Bastidores da 34ª Rodada

Na Arena da Baixada, o Inter empatou sem gols com o Athletico-PR e chegou aos 66 pontos no Brasileirão. Líder do Campeonato, o Clube do Povo soma 12 partidas de invencibilidade no Campeonato. Confira os bastidores do confronto:

Inter empata na Baixada e segue no topo

Empate sem gols na Baixada. O Clube do Povo visitou o Athletico-PR nesta quinta-feira (04/02), a partir das 21h, em partida da 34ª rodada do Brasileirão. O resultado mantém o Inter na liderança com 66 pontos, dois a mais do que o Flamengo, segundo.

+ Assista aos Bastidores da partida

O Clube do Povo volta a campo na próxima quarta-feira (10/02), às 19h. No Beira-Rio, o adversário será o Sport Recife, em partida da 35ª rodada do Brasileirão.


Primeiro tempo de momentos

Dono da casa, o Athletico surpreendeu na escalação escolhida para o jogo desta quinta. Escalada sem um centroavante de ofício, a equipe rubro-negra construiu intensa movimentação nos minutos iniciais do confronto, marcados por predomínio local, refletido até mesmo em bola na trave.

A partir dos 20 minutos, o jogo mudou. Primeiro, Yuri marcou, mas em jogada anulada por impedimento do ataque colorado. Logo depois, Rodinei carimbou o poste em lindo arremate. O lateral voltaria a assustar em cobrança de falta, bem como Patrick e Praxedes. Embora dono de grandes oportunidades, o Inter, que apostava em escapes rápidos, não alterou o escore até o intervalo, iniciado com o placar em branco.


Etapa final de neutralizações

Na posse de bola, o panorama da etapa inicial foi mantido após o intervalo, com superioridade nos números rubro-negros. As oportunidades, porém, tornaram-se mais escassas em relação ao tempo predecessor. Nos vestiários, as duas equipes demonstraram excelente leitura das virtudes adversárias, encurtando espaços rivais. Assim, o 0 a 0, que nos 45 minutos iniciais chegou a soar teimoso, foi mantido até o último apito.


Melhores momentos – primeiro tempo

5min – Por cima! Nikão recebe na entrada da área colorada e finaliza de primeira. Forte demais, ela sai em tiro de meta para o Clube do Povo.

6min – Nikão recebe na área pela direita e rola na direção de Carlos Eduardo. Atacante rival não consegue o desvio, e Lomba tem novo tiro de meta para cobrar.

17min – Na trave! Cittadini pega a sobra de corte parcial da zaga colorada e finaliza de primeira. Arremate explode no poste.

21min – ANULADO! Edenilson inverte linda bola para Moisés, que invade a área rubro-negra pela esquerda e serve Yuri. De frente para Santos, o camisa 11 completa para o gol, invalidado por impedimento do lateral do Clube do Povo.

23min – Corta a zaga! Praxedes recebe na esquerda e tenta o cruzamento rasteiro. Ela explode na defesa e sai em lateral para o Inter.

23min – NO POOOOOOOOSTE! Após corte da zaga rival, Rodinei fica com a sobra e, com veneno, finaliza. Bola explode no poste direito de Santos. Passou perto!

26min- SÓ ASSIM! Patrick faz fila na defesa do Athletico, deixa três para trás e, no último instante, é derrubada por Jonathan. Falta perigosíssima para o Clube do Povo!

28min – SAAAAAAAAAALVA, SANTOS! Rodinei cobra, a barreira abre e, no canto direito, goleiro atleticano voa para defender. Mais uma grande chance do Inter!

37min – Saiu cartão! Thiago Heleno é amarelado por falta em Yuri Alberto.

39min – MEU DEUS! Patrick, de letra, serve Yuri após passe de Marcos Guilherme. Camisa 11 tenta o arremate, mas é travado por Pedro Henrique. Quase!

45min – Mais um. Vamos a 46!

45min – PRA FOOOOOOOOORA! Edenilson levanta da direita para Praxedes, que sobe soberano na primeira trave. O camisa 45 desvia, e ela sai ao lado do poste esquerdo de Santos.

46min – Encerrado o primeiro tempo.


Segundo tempo

11min – Lomba! Após escanteio fechado da esquerda do ataque rival, goleiro colorado dá o tapa e afasta o perigo.

19min – Moisés recebe o amarelo por falta em Carlos Eduardo.

21min – Amarelo para Léo Cittadini. Falta em Moisés.

22min – Duas mudanças no Clube do Povo. Entram Johnny e Peglow nas vagas de Praxedes e Marcos Guilherme.

26min – UH! Patrick arranca em rápido contra-ataque para o Clube do Povo! Pantera costura pelo centro e lança Yuri, que só não chega à bola pois Santos, fora da área, corta o perigo. Não confirmada a sequência colorada, árbitro assinala falta no meio-campista do Inter. Amarelo para Richard.

27min – Muda o Athletico. Entra Renato Kayzer, sai Léo Cittadini.

28min – Nova mudança no Athletico. Carlos Eduardo por Vitinho.

32min – No Athletico, Christian substitui Canesin. Jadson também deixa o campo, vem Reinaldo.

36min – Rodrigo Lindoso recebe o amarelo.

38min – Caio Vidal entra, Patrick sai. Trocou Abel.

42min – Duas mudanças no Inter. Abel Hernández e Zé Gabriel por Yuri e Lindoso.

44min – Assustadora a falta sofrida por Caio e ignorada por Ricardo Marques.

45min – Vamos a 50. Mais cinco.

46min – Muda o Athletico. Zé Ivaldo por Jonathan.

50min – Fim de jogo na Baixada.


Ficha técnica:

Athletico-PR (0): Santos; Jonathan (Zé Ivaldo), Pedro Henrique, Thiago Heleno e Abner; Richard, Léo Cittadini (Renato Kayzer) e Fernando Canesin (Christian); Nikão, Jadson (Reinaldo) e Carlos Eduardo (Vitinho). Técnico: Paulo Autuori.

Internacional (0): Marcelo Lomba; Rodinei, Lucas Ribeiro, Victor Cuesta e Moisés; Rodrigo Lindoso (Zé Gabriel) e Edenilson; Marcos Guilherme (João Peglow), Bruno Praxedes (Johnny) e Patrick (Caio Vidal); Yuri Alberto (Abel Hernández). Técnico: Abel Braga.

Cartões amarelos: Thiago Heleno, Richard e Léo Cittadini (A). Moisés e Rodrigo Lindoso (I).

Arbitragem: árbitro Ricardo Marques Ribeiro (MG), auxiliado por Guilherme Dias Camilo (MG) e Celso Luiz da Silva (MG); quarto árbitro: Lucas Paulo Torezin (PR); árbitro de Vídeo (VAR): Emerson de Almeida Ferreira (MG), auxiliado por Diego Pombo Lopez (BA) e Elicarlos Franco de Oliveira (BA).

Estádio: Arena da Baixada, Curitiba (PR).

Fotos: Athletico-PR 0x0 Inter – Brasileirão/34ª rodada

Colorado volta com um ponto importante de Curitiba

Patrick comenta duelo contra o Athletico

Meio-campista titular do time de Abel Braga, Patrick conversou de maneira exclusiva com a Mídia do Inter. O papo, que ocorreu após o treino desta quarta-feira (03/02), serviu para projetar o duro duelo que o Colorado tem pela frente. A partir das 21h de quinta, o Clube do Povo, consciente de seu objetivo no torneio, enfrenta o Athletico, em partida da 34ª rodada do Brasileirão.

“A gente sabe que é muito difícil jogar lá na Arena, mas temos um objetivo muito grande pela frente e, se a gente quiser chegar nele, temos que fazer um bom jogo e conseguir os nossos três pontos. Então, com todo o respeito ao Athletico, a gente vai se dedicar ao máximo, vai ouvir as instruções do professor pra fazer um grande jogo lá e, se Deus quiser, trazer a vitória.”

Patrick

Autor do primeiro gol do Inter na vitória por 2 a 1 sobre o Bragantino, o Pantera vive grande momento com a camisa colorada. Quinto jogador com mais desarmes feitos no Brasileirão, sétimo mais caçado e terceiro em dribles no torneio, o meio-campista reconhece a boa fase, mas compartilha os números com todos os companheiros de equipe.

“Fico feliz, por estar bem, estar ajudando o Inter. Eu não costumo focar nesse desempenho individual, mas sim na equipe. Costumo me dedicar ao máximo para poder ajudar a equipe. Se eu vou fazer gol ou não, se a gente vai vencer… isso é mérito do trabalho da equipe toda, e eu fico feliz por estar fazendo parte disso.”

Patrick

A união do grupo, inclusive, é um dos pontos destacados por Patrick como diferencial da equipe colorada. Consciente do papel decisivo que a coesão do elenco desempenha na caminhada do Inter no Brasileirão, o Pantera destaca: a sintonia entre os jogadores está gerando frutos.

“Eu acho que está todo mundo feliz, todo mundo unido, trabalhando junto e preparado para o momento que estamos vivendo. Tanto é que, quem entra, ajuda. Quem está jogando, também ajuda, e quem está de fora, nos incentiva. Acho que essa sintonia tem dado certo. O caminho é esse: trabalho e humildade.”

Patrick

Os destaques elencados pelo meio-campista não ficaram restritos ao campo de jogo. Patrick também agradeceu o apoio que a torcida tem oferecido ao longo da caminhada colorada. Em tempos de portões fechados, a energia das arquibancadas deu lugar ao carinho entregue via mensagens e demonstrações de amor no cotidiano do grupo vermelho.

Fico feliz e tento retribuir ao máximo. A gente sabe que é um momento difícil, em que a torcida está de casa, mas, mesmo de casa, se estiverem vindo mensagens e energias positivas, a gente tem tudo para entrar mais forte dentro de campo. Que continue assim até o final do Campeonato!”

Patrick