Wesley Moraes é apresentado no Gigante: “uma honra vestir essa camisa”

Centroavante vestirá a camisa número 9 (Fotos: Ricardo Duarte)

O Clube do Povo tem um novo camisa 9! Wesley Moraes foi apresentado oficialmente nesta segunda-feira (10/01) como primeiro reforço para o Colorado na temporada de 2022. “Honrado em vestir a camisa de Fernandão”, o centroavante de 25 anos e 1,92m de altura falou pela primeira vez como jogador do Inter.

Contratado por empréstimo até o final do ano, Wesley retorna ao futebol brasileiro após oito temporadas na Europa, onde fez toda sua carreira profissional até aqui. Segundo ele, os principais objetivos são fazer história no Inter e retornar à Seleção Brasileira.

O camisa 9 foi apresentado pelo vice-presidente de futebol Emílio Papaléo Zin e pelo diretor executivo Paulo Bracks. Confira abaixo os principais trechos da entrevista coletiva.

Direção

Emílio Papaléo Zin:
“Um jogador com um currículo extenso no futebol europeu e com grande credencial de ter integrado a Seleção Brasileira. Saiu muito jovem do Brasil e, desde o começo das negociações, demonstrou muito interesse em jogar no Internacional.”

Paulo Bracks:
“Gostaria de agradecer o staff do atleta e do Aston Villa. Mais do que tudo, a vontade do Wesley de estar aqui neste ano de 2022 vestindo a nossa camisa. Que neste ano a gente tenha uma temporada exitosa e o Wesley tenha um ano de sucesso pessoal e profissional.”

Wesley Moraes

Honra em vestir a 9
“Me sinto muito honrado em vestir a camisa 9 do Internacional. Uma camisa de peso, de um jogador que fez história aqui. Estou muito feliz, espero fazer história assim como Fernandão fez e ganhar títulos pelo Inter.”

Recuperado fisicamente
“Estou 100%. Graças a Deus, recuperado de uma lesão grave que eu tive há dois anos. Estou aqui para ajudar o Inter, totalmente focado e espero estar logo dentro de campo.”

Adaptação
“Eu creio que no futebol é tudo igual. Só muda o jeito de jogar e a intensidade. Eu passei oito anos na Europa, pude ter uma grande experiência, como jogar e fazer gol em Champions League. Espero ter essa experiência aqui no Brasil também.”

Retorno
“Quando eu vi a oportunidade de vir para o Brasil e a proposta do Inter, um clube grande que tem história, fiquei muito feliz. Até porque eu quero voltar à Seleção Brasileira.”

Treinamento
“Já tive um papo com o treinador e ele me explicou a forma como ele gosta que jogue. Cheguei há quatro dias, estive treinando durante esses tempo para chegar bem no dia da reapresentação. Até porque eu já vinha treinando na Bélgica, não tive férias.”

Assista à coletiva na íntegra:


Ficha técnica:
Nome: Wesley Moraes Ferreira da Silva
Data Nascimento: 24/11/1996
Local Nascimento: Juiz de Fora-MG
Altura: 1,92m

Carreira:
2013 | Itabuna
2015 | Trencin (Eslováquia)
2016 | Club Brugge (Bélgica)
2019 | Aston Villa (Inglaterra)
2021 | Club Brugge (Bélgica)
2022 | Internacional

Conquistas:
2016 | Campeonato Eslovaco
2016 | Campeonato Belga
2017 | Supercopa da Bélgica
2018 | Campeonato Belga
2019 | Supercopa da Bélgica

Alexander Medina é apresentado e traça objetivos: “fazer um Inter protagonista e competitivo”

Uruguaio falou pela primeira vez como treinador colorado (Fotos: Ricardo Duarte)

O Cacique chegou! Novo treinador colorado, Alexander Medina foi apresentado oficialmente na manhã desta sexta-feira (07/01) no estádio Beira-Rio. Ao lado do presidente Alessandro Barcellos, do vice de futebol Emílio Papaléo Zin e do diretor executivo Paulo Bracks, o uruguaio falou pela primeira vez como técnico do Inter.

A entrevista coletiva foi extensa e o treinador falou sobre diversos temas, como a sua forma de trabalho, as expectativas no Clube do Povo, o aproveitamento das categorias de base e até a amizade com Pablo Guiñazu, ídolo colorado e ex-companheiro do uruguaio.

Além de falar com a imprensa, Medina foi apresentado às instalações do estádio Beira-Rio, vestiários, gramado e conversou com dirigentes. Na sequência, ainda conheceu um pouco da história colorada no Museu do Inter.

Confira abaixo alguns trechos da entrevista coletiva.

Dirigentes

Alessandro Barcellos: “Hoje, iniciamos um ano de trabalho de forma oficial, trazendo para vocês nosso novo treinador, que chega no Clube com uma responsabilidade de um grande clube como o Inter, mas com muita confiança nas suas características e seu trabalho.”

Emílio Papaléo Zin: “Todo time vitorioso começa com um grande treinador. É disso que estamos falando hoje. Medina vem de dois grandes trabalhos, no Talleres e no Nacional, com bons números, desempenho e resultados. Um vitorioso.”

Paulo Bracks: “Vamos entregar um elenco competitivo e com qualidade para alcançarmos nossos objetivos do ano. Que a gente continue com esse trabalho intenso, o que já está sendo há alguns dias, é possível notar pelo nosso semblante que não paramos de trabalhar. Que seja um ano vitorioso para nós.”

Dirigentes colorados apresentaram novo treinador

Alexander Medina

Agradecimento e desafio
“Quero agradecer ao presidente e aos demais dirigentes. É um desafio muito grande estar em um grande do Brasil e América do Sul, com títulos internacionais como Libertadores e Mundial, além de todos torneios brasileiros. É um desafio importante e estamos muito contentes.”


Expectativas
“Vamos tratar de imprimir trabalho e dedicação. Fazer um Inter protagonista, uma equipe muito competitiva, seja no Beira-Rio ou de visitante, e convencer os jogadores do que temos que fazer, encarar cada jogo da melhor maneira e buscar sempre a vitória. É nossa missão.”

Celeiro de Ases
“Sabemos da capacidade e qualidade que tem a categoria de base do Inter. Há jogadores que já vão fazer a pré-temporada conosco, outros estão em avaliação, vamos ver como se comportam com os profissionais. Sem dúvida, é um tema pendente para nós, fazer com que os meninos mais jovens que tem qualidade e avaliar seu potencial.

Relação com Guiñazu
“Além de conhecer Guiñazu e sua história como jogador, trabalhou conosco em nossa comissão. É uma referência para o Inter e todas as equipes que jogou. Estivemos conversando nos últimos dias sobre o Inter, jogadores e ex-jogadores que passaram pelo Clube e são tão queridos aqui. Temos um diálogo permanente e direto.”


Confira a entrevista coletiva na íntegra:

Pós-jogo | “A gente sabe que a nossa torcida faz a diferença!” Comemora Edenilson, nome da vitória colorada sobre o Athletico-PR

Com dois gols de SuperEd, o Inter venceu mais uma no Beira-Rio! Pela 32ª rodada do Brasileirão, o Clube do Povo virou para cima do Athletico-PR para conquistar o 2 a 1, que leva o Colorado aos 47 pontos na tabela. Depois do jogo, o técnico Diego Aguirre concedeu entrevista coletiva na qual repercutiu os principais destaques do triunfo vermelho. Confira as aspas:

“Fizemos um bom jogo, ganhamos merecidamente. Foi uma vitória muito importante, e precisávamos dela. Estamos brigando para classificar para a Libertadores, e temos que continuar, até o final do Campeonato, tentando o máximo de triunfos possíveis. Estou feliz pelo desempenho. Inter, hoje, jogou muito. Pressionou, jogou, teve personalidade. Começou perdendo e foi buscar. Apresentamos muitas coisas boas hoje, e temos que continuar assim até o final.”

Diego Aguirre, sobre a atuação colorada

“Foi outra boa coisa que aconteceu hoje: nós trabalhamos muito com a base, muitos jogadores treinam com a gente durante a semana, e Cadorini é mais um do grupo. Hoje, teve a oportunidade de jogar como titular e, para mim, fez um jogo muito bom. É um centroavante de área, que brigou, teve personalidade para jogar e se movimentar. Um perigo permanente. Meninos que podem jogar e que, pouco a pouco, vão virando realidade.”

Diego Aguirre, sobre a estreia de Cadorini como titular profissional

“É um orgulho, para mim, ter um jogador na Seleção Brasileira. Para o Inter, também. Hoje, ainda fez dois gols. Estamos muito felizes por ele. É provável que ele possa estar em Cuiabá, muito provável, mas vamos esperar para tomar essa decisão.”

Diego Aguirre, sobre Edenilson

Ainda na orla do campo, quem também falou, mas de maneira exclusiva à mídia do Inter, foi a dupla Palacios e Edenilson. Com os dois gols deste sábado, o camisa oito assumiu a artilharia colorada no novo Beira-Rio, palco que já testemunhou 27 seus. Convocado para a Seleção Brasileira na sexta-feira passada (12/11), o atleta se apresenta ao time de Tite neste domingo, dois dias antes de duelo da canarinho contra a Argentina. Assista à aspa do goleador.

Titular pela segunda partida consecutiva e dono de mais uma boa atuação com a camisa colorada, abrilhantada por assistência para o primeiro gol da noite, Palacios comemorou a vitória sobre o Athletico, analisou sua sequência dentro de campo e projetou o duelo da próxima quarta, quando o Inter visitará o Cuiabá na Arena Pantanal.

Pós-jogo | “Futebol sem torcida não é futebol”, define Aguirre sobre o retorno do público

O Inter venceu mais uma diante de sua torcida! Na noite desta quarta-feira (13/10), o Clube do Povo recebeu o América-MG, em um Beira-Rio embalado por mais de nove mil colorados e coloradas, em partida da 26ª rodada do Brasileirão. Com show de Patrick, que marcou dois, o time de Aguirre superou os mineiros pelo placar de 3 a 1, escore também construído por gol de Yuri Alberto. Após o jogo, o comandante alvirrubro concedeu coletiva para a imprensa. Confira as principais aspas:

Foto: Ricardo Duarte

“Seria justo falar que nos impusemos fisicamente sobre o rival no segundo tempo. O time cresceu, pressionou, e fez um segundo tempo muito bom. Tivemos essa força física e, também, a qualidade individual em algumas circunstâncias. Vencemos um dos times que está melhor nessa última sequência de jogos, que vinha em uma fase de oito jogos sem perder, e que está muito bem trabalhado e vai seguir tirando pontos de cada um. Valorizo a vitória, e acho que o resultado foi justo.”

Aguirre

Futebol sem torcida não é futebol.

Falta o mais importante,

que é a conexão entre arquibancada e jogadores.

Isso está acontecendo.

Aguirre

“É bom lembrar algumas coisas. Alguns meses atrás, quando o time vinha de uma fase de muitos jogos sem ganhar, nós trabalhamos e conseguimos essa fase positiva, que temos que continuar. Os jogadores estão se esforçando muito, mostrando hierarquia, atitude, compromisso e determinação. Quando se tem tudo isso, além da qualidade individual, você está perto de que as coisas aconteçam. Temos que continuar trabalhando, com muita humildade, e tomara que consigamos atingir os objetivos que temos para o final do ano.”

Diego Aguirre
Foto: Ricardo Duarte

“Estamos em uma fase que é positiva, só isso.

Não conseguimos nada.

Temos que cuidar esse momento,

não pensar que somos mais do que ninguém,

e continuar trabalhando.”

Aguirre

Diante do América-MG, Patrick transformou o Beira-Rio em Wakanda. Com dois gols e uma atuação de enorme personalidade, o Pantera brilhou com mais uma atuação decisiva. Depois do jogo, a estrela da noite conversou de maneira exclusiva com a Mídia do Inter, em papo que aproveitou para compartilhar sua felicidade com a boa exibição, além de reforçar a confiança no trabalho realizado pelo grupo. Confira!

O segundo gol de Patrick contou com preciosa assistência de Mauricio. Pela direita da intermediária ofensiva, o camisa 27 serviu exímio cruzamento para o testaço do Pantera, que não desperdiçou a oportunidade de recolocar o Inter à frente no placar. No lance, o garçom precisou ignorar as dores que sentia por pancada sofrida minutos antes, como revelou em entrevista para as redes coloradas. Veja!

Coube a Yuri Alberto a responsabilidade de fechar o placar na vitória colorada. De cabeça, o camisa 11 aproveitou rebote de finalização de Caio, que explodira no travessão, para marcar o terceiro do Clube do Povo. Sincero, o artilheiro do Brasileirão reconheceu que não vivia uma noite inspirada, mas compartilhou com a torcida, incessante no apoio, os méritos para balançar as redes americanas. Assista à entrevista do goleador!

Sétimo colocado com 39 pontos, o Inter soma um a menos do que Corinthians e Palmeiras, respectivos sexto e quinto na tabela. Diretamente envolvido na luta pelo G6, o Clube do Povo volta a campo no próximo domingo (17/10), exatamente contra o Porco, em partida da 27ª rodada do Brasileirão. O confronto ocorrerá, a partir das 16h, no Allianz Parque.

Bruno Méndez concede entrevista coletiva

A preparação colorada para a 23ª rodada do Campeonato Brasileiro segue intensa, e quem concedeu entrevista coletiva nesta quinta-feira (30/9) de antevéspera da visita ao Mineirão foi o zagueiro Bruno Méndez. Pilar da defesa do Clube do Povo, que vive grande momento na temporada, o uruguaio analisou a partida do próximo sábado (02/10), quando o Inter enfrentará o Galo, no Mineirão, a partir das 21h.

“Hoje em dia, lutamos por um lugar na Libertadores, uma vaga direta. O Campeonato é muito difícil, os times são muito fortes, mesmo os que estão na zona. Agora, temos uma final contra o Atlético-MG, que está na liderança do Brasileirão. Nós trabalhamos não só para esse jogo, mas para todos. O ataque rival é um dos mais fortes do Brasil, não só o ataque, mas todo o time é muito bom. Vai ser um jogo difícil, mas estamos preparados para buscar os três pontos lá, de visitante, como em outros jogos.

Bruno Méndez

Invicto e com 100% de aproveitamento no returno do Brasileirão, o Inter não foi vazado nas últimas quatro partidas que disputou. Em todas estas, a dupla de zaga colorada contou com Bruno Méndez e Victor Cuesta, parceiro que o Charrua elencou, ao lado de Gabriel Mercado, como um de seus principais conselheiros no vestiário alvirrubro.

Eu recebo muita ajuda dos meus companheiros dentro do campo. Isso me deixa confiante para jogar mais solto, tranquilo. Victor Cuesta me ajudou bastante. O Mercado também, por falar a mesma língua. Como jogamos na parte defensiva, me ajuda muito a experiência que eles têm. São os colegas com quem mais falo, e conversar com os mais experientes me ajuda muito.

Bruno Méndez
Bruno Méndez (E) e Cuesta (D) têm formado a dupla de zaga colorada/Foto: Ricardo Duarte

Atleta colorado desde o início de julho, Bruno caiu nas graças da torcida pela segurança de suas atuações. Após debutar como lateral-direito diante do São Paulo, em partida disputada no sétimo dia do mês de sua chegada, o charrua assumiu a função de zagueiro central a partir do Gre-Nal 433, clássico jogado apenas 72h após sua estreia. Desde então, ele vive, de acordo com o próprio, período de grande amadurecimento como profissional.

“Eu trabalhei muito, também mentalmente. Eu cometia muitas faltas, e foi um amadurecimento meu, também fora de campo, de cometer menos faltas e receber menos cartões. Ainda sigo trabalhando nisso. Com respeito à bola aérea, é algo que trabalho fisicamente, a potência, para ter um impulso melhor e ganhar por cima. Trabalho fora de campo para, como não sou muito alto, me destacar em outro aspecto.”

Bruno Méndez

Bruno também compartilhou os méritos de sua evolução com Diego Aguirre. Charruas, os dois desembarcaram em Porto Alegre de maneira quase simultânea. À época, a defesa colorada convivia com contestações pela quantidade considerável de tentos sofridos. Passados quase três meses, o Inter hoje goza de oito partidas de invencibilidade no Brasileirão, números que Méndez atribuiu ao intenso do trabalho do grupo.

“É trabalho. Com a chegada do Diego, e eu cheguei com ele, focamos em tomar menos gols. Essa foi a principal coisa. Primeiro, a defesa; depois, o ataque. Como você falou, foram, de 14 jogos, 10 sem tomar gols. Isso é do grupo. Começa com o Yuri, o Paolo, até lá atrás. É graças a todo o time.”

Bruno Méndez

Não foi somente o desempenho de Bruno nas quatro linhas, verdade seja dita, que lhe valeu pontos com a Maior e Melhor Torcida do Rio Grande. Fora de campo, o uruguaio também demonstra grande identificação com a biografia do Clube do Povo, simbiose atestada com participação em ações sociais ao lado do ídolo Dunga, e também com presença na cerimônia de reabertura do CT de Alvorada.

“Desde a primeira vez que o Inter entrou em contato comigo, por telefone, senti muito interesse da parte do Clube, e essa foi a principal luz que se prendeu na minha cabeça para vir para aqui. Estava com muita, muita vontade, pelo Clube que o Inter é, o que representa, não só para o Brasil, mas para o mundo. Queria estar aqui, e sei que a gente, jogador, é exemplo para outras pessoas. Então, tudo que é extracampo é importante, como ir no CT e conversar com os mais jovens.”

Bruno Méndez
Bruno Méndez (E), Alessandro Barcellos, Heitor e Taison (D) na reabertura do CT da base/Foto: Felipe Bortoluzzi

Por fim, Bruno ainda comemorou a volta da torcida ao Beira-Rio. Ainda em meio à pandemia, mas seguindo à risca os protocolos sanitários determinados pela CBF e pelos governos estadual e municipal, a casa colorada poderá reabrir para receber público no próximo jogo do Campeonato Brasileiro, novidade que, nas palavras de Méndez, deixa todo o grupo emocionado.

“Agora, com a volta do torcedor, estou muito, muito feliz. Estamos muito emocionados, porque fazia tempo que não jogávamos com a torcida, e sabemos como é difícil para o visitante jogar com torcida aqui no Beira-Rio. Então, estou feliz, e vai nos ajudar muito.”

Bruno Méndez
Bruno já tem grande identificação com o Inter/Foto: Ricardo Duarte

Pós-jogo | Aguirre e jogadores comemoram terceira vitória seguida

Três jogos, três vitórias: assim pode ser resumido o returno colorado no Brasileirão de 2021. Com gols de Yuri Alberto e Rodrigo Dourado, o Clube do Povo superou o Bahia, na tarde deste domingo (26/09), pelo placar de 2 a 0. Após a partida, válida pela 22ª rodada nacional, o técnico Diego Aguirre concedeu entrevista coletiva na sala de imprensa do Beira-Rio, e repercutiu o importante resultado conquistado por seus comandados. Confira as principais aspas:

“No começo de jogo, eles perderam o Rodriguinho e colocaram mais um atacante. Para controlar melhor, falamos com um dos nossos volantes, que poderia ser o Lindoso ou o Dourado, que jogassem numa posição à frente dos atacantes. Foi algo que fizemos durante o jogo, aos 10 minutos. Mas estou muito feliz. Eram três pontos fundamentais para, definitivamente, pensar em coisas importantes.””

Diego Aguirre

“A intenção foi, primeira coisa, do objetivo grande que tínhamos hoje, a vitória. Estamos em uma sequência muito boa, mas temos que afirmar isso, continuar nesse caminho. Acho que o time jogou com tranquilidade, controlou o jogo. É verdade que não tivemos muitas situações, mas aproveitamos as que criamos. Ganhamos merecidamente, com autoridade, personalidade, impondo o ritmo durante quase 90 minutos.”

Diego Aguirre

Ainda no gramado do Beira-Rio, o artilheiro do primeiro gol colorado conversou de maneira exclusiva com as redes sociais do Inter. Yuri destacou o bom momento do Clube do Povo como mandante, além de comemorar a efetividade de sua parceria com Edenilson, garçom do gol que abriu o caminho para a vitória no Gigante. Veja:

Quem também falou no encerramento do jogo foi o lateral-direito Heitor. Titular neste domingo, o defensor também ressaltou a consistência apresentada pela equipe nas últimas partidas, além de elogiar o novo uniforme do Clube do Povo – que não será entregue pelo atleta a nenhum parente!

Coletiva: Yuri Alberto analisa momento do Inter

Atacante concedeu entrevista coletiva após o treino desta quarta-feira no CT do Parque Gigante. Yuri Alberto falou sobre sequência de bons resultados do time colorado no Brasileirão e projetou duelo contra o Bahia no próximo domingo, às 16h, no Beira-Rio.

Pós-jogo | “A vitória vale muito”, comemora Aguirre em entrevista coletiva

O início da tarde deste domingo (19/09) foi movimentado no Beira-Rio. Após contar com gol de Edenilson, marcado nos acréscimos da etapa final, para superar o Fortaleza por 1 a 0, o Clube do Povo chegou a sete jogos de invencibilidade e duas vitórias consecutivas no Brasileirão. Os feitos atingidos com o triunfo, bem como a maior proximidade da ponta de cima da tabela, foram repercutidos por Diego Aguirre em coletiva concedida depois do jogo. Confira as principais aspas:

“O resultado é o mais importante. Quem fala outra coisa, no futebol, para mim não é verdade. Mas, obviamente, temos que encontrar os caminhos para conseguir a vitória. Acho que hoje temos que valorizar muito os três pontos. Enfrentamos, na realidade, um dos melhores times do Campeonato Brasileiro, que está no G4, nas semifinais da Copa do Brasil. Então, a vitória vale muito. Tem muito valor.”

Diego Aguirre

“Mais um jogo em que não sofremos gols. Fomos competitivos, lutamos, brigamos e acreditamos. No final, procuramos a vitória e conseguimos. Estou feliz. Obviamente, sempre tem que trabalhar, sempre há coisas para melhorar, mas, quando você enfrenta um time que está em um bom momento, é normal que sofra, que tenha momentos de dificuldades. Nós superamos isso, e estou muito feliz. Essa é a verdade. Com certeza, vou comemorar muito. Nós sofremos muito quando estamos no futebol, porque dependemos do resultado e de momentos. Então, este é um momento de felicidade que sinto. Comemorei o gol, porque fazer nos acréscimos é sempre muito emocionante. De verdade, me sinto feliz, e temos que continuar com humildade, com trabalho, pois, pouco a pouco, vamos melhorar coisas. Continuar evoluindo.”

Diego Aguirre

Somos um time. Não há a parte esquerda, a parte direita, a parte do meio ou da frente. Não. Somos um time. Lembro que antes falavam dos problemas defensivos, e, hoje, acho que o Inter está defendendo muito. Quantos gols sofremos nos últimos jogos? Poucos. Isso precisa ser valorizado. A organização defensiva, a atuação do time todo. Estamos trabalhando muito para evoluir e, a cada jogo, tentar entregar mais.

Diego Aguirre

Herói do jogo, Edenilson conversou de maneira exclusiva com as redes sociais do Inter ainda no gramado do Beira-Rio. Artilheiro isolado do Campeonato Brasileiro com nove gols marcados, o camisa oito do Clube do Povo destacou a boa fase do Inter, comemorou os três pontos conquistados e reforçou a importância do foco no jogo a jogo, encarando cada jogo com uma final no calendário alvirrubro. Veja:

Quem também concedeu entrevista exclusiva para a Mídia do Inter foi o zagueiro Bruno Méndez. Dono de mais uma atuação extremamente segura na zaga colorada, o uruguaio festejou a alegria oferecida pelo elenco à Maior e Melhor Torcida do Rio Grande, valorizou o alto nível do adversário deste domingo e compartilhou a boa fase defensiva com todos os companheiros de time. Assista.

Pós-jogo: colorados repercutem vitória na Ilha do Retiro

Por 1 a 0, o Clube do Povo superou o Sport, fora de casa, nesta segunda-feira (13/09). Após o jogo, o técnico Diego Aguirre concedeu entrevista coletiva para a imprensa, onde analisou a vitória colorada, que consagra sequência de seis jogos de invencibilidade do time, além de alçar o Inter à nona colocação nacional. Confira as principais aspas:

“Acho que não fizemos um bom jogo, mas nosso objetivo hoje era ganhar. Ganhar ou ganhar, e priorizamos a vitória. Obviamente, gostaria que o time tivesse jogado melhor, mas o Inter foi competitivo, brigou, lutou. Para mim, sempre tem coisas a melhorar, mas também outras boas, para seguir afirmando.”

Aguirre

“São seis jogos sem perder, outra vitória fora de casa, contra um adversário que ninguém ganhou fácil aqui. É uma das melhores defesas do Campeonato. Então, me sinto bem com a vitória, mas com coisas a melhorar, e vamos trabalhar bastante para mudar o que não foi bom.”

Aguirre

Ainda no gramado da Ilha do Retiro, os atletas Saravia e Rodrigo Lindoso falaram de maneira exclusiva com as redes sociais do Inter. Primeira a falar, o lateral-direito comemorou seu retorno após período afastado por lesão, além de destacar a importância da vitória em um jogo tão disputado. Na sequência, o meio-campista compartilhou suas impressões a respeito do confronto, além de descrever o lance do gol de Patrick, originado de um desarme seu. Assista:

“Um jogo muito difícil, muito quente, intenso.

Levamos os três pontos que viemos buscar.

Muito feliz, emocionado de

voltar a vestir essa camiseta.”

Saravia

“Foi um gol bem coletivo.

De oportunismo tanto da minha parte

quanto do Patrick.

A equipe se empenhou,

tudo em prol do Inter,

para sair vitorioso.”

Lindoso

Heitor concede coletiva na véspera do duelo contra o Olimpia-PAR

Lateral-direito Heitor concedeu entrevista nesta quarta/Foto: Ricardo Duarte

Véspera de duelo decisivo para o Clube do Povo na Libertadores da América, a quarta-feira (21/07) contou com entrevista coletiva do lateral-direito Heitor. Cria do Celeiro de Ases, o jovem defensor projetou a partida de volta das oitavas do continente, confronto que ocorre a partir das 21h30 desta quinta, no Beira-Rio.

“A gente quer decidir o jogo nos 90 minutos, mas não dá para se jogar, pois, com um gol deles, a gente precisa de dois. Precisamos ter o cuidado defensivo e, claro, quando tiver oportunidades na frente, aproveitar para matar o jogo. É um objetivo nosso chegar longe na Libertadores. Tanto na Libertadores quanto no Brasileirão.”

Heitor

Heitor foi titular nas últimas duas partidas disputadas pelo Clube do Povo, dupla de jogos superada de maneira invicta pela defesa colorada, que não sofre gols há três confrontos. Os bons números foram comemorados pelo lateral-direito, que destacou a recente evolução da zaga vermelha.

“A gente vem de uma boa sequência. Três jogos sem ser vazado é um passo a mais. Se a gente não tomar, mais perto estamos da vitória. Conversamos bastante no jogo, os quatro da zaga. O Aguirre pede que, se um lateral atacar, o outro segure, para a gente ter uma consistência e não expor o time a um contra-ataque. Tem dado certo.”

Heitor

Para além dos números defensivos, Heitor também teve participação decisiva no ataque colorado no último domingo (18/07), quando serviu assistência para o gol de Galhardo. O lateral comentou a parceria com Thiagol, fundamental na vitória de 1 a 0 sobre o Juventude.

“A gente tem combinado onde ele (Galhardo) quer que eu cruze a bola. Às vezes não vai, mas, quando vai, eu tenho certeza que ele vai estar lá para fazer. É um amigo que eu tenho desde quando ele chegou no Inter. Sempre me ajudou, tanto dentro quanto fora de campo. Espero que a gente continue se entendendo para que todo mundo possa ser feliz.”

Heitor

Decisivo, o duelo desta quinta teve sua importância exaltada por Heitor. Além de definir o jogo diante do Olimpia-PAR como o principal do Inter até aqui na temporada, o defensor também afirmou que o duelo será o maior de sua carreira.

Acho que não será só o maior jogo da temporada até aqui, como o maior da minha carreira também. Se parar para pensar, é um jogo de Libertadores. Difícil imaginar isso, mas a oportunidade está aí, e fico muito feliz por isso, por estar representando o Inter, e espero ficar mais feliz ainda com uma classificação.”

Heitor

Contra o Olimpia, o Inter terá os reforços de Taison e Mauricio, baixas na partida de ida. Renzo Saravia, Zé Gabriel, Paolo Guerrero e Rodrigo Moledo, por outro lado, seguem fora. Já Gabriel Mercado, anunciado no início deste mês de julho, poderá atuar somente a partir de agosto, com a abertura da janela de transferências internacionais.