Pós-jogo: colorados repercutem vitória na Ilha do Retiro

Por 1 a 0, o Clube do Povo superou o Sport, fora de casa, nesta segunda-feira (13/09). Após o jogo, o técnico Diego Aguirre concedeu entrevista coletiva para a imprensa, onde analisou a vitória colorada, que consagra sequência de seis jogos de invencibilidade do time, além de alçar o Inter à nona colocação nacional. Confira as principais aspas:

“Acho que não fizemos um bom jogo, mas nosso objetivo hoje era ganhar. Ganhar ou ganhar, e priorizamos a vitória. Obviamente, gostaria que o time tivesse jogado melhor, mas o Inter foi competitivo, brigou, lutou. Para mim, sempre tem coisas a melhorar, mas também outras boas, para seguir afirmando.”

Aguirre

“São seis jogos sem perder, outra vitória fora de casa, contra um adversário que ninguém ganhou fácil aqui. É uma das melhores defesas do Campeonato. Então, me sinto bem com a vitória, mas com coisas a melhorar, e vamos trabalhar bastante para mudar o que não foi bom.”

Aguirre

Ainda no gramado da Ilha do Retiro, os atletas Saravia e Rodrigo Lindoso falaram de maneira exclusiva com as redes sociais do Inter. Primeira a falar, o lateral-direito comemorou seu retorno após período afastado por lesão, além de destacar a importância da vitória em um jogo tão disputado. Na sequência, o meio-campista compartilhou suas impressões a respeito do confronto, além de descrever o lance do gol de Patrick, originado de um desarme seu. Assista:

“Um jogo muito difícil, muito quente, intenso.

Levamos os três pontos que viemos buscar.

Muito feliz, emocionado de

voltar a vestir essa camiseta.”

Saravia

“Foi um gol bem coletivo.

De oportunismo tanto da minha parte

quanto do Patrick.

A equipe se empenhou,

tudo em prol do Inter,

para sair vitorioso.”

Lindoso

“Muita coisa boa está acontecendo”, comemora Aguirre no pós-jogo colorado

O Clube do Povo contou com dois gols de Edenilson, um de Yuri Alberto e outro de Guerrero para superar o Fluminense por 4 a 2 e vencer a segunda seguida no Brasileirão. Após o jogo, Diego Aguirre e Emílio Papaléo Zin concederam entrevista coletiva na sala de imprensas do Beira-Rio, e você confere, a seguir, as principais aspas dos representantes alvirrubros:

“O time, aos poucos, vai tomando identidade. Fizemos um bom jogo, como já vínhamos fazendo. A atuação quase foi castigada, mas, no final, o time reagiu e conseguimos os gols. Muita coisa boa está acontecendo. Oito gols em dois jogos, duas vitórias consecutivas. As coisas estão melhorando, estamos voltando à paz, e a identidade do time está clara e se afirmando.”

Diego Aguirre

“Ainda temos muita coisa para melhorar. Estamos em dívida com a torcida, sabemos disso. Queríamos dar mais alegrias, antes não conseguimos, mas agora estamos no caminho. Precisamos olhar para a frente, fazer uma boa semana e preparar para o próximo jogo. Esse é o nosso objetivo.”

Diego Aguirre

Resumindo: O clima é o melhor possível.

Nós temos oito gols em dois jogos.

E contra a dupla Fla-Flu!

Não é pouca coisa isso,

e o torcedor merece.

Emílio Papaléo Zin
Inter conquistou grande vitória neste domingo/Foto: Ricardo Duarte

Também depois do apito final, mas ainda no gramado do gigante, os atacantes artilheiros da noite conversaram de maneira exclusiva com a Mídia do Inter. Primeiro a falar, Yuri Alberto destacou a confiança elevada do grupo, além de comemorar seu quarto gol em dois jogos. Veja:

O brabo voltou! Paolo Guerrero marcou seu segundo gol na temporada, primeiro no Beira-Rio, e comentou o alívio por se reencontrar com as redes após longo período afastado por lesão. Assista:

“O torcedor colorado merece”, destaca Diego Aguirre na coletiva pós-jogo

Anotou a placa? O Inter deu show no Maracanã e goleou o Flamengo, na tarde deste domingo (08/08), por 4 a 0. Após o jogo, que contou com três gols de Yuri Alberto e um de Taison, o comandante Diego Aguirre concedeu entrevista coletiva, na qual repercutiu a maiúscula vitória alvirrubra. Confira as principais aspas:

“Tivemos um último jogo em que não jogamos bem. Nos anteriores, perdemos muitas situações e não conseguimos o resultado. E, quando não tem o resultado, parece que está tudo mal. Hoje, as bolas foram para dentro. As coisas não estavam tão ruins quando não ganhamos, e também não estão tão boas. Precisamos seguir acreditando, pois o time é muito bom.”

Diego Aguirre

“Tomara que seja o começo de muitas vitórias. O torcedor colorado merece. Fico feliz por ter dado essa vitória a todos os colorados que estavam sofrendo, e também pelos jogadores, diretoria, comissão técnica. Tem coisas que temos que valorizar. Esse 4 a 0 mostrou o nível dos nossos jogadores, o que podemos jogar.”

Diego Aguirre

“O grupo se sentia triste, sentia que precisávamos dar mais alegrias para todos. Poderíamos ter feito algumas coisas melhor, e isso virou atitude. Hoje, o time brigou. Jogou como grande, contra todo o favoritismo. Ninguém acreditava, mas o futebol é maravilhoso e tem essas surpresas – que não foi para nós. Nos preparamos para ganhar.”

Diego Aguirre

Quem também falou, mas com exclusividade para as redes sociais do Inter, foi Yuri Alberto. Autor de três gols no gramado do Maracanã, o camisa 11 colorado destacou a importância do resultado conquistado no Rio de Janeiro, além de comemorar o grande desempenho que teve.

“Uma noite muito mais do que especial.

Voltar a ganhar fora de casa,

voltar a ganhar no Brasileirão.

Dá uma confiança muito grande,

ainda mais dessa maneira.”

Yuri Alberto

Semana de preparação para a 15ª rodada nacional

Inter volta a campo apenas no próximo domingo/Foto: Ricardo Duarte

Superada a 14ª rodada do Brasileirão 2021, o Clube do Povo agora contará com semana livre de jogos para se preparar para o próximo duelo do Nacional. No domingo que vem (08/08), Dia dos Pais, o Inter enfrenta o Flamengo, a partir das 18h15, no Maracanã.

Inter visita o Flamengo na próxima rodada/Foto: Jota Finkler

O intervalo de seis dias sem partidas é o maior encarado pelo Inter desde a chegada de Diego Aguirre. Importante tanto no aspecto físico quanto no tático, o período livre para treinos foi analisado pelo comandante uruguaio em coletiva concedida no sábado passado, logo depois do empate sem gols com o Cuiabá.

“Vou ver o jogo de hoje outra vez, analisar o rendimento da equipe. Sinto que, para melhorar, o que podemos fazer é trabalhar. E vamos continuar trabalhando para fazer uma boa semana e um bom jogo contra o Flamengo. Esse é o nosso objetivo imediato. Temos que olhar para a frente e seguir unidos. O próximo domingo tem que ser uma final para nós.”

Diego Aguirre
Semana será de trabalhos comandados por Aguirre/Foto: Ricardo Duarte

Diante do Flamengo, o Inter terá os importantes retornos de Yuri Alberto e Thiago Galhardo, dupla ausente no jogo passado devido à suspensão. Na defesa, Moisés é baixa confirmada, ao passo que Gabriel Mercado tem chances de fazer sua partida de estreia. Anunciado no início de julho, o atleta pode ter suas condições de jogo regularizadas a partir desta semana, que marca a abertura da janela de transferências internacionais.

Gabriel Mercado já está integrado ao grupo colorado/Foto: Ricardo Duarte

Dono de 15 pontos, o Inter encerrou o final de semana na 14ª colocação nacional. O Colorado, que até aqui soma três vitórias, seis empates e cinco derrotas, pode chegar, em caso de vitória sobre o Flamengo, à atual pontuação do Bahia, time que fecha a primeira página.

Pós-jogo: repercussão da vitória colorada no Beira-Rio

O Inter venceu o Juventude, na noite deste domingo (18/07), pelo placar de 1 a 0. O resultado, conquistado no Beira-Rio, encerra jejum indigesto do Clube do Povo, que ainda não havia vencido como mandante neste Brasileirão. Após o jogo, Diego Aguirre, técnico colorado, concedeu entrevista coletiva. Confira as principais aspas:

“Hoje, era fundamental a vitória. Depois de vários jogos sem vencer em casa, tínhamos que recuperar. Era um jogo perigoso, porque a gente tinha jogado quinta-feira no Paraguai, pela Libertadores, o que, às vezes, tira o foco, pois são jogos muito difíceis. Mas gostei da resposta do time, foi boa. Sinto que se entregaram, lutaram. Perdemos situações, poderíamos ter matado o jogo. Estou feliz por voltar a vencer.”

Diego Aguirre

“Somos o Inter, um time grande, e temos que pensar em coisas importantes. A ideia é brigar a cada jogo e buscar vitórias para ficar nos primeiros lugares. Temos que seguir jogo a jogo, não podemos pensar muito à frente. Precisamos pensar já no jogo de quinta. Temos um bom plantel, muitos bons jogadores, e confio que vamos ter coisas boas daqui para a frente.”

Diego Aguirre

Quem também falou depois do jogo foi Heitor. Dono da assistência para o gol de Thiago Galhardo, o lateral-direito destacou a importância da vitória deste domingo, além de projetar a jornada da próxima quinta-feira (22/07), quando o Inter vai a campo pela Libertadores, e comentar a jogada do tento do Clube do Povo. Assista:

Raio-X: Na Arena, Inter disputa Gre-Nal 433

Dia de Gre-Nal! A partir das 16h30 deste sábado (10/07), o Clube do Povo visita o Grêmio, na Arena, pela 11ª rodada do Brasileirão 2021. Confira entrevista da Rádio Colorada com Gabriel Corrêa, jornalista coordenador de conteúdo do Footure, projetando o duelo. Abaixo, você encontra todas as informações sobre o 433º clássico da história!

Sport Club Internacional · Raio-X #38 | Internacional x Grêmio | 10/07/2021

Transmissão 📻

O sábado será especial na Rádio Colorada, que iniciará a cobertura do clássico às 12h. A emissora oficial do Clube do Povo estará ao vivo a partir das 14h55, primeiro com a transmissão da etapa inicial de duelo entre Celeiro de Ases e Palmeiras, válido pela quarta rodada do Brasileirão Sub-20, e, depois, com a apresentação do Gre-Nal 433. Confira a programação, que pode ser acompanhada via Site e APP do Inter!

As redes sociais do Inter (@scinternacional no TwitterInstagram Facebook) acompanharão a partida com completo minuto a minuto, enriquecido pelas imagens dos principais lances do confronto. Na TV, o SporTV, com abrangência nacional, à exceção do território gaúcho, o Premiere, para todo o país, e a RBS anunciam transmissão.


Vamo, Colorado! 💪

Aguirre comandou atividades nesta sexta/Foto: Ricardo Duarte

Realizada em apenas dois dias, a preparação do Inter para o Gre-Nal 433 foi encerrada na tarde desta sexta-feira (09/07). Diego Aguirre e comissão técnica comandaram, no gramado do CT Parque Gigante, atividades técnicas e táticas com foco na movimentação e no posicionamento dos atletas que irão a campo diante do maior rival colorado.

Na Arena, Aguirre contará com os retornos de Victor Cuesta e Edenilson, dupla que esteve suspensa na rodada passada. O meio-campista, vale lembrar, é o artilheiro do Inter na atual edição do Brasileiro, com cinco gols marcados. Pendurados com dois cartões amarelos estão Moisés, Thiago Galhardo, Yuri Alberto e Leo Borges.

SuperEd está de volta!/Foto: Ricardo Duarte

O Inter abre a rodada de número 11 do Brasileirão em 14º lugar. Dono de 10 pontos até aqui, o Clube do Povo soma 10 gols marcados e 16 sofridos. Em caso de vitória sobre o Grêmio, o Colorado pode subir três posições, ultrapassando Corinthians, Juventude e Flamengo.

Grupo buscará vitória importante na Arena/Foto: Ricardo Duarte

A véspera de Gre-Nal contou com entrevista coletiva de Renzo Saravia no lado do Inter. Perguntado sobre o clássico, o lateral argentino, que recentemente retornou aos trabalhos após período afastado por Covid-19, revelou toda a motivação do grupo para a partida deste sábado.

“Me sinto em forma para jogar. O Gre-Nal é um jogo muito importante, todos querem atuar. Ter a ilusão, vontade e a motivação de vestir esta camiseta é o mais importante. Vamos todos preparados e, quem jogar, tem a confiança de todos nós. É um clássico, e vamos tratar de buscar uma vitória”

Renzo Saravia

Saravia também comentou como o Clube do Povo espera se portar diante do rival. De acordo com o argentino, a postura colorada será condizente ao peso da camisa vermelha, ainda mais em um momento no qual os três pontos assumem contornos tão importantes para as pretensões do Inter no Brasileirão.

“Amanhã buscaremos, desde o primeiro minuto, a vitória. Trataremos de ser intensos, de jogar no campo adversário e ser protagonistas. Esta camiseta pede isso. Somos uma equipe grande, e temos que trazer os três pontos para o Beira-Rio. Vamos com muita confiança e entusiasmados.”

Renzo Saravia

Arbitragem 👨‍⚖️

Flávio Rodrigues de Souza apita, auxiliado por Daniel Paulo Ziolli e Daniel Luis Marques, trio de São Paulo. Quarto árbitro: Anderson da Silva Farias, do Rio Grande do Sul. VAR: Márcio Henrique Gois, também paulista.


Rival 🆚

Felipão e Aguirre voltarão a se enfrentar/Foto: Alexandre Lops

Lanterna do Brasileirão, o Grêmio conquistou apenas dois pontos nas oito rodadas que já disputou. O mal desempenho motivou troca na casamata tricolor, que será comandada, a partir deste sábado, por Felipão. Na visão de Gabriel Corrêa, a escolha por Scolari encontra no aspecto anímico sua principal justificativa.

“Existem coisas que, às vezes, nem são do campo. Não são técnicas, táticas, físicas. Simplesmente, a gente vê que tem algo acontecendo. Então, o contexto não poderia ser outro, de um cara que chegou para ser bombeiro, para a questão do vestiário. Talvez, só ele consiga recuperar esse anímico.

Gabriel Corrêa
Brenno (24) desfalca o Grêmio no clássico 433/Foto: Ricardo Duarte

Diante do Inter, Felipão, que teve apenas um dia de trabalho junto a seus atletas, precisará superar baixas de peso. Além de Thiago Santos e Maicon, lesionados, o Grêmio também não poderá contar com Brenno, goleiro, e Matheus Henrique, volante, desfalques geram dúvidas para o meio de campo do rival colorado.

“Perder o Matheus e o Thiago Santos, os principais jogadores, é um grande problema. Não sei se vai o Darlan, porque o foco está em não perder, e o Lucas Silva te dá uma sustentação e a bola aérea. Se for Darlan com Bobsin, vai me causar uma surpresa. Todos os times do Felipão têm um primeiro volante.”

Gabriel Corrêa
Darlan (15) corre por fora na luta por vaga entre os titulares/Foto: Ricardo Duarte

Outra grande interrogação do lado gremista para o clássico reside nas laterais. Contratado no início da temporada, Rafinha tem atuado como titular pela direita, enquanto Diogo Barbosa é a peça mais recorrente na esquerda. Suas presenças, porém, são incertas, como indica Gabriel.

“A informação é que o Guilherme Guedes vai ganhar a vaga do Cortez, e o Diogo Barbosa não vai ser o lateral-esquerdo. E o Vanderson não ser titular do Grêmio, pra mim, é um absurdo. O Tiago nem tinha pedido o Rafinha. Acho que essas são as primeiras respostas que o Felipão vai dar à torcida.”

Gabriel Corrêa
Vanderson (35) pode assumir a titularidade contra o Inter/Foto: Ricardo Duarte

A brevidade do trabalho de Felipão multiplica as incertezas acerca da escalão gremista para o clássico. O time mais provável, armado com três zagueiros, conta com Guilherme Chapecó no gol; Ruan, Geromel e Kannemann na zaga; Vanderson (Rafinha), Bobsin, Darlan (Lucas Silva) e Guilherme Guedes na primeira linha de meias; Ferreira e Douglas Costa mais à frente, e Diego Souza no comando do ataque.


Palco 🏟️

Arena recebe o jogo deste sábado/Foto: Ricardo Duarte

Inaugurada em dezembro de 2012, a Arena conta com capacidade para 55.662 pessoas. Localizado na Zona Norte de Porto Alegre, o palco do clássico deste sábado fica às margens da Free-Way (BR-290), entre a BR-116 e a Rodovia do Parque (BR-448).


Em outro 10 de julho… ❤️

Fernandão comemora o Gol Mil/Foto: Mauro Vieira, Agência RBS

Há exatos 17 anos, Fernandão marcava o Gol Mil dos Gre-Nais. Partida que serviu de estreia para o Eterno Capitão com a camisa colorada, o clássico 360 foi disputado no dia 10 de julho de 2004, no Beira-Rio, e teve seu placar inaugurado apenas na etapa final.

Aos oito minutos, Vinícius marcou o 999º gol da história do clássico. Melhor em campo após o intervalo, o Inter retornara dos vestiários com a entrada de Fernando, recém-contratado, no lugar de Wilson, lesionado. Com a troca, Joel Santana desfazia o esquema de três zagueiros. Ao mesmo tempo, e disso ele não sabia, o comandante acenava para o destino.

História das mais belas já registrada no futebol, o amor entre Inter e Fernandão começou a ser escrito no minuto 34 da etapa final. Pela direita, Granja levantou bola açucarada. Na segunda trave, nosso futuro capitão subiu como apenas ele conseguia. Soberano, testou para baixo. Testou para as redes. Às 17h41 daquele gélido sábado de 2004, o Gol Mil dos Gre-Nais era marcado.

O Gol Mil/Imagem: RBS TV

Retrospecto 📊

À frente no histórico dos Gre-Nais desde 1945, o Inter já venceu 157 clássicos, 19 a mais do que o rival. Ao todo, o Clube do Povo, vazado em 562 ocasiões, já marcou 590 gols na equipe da Zona Norte de Porto Alegre. São, ainda, 137 as igualdades já registradas até hoje.

D’Alessandro comemora vitória em 2015/Foto: Alexandre Lops

Aguirre x Felipão 🔙

O último encontro de Diego Aguirre e Felipão em um Gre-Nal contou com final feliz para o povo colorado. Válido pela finalíssima do Gauchão de 2015, o clássico 406 foi disputado, no dia 3 de maio, diante de mais de 41 mil pessoas, público que lotou o Beira-Rio.

Beira-Rio jogou junto na luta pelo Penta/Foto: Alexandre Lops

Após empate sem gols na ida, o Clube do Povo precisava da vitória para conquistar o Penta do Rio Grande no tempo normal. Conscientes de sua responsabilidade, os comandados de Diego Aguirre encurralaram o rival desde o primeiro apito, e precisaram de apenas seis minutos para abrir o placar com Nilmar.

Nilmar (7) e Aránguiz (20) comemoram o primeiro gol do Inter/Foto: Alexandre Lops

O Inter cobrou mais 12 minutos para ampliar. Após grande jogada pelo corredor direito, Nilmar, que até meia-lua aplicara em Fellipe Bastos, deixou Valdívia com o gol aberto para marcar. Nos acréscimos do primeiro tempo, o Grêmio até descontou, mas foi incapaz de buscar o empate na etapa final. Inter, pela 44ª vez na história, campeão gaúcho!

Nilmar brilhou no último Gre-Nal disputado pelos atuais técnicos da dupla/Foto: Alexandre Lops

Bastidores da vitória em cima da Chapecoense

O Clube do Povo superou a Chapecoense, na última quinta-feira (24/06), na partida de reestreia de Diego Aguirre na casamata colorada. Fora de casa, Caio Vidal e Yuri Alberto garantiram a vitória de 2 a 1 do Inter. Confira os Bastidores da partida, válida pela sexta rodada do Brasileirão:

Pós-jogo | A repercussão da vitória no retorno de Aguirre

Aguirre voltou, o Inter ganhou! Na reestreia do uruguaio, o Clube do Povo contou com gols de Caio Vidal e Yuri Alberto para superar a Chapecoense, fora de casa, por 2 a 1. Após o confronto, válido pela sexta rodada nacional, os artilheiros da noite falaram para as redes sociais coloradas, enquanto o comandante concedeu coletiva. Confira as principais aspas.

Estamos começando, trabalhamos somente dois dias. Temos muito por fazer, mas, o mais importante de hoje, foi a vitória. Os três pontos, que estávamos precisando para, daqui para a frente, ter um pouco mais de calma para trabalhar nossas ideias. Gostei muito do espírito da equipe, me senti identificado.

Diego Aguirre

“Nós viemos aqui

para jogar uma final.”

Diego Aguirre

Mostramos uma ideia de futebol que eu gosto. Muita velocidade, muita intensidade, pressão. Tivemos muitas finalizações, perdemos oportunidades para matar o jogo. A vitória foi merecida, e o Inter, hoje, mostrou coisas boas.

Diego Aguirre

Ainda na orla do gramado, Caio comemorou a grande noite do Colorado em Chapecó. Autor do primeiro gol e dono de grande atuação na Arena Condá, o jovem atacante também elogiou Diego Aguirre, além de projetar o duelo do próximo domingo, diante do América-MG. Assista:

Yuri não escondeu a felicidade com o fim do jejum de gols que vivia. O reencontro com as redes foi fundamental para a vitória colorada, triunfo celebrado também pela produção ofensiva do Clube do Povo, que criou boas chances em solo catarinense. Veja:

Canal do Inter: Aguirre retorna ao Beira-Rio

Apresentado oficialmente nesta segunda-feira (21/06), o treinador Diego Aguirre concedeu entrevista coletiva e falou com exclusividade ao Canal do Inter. Confira abaixo:

Aguirre retoma história no Inter: ‘atitude e determinação total não se negociam’

Treinador uruguaio retornou ao Clube do Povo (Fotos: Ricardo Duarte)

Chega o momento de recomeçar e superar adversidades. Duas características que fecham perfeitamente com o perfil de Diego Aguirre, novo treinador colorado, apresentado oficialmente nesta segunda-feira (21/06). Uruguaio de histórica ligação com o Clube do Povo, chega com contrato até o final de 2022 junto com sua comissão técnica, formada pelo auxiliar Juan Verzeri e o preparador físico Fernando Piñatares, além de Paulo Paixão, coordenador de preparação física que também volta ao Beira-Rio.

É o retorno do uruguaio à casamata colorada. Em 2015, comandou o Inter no título gaúcho e na campanha semifinalista da Copa Libertadores, além de dar sequência e protagonismo a diversos talentos do Celeiro de Ases. Como jogador, atuou no Beira-Rio entre 1988 e 89, participando, inclusive, do histórico Gre-Nal do Século. O treinador já começa a trabalhar junto ao elenco colorado no treino desta terça-feira e tem sua reestreia marcada para quinta, às 19h, em duelo com a Chapecoense, na Arena Condá, pelo Brasileirão.

Paulo Bracks, Alessandro Barcellos, Diego Aguirre e João Patrício Herrmann na coletiva

Podemos resumir esse momento em duas palavras: reconexão e superação. Reconexão com o que é o Inter, com o torcedor, com as vitórias e conquistas. Superação pelos desafios que teremos, Brasileiro e Libertadores, e, acima de tudo, pela grandeza do Internacional. Também, são duas palavras que têm a cara, a imagem e trajetória do Diego Aguirre.

Alessandro Barcellos – presidente

A direção de futebol frisou a confiança no trabalho da nova comissão técnica. O diretor executivo Paulo Bracks ressaltou a negociação rápida em função do interesse mútuo e o vice de futebol, João Patrício Herrmannn, a nova oportunidade que clube e treinador terão pela frente.

Contratados: Paulo Paixão, Diego Aguirre, Fernando Piñatares e Juan Verzeri

Diego Aguirre

Retorno à casa
“Estou muito feliz de voltar à casa. Sinto uma emoção muito grande de ter essa nova oportunidade. Me lembro que tive a sorte, quando menino, de o Internacional me abrir as portas do futebol brasileiro. Em 2015, mais uma vez abriu as portas como treinador. Agora, novamente, estou em casa. Ficaram coisas importantes para se fazer aqui.”

Aguirre vibra pelo Inter em 2015

Identidade aguerrida
Sinto que esse é o momento para que o Inter recupere um pouco de sua identidade, como esse clube foi historicamente. Um time de luta, de garra, de entrega total e, obviamente, teremos que fazer um bom futebol. Mas o que não se negocia é a atitude e a determinação total que o time terá que apresentar desde o primeiro treino juntos.

Nova etapa
Está começando uma nova etapa, temos que pensar daqui pra frente. Precisamos estar focados e conscientes como grupo da importância dos jogos que teremos. Agora, é trabalhar para voltar ao nível que os próprios jogadores já demonstraram que podem estar.

Confira a apresentação na íntegra:

Ficha Técnica
Nome: Diego Vicente Aguirre Camblor
Data de Nascimento: 13/09/1965
Origem: Montevidéu (Uruguai)

Carreira como técnico:
2002 | Plaza Colonia (URU)
2003 | Peñarol (URU)
2006 | Aucas (EQU)
2007 | Montevideo Wanderes (URU)
2008 | Seleção Uruguai Sub-20
2010 | Peñarol (URU)
2011 | Al-Rayyan (QAT)
2013 | Al-Gharafa (QAT)
2015 | Internacional
2016 | Atlético-MG
2016 | San Lorenzo (ARG)
2018 | São Paulo
2019 | Al-Rayyan (QAT)
2021 | Internacional

Conquistas:
2003 | Torneio Clausura
2003 | Campeonato Uruguaio
2010 | Torneio Clausura
2010 | Campeonato Uruguaio
2012 | Copa do Príncipe
2012 | Copa Sheik Jassem
2012 | Melhor treinador da temporada (Qatar)
2013 | Copa do Emir
2013 | Copa Sheik Jassem
2015 | Campeonato Gaúcho
2020 | Melhor treinador da temporada (Qatar)