Os Bastidores do Maracanaço

Uma goleada histórica não é feita por apenas 90 minutos. Da visita surpresa dos familiares à corrente antes do jogo, o Colorado se preparou para fazer bonito no Maracanã. Comemore mais uma vez os 4 a 0 sobre o Flamengo nos nossos Bastidores!

“O torcedor colorado merece”, destaca Diego Aguirre na coletiva pós-jogo

Anotou a placa? O Inter deu show no Maracanã e goleou o Flamengo, na tarde deste domingo (08/08), por 4 a 0. Após o jogo, que contou com três gols de Yuri Alberto e um de Taison, o comandante Diego Aguirre concedeu entrevista coletiva, na qual repercutiu a maiúscula vitória alvirrubra. Confira as principais aspas:

“Tivemos um último jogo em que não jogamos bem. Nos anteriores, perdemos muitas situações e não conseguimos o resultado. E, quando não tem o resultado, parece que está tudo mal. Hoje, as bolas foram para dentro. As coisas não estavam tão ruins quando não ganhamos, e também não estão tão boas. Precisamos seguir acreditando, pois o time é muito bom.”

Diego Aguirre

“Tomara que seja o começo de muitas vitórias. O torcedor colorado merece. Fico feliz por ter dado essa vitória a todos os colorados que estavam sofrendo, e também pelos jogadores, diretoria, comissão técnica. Tem coisas que temos que valorizar. Esse 4 a 0 mostrou o nível dos nossos jogadores, o que podemos jogar.”

Diego Aguirre

“O grupo se sentia triste, sentia que precisávamos dar mais alegrias para todos. Poderíamos ter feito algumas coisas melhor, e isso virou atitude. Hoje, o time brigou. Jogou como grande, contra todo o favoritismo. Ninguém acreditava, mas o futebol é maravilhoso e tem essas surpresas – que não foi para nós. Nos preparamos para ganhar.”

Diego Aguirre

Quem também falou, mas com exclusividade para as redes sociais do Inter, foi Yuri Alberto. Autor de três gols no gramado do Maracanã, o camisa 11 colorado destacou a importância do resultado conquistado no Rio de Janeiro, além de comemorar o grande desempenho que teve.

“Uma noite muito mais do que especial.

Voltar a ganhar fora de casa,

voltar a ganhar no Brasileirão.

Dá uma confiança muito grande,

ainda mais dessa maneira.”

Yuri Alberto

Com três de Yuri e um de Taison, Clube do Povo atropela o Flamengo no Maracanã

Maracanaço colorado! Fora de casa, o Clube do Povo atropelou o Flamengo, na noite deste domingo (08/08), em partida da 15ª rodada do Brasileirão. Yuri Alberto, três vezes, e Taison marcaram os gols do Inter na goleada de 4 a 0, resultado que leva os comandados de Diego Aguirre aos 18 pontos no Nacional.

+ Confira as entrevistas pós-jogo

Embalado pela atuação de luxo oferecida em solo carioca, o Inter também enfrentará time do Rio de Janeiro na próxima rodada, de número 16 no Brasileirão. A partir das 20h30 de domingo (15/08), o Clube do Povo recebe, no Beira-Rio, o Fluminense.


Inter mortal

De um lado, o dito time do momento, de futebol ofensivo e envolvente. O problema para ele? Do outro, estava o Clube do Povo do Rio Grande do Sul. Após construir 10 minutos de intensa pressão, o Flamengo sofreu para achar espaços na bem postada defesa colorada, ao passo que o Inter, inteligente, escapava com facilidade do adversário.

Aos 16, Edenilson e Yuri Alberto tabelaram com agilidade pela direita, e o camisa oito encontrou espaço açucarado para servir o companheiro, que não perdoou. O caminho estava pela direita, explorada por Saravia poucos minutos depois, quando Yuri quase ampliou. O segundo dele, porém, estava guardado para os 40, quando recebeu de Patrick e mandou para as redes.


Rolo compressor

Se a etapa inicial presenciou um Inter eficaz, mas também preocupado defensivamente, o segundo tempo foi de show colorado em todos os setores. Pela primeira vez desde seu retorno ao Beira-Rio, Taison marcou um gol com a camisa colorada, anotado exatamente contra o último adversário que flagelara em sua primeira passagem. Aos 10 do segundo tempo, o ídolo alvirrubro atravessou o campo inteiro para ampliar o placar: 3 a 0!

O passeio nocauteou o rival, que perdeu Gabriel Barbosa, expulso, aos 13. A superioridade numérica ofereceu ainda mais espaços para o Inter, que chegou ao quarto com Yuri Alberto. Para marcar seu segundo hat-trick pelo Clube do Povo, o camisa 11 escapou nas costas da zaga rival, recebeu linda assistência de Edenilson e, de frente com Diego Alves, fuzilou. Colorado 4 a 0, e atropelo confirmado no Maracanã.


Primeiro tempo

8min – Gabriel sai cara a cara com Daniel e finaliza sem direção. Tiro de meta para o Inter.

15min – Everton Ribeiro, da intermediária ofensiva, arrisca. Daniel, no centro do gol, encaixa.

18min – GOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! GOOOOOOOOOOOOOL DO INTERNACIONAL! DO CLUBE DO POVO! DO COLORADO! YURI, YURI, YURI ALBERTO É NOME DA ALEGRIA VERMELHA! Edenilson recebe bom passe de Lindoso e, já no campo de ataque, aciona Yuri. O camisa 11 devolve para Ed, que corta a zaga e serve o companheiro. Cara a cara, o atacante alvirrubro finaliza com muita qualidade

Comemore o gol de Yuri na narração da Rádio Colorada

20min – PRA FOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOORA! Saravia escapa pela direita e cruza rasteiro. Na pequena área, livre, Yuri finaliza ao lado da meta rubro-negra. Quase, quase!

26min – FALTA! Taison inverte linda bola para Saravia, que escapa pela direita e é parado com tapa de Filipe Luís. Bandeira marcou.

40min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É DELE, É DELE, É DE NOVO DELE! YURI, YURI, YURI ALBEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEERTO FAZ A FESTA NO MARACANÃ! Saravia escapa pela direita em altíssima velocidade e inverte linda bola para Patrick. Na altura da quina esquerda da grande área, o Pantera aciona Yuri, que invade a área e solta o canhotaço. Com leve desvio, ela mata Diego Alves, que nada consegue fazer.

O segundo do Inter na narração da Mais Vermelha

44min – MILAAAAAAAAGRE DE DANIEL! Diego cruza linda bola para Bruno Henrique, que desvia, dentro da pequena área, à queima-roupa. Goleiro colorado salva o Inter e, no rebote, antecipa-se a Everton Ribeiro e garante segurança para a pátria vermelha.

45min – Mais cinco. Vamos a 50!

46min – DANIEL! Diego finaliza de muito longe, e goleiro colorado encaixa em dois tempos.

50min – Árbitro abre o intervalo, Diego reclama de alguma coisa e recebe o amarelo.


Segundo tempo

8min – CUESTA! Isla invade a área colorada pela direita e tenta o cruzamento rasteiro. Patrón desvia e ela morre em escanteio.

10min – ELE VOOOOOOOOLTOOOOOOU! ELE ESTÁ ENTRE NÓS! ELE ESTÁ DE VOLTA! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOL! É DO INTERNACIONAL! É DA MINHA CRIA! É COM O DNA DO CELEIRO, DO POVO, DA MINHA GENTE! É DE TAAAAAAAAAAAAISON! Flamengo cobra escanteio por cima, defesa colorada afasta, Patrick ajeita e ela sobra limpa para Taison. O camisa 10 deixa o primeiro para trás, dá uma meia-lua em Filipe Luís, invade a área rubro-negra e solta um petardo, rasteiro, endereçado às redes cariocas.

Assim a Rádio Colorada narrou o golaço de Taison

13min – Muda o Flamengo. Diego vai Michael vem.

14min – SAAAAAAAAAAAALVA, DANIEL! Após escanteio cobrado pela direita, Léo Pereira vai no terceiro andar e cabeceia para o chão. Goleiro colorado opera um milagre cinematográfico.

16min – Gabriel Barbosa é expulso por reclamação.

23min – UUUUUUUUUH! Saravia serve Lindoso, que sai de cara com Diego Alves e finaliza rasteiro. Goleiro salva os visitantes.

24min – VIROU PASSEIO! VIROU MASSACRE! VIROU ATROPELO! É MAIS UM! É HAT-TRICK DO MEU 11! É GOL! É GOL! É GOL! É GOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! Edenilson, pela direita, rente à linha lateral, serve assistência maravilhosa para Yuri Alberto. Camisa 11 invade a área com enorme liberdade, se aproxima de Diego Alves e solta um foguete indefensável. O Clube do Povo abre 4 a 0!

Festeje a goleada confirmada pelos microfones da Colorada

26min – Muda o Flamengo. Entram Thiago Maia e Pedro, saem Everton Ribeiro e Arrascaeta.

26min – Taison deixa o campo. Entra Palacios.

30min – Palacios recebe o amarelo por falta no campo de ataque.

34min – Heitor e Guerrero entram no Inter. Sacados Saravia e Edenilson.

40min – QUAAAAAAAAAASE! Yuri escapa em velocidade pelo corredor direito e cruza para Guerrero. Na entrada da área, pela esquerda, o peruano domina e, após bonito giro, finaliza rasteiro. Foi por muito pouco.

42min – SAAAAAAAAAAALVA, DANIEL! Michael invade a área colorada a dribles e, dentro da pequena área, finaliza. Goleiro do Inter arma o muro e salva.

43min – Novas duas trocas no Clube do Povo. Johnny e Caio por Dourado e Yuri.

45min – Sete de acréscimos. Vamos a 52.

51min – Jogo encerrado no Maracanã!


Ficha técnica:

Flamengo (0): Diego Alves; Mauricio Isla, Gustavo Henrique, Léo Pereira e Filipe Luís; Willian Arão, Diego (Michael), Everton Ribeiro (Thiago Maia), Giorgian De Arrascaeta (Pedro) e Bruno Henrique; Gabriel Barbosa. Técnico: Renato Portaluppi.

Internacional (4): Daniel; Renzo Saravia (Heitor), Bruno Méndez, Victor Cuesta e Paulo Victor; Rodrigo Dourado (Caio Vidal), Rodrigo Lindoso e Edenilson (Paolo Guerrero); Taison (Carlos Palacios), Yuri Alberto (Johnny) e Patrick. Técnico: Diego Aguirre.

Gols: Yuri Alberto, aos 18’/1ºT, aos 40’/1ºT e aos 24’/2ºT, e Taison, aos 9’/2ºT (I).

Cartões amarelos: Gabriel Barbosa e Diego (F); Pedro Henrique e Carlos Palacios (I).

Cartão vermelho: Gabriel Barbosa (F).

Arbitragem: Paulo Roberto Alves Junior (PR), auxiliado por Victor Hugo Imazu dos Santos (PR) e Sidmar dos Santos Meurer (PR). Quarto árbitro: Rafael Martins de Sá (RJ). Ábitro de Vídeo (VAR): Adriano Milczvski (PR). Auxiliar do VAR: Luciano Roggenbaum (PR).

Estádio: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ).

Bastidores da goleada na Libertadores

O Inter superou o Deportivo Táchira, na última terça-feira (27/04), por 4 a 0. Partida da segunda rodada do grupo B da Libertadores, foi disputada no Beira-Rio, e contou com gols de Victor Cuesta, Patrick, Thiago Galhardo e Yuri Alberto para o Clube do Povo. Confira os bastidores da vitória:

Gurias são superadas pelo Corinthians

Gurias perderam a primeira no Brasileirão A1/Foto: Mariana Capra

Pela quarta rodada do Brasileirão A1, as Gurias Coloradas foram a campo na noite desta quarta-feira (28/04), no Campo do SESC, diante do Corinthians. Após um primeiro tempo de bastante equilíbrio, as visitantes construíram boa etapa final para superar o Internacional por 4 a 0. O Clube do Povo volta a campo no próximo sábado (01/05), às 20h, contra a Ferroviária, no Beira-Rio.


Muita luta, bom futebol

Escaladas com novidades, as Gurias Coloradas foram a campo com escalação bastante competitiva. Além da estreia de Bruna Benites na temporada, recuperada de Covid-19, o Inter contou com a presença de Isa Haas no meio de campo, formando dupla de volantes ao lado de Djeni. A postura dificultou o reconhecido jogo ofensivo do Corinthians, que até criou suas oportunidades, mas também esbarrou na boa atuação da goleira Vivi.

Isa desempenhou função de meio-campista/Foto: Mariana Capra

No ataque, Wendy, outra novidade entre as titulares, foi a responsável pelos melhores escapes das Gurias Coloradas. Brigadora, a uruguaia cavou seguidas faltas, que originaram situações perigosas para a defesa visitante. Na melhor chegada vermelha, Isa Haas desviou com perigo após cruzamento de Djeni, mas ninguém completou em direção às redes para desempatar.


Visitantes mortais

Wendy lutou com a zaga paulista/Foto: Mariana Capra

Reiniciado o confronto, as Gurias adotaram, gradualmente, postura mais ofensiva. Logo aos cinco, inclusive, Wendy recebeu bom lançamento nas costas da zaga, mas foi flagrada em impedimento duvidoso pela arbitragem. Pouco depois, Rafa Travalão e Shashá entraram em campo, aumentando o poder de fogo vermelho. No mesmo instante, contudo, as visitantes balançaram as redes com Jheniffer.

O gol comprometeu parte da proposta de jogo das Gurias, que até pressionaram nos minutos seguintes ao tento rival, mas não conseguiram segurar os contra-ataques da equipe paulista, letais na casa dos 20 minutos, quando o Corinthians marcou mais duas vezes. Dono da bola a partir de então, o time visitante ainda marcaria o quarto, com Cacau, no último lance.

Inter volta a campo no próximo sábado (01/05), no Beira-Rio/Foto: Mariana Capra

Melhores momentos – primeiro tempo

1min – UH! Djeni cobra falta pela esquerda da intermediária. Aberta, ela encontra Isa Haas, que escora para a confusão, mas ninguém completa

10min – Katiuscia faz boa jogada pela direita, supera Belinha e cruza rasteiro. Grazi, de primeira, finaliza na rede de fora da meta vermelha.

14min – Tamires invade a área colorada pela esquerda e finaliza cruzado. A bola cruza a extensão da pequena área, mas ninguém desvia.

20min – Pra fora! Grazi recebe na área colorada e finaliza sem direção. Levou perigo.

23min – NADA? Wendy recebe de Djeni e, dentro da grande área adversária, divide com Tamires. Atacante uruguaia sofre o desarme, entendido por Roger Goulart como legal.

Djeni foi mais uma vez titular do Inter/Foto: Mariana Capra

27min – Vivi! Crivelari recebe pela direita, corta para dentro e manda de canhota. Goleira colorada encaixa.

41min – VIVIIII! Jheniffer percebe goleira colorada adiantada e tenta por cobertura. Arqueira consegue bons passos para trás e espalma em escanteio.

45min – Mais um. Vamos a 46!

46min – Fim de papo. Encerrada a primeira etapa!


Segundo tempo

3min – VIU O QUÊ? Wendy é lançada nas costas da zaga paulista e sai de frente com a goleira Kemelli, que atropela a atacante colorada. Seria pênalti, mas a arbitragem, sabe-se lá porquê, viu impedimento no lance.

5min – VIVI! Yasmim cobra falta frontal. Perigosa, a batida vem rasteira, mas é espalmada pela goleira, muito bem posicionada.

11min – Shashá e Rafa Travalão entram, Bruna Benites e Mari Pires saem.

12min – Jheniffer completa para as redes cruzamento feito por Tamires, da esquerda.

16min – BLITZ DAS GURIAS! Após sequência de dois cruzamentos, a zaga paulista por escanteio. Djeni, da esquerda, cobra, e Isa, na marca do pênalti, desvia. Passou muito perto!

17min – SALVA! Ju arrisca da entrada da área, e Kemelli defende.

Juliana chegou a 100 jogos no Brasileirão Feminino/Foto: Mariana Capra

18min – Trocas no Corinthians. Ingryd por Grazi, Gabi Portilho na vaga de Crivelari e Vic Albuquerque no lugar de Jheniffer.

19min – KEEEEMELLI! Fabi Simões invade a área pela direita e manda cruzado. Goleira opera grande defesa.

20min – Belinha tenta cortar chute de Adriana, mas manda contra o próprio patrimônio. Paulistas chegam ao segundo.

24min – Adriana cruza da esquerda, Portilho completa para as redes após invadir a área pela direita. Gol paulista.

30min – Muda o Corinthians. Bianca Gomes por Zanotti.

34min – Entra Cacau, sai Adriana.

36min – Fabi Simões deixa o campo para a estreia de Ximena.

Fabi Simões também lutou na frente/Foto: Mariana Capra

39min – De longe, Ju arrisca. No canto, Kemelli encaixa.

42min – Wendy por Mileninha. Maurício troca no Inter.

45min – Mais quatro. Vamos a 49.

49min – Cacau amplia a vantagem paulista.

49min – Partida encerrada.


Ficha técnica:

Internacional (0): Vivi; Leidi, Bruna Benites (Rafa Travalão), Sorriso e Belinha; Mari Pires (Shashá), Isa Haas, Juliana e Djeni; Wendy (Mileninha) e Fabi Simões (Ximena). Técnico: Maurício Salgado.

Corinthians (4): Kemelli; Katiuscia, Pardal, Yasmim e Tamires; Grazi (Ingryd), Andressinha e Gabi Zanotti (Bianca Gomes); Giovana Crivelari (Gabi Portilho), Jheniffer (Vic Albuquerque) e Adriana (Cacau). Técnico: Arthur Elias.

Gols: Jheniffer, aos 12’/2ºT, Belinha (C), aos 20’/2ºT, Gabi Portilho, aos 24’/2ºT, e Cacau, aos 49’/2ºT.

Arbitragem: Roger Goulart, auxiliado por Michael Stanislau e Fabrício Lima Baseggio.

Estádio: Campo do SESC.

Pós-jogo | As entrevistas que sucederam a goleada continental

Após golear o Deportivo Táchira-VEN por 4 a 0, o Clube do Povo chegou aos três pontos na Libertadores 2021 e, assim, dorme na liderança do grupo B da competição. Após a partida, Miguel Ángel Ramírez, técnico colorado, e Victor Cuesta, zagueiro autor de um gol e dono de uma assistência, concederam entrevista coletiva para a imprensa do continente. Confira as principais aspas:

“Não sei se foi o melhor jogo, porque tivemos, no Gauchão, jogos muito bons. Mas é importante, importante para seguir trabalhando, para seguir adequando as peças, e sempre se trabalha melhor quando se ganha, quando se ganha bem. Nos dá confiança para dar continuidade ao trabalho, e espero seguir somando. Já temos outra partida em casa, e vamos tentar fazer todo o possível para voltar a somar três pontos.”

Miguel Ángel Ramírez
A coletiva de Miguel Ángel Ramírez

“Importante ganhar aqui em casa. Precisávamos nos recuperar da derrota que tivemos em La Paz. Hoje, era importante conseguir os três pontos. E a gente vem treinando muito a bola parada. Temos grandes cobradores. Rodinei, mais uma vez, bateu muito bem durante o jogo todo. Aliás, estraguei uma assistência dele, tive a possibilidade de fazer mais um gol. Mas o importante é a vitória, e que a gente continue nessa pegada porque ainda falta muita competição.”

Victor Cuesta
A íntegra da fala de Cuesta

De maneira exclusiva, quem conversou com a Mídia do Inter foi o atacante Thiago Galhardo. Camisa 17, o atleta, responsável pelo terceiro gol colorado contra os venezuelanos, fez questão de destacar a força do grupo do Clube do Povo, que goleou em três das últimas quatro partidas que disputou. Confira:

Outro nome que marcou gol e conversou com as redes coloradas foi Patrick. O Pantera comemorou a vitória, importante para a recuperação do Inter no grupo, mas ressaltou: a competição está apenas no começo. Veja a fala do camisa cinco da Libertadores!

Inter goleia na segunda rodada dos grupos da Libertadores

O Inter goleou o Deportivo Táchira-VEN, na noite desta terça-feira (27/04), em partida da segunda rodada da fase de grupos da Libertadores. Com gols de Victor Cuesta, Patrick, Thiago Galhardo e Yuri Alberto, o Clube do Povo construiu importante vitória por 4 a 0, que leva o Colorado aos três pontos na chave B.

+ Confira as entrevistas pós-jogo

Atual líder do grupo, o Colorado volta a campo, pela Libertadores, na quarta-feira da próxima semana (05/05). O adversário, no Beira-Rio, será o Olimpia-PAR, em partida marcada para as 21h. Antes disso, o Clube do Povo visita o Juventude, às 16h de domingo (02/05), na abertura das semifinais do Gauchão.


Show colorado

Que primeiro tempo de luxo construiu o Clube do Povo no Beira-Rio! À exceção dos primeiros 10 minutos, marcados pela eficácia da defesa venezuelana, que inclusive ousava adiantar linhas na tentativa de pressionar a saída de bola vermelha, o Colorado atordoou os visitantes com a intensidade de suas peças de frente.

Mauricio, uma delas, quase abriu o placar aos 18, em bonito chute enviado para escanteio. Cobrado por Rodinei, o corner encontrou indefensável cabeceio de Victor Cuesta, responsável por inaugurar o marcador. Os visitantes ainda tentavam se reencontrar no jogo quando, aos 23, Patrick pegou a sobra de excelente trama do ataque e mandou para as redes. Vantagem!

Maduro, o Colorado igualmente soube dosar o ritmo. Na casa dos 30, por exemplo, voltou a criar oportunidades, mas também valorizou a posse de bola, que bateria na casa dos 70% até o intervalo. A ofensividade, todavia, valeria novo gol. Aos 43, Cuesta, cirúrgico, lançou. Galhardo, mortal, marcou. Que atuação!


Um a menos no campo, um a mais no placar

A partida foi reiniciada no mesmo ritmo dos minutos que antecederam o intervalo. Desta vez, porém, Varela, goleiro adversário, decidiu aparecer como potencial vilão, operando dois milagres nos instantes que sucederam o apito do árbitro. Pouco depois, Palacios recebeu o segundo amarelo, em expulsão que alterou brevemente o cenário do duelo.

Iludido com a possibilidade de descontar a vantagem vermelha, o Táchira adiantou suas linhas, liberou os laterais, acumulou atacantes e, verdade seja dita, somou crescente posse de bola. A postura, ao mesmo tempo, ofereceu espaços, percebidos por Mauricio, que aos 29 lançou Yuri. Cara a cara, o atacante escapou em velocidade, invadiu a área e mandou uma bomba para marcar o último da noite.


Melhores momentos – primeiro tempo

9min – UH! Rodinei recebe lindo toque de Palacios e, pela direita da área venezuelana, tenta o cruzamento rasteiro. A zaga corta com Granados, ela ainda desvia no lateral colorado, e morre em lateral.

12min – ESTAVA? Do campo de defesa, Moisés descola excelente lançamento para Palacios. Ele dispara nas costas da zaga rival, e é indicado em impedimento pela arbitragem.

13min – CANTO BOLA! Edenilson é lançado por Rodinei e ajeita com Mauricio, que chega batendo. Desviada, ela vai em escanteio.

18min – BONITO! De pé em pé, Inter roda até o campo de ataque. Mauricio, pela esquerda da intermediária, manda uma bomba rasteira, que Varela espalma para dentro da confusão. Antes de Galhardo, Granados afasta por escanteio.

19min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É DO INTERNACIONAL! É DO CLUBE DO POVO! É DA ACADEMIA DO POVO! É GOOOOOOOOOOOOL! CUESTA! CUESTA! Rodinei, que fase do meu garçom! O lateral cobra escanteio na segunda trave, aberto, que Cuesta testa em direção ao ângulo esquerdo da meta venezuelana. Cova tentou, mas não alcançou a endereçada.

O gol de Cuesta na voz da Rádio Colorada

21min – UUUUUUH! Moisés, pela esquerda da intermediária de ataque, arrisca um canhotaço. Desviada, ela sai tirando tinta.

22min – SAAAAAAAAALVA, VARELA! Rodinei cobra novo escanteio pela direita. Mais uma vez aberta, ela reencontra Cuesta, que agora cabeceia para baixo. Goleiro venezuelano opera um milagre.

23min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOL! É GOOOOOL! PATRICK, É GOL DO MEU PANTERA, É GOL DO PANTERA NEGRA DO BEIRA-RIO! Edenilson, da defesa, lança Galhardo. O camisa 17 dispara em altíssima velocidade, deixa marcador e goleiro no chão e serve Mauricio. O camisa 27 finaliza, mas é travado por milagre de Varela. No rebote, porém, não houve dúvida. Patrick, com a canhota, mandou na bochecha da rede. INTER AMPLIA!

Assim a Mais Vermelha narrou o gol de Patrick

24min – Na comemoração, Patrick recebe o amarelo.

28min – Pérez Greco serve linda bola para Gómez, que domina e, na entrada da pequena área colorada, finaliza cruzado. Gondola não consegue completar, e ela morre pela linha de fundo.

30min – Camacho recebe o cartão por falta em Moisés.

32min – QUE TAPA, PAPAI! Ed serve passe milimétrico para Galhardo, por cima. O camisa 17 domina e tenta servir Patrick, mas a defesa corta. Na sequência, arbitragem indica impedimento de Thiagol.

33min – COOOOOOOOORTA A DEFESA! Palacios serve para Galhardo. Nas costas da marcação, o camisa 17 tenta servir Mauricio em bonito calcanhar. Defesa, porém, afasta.

39min – Táchira pressiona e soma cruzamentos parcialmente cortados. No último deles, Cova recebe na entrada da área e arrisca. Por cima, mas assustou.

43min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOL! GOL DO INTER! GOL DO INTER! GOL DO INTER! QUE GOLAÇO, QUE JOGADA! THIAGOOOOOOOOOOOOOOOOOL! Sofrida na altura do meio de campo, falta colorada é cobrada com enormes inteligência e precisão por Cuesta. Nas costas da marcação, Galhardo domina, corta o marcador em drible de letra, e ajeita para a perna esquerda antes de finalizar sem chances para Varela. O Inter já tem três!

Galhardo marcou, e a Colorada vibrou!

44min – Na comemoração, Galhardo recebeu o amarelo.

45min – Mais dois. Vamos a 47!

46min – Palacios recebe o amarelo por falta em Granados.

47min – FIM DE PAPO! Inter três, Táchira zero. Grande vantagem!


Segundo tempo

0min – Táchira volta com novidade. Covea entra, Greco sai.

5min – MILAAAAAAAAAAAGRE! Edenilson recupera a bola para o Inter e lança Patrick. Nas costas da marcação, o Pantera domina, invade a grande área e manda a bomba, que Varela defende com o rosto.

10min – UHHHHHHHHH! Mauricio, dentro da área pela esquerda, cruza na medida. Dourado, na altura da marca do pênalti, desfere um testaço. Varela, de novo, salva.

12min – Nova mudança no Táchira. Entra Velasco, sai Hernández.

13min – Palacios recebe o segundo amarelo e é expulso.

19min – Troca dupla no Inter. Yuri por Galhardo, Marcos Guilherme no lugar de Patrick.

23min – UH! Edenilson, de ganchinho, serve Dourado, que desvia com a nuca, mas sem força. Varela defende.

24min – Covea amarelado por falta em Cuesta.

25min – Góndola amarelado. Acertou Rodinei.

27min – Chacon por Góndola, Angarita no lugar de Gómez. Táchira mudou.

28min – No Inter, Rodinei, combalido após pancada de Góndola, deixa o campo. Heitor entra. Outra novidade é Nonato, que substitui Edenilson.

29min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOL! GOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOL DO INTERNACIONAL! É GOL COLORADO! É DO CLUBE DO POVO! YURI, YURI, YURI ALBERTOOOOOOOO! Inter recupera a posse de bola pela esquerda do campo de defesa com Mauricio, que lança na medida para Yuri. Camisa 11 domina, dispara, invade a área, tira da marcação e, de canhota, estufa as redes. É O QUARTO!

Confira a narração da emissora do Clube do Povo para o gol de Yuri

30min – Na sequência do gol do Inter, entrou Fernández. Francisco deixou o campo.

31min – PRA FOOOOOOOOOOOOOOOOORA! QUE ASSISTÊNCIA, MAURICIO! Camisa 27 serve, Marcos Guilherme escapa, invade a área e, ao perceber a hesitação de Varela, tenta por cobertura. Para fora!

33min – SAAAAAAAAAAAAALVA! Nonato recebe de Yuri e, da altura da meia-lua, manda colocado, no canto direita. Varela se estica todo e manda em escanteio.

36min – Zé Gabriel sai, Pedro Henrique entra. Inter completa as trocas.

38min – LOMBA! Chacon invade a área colorada pela esquerda e finaliza. Goleiro encaixa, seguro.

40min – UH! Nonato e Mauricio tabelam pela direita da grande área venezuelana. O camisa 27 domina, ajeita para a canhota e manda chute forte, mas sem direção.

41min – EM CIIIIIIIIMA DA LINHA! Marcos Guilherme lança Yuri nas costas da marcação. O camisa 11 dribla Varela e manda rasteiro, mas Camacho, debaixo das traves, corta em escanteio.

45min – Vamos a 49. Mais quatro.

46min – LOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOMBA! Covea invade a grande área colorada a dribles e finaliza abafado pelo goleiro colorado. No rebote, o arqueiro salta em direção aos pés de Chacon e impede arremate que parecia certo. Canto bola.

49min – FIM DE PAPO! GOLEADA DO INTER!


Ficha técnica:

Internacional (4): Marcelo Lomba; Rodinei (Heitor), Zé Gabriel (Pedro Henrique), Victor Cuesta e Moisés; Rodrigo Dourado, Edenilson (Nonato) e Mauricio; Carlos Palacios, Thiago Galhardo (Yuri Alberto) e Patrick (Marcos Guilherme). Técnico: Miguel Ángel Ramírez.

Deportivo Táchira (0): Cristopher Varela; Pablo Camacho, Carlos Vivas, Lucas Trejo e José Granados; Francisco Flores (Marlon Fernández), Maurice Cova e Nelson Hernández (Yeferson Velasco); Freddy Góndola (Yerson Chacón), Edgar Pérez Greco (Michael Covea) e Lucas Gómez (Duglar Angarita). Técnico: Juan Domingo Tolisano.

Gols: Victor Cuesta, aos 19’/1ºT, Patrick, aos 23’/1ºT, Galhardo, aos 43’/1ºT, e Yuri Alberto, aos 29’/2ºT (I).

Cartões amarelos: Patrick, Thiago Galhardo e Carlos Palacios (I). Pablo Camacho, Freddy Góndola e Michael Covea (D)

Cartão vermelho: Carlos Palacios (I).

Arbitragem: Andrés Matonte, auxiliado por Horacio Ferreiro e Agustín Berisso. Quarto árbitro: Diego Riveiro. Quarteto uruguaio.

Estádio: Beira-Rio.

Fotos: Inter 4 x 0 Deportivo Táchira (2ª rodada/Libertadores)