Guerrero convocado para a Seleção Peruana

Paolo Guerrero representará o Peru em mais três rodadas das Eliminatórias/Foto: Ricardo Duarte

Ídolo nacional, o atacante Paolo Guerrero foi convocado pela Seleção Peruana nesta sexta-feira (24/09). Dono da camisa nove do Clube do Povo, o artilheiro está em lista divulgada pelo técnico Ricardo Gareca para a disputa das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022. A equipe andina enfrentará, em rodada tripla, Chile, Bolívia e Argentina. Boa sorte, brabo!

Edenilson é convocado para a disputa das Eliminatórias da Copa do Mundo

O meio-campista colorado Edenilson foi convocado pelo técnico Tite para a disputa de rodada tripla das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022. Presente em lista divulgada nesta sexta-feira (27/08), o camisa oito do Clube do Povo defenderá a Seleção Brasileira nos jogos contra Chile, Argentina e Peru, previstos para os próximos dias 2, 5 e 9 de setembro.

SuperEd foi convocado para rodada tripla das Eliminatórias da Copa do Mundo/Foto: Ricardo Duarte

Em entrevista para Canal do Inter, SuperEd comemorou o feito, inédito em sua carreira. O camisa oito fez questão de registrar a felicidade de ser escolhido para defender “a melhor seleção do mundo”, como definiu, além de compartilhar a convocação com todos os seus companheiros de dia a dia, tanto do presente quanto do passado.

“Fico muito feliz. É uma sensação única, difícil descrever, um sentimento que não cabe dentro do peito. Na hora, quis ligar para a minha família e agradecer cada companheiro, os de hoje e os que passaram. A gente sabe que o futebol é trabalho coletivo, em que, às vezes, um se sobressai mais e é chamado. Só tenho a agradecer. Representar a maior seleção do mundo, que tem mais história, o país do futebol! São poucos que têm esse privilégio, e me sinto honrado.”

Edenilson

A convocação chega em reconhecimento à grande temporada que o atleta vive com a camisa do Clube do Povo. Artilheiro do Brasileirão, ao lado de Bruno Henrique e Gilberto, com oito tentos, o gaúcho de Porto Alegre também já ofereceu cinco assistências no campeonato, números que lhe tornam o jogador com maior participação em gols na competição.

Ninguém no Brasileirão criou mais gols do que o oito do Inter/Foto: Ricardo Duarte

No Inter desde 2017, o camisa oito colorado é um dos nove nomes que foram adicionados à lista originalmente divulgada no último dia 13 de agosto. A convocação destes novos jogadores ocorre em meio às incertezas que rondam a presença de atletas da Premier League na rodada tripla, uma vez que o Brasil aparece na lista vermelha do Reino Unido, indicado como país de alto risco de contaminação por Covid-19.

Confira o calendário da Seleção:

02/09 – Chile x Brasil – 22h
05/09 – Brasil x Argentina – 16h
09/09 – Brasil x Peru – 21h30

Camisa oito é o artilheiro do Brasileirão/Foto: Ricardo Duarte

Duelo contra companheiros

Edenilson encontrará dois companheiros de Inter durante sua caminhada com a Amarelinha. Adversário na primeira das três rodadas que serão disputadas neste início de setembro, o Chile contará com o atacante Carlos Palacios, enquanto o Peru, rival no dia 9, convocou Paolo Guerrero. Sobre as coincidências, o camisa oito revelou a expectativa por enfrentar seus colegas de equipe, mas deixou claro o resultado que espera para o final:

“Primeiro, vou focar no jogo contra o Atlético-GO,

para ajudar a equipe junto do Paolo e do Palacios.

Depois, que a gente possa se encontrar

– e o Brasil sair vencedor desses confrontos.”

Edenilson
Melhor volante do Brasileirão 2020 defenderá a Seleção/Foto: André Porto

Berchon, Clarinha, Guta e Erica são convocadas pela Seleção Brasileira Sub-17

As Gurias Coloradas Berchon, Clarinha, Guta e Erica foram convocadas para a Seleção Brasileira Sub-17. O quarteto figura em lista divulgada pela técnica Simone Jatobá na última terça-feira (14/07), e participará, entre os próximos dias 26 de julho e 6 de agosto, de período de treinos no Rio de Janeiro.

Vice-campeãs do Brasileirão Sub-16 no início do mês de julho, as atletas são as únicas que atuam no Rio Grande do Sul entre as 25 listadas por Jatobá. Lateral-esquerda, Erica vestirá a amarelinha pela primeira vez em sua carreira, enquanto Guta, zagueira, Berchon, meio-campista, e Clarinha, atacante, já são rostos carimbados no selecionado juvenil.

Celeiro tem três jogadores na Seleção Brasileira Sub-15

Rodriguinho (com a bola) voltou a ser convocado/Foto: Jota Finkler

A Seleção Brasileira Sub-15 foi convocada para um novo período de treinamentos entre os dias 13 e 22 de julho. O Celeiro de Ases emplacou três nomes entre os 26 selecionados pelo técnico Dudu Patetuci.

O atacante Rodriguinho, autor de gol na última partida do Brasileirão Sub-17, foi novamente chamado. Além dele, estreiam o goleiro Lucas Mello, que integra a equipe Sub-15 mas já foi relacionado uma vez na Copa do Brasil Sub-20 e o zagueiro João Dalla Corte.

Para o Diretor Geral da base, Felipe de Oliveira, a convocação coroa o trabalho realizado em Alvorada: “A convocação do Lucas, do Dalla Corte e do Rodriguinho indicam a qualidade dos nossos atletas e dos profissionais que trabalham na nossa base. Tenho certeza que teremos cada vez mais jogadores chamados, de todas as categorias, nas futuras convocações”, afirmou.

O trio colorado se apresenta para os treinos na Granja Comary, em Teresópolis-RJ. A atividade dá continuidade à preparação para o Sul-Americano 2021. Com a proximidade da competição, o foco do treinador é encontrar o entrosamento ideal para que a Seleção chegue preparada no torneio.

Bruna Benites é convocada para as Olimpíadas

Vai ter capitã no Japão! Zagueira das Gurias Coloradas, Bruna Benites foi convocada pela técnica Pia Sundhage para a disputa dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Presente na lista divulgada na manhã desta sexta-feira (18/06), a defensora, grande destaque do penúltimo amistoso preparatório disputado pela Seleção, ajudará o Brasil na luta pelo ouro inédito no futebol feminino.

Bruna (13) comemora gol marcado pelo Brasil/Foto: Richard Callis, SPP, CBF

A edição de Tóquio será a terceira disputada por Bruna Benites em sua carreira. Presente nas Olimpíadas de Londres, em 2012, e do Rio de Janeiro, em 2016, a zagueira, que busca sua primeira medalha nos Jogos, comentou, em entrevista para as redes sociais das Gurias, o sentimento com a convocação.

“É uma honra muito grande representar o país, principalmente nas Olimpíadas, onde apenas 22 são escolhidas. Gratidão muito grande pelas pessoas que estiveram comigo, pelo meu clube. Não caiu minha ficha ainda, estou muito feliz, e espero que, dessa vez, a gente consiga trazer esse ouro tão sonhado.”

Bruna Benites

O palco das Olimpíadas traz boas lembranças para a capitã das Gurias. Em 2014, quando defendia as cores do São José-SP, Bruna conquistou o Mundial Feminino em solo japonês. O passado vitorioso empolga a zagueira, que também conhece a rica história colorada em território nipônico.

A gente sempre busca os bons exemplos, as boas histórias. O Inter tem história no Japão, eu também tenho, fui campeã mundial com o São José. Então, tenho boas recordações. Na última vez que pisei lá, voltamos com o troféu!

Bruna Benites
Bruna chegou ao Inter em 2019/Foto: Mariana Capra

A convocação de Bruna não desfalcará as Gurias na disputa do Brasileirão A1. O campeonato, que já fora paralisado durante a última Data FIFA, também será interrompido ao longo das Olimpíadas, onde a Seleção estreará em 21 de julho, diante da China. Três dias depois, as comandadas de Pia enfrentam a Holanda, enquanto o encerramento da fase de grupos acontece no dia 27, contra a Zâmbia.

Antes de partir para o Oriente, porém, Bruna participará das duas rodadas de encerramento da primeira fase do Campeonato Brasileiro. Já classificado para as quartas de final, o Inter luta pela melhor posição possível no G8, e, para isso, enfrentará Grêmio e Real Brasília nos próximos dias 20 e 24, respectivamente.

Bruna Benites é um dos pilares das Gurias Coloradas/Foto: Mariana Capra

Fabi Simões e Bruna Benites representam o Inter na Seleção Brasileira

Fotos: Laura Zago/CBF

Desde 5 de janeiro, a Seleção Feminina está reunida em Viamão (RS) para um período de treinamentos. As atividades, que iniciam o ano de 2021, fazem parte do ciclo de observações para os Jogos Olímpicos de Tóquio. A concentração acontece em um período que não corresponde à data FIFA, com duração até o dia 20 deste mês.

Dentre as convocadas figuram duas atletas das Gurias Coloradas: Bruna Benites e Fabi Simões. A dupla compõe o grupo de 23 atletas que fazem parte do plantel comandado pela técnica Pia Sundhage. Presenças frequentes em convocações, a zagueira e a lateral-direita e atacante colorada já conhecem um pouco do estilo de jogo da sueca. Ao todo, no cronograma canarinho, serão 15 dias de preparação, incluindo jogos-treinos.

Nesta manhã (12), a Seleção Brasileira enfrentou o Grêmio masculino Sub-16, no Vila Ventura Ecoresort. A partida teve duração de 1h, com dois tempos de 30 minutos cada, e contou com Fabi Simões como titular. Bruna Benites ficou de fora do duelo, pois se recupera de um leve incômodo na coxa esquerda. O próximo compromisso das atletas coloradas com a amarelinha é diante do elenco feminino do Grêmio e do time masculino Sub-16 do Cruzeiro-RS, ambos no dia 18 de janeiro.

FECI: Edital de Convocação

Eleições 2020: 7º Edital de Convocação

“Sempre sonhei com isso”, comenta Johhny sobre estreia pela Seleção dos EUA

Johnny concedeu entrevista direto da Áustria

Cria do Celeiro de Ases, o meio-campista colorado Johnny, que estreou oficialmente com as cores da Seleção dos Estados Unidos na última quinta-feira (12/11), concedeu, nesta tarde (15/11), entrevista coletiva, direto da Áustria. Direto da concentração estadunidense, o atleta de 19 anos, nascido em Nova Jersey-EUA, comentou, em português, a alegria por vestir as cores do selecionado principal de seu país.

“Está sendo muito especial pra mim. Estou muito feliz, sempre sonhei com isso, não esperava que fosse tão rápido, mas sempre trabalhei para alcançar meus objetivos. É uma oportunidade única.”

Johnny

A íntegra da coletiva de Johhny. Créditos: U.S. Soccer/Veritone

Dono da camisa 30 do Clube do Povo, Johnny estreou oficialmente pelos profissionais do Inter no dia 15 de setembro do ano passado, em partida contra o Atlético-MG, válida pela 19ª rodada do Brasileirão. Figura que se tornou cada vez mais frequente entre os titulares colorados a partir da atual temporada, o meia chega à primeira convocação para o grupo principal dos EUA credenciado, também, pela consistente trajetória que construiu nas categorias de base do selecionado estadunidense. Até por isso, e apesar de ter crescido no Brasil, revelou se sentir muito à vontade vestindo as cores de seu país natal.

“Tudo começou com a vinda dos meus pais para os Estados Unidos. Nasci, mas nasci na época do atentado do 11 de Setembro. Então, pouco tempo depois eu retornei para o Brasil, com a minha família, que é aonde fui criado, mas sempre tive aquele gostinho americano. Sempre tive curiosidade de voltar, e ter essa oportunidade, pra mim, é incrível. Fico muito feliz, é a Seleção que está me dando visibilidade, então minha ideia é continuar aqui.”

Johnny, sobre sua caminhada até a Seleção dos EUA

Paixão crescente nos Estados Unidos, o futebol tem revelado grandes craques no país. Atualmente, a Seleção conta com diversos jovens nomes que atuam no futebol europeu, estrelas de um grupo que tem a responsabilidade de estender a fama conquistada por ídolos nacionais como Landon Donovan, Clint Dempsey, Michael Bradley e Tim Howard. No que depender da admiração de Johnny, os companheiros estão no caminho certo para alçar grandes voos.

Foto: Site Seleção EUA

“Fui muito bem recebido por todos, tive bastante contato com todo mundo. Claro que tirei bastante ideia, até pra levar de aprendizado comigo. Dividir campo com pessoas como o Weston (McKennie), que joga na Juventus, o Dest, no Barcelona, o Reina, no Borussia… fico muito feliz. A maioria dos jogadores vivenciam, hoje, o futebol na Europa, então qualquer ideia trocada com eles vai ser um grande aprendizado pra mim, não só pessoal como técnico, tático. Fico muito feliz com esse retorno e, com certeza, eu vou voltar melhor.”

Johnny

O grande sonho de Johnny, comum a todos os selecionáveis, é disputar uma Copa do Mundo. Sede do Mundial de 1994, os Estados Unidos marcaram presença nas quatro edições que sucederam o torneio marcado pelo Tetra do Brasil. Ausentes na Rússia, em 2018, os estadunidenses sonham com um retorno de grande estilo para 2022, quando o Catar sediará o maior evento esportivo do planeta.

“Eu sempre sonho, (a Copa do Mundo de 2022) é uma oportunidade que eu posso ter na minha vida, com toda a certeza vou trabalhar muito pra isso, mas, pra acontecer, eu tenho que desenvolver o meu bom futebol dentro do meu clube, que é o Inter. Vou treinar pra isso e pra ter essa oportunidade. A Seleção vem montando uma base muito nova, com uma média de idade de 22 anos, então acredito que, daqui um tempo, a gente vai brigar pelo título.”

Johnny comenta o que espera do futuro da Seleção dos EUA
Atuação de Johnny contra o Palmeiras, no Brasileirão deste ano, rendeu muitos elogios ao jovem

Exibindo felicidade superior, inclusive, à vergonha de um estreante que precisou passar pelo tradicional trote na concentração, Johnny debutou em amistoso disputado pelos Estados Unidos contra o País de Gales. Realizado no Liberty Stadium, casa do Swansea City, o confronto foi encerrado sem gols. Vestindo o número 16, o atleta colorado entrou em campo aos 26 minutos do segundo tempo, quando substituiu Tyler Adams, jogador do alemão RB Leipzig. A empreitada internacional, contudo, não impede que o meia siga acompanhando, à distância, o dia a dia do Clube do Povo.

“Estou acompanhando o Inter. A gente vem brigando por três campeonatos, que são difíceis, e o Abel vem com uma responsabilidade grande, mas, maior do que a responsabilidade, é ele, um técnico muito vitorioso e experiente, que vem para agregar junto com a gente. Eu vou continuar com o meu trabalho, forte, vou procurar dar o meu melhor e, quando voltar, voltar com a cabeça focada no Inter para ajudar a equipe da melhor forma.”

Johnny

Na próxima segunda-feira (16/11), Johnny terá nova oportunidade para defender as cores de seu país natal. Em território austríaco, os Estados Unidos disputam novo amistoso, agora contra o Panamá. A partida acontece a partir das 16h45 de Brasília. Boa sorte, guri!

Edital de Convocação: Eleições 2020