Raio-X: Gurias estreiam no Gauchão

Dia de estreia para as patroas do Rio Grande! Bicampeãs consecutivas, as Gurias Coloradas estreiam no Gauchão neste domingo (19/09), a partir das 15h, diante do Juventude. Válido pela primeira rodada do grupo B, o duelo abre a luta do Inter pelo nono título estadual de sua história, quarto desde a retomada do departamento de Futebol Feminino. Fique por dentro de tudo sobre o embate!


Transmissão 📻

O domingo será de jornada dupla na Rádio Colorada. Ao vivo a partir das 9h30, horário de abertura da transmissão do duelo entre Inter e Fortaleza, válido pela 21ª rodada do Brasileirão, a emissora oficial do Clube do Povo sucederá a narração do embate masculino pela transmissão da estreia das Gurias no Estadual. Confira a programação:

Domingo (19/09)Plataforma
9h30Raio-XInternet e App do Inter
10hPortões Abertos
(Internacional x Fortaleza –
21ª rodada/Brasileirão 2021)
Internet e App do Inter
11hJornada Esportiva
(Internacional x Fortaleza –
21ª rodada/Brasileirão 2021)
Internet e App do Inter
13hVestiário Vermelho
(Internacional x Fortaleza –
21ª rodada/Brasileirão 2021)
Internet e App do Inter
13h45Especial Gauchão FemininoInternet e App do Inter
14h45Portões Abertos
(Juventude x Gurias Coloradas –
1ª rodada/Gauchão Feminino)
Internet e App do Inter
15hJornada Esportiva
(Juventude x Gurias Coloradas –
1ª rodada/Gauchão Feminino)
Internet e App do Inter
17hVestiário Vermelho
(Juventude x Gurias Coloradas –
1ª rodada/Gauchão Feminino)
Internet e App do Inter
17h30Programação musicalInternet e App do Inter

Colorada é a emissora que mais transmite futebol feminino no país/Foto: João Callegari

As redes sociais das Gurias Coloradas (@guriascoloradasoficial no Instagram, @GuriasColoradas no Facebook e @ColoradasGurias no Twitter) acompanharão a estreia estadual com o tradicional minuto a minuto da partida. Com imagens, a FGF TV anuncia transmissão.


Pra cima delas! 💪

Gurias encerraram preparação na manhã deste sábado/Foto: João Callegari

As Gurias Coloradas contaram com duas semanas de preparação para a partida contra o Juventude. Após atingir a melhor campanha da história do futebol gaúcho no Brasileirão A1, onde foi semifinalista, o time de Maurício Salgado aproveitou o período entre um torneio e outro para realizar atividades técnicas e táticas, além de avaliações físicas e exercícios de academia. Os trabalhos foram concluídos na manhã deste sábado (18/09), no Sesc Protásio Alves, e já contaram com a presença de novidade no elenco vermelho.

Mais novo reforço das Gurias Coloradas, a lateral-direita Ariely, anunciada na última quinta-feira (16/09), está regularizada no BID e tem condições legais de enfrentar o Juventude. Oriunda do Vasco da Gama, a atleta é a principal novidade no time de Maurício Salgado, que precisará superar algumas baixas contra o Papo. Convocadas para a Seleção Sub-20, a goleira Gabi Barbieri, a meio-campista Maiara e a atacante Mileninha desfalcam o Inter nesta estreia de Gauchão.

Capitã das Gurias, a zagueira Bruna Benites projetou, em entrevista concedida para o Canal do Inter na última sexta-feira (17/09), o duelo deste domingo. No Inter desde 2019, a defensora, campeã dos dois Gauchões que já disputou, entende que o título estadual seria o encerramento perfeito para uma temporada histórica do futebol feminino alvirrubro. O caminho até a taça, porém, reserva muitos obstáculos para o Clube do Povo, tradicionais dificuldades que o elenco tem trabalhado forte para superar.

“A gente está se preparando em um ritmo muito forte. Tivemos dois dias de folga, completos, para recuperar do Brasileirão, e agora a gente vem numa preparação física forte. Vamos usar o Campeonato Gaúcho para encerrar bem o nosso ano, que a gente sabe que é importante. O grupo vem amadurecendo, e acredito que vamos entrar muito fortes na competição, por tudo que passamos durante o ano. Seria perfeito coroar essa temporada com mais um título do Gauchão. É importante, embora saibamos que é muito difícil.”

Bruna Benites

Bruna também compartilhou suas impressões a respeito da contínua evolução do futebol feminino gaúcho. Nas palavras da defensora, o estadual mais meridional do Brasil não é exceção ao quadro de crescimento da modalidade no país. No Rio Grande do Sul, contudo, Benites entende que o Inter tem responsabilidade ainda maior para com os adversários, uma vez que serve, por toda estrutura e história que possui, de espelho e referência às instituições vizinhas.

“Eu acho que a tendência é o Gauchão ficar cada vez mais difícil, como as outras competições do Brasil. As equipes vêm se reforçando, qualificando. Muitos adversários nós não conhecemos, mas respeitamos todos, e entramos com foco total. Como referência aqui no estado, a gente sempre tem que procurar fazer o nosso melhor. As outras equipes nos têm como espelho, e procuramos estar no nosso melhor. Domingo, esperamos fazer um grande jogo para já iniciar com um resultado positivo e entrar na competição o mais forte possível.”

Bruna Benites
Bruna Benites ergue a taça do Gauchão 2020/Foto: Mariana Capra

Convocada para três Olimpíadas e dona de currículo vencedor, entre outros, de duas Libertadores e um Mundial, Bruna é uma das principais referências do elenco colorado. Apesar da experiência, a defensora de 36 anos dispensa quaisquer vaidades no contato diário com o grupo. Pelo contrário, faz questão de compartilhar responsabilidades – e méritos – com todas as colegas de equipe, especialmente com as mais jovens, que exercem protagonismo cada vez maior no cotidiano das Gurias.

“Aqui, no Inter, a gente tem a filosofia de que todas nós somos importantes. Não tem mais nem menos, a partir do momento pisa aqui dentro, todo mundo é tratado da mesma maneira. As meninas vêm para agregar, já sabem da responsabilidade que têm, nós vestimos a camisa do Inter, e a responsabilidade é dividida entre todas nós, independente da idade. Elas têm consciência disso e, eu tenho certeza, vão fazer uma grande competição também.”

Bruna Benites

Até aqui, a temporada das Gurias conta com nove vitórias e três empates, além de sete reveses, nas 19 partidas disputadas desde de abril. Fortes quando visitantes, as coloradas venceram seis dos nove confrontos jogados fora de casa, ocasiões em que marcaram 13 gols e sofreram 10. Fabi Simões, com sete bolas enviadas às redes, é a artilheira da temporada alvirrubra, seguida de perto por Mileninha, que já anotou seis tentos no ano, seu primeiro como profissional.

Positivas em 2021, as estatísticas das Gurias tomam contornos verdadeiramente impressionantes quando adotado o recorte estadual. Somando as campanhas campeãs do Rio Grande em 2019 e 2020, a equipe, que venceu os dois torneios de maneira invicta, exibe incríveis 14 vitórias em 15 partidas, que presenciaram 135 gols vermelhos e míseros três rivais.

Título de 2019 foi o segundo das Gurias pós-retomada/Foto: Mariana Capra

Regulamento 📊

O Gauchão Feminino terá sua primeira fase realizada em formato de pontos corridos, com as oito equipes participantes divididas em dois grupos, os quais serão jogados em turno e returno. Encerradas as seis rodadas, líder e vice de cada chave avançarão para as semifinais, que também ocorrerão com partidas de ida e volta. Tanto a decisão quanto a luta pelo terceiro lugar, contudo, serão disputadas em jogo único. Confira o calendário das Gurias:

Desde 2017 nas Gurias, Leidi disputará seu quinto Gauchão seguido/Foto: Mariana Capra

DATAJOGOHORÁRIOLOCAL
19/09 (DOM)Juventude x Inter15hHomero Soldatelli
03/10 (DOM)Inter x Elite15hSesc Protásio Alves
10/10 (DOM)Flamengo x Inter15hCT Futebol com Vida
17/10 (DOM)Inter x Flamengo15hSesc Protásio Alves
24/10 (DOM)Elite x Inter15hAABB de Ijuí
31/10 (DOM)Inter x Juventude15hSesc Protásio Alves
Djeni foi um dos destaques das Gurias no título de 2020/Foto: Mariana Capra

Arbitragem 👨‍⚖️

Gutiérrez dos Santos Vasques, auxiliado por Ronei Zwirtes e Marcelo Luis Krindges. Trio gaúcho.


Rival 🆚

Gauchão marca a reestreia profissional do futebol feminino alviverde/Foto: Arthur Dallegrave/Juventude

Primeiro torneio adulto disputado pelo Juventude após a retomada do Futebol Feminino alviverde, o Gauchão será a segunda competição jogada pelas Esmeraldas em 2021. Antes do Estadual, o Papo participou do Brasileirão Feminino Sub-18 no mês de junho, quando integrou o grupo E. Comandante da equipe no certame de base, Giordano Demore também ocupará a casamata do Papo no campeonato do Rio Grande. Entrevistado pela Rádio Colorada na sexta passada, o profissional comentou como foi realizada a preparação da equipe para o embate deste domingo.

“A gente tem uma boa base do grupo Sub-18, que participou pela primeira vez do Brasileiro da categoria. Foi uma experiência muito grande, onde tivemos enfrentamento com diversas equipes, e conhecemos a estrutura das do nosso grupo. Depois do torneio, a gente retornou e teve praticamente um mês e meio até o Estadual. Então, buscamos a manutenção das atletas. Temos um grupo bem jovem, com uma atleta de 23 anos, e as demais, mais jovens.”

Giordano Demore
Demore (C) comandará as Esmeraldas no Gauchão/Foto: Gabriel Tadiotto/Juventude

Jovem, a espinha dorsal alviverde não está necessariamente fechada para o restante da temporada. Atento às oportunidades do mercado, o Juventude segue à procura de jogadoras de maior experiência para compor o elenco. Independente das contratações, porém, o rival da estreia colorada já tem traçados seus objetivos para o Gauchão. Adotadas através da humildade de quem reestreia profissionalmente, as metas também carregam a ambição digna da modalidade que mais cresce no Brasil.

“A gente prevê bastante dificuldade, como tivemos no Brasileiro, porque a competitividade é uma coisa nova para as atletas. Nesse primeiro momento, nosso título é a classificação. Apesar da falta de experiência e maturidade, trabalhamos as meninas para questões da parte tática, emocional e, também, de confiança. Vamos buscar um bom desempenho, que seja satisfatório em cada jogo, com pretensões de buscar a classificação, estar sempre competindo, sempre jogando, dentro ou fora de casa, com clareza e humildade para atingir nossos objetivos.”

Giordano Demore
Esmeraldas contam com elenco bastante jovem/Foto: Gabriel Tadiotto/Juventude

Famoso por sua vocação formadora de atletas no futebol masculino, o Juventude também espera revelar grandes jogadoras no feminino. O ano de 2021, inclusive, marca a volta do Papo à Série A do Campeonato Brasileiro após 14 anos, feito que recoloca o Clube, definitivamente, nos holofotes do esporte nacional. Tomando exatamente esta estrutura como norte, Demore espera atrair olhares para os bons valores que fazem parte de seu elenco.

“Selecionamos atletas que têm um perfil de formação, porque o Juventude tem esse histórico, e o time feminino não pode ser diferente. Amanhã ou depois, eu tenho certeza que meninas de 16 anos, que estão despontando, vão chamar a atenção de diversas equipes. Pretendemos botar elas na vitrine, pavimentar um caminho, e deixar time, torcida e público cada vez mais voltados a incentivar o futebol feminino, para que ele se sustente por muitos e muitos anos. A modalidade só tende a crescer, no mundo vemos isso, também no Brasil. São só ganhos.”

Juventude começa a pavimentar importante caminhada no futebol feminino/Foto: Adriano Fontes/CBF

Após estrear como mandante, o Juventude disputará as rodadas segunda e terceira do grupo B fora de casa. Primeiro, daqui a dois domingos, no dia três de outubro, as comandadas de Demore visitarão o Flamengo de São Pedro, para na semana seguinte duelar, contra o Elite, na AABB de Ijuí. O retorno das Esmeraldas a Flores da Cunha está previsto para o dia 17 do mês que vem, quando abrirão o returno diante do rival da região Noroeste do estado.


Palco 🏟️

Panorama do Homero Soldatelli/Foto: Marcelo Casagrande/RBS

Localizado em Flores da Cunha, o Estádio Homero Soldatelli servirá de casa para as Esmeraldas ao longo do Gauchão de 2021. O endereço, que também recebeu partida do Juventude no Estadual masculino de 2021, guarda boas lembranças para as Gurias Coloradas, que disputaram no palco do jogo deste domingo as fases primeira e segunda do Campeonato Brasileiro Sub-18 de 2019, título que conquistariam em cima do São Paulo.


Confronto de tradição 🔝

Inter e Juventude se enfrentaram na Copa do Brasil de 2007/Foto: Alexandre Lops

Adversários de tradição no futebol masculino, Inter e Juventude também têm história para se orgulhar nos gramados femininos. Maior campeão gaúcho na modalidade, o Clube do Povo já levantou oito taças do Gauchão, cinco a mais do que Canoas, Grêmio e, exatamente, o Papo. Os troféus alviverdes foram conquistados de maneira consecutiva, entre os anos de 2004 e 2006.

Em novembro de 2007, Inter e Juventude se enfrentaram na fase de abertura da primeira Copa do Brasil Feminina organizada pela CBF. Após empate por 1 a 1 em Caxias do Sul, o Clube do Povo segurou igualdade sem gols no gramado do Beira-Rio para avançar de fase. À época, a preparação das mulheres coloradas para o duelo contou com palestras dos campeões mundiais Iarley e Wellington Monteiro.

Saldo qualificado classificou o Inter para a segunda fase/Foto: Alexandre Lops

Bruna Benites projeta início do Gauchão

O domingo (19/09) será de estreia para as Gurias Coloradas no Gauchão Feminino de 2021. Semifinalistas do Brasileiro, torneio no qual construíram a melhor campanha da história do futebol feminino do Rio Grande do Sul, as comandadas de Maurício Salgado contaram com intervalo de duas semanas entre a disputa do Nacional e a abertura do Estadual. Exatamente sobre a preparação para o embate diante do Juventude, a capitã Bruna Benites conversou, nesta sexta-feira (17/09), com o Canal do Inter.

“A gente está se preparando em um ritmo muito forte. Tivemos dois dias de folga, completos, para recuperar do Brasileirão, e agora a gente vem numa preparação física forte. Vamos usar o Campeonato Gaúcho para encerrar bem o nosso ano, que a gente sabe que é importante. O grupo vem amadurecendo, e acredito que vamos entrar muito fortes na competição, por tudo que passamos durante o ano. Seria perfeito coroar essa temporada com mais um título do Gauchão. É importante, embora saibamos que é muito difícil.”

Bruna Benites
Capitã Bruna Benites conversou com o Canal do Inter/Foto: João Callegari

A partida diante das Esmeraldas corresponde a um duelo inédito na história recente do futebol feminino gaúcho. Desde seu surgimento, em 2017, as Gurias Coloradas jamais enfrentaram o Papo, tradicional adversário dos gramados masculinos. O ingresso do Juventude na modalidade, inclusive, simboliza a crescente valorização que essa encontra na sociedade gaúcha, responsável por promover contínuo fortalecimento do torneio Estadual.

Foto: João Callegari

“Eu acho que a tendência é o Gauchão ficar cada vez mais difícil, como as outras competições do Brasil. As equipes vêm se reforçando, qualificando. Muitos adversários nós não conhecemos, mas respeitamos todos, e entramos com foco total. Como referência aqui no estado, a gente sempre tem que procurar fazer o nosso melhor. As outras equipes nos têm como espelho, e procuramos estar no nosso melhor. Domingo, esperamos fazer um grande jogo para já iniciar com um resultado positivo e entrar na competição o mais forte possível.”

Bruna Benites

Campeãs das duas últimas edições do Estadual, as Gurias chegam para o torneio de 2021 reforçadas. Anunciada na última quinta-feira (16/09), a lateral-direita Ariely encorpa o elenco que disputou o Campeonato Brasileiro nos últimos meses. Aos 19 anos, a atleta também reforça a ala jovem do grupo vermelho, parcela tradicionalmente protagonista na minutagem alvirrubra dentro do Gauchão. Do alto de sua experiência, credenciada por raro currículo vitorioso, Bruna Benites destacou a presença de jogadoras de baixa idade no plantel colorado.

“Aqui, no Inter, a gente tem a filosofia de que todas nós somos importantes. Não tem mais nem menos, a partir do momento pisa aqui dentro, todo mundo é tratado da mesma maneira. As meninas vêm para agregar, já sabem da responsabilidade que têm, nós vestimos a camisa do Inter, e a responsabilidade é dividida entre todas nós, independente da idade. Elas têm consciência disso e, eu tenho certeza, vão fazer uma grande competição também.”

Bruna Benites
Grupo trabalhou forte ao longo das últimas semanas/Foto: João Callegari

Marcado para as 15h deste domingo (19/09), o embate entre Inter e Juventude terá como palco o Estádio Homero Soldatelli, em Flores da Cunha. A estreia das Gurias como mandantes está prevista para o próximo dia três de outubro, também às 15h, diante do Elite. O Clube do Povo integra o Grupo B do Gauchão, que ainda conta com o Flamengo de São Pedro.

“Vai ser uma guerra”, projeta Bruna Benites sobre a decisão deste domingo

As Gurias Coloradas encerraram neste sábado (04/09) os preparativos para a partida de volta das semifinais do Brasileirão Feminino. Atividades de academia finalizaram semana marcada pela constante procura por máximo rendimento com mínimo desgaste. Após elas, a capitã Bruna Benites conversou com o Canal do Inter direto da concentração em São Paulo, e projetou o duelo decisivo diante do Palmeiras.

Foto: João Callegari

“É jogo difícil, como foi o primeiro, decidido em detalhes. A equipe do Palmeiras é muito qualificada, forte, com peças individuais que dispensam comentários. Vai ser uma guerra. Estudamos bastante, já tínhamos estudado a equipe delas, estudamos o jogo que passou, e vimos que estamos no caminho certo. Estou muito confiante que vamos sair com um resultado positivo.”

Bruna Benites

Superadas por 1 a 0 na partida de ida, as Gurias precisam de uma vitória por dois ou mais gols de diferença para garantir a vaga no tempo normal, enquanto triunfo mínimo leva a decisão para os pênaltis. Árdua, a missão colorada encontra precedente em feito atingido pela equipe no ano passado, quando, após vitória de 3 a 1, o Inter se tornou a primeira e única equipe a vencer as palestrinas no Allianz. Sobre isso, Bruna também conversou com a mídia alvrirrubra.

Foto: Fabio Menotti/Palmeiras

“Cada jogo é um jogo. Ano passado foi um em que saímos felizes daqui, é óbvio que a gente sabe que é outro Campeonato, mas temos que trazer que, se batemos esta equipe uma vez, podemos fazer isso de novo. Vai ser um jogo difícil, na casa delas, mas, como o Maurício fala, a nossa casa é onde a gente passa a maior parte do tempo, e a gente passou a maior parte em gramados, em campo.”

Bruna Benites

A campanha construída até aqui já é a melhor das Gurias na história do Brasileirão Feminino. Semifinalistas de maneira inédita, as coloradas superaram inúmeras adversidades para chegar entre as quatro melhores equipes do Nacional. Em constante evolução, o time de Maurício Salgado chega pronto para buscar a vaga no Allianz, decidido a deixar um legado cada vez mais rico no Clube, como revela Bruna.

Foto: Ricardo Duarte

“Traçamos como objetivo estar na final desse ano, e evoluímos enquanto equipe no decorrer da competição. Perdemos atletas importantes, mas soubemos nos reinventar para superar as dificuldades. Chegamos muito fortes para esse jogo. A gente vem construindo nosso legado dentro do Clube, e estamos muito próximas de colocar mais uma vez nosso nome na história, passando para a final e, por que não, sendo campeãs!”

Bruna Benites

Multicampeã, Bruna Benites exibe currículo dos maios vitoriosos já vistos no futebol feminino brasileiro. Vencedora de diversos Estaduais, duas Libertadores e um Mundial, a zagueira de três Olimpíadas possuí pouquíssimas lacunas em sua carreira. Dessas, uma diz respeito ao Brasileirão Feminino, título ainda não conquistado pela capitã, que destaca, sem titubear, o Inter como o Clube de seus sonhos para levantar a cobiçada taça.

Foto: Mariana Capra

“Particularmente, eu gostaria muito de ter essa experiência, principalmente vestindo a camisa do Inter. Tenho uma identificação muito grande com o Clube, um carinho muito grande. Se eu pudesse escolher, entre qualquer equipe do Brasil ou do mundo, eu escolheria o Inter. Sei que está muito perto, ainda falta passar alguns obstáculos, mas isso serve de motivação.”

Bruna Benites

Inter e Palmeiras se enfrentam neste domingo (05/09), a partir das 11h, no Allianz Parque. Partida de volta das quartas de final do Brasileirão A1, a jornada não conta com saldo qualificado por gols marcados fora de casa como critério de desempate. Quem avançar do duelo enfrentará, na decisão, Corinthians ou Ferroviária.

O pós-jogo de uma manhã inesquecível

Gurias comemoraram muito a classificação histórica/Foto: João Callegari

As Gurias Coloradas viveram uma manhã inesquecível no Morumbi! Com gols de Fabi Simões, Ari e Shashá, o Clube do Povo superou o São Paulo por 3 a 1 e avançou, pela primeira vez na história, para as semifinais do Brasileirão Feminino. Conquistada com dois tentos marcados após os 40 minutos do segundo tempo, a vitória foi muito festejada pelas atletas do Inter, e a Rádio Colorada, presente no palco do jogo, acompanhou a comemoração de perto.

Responsável pelo segundo gol do Inter, tento que levava, até aquele instante, a decisão para os pênaltis, Ari foi a primeira entrevistada pela emissora oficial do Clube do Povo. Predestinada, a titular da lateral-esquerda revelou que, até poucos segundos antes de a bola ser alçada na área, não sabia se marcaria presença no campo de ataque para a jogada que colocou as Gurias na frente do placar.

Foto: Luiza Moraes/CBF

“Juro que, por um momento, eu não iria para a área. Estava cansada, a perna esquerda com cãibra. Mas alguma coisa me veio na cabeça para ir, e eu fui e fiquei em um lugar em que nunca me posiciono. Não esperava a bola ali. Foi emocionante fazer esse gol, fomos até o fim com as poucas soldadas que temos!”

Ari

Logo depois da defensora artilheira, quem falou foi Leonardo Menezes. O gerente de Futebol Feminino do Clube do Povo destacou a união do grupo colorado, e teve sua comemoração acompanhada por comentário de Rafael Pokorski, preparador de goleiras, que definiu a vitória como símbolo da garra que caracteriza a história do Internacional.

“Uma vitória do grupo, da superação e da vontade. É uma vitória do Inter, com o espírito que permeia todo mundo que está aqui. Não é da boca para fora: somos uma família, estamos aqui para conquistar coisas muito grandes, do tamanho do Internacional.”

Leonardo Menezes

“Essa vitória é extremamente importante, e vem com a cara do Inter. Acreditando até o final, na raça, com todas se entregando. Foi uma partida equilibrada, e o que decidiu foi a entrega. Uma vitória para a gente botar na história. Estamos nas semis!”

Rafael Pokorski

Reviva a emoção pós-apito final

Passados os festejos no gramado, as Gurias seguiram em celebração dentro dos vestiários do Morumbi. Por lá, a zagueira e capitã Bruna Benites, multicampeã ao longo de sua vitoriosa carreira, não conteve a euforia ao comentar a ambição do elenco colorado, além de deixar claro que, agora que o Inter está entre os quatro melhores times do país, os adversários terão vida difícil para superar a tradicional obstinação daqueles que vestem vermelho.

“Saímos de Porto Alegre com a consciência de que precisaríamos lutar muito, mas de que era plenamente possível. Nosso grupo merece. Ele pode ser reduzido, mas é qualificado. Prefiro correr do lado de 15 meninas dispostas a fazer o que for para vencer, do que com um monte que quer ser só mais uma. Tenho muito orgulho dessa equipe, e quero deixar um abraço para todo mundo que acreditou. Agora, vão ter que segurar. Deixaram chegar, vão ter que segurar.”

Bruna Benites
A íntegra da fala de Bruna Benites para a Rádio Colorada
Capitã vibrou muito com a vitória colorada/Foto: Luiza Moraes/CBF

O significado do feito atingido pelas Gurias no Morumbi foi repercutido por dois entrevistados que têm propriedade de sobra para falar em nome da instituição Internacional. Tanto Alessandro Barcellos, presidente colorado, quanto Claudio Curra, diretor de Futebol Feminino, valorizaram o projeto conduzido desde 2017 pelo Clube, coroado com feito que foi, é claro, atribuído às atletas, e dedicado para a Maior e Melhor Torcida do Rio Grande.

“É o mais longe que já chegamos. Então, estamos muito felizes – e fortes! Eu disse, antes do jogo, que ia ser no detalhe, mas foi melhor: foram dois detalhes. Com a cara do Inter, de raça, de garra, sem desistir nunca, como em todas as conquistas grandes do Clube.”

Claudio Curra
A fala de Claudio Curra para a Mais Vermelha

“É um momento importante, épico, resultado de um trabalho de continuidade, seriedade e comprometimento. Acreditamos sempre, esse é o Inter. Acreditamos no potencial do trabalho com raça, com determinação. Foi isso que a gente viu, hoje, no Morumbi. Quero parabenizar toda a comissão técnica, a direção e, principalmente, as atletas, que deram essa alegria ao torcedor, que merece essa vitória.”

Alessandro Barcellos
Presidente parabenizou o grupo de jogadoras

Quem falou sobre o jogo e a determinação apresentada pelo time foi o técnico Maurício Salgado, que exaltou o controle mental exibido pela equipe ao longo dos 90 minutos (mais acréscimos). A vitória, nas palavras do comandante, foi conquistada graças à fé das jogadoras no trabalho realizado, inabalável mesmo nos momentos mais delicados da partida, e persistente apesar do sol e do cansaço.

Foto: Luiza Moraes/CBF

“A gente tinha um proposta, e não desistimos dela. Quando o Inter estava muito melhor na partida, tomou o gol, e isso é impactante. Já o segundo tempo, a partir dos 30 minutos, nossa equipe estava desgastada, e aí vem aquela coisa de dentro. Hoje, o nosso grande mérito foi pensar no jogo. Teve coração a milhão, mas a cabeça no lugar. Isso é uma coisa que se espera quando se representa o Inter, e elas estão de parabéns.”

Maurício Salgado
Ouça a entrevista de Maurício Salgado para a emissora do Clube do Povo

Persistência, que se diga, é sinônimo perfeito para Shashá. Lateral-esquerda na ida e atacante na volta, a polivalente camisa 33 esperou o momento certo para marcar seu primeiro gol na temporada. Passados os 47 minutos do segundo tempo, ela percebeu enorme espaço na defesa paulista e não titubeou em decidir. Na correria, na qualidade e na vontade, colocou o Inter na semifinal.

Foto: João Callegari

“Foi uma emoção. No momento que recebi a bola, pensei em correr, e, quando a goleira veio para cima de mim, pensei em chutar. Quando bati e vi que foi na trave, saí para pegar a bola, nem que botasse com a mão. Não tinha feito nenhum gol ainda no Campeonato, mas foi o decisivo. É O INTER!”

Shashá

O gol de Shashá, inclusive, foi o único marcado sem participação da meio-campista Djeni no conjunto dos 180 minutos das quartas de final. Responsável por descontar o placar para o Inter, já nos acréscimos do segundo tempo, na partida do Beira-Rio, a camisa oito das Gurias também serviu Fabi e Ari no Morumbi. O protagonismo, de acordo com a própria, representa suas aspirações enquanto atleta do Clube do Povo.

Foto: Luiza Moraes/CBF

“Essa é a postura do Inter, agressiva. A gente busca a vitória em casa e fora. Viemos para buscar essa classificação. Eu não cheguei aqui para ser mais uma atleta. Vim para fazer história com essa camisa, para entrar na história do Clube. Hoje, fizemos história. Estamos nas semis de um campeonato importantíssimo.”

Djeni

Não existe hora boa ou ruim para marcar um gol, dizem. Maior alegria do futebol, a bola na rede é bem-vinda a qualquer momento. Ousando profanar as leis que regem o esporte mais popular do mundo, todavia, parece seguro afirmar que o tento de Fabi Simões saiu no instante certo, exatamente quando o São Paulo começava a crescer no jogo após largar na frente do placar. Alegre, a camisa sete dispensou quaisquer individualidades quando perguntada a respeito de mais uma grande atuação com o manto vermelho.

Foto: LiviaVillasBoas/CBF

“Estou muito feliz por estar trabalhando com esse grupo e fazendo história com a camisa do Inter. Sabemos que o Clube merece muito. A gente joga com o nome da frente para depois ser reconhecida com o nome de trás. Tento ajudar a equipe da melhor forma possível. Agora, temos que manter o pé no chão, pois o jogo das semis vai ser difícil.”

Fabi Simões

Poucas atletas entendem tão bem quanto Leidi a importância da classificação para as semis. Retomado em 2017, o Futebol Feminino do Clube do Povo estreou no Brasileirão A1 em 2019. Desde então, passadas duas edições na elite, as Gurias somavam duas eliminações consecutivas nas quartas. Garantido com a epopéia do Morumbi, o fim do tabu deixa o elenco ainda mais confortável para a sequência do torneio, como revelou a lateral-direita.

Parece que a gente nasceu de novo.

Sabíamos que a nossa hora ia chegar,

lutamos até o final. Agora,

Vamos em busca de algo melhor.”

Leidi

Do Morumbi, o grupo partiu em festa para dar sequência à logística preparada pelo Clube. A primeira parada após o jogo, é claro, ocorreu em restaurante, que recebeu o elenco para a prazerosa refeição das classificadas. Por lá, também foi criada uma sucursal do Beira-Rio, responsável por embalar, a batidas e cantoria, um inesquecível dia 22 de agosto, que ainda estava longe de ser encerrado.

Somente na noite de domingo as Gurias desembarcaram em Porto Alegre, carregando consigo a mais valiosa bagagem já recebida pelo futebol feminino gaúcho. Apoiadas pela torcida na última sexta (20/08), data da viagem para São Paulo, nossas guerreiras foram igualmente recebidas por seu povo no Aeroporto Salgado Filho, em bonita homenagem para as heroínas alvirrubras.

A caminhada, vale lembrar, está longe do fim. Na próxima semana, diante do Palmeiras, começa a luta por uma vaga na final. E coitados dos que ainda não acreditam na força de um grupo decidido como este a fazer história. Primeiro no Beira-Rio, depois no Allianz, buscaremos dar mais um passo em direção à taça. A receita para isso, sabemos, passará pelo trabalho. Vamos para cima, craques!

Seguimos juntas, fazendo história!/Foto: João Callegari

Bruna Benites é homenageada pelo Clube do Povo

O futebol feminino brasileiro é realidade, reafirmada diariamente através de muita luta. Parte viva dessa história desde 2017, as Gurias Coloradas se orgulham de contar com diversas atletas fundamentais para o processo de consolidação da modalidade no país. Dentre elas, Bruna Benites, zagueira homenageada pelo Clube do Povo nesta segunda-feira (09/08).

Vencedora de dois títulos paranaenses, um paulista e outro amazonense, dona de duas Libertadores, duas Copas do Brasil e um Mundial de Clubes, Bruna chegou ao Inter em junho de 2019. Bicampeã gaúcha com as Gurias Coloradas, a capitã ostenta relação de inexplicável gratidão com o Clube do Povo, como a própria atleta fez questão de destacar em entrevista concedida para o Facebook colorado em 2020.

“Minha relação com o Inter é surreal. O Clube apareceu na minha vida quando eu estava me recuperando de cirurgia, momento em que não é todo mundo que acredita. Costumo falar que minha relação vai além do profissional. Adquiri um carinho muito grande, tenho um respeito muito grande. O mínimo que eu posso fazer é dar o meu melhor – e, mesmo que eu faça isso, ainda não estou retribuindo tudo o que foi feito por mim.”

Bruna Benites

O melhor de Bruna é, também, o melhor que existe no futebol brasileiro, não à toa a zagueira é figura carimbada na Seleção desde 2012. A rotina de convocações foi mantida no Inter, e recompensada com presença no elenco relacionado para a disputa das Olimpíadas de Tóquio. Terceira edição a contar com a presença de Benites, os Jogos de 2020 foram realizados nas últimas semanas, e tiveram na defensora colorada uma titular do time de Pia Sundhage.

Bruna (13) defendeu o Brasil em Tóquio/Foto: Sam Robles/CBF

No oriente, Bruna escreveu mais um capítulo no rico currículo que constrói desde os 14 anos de idade. Já eternizada na história do futebol feminino brasileiro e colorado, ela não apenas defendeu o sonho de milhões de conterrâneos, como também propagou o nome do Inter em solo que traz boas lembranças para o povo vermelho. Qualquer agradecimento, portanto, fica pequeno diante de tamanha contribuição para Clube e país, mas não menos necessário.

Minutos antes do início de mais um treino das Gurias Coloradas, que se preparam para as quartas de final do Brasileirão A1, Bruna recebeu uma versão especial da camisa comemorativa aos 30 anos da primeira Copa do Mundo Feminina. Lançado por Inter e adidas no último dia 19 de julho, o manto, que homenageia as precursoras de nosso país, carregava um agradecimento à defensora, fidedigna herdeira desse legado desbravador.

Vamos, capitã!/Foto: Mariana Capra

Obrigado por mais uma vez honrar nossas cores, capitã! Você é gigante! Juntos, buscaremos mais feitos relevantes. Agora, nos gramados de Brasil e Rio Grande. Pra cima!

Com Bruna Benites, Seleção Feminina estreia nas Olimpíadas nesta quarta-feira

Bruna Benites representa o Inter na Seleção Feminina/Foto: Sam Robles, CBF

O Inter estará representado na luta pelo ouro no Japão! Atleta das Gurias Coloradas, Bruna Benites iniciará nesta quarta-feira a disputa de sua terceira edição de Olimpíadas. Xerifa da seleção de Pia Sundhage, a defensora do Clube do Povo deve ser titular nesta quarta-feira (21/07), diante da China, na partida de estreia do futebol brasileiro nos Jogos de Tóquio.

Contratada pelo Inter em junho de 2019, Bruna Benites já conquistou dois Campeonatos Gaúchos com a camisa do Clube do Povo. Peça fundamental na afirmação do Colorado na elite do futebol feminino brasileiro, a zagueira se destaca pela técnica refinada que apresenta, capaz de aliar botes precisos à enorme qualidade na construção de jogadas. Craque, é reverenciada pela Maior e Melhor Torcida do Rio Grande, que tem na capitã uma de suas grandes referências.

Bruna é a dona da 3 do Inter/Foto: Mariana Capra

O Inter passa longe de ser uma exceção na carreira multicampeã de Bruna. Aos 35 anos, a zagueira pode se orgulhar da vasta história que possui tanto no futebol brasileiro quanto no do exterior. Bicampeã da Libertadores e vencedora do Mundial com o São José-SP, Benites já atuou na Noruega, nos Estados Unidos e na China, grandes centros da modalidade. Rico, o currículo conta com convocações para os Jogos Olímpicos de Londres e Rio de Janeiro, além do título da Copa América de 2014.

Bruna (14) comemora vitória do Brasil nas Olimpíadas de 2016/Foto: Ricardo Stuckert

O primeiro passo do Brasil na luta pelo ouro olímpico será dado a partir das 5h desta quarta. Contra a China, Bruna e companhia disputarão a rodada de abertura do grupo F de Tóquio, que será sucedida por duelo diante da Holanda, no próximo domingo (24/07), marcado para as 8h. A terceira e última partida ocorre na outra segunda-feira (27/07), também às 8h, contra a Zâmbia. Boa sorte, capitã! Estamos contigo!

Estamos contigo, capitã!/Foto: Mariana Capra

Pós-jogo | Gurias repercutem a vitória no clássico

Vitória no clássico! As Gurias Coloradas bateram o Grêmio, por 2 a 1, em partida da 14ª rodada do Brasileirão A1. Após o o confronto, o técnico Maurício Salgado e a capitã Bruna Benites concederam entrevista coletiva na sala de imprensa do Beira-Rio. Confira as principais aspas:

“Durante a semana toda, a gente conversou muito e sabia do quão difícil era esse jogo. O que eu acho que foi determinante é questão do nosso controle mental. Temos evoluído muito nesse sentido, nossas atletas têm um controle para os diferentes momentos do jogo. Soubemos controlar o jogo e buscar a vitória.”

Maurício Salgado
Bruna Benites (E) e Maurício Salgado (D) concederam entrevista

“As trocas são planejadas. A gente tenta, durante a semana, fechar todas as situações possíveis do jogo. Independente do time que entre, tem que gerar desgaste no adversário para que, quando a gente realize as trocas, consiga aproveitar isso. E ressalto: as situações dão certo quando as jogadoras acreditam no que estão fazendo.”

Maurício Salgado

“Futebol é uma modalidade muito estressante. Sempre falo com elas que a gente precisa estar com o coração de torcedor, pulsando, mas a cabeça tem que estar no lugar. Sabemos do que precisamos melhorar, mas, do mesmo jeito que precisamos nos cobrar, temos que valorizar o que fazemos de bom.”

Maurício Salgado
Maurício conversa com Rafa após realizar a primeira troca/Foto: Jota Finkler

“Eu costumo falar com as meninas que cada uma sabe porquê corre em campo. Sou a atleta mais velha do Clube, e ainda tenho muitos objetivos. O Brasileiro é um título que não tenho, o que, por si só, já é uma motivação. E seria muito importante, pra mim, ganhar esse título com essas gurias.

Bruna Benites

“O jogo não é linear. Ele vai acontecendo, e a gente vai se encaixando conforme. Conseguimos fazer o primeiro gol, mas a nossa pressão não estava encaixando muito bem. Mesmo assim, a gente foi para o intervalo com o resultado positivo. No intervalo, conseguimos analisar bem onde precisava corrigir, e voltamos com uma outra postura”

Bruna Benites
Bruna (E) e Maurício (D) conversaram com a imprensa

Autora do primeiro gol colorado na noite, Fabi Simões também concedeu entrevista após o jogo. Em entrevista exclusiva para as redes sociais do Clube do Povo, a camisa sete alvirrubra comemorou a importante vitória das Gurias. Assista:

Os microfones alvirrubros procuraram pelas artilheiras. Mileninha, responsável pelo gol da vitória, também conversou com a Mídia do Inter. A cria do Celeiro destacou a determinação das Gurias, definida como fundamental para a conquista dos três pontos. Veja:

A festa, é claro, foi grande no vestiário do Beira-Rio. Com a vitória, as Gurias ultrapassaram as rivais, chegaram ao G4 e encaminharam classificação para a Supercopa do Brasil da próxima temporada, que contará com as equipes de melhor classificação de cada estado. Comemore com as nossas craques:

Bruna Benites é convocada para as Olimpíadas

Vai ter capitã no Japão! Zagueira das Gurias Coloradas, Bruna Benites foi convocada pela técnica Pia Sundhage para a disputa dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Presente na lista divulgada na manhã desta sexta-feira (18/06), a defensora, grande destaque do penúltimo amistoso preparatório disputado pela Seleção, ajudará o Brasil na luta pelo ouro inédito no futebol feminino.

Bruna (13) comemora gol marcado pelo Brasil/Foto: Richard Callis, SPP, CBF

A edição de Tóquio será a terceira disputada por Bruna Benites em sua carreira. Presente nas Olimpíadas de Londres, em 2012, e do Rio de Janeiro, em 2016, a zagueira, que busca sua primeira medalha nos Jogos, comentou, em entrevista para as redes sociais das Gurias, o sentimento com a convocação.

“É uma honra muito grande representar o país, principalmente nas Olimpíadas, onde apenas 22 são escolhidas. Gratidão muito grande pelas pessoas que estiveram comigo, pelo meu clube. Não caiu minha ficha ainda, estou muito feliz, e espero que, dessa vez, a gente consiga trazer esse ouro tão sonhado.”

Bruna Benites

O palco das Olimpíadas traz boas lembranças para a capitã das Gurias. Em 2014, quando defendia as cores do São José-SP, Bruna conquistou o Mundial Feminino em solo japonês. O passado vitorioso empolga a zagueira, que também conhece a rica história colorada em território nipônico.

A gente sempre busca os bons exemplos, as boas histórias. O Inter tem história no Japão, eu também tenho, fui campeã mundial com o São José. Então, tenho boas recordações. Na última vez que pisei lá, voltamos com o troféu!

Bruna Benites
Bruna chegou ao Inter em 2019/Foto: Mariana Capra

A convocação de Bruna não desfalcará as Gurias na disputa do Brasileirão A1. O campeonato, que já fora paralisado durante a última Data FIFA, também será interrompido ao longo das Olimpíadas, onde a Seleção estreará em 21 de julho, diante da China. Três dias depois, as comandadas de Pia enfrentam a Holanda, enquanto o encerramento da fase de grupos acontece no dia 27, contra a Zâmbia.

Antes de partir para o Oriente, porém, Bruna participará das duas rodadas de encerramento da primeira fase do Campeonato Brasileiro. Já classificado para as quartas de final, o Inter luta pela melhor posição possível no G8, e, para isso, enfrentará Grêmio e Real Brasília nos próximos dias 20 e 24, respectivamente.

Bruna Benites é um dos pilares das Gurias Coloradas/Foto: Mariana Capra

Bruna Benites brilha em amistoso da Seleção Feminina

Bruna (13) comemora o primeiro gol da partida/Foto: Richard Callis, SPP, CBF

A Seleção Feminina do Brasil disputou, diante da Rússia, seu penúltimo amistoso preparatório à disputa das Olimpíadas de Tóquio. Iniciada às 16h desta sexta-feira (11/06), a partida, vencida por 3 a 0 pelas comandadas de Pia Sundhage, contou com brilho de Bruna Benites. Capitã das Gurias Coloradas, a zagueira marcou os dois primeiros gols do confronto, realizado no Estádio Cartagonova-ESP.

Titular durante os 90 minutos (mais acréscimos), Bruna deu o show de sempre na retaguarda defensiva. Pela direita da dupla de zaga, que formou com a palmeirense Rafaelle, a capitã colorada, pouco exigida pelo ataque russo, ofereceu enorme segurança na saída de bola canarinho. Importante na construção de jogo, porém, a camisa 13 do Brasil não resumiu sua participação aos primeiros centímetros do campo.

Bruna é festejada pelas companheiras/Foto: Richard Callis, SPP, CBF

Melhor em campo desde o início do confronto, a Seleção Brasileira custou a abrir o placar contra as russas. Foi apenas aos 41 do primeiro tempo que, após Andressinha cobrar escanteio pela esquerda, Bruna Benites apareceu para tranquilizar a missão canarinho. Atenta, a guria colorada aproveitou desvio de Ludmila, na primeira trave, para se antecipar à marcação e completar de cabeça em direção às redes adversárias.

O segundo gol saiu no segundo tempo, também de bola aérea, mas a partir de outra movimentação. Pela direita, Andressa Alves seguiu à risca o manual dos escanteios, e levantou na altura da marca do pênalti. Atenta, Bruna subiu com autoridade, no terceiro andar, para também respeitar a cartilha dos testaços. Para baixo, no contrapé da goleira Grichenko, a zagueira ampliou a vantagem brasileira.

Os minutos finais de confronto ainda presenciaram gol de Andressa Alves, responsável por encerrar o escore espanhol. O último amistoso prévio aos Jogos Olímpicos ocorre na próxima segunda-feira (14/06), contra o Canadá, também em Cartagena. A estreia do Brasil nas Olimpíadas está prevista para o dia 21 de julho, uma quarta-feira, diante da tradicional Seleção da China.

Bruna, abraçada por Isa (23), já tem um gol marcado no Brasileirão A1 2021/Foto: Mariana Capra

Sexta-feira de convocações para as Gurias Coloradas

Bruna Benites foi convocada pela técnica Pia Sundhage/Foto: Mariana Capra

A sexta-feira (22/05) foi movimentada para o futebol feminino do Clube do Povo. Marcada pela divulgação de listas de atletas convocadas por suas Seleções para a próxima Data FIFA, que ocorre na segunda semana de junho, a data coroou oito jogadoras do Internacional.

A primeira convocada foi conhecida ainda pela manhã. Zagueira e capitã das Gurias Coloradas, Bruna Benites marcou presença na última lista divulgada pela técnica Pia Sundhage antes das Olimpíadas de Tóquio. Com o Brasil, a defensora enfrentará a Rússia, às 16h do dia 11 de junho, e o Canadá, também às 16h do dia 14. As duas partidas terão como palco o Estádio Cartagonova, em Cartagena-ESP.

Bruna chegou ao Inter em 2019/Foto: Mariana Capra

Logo depois, foi a vez da dupla de charruas coloradas receber o chamado da Seleção Uruguaia. Ximena Velazco e Wendy Carballo foram convocadas pelo técnico Ariel Longo para o grupo que disputará dois amistosos diante de Porto Rico. Ainda sem local ou horário definidos, os embates ocorrem nos dias 12 e 15 de junho.

Já era noite quando a CBF divulgou a lista de 23 atletas convocadas para a Seleção Feminina Sub-20. A goleira Gabi Barbieri, a lateral-esquerda Liriel, a meia Maiara e as atacantes Maranhão e Mileninha formam o quinteto de coloradas relacionadas pelo técnico Jonas Urias para período de treinos em Pinheiral-RJ, organizado com o objetivo de aperfeiçoar a categoria.

Quinteto colorado defenderá a Seleção Sub-20

O encerramento de semana, vale lembrar, acompanhou o roteio da segunda-feira passada (17/05). Na ocasião, Simone Jatobá, comandante da Seleção Brasileira Sub-17, convocou as coloradas Clarinha, Berchon e Amanda Locatelli para período de treinamentos no CT João Havelange, realizado com vistas ao Sul-Americano da categoria. As atividades serão realizadas entre 17 de maio e 26 de junho.

Semana começou com outras três convocações

Compreendida entre as rodadas de número 13 e 14 do Brasileirão A1, a Data FIFA interromperá a disputa do Nacional de sete até 19 de junho. Parabéns, gurias! Estaremos na torcida!