Inter é superado em Curitiba

O Colorado foi superado por 2 a 1 pelo Athletico-PR, no início da noite deste domingo (25/07), em partida da rodada 13 do Brasileirão. Na Arena da Baixada, Terans e Vitinho marcaram para os mandantes no primeiro tempo, enquanto Edenilson descontou para o Inter na etapa final. No Beira-Rio, o Clube do Povo volta a campo no próximo sábado (31/07), às 20h, diante do Cuiabá.


Adversário pressiona

Dono da casa e habituado ao gramado sintético, o Athletico-PR controlou a posse de bola no início do confronto. Bem postado na defesa, o Clube do Povo conseguiu neutralizar os primeiros movimentos da equipe mandante, que respondeu à segurança colorada adiantando suas linhas para pressionar a saída de jogo vermelha.

A atitude mordedora valeu ao rival falta perigosa na casa dos 35, que Terans converteu em precisa cobrança. Logo depois, o Inter empataria em lindo gol Caio, mas o lance foi anulado, após longa consulta ao VAR, por falta na origem da jogada. Nos acréscimos, Vitinho, em jogada de velocidade construída pela esquerda, marcou o segundo e último antes do intervalo.


Inter luta pelo empate

O Inter retornou do intervalo ofensivo em busca do gol de desconto, que Edenilson, em cobrança de pênalti, marcou aos 19 minutos. Nos instantes seguintes, o Colorado criou novas oportunidades, por detalhe não convertidas em empate que ofereceria justiça ao placar, em definitivo encerrado com 2 a 1 para os locais, resultado que mantém o Clube do Povo com 24 pontos na tabela.


Primeiro tempo

6min – Caio Vidal é lançado na direita da área adversária, investe contra Thiago Heleno e finaliza forte. Ao lado, ela sai com perigo.

8min – Matheus Babi recebe o amarelo por falta em Caio.

12min – Lesionado após derrubar Caio, Babi deixa o campo. Entra Renato Kayzer.

13min – Vitinho comete falta em Cuesta e também leva o amarelo.

21min- Terans recebe na intermediária de ataque, corta para a perna canhota e finaliza forte. Ela sai ao lado, com perigo.

30min – Mauricio puxa contra-ataque para o Inter, recebe de Yuri Alberto, invade a meia-lua da área rival e abre jogo em Edenilson. O camisa oito levanta na segunda trave, na medida para Caio, que cabeceia com enorme perigo.

32min – Athletico cobra escanteio curto. Aberta, a bola morre nos pés de Nikão, que finaliza, mesmo sem ângulo, com força. Daniel encaixa!

35min – David Terans, de falta, abre o placar para o Athletico.

39min – Yuri, da entrada da área, arrisca. Bento, no meio do gol, defende em dois tempos.

44min – Inter empata o jogo em lindo gol de Caio Vidal, mas o lance é anulado, após intervençāo do VAR, por falta na origem da jogada. Thiago Galhardo e Aguirre recebem o amarelo por reclamação.

45min – Mais cinco. Vamos a 50.

45min – UUUUUUUUH! Dourado lança linda bola nas costas da zaga paranaense. Edenilson domina na área rival, a defesa corta, mas a sobra é de Moisés, que cruza para Ed. O chute sai sem direção.

47min – Vitinho pega a sobra de corte parcial da zaga colorada e finaliza forte para ampliar.

50min – Intervalo na Baixada.


Segundo tempo

2min – Boschilia recebe na intermediária esquerda de ataque, encontra espaço para a canhota e solta um foguete. A bola explode na forquilha e teima em não entrar.

9min – Yuri Alberto escapa pela intermediária ofensiva, invade a área cortando para a perna direita e chuta forte. Bento defende.

11min – DANIEL! Nikão corta da direita para o centro e solta chute forte. Goleiro colorado espalma o canhotaço pela linha de fundo.

15min – Dupla troca no Inter. Palacios e Galhardo entram, Mauricio e Caio saem.

18min – PÊNALTI! Nicolas abraça a bola na área mandante!

19min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! GOL DO INTER, GOL DO INTER, GOL DO INTER, GOL DO INTEEEEEEEEEEEEEEEER! Edenilson, no canto esquerdo de Breno, cobra com precisão para descontar. Goleiro rubro-negro sequer deixa o centro do gol, apenas assistindo ao tento vermelho.

O gol de Edenilson na narração da Rádio Colorada

21min – Yuri amarelado.

23min – UUUUH! Palacios serve Boschilia, que cruza do lado esquerda. Na segunda trave, Galhardo cabeceia com perigo.

26min – Boschilia também recebe o amarelo.

28min – Boschilia vai, Juan Cuesta.

31min – UUUUUUUUH! Yuri escapa em altíssima velocidade pelo corredor direito e cruza para a entrada da área. Edenilson finaliza rasteiro, a bola supera Bento, mas a zaga consegue o bloqueio debaixo das traves.

32min – PRA FORA! Juan Cuesta faz fila da esquerda para o centro e deixa com Edenilson, que finaliza cruzado, rasteiro. Boa trama!

33min – POR DETAAAAAAAAAAALHE! Palacios recebe de Heitor, escapa pela direita e cruza rasteiro. Na primeira trave, Galhardo resvala na bola, mas não consegue colocar direção.

33min – Bento amarelado por cera.

34min – Canesin entra, Terans é sacado. Troca nos locais.

38min – Tripla troca no Athletico. Marcinho, Vitinho e Christian saem, Khellven, Zé Ivaldo e Erick entram.

39min – Muda o Inter. Vinicius Mello por Yuri Alberto.

45min – Mais cinco. Uma vez mais, etapa será encerrada com 50.

50min – Jogo encerrado na Baixada.


Ficha técnica:

Athletico-PR (2): Bento; Marcinho (Khellven), Pedro Henrique, Thiago Heleno e Nicolas; Christian (Erick), Léo Cittadini, Nikão, David Terans (Fernando Canesin) e Vitinho (Zé Ivaldo); Matheus Babi (Renato Kayzer). Técnico: António Oliveira.

Internacional (1): Daniel; Heitor, Bruno Méndez, Victor Cuesta e Moisés; Rodrigo Dourado, Edenilson e Gabriel Boschilia (Juan Cuesta); Caio Vidal (Carlos Palacios), Yuri Alberto (Vinicius Mello) e Mauricio (Thiago Galhardo). Técnico: Diego Aguirre.

Gols: David Terans, aos 35’/1T, e Vitinho, aos 47’/1T (A). Edenilson, aos 19’/2T (I).

Cartões amarelos: Matheus Babi, Bento, Vitinho e Renato Kayzer (A). Yuri Alberto, Gabriel Boschilia, Yuri Alberto, Diego Aguirre.

Arbitragem: Thiago Luis Scarascati, auxiliado por Alex Ang Ribeiro e Miguel Cataneo Ribeiro. Trio paulista. Quarto árbitro: João Paulo Romano Queiroz (PR). Árbitro de Vídeo (VAR): José Cláudio Rocha Filho (SP). Auxiliar do VAR: Herman Brumel Vani (SP).

Estádio: Arena da Baixada, Curitiba (PR).

Inter se despede da Libertadores

O Internacional empatou sem gols com o Olimpia-PAR, na noite desta quinta-feira (22/07), na partida de volta das oitavas de final da Libertadores. Com o resultado, a decisão de vaga na próxima fase seguiu para as penalidades, vencidas, por 5 a 4, pela equipe visitante, que deixou o Beira-Rio classificada.

Agora, o Inter volta suas atenções para o Campeonato Brasileiro. Pela 13ª rodada nacional, O Clube do Povo enfrenta o Athletico-PR, no próximo domingo (25/07), a partir das 18h15. O confronto terá como palco a Arena da Baixada.


Placar teimoso

O Inter criou muitas oportunidades na primeira etapa, a grande maioria defendida pelo goleiro Aguilar, que viveu noite iluminada nesta quinta-feira. O único jogador que chegou a balançar as redes antes do intervalo foi Taison, que teve seu tento anulado por impedimento na origem da jogada. O camisa 10 também esbarrou na trave, igualmente vilã de um tempo inicial encerrado sem gols.


Tensão crescente

A pressão colorada, embora em escala ligeiramente inferior à do primeiro tempo, foi continuada com o reinício do confronto, e encontrou seu momento de maior relevância aos 20 minutos, quando Taison sofreu pênalti. Aguilar, todavia, defendeu a cobrança de Edenilson. Daí em diante, a tensão cresceu e as chances ficaram ainda mais escassas. Jogo encerrado, o duelo seguiu às penalidades, encerradas com triunfo adversário.


Primeiro tempo

1min – Inter avança pela direita com Yuri, que tabela com Heitor, invade a área e cruza rasteiro. Zaga corta em escanteio.

6min – MILAAAAAAAGRE! Taison faz grande jogada da esquerda para o centro e serve Yuri, que escapa de frente com Aguilar e arremata para grande defesa do goleiro. Quase o primeiro!

7min – UH! Edenilson cobra escanteio da direita. Na altura da marca do pênalti, Yuri sobe mais que a zaga e desvia por cima.

9min – Derlis González, de chaleira, aciona Ojeda. Pela direita da área colorada, o 32 paraguaio finaliza cruzado. Rasteira, ela sai ao lado.

15min – PRA FOOOOOOOOOOORA! Inter escapa em altíssima velocidade com Edenilson, que intercepta a saída de jogo alvinegra. Camisa oito serve Yuri, que estica com Taison. Dentro da área, o ídolo colorado finaliza rasteiro, e ela sai ao lado.

17min – UUUH! Taison aciona Heitor, que vai ao fundo e cruza. Desviada, ela quase toma o endereço do gol, mas sai em escanteio.

18min – SAAAAAAAALVA O GOLEIRO! Galhardo recebe de Yuri e sai de frente com Aguilar. Com a canhota, atacante finaliza para novo milagre do arqueiro.

22min – NO POOOOOOOOOOOOOOOOOSTE! Taison escapa em altíssima velocidade desde o campo de defesa, invade a área pela direita, corta para a canhota e finaliza rasteiro. A bola mata Aguilar, mas explode no poste direito do Olimpia.

27min – QUE PECADO! Galhardo é lançado pela esquerda e cruza aberto até Yuri, que serve Taison. Camisa 10 marca de cabeça, mas a jogada é anulada por impedimento de Thiago.

30min – Muda o Inter. Patrick, com dores, deixa o campo. Mauricio entra no lugar.

33min – ELA NÃO QUER ENTRAR! Moisés cobra falta pela esquerda da intermediária de ataque. Especialista como sempre, o lateral levanta na medida para Galhardo, que desvia para nova defesa de Aguilar. No rebote, Dourado, de canhota, manda por cima.

39min – PRA FOOOOOOOOOOOORA! Edenilson dá o chapéu no marcador e inverte até Moisés, que invade a área pela esquerda e cruza rasteiro. Galhardo finaliza, a bola explode na marcação e volta para Thiago, que emenda de primeira. Ao lado, por pouco!

40min – MAS O QUE É ISSO? QUE ATUAÇÃO É ESSA? Mauricio cruza linda bola para Yuri, que se projeta nas costas da marcação e, de primeira, finaliza de direita. Aguilar, DE NOVO, salva o Olimpia.

45min – Mais dois. Vamos a 47!

46min – AGORA É A ZAGA! Moisés recebe de Galhardo e, dentro da área, pela esquerda, solta a bomba rasteira. Alcaraz trava, providencial.

47min – Encerrado o primeiro tempo.


Segundo tempo

0min – Olimpia volta com Alejandro Silva no lugar de Recalde.

4min – UUUUUUUH! Galhardo aproveita falha da marcação do Olimpia e, pela quina direita da grande área, arrisca. Bola explode na rede, de fora.

6min – POR CIIIIIIIIIIIMA! Mauricio serve Moisés, que invade a área paraguaia em altíssima velocidade e solta um foguete. Quase o gol!

7min – Torres recebe o amarelo por falta em Yuri.

9min – Cuesta amarelado.

16min – Silva arrisca de muito longe. Forte, o chute sai por cima.

18min – UUUUUUUUH! Moisés cobra escanteio pela esquerda. Cuesta desvia, mas Pitta, a centímetros da linha fatal, afasta.

20min – PÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊNAAAAAAALTI PARA O INTER! Galhardo cruza aberto da direita e a bola chega em Taison. Camisa 10 domina antes de Salazar, que promove um atropelo violento. Árbitro indica.

23min – Aguilar defende a cobrança de Edenilson.

24min – Sai Alcaraz, vem Cáceres. Olimpia troca.

29min – Orzusa recebe de Derlis e, na meia-lua, emenda de primeira. Tiro de meta para o Inter!

30min – Sai Heitor, vem Boschilia. Troca Aguirre.

36min – Orzusa, de meia-bicicleta, coloca para a área colorada. Silva cabeceia, mas sem direção.

37min – Taison e Yuri sacados. Entram Vini Mello e Palacios.

44min – González vem, Orzusa vai. Visitante troca.

45min – Quatro minutos de acréscimos.

49min – Vamos aos pênaltis. Jogo encerrado.


Pênaltis:

1-0: GOL! Edenilson abre a conta!

1-1: Silva marca para o Olimpia.

2-1: VAMOS! Boschilia recoloca o Inter na frente!

2-2: Pitta converte.

3-2: MOISÉÉÉS! Muito bem batida, no ângulo, sem chance de defesa.

3-3: Ojeda converte para os paraguaios.

4-3: GOOOOOOOL! Mauricio, no canto, com força.

4-4: Ortiz também faz.

4-4: Galhardo desperdiça.

5-4: Derlis marca para o Olimpia.


Ficha técnica:

Internacional (0)(5): Daniel; Heitor (Gabriel Boschilia), Bruno Méndez, Victor Cuesta e Moisés; Rodrigo Dourado, Edenilson e Taison (Vinícius Mello); Yuri Alberto (Carlos Palacios), Thiago Galhardo e Patrick (Mauricio). Técnico: Diego Aguirre.

Olimpia (0)(4): Alfredo Aguilar; Víctor Salazar, Saúl Salcedo, Antolín Alcaraz (Luis Cáceres) e Iván Torres; Richard Ortiz, Edgardo Orzusa (Walter González), Braian Ojeda e Derlis González; Jorge Recalde (Alejandro Silva) e Isidro Pitta. Técnico: Sergio Orteman.

Cartões amarelos: Victor Cuesta (I). Iván Torres (O).

Arbitragem: Christian Ferreyra apita, auxiliado por Pablo Llarena e Alberto Ponte, trio do Uruguai. Quarto árbitro: Jose Argote, da Venezuela. Árbitro de Vídeo (VAR): Julio Bascúñan, do Chile. Auxiliar do VAR: Cristian Garay, do Chile.

Estádio: Beira-Rio.

Gurias voltam a golear e seguem 100% no Brasileirão Sub-18

Gurias superaram paranaenses por 4 a 1/Foto: Adriano Fontes, CBF

Vitória das patroas! As Gurias Coloradas golearam o Athletico-PR por 4 a 1, na manhã desta quinta-feira (08/07), pela segunda rodada do Brasileirão Sub-18. Mileninha, duas vezes, Loirão e Maranhão marcaram no triunfo, que mantém o Inter na liderança do grupo B. No próximo sábado (10/07), o Clube do Povo enfrenta o América-MG, atual vice-líder, a partir das 15h30.


Pressão desde cedo

Apesar do horário atípico da partida, iniciada às 8h desta quinta, as Gurias atuaram em ritmo intenso desde o primeiro apito. Ligado, o Inter abriu o confronto com inteligência para tirar proveito dos espaços que ora apareciam pelas pontas, ocupadas por Maranhão e Loirão, ora surgiam no centro, atacado por Mileninha.

Loirão tem dois gols em dois jogos no Sub-18/Foto: Adriano Fontes, CBF

Vice-artilheira do grupo principal na temporada, Milena teve duas boas chances para marcar na abertura do confronto, mas parou na goleira Cailany. Aos 10, a atacante virou garçonete, e serviu linda bola para Loirão. A camisa 11 foi ao fundo pela esquerda e cruzou rasteiro, na medida para Maranhão, em altíssima velocidade, desviar para as redes e abrir o placar.

As Gurias quase ampliaram aos 16, quando Loirão cruzou na medida para Mileninha cabecear ao lado da meta adversária. Depois, aos 20, Maranhão invadiu a área em velocidade e só parou no poste esquerdo do Athletico. A primeira chance rival veio aos 30, após retomada de bola no ataque que culminou em pênalti sobre Julia. Na cobrança, Sthefani empatou.

Athletico empatou no final do primeiro tempo/Foto: Adriano Fontes, CBF

Injusto, o empate quase foi desfeito aos 34, quando Mileninha recebeu excelente passe de Duda Flores e tocou por cima de Cailany. Em cima da linha, porém, Lais cortou pela linha de fundo, assegurando a manutenção da igualdade até o intervalo, situação que desagradava as Gurias. Reiniciado o confronto, o Inter seguiria em cima.


Gurias deslancham

Vitória foi assegurada na etapa final/Foto: Adriano Fontes, CBF

Logo aos dois, as Gurias quase desempataram com Loirão, que finalizou bonito, na direção do ângulo, mas por cima. Três minutos mais tarde, Maju recuperou a bola a centímetros da área rival e serviu Mileninha, que dispensou a necessidade de domínio para emendar foguete de perna direita e marcar o segundo do Clube do Povo.

O gol deu mais confiança às Gurias, que não mudaram de postura com a vantagem no placar. Aos 13, Livia levantou bola aberta para a área, Carol Gil conseguiu o domínio pela esquerda do retângulo e levou até o fundo para cruzar por baixo. Na segunda trave, Loirão emendou rasteiro, de canhota, e ampliou.

Carol Gil serviu assistência no terceiro gol/Foto: Adriano Fontes, CBF

Não demorou para a vitória se transformar em uma justa goleada, que chegou em grande estilo. Aos 20, após arrancada de Liriel, Mileninha recebeu com espaço, em frente à grande área rubro-negra, e soltou a bomba. Com muito efeito, a bola voou indefensável até o canto esquerdo da meta de Cailany, que nada pôde fazer. Golaço!

Aos 38, Carol Gil até balançou as redes do Athletico pela quinta vez na partida, mas o lance foi anulado por impedimento. Assim, o 4 a 1 foi confirmado como placar final do confronto, resultado que manteve o Inter na liderança do grupo A. Empatado em pontos com o América-MG, o Colorado leva vantagem no saldo de gols, superior ao do Coelho em quatro tentos.

Gurias seguem com aproveitamento de 100% no Sub-18/Foto: Adriano Fontes

Ficha técnica:

Internacional: Gabi Barbieri (Sabrina); Livia, Mari Barbieri (Guta), Duda Flores e Liriel; Ket (Thalita), Mai (Teté) e Maju; Loirão, Mileninha (Ju Romanelli) e Maranhão (Carol Gil). Técnico: Fábio Sanhudo.

Gols: Maranhão, aos 10’/1ºT, Mileninha, aos 5’/2ºT e aos 20’/2ºT, e Loirão, aos 13’/2ºT (I). Sthefani, aos 30’/1ºT (A).

Arbitragem: Bruna Serra Oliveira, auxiliada por Marcelo de Almeida Silva e Patricia Carla de Oliveira. Quarto árbitro: Flávio Roberto Mineiro.

Estádio: CT do Sorocaba 2.

Inter empata com o Corinthians em Itaquera

O Colorado visitou o Corinthians, na noite deste sábado (03/07), pela nona rodada do Brasileirão 2021. Na Neo Química Arena, Edenilson marcou o gol do Clube do Povo, que chega, com o ponto conquistado, a 10 na tabela nacional.

Agora, os comandados de Aguirre voltam suas atenções para o São Paulo, adversário na próxima quarta-feira (07/07). O duelo, válido pela 10ª rodada, ocorre no Beira-Rio, a partir das 21h30. No sábado seguinte (10/07), o Inter disputa, na Arena, o Gre-Nal 433.


Inter cresce com o tempo

O Colorado abriu o confronto com novidades na escalação. Paulo Victor, recém-chegado do Botafogo, e Juan Cuesta, colombiano promovido da categoria júnior, iniciaram como titulares o duelo deste sábado, que também contou com Leo Borges na ponta-esquerda de ataque do Internacional.

Nos primeiros minutos de confronto, o Corinthians tentou fazer valer o mando de campo, e assustou com chegadas pelo corredor direito. A partir dos 15, porém, Edenilson e Mauricio passaram a construir tabelas envolventes, carregando o Inter para o campo de ataque. Pouco a pouco, o jogo ficava, primeiro, equilibrado, e, depois, sob controle do Colorado.

O melhor momento do Inter foi recompensado com gol. Na casa dos 35, Edenilson cobrou, com veneno, falta pela intermediária de ataque. A bola mirava Cuesta, mas o zagueiro foi atropelado por Jô. Pênalti, que SuperEd, preciso como sempre, bateu. Clube do Povo na frente, primeiro tempo encerrado.


Jogo intenso

Os papéis se inverteram na etapa final. Após o intervalo, foi o Clube do Povo quem retornou com maior volume ofensivo, pressão que encontrou seu melhor momento na casa dos 13 minutos, quando Patrick, de canhota, quase marcou o segundo para o Inter.

O correr dos minutos foi benéfico para o Corinthians, que adotou postura cada vez mais ofensiva a partir das mudanças de Sylvinho. De tanto martelar, o time da casa chegou ao empate aos 34, com Jô, em rebote de grande defesa do goleiro Daniel. O gol foi o último na noite paulista.


Primeiro tempo

1min – Fábio Santos escapa pela esquerda e cruza na segunda trave. Ninguém completa, e o Inter tem tiro de meta.

6min – DANIEL! Gustavo Silva escapa em veloz contra-ataque para o Corinthians, invade a área colorada e cruza rasteiro. Goleiro do Inter encaixa, seguro.

12min – Mateus Vital corta da esquerda para o centro e finaliza rasteiro. Para fora, oferece tiro de meta para o Inter.

17min – Edenilson e Mauricio tabelam na intermediária direita de ataque. Camisa 27 aciona Juan Cuesta, que tenta o cruzamento rasteiro. Antes de Yuri, Gil afasta pela lateral.

17min – Arriscou! Leo recebe na altura da quina esquerda da grande área e arrisca. Por cima, marcou presença do Inter no campo de ataque.

19min – MILAAAAAAAAAAAAGRE DE CÁSSIO! Mauricio lança Yuri nas costas da zaga, o camisa 11 dispara em altíssima velocidade, invade a área paulista e tenta cavar o goleiro adversário, que opera grande defesa. Na sequência do lance, auxiliar indica impedimento do atacante do Inter.

27min – Gustavo Silva invade a área colorada pela direta, corta para dentro e arrisca com a canhota. Bola sai com enorme perigo.

28min – UUUUUUH! Mauricio toma a iniciativa, progride até as cercanias da área rival e finaliza. A bola desvia em Fagner e quase engana Cássio, que consegue cair no contrapé a tempo de encaixar.

30min – Cuesta, em condição irregular, recebe de Mauricio e finaliza rasteiro. Cassio opera um milagre, mas o lance já estava anulado por condição irregular do colombiano colorado.

34min – Roni recebe o primeiro amarelo do jogo. Falta para o Inter.

35min – PÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊNALTI PARA O INTER! Edenilson levanta bola perigosíssima para a área paulista. A bola tinha a direção de Cuesta, que é atropelado por Jô.

39min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! EDENILSON, EDENILSON, EDENIIIIIIIIILSOOON! ELE NÃO BATE, ELE MARCA! ELE NÃO ERRA, ELE BRILHA! É GOL COLORADO, É DO INTER, É O CLUBE DO POVO NA FRENTE! Edenilson cobra alta, buscando o canto esquerdo de Cássio. Goleiro acerta o canto, mas é impossível buscar quando o camisa oito alvirrubro cobra!

Comemore o gol de Edenilson com a narração da Rádio Colorada

42min – Cuesta recebe o amarelo por falta em Vitinho.

43min – Mateus Vital bate a falta frontal por cima do gol colorado.

45min – Mais dois. Vamos a 47.

47min – Intervalo em Itaquera!


Segundo tempo

0min – Inter retorna com duas trocas. Patrick por Leo Borges, Johnny na vaga de Juan Cuesta.

1min – Jô recebe pela esquerda da área colorada e solta o canhotaço. Pra fora, mas com perigo.

11min – Sai Roni, entra Araos. Muda o Corinthians.

13min – PRA FOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOORA! Grande jogada do Clube do Povo! Mauricio recebe cruzamento da esquerda e faz o pivô para Patrick, que solta o canhotaço. Teimosa, a bola sai assoviando o poste direito de Cássio.

19min – PEEEEEEDROOO HEEEENRIIIQUE! Jô escapa pela direita, invade a área colorada e, de frente para Daniel, arremata. Zagueiro do Inter bloqueia a finalização no instante certo, com carrinho perfeito.

23min – QUE ESCAPADA! Yuri atravessa dois terços de campo em contra-ataque perigosíssimo para o Inter. Nas cercanias da grande área, camisa 11 serve Edenilson, que divide com Cássio. Por detalhe o meio-campista não devolve para o atacante!

25min – Luan entra, Vitinho sai. Marquinhos vem, Gustavo Silva vai. Sylvinho muda duas vezes.

34min – Jô pega rebote de grande defesa de Daniel e empata para o Corinthians.

35min – Vini Mello e Lucas Ribeiro entram. Yuri e Saravia saem.

37min – João Victor amarelado por falta em Lucas Ribeiro.

40min – Edenilson amarelado. Falta em Araos.

42min – Boschilia é novidade no Clube do Povo. Quem deixa o campo é Mauricio.

45min – Mais cinco. Vamos a 50.

50min – Jogo encerrado em Itaquera.


Ficha técnica:

Corinthians (1): Cássio; Fagner, João Victor, Gil e Fábio Santos; Victor Cantillo, Roni (Ángelo Araos) e Vitinho (Luan); Gustavo Silva (Marquinhos), Jô e Mateus Vital. Técnico: Sylvinho.

Internacional (1): Daniel; Renzo Saravia (Lucas Ribeiro), Pedro Henrique, Victor Cuesta e Paulo Victor; Rodrigo Dourado, Edenilson e Mauricio (Gabriel Boschilia); Juan Cuesta (Johnny), Yuri Alberto (Vinicius Mello) e Leo Borges (Patrick). Técnico: Diego Aguirre.

Gols: Edenilson, aos 39’/1ºT (I). Jô, aos 34’/2ºT (C).

Cartões amarelos: Roni e João Victor (C). Edenilson e Victor Cuesta (I).

Arbitragem: Marcelo de Lima Henrique (RJ), auxiliado por Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Márcia Bezerra Lopes Caetano (RO). Quarto árbitro: Adriano de Assis Miranda (SP). Árbitro de Vídeo (VAR): Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ). Auxiliar do VAR: Carlos Henrique Cardoso de Souza (RJ).

Estádio: Neo Química Arena, São Paulo (SP).

Inter se despede do Brasileirão Sub-17 com derrota

Celeiro recebeu o Athletico-PR neste sábado/Foto: Jota Finkler

O Sub-17 colorado foi superado por 2 a 1 pelo Athletico-PR, na tarde deste sábado (03/07), no Estádio Francisco Noveletto Neto. Rodriguinho marcou para o Inter na partida, válida pela nona e última rodada do grupo B do Brasileirão juvenil. Com o resultado, o Celeiro de Ases, dono de 11 pontos, encerra o Nacional na sétima colocação.

Sub-17 se despede do Brasileirão de 2021/Foto: Jota Finkler

Vazado logo cedo, no segundo minuto de jogo, o Inter precisou ser protagonista ao longo de toda etapa inicial. Dono da posse de bola, o Sub-20 colorado encurralou o adversário, que precisou jogar com as linhas bastante retraídas, e construiu considerável volume ofensivo diante dos paranaenses, embora insuficiente para buscar o empate.

Para além de arremates de longa distância, que até colocaram o goleiro adversário para trabalhar, as principais chances do Inter no primeiro tempo vieram pelas pontas. Primeiro, aos 15, Varjão invadiu a área do Athletico pela direita e, de chapa, finalizou na rede de fora. Depois, aos 45, Jhonatan Kauan recebeu pela esquerda, cortou para dentro e exigiu milagre de Mycael.

No segundo tempo, Inter insistiu pelos lados/Foto: Jota Finkler

O Inter encontrou novo caminho para pressionar no segundo tempo: os lados do campo, que valeram ao Celeiro seguidos cruzamentos assustadores para a defesa paranaense. Na principal jogada de flanco, Jonathan Robert fez fila pela direita e, quando o relógio indicava 31 minutos, cruzou rasteiro. Rodriguinho, invadindo a área pela esquerda, completou para as redes.

Uma vez mais, a igualdade no placar foi breve. Quatro minutos depois do empate colorado, o Athletico-PR retomou a dianteira do placar, desta vez com Lucca, que marcou olímpico. Nos minutos finais, Ariel Lanzini deixou o Inter ainda mais ofensivo, e o Clube do Povo seguiu em cima dos visitantes, mas o placar não votou a ser modificado.

Rodriguinho, com a bola, marcou para o Inter/Foto: Jota Finkler

Ficha técnica:

Internacional: Guilherme Lopes; Marcelo (Dodô), Samuel, Tiago Guth (Kauã Bastian) e Thauan Lara; Lukayan, Ghiven (Rodriguinho) e Robert; Guilherme Varjão, Carlison (Adriel) e Jhonatan Kauan. Técnico: Ariel Lanzini.

Gols: Emersonn, aos 3’/1ºT, e Lucca, aos 35’/2ºT (A). Rodriguinho, aos 31’/2ºT (I).

Arbitragem: Andressa Hartmann, auxiliado por Gustavo Marin Schier e Juarez de Mello Júnior. Quarto árbitro: Rafael Rodrigo Klein.

Estádio: Francisco Noveletto Neto.

Com direito a Edenilson defendendo o gol nos últimos minutos, Inter empata no Independência

O Clube do Povo empatou em 1 a 1 com o América-MG, na noite deste domingo (27/06), pela sétima rodada do Brasileirão. Na Arena Independência, Rodrigo Dourado marcou o gol colorado na partida, encerrada com Edenilson na meta alvirrubra, após lesão de Daniel.

O resultado deste domingo leva o Inter aos nove pontos na tabela. Agora, o Clube do Povo volta suas atenções para o Palmeiras, adversário na próxima quarta-feira (30/06). A partida, válida pela oitava rodada do Brasileirão, terá como palco o Beira-Rio.


Jogo amarrado

A primeira chance do jogo foi colorada, criada através de cruzamento da esquerda que Lucas Ramos ajeitou para Johhny finalizar. O arremate, desferido aos três minutos, assoviou o poste americano, mas saiu pela linha de fundo. Além desta oportunidade, contudo, não existiram outras incursões perigosas do Inter à defesa mandante.

De sua parte, o América-MG cresceu com o correr dos minutos. À medida que adiantou suas linhas, o time da casa tornou o confronto incômodo para o Inter, e acumulou oportunidades para a bola parada de Juninho Valoura. A partir de um cruzamento dele, Ribamar marcou, de cabeça, o único da etapa inicial.


Inter empata na raça

Diego Aguirre retornou para a etapa final com novidades no time colorado. Edenilson, Yuri Alberto e Pedro Henrique foram alçados a campo ainda no intervalo, enquanto Leo Borges foi promovido aos 10 minutos. As mudanças melhoraram a atuação do Clube do Povo, que passou a atuar com dois atacantes na linha de frente.

Vibrante e empenhado, o Inter correu muito em busca do empate. As primeiras oportunidades, construídas pela esquerda, não encontraram o gol por teimosia, superada em belíssimo chute de Dourado, após linda assistência de Edenilson, aos 33 da etapa final. Pouco depois, Daniel operaria dois milagres e, no segundo, após bolada no rosto, precisaria deixar o campo.

Sem trocas por realizar, o Inter precisou deslocar um atleta de linha para proteger a meta. Edenilson, que já atuara como goleiro em 2016, quando defendia o Gênoa-ITA, foi o escolhido. Durante sete minutos, o camisa oito vestiu a 42, e exibiu enorme segurança quando exigido, tranquilidade fundamental para a manutenção do empate em Belo Horizonte.


Primeiro tempo

3min – UUUUUUUUUUUUUUH! Após cruzamento da esquerda, Lucas Ramos ajeita para Johnny, que domina para a perna direita e finaliza colocado. Ela sai tirando tinta do poste americano. Quase o primeiro da noite!

6min – CORTA, CAVICHIOLI! Lucas Ramos cobra escanteio pela esquerda. Goleiro adversário, com um tapa, afasta o perigo.

13min – Bem, Daniel! Valoura bate escanteio fechado pela esquerda do ataque do Coelho. Fechada, a cobrança é cortada por Daniel.

15min – Em frente à grande área do América-MG, pela direita, Lucas Ramos arrisca. A bola é bloqueada pela marcação e volta até Johnny, que cruza fechado. Matheus encaixa.

29min – Por cima! Daniel espalma falta cobrada por Valoura para o meio da área. No rebote, Rodolfo emenda de primeira, mas manda sobre o travessão colorado.

33min – Ribamar, de cabeça, completa cruzamento de Valoura para as redes.

36min – Lucas Ribeiro recebe o amarelo por falta em Felipe Azevedo.

39min – Galhardo amarelado.

43min – Alan Ruschel é outro com nome na súmula. Amarelado após acertar Galhardo.

45min – Mais um. Vamos a 46.

46min – Intervalo em Belo Horizonte.


Segundo tempo

0min – Edenilson, Pedro Henrique e Yuri são novidades no Inter. Lucas Ramos, Johnny e Lucas Ribeiro deixaram o campo no intervalo.

5min – DANIEEEEEEEEEEEEEL! Ribamar sai cara a cara com Daniel e finaliza. Goleiro colorado sai muito bem do gol e defende.

7min – Eduardo advertido com cartão amarelo.

9min – UUUH! Mauricio recebe de Patrick e, pela quina esquerda da grande área americana, manda chute de direita. Forte demais, a bola sai levando perigo. Quase, quase!

10min – Ribamar marca para o América-MG, mas o lance é anulado por mão de Alan Ruschel na origem da jogada.

13min – Leo Borges entra, Patrick sai. Quarta troca no Inter.

13min – POR CIIIIIIIIIIIIIIMA! Mauricio escapa em velocidade pela esquerda, invade a área rival e cruza rasteiro, para trás. Livre, Galhardo finaliza de canhota, mas a bola toma muita força.

17min – UUUH! Heitor escapa bem pela direita e cruza na altura da marca do pênalti. Antes de Galhardo, que teria meta aberta, Cavichioli sai do gol.

18min – QUASE OLÍMPICO! Edenilson cobra escanteio fechado pela esquerda, ela quase encobre Cavichioli, mas o goleiro consegue tapa providencial.

24min – UH! Cuesta cruza da esquerda, Dourado sobe bem, mas Cavichioli encaixa.

30min – Heitor, de longe, arrisca. Quicando, a bola complica Cavichioli, mas o goleiro defende.

31min – QUE GOLAAAAAAAAAAAAAAAAAAÇO! QUE PINTUUUUUUUUUURA! É GOOOOOOOOOL! DOURAAAAAAADO! DOURAAAAAAAADO! É DO CAPITÃO COLORADO! Galhardo recupera a bola no campo de ataque, Dourado fica com a sobra e deixa de letra para Mauricio. O camisa 27 estica até Yuri, e dele a posse chega em Edenilson, que aciona, de primeira, Dourado. Camisa 13 do Clube do Povo manda um chutaço no ângulo rival. Pintura!

A narração da Rádio Colorada para o gol de Edenilson

37min – Sabino vem, Zé Ricardo sai. Bruno Nazário entra, Toscano é sacado. Kawê também é novidade, na vaga de Azevedo. Mudanças no América-MG.

37min – Vinicius Mello é novidade no Clube do Povo. Camisa 29 substitui Galhardo.

39min – POR CIIIIIMA! Vini Mello recebe cruzamento da direita e desvia de cabeça. Foi por detalhe que não entrou.

41min – MILAAAAAAAAAAAGRES DE DANIEL! Eduardo cruza da direita para Kawê, que testa para baixo. Goleiro colorado opera um milagre, a bola sobre com o América-MG e o atacante rival, uma vez mais, tem oportunidade clara à disposição após invadir a área pela esquerda. De frente com o arqueiro, ele finaliza no rosto do 42 do Inter.

44min – Carlos Alberto entra no Coelho. Sai Rodolfo.

45min – Mais nove. Vamos a 54.

51min – Dolorido após defesa com o rosto, Daniel recebe atendimento do DM colorado.

55min – Edenilson assume o gol. Daniel não tem condições de permanecer.

59min – EDENIIIIIIIIIIIILSON! Eduardo cruza da direita, e o novo goleiro colorado encaixa com segurança, debaixo das traves.

60min – UUUUUUUUUUUUUUUUH! Mauricio vai ao fundo pela esquerda e cruza aberto. Na segunda trave, Dourado cabeceia, mas manda por cima.

61min – Edenilson recebe o amarelo por reclamação.

62min – FIM DE JOGO NO INDEPENDÊNCIA.


Ficha técnica:

América-MG (1): Matheus Cavichioli; Eduardo, Eduardo Bauermann, Anderson e Alan Ruschel; Zé Ricardo (Sabino) e Juninho Valoura; Marcelo Toscano (Bruno Nazário), Felipe Azevedo (Kawê) e Ribamar; Rodolfo (Carlos Alberto). Técnico: Vagner Mancini.

Internacional (1): Daniel; Renzo Saravia, Lucas Ribeiro (Pedro Henrique), Victor Cuesta e Heitor (Leo Borges); Rodrigo Dourado, Johnny (Edenilson) e Mauricio; Lucas Ramos (Yuri Alberto), Thiago Galhardo (Vinicius Mello) e Patrick (Leo Borges). Técnico: Diego Aguirre.

Gols: Ribamar, aos 33’/1ºT (A). Rodrigo Dourado, aos 31’/2ºT (I).

Cartões amarelos: Lucas Ribeiro, Edenilson e Thiago Galhardo (I). Alan Ruschel e Eduardo (A).

Arbitragem: Braulio da Silva Machado (SC), auxiliado por Kleber Lucio Gil (SC) e Henrique Neu Ribeiro (SC). Quarto árbitro: Ronei Cândido Alves (MG). Árbitro de Vídeo (VAR): Rodrigo Carvalhães de Miranda (RJ). Auxiliar do VAR: Silbert Faria Sisquim (RJ).

Estádio: Arena Independência, Belo Horizonte (MG).