Inter trabalha de olho no Colo-Colo-CHI

Domingo foi de trabalhos para o grupo/Foto: Ricardo Duarte

O calendário colorado segue movimentado, agora com a partida de ida das oitavas de final da CONEMBOL Sul-Americana despontando no horizonte. Na próxima terça-feira (28/06), o Inter encara o Colo-Colo-CHI, fora de casa, a partir das 21h30 de Brasília, e o técnico Mano Menezes comandou, na manhã deste domingo, o segundo dia de preparação alvirrubra para o confronto.

Alan Patrick trabalhou com o grupo/Foto: Ricardo Duarte

No CT Parque Gigante, o elenco realizou trabalhos táticos que contaram com os retornos de Alan Patrick, Paulo Victor e Renê. Enquanto os dois primeiros foram desfalque na goleada de 3 a 0 do Inter sobre o Coritiba, na sexta passada (24/06), por apresentarem sintomas gripais, o último está recuperado de lesão na coxa esquerda. Por outro lado, o argentino Fabricio Bustos teve constatada lesão muscular na coxa direita, e para por cerca de uma semana.

A preparação colorada para o duelo continental será finalizada na manhã desta segunda-feira (27/06), também no CT Parque Gigante. Horas depois, à tarde, o elenco embarcará para o Chile. O duelo de volta das oitavas da CONMEBOL Sul-Americana ocorrerá na terça-feira da próxima semana (05/07), também às 21h30, no Beira-Rio.

Bastidores: mais três pro Colorado!

Do embarque em Porto Alegre à festa no vestiário, o Canal do Inter chega com os Bastidores de mais uma vitória colorada no Brasileirão! Confira tudo sobre o triunfo de 2 a 1 do Clube do Povo sobre o Goiás:

Galeria de fotos: Goiás 1 x 2 Internacional – 12ª rodada/Brasileirão 2022

O Colorado venceu mais uma no Brasileirão. No Estádio da Serrinha, Edenilson e Alan Patrick garantiram o triunfo de 2 a 1 do Clube do Povo sobre o Goiás, e levaram o Inter aos 21 pontos na tabela do Nacional. Confira as imagens da partida, válido pela 12ª rodada do torneio.

Inter vence em Goiânia e se consolida na briga pela liderança

Alan Patrick marcou o gol da vitória colorada/Foto: Ricardo Duarte

PÕE MAIS TRÊS NA CONTA DO CLUBE DO POVO! Fora de casa, o Inter bateu o Goiás, na noite desta quarta-feira (15/06), e chegou aos 21 pontos no Brasileirão de 2022. Edenilson, no começo do primeiro tempo, e Alan Patrick, no minuto de abertura da etapa final, marcaram os gols da vitória de 2 a 1 do Colorado, válida pela 12ª rodada do Nacional e disputada no Estádio da Serrinha.

+ Confira a galeria de fotos da partida;

+ Show da torcida colorada em Goiânia;

+ Assista aos melhores momentos;

+ Veja os bastidores do confronto;

Agora, o Colorado, que já soma 16 partidas de invencibilidade na temporada, 14 dessas disputadas sob o comando de Mano Menezes, jogará dois embates consecutivos dentro de casa. No domingo que vem, o rival será o Botafogo, em duelo marcado para as 18h. Depois, na sexta-feira seguinte (24/06), o Coritiba virá ao Gigante. Sócios e sócias do Clube do Povo contam com promoções especiais para as jornadas. Clique aqui e saiba mais!

Vitória foi muito comemorada pelo elenco/Foto: Ricardo Duarte

Partida começa e termina movimentada

O início de confronto foi muito interessante na Serrinha. Deixando evidente sua simpatia à bola aérea, o Goiás assustou logo no primeiro minuto, quando Elvis cobrou escanteio fechado e quase marcou gol olímpico para o time da casa. O Inter respondeu aos três, instante em que promissora tabela entre Wanderson e Moisés evoluiu até Johnny. Antes dele, que estava livre na área, a zaga afastou o perigo.

Edenilson marcou o primeiro do Inter/Foto: Ricardo Duarte

Sempre agressivo, Wanderson assustou pouco depois, pela ponta-esquerda, em arremate defendido por Tadeu. No minuto seguinte, os espaços voltaram a aparecer pelo corredor, e desta vez foram aproveitados com máxima eficácia. Lançado por Alan Patrick, Moisés cruzou bola rasteira, já dentro da área adversária. Na segunda trave, Edenilson apareceu livre e finalizou de primeira. Golaço, coletivo e colorado!

O Goiás ficou mais ofensivo diante da desvantagem, mas pouco criou após o gol do Inter. Já o Colorado, compacto na defesa, se deparou com promissoras oportunidades para assustar no contra-ataque, mas esbarrou tanto em erros de passe quanto (principalmente) no rodízio de faltas do time da casa – punido com um mísero cartão amarelo, apresentado para o volante Matheus Sales.

Gol colorado saiu aos sete minutos/Foto: Ricardo Duarte

O Clube do Povo quase chegou ao segundo gol no minuto 34, quando Alan Patrick, que na origem da jogada fizera bonito corta-luz, foi lançado por inteligente passe de Edenilson. Atento, o goleiro Tadeu saiu da meta e defendeu. Depois, aos 40, Da Silva aproveitou mais um dos cruzamento de Elvis, e transformou esse em assistência. Tudo igual em Goiânia.

As muitas faltas cometidas pelo Goiás resultaram em período considerável de jogo parado ao longo do primeiro tempo. Assim, a arbitragem acresceu seis minutos aos 45 regulamentares, e o período extra quase valeu novo gol ao Inter. Edenilson, primeiro em chute de fora da área e depois em tentativa de drible, parou nas boas intervenções de Tadeu, que garantiu a manutenção do empate até o intervalo.

Etapa inicial foi encerrada com o placar empatado/Foto: Ricardo Duarte

Reinício fulminante

O Inter precisou de pouco para retomar a dianteira do placar na etapa final. Mais precisamente, de um único minuto, tempo cobrado por Alan Patrick para, depois de ótima assistência de David, balançar as redes goianas. Embalado pelo gol, o camisa 10 tomou as rédeas da partida a partir de então, e armou boas tramas finalizadas por Ed. Tadeu, mais uma vez, foi algoz colorado, agora para impedir o terceiro.

Alan precisou de apenas um minuto para marcar/Foto: Ricardo Duarte

O jogo voltou a ficar truncado a partir do minuto 20, e Mano respondeu à combatividade goiana realizando suas primeiras trocas. Liziero, Mauricio e Alemão substituíram Johnny, Alan Patrick e David, e mantiveram em alta o fôlego colorado. Depois, Pedro Henrique veio a campo no lugar de Wanderson, também para atuar como escape de velocidade.

Na nova disposição, o Inter chegou duas vezes com Alemão, que parou em boas defesas de Tadeu, uma com Mauricio, também travado por milagre do goleiro, e Edenilson, que tentou ser garçom, mas por detalhe não serviu Alexandre. Atrás, Moledo entrou no lugar de Bustos e anulou de vez os cruzamentos do Goiás, que não voltou a assustar. Vitorioso, o Inter chega a 16 jogos sem perder!

Inter está invicto há 16 jogos/Foto: Ricardo Duarte

Primeiro tempo

1min – Elvis cobra escanteio fechado pela esquerda do ataque mandante. A bola explode no poste colorado, bate em Moisés e Mercado e corre em cima da linha fatal antes de ser afastada pelo lateral vermelho.

3min – Bonita trama! Inter chega ao ataque de pé em pé. Servido por Alan Patrick, Wanderson estica jogo com Moisés, que escapa pela esquerda e cruza bola aberta. Johnny estaria livre na segunda trave, mas Caetano, no último instante, corta.

4min – UH! Bustos, por dentro, recebe cruzamento da direita e finaliza. Sem direção, ela sai em tiro de meta para Tadeu.

6min – Wanderson deriva da ponta para o centro e chuta de perna direita. Tadeu, depois do pique, defende.

7min – NA TRAAAAAAAAAVE! Bustos, praticamente rente à linha de fundo, cruza bola rasteira já dentro da área rival. Ela resvala no poste e cor

7min – É GOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOL DO INTER! É GOL DO CLUBE DO POVO! EDENILSOOOOOOOOOOOOON! GOLAAAAAAAAÇO! Na quina esquerda da área do Goiás, Alan Patrick percebe Moisés com espaço e dá passe açucarado para o lateral, que cruza bola rasteira e forte, em direção à segunda trave. Por ali, Edenilson aparece livre e finaliza em direção ao contrapé de Tadeu, direto para as redes. VAMOS, COLORADO!

Ouça: o gol de Edenilson na narração da Rádio Colorada

23min – DANIEL! Elvis bate mais um escanteio fechado pela esquerda. Agora, goleiro do Inter corta o perigo em saída arrojada

30min – DANIEEEEEEEL! Da entrada da área colorada, Da Silva fica com a sobra de corte da zaga do Inter e, diante da bola viva, emenda chute forte. A bola ainda pica em frente à meta, mas goleirão opera um milagre.

31min – Matheus Sales recebe o amarelo por falta em cima de Wanderson.

34min – TADEEEU! Wanderson finta Diego, escapa pela esquerda e cruza por baixo. Na entrada da área, Alan Patrick faz o corta-luz, e ela chega para Edenilson, que tenta o toque, de primeira, para o 10. Antes dele, Tadeu, em boa saída do gol, encaixa.

37min – VALEU, MOISÉS! Da intermediária esquerda de ataque, lateral recebe com espaço e solta o canhotaço. Tadeu defende.

40min – Pela esquerda, Dada Borges chega até as cercanias da área colorada e cruza por baixo. Atento, Vitão corta pela linha de fundo.

40min – Da Silva, de cabeça, empata para o Goiás.

42min – UUUH! Alan Patrick tabela com Bustos e deixa o lateral em boas condições. Dentro da área, o argentino tenta encobrir Tadeu, mas o goleira faz a defesa.

45min – Mais seis. Vamos a 51!

47min – Alan recebe de Gabriel e finaliza mascada. Tadeu fica com ela.

49min – QUE BOMBA! Edenilson manda um foguete da intermediária de ataque, que Tadeu espalma estranho. Antes de Bustos, zaga afasta o rebote.

49min – SAAAAAALVA O GOLEIRO! Edenilson fica com a sobra de corte confuso da zaga rival e, cara a cara com Tadeu, tenta o drible. No chão, rival defende.

51min – Intervalo de jogo!


Segundo tempo

0min – Goiás volta com duas trocas. Auremir e Renato substituem Matheus Sales e Pedro Raul.

1min – É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOL DO INTER! É GOL COLORAAAAAAAAADO! REINÍCIO FULMINANTE DO CLUBE DO POVO! ALAN PATRIIIIIIIIIIIIICK É O 10 COLORADO! VOLTAMOS À VANTAGEM! Wanderson, na esquerda, finaliza bloqueado pela zaga. Pensada como chute, a jogada vira um cruzamento para David, que cruza ótima bola para a frente da meta alviverde. Por ali, com as redes abertas, Alan faz as vezes de centroavante e marca o segundo do Clube do Povo!

Ouça: o gol de Alan Patrick na narração da Rádio Colorada

10min – DE PÉ EM PÉ! Inter roda a bola com estilo. Pela direta, David recebe e cruza por baixo, na direção de Ed, que tenta o chute, mas não acerta em cheio. Era o terceiro.

13min – Renato Júnior recebe o amarelo por reclamação.

16min – ACADEMIA DO POVO SÓ TEM UMA! Alan recebe de David e logo aciona Wanderson. Edenilson ataca a paralela e recebe do camisa 11 antes de finalizar rasteiro. Tadeu encaixa.

24min – Três mudanças no Clube do Povo. Liziero, Mauricio e Alemão nas vagas de Johnny, Alan Patrick e Alemão.

24min – Moisés recebe o amarelo.

26min – Após impedir contra-ataque do Inter, Reynaldo leva o amarelo.

27min – Caio deixa o campo no time da casa. Vem Luan Dias.

31min – Daniel, por reclamação após Gabriel sofrer falta dura, é amarelado.

32min – Pedro Junqueira entra no Goias. Sai Reynaldo.

35min – Pedro Henrique por Wanderson. Quarta substituição no Inter.

36min – UH! Edenilson cobra escanteio pela direita. Na primeira trave, Alemão desvia de cabeça. Tadeu defende.

37min – Liziero também leva o amarelo.

39min – Moledo é o quinto a entrar no Inter. Ele substitui Bustos.

42min – MILAAAAAAAAAAAGRE! Alemão recebe de Edenilson e solta a bomba da entrada da área. Tadeu espalma.

43min – DE NOOOOOOOVO! Mauricio recebe pela direita da área esmeraldina, corta para o fundo e chuta. Forte, ela é espalmada por Tadeu. Inter quer o terceiro!

45min – Mais cinco. Vamos a 50!

47min – Entra Vitor Hugo no Goiás. Sai Vinícius.

48min – SERIA O TERCEEEEEEIRO! Edenilson invade a área pela direita e prefere a assistência ao chute. Por baixo, o passe cruza a extensão da meta, mas Alemão não consegue o desvio.

50min – Luan Dias recebe o amarelo. Com Gabriel no chão, ele jogou a bola no corpo do volante.

51min – FIIIIIIIIIIIIIM DE PAPO EM GOIÂNIA! PÕE MAIS TRÊS NA CONTA!


Ficha técnica:

Goiás (1): Tadeu; Da Silva, Reynaldo (Pedro Junqueira) e Caetano; Diego, Matheus Sales (Auremir), Caio Vinícius (Luan Dias) e Dada Belmonte; Vinícius (Vitor Hugo) e Elvis; Pedro Raul (Renato Jr.). Técnico: Jair Ventura.

Internacional (2): Daniel; Fabricio Bustos (Rodrigo Moledo), Vitão, Gabriel Mercado e Moisés; Johnny (Liziero) e Gabriel; Edenilson, Alan Patrick (Mauricio) e Wanderson (Pedro Henrique); David (Alemão). Técnico: Mano Menezes.

Gols: Da Silva, aos 40’/1ºT (G). Edenilson, aos 7’/1ºT, e Alan Patrick, a 1/2ºT (I).

Cartões amarelos: Matheus Sales, Reynaldo e Renato Júnior (G). Moisés, Liziero e Daniel (I).

Arbitragem: Caio Max Augusto Vieira, auxiliado por Jean Marcio dos Santos e Lorival Candido das Flores. Quarto árbitro: Victor Lucas Pereira Silva. VAR: Vinicius Furlan.

Estádio: Serrinha-GO.

Colorado fica no 2 a 2 com o Corinthians

Alan Patrick marcou pela primeira vez após voltar ao Inter/Foto: Ricardo Duarte

Em duelo da sexta rodada do Brasileirão de 2022, o Internacional empatou em 2 a 2 com o Corinthians, no Beira-Rio, nesta noite de sábado (14/05). Alan Patrick e Wanderson marcaram os gols do Clube do Povo no duelo, que deixa o Colorado com nove pontos na tabela. Agora, o time de Mano Menezes volta suas atenções para a CONMEBOL Sul-Americana, torneio pelo qual irá a campo às 19h15 próxima terça-feira (17/05), como mandante, diante do Independiente Medellín.


Grande primeiro tempo no Gigante!

Colorado pressionou desde cedo/Foto: Ricardo Duarte

O Inter jogou muito futebol nos 45 minutos de abertura do confronto. Escalado com Edenilson na meia-direita, Alan Patrick centralizado e Wanderson na ponta-esquerda, além de David no comando do ataque, o Clube do Povo esteve insinuante desde cedo, e esbarrou no primeiro milagre de Cássio logo aos quatro. Segundos mais tarde, cruzamento perigoso de Pena quase resultou em gol, mas SuperEd, por detalhe, não conseguiu finalizar.

A pressão colorada viveu novo capítulo de tirar o fôlego aos 14, quando Bustos recebeu de David, tabelou com Edenilson e, de perna direita, chutou forte e rasteiro. Quase! Já a bola aérea apareceu pela vez primeira aos 21, após Pena cobrar escanteio que Mercado desviou pela linha de fundo. Maduro, o gol vermelho chegou aos 24, e serviu de recompensa perfeita à grande forma coletiva do Internacional.

Torcida marcou presença no Beira-Rio/Foto: Ricardo Duarte

No campo de defesa, Dourado percebeu o encaixe da pressão ofensiva paulista na saída de jogo do Inter e recuou para formar a linha de três. O volante atraiu a marcação e deixou com Daniel, que teve o campo aberto para acionar Pena. Em velocidade, o uruguaio partiu até o ataque e abriu com Wanderson, que cruzou de canhota. No primeiro poste, Edenilson desviou de letra. No segundo, Alan Patrick completou para o gol aberto.

Alan abriu o placar/Foto: Ricardo Duarte

Marcado na estreia de Alan Patrick tanto como titular quanto no Beira-Rio nesta segunda passagem pelo Inter, o gol foi efusivamente comemorado pelo Beira-Rio, mas sucedido por forte pressão paulista. Nas duas primeiras chances do rival, Daniel foi decisivo. Depois de grande confusão suscitada por dois cruzamentos consecutivos, porém, o Corinthians empatou, aos 30, com Raul.

O empate era injusto, e o Inter não se abalou com ele. Merecedor de uma parcial vitória, o time de Mano Menezes chegou ao segundo gol aos 44. Pela direita, David envolveu Raul com estilo antes de cruzar na cabeça de Alan Patrick. O camisa 10 testou para o chão, respeitando o manual, mas esbarrou em milagre de Cássio. No rebote, Wanderson mandou para as redes.

Wanderson (11) fez o segundo do Inter/Foto: Ricardo Duarte

Rival pressiona pelo empate

O Corinthians retornou do vestiário com Jô entre os titulares, mudança que estimulou maior aposta na bola aérea por parte dos visitantes. Na primeira oportunidade que teve, o atacante parou em defesa segura de Daniel, goleiro que voltou a ser decisivo em outro cabeceio do rival, este feito em condição irregular. Também impedido, Gil marcou. Enquanto o gol dele não valeu, o de Jô, anotado aos 18, valeu aos paulistas o empate.

Pouco depois do gol de empate, último marcado nesta noite, o jogo passou bons minutos parados por um episódio lamentável. Capitão colorado, Edenilson denunciou ter sido vítima de injúria racial por parte de Rafael Ramos, lateral do Corinthians. É inadmissível que ainda ocorram fatos desse tipo em 2022. Não há espaço para o racismo em nossa sociedade. O Clube do Povo reitera que repudia todo e qualquer ato de preconceito, e apoia o seu atleta.


Primeiro tempo

1min – Inter em cima! Alan fica com a sobra de dividida na altura do meio de campo e lança David, que invade a área, mas é travado por Raul.

4min – MILAAAAAAAAAAAGRE! Daniel, inteligente, repõe em velocidade para Wanderson. Camisa 11 deixa a marcação comendo poeira e abre jogo para David, já na entrada da área. Atacante sai de frente com Cássio e chuta de canhota, mas goleiro salva o Corinthians.

5min – UUUUUUUUUH! Pena recebe pela esquerda e cruza bola aberta. Na segunda trave, Edenilson tenta o desvio de carrinho, mas não consegue colocar direção no arremate.

6min – Róger Guedes recebe de Rafael e finaliza rasteiro. Daniel encaixa.

9min – Mano recebe o amarelo por reclamação.

12min – PRA FOOOOOOORA! David, de cabeça, consegue bom passe para Bustos, que deixa, também por cima, para Edenilson. Camisa oito devolve na medida para o argentino, que invade a área e enche o pé. Rasteira, ela sai pela linha de fundo.

16min – QUE PECADO! Zaga paulista não consegue o corte após tentativa de assistência de Alan Patrick para Wanderson, e a bola sobra para David. Livre, o atacante não consegue o domínio, e Cássio defende.

21min – AO LADO! Pena cobra escanteio pela esquerda. Na segunda trave, Mercado sobe mais do que a zaga e desvia para o chão. Quase!

22min – Maycon recebe o amarelo por impedir contragolpe colorado.

24min – GOLAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAÇO! QUE JOGADA! É A ACADEMIA DO POVO! PINTURA COLETIVA! É GOL DO INTER! É GOL DE 10! É GOL DE REESTREANTE NO GIGANTE! ALAN PATRICK: JOGA MUITO! Do campo de defesa, Inter sai com qualidade. Daniel recebe de Dourado e coloca no pé de Pena, que escapa até o ataque para então abrir jogo com Wanderson. De primeira, o camisa 11 cruza de canhota. Edenilson resvala de letra na primeira trave e mata a marcação, garantindo gol aberto para Alan Patrick, que empurra para as redes!

Ouça o gol de Alan Patrick na narração da Rádio Colorada

26min – Du Queiroz, de fora da área, finaliza rasteiro. Daniel encaixa.

28min – DANIEEEEEEL! Róger Guedes recebe de Renato Augusto, sai de frente com o goleiro e finaliza de direita. Paredão salva o Inter!

30min – Corinthians empata com Raul.

36min – Alan Patrick cobra falta central que Cássio encaixa.

42min – UH! David recebe de Alan e chuta buscando o ângulo de Cássio. Pra fora, por cima.

44min – É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É NA BASE DA INSISTÊNCIA! É NA BASE DO APERTO, DA RAÇA, DA LUTA E DA QUALIDADE! WANDERSON! É GOL DO 11! WANDINHO! Pela direita, David recebe cobrança de escanteio e faz o pivô em cima de Raul. Dentro da área, rente à linha de fundo, o atacante gira e cruza na medida para Alan Patrick. Cabeceio do camisa 10 para em milagre de Cássio, mas rebote é de Wanderson. De primeira, velocista solta o canhotaço e estufa as redes rivais.

Confira o gol de Wanderson com a narração da Rádio Colorada

45min – Mais quatro. Vamos a 49!

46min – Amarelo para Dourado.

49min – Mais um. Jogo pouco andou nos acréscimos.

50min – Intervalo no Gigante!


Segundo tempo

0min – Corinthians retorna com Jô na vaga de Guedes.

3min – Jô, de cabeça, desvia na área colorada. Daniel encaixa.

6min – DANIEEEEEEEL! Como um gato, goleiro colorado salva o Inter diante de cabeceio de Jô. Na sequência, jogo é paralisado por impedimento do atacante rival.

9min – Em condição irregular, Gil marca para os visitantes. Impedimento foi assinalado em campo e referendado pelo VAR.

15min – VITÃÃÃÃÃO! Maycon recebe de Willian e aparece livre na área colorada. De perna canhota, o meio-campista chuta forte e rasteiro. Zagueiro vermelho bloqueia!

18min – Jô empata para o Corinthians.

19min – Muda o Inter: Alan Patrick deixa o campo para a entrada de Pedro Henrique.

19min – Jô comete falta em Pena. Por isso, recebe o amarelo.

26min – Mantuan, com espaço na área do Inter, solta a bomba. Daniel salva.

30min – Jogo parado. Edenilson relata ter sido vítima de injúria racial por parte de Rafael Ramos.

34min – Alemão e Mauricio entram no Inter. Saíram David e Wanderson.

35min – QUAAAAAAAAAAAAAASE! Mauricio escapa pela esquerda e cruza rasteiro. Alemão tenta o desvio, mas não acerta a finalização.

36min – Mudanças no Corinthians: Cantillo, João Victor e Gustavo Silva substituem Renato Augusto, Rafael e Willian.

44min – Lesionado, Vitão deixa o campo. Vem Moisés.

45min – Corinthians também troca. Maycon dá lugar a Giuliano.

45min – Oito! Jogo vai até 53.

53min – Jogo encerrado.


Ficha técnica:

Internacional (2): Daniel; Fabricio Bustos, Vitão (Moisés), Gabriel Mercado e Renê; Rodrigo Dourado, Carlos de Pena, Edenilson, Alan Patrick (Pedro Henrique) e Wanderson (Mauricio); David (Alemão). Técnico: Mano Menezes.

Corinthians (2): Cássio; Rafael Ramos (Joao Victor), Raul Gustavo, Gil e Bruno Melo; Du Queiroz, Renato Augusto (Cantillo) e Maycon; Mantuan, Róger Guedes (Jô) e Willian (Gustavo Silva). Técnico: Vítor Pereira.

Gols: Alan Patrick, aos 24’/1ºT, e Wanderson, aos 44’/1ºT (I). Raul, aos 30’/1ºT, e Jô, aos 18’/2ºT (C).

Cartões amarelos: Dourado (I). Maycon e Jô (C).

Arbitragem: Braulio da Silva Machado apita, auxiliado por Alex dos Santos e Thiaggo Americano Labes. Quarto árbitro: Lucas Guimarães Horn. VAR: Emerson de Almeida Ferreira.

Estádio: Beira-Rio.

Público: 17.506. Pagantes: 14.757. Não pagantes: 2.749.

Renda: R$: 874.575,00.

Hoje na História – 10 de maio

Há 12 anos, Nilmar transformou o Pacaembu em tela branca, e pincelou impecável obra de arte para garantir ao Inter vitória de 1 a 0 sobre o Corinthians. O Hoje na História deste 10 de maio ainda lembra de golaços de Alan Patrick e D’Alessandro, no ano de 2014, de Jorge Wagner, na altitude de Quito, e de Luís Fernando, anotado em cima do Olímpia, em 1989. Relembre esta e outras efemérides com a #MaisVermelha!

Raio-X: Inter visita o Juventude na quinta rodada do Brasileirão

Inter visita o Juventude neste domingo/Foto: Ricardo Duarte

Noite de clássico estadual para o Clube do Povo! A partir das 19h deste domingo (08/05), o Inter enfrenta o Juventude, no Alfredo Jaconi, em partida da quinta rodada do Brasileirão 2022. Confira entrevista da Rádio Colorada com Bruno Mucke, setorista do Papo pela Rádio Caxias, e saiba tudo sobre o rival alvirrubro. Na sequência, veja todas as informações sobre o duelo deste Dia das Mães.

Transmissão;
Preparação colorada;
Relacionados;
Números de Mano Menezes;
Entrevista Alan Patrick;
Arbitragem;
Rival;
Ingressos;
Último confronto;


Transmissão 📻

Ao vivo a partir das 18h, horário de veiculação do Raio-X, a Rádio Colorada apresentará, como de costume, a jornada esportiva mais vermelha da web. Já as redes sociais do Inter (TwitterInstagram e Facebook) acompanharão o duelo com o seu tradicional relato minuto a minuto enriquecido por imagens dos principais lances da partida. Na TV, Premiere e SporTV anunciam cobertura.

ProgramaçãoPlataforma
18hRaio-XSite e APP do Inter
18h15Portões AbertosSite e APP do Inter
19hJornada EsportivaSite e APP do Inter
21hVestiário VermelhoSite e APP do Inter

Preparação colorada 💪

Inter teve dois dias para trabalhar antes do jogo na Serra/Foto: Ricardo Duarte

Após empatar em 1 a 1 com o Guaireña-PAR, no Paraguai, na quinta-feira passada (05/05), o Inter teve apenas dois dias para se preparar para a quinta rodada do Brasileirão. Horas depois de desembarcar em Porto Alegre, o grupo colorado foi a campo no CT Parque Gigante para iniciar os treinos prévios à visita ao Juventude.

Na tarde de sexta (06/05), Mano Menezes e pares de comissão trabalharam com o grupo dividido. Enquanto os jogadores que disputaram a quarta rodada da CONMEBOL Sul-Americana realizaram atividades físicas e regenerativas na academia, além de corridas leves no gramado, o restante do elenco participou de treino coletivo com bola.

Na sexta, parte do grupo trabalhou na academia/Foto: Ricardo Duarte

Já as atividades do sábado de véspera de partida (07/05), que também ocorreram no turno da tarde, serviram para ajustar os detalhes finais da equipe que irá a campo no Jaconi. O grande destaque do trabalho tático comandado por Mano Menezes foi o novo – e belíssimo – uniforme de treino do Clube do Povo. Clique aqui e garanta o seu!


Relacionados 📜

A partida contra o Juventude poderá marcar a reestreia de Alan Patrick pelo Inter. Contratado no último dia 12 de abril, o novo camisa 10 colorado, que já vestiu vermelho entre os anos de 2013 e 2014, viajou para Caxias do Sul, e tem condições de enfrentar o Papo. Quem também reforçará o time de Mano Menezes no Jaconi é o atacante Pedro Henrique, que estreou pelo Clube do Povo no domingo passado (1º/05), diante do Avaí.

Alan Patrick está relacionado/Foto: Ricardo Duarte

Ausente da viagem ao Paraguai por conta de desconforto muscular, o ídolo Taison teve constatada lesão na coxa esquerda, e ficará entregue aos cuidados do Departamento Médico durante as próximas três semanas. Junto com ele, também se recuperam de injúrias os zagueiros Kaique Rocha e Rodrigo Moledo. Liziero, com entorse no tornozelo direito, completa a lista de desfalques. Conheça os relacionados para o duelo em Caxias do Sul:


Bons números com Mano Menezes 📊

Desde que chegou ao Inter, Mano Menezes já treinou o Colorado em quatro partidas, período no qual conquistou duas vitórias e dois empates por Brasileirão e CONMEBOL Sul-Americana. Sob o comando do profissional, o Clube do Povo superou Fluminense, no Maracanã, pela terceira rodada do Nacional, e Independiente Medellín, na Colômbia, na partida de encerramento do primeiro turno da fase de grupos continental. O placar de ambos confrontos foi o 1 a 0 alvirrubro, conquistado graças a gol de Alemão.

Professor tem bons números à frente do Inter/Foto: Ricardo Duarte

A estreia de Mano no Beira-Rio, acompanhada por mais de 23 mil colorados e coloradas, foi encerrada com o placar zerado. Contra o Avaí, o Inter pressionou muito, mas não conseguiu marcar gol que valeria a terceira vitória consecutiva no Brasileirão. Já o empate com o Guaireña-PAR foi a primeira e única partida em que o Clube do Povo foi vazado sob o comando de seu novo técnico.

Colorado sofreu apenas um gol sob o comando de Menezes/Foto: Ricardo Duarte

🗣️ Alan está de volta!

A possível reestreia com a camisa colorada foi comentada pelo próprio Alan Patrick durante entrevista exclusiva para o Canal do Inter. O novo 10 do Clube do Povo falou de sua satisfação em reencontrar amigos e poder voltar a jogar diante da Maior e Melhor Torcida do Rio Grande, bem como analisou o momento diferente que vive em sua carreira, quando comparado à primeira passagem pelo Beira-Rio, e destacou a vontade de retribuir com boas atuações todo o carinho recebido desde sua chegada a Porto Alegre.

“Muito feliz por estar de volta. Por poder vestir essa camisa novamente, reencontrar o torcedor, poder jogar no Beira-Rio, que é um estádio maravilhoso, e reencontrar, também, vários amigos que eu fiz aqui. A expectativa é boa, estou bem motivado, não vejo a hora de reestrear. É um momento diferente, tenho um pouco mais de experiência, e espero retribuir toda a recepção que tive. Retribuir, lógico, com o meu futebol, e ajudar o Inter a vencer e a buscar os objetivos.”

Alan Patrick
Alan Patrick é o novo 10 do Inter/Foto: Ricardo Duarte

Alan também analisou o contexto em que se prepara para voltar a vestir vermelho. Em bom nível físico, consequência da preparação específica que realizou desde sua chegada ao Clube, e adaptado ao elenco, que vive momento de afirmação na temporada, o meio-campista disse se sentir pronto para voltar aos gramados. Apenas em campo, afinal, acumulará o ritmo necessário para desempenhar o melhor futebol possível.

Foto: Ricardo Duarte

“O ambiente realmente está bom. A equipe vem jogando bem, fez boas apresentações nos últimos jogos, e isso dá confiança. Não só pra mim, mas para todo o elenco, pra que a gente possa estar sempre no nosso melhor nível dentro de campo. Claro que é sempre melhor estrear com a equipe estando bem. Sinto que, a cada treino, venho me condicionando melhor fisicamente depois de tanto tempo parado. Me sinto quase 100%, e acredito que os jogos vão me dar esse ritmo.”

Alan Patrick

A cidade de Caxias está epidermicamente ligada à trajetória que Alan Patrick já construiu pelo Inter. Foi no município, por exemplo, que o atleta brilhou na decisão do Campeonato Gaúcho de 2014, quando marcou um gol e deu duas assistências na goleada de 4 a 1 do Clube do Povo em cima do Grêmio. O retorno à Serra foi mais um tema abordado pelo meio-campista, que ainda projetou o jogo diante do Juventude.

“Um jogo difícil. Eu sei o quanto é difícil jogar contra o Juventude, já joguei aqui no Estadual. Na casa deles, vai ser um jogo duro, contra um adversário forte, mas acredito muito que a nossa equipe está preparada e bem confiante. Sem dúvidas, vamos para buscar os três pontos e seguir em busca do nosso objetivo. Lembro de alguns momentos bons em Caxias. É um reencontro com a cidade, não no estádio que estávamos acostumados a jogar, mas é sempre bom. A memória tem muita coisa positiva.”

Alan Patrick

Arbitragem 👨‍⚖️

Bruno Arleu de Araújo (FIFA) apita, auxiliado por Rodrigo Figueiredo Correa (FIFA) e Luiz Claudio Regazone, trio da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro. Quarto árbitro: Jonathan Benkestein Pinheiro, da Federação Gaúcha de Futebol. VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga, também carioca.


Rival 🆚

Papo ainda não venceu no Brasileirão/Foto: Fernando Alves/Juventude

Dono de dois empates e duas derrotas no Nacional, o Juventude abriu o final de semana na vice-lanterna do país. Sem vencer há cinco jogos, o Papo, que já lutou contra o rebaixamento nas últimas edições de Brasileiro e Gauchão, busca uma imediata recuperação na tabela, e aposta no trabalho de Eduardo Baptista para reencontrar o caminho das vitórias. Chefe da casamata do Jaconi desde o fim do Estadual, o recém-chegado profissional conta com o prestígio da diretoria alviverde, como revelou Bruno Mucke.

“É até estranho falar que o Juventude está jogando bem, embora não tenha resultado. Vem apresentando um bom futebol. O Jair Ventura fez um trabalho bem ruim nesse começo de temporada, teve o hiato antes da chegada do Eduardo Baptista, e agora o Juventude está apresentando desempenho, mas que não está conseguindo aliar à vitória. Existe muita confiança no trabalho do Eduardo Baptista.”

Bruno Mucke
Eduardo Baptista tem a confiança da direção/Foto: Fernando Alves/Juventude

As últimas três partidas disputadas pelo Juventude referendam a boa impressão que o ainda incipiente trabalho de Eduardo Baptista passa para a torcida. Na penúltima rodada de Brasileirão que disputou, o Papo dominou o Cuiabá e até desperdiçou pênalti no Jaconi, mas saiu de campo derrotado por 1 a 0.

No meio de semana anterior, a equipe esteve à frente do São Paulo em duas ocasiões, mas cedeu o empate de 2 a 2 na Copa do Brasil, também em Caxias. Já no final de semana passado, o Alviverde vencia o Botafogo, no Rio de Janeiro, até os 38 do segundo tempo, quando os cariocas igualaram a conta. Os deslizes acendem um outro alerta no Jaconi, agora referente à força psicológica da equipe.

A questão psicológica está pesando, sim. Existiu uma arrancada ruim no Campeonato Gaúcho, onde se conseguiu permanecer, mas foi bem abaixo do esperado. Já nesse Campeonato Brasileiro, a gente pode aliar um pouco de falta de qualidade com a questão psicológica. Espera-se (contra o Inter) uma boa atuação e um time mais maduro, que consiga manter o placar. Será um jogo com cara de Gauchão, pelas características que as equipes têm.”

Bruno Mucke
‘Viking’ Pitta é a esperança de gols alviverde/Foto: Fernando Alves/Juventude

Diante do Inter, Eduardo Baptista estará desfalcado de Capixaba, com lesão muscular, Marlon, que apresenta quadro de desconforto, e Ricardo Bueno ainda em transição física para retornar a campo. Vítor Mendes, por outro lado, retorna de suspensão e deve ser titular no Jaconi. O provável Papo para este domingo conta com César; Rodrigo, Vítor Mendes, Forster e William Matheus; Yuri, Jadson e Óscar Ruiz (Chico); Parede, Pitta e Moccelin.


Caxias é Inter! 🏟️

Torcida colorada sempre faz bonito no Jaconi/Foto: Ricardo Duarte

Como de costume, a Maior e Melhor Torcida do Rio Grande ficará alocada na Ferradura Norte do Alfredo Jaconi. Os ingressos para o setor custam R$ 70,00, e podem ser adquiridos aqui. Neste domingo, os portões da casa alviverde estarão abertos a partir 17h, e o acesso de colorados e colorados ocorrerá no Portão 5, através da Rua São João.


Último confronto 🔙

Também no Alfredo Jaconi foi disputada a última partida entre Inter e Juventude. No dia 26 de janeiro deste ano, o Colorado visitou o Papo na primeira rodada do Gauchão, e saiu de campo vencedor por 2 a 1. Mauricio e Yuri Alberto, que horas mais tarde se despediria do Clube do Povo, marcaram os gols do triunfo, que ainda contou com desconto de Ricardo Bueno para os donos da casa.

Alan Patrick: “espero continuar escrevendo essa história de vitórias aqui”

Meio-campista retornou ao Clube do Povo (Fotos: Ricardo Duarte)

A camisa 10 do Clube do Povo já tem novo dono. De volta ao Clube do Povo, Alan Patrick foi apresentado nesta quinta-feira (21/04) e falou da honra em vestir o manto colorado. Após longo período atuando na Ucrânia, o meio-campista expressou sua motivação em voltar a dar alegrias para a torcida.

> Leia também: Alan Patrick está de volta ao Inter

Com contrato assinado até abril de 2025, ele também comentou a parceria de longa data com Taison quando atuaram juntos no Shakhtar. Além disso, analisou sua evolução como jogador, seu estilo de jogo e como pode ajudar a equipe comandada por Mano Menezes dentro de campo.

Confira abaixo os principais trechos da entrevista coletiva do reforço colorado.

Alan Patrick recebeu do vice de futebol Emílio Papaléo Zin a camisa 10 do Inter

> Assista à entrevista coletiva na íntegra

Camisa 10
“Essa camisa tem uma história muito linda, vestida por ídolo que eu admiro e tive o prazer de jogar junto. Para mim, é uma honra. Obviamente, o D’Ale tem uma história lindíssima e é um cara insubstituível. Claro que eu, dentro das minhas características, vou procurar apresentar meu futebol, com meu estilo de jogo. Sempre com o objetivo de fazer o Inter mais forte, fazer o Inter vencer e chegar às conquistas. Estou muito motivado para isso.”

História no Inter
“É um Alan Patrick diferente daquele de anos atrás. Porém, vem comigo e carrego na memória a lembrança de ter sido feliz aqui, de ter sido campeão. Espero continuar escrevendo essa história de vitórias aqui.”

Relação com Taison
“O Taison é um amigo, estivemos jogando juntos muito tempo lá na Ucrânia. Me dou super bem com ele, temos também um entrosamento e entendimento de ter jogado muito tempo juntos. A gente espera poder aplicar também isso aqui no Internacional. Lá, tivemos algumas conquistas. Espero levantar troféus aqui, juntos novamente. É uma parceria muito boa, nos damos super bem.”

Estilo em campo
“Acho que depende de como será a tática que o Mano irá montar a equipe. Tive dois ou três treinadores nesse período no Shakhtar onde joguei em posições diferentes, como 8 ou como 10, dependendo da tática. Pode ser também aquele 10 mais centralizado, avançado e próximo ao centroavante. É por onde sempre atuei, as minhas características cabem a esse estilo dentro de campo. Estou disponível pra atuar onde o ‘mister’ achar que eu devo atuar e ele enxergar que seja melhor pra equipe. Vou procurar dar o meu melhor”