O pós-jogo de uma manhã inesquecível

Gurias comemoraram muito a classificação histórica/Foto: João Callegari

As Gurias Coloradas viveram uma manhã inesquecível no Morumbi! Com gols de Fabi Simões, Ari e Shashá, o Clube do Povo superou o São Paulo por 3 a 1 e avançou, pela primeira vez na história, para as semifinais do Brasileirão Feminino. Conquistada com dois tentos marcados após os 40 minutos do segundo tempo, a vitória foi muito festejada pelas atletas do Inter, e a Rádio Colorada, presente no palco do jogo, acompanhou a comemoração de perto.

Responsável pelo segundo gol do Inter, tento que levava, até aquele instante, a decisão para os pênaltis, Ari foi a primeira entrevistada pela emissora oficial do Clube do Povo. Predestinada, a titular da lateral-esquerda revelou que, até poucos segundos antes de a bola ser alçada na área, não sabia se marcaria presença no campo de ataque para a jogada que colocou as Gurias na frente do placar.

Foto: Luiza Moraes/CBF

“Juro que, por um momento, eu não iria para a área. Estava cansada, a perna esquerda com cãibra. Mas alguma coisa me veio na cabeça para ir, e eu fui e fiquei em um lugar em que nunca me posiciono. Não esperava a bola ali. Foi emocionante fazer esse gol, fomos até o fim com as poucas soldadas que temos!”

Ari

Logo depois da defensora artilheira, quem falou foi Leonardo Menezes. O gerente de Futebol Feminino do Clube do Povo destacou a união do grupo colorado, e teve sua comemoração acompanhada por comentário de Rafael Pokorski, preparador de goleiras, que definiu a vitória como símbolo da garra que caracteriza a história do Internacional.

“Uma vitória do grupo, da superação e da vontade. É uma vitória do Inter, com o espírito que permeia todo mundo que está aqui. Não é da boca para fora: somos uma família, estamos aqui para conquistar coisas muito grandes, do tamanho do Internacional.”

Leonardo Menezes

“Essa vitória é extremamente importante, e vem com a cara do Inter. Acreditando até o final, na raça, com todas se entregando. Foi uma partida equilibrada, e o que decidiu foi a entrega. Uma vitória para a gente botar na história. Estamos nas semis!”

Rafael Pokorski

Reviva a emoção pós-apito final

Passados os festejos no gramado, as Gurias seguiram em celebração dentro dos vestiários do Morumbi. Por lá, a zagueira e capitã Bruna Benites, multicampeã ao longo de sua vitoriosa carreira, não conteve a euforia ao comentar a ambição do elenco colorado, além de deixar claro que, agora que o Inter está entre os quatro melhores times do país, os adversários terão vida difícil para superar a tradicional obstinação daqueles que vestem vermelho.

“Saímos de Porto Alegre com a consciência de que precisaríamos lutar muito, mas de que era plenamente possível. Nosso grupo merece. Ele pode ser reduzido, mas é qualificado. Prefiro correr do lado de 15 meninas dispostas a fazer o que for para vencer, do que com um monte que quer ser só mais uma. Tenho muito orgulho dessa equipe, e quero deixar um abraço para todo mundo que acreditou. Agora, vão ter que segurar. Deixaram chegar, vão ter que segurar.”

Bruna Benites
A íntegra da fala de Bruna Benites para a Rádio Colorada
Capitã vibrou muito com a vitória colorada/Foto: Luiza Moraes/CBF

O significado do feito atingido pelas Gurias no Morumbi foi repercutido por dois entrevistados que têm propriedade de sobra para falar em nome da instituição Internacional. Tanto Alessandro Barcellos, presidente colorado, quanto Claudio Curra, diretor de Futebol Feminino, valorizaram o projeto conduzido desde 2017 pelo Clube, coroado com feito que foi, é claro, atribuído às atletas, e dedicado para a Maior e Melhor Torcida do Rio Grande.

“É o mais longe que já chegamos. Então, estamos muito felizes – e fortes! Eu disse, antes do jogo, que ia ser no detalhe, mas foi melhor: foram dois detalhes. Com a cara do Inter, de raça, de garra, sem desistir nunca, como em todas as conquistas grandes do Clube.”

Claudio Curra
A fala de Claudio Curra para a Mais Vermelha

“É um momento importante, épico, resultado de um trabalho de continuidade, seriedade e comprometimento. Acreditamos sempre, esse é o Inter. Acreditamos no potencial do trabalho com raça, com determinação. Foi isso que a gente viu, hoje, no Morumbi. Quero parabenizar toda a comissão técnica, a direção e, principalmente, as atletas, que deram essa alegria ao torcedor, que merece essa vitória.”

Alessandro Barcellos
Presidente parabenizou o grupo de jogadoras

Quem falou sobre o jogo e a determinação apresentada pelo time foi o técnico Maurício Salgado, que exaltou o controle mental exibido pela equipe ao longo dos 90 minutos (mais acréscimos). A vitória, nas palavras do comandante, foi conquistada graças à fé das jogadoras no trabalho realizado, inabalável mesmo nos momentos mais delicados da partida, e persistente apesar do sol e do cansaço.

Foto: Luiza Moraes/CBF

“A gente tinha um proposta, e não desistimos dela. Quando o Inter estava muito melhor na partida, tomou o gol, e isso é impactante. Já o segundo tempo, a partir dos 30 minutos, nossa equipe estava desgastada, e aí vem aquela coisa de dentro. Hoje, o nosso grande mérito foi pensar no jogo. Teve coração a milhão, mas a cabeça no lugar. Isso é uma coisa que se espera quando se representa o Inter, e elas estão de parabéns.”

Maurício Salgado
Ouça a entrevista de Maurício Salgado para a emissora do Clube do Povo

Persistência, que se diga, é sinônimo perfeito para Shashá. Lateral-esquerda na ida e atacante na volta, a polivalente camisa 33 esperou o momento certo para marcar seu primeiro gol na temporada. Passados os 47 minutos do segundo tempo, ela percebeu enorme espaço na defesa paulista e não titubeou em decidir. Na correria, na qualidade e na vontade, colocou o Inter na semifinal.

Foto: João Callegari

“Foi uma emoção. No momento que recebi a bola, pensei em correr, e, quando a goleira veio para cima de mim, pensei em chutar. Quando bati e vi que foi na trave, saí para pegar a bola, nem que botasse com a mão. Não tinha feito nenhum gol ainda no Campeonato, mas foi o decisivo. É O INTER!”

Shashá

O gol de Shashá, inclusive, foi o único marcado sem participação da meio-campista Djeni no conjunto dos 180 minutos das quartas de final. Responsável por descontar o placar para o Inter, já nos acréscimos do segundo tempo, na partida do Beira-Rio, a camisa oito das Gurias também serviu Fabi e Ari no Morumbi. O protagonismo, de acordo com a própria, representa suas aspirações enquanto atleta do Clube do Povo.

Foto: Luiza Moraes/CBF

“Essa é a postura do Inter, agressiva. A gente busca a vitória em casa e fora. Viemos para buscar essa classificação. Eu não cheguei aqui para ser mais uma atleta. Vim para fazer história com essa camisa, para entrar na história do Clube. Hoje, fizemos história. Estamos nas semis de um campeonato importantíssimo.”

Djeni

Não existe hora boa ou ruim para marcar um gol, dizem. Maior alegria do futebol, a bola na rede é bem-vinda a qualquer momento. Ousando profanar as leis que regem o esporte mais popular do mundo, todavia, parece seguro afirmar que o tento de Fabi Simões saiu no instante certo, exatamente quando o São Paulo começava a crescer no jogo após largar na frente do placar. Alegre, a camisa sete dispensou quaisquer individualidades quando perguntada a respeito de mais uma grande atuação com o manto vermelho.

Foto: LiviaVillasBoas/CBF

“Estou muito feliz por estar trabalhando com esse grupo e fazendo história com a camisa do Inter. Sabemos que o Clube merece muito. A gente joga com o nome da frente para depois ser reconhecida com o nome de trás. Tento ajudar a equipe da melhor forma possível. Agora, temos que manter o pé no chão, pois o jogo das semis vai ser difícil.”

Fabi Simões

Poucas atletas entendem tão bem quanto Leidi a importância da classificação para as semis. Retomado em 2017, o Futebol Feminino do Clube do Povo estreou no Brasileirão A1 em 2019. Desde então, passadas duas edições na elite, as Gurias somavam duas eliminações consecutivas nas quartas. Garantido com a epopéia do Morumbi, o fim do tabu deixa o elenco ainda mais confortável para a sequência do torneio, como revelou a lateral-direita.

Parece que a gente nasceu de novo.

Sabíamos que a nossa hora ia chegar,

lutamos até o final. Agora,

Vamos em busca de algo melhor.”

Leidi

Do Morumbi, o grupo partiu em festa para dar sequência à logística preparada pelo Clube. A primeira parada após o jogo, é claro, ocorreu em restaurante, que recebeu o elenco para a prazerosa refeição das classificadas. Por lá, também foi criada uma sucursal do Beira-Rio, responsável por embalar, a batidas e cantoria, um inesquecível dia 22 de agosto, que ainda estava longe de ser encerrado.

Somente na noite de domingo as Gurias desembarcaram em Porto Alegre, carregando consigo a mais valiosa bagagem já recebida pelo futebol feminino gaúcho. Apoiadas pela torcida na última sexta (20/08), data da viagem para São Paulo, nossas guerreiras foram igualmente recebidas por seu povo no Aeroporto Salgado Filho, em bonita homenagem para as heroínas alvirrubras.

A caminhada, vale lembrar, está longe do fim. Na próxima semana, diante do Palmeiras, começa a luta por uma vaga na final. E coitados dos que ainda não acreditam na força de um grupo decidido como este a fazer história. Primeiro no Beira-Rio, depois no Allianz, buscaremos dar mais um passo em direção à taça. A receita para isso, sabemos, passará pelo trabalho. Vamos para cima, craques!

Seguimos juntas, fazendo história!/Foto: João Callegari

Entrevista de Claudio Curra para o Programa do Inter

Cláudio Curra comemorando a conquista da Libertadores Sub-16, no início do ano passado

Única emissora a transmitir todas as partidas profissionais das Gurias Coloradas em 2020, a Rádio Colorada abriu 2021 renovando os laços com o departamento do Clube do Povo. Após entrevistar o gerente Leonardo Menezes na última sexta-feira (15/01), a Mais Vermelha bateu um papo especial com Claudio Curra, diretor de Futebol Feminino, no final de tarde desta terça (19/01). Confira a íntegra:

Sport Club Internacional · Rádio Colorada | Entrevista exclusiva com Cláudio Curra, Diretor das Gurias Coloradas | 19\01\21
Curra, de máscara vermelha, durante reunião realizada na quinta passada (14/01)

Multicampeão com o futebol feminino colorado desde a reabertura do departamento, em 2017, Claudio inicialmente atuou como diretor médico da pasta, até ser anunciado, no início de 2021, em seu atual cargo. No Programa do Inter desta terça, Curra projetou a temporada que se avizinha, elogiou as categorias de base das Gurias Coloradas e comentou a respeito das novidades no elenco alvirrubro.

Tradicional exibição do final de tarde da Maior e Melhor Torcida do Rio Grande, o Programa do Inter é responsável por atualizar as novidades do Clube do Povo. Com boletins sobre grupo profissional masculino, categorias de base e Gurias Coloradas, a atração apresenta, de segunda a sexta, às 18h, todas as informações sobre mais um dia do Internacional. Ouça no FM 95,5 ou via APP e Site do Inter!

Claudio Pedro Curra será o diretor de futebol feminino

Junto da equipe profissional masculina do Clube, o futebol feminino colorado também está presente. Para comandar as Gurias Coloradas, campeãs do Gauchão em 2017, 2018 e 2020, Claudio Pedro Curra é o escolhido. Conselheiro do Inter há dois anos, atuou junto ao futebol feminino como diretor médico desde a retomada em 2017.

Médico formado pela UCS e pós-graduado em gastroenterologia pela PUCRS, Claudio também conta com curso de medicina do esporte na área do futebol. Aos 53 anos, o diretor de futebol feminino também esteve nas conquistas do estadual sub-18, sub-17, sub-16 e sub-14, além dos títulos nacionais nas categorias sub-18 e sub-16 e a Libertadores sub-16 no ano passado.

Realizada segunda reunião de transição para o departamento de futebol

Foi realizada na tarde desta sexta-feira (11) a segunda reunião entre o departamento de Relacionamento Social, pasta responsável pelo futebol feminino do Clube, e o departamento de futebol, para discutir detalhes da transição do futebol feminino para a vice-presidência de futebol.

Neste segundo encontro, os assuntos abordados foram as renovações de contratos e a estrutura de treinamento. Estiveram presentes na reunião o vice-presidente de Relacionamento Social, Norberto Guimarães, os diretores Marcelo Benites e Cláudio Curra, o gerente executivo Rogério Ribeiro, o supervisor geral Rodrigo Figini, o treinador Maurício Salgado e o supervisor administrativo Pedro Kluck.