira (G). Bruno Méndez (I).

Arbitragem: Leandro Pedro Vuaden, auxiliado por Rafael da Silva Alves e Tiago Augusto Kappes Diel. Quarto árbitro: Roger Goulart. Quinto árbitro: Erico Andrade de Carvalho. VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga.

Estádio: Arena.