Pós-jogo | “A vitória vale muito”, comemora Aguirre em entrevista coletiva

O início da tarde deste domingo (19/09) foi movimentado no Beira-Rio. Após contar com gol de Edenilson, marcado nos acréscimos da etapa final, para superar o Fortaleza por 1 a 0, o Clube do Povo chegou a sete jogos de invencibilidade e duas vitórias consecutivas no Brasileirão. Os feitos atingidos com o triunfo, bem como a maior proximidade da ponta de cima da tabela, foram repercutidos por Diego Aguirre em coletiva concedida depois do jogo. Confira as principais aspas:

“O resultado é o mais importante. Quem fala outra coisa, no futebol, para mim não é verdade. Mas, obviamente, temos que encontrar os caminhos para conseguir a vitória. Acho que hoje temos que valorizar muito os três pontos. Enfrentamos, na realidade, um dos melhores times do Campeonato Brasileiro, que está no G4, nas semifinais da Copa do Brasil. Então, a vitória vale muito. Tem muito valor.”

Diego Aguirre

“Mais um jogo em que não sofremos gols. Fomos competitivos, lutamos, brigamos e acreditamos. No final, procuramos a vitória e conseguimos. Estou feliz. Obviamente, sempre tem que trabalhar, sempre há coisas para melhorar, mas, quando você enfrenta um time que está em um bom momento, é normal que sofra, que tenha momentos de dificuldades. Nós superamos isso, e estou muito feliz. Essa é a verdade. Com certeza, vou comemorar muito. Nós sofremos muito quando estamos no futebol, porque dependemos do resultado e de momentos. Então, este é um momento de felicidade que sinto. Comemorei o gol, porque fazer nos acréscimos é sempre muito emocionante. De verdade, me sinto feliz, e temos que continuar com humildade, com trabalho, pois, pouco a pouco, vamos melhorar coisas. Continuar evoluindo.”

Diego Aguirre

Somos um time. Não há a parte esquerda, a parte direita, a parte do meio ou da frente. Não. Somos um time. Lembro que antes falavam dos problemas defensivos, e, hoje, acho que o Inter está defendendo muito. Quantos gols sofremos nos últimos jogos? Poucos. Isso precisa ser valorizado. A organização defensiva, a atuação do time todo. Estamos trabalhando muito para evoluir e, a cada jogo, tentar entregar mais.

Diego Aguirre

Herói do jogo, Edenilson conversou de maneira exclusiva com as redes sociais do Inter ainda no gramado do Beira-Rio. Artilheiro isolado do Campeonato Brasileiro com nove gols marcados, o camisa oito do Clube do Povo destacou a boa fase do Inter, comemorou os três pontos conquistados e reforçou a importância do foco no jogo a jogo, encarando cada jogo com uma final no calendário alvirrubro. Veja:

Quem também concedeu entrevista exclusiva para a Mídia do Inter foi o zagueiro Bruno Méndez. Dono de mais uma atuação extremamente segura na zaga colorada, o uruguaio festejou a alegria oferecida pelo elenco à Maior e Melhor Torcida do Rio Grande, valorizou o alto nível do adversário deste domingo e compartilhou a boa fase defensiva com todos os companheiros de time. Assista.

Edenilson marca nos acréscimos e Inter vence o Fortaleza no Beira-Rio

FOI COM EMOÇÃO! Na primeira partida que disputou no Beira-Rio neste mês de setembro, o Clube do Povo superou o Fortaleza, na manhã deste domingo (19/09), por 1 a 0. Marcado aos 47 do segundo tempo, o gol de Edenilson garantiu ao Inter sua segunda vitória consecutiva no Nacional, que leva o Colorado aos 29 pontos no Brasileirão de 2021.

Agora, a equipe volta suas atenções para a 22ª rodada do país, que será disputada no próximo domingo (26/09), às 16h, diante do Bahia. No Beira-Rio, o confronto envolverá equipes em realidades distintas na tabela. Afinal, enquanto o Inter luta pelo G6, o Tricolor de Aço, com 23 pontos conquistados até aqui, vive luta particular contra o rebaixamento.


Bola com o Inter, principais chances para os visitantes

Apesar do horário, é seguro afirmar que as duas equipes foram a campo bastante ligadas no Beira-Rio. Logo no primeiro minuto, Lucas Lima cruzou bola perigosa da esquerda, que Ângelo Henríquez finalizou com espaço na pequena área. Embora desperdiçada, a oportunidade empolgou os visitantes, que passaram a adiantar suas linhas e, com os alas colados em nossos laterais, e os atacantes atentos aos zagueiros vermelhos, incomodaram a saída de jogo do Clube do Povo. A resposta encontrada pelo Inter foi a aposta no corredor esquerdo de ataque.

Existente para levar o Inter ao campo ofensivo, o espaço no corredor esquerdo até ofereceu escapes agressivos para Moisés e Patrick, mas foi incapaz de colocar o Colorado dentro da área rival. Cerceada pela defesa cearense, a construção por passes foi substituída, no leque do ataque alvirrubro, pelos arremates de longa distância. O mais perigoso desses saiu dos pés de Mauricio, que quase abriu o placar, aos 40, em forte canhotaço. De sua parte, o Fortaleza assustou uma vez mais, ainda antes, no minuto 16, quando Éderson mandou por cima boa chance.


Não tá morto quem peleia

O Inter retornou dos vestiários com mudança, a partir da entrada de Boschilia no lugar de Mauricio. Quem dominou o reinício de confronto, porém, foi o time visitante, que criou duas boas tramas nos 10 minutos de abertura da etapa final. Aos poucos, o Clube do Povo passou a igualar as ações, e armou seus escapes aos 16 e 22, ambos arrematados por Yuri. Encerrando a primeira metade do segundo tempo, Saravia e David se envolveram em discussão ríspida e, por isso, foram punidos com o vermelho.

Menos atletas em campo, mais espaços para as equipes. Enquanto o Inter tratou de aproveitar os vazios, o Fortaleza forçou o antijogo, e teve sua postura complacente punida nos acréscimos. Jogador de Seleção Brasileira, Edenilson percebeu o entrosamento de Heitor e Yuri, que pegaram a zaga rival desatenta em cobrança de lateral rápida, e se projetou pela direita. Servido pelo atacante, o camisa oito finalizou sem ângulo, mas também sem chances. O nono gol do artilheiro do Nacional garantia ao Inter três pontos fundamentais.


Primeiro tempo

1min – Lucas Lima escapa pela esquerda e cruza na segunda trave, onde Ângelo Henríquez aparece com liberdade para finalizar. A bola sai ao lado, com perigo.

10min – UH! Moisés escapa pela esquerda e cruza na direção de Yuri. O atacante não chega na bola, mas Edenilson recupera a posse na segunda trave e deixa para Saravia, que levanta de canhota. Felipe Alves, de soco, corta o perigo.

12min – Assustou! Após escanteio cobrado pela esquerda por Moisés, Cuesta sobe mais do que a zaga rival e desvia ao lado do poste tricolor.

16min – QUASE, QUASE! Lucas Lima invade a área colorada pela direita e cruza rasteiro. Éderson, livre, leve e solto no retângulo pequeno, finaliza por cima.

19min – POR CIIIIIIIIIIIMA! Saravia faz fila pela direita e deixa com Mauricio, que é travado pela marcação. No rebote, Patrick solta o canhotaço, a bola desvia na marcação e quase mata Felipe Alves.

24min – Jussa avança pela esquerda e finaliza rasteiro. Daniel encaixa.

29min – Na esquerda da área colorada, Robson corta para a canhota e finaliza rasteiro. A bola cruza a extensão da meta e sai em tiro de meta para Daniel.

37min – UUUH! Yuri acha excelente ganchinho para Patrick, que finaliza forte, já dentro da área. A zaga trava, e o Inter tem escanteio.

39min – Encaixa, Felipe! Yuri recebe na intermediária ofensiva, corta para a perna direita e finaliza rasteiro. Goleiro do Fortaleza segura firme.

40min – PRA FOOOOOOOOOORA! Mauricio, também da intermediária de ataque, abre ângulo e manda o canhotaço. A bola resvala em Benevenuto e toma o caminho do ângulo, mas sai tirando tinta. Quase, quase!

45min – Mais dois. Vamos a 47!

46min – Blitz colorada! Inter roda a bola na intermediária de ataque por mais de um minuto. Pela direita, Lindoso é quem cruza, e Felipe Alves encaixa.

47min – Intervalo no Beira-Rio.


Segundo tempo

0min – Inter volta com Boschilia na vaga de Mauricio.

2min – Benevenuto recebe o amarelo por falta em Boschilia.

3min – Por cima! Boschilia, a alguns passos da meia-lua da grande área, cobra falta frontal. Forte, ela sai por cima.

4min – EM CIIIIIIIIIIIIIIMA DA LINHA! Robson recebe cruzamento da direita e finaliza de primeira. Daniel, providencial, espalma, mas o rebote é do atacante tricolor, que arremata sem chances para o goleiro do Inter. Moisés, debaixo das traves, aparece para salvar o Clube do Povo.

10min – Lucas Lima e Crispim tabelam pela esquerda, o primeiro cruza de canhota, e Daniel espalma. No rebote, Pikachu tem espaço, e finaliza, com desvio, para fora.

13min – Bruno Méndez amarelado por falta em Robson. Dourado contesta e também leva cartão.

16min – Yuri recebe em frente à meia-lua, ajeita ângulo para a canhota e manda por cima. Boa oportunidade.

19min – David vem no Fortaleza. Ângelo Henríquez é o sacado.

23min – SAAAAAAAAAAAAAAAALVA, FELIPE! Dourado oferece assistência açucarada para Edenilson, que emenda voleio cinematográfico para servir Yuri. Na pequena trave, o camisa 11 cabeceia rasteiro, mas não marca por milagre do goleiro, que defende com o pé.

23min – Guerrero e Paulo Victor entram no Inter. Lindoso e Moisés deixam o campo.

27min – Após grande confusão na lateral-direita colorada, Saravia e David são expulsos.

28min – UUUUUUUUUH! Boschilia recebe de muito longe e, com espaço pelo centro, solta a bomba. A bola toma curva e quase trai Felipe Alves, mas o goleiro consegue espalmar.

29min – Lucas Lima e Robson substituídos por Vojvoda. Depietri e Wellington Paulista entram.

34min – Heitor por Patrick. Nova troca no Clube do Povo.

36min – DANIEEEEEEEEEEEEEEEEEEL! Lucas cobra falta em dois toques, rolando para Éderson. O volante enche o pé, a bola desvia e quase encobre o goleiro colorado, que voa para espalmar em escanteio.

44min – Pikachu e Crispim dão lugar a Edinho e Ronald. Completas as trocas do Fortaleza.

45min – Jogo irá a 50. Mais cinco!

46min – UUUUUUUUUUUUUH! Guerrero arma contra-ataque para o Inter e deixa Yuri em boas condições pela esquerda. O camisa 11 corta para o fundo e finaliza forte, rasteiro. Felipe encaixa.

47min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É DO INTER! É DO CLUBE DO POVO! É DO COLORADO GAÚCHO! É DA ACADEMIA DO POVO! É GOL DE SELEÇÃO, É GOL DE CRAQUE, É GOL DE SUPEREEEEEEEED! INTER NA FREEEEENTE! Yuri Alberto, pela direita, recebe cobrança rápida de lateral de Heitor e serve Edenilson. O camisa oito invade a área em altíssima velocidade e, mesmo sem ângulo, finaliza rasteiro. Com a perna direita, a bola ainda desvia no poste esquerdo de Felipe Alves antes de morrer nas redes. COMO JOGA EDENILSON, POR FAVOOOOR!

O gol de Edenilson na voz da Rádio Colorada

48min – Na comemoração, Moisés recebeu o amarelo.

49min – Entra Johnny, sai Boschilia. Quinta troca no Clube do Povo!

50min – FIM DE JOGO! INTER VENCE NO BEIRA-RIO!


Ficha técnica:

Internacional (1): Daniel; Saravia, Bruno Méndez, Victor Cuesta e Moisés (Paulo Victor); Edenilson, Rodrigo Lindoso (Paolo Guerrero), Rodrigo Dourado e Patrick (Heitor); Mauricio (Boschilia)(Johnny) e Yuri Alberto. Técnico: Diego Aguirre.

Fortaleza (0): Felipe Alves; Daniel Guedes, Marcelo Benevenuto e Titi; Yago Pikachu (Ronald), Éderson, Matheus Jussa, Lucas Crispim (Edinho) e Lucas Lima (Depietri); Robson (Wellington Paulista) e Ângelo Henríquez (David). Técnico: Juan Pablo Vojvoda.

Gol: Edenilson, aos 47’/2ºT (I).

Cartões amarelos: Bruno Méndez, Moisés e Rodrigo Dourado (I). Marcelo Benevenuto (F).

Cartões vermelhos: Saravia (I). David (F).

Arbitragem: Edina Alves Batista, auxiliada por Neuza Ines Back e Leila Naiara da Cruz. Quarto árbitro: Jonathan Benkenstein Pinheiro. VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral.

Estádio: Beira-Rio.

Edenilson estreia pela Seleção durante vitória brasileira sobre o Peru

SuperEd é seleção!/Foto: Lucas Figueiredo/CBF

O dia 9 de setembro de 2021 jamais será esquecido por Edenilson. Aos 31 anos e 266 dias de idade, o camisa oito colorado disputou, nesta quinta-feira (09/09), sua primeira partida pela Seleção Brasileira. Ao todo, SuperEd atuou durante 11 minutos na vitória de 2 a 0 da Canarinho sobre o Peru, válida pela 10ª rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022 e sediada na Arena Pernambuco.

Convocado por Tite no final do mês de agosto, o meio-campista foi entrevistado na Zona Mista Virtual organizada pela CBF após a partida. Nos bastidores da Arena Pernambuco, Edenilson destacou a receptividade dos nomes mais tarimbados do grupo junto aos estreantes da Seleção, acolhimento importante para que os trabalhos fossem realizados da melhor maneira possível.

“O que eu levo é a força do grupo. Desde o primeiro dia, me receberam muito bem, trataram como se eu já estivesse aqui. Isso facilita. Foi uma experiência única. O professor falou, logo no começo, para a gente deixar de lado o orgulho e concentrar na partida, e foi isso que tentei fazer. Queria trabalhar com a maior seriedade possível para poder ajudá-los.”

Edenilson
Edenilson saiu do banco nesta quinta-feira/Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Ed entrou em campo aos 38 minutos do segundo tempo. Com a 15 às costas, o meio-campista acertou todos os seis passes que deu para seus companheiros, e também obteve êxito no lançamento que arriscou. Segura, a atuação toma contornos ainda mais positivos quando considerada a expectativa natural que tomou o atleta no momento em que foi chamado por Tite.

“Esse é o sonho de todo jogador, de todo menino brasileiro. A gente sonha, mas nunca sabe como vai ser o sonho quando realizado. Se entra querendo fazer de tudo um pouco, mas, também, precisa estar concentrado para fazer os movimentos treinados. Como falei, estou aqui há mais de 10 dias treinando intensamente, igual aos meus companheiros, e procurei entrar para ajudá-los a manter o resultado que já tinha sido construído.”

Edenilson
Meio-campista não errou nenhum passe na partida/Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Será breve o intervalo até a próxima Data FIFA, uma vez que o Brasil volta a campo já no dia 7 de outubro, quando visitará a Venezuela. Logo depois, na terça-feira dia 12, o Uruguai enfrentará os comandados de Tite na Arena da Amazônia, em Manaus. Até lá, Edenilson, atual artilheiro do Brasileirão ao lado de Bruno Henrique e Gilberto, todos com oito gols, sabe o que precisa fazer para seguir monitorado de perto pela comissão canarinho.

“O mesmo que me trouxe até aqui, ou mais,

já que a gente sempre tem margem de melhora;

é isso que vou procurar fazer para, quem sabe,

ser lembrado nas próximas.”

Edenilson
Atleta colorado buscará novas convocações para a Seleção/Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Que se diga: nada têm de clubistas os elogios feitos a Edenilson. Até mesmo o volante Casemiro, um dos melhores do mundo na posição, destacou o desempenho apresentado por SuperEd nas atividades realizadas pela Seleção. Um dos capitães de Tite, o camisa cinco comemorou, em entrevista concedida ainda no gramado, logo depois do apito final, o vasto leque de alternativas atualmente disponíveis para o meio de campo do Brasil.

O Edenilson fez bons treinamentos,

entrou bem no jogo hoje.

Isso é bom para abrir o leque,

porque nós temos, no mínimo,

três seleções de grandes jogadores.”

Casemiro
Casemiro (5) elogiou o desempenho de Edenilson/Foto: Lucas Figueiredo/CBF

De todos os sorrisos que despertou com sua estreia pelo Brasil, porém, o mais comemorado por Edenilson certamente foi o de seu filho Murilo. Há cerca de duas semanas, o garoto não conteve as lágrimas quando soube da convocação do pai, proporcionando cena que conquistou a todos pelo país. Nesta quinta, a emoção deve ter tomado conta da família dos Santos mais uma vez. Vez esta que, no que depender da ambição do super-herói da casa, está longe de ser a última.

Brasil tem classificação encaminhada

Devido à suspensão do clássico diante da Argentina, que seria disputado no último domingo (05/09), e também ao adiamento de partida contra a Colômbia, que integra a quinta rodada, o Brasil disputou somente oito partidas até aqui nas Eliminatórias da Copa do Mundo, e venceu todas. Com 24 pontos, a equipe de Tite lidera lidera com folga a corrida das seleções sul-americanas pelas quatro vagas diretas para o Mundial do Catar.

Edenilson é convocado para a disputa das Eliminatórias da Copa do Mundo

O meio-campista colorado Edenilson foi convocado pelo técnico Tite para a disputa de rodada tripla das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022. Presente em lista divulgada nesta sexta-feira (27/08), o camisa oito do Clube do Povo defenderá a Seleção Brasileira nos jogos contra Chile, Argentina e Peru, previstos para os próximos dias 2, 5 e 9 de setembro.

SuperEd foi convocado para rodada tripla das Eliminatórias da Copa do Mundo/Foto: Ricardo Duarte

Em entrevista para Canal do Inter, SuperEd comemorou o feito, inédito em sua carreira. O camisa oito fez questão de registrar a felicidade de ser escolhido para defender “a melhor seleção do mundo”, como definiu, além de compartilhar a convocação com todos os seus companheiros de dia a dia, tanto do presente quanto do passado.

“Fico muito feliz. É uma sensação única, difícil descrever, um sentimento que não cabe dentro do peito. Na hora, quis ligar para a minha família e agradecer cada companheiro, os de hoje e os que passaram. A gente sabe que o futebol é trabalho coletivo, em que, às vezes, um se sobressai mais e é chamado. Só tenho a agradecer. Representar a maior seleção do mundo, que tem mais história, o país do futebol! São poucos que têm esse privilégio, e me sinto honrado.”

Edenilson

A convocação chega em reconhecimento à grande temporada que o atleta vive com a camisa do Clube do Povo. Artilheiro do Brasileirão, ao lado de Bruno Henrique e Gilberto, com oito tentos, o gaúcho de Porto Alegre também já ofereceu cinco assistências no campeonato, números que lhe tornam o jogador com maior participação em gols na competição.

Ninguém no Brasileirão criou mais gols do que o oito do Inter/Foto: Ricardo Duarte

No Inter desde 2017, o camisa oito colorado é um dos nove nomes que foram adicionados à lista originalmente divulgada no último dia 13 de agosto. A convocação destes novos jogadores ocorre em meio às incertezas que rondam a presença de atletas da Premier League na rodada tripla, uma vez que o Brasil aparece na lista vermelha do Reino Unido, indicado como país de alto risco de contaminação por Covid-19.

Confira o calendário da Seleção:

02/09 – Chile x Brasil – 22h
05/09 – Brasil x Argentina – 16h
09/09 – Brasil x Peru – 21h30

Camisa oito é o artilheiro do Brasileirão/Foto: Ricardo Duarte

Duelo contra companheiros

Edenilson encontrará dois companheiros de Inter durante sua caminhada com a Amarelinha. Adversário na primeira das três rodadas que serão disputadas neste início de setembro, o Chile contará com o atacante Carlos Palacios, enquanto o Peru, rival no dia 9, convocou Paolo Guerrero. Sobre as coincidências, o camisa oito revelou a expectativa por enfrentar seus colegas de equipe, mas deixou claro o resultado que espera para o final:

“Primeiro, vou focar no jogo contra o Atlético-GO,

para ajudar a equipe junto do Paolo e do Palacios.

Depois, que a gente possa se encontrar

– e o Brasil sair vencedor desses confrontos.”

Edenilson
Melhor volante do Brasileirão 2020 defenderá a Seleção/Foto: André Porto

Inter marca dois nos acréscimos e supera o Fluminense por 4 a 2 no Beira-Rio

Vence o Clube do Povo no Beira-Rio! Com boa dose de emoção, o Colorado superou o Fluminense, na noite deste domingo (15/08), por 4 a 2. Edenilson, duas vezes, Yuri Alberto e Guerrero marcaram os gols do Inter, que garantiu o triunfo com dois gols nos acréscimos e chegou à segunda vitória consecutiva no Nacional.

+ Confira as entrevistas pós-jogo;

+ Assista aos melhores momentos da partida;

O Clube do Povo volta a campo no próximo domingo (22/08), às 18h15, pela 17ª rodada do Brasileirão. Na Vila Belmiro, o Colorado visita o Santos em confronto direto, uma vez que o Inter, agora nono, tem os mesmos 21 pontos do Peixe, mas está à frente na tabela pelos critérios de desempate.


Inter começa melhor, Fluminense pressiona no final

Disposto com a mesma formação que goleou o Flamengo na rodada passada, o Inter abriu o placar logo aos sete, quando Edenilson recebeu cruzamento de Cuesta e desviou no contrapé do goleiro. A mudança no escore motivou postura mais ofensiva do Fluminense, mas que não resultou em maior criação de jogadas de parte do Tricolor. Assim, os comandados de Aguirre seguiram no comando da partida após o tento.

Superada a casa dos 25 minutos, o jogo voltou a presenciar grandes emoções, também criadas pelo Clube do Povo. Bem postado, o Inter forçou seguidos erros do rival, respondidos com a velocidade de Taison na construção de contra-ataques. A oportunidade mais clara, que contou com drible do 10 vermelho no goleiro, foi cortada, em cima da linha, pelo zagueiro Nino.

As chances que faltaram aos visitantes durante os 40 minutos iniciais apareceram em grande volume nas vésperas do intervalo. Logo na primeira, Yago, servido por André, marcou o de empate do Fluminense. Depois, Abel Hernández ainda construiria bom movimento de pivô, mas defendido, com o pé, por Daniel.


Foi com emoção!

Na etapa final, quem começou melhor foi o Fluminense, que criou boas chances na primeira dezena de minutos. Uma vez mais, porém, a máxima de que quem não faz, leva, foi posta à prova. Após grande troca de passes pelo corredor esquerdo, Moisés escapou em direção à linha de fundo e cruzou rasteiro, na medida para Yuri desviar para as abertas redes visitantes.

Os contra-ataques, então, apareceram novamente, mas teimaram em não entrar. Até por isso, o tento de Nino, aos 38, tomava contornos de injusto castigo ao Colorado. Injusto e, felizmente, não confirmado, graças à genial percepção de Edenilson, que recebeu nova assistência de Cuesta para, já nos acréscimos, marcar o terceiro. Que não foi o último.

Guerrero merecia deixar o seu. Recuperado de lesões que prejudicaram seu primeiro semestre de temporada, o camisa nove colorado recebeu bom passe de Palacios após escanteio do Fluminense. Com campo aberto pela frente, o peruano avançou até a grande área carioca e, pela direita do retângulo, finalizou forte, rasteiro e indefensável. Agora sim, placar encerrado: Inter 4 a 2!


Primeiro tempo

7min – GOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É DO INTERNACIONAAAAAAAL! É DO CLUBE DO POVO! É DA ACADEMIA DO POVO! É DO COLORADO ALEGRIA DOS NOSSOS CORAÇÕES! Inter roda a bola por mais de um minuto, fazendo dançar a defesa carioca. Pela intermediária esquerda de ataque, Cuesta recebe com espaço e levanta com precisão na segunda trave. Edenilson, mortal como de costume para atacar os espaços, desvia no contrapé de Marcos Felipe e abre o placar no Beira-Rio!

A narração da Rádio Colorada para o gol de Edenilson

20min – Egídio vai ao fundo pela esquerda e cruza na segunda trave. Luiz Henrique consegue o desvio, mas travado por Moisés, e a bola não toma a direção da meta colorada.

26min – Amarelo para Yuri, que comete falta de ataque em Nino.

28min – UUUUUUUUUH! Taison dispara em altíssima velocidade e serve Moisés, que abre jogo para Edenilson. Livre na quina direita da grande área, o camisa oito levanta, Marcos Felipe não corta, mas Yuri passa em frente à bola. Na sobra, Taison recupera e serve Patrick, que chuta bloqueado.

29min – EM CIIIIIIIIIIIIIIMA DA LINHA! Yuri recupera a posse na saída de jogo rival, progride até as cercanias da área e serve Taison, que dribla Marcos Felipe e finaliza. Nino, praticamente debaixo das traves, corta.

38min – UH! Taison escapa em novo contra-ataque e deixa para Dourado, que não consegue o domínio. A bola espirra na zaga carioca e quase morre nas redes tricolores.

39min – POR CIMA! Yuri recebe na intermediária ofensiva, corta para a perna direita e arrisca uma bomba. Forte demais, ela sai levando perigo.

44min – André acha Yago nas costas da zaga colorada, e o camisa 20 finaliza com tranquilidade para empatar.

45min – Vamos a 47. Placa indicou mais dois.

46min – DA-NI-EEEEEL! Yago Felipe faz boa jogada e serve Abel Hernández, que consegue o giro dentro da área e finaliza de canhota. Goleiro salva o Inter.

47min – Intervalo no Beira-Rio.


Segundo tempo

5min – Após confusão na área visitante, Saravia fica com a sobra e, de muito longe, finaliza. Marcos Felipe encaixa.

7min – Egídio cobra escanteio da esquerda. Na primeira trave, ela é desviada por Abel, mas Yuri consegue cortar pela linha de fundo.

11min – DANIIIIEEEEL! Luiz Henrique invade a área colorada pela esquerda e solta a bomba. Goleiro defende, a bola rebate no atacante adversário e sai em tiro de meta.

13min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É DO IIIINTEEEEEEEEER! É DO CLUBE DO POVO! É DA ACADEMIA COLORADA! YURI, YURI, YURI ALBEEEEEEEEEERTO FAZ FESTEJAR A MAIOR E MELHOR TORCIDA DO RIO GRANDE! Não é replay não, viu? Inter roda a bola com enorme qualidade e ela chega até a esquerda de ataque. Desta vez, na medida para Moisés, que estica no fundo e cruza por baixo. Yuri, nas costas da marcação, aparece livre na pequena área para desempatar no Beira-Rio.

Comemore o gol de Yuri com a Mais Vermelha

17min – Saravia deixa o campo. Entra Heitor no Inter.

22min – Lindoso recebe o amarelo por falta em Martinelli.

28min – MILAAAAAAAAAAAAAAGRE! Taison arma mais um contra-ataque em altíssima velocidade, desde o campo de defesa, e recebe a companhia de Edenilson e Yuri. Pela esquerda, o camisa 11 é escolhido pelo garçom colorado e, com liberdade, solta a bomba, que Marcos Felipe salva em espetacular saída da meta.

29min – Lindoso marca após cabeceio de Cuesta, mas lance é anulado por impedimento.

31min – SALVA A ZAGA! Taison e Edenilson tabelam com muita qualidade na altura da meia-lua. Com espaço, o camisa 10 percebe Yuri livre na esquerda e serve o 11, que finaliza rasteiro, mas travado por Luccas Claro.

33min – Taison por Guerrero. Muda o Clube do Povo.

34min – Luiz Henrique, Martinelli e Yago sacados. John Kennedy, Nenê e Matheus Martins entram.

38min – Nino, após cruzamento de Egídio, marca o segundo do Fluminense.

40min – PRA FOOOOOOORA! Cuesta pega a sobra de corte parcial da defesa e, com muita liberdade, enche o pé. Ela sai em tiro de meta para o Fluminense.

40min – Ganso sai, Wellington entra. Bobadilla também é novidade, escolhido para o lugar de Abel Hernández.

41min – Novidades no Clube do Povo. Boschilia e Palacios por Lindoso e Patrick.

45min – UH! Boschilia solta a bomba de fora da área e assusta.

45min – Mais cinco. Vamos a 50.

47min – É GOL! É GOL! É GOL! É GOL! É GOL! É GOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É DO INTEEER! É DE EDENIIIIIIIIIIIIIIILSON! É DO SUPERED! É DA ACADEMIA DO POVO! Heitor vira o jogo até Cuesta, que faz linda jogada pela direita, entorta a marcação e, com o pé direito, levanta na segunda trave. Entre Guerrero e Yuri, Edenilson aparece para repetir a dobradinha do primeiro gol e fazer o terceiro do Colorado!

O gol de Edenilson na voz da emissora oficial do Clube do Povo

49min – VITÓRIA DO INTER! E VITÓRIA COM QUATRO GOLS MARCADOS! E VITÓRIA COM GOL DE CENTROAVANTE! SABE POR QUÊ? PORQUE É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É DO CLUBE DO POVO! É DO BRABO, É DO HOMEM, É DO MEU CENTROAVANTE, É DO PISTOLERO! GOLAÇO! Fluminense pressiona em busca do empate, mas cede espaço para o contra-ataque, acionado por Palacios e puxado por Guerrero. O camisa nove invade a área pela direita e solta a bomba, rasteira, no canto. Clube do Povo tem 4, o rival fica com 2.

A Colorada narrou assim o tento de Guerrero

50min – JOGO ENCERRADO! VITÓRIA COLORADA!


Ficha técnica:

Internacional (4): Daniel; Renzo Saravia (Heitor), Bruno Méndez, Victor Cuesta e Moisés; Edenilson, Rodrigo Dourado, Rodrigo Lindoso (Carlos Palacios) e Patrick (Gabriel Boschilia); Taison (Paolo Guerrero) e Yuri Alberto. Técnico: Diego Aguirre.

Fluminense (2): Marcos Felipe; Samuel Xavier, Nino, Luccas Claro e Egídio; André e Martinelli (John Kennedy); Yago Felipe (Nenê), Ganso (Wellington Martins) e Luiz Henrique (Matheus Martins); Abel Hernández (Raúl Bobadilla). Técnico: Roger Machado.

Gols: Edenilson, aos 7’/1ºT e aos 47’/2ºT, Yuri Alberto, aos 13’/2ºT, e Paolo Guerrero, aos 49’/2ºT (I). Yago Felipe, aos 44’/2ºT, e Nino, aos 38’/2ºT (F).

Cartões amarelos: Yuri Alberto e Rodrigo Lindoso (I).

Arbitragem: Luiz Flávio de Oliveira (SP), auxiliado por Daniel Paulo Ziolli (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP). Quarto árbitro: Roger Goulart (RS). Árbitro de Vídeo (VAR): Wagner Reway (PB). Auxiliar do VAR: Oberto da Silva Santos (PB).

Estádio: Beira-Rio.

Inter é superado em Curitiba

O Colorado foi superado por 2 a 1 pelo Athletico-PR, no início da noite deste domingo (25/07), em partida da rodada 13 do Brasileirão. Na Arena da Baixada, Terans e Vitinho marcaram para os mandantes no primeiro tempo, enquanto Edenilson descontou para o Inter na etapa final. No Beira-Rio, o Clube do Povo volta a campo no próximo sábado (31/07), às 20h, diante do Cuiabá.


Adversário pressiona

Dono da casa e habituado ao gramado sintético, o Athletico-PR controlou a posse de bola no início do confronto. Bem postado na defesa, o Clube do Povo conseguiu neutralizar os primeiros movimentos da equipe mandante, que respondeu à segurança colorada adiantando suas linhas para pressionar a saída de jogo vermelha.

A atitude mordedora valeu ao rival falta perigosa na casa dos 35, que Terans converteu em precisa cobrança. Logo depois, o Inter empataria em lindo gol Caio, mas o lance foi anulado, após longa consulta ao VAR, por falta na origem da jogada. Nos acréscimos, Vitinho, em jogada de velocidade construída pela esquerda, marcou o segundo e último antes do intervalo.


Inter luta pelo empate

O Inter retornou do intervalo ofensivo em busca do gol de desconto, que Edenilson, em cobrança de pênalti, marcou aos 19 minutos. Nos instantes seguintes, o Colorado criou novas oportunidades, por detalhe não convertidas em empate que ofereceria justiça ao placar, em definitivo encerrado com 2 a 1 para os locais, resultado que mantém o Clube do Povo com 24 pontos na tabela.


Primeiro tempo

6min – Caio Vidal é lançado na direita da área adversária, investe contra Thiago Heleno e finaliza forte. Ao lado, ela sai com perigo.

8min – Matheus Babi recebe o amarelo por falta em Caio.

12min – Lesionado após derrubar Caio, Babi deixa o campo. Entra Renato Kayzer.

13min – Vitinho comete falta em Cuesta e também leva o amarelo.

21min- Terans recebe na intermediária de ataque, corta para a perna canhota e finaliza forte. Ela sai ao lado, com perigo.

30min – Mauricio puxa contra-ataque para o Inter, recebe de Yuri Alberto, invade a meia-lua da área rival e abre jogo em Edenilson. O camisa oito levanta na segunda trave, na medida para Caio, que cabeceia com enorme perigo.

32min – Athletico cobra escanteio curto. Aberta, a bola morre nos pés de Nikão, que finaliza, mesmo sem ângulo, com força. Daniel encaixa!

35min – David Terans, de falta, abre o placar para o Athletico.

39min – Yuri, da entrada da área, arrisca. Bento, no meio do gol, defende em dois tempos.

44min – Inter empata o jogo em lindo gol de Caio Vidal, mas o lance é anulado, após intervençāo do VAR, por falta na origem da jogada. Thiago Galhardo e Aguirre recebem o amarelo por reclamação.

45min – Mais cinco. Vamos a 50.

45min – UUUUUUUUH! Dourado lança linda bola nas costas da zaga paranaense. Edenilson domina na área rival, a defesa corta, mas a sobra é de Moisés, que cruza para Ed. O chute sai sem direção.

47min – Vitinho pega a sobra de corte parcial da zaga colorada e finaliza forte para ampliar.

50min – Intervalo na Baixada.


Segundo tempo

2min – Boschilia recebe na intermediária esquerda de ataque, encontra espaço para a canhota e solta um foguete. A bola explode na forquilha e teima em não entrar.

9min – Yuri Alberto escapa pela intermediária ofensiva, invade a área cortando para a perna direita e chuta forte. Bento defende.

11min – DANIEL! Nikão corta da direita para o centro e solta chute forte. Goleiro colorado espalma o canhotaço pela linha de fundo.

15min – Dupla troca no Inter. Palacios e Galhardo entram, Mauricio e Caio saem.

18min – PÊNALTI! Nicolas abraça a bola na área mandante!

19min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! GOL DO INTER, GOL DO INTER, GOL DO INTER, GOL DO INTEEEEEEEEEEEEEEEER! Edenilson, no canto esquerdo de Breno, cobra com precisão para descontar. Goleiro rubro-negro sequer deixa o centro do gol, apenas assistindo ao tento vermelho.

O gol de Edenilson na narração da Rádio Colorada

21min – Yuri amarelado.

23min – UUUUH! Palacios serve Boschilia, que cruza do lado esquerda. Na segunda trave, Galhardo cabeceia com perigo.

26min – Boschilia também recebe o amarelo.

28min – Boschilia vai, Juan Cuesta.

31min – UUUUUUUUH! Yuri escapa em altíssima velocidade pelo corredor direito e cruza para a entrada da área. Edenilson finaliza rasteiro, a bola supera Bento, mas a zaga consegue o bloqueio debaixo das traves.

32min – PRA FORA! Juan Cuesta faz fila da esquerda para o centro e deixa com Edenilson, que finaliza cruzado, rasteiro. Boa trama!

33min – POR DETAAAAAAAAAAALHE! Palacios recebe de Heitor, escapa pela direita e cruza rasteiro. Na primeira trave, Galhardo resvala na bola, mas não consegue colocar direção.

33min – Bento amarelado por cera.

34min – Canesin entra, Terans é sacado. Troca nos locais.

38min – Tripla troca no Athletico. Marcinho, Vitinho e Christian saem, Khellven, Zé Ivaldo e Erick entram.

39min – Muda o Inter. Vinicius Mello por Yuri Alberto.

45min – Mais cinco. Uma vez mais, etapa será encerrada com 50.

50min – Jogo encerrado na Baixada.


Ficha técnica:

Athletico-PR (2): Bento; Marcinho (Khellven), Pedro Henrique, Thiago Heleno e Nicolas; Christian (Erick), Léo Cittadini, Nikão, David Terans (Fernando Canesin) e Vitinho (Zé Ivaldo); Matheus Babi (Renato Kayzer). Técnico: António Oliveira.

Internacional (1): Daniel; Heitor, Bruno Méndez, Victor Cuesta e Moisés; Rodrigo Dourado, Edenilson e Gabriel Boschilia (Juan Cuesta); Caio Vidal (Carlos Palacios), Yuri Alberto (Vinicius Mello) e Mauricio (Thiago Galhardo). Técnico: Diego Aguirre.

Gols: David Terans, aos 35’/1T, e Vitinho, aos 47’/1T (A). Edenilson, aos 19’/2T (I).

Cartões amarelos: Matheus Babi, Bento, Vitinho e Renato Kayzer (A). Yuri Alberto, Gabriel Boschilia, Yuri Alberto, Diego Aguirre.

Arbitragem: Thiago Luis Scarascati, auxiliado por Alex Ang Ribeiro e Miguel Cataneo Ribeiro. Trio paulista. Quarto árbitro: João Paulo Romano Queiroz (PR). Árbitro de Vídeo (VAR): José Cláudio Rocha Filho (SP). Auxiliar do VAR: Herman Brumel Vani (SP).

Estádio: Arena da Baixada, Curitiba (PR).

“A gente sabe da importância desse jogo”, destaca Edenilson sobre o duelo contra o Olimpia-PAR

O Clube do Povo segue em preparação intensa para o duelo de volta das oitavas de final da Libertadores. Dia que contou com atividades no CT Parque Gigante, a terça-feira (20/07) também ficou marcada por entrevista exclusiva de Edenilson para o Canal do Inter. No papo, o meio-campista projetou os 90 minutos decisivos que serão disputados diante do Olimpia-PAR, a partir das 21h30 de quinta (22/07), no Beira-Rio.

“Será muito difícil. A equipe deles se mostrou um time que marca muito. Mas a gente espera contar com o nosso gramado, que já estamos adaptados, para fazer um bom jogo e conseguir trocar passes mais rápido do que lá, para sair com um resultado positivo. A gente sabe da importância desse jogo.

Edenilson

Sem sofrer gols há três jogos, o Colorado chega embalado por importante vitória para o duelo deste meio de semana. Na última vez que foi a campo, o Clube do Povo superou o Juventude, no domingo passado (18/07), e encerrou jejum de mais de dois meses sem vitórias no Beira-Rio. O triunfo de 1 a 0 foi destacado por Edenilson, que reforçou a recente evolução da equipe.

“A gente sabe que estava devendo no Brasileiro, que estava devendo em casa. Temos consciência disso e estamos tentando melhorar juntamente com o professor Aguirre e toda a sua comissão. Tenho certeza que, nesse último jogo, já deu pra ver evolução na equipe. Fizemos o resultado e os três pontos, que eram importantíssimos.”

Edenilson

Bicampeão da Libertadores, o Inter precisa superar o Olimpia-PAR para chegar às quartas de final do principal torneio de clubes do continente. Empate sem gols leva a decisão para os pênaltis, enquanto os demais resultados valem vaga para os paraguaios. A responsabilidade da vitória é reconhecida por Edenilson, que reforça a importância da camisa colorada em momentos como o atual.

“Difícil, resultado perigoso, mas a gente sabe que tem que vencer, assim como fomos lá também com esse intuito. Contamos com muitos jogadores experientes, e os jovens também, uma boa mescla. Todos sabem o tamanho da camisa que vestem, o peso que tem, a cobrança por vencer e ganhar títulos.”

Edenilson

A preparação colorada será encerrada na manhã desta quarta-feira, quando Diego Aguirre e comissão técnica comandarão o último dia de trabalhos prévios ao duelo continental. O treino, previsto para as 10h45, terá como palco o CT Parque Gigante.

Inter empata com o Corinthians em Itaquera

O Colorado visitou o Corinthians, na noite deste sábado (03/07), pela nona rodada do Brasileirão 2021. Na Neo Química Arena, Edenilson marcou o gol do Clube do Povo, que chega, com o ponto conquistado, a 10 na tabela nacional.

Agora, os comandados de Aguirre voltam suas atenções para o São Paulo, adversário na próxima quarta-feira (07/07). O duelo, válido pela 10ª rodada, ocorre no Beira-Rio, a partir das 21h30. No sábado seguinte (10/07), o Inter disputa, na Arena, o Gre-Nal 433.


Inter cresce com o tempo

O Colorado abriu o confronto com novidades na escalação. Paulo Victor, recém-chegado do Botafogo, e Juan Cuesta, colombiano promovido da categoria júnior, iniciaram como titulares o duelo deste sábado, que também contou com Leo Borges na ponta-esquerda de ataque do Internacional.

Nos primeiros minutos de confronto, o Corinthians tentou fazer valer o mando de campo, e assustou com chegadas pelo corredor direito. A partir dos 15, porém, Edenilson e Mauricio passaram a construir tabelas envolventes, carregando o Inter para o campo de ataque. Pouco a pouco, o jogo ficava, primeiro, equilibrado, e, depois, sob controle do Colorado.

O melhor momento do Inter foi recompensado com gol. Na casa dos 35, Edenilson cobrou, com veneno, falta pela intermediária de ataque. A bola mirava Cuesta, mas o zagueiro foi atropelado por Jô. Pênalti, que SuperEd, preciso como sempre, bateu. Clube do Povo na frente, primeiro tempo encerrado.


Jogo intenso

Os papéis se inverteram na etapa final. Após o intervalo, foi o Clube do Povo quem retornou com maior volume ofensivo, pressão que encontrou seu melhor momento na casa dos 13 minutos, quando Patrick, de canhota, quase marcou o segundo para o Inter.

O correr dos minutos foi benéfico para o Corinthians, que adotou postura cada vez mais ofensiva a partir das mudanças de Sylvinho. De tanto martelar, o time da casa chegou ao empate aos 34, com Jô, em rebote de grande defesa do goleiro Daniel. O gol foi o último na noite paulista.


Primeiro tempo

1min – Fábio Santos escapa pela esquerda e cruza na segunda trave. Ninguém completa, e o Inter tem tiro de meta.

6min – DANIEL! Gustavo Silva escapa em veloz contra-ataque para o Corinthians, invade a área colorada e cruza rasteiro. Goleiro do Inter encaixa, seguro.

12min – Mateus Vital corta da esquerda para o centro e finaliza rasteiro. Para fora, oferece tiro de meta para o Inter.

17min – Edenilson e Mauricio tabelam na intermediária direita de ataque. Camisa 27 aciona Juan Cuesta, que tenta o cruzamento rasteiro. Antes de Yuri, Gil afasta pela lateral.

17min – Arriscou! Leo recebe na altura da quina esquerda da grande área e arrisca. Por cima, marcou presença do Inter no campo de ataque.

19min – MILAAAAAAAAAAAAGRE DE CÁSSIO! Mauricio lança Yuri nas costas da zaga, o camisa 11 dispara em altíssima velocidade, invade a área paulista e tenta cavar o goleiro adversário, que opera grande defesa. Na sequência do lance, auxiliar indica impedimento do atacante do Inter.

27min – Gustavo Silva invade a área colorada pela direta, corta para dentro e arrisca com a canhota. Bola sai com enorme perigo.

28min – UUUUUUH! Mauricio toma a iniciativa, progride até as cercanias da área rival e finaliza. A bola desvia em Fagner e quase engana Cássio, que consegue cair no contrapé a tempo de encaixar.

30min – Cuesta, em condição irregular, recebe de Mauricio e finaliza rasteiro. Cassio opera um milagre, mas o lance já estava anulado por condição irregular do colombiano colorado.

34min – Roni recebe o primeiro amarelo do jogo. Falta para o Inter.

35min – PÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊNALTI PARA O INTER! Edenilson levanta bola perigosíssima para a área paulista. A bola tinha a direção de Cuesta, que é atropelado por Jô.

39min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! EDENILSON, EDENILSON, EDENIIIIIIIIILSOOON! ELE NÃO BATE, ELE MARCA! ELE NÃO ERRA, ELE BRILHA! É GOL COLORADO, É DO INTER, É O CLUBE DO POVO NA FRENTE! Edenilson cobra alta, buscando o canto esquerdo de Cássio. Goleiro acerta o canto, mas é impossível buscar quando o camisa oito alvirrubro cobra!

Comemore o gol de Edenilson com a narração da Rádio Colorada

42min – Cuesta recebe o amarelo por falta em Vitinho.

43min – Mateus Vital bate a falta frontal por cima do gol colorado.

45min – Mais dois. Vamos a 47.

47min – Intervalo em Itaquera!


Segundo tempo

0min – Inter retorna com duas trocas. Patrick por Leo Borges, Johnny na vaga de Juan Cuesta.

1min – Jô recebe pela esquerda da área colorada e solta o canhotaço. Pra fora, mas com perigo.

11min – Sai Roni, entra Araos. Muda o Corinthians.

13min – PRA FOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOORA! Grande jogada do Clube do Povo! Mauricio recebe cruzamento da esquerda e faz o pivô para Patrick, que solta o canhotaço. Teimosa, a bola sai assoviando o poste direito de Cássio.

19min – PEEEEEEDROOO HEEEENRIIIQUE! Jô escapa pela direita, invade a área colorada e, de frente para Daniel, arremata. Zagueiro do Inter bloqueia a finalização no instante certo, com carrinho perfeito.

23min – QUE ESCAPADA! Yuri atravessa dois terços de campo em contra-ataque perigosíssimo para o Inter. Nas cercanias da grande área, camisa 11 serve Edenilson, que divide com Cássio. Por detalhe o meio-campista não devolve para o atacante!

25min – Luan entra, Vitinho sai. Marquinhos vem, Gustavo Silva vai. Sylvinho muda duas vezes.

34min – Jô pega rebote de grande defesa de Daniel e empata para o Corinthians.

35min – Vini Mello e Lucas Ribeiro entram. Yuri e Saravia saem.

37min – João Victor amarelado por falta em Lucas Ribeiro.

40min – Edenilson amarelado. Falta em Araos.

42min – Boschilia é novidade no Clube do Povo. Quem deixa o campo é Mauricio.

45min – Mais cinco. Vamos a 50.

50min – Jogo encerrado em Itaquera.


Ficha técnica:

Corinthians (1): Cássio; Fagner, João Victor, Gil e Fábio Santos; Victor Cantillo, Roni (Ángelo Araos) e Vitinho (Luan); Gustavo Silva (Marquinhos), Jô e Mateus Vital. Técnico: Sylvinho.

Internacional (1): Daniel; Renzo Saravia (Lucas Ribeiro), Pedro Henrique, Victor Cuesta e Paulo Victor; Rodrigo Dourado, Edenilson e Mauricio (Gabriel Boschilia); Juan Cuesta (Johnny), Yuri Alberto (Vinicius Mello) e Leo Borges (Patrick). Técnico: Diego Aguirre.

Gols: Edenilson, aos 39’/1ºT (I). Jô, aos 34’/2ºT (C).

Cartões amarelos: Roni e João Victor (C). Edenilson e Victor Cuesta (I).

Arbitragem: Marcelo de Lima Henrique (RJ), auxiliado por Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Márcia Bezerra Lopes Caetano (RO). Quarto árbitro: Adriano de Assis Miranda (SP). Árbitro de Vídeo (VAR): Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ). Auxiliar do VAR: Carlos Henrique Cardoso de Souza (RJ).

Estádio: Neo Química Arena, São Paulo (SP).

Inter fica no 1 a 1 com o Ceará

Pela quinta rodada do Brasileirão, o Clube do Povo empatou em 1 a 1 com o Ceará, no Beira-Rio, na tarde deste domingo (20/06). O gol colorado foi marcado por Edenilson, de pênalti. O Inter volta a campo na próxima quinta-feira (24/06), às 19h, quando visita a Chapecoense.


Professor de olho

Anunciado no último sábado (19/06), Diego Aguirre, novo comandante colorado, acompanhou a partida direto dos camarotes do Beira-Rio. O uruguaio, que veio de carro de Montevidéu, chegou ao Gigante minutos antes do início do confronto, e foi recebido pelo presidente Alessandro Barcellos.


Um gol cedo, outro tarde

O Inter abriu o placar ainda nos primeiros movimentos de partida. Lançado nas costas da marcação por Patrick, Yuri Alberto sofreu violento atropelo do goleiro Vinicius, percebido pelo arbitragem inicialmente como falta, mas depois corrigido para pênalti. Edenilson, preciso como sempre, abriu a contagem no minuto sete.

Atrás no escore, o Ceará passou a explorar a imposição física de seus jogadores de frente para criar uma blitz ofensiva contra o Inter. Se não criaram grandes oportunidades pelo chão, os visitantes somaram consecutivos lances perigosos de bola parada. De um destes, Lima, aos 45, empatou, marcando o último antes do intervalo.


Tudo igual no segundo tempo

Os 45 minutos finais não presenciaram modificação no placar do Beira-Rio. Simpático aos contra-ataques, o Ceará criou boas chances com Saulo, desperdiçada, e Mendoza, que exigiu grande defesa do goleiro Daniel. De sua parte, o Inter até teve volume ofensivo, elevado a partir das trocas de Osmar Loss, mas não conseguiu balançar as redes visitantes.


Primeiro tempo

1min – UH! Lucas Ramos recebe de Edenilson e, apesar da distância, arrisca. Vinicius encaixa.

1min – Mendoza vai ao fundo pela esquerda e cruza rasteiro. Lima, invadindo a área pela direita, finaliza de primeira. Pra fora.

4min – FOI FORA? Yuri Alberto é lançado nas costas de Gabriel Dias por Patrick. Em velocidade, camisa 11 colorado ganha do adversário, mas não consegue o domínio pois sofre atropelo do goleiro Vinicius. Árbitro indicou falta, mas o lance foi dentro da área.

5min – PÊNALTI! VAR confira a penalidade para o Inter, e Vinicius recebe o amarelo pela falta.

7min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOL! EDENILSON, EDENILSON, SUPERED! É PÊNALTI PRO INTER? É GOL DO ED! É GOL DO OITO COLORADO! Com a precisão de sempre, Edenilson manda no ângulo direito da meta alvinegra. Goleiro, que errou o lado, sequer saiu na foto.

8min – SERIA UM GOLAÇO! Yuri escapa pela esquerda e cruza para a altura da meia-lua. Lucas Ramos chega batendo, mas não pega em cheio. Jogada foi bonita!

9min – UH! Galhardo é lançado pela direita. Antes de Thiagol, Gabriel Lacerda manda em escanteio.

12min – Messias comete falta em Cuesta para marcar o gol de empate do Ceará. Arbitragem invalida o lance.

20min – Jorginho cobra escanteio pela esquerda do ataque alvinegro. Na primeira trave, Saulo desvia, e a bola atravessa toda a pequena área antes de sair em tiro de meta.

27min – Pênalti para o Ceará.

28min – Árbitro vai consultar o VAR.

29min – Pênalti cancelado.

41min – Leo faz jogada individual pela esquerda e cruza fechado. Vinicius encaixa.

42min – UH! Heitor cruza boa bola da intermediária direita de ataque. Yuri antecipa Messias e consegue o desvio. A bola sai por cima, por pouco!

45min – Mais cinco. Vamos a 50.

45min – Lima, de falta, empata para o Ceará.

47min – SAAAAAAAAAAALVA, LACERRDA! Galhardo intercepta recuo de bola para o goleiro Vinicius, consegue driblar o arqueiro e, de fora da área, arrisca. Gabriel Lacerda impede que a bola tome o caminho do gol.

49min – Jorginho, da direita, cobra escanteio na primeira trave. Messias sobe e desvia. A bola sai ao lado do poste esquerdo colorado.

50min – Intervalo no Beira-Rio.


Segundo tempo

3min – Sobral impede escape de Patrick com falta. Atleta recebe o amarelo.

5min UUUH! Lucas Ramos e Yuri tabelam, o camisa 11 escapa nas costas da marcação e solta a bomba. Ela sai por cima, com perigo.

7min – Saulo recebe de Mendoza e, com liberdade em frente à grande área, solta a bomba rasteira. Cruzada, ela sai levando muito perigo.

15min – Chega o Inter! Heitor vai ao fundo e cruza na primeira trave. Antes de Yuri, Messias afasta em escanteio.

19min – Lucas Ribeiro recebe o amarelo por falta em Jorginho.

21min – Duas trocas no Clube do Povo. Lucas Ramos e Thiago Galhardo deixam o campo para as entradas de Mauricio e Caio Vidal.

25min – Marlon acerta Caio e leva o amarelo.

28min – UH! Caio e Yuri avançam pela direita de ataque. Após corte parcial da defesa, Vidal tenta de bicicleta, mas acerta Jorginho. Árbitro indica falta.

30min – Charles e Vina vêm a campo no Ceará. Jorginho e Marlon sacados.

32min – Vina recebe de Mendoza e finaliza rasteiro. Lucas Ribeiro bloqueia o chute, que sai espirrado pela linha de fundo.

36min – Peglow e Nonato entram no Inter. Heitor e Leo Borges sacados.

41min – Hélio Borges entra no lugar de Lima. Troca o time visitante.

42min – Vini Mello é novidade no Inter. Yuri Alberto deixou o campo.

43min – Nonato recebe de frente para a área alvinegra e arrisca o chute. Forte demais, ela sai em tiro de meta para o Ceará.

45min – Seis de acréscimo. Vamos até 51.

45min – Mendoza, na pequena área, finaliza para milagre de Daniel.

48min – Troca Guto Ferreira. Kelvyn substitui Bruno Pacheco, e Buiú vem para a vaga de Gabriel Dias.

50min – UUH! Peglow tenta o lançamento para a área alvinegra, a zaga corta parcialmente e, no rebote, Caio solta a bomba. Tiro de meta para o Ceará.

51min – POR CIIIIIIIIMA! Patrick sobe mais do que a marcação e cabeceia bola cruzada por Mauricio. Ela tira tinta do travessão de Vinicius.

51min – Mais um. Vamos até 52.

52min – Jogo encerrado.


Ficha técnica:

Internacional (1): Daniel; Heitor (Nonato), Lucas Ribeiro, Victor Cuesta e Leo Borges (João Peglow); Rodrigo Lindoso, Edenilson, Lucas Ramos (Mauricio) e Patrick; Thiago Galhardo (Caio Vidal) e Yuri Alberto (Vinicius Mello). Técnico interino: Osmar Loss.

Ceará (1): Vinicius; Gabriel Dias (Buiú), Messias, Gabriel Lacerda e Bruno Pacheco (Kelvyn); Fernando Sobral, Marlon (Charles), Lima (Hélio Borges), Jorginho (Vina) e Stiven Mendoza; Saulo Mineiro. Técnico: Guto Ferreira.

Gols: Edenilson, aos 7’/1ºT (I). Lima, aos 45’/1ºT (C).

Cartões amarelos: Lucas Ribeiro e Leo Borges (I). Vinicius, Marlon e Fernando Sobral (C).

Arbitragem: Diego Pombo Lopez (BA), auxiliado por Jucimar dos Santos Dias (BA) e Edevan de Oliveira Pereira (BA). Quarto árbitro: Lucas Guimarães Rechatiko Horn (RS). Árbitro de Vídeo (VAR): Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ). Auxiliar do VAR: Carlos Henrique Cardoso de Souza (RJ).

Estádio: Beira-Rio.

Pós-jogo | “Isso é Inter: vamos demonstrar força e raça até o final”, destaca Johnny

O Clube do Povo visitou o Bahia, na noite deste domingo (13/06), e conquistou sua primeira vitória no Brasileirão 2021. Edenilson, de pênalti, marcou o único gol do triunfo, repercutido em entrevista coletiva de Osmar Loss. Confira as principais aspas do técnico interino colorado!

“O vestiário, hoje, é um vestiário de jogadores que se sacrificaram, que se doaram, que estão de parabéns pela sua disciplina tática, pela sua dedicação e pelo seu compromisso com a camisa do Internacional. Estão conscientes que a gente precisa dar passos importantes em rumo da evolução, mas satisfeitos com o rendimento e a entrega de todos.”

Osmar Loss

“A dedicação dos jogadores, o compromisso com a disciplina tática, as trocas que a gente conseguiu para energizar os setores do campo que estavam frágeis; foram decisivos. Mesmo com um a menos, as melhores oportunidades de gol foram nossas. Ou seja, é um time que, mesmo sabendo se defender bem, não deixou de contra-atacar com bastante eficiência.”

Osmar Loss

Os minutos seguintes ao apito final também contaram com aspas do elenco colorado. Primeiro atleta a falar, o meio-campista Johnny, titular pela terceira vez nas últimas quatro partidas, destacou a luta do Clube do Povo, que garantiu os três pontos mesmo após atuar quase todo o segundo tempo com um jogador a menos. Assista!

“Isso é Inter.

A gente vai demonstrar força e raça

até o final do Campeonato.”

Johnny

Coube a Victor Cuesta encerrar as aspas concedidas ainda na orla do campo de Pituaçu. O zagueiro argentino, que também reforçou o positivo impacto anímico da vitória conquistada em Salvador, destacou a sequência de jogos que aguarda o Inter pelo Brasileirão. Veja!

“Precisávamos reverter a fase,

e começamos por hoje, com uma

vitória importante”

Victor Cuesta