Sub-20 visita o Atlético-GO na reta final do Brasileirão da categoria

Sábado de duelo importante para o Sub-20 colorado/Foto: Jota Finkler

A reta final chegou e, com ela, toda partida toma contornos ainda mais decisivos! Diretamente envolvido na luta por vaga nas quartas do país, o Celeiro de Ases vai a campo neste sábado, a partir das 15h, para a disputa da 16ª rodada do Brasileirão Sub-20. Diante do Atlético-GO, os comandados de João Miguel e Leonardo Martins buscam três pontos que, a depender de resultados paralelos, podem colocar o Clube do Povo no G8. Confira as informações sobre o embate!


Vamo, Inter! 💪

Equipe quer vaga no G8 nacional/Foto: Jota Finkler

Após conquistar quatro pontos na sequência de duas partidas consecutivas que jogou como mandante, o Celeiro de Ases contou com semana cheia para se preparar para a 16ª rodada do Brasileirão Sub-20. Sem ir a campo desde o sábado passado (11/08), quando empatou em 1 a 1 com o América-MG, o time de João Miguel e Leonardo Martins disputará, diante do Atlético-GO, sua penúltima jornada como visitante no Nacional.

Passado o duelo em Goiânia, restarão apenas três rodadas em disputa. Destas, somente a partida contra o Sport, prevista para o dia três de outubro, será jogada com mando adversário. Antes da visita à Ilha, o Celeiro receberá, no CT de Alvorada, o Bahia. Marcado para o sábado da próxima semana (25/09), o confronto com o Tricolor terá como sucessor, na lista de jornadas mandantes do Clube do Povo, embate diante do Cruzeiro.

Reta final reserva jogos decisivos para o Celeiro/Foto: Jota Finkler

Sem tempo a perder, o Clube do Povo busca uma vitória sobre o Atlético-GO para chegar aos 23 pontos, número atualmente somado por Fluminense, oitavo, e América-MG, sétimo. Em 12º lugar, o Celeiro está atrás de Grêmio, Cruzeiro e Vasco, todos donos da mesma pontuação: 22. Desta forma, um cenário de tropeços rivais colocaria o Inter no G8, seleto grupo de equipes que avançarão para as quartas de final no encerramento do turno de pontos corridos.

Juan Cuesta (E), Vinicius Mello (D) e Allison: trio tem números importantes na campanha colorada/Foto: Jota Finkler

Individualmente, o Inter conta com nomes de experiência no grupo principal para buscar a vaga nesta reta final de Campeonato. Relacionados para a mais recente partida disputada pelo time de Aguirre, Juan Cuesta e Matheus Cadorini são exemplos de jogadores que, se estiverem à disposição do Celeiro, têm tudo para fazer a diferença. Respectivos artilheiro e vice alvirrubros no torneio, com cinco e quatro gols marcados, os dois são acompanhados de perto, na lista de goleadores, por Vinicius Mello e Allison, donos de três tentos.

Cadorini é o artilheiro do Inter no Sub-20/Foto: Jota Finkler

Transmissão 🖥️

As redes sociais do Inter (@scinternacional no TwitterInstagram Facebook) divulgarão a escalação colorada no início da partida, bem como repercutirão o resultado com a publicação da crônica após o jogo. Com imagens, o Eleven Sports anuncia transmissão.


Rival 🆚

Rival não vive bom momento no Brasileirão/Foto: Bruno Corsino/ACG

Atual 18º colocado no Brasileirão Sub-20, o Atlético-GO soma os mesmos 11 pontos de Fortaleza e Bahia, equipes que o rodeiam na classificação. Dona de três vitórias e dois empates, além de 10 derrotas, a campanha rubro-negra na competição registrou, na penúltima rodada, importante 1 a 0 sobre o Sport, resultado que deu fim a jejum de cinco partidas sem triunfos para o time do Centro-Oeste.

Rogério Corrêa comanda o Rubro-Negro/Foto: DVG/ACG

Na última vez que foi a campo, porém, o Dragão falhou em dar continuidade ao bom momento. Fora de casa, os comandados de Rogério Corrêa foram superados pelo Santos, lanterna da competição, por 2 a 1. A partida, disputada no domingo passado (12/09), contou com a seguinte escalação rubro-negra: Leonardo; Renan, Michel, Edilton (Mauricio Gabriel) e Breno; Kleberson, João Victor (Rodrigues) e Marcos Vinicius; Jean, Ronald (Kevin) e Marcos (Índio).

Kevin foi o artilheiro solitário do Atlético-GO no revés para o Santos. O gol foi o primeiro marcado pelo jovem na competição, que até aqui presenciou 15 tentos do Leão. Artilheiro da equipe no Nacional, o camisa 10 Marcos Vinicius foi responsável por três desses, enquanto Jean e Daniel já balançaram as redes duas vezes cada um.

Marcos Vinicius é o artilheiro do Dragão no Nacional/Foto: DVG/ACG

Arbitragem 👨‍⚖️

Michelle Peixoto Safatle apita, auxiliada por Marcio Soares Maciel e Tiego Henrique dos Santos Braga. Quarto árbitro: Anderson Ribeiro Gonçalves. Quarteto goiano.


Palco 🏟️

CCT do Dragão é a principal estrutura de treinamentos do Atlético-GO/Foto: DVG

O Centro de Concentração e Treinamentos (CCT) do Dragão recebe todas as atividades do grupo principal do Atlético-GO, além de servir de casa para as categorias de base rubro-negras. Com três campos de medidas oficiais, o complexo também sedia a estrutura administrativa do clube, e está localizado a pouco mais de 5km do Antônio Accioly, estádio propriedade do rival deste sábado.


Regulamento 📖

Das 19 rodadas, 15 já foram disputadas/Foto: Jota Finkler

O Brasileirão Sub-20 está dividido em quatro fases. A primeira consiste no enfrentamento, em turno único, de todas as 20 equipes participantes do certame. Ao fim da 19ª rodada, os oito times de melhor campanha avançam às quartas de final. Os duelos eliminatórias serão disputados em partidas de ida e volta, sem a presença de saldo qualificado por gols marcados fora de casa como critério de desempate.

“Muita coisa boa está acontecendo”, comemora Aguirre no pós-jogo colorado

O Clube do Povo contou com dois gols de Edenilson, um de Yuri Alberto e outro de Guerrero para superar o Fluminense por 4 a 2 e vencer a segunda seguida no Brasileirão. Após o jogo, Diego Aguirre e Emílio Papaléo Zin concederam entrevista coletiva na sala de imprensas do Beira-Rio, e você confere, a seguir, as principais aspas dos representantes alvirrubros:

“O time, aos poucos, vai tomando identidade. Fizemos um bom jogo, como já vínhamos fazendo. A atuação quase foi castigada, mas, no final, o time reagiu e conseguimos os gols. Muita coisa boa está acontecendo. Oito gols em dois jogos, duas vitórias consecutivas. As coisas estão melhorando, estamos voltando à paz, e a identidade do time está clara e se afirmando.”

Diego Aguirre

“Ainda temos muita coisa para melhorar. Estamos em dívida com a torcida, sabemos disso. Queríamos dar mais alegrias, antes não conseguimos, mas agora estamos no caminho. Precisamos olhar para a frente, fazer uma boa semana e preparar para o próximo jogo. Esse é o nosso objetivo.”

Diego Aguirre

Resumindo: O clima é o melhor possível.

Nós temos oito gols em dois jogos.

E contra a dupla Fla-Flu!

Não é pouca coisa isso,

e o torcedor merece.

Emílio Papaléo Zin
Inter conquistou grande vitória neste domingo/Foto: Ricardo Duarte

Também depois do apito final, mas ainda no gramado do gigante, os atacantes artilheiros da noite conversaram de maneira exclusiva com a Mídia do Inter. Primeiro a falar, Yuri Alberto destacou a confiança elevada do grupo, além de comemorar seu quarto gol em dois jogos. Veja:

O brabo voltou! Paolo Guerrero marcou seu segundo gol na temporada, primeiro no Beira-Rio, e comentou o alívio por se reencontrar com as redes após longo período afastado por lesão. Assista:

Inter marca dois nos acréscimos e supera o Fluminense por 4 a 2 no Beira-Rio

Vence o Clube do Povo no Beira-Rio! Com boa dose de emoção, o Colorado superou o Fluminense, na noite deste domingo (15/08), por 4 a 2. Edenilson, duas vezes, Yuri Alberto e Guerrero marcaram os gols do Inter, que garantiu o triunfo com dois gols nos acréscimos e chegou à segunda vitória consecutiva no Nacional.

+ Confira as entrevistas pós-jogo;

+ Assista aos melhores momentos da partida;

O Clube do Povo volta a campo no próximo domingo (22/08), às 18h15, pela 17ª rodada do Brasileirão. Na Vila Belmiro, o Colorado visita o Santos em confronto direto, uma vez que o Inter, agora nono, tem os mesmos 21 pontos do Peixe, mas está à frente na tabela pelos critérios de desempate.


Inter começa melhor, Fluminense pressiona no final

Disposto com a mesma formação que goleou o Flamengo na rodada passada, o Inter abriu o placar logo aos sete, quando Edenilson recebeu cruzamento de Cuesta e desviou no contrapé do goleiro. A mudança no escore motivou postura mais ofensiva do Fluminense, mas que não resultou em maior criação de jogadas de parte do Tricolor. Assim, os comandados de Aguirre seguiram no comando da partida após o tento.

Superada a casa dos 25 minutos, o jogo voltou a presenciar grandes emoções, também criadas pelo Clube do Povo. Bem postado, o Inter forçou seguidos erros do rival, respondidos com a velocidade de Taison na construção de contra-ataques. A oportunidade mais clara, que contou com drible do 10 vermelho no goleiro, foi cortada, em cima da linha, pelo zagueiro Nino.

As chances que faltaram aos visitantes durante os 40 minutos iniciais apareceram em grande volume nas vésperas do intervalo. Logo na primeira, Yago, servido por André, marcou o de empate do Fluminense. Depois, Abel Hernández ainda construiria bom movimento de pivô, mas defendido, com o pé, por Daniel.


Foi com emoção!

Na etapa final, quem começou melhor foi o Fluminense, que criou boas chances na primeira dezena de minutos. Uma vez mais, porém, a máxima de que quem não faz, leva, foi posta à prova. Após grande troca de passes pelo corredor esquerdo, Moisés escapou em direção à linha de fundo e cruzou rasteiro, na medida para Yuri desviar para as abertas redes visitantes.

Os contra-ataques, então, apareceram novamente, mas teimaram em não entrar. Até por isso, o tento de Nino, aos 38, tomava contornos de injusto castigo ao Colorado. Injusto e, felizmente, não confirmado, graças à genial percepção de Edenilson, que recebeu nova assistência de Cuesta para, já nos acréscimos, marcar o terceiro. Que não foi o último.

Guerrero merecia deixar o seu. Recuperado de lesões que prejudicaram seu primeiro semestre de temporada, o camisa nove colorado recebeu bom passe de Palacios após escanteio do Fluminense. Com campo aberto pela frente, o peruano avançou até a grande área carioca e, pela direita do retângulo, finalizou forte, rasteiro e indefensável. Agora sim, placar encerrado: Inter 4 a 2!


Primeiro tempo

7min – GOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É DO INTERNACIONAAAAAAAL! É DO CLUBE DO POVO! É DA ACADEMIA DO POVO! É DO COLORADO ALEGRIA DOS NOSSOS CORAÇÕES! Inter roda a bola por mais de um minuto, fazendo dançar a defesa carioca. Pela intermediária esquerda de ataque, Cuesta recebe com espaço e levanta com precisão na segunda trave. Edenilson, mortal como de costume para atacar os espaços, desvia no contrapé de Marcos Felipe e abre o placar no Beira-Rio!

A narração da Rádio Colorada para o gol de Edenilson

20min – Egídio vai ao fundo pela esquerda e cruza na segunda trave. Luiz Henrique consegue o desvio, mas travado por Moisés, e a bola não toma a direção da meta colorada.

26min – Amarelo para Yuri, que comete falta de ataque em Nino.

28min – UUUUUUUUUH! Taison dispara em altíssima velocidade e serve Moisés, que abre jogo para Edenilson. Livre na quina direita da grande área, o camisa oito levanta, Marcos Felipe não corta, mas Yuri passa em frente à bola. Na sobra, Taison recupera e serve Patrick, que chuta bloqueado.

29min – EM CIIIIIIIIIIIIIIMA DA LINHA! Yuri recupera a posse na saída de jogo rival, progride até as cercanias da área e serve Taison, que dribla Marcos Felipe e finaliza. Nino, praticamente debaixo das traves, corta.

38min – UH! Taison escapa em novo contra-ataque e deixa para Dourado, que não consegue o domínio. A bola espirra na zaga carioca e quase morre nas redes tricolores.

39min – POR CIMA! Yuri recebe na intermediária ofensiva, corta para a perna direita e arrisca uma bomba. Forte demais, ela sai levando perigo.

44min – André acha Yago nas costas da zaga colorada, e o camisa 20 finaliza com tranquilidade para empatar.

45min – Vamos a 47. Placa indicou mais dois.

46min – DA-NI-EEEEEL! Yago Felipe faz boa jogada e serve Abel Hernández, que consegue o giro dentro da área e finaliza de canhota. Goleiro salva o Inter.

47min – Intervalo no Beira-Rio.


Segundo tempo

5min – Após confusão na área visitante, Saravia fica com a sobra e, de muito longe, finaliza. Marcos Felipe encaixa.

7min – Egídio cobra escanteio da esquerda. Na primeira trave, ela é desviada por Abel, mas Yuri consegue cortar pela linha de fundo.

11min – DANIIIIEEEEL! Luiz Henrique invade a área colorada pela esquerda e solta a bomba. Goleiro defende, a bola rebate no atacante adversário e sai em tiro de meta.

13min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É DO IIIINTEEEEEEEEER! É DO CLUBE DO POVO! É DA ACADEMIA COLORADA! YURI, YURI, YURI ALBEEEEEEEEEERTO FAZ FESTEJAR A MAIOR E MELHOR TORCIDA DO RIO GRANDE! Não é replay não, viu? Inter roda a bola com enorme qualidade e ela chega até a esquerda de ataque. Desta vez, na medida para Moisés, que estica no fundo e cruza por baixo. Yuri, nas costas da marcação, aparece livre na pequena área para desempatar no Beira-Rio.

Comemore o gol de Yuri com a Mais Vermelha

17min – Saravia deixa o campo. Entra Heitor no Inter.

22min – Lindoso recebe o amarelo por falta em Martinelli.

28min – MILAAAAAAAAAAAAAAGRE! Taison arma mais um contra-ataque em altíssima velocidade, desde o campo de defesa, e recebe a companhia de Edenilson e Yuri. Pela esquerda, o camisa 11 é escolhido pelo garçom colorado e, com liberdade, solta a bomba, que Marcos Felipe salva em espetacular saída da meta.

29min – Lindoso marca após cabeceio de Cuesta, mas lance é anulado por impedimento.

31min – SALVA A ZAGA! Taison e Edenilson tabelam com muita qualidade na altura da meia-lua. Com espaço, o camisa 10 percebe Yuri livre na esquerda e serve o 11, que finaliza rasteiro, mas travado por Luccas Claro.

33min – Taison por Guerrero. Muda o Clube do Povo.

34min – Luiz Henrique, Martinelli e Yago sacados. John Kennedy, Nenê e Matheus Martins entram.

38min – Nino, após cruzamento de Egídio, marca o segundo do Fluminense.

40min – PRA FOOOOOOORA! Cuesta pega a sobra de corte parcial da defesa e, com muita liberdade, enche o pé. Ela sai em tiro de meta para o Fluminense.

40min – Ganso sai, Wellington entra. Bobadilla também é novidade, escolhido para o lugar de Abel Hernández.

41min – Novidades no Clube do Povo. Boschilia e Palacios por Lindoso e Patrick.

45min – UH! Boschilia solta a bomba de fora da área e assusta.

45min – Mais cinco. Vamos a 50.

47min – É GOL! É GOL! É GOL! É GOL! É GOL! É GOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É DO INTEEER! É DE EDENIIIIIIIIIIIIIIILSON! É DO SUPERED! É DA ACADEMIA DO POVO! Heitor vira o jogo até Cuesta, que faz linda jogada pela direita, entorta a marcação e, com o pé direito, levanta na segunda trave. Entre Guerrero e Yuri, Edenilson aparece para repetir a dobradinha do primeiro gol e fazer o terceiro do Colorado!

O gol de Edenilson na voz da emissora oficial do Clube do Povo

49min – VITÓRIA DO INTER! E VITÓRIA COM QUATRO GOLS MARCADOS! E VITÓRIA COM GOL DE CENTROAVANTE! SABE POR QUÊ? PORQUE É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É DO CLUBE DO POVO! É DO BRABO, É DO HOMEM, É DO MEU CENTROAVANTE, É DO PISTOLERO! GOLAÇO! Fluminense pressiona em busca do empate, mas cede espaço para o contra-ataque, acionado por Palacios e puxado por Guerrero. O camisa nove invade a área pela direita e solta a bomba, rasteira, no canto. Clube do Povo tem 4, o rival fica com 2.

A Colorada narrou assim o tento de Guerrero

50min – JOGO ENCERRADO! VITÓRIA COLORADA!


Ficha técnica:

Internacional (4): Daniel; Renzo Saravia (Heitor), Bruno Méndez, Victor Cuesta e Moisés; Edenilson, Rodrigo Dourado, Rodrigo Lindoso (Carlos Palacios) e Patrick (Gabriel Boschilia); Taison (Paolo Guerrero) e Yuri Alberto. Técnico: Diego Aguirre.

Fluminense (2): Marcos Felipe; Samuel Xavier, Nino, Luccas Claro e Egídio; André e Martinelli (John Kennedy); Yago Felipe (Nenê), Ganso (Wellington Martins) e Luiz Henrique (Matheus Martins); Abel Hernández (Raúl Bobadilla). Técnico: Roger Machado.

Gols: Edenilson, aos 7’/1ºT e aos 47’/2ºT, Yuri Alberto, aos 13’/2ºT, e Paolo Guerrero, aos 49’/2ºT (I). Yago Felipe, aos 44’/2ºT, e Nino, aos 38’/2ºT (F).

Cartões amarelos: Yuri Alberto e Rodrigo Lindoso (I).

Arbitragem: Luiz Flávio de Oliveira (SP), auxiliado por Daniel Paulo Ziolli (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP). Quarto árbitro: Roger Goulart (RS). Árbitro de Vídeo (VAR): Wagner Reway (PB). Auxiliar do VAR: Oberto da Silva Santos (PB).

Estádio: Beira-Rio.

Fotos: Internacional x Fluminense – 16ª rodada/Brasileirão 2021

O Clube do Povo superou o Tricolor das Laranjeiras, no Beira-Rio, por 4 a 2. Edenilson, duas vezes, Yuri Alberto e Paolo Guerrero marcaram os gols da vitória colorada. Confira as imagens do confronto:

Raio-X: Clube do Povo recebe o Fluminense pela 16ª rodada do Brasileirão

Colorado recebe o Fluminense neste domingo/Foto: Ricardo Duarte

Em busca da segunda vitória consecutiva, o Clube do Povo recebe o Fluminense, a partir das 20h30 deste domingo (15/08), pela 16ª rodada do Brasileirão. Confira entrevista da Rádio Colorada com Gabriel Amaral, jornalista e youtuber tricolor, projetando o duelo. A seguir, você encontra todas as informações sobre a partida.

Sport Club Internacional · Raio-X #44 | Internacional x Fluminense | 15/08/2021

Transmissão 💪

Dona da mais vermelha das transmissões, a Rádio Colorada iniciará a cobertura da 16ª rodada nacional às 19h deste domingo. Confira a programação da emissora oficial do Clube do Povo, que pode ser acompanhada via Site e APP do Inter:

AtraçãoPlataforma
0hProgramação musicalInternet e App do Inter
17h30Velhas Súmulas
(Reapresentação)
Internet e App do Inter
19hRaio-X
(Internacional x Fluminense –
16ª rodada/Brasileirão 2021)
Internet e App do Inter
19h40Portões Abertos
(Internacional x Fluminense –
16ª rodada/Brasileirão 2021)
Internet e App do Inter
20h30Jornada Esportiva
(Internacional x Fluminense –
16ª rodada/Brasileirão 2021)
Internet e App do Inter
22h30Vestiário Vermelho
(Internacional x Fluminense –
16ª rodada/Brasileirão 2021)
Internet e App do Inter
23h30Programação musicalInternet e App do Inter
Rádio Colorada transmite o duelo direto do Beira-Rio/Foto: João Callegari

As redes sociais do Inter (@scinternacional no TwitterInstagram Facebook) acompanharão a partida com o tradicional minuto a minuto enriquecido por imagens dos principais lances do confronto. Na TV, Premiere e SporTV anunciam transmissão.


Vamo, Colorado 💪

Colorado treinou na tarde deste sábado/Foto: Eduardo Schemes

O Colorado encerrou na tarde deste sábado (14/08) os preparativos para o embate com o Fluminense. No CT Parque Gigante, Diego Aguirre e comissão promoveram, primeiro, exercícios físicos, seguidos de atividades de posse de bola em campo reduzido, coletivo e treino de bola parada, conjunto de exercícios que encaminhou a escalação que buscará a primeira sequência de duas vitórias consecutivas do Inter neste Brasileirão.

Diante dos cariocas, Aguirre poderá escalar Moisés, de volta após cumprir suspensão diante do Flamengo. Boschilia e Zé Gabriel também estão à disposição do comandante, liberados pelo Departamento Médico, ao passo que Mauricio, em recuperação de lesão, segue fora. Pedro Henrique, Paulo Victor e Dourado são os pendurados do lado colorado.

Inter pode contar com novidades na escalação/Foto: Eduardo Schemes

Livre de jogos, a semana colorada presenciou intensa preparação para o jogo deste domingo. Entrevistado pelo Canal do Inter na última sexta-feira (13/08), o goleiro Daniel analisou o período de treinos do elenco vermelho e revelou qual semelhança espera que o time apresente em relação ao embate contra o Flamengo.

“Todos os jogos do Brasileiro são difíceis, mas estamos focados, treinando muito. A gente teve uma semana toda para trabalhar. No jogo contra o Flamengo, entramos com um espírito vencedor. É importante mantermos essa mentalidade, focar na competição, pois precisamos da vitória.”

Daniel

Dono de atuação destacada na vitória de 4 a 0 da rodada passada, Daniel também comemorou o bom desempenho que teve no Maracanã. Com seus milagres, o goleiro defendeu cabeceios de Bruno Henrique e Léo Pereira, além de arremate de Michael, que poderiam complicar o jogo caso balançassem as redes coloradas.

“O jogo contra o Flamengo foi um dos melhores que eu fiz aqui no Inter. Venho trabalhando muito forte, e precisava de uma atuação dessas, principalmente com a vitória, que é muito importante. Agora, é continuar, porque domingo tem outro jogo importante para sair com a vitória.”

Daniel

Arbitragem 👨‍⚖️

Luiz Flávio de Oliveira apita, auxiliado por Daniel Paulo Ziolli e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa, trio paulista. Quarto árbitro: Roger Goulart, do Rio Grande do Sul. VAR: Wagner Reway, da Paraíba.


Rival 🆚

Rival vive momento delicado no Brasileirão/Foto: Lucas Merçon/Fluminense

Envolvido na disputa das quartas de final da Libertadores, o Fluminense abriu a fase como mandante, e empatou em 2 a 2 com o Barcelona-EQU na última quinta-feira (12/08). Apesar do resultado pouco positivo, o Tricolor não deve preservar muitos jogadores neste domingo, visto que vive momento delicado no Brasileirão. Pelo menos, esta é a opinião de Gabriel.

“Eu venho falando que o Brasileirão, enquanto o time estiver em outras competições, serve para não atrapalhar as demais. Mas é exatamente esse o contexto em que o Fluminense chega para o jogo contra o Inter. O time vai ter que se dedicar como se fosse um jogo das competições que têm dano irreversível.”

Gabriel Amaral
Roger Machado comanda o adversário deste domingo/Foto: Lucas Merçon/Fluminense

Sem somar nenhum ponto nos últimos nove, o Fluminense foi derrotado por 1 a 0 nas três partidas mais recentes que disputou pelo Brasileirão. Comprometedores para a campanha tricolor, que atualmente valem aos comandados de Roger Machado a 13ª colocação, os resultados evidenciam um ataque em seca, reflexo de time que tem sofrido para criar oportunidades.

“O setor de ataque é o mais afetado pelas lesões e pela falta de contratações. O time tem essa dificuldade para atacar pelas peças, mas também pelo treinador. Temos uma dificuldade muito grande de criar, não sabemos como fazer gols. Tanto que, dos últimos, dois foram do Fred, de pênalti, e outro em cobrança de falta com falha da defesa.”

Gabriel Amaral
Fred é um dos poucos que segue marcando com regulariade/Foto: Mailson Santana/Fluminense

Defensivamente, os números também não empolgam. Grande pilar do Flu na temporada passada, quando a equipe deu fim a oito anos de distância da Libertadores da América, a retaguarda carioca foi vazada na maioria das 14 partidas já disputadas pelo Tricolor neste Brasileirão – vale lembrar que o adversário deste domingo tem uma rodada a menos.

“O Roger Machado é um treinador que, pelo menos no Fluminense, fala antes em defender para depois atacar. Eu tenho uma teoria de que existiram falhas individuais, mas por exposição, por erro de marcação. O time é muito fechado, mas não me parece seguro.”

Gabriel Amaral
Manoel (E) e Luccas Claro (D) formaram dupla de zaga nas últimas rodadas/Foto: Lucas Merçon/Fluminense

No Beira-Rio, o Fluminense não poderá contar com os atacantes Lucca, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, Caio Paulista e Gabriel Teixeira, lesionados. Assim, os prováveis 11 iniciais do Tricolor são: Marcos Felipe; Samuel Xavier, Nino, Luccas Claro e Egídio; André, Yago e Cazares; Kayky, Abel Hernández e Luiz Henrique.


Histórico do confronto 📊

Taison em ação contra o Fluminense no Brasileirão de 2009/Foto: Alexandre Lops

A história documenta 85 confrontos entre Inter e Fluminense. À frente no retrospecto, o Colorado soma 31 vitórias sobre o Tricolor, que, de sua parte, já superou o Clube do Povo em 28 ocasiões. Ao todo, 106 gols foram marcados pelos gaúchos nos cariocas, quatro a mais do que os anotados pelo time das Laranjeiras no embate, que também registra 26 empates.

Inter vence na Ilha do Retiro e chega a três triunfos seguidos no Brasileirão

Noite de chuva de gols na Ilha do Retiro. Fora de casa, o Clube do Povo superou o Sport, nesta quarta-feira (14/10), por 5 a 3. Patrick, duas vezes, Yuri Alberto, Rodrigo Moledo e Adryelson, contra, marcaram os gols que garantiram ao Inter a terceira vitória seguida no Brasileirão. No próximo domingo o Colorado, vice-líder nacional, enfrenta, em partida da 17ª rodada do torneio, o Vasco. No Beira-Rio, o duelo contra os cariocas ocorre a partir das 18h15.

+ Confira as entrevistas pós-jogo


Controle na etapa inicial

Só o Inter jogou nos 45 minutos que serviram de abertura para o duelo. Dono do jogo, o time de Eduardo Coudet apostou nas laterais para causar problemas à defesa pernambucana, em especial o lado direito, bastante explorado com as subidas de Rodinei. Foi em jogada pela esquerda, todavia, que o Clube do Povo abriu o placar. Aos 33, Patrick tabelou com Abel, que fez o pivô e lançou o Pantera. Em velocidade, ele invadiu a área rival, fintou Iago Maidana duas vezes e, de canhota, marcou um golaço.

Minutos depois, o lado direito enfim rendeu ao Inter um tento. Edenilson invadiu o espaço e serviu Rodinei, que cruzou na direção de Abel. Adryelson desviou antes do uruguaio, mas mandou na direção da própria meta. Contra, o gol foi do Clube do Povo, que só não desceu para os vestiários com dois gols de vantagem pois Marquinhos, aos 42, descontou para os locais.


Segundo tempo alucinante

Respondendo à altura o tento sofrido nos instantes finais da etapa inicial, o Inter abriu o segundo tempo marcando. Moledo, de cabeça, subiu soberano no primeiro poste e testou, direto para as redes, excelente cobrança de escanteio de Leandro Fernández. O Sport, contudo, uma vez mais balançou as redes coloradas. Aos 10, quatro minutos depois do terceiro tento do Clube do Povo, Barcia descontou para os locais. O 3 a 2 no escore significou, dentro de campo, partida excessivamente franca, que passou a conviver com boas chegadas dos dois lados.

Aos espaços que o Sport vinha explorando, Coudet reagiu com a entrada de Rodrigo Dourado. Sem atuar desde o dia 10 de julho de 2019, o camisa 13 substituiu Lindoso, vestiu a faixa de capitão e tomou conta da entrada da área do Clube do Povo. Logo em seguida, Patrick, que a pouco marcara impedido, balançou as redes pela terceira vez na noite, segunda de modo regular. Após cobrança de escanteio feita por Edenilson, Galhardo desviou na primeira trave e o Pantera, no segundo poste, completou para as redes desprotegidas.

O tento, quarto do Inter, saiu aos 29. Seis minutos depois, veio o quinto: Edenilson atravessou o campo pelo corredor direito e serviu Yuri Alberto, que fuzilou sem chances para Luan. Mikael, aos 44, fez o terceiro dos visitantes e garantiu o 5 a 3 dos comandados de Coudet. Com o triunfo, o Inter, segundo colocado, chega aos 31 pontos, mesma pontuação do líder Atlético-MG.


Melhores momentos – Primeiro tempo

14min – UH! Edenilson, que jogada! Camisa 8 recupera a posse e tenta passem em profundidade para Abel Hernández. O uruguaio sairia de cara para Luan, mas o arqueiro, atento, deixa a meta para defender. Grande chance.

18min – COOORTA A ZAGA! Rodinei escapa pela direita e cruza forte, aberto. Bola procurava Patrick, mas o quase xará do Pantera, lateral rubro-negro, corta pela linha de fundo.

24min – Sport chega com Patric, que invade a área pela direita e rola rasteiro. Ela chega para Mugni, que finaliza de primeira. Abafado por Moledo, o argentino pega mal e manda pela linha de fundo.

26min – ENTORTOU! Edenilson inverte com Patrick, que domina pela esquerda, parte para cima e supera o marcador. Rente à linha de fundo, o Pantera cruza aberto. Providencial, Juba manda em escanteio. Abel chegava sedento na segunda trave.

26min – POR CIIIIIIIMA! Após cobrança de escanteio, a zaga rubro-negra se complica e a sobra é de Rodinei. O lateral domina com a direita, puxa para a canhota e finaliza buscando o ângulo. Ela sai levando grande perigo!

33min – GOOOOOOOOOL DO INTERNACIONAL! GOL NÃO, GOLAÇO. PINTURA, OBRA DE ARTE DE PATRICK! Pantera dispara pela esquerda e serve Abel Hernández, que faz o pivô e devolve para o 88 do Clube do Povo. Ele invade a área em velocidade, corta Iago Maidana, abre ângulo para a direita, traz para a esquerda e, com o zagueiro entortado, solta o canhotaço. Inter na frente na Ilha, e que jogada de Patrick!

WAKANDA SHOW! Pantera ativou seus super poderes, chamou a marcação pra bailar e meteu esse golaço! Sport 0x1 Inter. #VamoInter 🇦🇹

Posted by Sport Club Internacional on Wednesday, October 14, 2020

Confira a narração do gol pela Rádio Colorada:


37min – Amarelo para Patrick. Falta em Ricardinho.

38min – GOOOOOOOOOL DO INTERNACIONAL! É DO CLUBE DO POVO, DA ACADEMIA DO POVO, DO COLORADO ALEGRIA DOS NOSSOS CORAÇÕES! Edenilson recebe pelo meio, percebe o vazio na zaga rival e se projeta. Camisa 8 chega à linha de fundo e devolve com Rodinei, que domina soberano, ganha espaço e, livre, cruza buscando Abel. O atacante uruguaio tromba com Adryelson, que desvia na direção do próprio patrimônio, sem chances de defesa para Luan. Inter 2, Sport 0!

NINGUÉM SEGURA! Pela ponta direita, Edenilson recua para Rodinei, que capricha no cruzamento. Abel Hernández divide com a zaga e a bola entra. Sport 0x2 Inter. #VamoInter 🇦🇹

Posted by Sport Club Internacional on Wednesday, October 14, 2020

Confira a narração do gol pela Rádio Colorada:


42min – Marquinhos desconta para o time da casa. Agora, 2 a 1!

45min – Leandro Fernández cobra escanteio fechado pela esquerda. Luan afasta em novo corner.

45min Vamos a 46! Mais um.

46min – Encerrada a etapa inicial.


Segundo tempo

0min – Sport retorna com mudança: Barcia alçado a campo. Saiu Hernane.

3min – Amarelo! Abel Hernández inverte linda bola em Leandro Fernández, que tinha espaço para progredir. Puxado por Adryelson, porém, o argentino vai ao chão. Falta, flagrada pelo árbitro, que apresenta o cartão.

6min – LUAN! Leandro cobra falta frontal na direção do gol. Ela desvia na barreira e pica em frente ao goleiro, que espanta de qualquer maneira. No rebote, Abel emenda puxeta e manda para a pequena área. Antes de Moledo, a zaga corta.

7min – GOOOOOOOOOOOOOOL COLORADO! É DA ACADEMIA DO POVO, DO CLUBE DO POVO, DO INTERNACIONAL! MOLEDO, MOLEDO, MOLEDÃO É O NOME DO ARTILHEIRO! Leandro Fernández cobra escanteio da direita. Na primeira trave, Moledo sobe livre, soberano, e manda um testaço para as redes rubro-negras. É o terceiro do Inter!

MOLEDÃO NELES! Leandro Fernández bate o escanteio pela direita, Rodrigo Moledo sobe soberano no primeiro poste e mete a cabeça nela. Sem chances para o goleiro! Sport 1×3 Inter. #VamoInter 🇦🇹

Posted by Sport Club Internacional on Wednesday, October 14, 2020

A narração do gol pela Rádio Colorada:


7min – Marquinhos recebe o amarelo por reclamação.

10min – Mugni vai ao fundo e rola para Barcia, que finaliza no ângulo de Lomba. Desconta o Sport.

10min – Mugni recebe o amarelo na comemoração do tento.

14min – OUSOU! Marcos Guilherme intercepta a saída de bola rival e deixa com Leandro Fernández. Centímetros à frente do grande círculo, o argentino arrisca direto. Levou perigo!

15min – Muda o Sport: Júnior Tavares na vaga de Ricardinho.

17min – Dupla troca no Inter. Galhardo e Yuri entram, Abel e Leandro saem.

24min – Ele está de volta! Dourado entra, Lindoso sai!

27min – ANULADO! Yuri arranca em rápido contra-ataque para o Inter. Pelo centro, o camisa 11 finaliza rasteiro. Luan dá rebote para Galhardo, que rola na direção de Patrick. O Pantera completa para as redes, mas o lance é parado por impedimento de Thiagol!

28min – PRA FOOOOOOORA! Marcos Guilherme puxa contra-ataque de três contra dois para o Inter, invade a área e finaliza. Desviada na marcação, a bola sai pela linha de fundo. Canto colorado!

29min – GOOOOOOOOOL DO INTERNACIONAL! É DO CLUBE DO POVO, É DE NOVO DELE, PATRICK, PATRICK, PATRICK! Que noite vive o Pantera! Edenilson cobra escanteio pela esquerda. Na primeira trave, onde mais cedo marcara Moledo, sobe Galhardo, que de casquinha empurra na direção de Patrick. Dentro da pequena área, o Pantera apenas desvia em direção às redes abertas!

PANTERA, ELE TÁ ON FIRE Fogo Edenilson faz o cruzamento, Thiago Galhardo desvia e Patrick não perdoa! É o quarto do Inter! Sport 2×4 Inter. #VamoInter

Posted by Sport Club Internacional on Wednesday, October 14, 2020

A narração do gol pela Rádio Colorada:


31min – Entra Mikael, sai Marquinhos. Muda o Sport.

34min – Muda o Inter! Vem Zé Gabriel, sai Patrick. A partir da mudança, Rodrigo Dourado se mantém como primeiro volante e ganha a companhia, na função de central, de Zé Gabriel. Edenilson é deslocado pela direita, enquanto Marcos Guilherme ocupa a esquerda.

34min – UHH! Yuri Alberto recebe pelo centro, parte para a esquerda, encara a marcação e finaliza rasteiro. Luan defende.

35min – GOOOOOOOOOOOOOOOOL DO CLUBE DO POVO! GOOOOL DA VITÓRIA! GOL DE GOLEADA, GOL DE YURI, O PRIMEIRO DELE COM O MANTO COLORADO! Rodinei desarma Barcia e deixa com Edenilson, que finta o marcador, atravessa o campo inteiro, invade a área rival e rola atrás, rasteiro. De primeira, Yuri chega finalizando no canto oposto de Luan, sem chances de defesa.

O gol pela Rádio Colorada:


37min – Dupla troca no time da casa. Ronaldo Henrique e Jonatan Gomez nos lugares de Mugni e Thiago Neves.

40min – Amarelo para Yuri.

44min – Mikael completa escorada de Adryelson e marca o terceiro do Sport.

45min – Vamos a 49. Mais quatro.

49min – Encerrada a partida! Vitória colorada!


Ficha técnica:

Sport (3): Luan Polli; Patrick, Iago Maidana, Adryelson e Juba; Marcão Silva, Ricardinho (Júnior Tavares), Lucas Mugni (Ronaldo Henrique), Thiago Neves (Jonatan Gómez) e Marquinhos (Mikael); Hernane (Leandro Barcia). Técnico: Jair Ventura.

Internacional (5): Marcelo Lomba; Rodinei, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Uendel; Rodrigo Lindoso (Rodrigo Dourado); Marcos Guilherme, Edenilson e Patrick (Zé Gabriel); Leandro Fernández (Thiago Galhardo) e Abel Hernández (Yuri Alberto). Técnico: Eduardo Coudet.

Gols: Patrick, aos 33 minutos, Adryelson, contra, aos 38 minutos do primeiro tempo, Rodrigo Moledo, aos sete, Patrick, aos 29, e Yuri Alberto, aos 35 minutos do segundo tempo (I). Marquinhos, aos 42 minutos do primeiro tempo, Leandro Barcia, aos 10, e Mikael, aos 44 minutos do segundo tempo (S).

Cartões amarelos: Adryelson, Marquinhos e Lucas Mugni (S). Patrick e Yuri (I).

Arbitragem: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ), auxiliado por Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (RJ) e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ). Quarto árbitro: Luiz Cláudio Sobral (PE). Árbitro de Vídeo (VAR): Rodrigo Nunes de Sá (RJ). Auxiliares do VAR: Grazianni Maciel Rocha (RJ) e Silbert Faria Sisquim (RJ).

Estádio: Ilha do Retiro-PE.

Fotos do duelo na Ilha do Retiro

Colorado mostrou sua força contra o Sport-PE pela 16ª rodada do Brasileirão

Raio-X: tudo sobre a jornada na Ilha do Retiro

Dia de Inter em campo pelo Brasileirão! O Clube do Povo visita, nesta quarta-feira (14/10), o Sport, em confronto da 16ª rodada do torneio. A partida, que ocorre a partir das 21h30, terá como sede a Ilha do Retiro, e pode valer a terceira vitória consecutiva aos comandados de Coudet. Para ficar por dentro de tudo sobre o embate confira, abaixo, o nosso Raio-X!


Pra cima deles, Colorado!

A preparação colorada para a partida em solo pernambucano foi encerrada na manhã desta terça-feira (13/10). Eduardo Coudet comandou, no CT Parque Gigante, atividades táticas e técnicas com o elenco, assim ajustando os últimos detalhes do time que irá a campo em busca dos três pontos. Diante do Sport, o Clube do Povo terá os desfalques de Heitor, Boschilia, Nonato, Musto e Johnny, lesionados, e D’Alessandro, suspenso, sexteto que se junta a Paolo Guerrero e Saravia, os quais estão fora da temporada.

Por outro lado, a delegação alvirrubra conta com feliz novidade. Sem atuar desde 2019, Rodrigo Dourado embarcou para Recife e estará à disposição do técnico vermelho. O volante, vale lembrar, fez sua estreia com o grupo profissional exatamente contra o Sport, em 2012. Escalado por Fernandão, o atleta foi titular em duelo disputado no Beira-Rio, encerrado com igualdade de dois gols para cada lado. Aumentando a lista de coincidências, foi também contra o Leão que o camisa 13 anotou seu primeiro gol pelo Inter, desta vez em 2015, uma vez mais no Gigante. O tento garantiu vitória por 2 a 1 sobre os visitantes, à época treinados pelo Rei Falcão.


Projeções de tabela

Terceiro colocado no Brasileirão, o Clube do Povo, dono da melhor defesa do torneio, soma 28 pontos na competição, dois a menos do que Flamengo e Atlético-MG, respectivos segundo e primeiro colocados. Embalado após duas vitórias consecutivas, o Inter pode, em caso de vitória sobre o Sport, assumir a ponta da tabela. Para tanto, o Galo precisaria perder para o Fluminense, no Mineirão, enquanto o Flamengo teria de tropeçar contra o Red Bull Bragantino, no Maracanã. O Alvinegro recebe o Tricolor Carioca às 21h30 desta quarta, enquanto o Rubro-Negro será visitado pelos paulistas na quinta, às 20h.

Se empatar na Ilha do Retiro, o Inter fica ao alcance do São Paulo, quarto colocado com 26 pontos. Os paulistas, porém, precisariam golear o Ceará para tomar a terceira posição colorada. Além disso, o time do Morumbi não vai a campo neste meio de semana, uma vez que enfrenta, em partida adiantada das oitavas da Copa do Brasil, o Fortaleza. Nenhuma outra equipe pode ultrapassar o Clube do Povo, mesmo em caso de revés diante do Sport.


Arbitragem fluminense

Wagner do Nascimento Magalhães apita, auxiliado por Rodrigo Figueiredo Henrique Correa e Carlos Henrique Alves de Lima Filho. VAR: Rodrigo Nunes de Sá. Quarteto carioca.


O rival

Thiago Neves marcou para o Sport contra o Botafogo/Foto: Anderson Stevens, Sport Recife

Nono colocado, dono de 20 pontos na disputa do Brasileirão, o Sport vive, muito provavelmente, seu melhor momento em 2020. Terceiro comandante da temporada rubro-negra, Jair Ventura soma cinco vitórias nas 10 partidas que já disputou na casamata recifense. O técnico chegou a engatar, entre as rodadas 11 e 13, três triunfos consecutivos. Desde então, porém, o Leão soma dois reveses seguidos, para Flamengo, no Rio, e Botafogo, no Ilha. Lamentados, os resultados não chegam a servir de ameaço para o adversário colorado desta quarta, que está a cinco pontos de distância do Z-4.

Guto Ferreira abriu o ano de 2020 no comando rubro-negro. O técnico, que conquistou o acesso com o Sport na temporada de 2019, não resistiu à irregular abertura de temporada e, após ser eliminado para o Brusque na primeira fase da Copa do Brasil, foi demitido. Em seu lugar, assumiu Daniel Paulista, que falhou em melhorar a também acidentada campanha do Sport no Estadual. Como consequência, a equipe precisou disputar o quadrangular de rebaixamento do Pernambucano, fase que superou sem maiores sustos. Na Copa do Nordeste, o Leão foi eliminado, nos pênaltis, para o Fortaleza, nas quartas de final.

Daniel Paulista, antigo comandante rubro-negro/Foto: Anderson Stevens, Sport Recife

Técnico rubro-negro nas jornadas de abertura do Brasileirão 2020, Daniel Paulista foi demitido após a quinta rodada, quando sucumbiu, dentro de casa, para o São Paulo, placar de 1 a 0. Até então, a campanha do Sport registrava uma vitória, um empate e tres reveses em cinco partidas, números que deixavam o Leão no Z-4 nacional. No lugar de Daniel, assumiu Jair Ventura, o qual, após tropeço na estreia, diante do Coritiba, engatou excelente sequência derrotando Grêmio, em Porto Alegre, e Goiás, na Ilha. Depois, um único revés, para o Fortaleza, fora de casa, foi superado com excelente empate diante do Palmeiras, também longe de Recife, e com as vitórias seguidas sobre Fluminense e Corinthians, em Pernambuco, e Bahia, em Pituaçu.

Jair Ventura, atual técnico do Sport/Foto: Anderson Stevens, Sport Recife

Quinta pior defesa do Brasileirão, o Sport já foi vazado em 19 ocasiões. Destas, cinco ocorreram nas duas últimas partidas. A equipe se destaca negativamente pela grande quantidade de finalizações que oferece a seus rivais, embora, verdade seja dita, a maioria destas não represente grande perigo à meta rubro-negra. No ataque, o Rubro-Negro já marcou 15 vezes, números que comprovam grande precisão nas finalizações. Em linhas gerais, trata-se de um rival que quando cria, marca, vide o duelo contra o Bahia, quando os comandados de Jair Ventura precisaram de somente cinco arremates para anotar dois tentos.

Hernane, centroavante do Sport/Foto: Anderson Stevens, Sport Recife

Para o duelo diante do Inter, é provável que Jair dê continuidade ao esquema 4-2-3-1, formação que mais utilizou nas 10 partidas que soma à frente do Sport. No gol, Luan Polli deve seguir como titular, enquanto Iago Maidana e Adryelson serão os zagueiros. As laterais, contudo, presenciarão mudanças: lesionado, Sander dará lugar a Juba na esquerda, enquanto Patric pode ser preservado. Em seu lugar, atuaria Raul Prata. Marcão Silva e Ricardinho abrirão o meio de campo, que contará com a armação de Thiago Neves, acompanhado, pela esquerda, por Marquinhos. Na direita, Mugni é o mais cotado. Por conta do desgaste, porém, Leandro Barcia tem chances de surgir entre os 11. O comando do ataque ficará a cargo de Hernane.


Jornada dupla na Colorada

Dona da cobertura mais vermelha da web e do FM, a Rádio Colorada viverá quarta-feira de jornada dupla! A agitada noite será iniciada às 18h, com a apresentação do diário ‘Programa do Inter’, que projetará os duelos de feminino e masculino. Na sequência, a partir das 19h30, a emissora oficial do Clube do Povo transmite o embate entre Gurias Coloradas e Minas Brasília, válido pela 15ª rodada do Brasileirão A1.

Encerrado o confronto, pouco antes das 21h30, tem início a jornada esportiva do embate diante do Sport, partida que ainda contará com o ‘Vestiário Vermelho’, pós-jogo que repercute o confronto por meio de entrevistas exclusivas e coletivas virtuais. Acompanhe a transmissão através do FM 95,5* ou via Site e App do Inter!

Clique aqui para fazer o download do APP do Inter para Android

Clique aqui para fazer o download do APP do Inter para IOS

*FM estará no ar entre 18h e 19h, e a partir das 20h

Como sempre, as redes sociais do Inter (@scinternacional no TwitterInstagram Facebook) contarão com o mais completo minuto a minuto da internet, repleto de imagens compartilhadas instantaneamente. Na TV, Globo e Premiere anunciam transmissão.


Retrospecto favorável

Já ocorreram, na história, 44 duelos entre Inter e Sport. À frente no retrospecto, o Clube do Povo, através de 59 gols marcados, conquistou 18 vitórias. De sua parte, os visitantes têm 9 triunfos, alcançados graças a 39 tentos. Foram registrados, ainda, 17 empates.


Virada para o topo!

Recife, 29 de novembro de 2009. Na quase veranil tarde nordestina, o Inter adentrou o gramado da Ilha do Retiro sabendo que uma vitória assumia contornos fundamentais para as pretensões colorados no encerramento de temporada. Envolvido na luta pelo título brasileiro, o Clube do Povo precisava somar três pontos para manter vivo o sonho da conquista. Diante do Sport, disputava a penúltima rodada do Brasileirão, e desejava chegar ao Beira-Rio, palco da partida final, envolvido na luta pelo topo. Além disso, um triunfo em terras pernambucanas valeria a vaga antecipada na fase de grupos da Libertadores de 2010. Vencer, portanto, era obrigação.

Após muito pressionar na etapa inicial, o Clube do Povo sofreu um duro golpe aos 40 minutos de confronto, instante no qual Vandinho, em posição irregular, marcou para os donos da casa. Conscientes de sua responsabilidade, os comandados de Mário Sérgio voltaram do intervalo com postura ainda mais ofensiva, recompensada aos 22, quando Kléber tabelou com Giuliano, invadiu a área e finalizou cruzado, rasteiro. O desempate chegou aos 38, através do iluminado pé direito de Andrezinho. Sofrida por Guiñazú, nova falta encontrou o mágico meio-campista, que marcou o da vitória colorada. A América, aos poucos, começava a ser reconquistada!