Gurias são vice-campeãs do Brasileirão Sub-16

Gurias enfrentaram o Corinthians na manhã deste domingo/Foto: Adriano Fontes, CBF

As Gurias Coloradas decidiram, na manhã deste domingo (04/07), o Brasileirão Sub-16. Com gol de Tainá Maranhão, o Clube do Povo empatou em 1 a 1 com o Corinthians, no tempo normal, mas foi superado por 4 a 2 nos pênaltis. O resultado deixa o Inter com o vice-campeonato do torneio.


Gurias largam na frente

Primeiro tempo foi encerrado com vitória colorada/Foto: Adriano Fontes, CBF

Foi o Inter quem começou melhor a partida, apostando na velocidade do seu trio de ataque para sobrecarregar a defesa paulista. Aos poucos, o Corinthians, de muita força física, cresceu no jogo, e passou a incomodar com seguidas bolas alçadas na área vermelha. À evolução rival, David da Silva respondeu invertendo as pontas coloradas.

Dos 15 minutos em diante, Maranhão assumiu a direita e Gaby Tomé partiu para a esquerda. No novo corredor, Tainá atordoou a lateral Gabi Medeiros, que nada pôde fazer quando, aos 20, a camisa 11 colorada invadiu a área em velocidade e cruzou rasteiro para Bruna Wink. Letal, a meio-campista finalizou no ângulo, precisa, para abrir a conta.

Em vantagem, as Gurias passaram a controlar o ritmo do duelo. Cadenciada, a partida seguiu sem novas emoções até o intervalo, embora o Inter já apresentasse maior disposição aos contra-ataques, sempre com a inteligência de evitar a presença ofensiva das paulistas, sedentas pro centímetros no campo de ataque.

Maranhão e Guta comemoram o gol colorado/Foto: Adriano Fontes, CBF

Rival empata

As Gurias não ampliaram após o intervalo por pura teimosia da bola. Logo aos três, Locatelli recebeu de Berchon e arriscou bonito chute, que passou perto. Dois minutos depois, Maranhão invadiu a área paulista em altíssima velocidade e finalizou para milagre da goleira Nanda. O gol parecia iminente, mas, por caprichos do futebol, ele saiu na goleira colorada.

Rival empatou com gol de cabeça/Foto: Adriano Fontes, CBF

Aos seis, Vick levantou na área colorada, na medida para Duda Mineira empatar. A partir do gol, a tensão tomou conta do jogo, que seguiu bastante truncado até os últimos instantes. Desgastadas pela intensa maratona dos últimos dias, as duas equipes bem que tentaram, mas ninguém conseguiu voltar a modificar o escore. Assim, a decisão seguiu para as penalidades.


Pênaltis:

Gurias fizeram grande campanha/Foto: Adriano Fontes, CBF

1-0: GOLAÇO! Amanda Locatelli abre as cobranças com enorme qualidade.

1-1: Duda converte para o Corinthians.

1-1: Nanda defende a cobrança de Tayla.

1-2: Stefanie coloca o Corinthians na frente.

1-2: Berchon manda para fora.

1-3: Gabi Silva converte a terceira das paulistas.

2-3: GOL! Mai desloca Nanda e mantém o Inter vivo.

2-4: Isa Morais marca e garante o título para o Corinthians.

Brasileirão Feminino Sub-16 foi encerrado neste domingo/Foto: Adriano Fontes, CBF

Ficha técnica:

Internacional (1)(2): Brito; Borges, Maiara, Guta e Erica; Bruna Wink (Tayla), Locatelli e Berchon; Gaby Tomé, Clarinha e Maranhão. Técnico: David da Silva.

Corinthians (1)(4): Nanda; Áhlice, Sabrina, Duda e Gabi Medeiros (Dayse); Cabral (Stefanie), Julia Brito e Vick; Laysla, Gabi Silva e Manu Olivan. Técnica: Daniela Alves.

Gols: Bruna Wink, aos 20’/1ºT (I). Duda Mineira, aos 6’/2ºT (C).

Cartão amarelo: Duda Kroth e Amanda Locatelli (I).

Arbitragem: Adriano de Assis Miranda, auxiliado por Fabrini Bevilaqua Costa e Marcela de Almeida Silva. Quarto árbitro: Flávio Roberto Mineiro Ribeiro.

Estádio: Walter Ribeiro-SP

Fotos: Gre-Nal 431

Clube do Povo recebe o maior rival na partida de abertura da decisão do Rio Grande do Sul. Confira as imagens do confronto:

Gurias largam em desvantagem na final do Brasileirão Sub-18

Fotos: Mariana Capra

As Gurias Coloradas abriram com derrota a decisão do Campeonato Brasileiro Sub-18. No Estádio das Laranjeiras, o Internacional foi superado por 2 a 1 pelo Fluminense, na manhã deste sábado (13/03), em partida que contou com gols de Sabrina e Lara, para as mandantes, e Liriel, do lado vermelho. Com o resultado, o Clube do Povo precisa da vitória no jogo de volta, resultado que levaria a definição do título para os pênaltis.


Primeiro tempo quente

A primeira etapa correu dividida em três fases, delimitadas pelas duas paradas técnicas realizadas em decorrência do intenso calor nas Laranjeiras. Nos 15 minutos de abertura do confronto, o Fluminense tomou as rédeas da partida e pressionou as Gurias Coloradas. Sedento para assumir a dianteira do placar, o Tricolor encontrou seu gol – ilegal, pois na origem da jogada a bola cruzou a linha de fundo – aos 9. Inabaláveis, as atletas do Clube do Povo responderam ao tento com bola nas redes, enviada por Liriel em venenosa cobrança de falta.

Entre a parada primeira, iniciada aos 15, e a segunda, aberta aos 30, o duelo presenciou maior equilíbrio. Concentrada no meio de campo, a posse seguiu maior de parte do Fluminense, dono dos rebotes, mas inoperante nos dois lados. Fortes pelas pontas, as Gurias Coloradas esperavam por espaços que servissem à dupla Bia e Eduarda, vazios que surgiram nos 10 minutos finais, mas não em quantidade suficiente para nova modificação no placar.


Segundo tempo truncado

O Fluminense repetiu o roteiro do início da partida nos minutos que sucederam o intervalo. Ainda maior, contudo, o calor prejudicou o correr do confronto, que foi disputado de maneira cada vez mais truncada, marcado por erros consecutivos e paralisações acumuladas. Já nos acréscimos, a vontade carioca foi recompensada com gol de Lara, em açucarada cobrança de falta que valeu a vantagem para os locais.


Melhores momentos – primeiro tempo

6min – Gabi! Lara invade a área colorada pela esquerda e finaliza rasteiro. Goleira vermelha faz defesa segura.

8min – Inter pressiona a saída de bola tricolor! Primeiro, Mileninha antecipa a saída de bola adversária e deixa com Eduarda, que finaliza rasteiro para defesa de Ravena. Na sequência, Bia é a ladra, e invade a área rival em velocidade. Tarciane trava, providencial.

9min – Luany avança pela esquerda e cruza rasteiro. A bola sai pela linha de fundo, mas a arbitragem não assinala. Gabi Barbieri salva após arremate de Carolina, mas Kailane fica com a sobra, briga com a zaga e vê Sabrina finalizar forte. Time da casa na frente.

10min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É DAS COLORADAS, GURIAS COLORADAS! GOL! GOL! GOL! GOL! Liriel cobra falta pela direita da intermediária de ataque do Internacional. A bola desvia na zaga tricolor e morre no fundo das redes de Ravena. Tudo igual nas Laranjeiras!

15min – Parada técnica para hidratação.

18min – Reiniciada a partida.

21min – UH! Bia pega a sobra de corte parcial da defesa adversária e finaliza por cobertura. Bola sai tirando tinta do poste tricolor.

24min – Uh! Bia cruza da direita buscando Mileninha, que divide com Ravena, mas a goleira consegue o corte.

30min – Nova parada técnica. Calorão forte no Rio de Janeiro.

33min – Reiniciada a partida.

36min – Liriel recebe o amarelo por falta em Kailane.

38min – TRAVA A ZAGA! Mileninha é lançada por Eduarda, corta da esquerda para dentro e finaliza colocado. Núbia, providencial, bloqueia.

40min – Mais cinco minutos de acréscimos. Vamos até 45.

42min – BLITZ COLORADA! Eduarda tabela com Mileninha e vai ao fundo. A defesa trava o cruzamento, mas Bia consegue a recuperação e investe pela direita. Trava a zaga.

44min – GABI! Goleira colorada sai do gol de maneira providencial e interrompe contra-ataque carioca.

44min – UHHHH! O trio de ataque conversa! Bia cruza, Mileninha faz o giro e serve Eduarda, que finaliza de primeira. Ravena encaixa.

45min – Encerrada a primeira etapa.


Segundo tempo

0min – Gurias Coloradas retornam com mudança. Vem Maranhão, sai Eduarda.

1min – LIRIEL! Kailane tabela com Luany, que vai ao fundo e cruza rasteiro. Carolina recebe na pequena área e, de primeira, finaliza, mas o desvio na lateral-esquerda do Inter é fundamental para a saída da bola em escanteio.

9min – Luany recebe na área colorada, corta para a direita e finaliza com desvio. Novo corner para as cariocas.

10min – UH! Quase, quase! Bia escapa pela direita e cruza. Milena ajeita e Mai, pela esquerda, domina engatilhando o arrematem, mas é travado pela zaga. Foi por pouco!

15min – Trocas dos dois lados. No Inter, entra Yasmin na vaga de Berchon. Pelo Fluminense, a novidade é Duda Calazans, que substitui Sabrina.

15min – Parada técnica.

18min – Partida reiniciada.

18min – Bia recebe o amarelo.

24min – Amarelo para Tarciane, falta forte em Maranhão.

28min – CARTÃO! Kailane impede promissor contra-ataque puxado por Maranhão. Amarelada!

30min – Parada para reidratação!

34min – Reiniciado o confronto.

35min – Muda o Fluminense. Larissa por Kailane.

36min – Troca no Inter! Maiara dá lugar a Mafê.

39min – Larissa recebe na entrada da área colorado, domina no peito e finaliza. Forte demais, a bola sai por cima.

40min – Mais seis. Vamos a 51.

42min – Lara cobra falta da direita da intermediária de ataque do Fluminense, a bola corre viva até a área colorada e morre nas redes vermelhas.

45min – Três trocas no Clube do Povo. Bia, Mileninha e Duda Flores são as saídas, enquanto Mari Barbieri, Maju e Thalita entram.

47min – Encerrada a partida.


Ficha técnica:

Fluminense (2): Ravena; Andressa, Tarciane, Núbia e Leandra; Luany, Sabrina (Duda Calazans), Luiza Travassos, Lara e Kailane (Larissa); Carolina. Técnico: Filipe Torres.

Internacional (1): Gabi Barbieri; Susan, Guta, Duda Flores (Mari Barbieri) e Liriel; Kamila, Maiara (Mafê) e Berchon (Yasmin); Eduarda (Maranhão), Mileninha (Maju) e Bia (Thalita). Técnico: Fábio Sanhudo.

Gols: Sabrina, aos 9 minutos do primeiro tempo, e Lara, aos 42 minutos do segundo tempo (F). Liriel, aos 10 minutos do primeiro tempo (I).

Cartões amarelos: Tarciane e Kailane (F). Liriel e Bia (I).

Arbitragem: Rejane Caetano da Silva, auxiliada por Fabiana Nobrega Pitta e Beatriz Geraldini de Sousa.

Estádio: Laranjeiras-RJ.

Edenilson: “Estamos confiantes em um grande jogo”

Antes de embarcar para o jogo decisivo com o Flamengo, no Rio, Edenilson falou com o Canal do Inter. Assista!

Coletiva: Patrick fala sobre duelo de domingo no Maracanã

De volta ao time depois de cumprir suspensão, Patrick projetou o duelo decisivo contra o Flamengo, domingo (21/2), no Maracanã, pela penúltima rodada do Brasileirão. Assista no Canal do Inter!

CAMPEÃS! Gurias Coloradas vencem Gre-Nal por 2 a 1 e conquistam o Gauchão Feminino!

Capitã Bruna Benites ergue a taça!/Foto: Mariana Capra, Internacional

CAMPEÃS! BICAMPEÃS CONSECUTIVAS! ENEACAMPEÃS NA HISTÓRIA! As Gurias Coloradas derrotaram o Grêmio por 2 a 1, na manhã deste domingo (20/12), e conquistaram o Gauchão Feminino de 2020. Disputado a partir das 10h na Arena Cruzeiro, em Cachoeirinha, o clássico Gre-Nal contou com gols de Djeni e Byanca Brasil, para o Inter, e Pri Back, para o rival. VAMO, GURIAS!


Gurias protagonistas

Djeni Becker comemora o bonito primeiro gol colorado/Foto: Mariana Capra, Internacional

Os movimentos iniciais de partida foram disputados em ritmo extremamente elevado. Postadas no campo ofensivo e apertando a saída de bola rival, as Gurias Coloradas criaram sua primeira oportunidade logo aos dois minutos, quando Ju Ferreira exigiu milagre de Lorena. A arqueira adversária seguiu brilhando ao longo da dezena de abertura do confronto, ao mesmo tempo em que suas estonteadas companheiras apostavam no rodízio de faltas para conter a intensidade do Clube do Povo.

A narração da Rádio Colorada para o testaço de Djeni:

Sport Club Internacional · Rádio Colorada | Gol Byanca Brasil: Inter 2 x 1 Grêmio – Final Gauchão Feminino

Com o passar do tempo, o Grêmio entendeu que, às adiantadas linhas do Clube do Povo, a melhor resposta seria apostar na movimentação de Marta, que passou a pedir por passes em profundidade com o objetivo de sobrecarregar a segura dupla de zaga colorada. As oportunidades mais claras, então, saíram na casa dos 20 minutos. Primeiro, quem assustou foi o rival, mas Gisseli teve seu arremate travado, em cima da linha, por Naná. Depois, aos pontuais 28, quem chegou foi o Inter. Mari lançou Rafa, que disparou pela esquerda e cruzou na medida para a elemento surpresa Djeni abrir o placar.

Camisa 8 encerrou o Gauchão com cinco gols/Foto: Mariana Capra, Internacional

Atingida a casa de meia-hora de partida, o ritmo do confronto foi consideravelmente reduzido, fruto do crescente calor em Cachoeirinha. Ensolarada, a exuberante Arena Cruzeiro presenciou, inclusive, algumas interrupções para atendimento de atletas desgastadas com a temperatura. Enquanto os termômetros subiam, o placar se manteve estável, e um parcial 1 a 0 foi mantido até o intervalo.


CAMPEÃS!

Abraçada por Julia, Byanca comemora o segundo do Inter/Foto: Mariana Capra, Internacional

Após cinco minutos de aparente marasmo, o Clube do Povo logo tomou as rédeas da partida também no segundo tempo. A movimentação de Shashá, de novo, esgotou a marcação adversária, que aos oito minutos não conseguiu acompanhar a craque Byanca Brasil. Caindo pela esquerda, a camisa 9 tentou duas vezes para marcar um golaço e ampliar a vantagem no marcador.

Confira o gol de Byanca na narração da Rádio Colorada:

Sport Club Internacional · Rádio Colorada | Gol Byanca Brasil: Inter 2 x 1 Grêmio – Final Gauchão Feminino

O domínio colorado, embora atrapalhado pelo intenso calor, foi continuado após o tento da artilheira do torneio, que chegou aos seis no Estadual. Técnica gremista, Patrícia Gusmão até realizou mudanças que se desdobraram em time cada vez mais ofensivo, mas as novidades foram muito bem decifradas por Maurício Salgado.

Craque foi a artilheira do Gauchão: seis gols/Foto: Mariana Capra, Internacional

Com suas mudanças, a exemplo da entrada de Leidi, o comandante alvirrubro encaixotou o rival. Apenas em rara escapada fruto de erro na saída de bola colorada, Sinara sofreu pênalti que Pri Back converteu, descontando para as gremistas.

A proximidade no placar acendeu alerta definitivo no Clube do Povo, que passou os 10 últimos minutos de partida no campo de ataque, bombardeando a goleira Lorena, figura fundamental para impedir novos gols das Gurias Coloradas. Aos 51 minutos, Leandro Vuaden apitou pela última vez e confirmou: o Rio Grande é do time feminino do Clube do Povo!

Foto: Mariana Capra/Internacional

Melhores momentos – primeiro tempo

2min – SAAAAAALVA, LORENA! Após pressão na saída de bola adversária, Ju fica com a posse e, da entrada da grande área, solta a bomba. Goleira gremista opera o primeiro milagre do jogo.

4min – Pri Back recebe o amarelo por pontapé em Djeni.

6min – Lorena segura! Mari Pires domina na entrada da grande área, pela direita, e finaliza rasteiro. Nova intervenção da arqueira azul.

8min – Cartão amarelo para Bruna Benites. Falta em Marta.

8min – Tiro de meta! Eudimilla bate bem, a bola encobre a barreira, mas vai pela linha de fundo.

9min – MILAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAGRE! QUE JOGADA DE SHASHÁ! Camisa 7 desarma no campo de ataque, costura da direita para a esquerda e, nas cercanias da grande área, manda o canhotaço. A bola tinha endereço, o ângulo, mas Lorena dá linda ponte para salvar as azuis.

15min – Kemelli! Marta é lançada nas costas da marcação colorada e, percebendo as boas condições da atacante rival, goleira alvirrubra deixa a meta para cortar o perigo.

18min – CANTO BOLA! Byanca Brasil serve Mari Pires, que não consegue a finalização. Sinara afasta mal, ela volta com Mari, e a camisa 10 deixa com Djeni, que finaliza travada. Escanteio para o Inter.

20min – É LÁ E CÁ! Rebeca vai ao fundo pela esquerda e cruza rasteiro para Marta. Kemelli abafa a centroavante, mas a sobra, com o gol aberto, é de Gisseli, que finaliza. Salvadora, Naná trava e, após confusão, a sobra é de Fabi, que dispara em velocidade. Como fizera Pri Back mais cedo, Sinara dá um pontapé na colorada e recebe o amarelo.

28min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É DO CLUBE DO POVO, É DA ACADEMIA DO POVO, É DAS COLORADAS QUE TANTO ALEGRAM NOSSO CORAÇÃO! DJENI, DJENI, DJENI! Mari Pires serve excelente passe em profundidade para Rafa Travalão, que vai ao fundo pela esquerda e levanta com açúcar, carinho, esmero, na entrada da área pequena gremista. Elemento surpresa, Djeni Becker aparece livre, leve e solta e manda um testaço para as redes. AS GURIAS ESTÃO NA FRENTE!

42min – Djeni recebe o amarelo por conter contra-ataque gremista.

45min – Vamos até 48. Mais três.

47min – Devido a tempo de paralisação para atendimento de Naná, Vuaden acrescenta mais um minuto aos acréscimos. Vamos a 49.

49min – Intervalo de partida. Vitória parcial do Clube do Povo!

Mari Pires foi fundamental na jogada do primeiro gol/Foto: Mariana Capra, Internacional

Segundo tempo

0min – Gurias Coloradas retornam com novidade. Julia entra na vaga de Mari.

7min – NA TRAVE! Naná desarma Sinara, dispara pela esquerda, vai ao fundo e cruza rasteiro. O montinho artilheiro atrapalha, e Lorena quase manda contra o próprio patrimônio.

8min – SALVA, LORENA! Ana Alice é entortada por Shashá que, dentro da área, finaliza colocado, de canhota. Defende a goleira.

8min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É DO INTERNACIONAL! É DO CLUBE DO POVO! É DAS GURIAS COLORADAS! É DA MINHA 9, QUE É ARTILHEIRA E BRABA! Julia aciona Byanca Brasil. Inteligente, a centroavante, que caía pela esquerda, invade a grande área e chuta cruzado. O arremate é travado, mas a craque alvirrubra fica com a sobra, deixa a zagueira no chão e, de frente para a meta, manda no ângulo. Golaço!

12min – NO TRAVESSÃO! Shashá dispara pela direita, supera Rebeca e, rente à linha de fundo, cruza fechado. A bola explode no poste superior e sai em tiro de meta para as rivais.

16min – Muda o Grêmio. Entra Ju Oliveira, sai Rebeca.

17min – NANÁÁÁÁÁ! Cruzamento de Eudimila vem da direita. Na segunda trave, Ju Oliveira cabeceia e a bola toma o caminho das redes vermelhas. Em cima da linha, a camisa 20 colorada, de novo, afasta e impede o tento gremista.

20min – Maurício Salgado promove nova alteração. Entra Leidi, sai Rafa Travalão. Fabi Simões é adiantada para a linha de frente.

23min – Parada técnica. Que calor em Cachoeirinha!

25min – Retomada a partida.

28min – Muda o Grêmio. Vem Yasmim, sai Jane Tavares.

31min – Bruninha entra no Inter. Sai Naná.

34min – Ju cruza, pela direita, com muita direção. Na esquerda da grande área gremista, Bruninha aparece no vazio e finaliza de direita. Teimosa, a bola sai pela linha de fundo.

Ju Ferreira, protetora da zaga colorada/Foto: Mariana Capra, Internacional

37min – Dupla troca no Grêmio. Ana Alice por Mayara, Mariza por Tefa.

39min – Marta recebe pela direita, corta para a canhota e finaliza rasteiro. Kemelli defende!

39min – Pênalti para o Grêmio. Djeni em Sinara.

40min – Pri Back converte a cobrança.

41min – No Inter, sai Byanca. Quem vem é Jheniffer.

45min – Seis de acréscimos. Vamos até 51.

46min – LORENA! Djeni cobra falta pela esquerda. Na grande área, Sorriso desvia de puxeta e, por detalhe, não amplia.

48min – PRA FOOORA! Ju pega a sobra de corte parcial da zaga adversária e, com o pé direito, manda rasteira. A bola sai tirando tinta.

50min – MEU DEUS! SERIA UMA PINTURA! Da altura do meio de campo, Djeni manda uma bomba de direita. A bola encobre Lorena, mas sai raspando no poste superior.

51min – ACABOU! CAMPEÃS! CAMPEÃS! CAMPEÃS! É O CLUBE DO POVO! SÃO AS GURIAS COLORADAS! É PRECISO RESPEITAR ESSA CAMISA, ESSA TRADIÇÃO, ESSA HISTÓRIA! QUEM MANDA NO RIO GRANDE SÃO AS GURIAS DO POVO!


Ficha técnica:

Internacional (2): Kemelli; Fabi Simões, Bruna Benites, Sorriso e Naná (Bruninha); Ju Ferreira, Djeni e Mari Pires (Julia); Shashá, Byanca Brasil (Jheniffer) e Rafa Travalão (Leidi). Técnico: Maurício Salgado.

Grêmio (1): Lorena; Sinara, Ana Alice (Mayara), Andressa e Rebeca (Ju Oliveira); Mariza (Tefa), Pri Back, Eudimilla e Jane Tavares (Yasmim); Gisseli e Marta. Técnica: Patrícia Gusmão.

Gols: Djeni Becker, aos 28 minutos do primeiro tempo, e Byanca Brasil, aos 8 minutos do segundo (I). Pri Back, aos 40 minutos do segundo tempo (G).

Cartões amarelos: Bruna Benites e Djeni (I). Pri Back e Sinara (G).

Arbitragem: Leandro Pedro Vuaden, auxiliado por Luiza Naujorks Reis e Maíra Mastella Moreira.

Estádio: Arena Cruzeiro.

Gurias Coloradas treinam na Arena Cruzeiro, palco da decisão do Gauchão 2020

Fotos: Mariana Capra/Internacional

Nesta quinta-feira (17), pela manhã, as Gurias Coloradas treinaram diretamente na Arena Cruzeiro, em Cachoeirinha, palco da decisão do Gauchão 2020. A partida acontece no próximo domingo (20), às 10h, diante do Grêmio.

Sob o comando do técnico Maurício Salgado, o elenco colorado realizou o reconhecimento do gramado, seguido por atividades táticas e técnicas. O comandante já projeta o time que entrará em campo no fim de semana. Ainda restam dois treinamentos para fechar a preparação para a grande decisão.

O Clube do Povo é o atual detentor do título estadual e vai mais uma vez em busca da taça, em sua quarta final consecutiva.

Raio-X: Gurias Coloradas x Avaí/Kindermann

Dia de decisão no Gigante! Em casa, o Clube do Povo recebe o Avaí/Kindermann pelo jogo de volta das quartas de final do Brasileirão A1. O time catarinense tem a vantagem após vitória por 3 a 2, em Florianópolis, mas o Colorado busca reverter o resultado e garantir a classificação para a fase semifinal da competição. Para saber mais sobre a partida, confira, abaixo, o nosso Raio-X!

Pra cima delas, Gurias!
As Gurias Coloradas conheceram sua primeira derrota fora de casa na competição. No primeiro jogo das quartas de final do Campeonato Brasileiro A1, o Clube do Povo foi superado pela Leoas Caçadoras, no estádio da Ressacada, em Florianópolis, pelo placar de 3 a 2, gols anotados por Bruna, Lelê e Siméia, na equipe mandante, e Juliana e Byanca Brasil pelo lado colorado. Porém, a vantagem mínima da equipe adversária, deixa a decisão em aberto para o estádio Beira-Rio. 

O técnico Maurício Salgado teve três dias para se preparar junto ao plantel a fim de definir as onze que iniciam o confronto. Além do trabalho regenerativo com as atletas, Salgado comandou treinos intensos de tática e técnica no gramado para ajustar os últimos detalhes. O desfalques para partida são a lateral Belinha e a volante Thessa, que se recuperam no departamento médico. As penduradas são Isa Haas e Juliana, com dois cartões amarelos.

O Colorado terminou a primeira fase do campeonato na terceira colocação da tabela, com 33 pontos conquistados. Até o momento, são dez vitórias, três empates e apenas três derrotas na campanha, tendo anotado 41 gols e sendo vazado 17 vezes. A artilharia é comanda por Byanca Brasil com 10 tentos, números que a tornam, ainda, a maior goleadora de todas as edições do Brasileirão Feminino, dona de 48 gols.

As adversárias
O time de Caçador, com a vantagem obtida na primeira partida das quartas de final do Brasileirão A1, no estádio da Ressacada, vem a Porto Alegre em busca apenas de um empate para garantir a classificação para próxima fase. Jorge Barcellos contou com dois dias de preparação junto ao plantel antes de embarcar para capital gaúcha.

O Avaí/Kindermann encerrou a primeira fase na sexta posição da tabela, com 27 pontos. Até agora são nove vitórias, três empates e quatro derrotas para o time catarinense, que marcou 42 vezes e sofreu 14 gols nesta temporada. A artilharia é comandada por Catyellen e Letícia.

Transmissão
Mais vermelha da web, a transmissão da Rádio Colorada para Gurias Coloradas x Avaí/Kindermann será iniciada às 15h40 e contará com equipe in loco no Gigante para trazer todas as emoções deste confronto decisivo. Acompanhe a cobertura via Site e App do Inter!

As redes sociais das Gurias Coloradas (@guriascoloradasoficial no Instagram, @GuriasColoradas no Facebook e @ColoradasGurias no Twitter) contarão com um completo minuto a minuto. Na TV, a transmissão é por conta da CBF TV.

Arbitragem
Quem apita a partida é Douglas Schwengber da Silva, auxiliado por Fabricio Lima Baseggio e Max Augusto Guimarães Vioni. O trio é gaúcho.

Retrospecto
Ao todo, em partidas oficiais, as equipes já se enfrentaram três vezes, duas delas terminaram com um empate sem gols. O último confronto foi marcado pela primeira partida das quartas de final do Brasileirão A1, na última quarta-feira (28), em Florianópolis. A volante colorada, Juliana Ferreira, marcou o primeiro tento da história entre os times.

Em casa, Colorado enfrenta a La U pela Libertadores

O Gigante da Beira-Rio recebe a primeira decisão da temporada. Inter e Universidad de Chile se enfrentam em Porto Alegre na disputa por uma vaga na terceira fase preliminar da Copa Libertadores da América. Com o resultado de 0 a 0 no jogo de ida, o Clube do Povo precisa vencer a partida em casa para alcançar a classificação. A Rádio Colorada e as nossas redes sociais acompanham todos os detalhes do confronto em tempo real. 

Assim como aconteceu em 2019, o Gigante é o diferencial da equipe pela busca do resultado positivo. O Inter se manteve invicto na Libertadores jogando como mandante e, agora, precisa repetir o excelente retrospecto para alcançar a próxima fase preliminar, antes de chegar à fase de grupos da competição. Empate sem gols leva o duelo para as penalidades máximas, enquanto a vitória colorada por qualquer diferença de gols classifica o time gaúcho. 

A preparação para a partida chegou ao fim com o treinamento realizado na tarde desta segunda-feira (10/02), no CT Parque Gigante. Os primeiros minutos dos trabalhos foram abertos para a imprensa, depois as atividades foram fechadas e o técnico Eduardo Coudet teve privacidade para ajustar os últimos detalhes, sem revelar o time que iniciará a partida. 

Antes do treino, D’Alessandro concedeu entrevista coletiva na sala de imprensa do CT. O camisa 10 destacou a importância do duelo contra o time chileno, além de valorizar o apoio do nosso torcedor. “O resultado fora de casa foi bom. Agora precisamos fazer o dever de casa, fazer um bom jogo. Sabemos a força que a gente tem aqui no Beira-Rio, a torcida. Não será fácil, mas temos totais condições de conseguir essa vaga para a próxima fase”, ressaltou o argentino.  

Com atuação espetacular, Inter bate Corinthians por 3 a 1 e avança à decisão da Copa São Paulo

Em busca do Penta! Com exibição maiúscula e impecável, o Inter superou o Corinthians, na noite desta terça-feira (21/01), em confronto válido pela semifinal da Copa São Paulo de Futebol Júnior, e se classificou para a decisão do torneio. Guilherme Pato, Matheus Monteiro e Nicolas marcaram os tentos colorados na vitória por 3 a 1 sobre os paulistas, conquistada diante de quase 15 mil alvinegros presentes nas arquibancadas da Arena Barueri. O Clube do Povo agora aguarda pelo vencedor do duelo entre Grêmio e Oeste para conhecer seu adversário na grande final, marcada para o próximo sábado (25/01), data em que a capital bandeirante completa 466 anos de história.

Ofensivo e atuando à altura do que a camisa colorada pede, o Inter dominou as ações do jogo desde os primeiros movimentos de partida, ignorando a pressão da torcida corintiana, presente em grande número. Sedento por abrir o placar ainda cedo, o Alvirrubro levou perigo logo aos 7, momento em que Pato exigiu milagre do goleiro paulista após entortar a marcação e invadir a área em velocidade. Dois minutos depois, Caio só não fuzilou para as redes pois Felipe conseguiu interceptar cruzamento de Lucas Mazetti no último instante. Praxedes, ainda antes, aos 6, também já havia colocado o arqueiro Guilherme para trabalhar. Foi apenas aos 15, no entanto, que a meta alvinegra, enfim, foi vazada.

Cesinha pressionou a saída de bola dos paulistas e conseguiu retomar a posse para o Inter. Em velocidade, o camisa 10 progrediu e percebeu a ultrapassagem de Guilherme Pato, livre na direita. Acionado, o camisa 19 dominou e soltou uma bomba rasteira, cruzada, que morreu na bochecha esquerda da rede alvinegra. Clube do Povo, merecidamente, na frente. Com a vantagem no placar, o Colorado soube cozinhar o duelo e valorizar a posse, enquanto o Corinthians tentou crescer, mas esteve limitado a escassos cruzamentos e aposta na imposição física. Ímpeto, este, por vezes exagerado, como comprova a lesão de Lucas Mazetti, substituído aos 38 minutos, e o cartão de Léo Pereira; mas insuficiente para vazar Emerson Júnior. Assim, ao fim da etapa inicial, o 1 a 0 seguia no escore.

Reiniciada a partida, a violência alvinegra seguiu dividindo os holofotes com a maturidade gaúcha. Antes de ser completada a primeira volta do cronômetro, por exemplo, Ruan Oliveira deu violento pisão no tornozelo, ignorado pela arbitragem. Na sequência, Guilherme Pato tomou a bola para o Inter na altura do círculo central e partiu em contra-ataque servindo Matheus Monteiro, que invadiu a área e cruzou rasteiro. Por detalhe, a redonda não chegou em Caio. Problema? Nenhum para o Pato, que dois minutos depois voltou a desarmar a defesa corintiana na saída de bola e ofereceu grande assistência para Matheus Monteiro empurrar ao gol aberto. Colorado 2, Corinthians 0. E o espetáculo vermelho estava longe de acabar.

Perfeito em todas suas ações, o Inter anulou um nervoso Corinthians e seguiu criando chances em sequência, abusando da excelente atuação de Guilherme Pato. Aos 18, o camisa 19 saiu para a entrada de Nicolas. E o camisa 11 se mostrou consciente da responsabilidade de atuar na vaga de um dos grandes nomes colorados em campo quando, aos 30, recebeu a sobra de cabeceio de Caio e, partindo da intermediária, costurou da esquerda para dentro e soltou a bomba, no ângulo. Pintura. Golaço. O último do Inter, sucedido, na partida, apenas pelo de honra dos paulistas. Estamos na final, torcida colorada!

Ficha técnica:

Internacional (3): Emerson Júnior; Lucas Mazetti (Volnei), Tiago Barbosa, Carlos Eduardo e Leonardo; Murilo (Thális), Praxedes (Igor) e Cesinha; Guilherme Pato (Nicolas), Matheus Monteiro (Lucas Ramos) e Caio (Leo Ferreira). Técnico: Fábio Matias.

Corinthians (1): Guilherme; Daniel Marcos, Felipe, Ronald e Lucas Pires (Walisson); Xavier, Rafael (Adson) e Ruan Oliveira; Léo Pereira, Richard (Caue) e Sandoval (Du). Técnico: Dyego Coelho.

Gols: Guilherme Pato, aos 15’/1ºT, Matheus Monteiro, aos 4’/2ºT, e Nicolas, aos 30’/2ºT (I). Ruan Oliveira, aos 41’/2ºT (C).

Cartões amarelos: Léo Pereira e Lucas Pires (C).

Arbitragem: Mateus Delgado, auxiliado por Gilberto Aparecido e Leonardo Vila.

Local: Arena Barueri – SP.