Weverton promete dedicação com a camisa colorada: “estou aqui para ajudar, somar e dar o meu melhor”

O novo lateral-direito alvirrubro foi oficialmente apresentado no final da manhã desta segunda-feira (01/08)! Anunciado no último sábado, o jovem Weverton retorna ao Clube do Povo após defender o Celeiro de Ases em 2018, e também reencontra, no Beira-Rio, o técnico Mano Menezes, que o comandou profissionalmente no Cruzeiro. Em sua primeira manifestação como atleta do Inter, o alagoano manifestou o orgulho com a oportunidade de voltar a vestir a camisa colorada.

“Foi uma realização estar aqui de novo. Trabalhar no Internacional, trabalhar com o Mano Menezes novamente. Estou aqui para ajudar a equipe, somar e sempre dar o meu melhor dentro de campo, o que vai ser fundamental para o nosso trabalho até o final do ano. Quero que as pessoas me vejam trabalhando no dia a dia. Quem realmente me conhece, sabe que eu me doou ao máximo nos treinamentos. O Mano e a comissão sabem. E estou muito feliz de voltar a trabalhar com ele, e pela confiança do Clube em mim.”

Weverton
Weverton (D) foi apresentado pelo diretor William Thomas (E)/Foto: Ricardo Duarte

Weverton foi apresentado para torcida e imprensa pelo diretor executivo William Thomas, que explicou os moldes da contratação do lateral. O dirigente ainda listou os motivos que levaram à contratação do atleta, que já defendeu grandes equipes na carreira, apesar da pouca idade, e revelou a expectativa de que tanto o jogador ajude o Inter neste final de temporada, quanto de que o Clube seja importante para o defensor de 23 anos.

Foto: Ricardo Duarte

“É um profissional que tem um processo de experiência e de formação muito oportuno. Nos passa confiança de que vai contribuir nessa trajetória até o final do ano. Vem por empréstimo, com opção de extensão do empréstimo, e a gente tem a confiança de que ele vai poder desempenhar e mostrar a qualidade e as competências que têm, assim como o Sport Club Internacional também vai poder contribuir com o processo de alta performance do atleta.”

William Thomas

O reforço preenche uma das lacunas do elenco colorado, que carecia de alternativas para a lateral-direita após o empréstimo de Heitor para o futebol da Bélgica. Até por isso, o Inter venceu rapidamente os trâmites burocráticos envolvidos na contratação de seu novo camisa 22, que figurou no BID a tempo da partida de ontem à tarde. Do banco de reservas, Weverton acompanhou a goleada de 3 a 0 sobre o Atlético-MG, se arrepiou com a festa da torcida, que lotou o Beira-Rio, e admirou a excelente atuação de Fabricio Bustos, seu companheiro de posição.

Foto: Ricaro Duarte

“É uma coisa que me arrepiou. Joguei na base aqui, mas não tive a oportunidade de jogar com o Estádio como estava ontem. Foi uma realização para mim, muito gratificante, ainda mais com a nossa vitória de 3 a 0 em cima do Atlético-MG. Quero dar parabéns também ao Bustos, que ontem fez uma partida impecável. Um cara que tem muita vontade. Eu já vinha acompanhado o Inter, e ontem pude ver pessoalmente.”

Weverton

Weverton também compartilhou maiores detalhes de sua antiga passagem pelo Inter, primeira equipe que defendeu fora do estado de Alagoas. Aprovado nos testes que realizou depois de chamar a atenção com a camisa do Santa Cruz-AL, permaneceu dois anos em Alvorada. Agora, retorna mais experiente, e disposto a ajudar em todas as fases do campo, como revelou o novo lateral-direito colorado. Confira demais aspas da coletiva concedida no CT Parque Gigante:

“(O Inter) Foi o primeiro Clube, quando eu saí da minha cidade, em que eu fiz base. Fiquei um mês fazendo testes, e pude ser aprovado. Fiquei aqui por dois anos. Quando o professor me falava para vir treinar aqui, eu falava pro meu pai que ia treinar com o profissional, e ele ficava feliz. Eu vinha completar treino, mas era uma oportunidade de mostrar meu trabalho. Infelizmente, não aconteceu no primeiro momento, mas agora estou aqui, realizado e muito feliz.”

Weverton

“Minhas características são de um jogo bem apoiado, conheço bem os atalhos do campo. Na defesa ou no ataque, vou ajudar a equipe. Tenho muita personalidade. Estou aqui para mostrar meu futebol, meu valor. Que tenho capacidade de estar no Internacional. Se precisar de mim, jogar com esses caras vai ser muito bom. Tem muita qualidade, e isso faz a diferença para a equipe. Isso vai ser muito bem para mim e para o Clube. Estou muito feliz.”

Weverton
Camisa 22 tem novo dono/Foto: Ricardo Duarte

“Um sonho na minha carreira!” Define Mikael em sua apresentação como jogador colorado

A manhã foi movimentada no Beira-Rio, sobretudo para o setor de ataque do Internacional. Após ter sua contratação oficializada na noite passada, o centroavante Mikael concedeu a primeira entrevista coletiva como atleta colorado no início da tarde desta sexta-feira (29/07). Na Sala de Imprensa do Gigante, o jovem de 23 anos definiu a oportunidade de defender o Clube do Povo como a ‘realização de um sonho’ que nutre desde os primeiros anos de vida.

O Inter é um Clube que dispensa comentários. Um dos maiores do Brasil e do mundo. Aprendi isso desde moleque. Nasci no Maranhão, mas fui embora com seis meses para o Mato Grosso, em uma cidade pequena, que tem mais ou menos 12 mil habitantes, só colorados e gremistas. Assim, quando veio essa oportunidade, não pensei duas vezes. É um sonho na minha carreira.”

Mikael
A alegria de quem realiza um sonho de infância/Foto: Ricardo Duarte

Assim como Braian Romero, atacante que também foi apresentado pelo Inter nesta sexta, Mikael esteve acompanhado de Alessandro Barcellos, presidente, e William Thomas, diretor executivo, durante seu primeiro pronunciamento como jogador colorado. Dos dirigentes, o contratado recebeu uma camiseta personalizada em alusão à recente marca de 100 mil sócios atingidos pelo Clube, patamar que representa um diferencial para o Inter no mercado, como analisou o mandatário alvirrubro.

“Nós, felizmente, voltamos a superar o patamar de 100 mil sócios. Uma marca que tínhamos recuado, mas que vem crescendo. Dobrou, nas últimas semanas, a média de associações do Clube. Isso faz com que a gente tenha cada vez mais responsabilidade e compromisso, e que possa fazer investimentos. Dessa forma, acreditamos que o Inter terá um diferencial competitivo. Ser o maior quadro associativo do país nos traz uma condição de trabalho muito diferenciada, e que supera, muitas vezes, outras formas de financiamento que outros têm, e nós não.”

Alessandro Barcellos
Mikael (C) recebeu camiseta simbólica de Alessandro Barcellos (E) e William Thomas (D)/Foto: Ricardo Duarte

Mikael chega por empréstimo até julho de 2023, mas seu contrato prevê opção de compra em caso de interesse do Clube do Povo. Os moldes envolvidos no negócio foram elucidados por William Thomas, que espera e acredita na futura extensão de vínculo do atleta com o Colorado. Além disso, o diretor executivo ainda explicou que o novo centroavante, contratado junto aos italianos da Salernitana, precisará de um pequeno período de preparação física, já que estava de férias no futebol europeu.

“A gente concretizou um empréstimo, com opção de aquisição, por um prazo que nos interessa, porque temos alternativas para tomar uma decisão com calma, mas com expectativa de que esse caminho pode ser estendido, e o Mikael ficar um longo período aqui no Internacional. Ressalto que, como a temporada europeia terminou em maio, o atleta vem de um período de férias, e vai fazer um processo semelhante a uma pré-temporada. Mas a gente acredita que muito em breve estará vendo ele dentro das quatro linhas.”

William Thomas
Novo atacante foi apresentado na Sala de Imprensa do Beira-Rio/Foto: Ricardo Duarte

Destaque do Sport Recife na temporada passada, Mikael rumou para o futebol europeu no início de 2022. Diante dos microfones, o atacante elencou alguns aprendizados que herdou dessa trajetória no Velho Continente, e também se mostrou completamente focado em estrear o quanto antes pelo Inter. Dono, a partir de agora, da camisa 32 do Clube do Povo, ainda disse já se sentir em casa, tamanha a acolhida que recebeu desde o desembarque em Porto Alegre. Confira as principais aspas:

Foto: Ricardo Duarte

“Serviu, para mim, de aprendizado (o período na Itália). Saí novo, pude aprender muita coisa, algumas experiências. Isso me ajudou bastante. Agora, estou com foco total no Inter. Um Clube que me recebeu muito bem, e vou tentar estar bem, fisicamente e tecnicamente, o mais rápido o possível para estar mostrando o meu futebol.”

Mikael
Foto: Ricardo Duarte

“Torço demais pelos meus companheiros, porque só quem tem a ganhar é o Clube. Sou um cara mais fixo, mas não fico muito só dentro da área. Venho jogar. E, com esses companheiros que conheci, acho que vai ser muito bom. São pessoas do bem, estão entrosadas. Grandes jogadores. Pessoal está me dando um amparo muito bom. Estou muito feliz, me sentindo confortável. Pessoal está me fazendo sentir em casa.””

Mikael
Foto: Ricardo Duarte

“Em um Clube que tem uma massa gigante, você tem que fazer tudo dentro de campo para conquistar o torcedor. O Inter está sempre disputando títulos, e em qualquer competição que entra, tem que pensar em ser campeão. Brasileiro, Sul-Americana. Está bem nas duas. Vejo potencial de conquistar as coisas aos poucos, mas tudo que eu faço é de coração.”

Mikael