Sub-20 arranca vitória em Goiânia e encosta no G-8 do Brasileirão

Matheus Cadorini marcou duas vezes
(Foto: Bruno Corsino ACG)

Já em clima de Revolução Farroupilha, feriado que se aproxima, o Celeiro de Ases demonstrou a tradicional raça gaúcha de pelear até o fim. Em duelo disputado em Goiânia, na tarde deste sábado (18/09), o Internacional encarou o Atlético-GO pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro Sub-20 e arrancou os três pontos no apagar das luzes. O centroavante Matheus Cadorini marcou duas vezes e o Clube do Povo venceu por 2 a 1 no CT do Dragão.

Com a vitória, a gurizada colorada encosta no G-8 do Brasileirão, ganha força na reta final e bate na porta da zona de classificação à próxima fase. Ao todo, são 23 pontos, o que deixa o Inter em 9º da tabela, ao menos, até este domingo, quando se dará o fechamento da rodada. Restam agora três jogos para ficar entre os oito primeiros, diante de Bahia (casa), Sport (fora) e Cruzeiro (casa).

Colorado encarou o Atlético-GO no CT do Dragão
(Foto: Bruno Corsino ACG)

Começo intenso, mas sem gols

Impondo forte pressão na saída de bola do time da casa, o Celeiro criou grande chance logo aos 11min. Allison interceptou passe na intermediária e serviu Matheus Cadorini, que finalizou com perigo ao lado do alvo. Três minutos depois, Matheus Dias avançou pelo meio, bateu firme e Léo segurou no meio do gol.

Nova oportunidade veio aos 21min, quando Cadorini recebeu pelo meio e abriu na ponta para a corrida de Allison. O cruzamento veio rasteiro, o camisa 9 se deslocou e bateu de primeira, parando no goleiro. Cinco minutos depois, Juan Cuesta recebeu pela esquerda, cortou pra dentro e finalizou, mas Léo segurou novamente.

Primeiro tempo sem gols em Goiânia
(Foto: Bruno Corsino ACG)

Inter aumenta o ritmo

A segunda etapa começou como a primeira terminou: com domínio colorado. Porém, com maior ímpeto e volume. Logo no primeiro minuto, Allison quase abriu o placar ao desviar cruzamento de Juan Cuesta. De tanto insistir, a gurizada do Inter foi premiada, aos 11min, em uma bonita transição ofensiva.

Matheus Cadorini fez o pivô na zona central de campo e Allison inverteu da direita para a ponta esquerda, onde estava Juan Cuesta. Após cruzamento do colombiano, Estêvão bateu cruzado e Cadorini, já dentro da área, mandou para as redes. Foi o seu quinto gol na competição, igualando-se a Juan Cuesta na artilharia da equipe.

Camisa 9 deixou sua marca (Foto: Bruno Corsino ACG)

Insistência premiada

Apesar do gol, a alegria durou pouco e os donos da casa responderam de imediato. Aos 18min, Jean Carlos, que acabara de ingressar no jogo, foi lançado na frente, dividiu com Anthoni e aproveitou a sobra para igualar o placar mais uma vez.

Valente, o Colorado não se abateu e persistiu na busca pela vitória. E, quando tudo parecia se encaminhar para um empate em Goiânia, Matheus Cadorini, aos 47min, mostrou seu faro de gol mais uma vez. Bernardo recebeu de Igor pela ponta direita e cruzou no segundo poste. O camisa 9 subiu soberano e cabeceou no contrapé do goleiro – 2 a 1 para o Inter!

FICHA TÉCNICA:

Atlético-GO (1): Léo; Kleberson, Michel, Edilton e Renan; Thiago (Marcos Daniel), João Victor (Jean Carlos), Romário (Gabriel Borges) e Isaac; Ronald (Adson) e Daniel (Kevin). Téc: Rogério Corrêa.

Internacional (2): Anthoni; Vinicius Tobias (Bernardo), Tiago Barbosa, João Felix e Jonathan; Lucas Vital, Matheus Dias (Igor), Allison (Gustavo), Estêvão (Cléberson) e Juan Cuesta (Nicolas); Matheus Cadorini. Téc: João Miguel/Leonardo Martins.

Gols: Matheus Cadorini (I), aos 11’/2T; Jean Carlos (A), aos 18’/2T; Matheus Cadorini, aos 47’/2T.

Local: CT do Dragão, em Goiânia-GO.

Arbitragem: Michelle Peixoto Safatle, auxiliada por Marcio Soares Maciel e Tiego Henrique dos Santos Braga.

Sub-20 visita o Atlético-GO na reta final do Brasileirão da categoria

Sábado de duelo importante para o Sub-20 colorado/Foto: Jota Finkler

A reta final chegou e, com ela, toda partida toma contornos ainda mais decisivos! Diretamente envolvido na luta por vaga nas quartas do país, o Celeiro de Ases vai a campo neste sábado, a partir das 15h, para a disputa da 16ª rodada do Brasileirão Sub-20. Diante do Atlético-GO, os comandados de João Miguel e Leonardo Martins buscam três pontos que, a depender de resultados paralelos, podem colocar o Clube do Povo no G8. Confira as informações sobre o embate!


Vamo, Inter! 💪

Equipe quer vaga no G8 nacional/Foto: Jota Finkler

Após conquistar quatro pontos na sequência de duas partidas consecutivas que jogou como mandante, o Celeiro de Ases contou com semana cheia para se preparar para a 16ª rodada do Brasileirão Sub-20. Sem ir a campo desde o sábado passado (11/08), quando empatou em 1 a 1 com o América-MG, o time de João Miguel e Leonardo Martins disputará, diante do Atlético-GO, sua penúltima jornada como visitante no Nacional.

Passado o duelo em Goiânia, restarão apenas três rodadas em disputa. Destas, somente a partida contra o Sport, prevista para o dia três de outubro, será jogada com mando adversário. Antes da visita à Ilha, o Celeiro receberá, no CT de Alvorada, o Bahia. Marcado para o sábado da próxima semana (25/09), o confronto com o Tricolor terá como sucessor, na lista de jornadas mandantes do Clube do Povo, embate diante do Cruzeiro.

Reta final reserva jogos decisivos para o Celeiro/Foto: Jota Finkler

Sem tempo a perder, o Clube do Povo busca uma vitória sobre o Atlético-GO para chegar aos 23 pontos, número atualmente somado por Fluminense, oitavo, e América-MG, sétimo. Em 12º lugar, o Celeiro está atrás de Grêmio, Cruzeiro e Vasco, todos donos da mesma pontuação: 22. Desta forma, um cenário de tropeços rivais colocaria o Inter no G8, seleto grupo de equipes que avançarão para as quartas de final no encerramento do turno de pontos corridos.

Juan Cuesta (E), Vinicius Mello (D) e Allison: trio tem números importantes na campanha colorada/Foto: Jota Finkler

Individualmente, o Inter conta com nomes de experiência no grupo principal para buscar a vaga nesta reta final de Campeonato. Relacionados para a mais recente partida disputada pelo time de Aguirre, Juan Cuesta e Matheus Cadorini são exemplos de jogadores que, se estiverem à disposição do Celeiro, têm tudo para fazer a diferença. Respectivos artilheiro e vice alvirrubros no torneio, com cinco e quatro gols marcados, os dois são acompanhados de perto, na lista de goleadores, por Vinicius Mello e Allison, donos de três tentos.

Cadorini é o artilheiro do Inter no Sub-20/Foto: Jota Finkler

Transmissão 🖥️

As redes sociais do Inter (@scinternacional no TwitterInstagram Facebook) divulgarão a escalação colorada no início da partida, bem como repercutirão o resultado com a publicação da crônica após o jogo. Com imagens, o Eleven Sports anuncia transmissão.


Rival 🆚

Rival não vive bom momento no Brasileirão/Foto: Bruno Corsino/ACG

Atual 18º colocado no Brasileirão Sub-20, o Atlético-GO soma os mesmos 11 pontos de Fortaleza e Bahia, equipes que o rodeiam na classificação. Dona de três vitórias e dois empates, além de 10 derrotas, a campanha rubro-negra na competição registrou, na penúltima rodada, importante 1 a 0 sobre o Sport, resultado que deu fim a jejum de cinco partidas sem triunfos para o time do Centro-Oeste.

Rogério Corrêa comanda o Rubro-Negro/Foto: DVG/ACG

Na última vez que foi a campo, porém, o Dragão falhou em dar continuidade ao bom momento. Fora de casa, os comandados de Rogério Corrêa foram superados pelo Santos, lanterna da competição, por 2 a 1. A partida, disputada no domingo passado (12/09), contou com a seguinte escalação rubro-negra: Leonardo; Renan, Michel, Edilton (Mauricio Gabriel) e Breno; Kleberson, João Victor (Rodrigues) e Marcos Vinicius; Jean, Ronald (Kevin) e Marcos (Índio).

Kevin foi o artilheiro solitário do Atlético-GO no revés para o Santos. O gol foi o primeiro marcado pelo jovem na competição, que até aqui presenciou 15 tentos do Leão. Artilheiro da equipe no Nacional, o camisa 10 Marcos Vinicius foi responsável por três desses, enquanto Jean e Daniel já balançaram as redes duas vezes cada um.

Marcos Vinicius é o artilheiro do Dragão no Nacional/Foto: DVG/ACG

Arbitragem 👨‍⚖️

Michelle Peixoto Safatle apita, auxiliada por Marcio Soares Maciel e Tiego Henrique dos Santos Braga. Quarto árbitro: Anderson Ribeiro Gonçalves. Quarteto goiano.


Palco 🏟️

CCT do Dragão é a principal estrutura de treinamentos do Atlético-GO/Foto: DVG

O Centro de Concentração e Treinamentos (CCT) do Dragão recebe todas as atividades do grupo principal do Atlético-GO, além de servir de casa para as categorias de base rubro-negras. Com três campos de medidas oficiais, o complexo também sedia a estrutura administrativa do clube, e está localizado a pouco mais de 5km do Antônio Accioly, estádio propriedade do rival deste sábado.


Regulamento 📖

Das 19 rodadas, 15 já foram disputadas/Foto: Jota Finkler

O Brasileirão Sub-20 está dividido em quatro fases. A primeira consiste no enfrentamento, em turno único, de todas as 20 equipes participantes do certame. Ao fim da 19ª rodada, os oito times de melhor campanha avançam às quartas de final. Os duelos eliminatórias serão disputados em partidas de ida e volta, sem a presença de saldo qualificado por gols marcados fora de casa como critério de desempate.

Fora de casa, Inter empata sem gols com o Atlético-GO

O Clube do Povo empatou sem gols com o Atlético-GO, na noite deste domingo (29/08), em partida da 18ª rodada do Brasileirão. Com o ponto conquistado no Antônio Accioly, o Colorado chega a 23 pontos na competição.

Os comandados de Diego Aguirre retornam aos gramados no dia 13 de setembro, após final de semana de folga em virtude da disputa da Data FIFA que conta com Edenilson, Palacios e Guerrero convocados. Diante do Sport, a partida abre o returno, e terá como palco a Ilha do Retiro.


Defesas levam a melhor

Nem Colorado, nem Dragão levaram verdadeiro perigo às defesas adversárias no primeiro tempo desta 18ª rodada do Brasileirão. Caracterizada por retaguardas bem postadas, a etapa inicial presenciou momento de maior verticalidade dos dois lados ainda na casa dos 10 minutos, quando Yuri, para o Inter, e André Luís, do lado do Atlético-GO, levaram perigo em lances de relativa confusão das zagas rivais.

Mais uma vez segura, a dupla de zaga formada por Bruno Méndez e Victor Cuesta anulou com exatidão as tramas de João Paulo e Zé Roberto, tabela que se mostrou perigosa ao longo deste primeiro turno de Brasilierão. Na frente, os melhores momentos colorados saíram da aproximação de Taison a Moisés e Patrick, trio que conseguiu boas tramas pela esquerda, mas nenhuma consagrada com gol.


Mandantes retornam melhor, Inter termina em cima

Quem retornou melhor dos vestiários foi o Atlético-GO, que acumulou boas chances nos 10 minutos de abertura da etapa final. Janderson, logo após a saída da bola, assustou pela esquerda, enquanto João Paulo teve arremate cortado em cima da linha, de maneira providencial, por Bruno Méndez. Aos 13, Zé Roberto também levou perigo, mas em lance paralisado por irregularidade na origem.

Após segundo terço de muitas paralisações, os 15 minutos finais de jogo presenciaram pressão colorada. A partir das entradas de Mauricio, Caio Vidal e Palacios, o Inter construiu enorme volume ofensivo, armado a partir da velocidade do trio e das paredes de Paolo Guerrero, que muito incomodava a zaga. Ninguém, contudo, foi capaz de balançar as redes, que seguiram intactas até o último apito.


Primeiro tempo

9min – UUUUUUUUUUUUH! Yuri recebe de Taison, invade a área rubro-negra e, rente à linha de fundo, tenta o passe rasteiro, para trás. A zaga não afasta, o ataque não completa, e a posse retorna ao 11 do Inter, que finaliza bloqueado por grande saída de Fernando Miguel.

10min – BEM, DANIEL! Igor Cariús arrisca despretensioso, mas com força, pela esquerda. A bola explode na zaga do Inter e toma a direção do lado direito da área vermelha. Antes de André Luis, goleiro colorado deixa o gol e afasta.

11min – COOOOORTA A ZAGA! Taison, que visão! Camisa 10 percebe Moisés nas costas da zaga e serve. Lateral vai até a linha de fundo e cruza rasteiro. Antes de Patrick, Arnaldo manda pela linha de fundo.

26min – Arnaldo sai cara a cara com Daniel e, dentro da área, finaliza para as redes. Gol é anulado por impedimento do lateral-direito rubro-negro.

28min – Lesionado, Arthur Henrique deixa o campo no Dragão. Entra Janderson.

32min – Daniel! João Paulo finaliza de muito longe, e goleiro colorado espalma com segurança.

35min – SALVA, FERNANDO MIGUEL! Edenilson lança Yuri nas costas da zaga atleticana. Camisa 11 dominaria com total liberdade, mas goleiro rubro-negro deixa a meta e afasta o perigo.

45min – Mais um. Vamos até 46!

46min – Encerrado o primeiro tempo.


Segundo tempo

1min – Janderson é lançado em velocidade pela esquerda, consegue o drible na segunda tentativa e chuta cruzado. Daniel espalma, Moisés corta, e arbitragem interrompe o lance por impedimento.

5min – SAAAAALVA, BRUNO MÉNDEZ! Em cima da linha, zagueiro corta finalização de João Paulo, que já superara o goleiro Daniel. Grande lance do uruguaio!

13min – Zé Roberto recebe com espaço na área colorada, mas lance é paralisado por irregularidade na origem da jogada. Atacante reclama e recebe o amarelo.

15min – Johnny por Guerrero. Muda o Inter.

15min – Dourado impede escapada de Janderson e recebe o amarelo.

25min – Vêm Palacios e Paulo Victor no Clube do Povo. Taison e Moisés deixam o campo.

26min – André Luiz escapa pelo corredor direito e finaliza fechado. Daniel encaixa.

28min – NA TRAAAAAAAAAAVE! Heitor costura da direita para o centro e finaliza com a canhota. A bola supera Fernando Miguel, mas explode no poste direito da meta atleticana. Teimosia para não entrar!

32min – Rickson e Montenegro entram no Atlético-GO. Saem André Luis e Zé Roberto.

33min – Por reclamação, Palacios recebe o amarelo.

35min – Caio e Mauricio por Patrick e Yuri. Aguirre completa as cinco mudanças.

37min – UH! Daniel lança linda bola para Edenilson, que escapa pela esquerda e aciona Caio. Camisa 47 corta para a perna direita e, dentro da área, finaliza rasteiro. Fernando Miguel encaixa.

39min – UUUUUUUUUH! Mauricio arma contra-ataque para o Inter e deixa com Caio, que tenta o passe rasteiro na segunda trave. Guerrero teria o gol aberto para marcar, mas a zaga cortou em escanteio!

42min – UUUUUUH! DE NOVO, MAURICIO SERVE! Agora, do 27 para Palacios, que invade a área pela direita, ajeita para soltar a bomba e manda por cima. Quase, quase!

45min – Com quatro de acréscimos, vamos a 49.

49min – Jogo encerrado em Goiânia.


Ficha técnica:

Atlético-GO (0): Fernando Miguel; Arnaldo, Wanderson, Éder e Igor Cariús; Baralhas, Willian Maranhão, André Luis (Rickson), João Paulo e Arthur Henrique (Janderson); Zé Roberto (Montenegro). Técnico: Eduardo Barroca.

Internacional (0): Daniel; Heitor, Bruno Méndez, Victor Cuesta e Moisés (Paulo Victor); Edenilson, Johnny (Guerrero), Rodrigo Dourado e Patrick (Caio Vidal); Taison (Palacios) e Yuri Alberto (Mauricio). Técnico: Diego Aguirre.

Cartões amarelos: Zé Roberto (A). Rodrigo Dourado e Palacios (I).

Arbitragem: Marielson Alves Silva, auxiliado por Alessandro Álvaro Rocha de Matos e Edevan de Oliveira Pereira. Quarto árbitro: Osimar Moreira da Silva Júnior. VAR: Pathrice Wallace Corrêa Maia.

Estádio: Antônio Accioly-GO.

Fotos: Atlético-GO x Internacional – 18ª rodada/Brasileirão 2021

Inter visita o Atlético-GO pela 18ª rodada do Brasileirão 2021. Confira as imagens da partida!

Raio-X: Clube do Povo visita o Atlético-GO na 18ª rodada do Brasileirão

A partir das 18h15, Colorado enfrenta o Dragão em Goiânia/Foto: Ricardo Duarte

Para dar continuidade à sequência de quatro jogos de invencibilidade, o Inter visita o Atlético-GO, a partir das 18h15 deste domingo (29/08), pela 18ª rodada do Brasileirão. Penúltima do primeiro turno, a partida foi projetada pela Rádio Colorada em entrevista com Nathália Freitas, setorista do Dragão pela Rádio Sagres. Confira a íntegra da conversa e, na sequência, fique por dentro de tudo sobre o duelo.

Sport Club Internacional · Raio-X #47 | Atlético-GO x Internacional | 29/08/2021

Transmissão 📻

Se é dia de Inter, é dia de torcer com a Rádio Colorada! Ao vivo a partir das 17h deste domingo, a emissora oficial do Clube do Povo apresentará, como de costume, a jornada mais vermelha do planeta bola. Confira a programação:

Domingo (29/08)Plataforma
0hProgramação musicalInternet e App do Inter
17h Raio-XInternet e App do Inter
17h30Portões AbertosInternet e App do Inter
18h15Jornada EsportivaInternet e App do Inter
20h15Vestiário VermelhoInternet e App do Inter
21h30Programação musicalInternet e App do Inter
Torça com a gente!/Foto: João Callegari

Enriquecido por imagens dos principais lances da partida, o tradicional minuto a minuto das redes sociais do Inter (@scinternacional no TwitterInstagram Facebook) marcará presença na cobertura do duelo entre Clube do Povo e Dragão. Na TV, Premiere e SporTV anunciam transmissão.


Vamo, Inter! 💪

Colorado encerrou preparativos na tarde deste sábado/Foto: Ricardo Duarte

A equipe colorada contou com período considerável de dias livres para ajustar detalhes antes da partida contra o Dragão. Iniciada na última terça-feira (24/08), a preparação para a 18ª rodada do Brasileirão viveu seu capítulo final já no Centro-Oeste brasileiro. Após embarcar para Goiânia no final da tarde de sexta (27/08), o elenco alvirrubro trabalhou, neste sábado (28/08), na Serrinha, casa do Goiás.

Diante do Atlético-GO, Aguirre não poderá contar com Rodrigo Lindoso. Suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o volante, que vinha formando dupla com Dourado, se junta a Renzo Saravia na lista de desfalques do Inter. Mauricio, por outro lado, volta a ficar disponível após liberação do Departamento Médico. O meio-campista sofrera, ainda no início do mês, lesão muscular na coxa esquerda.

Aguirre tem desfalques para escalar o Inter/Foto: Ricardo Duarte

Marcada, como de costume, por aspas dos atletas colorados, a semana foi de entrevista exclusiva de Edenilson para o Canal do Inter. Pilar do time de Aguirre, o camisa oito, que tem atuado pela direita do meio de campo, com maior liberdade para se somar ao ataque, compartilhou suas expectativas para o duelo no Antônio Accioly.

“É um momento importante na competição. A gente conseguiu crescer nos últimos jogos. Ter mais tempo para treinar fez a diferença, e sete pontos em nove é muito bom. Esperamos manter. Agora, vem um jogo difícil, contra uma equipe muito bem treinada, que sempre faz bons campeonatos. Vamos preparados. A gente espera buscar o resultado positivo.”

Edenilson

Artilheiro do Brasileirão, no início da rodada, com os mesmos oito tentos de Gilberto e Bruno Henrique, Edenilson se destaca como o jogador que mais participou de gols no torneio, graças às cinco assistências que também registra. A boa fase foi analisada pelo próprio SuperEd, que compartilhou seus méritos com o restante da equipe.

“Fico feliz por estar ajudando.

Tudo é fruto do trabalho.

O gol nunca é feito por um jogador só,

existe todo um trabalho para que aconteça.”

Edenilson

Sobre a equipe, Edenilson compartilhou a satisfação de dividir momento artilheiro com Yuri Alberto, autor de cinco gols nos últimos três jogos, e Taison, que tem protagonizado grandes exibições desde seu retorno ao Clube do Povo. Junto, o trio forma linha de frente que, sempre acompanhada por Patrick, dono do corredor esquerdo, já balançou as redes 10 vezes desde a 15ª rodada, momento em que a atual formação foi adotada por Aguirre.

“O Yuri, pra mim, tem um potencial gigantesco. Todos estamos vendo isso, e a gente, que trabalha no dia a dia, sabe da margem de crescimento que ele tem. Já o Taison, a gente sempre conversou. Antes de ele voltar para cá, falava que jogaríamos juntos. Agora, está se concretizando. Assim, a equipe está crescendo.”

Edenilson

Entrevistado na quarta (25/08), o meio-campista voltou a atrair holofotes na sexta, quando foi convocado por Tite, técnico da Seleção Brasileira, para a disputa de rodada tripla das Eliminatórias da Copa do Mundo. Recompensa natural para o brilho exibido pelo protagonista camisa oito, o chamado foi comemorado com o companheirismo de sempre por Edenilson, incapaz de esconder a euforia com o privilégio de defender a Canarinho pela primeira vez em sua carreira.

“É uma sensação única, difícil descrever, um sentimento que não cabe no peito. Na hora, quis ligar para a minha família e agradecer cada companheiro, os de hoje e os que passaram. Só tenho a agradecer. Representar a maior seleção do mundo, que tem mais história, o país do futebol! São poucos que têm esse privilégio, e me sinto honrado.”

Edenilson

Quem pode atuar ao lado de Edenilson antes da apresentação do camisa oito à Seleção é Johnny. Cotado para a vaga de Rodrigo Lindoso, o meio-campista, curiosamente, briga com outros dois convocados por lugar entre os titulares. Guerrero, chamado pelo Peru, e Palacios, relacionado pelo Chile, são as alternativas mais ofensivas de que dispõe Aguirre. A respeito da briga por espaço, a jovem cria do Celeiro conversou com o Canal do Inter neste sábado.

“A gente sabe da dificuldade do jogo, e vem com a ideia de manter a nossa sequência. De não tomar gol, e fazer o nosso, para sair com os três pontos. A equipe toda está preparada. Quem o professor optar, vai desempenhar o papel da melhor forma. Tenho certeza.”

Johnny

Arbitragem 👨‍⚖️

Marielson Alves Silva apita, auxiliado por Alessandro Álvaro Rocha de Matos e Edevan de Oliveira Pereira. Trio da Bahia. Quarto árbitro: Osimar Moreira da Silva Júnior, de Goiás. VAR: Pathrice Wallace Corrêa Maia, do Rio de Janeiro.


Rival 🆚

Rival não sofreu sustos no primeiro turno/Foto: DVG/Atlético-GO

É muito segura a campanha construída pelo Atlético-GO até o presente momento. Sétimo colocado com 24 pontos, o Dragão venceu seis, empatou outras seis e perdeu cinco das 17 rodadas que já disputou no Nacional de 2021. Consistente, o desempenho cria expectativas altas na torcida, que lamenta não estar ainda mais próxima do G4, como revelou Nathália na entrevista para a Rádio Colorada.

“O Atlético-GO bateu a pontuação do primeiro turno da temporada passada faltando jogos para virar o turno atual. Aqui, se encara a campanha como muito boa, consistente, mas, com certeza, poderia ser ainda melhor. Apesar de todos comemoraram o momento, a sensação é de o time tinha chances de estar mais perto do G4.”

Nathália Freitas
Em casa, Dragão ficou no 1 a 1 com a Chape na rodada passada/Foto: DVG/Atlético-GO

A relativa frustração de torcida e crônica com a campanha rubro-negra se deve, em grande parte, à oscilação do Atlético-GO como mandante. Sem vencer no Antônio Accioly há cinco rodadas, o Dragão já desperdiçou chances importantes de se aproximar do pelotão de frente do Brasileiro. A instabilidade do time de Eduardo Barroca em seus domínios, de acordo com Nathália, encontra justificativa na dificuldade da equipe para encontrar espaços nas defesas mais fechadas.

“O estilo de jogo do Atlético-GO impossibilita um melhor desempenho. Os times vêm para cá e jogam um pouco mais fechados, principalmente os que ocupam a parte baixa da tabela. E o Dragão ficou sem o João Paulo, que é o único camisa 10 do elenco. Os outros meio-campistas são volantes que jogaram de forma improvisada, o que prejudicou a criação. Com a volta do João, já melhorou.”

Nathália Freitas
João Paulo é o 10 rubro-negro/Foto: DVG/Atlético-GO

Comandante atleticano desde a primeira rodada do Brasileirão, quando fez sua estreia substituindo Jorginho, Eduardo Barroca simboliza bem os sentimentos confusos da torcida rubro-negra para com a campanha do time. Respaldado pela direção e extremamente envolvido com o cotidiano do Dragão, o técnico não goza de grande prestígio junto à crônica esportiva de Goiás.

“Barroca foi muito contestado quando chegou aqui, principalmente pela torcida, que até hoje não tem ele como unanimidade. Hoje, a maioria vai dizer que não gosta do trabalho, mas ele tem muito respaldo da diretoria. Pediu parar morar no CT, que tem um hotel que serve de concentração, e isso mexe com a confiança que a presidência tem.”

Nathália Freitas
Barroca comanda o adversário desde o início do Brasileiro/Foto: DVG/Atlético-GO

Diante do Inter, o Dragão terá os desfalques de Natanel e Dudu, ao mesmo tempo que contará com os reforços Rickson e Pedro Henrique, regularizados junto à CBF. Recém-chegados, porém, o volante e o zagueiro não devem ser titulares. Assim, os prováveis 11 de Barroca são: Fernando Miguel; Arnaldo, Éder, Wanderson (Oliveira ou Werley) e Arthur Henrique; Maranhão, Baralhas e João Paulo; André Luiz, Zé Roberto e Janderson.


Palco 🏟️

Panorama do Antônio Accioly/Foto: DVG/Atlético-GO

Enfrentar o Clube do Povo carrega significado especial para a torcida do Atlético-GO. Na temporada passada, foi exatamente diante do Inter, em partida da 23ª rodada do Brasileirão, que o Dragão disputou sua primeira partida da elite brasileira no Antônio Accioly. Inaugurado em 1930, o Estádio passou por amplas reformas em 2020, obras que o tornaram apto a receber jogos da Série A. Atualmente, os destaques ficam pela capacidade, de 12.500 pessoas, e o potente sistema de iluminação.


Retrospecto do confronto 📊

Damião e Kleber comemoram vitória conquistada em 2011/Foto: Alexandre Lops

O Clube do Povo leva ampla vantagem no retrospecto de seu confronto com o Atlético-GO. Superado uma única vez ao longo das 12 partidas já disputadas pelas duas equipes na história, o Colorado bateu o Dragão em sete ocasiões, além de marcar 24 gols, 14 a mais do que os anotados pelo rival.


Um 2020 colorado 🔙

Moisés marcou no Atlético-GO em 2020/Foto: Ricardo Duarte

Os excelentes números do Inter diante do Dragão podem ser parcialmente justificados pela temporada passada. Adversários nas oitavas de final da Copa do Brasil, Colorado e Atlético-GO abriram a disputa do mata-mata nacional em Goiás, onde o Clube do Povo, com gols de Leandro Fernández e Moisés, conquistou importante vitória de 2 a 1. O placar, inclusive, foi repetido no Beira-Rio, quando Galhardo e Rodinei marcaram os tentos alvirrubros.

Inter teve bom desempenho diante do Dragão na temporada passada/Foto: Ricardo Duarte

O primeiro triunfo do ano passado, porém, saiu no Brasileirão. Em partida da 4ª rodada, o Clube do Povo superou o Atlético-GO, no Beira-Rio, por 3 a 0. Musto e Galhardo, este duas vezes, a primeira após jogada de cinema de Patrick, garantiram os três pontos. No returno, as equipes empataram sem gols no Accioly. O duelo marcou o início de histórica sequência invicta do Inter no torneio, que teria como ponto alto as nove vitórias consecutivas encarrilhadas a partir da 25ª jornada nacional.

Patrick foi importante na vitória do primeiro turno passado/Foto: Ricardo Duarte

Empate sem gols em Goiânia

O Clube do Povo visitou o Atlético-GO, na noite deste sábado (28/11), para a disputa de partida da 23ª rodada do Brasileirão. Iniciado às 21h, o confronto, disputado no Estádio Antônio Accioly, foi encerrado com empate sem gols. Com o resultado, o Inter chega aos 37 pontos na classificação e dorme na quarta colocação.

O Inter volta a campo na próxima quarta-feira (03/12), quando recebe o Boca Juniors, às 21h30, para a disputa dos primeiros 90 minutos das oitavas de final da Libertadores. Pelo Brasileirão, o Clube do Povo visita, às 18h15 de domingo (06/12), o Atlético-MG.


Muita transpiração, pouca inspiração

Os primeiros movimentos de partida transcorreram de maneira bastante intensa, com as duas equipes procurando um gol precoce. Dono da casa, o Atlético-GO não titubeava em apostar nos arremates de longa distância, recurso que valeu ao Dragão uma série de escanteios. No contra-ataque, o Inter usava da movimentação da dupla Yuri Alberto e Thiago Galhardo para causar problemas à zaga rubro-negra, e assim também levou perigo.

Superada a casa dos 15 minutos, as rédeas da partida passaram a ser controladas pelo Inter, que somou crescente posse de bola – inicialmente ineficaz, é verdade, mas, com o passar do tempo, cada vez mais propositiva. Disposto com um losango de meio-campistas, o Clube do Povo cresceu muito a partir da movimentação de D’Alessandro. Armador, o argentino caía pelas pontas, arrastando a marcação e abrindo espaços que ofereceram boas oportunidades antes do intervalo, mas não convertidas em gol.


Segundo tempo de infelicidades

O reinício de partida não deu continuidade à crescente do Inter ao longo da etapa inicial. Bastante truncado, o segundo tempo viveu seu primeiro lance de perigo aos 11 minutos, quando Uendel exigiu milagre de Jean. Pouco depois, Heitor cobrou escanteio que Zé Roberto cortou com a mão. Pênalti, que Galhardo cobrou, mas o goleiro defendeu. Pouco depois, Rodrigo Moledo recebeu o segundo amarelo e, expulso, deixou o Colorado com um a menos no restante do embate, encerrado sem gols.


Melhores momentos – primeiro tempo

3min – SALVA, JEAN! D’Alessandro cobra escanteio da direita, a zaga corta parcialmente mas a sobra é de Lindoso. Ele ajeita com Galhardo, que gira e finaliza de direta, rasteiro, buscando o canto. Goleiro do Atlético-GO salva e, na sobra, a arbitragem indica impedimento.

6min – Nicolas vai ao fundo pela esquerda e cruza na segunda trave. Antes de Janderson, Uendel corta para escanteio.

7min – Matheus Vargas recebe bola na intermediária ofensiva e, de frente para a área colorada, finaliza forte, com desvio. Escanteio para a equipe local.

13min – CHAMARAM NO FUTEVOLÊI! Galhardo ajeita de cabeça para D’Alessandro, que de ombro devolve em Thiagol. Sem deixar cair, ele ajeita com o argentino, que domina no peito e, com a canhota, dá em profundidade para o camisa 17, que finaliza. Éder trava, salvando o time da casa.

15min – JEAN! Heitor vai ao fundo pela direita e cruza na primeira trave. Ela tinha endereço, mas goleiro rival afasta de soco.

17min – Nicolas sobe com força pela esquerda e chuta forte. Rasteira, ela sai à direita de Lomba.

24min – COOOORTA A ZAGA! Uendel serve linda bola para D’Alessandro, que domina na entrada da grande área e aciona Yuri. O camisa 11 tenta a devolução para o gringo, mas Éder trava de carrinho.

27min – SALVA, JEAN! Galhardo costura da direita para o centro. O camisa 17 parte para cima da marcação e adianta demais, mas Uendel mantém a posse e aciona Yuri. Do camisa 11 a bola chega em Patrick, que finaliza forte, rasteiro. Goleiro defende.

37min – JEAAAAN! Uendel escapa pela esquerda e cruza forte. A zaga corta, mas o rebote é de Lindoso, que enche o pé da entrada da área. Goleiro rival encaixa.

42min – NOVA DEFESA DE JEAN! D’Alessandro e Patrick tabelam pela esquerda. Do 10 para o Pantera, que cruza, da quina da grande área, para Yuri Alberto. Na primeira trave, o camisa 11 cabeceia com direção, mas sem força. Jean encaixa.

45min – Vamos a 46. Mais um!

🟨 45min – Rodrigo Moledo recebe cartão amarelo por falta em Chico.

46min – Intervalo de jogo.


Segundo tempo

🟨 1min – Rodrigo Lindoso segura Chico e comete falta. Amarelo apresentado.

🟨 8min – Everton Felipe amarelado.

11min – ESPAAAALMA O GOLEIRO! Uendel é lançado nas costas da marcação, invade a área rubro-negra e, após bom domínio, solta o canhotaço. Jean espalma.

11min – MEU DEUS! Patrick, pressionado por Chico e Matheus Vargas, entorta os dois marcadores. Patenra ía escapando entre a dupla, mas é derrubado a centímetros da grande área. Falta!

🔻🔺 13min – Dupla troca no Inter. Musto e Mauricio nas vagas de Johnny e D’Alessandro.

15min – PÊNALTI PARA O INTER! Heitor cobra escanteio da direita e Zé Roberto, literalmente, espalma a bola.

17min – Thiago Galhardo cobra, Jean defende.

🔻🔺 20min – Everton Felipe e Chico deixam o campo. No Atlético-GO, entram Wellington Rato e Danilo Gomes.

🟥 24min – Rodrigo Moledo recebe o segundo amarelo e está expulso.

25min – Após milagre de Lomba, a sobra é do Atlético-GO. A bola é cruzada para a grande área e Janderson, debaixo das traves, cabeceia por cima. Encerrada a jogada, árbitro anula o lance por impedimento.

🔻🔺 28min – No Inter, Leandro Fernández vem a campo. Sai Thiago Galhardo, e a equipe colorada passa a se postar com duas linhas de quatro. Musto e Cuesta são os zagueiros, enquanto o meio conta com Maurício, aberto na direita, Lindoso, Patrick e, agora na esquerda, Leandro. Yuri fica solto à frente.

🔻🔺 32min – Marcelo Cabo promove as entradas de Júnior Brandão e Pereira. Saem Janderson e Arnaldo.

🔻🔺 35min – Finalizadas as cinco trocas disponíveis ao Clube do Povo. Entram Marcos Guilherme, na vaga de Yuri, e Zé Gabriel, que substitui Patrick.

🟨 39min – Leandro Fernández recebe o amarelo.

45min – Vamos até 49. Mais quatro.

45min – Leandro Fernández intercepta erro na saída de jogo do Dragão e finaliza de direita. Jean salva o time da casa!

49min – Jogo encerrado.


Ficha técnica:

Atlético-GO (0): Jean; Arnaldo (Pereira), Éder, Gilvan e Nicolas; Willian Maranhão, Matheus Vargas e Everton Felipe (Wellington Rato); Chico (Danilo Gomes), Zé Roberto e Janderson (Júnior Brandão). Técnico: Eduardo Cabo.

Internacional (0): Marcelo Lomba; Heitor, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Uendel; Rodrigo Lindoso, Johnny (Musto), Yuri Alberto (Marcos Guilherme), D’Alessandro (Mauricio) e Patrick (Zé Gabriel); Thiago Galhardo (Leandro Fernández) Técnico: Leomir de Souza.

Cartões amarelos: Everton Felipe (A). Rodrigo Moledo, Leandro Fernández e Rodrigo Lindoso (I).

Cartão vermelho: Rodrigo Moledo (I).

Arbitragem: Ramon Abatti Abel apita, auxiliado por Alex dos Santos e Thiaggo Americano Labes. VAR: Rafael Traci.

Estádio: Antônio Accioly-GO

Fotos: Atlético-GO x Inter – Brasileirão/23ª rodada

Raio-X: os detalhes da partida em Goiânia

Fim de semana de Inter em campo pelo Brasileirão! O Clube do Povo enfrenta, a partir das 21h deste sábado (28/11), o Atlético-GO, fora de casa. Partida da 23ª rodada do Brasileirão, ocorre no Estádio Antônio Accioly, em Goiânia. Abaixo, fique por dentro de tudo sobre o duelo!


Pra cima, Colorado!

A preparação colorada para o embate no Centro-Oeste foi encerrada na tarde desta sexta-feira (27/11). No CT Parque Gigante, os auxiliares Osmar Loss e Leomir de Souza comandaram atividades técnicas e táticas que ajustaram os detalhes da provável equipe que enfrentará o Atlético-GO.

Além do técnico Abel Braga, que testou positivo para o novo coronavírus, o Inter conta com os desfalques de Danilo Fernandes, também por Covid-19, Abel Hernández e Moisés, lesionados, Edenilson, gripado, e Nonato, suspenso. Rodrigo Dourado, com contusão no joelho direito, passa por avaliações diárias para definir suas condições de jogo.

A delegação colorada desembarcou em solo goiano na noite desta sexta. Antes disso, o atacante Yuri Alberto conversou de maneira exclusiva com a Mídia do Inter. Dono da camisa 11 do Clube do Povo, o atleta, que já soma três gols pelo Clube do Povo, projetou o duro embate diante do Dragão. Confira:


Transmissão

Dia de Inter, você já sabe, é na Rádio Colorada! A emissora oficial do Clube do Povo abre às 20h, com o pré-jogo Portões Abertos, a transmissão do duelo entre Inter e Atlético-GO. A Jornada Esportiva começa às 20h45, e se estende até o apito final, quando chega o Vestiário Vermelho, atração responsável por repercutir, através de entrevistas exclusivas e também coletivas, todos os ângulos do confronto recém-encerrado. Ouça a Mais Vermelha no FM 95,5 ou via Site e APP do Inter!

As redes sociais do Inter (@scinternacional no TwitterInstagram Facebook) contarão com o melhor minuto a minuto da internet, enriquecido por imagens compartilhadas de maneira instantânea. Na TV, o Premiere transmite com exclusividade.

Clique aqui para fazer o download do APP do Inter para Android

Clique aqui para fazer o download do APP do Inter para IOS


Projeções de tabela

Quarto colocado no Brasileirão, o Inter chega para a 23ª rodada com 36 pontos conquistados no torneio. À frente do Clube do Povo estão, respectivamente, São Paulo, com 38, Flamengo, 39, e Atlético-MG, líder e dono de 42 pontos. O Galo, porém, já foi a campo na rodada: derrotou o Botafogo, na última quarta-feira (25/11), por 2 a 1.

Em caso de vitória colorada diante do Atlético-GO, os comandados de Abel Braga podem encerrar a rodada na segunda colocação. Para tanto, basta que o São Paulo não derrote o Bahia, uma vez que o Flamengo teve seu embate adiado para data ainda indefinida. O duelo entre tricolores ocorre, às 19h deste sábado (28/11), na Arena Fonte Nova. Já o Rubro-Negro visitaria o Grêmio, na Arena.

Se empatar ou perder em Goiânia, o Inter pode ser ultrapassado por três equipes, mas apenas em caso de triunfo destas. O primeiro rival que alcançaria o Clube do Povo é o Fluminense, equipe que, com 35 pontos, recebe, na próxima segunda-feira (30/11), o Red Bull Bragantino, no Maracanã.

Respectivos sexto e sétimo colocados, Palmeiras e Santos somam 34 pontos e vão a campo, como mandantes, às 17h deste sábado. O Alviverde enfrenta o Athletico Parananese, enquanto o Peixe mede forças com o Sport.

Confira o topo da tabela de classificação:

PtsJVEDGPGCSG
Atlético-MG42231337412912
Flamengo3922116537316
São Paulo38201082311912
Inter36221066332211
5º Fluminense3522105731256
Palmeiras342197528217
Santos342297630255

Palco

Estádio Antônio Accioly/Foto: Heber Gomes, Atlético-GO

O duelo deste sábado será especial para a torcida atleticana. Casa rubro-negra, o Estádio Antônio Accioly receberá, pela primeira vez em sua história, uma partida da Série A brasileira. Palco utilizado pela última vez na rodada de encerramento da segunda divisão do ano passado, o Castelo do Dragão passou por amplas reformas em 2020, realizadas para adequar o local aos padrões de exigência cobrados pela elite do futebol nacional.

Finalizadas as obras, o Antônio Accioly, palco que recebe jogos desde a década de 1930, conta agora com capacidade para 12,5 mil pessoas. As modernizações também atingiram o sistema de iluminação do Estádio, ampliado em grande escala e abastecido por gerador próprio.

Estádio conta com potente sistema de refletores/Foto: Heber Gomes, Atlético-GO

Arbitragem catarinense

Ramon Abatti Abel apita, auxiliado por Alex dos Santos e Thiaggo Americano Labes. VAR: Rafael Traci. Quarteto de Santa Catarina.


O Rival

Janderson veste a 7 do Dragão/Foto: Heber Gomes, Atlético-GO

O Dragão, 13º colocado no Brasileirão, tem 27 pontos, um a menos do que o Bahia, equipe que figura imediatamente acima do Rubro-Negro e abre a zona de classificação para a próxima Sul-Americana. Em relação ao Z4, o Atlético-GO, que contra o Inter disputará sua terceira partida sob o comando de Marcelo Cabo, soma três pontos de vantagem.

Em destaque, o técnico Marcelo Cabo/Foto: Heber Gomes, Atléitco-GO

O bom momento do Atlético-GO contrasta com a relativa turbulência vivenciada na casamata rubro-negra ao longo de 2020. Marcelo é o quarto nome a assumir o comando técnico do Dragão, que abriu a temporada treinado por Cristóvão Borges e, desde então, também foi liderado por Eduardo Souza e Vagner Mancini. Este último deixou o clube em 11 de outubro, quando fechou com o Corinthians.

Embora curta, a caminhada já construída pelo Dragão sob o comando de Cabo empolga a torcida atleticana. Técnico campeão da Série B de 2016 com o Atlético-GO, Marcelo chegou ao clube, no dia 10 de novembro, credenciado por positivos 55,5% de aproveitamento em sua primeira passagem, alicerçada em 28 vitórias, 16 empates e 16 reveses. Desde então, o treinador empatou em 1 a 1 com o Flamengo, no Maracanã, e venceu o Sport, na Ilha do Retiro, por 1 a 0.

Chico (E) é um dos destaques da temporada do Dragão

Primeira jornada que o Atlético-GO de Marcelo Cabo realizará como mandante, o confronto diante do Inter oferece grandes dores de cabeça ao técnico rubro-negro. Por questões contratuais, os titulares Dudu e Gustavo Ferrareis desfalcam o Dragão, assim como Natanael. Suspenso, João Victor também é baixa, enquanto Marlon Freitas estará de fora por lesão. Assim, o provável Dragão conta com Jean; Arnaldo, Éder, Gilvan e Nicolas; Willian Maranhão, Matheus Vargas e Chico; Janderson, Zé Roberto e Everton Felipe.

Gilvan (4) deve ser titular na zaga do Dragão neste sábado

Retrospecto

Inter e Atlético-GO já se enfrentaram 11 vezes na história, e o Colorado leva a vantagem no retrospecto do confronto. Ao todo, o Clube do Povo soma sete vitórias contra uma derrota, além de três igualdades. A Maior e Melhor Torcida do Rio Grande já comemorou 24 gols contra os rivais deste sábado, enquanto o Dragão balançou as redes alvirrubras em 10 ocasiões.


Primeiro turno

Disputado na quarta-feira 19 de agosto, o confronto de primeiro turno entre Inter e Atlético-GO integrou a quarta rodada do Brasileirão. Marcado por duas etapas distintas, o duelo contou com grande exibição do Clube do Povo nos 45 minutos finais, quando saíram todos os gols do embate. Damián Musto, de cabeça, abriu o placar, enquanto Thiago Galhardo, primeiro em rebote e depois de pênalti, confirmou o importante triunfo de 3 a 0.

Manhã de trabalhos no CT Parque Gigante

A manhã desta quinta-feira (26/11) foi de treino para o grupo colorado. Na antevéspera de visitar o Atlético-GO para a disputa de partida da 23ª rodada do Brasileirão, o elenco do Clube do Povo realizou atividades físicas e técnicas no gramado do CT Parque Gigante.

Como consequência do adiamento da partida de ida das oitavas da Libertadores, o Inter passa por sua primeira semana livre de partidas em três meses. O período, que está sendo aproveitado pela comissão técnica para ajustar detalhes na equipe colorada, será encerrado nesta sexta-feira (27/11). Também no CT, o Clube do Povo finaliza, a partir das 13h, os preparativos para o embate em Goiânia.

Atual quarto colocado no Campeonato Brasileiro, o Clube do Povo chega para a rodada do fim de semana a três pontos de distância do Flamengo, vice-líder. O Inter soma 36 na competição, com 10 vitórias conquistadas em 22 rodadas.

Bastidores da classificação colorada às quartas do Brasil

O Clube do Povo está nas quartas de final da Copa do Brasil! Após superar o Atlético-GO por 2 a 1 no Gigante, 4 a 2 no agregado, o Inter garantiu vaga entre as oito principais equipes do país. Confira os bastidores do triunfo conquistado no Beira-Rio!