Velhas Súmulas: 50 entrevistas sobre a história do Inter

O programa Velhas Súmulas, da rádio Colorada, chegou a 50 edições neste sábado (01/05). O espaço radiofônico dedicado à história do Internacional, criado em maio de 2020, acumula cinco dezenas de entrevistas e conversas sobre momentos marcantes da trajetória do Clube do Povo.

Para acessar cada conteúdo, basta clicar no nome do/a entrevistado/a:
Abel Braga, Airton Caixão, Alessandro Barcellos, Aloísio, Bagatini, Batista, Beretta, Bibiano Pontes, Bráulio, Caíco, Ceará, Chiquinho, Christian, Claiton, Daniel Carvalho, Daniel Cravo (advogado), Daniel Franco, Dario (“Dadá Maravilha”), Diego, Diogo, Diogo Rincón, Duda Luizelli, Dunga, Elías Figueroa, Francisco Salomón, Gelson Pires (ex-dirigente colorado), Hiran, Iarley, Jair, João Carlos, José Benítez, Kenny Braga (jornalista e escritor), Kleber, Lauro, Luis Carlos Winck, Luis Fernando, Manoel Tobias, Márcio Pinheiro (jornalista, filho do ex-dirigente Ibsen Pinheiro), Michel, Nilmar, Nilson, Pinga, Rubens Cardoso, Rubens Minelli, Sergio Goycochea, Thessa, Tinga, Valdomiro, Vinícius e Wellington Monteiro.

Caíco recorda título da Copa do Brasil de 1992 e gol na final

Um ás formado no Celeiro, que depois foi campeão nacional com o Inter, que mais tarde voltou ao Clube para ajudar a formar novos atletas e hoje é parte comissão técnica do time principal colorado. Este resumo é da trajetória do ex-meia-atacante Caíco, atualmente auxiliar técnico do Internacional. Uma vida conectada à Academia do Povo.

Caíco em ação durante jogo do Inter. Foto: Antonio Vieira

O autor do decisivo gol alvirrubro na primeira final da Copa do Brasil de 1992 falou sobre sua infância colorada, sua formação como atleta no Inter, o título nacional e também acerca da trajetória como jogador e profissional de futebol em entrevista ao programa Velhas Súmulas, da rádio Colorada, neste sábado (30/01).

A entrevista pode ser escutada no player abaixo:

Sport Club Internacional · Rádio Colorada | Entrevista com o ex-meia-atacante Caíco | 30/01/2021

A entrevista também pode ser acessada no Spotify do Inter.

O programa Velhas Súmulas vai ao ar aos sábados na rádio Colorada geralmente das 14h às 15h30. Durante 90 minutos, entrevistas com personagens da história do Inter, detalhamento de fatos importantes da trajetória do Clube do Povo, reportagens especiais, além de leituras de trechos de livros, crônicas e textos sobre futebol preenchem as tardes de sábado da emissora oficial do Internacional.

Aos domingos também, quando o programa é reproduzido como reprise. Neste final de semana, a veiculação vai ao ar às 15h30, antecedendo o programa Portões Abertos e a Jornada Esportiva para a partida do Internacional contra o Red Bull Bragantino, válida pela rodada 33 do Campeonato Brasileiro da Série A.

Acompanhe ainda a programação da emissora oficial do Inter durante a semana: de segunda a sexta-feira, o Programa do Inter, o noticiário colorado mais completo do rádio, vai ao ar a partir das 18h via internet e FM 95.5 da rádio Sara Brasil.

Além do site do Inter, a emissora oficial do Clube do Povo pode ser escutada via aplicativo.

Rádio Colorada: mais informações sobre a emissora mais vermelha da Web e do FM!

Siga a rádio Colorada no Twitter.

A pintura de Caíco: relembre o golaço do aniversariante, em 1992

Aniversariante desta sexta-feira, dia 15 de maio, Caíco fez história vestindo a camisa do Clube do Povo. Revelado no Celeiro de Ases, o habilidoso meia fez sucesso no Beira-Rio durante os anos 1990, conquistando, além de títulos, convocações para a Seleção Brasileira. Atual auxiliar técnico do Inter, Caíco teve um capítulo especial em sua história de amor com o Colorado. Quem nunca sonhou em marcar um golaço numa final de campeonato defendendo o time do seu coração? Caíco foi abençoado com esse momento de epifania.

E que momento! Com apenas 19 anos, ele já despontava na equipe principal como grande revelação do time de 1992, finalista da Copa do Brasil daquele ano diante do Fluminense. A primeira partida da decisão foi levada pelo time carioca para o acanhado Estádio das Laranjeiras, onde poderia impor uma maior pressão sobre o Colorado. Mas o guri de Porto Alegre não se intimidou e marcou uma verdadeira pintura que encaminhou o título para o Beira-Rio. Aos 7 minutos do segundo tempo, Caíco recebeu pelo lado esquerdo, driblou um, driblou dois, driblou três e, na saída do goleiro, bateu com a calma e categoria que aos craques pertencem. 

Confira abaixo:

Imagens: Rede Globo

“Foi um gol muito bonito. Recordo até hoje que o Marquinhos (meia) me falava ‘Caíco, pega a bola e vai pra cima, no último quarto do campo não tem mais o que fazer’. Eu tinha a característica do drible, tive a felicidade de driblar dois ou três e, na saída do goleiro, fazer o gol”

Caíco, campeão da copa do brasil de 1992

Há dois anos, o ídolo concedeu entrevista exclusiva para o quadro ‘Memória Colorada’, da TV Inter, contando detalhes da sua carreira, resenhas de vestiário e bastidores do caminho rumo ao inédito título conquistado em 1992. Confira abaixo na íntegra: