Gurias na final da Liga de Desenvolvimento Sub-14

Na semifinal da Liga de Desenvolvimento, as Gurias Sub-14 venceram o Grêmio por 1 a 0 e se classificaram para a final da competição. Já temos adversário definido na final: Centro Olímpico. O jogo vai ser disputado às 09h da próxima segunda-feira, no CT de Sorocaba.(13/12).

Em um clássico extremamente complicado, as Gurias venceram com gol no apagar das luzes, depois de Clara sofrer falta na ponta direita de ataque, Giovanna cobrou na entrada da pequena área e Sarinha subiu mais alto que todo mundo e cabeceou para o chão, sem chances alguma para a goleira adversária. Clube do Povo classificado para mais uma final de Nacional. 

O Internacional do técnico David da Silva, foi a campo com: Julinha, Mila Seguins, Amandinha e Cecília; Aninha, Manu Borba (Sarinha), Myka, Giovanna e Clara; Stephanie (Kath) e Yasmin (Alícia).

Gurias classificadas na Liga de Desenvolvimento Sub-14

Na segunda rodada do Grupo B da competição, as Gurias Sub-14 venceram a Chapecoense por 9 a 0 e estão classificadas de forma antecipada para a semifinal. O resultado deixou o Inter na primeira colocação do grupo, ultrapassando a Ferroviária, que é a próxima adversária do Colorado na sexta-feira (10/12), às 09h45, o confronto decide quem será a líder do grupo.

Logo aos 5 minutos, depois de muito pressionar, Giovanna conseguiu boa jogada pela ponta esquerda, driblou duas atletas da Chape e tocou para Stephanie, a atacante colorada tirou da goleira e abriu o placar para o Inter. Aos 17, Mila fez bom cruzamento para dentro da área, a volante Manu tentou o chute que bateu na zaga, no rebote, Yasmin acertou um belo chute de perna direita, no ângulo da goleira e fez mais um para o Colorado. Na saída de bola, as Gurias recuperaram a posse rápido e Giovanna deu um lindo lançamento, deixando Yasmin cara a cara com a goleira, nossa camisa 9 chutou alto e cruzado, marcando o seu segundo na partida. Fim de primeiro tempo.

No início da etapa complementar, Giovanna cobrou escanteio pela ponta esquerda, ninguém da Chapecoense tirou e Cecília acertou um chute de perna direita, marcando seu primeiro com a camisa do Internacional e o 4 do Clube do Povo no jogo. As Gurias estavam com fome de gol, 1 minuto depois Myka fez jogada pela ponta direita, cruzou para Yasmin que dividiu a bola com a defesa adversária e deixou para Manu, de perna esquerda nossa camisa 5 acertou a bochecha da rede, ampliando o placar. O Colorado seguiu pressionando e deixando suas linhas altas, Alicia aproveitou o erro da zaga, invadiu a área e chutou cruzado de canhota, não perca as contas: Internacional 6 x 0 Chapecoense.

Alguns minutos depois, aos 8 do segundo tempo, Giovanna recebeu passe de Myka e no círculo central acertou passe em profundidade para Alicia, cara a cara com a goleira, a camisa 19 chutou cruzado e marcou seu segundo na partida. Aos 16, Giovanna driblou 3 adversárias já dentro da área inimiga e tocou para Yasmin, a camisa 9 de perna direita completou para o gol e fez seu hat-trick na partida. Para encerrar, foi a vez da assistente do jogo fazer o seu, depois de um bate-rebate dentro da grande área, Yasmin tocou para Giovanna que bateu de perna direita, forte no ângulo esquerdo da meta, sem chance nenhuma para a arqueira. Fim de partida: Internacional 9 x 0 Chapecoense.

O Inter foi a campo com: Julinha, Mila Seguins, Amanda e Cecília; Aninha, Manu Borba (Clarinha), Myka (Sarah), Giovanna e Clara (Isabela); Stephanie (Alicia) e Yasmin, treinadas pelo técnico David da Silva

Gurias garantem vaga na final do Gauchão Feminino

Gurias golearam neste Dia da Consciência Negra/Foto: João Callegari

Finalistas! As Gurias Coloradas superaram o Brasil de Farroupilha por 10 a 0, na tarde deste sábado (20/11), no confronto de volta das semifinais do Gauchão Feminino de 2021. Wendy Carballo, quatro vezes, Rafa Travalão, duas, e Fabi Simões, Júllia, Shashá e Belinha marcaram os gols do Inter no confronto, disputado no Sesc Protásio Alves. Agora, o Clube do Povo aguarda o classificado de duelo entre Grêmio e Flamengo de São Pedro para conhecer seu adversário na finalíssima, marcada para o próximo dia 5 de dezembro.

Sport Club Internacional · Rádio Colorada | Gols: Brasil de Farroupilha 1 x 6 Gurias Coloradas | 14/11/2021

Coloradas pressionam desde o apito inicial

Antes do apito inicial, a partida deste sábado já carregava significado histórico para as Gurias, que foram a campo vestindo a nova camisa preta do Internacional. No minuto de silêncio que antecedeu o início do embate, as coloradas fizeram uma necessária manifestação contra o racismo, com punhos erguidos em alusão ao Dia da Consciência Negra, comemorado neste 20 de novembro, e que reforçaram a principal mensagem do dia: amamos o Inter, odiamos o racismo!

Colorados fizeram bonito gesto antirracismo antes da partida/Foto: João Callegari

As Gurias iniciaram o confronto afim de jogo, e cobraram pouco mais de um minuto para construir a primeira chegada de perigo à meta rival. Lançada em profundidade, Fabi fintou a goleira e, rente à linha de fundo, cruzou na direção de Rafa Travalão. Antes da camisa 11, contudo, a zaga cortou em escanteio. Logo depois, aos três, Leidi disparou pela direita e levantou na segunda trave, na medida para Shashá, que dominou e finalizou para as redes. O lance, contudo, foi invalidado por toque de mão da atacante colorada.

Wendy abriu o placar no início do confronto/Foto: João Callegari

Intensa, a pressão colorada surtiu efeito aos seis. Em velocidade, Wendy recebeu assistência de Rafa Travalão e, na altura da meia-lua da grande área, percebeu hesitação da goleira para cabecear por cima, de cobertura. Inter 1 a 0, escore duplicado no minuto 16, quando Leidi voltou a aproveitar os espaços oferecidos pela defesa rival. Pela direita da área, a camisa dois cruzou bola rasteira que nem Wendy, nem Shashá aproveitaram. Parcial, o corte da zaga foi aproveitado por Rafa, que soltou a bomba de perna direita para ampliar a conta.

Rafa brilhou na etapa inicial/Foto: João Callegari

A primeira etapa de Rafa foi iluminada. No minuto 20, a camisa 11 recebeu bom passe de Fabi e, da intermediária de ataque, a consideráveis metros de distância da meia-lua, encheu o pé. Teleguiado, o arremate morreu nas redes serranas. Com o terceiro gol, as Gurias passaram a cadenciar o jogo, também porque o Brasil, antes corajoso para enfrentar o Inter de igual para igual, passou a apresentar intensidade distinta àquela de outrora.

Camisa 11 exibiu pontaria afiada/Foto: João Callegari

A envolvente troca de passes do Inter cansou a marcação adversária, que sofreu com o desfalque de Yasmin, expulsa no minuto 41. Logo depois, Fabi fez fila, avançou em velocidade até as cercanias da área e finalizou com estilo, no ângulo. Gurias quatro a zero, em um gol tão bonito quanto a comemoração de punho erguido da artilheira, devidamente ovacionada pela torcida.

A conta de quatro a zero ainda não satisfazia os interesses das Gurias, que voltaram a balançar as redes antes do intervalo. No último minuto da etapa inicial, Djeni dominou pela esquerda da entrada da área e acionou Wendy, que voltou a ser camisa nove para finalizar rasteiro na saída de Bina. Agora sim, os times estavam autorizados a partir para os vestiários.

Fabi fez lindo gol para ampliar a goleada do Inter/Foto: João Callegari

Cinco vira, 10 acaba

Se teve gol no último minuto da primeira etapa, também teria bola na rede no instante de abertura da segunda. De volta a campo com quatro mudanças, simbolizadas nas entradas de Mileninha, Mai, Isa e Belinha nos lugares de Rafa Travalão, Djeni, Bruna Benites e Sorriso, as Gurias aumentaram a conta depois de Isabela, logo em seu primeiro toque na bola, impedir que a zaga serrana afastasse o perigo e levantar na segunda trave, onde Wendy apareceu para acertar testaço consciente.

Shashá marcou uma pintura de fora da área/Foto: João Callegari

O segundo da etapa final, sétimo da tarde, saiu aos cinco. Da meia-lua, Mai tentou arremate de perna canhota, mas viu o chute sair mascado e rasteiro. Assim, a finalização virou assistência, aproveitada por Wendy Carballo, já na pequena área. De fora dela, e também da grande, quem balançou as redes foi Shashá, em lindo tiro de perna direita que a goleira até resvalou, mas não defendeu.

O protagonismo da ala jovem do elenco colorado é uma das principais características da campanha das Gurias no Gauchão de 2021, e foi colocado à prova, por Júllia, no minuto 15 da etapa final. Atuando pela segunda vez com a camisa do Inter, a atacante, que substituiu Fabi Simões, marcou seu segundo gol pelo Clube do Povo após falta cobrada por Leidi. Da direita, a bola viajou até a trave oposta, onde encontrou o pé direito da joia alvirrubra. Eram nove!

Wendy marcou quatro no Sesc Protásio Alves/Foto: João Callegari

Na tarde dos golaços, o último do Inter fez jus à fama do sábado. Da esquerda, Belinha arrastou a marcação antes de cortar para a perna direita e perceber o famoso dormitório da coruja. Nele, o foguete de perna direita explodiu, testando a resistências dos barbantes que sustentam a meta do Sesc. Com o placar agregado de 16 a 1, as Gurias asseguraram a vaga em mais uma final de Gauchão Feminino, a quinta consecutiva.


Ficha técnica:

Internacional (10): Vivi; Leidi, Bruna Benites (Isa Haas), Sorriso (Belinha) e Ari; Djeni (Maiara), Mari Pires, Wendy (Maranhão) e Shashá; Rafa Travalão (Mileninha) e Fabi Simões (Júllia). Técnico: Maurício Salgado.

Brasil de Farroupilha (0): Sabrina; Adri, Letícia, Joyce (Vergani) e Yasmin; Laysa (Dessa) e Luana (Vick); Keka (Bianca Bender), Bruna Lisandra e Barbosa (Yasmin Ramos); Tanque (Duda). Técnico: Fernando Varani.

Gols: Wendy Carballo, aos 6’/1ºT, 48’/1ºT, 1’/2ºT e 5’/2ºT, Rafa Travalão, aos 16 e 20’/1ºT, Fabi Simões, aos 44’/1ºT, Shashá, ao 13’/2ºT, Júllia, aos 15’/2ºT, e Belinha, aos 34’/2ºT (I).

Cartões amarelos: Rafa Travalão (I). Yasmin, Joyce, Barbosa e Luana (B).

Cartão vermelho: Yasmin (B).

Arbitragem: Ruggeri Damasco da Fontoura, auxiliado por Luiza Reis e Tais Ruver.

Estádio: Sesc Protásio Alves.

Gurias se classificam para a final da Copa Nike

Time está classificado para mais uma final em competições categorias de base.

Pela semifinal da Copa Nike Sub-17, as Gurias Coloradas empataram no tempo normal com o Corinthians, por 0 a 0, e venceram, nas penalidades, por 4 a 3. Em um jogo complicado, quem se destacou foi Mari Zanella, goleira do Inter, que fez diversas defesas decisivas ao longo do confronto e foi eleita a melhor em campo pela Nike Premier Cup.

“Foi um jogo extremamente complicado, principalmente pela questão do vento, que nos prejudicou para colocarmos nosso ritmo de jogo. Soubemos lidar muito bem com as adversidades, lutamos até o final, mostramos mais uma vez que a união desse grupo é fora do normal. Fico feliz demais pela minha atuação, sempre que tem pênalti, parece que brilha minha estrelinha, e fico muito feliz de ajudar na classificação do time.”

Mari Zanella
Mari Zanella ‘The best of the match’./Divulgação Copa Nike

As Gurias Coloradas foram a campo com: Mari Zanella, Érica, Guta, Amanda Locatelli e Gaby Tomé; Bruna Wink, Giovanna e Berchon; Iasmin, Maria Lúcia e Clarinha. No comando, é claro, esteve David da Silva.

Gurias fazem história, superam São Paulo por 3 a 1 e avançam para as semifinais do Brasileirão A1

Gurias fizeram história no Morumbi/Foto: Luiza Moraes/Staff Images Woman/CBF

É NOSSA! A VAGA É NOSSA! A VAGA É DO CLUBE DO POVO! De virada, as Gurias Coloradas superaram o São Paulo por 3 a 1, na manhã deste domingo (22/08), e se classificaram para as semifinais do Brasileirão A1. Fabi Simões, Ari e Shashá marcaram no Morumbi, as últimas duas já depois dos 40 minutos da etapa final, e garantiram a vaga no tempo normal do confronto.

Na luta por vaga na decisão, o Inter enfrentará o Palmeiras, que eliminou o Grêmio, também neste domingo, após vitória de 4 a 1 no Allianz Parque. Semifinalista, a campanha de 2021 já é a melhor da história das Gurias no Brasileirão A1, e contará com, no mínimo, mais 180 minutos de feitos relevantes.

Festa das semifinalistas/Foto: João Callegari

Sem ceder às injustiças

A classificação não veio por acaso, há de se registrar. Após derrota de 2 a 1 na partida de ida, o cenário do Morumbi podia soar adverso, mas plenamente reversível. Em busca do resultado, as Gurias iniciaram a partida martelando o rival e empilhando oportunidades, deixando clara nossa ambição por protagonismo em nível nacional.

As 11 titulares de uma manhã inesquecível/Foto: Luiza Moraes/Staff Images Woman/CBF

O ditado, infeliz e teimoso, reforça, há anos, que chances desperdiçadas são punidas. E se as Gurias não fizeram, elas sofreram. Fortuito, o gol tricolor saiu aos 21, após cobrança de falta que explodiu no poste e retornou na cabeça de Gislaine. Abatimento, porém, não faz parte do dicionário do Inter, que logo empatou.

Corriam 34 minutos quando Fabi recebeu bom passe de Djeni e ganhou na briga e na vontade da marcadora. Artilheira das Gurias no Brasileirão, a camisa sete cortou ângulo para a perna direita e chutou no canto oposto, sem chances de defesa para Carla, que certamente ouviu a bola explodir no poste antes de estufar as redes tricolores. O placar de 1 a 1 finalizava o primeiro tempo!

Fabi comemora o empate colorado/Foto: Livia Villas Boas/CBF

PARA A HISTÓRIA!

Assim como nos instantes de abertura do jogo, o reinício do duelo presenciou importante volume ofensivo das Gurias, constantemente em busca de gol que, pelo menos, levaria a decisão para as penalidades. A pressão, porém, também significou considerável desgaste, consequência do intenso calor registrado na capital paulista. Superada a casa dos 15 minutos, o São Paulo começou a somar maior posse de bola.

Segundo tempo foi truncado para as Gurias/Foto: Luiza Moraes/Staff Images Woman/CBF

O segundo terço da etapa final tornou pessimistas os que não conhecem a história do Clube do Povo. Da casamata, Maurício promovia mudanças que deixavam o time mais ofensivo e com maior fôlego, mas a bola insistia em procurar os pés paulistas, que se adonavam do meio de campo. Pelo terceiro ano consecutivo, as Gurias deixavam o Brasileirão A1 nas quartas. Mas, em 2021, estávamos no Morumbi – no mês de agosto.

Proprietária das bolas paradas, Djeni Becker ajeitou com carinho, aos 40 minutos, antes de cobrar falta na intermediária direita de ataque. Com açúcar, a camisa oito levantou em conformidade ao manual, na altura da marca do pênalti. Por ali, a predestinada Ari apareceu livre para desviar à queima-roupa. Os pênaltis estavam garantidos, mas não satisfaziam a ambição das guerreiras vermelhas.

Predestinada, Ari!/Foto: Luiza Moraes/Staff Images Woman/CBF

Desesperado, o São Paulo partiu para o ataque. Se a vaga ainda não estava perdida, o anímico para as penalidades ficava destroçado. Um gol, portanto, parecia imperativo para a equipe paulista disputar sua segunda semifinal nacional consecutiva. Ofensivo demais, entretanto, o rival esqueceu de Shashá. Velocista atacante que defende o Inter desde 2018, a camisa 33 recebeu de Wendy, aos 47, e teve caminho para avançar.

Gol no Beira-Rio, assistências no Morumbi: Djeni Becker/Foto: Luiza Moraes/Staff Images Woman/CBF

Mais do que metros, Shshá percorreu, até a área paulista, anos – em específico, quatro, de história das Gurias. De frente para a goleira, a atacante finalizou com precisão. Em se tratando de Inter, contudo, o gol não poderia vir apenas na qualidade. Por isso, quando a bola explodiu no poste e voltou para a 33, ela apostou na raça. De carrinho, o gol saía. A vaga era nossa. Ninguém mais tirava. Coloradas? Também, mas classificadas!

Na raça, para a história, Shashá marcou/Foto: Luiza Moraes/Staff Images Woman/CBF

Primeiro tempo

1min – Boa trama! Inter avança em velocidade pela esquerda do campo e Shashá tenta o cruzamento rasteiro. Antes de Fabi Simões, a zaga corta o perigo.

5min – UH! Ari finaliza de longe, com força. Bola sai por cima.

8min – Gurias seguem na pressão! Fabi recebe de Mari Pires, corta para dentro e finaliza. Com desvio, ela quase engana Carla, mas a goleira defende.

11min – Encaixa, Vivi! Yayá finaliza de longe, e goleira do Inter defende sem problemas.

Goleira ajudou Inter a conquistar a vaga/Foto: Luiza Moraes/Staff Images Woman/CBF

13min – PRA FOOORA! Djeni e Shashá tabelam na intermediária de ataque. Camisa 33 recebe na entrada da área e solta a bomba, que sai em tiro de meta para o São Paulo.

21min – Micaelly cobra falta fechada, na direção da área colorada. Cobrança explode no poste e, no rebote, Gislaine manda para as redes.

24min – SAAAAAALVA, CARLA! Ariane corta a marcação e, pela intermediária esquerda de ataque, solta a bomba. Goleira defende, e manda em escanteio.

26min – VIVIIIIII! Após bate-rebate na área colorada, goleira opera um milagre em arremate de Dani.

34min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOL! É DO IIIIIIINTER! É DAS GURIAS COLORAADAS! É DA MINHA ARTILHEIRA, DA MINHA SETE, É DE FABI SIMÕES! Djeni Becker serve linda bola para Fabi, que invade a área paulista pela direita e, mesmo com o desvio da zaga, consegue o domínio e finaliza com curva. A bola explode no poste e morre nas redes paulistas. Tudo igual no Morumbi!

Comemore o gol de Fabi com a narração da Rádio Colorada

44min – Duda recebe de Micaelly e, na área colorada, pela direita, finaliza rasteiro. Sem direção, ela sai em tiro de meta.

45min – Mais três. Vamos a 48.

46min – Duda amarelada. Chegou atrasada na Isa.

48min – Encerrado o primeiro tempo.

Fabi empatou na reta final do primeiro tempo/Foto: Luiza Moraes/Staff Images Woman/CBF

Segundo tempo

0min – Gurias voltam com mudança. Mari Pires sai, Wendy entra.

3min – UUUUUUUUUH! Shashá recupera a posse na saída paulista, avança até a meia-lua da grande área e manda uma bomba. Carla, espetacular, espalma.

9min – PRESSÃO! Fabi recupera na saída de bola, toma ela de Gislaine e, dentro da área, pela direita, cruza rasteiro. Antes de Djeni, defesa tira.

10min – POR CIIIIIIIIIMA! Fabi faz boa jogada pela direita e cruza rasteiro. Djeni ajeita para Leidi, que solta uma bomba. A bola assovia no poste superior.

Grupo unido em busca do resultado/Foto: Luiza Moraes/Staff Images Woman/CBF

11min – QUASE! Wendy invade a área colorada pela direita, supera duas marcadoras mas, na dividida com a terceira, a bola espirra e vai até Carla.

13min – Dani invade a área colorada pela esquerda e cruza. Na pequena área, Jaqueline fura o cabeceio. Tiro de meta.

17min – Troca o Clube do Povo. Vem Mileninha, vai Rafa Travalão.

18min – Naná é novidade no São Paulo. Duda deixa o campo.

21min – QUE CHEGADA! Fabi enfileira duas e serve Shashá, que escapa com campo aberto pela frente, invade a área e manda rasteiro. Carla defende em dois tempos.

Shashá brilhou no Morumbi/Foto: Luiza Moraes/Staff Images Woman/CBF

23min – Micaelly faz grande jogada, supera duas zagueiras do Inter e entra na área vermelha. Poderia passar, mas escolheu o chute e mandou por cima.

26min – Mai escolhida por Maurício. Entra no lugar de Leidi.

27min – Carol é novidade no time da casa. Glaucia sai.

35min – Vivi! Em contra-ataque rápido, Micaelly corta para a canhota e, próxima da pequena área, chuta rasteiro. Goleira do Inter defende.

36min – Fabi arrisca da intermediária ofensiva e a bola sai por cima.

40min – É NOOOOOOOOOOOOOOSSO! É GOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOL! É DAS GURIAS COLORADAS! É DO CLUBE DO POVO! É DA ACADEMIA FEMININA ALVIRRUBRA! É DA NOSSA PAIXÃO! ARI! ARI! ARI! Pela direita da intermediária de ataque, Djeni levanta na área paulista. Ari se projeta em frente à zaga rival e desvia, indefensável, para as redes. Viramos no Morumbi, empatamos no agregado!

A mais vermelha das narrações para o gol de Ari!

45min – Quatro de acréscimos. Vamos a 49.

47min – A VAGA É NOOOOOOOOOOOOOOOOSA! A VAGA É VERMELHAAAAAAAA! A VAGA É DAS GURIAS! A VAGA É NOSSA! É GOL! É GOL! É GOL! É GOL! É GOL! É GOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É CONTRA-ATAQUE DE ALMANAQUE! É DE SHASHÁ! É DE SHASHÁ! É DE SHASHÁ! É GOL! É GOL DA VITÓRIA! É GOL DA VAGA! Após escanteio pela direita, Isa serve Wendy no corredor direito. Ela tem espaço, ela tem vazio, e percebe Shashá nas costas da zaga. Da uruguaia para a camisa 33, que invade a área e chuta rasteiro. A bola explode no poste e volta para a atacante, que manda para dentro. De carrinho, para as redes. É GOL!

Se emocione com a narração da emissora oficial do Clube do Povo

49min – ACABOOOOOOOOOOOU! ACABOOOOOOOOOOOU! É NOSSA! A HISTÓRIA SEGUE SENDO ESCRITA! É NOSSA! É NOSSA A VAGA!


Ficha técnica:

São Paulo (1): Carla; Giovana, Lauren, Gislaine e Dani; Maressa, Yayá, Jaqueline e Micaelly; Duda (Naná) e Glaucia (Carol). Técnico: Lucas Piccinato.

Internacional (3): Vivi; Leidi (Maiara), Bruna Benites, Sorriso e Ari; Mariana Pires (Wendy), Isa Haas, Djeni e Shashá; Fabi Simões e Rafa Travalão (Mileninha). Técnico: Maurício Salgado.

Gols: Gislaine, aos 21’/1ºT (S). Fabi Simões, aos 34’/1ºT, Ari, aos 40’/2ºT, e Shashá, aos 47’/2ºT (I).

Cartão amarelo: Duda (I).

Arbitragem: Adriano de Assis Miranda, auxiliado por Alberto Poletto Masseira e Diego Morelli de Oliveira. Quarta árbitra: Marianna Nanni Batalha.

Estádio: Morumbi-SP.

Gurias vencem Athletico-PR por 3 a 0 e garantem classificação antecipada no Brasileiro Sub-18

A festa de quem goleou e classificou/Foto: Adriano Fontes, CBF

Classificadas! Pela quinta rodada do Brasileirão Sub-18, as Gurias Coloradas superaram o Athletico-PR, na manhã desta quarta-feira (14/07), por 3 a 0. Loirão marcou os três gols do Inter no triunfo, que garante classificação antecipada do Clube do Povo para a próxima fase do Nacional.

Pela sexta e última rodada do grupo B, as Gurias voltam a campo na próxima sexta-feira (16/07), às 15h30, diante do Sport, adversário superado por 3 a 0 na estreia da competição. A disputa da segunda fase do Nacional está prevista para o próximo mês de agosto.

A merecida selfie de classificadas!

Como um rolo compressor

As Gurias Coloradas foram a campo precisando pontuar para garantir classificação antecipada à segunda fase do Brasileiro. Decididas a não oferecer sorte para o azar, as comandadas de Fábio Sanhudo atuaram de maneira bastante ofensiva desde o apito inicial, postura que logo descobriu espaços em profusão pelo corredor direito de ataque.

Loirão brilhou com três gols diante do Athletico/Foto: Adriano Fontes, CBF

Aos seis minutos de confronto, Mai investiu contra a lateral-esquerda adversária e cruzou na medida para Loirão, que cabeceou no contrapé da goleira para abrir a conta. Passados outros seis, a artilheira da manhã emendou lindo chute de primeira, após corte parcial da defesa, que afastava escanteio vindo da direita, e ampliou a vantagem colorada.

O terceiro do Inter chegou aos 25, e saiu depois de linda trama do setor ofensivo. Ainda no campo de defesa, Teté recuperou a posse e deixou com Mai, que acionou Mileninha e recebeu linda devolução de calcanhar antes de servir Loirão. Em velocidade, a goleadora deixou a zaga para trás, abriu ângulo para a perna direita e soltou o tiro cruzado, indefensável.

Grupo comemora grande atuação/Foto: Adriano Fontes, CBF

Ataque contra defesa

As Gurias Coloradas não se deram por satisfeitas com o 3 a 0, e seguiram martelando ao longo de toda a etapa final. Aos oito, Loirão decidiu ser garçonete e cruzou rasteiro após escapada pela direita. Em velocidade, Ket invadiu a área pela esquerda e finalizou no travessão, quase ampliando.

Inter, de Maju, seguiu na pressão durante a etapa final/Foto: Adriano Fontes, CBF

Ao longo do segundo tempo, Fábio Sanhudo utilizou todas as seis trocas que tinha à disposição. A partir das mudanças, ganhou destaque a dupla Loirão e Ju Romanelli, que construiu grandes tramas pelo centro do ataque. Na melhor delas, aos 29, a camisa 11 só não marcou mais um devido a corte providencial da zaga, que afastou praticamente em cima da linha.

Contínua até o apito final, a pressão não resultou em escore ainda maior para a goleada do Inter, encerrada no 3 a 0. Até aqui, as Gurias, que têm 100% de aproveitamento, já marcaram 15 gols no Brasileirão Sub-18. Vazado em apenas duas ocasiões, o Colorado é o primeiro time a garantir vaga na segunda fase do Nacional.

Loirão (E) e Liriel (D) festejam o triunfo/Foto: Adriano Fontes, CBF

Ficha técnica:

Internacional: Gabi Barbieri; Livia (Carol Gil), Guta, Duda Flores (Mari Barbieri) e Liriel; Thalita (Teté), Mai (Ju Romanelli), Maju e Ket (Manu); Loirão e Mileninha (Maranhão).

Gols: Loirão, aos 6’/1ºT, 12’/1ºT e 25’/1ºT (I).

Arbitragem: Andreza Helena Siqueira, auxiliada por Amanda Pinto Matias e Leonardo Tadeu Pedro. Quarto árbitro: Bruna Serra Oliveira.

Estádio: CT do Sorocaba 1 – SP.

Bastidores das classificadas

Com duas rodadas de antecedência, as Gurias Coloradas estão classificadas para a fase eliminatória do Brasileirão A1! A vaga foi conquistada após vitória de 2 a 1 sobre o São José-SP, fora de casa, no último domingo (06/06). Confira os bastidores da partida:

Fora de casa, Gurias superam o São José-SP e garantem vaga nas quartas do país

Gurias venceram a sétima vitória no Brasileirão/Foto: Mariana Capra

Vitória das classificadas! Fora de casa, as Gurias Coloradas superaram o São José-SP, por 2 a 1, e garantiram vaga antecipada nas quartas de final do Brasileirão A1. Mileninha e Fabi Simões marcaram no triunfo, válido pela 13ª rodada. O resultado leva o Inter à quinta colocação, com 24 pontos.

Agora, as Gurias viverão intervalo de duas semanas sem partidas, consequência da Data FIFA. A volta aos gramados ocorre no próximo dia 20, às 20h, diante do Grêmio. O Inter será mandante no clássico, que envolve duas equipes empatadas em pontos – os rivais levam a melhor no saldo.

Grupo garantiu classificação antecipada às quartas/Foto: Mariana Capra

Gurias mortais

Efetividade. Substantivo perfeito para resumir a etapa inicial das Gurias Coloradas, atesta o grande mérito do Inter ao longo dos primeiros 45 minutos de confronto. Truncado em sua alvorada, o duelo ofereceu boa chance para o Clube do Povo aos 10, quando Juliana lançou Mileninha. Mortal, a cria invadiu a área e finalizou no canto, sem chances de defesa.

Em desvantagem no marcador, as paulistas cederam mais espaços na busca do empate. Ineficaz para pressionar, a postura foi explorada pelas Gurias, que passaram a intensificar os arranques de Fabi, normalmente parados com faltas. De uma destas saiu cobrança precisa de Rafa, espalmado por Zany. Escanteio, alçado por Leidi e, no primeiro poste, desviado pela artilheira Fabi. Era o segundo, último antes do intervalo.

Mileninha abriu os caminhos em São José dos Campos-SP/Foto: Mariana Capra

Donas da casa pressionam

O São José-SP retornou dos vestiários de maneira bastante ofensiva. Em desabalada carreira, o Formigão, que luta contra a degola, adiantou suas linhas, apertou a marcação na saída de bola colorada e tirou proveito do desgaste físico das Gurias, natural para quem vive uma maratona, para construir relativa pressão.

Etapa final contou com menos espaços/Foto: Mariana Capra

Dona de grande atuação no interior paulista, Vivi operou uma série de intervenções providenciais, importantes para conter o ímpeto rival. Apenas Sissi, na casa dos 24 minutos, conseguiu superar a goleira colorada, marcando o de desconto do Formigão. Nos instantes finais, as Gurias seguraram a bola no campo de ataque para garantir a vitória e, junto com ela, a classificação às quartas nacionais.


Melhores momentos – primeiro tempo

10min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOL! COLORAAAAAAAADAS, GURIAS COLORAAAAAADAS, GURIAS COLORAAAAAAADAS, É GOL DAS COLORAAAAAADAS! Juliana intercepta a construção de jogo paulista e lança Mileninha. Atrás do meio de campo, mas à frente da linha de zaga rival, a cria colorada escapa em altíssima velocidade, invade a área e, na saída da goleira, finaliza rasteiro, rente ao poste esquerdo. Inter na frente!

13min – VIVI! Sissi é lançada na esquerda da defesa colorada. Forte demais, o passe fica melhor para Vivi, que sai do gol com enorme segurança. Na sequência, atacante paulista tromba com goleira do Inter, e arbitragem para o lance.

21min – SÓ ASSIM PRA SEGURAR! Fabi faz fila pelo centro, deixa duas marcadoras para trás e, no momento de servir Rafa Travalão, é derrubada por Letícia. Falta e amarelo indicados.

Piscou? Fabi passou!/Foto: Mariana Capra

22min – ZAAAAAAAAAAAAAAAAANY! Da intermediária ofensiva, Rafa cobra a falta direto. Um foguete, toma a direção do canto direito das paulistas, e goleira voa para salvar.

23min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É DELA, É DA MINHA SETE, É DE FABIII! COLORAAAADAS, GURIAS COLORAAAADAS! Da esquerda, Leidi cobra escanteio fechado. Na primeira trave, Fabi Simões sobe mais do que a marcação e desvia com açúcar para matar as chances de defesa da goleira Zany. Gurias ampliam no Martins Pereira!

30min – Muda o São José. Vem Giovania, sai Baiana.

31min – NO POOOOOOOOOOOOSTE! Leidi cobra, da quina esquerda da área paulista, falta com muita precisão. Na direção do ângulo, ela tinha endereço, mas é resvalada por Zany antes de explodir no travessão. Quase, quase!

Leidi brilhou nas bolas paradas/Foto: Mariana Capra

41min – PRA FORA! Sissi domina cobrança de escanteio na primeira trave, faz o giro e finaliza por cima da meta colorada.

44min – Fernanda Tipa, da entrada da área colorada, finaliza. Colocada, ela morre nos braços de Vivi.

45min – Mais dois. Vamos a 47.

47min – Intervalo em São José dos Campos!

Elenco retornou aos vestiários à frente no placar/Foto: Mariana Capra

Segundo tempo

5min – VIVIIIIIIIIIIIIIII! Camila cruza da intermediária direita, na cabeça de Tapia. A atacante paulista desvia, a bola toma a direção do gol mas, com incrível reflexo, goleira colorada opera um milagre.

9min – Duas trocas no Clube do Povo. Grabias vem no lugar de Fabi Simões, Mai substitui Mariana Pires.

Maurício Salgado rodou o elenco na etapa final/Foto: Mariana Capra

10min – Juju recebe o amarelo por reclamação.

11min – ZAAAANY! Mai pega a sobra de corte parcial da zaga adversária e cruza para Grabias. Na altura da marca do pênalti, camisa 19 cabeceia, e goleira paulista encaixa.

Grabias deu novo gás ao ataque vermelho/Foto: Mariana Capra

13min – Duas trocas no São José. Entram Ionara e Bea, saem Thaynara e Juju.

22min – Rafa Marques impede escape de Mai e é punida com amarelo.

Mai incomodou a zaga paulista/Foto: Mariana Capra

23min – Shashá recebe o amarelo por falta em Sissi.

24min – Sissi escapa nas costas da zaga colorada, é percebida por Bea e, cara a cara com Vivi, finaliza para as redes.

25min – Duas mudanças no Inter: Ju por Thessa, Ari por Rafa Travalão.

28min – Após confusão na grande área colorada, Giovania desvia por cima. A bola explode no travessão colorado.

40min – São José-SP chegaria ao empate com Giovania, mas arbitragem indica falta em Sorriso.

45min – Mais cinco. Vamos a 50.

46min – LEIDI! Lateral colorada consegue bloqueio providencial no chute da adversária.

Leidi ajudou a fechar o lado direito da defesa vermelha/Foto: Mariana Capra

50min – FIM DE PAPO! VITÓRIA COLORADA!


Ficha técnica

São José-SP (1): Zany; Evellyn, Bruna, Letícia e Camila; Baiana (Giovania), Thaynara (Ionara) e Juju (Bea); Sissi, Fernanda Tipa e Rafa Marques. Técnico: Nedilson de Oliveira.

Internacional (2): Vivi; Isa Haas, Bruna Benites e Sorriso; Leidi, Juliana (Thessa), Mari Pires (Mai) e Shashá; Fabi Simões (Luana Grabias), Mileninha e Rafa Travalão (Ari). Técnico: Maurício Salgado.

Gols: Mileninha aos 10’/1ºT, e Fabi Simões, aos 23’/1ºT (I). Sisi, aos 24’/2ºT (S).

Cartões amarelos: Letícia, Rafa Marques e Juju (S). Shashá (I).

Arbitragem: Matheus Delgado Candançan, auxiliado por Bruno Silva de Jesus e Rafael Tadeu Alves de Souza. Quarto árbitro: Fabiano Monteiro dos Santos.

Estádio: Martins Pereira-SP.

Gurias Sub-18 se classificam com 100% de aproveitamento

Foto: Adriano Fontes/CBF

As Gurias Coloradas venceram a sexta e última partida da primeira fase do Brasileirão Sub-18, contra o Palmeiras, por 2 a 1, na manhã desta sexta-feira (5). Os gols foram marcados por Mai, de cabeça, aos três minutos do segundo tempo, e Mileninha, com chute calibrado, aos 32′. Ainda no primeiro tempo, Gabi Barbieri se destacou ao fechar o gol e defender um pênalti.

Com o resultado, o Inter fecha a primeira fase com 100% de aproveitamento e como primeiro colocado isolado do grupo A, com 18 pontos e 18 gols marcados. A segunda fase da competição, também em grupos, inicia na próxima terça-feira (9) e acontecerá em Criciúma-SC. A divisão dos grupos ainda depende do resultado dos jogos desta tarde e de amanhã.

> Tabela de jogos das Gurias Coloradas Sub-18

O primeiro tempo foi de bastante movimentação das duas equipes, que apostaram na velocidade para construir chances de ataque e fizeram as goleiras Gabi Barbieri e Awanny trabalharem bastante. Aos 32′ a juíza marcou pênalti para o Palmeiras e Gabi Barbieri brilhou e fechou o gol para salvar o Colorado. A etapa acabou aos 41′, em resultado parcial de 0 a 0.

Na volta para a segunda etapa, o técnico Fábio Sanhudo trocou Yasmin por Duda Flores. Logo aos 3′, em escanteio cobrado por Kamila do lado esquerdo, Mileninha subiu para cabecear, mas a bola bateu no travessão, sobrando para Mai, também de cabeça, mandar para o fundo das redes e abrir o placar para as Gurias Coloradas. O Inter seguiu no ataque buscando ampliar o placar, enquanto o Palmeiras tentava uma reação.

Aos 14′, troca tripla, saíram Berchon, Mai e Vick, entraram Maki, Maju e Alê. Aos 32′, foi a vez da artilheira Mileninha deixar o seu. Em lançamento de Maranhão pela esquerda, Mileninha dominou e, sem deixar a bola cair, encaixou o chute e mandou para o fundo das redes, marcando o segundo das Gurias Coloradas. Aos 34′, nova troca no Colorado, Vih deu lugar à Thalita. Aos 38′, o Palmeiras descontou com Tahyná. A árbitra encerrou a etapa complementar aos 43′ e decretou a vitória colorada por 2 a 1.

FICHA TÉCNICA:

Internacional (2): Gabi Barbieri; Vih (Thalita), Mari Barbieri, Guta e Vick (Alê); Kamila, Yasmin (Duda Flores) e Berchon (Maki); Mai (Maju), Mileninha e Maranhão. Técnico: Fábio Sanhudo.

Palmeiras (1): Awanny; Evelin, Carol Santos, Naiane, Ana Clara, Thayná, Joice, Jaqueline, Manuela, Brendha e Giovana. Técnico: Ricardo Belli.

Gols: Mai (3′ 2T) e Mileninha (32′ 2T) para o Inter, Thayná ( 38′ 2T) para o Palmeiras.

Arbitragem: Adeli Mara Monteiro, auxiliada por Marcela de Almeida Silva e Liliane Aparecida Galindo. Trio paulista.

Estádio: CT Sorocaba 2, Sorocaba-SP.

Gurias Coloradas Sub-16 estão na final do Brasileirão

As Gurias Coloradas Sub-16 são finalistas do Brasileirão da categoria! Nesta tarde (18), o Clube do Povo empatou com o Santos por 0 a 0 no tempo regulamentar e nos pênaltis venceu por 4 a 2 e avançou para a grande decisão que acontece no próximo domingo (20), às 15h, no Estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba, diante do Minas Brasília.

Remontando o primeiro jogo da primeira fase, o Inter reencontrou o Santos nesta semifinal. A partida começou equilibrada e a as Gurias Coloradas apostaram na velocidade dos contra-ataques. O Inter abriu o placar aos 18 minutos do primeiro tempo, mas o árbitro assinalou o impedimento. Outras chances surgiram e a pressão vermelha aumentou, ainda sem conversão em gol, terminando o primeiro tempo em igualdade. Já no segundo tempo, logo aos três minutos, Taina Maranhão recebeu lançamento e avançou em velocidade, arriscando o chute enquanto a goleira adversária estava fora da meta, mas bola estourou no travessão. A etapa seguiu equilibrada, com chances para os dois lados e maior posse de bola para o Inter. A etapa inicial terminou em 0 a 0 e, nos pênaltis, as Gurias Coloradas garantiram a classificação por 4 a 2, com duas grandes defesas de Mari Zanella.

Buscando um título inédito para o Colorado, as Gurias fazem uma campanha histórica na competição. Donas da melhor colocação geral na primeira fase, o Colorado está invicto. Já são três vitórias e um empate, nove gols marcados e apenas um sofrido. A artilheira do Clube do Povo é Clarinha, com três tentos anotados.

Relembre a campanha colorada
Primeira fase:
Santos 1 x 3 Gurias Coloradas
Gurias Coloradas 3 x 0 Audax
Gurias Coloradas 3 x 0 Lusaca/BA

Semifinal:
Gurias Coloradas 0 (4) x (2) 0 Santos

Ficha técnica
Internacional: Mari Zanella; Mari Barbieri, Guta, Duda Flores e Anna Clara; Amanda, Berchon e Bruna (Ju Romanelli); Taina Maranhão, Suellen (Vitória) e Anita. Técnico: David da Silva.
Santos: Michelle; Amanda, Manu, Ana Luiza, Amanda Dias (Julinha), Júlia, Gabi Medeiros (Cabral), Gi, Isa Viana (Bárbara), Sabrina e Lala (Leveque [Daniela]). Técnico: Felipe Freitas.
Arbitragem: José Guilherme Almeida E Souza, auxiliado por Leandra Aires Cossette e Veridiana Contiliani Bisco. O trio é paulista.