Daniel analisa período de preparação do elenco

Sem ir a campo desde o último dia 29 de agosto, o Clube do Povo iniciou, na segunda-feira passada (06/09), sua segunda semana consecutiva de preparação para o duelo contra o Sport. Guardião da meta colorada, o goleiro Daniel analisou o período de treinos em entrevista exclusiva para o Canal do Inter, além de projetar a partida válida pela 20ª rodada do Brasileirão, primeira do returno.

“Uma semana boa, a gente precisava desses treinamentos, precisava dessa semana para descansar e trabalhar, melhorar a parte física e a técnica. Segunda-feira, temos um jogo importante. O time do Sport precisa vencer para sair da zona, e a gente precisa vencer para chegar em G4.”

Daniel

Em caso de resultado positivo na Ilha do Retiro, o time de Diego Aguirre ampliaria sequência invicta que já dura cinco jogos. Atualmente na 11ª colocação, porém, Daniel sabe que o bom momento só terá resultado prático em caso de continuidade do trabalho realizado, sempre pautado pelo foco no jogo a jogo.

“Estamos há cinco jogos sem perder, o que é uma coisa boa,

mas agora é trabalhar.

Temos a semana cheia, e é no jogo a jogo,

tentando pontuar o máximo possível.”

Daniel

Não são apenas coletivos os feitos celebrados por Daniel. Titular da meta colorada desde a terceira rodada do Brasileirão, o goleiro está cada vez mais consolidado no time de Diego Aguirre, posição atingida graças à segurança que exibe debaixo das traves. A boa fase individual, contudo, é tida, pelo arqueiro, como mera consequência do empenho exibido por todos os companheiros de equipe.

“Para mim, é sempre bom jogar. Quanto mais vai jogando, mais vai criando confiança, experiência, uma coisa que eu precisava. Cada jogo é uma final para mim, com concentração e foco em dar o melhor sempre. É importante não sofrer gols, mas a defesa começa lá na frente, no Yuri, no Taison. Todo mundo ciente que tem que marcar e atacar. A semana foi boa para a parte ofensiva e a defensiva.”

Daniel

O Clube do Povo enfrenta o Sport na próxima segunda-feira (13/09), às 18h15, na Ilha do Retiro. Embora a partida integre a rodada 20, ela será a 19ª disputada pelo Inter no Brasileirão, uma vez que o confronto diante do Bragantino, que encerraria o primeiro turno, foi adiado em virtude da convocação de Edenilson para a Seleção Brasileira.

Daniel está próximo de completar um turno como titular do Inter/Foto: Ricardo Duarte

Daniel projeta jogo contra o Fluminense

A sexta-feira (13/08) foi de trabalhos fortes no CT Parque Gigante, à medida que o Clube do Povo intensifica os preparativos para o duelo do próximo domingo (15/08), quando recebe o Fluminense. Exatamente sobre a partida, que ocorre, no Beira-Rio, a partir das 20h30, o goleiro Daniel conversou com o Canal do Inter após mais um dia de atividades.

“Todos os jogos do Brasileiro são difíceis, mas estamos focados, treinando muito. A gente teve uma semana toda para trabalhar e focar na competição, pois precisamos da vitória.”

Daniel

Partida seguinte à histórica goleada da rodada passada, que presenciou atuação maiúscula do Inter, vitorioso por 4 a 0 diante do Flamengo, o confronto com o Fluminense oferece ao Colorado uma importante chance de afirmação na temporada. Perguntado a respeito do diferencial apresentado pelo time no Maracanã, Daniel destacou a mentalidade apresentada contra o Rubro-Negro.

“Concentração! A gente entrou, no jogo contra o Flamengo, com a mentalidade de vencer. Com um espírito vencedor. Acho que, não só para o Fluminense, mas em todas as partidas, é importante termos essa mentalidade, de querer ganhar o jogo. É focar, ter concentração do começo até o final, porque a vitória é muito importante para nós.”

Daniel

É natural: uma goleada sempre nos induz a analisar o ataque. Se a linha de frente colorada esteve mortal no domingo passado (08/07), porém, também a defesa se saiu muito bem para neutralizar um rival poderoso. Daniel, com inúmeros milagres, foi um dos destaques do Inter no Maracanã, e confidenciou a alegria sentida pela atuação que construiu no Rio.

“Jogo contra o Flamengo foi um dos melhores que eu fiz aqui no Inter. Venho trabalhando muito forte, e precisava de uma atuação dessas, principalmente com a vitória, que é muito importante. Agora, é continuar, porque domingo tem outro jogo importante para sair com a vitória.”

Daniel

O futebol é um fenômeno social capaz de despertar engajamento ímpar na sociedade mundial, com especial destaque para a brasileira. Consciente do papel de influência que exerce junto a milhões de colorados e coloradas, Daniel deixou um importante recado para a torcida vermelha, não sobre segurança no campo, mas, sim, na vida.

“A vacina vem num momento bom para a sociedade, para todos nós.

Nessa semana, tivemos vários companheiros, atletas, vacinados.

É importante se prevenir dessa doença.”

Daniel

Inter renova com Daniel

O Sport Club Internacional comunica que renovou o contrato com o goleiro Daniel. Oriundo do Celeiro de Ases, o arqueiro estendeu seu vínculo com o Clube até dezembro de 2023. Na temporada 2021, Daniel já realizou 17 partidas, tendo destaque nos jogos do Brasileirão e fazendo a sua estreia na Copa Libertadores da América. Ao todo, já entrou em campo vestindo a camisa colorada 26 vezes.

O camisa 42 da equipe se mostrou muito orgulhoso com a renovação: “Estou muito feliz em renovar meu contrato com esse clube gigante. Há 10 anos visto essa camisa com muita gana e alegria. Aqui me sinto em casa e, junto dos meus companheiros, espero conquistar muitas coisas pelo Inter”, afirmou.

Bastidores: Inter 1×0 Juventude

Com gol de Guilherme Pato, o Inter bateu o Juventude e arrancou com vitória no Gauchão 2021! E o Canal do Inter te mostra os bastidores desta arrancada com o pé direito!

Pós-jogo: repercussão da vitória na estreia do Gauchão

O Clube do Povo abriu a temporada de 2021 com vitória! No Beira-Rio, Guilherme Pato marcou o único gol da partida contra o Juventude, válida pela primeira rodada do Gauchão. Após o jogo, Fábio Matias, técnico, e Paulo Bracks, diretor executivo, concederam entrevista coletiva. Confira as principais aspas:

“Acredito que mais importante do que a vitória é a questão do comprometimento, a conduta desses atletas jovens dentro do jogo de hoje. É uma das coisas mais fundamentais dentro do que a gente gostaria que ocorresse. Essa postura tem que ser valorizada. Isso, futuramente, vai ajudar o processo desses atletas na transição para o profissional.”

Fábio Matias

“É muito importante a gente poder dar oportunidade para esses atletas e eles agarrarem com uma minutagem muito qualificada. Eu não posso cravar, mas acredito que deve ser o time mais jovem do Internacional em um jogo de uma competição profissional, ou um dos mais. Isso evidentemente tem reflexo no futuro.”

Paulo Bracks

Autor do gol da vitória, Pato conversou, ainda na orla do Beira-Rio, de maneira exclusiva com a Mídia do Inter. O artilheiro da noite destacou toda sua emoção por balançar as redes do Gigante e marcar pela primeira vez com a camisa colorada. Confira:

Capitão do Inter nesta segunda-feira (01/03), Daniel também conversou com as redes sociais coloradas após o jogo. O goleiro, que operou grandes defesas ao longo da partida, comemorou o triunfo e compartilhou os créditos da boa atuação com a comissão técnica. Assista:

Dia do Goleiro: a dinastia de craques de luvas no Clube do Povo

Manga e Clemer, dois dos maiores goleiros da história colorada

Há quem diga que o goleiro é o maior estraga-prazeres do futebol. Infeliz posição, trataria-se do responsável por impedir o tão festejado gol, condenado a atuar no único recorte do campo onde a grama não nasce, entregue às lesões nos inchados quadris e calejados dedos. Este pensamento, certamente, não é compartilhado pela Maior e Melhor Torcida do Rio Grande.

Seja revelando verdadeiros paredões ou contratando craques da baliza, o Clube do Povo sempre viu sua meta protegida por nomes prestigiados no futebol. Mais do que isso, não são poucos os arqueiros presentes no seleto rol de ídolos eternos do Inter, dono de tradição rica e quase secular, como comprovam as figuras de Ivo Winck e Milton Vergara, respectivos goleiros das históricas formações de Rolo Compressor e Rolinho.

Conhecido como ‘Escola de Goleiros’, o Celeiro de Ases já revelou grandes nomes da posição. Camisa 1 colorado entre as temporadas de 1968 e 1970, octacampeão gaúcho pelo Inter, Schneider é um exemplo, assim como Gilmar, medalha de prata nas Olimpíadas de 1984, Taffarel, protagonista no tetracampeonato mundial do Brasil, Alisson, atual titular da Seleção Brasileira, além de outros selecionáveis, vide André e Renan. A herança, é bom lembrar, segue sendo honrada, fato constatado nas presenças de Daniel e Keiller, formados nas categorias de base do Clube, dentro do grupo profissional vermelho, onde, a cada oportunidade recebida, demonstram enorme potencial.

É igualmente impossível esquecer daqueles que, embora revelados por outros clubes, marcaram época no Colorado gaúcho. Clemer, com seus milagres que ajudaram a conquistar a América e o Mundo, Benítez, titular no inigualável título brasileiro invicto de 1979, e Gato Fernández, arrojado camisa 1 da gloriosa campanha da Copa do Brasil de 1992; são alguns deles. Além, é claro, do saudoso Manga, principal homenageado deste domingo (26/04).

Haílton Corrêa Arruda nasceu no dia 26 de abril de 1937 em Recife, capital pernambucana. Começou sua carreira em 1955, no Sport, e de lá seguiu para o Botafogo. No Rio, Manga era o primeiro nome do estrelado alvinegro que contava com Nilton Santos, Didi, Garrincha, Zagallo e Amarildo. Suas grandes atuações chamaram a atenção de Vicente Feola, técnico da Seleção, que o convocou para a Copa do Mundo de 1966. Três anos depois, transferiu-se para o Nacional, de Montevidéu, onde permaneceu até ser contratado pelo Inter, em 1974.

Em Porto Alegre, Manga fez história. Bicampeão brasileiro, três vezes vencedor do Campeonato Gaúcho, encantou colorados e coloradas por seu gigantismo debaixo das traves. Magistral na defesa de cobranças de falta, excelente nas reposições, preciso para não ser enganado pelos chutes mais venenosos, Manguita pode se orgulhar de ter sido praticamente perfeito durante os anos em que defendeu o Clube do Povo. Foi nesta época, mais precisamente em 1976, que teve seu maravilhoso currículo recompensado com a oficialização do Dia do Goleiro na data de seu aniversário. Uma homenagem justa a um dos maiores arqueiros da história do país, que hoje completa 83 anos.

Conheça alguns dos milagres de Manga

Atualmente, o Inter segue se destacando na posição. Movidos pela responsabilidade de estar à altura da extensa lista de craques que já defenderam a meta colorada, Daniel Pavan e Durge Vidal, responsáveis pela preparação de goleiros profissionais do Clube, têm desempenhado grande trabalho, nacionalmente reconhecido pelos frutos que já foram colhidos.

Marcelo Lomba, hoje o titular colorado, foi eleito, em mais de uma votação, o melhor goleiro do Brasileirão de 2018. Danilo Fernandes, por sua vez, chegou a ser convocado para a Seleção Brasileira no início de 2017, após se destacar com a camisa do Inter no ano anterior, e goza da confiança da Maior e Melhor Torcida do Rio Grande, assim como Daniel e Keiller. Assim, o Clube do Povo segue comprovando a máxima de que todo grande time começa por um grande goleiro!