Velhas Súmulas: 50 entrevistas sobre a história do Inter

O programa Velhas Súmulas, da rádio Colorada, chegou a 50 edições neste sábado (01/05). O espaço radiofônico dedicado à história do Internacional, criado em maio de 2020, acumula cinco dezenas de entrevistas e conversas sobre momentos marcantes da trajetória do Clube do Povo.

Para acessar cada conteúdo, basta clicar no nome do/a entrevistado/a:
Abel Braga, Airton Caixão, Alessandro Barcellos, Aloísio, Bagatini, Batista, Beretta, Bibiano Pontes, Bráulio, Caíco, Ceará, Chiquinho, Christian, Claiton, Daniel Carvalho, Daniel Cravo (advogado), Daniel Franco, Dario (“Dadá Maravilha”), Diego, Diogo, Diogo Rincón, Duda Luizelli, Dunga, Elías Figueroa, Francisco Salomón, Gelson Pires (ex-dirigente colorado), Hiran, Iarley, Jair, João Carlos, José Benítez, Kenny Braga (jornalista e escritor), Kleber, Lauro, Luis Carlos Winck, Luis Fernando, Manoel Tobias, Márcio Pinheiro (jornalista, filho do ex-dirigente Ibsen Pinheiro), Michel, Nilmar, Nilson, Pinga, Rubens Cardoso, Rubens Minelli, Sergio Goycochea, Thessa, Tinga, Valdomiro, Vinícius e Wellington Monteiro.

Velhas Súmulas: Bráulio, o Garoto de Ouro, relembra sua trajetória e coloradismo

A história de Bráulio com o Inter poderia ser ilustrada em um filme ou uma série, tamanha é a beleza da ligação entre o eterno Garoto de Ouro e o Clube do Povo. Teve o coloradismo despertado de vez em um Gre-Nal no Olímpico no meio da torcida rival. Foi gandula de Larry em treinos, e pelo Cerebral veio a notícia da primeira chance no time principal do Colorado. A marcante parceria com Claudiomiro. A participação em um dos momentos mais lindos e importantes da história da instituição alvirrubra: a inauguração do estádio Beira-Rio, casa colorada há mais de meio século. São exemplos da conexão de Bráulio com o Inter.

Bráulio com a camisa colorada e a faixa de campeão gaúcho de 1969

Bráulio foi o personagem entrevistado da edição deste sábado (29/08) do programa Velhas Súmulas, da rádio Colorada, a emissora oficial do Internacional. A conversa pode ser conferida no player no abaixo:

Sport Club Internacional · Rádio Colorada | Entrevista com ex-jogador Bráulio, o Garoto de Ouro | 29/08/2020

O material também pode ser acessado no Spotify do Inter.

O histórico camisa 8 relembrou, por exemplo, a partida amistosa disputada com o português Benfica na inauguração do estádio Beira-Rio. Bráulio reforçava aos companheiros a necessidade de a história na avenida Padre Cacique, número 891, começar com triunfo colorado. E tratou de “pilhar” os companheiros em momentos como o trabalho de aquecimento para aquele jogo.

“Nós entramos com personalidade. O Benfica, fazendo onda. Eu estava batendo bola com o Claudiomiro, Valdomiro, e olhando para eles [os adversários] de rabo de olho, o jeito que eles batiam [na bola]. Não entrou um repórter ao meu redor. Não, os repórteres, todos no Eusébio, no Costa Pereira. Eu dizia: ‘vocês vão ver no final’. Eu passava por um [companheiro] e dizia assim: ‘olha ali, ó’. Aí o Tovar olhava. Passava pelo Valdomiro, que era muito mais humilde: ‘e aí, Valdo? Os caras estão cheios de moral aqui dentro. No final quem vai dar as cartas seremos nós’. E assim fui dizendo um por um no ouvido, batendo bola e olhando para eles. Louco para começar o jogo. Quando começou [o jogo], começamos a tocar a bola. Eu ouvi o Eusébio falar naquele português corrido. Ele falou um troço que me gravou. Ele dizia: ‘não dá para tocar a bola’. Ele queria dizer: não dá para segurar a bola, não dá para prender a bola. Chegava o Pontes nele, chegava o Scala voando nele. Ele deve ter pensado que seria mamão com açúcar. Essas carinhas [nossas] de gurizinho de 17, 18 anos. Mas não deu para eles. Se tivesse mais uns 20 minutos, nós faríamos mais um ou dois gols. Nós enlouquecemos dentro do campo”.

O programa Velhas Súmulas vai ao ar aos sábados na rádio Colorada, das 14:00 às 15:30. Entrevistas com personagens da história colorada, detalhamento de fatos importantes da trajetória do Clube do Povo, reportagens especiais, além de leituras de trechos de livros, crônicas e textos sobre futebol, preenchem as tardes de sábado da emissora oficial do Inter. Aos domingos também, quando o programa é reproduzido como reprise às 14:00.

Acompanhe também a programação da rádio Colorada durante a semana: de segunda a sexta-feira, o Programa do Inter, o noticiário colorado mais completo do rádio, vai ao ar a partir das 18 horas.

Siga a rádio Colorada no Twitter!