Brasileiro Sub-20: Celeiro é superado pela Chapecoense

Colorado foi batido por 3 a 2 no Sesc (Fotos: Jota Finkler)

Em jogo bastante movimentado e decidido nos momentos finais, o Inter recebeu a Chapecoense pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro Sub-20. Apesar das muitas chances criadas, sobretudo no primeiro tempo, o Celeiro de Ases acabou superado pelos catarinenses por 3 a 2 neste sábado (21/08), no Sesc Protásio Alves, em Porto Alegre.

A equipe colorada volta a campo no próximo sábado, dia 28 de agosto, às 16h30, para enfrentar o Atlético-MG no Sesc Alterosas, em Belo Horizonte.

O primeiro tempo foi extremamente movimentado e mexeu quatro vezes no placar – duas para cada lado. Os visitantes saíram na frente no começo do jogo, mas o Inter conseguiu a virada e criou diversas chances para até ampliar. As oportunidades desperdiçadas não foram perdoadas pela Chape, que igualou o marcador no fim da etapa.

Erro de cá, erro de lá

A equipe catarinense saiu na frente com Rodriguinho, aproveitando erro na saída de bola do Inter logo aos 5min de partida. O Colorado não demorou a responder: Vinícius Mello carregou pelo meio e acionou Allison nas costas da defesa. O cruzamento ia na direção de Cadorini, mas o zagueiro Kauan Gomes fez o serviço primeiro – gol contra e empate no Sesc!

Celeiro vira, mas cede empate

A virada colorada veio em grande estilo. Aos 19min, Vinícius Mello fez a parede, se livrando de dois marcadores, invadiu a grande área e bateu com categoria, de canhota, no canto oposto. Um golaço! O Celeiro de Ases quase ampliou três minutos depois. Bernardo caprichou no cruzamento pela direita, Cadorini subiu soberano no meio da área e finalizou de cabeça. Ela passou muito perto!

A trave e o goleiro salvaram os visitantes do terceiro colorado. Primeiro com Cadorini, em chute que beijou o poste. Allison ainda tentou no rebote, mas Silvano evitou o gol. O Colorado seguia criando, mas batia na trave. Allison completou de cabeça o cruzamento de Pedrinho e parou no poste. A chance mais clara veio com Vinícius Mello, que recebeu com liberdade e bateu por cima. A Chape não perdoou o desperdício e igualou o placar com Riquelme, em novo erro da defesa colorada.

Jogo truncado

Se o primeiro tempo foi de jogo fluído e de muitas chances, a etapa complementar seguiu pelo caminho oposto, com diversas faltas e poucas oportunidades. Anthoni fez duas boas defesas nos primeiros minutos e, aos 17min, Cadorini cobrou falta que Sivaldo espalmou no ângulo.

Anthoni voltou a brilhar aos 25min, em chute venenoso de Lorhan. O meia da Chape bateu com muito efeito buscando o ângulo, mas o goleiro colorado fez uma defesa espetacular e espalmou de mão trocada. A comissão técnica colorada mexeu na equipe, dando maior poderio ofensivo e promovendo a entrada de Nicolas e Kevin Quiñones, que fez sua estreia pelo Sub-20 do Inter, assim como Davi, pouco depois.

Inter cresce, mas Chape decide

O Celeiro de Ases tentou subir o tom para sair com a vitória. Vini Mello voltou a levar perigo aos 28min, em chute forte de fora da área que passou raspando a trave. Aos 37min, João Pedro subiu na área adversária e desviou de cabeça o cruzamento de Thauan Lara, fazendo a bola tirar tinta do travessão.

Na reta final, porém, a Chape conseguiu arrancar os três pontos. Aos 47min, após falta que gerou a expulsão de Tiago Barbosa, Marco pegou rebote na frente da área e acertou uma bomba no cantinho, decretando a vitória dos visitantes.

FICHA TÉCNICA:

Internacional (2): Anthoni; Bernardo (Vinicius Tobias), João Pedro (Tiago Barbosa), Felipe e Jonathan (Thauan Lara); Lucas Vital, Igor (Kevin Quiñones), Pedrinho (Nicolas) e Allison (Davi); Vinícius Mello e Matheus Cadorini. Técnicos: João Miguel e Leonardo Martins.

Chapecoense (3): Sivaldo Junior; Ryan (Thiago Henrique), Coser, Kauan Gomes e Vasconcelos; Bruno (Cesco), Paulinho (Victor Hugo) e Lorhan (Allan); Marco, Riquelme (Buzatto) e Rodriguinho. Técnico: Filipe Mattos

Gols: Rodriguinho (C), aos 5’/1T; Kauan Gomes contra (I), aos 11’/1T; Vinícius Mello (I), aos 19’/1T; Riquelme (C), aos 37’/1T; Marco (C), aos 47’/2T.

Local: Sesc Protásio Alves

Arbitragem: Marcello Ignacio Domingues Neto, auxiliado por Fagner Bueno Cortes e Juarez de Mello Júnior

Raio-X: Sub-20 recebe a Chapecoense pela 12ª rodada nacional

Celeiro recebe a Chape/Foto: Jota Finkler

Os juniores colorados têm mais um desafio pela frente. A partir das 15h deste sábado (21/08), o Celeiro de Ases recebe a Chapecoense, no Sesc Protásio Alves, para a disputa da 12ª do Brasileirão Sub-20. A seguir, fique por dentro de tudo sobre a partida.


Vamo, Inter! 💪

Vitória pode levar Inter para o G8/Foto: Jota Finkler

A comissão técnica de João Miguel e Leonardo Martins contou com semana recheada de treinos para preparar a equipe para a 12ª rodada nacional. Sem ir a campo desde o último sábado (14/08), o Celeiro aproveitou o valioso intervalo de partidas para corrigir detalhes técnicos e táticos, além de renovar o condicionamento físico.

A partida deste sábado tem grande importância para o Celeiro de Ases, que abriu a rodada na 10ª colocação. Até aqui, o Clube do Povo soma os mesmos 16 pontos de Fluminense e Vasco, respectivos nono e oitavo colocados. Uma vitória sobre a Chapecoense, portanto, pode alçar o Inter ao pretendido G8.

Três pontos são fundamentais para as pretensões do Celeiro/Foto: Jota Finkler

A última partida disputada pelos juniores colorados encerrou invencibilidade que já durava seis rodadas para a categoria. No Rio de Janeiro, o Celeiro foi superado por 3 a 2 pelo Botafogo, apesar dos gols de Vinicius Mello e Matheus Cadorini para o Inter. Antes, o Clube do Povo superara Flamengo, Fluminense e Fortaleza, além de empatar com Grêmio, São Paulo e Athletico-PR.

Colorado tropeçou na rodada passada/Foto: Jota Finkler

Individualmente, o grande destaque da temporada dos juniores é Matheus Cadorini. Artilheiro do ano com 10 gols marcados, ele também é o goleador do Celeiro no Brasileirão, competição na qual anotou metade de seus tentos – logo atrás dele aparece Juan Cuesta, com quatro bolas enviadas às redes. Na lista de garçons, quem ocupa a ponta é Cleberson, com quatro assistências já oferecidas.

Cadorini (E) é o artilheiro dos juniores na temporada/Foto: Jota Finkler

Transmissão 🖥️

As rede sociais do Inter (@scinternacional no TwitterInstagram Facebook) anunciarão o início da partida, bem como repercutirão o resultado final do duelo. Com imagens, o Eleven Sports anuncia transmissão.


Rival 🆚

Rival vive momento irregular no Nacional/Foto: DVG/Chapecoense

Atual 15ª colocada, a Chapecoense conquistou 10 pontos nas 11 rodadas que disputou até aqui. Dono de campanha que conta com duas vitórias, quatro empates e cinco derrotas, além de 13 gols marcados e 18 sofridos, o adversário deste sábado foi derrotado dentro de casa, no final de semana passado, pelo América-MG, placar de 3 a 2.

Sem vencer há três rodadas, a Chapecoense sofreu oito gols neste período, o dobro dos que marcou. Vivendo momento delicado também no Brasileirão adulto, competição na qual ocupa a lanterna, a base catarinense precisou, no início do Nacional de juniores, ceder atletas para o grupo principal, caso, entre outros, do lateral-esquerdo Mancha.

Filipe Martins, de preto, é o técnico alviverde/Foto: DVG/Chapecoense

Diante do Inter, o técnico Filipe Mattos Martins contará com o retorno de João Cesco, defensor expulso na penúltima rodada, disputada contra o Fortaleza. Artilheiros da equipe com quatro gols cada, Marco Júnior e Rodriguinho também devem enfrentar o Clube do Povo, assim como o lateral-direito Ryan, garçom da Chapecoense com três assistências oferecidas na competição.


Palco 🏟️

Sesc Protásio Alves recebe a partida deste sábado/Foto: Mariana Capra

Sede oficial das Gurias Coloradas desde setembro de 2020, o Sesc Protásio Alves receberá o duelo entre Inter e Chapecoense. Localizado na altura do número 6220 de Avenida homônima, o palco teve seu gramado revitalizado no mês de maio. No último dia deste, o Celeiro disputou, no endereço, a partida de ida das semifinais da Copa do Brasil Sub-20, cujo placar final foi empate de 1 a 1 com o Coritiba.


Último confronto 🔙

Celeiro levou a melhor no Brasileirão Sub-20 passado/Foto: Márcio Cunha/ACF

O Inter levou a melhor no último confronto oficial disputado diante da Chapecoense na categoria Sub-20. Válida pela segunda rodada do Brasileirão passado, a partida, realizada no dia 27 de setembro, contou com mando de campo catarinense, e foi encerrada com placar de 3 a 2 para o Clube do Povo. Allison, Lucas Mazetti e Vinicius Mello marcaram na vitória colorada, conquistada em virada construída na etapa final.

Os juniores colorados e alviverdes também se enfrentaram em 2021, mas em confronto amistoso. Disputada no último dia 18 de junho, a partida, sediada no Francisco Noveletto Neto, teve como placar final empate em 1 a 1. Ao todo, foram realizados três tempos de 40 minutos no embate, e o gol alvirrubro foi anotado no último desses. Marcado por zagueiro da Chape, o tento saiu após bonita jogada de Juan Cuesta pela ponta-direita.

Allison (10) marcou no duelo do Brasileirão passado/Foto: Jota Finkler

Regulamento 📖

O Brasileirão Sub-20 está dividido em quatro fases. A primeira consiste no enfrentamento, em turno único, de todas as 20 equipes participantes do certame. Ao fim da 19ª rodada, os oito times de melhor campanha avançam às quartas de final. Os duelos eliminatórias serão disputados em partidas de ida e volta, sem a presença de saldo qualificado por gols marcados fora de casa como critério de desempate.

Leonardo Martins (frente) e João Miguel (fundo), de colete, comandam o Sub-20 colorado/Foto: Jota Finkler

Bastidores da vitória em cima da Chapecoense

O Clube do Povo superou a Chapecoense, na última quinta-feira (24/06), na partida de reestreia de Diego Aguirre na casamata colorada. Fora de casa, Caio Vidal e Yuri Alberto garantiram a vitória de 2 a 1 do Inter. Confira os Bastidores da partida, válida pela sexta rodada do Brasileirão:

Pós-jogo | A repercussão da vitória no retorno de Aguirre

Aguirre voltou, o Inter ganhou! Na reestreia do uruguaio, o Clube do Povo contou com gols de Caio Vidal e Yuri Alberto para superar a Chapecoense, fora de casa, por 2 a 1. Após o confronto, válido pela sexta rodada nacional, os artilheiros da noite falaram para as redes sociais coloradas, enquanto o comandante concedeu coletiva. Confira as principais aspas.

Estamos começando, trabalhamos somente dois dias. Temos muito por fazer, mas, o mais importante de hoje, foi a vitória. Os três pontos, que estávamos precisando para, daqui para a frente, ter um pouco mais de calma para trabalhar nossas ideias. Gostei muito do espírito da equipe, me senti identificado.

Diego Aguirre

“Nós viemos aqui

para jogar uma final.”

Diego Aguirre

Mostramos uma ideia de futebol que eu gosto. Muita velocidade, muita intensidade, pressão. Tivemos muitas finalizações, perdemos oportunidades para matar o jogo. A vitória foi merecida, e o Inter, hoje, mostrou coisas boas.

Diego Aguirre

Ainda na orla do gramado, Caio comemorou a grande noite do Colorado em Chapecó. Autor do primeiro gol e dono de grande atuação na Arena Condá, o jovem atacante também elogiou Diego Aguirre, além de projetar o duelo do próximo domingo, diante do América-MG. Assista:

Yuri não escondeu a felicidade com o fim do jejum de gols que vivia. O reencontro com as redes foi fundamental para a vitória colorada, triunfo celebrado também pela produção ofensiva do Clube do Povo, que criou boas chances em solo catarinense. Veja:

Na reestreia de Aguirre, Inter vence em Chapecó

Seis anos depois, Diego Aguirre voltou à casamata colorada, e a reestreia correu em grande estilo! Pela sexta rodada do Brasileirão, o Clube do Povo superou a Chapecoense, fora de casa, por 2 a 1. Caio Vidal e Yuri Alberto marcaram no confronto, disputado a partir das 19h desta quinta-feira (24/06).

+ Confira as entrevistas pós-jogo;

Segunda vitória do Inter no Brasileirão, o triunfo em Chapecó leva o Colorado aos oito pontos na tabela de classificação. Agora, o Clube do Povo volta a campo no próximo domingo (27/06), às 20h30, quando visita o América-MG. A partida terá como palco o Independência.


Aguerridos!

O duelo desta quinta marcou a reestreia de Diego Aguirre no comando alvirrubro. Técnico do Inter no primeiro semestre de 2015, o uruguaio chegou a 26 vitórias à frente do Clube do Povo. O triunfo, conquistado na 51ª partida disputada pelo profissional na casamata vermelha, também deu fim a jejum de cinco partidas do Colorado sem vitórias na Arena Condá.


Inter mordendo

O Colorado foi muito competitivo no gramado da Arena Condá. Aplicado sem a bola e vertical quando com a posse, o Clube do Povo incomodou a Chapecoense desde o apito inicial, e a postura, aguerrida, encontrou reflexo logo aos cinco minutos de confronto. Neste instante, Patrick apertou, Yuri recuperou, Mauricio serviu, e Caio, livre, finalizou para as redes.

Jair Ventura mudou a disposição alviverde após o gol de Caio. Com Fernandinho pela ponta-esquerda e Ravanelli próximo a Anselmo Ramon, o treinador aumentou a presença ofensiva de seus atletas. Ao mesmo tempo, ofereceu mais espaços para o contra-ataque colorado, aproveitados, aos 34, por Yuri, que marcou o último da etapa inicial depois de assistência de Patrick.


Jogo corrido

A Chapecoense retornou do intervalo com Bruno Silva na vaga de Ronei. Ofensiva, a mudança lançou a equipe ainda mais para cima do Inter. Crescentemente interessado nos contra-ataques, o Clube do Povo também seguiu criando chances, configurando um panorama bastante franco na etapa final.

Apesar de os dois lados criarem, somente os locais balançaram as redes no segundo tempo. Derlan, aos nove, foi quem descontou. O terceiro do Inter, registre-se, não saiu muito por culpa do goleiro João Paulo, que viveu noite inspirada, além do poste, protagonista em duas ocasiões.


Primeiro tempo

5min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOL COLORADOOOOOOO! Inter pressiona no campo ofensivo com Patrick e recupera a posse através do pivô de Yuri Alberto. Do camisa 11 a bola segue até Mauricio, que percebe Caio nas costas de Derlan. Frio, o camisa 47 finaliza cruzado e manda para as redes catarinenses. Inter na frente em Chapecó!

O gol de Caio Vidal na narração da Rádio Colorada!

10min – UH! Mauricio é servido por Patrick, vai ao fundo pela esquerda e cruza na direção de Yuri. Antes dele, Ignácio consegue desvio providencial. Lateral para o Inter.

12min – SAAAAAAAAAALVA, JOÃO PAULO! Após escanteio para o time da casa, Mauricio fica com a sobra e aciona Caio. O camisa 47 dispara em altíssima velocidade, invade a área pela direita e cruza na direção de Yuri. Zagueiro corta, mas Edenilson pega a sobra e finaliza. Goleiro abafa e salva.

19min – Uh! Zé Gabriel recebe de Edenilson e, pela direita do ataque, solta a bomba. Levou perigo.

20min – Ravanelli cobra falta pela direita da grande área colorada. Na segunda trave, Felipe Santana sobe bem e desvia ao lado do poste vermelho.

22min – MILAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAGRE! Linda trama do Clube do Povo! Edenilson, de calcanhar, aciona Yuri. Também de letra, o centroavante deixa Mauricio na cara do gol. O camisa 27 solta a bomba, mas João Paulo opera um milagre e salva o time da casa.

24min – Chape responde com Matheus Ribeiro. Pela direita da área colorada, ele solta um tirambaço, que Fernandinho desvia sem direção.

33min – Encaixa, João Paulo! Caio Vidal pega a sobra de bola espirrada na zaga alviverde e enche o pé. Goleiro defende no centro do gol.

34min – Ronei recebe o primeiro amarelo do jogo.

34min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOL! GOL NÃO, GOLAÇO! PINTURA! DO MEU 11! DO MEU ARTILHEIRO! É GOOOOOOOOOOOOOOL! YURI, YURI, YURI ALBEEEEEERTO! Lucas Ribeiro opera lindo desarme em cima de Anselmo Ramon e deixa com Edenilson. Rapidamente, o camisa oito aciona Patrick, que serve, com a direita, assistência preciosa para Yuri. Camisa 11 colorado dispara em velocidade, invade a área e, à queda de João Paulo, responde com arremate seguro. É o segundo!

Comemore o gol de Yuri na voz da Mais Vermelha

36min – UUUUUUUUUUH! Caio Vidal escapa em altíssima velocidade pela direita e cruza aberto. A bola tinha o endereço de Mauricio, mas Ignácio corta para escanteio. O Inter pressiona!

37min – MILAAAAGRE! Confusão na grande área é encerrada por Yuri Albert. De cabeça, pela esquerda da área catarinense, ele testa para baixo, e João Paulo, no susto, defende.

45min – Mais quatro. Vamos a 49!

46min – Zé Gabriel recebe o amarelo por falta em Fernandinho.

49min – Intervalo em Chapecó.


Segundo tempo

0min – Chapecoense volta com mudança. Bruno Silva entra, Ronei sai.

3min – DANIEL! Bruno Silva cruza da esquerda para Anselmo Ramon, que cabeceia forte. Goleiro colorado encaixa com enorme segurança.

4min – UUUUUUH! QUE SEQUÊNCIA! Caio Vidal escapa pela direita e rola para Yuri. Centroavante faz o corta-luz para Edenilson, que costura em frente à área e serve linda bola para o camisa 11 finalizar. João Paulo opera um milagre, Yuri insiste no rebote, Ignácio corta em cima da linha e, na sobra, Patrick finaliza para nova defesa providencial do goleiro.

9min – Derlan, de cabeça, desconta para a Chape.

10min – Dourado e Zé Gabriel deixam o campo. No Inter, entram Johnny e Leo Borges.

13min – NA TRAAAAAAAAVE! Johnny percebe escape de Leo e serve o lateral, que tabela com Patrick e, dentro da grande área, cruza fechado. Ela explode no poste.

16min – Encaixa! Heitor traz da direita para dentro e solta o canhotaço. João Paulo segura.

18min – Duas mudanças na Chapecoense. Felipe Silva entra, Guedes sai. Perotti vem, Anselmo Ramon vai.

20min – UUUUH! Caio, de novo, escapa pela direita em velocidade e cruza rasteiro. A bola vai nas costas de Yuri, e muito à frente de Mauricio. Pecado!

20min – Bruno Silva faz boa jogada pela esquerda e finaliza. Daniel, seguro, defende em dois tempos.

21min – NO POOOOOOOOOOOOOOOOOOSTE! Mauricio, pela intermediária direita de ataque, abre ângulo para a canhota e manda um foguete. Ela voa em altíssima velocidade até o travessão de João Paulo, onde explode, teimosa.

23min – Caio Vidal recebe o amarelo por falta em Felipe Santana.

25min – Totalmente descompensado, Derlan atropela Caio. Saiu o amarelo.

28min – INACREDITÁVEL! DOIS MILAGRES! Caio recebe na altura da meia-lua e deixa para Yuri, que invade a área com liberdade e finaliza de canhota. Rasteiro, o arremate é defendido com o pé por João Paulo. No rebote, Patrick manda com curva, e o goleiro opera novo milagre.

29min – Lindoso entra no Inter. Mauricio deixa o campo.

30min – PRA FOOOOOOORA! De pé em pé, Colorado chega! Patrick serve Johnny pela esquerda, o meio-campista invade a área e finaliza de canhota. Levou muito perigo!

31min – Edenilson, por reclamação, leva o amarelo.

32min – Ravanelli, de longe, cobra falta direta. Ela vem com curva, e Daniel manda por escanteio.

32min – MILAAAGRE DE DANIEL! Após cruzamento da direita, Ignácio antecipa a marcação colorada e finaliza. Com o pé, Daniel salva o Inter.

33min – Derlan sai, Foguinho entra. Chapecoense troca de novo.

40min – Mike por Fernandinho. Quinta mudança do time local.

42min – ELA NÃO QUER ENTRAR! Edenilson cobra escanteio fechado da esquerda. Yuri desvia na primeira trave, ela passa em frente a João Paulo e, no segundo poste, pica em frente a Patrick antes de sair pela linha de fundo.

45min – Mais seis. Vamos a 51.

48min – Vini Mello por Caio é a troca no Inter.

50min – Confusão no reservado colorado. Bruno Silva recebe o vermelho após agredir Peglow e Caio. Vidal também foi expulso.

52min – Após consulta ao VAR, árbitro expulsa Danilo Fernandes.

56min – FIM DE JOGO! Vitória colorada!


Ficha técnica:

Chapecoense (1): João Paulo; Matheus Ribeiro, Ignácio, Felipe Santana e Derlan (Foguinho); Guedes (Felipe Silva), Ronei (Bruno Silva), Ravanelli e Lima; Fernandinho (Mike) e Anselmo Ramon (Perotti). Técnico: Jair Ventura.

Internacional (2): Daniel; Zé Gabriel (Leo Borges), Lucas Ribeiro, Victor Cuesta e Heitor; Rodrigo Dourado (Johnny), Caio Vidal (Vinicius Mello), Edenilson, Mauricio (Rodrigo Lindoso) e Patrick; Yuri Alberto. Técnico: Diego Aguirre.

Gols: Caio Vidal, aos 5’/1ºT, e Yuri Alberto, aos 34’/1ºT (I). Derlan, aos 9’/2ºT (C).

Cartões amarelos: Zé Gabriel, Edenilson e Caio Vidal (I). Ronei e Derlan (C).

Cartões vermelhos: Bruno Silva (C). Caio Vidal e Danilo Fernandes (I).

Arbitragem: Alexandre Vargas Tavares de Jesus (RJ), auxiliado por Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (RJ) e Luiz Cláudio Regazone (RJ). Quarto árbitro: Luiz Augusto Silveira Tisne (SC). Árbitro de Vídeo (VAR): Adriano Milczvski (PR). Auxiliar do VAR: Luciano Roggenbaum (PR).

Estádio: Arena Condá, situada em Chapecó (SC).

Fotos: Chapecoense x Internacional – 6ª rodada/Brasileirão 2021

Colorado visita a Chapecoense, na Arena Condá, pela sexta rodada do Brasileirão de 2021. Confira as imagens do confronto!

Raio-X: Inter visita a Chapecoense pela sexta rodada nacional

Dia de Inter em campo pelo Brasileirão! O Clube do Povo visita a Chapecoense, a partir das 19h desta quinta-feira (24/06), em partida da sexta rodada nacional. Confira, abaixo, entrevista da Rádio Colorada com Mateus Montemezzo, jornalista da Oeste Capital FM, projetando o duelo. Na sequência, você encontra todas as informações sobre o confronto!

Sport Club Internacional · Raio-X #33 | Chapecoense x Internacional | 23/06/2021

Transmissão 📻

Quinta-feira de jornada dupla para a Rádio Colorada! A emissora oficial do Clube do Povo estará ao vivo a partir das 14h30 com o pré-jogo de Gurias Coloradas e Real Brasília, partida da 15ª rodada do Brasileirão Feminino. Encerrado o duelo, tem início a cobertura da visita alvirrubra à Chapecoense. Confira a programação, que pode ser acompanhada via Site e APP do Inter:

Torça com a gente!
AtraçãoPlataformas
14h30Portões Abertos
(Real Brasília x Inter –
15ª rodada/Brasileirão A1)
Internet e App do Inter
15hJornada Esportiva
(Real Brasília x Inter –
15ª rodada/Brasileirão A1)
Internet e App do Inter
17hVestiário Vermelho
(Real Brasília x Inter –
15ª rodada/Brasileirão A1)
Internet e App do Inter
17h30Raio-X
(Chapecoense x Inter –
6ª rodada/Brasileirão)
Internet e App do Inter
18hPortões Abertos
(Chapecoense x Inter –
6ª rodada/Brasileirão)
Internet e App do Inter
19hJornada Esportiva
(Chapecoense x Inter –
6ª rodada/Brasileirão)
Internet e App do Inter
21hVestiário Vermelho
(Chapecoense x Inter –
6ª rodada/Brasileirão)
Internet e App do Inter

As redes sociais do Inter (@scinternacional no TwitterInstagram Facebook) acompanharão o duelo com o tradicional minuto a minuto, enriquecido com imagens dos melhores momentos. Na TV, SporTV e Premiere anunciam transmissão.


Vamo, Inter! 💪

Colorado treinou na tarde desta quarta/Foto: Ricardo Duarte

O Inter desembarcou em Chapecó na noite desta quarta-feira (23/06), horas depois da realização do último treino preparativo ao duelo. No CT Parque Gigante, Diego Aguirre comandou, em seu segundo dia de trabalhos com o grupo, atividades táticas e técnicas que encaminharam os 11 nomes que buscarão a segunda vitória colorada no Brasileiro.

Partida de estreia da nova comissão técnica do Clube do Povo, o duelo contra a Chapecoense marcará os retornos de Marcelo Lomba e Saravia, recuperados do novo coronavírus, ao grupo colorado. Por outro lado, o trio de lesionados formado por Taison, Guerrero e Moisés segue fora, assim como Palacios, que disputa a Copa América com o Chile.

Aguirre trabalhou dois dias com o grupo/Foto: Ricardo Duarte

Anunciado no último sábado (19/06), Diego Aguirre foi oficialmente apresentado na segunda-feira passada. O uruguaio, atleta colorado no final dos anos 1980, retorna ao Beira-Rio para viver sua segunda passagem na casamata do alvirrubra. Técnico do Inter em 2015, o profissional compartilhou o que espera do Clube do Povo sob seu comando.

“Este é o momento para que o Inter recupere um pouco de sua identidade, como esse clube foi historicamente. Um time de luta, de garra, de entrega total e, obviamente, teremos que fazer um bom futebol. Mas o que não se negocia é a atitude e a determinação total que o time terá que apresentar desde o primeiro treino juntos.”

Diego Aguirre

Aguirre tem consciência dos desafios impostos pelo calendário colorado. A maratona de jogos encarada pelo Clube do Povo oferece período relativamente escasso para trabalho com o grupo de jogadores. Até por isso, o novo técnico sabe que os atletas precisam trabalhar com os olhos voltados para o futuro.

“Está começando uma nova etapa, temos que pensar daqui para a frente. Precisamos estar focados e conscientes, como grupo, da importância dos jogos que teremos. Agora, é trabalhar para voltar ao nível que os próprios jogadores já demonstraram que podem estar.”

Diego Aguirre

Junto à comissão de Aguirre, quem também retornou ao Beira-Rio foi Paulo Paixão. Multicampeão com o Clube do Povo, o profissional, que já trabalhou no Beira-Rio entre 2005 e 2006, e também em 2013, assumiu a coordenação da preparação física colorada. Em entrevista exclusiva para a Mídia do Inter, ele revelou toda sua determinação para a nova trajetória vestindo alvirrubro.

“Eu vivo de desafios, e o que eu alcancei fica para trás no momento em que coloquei os pés aqui. Tenho é que ganhar daqui para a frente. Sei que isso não é fácil, e que nunca será sozinho. Eu acho que o Internacional, a grandeza do Inter, é infinita. A gente tem que entender isso.”

Paulo Paixão

Arbitragem 👨‍⚖️

Alexandre Vargas Tavares de Jesus apita, auxiliado por Rodrigo Figueiredo Correa e Luiz Cláudio Regazone. Trio do Rio de Janeiro. Quarto árbitro: Luiz Augusto Tisne, de Santa Catarina. VAR: Adriano Milczvski, do Paraná.


Rival 🆚

Rival busca sua primeira vitória no Brasileirão/Foto: Marcio Cunha, Chapecoense

Vice-campeã catarinense no mês passado, a Chapecoense iniciou o Brasileirão comandada pelo interino Felipe Endres, que substituiu Mozart. A partir da segunda rodada, Jair Ventura assumiu a casamata alviverde, e o desempenho do novo treinador, de acordo com Montemezzo, tem justificado a escolha da direção do Verdão.

“O time vem numa evolução importante, o Jair conseguiu dar um espírito diferente, organizar a casa, dar confiança para esses jogadores. Ele organizou um esquema mais defensivo para a Chapecoense, mas que consegue sair para o jogo também, tem repertório ofensivo. Está tirando leite de pedra.”

Mateus Montemezzo
Jair Ventura comanda o Verdão/Foto: Marcia Cunha, Chapecoense

A sustentação defensiva desponta como um dos principais méritos do trabalho de Jair. Depois de ser eliminado na Copa do Brasil em sua segunda partida à frente da Chapecoense, o profissional mudou a dupla de zaga. Nos lugares de Laércio e Derlan, entraram Felipe Santana e Ignácio, que têm oferecido melhor resposta dentro de campo.

“Jogadores foram colocados na prova de fogo e não deram conta do recado; as trocas foram justamente por isso. O Felipe ficou dois anos parado, então havia uma expectativa muito grande, já que na Série B ele não era titular. E o Ignácio, no último jogo, colocou o Hulk no bolso!”

Mateus Montemezzo
Ex-Borussia Dortmund, Felipe Santana virou titular na zaga/Foto: Marcio Cunha, Chapecoense

As certezas que começam a sobrar na zaga, porém, ainda inexistem na linha de frente. Herói do título da Série B de 2020, Anselmo Ramon tem atuado no comando de ataque alviverde, deixando no banco o jovem Pedro Perotti. A decisão é bastante contestada, tanto por imprensa quanto pela torcida.

“Já se via, na Série B, que o Anselmo não tinha intensidade para uma primeira divisão. Só que ele a vantagem da experiência. Prende a bola, é um pivô muito interessante. Mas o queridinho da torcida e da imprensa é o Perotti, que estava despontado com algumas propostas. Ter ele jogando, fazendo gols, é muito importante para isso.”

Mateus Montemezzo
Anselmo Ramon foi titular nos últimos jogos/Foto: Marcio Cunha, Chapecoense

Passadas cinco rodadas, a Chapecoense soma duas derrotas e três empates no Brasileirão. Na última segunda-feira (21/06), o Alviverde ficou no 1 a 1 com o Atlético-MG, fora de casa. Ravanelli, de pênalti, marcou para a equipe, que deve repetir a escalação diante do Inter. Os prováveis titulares são: João Paulo; Matheus Ribeiro, Felipe Santana, Ignácio e Derlan; Anderson, Guedes, Ravanelli e Lima; Fernandinho e Anselmo Ramon.


Palco 🏟️

Panorama da Arena Condá/Foto: DVG, Chapecoense

Inaugurada no primeiro dia de fevereiro de 2009, a Arena Condá está situada no Centro de Chapecó. Propriedade da prefeitura municipal, o estádio, que atualmente passa por processo de modernização, conta com capacidade para 20.089 pessoas.


Último confronto 📊

Inter recebeu a Chape no segundo turno do Brasileirão 2019/Foto: Ricardo Duarte

O Colorado recebeu a Chapecoense, no Beira-Rio, pela 20ª rodada do Brasileirão de 2019. Disputado no dia 22 de setembro, o confronto foi encerrado com vitória de 1 a 0 do Clube do Povo, gol de Rodrigo Lindoso. Como o adversário disputou a Série B em 2020, as duas equipes não se enfrentaram na temporada passada.

Lindoso marcou o único gol do último confronto/Foto: Ricardo Duarte