Bastidores do empate na Vila

O Internacional foi até o litoral paulista, no final da tarde de domingo (22/08), para a disputa da 17ª rodada do Brasileirão. Após sair na frente logo aos sete minutos de jogo com gol de Mercado, que fez sua partida de estreia com a camisa colorada, o Clube do Povo sofreu a virada ainda no segundo tempo, mas buscou a igualdade, aos 44 da etapa final, com Yuri Alberto. Agora, o Canal do Inter te apresenta os Bastidores do confronto!

Com um gol no início e outro no fim, Inter empata com o Santos na Vila

O Clube do Povo foi até o litoral paulista na tarde deste domingo (22/08), para a disputa da 17ª rodada do Brasileirão, e retornou para casa com ponto importante na bagagem. Na Vila Belmiro, Mercado, aos sete do primeiro, e Yuri, aos 44 do segundo tempo, marcaram para o Inter no empate de 2 a 2 com o Santos, resultado que leva o Colorado aos 22 pontos no Nacional.

Os comandados de Diego Aguirre voltam a campo no próximo domingo (29/08), às 18h15, diante do Atlético-GO. Fora de casa, a partida integrará a 18ª rodada, penúltima do primeiro turno. No momento, o Inter é 10º na tabela, a apenas dois pontos do G6, grupo que engloba equipes classificadas para a próxima edição da Libertadores da América.


Inter começa melhor, Santos cresce

Gabriel Mercado precisou de apenas sete minutos para marcar seu primeiro gol com a camisa colorada. Recompensando o bom início de jogo do time de Aguirre, o argentino aproveitou bola alçada por Dourado para, após domínio tranquilo, mandar de canhota, com estilo, fora do alcance de João Paulo. Na sequência, o Santos respondeu com dois escapes, mas ineficazes por impedimento, primeiro, e falta de pontaria, depois.

Às investidas rivais, o Inter respondeu também com suas tramas. Pouco antes dos 20, Patrick, servido por Taison, e Dourado, após escanteio cobrado por Edenilson, quase ampliaram para o Clube do Povo, mas também ficaram por detalhe de balançar as redes. Corrido, o jogo parecia pedir por um gol, e ele saiu do lado mandante. Pirani, aos 23, empatou.

O gol virou a chave do jogo, que viveu um terceiro momento, seguinte ao de domínio colorado e a outro marcado por equilíbrio. A partir do empate, o Santos fez valer o fator local e, com especial destaque para o corredor esquerdo de ataque, passou a pressionar em busca da virada, que chegou, aos 34, com Madson.


Ousadia recompensada

O Inter de Diego Aguirre não concebia a possibilidade de sucumbir na Vila Belmiro, determinação comprovada na postura agressiva do reinício de partida. Soltos, os laterais colorados viraram alas, e uma verdadeira blitz foi armada em cima do time da casa, que passou a ser sufocado por um Clube do Povo incessante na busca pelo placar.

Boschilia por Lindoso, Guerrero na vaga de Mercado, Palacios e Paulo Victor alçados nos lugares de Patrick e Moisés. Corajoso, o Inter não cedeu nem mesmo ao cansaço, natural para quem há tanto pressionava. A recompensa da postura ofensiva chegou com o gol de empate, anotado por Yuri, aos 44, após assistência de Edenilson, maravilhosamente servido por Dourado.


Primeiro tempo

7min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É DO INTER! É DO CLUBE DO POVO! É DO COLORADO ALEGRIA DOS NOSSOS CORAÇÕES! É GOL DE ESTREANTE, DE DEBUTANTE! MERCADOOOOOOOOOOO! Moisés levanta na área falta sofrida pela intermediária esquerda de ataque. A zaga santista consegue o corte parcial, mas a sobra é de Dourado, que devolve para a confusão. Livre, mas em condição regular, Mercado domina para a perna esquerda e, sem deixar cair, finaliza de canhota, indefensável para João Paulo.

11min – Carlos Sánchez, de sem-pulo, emenda um voleio na área colorada e obriga Daniel a operar grande milagre. No rebote, Marcos Leonardo manda para as redes, mas em condição irregular, indicada pelo bandeira e confirmada pelo VAR.

16min – Marcos Leonardo fica com a sobra de erro na saída de jogo do Inter e, na área vermelha, finaliza. Forte, ela sai por cima.

20min – SAAAAAAALVA A ZAGA! Dourado recupera a bola para o Inter e percebe Taison com espaço. Camisa 10 deixa com Patrick, que invade a área e solta a bomba. Wagner Leonardo voa em carrinho salvador e consegue o desvio. Escanteio!

21min – UUUUUUH! Edenilson cobra escanteio pela direita, Dourado desvia na primeira trave e ela sai ao lado do poste.

23min – Santos empata com Gabriel Pirani.

26min – PRA FOOOOOOORA! Moisés escapa pela esquerda e é percebido por Taison. Lateral cruza rasteiro, e Yuri, com a canhota, desvia. Teimosa, ela sai ao lado.

32min – Jean Mota cobra escanteio da esquerda. Na primeira trave, Luiz Felipe desvia, e ela sai com perigo.

34min – Madson, de cabeça, vira o jogo para o Santos.

38min – Amarelo para Lindoso.

45min – Mais dois. Vamos a 47.

47min – Intervalo na Vila!


Segundo tempo

0min – Inter volta com mudança. Entra Boschilia, sai Lindoso.

2min – Wagner Leonardo recebe o amarelo por falta descarada em Yuri.

3min – MILAAAGRE! Taison serve linda bola para Edenilson, que invade a área santista pela direita e finaliza rasteiro. João Paulo manda em escanteio.

7min – NÃO EXPULSOU? Taison invadiria a área em velocidade, mas sofre empurrão de Wagner. Árbitro marca a falta, mas não apresenta o segundo amarelo.

7min – Na cobrança, Moisés manda por cima. Levou perigo!

10min – Mercado recebe o amarelo por falta em Marcos Leonardo. VAR chama o árbitro e sugere expulsão, mas Wagner mantém a decisão de campo.

12min – DA-NI-EEEEEEEEL! Marcos Leonardo invade a área colorada pela esquerda e solta o canhotaço. Goleiro sai muito bem da meta e abafa o arremate.

17min – UH! Taison, de longe, enche o pé. João Paulo encaixa com dificuldade!

20min – Vem Guerrero, sai Mercado. Muda o Inter!

24min – POR CIIIIIMA! Taison aciona Moisés, que cruza rasteiro para Guerrero. Camisa nove entorta dois marcadores, corta para a canhota e solta a bomba, que sai por cima.

29min – Bruno Marques e Balieiro. Duas novidades do Santos, que substituem, respectivamente, Sánchez e Marcos Leonardo.

34min – Duas trocas no Colorado. Palacios vem, Patrick vai, Paulo Victor entra, Moisés sai.

41min – UUUUUUUUUUH! Palacios escapa pelo centro e serve Guerrero, que finaliza da entrada da área. Levou enorme perigo!

44min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É DO EMPATEEEEEEEEEEEEEEEEE! É GOOOOOOOOL! É DE YURI! É A LEI DO EX! É DO CLUBE DO POVO! É DA ALEGRIA DOS NOSSOS CORAÇÕES! Dourado, pelo centro de ataque, descola lindo lançamento para Edenilson, que infiltra com a tradicional qualidade na área rival. Praticamente no retângulo pequeno, o camisa oito ajeita de primeira para Yuri, que manda para as redes abertas. Tudo igual na Vila!

45min – Mais cinco. Vamos a 50.

47min – UUUUUUUUUUUH! Taison estica grande bola para Paulo Victor, que entorta o marcador e solta o tiro cruzado e rasteiro. Luiz Felipe manda pela linha de fundo.

48min – Johnny por Yuri. Troca Aguirre pela última vez.

50min – Fim de papo na Vila. Inter empata com o Santos!


Ficha técnica:

Santos (2): João Paulo; Madson, Luiz Felipe, Wagner Leonardo e Felipe Jonathan; Camacho, Jean Mota, Carlos Sánchez (Balieiro), Pirani e Lucas Braga; Marcos Leonardo (Bruno Marques). Técnico: Fernando Diniz.

Internacional (2): Daniel; Mercado (Guerrero), Bruno Méndez, Victor Cuesta e Moisés (Paulo Victor); Edenilson, Rodrigo Dourado, Rodrigo Lindoso (Boschilia) e Patrick (Palacios); Taison e Yuri Alberto (Johnny). Técnico: Diego Aguirre.

Gols: Mercado, aos 7’/1ºT , e Yuri, aos 42’/2ºT (I). Pirani, aos 23’/1ºT, e Madson, aos 34’/1ºT (S).

Cartões amarelos: Lindoso e Mercado (I). Wagner Leonardo (S).

Arbitragem: Wagner Nascimento Magalhães apita, auxiliado por Michael Correia e Thiago Henrique Farinha. Quarto árbitro: Lucas Canetto Belotte. VAR: Rodrigo Carvalhães Miranda.

Estádio: Vila Belmiro-SP.

Fotos: Santos x Internacional – 17ª rodada/Brasileirão 2021

Clube do Povo visita o Santos na Vila Belmiro. Confira as imagens do confronto, válido pela 17ª rodada do Brasileirão.

Raio-X: Clube do Povo visita o Santos na 17ª rodada do Brasileirão

Colorado enfrenta o Peixe na Vila/Foto: Ricardo Duarte

Em busca da terceira vitória seguida no Brasileirão, o Clube do Povo visita o Santos, a partir das 18h15 deste domingo (22/08), pela 12ª rodada nacional. Confira entrevista da Rádio Colorada com Felipe Noronha, youtuber e comentarista, projetando o duelo da Vila Belmiro. A seguir, você encontra todas as informações sobre a partida!

Sport Club Internacional · Raio-X #46 | Santos x Internacional | 22/08/2021

Transmissão 📻

Com início previsto previsto para as 17h deste domingo, a cobertura da Rádio Colorada oferecerá conteúdo produzido com o legítimo DNA torcedor para o povo vermelho! Confira a programação da Mais Vermelha, que também transmitirá, durante a manhã, a partida de volta das quartas de final do Brasileirão A1, entre Gurias Coloradas e São Paulo.

AtraçãoPlataforma
10h30Portões Abertos
(São Paulo x Gurias Coloradas –
Quartas de final/Brasileirão A1)
Internet e App do Inter
11hJornada Esportiva
(São Paulo x Gurias Coloradas –
Quartas de final/Brasileirão A1)
Internet e App do Inter
13hVestiário Vermelho
(São Paulo x Gurias Coloradas –
Quartas de final/Brasileirão A1)
Internet e App do Inter
13h30Programação musicalInternet e App do Inter
17hRaio-X
(Santos x Internacional –
17ª rodada/Brasileirão)
Internet e App do Inter
17h30Portões Abertos
(Santos x Internacional –
17ª rodada/Brasileirão)
Internet e App do Inter
18h15Jornada Esportiva
(Santos x Internacional –
17ª rodada/Brasileirão)
Internet e App do Inter
20h15Vestiário Vermelho
(Santos x Internacional –
17ª rodada/Brasileirão)
Internet e App do Inter
21h30Programação musicalInternet e App do Inter
Brasileirão 2021, para o povo vermelho, é na Rádio Colorada!/Foto: João Callegari

As redes sociais do Inter (@scinternacional no TwitterInstagram Facebook) apresentarão o minuto a minuto da partida deste domingo, enriquecido por imagens dos principais lances do confronto. Com imagens, o Premiere anuncia transmissão.


Vamo, Inter! 💪

Noite de sábado contou com atividades na academia para o grupo/Foto: Ricardo Duarte

A semana colorada foi de preparação para a partida na Baixada Santista. Iniciados ainda na segunda-feira passada (16/08), os treinos no CT Parque Gigante serviram de regra para a rotina do elenco do Clube do Povo, que embarcou para São Paulo neste sábado (21/08). Da capital, o grupou seguiu até Santos, onde encerrou os preparativos com a realização de atividades na academia do hotel em que está concentrado.

Na Vila Belmiro, o técnico Diego Aguirre não poderá contar com o lateral-direito Renzo Saravia, lesionado. Em seu lugar, Heitor e Mercado despontam como as principais alternativas no elenco colorado, que não tem nenhuma baixa por suspensão. Pendurados, por outro lado, são três: Dourado, Lindoso e Paulo Victor. Aos cuidados do DM, quem também ficou em Porto Alegre foi o meia Mauricio.

Inter chegou a Santos na tarde deste sábado/Foto: Ricardo Duarte

A tradicional entrevista exclusiva de véspera de partida para o Canal do Inter foi concedida pelo volante Rodrigo Lindoso. Titular nos últimos dois confrontos disputados pelo Clube do Povo, o camisa 19 projetou o duelo das 18h15, embate que entende como dos mais promissores desta 12ª rodada.

“Tem tudo para ser uma grande partida, né? A gente vem em uma evolução boa, e acho que eles também são muito fortes jogando dentro de casa. Vai ser um jogo bem duelado, e esperamos que o Inter possa ser o vencedor.”

Rodrigo Lindoso

Em boa fase, o Inter chega à Vila Belmiro com grandes pretensões. Após golear o Flamengo, há duas rodadas, no Maracanã, o Clube do Povo voltou a marcar quatro gols no domingo passado (15/08), quando despachou o Fluminense, no Beira-Rio, por 4 a 2. O momento positivo, porém, não ilude Lindoso, que sabe das dificuldades que aguardam o Colorado no litoral paulista.

“Eu penso que cada jogo é uma nova história. Eles olharam alguns jogos nossos, principalmente os últimos dois, e também vão estar preparados. Não adianta a gente achar que vai ser sempre a mesma coisa. Claro que pegamos algumas coisas das últimas partidas, mas trabalhamos para essa focados naquilo que eles fazem. Temos que ter tranquilidade, aproveitar que vivemos um bom momento e usar isso a nosso favor.”

Rodrigo Lindoso

As vitórias sobre a dupla Fla-Flu apresentaram uma nova maneira de jogar do Clube do Povo. Desde o 4 a 0 no Maracanã, Aguirre arma o Inter com duas linhas de quatro mais bem definidas. No meio de campo, Edenilson e Patrick assumiram os respectivos corredores direito e esquerdo, enquanto Dourado e Lindoso são os responsáveis pelo centro. Novidade, a formação tem sido bem executada graças ao entrosamento de longa data das peças – que tende a crescer ainda mais.

“Eu, Ed e Patrick jogamos mais vezes juntos principalmente em 2019 e em boa parte de 2020. Temos um entrosamento legal. Já eu e Dourado juntos tinha acontecido poucas vezes, então acho que ainda tem muita coisa para dar certo, como já aconteceu nos últimos dois jogos. Tem muito para entrosar e, como já temos Ed e Patrick que vêm juntos desde 2018, eles estão ajudando nessa parte.”

Rodrigo Lindoso

Dono de 21 pontos, o Inter abriu a 12ª rodada na nona colocação do país, em condições de ultrapassar, em caso de vitória sobre o Santos, o Atlético-GO, atual sexto. Até aqui, o Clube do Povo já conquistou cinco vitórias e seis empates no Brasileirão, além de ter marcado 20 gols, o mesmo número de tentos sofridos. Edenilson, com oito bolas enviadas às redes, é o artilheiro não apenas do Colorado, mas da competição, posto que divide com Gilberto, do Bahia.

Inter quer se aproximar da metade de cima da tabela/Foto: Ricardo Duarte

Arbitragem 👨‍⚖️

Wagner do Nascimento Magalhães apita, auxiliado por Michael Correia e Thiago Henrique Neto Farinha. Trio carioca. Quaro árbitro: Lucas Canetto Bellote, de São Paulo. VAR: Rodrigo Carvalhães de Miranda, também do Rio de Janeiro.


Rival 🆚

Rival vive fase turbulenta/Foto: Ivan Storti/Santos

O Santos não vive bom momento na temporada. Além de somar apenas uma vitória nas últimas seis rodadas que disputou no Brasileirão, o Peixe foi eliminado da Sul-Americana na quinta-feira passada (19/08). Fora de casa, o time de Fernando Diniz perdeu por 1 a 0 e deu adeus ao sonho do título continental, frustração que, de acordo com Felipe Noronha, não fugiu da regra das mais recentes atuações alvinegras.

“O trabalho do Diniz é contestado porque, quando ele chegou, a torcida começou a enxergar um pouco da cara dele. Existiram bons jogos. Mas, contra retrancados, o Santos não ganha nem por decreto. Não consegue entrar na área, fica chuveirando. Foi assim nos últimos 10 jogos: um desastre. A eliminação foi consequência de partidas horrorosas. Está muito feia a situação atual.”

Felipe Noronha
Fernando Diniz encara contestações da torcida/Foto: Ivan Storti/Santos

O recente retrospecto poderia ser ainda pior não fosse por João Paulo. Titular do Santos desde a lesão de John, o goleiro assumiu com autoridade a meta alvinegra, e tem brilhado com milagres que, se não garantem destacada invencibilidade para a equipe santista, pelo menos evitam maior sangria no saldo de gols.

“O João tem sido a única esperança de sanidade para o santista, e eu juro que não é exagero. Ele faz milagres. Não são defesas comuns, mas sim grandes lances. O jogo contra o Libertad foi 1 a 0, mas, se fosse três ou quatro, seria aceitável. Ele busca bolas impossíveis. É a única esperança da torcida, mas uma bola entra, e não é culpa dele.”

Felipe Noronha
João Paulo é o grande destaque santista/Foto: Ivan Storti/Santos

Sobre a baixa efetividade do ataque, parte da atual inoperância passa por uma mudança forçada no time titular. Com a saída de Kaio Jorge para a Juventus-ITA, o Santos ficou sem um jogador capaz de assumir a responsabilidade do comando da linha de frente. Diniz, então, tentou buscar maior mobilidade, mas a iniciativa ainda não surtiu o efeito esperado.

“Com Marinho e Soteldo, o Kaio recebia no meio, girava e acionava um dos pontas na velocidade. Funcionava. Quando passou a não ter o Soteldo, o nível caiu. Com a lesão do Marinho, desabou, e, sem o Kaio, o ataque passou a inexistir. Nos últimos três jogos, o time teve dois atacantes, Marcos Guilherme e Lucas Braga, que não são finalizadores, e o Pirani pela esquerda.”

Felipe Noronha

Contra o Clube do Povo, Fernando Diniz estará desfalcado de Marcos Guilherme. Além dele, Marinho, John, Jobson, Sandry e Zanocelo seguem fora, lesionados, enquanto Kaiky, baixa no jogo passado por suspensão, agora está indisponível por problemas musculares. Assim, os prováveis 11 do Peixe são: João Paulo; Madson, Luiz Felipe, Wagner e Felipe Jonathan; Sánche\, Camacho e Jean Mota; Pirani, Marcos Leonardo e Lucas Braga.


Palco 🏟️

Dia de Inter e Santos na Vila mais famosa do país/Foto: Ricardo Duarte

As origens da Vila Belmiro, conhecido alçapão santista, nos convidam a viajar para os primeiros anos do Século XX – mais precisamente, até 31 de maio de 1916. Na data, o Santos decidiu pela compra de um terreno de 16.500m² para a construção de sua nova casa. Inaugurado em 12 de outubro do mesmo ano, o endereço é nomeado, desde 1933, em homenagem a Urbano Caldeira, histórico benfeitor alvinegro.


Retrospecto do confronto 📊

Equipes dividem mesmo número de vitórias/Foto: Alexandre Lops

Pelé contra Falcão. Beira-Rio versus Vila Belmiro. Meninos da Vila diante do Celeiro de Ases. Engrandecido por substantivos de raro quilate, o histórico do duelo entre Inter e Santos está marcado pelo equilíbrio. Até hoje, cada equipe superou a outra em 28 ocasiões, além das 22 igualdades registradas ao longo de 78 encontros. O número de gols marcados, acredite se quiser, também, é o mesmo: 96 para cada lado.

Clássico sempre envolve grandes clássicos/Foto: Alexandre Lops

Fotos: Inter 2×0 Vasco

Colorado chegou à quarta vitória seguida no Brasileirão!

Elegante líder: No Beira-Rio, Clube do Povo derrota o Vasco por 2 a 0

Elegante triunfo! Partida disputada no Beira-Rio e que marcou a estreia oficial da nova camisa rosa do Clube do Povo, o duelo entre Inter e Vasco, válido pela 17ª rodada do Brasileirão, foi encerrado com vitória colorada, placar de 2 a 0. Edenilson e Thiago Galhardo, ainda na etapa inicial, marcaram os gols do Alvirrubro, que com a vitória chega aos 34 pontos na tabela e assume, provisoriamente, a liderança do Nacional.

+ Confira as entrevistas do pós-jogo colorado!

No próximo domingo (25/10), os comandados de Coudet recebem o Flamengo, no Gigante, a partir das 18h15. Antes, a equipe volta a campo pela Libertadores, torneio pelo qual visita, na quinta-feira (22/10), a Universidad Católica. O duelo diante dos chilenos integra a sexta e última rodada da fase de grupos continental, e vale, ao Inter, classificação para as oitavas da América.


Primeiro tempo de gala

O Clube do Povo foi senhor do jogo nos primeiros 45 minutos de confronto. Dono de posse de bola que chegou a casa dos 80%, o time de Eduardo Coudet pressionou desde o apito inicial, tratando de encurralar o Vasco no campo de defesa. Quando tinha a bola, a equipe visitante sofria com intensa pressão colorada, que resultou em escapadas muito perigosas à meta de Fernando Miguel. Pela direita, o Inter criou, a partir da dobradinha de Marcos Guilherme e Rodinei, boas chances. Pela esquerda, com Patrick, chegou aos dois gols que marcaram a etapa.

Aos 24 minutos, o Pantera recebeu grande passe de Marcos Guilherme, disparou pela esquerda e cruzou rasteiro. Na segunda trave, Galhardo sequer precisou dominar para oferecer assistência açucarada a Edenilson, que finalizou com muita categoria, da entrada da área, direto no canto esquerdo. Depois, aos 38, Patrick buscou a meia-lua, onde serviu Abel Hernández. De peito o Uruguaio deixou com Galhardo, que foi derrubado por Castan. Pênalti, que Thiagol converteu com muita tranquilidade para garantir o triunfo parcial por 2 a 0.


Inteligência na etapa final

A desvantagem no placar obrigou o Vasco a adotar postura mais ofensiva após o intervalo. Decidido a descontar nos minutos de reabertura do confronto, o Cruz-Maltino adiantou Benítez e Talles Magno para as pontas. Marcos Jr., pela direita, e Carlinhos, na esquerda, também subiram, estabelecendo o 4-3-3 dos visitantes. Às novidades, o Inter respondeu oferecendo maior campo ao rival. Apesar da crescente posse de bola, porém, os cariocas não conseguiam chegar com perigo, enquanto o Clube do Povo assustava em contra-ataques. Aos 10, por exemplo, após grande escapada de Rodinei, Uendel cruzou e Galhardo não ampliou graças a milagre de Fernando Miguel.

Superada a barreira dos 20 minutos, o ímpeto carioca foi arrefecido. Ainda maior, ao mesmo tempo, foi o domínio colorado, que empurrou cada vez mais o jogo para a região central do campo, especialmente com as entradas de Dourado, D’Alessandro e Yuri Alberto, três primeiras trocas de Coudet. Edenilson e Yuri alberto ainda criaram novas chances para o Clube do Povo, mas o placar permaneceu inalterado. Fim de jogo, Inter 2 a 0, e a liderança, pelo menos pela noite, garantida.


Melhores momentos – primeiro tempo

0min – Inter começa o jogo no campo de ataque! Uendel serve para Edenilson, que invade a área rival e tenta o chute rasteiro. Zaga bloqueia, enviando por escanteio.

2min – UHH! Edenilson enfia linda bola para Galhardo, que invade a área carioca pela direita. Thiagol domina, foge do alcance de Fernando Miguel e cruza para a área. A zaga corta.

4min – SAAAALVA! Cuesta serve Patrick. Dentro da área, o Pantera cruza para Abel Hernández, que cabeceia. Fernando Miguel voa para defender, sem rebote.

11min – MILAAAAAAGRE DE FERNANDO MIGUEL! Rodinei cruza pela direita, a centímetros da grande área. Galhardo cabeceia rasteiro, para baixo, buscando o canto esquerdo. Goleiro rival voa para espalmar em escanteio.

15min – Blitz colorado já dura 15 minutos! Lindo passe de Galhardo para Rodinei, que vai ao fundo e cruza rasteiro. Bola buscava Abel, mas, antes dele, a zaga manda em novo escanteio para o Clube do Povo.

23min – UH! Inter retoma a posse no campo de ataque. Marcos Guilherme vai ao fundo e cruza na primeira trave para Galhardo, que tenta de peixinho. Por cima, por pouco.

24min – GOOOOOOOOL DO INTERNACIONAL! É DO CLUBE DO POVO, DO COLORADO ALEGRIA DOS NOSSOS CORAÇÕES, É DO MEU CAPITA! EDENILSON, EDENILSON, O SUPER ED! Contra-ataque de grande velocidade do Internacional. Quem puxa é Marcos Guilherme, que abre para Patrick. Pantera vai ao fundo pela esquerda e cruza rasteiro, na medida para Galhardo. Garçom, humilde, Thiagol serve rasteiro, de primeira, para Super Ed. Na entrada da área, ele manda colocado, no cantinho, sem chances de defesa. Inter na frente!

(INTxVAS) – É GOL DO INTER! Super Ed e toda sua classe! Após jogada de Marcos Guilherme, Patrick cruza, Thiago Galhardo…

Posted by Sport Club Internacional on Sunday, October 18, 2020

Confira o gol de Edenilson na narração da Rádio Colorada:


31min – POR CIMA! Rodinei faz grande jogada pela direita e, rente à linha de fundo, cruza na primeira trave. Abel se antecipa à zaga e tenta de Peixinho. A bola toma muita força e sai tirando tinta do poste superior!

33min – Inter recupera a posse no campo de ataque com Edenilson. Do camisa oito para Marcos Guilherme, que deixa com Abel. Pela direita, na entrada da grande área, o uruguaio domina, ajeita e tenta de canhota. Miguel encaixa rasteira.

34min – PÊNALTI PARA O INTER! Patrick dispara pela esquerda e cruza para Abel. Na entrada da área, o camisa 99 ajeita, com o peito, para Galhardo. Camisa 17 apenas não consegue o domínio pois é violentamente derrubado por Castan.

38min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL DO INTERNACIONAL! É DO CLUBE DO POVO, DA ACADEMIA DO POVO! SE TEM GOL DO INTER, É DO ARTILHEIRO COLORADO, É DO ARTILHEIRO DO BRASILEIRÃO, É DE THIAGOL! Camisa 17 cobra, como de costume, com excelência. Goleiro para um lado, no canto esquerdo, bola para o outro, na direita. Fulminante para as redes, para abrir vantagem no placar!

(INTxVAS) – COLORADO AMPLIA! ⚽️⚽️ Após pênalti claro em Thiago Galhardo, ele mesmo vai pra cobrança. E a história se repete: mais um do Thiagol! Inter 2×0 Vasco. #VamoInter 🇦🇹

Posted by Sport Club Internacional on Sunday, October 18, 2020

O tento de Galhardo na voz da Rádio Colorada:


39min – Cano recebe pela direita, na entrada da área colorada, e manda rasteiro. Cruzado, o arremate vai pela linha de fundo.

40min – UHHHHH! Marcos Guilherme recebe com espaço e especula. Da direita para o centro conduz, ajeita e manda com endereço. Em curva, a finalização sai tirando tinta do poste direito de Fernando Miguel!

45min – Mais quatro. Vamos a 49!

46min – Leandro Castan recebe o primeiro amarelo do jogo, por reclamação.

49min – Fim de papo na etapa inicial.


Segundo tempo

2min – Cano recebe na entrada da área, ajeita para a canhota e chuta buscando o ângulo. Bola sai por cima.

8min – Agora, quem chuta de fora é Carlinhos. Bola sai sem perigo à meta vermelha.

10min – MILAGRE SENSACIONAL DE FERNANDO MIGUEL! Grande jogada de Rodinei, que faz fila pela direita e inverte com Uendel. Da intermediária, pela esquerda, o lateral cruza no pé de Galhardo, que aparece nas costas da zaga. Na segunda trave, Thiagol finaliza colocado e goleiro rival, com muito reflexo, espalma providencialmente.

11min – LOMBA! Benítez investe pela direita, vai ao fundo e deixa rasteiro com Cano, que finaliza de primeira. Encaixa o goleiro colorado!

13min – DE NOVO ELE! Patrick desarma na intermediária defensiva e dispara em velocidade até o campo ofensivo. Nas cercanias da área rival, o Pantera percebe excelente diagonal de Marcos Guilherme e tenta a assistência. Fernando Miguel deixa o gol para ficar com ela e salvar os visitantes.

16min – ED! Talles Magno invade a área colorada e tenta chegar ao fundo, pela esquerda. Edenilson trava com qualidade e manda por escanteio.

20min – Muda o Inter! Vem Yuri Alberto, sai Abel.

22min – Amarelo para Cuesta, falta em Talles Magno.

24min – Troca o Vasco. Marcos Jr. deixa o campo para a entrada de Guilherme Parede.

27min – PRA FOOOORA! Patrick, mais uma vez, desarma no campo defensivo e puxa contra-ataque. O Pantera aciona Galhardo, que progride até a intermediária de ataque e deixa com Yuri, que invade a área pela direita e arremata. Bola sai ao lado da trave esquerda de Fernando Miguel.

29min – SAAAAAAAAAALVA, MIGUEL! Após cruzamento de Uendel, a bola fica viva na área vascaína. Patrick recupera a posse e deixa com Yuri, que serve Edenilson. Camisa 8 manda um foguete, que Fernando voa para espalmar. Na sobra, a zaga afasta em definitivo.

31min – Dupla alteração no Clube do Povo. Rodrigo Dourado e D’Alessandro são as novidades, substituindo Patrick e Galhardo. A partir das mudanças, camisa 13 assume a cabeça de área, Lindoso é avançado para a função de central, Edenilson deslocado para a direita da trinca de meio-campistas, e Marcos Guilherme para a esquerda. D’Ale passa a formar a dupla de ataque com Yuri.

32min – No Vasco, Benítez deixa o campo. Entra Vinícius.

41min – Lindoso e Marcos Guilherme deixam o campo. Entram Moledo e Praxedes.

44min – Sai Andrey, entra Fellipe Bastos. Muda o Vasco.

45min – Vamos a 48. Mais três de jogo.

46min – Ensaiada! D’Alessandro cobra escanteio rasteiro. Da esquerda, a bola chega no pé de Uendel. Ele domina, pisando na meia-lua, e solta o chute, que explode na zaga.

48min – Fim de papo! Vitória do Clube do Povo!


Ficha técnica:

Internacional (2): Marcelo Lomba; Rodinei, Zé Gabriel, Victor Cuesta e Uendel; Rodrigo Lindoso (Rodrigo Moledo), Marcos Guilherme (Bruno Praxedes), Edenilson e Patrick (Rodrigo Dourado); Thiago Galhardo (Andrés D’Alessandro) e Abel Hernández (Yuri Alberto). Técnico: Eduardo Coudet.

Vasco (0): Fernando Miguel; Yago Pikachu, Miranda, Leandro Castan e Henrique; Marcos Júnior (Guilherme Parede), Andrey (Fellipe Bastos), Martín Benítez (Vinícius) e Carlinhos; Talles Magno e Germán Cano. Técnico: Alexandre Grasseli.

Gols: Edenilson, aos 24 minutos do primeiro tempo, e Thiago Galhardo, aos 38 minutos do primeiro tempo (I).

Cartões amarelos: Victor Cuesta (I); Leandro Castan (V).

Arbitragem: Braulio da Silva Machado (SC), auxiliado por Kleber Lúcio Gil (SC) e Alex dos Santos (SC); quarto árbitro: Lucas Guimarães Rechatiko Horn (RS); árbitro de vídeo (VAR): Rodrigo D’Alonso Ferreira (SC); auxiliares do VAR: William Machado Steffen (SC) e Johnny Barros de Oliveira (SC).

Estádio: Beira-Rio, Porto Alegre (RS).