Bastidores do empate na Vila

O Internacional foi até o litoral paulista, no final da tarde de domingo (22/08), para a disputa da 17ª rodada do Brasileirão. Após sair na frente logo aos sete minutos de jogo com gol de Mercado, que fez sua partida de estreia com a camisa colorada, o Clube do Povo sofreu a virada ainda no segundo tempo, mas buscou a igualdade, aos 44 da etapa final, com Yuri Alberto. Agora, o Canal do Inter te apresenta os Bastidores do confronto!

Com um gol no início e outro no fim, Inter empata com o Santos na Vila

O Clube do Povo foi até o litoral paulista na tarde deste domingo (22/08), para a disputa da 17ª rodada do Brasileirão, e retornou para casa com ponto importante na bagagem. Na Vila Belmiro, Mercado, aos sete do primeiro, e Yuri, aos 44 do segundo tempo, marcaram para o Inter no empate de 2 a 2 com o Santos, resultado que leva o Colorado aos 22 pontos no Nacional.

Os comandados de Diego Aguirre voltam a campo no próximo domingo (29/08), às 18h15, diante do Atlético-GO. Fora de casa, a partida integrará a 18ª rodada, penúltima do primeiro turno. No momento, o Inter é 10º na tabela, a apenas dois pontos do G6, grupo que engloba equipes classificadas para a próxima edição da Libertadores da América.


Inter começa melhor, Santos cresce

Gabriel Mercado precisou de apenas sete minutos para marcar seu primeiro gol com a camisa colorada. Recompensando o bom início de jogo do time de Aguirre, o argentino aproveitou bola alçada por Dourado para, após domínio tranquilo, mandar de canhota, com estilo, fora do alcance de João Paulo. Na sequência, o Santos respondeu com dois escapes, mas ineficazes por impedimento, primeiro, e falta de pontaria, depois.

Às investidas rivais, o Inter respondeu também com suas tramas. Pouco antes dos 20, Patrick, servido por Taison, e Dourado, após escanteio cobrado por Edenilson, quase ampliaram para o Clube do Povo, mas também ficaram por detalhe de balançar as redes. Corrido, o jogo parecia pedir por um gol, e ele saiu do lado mandante. Pirani, aos 23, empatou.

O gol virou a chave do jogo, que viveu um terceiro momento, seguinte ao de domínio colorado e a outro marcado por equilíbrio. A partir do empate, o Santos fez valer o fator local e, com especial destaque para o corredor esquerdo de ataque, passou a pressionar em busca da virada, que chegou, aos 34, com Madson.


Ousadia recompensada

O Inter de Diego Aguirre não concebia a possibilidade de sucumbir na Vila Belmiro, determinação comprovada na postura agressiva do reinício de partida. Soltos, os laterais colorados viraram alas, e uma verdadeira blitz foi armada em cima do time da casa, que passou a ser sufocado por um Clube do Povo incessante na busca pelo placar.

Boschilia por Lindoso, Guerrero na vaga de Mercado, Palacios e Paulo Victor alçados nos lugares de Patrick e Moisés. Corajoso, o Inter não cedeu nem mesmo ao cansaço, natural para quem há tanto pressionava. A recompensa da postura ofensiva chegou com o gol de empate, anotado por Yuri, aos 44, após assistência de Edenilson, maravilhosamente servido por Dourado.


Primeiro tempo

7min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É DO INTER! É DO CLUBE DO POVO! É DO COLORADO ALEGRIA DOS NOSSOS CORAÇÕES! É GOL DE ESTREANTE, DE DEBUTANTE! MERCADOOOOOOOOOOO! Moisés levanta na área falta sofrida pela intermediária esquerda de ataque. A zaga santista consegue o corte parcial, mas a sobra é de Dourado, que devolve para a confusão. Livre, mas em condição regular, Mercado domina para a perna esquerda e, sem deixar cair, finaliza de canhota, indefensável para João Paulo.

11min – Carlos Sánchez, de sem-pulo, emenda um voleio na área colorada e obriga Daniel a operar grande milagre. No rebote, Marcos Leonardo manda para as redes, mas em condição irregular, indicada pelo bandeira e confirmada pelo VAR.

16min – Marcos Leonardo fica com a sobra de erro na saída de jogo do Inter e, na área vermelha, finaliza. Forte, ela sai por cima.

20min – SAAAAAAALVA A ZAGA! Dourado recupera a bola para o Inter e percebe Taison com espaço. Camisa 10 deixa com Patrick, que invade a área e solta a bomba. Wagner Leonardo voa em carrinho salvador e consegue o desvio. Escanteio!

21min – UUUUUUH! Edenilson cobra escanteio pela direita, Dourado desvia na primeira trave e ela sai ao lado do poste.

23min – Santos empata com Gabriel Pirani.

26min – PRA FOOOOOOORA! Moisés escapa pela esquerda e é percebido por Taison. Lateral cruza rasteiro, e Yuri, com a canhota, desvia. Teimosa, ela sai ao lado.

32min – Jean Mota cobra escanteio da esquerda. Na primeira trave, Luiz Felipe desvia, e ela sai com perigo.

34min – Madson, de cabeça, vira o jogo para o Santos.

38min – Amarelo para Lindoso.

45min – Mais dois. Vamos a 47.

47min – Intervalo na Vila!


Segundo tempo

0min – Inter volta com mudança. Entra Boschilia, sai Lindoso.

2min – Wagner Leonardo recebe o amarelo por falta descarada em Yuri.

3min – MILAAAGRE! Taison serve linda bola para Edenilson, que invade a área santista pela direita e finaliza rasteiro. João Paulo manda em escanteio.

7min – NÃO EXPULSOU? Taison invadiria a área em velocidade, mas sofre empurrão de Wagner. Árbitro marca a falta, mas não apresenta o segundo amarelo.

7min – Na cobrança, Moisés manda por cima. Levou perigo!

10min – Mercado recebe o amarelo por falta em Marcos Leonardo. VAR chama o árbitro e sugere expulsão, mas Wagner mantém a decisão de campo.

12min – DA-NI-EEEEEEEEL! Marcos Leonardo invade a área colorada pela esquerda e solta o canhotaço. Goleiro sai muito bem da meta e abafa o arremate.

17min – UH! Taison, de longe, enche o pé. João Paulo encaixa com dificuldade!

20min – Vem Guerrero, sai Mercado. Muda o Inter!

24min – POR CIIIIIMA! Taison aciona Moisés, que cruza rasteiro para Guerrero. Camisa nove entorta dois marcadores, corta para a canhota e solta a bomba, que sai por cima.

29min – Bruno Marques e Balieiro. Duas novidades do Santos, que substituem, respectivamente, Sánchez e Marcos Leonardo.

34min – Duas trocas no Colorado. Palacios vem, Patrick vai, Paulo Victor entra, Moisés sai.

41min – UUUUUUUUUUH! Palacios escapa pelo centro e serve Guerrero, que finaliza da entrada da área. Levou enorme perigo!

44min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É DO EMPATEEEEEEEEEEEEEEEEE! É GOOOOOOOOL! É DE YURI! É A LEI DO EX! É DO CLUBE DO POVO! É DA ALEGRIA DOS NOSSOS CORAÇÕES! Dourado, pelo centro de ataque, descola lindo lançamento para Edenilson, que infiltra com a tradicional qualidade na área rival. Praticamente no retângulo pequeno, o camisa oito ajeita de primeira para Yuri, que manda para as redes abertas. Tudo igual na Vila!

45min – Mais cinco. Vamos a 50.

47min – UUUUUUUUUUUH! Taison estica grande bola para Paulo Victor, que entorta o marcador e solta o tiro cruzado e rasteiro. Luiz Felipe manda pela linha de fundo.

48min – Johnny por Yuri. Troca Aguirre pela última vez.

50min – Fim de papo na Vila. Inter empata com o Santos!


Ficha técnica:

Santos (2): João Paulo; Madson, Luiz Felipe, Wagner Leonardo e Felipe Jonathan; Camacho, Jean Mota, Carlos Sánchez (Balieiro), Pirani e Lucas Braga; Marcos Leonardo (Bruno Marques). Técnico: Fernando Diniz.

Internacional (2): Daniel; Mercado (Guerrero), Bruno Méndez, Victor Cuesta e Moisés (Paulo Victor); Edenilson, Rodrigo Dourado, Rodrigo Lindoso (Boschilia) e Patrick (Palacios); Taison e Yuri Alberto (Johnny). Técnico: Diego Aguirre.

Gols: Mercado, aos 7’/1ºT , e Yuri, aos 42’/2ºT (I). Pirani, aos 23’/1ºT, e Madson, aos 34’/1ºT (S).

Cartões amarelos: Lindoso e Mercado (I). Wagner Leonardo (S).

Arbitragem: Wagner Nascimento Magalhães apita, auxiliado por Michael Correia e Thiago Henrique Farinha. Quarto árbitro: Lucas Canetto Belotte. VAR: Rodrigo Carvalhães Miranda.

Estádio: Vila Belmiro-SP.

Sub-18 empata na segunda rodada do quadrangular nacional

Gurias chegaram a quatro pontos no Brasileirão Sub-18/Foto: Adriano Fontes/CBF

As Gurias Coloradas empataram com o Santos, nesta tarde de quarta-feira (18/08), pela segunda rodada da segunda fase do Brasileirão Sub-18. A igualdade de 2 a 2, que contou com gols de Tati (contra) e Berchon para o Inter, leva o Clube do Povo, vice-líder do quadrangular, aos quatro pontos, três a mais do que o Peixe.

As comandadas de Fábio Sanhudo jogam pelo empate, na próxima sexta-feira (20/08), para garantir vaga nas semis. O adversário na última rodada, que ocorre a partir das 15h30, em Sorocaba-SP, será o Corinthians, atual líder da chave com seis pontos. Lanterna do quadrangular, o Flamengo já está eliminado.

Gurias conquistaram ponto importante nesta quarta-feira/Foto: Adriano Fontes/CBF

Superioridade no primeiro tempo

Marcado por grande aplicação defensiva dos dois lados, o primeiro tempo presenciou boas oportunidades criadas pelas Gurias Coloradas. Inteligentes para explorar os lados do campo, as comandadas de Fábio Sanhudo conseguiam bagunçar a defesa santista, encontrando espaços tanto para Carol Gil e Ket, que atacavam pela esquerda, quanto para a dupla Teté e Livia, na direita.

Inter pressionou na primeira etapa/Foto: Adriano Fontes/CBF

Cedo no jogo, aos cinco, Kamilla inverteu boa bola para o corredor direito, na medida para Livia, que acionou o pivô de Loirão. Esperta, a 11 colorada preferiu o giro à assistência, ganhando espaço para o chute. Forte, o arremate explodiu no travessão. Pouco depois, Ket invadiu a área paulista pela esquerda e cruzou rasteiro, mas ninguém conseguiu o desvio para as redes expostas.

A bola aérea começou a mostrar seu valor na casa dos 20 minutos, quando Teté levantou bola açucarada para Carol Gil, que exigiu milagre da goleira Madu. Aos 30, o cruzamento veio da esquerda, feito por Liriel, e encontrou Loirão com espaço. Depois de dominar, mas antes de finalizar, a camisa 11 foi atropelada pela goleira.

Primeiro gol saiu após escanteio de Loirão (11)/Foto: Adriano Fontes/CBF

Marcada, a penalidade até foi defendida pela arqueira, mas pouco lamentada, visto que, na sequência, Tati Mayumi desviou contra o próprio patrimônio escanteio cobrado, por Loirão, na primeira trave. O Inter tinha a vantagem com a chegada do intervalo.

Castigo no final

O Santos partiu para cima no segundo tempo. Do intervalo, o Peixe já retornou com a entrada de Luaninha na vaga de Tati, acrescentando maior ofensividade ao meio de campo. Por consequência, mais espaços surgiram para as Gurias, que quase ampliaram logo no primeiro minuto, quando Loirão escapou em veloz contra-ataque. Quem marcou, todavia, foi Isa Viana, precisa para levar a melhor após bate-rebate aos quatro.

Ju (10) entrou no segundo tempo/Foto: Adriano Fontes/CBF

Com a igualdade no placar, as duas equipes passaram a explorar suas principais armas em busca da vitória. Enquanto o Santos apostava em contra-ataques rápidos, o Inter rodava a bola em busca de espaços para acionar a bola aérea, o que achou aos 31, quando Duda Flores serviu assistência maravilhosa para Berchon marcar um golaço. Infelizmente, Ana empatou para as paulistas no último lance, deixando a decisão da vaga para a rodada final.

Berchon comemora o segundo do Inter/Foto: Adriano Fontes/CBF

Ficha técnica:

Internacional: Gabi Barbieri; Livia, Mari Barbieri, Duda Flores e Liriel; Kamilla, Teté (Ju Romanelli), Maju e Ket (Berchon); Carol Gil e Loirão (Milene). Técnico: Fábio Sanhudo.

Gols: Tati, contra, aos 35’/1ºT, e Berchon aos 31’/2ºT (I). Isa Viana, aos 4’/2ºT, e Ana, aos 43’/2ºT (S).

Arbitragem: João Vitor Gobi, auxiliado por Patricia Carla de Oliveira e Rafael Tadeu Alves de Souza. Quarta árbitra: Marianna Nanni Batalha.

Estádio: CT do Sorocaba 1-SP.

Inter empata com o Sport na estreia do Brasileirão

O Clube do Povo empatou em 2 a 2 com o Sport, na noite deste domingo (30/05), no confronto de abertura do Brasileirão 2021. Edenilson e Rodrigo Lindoso marcaram os gols do Inter, que volta a campo na próxima quinta-feira (03/06), às 19h, diante do Vitória. A partida, em Salvador, abre a quarta fase da Copa do Brasil.


Dois gols no primeiro tempo

O Clube do Povo construiu grande blitz nos movimentos de abertura do confronto. Insistente pelos dois corredores, em especial o esquerdo, o Inter criou diversas oportunidades na primeira quinzena de minutos. Logo depois, aos 17, Caio foi derrubado por Sander dentro da área. Pênalti, que Edenilson, com a eficiência de sempre, converteu.

À frente no placar, o Inter seguiu no controle da partida, mas adotou postura diferente a partir dos 20 minutos. Simpático aos contra-ataques, o Colorado continuou com a posse, mas menos vertical do que a existente até o tento de Edenilson. De um escape de Taison, aos 42, surgiu o escanteio cobrado por Ed e desviado por Lindoso, indefensável para o arqueiro rubro-negro. Clube do Povo 2 a 0, e começava o intervalo.


Visitantes buscam o empate

O Sport retornou do intervalo com duas mudanças – as entradas de André e Marquinhos. Mais ofensivo, contou com ajuda da trave para impedir o terceiro do Inter e, aos 16, descontou com Thiago Neves cobrando pênalti. Aos 40, André empatou com a validação do VAR. Galhardo, aos 50, marcaria para o Colorado, mas o árbitro, ao primeiro sinal de dúvida, descumpriu o protocolo e paralisou o lance, assegurando o placar de 2 a 2.


Melhores momentos – primeiro tempo

4min – UH! Moisés recebe de Mauricio e, pela esquerda da grande área, cruza rasteiro. Antes de Yuri, Thyere corta o perigo pela linha de fundo. Escanteio colorado!

5min – SAAAAAAALVA, Mailson! Mauricio pega a sobra de corte parcial da zaga e, pela esquerda da grande área, solta o canhotaço. Goleiro espalma pela linha de fundo.

7min – POR CIIIIIIIIIIIIIMA! Moisés desarma Moccelin, invade a área rubro-negra e, de frente para o gol, finaliza por cima. Ela tira tinta!

10min – Taison recebe de Mauricio e, em frente à grande área, finaliza. Assustou!

11min – BLITZ COLORADA! Edenilson, de primeira, enfia para Taison, que invade a área pela direita e cruza rasteiro. Antes de Yuri, a zaga corta em escanteio.

12min – UUUUUH! Caio pega a sobra de corte parcial da defesa e, da quinta esquerda da área, chuta. Ao lado, com perigo.

15min – PÊÊÊÊÊÊÊNAAAAALTI! Caio é atropelado por Sander, após cruzamento rasteiro de Mauricio, pela esquerda. Arbitragem flagrou e indicou!

18min – GOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOL! GOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! GOOOOOOOOL! É DO IIIIIIIIIIIIIIIIINTEEEEEEEER! EDENILSON! SUPERED, SUPERED, SUPEREEEEEEED! QUE CLASSE! Camisa oito bate no ângulo direito de Mailson, que cai no canto esquerdo. Nenhuma chance de defesa, festa colorada!

32min – Mauricio recebe o amarelo por falta em Hayner. Moisés contesta, e também é advertido.

35min – LOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOMBA! LOOOOOOOOOOOOOMBA! Júnior Tavares cobra falta da esquerda da intermediária. Thiago Neves desvia de cabeça, e goleiro colorado voa para operar um milagre. No rebote, Thyere finaliza, e é novamente abafado pelo 12 do Clube do Povo. Na sobre, Inter tem tiro de meta por cobrar.

42min – CANTO BOLA! Saravia faz grande trama pela direita e cruza para trás. Mauricio, invadindo a grande área, domina e manda de direita. Não fosse o desvio na zaga, era gol!

43min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É DO INTEEEER! LINDOSO, LINDOSO, LINDOSO! Edenilson, com o pé na forma como sempre! Camisa oito cobra escanteio da direita, que Lindoso antecipa na primeira trave e manda um testaço respeitando o manual, para baixo. Sem chances para Mailson, que apenas assiste ao estufar de redes!

45min – Mais um. Vamos a 46!

46min – Intervalo no Beira-Rio!


Segundo tempo

0min – Sport retorna com mudanças. Entram Marquinhos e André, saem Sander e Mikael.

4min – UUUUUUUUUUH! Mailson titubeia com a bola nos pés e quase tem a posse tomada, na pequena área, por Yuri. Que chance!

7min – NINGUÉM COMPLETOU! Taison abre o jogo com Caio, que parte para cima de Júnior Tavares, entorta o marcador e cruza rasteiro. A bola cruza a pequena área, sem desvio algum. Que chance!

8min – NO POOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOSTE! Edenilson lança Yuri Alberto, que invade a área pernambucana pela direita e solta a bomba. Ela explode na trave esquerda de Mailson, rebate no 11 colorado, e sai pela linha de fundo.

https://twitter.com/SCInternacional/status/1399164516185878528

16min – Thiago Neves, de pênalti, desconta para os visitantes.

23min – Lucas Ribeiro leva o amarelo. Falta em Thiago Neves.

26min – UH! Edenilson cobra falta pela quina direita da grande área. Ela sai por cima.

27min – Mauricio e Edenilson deixam o campo, Praxedes e Nonato entram. Muda o Inter.

30min – UUUUUUUUUUH! Praxedes recebe de Taison, conduz pela esquerda da intermediária ofensiva e solta o canhotaço. Com desvio, ela sai tirando tinta.

33min – Muda o Sport. Maxwell é a novidade, substituto de Moccelin.

33min – No Inter, entra Galhardo. Yuri deixa o campo.

38min – Maxwell é lançado nas costas da zaga colorada, invade a área pela esquerda e finaliza de três dedos. Tiro de meta para Lomba.

39min – Dupla troca no Clube do Povo. Palacios por Taison, Patrick no lugar de Caio.

39min – Muda o Sport. Gustavo entra, Thiago Neves sai.

40min – LOOOOOOOOOOOOMBA! Maxwell sai cara a cara com o goleiro colorado e finaliza. Arqueiro vermelho opera defesa milagrosa.

40min – André marca para o Sport, é indicado em impedimento, mas o VAR confirma o tento, apesar do ombro adiantado do atacante rubro-negro.

45min – Mais sete. Vamos a 52.

45min – Palacios recebe o amarelo por falta em Tavares.

46min – PRA FOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOORA! Galhardo serve Palacios, que invade a área e manda de direita. Mailson voa para espalmar, não alcança, mas a bola sai tirando tinta. Na sequência, Thyere recebe o amarelo por irregularidade na origem do lance.

49min – TIIIIIRA A ZAGA! Patrick apronta das suas pela esquerda, deixa dois para trás e tenta o cruzamento rasteiro. Thyere corta em escanteio, antes de Galhardo.

49min – E AGORA? PATRICK VAI AO FUNDO PELA ESQUERDA E CRUZA FECHADO. A BOLA EXPLODE NO TRAVESSÃO, É DEVOLVIDA POR PRAXEDES PARA A ÁREA E GALHARDO MANDA DE LETRA PARA AS REDES.

50min – Zé Welison entra no Sport. Ricardinho sai.

50min – VAR sequer pôde ser consultado para validar o gol do Inter. Afinal, árbitro furou o protocolo e apitou antes do arremate de Galhardo.

52min – Encerrada a partida.


Ficha técnica:

Internacional (2): Marcelo Lomba; Renzo Saravia, Lucas Ribeiro, Victor Cuesta e Moisés; Rodrigo Lindoso, Edenilson (Nonato) e Taison (Carlos Palacios); Caio Vidal (Patrick), Yuri Alberto (Thiago Galhardo) e Mauricio (Bruno Praxedes). Técnico: Miguel Ángel Ramírez.

Sport (2): Mailson; Hayner, Rafael Thyere, Sabino e Sander (Marquinhos); Marcão, Ricardinho (Zé Welison) e Júnior Tavares; Thiago Neves (Gustavo), Mikael (André) e Paulinho Moccelin (Maxwell). Técnico: Umberto Louzer.

Gols: Edenilson, aos 18’/1ºT, e Rodrigo Lindoso, aos 43’/1ºT (I). Thiago Neves, aos 16’/2ºT, e André, aos 40’/2ºT (S).

Cartões amarelos: Moisés, Lucas Ribeiro e Mauricio (I). Rafael Thyere (S).

Arbitragem: Vinícius Gonçalves Dias Araújo (SP), auxiliado por Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Alex Ang Ribeiro (SP). Quarto árbitro: Anderson da Silveira Farias (RS). Árbitro de Vídeo (VAR): Péricles Bassols Pegado Cortez (SP). Auxiliar do VAR: Herman Brumel Vani (SP).

Estádio: Beira-Rio.

Inter empata no Mineirão

O Clube do Povo enfrentou o Atlético-MG, no final da tarde deste domingo (06/12), em partida da 24ª rodada do Brasileirão. Iniciado às 18h15, o movimentado confronto teve o 2 a 2 como placar final, gols de Yuri Alberto e Peglow para o Inter. Com o resultado, o Colorado chega aos 38 pontos no Nacional e ocupa a sexta colocação.

O elenco colorado volta a campo às 21h30 desta quarta-feira (09/12), quando disputa contra o Boca, na Bombonera, o duelo de volta das oitavas da Libertadores. Pelo Brasileirão, o Clube do Povo recebe, às 19h do próximo sábado (12/12), o Botafogo, no Beira-Rio.


Equilíbrio nos 45

Os primeiros movimentos de partida foram disputados em ritmo extremamente elevado. Com o objetivo de aproveitar o fator local, o Atlético iniciou o confronto em ritmo intenso, apostando em veloz movimentação de seus atletas de frente para abrir espaços na zaga colorada. De sua parte, o Clube do Povo apostava na velocidade de Marcos Guilherme, pela direita, e Yuri, no corredor esquerdo, para assustar em contra-ataques.

Exatamente a partir de uma escapada rápida da dupla, aos 8 minutos, o Inter marcou. Marquinhos disparou pela direita e cruzou para a diagonal de Yuri, que atacou as costas de Guga e Rabello para abrir o marcador. Logo depois, todavia, Musto, contra, empatou. A partir de então, o Galo seguiu incomodando, mas esbarrou em uma retaguarda muito encaixada de parte dos comandados de Leomir.

Na saída de bola rival, Leandro Fernández pegava Réver, enquanto Rodrigo Dourado cuidava do zagueiro Gabriel, e Patrick, pela esquerda, do beque Igor Rabello. À exceção de movimentos inteligentes do veloz trio Sasha, Vargas e Hyoran, portanto, os mandantes pouco assustavam, sofrendo com os escassos centímetros disponíveis por toda a defesa vermelha. Nos instantes finais da etapa, inclusive, quem mais assustou foi o Inter, sempre com Yuri, mas o placar seguiu com um tento para cada lado até o intervalo.


Uma metade pra cada lado

Reiniciado o confronto, o Atlético-MG seguiu na pressão, mas agora mais efetiva. Após duas oportunidades desperdiçadas na primeira dezena de minutos, Hyoran, servido por Keno, virou o jogo aos 15. A vantagem significou postura mais conformista para o Alvinegro, que passou a ceder campo ao Clube do Povo, centímetros que, a partir da entrada de Praxedes, foram crescentemente aproveitados.

O jovem do Celeiro de Ases renovou o ânimo do meio de campo colorado, que teve maior disposição para pressionar a saída rival, condição que a intensa maratona de jogos torna cada vez mais complicada. As consecutivas entradas de Peglow e Mauricio intensificaram ainda mais o volume ofensivo da linha de frente colorada. De tanto pressionar e insistir, o Inter chegou ao empate já nos instantes finais.

Mauricio pressionou, Peglow ficou com a sobra e, nas costas da marcação, saiu de frente com Everson. Tranquilo, o camisa 31 percebeu a colocação do goleiro, fechando o canto esquerdo, e colocou rasteira, precisa, no direito. Empate justo, e que refletiu os diferentes domínios de cada equipe ao longo da etapa final, garantido.


Melhores momentos – primeiro tempo

1min – Guilherme Arana costura da esquerda para o centro e finaliza de fora da área. Bola sai ao lado da meta de Lomba.

6min – UH! Yuri progride pelo campo de ataque, engatilha e manda a bomba. Tiro de meta para o Atlético-MG!

8min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL DO INTERNACIONAL! É DO CLUBE DO POVO! É DA ACADEMIA DO POVO! É DO COLORADO ALEGRIA DOS NOSSOS CORAÇÕES! YURI, YURI, YURI ALBERTO É O ARTILHEIRO! Marcos Guilherme tabela pela direita com Leandro Fernández, recebe aberto na direita e cruza na altura da marca do pênalti. Muito bem posicionado, Yuri vem da esquerda para a direita e dá um testaço forte, para o chão, indefensável para Everson. Inter na frente!

O gol de Yuri Alberto na voz da Rádio Colorada:

Sport Club Internacional · Rádio Colorada | Gol Yuri Alberto: Atlético-MG 2 x 2 Inter – 24ª Rodada/Brasileirão

10min – Réver recebe dentro da grande área e cruza rasteiro. A bola desvia em Musto e morre nas redes do Clube do Povo. Tudo igual.

23min – Musto recebe o amarelo por falta em Allan.

27min – Marcos Guilherme amarelado por segurar Guilherme Arana. Na origem do lance, Yuri Alberto fora derrubado dentro da área por Igor Rabello, mas arbitragem – e vídeo – ignoraram lance.

33min – UH! Marcos Guilherme, de novo, dispara pela direita e cruza buscando Yuri. Agora, Everson deixa o gol e encaixa.

34min – Lomba! Sasha recebe de Keno e, da meia-lua da área colorada, serve Guga. O lateral finaliza rasteiro para defesa segura do goleiro colorado.

35min – Hyoran punido com cartão amarelo por puxão em Patrick.

37min – Yuri advertido com amarelo por falta em Sasha.

38min – Impedido, Vargas marca para o Atlético-MG. Bandeira assinala irregularidade sem necessidade de consulta ao vídeo.

40min – Hyoran aciona Vargas, que invade a área colorada e finaliza cruzado. Ela sai tirando tinta na meta vermelha.

42min – Yuri Aberto deixa Rabello pra trás, dispara para as cercanias da área rival e, praticamente na meia-luz, é derrubado pelo zagueiro rival. Falta e amarelo indicados.

43min – TINHA ENDEREÇO! Leandro cobra com força, mas ela explode em Réver, homem mais alto da barreira alvinegra. Escanteio para o Inter!

45min – UH! Leandro cobra o escanteio fechado. Everson, de manchete, afasta parcialmente. No rebote, Fernández levanta aberta, com a canhota, e o goleiro afasta uma vez mais.

45min – Vamos a 48. Mais três!

46min – POR CIMA! Uendel cobra falta da intermediária. Aberta, ela vai até Cuesta, que escora para o outro lado da pequena área. Por ali, Yuri chega testando. Com força, porém, ela vai por cima.

47min – Vargas fica com a sobra de bate-rebate, ajeita ela para o pé direito e manda de primeira. Por cima, com perigo.

48min – Encerrada a primeira etapa.


Segundo tempo

0min – Inter volta com mudança. Na vaga de Musto, entrou Lindoso. Com a mudança, o Colorado passa a atuar com um losango de meio-campistas. Rodrigo faz o vértice baixo, enquanto o alto é de Marcos Guilherme. Pela direita fica Dourado. Na esquerda, Patrick.

8min – Allan aciona Guga, que invade a área pela direita e cruza rasteiro. Nas costas de Hyoran, a bola fica com Lindoso, que afasta duas vezes para dar fim ao perigo.

11min – Atlético chega pela esquerda com Keno. O camisa 11 cruza aberto, na cabeça de Hyoran, que devolve na outra quina da área pequena, na cabeça de Sasha. O atacante cabeceia com excesso de perfeccionismo, e ela sai tirando tinta.

13min – Amarelo para Lucas Ribeiro.

14min – Muda o Inter. Vem Praxedes, sai Dourado.

15min – Keno cruza na segunda trave, na medida para Hyoran, que testa para o gol. É o segundo do Atlético-MG.

17min – Thiago Galhardo por Leandro Fernández. Terceira mudança no Inter.

23min – UUUUUUUUUUUUUUUH! Praxedes faz fila pela direita e enfia em profundidade para Galhardo. O camisa 17 cruza rasteiro, mas Yuri, de carrinho, não consegue completar.

24min – PRA FOOOOORA! Rodrigo Lindoso recebe pela intermediária e solta a bomba. Com desvio em Rnéver, ela sai, levando enorme perigo, em escanteio para o Inter.

24min – No Atlético, vem Franco. Quem sai é Sasha.

29min – MILAAAAAAAAAAAAAAAAAAGRE! Praxedes, como está jogando! Cria colorada serve Galhardo com lindo passe de primeira. Camisa 17 enche o pé, mas Everson salva em linda defesa.

29min – Yuri Alberto e Marcos Guilherme deixam o campo. Entram Peglow e Mauricio.

30min – Rodrigo Lindoso amarelado.

31min – No time da casa, Hyoran dá lugar a Zaracho. Vargas também sai, e vem Marrony.

38min – Sampaoli coloca Nathan na vaga de Keno.

42min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL DO INTERNACIONAL! É DO CLUBE DO POVO! É DA ACADEMIA DO POVO! É DO COLORADO ALEGRIA DOS NOSSOS CORAÇÕES! PEGLOW, PEGLOW, PEGLOW! BEM-VINDO À LISTA DOS MEUS ARTILHEIROS, GURI! Inter pressiona a saída de jogo atleticana e colhe frutos! Réver quebra na cabeça de Maurício e a bola sobra limpa para Peglow, que ataca as costas da marcação e finaliza cruzado, sem chances para Everson.

A emoção do empate na narração da emissora do Clube do Povo:

Sport Club Internacional · Rádio Colorada | Gol Peglow: Atlético-MG 2 x 2 Inter – 24ª Rodada/Brasileirão

45min – Vamos a 49. Mais quatro.

48min – Peglow amarelado por reclamação. Barreira do Galo não respeitou a distância dos passos, jovem colorado reclamou, e árbitro decidiu punir o atleta do Clube do Povo. É mais fácil ir no jovem…

49min – Fim de papo. Empate no Mineirão!


Ficha técnica:

Atlético-MG (2): Everson; Igor Rabello, Réver e Gabriel; Guga, Allan, Hyoran (Matías Zaracho) e Guilherme Arana; Eduardo Vargas (Marrony), Eduardo Sasha (Alan Franco) e Keno (Nathan). Técnico: Jorge Sampaoli.

Internacional (2): Marcelo Lomba; Rodinei, Lucas Ribeiro, Victor Cuesta e Uendel; Damián Musto (Rodrigo Lindoso), Rodrigo Dourado (Bruno Praxedes), Marcos Guilherme (Mauricio) Patrick e Leandro Fernández (Thiago Galhardo); Yuri Alberto (João Peglow). Técnico: Leomir de Souza.

Gols: Yuri Alberto, aos 8 minutos do primeiro tempo, e João Peglow, aos 42 minutos do segundo tempo (I). Musto, contra, aos 10 minutos do primeiro tempo, e Hyoran, aos 15 minutos do segundo tempo (A).

Cartões amarelos: Musto, Rodrigo Lindoso, Yuri Alberto, Lucas Ribeiro e Marcos Guilherme (I). Hyoran e Igor Rabello (A).

Arbitragem: Bruno Arleu de Araújo (RJ), auxiliado por Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (RJ) e Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ). Quarto árbitro: Leonardo Rotondo Pinto (MG). Árbitro de Vídeo (VAR): Rodrigo Nunes de Sá (RJ). Auxiliares do VAR: Grazianni Maciel Rocha (RJ) e Carlos Henrique Cardoso de Souza (RJ).

Estádio: Mineirão, Belo Horizonte (MG).

Inter empata no Beira-Rio e segue na ponta do Brasileirão

Inter e Flamengo empataram por 2 a 2 no Beira-Rio, na noite deste domingo (25/10), em partida da 18ª rodada do Brasileirão. Marcado por arbitragem infeliz de Wilton Pereira Sampaio, que ofereceu sete minutos de acréscimos para o empate dos visitantes, o duelo contou com gols de Abel Hernández e Thiago Galhardo para o Clube do Povo. Com o resultado, o Colorado, dono de 35 pontos, segue na liderança nacional.

+ Confira as coletivas pós-jogo

+ Assista aos Bastidores da partida


Ritmo alucinante

A primeira dezena de minutos da partida correu de maneira alucinante. Dono das ações que abriram a partida, o Clube do Povo criou duas chances claras em cinco minutos, a primeira com Abel, a segunda dos pés de Heitor. Na sequência, aos sete, não houve vacilo do lado vermelho, somente de parte dos cariocas. Isla tentou driblar Patrick e teve a posse tomada pelo Pantera, que invadiu a área rival e rolou para Abel completar em direção à meta aberta. Curta, a vantagem alvirrubra foi encerarda aos 10 por Pedro, em gol de fora da área.

A igualdade no marcador encontrou reflexo dentro de campo. Durante a casa dos 10 minutos, a posse de bola das duas equipes esteve bastante próxima, ocasião aproveitada pelo Colorado para tomar um ar e renovar o fôlego antes de retomar a marcação pressão na saída de jogo carioca. O aperto foi reiniciado aos 20, e logo na sequência, após Abel apertar Gustavo Henrique, Galhardo ficou com a sobra para, cara a cara com Hugo, finalizar em direção às redes. Após o tento, as duas equipes voltaram a criar oportunidades, o Inter inclusive marcou novo gol, anulado por impedimento de Thiagol, mas o placar não voltou a ser alterado.


Protagonismo para o apito

Wilton Pereira Sampaio minou a partida na etapa final. Exibindo critério excessivamente rigoroso para punir o Inter, o homem do apito não era tão criterioso com as irregularidades da equipe visitante. Dentro de campo, o Flamengo tratava de igualar o marcador e, para isso, adotava postura muito ofensiva. O Clube do Povo, por outro lado, assustava em contra-ataques perigosíssimos. No encerramento do jogo, absurdos sete minutos cumpriram seu objetivo: o empate visitante.

Melhores momentos – primeiro tempo

1min – PRA FOOOORA! QUE FATIADA, ZÉ! Zagueiro dono da 35 colorada inverte o jogo para Heitor, que vai ao fundo e cruza. A zaga corta, mas o rebote é do lateral, que levanta na cabeça de Abel. Número 99 manda pela linha de fundo, com muito perigo.

2min – MILAAAAAAAAGRE! Galhardo faz pivô maravilhoso para Heitor, que invade a área e manda rasteiro, no cantinho. Hugo salva os visitantes!

5min – OUSOU! Lindoso lança Galhardo nas costas da adiantada linha rival. Camisa 17 domina partindo do centro para a esquerda, percebe a saída de Hugo e tenta por cobertura. Atento, goleiro faz a defesa em dois tempos.

7min – GOOOOOOOOOOOOOOOL DO INTERNACIONAL! É DO CLUBE DO POVO! É DO COLORADO ALEGRIA DOS NOSSOS CORAÇÕES! A ACADEMIA DO POVO ESTÁ NA FRENTE, E O NOME DO GOL É ABEL HERNÁNDEZ! Patrick pressiona em cima, incomoda a saída de jogo rubro-negra. Isla tenta o drible para trás e tem a carteira tomada pelo Pantera, que invade a área pela esquerda e cruza rasteiro. No retângulo pequeno aparece Abel Hernández, que completa para a meta vazia. Inter na frente!

https://www.facebook.com/scinternacional/posts/3569935333045692

Confira a narração do gol pela Rádio Colorada:


8min – Cartão para Lindoso, falta em Arão.

10min – Pedro avança com liberdade e, de frente para a área colorada, manda rasteiro, no canto. Tudo igual.

14min – Amarelo para Danilo Fernandes. Do banco, goleiro é advertido por reclamação.

24min – GOOOOOOOOOOOOOOOL DO INTERNACIONAL! É DO MEU ARTILHEIRO, É O SEGUNDO DO CLUBE DO POVO, É DE THIAGOL! Abel Hernández pressiona Gustavo Henrique pela esquerda da defesa carioca. O zagueiro hesita, a bola é espirrada e sobra com Thiagol, que domina de cabeça e, cara a cara com Hugo, finaliza rasteiro. Academia do Povo abre 2 a 1 no Beira-Rio!


O gol de Galhardo narrado pela Rádio Colorada:


29min – Lomba! Isla invade a área colorada pela direita e cruza na linha da pequena área. Pedro cabeceia, mas com pouca força, nas mãos do goleiro colorado.

37min – SAAAAAAAAALVA, HUGO! Heitor, que linda bola! Em profundidade, nas costas de Filipe Luís, lateral-direito lança Galhardo, que invade a área e manda rasteira, cruzada. Goleiro rival salva, uma vez mais, os visitantes.

38min – POR CIIIIMA! Patrick faz fila, costurando do centro para a esquerda, vai ao fundo, deixa Isla no chão e cruza na pequena área. Natan corta, mas a sobra fica com Galhardo, que domina no peito e tenta de bicicleta. Passou perto!

41min – SERIA UM GOL HISTÓRICO! Após triangulação com Edenilson e Marcos Guilherme, pela direita, Heitor percebe Thiago Galhardo nas costas da zaga e passa rasteiro. Camisa 17 sai de frente com Hugo e toca linda bola por cobertura, de ganchinho. Ela entra, mas a jogada é anulada por impedimento de Thiagol.

42min – Amarelo para Vitinho: carrinho forte em Zé Gabriel.

45min – Mais três minutos. Vamos a 48!

47min – Falta! Gustavo Henrique acerta carrinho forte no tornozelo de Abel. Amarelo para ele.

49min – Começa o intervalo, acaba o primeiro tempo!


Segundo tempo

2min – Gerson acerta o cotovelo no rosto de Moledo. Árbitro nada marca.

4min – POOOOOOSTE! Edenilson cruza da direita para a entrada da área. Por ali, Abel Hernández ajeita em Marcos Guilherme, que chega batendo de primeira, colocado. A bola, teimosa, explode na trave esquerda de Hugo.

6min – Pedro tenta de voleio, pela direita da área colorada. A bola toma muita força e vai por cima do travessão carioca.

9min – Moledo! Camisa 4 não dá descanso para Pedro, que invade a área colorada. Apertado, porém, sai com bola e tudo.

12min – No travessão! Pedro recebe de Isla, faz o giro e manda a bomba. Lomba salva. No rebote, Filipe Luís chega emendando de primeira e acerta o poste superior.

16min – PRA FOOOOOOORA! Edenilson progride pelo centro e percebe Patrick, livre nas costas de Isla. O Pantera domina, invade a área e manda cruzado, rasteiro. A bola tira tinta do poste esquerdo de Hugo.

18min – SALVA, GERSON! Galhardo escapa em contra-ataque rápido para o Inter e serve Patrick, que invade a área mas, no momento de arrematar, é desarmado pelo 8 do Flamengo.

20min – HEITOR! Vitinho é lançado nas costas da zaga colorada, dribla Lomba e finaliza rasteiro. Lateral-direito tira em cima da linha, ela sobra com Pedro, que também tem seu chute afastado sobre a linha fatal, uma vez mais pelo dois do Inter.

22min – Dupla troca no Inter. Entra Dourado, sai Marcos Guilherme. No ataque, quem vem é D’Alessandro. Deixou o campo Abel. Com as mudanças, Edenilson é deslocado para a direita da trinca de meio-campistas.

23min – Lomba recebe o amarelo.

25min – Galhardo e Natan recebem o amarelo por desentendimento.

29min – Moledo leva o amarelo.

32min – Amarelo para Dourado.

32min – Galhardo deixa o campo para a entrada de Pottker.

36min – Arão recebe o amarelo por falta em Patrick.

38min – Dupla troca no Inter. Moisés por Uendel, Musto na vaga de Lindoso.

42min – Arão deixa o campo, vem Michael. Vitinho sai para a entrada de Lincoln.

45min – Absurdos sete minutos adicionais.

46min – Everton Ribeiro faz boa jogada pela direita e cruza em Gustavo Henrique, que desvia no contrapé de Lomba. A bola passa perto, mas sai em tiro de meta.

50min – Everton Ribeiro empata para o Flamengo.

52min – Mais dois.

54min – Partida encerrada.


Ficha técnica:

Internacional (2): Marcelo Lomba; Heitor, Rodrigo Moledo, Zé Gabriel e Uendel (Moisés); Rodrigo Lindoso (Damián Musto); Marcos Guilherme (Rodrigo Dourado), Edenilson e Patrick; Thiago Galhardo (William Pottker) e Abel Hernández (Andrés D’Alessandro). Técnico: Eduardo Coudet.

Flamengo (2): Hugo; Mauricio Isla, Gustavo Henrique, Natan e Filipe Luís; Thiago Maia, Willian Arão (Michael), Everton Ribeiro, Vitinho (Lincoln) e Gerson; Pedro. Técnico: Domènec Torrent.

Gols: Abel Hernández, aos sete minutos do primeiro tempo, e Thiago Galhardo, aos 24 minutos do segundo tempo (I); Pedro, aos 10 minutos do primeiro tempo, e Everton Ribeiro, aos 50 minutos do segundo tempo (F).

Cartões amarelos: Tiago Maia, Willian Arão, Natan, Gustavo Henrique e Vitinho (F). Rodrigo Lindoso, Rodrigo Moledo, Thiago Galhardo, Marcelo Lomba, Rodrigo Dourado e Danilo Fernandes (I).

Arbitragem: Wilton Pereira Sampaio (GO), auxiliado por Fabricio Vilarinho da Silva (GO) e Bruno Raphael Pires (GO). Quarto árbitro: Fernando Henrique de Medeiros Miranda (SC). Árbitro de Vídeo (VAR): Elmo Alves Resende Cunha (GO). Auxiliares do VAR: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (GO) e Leone Carvalho Rocha (GO).

Estádio: Beira-Rio, Porto Alegre – RS.

Inter empata com o Botafogo pelo Brasileirão Sub-20

O Celeiro de Ases trouxe um ponto do Rio de Janeiro. Com dois gols de Caio Vidal, o Colorado ficou no 2 a 2 contra o Botafogo na tarde desta quarta-feira (14/10) pela 6ª rodada do Campeonato Brasileiro Sub-20. O resultado deixou o Inter na 4ª colocação com 11 pontos ganhos.

Colorado está na 4ª colocação com 11 pontos ganhos (Fotos: Fabio de Paula/BFR)

A primeira etapa foi movimentada. As chances de gol apareceram para ambos os lados, mas foi o Botafogo que abriu o marcador. Aos 25 minutos Ênio marcou. A resposta do Internacional veio com Caio Vidal em cobrança de pênalti. Quando o jogo se encaminhava para o intervalo, a arbitragem assinalou pênalti de Murilo em Ênio. Na cobrança Navarro recolocou o Botafogo na frente.

No segundo tempo o Colorado sofreu com as investidas do adversário nos primeiros 15 minutos de jogo. Após esse período o time do técnico Fábio Matias retomou as ações do jogo e chegou ao empate aos 28 minutos. Vinicius Mello foi derrubado na área e na cobrança de pênalti, mais uma vez Caio Vidal converteu.

O Colorado ainda tentou o gol da vitória, mas esbarrou na defensiva do Botafogo, que chegou a atuar com um a menos, já que o zagueiro Laion ainda foi expulso no fim do segundo tempo.

Na próxima rodada o adversário serão o São Paulo

O Inter atuou com Anthoni Spier; Lucas Mazetti, Tiago Barbosa (João Pedro), João Felix e Diego Ferreira (Cazzetta); Murilo Gomes (Igor), Rafael Gelatti (Nicolas), Vinicius Tobias (Bernardo) e Gustavo Souza (Allison Patrick); Caio Vidal e Vinicius Mello.

O Celeiro de Ases volta a campo no domingo (18/10), às 20h30min, contra o São Paulo, fora de casa.

Colorado empata com o Bahia no Beira-Rio

O Inter recebeu o Bahia, na tarde deste domingo (06/09), para a disputa de partida da oitava rodada do Brasileirão. Iniciado às 16h, o duelo teve o 2 a 2 como placar final, gols de Patrick e Thiago Galhardo para o Clube do Povo. Com o resultado, o Colorado, que na próxima quinta-feira (10/09) enfrenta o Ceará, no Beira-Rio, segue na primeira colocação nacional, com 17 pontos.

+ Assista aos bastidores da partida


Primeiro tempo franco

Na contramão do que o primeiro minuto de partida poderia sugerir, a etapa inicial do duelo entre Inter e Bahia transcorreu de maneira bastante truncada. Cedo, D’Alessandro exigiu grande milagre do goleiro rival, lance que serviu de alerta para a equipe visitante, que passou a encurralar as ações ofensivas do Clube do Povo e, com o tempo, também a se soltar quando com a bola. Ao adiantar suas linhas, o time tricolor foi recompesado, aos 19, com gol de Rodriguinho.

A resposta colorada chegou logo depois. D’Alessandro pressionou a defesa adversária, retomou a posse e serviu Galhardo, que cruzou na cabeça de Patrick. Como um atacante, o Pantera testou forte, direto para a meta de Claus. Nos instantes anteriores ao intervalo, Gilberto e Thiago Galhardo balançaram as redes, mas tiveram seus tentos corretamente anulados por impedimento. Com o 1 a 1 no placar, as equipes desceram para o vestiário.


Etapa final movimentada

O Colorado retornou para a etapa final disposto a virar a partida. É bem verdade que o Bahia, cada vez mais fechado, incomodava as tramas ofensivas alvirrubras, mas, inteligente, o Clube do Povo não teve problemas em apostar na bola aérea. Assim viu Cuesta sofrer, aos 17 minutos, pênalti cometido por Gregore. Thiago Galhardo, cirúrgico, marcou. Em desvantagem no marcador, a equipe visitante passou a somar cada vez mais atacantes e, de tanto pressionar, empatou. Clayson, aos 51, fez, também da marca da cal, o segundo tento tricolor.


Melhores momentos – primeiro tempo

1min – SAAAAAALVA CLAUS! Uendel avança pela esquerda e cruza forte, na segunda trave. D’Alessandro domina, ajeita para a canhota e manda chute consciente, rasteiro. Goleiro visitante opera um milagre!

8min – UH! Boschilia recebe pela intermediária, ajeita para a canhota e solta chute forte. A bola pica na frente de Claus e ganha velocidade, mas o goleiro consegue encaixar firme.

9min – Cartão amarelo para Nino Paraíba. Falta violentíssima sobre Boschilia.

19min – Rodriguinho abre o placar para o Bahia no Beira-Rio.

27min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOL DO INTERNACIONAAAAL! É DO CLUBE DO POVO, DO COLORADO ALEGRIA DOS NOSSOS CORAÇÕES! PATRICK, PATRICK, PATRICK! Inter pressiona a saída de bola da equipe baiana. Pela direita, D’Alessandro retoma a posse e deixa com Galhardo, que cruza de primeira, com a canhota. Açucarada, ela chega na medida para Patrick, e o Pantera não perdoa. Um testaço, no contrapé do goleiro Claus, sem chances de defesa. Tudo igual no Beira-Rio! Wakanda Forever no Gigante!

PANTERA É GOL! Inter pressiona a saída de bola do Bahia, D'Ale bate a carteira do zagueiro, Thiago Galhardo cruza e Patrick sobe de cabeça! Tudo igual no Gigante! Inter 1×1 Bahia. #VamoInter 🇦🇹

Posted by Sport Club Internacional on Sunday, September 6, 2020

31min – Chega o Bahia! Gilberto recebe pela esquerda da área colorada, ajeita para a canhota e finaliza travado por Zé Gabriel. A bola toma muita altura, encobre Lomba, mas cai no travessão. Escanteio para os visitantes.

37min – UUHHH! D’Alessandro recupera a posse e deixa com Edenilson, que costura na altura da meia-lua, ajeita para o pé direito e tenta rasteiro. Ela sai tirando tinta da trave canhota de Claus.

39min – SAAALVA CLAUS! D’Alessandro cobra escanteio aberto. Goleiro baiano deixa o gol e dá um tapa providencial, que tira a bola da direção de Patrick. Pantera tenta de bicicleta e devolve para a confusão, mas a zaga consegue cortar.

41min – Gol anulado de Gilberto. Lançado em condição irregular, o centroavante baiano sai de frente com Lomba e finaliza rasteiro. Impedimento devidamente assinalado.

44min – SERIA UM GOLAÇO! Cuesta recebe pela esquerda da intermediária colorada e cruza na área baiana. Galhardo se atira em bonito voleio, que explode na trave antes de morrer nas redes visitantes. Na sequência do lance, arbitragem assinala impedimento do camisa 17 do Clube do Povo.

45min – Vamos a 46. Mais um!

46min – Encerrada a primeira etapa.


Segundo tempo

3min – BLOQUEIA A ZAGA! Patrick faz grande jogada pela esquerda, supera dois marcadores e ajeita para D’Alessandro, que chega batendo colocado. Travada pela marcação, a bola sai em escanteio para o Inter.

9min – Claus! Uendel vai ao fundo pela esquerda e cruza aberto. Goleiro baiano deixa o gol e faz a defesa, segura.

12min – Cartão para Ronaldo! Volante baiano erra a saída de bola e tem a posse tomada por Galhardo. Camisa 17 colorado escapava em velocidade, mas é derrubado pelo adversário. Falta perigosa para o Clube do Povo!

13min – SAAAAAAAAAAAALVA CLAUS! QUE COBRANÇA, CABEZÓN! D’Ale, com a canhota, manda teleguiada. Por cima da barreira, rente ao poste esquerdo, a bola tinha endereço, mas o goleiro baiano voa para espalmar. Milagre!

17min – QUASE CONTRA! Pressionado pela marcação de Patrick, Juninho tenta o recuo para Claus, mas quase ataca o próprio patrimônio.

18min – PÊNALTI PARA O INTER! D’Alessandro levanta na segunda trave, na medida para Cuesta, que é empurrado por Gregore. Volante rival leva o amarelo.

21min – Braulio da Silva Machado consulta o VAR e confirma a marcação da penalidade!

22min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOL DO INTERNACIONAL! É DO CLUBE DO POVO, É DO COLORADO ALEGRIA DOS NOSSOS CORAÇÕES! É DELE, É DO ARTILHEIRO, É DO HOMEM GOL, É DE THIAGOL GALHARDO! QUE GOLAÇO, QUE GOLAÇO DE PÊNALTI! Thiago Galhardo cobra com muita precisão, forte, alto, no meio do gol baiano.

THIAGOL NÃO PERDOA! Frio y calculista, Galhardo bate com categoria, sem chances pro goleirão! VIRA, VIROU! Inter 2×1 Bahia. 💪 #VamoInter 🇦🇹

Posted by Sport Club Internacional on Sunday, September 6, 2020

22min – Entra Rossi, sai Daniel. Primeira troca no Bahia.

23min – Cartão amarelo para Zé Gabriel.

25min – Muda o Inter! Vem Rodinei, sai Uendel. Com a mudança, o substituto ocupa o flanco direito, enquanto Saravia passa a atuar na lateral-esquerda.

30min – No Bahia, vem Clayson, sai Gilberto.

32min – Dupla troca no Inter. Peglow e Marcos Guilherme são as novidades. Saem Boschilia e D’Alessandro.

35min – PRA FOOOOORA! Peglow fica com a sobra de bola aérea, domina pelo centro e dispara em velocidade. Jovem promessa do Celeiro de Ases ginga para cima da marcação, avança até a meia-lua da grande área, corta para a direita e chuta forte, rasteiro. Desviada, a bola sai tirando tinta do poste!

36min – Amarelo para Rodinei. Lateral impediu o contra-ataque baiano.

38min – No Bahia, mais duas trocas. Entram Fessim e Edson. Deixam o campo Rodriguinho e Ronaldo.

43min – Dupla troca de Coudet! Combalido, Johnny dá lugar a Rodrigo Moledo. Deixa o campo também Patrick. Em seu lugar, estreia Abel Hernández.

44min – QUE JOGADA! Hernández, em seu segundo toque na bola, deixa de calcanhar para Marcos Guilherme, que invade a área em grande velocidade e só não conclui para as redes devido à excelente saída de gol do goleiro Claus.

45min – Vamos a 51. Mais seis!

50min – Pênalti para o Bahia.

51min – Clayson empata para a equipe visitante.

51min – Árbitro acrescenta dois minutos.

54min – Abel Hernández corta, em cima da linha, cabeceio da equipe adversária.

55min – Fim de partida.


Ficha técnica:

Internacional (2): Marcelo Lomba; Renzo Saravia, Zé Gabriel, Victor Cuesta e Uendel (Rodinei); Johnny (Rodrigo Moledo); Gabriel Boschilia (Marcos Guilherme), Edenilson e Patrick (Abel Hernández); Andrés D’Alessandro (João Peglow) e Thiago Galhardo. Técnico: Eduardo Coudet.

Bahia (2): Mateus Claus; Nino Paraíba, Ernando, Juninho e Juninho Capixaba; Ronaldo (Edson), Gregore, Daniel (Rossi) e Rodriguinho (Fessin); Elber e Gilberto (Clayson). Técnico: Cláudio Prates.

Gols: Rodriguinho, aos 19 minutos do primeiro tempo, e Clayson, aos 51 minutos do segundo tempo (B). Patrick, aos 27 minutos do segundo tempo, e Thiago Galhardo, aos 22 minutos do segundo tempo (I).

Cartões amarelos: Nino Paraíba, Gregore e Ronaldo (B). Zé Gabriel e Rodinei (I).

Arbitragem: Braulio da Silva Machado (SC) apita, auxiliado por Neuza Ines Back (SP) e Éder Alexandre (SC). VAR: Marcio Henrique de Gois, de São Paulo.

Estádio: Beira-Rio.