Gurias conhecem grupo do Brasileirão Sub-20

Base do time foi campeão da Copa Gaúcha Sub-17 no último mês de dezembro/Foto: João Callegari

As Gurias Coloradas conheceram suas adversárias do Brasileirão Sub-20 em sorteio realizado pela CBF na manhã desta sexta-feira (22/04). Cabeça de chave do grupo C, o Internacional figura ao lado de América Mineiro, Coritiba e Grêmio. Os jogos serão realizados em Santana da Parnaíba, no estado de São Paulo, entre os dias 03 de maio e 02 de julho.

O América Mineiro já é um adversário conhecido das categorias de base das Gurias. No ano passado, pelo grupo B do Brasileirão Sub-18, as coloradas enfrentaram as Spartnas em duas partidas, com vitória de 3 a 1 no jogo de ida, que contou com hat-trick de Mileninha, e triunfo de 2 a 0 no returno, gols de Ket e Carol Gil.

Coloradas bateram o Coritiba no ano passado/Foto: Adriano Fontes/CBF

No Brasileirão Sub-18 de 2020, as Gurias enfrentaram o Coritiba, e também venceram os dois confrontos contra o rival, que à época tinha uma parceria com o Toledo. No primeiro jogo, o placar foi de 3 a 0, construído com dois gols de Biazinha e um de Susan. Já no segundo confronto, Mileninha e Maki garantiram o 2 a 0.

Gurias enfrentaram o Coritiba no Sub-18 de 2020/Foto: Adriano Fontes/CBF

O outro adversário do grupo é um conhecido rival estadual. Grêmio e Internacional, porém, nunca se enfrentaram pelo Brasileirão Sub-18. Ao todo, contando todas as categorias de base, 13 clássicos já foram disputados desde a reabertura do departamento de Futebol Feminino do Clube do Povo, em 2017, e são 13 as vitórias das Gurias.

Gurias venceram o Grêmio na final da Copa Gaúcha Sub-17 de 2021/Foto: João Callegari

Celeiro de Ases é campeão da Supercopa do Brasil

Sub-20 conquistou a Tríplice Coroa em 2021 (Fotos: Jota Finkler)

O Celeiro de Ases é super campeão! A equipe de juniores do Inter faturou mais um título, neste domingo (19/12), ao bater o Coritiba no estádio Heriberto Hulse, em Criciúma-SC, e levou a Supercopa do Brasil Sub-20. Com emoção até o fim, a partida foi decidida em gol de Lucca, aos 42 minutos do segundo tempo. Com a taça, a categoria fecha uma espécie de “Tríplice Coroa” no ano de 2021, conquistando o Campeonato Brasileiro, o Campeonato Gaúcho e, agora, a Supercopa.

Além disso, o Colorado carimbou o passaporte para a Copa Libertadores da América Sub-20 do próximo ano, no Equador. Com apenas um representante brasileiro, o Inter, o torneio tem início programado para o dia 5 de fevereiro e se estende até o dia 20.

Semana especial para o Celeiro de Ases

Com a taça buscada em Criciúma, o Celeiro de Ases fechou com chave de ouro uma semana especial para a formação de jovens talentos do Inter. Foi a terceira taça conquistada em sete dias, começando com o título do Campeonato Gaúcho Sub-17, no domingo anterior. No meio da semana, foi a vez dos juniores levantarem o Estadual da categoria.

Gauchão, Supercopa e Brasileirão, a Tríplice Coroa do Celeiro de Ases

Números do Inter Sub-20 em 2021

50 jogos
30 vitórias
13 empates
7 derrotas
118 gols marcados
46 gols sofridos
68,6% de aproveitamento

Equipe dinâmica

O time colorado foi distribuído em campo de maneira bastante dinâmica pela dupla de treinadores João Miguel e Leonardo Martins. Na hora de defender, duas linhas de quatro jogadores eram formadas, adiantando Allison e Nicolas para a primeira pressão. Assim que a bola era retomada, João Felix se juntava a João Pedro e Tiago Barbosa, formando um trio de zagueiros, liberando Bernardo e Thauan Lara pelos lados de campo. Pelo miolo, Lucas Vital, Matheus Dias, Estêvão e Allison trabalhavam para municiar o ataque. Apesar de o gol surgir apenas no final, a estratégia deu certo e inúmeras chances foram criadas no decorrer da partida, evidenciando o dono do jogo.

Predomínio colorado

Estêvão procura o ângulo e a bola passa perto

A etapa inicial teve domínio total da equipe colorada. A primeira jogada de perigo na partida ocorreu aos 12min, em um “passe de mágica” de Nicolas. O camisa 9 foi acionado pelo lado direito da área e tocou de calcanhar para Estêvão, enganando a marcação e abrindo um clarão na defesa adversária. O meia bateu de primeira, com a perna canhota, buscando o canto oposto, e a bola passou raspando a trave. Seria um golaço!

Aos 19min, Allison sofreu falta quase na risca da grande área, pelo lado esquerdo. Thauan Lara, sempre perigoso nos arremates, foi o responsável pela batida – e quase abriu o placar. Ele bateu fechado, buscando o canto do goleiro, e a bola explodiu na trave.

Batida venenosa de Thauan Lara para na trave

O Celeiro dava as cartas do jogo e levou perigo novamente em 35min. Allison foi ao fundo pela esquerda e cruzou rasteiro. Bernardo fechou no lado oposto e bateu cruzado, de primeira. A bola explodiu na defesa do Coxa e voltou para o lateral colorado, que tentou no outro canto, novamente sem sorte, parando na trave. O adversário ainda respondeu com perigo na sequência. Aos 36min, Vinicius Ribeiro arranjou espaço dentro da área colorada e bateu de canhota, raspando a trave de Anthoni.

Pressão sem fim

A segunda etapa começou da mesma maneira, como se fora um samba de uma nota só: Inter atacando e o Coritiba defendendo. Após rondar a área adversária desde o retorno dos vestiários, aos 8min o Celeiro levou perigo em arremate de Thauan Lara, por cima, aproveitando sobra de escanteio batido pelo próprio lateral.

Pouco depois, aconteceu a melhor chance do jogo até então. Allison foi lançado pela esquerda, puxou o contragolpe e ganhou na corrida do marcador. O passe veio na medida para Nicolas, no lado oposto, mas a finalizaçao carimbou o goleiro do Coxa, que fechou o ângulo do atacante colorado.

Allison gerou boas chances durante a partida

Aos 15min, mais uma grande oportunidade colorada. Bernardo desceu pela direita e rolou para Allison, na entrada da área, bater com a parte interna do pé na direção do ângulo esquerdo, mas a bola voltou a beijar a trave. No rebote, Thauan Lara ainda teve a chance de concluir, mas bateu fraco e Rafael William segurou novamente.

O Inter empilhava chances, mas a bola teimava em não entrar. Aos 20min, Estêvão recebeu de Allison na entrada da área, encaixou o corpo e soltou a canhota nela, mas sobre o alvo mais uma vez.

Depois disso, o Coritiba cresceu na partida, acumulando três chances claras em sequência. Luizão, camisa 9 do Coxa, bateu forte de perna esquerda e Anthoni espalmou no ângulo, em bonita defesa. Aos 37min, os paranaenses voltaram a assustar com Biel, que bateu de primeira, na altura da marca de pênalti, e João Pedro tirou de cabeça. No minuto seguinte, a melhor oportunidade dos adversários. Angelo cruzou e Ruan Assis cabeceou no cantinho, acertando a trave.

Gol do título

A comissão técnica, então, promoveu algumas alterações na equipe, o que se mostraria determinante na sequência. Foram a campo Gustavo, mais cedo, além de Ryan e Lucca. O gol começava a nascer. Aos 42min, Ryan foi ao fundo pela direita e tocou mais atrás para Allison bater cruzado, Lucca ainda desviou no caminho, mas o goleiro defendeu. Gustavo insistiu no rebote e a bola sobrou novamente para Lucca, ao pé da trave, mandar para o fundo do gol e decretar a festa colorada nas arquibancadas do Heriberto Hulse: 1 a 0!

“Muito feliz, nosso time é muito batalhador. Tive a felicidade de entrar e fazer o gol, mas o merecimento é de todos que estão batalhando todos os dias. É tríplice campeão! Estamos na Liberta! É o Inter!”, celebrou o artilheiro ao fim do jogo.

“A gente mostrou a força do Inter. É a união. É o Clube do Povo. Um ajuda o outro sempre e a gente conseguiu o título. Mostramos a força do nosso grupo, com o Lucca que entrou. Reserva ou titular, não tem essa. Agora vamos comemorar,” comentou o capitão Lucas Vital, no vídeo abaixo.

FICHA TÉCNICA:

Internacional (1): Anthoni; Bernardo (Gustavo), João Pedro, Tiago Barbosa e João Felix; Lucas Vital (Ryan), Matheus Dias, Estêvão, Allison e Thauan Lara (Cazzetta); Nicolas (Lucca). Téc: João Miguel/Leonardo Martins

Coritiba (0): Rafael William; Diogo Batista, Thalisson Gabriel, Marcio Silva e Angelo (Geovane); Maicky, Bernardo (Nathan), Vinicius Ribeiro (Lucas Ronier), Biel e Kaio Cesar (Ruan Assis); Luizão (Iruan). Téc: José Leão

Gol: Luccas, aos 42min/2T (I).

Local: Heriberto Hulse, em Criciúma-SC

Arbitragem: Ramon Abatti Abel, auxiliado por Henrique Neu e Alexandre Ramos (trio de SC).

Juniores decidem Supercopa do Brasil no próximo dia 19

Sub-20 pode conquistar mais uma taça em 2021

Vencedor do Brasileirão Sub-20, o Celeiro de Ases disputará a Supercopa do Brasil no próximo dia 19 de dezembro. Diante do Coritiba, atual campeão da Copa do Brasil da categoria, os juniores colorados decidirão a taça nacional em jogo único, que terá como palco o Estádio Heriberto Hulse, em Criciúma-SC. Marcado para as 16h, o embate também definirá o representante brasileiro na Libertadores da América de 2022, que ocorre, no Equador, a partir de fevereiro.

Copa do Brasil Sub-20: vaga na final escapa em Curitiba

Colorado foi superado por 3 a 2 no Couto Pereira (Fotos: Jota Finkler)

A gurizada do Celeiro de Ases insistiu até o fim, mas não conseguiu a classificação para a decisão da Copa do Brasil Sub-20. O time treinado por Fábio Matias empilhou chances, mas parou em grande atuação do goleiro adversário na tarde desta sexta-feira (4/6), na capital paranaense. Após empate em 1 a 1 no primeiro jogo da semifinal, o Inter foi batido por 3 a 2 pelo Coritiba no estádio Couto Pereira.

O foco agora é no Campeonato Brasileiro da categoria. A equipe colorada faz sua estreia no final deste mês diante do Corinthians. A partida está marcada para o dia 27 de junho, em território paulista – ainda sem local definido.

Donos da casa saem na frente

Como de costume, o Celeiro de Ases iniciou o jogo buscando dominar a iniciativa e a posse de bola. Porém, o adversário aplicava uma forte marcação e dificultava a saída colorada. Aos 7min, Kaio Cesar cruzou na área e o centroavante Luizão subiu alto para o cabeceio: 1 a 0 para o time da casa.


Reação colorada

O time gaúcho não demorou a reagir. Aos 11 minutos, foi a vez do Inter cruzar na área acionando seu centroavante. Matheus Cadorini se esticou pra finalizar e Rafael Willian fez boa defesa. Pouco depois, não teve jeito: Vinícius Mello acertou bonito passe de ruptura buscando Cadorini entre a última linha de defesa. O camisa 11 não desperdiçou e bateu com categoria no cantinho.

A partida seguia em ritmo intenso e não demorou para o placar ser mexido mais uma vez. Biel aproveitou o erro na saída de bola colorada e bateu no canto para colocar o Coxa na frente. O empate quase veio no final do primeiro tempo. Matheus Dias, que acabara de entrar, foi ao fundo e cruzou rasteiro para Cadorini, que desviou com a ponta da chuteira, mas a bola beijou a trave.

Celeiro insiste

O Colorado voltou com tudo na etapa complementar. Com menos de dois minutos já somava duas ocasiões de gol. Na terceira, a bola entrou. De novo com ele: Cadorini. O artilheiro tentou duas vezes, uma com a direita e outra com a esquerda, esta uma bomba sem chances para o goleiro. Pouco depois, o lateral Doigo Batista tentou simular um pênalti e recebeu o segundo cartão amarelo.

Pressão de um lado, gol de outro

Com um a mais, o Inter subiu o tom e passou a pressionar mais ainda, levando perigo em chutes Matheus Dias, duas vezes. Thauan Lara, que entrou no intervalo, aproveitava o espaço pela esquerda e também fazia Rafael Willian trabalhar. Pouco depois, Vini Mello recebeu de Cadorini e obrigou o goleiro a buscar no ângulo.

Aos 25min, quase um golaço. Juan Cuesta tabelou com Matheus Dias, que devolveu de calcanhar para o colombiano chutar cruzado, mas a bola teimava em não entrar. Um duro golpe veio aos 35min, quando foi marcado pênalti após chute de Biel que parou no braço de Matheus Dias. O próprio camisa 10 converteu, colocando o Coxa na frente novamente. Por fim, o Colorado insistiu, mas coube ao goleiro Rafael Willian brilhar em defesas decisivas para a classificação paranaense.

FICHA TÉCNICA:

Coritiba (3): Rafael Willian; Diogo Batista, Thalisson Gabriel, Marcio Silva e Angelo; Maicky, Bernardo (Jean Gabriel) e Biel (Douglas Silva); Ruan Assis (Lucas Ronier), Kaio Cesar (Giovani Neurer) e Luizão (Iruan). Técnico: Cesar Bueno.

Internacional (2): Anthoni; Vinicius Tobias (Pedrinho) (Cleberson), Tiago Barbosa, João Felix e Jonathan (Thauan Lara); Lucas Vital, Gustavo (Mathues Dias), Estevão (Murilo), Juan Cuesta (Vitinho) e Vinícius Mello; Matheus Cadorini. Técnico: Fábio Matias.

Local: Couto Pereira, em Curitiba-PR

Gols: Luizão (C), aos 7min/1T; Matheus Cadorini (I), aos 11min/1T e 3’/2T; Biel (C), aos 21min/1T e 37’/2T;

Arbitragem: Robson Babinski, auxiliado por João Fabio Machado Brischiliari e Heitor Alex Eurich. Quarto árbitro: Elvio Kertelt Legnani.

Raio-X: Sub-20 decide vaga na final da Copa do Brasil

Inter decide vaga na final nesta sexta/Foto: Jota Finkler

Vale vaga na final! Os juniores colorados visitam o Coritiba, a partir das 15h15 desta sexta-feira (04/06), para a disputa da partida de volta da semifinal da Copa do Brasil Sub-20. Saiba tudo sobre o duelo!


Transmissão 📻

A Rádio Colorada, como sempre, estará ao lado do Celeiro! Com início previsto para as 14h30, a cobertura da emissora oficial do Clube do Povo contará com completos pré e pós-jogo, além de jornada esportiva com DNA legitimamente alvirrubro. Confira a programação, que pode ser acompanhada via Site ou APP do Inter!

AtraçãoPlataformas
14h30Portões AbertosInternet e App do Inter
15h15Jornada EsportivaInternet e App do Inter
17h15Vestiário VermelhoInternet e App do Inter
Colorado transmite a partida desta sexta!

As redes sociais do Inter (@scinternacional no TwitterInstagram Facebook) acompanharão a partida com o já tradicional minuto a minuto. Na TV, o SporTV anuncia transmissão.


Pra cima, Celeiro! 💪

Dia decisivo para o Sub-20!/Foto: Jota Finkler

A delegação colorada desembarcou em Coritiba no início da noite desta quinta-feira (02/06). Breve, a preparação para a partida no Couto Pereira contou com apenas outros dois dias – terça e quarta passadas -, aproveitados ao máximo pelo técnico Fábio Matias.

O duelo semifinal, vale lembrar, será o sétimo do Sub-20 alvirrubro na Copa do Brasil de 2021. Até aqui, o Inter venceu cinco das seis partidas que disputou na competição. Invicto, o Colorado só não ganhou do Coritiba, consequência do empate de 1 a 1 na segunda-feira passada (31/05).

Colorado ficou no 1 a 1 com o Coxa/Foto: Jota Finkler

Ao todo, 22 gols foram marcados pelos juniores alvirrubros, vazados em apenas quatro ocasiões. Responsável por enviar cinco bolas às redes, Vinicius Mello é o artilheiro colorado, seguido de perto por Matheus Cadorini, dono de quatro tentos, e Lucca, com três.

Vinicius Mello já marcou cinco vezes na competição/Foto: Jota Finkler

O Inter estreou no torneio diante do Jaciobá-AL, adversário superado, no agreste alagoano, por 8 a 0. Na sequência, os comandados de Fábio Matias despacharam o Tupi após triunfo por 4 a 1, em Juiz de Fora, e vitória de 5 a 0 no Francisco Novelletto Neto. Eliminado nas quartas, o Vasco perdeu tanto em São Januário, placar de 1 a 0, quanto no Gigante, que presenciou 3 a 2 alvirrubro.


Para avançar 👀

Inter e Coritiba ficaram no 1 a 1 na partida de ida, disputada no Sesc Protásio Alves. Dono das melhores oportunidades do jogo, o Clube do Povo contou com lindo gol de Matheus Cadorini para empatar o confronto. O tento, importante, permite que o Colorado avance à final em caso de vitória por qualquer vantagem.

Matheus Cadorini (19) comemora o empate/Foto: Jota Finkler

Como a Copa do Brasil Sub-20 não conta com saldo qualificado por gol marcado fora de casa como critério de desempate, nova igualdade no Couto Pereira levará a decisão para os pênaltis. Vitória paranaense resulta em vaga para o Coritiba.


Arbitragem 👨‍⚖️

Robson Babinski apita, auxiliado por João Fábio Brischiliari e Heitor Alex Eurich. Quarto árbitro: Elvio Kertelt Legnani. Quarteto paranaense.


Rival 🆚

Coxa também precisa vencer para garantir vaga/Foto: DVG, Coritiba

O campanha de 2021 já é a melhor do Coritiba na história da Copa do Brasil de juniores. Comemorada, porém, a vaga entre as quatro principais equipes do país não satisfaz o interesse dos comandados de José Leão, que também tiveram poucos dias para trabalhar antes do duelo no Couto.

“Chegamos de viagem terça-feira, o tempo de preparação foi muito curto. Trabalhamos em cima do que precisamos fazer para poder buscar essa classificação inédita. Não vai ser fácil, a gente sabe, mas sabemos que podemos contar com o pensamento positivo da torcida.”

José Leão, em entrevista para o Site do Coritiba
Zagueiro Thalisson é um dos pilares alviverdes/Foto: DVG, Coritiba

O 1 a 1 na última segunda-feira satisfez os interesses alviverdes. Nas palavras de Leão, a atuação defensiva da equipe foi importante para manter o confronto em aberto, alimentando os sonhos de classificação à final.

“O time soube

jogar o jogo, se defender.

Enfrentamos uma boa equipe,

e o resultado está totalmente em aberto”

José Leão
Coxa aposta muito no jogo aéreo/Foto: DVG, Coritiba

Chegar até a decisão não foi simples para o Coxa, que estreou na Copa do Brasil goleando o União Rondonópolis-MT por 8 a 0. Nas oitavas, o Alviverde superou o Bahia, atual vice-campeão do torneio, pelo agregado de 3 a 2. Quem ficou para trás nas quartas foi o Galo, campeão brasileiro de juniores em 2020, batido por 4 a 2 na soma dos dois jogos.

Luizão é o artilheiro alviverde/Foto: DVG, Coritiba

Luizão, com quatro gols, é o artilheiro alviverde na Copa. Diante do Inter, nem José Leão, comandante, nem Alan Ribeiro, auxiliar, poderão comandar o Coxa, consequência de suspensão herdada do jogo passado. Na última segunda, o Coritiba foi a campo com Rafael; Diogo, Thalisson, Marcio e Ângelo; Maicky (Douglas), Bernardo e Biel (Jean Gabriel); Ruan (Geovane), Luizão (Iruan) e Kaio (Lucas).


Palco 🏟️

Panorama do Estádio Couto Pereira/Foto: DVG, Coritiba

Inaugurado no dia 20 de novembro de 1932, o Couto Pereira conta com capacidade para 40.502 pessoas. Casa do Coritiba, o endereço teve seu gramado completamente trocado no último mês de maio, quando ocorreu o plantio do solado de inverno. Sobre o campo, suas dimensões são de 105m por 69m.


Chaveamento 📊

Inter busca vaga na final/Foto: Jota Finkler

O classificado do duelo entre Inter e Coritiba enfrentará Botafogo ou Avaí na final da Copa do Brasil Sub-20. Disputada no Rio de Janeiro, a partida de ida entre cariocas e catarinenses foi encerrada com vitória alvinegra pelo placar de 2 a 0. Os últimos 90 minutos ocorrem no próximo sábado (05/06), a partir das 12h50, na Ressacada.

Sub-20 empata em 1 a 1 com o Coritiba na abertura das semifinais da Copa do Brasil

Inter empatou em 1 a 1 com o Coritiba/Foto: Jota Finkler

O Celeiro de Ases abriu na tarde desta segunda-feira (31/05) a disputa por vaga na decisão da Copa do Brasil Sub-20. No Sesc Protásio Alves, os comandados de Fábio Matias empataram em 1 a 1 com o Coritiba. Matheus Cadorini, após linda tabela com Juan Cuesta, marcou o gol do Inter na igualdade.

A partida de volta das semifinais ocorre na próxima sexta-feira (04/06), a partir das 15h15, no Couto Pereira. Vale lembrar que o gol marcado fora de casa não é critério de desempate na competição. Assim, nova igualdade leva a decisão para os pênaltis, enquanto o vencedor garante vaga na final.

Vini Mello (9) e Cadorini (19) comemoram o empate/Foto: Jota Finkler

Inter domina

Melhor na etapa inicial, o Celeiro de Ases apresentou muita força pelo corredor esquerdo de ataque, ocupado principalmente por Juan Cuesta e o meio-campista Igor. Acompanhados por Vinicius Mello, responsável por oferecer profundidade, e Estêvão, com liberdade pelo centro, os dois perturbaram a defesa alviverde e cavaram seguidas faltas e escanteios para o Inter.

Inter, de Vini Mello, pressionou durante os 90 minutos/Foto: Jota Finkler

Estêvão, aos 18, recebeu cruzamento de Igor, servido por Cuesta, e invadiu a grande área pelo centro. Livre, soltou canhotaço que Rafael defendeu. A outra grande oportunidade colorada chegou aos 43, desta vez pela direita, flanco explorado por Vinicius Tobias, que serviu Vinicius Mello. Travado, o camisa nove não finalizou em cheio, permitindo novo milagre do goleiro rival.

De sua parte, o Coritiba apostava principalmente nos escapes laterais, brecados pelo Inter. A outra arma alviverde respondia pelo nome de Luizão, centroavante simpático ao pivô, mas que conseguiu se impor em uma única ocasião, quando invadiu a área pela esquerda e cruzou rasteiro, para ninguém. Assim, a etapa inicial chegou ao fim com o placar zerado.

Tiago Barbosa foi titular na zaga colorada/Foto: Jota Finkler

Pintura de Cadorini, brilho do goleiro

O Inter retornou dos vestiários tão ofensivo quanto esteve na etapa inicial, mas com a novidade de apostar mais no corredor direito. A receita foi mantida mesmo com o gol dos visitantes, marcado aos 11, por Luizão. Ao tento, Fábio Matias inclusive respondeu com as entradas de Matheus Cadorini, no comando de ataque, e Matheus Dias, novidade no gás do meio de campo.

A estrela de Matias, uma vez mais na Copa do Brasil, mostrou seu brilho. Aos 25, Cadorini e Cuesta construíram linda tabela pelo alto e, sem deixar cair, o centroavante colorado mandou de canhota, no canto, para empatar. Pouco depois, o artilheiro foi derrubado por Diogo. Pênalti, que Rafael, vilão da tarde, defendeu. Mantida até o último apito, a pressão do Inter não encontrou virada que seria justa, e o teimoso 1 a 1 foi confirmado como placar final.


Ficha técnica:

Internacional (1): Lucas Flores; Vinicius Tobias, Tiago Barbosa, João Felix e Jonathan; Lucas Vital, Igor (Matheus Dias) e Estêvão (Pedrinho); Cleberson (Matheus Cadorini), Vinicius Mello e Juan Cuesta. Técnico: Fábio Matias.

Coritiba (1): Rafael; Diogo, Thalisson, Marcio e Ângelo; Maicky (Douglas), Bernardo e Biel (Jean Gabriel); Ruan (Geovane), Luizão (Iruan) e Kaio (Lucas). Técnico: Jorge Leão.

Gols: Luizão, aos 11’/2ºT (C). Matheus Cadorini, aos 25’/2ºT (I).

Cartões amarelos: Thalisson, Kaio, Diogo e Biel (C).

Arbitragem: Roger Goulart, auxiliado por Fabricio Lima Baseggio e Maíra Mastella Moreira. Quarto árbitro: Rafael Rodrigo Klein.

Estádio: Sesc Protásio Alves.

Raio-X: juniores abrem disputa por vaga na final da Copa do Brasil

Celeiro está invicto na competição/Foto: Jota Finkler

Começa a luta por uma vaga na decisão! A partir das 15h15 desta segunda-feira (31/05), os juniores colorados recebem o Coritiba, no Sesc Protásio Alves, pela partida de ida das semifinais da Copa do Brasil. Confira, a seguir, tudo sobre o confronto.


Transmissão 📻

Como de costume, a Rádio Colorada estará ao lado do Celeiro de Ases nesta segunda-feira. Ao vivo a partir das 14h45, a emissora oficial do Clube do Povo apresentará o duelo com narração legitimamente torcedora. Confira a programação, que pode ser acompanhada via Site e APP do Inter:

AtraçãoPlataformas
14h45Portões AbertosInternet e App do Inter
15h15Jornada EsportivaInternet e App do Inter
17h15Vestiário VermelhoInternet e App do Inter
18hPrograma do InterInternet e App do Inter
19hProgramação musicalInternet e App do Inter
Celeiro de Ases é na Mais Vermelha!

As redes sociais do Inter (@scinternacional no TwitterInstagram Facebook) acompanharão a partida com o tradicional minuto a minuto. Na TV, o SporTV anuncia transmissão.


Vamo, Inter! 💪

Celeiro encerrou preparativos no gramado do CT Parque Gigante

A equipe Sub-20 do Internacional realizou seu último treinamento na tarde deste domingo (30/05). No gramado do CT Parque Gigante, o técnico Fábio Matias finalizou a preparação da equipe para o jogo diante o Coritiba, sexto do Colorado na atual edição da Copa do Brasil.

O Inter garantiu no sábado retrasado (22/05) sua vaga nas semifinais, quando superou o Vasco, por 3 a 2, no Beira-Rio, gols de Tiago Barbosa, Juan Cuesta e Julião, contra. O resultado garantiu ao Clube do Povo placar agregado de 4 a 2, uma vez que o Colorado já derrotara os cariocas, em São Januário, por 1 a 0 – tento de Cadorini.

Superar o Cruz-Maltino, atual campeão da competição, garantiu grande ânimo para os juniores colorados. O comandante alvirrubro, porém, sabe que a impecável campanha construída até aqui não significa vida fácil diante do Coritiba. Pelo contrário, Fábio Matias está preparado para 180 minutos de muito equilíbrio.

“É um jogo difícil. Temos que manter o que temos feito e evoluir mais, construir mais coisas dentro do jogo. Fazer um jogo de forma propositiva pra que a gente consiga potencializar nossas virtudes e ter um desempenho adequado, com imposição técnica, física e tática.”

Fábio Matias
Fábio Matias sabe do potencial do Coxa/Foto: Jota Finkler

O Inter também deixou para trás Jaciobá-AL, na primeira fase da Copa do Brasil, e Tupi-MG, nas oitavas da competição. Diante dos alagoanos, o Clube do Povo conquistou grande vitória de 8 a 0, fora de casa, através dos gols de Estevão, Vitinho, Fred, Lucca, três vezes, Matheus Cadorini e Vinicius Tobias.

O confronto diante dos mineiros foi o primeiro disputado em partidas de ida e volta. Inaugurado em Juiz de Fora, o primeiro capítulo do embate ofereceu vantagem considerável para o Clube do Povo, que derrotou o Tupi por 4 a 1, gols de Vinicius Mello, três vezes, e Vitinho.

A partida de volta presenciou nova goleada do Clube do Povo. No Estádio Francisco Novelleto Neto, popular Passo D’Areia, Matheus Cadorini, João Felix, Pedrinho e Vini Mello, duas vezes, garantiram o 5 a 0 do Colorado, placar da terceira das cinco vitórias conquistadas até aqui pelo Inter.

Vini Mello (9) e Cadorini comemoram/Foto: Fernando Jacondino

Dono de irretocáveis 100% de aproveitamento, o Inter já marcou 21 gols nas cinco partidas que disputou na Copa do Brasil. Vazado em apenas três ocasiões, o Clube do Povo tem em Vinicius Mello, com cinco tentos, seu goleador no torneio. Lucca e Matheus Cadorini, donos de três, dividem a segunda colocação na artilharia vermelha.

Vini Mello é o artilheiro colorado/Foto: Jota Finkler

Arbitragem 👨‍⚖️

Roger Goulart apita, auxiliado por Fabricio Lima Baseggio e Maíra Mastella Moreira. Quarto árbitro: Rafael Rodrigo Klein. Quarteto gaúcho.


Rival 🆚

Coxa faz grande campanha até aqui/Foto: DVG, Coritiba

A campanha de 2021 é a melhor do Coritiba na história da Copa do Brasil de juniores. Embalado por grande reformulação em suas categorias de base, o Coxa venceu três partidas e empatou duas nos cinco jogos que já disputou na competição, principal de seu calendário nesta temporada. Invicto, o Alviverde marcou 15 gols e sofreu apenas quatro até aqui.

Alviverde superou o Bahia nas oitavas/Foto: DVG, Coritiba

Comandado por José Leão, o adversário colorado eliminou União Rondonópolis-MT, na primeira fase, Bahia, atual vice-campeão da Copa do Brasil, nas oitavas, e Atlético-MG, vencedor do Brasileirão Sub-20 passado, nas quartas. Os artilheiros alviverdes são Biel e Luizão, com três gols cada.

Luizão (9) marcou dois em cima do Bahia/Foto: DVG, Coritiba

A abertura da temporada de 2021 contou com 17 dispensas na categoria Sub-20 do Coritiba. O respiro permitiu que o Coxa promovesse atletas dos juvenis para os juniores, além de contratar jogadores mais tarimbados no mercado, com experiência profissional em outros cenários. Fundamental para a boa fase alviverde, o processo desperta grandes expectativas em Leão.

“A gente espera dois jogos extremamente parelhos. Conhecemos a escola do Internacional, o treinador é muito parecido no modelo de jogo. Já estamos entre os quatro melhores do país, e temos que estudar e botar em prática aquilo que a gente vem trabalhando para que possamos chegar nessa final inédita para o clube.”

José Leão em entrevista para o Site do Coritiba
José Leão chegou ao Coxa no início deste ano/Foto: DVG, Coritiba

A preparação do Coxa para a partida contra o Inter foi encerrada neste domingo (30/05). No Sesc Protásio Alves, a equipe encaminhou os últimos detalhes para a semifinal do país. Desfalcado do ponta-esquerda Nathan Miranda, o Coritiba deve ir a campo com Rafael Willian; Diogo, Thalisson, Marcio e Ângelo; Maicky, Bernardo e Biel; Ruan, Luizão e Kaio.


Chaveamento 📊

Capitão Lucas Vital é um dos titulares de Fábio Matias/Foto: Jota Finkler

Botafogo ou Avaí: um dos dois decidirá a Copa do Brasil Sub-20 contra o classificado entre Inter e Coritiba. O primeiro confronto de cariocas e catarinenses foi disputado na tarde deste domingo (30/05), no Nilton Santos, e contou com vitória de 2 a 0 dos locais. A volta ocorre no próximo sábado (05/06), às 12h45, na Ressacada.


Regulamento 📖

Inter abre como mandante o confronto decisivo/Foto: Jota Finkler

A exemplo do que ocorrera nas demais fases disputadas em partidas de ida e volta, a semifinal não conta com saldo qualificado por gols marcados fora de casa como critério de desempate. Assim, em caso de igualdade no placar agregado, a vaga na decisão da Copa do Brasil será definida nos pênaltis.

Gurias Coloradas vencem a segunda consecutiva no Brasileirão Sub-18

As Gurias Coloradas Sub-18 venceram o Coritiba/Toledo por 3 a 0 na segunda rodada do Brasileirão da categoria. Assim, assumiram a liderança isolada do grupo A, com 6 pontos. A partida aconteceu no CT Sorocaba 2, em Sorocaba-SP, às 15h30 desta quinta-feira (28/01). Os gols colorados foram anotados por Bia (2x) e Susan. O próximo confronto acontece no sábado, às 10h30, contra o Bahia.

Coloradas abriram vantagem na primeira etapa

O primeiro tempo foi de amplo domínio colorado. Logo nos minutos iniciais, as Gurias apresentaram boa movimentação e passes precisos. Foi assim que saiu o primeiro gol da partida, aos 5 minutos. Depois de uma jogada construída de pé em pé, Susan acionou Bia, pela lateral direita, que avançou em velocidade pela área até conseguir finalizar para o fundo das redes, abrindo o marcador para o Clube do Povo.

A equipe vermelha seguiu pressionando e, aos 10min, Bia novamente botou o Colorado em vantagem. Liriel fez a inversão de bola e encontrou a camisa 11, que ultrapassou a marcação, fez o drible na goleira e empurrou para o gol.

O segundo tempo foi marcado por menor intensidade, mas sem grandes problemas para as Gurias, que administraram o resultado. Com algumas oportunidades para ambos os lados, foi o Inter que chegou mais perto de ampliar o placar. Aos 41min, Susan recebe de cara para o gol e marca o terceiro para finalizar a partida.

FICHA TÉCNICA

Coritiba/Toledo (0): Claudia; Brenda (Larisse), Vandressa, Ketlin, Brenda, Yasmin, Maiara, Jhonson (Keicielly), Vanessa, Adrieli (Emily) (Laís) e Luiza. Técnico: Jaime Lira Leal Filho.

Gurias Coloradas (3): Gabi Barbieri; Susan, Guta, Duda Flores e Liriel (Mari Barbieri); Kamila (Yasmin), Vick e Berchon (Maju); Bia (Vih), Mileninha (Bia) e Maranhão (Thalira). Técnico: Fábio Sanhudo.

Gols: Bia (5’1T, 10’1T); Susan (41’2T).

Arbitragem: Thiago Luis Scarascati, auxiliado por Amanda Pinto Matias e Liliane Aparecida Galindo. Trio é paulista.

Estádio: CT Sorocaba 2, Sorocaba-SP.

Inter empata com o Coritiba

O Internacional empatou em 2 a 2 com o Coritiba na tarde deste domingo, no Beira-Rio, pela abertura do returno do Brasileirão. O time colorado esteve duas vezes à frente no placar, com gols de Yuri Alberto e Nonato, mas acabou cedendo o empate. O Inter passou a ocupar a liderança de forma isolada, com 36 pontos.

Agora as atenções se voltam para a disputa do jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil, contra o América-MG, na quarta-feira (11/11), às 21h30, no Gigante. Pelo campeonato nacional, o próximo compromisso é diante do Santos, sábado (14/11), na Vila Belmiro.


Bola aérea decide no primeiro tempo

Com posse de bola de 65% no primeiro tempo, o Inter ditou o ritmo da partida, mas encontrou certa dificuldade para vencer o ferrolho armado pelos visitantes, que em muitos momentos se postavam com praticamente todo o time atrás da linha da bola. O Coritiba chegou uma vez com força, em rápido contra-ataque que terminou com Ricardo Oliveira acertando a trave.

Edenilson comemora com Yuri Alberto o gol marcado no primeiro tempo

O Colorado apostava nas jogadas pelas laterais do campo, com Heitor e Moisés abusando dos cruzamentos para a área. E foi justamente na bola aérea que chegou ao gol: aos 32min, Yuri Alberto – substituto do artilheiro Thiago Galhardo, suspenso – foi preciso no cabeceio após boa assistência de Heitor e fez 1 a 0.


Adversidades na etapa final

Nonato entrou no segundo tempo e deixou a sua marca

O segundo tempo começou com um duro golpe. Logo aos 2min, Giovanni Augusto igualou o marcador para o Coxa. Para complicar, minutos depois, Heitor recebeu, de forma injusta, o cartão vermelho. Mesmo assim, o Inter encontrou forças e chegou ao segundo gol aos 12min. Nonato, que recém havia entrado no jogo, aproveitou a sobra após arremate de Patrick e fez 2 a 1. Porém, aos 28min, Sabino empatou novamente para o Coritiba. Mesmo com um jogador a menos, o Colorado buscou até o final o gol da vitória, mas o duelo acabou mesmo em 2 a 2.


Melhores momentos – primeiro tempo

5min – Inter valoriza a posse de bola e troca passes no campo de ataque. Coritiba se retrai por completo para dificultar a conclusão colorada.

🟨 12min – Rodolfo Filemon recebe amarelo por entrada dura em Abel Hernández.

14min – Primeira chegada do Inter: Heitor cruza da direita e Rodrigo Lindoso desvia de cabeça, ao lado direito da meta adversária.

15min – QUE PERIGO! Em contra-ataque fulminante do Coritiba, Ricardo Oliveira recebe no interior da área e dispara o chute que acerta a trave direita.

Heitor viveu o céu e o inferno na partida: fez assistência para o gol de Yuri Alberto e acabou sendo expulso na etapa final

17min – Moisés cruza da esquerda e a bola passa em frente ao gol do Coritiba sem que ninguém consiga o desvio.

20min – QUASE! Heitor alça na área e Rodrigo Lindoso aparece mais um vez entre os zagueiros para desviar de cabeça: a bola passa rente à trave direita.

29min – Marcos Guilherme tabela com Edenilson chuta para a defesa de Wilson, sem maior perigo.

⚽️  32min – GOOOOOOOOOOOOOOOL! Yuri Alberto cabeceia para ao fundo da rede após bom cruzamento de Heitor! Aberto o placar no Gigante! Foi o segundo gol do atacante com a camisa colorada em oito partidas disputadas.

40min – LOMBA! Goleiro colorado dá um tapinha providencial na bola após cobrança de falta de Neilton.

47min – Fim do primeiro tempo!


Segundo tempo

2min – Gol do Coritiba. Giovanni Augusto empata no recomeço da partida.

🟨  2min – Heitor recebe cartão amarelo.

🟥 7min – Heitor pisa involuntariamente em Robson, mas lance é revisado pelo VAR e lateral recebe o cartão vermelho.

🔻🔺 9min – Duas mudanças no Inter: Rodinei e Nonato entram nos lugares de Yuri Alberto e Marcos Guilherme, respectivamente.

Nonato parte para a comemoração depois de colocar Inter novamente em vantagem

⚽️ 12min – VAMO COLORADO! GOOOOOOOOOOOOL DO INTER!! Em rápido contra-ataque, Patrick chuta em cima da zaga e a bola sobra livre para Nonato, da meia-lua, disparar o chute para o fundo do gol. 2 a 1! Foi o sexto gol de Nonato pelo Inter e o terceiro na temporada 2020.

22min – NA TRAVE! Patrick chuta e a bola acerta a trave esquerda. Quase o terceiro!

24min – Abel Hernández luta contra a marcação no lado esquerdo da área e chuta. A bola acerta a rede pelo lado de fora.

🔻🔺 27min – Três mudanças no Coxa: Henrique Vermudt, Nathan e
Yan Sasse nos lugares de Rodolfo Filemon, Neilton e Mattheus.

⚽️ 28min – Coritiba empata com Sabino. Zagueiro consegue o desvio após cobrança de escanteio. 2 a 2.

🔻🔺 35min – Rodrigo Muniz no lugar de Ricardo Oliveira.

🟨  36min – Yan Sasse.

🟨  37min – Rodrigo Muniz.

🔻🔺 39min – Musto no lugar de Rodrigo Lindoso.

41min – Patrick tenta a finalização, mas é bloqueado pela zaga.

🔻🔺 42min – Ramón Martínez no lugar de Giovanni Augusto.

45min – PERIGO! Matheus Sales chuta da entrada da área e a bola passa por cima do gol colorado.

🟨 50min – Musto.

52min – Final de jogo. 2 a 2


Ficha técnica:

Internacional (2): Marcelo Lomba; Heitor, Zé Gabriel, Victor Cuesta e Moisés; Rodrigo Lindoso (Musto), Marcos Guilherme (Nonato), Edenilson e Patrick; Yuri Alberto (Rodinei) e Abel Hernández. Técnico: Eduardo Coudet.

Coritiba (2): Wilson; Jonathan, Rodolfo Filemon (Henrique Vermudt), Sabino e Mattheus Oliveira (Yan Sasse); Matheus Sales, Hugo Moura, Giovanni Augusto (Ramón Martínez), Robson e Neilton (Nathan); Ricardo Oliveira (Rodrigo Muniz). Técnico: Rodrigo Santana.

Gols: Yuri Alberto (I), aos 32min do primeiro tempo, Giovanni Augusto (C), aos 2min do segundo tempo, Nonato (I), aos 12min do segundo tempo, Sabino (C), aos 28min do segundo tempo.

Cartões amarelos:
Rodolfo Filemon, Yan Sasse, Rodrigo Muniz (C); Heitor, Musto (I).

Expulsão: Heitor (I).

Arbitragem:
Dyorgines Padovani de Andrade, auxiliado por Fabiano da Silva Ramires e Vanderson Antonio Zanotti. VAR: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro, do Rio Grande do Norte.

Estádio: Beira-Rio.

Fotos: Inter 2×2 Coritiba – Brasileirão/20ª rodada

Colorado estreou no returno do Brasileirão