Pós-jogo|”Esse é o Inter que queremos”, comemora Miguel Ángel Ramírez

O Inter fechou em grande estilo a primeira fase do Gauchão! No Beira-Rio, o Clube do Povo superou o Esportivo por 5 a 0, na noite deste sábado (24/04), em partida da 11ª rodada do Estadual. Após o confronto, Miguel Ángel Ramírez concedeu entrevista coletiva e repercutiu a goleada vermelha.

“Um campeonato é
difícil ganhar com 11.
Necessitamos
que estejam, cada um, no nível máximo. Daí a
importância da
competitividade.”

Miguel Ángel Ramírez

“Temos muita fome. A equipe quis seguir atacando, agressiva, pressionando. Esse é o Inter que queremos.

Miguel Ángel Ramírez

Zagueiro de grande atuação nesta noite, Pedro Henrique conversou de maneira exclusiva com a Mídia do Inter após o duelo com o Esportivo. Ainda na beira do gramado, o jovem defensor comemorou a boa atuação da retaguarda vermelha e parabenizou Zé Gabriel, companheiro de zaga, pelo gol marcado. Confira:

Yuri Alberto foi outro atleta a conversar exclusivamente com as redes coloradas. Dono de uma assistência, para Nonato, e autor de um gol, o terceiro na vitória, o camisa 11 celebrou o reencontro com as redes e projetou a próxima jornada na agenda do Clube do Povo. Veja:

Encerrando a lista de declarações exclusivas, Rodinei também falou para os microfones alvirrubros. Autor do quinto gol, dono de duas assistências – para Zé Gabriel e Dourado -, e vítima do pênalti convertido por Yuri, o lateral-direito repercutiu a exibição de gala, ainda mais especial por suceder o nascimento de sua filha. Assista:

Inter fecha primeira fase estadual com goleada

Espetáculo no Gigante! O Inter encerrou sua participação na primeira fase estadual goleando o Esportivo, em partida da 11ª rodada do Gauchão, por 5 a 0. Zé Gabriel, Nonato, Yuri Alberto, Rodrigo Dourado e Rodinei marcaram no triunfo da noite deste sábado (24/04) e construíram importante triunfo, que levou o Colorado aos 23 pontos na tabela.

Vice-líder ao encerramento da primeira fase estadual, o Clube do Povo enfrentará, nas semifinais do Rio Grande, o Juventude. O duelo ocorre em partidas de ida e volta, com os últimos 90 minutos disputados no Beira-Rio. Antes disso, o Inter volta a campo, às 21h30 da próxima terça-feira (27/04), pela Libertadores. No Gigante, o adversário será o Deportivo Táchira-VEN, em partida da segunda rodada dos grupos continentais.


Atuação de gala

O Inter deu show no primeiro tempo de partida. Dono do placar a partir dos quatro minutos, quando Zé Gabriel completou cruzamento de Rodinei direto para as redes, o Clube do Povo não diminuiu o ritmo com a dianteira do escore. Insinuante na linha de frente, que contava com as intensas movimentações de Palacios e Patrick, o time de Miguel Ángel ampliou aos 32. Dono da obra de arte, Nonato, de canhota, marcou, muito bem servido pelo garçom Yuri Alberto.

O segundo tento teve com principal reflexo o nocaute visitante. Atordoado, o Esportivo ainda tentava reencontrar os eixos quando o corredor direito de ataque do Inter construiu nova trama envolvente. Servido pela linda troca de passes, Rodinei invadiu a área e foi derrubado por Warley. Pênalti.

Na bola, Yuri Alberto demonstrou a tradicional tranquilidade para balançar as redes. Rasteiro, buscou o canto esquerdo de Anderson, que até caiu bem, mas não o suficiente para impedir o terceiro do Inter. Mantido até o intervalo, o 3 a 0 refletiu com justiça a grande atuação colorada.


Vitória vira goleada

Três virou, cinco acabou! O Inter teve excelente exibição também nos 45 minutos que marcaram o encerramento da 11ª rodada do Gauchão. Tranquilo pela excelente etapa inicial, Miguel Ángel Ramírez realizou testes no segundo tempo, a exemplo da entrada de Rodrigo Dourado na zaga, mas não diminuiu a cobrança em cima de seus comandados. Assim, Rodinei voltou a ser garçom, desta vez de Dourado, dono do quarto.

Duas assistências e um pênalti sofrido já tornavam Rodinei merecedor de destaque, mas o lateral buscou ainda mais. Aos 21, o atleta recebeu excelente passe vertical de Rodrigo Lindoso e, na área adversária, dominou cortando para a canhota antes de finalizar para as redes serranas. Quinto gol do Inter, último da partida, o tento foi responsável por garantir o ataque vermelho como o mais positivo da primeira fase do Rio Grande.


Melhores momentos – primeiro tempo

4min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOL DO INTERNACIONAAAAAAAL! É GOL DO INTER! DO CLUBE DO POVO, DA ACADEMIA DO POVO, DO COLORADO ALEGRIA DOS NOSSOS CORAÇÕES! Sofrida por Palacios, Rodinei cobra falta pela esquerda da intermediária de ataque do Clube do Povo. Na marca do pênalti, Zé Gabriel sobe no terceiro andar para desviar em direção às redes serranas. Inter na frente, cedo no jogo!

O primeiro gol na narração da Rádio Colorada

7min – UH! Lindoso briga com a marcação, conduz o Inter ao ataque e serve Palacios. Dentro da grande área, o camisa 16 corta para dentro e tenta o arremate colocado. A bola explode na zaga rival.

11min – PRA FOOOOOOOOOOORA! Leo Borges acerta excelente cruzamento do corredor esquerdo. Na direita da grande área, Patrick domina, ajeita e manda colocado. A bola sai tirando tinta do poste alviazul!

14min – Nova trama do Inter! Nonato deixa de calcanhar para Rodinei, que rasga a defesa adversária pelo centro e abre jogo com Patrick. O Pantera arremata rasteiro, para defesa de Anderson.

17min – Latereio! Hulk antecipa a zaga colorada e consegue bom desvio após cobrança de lateral pela direita. Por cima.

21min – E A SEQUÊNCIA? Praxedes costura a zaga em frente à área anilada. Mesmo derrubado, a bola segue até Yuri, que manda para as redes do Esportivo. Arbitragem, contudo, já paralisara o lance, indicando falta no jovem colorado.

24min – UH! Rodinei cobra nova falta açucarada. Também da esquerda da intermediária ofensiva, o lateral levanta na medida para Pedro Henrique, que desvia com enorme perigo. Foi por pouco.

28min – COOOOOOOOOOORTA A ZAGA! Servido na meia-lua da grande área serrana, Patrick deixa de letra, no primeiro toque, para Praxedes. De frente com Anderson, ele desvia de ganchinho e encobre o arqueiro, mas Júnior consegue o corte a centímetros da linha fatal.

32min – GOLAAAAAAAAAAAAAAAÇO! GOLAAAAAAAAAAAAAAAÇO! PINTURA COLORADA! É GOOOOOOOOOOOOOOOL DO INTEEEEEER! DO CLUBE DO POVO, DA ACADEMIA DO POVO, DO COLORADO ALEGRIA DOS NOSSOS CORAÇÕES! Yuri Alberto dispara em altíssima velocidade pelo corredor direito e, já na intermediária ofensiva, serve Nonato. Dentro da área, o camisa 33 manda de primeira, com precisão, um canhotaço. Amplia o Clube do Povo!

Comemore o gol de Nonato na voz da Mais Vermelha

39min – PÊÊÊÊÊÊÊNALTI PARA O INTER! Rodinei invade a área alviazul e é derrubado por Warley. Arbitragem percebe e indica.

40min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL DO INTERNACIONAL! É DO CLUBE DO POVO, DA ACADEMIA DO POVO, DO COLORADO ALEGRIA DOS NOSSOS CORAÇÕES! YURI, YURI, YURI ALBERTO É O NOME DO ARTILHEIRO! Com muita tranquilidade, o camisa 11 parte para a bola e manda rasteiro no canto esquerdo de Anderson. O placar já indica: 3 a 0 vermelho!

Festeje o gol de Yuri na emissora oficial do Clube do Povo

42min – UH! Leo Borges recebe de Lindoso e, pela esquerda da intermediária ofensiva, manda a bomba. Forte demais, ela sai por cima.

45min – Encerrada a etapa inicial!


Segundo tempo

0min – Esportivo retorna com mudança. Entra Emerson, sai Vini Martins.

4min – UUUUUUH! Nonato dá lindo passe vertical pra Leo Borges, que domina à esquerda da grande área e cruza rasteiro. Yuri, de primeira, finaliza, e ela sai levando enorme perigo.

5min – CANTO BOLA! Patrick recebe após ótimo contra-ataque do Clube do Povo e deixa com Nonato, que domina invadindo a grande área e tenta de canhota. A zaga bloqueia, e ela sai em escanteio.

6min – Dupla troca no Inter. Rodrigo Dourado e Lucas Ramos entram, Zé Gabriel e Praxedes saem. Camisa 13 assume a braçadeira de capitão e passa a ocupar a esquerda da dupla de zaga vermelha.

9min – TOCO Y ME VOY! Palacios deixa com Rodinei, que serve Yuri. O camisa 11 faz o pivô para o companheiro chileno, que invade a área, domina colocando na pequena e, no momento do arremate, é travado. Escanteio para o Inter.

10min – Agora, de longe! Palacios pega a sobra de corte parcial da defesa alviazul e manda chute forte. Anderson defende.

16min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! GOL DO CAPITA, GOL DO CLUBE DO POVO! DOURADO, DOURADO, DOURAAAAAAADO! E NÃO É REPLAY! Rodinei, pela esquerda da intermediária de ataque, cruza na segunda trave. Dourado sobe com imponência e desvia para baixo, como manda o figurino. A bola foge do alcance de Anderson e morre nas redes serranas!

Assim a Rádio Colorada narrou o gol de Dourado

18min – Johnny por Nonato, Marcos Guilherme na vaga de Palacios.

21min GOOOOOOOOOOOOOOOOOOL DO INTERNACIONAL! É DO CLUBE DO POVO, DA ACADEMIA DO POVO, DO COLORADO ALEGRIA DOS NOSSOS CORAÇÕES! O GARÇOM VIRA ARTILHEIRO! Rodrigo Lindoso oferece passe açucarado para Rodinei, não interceptado pela dupla de zaga serrana, mas dominado pelo lateral. O camisa 22 domina ajeitando da esquerda para a direita e finaliza com categoria. É o quinto!

Narração da Mais Vermelha para o gol de Rodinei

23min – Duas novidades também no Esportivo. Balbino substitui Michael, Daniel Cruz saca William.

24min – QUE TAPA! Lindoso, de trivela, lança Lucas Ramos na profundidade. Por detalhe, ela cruza em frente ao jovem colorado e é cortada por Anderson.

25min – TIIIIRA A ZAGA! Patrick invade a área rival pela esquerda e cruza rasteiro. Lucas Ramos completaria para o gol, mas Júnior Alves faz o corte. Que chegada!

30min – UUUUUUH! Yuri Alberto recebe na esquerda da área do Esportivo, corta para dentro e manda chute forte. Anderson espalma e, no rebote, Johnny finaliza, bloqueado pela zaga rival. Blitz vermelha!

30min – Yuri por Galhardo. Última troca de Miguel Ángel.

31min – Júnior Alves recebe o amarelo por reclamação.

33min – AAAAANDERSON! Marcos Guilherme é lançado pela direita da área rival e cruza na medida. Galhardo cabeceia, goleiro salva.

35min – DANIEL! Emerson manda uma bomba de muito longe, que o goleiro colorado voa para espalmar em escanteio.

41min – QUAAAAAAAAAAAASE! Marcos Guilherme recebe cruzamento de Patrick, ajeita para o pé direito e manda a bomba. Levou enorme perigo!

42min – Serafini veio, Mateus Santana foi.

44min – Samuel Balbino amarelado por tapa em Thiago Galhardo.

45min – Mais três. Vamos a 48!

48min – ACABOU! INTER GOLEIA!


Ficha técnica:

Internacional (5): Daniel; Rodinei, Zé Gabriel (Rodrigo Dourado), Pedro Henrique e Leo Borges; Rodrigo Lindoso, Nonato (Johnny) e Bruno Praxedes (Lucas Ramos); Carlos Palacios (Marcos Guilherme), Yuri Alberto (Thiago Galhardo) e Patrick. Técnico: Miguel Ángel Ramírez.

Esportivo (0): Anderson; Itaqui, Júnior Alves, Dumas e Michael (Samuel Balbino); Lucas Hulk, Mateus Santana (Serafini) e Tardelli; Vini Martins (Emerson), Warlei e William (Daniel Cruz). Técnico: Gustavo Papa.

Gols: Zé Gabriel, aos 4’/1ºT, Nonato, aos 32’/1ºT, Yuri Alberto, aos 40’/1ºT, Rodrigo Dourado, aos 16’/2ºT, e Rodinei, aos 21’/2ºT (I).

Cartões amarelos: Júnior Alves e Samuel Balbino (E).

Arbitragem: Jonathan Benkenstein Pinheiro, auxiliado por Artur Avelino Preissler e Fabulo Oliveira Diniz. Quarto árbitro: Rodrigo Brand da Silva.

Estádio: Beira-Rio.

Raio-X: tudo sobre a rodada final do Gauchão

Dia de Inter! O Clube do Povo recebe o Esportivo, a partir das 21h deste sábado (24/04), em partida da 11ª e última rodada do Gauchão. Confira entrevista da Rádio Colorada com Kévin Sganzerla, setorista do Esportivo pelo portal NB e fotógrafo do Alviazul, projetando o duelo. Abaixo, confira todas as informações do confronto.

Sport Club Internacional · Raio-X #19 | Internacional x Esportivo, entrevista com Kevin Sganzerla | 24/04/2021

Transmissão 📻

Mais vermelha da internet, a transmissão da Rádio Colorada ocorre a partir das 20h deste sábado, e apresenta toda a projeção e posterior repercussão do confronto, além da narração da partida. Confira a programação da emissora oficial do Clube do Povo, que você acompanha via Site e APP do Inter:

AtraçãoPlataformas
14hVelhas SúmulasSite e APP
15h30Programação musicalSite e APP
20hPortões AbertosSite e APP
21h Jornada EsportivaSite e APP
23hVestiário VermelhoSite e APP

As redes sociais do Inter (@scinternacional no TwitterInstagram Facebook) apresentarão o mais completo minuto a minuto da internet, recheado de imagens compartilhadas de maneira instantânea. Na TV, o Premiere anuncia transmissão.


Vamo, Colorado! 💪

O Inter está pronto para encerrar a primeira fase do Gauchão! Sob o comando de Miguel Ángel Ramírez, o elenco colorado encerrou nesta sexta-feira (23/04) os preparativos para o duelo diante do Esportivo. O técnico realizou intenso trabalho tático no gramado, que encaminhou os 11 nomes que enfrentarão o Alviazul.

Horas antes do treino, o CT Parque Gigante recebeu o mais novo reforço colorado. Apresentado no final da manhã, Taison realizou exames e avaliações físicas nas dependências do Clube do Povo. O novo camisa 10, porém, não estará disponível para o duelo deste sábado, uma vez que o período de inscrições no Gauchão já foi encerrado.

A outra baixa colorada para o confronto é Victor Cuesta, defensor expulso na última partida disputada pelo Inter no Estadual. O confronto em questão ocorreu, diante do Aimoré, na quarta-feira retrasada (14/04), e teve como placar final sonora goleada do Clube do Povo, vitorioso por 6 a 1.


Arbitragem 🧑‍⚖️

Jonathan Benkenstein Pinheiro apita, auxiliado por Artur Avelino Preissler e Fabulo Oliveira Diniz. Quarto árbitro: Rodrigo Brand da Silva.


Rival 🆚

Esportivo busca partida de superação no Beira-Rio/Foto: Kévin Sganzerla, Esportivo

Na contramão do que a 10ª colocação possa significar, a atual fase do Esportivo é relativamente positiva. Após um início bastante conturbado de Gauchão, irregular a ponto de comprometer as ambições do clube para a temporada, o Alviazul encontrou maior equilíbrio nas últimas três rodadas, disputadas sob o comando de Gustavo Papa. Ex-atleta colorado, o técnico, como explica Kévin, assumiu a casamata do Tivo após breve trajetória como auxiliar.

“Com a chegada do Gustavo Papa, que foi auxiliar do Rogério Zimmermann aqui no Esportivo e assumiu essa bronca nessa reta final, o Esportivo vem de uma evolução. Com ele, a equipe somou cinco pontos e anotou cinco gols. Para se ter uma ideia, antes dele somou quatro pontos em sete jogos.”

Kévin Sganzerla
Gustavo Papa, atacante colorado no início do século, é o comandante alviazul/Foto: Kévin Sganzerla, Esportivo

Embora invicto com Gustavo, que já comandou a equipe em três partidas, o Esportivo não vive situação nada tranquila às vésperas da rodada final do Gauchão. O embate contra o Inter, maior campeão do Rio Grande do Sul, dificulta ainda mais a árdua luta contra o descenso, ao mesmo tempo em que não anula a fase de crescente do time serrano.

“Apesar de estar fora da Zona de Rebaixamento, o Esportivo tem a mesma pontuação que o Novo Hamburgo. O que motiva o grupo é essa evolução que teve na reta final, justamente sob o comando do Gustavo Papa. Mas será um confronto dificílimo, numa situação completamente desfavorável.”

Kévin Sganzerla
Adversário promete muita vibração no Beira-Rio/Foto: Kévin Sganzerla, Esportivo

Além das constantes trocas na casamata, o Esportivo também conviveu com muitas modificações dentro de campo ao longo deste Gauchão. Já acometido por 15 lesões, o elenco alviazul sofreu para receber sequência, o que prejudicou o ganho de entrosamento. Apenas Papa conseguiu estabelecer uma espinha dorsal, que deve ser repetida no Beira-Rio.

“O Gustavo Papa deve manter a mesma equipe. Anderson no gol, na defesa o Itaqui, o Júnior Alves, Juan Sosa e Michael. No meio de campo, Lucas Hulk, Mateus Santana e Juninho Tardelli, e, no ataque, Vini Martins, William Amorim e Warlei.”

Kévin Sganzerla

Classificação 🧮

Duelo da última rodada da primeira fase estadual, o confronto entre Inter e Esportivo é decisivo para as duas pontas da tabela. Enquanto o rival corre risco de rebaixamento, o Clube do Povo chega para o final de semana na vice-liderança do Rio Grande do Sul. Já classificado para as semifinais, o Colorado pode, em caso de vitória sobre a equipe serrana, assegurar a liderança gaúcha. Confira a classificação:

PJVEDGPGCSG
1 – Grêmio211063120713
2 – Internacional201062219910
3 – Ypiranga161044218126
4 – Caxias161044212102
5 – Juventude141042412111
6 – Aimoré13104151014-6
7 – Brasil de Pelotas1210334710-3
8 – São José1210334710-3
9 – São Luiz12103341015-5
10 – Esportivo910235913-4
11 – Novo Hamburgo9102351217-5
12 – Pelotas810154917-8

Último confronto ⏱️

O último encontro entre Inter e Esportivo ocorreu no dia 2 de agosto de 2020. Confronto único da semifinal do segundo turno estadual, marcou a volta do Clube do Povo ao Beira-Rio, reencontro abrilhantado por grande atuação colorada, comprovada na irrepreensível vitória por 4 a 0.

Thiago Galhardo, logo aos 40 segundos de confronto, abriu o placar para o Inter em bonito cabeceio, desferido após grande cruzamento de Edenilson. Marcos Guilherme, aos 11 minutos do primeiro tempo, ampliou. Paolo Guerrero, dois minutos mais tarde, fez o terceiro, enquanto Boschilia, aos 14, mas da etapa final, deu números finais ao duelo.

O primeiro voo de Falcão: no dia do aniversário do ídolo, relembre a estreia do craque pelo Inter

As derrotas não são parte da rotina colorada. Por mais raras que sejam, no entanto, elas não só já ocorreram, como, por vezes, eternizaram-se em nossa história. Algumas, por exemplo, foram comemoradas como verdadeiras vitórias, vide a nebulosa jornada de Quilmes, em 2010. Outras, por não significarem um obstáculo nas caminhadas do Clube do Povo rumo a suas conquistas, acabaram ficando marcadas não pelo tropeço que representaram, e sim pelos aspectos positivos que legaram como aprendizado. Este último é o caso de revés que marcou a estreia oficial do aniversariante desta sexta-feira (16/10), Paulo Roberto Falcão, que comemora 67 anos de idade.


O Clube do Povo levou mais de quatro anos para perder a invencibilidade contra times do interior gaúcho no Beira-Rio. O adversário capaz de quebrar a série colorada foi o Esportivo, comandado por Ênio Andrade e vitorioso, em 15 de abril de 1973, por 2 a 1. Afora o resultado negativo, porém, atualmente a partida traz boas lembranças à torcida vermelha. Naquele domingo de outono, o Gigante presenciou a estreia oficial de cabeludo meio-campista de 19 anos tratado como uma promessa do futebol. Seu nome? Paulo Roberto Falcão.

Falcão, em pé no canto direito, nos tempos de Celeiro

O futuro camisa 5 do Inter já gozava de grande prestígio junto ao povo vermelho, consequência do alto nível apresentado em suas exibições nas categorias de base, sobretudo nas preliminares promovidas no Gigante. Sua proeminência em meio aos mais jovens era tamanha que, mesmo sem ter disputado uma única partida como profissional, fora convocado para os Jogos Olímpicos de 1972, disputados em Munique.

Para o Inter, a derrota em casa não se desdobrou em maiores problemas. O revés, ressalte-se, foi o único sofrido na espetacular campanha dos comandados de Dino Sani no Campeonato Gaúcho de 1973. O Clube do Povo, assim como seu maior rival, disputou apenas a fase final do Estadual, realizada entre doze equipes. Para além da partida contra o Esportivo, o Colorado, praticamente impecável, acumulou 17 vitórias e quatro empates, com 43 gols marcados e 10 sofridos, campanha vencedora dos dois turnos e, portanto, campeã. O título foi o quinto seguido na caminhada rumo ao inédito e jamais igualado Octa!

Clube do Povo seria Octa gaúcho na década de 70. Na foto, Falcão está ao centro, junto de Rubens Minelli

É provável que o excelente aproveitamento no Campeonato tenha contribuído para o esquecimento dos aspectos negativos que resultaram do confronto do dia 15 de abril. Sobre o jogo, inclusive, quem roubou a cena, apesar do ilustre estreante, foi Décio, autor dos dois gols visitantes. Para o Colorado, quem marcou foi Dejair. A escalação do Clube do Povo para a partida contou com Schneider no gol; Arceu, Figueroa, Bibiano Pontes e Jorge Andrade na defesa; João Ribeiro, Carbone, depois Falcão, e Carpegiani no meio; além de Valdomiro, Claudiomiro e Dejair, depois Escurinho, no ataque.

Falcão treina observado por Dino Sani/Foto: Revista Placar, Divulgação

Consta que, no dia seguinte ao prélio, durante treinamento no Beira-Rio, Sani questionou a Paulo César Carpegiani o que ele achara da breve exibição do outro Paulo, o Roberto. Carpegiani, que poucos anos depois comandaria o Flamengo na vitória sobre o Liverpool, no Japão, comprovou o olhar diferenciado que tinha para o futebol ao pedir para o técnico do Inter que escalasse Falcão ao seu lado, pois, juntos, seriam capazes de dominar qualquer partida, independente do adversário.

A conversa com Carpegiani pareceu convencer o comandante colorado, que, aos poucos, deu mais oportunidades para o jovem. Em breve, a aposta se provaria extremamente acertada. Se é verdade que não foi um dos protagonistas na caminhada do pentacampeonato estadual, o futuro Rei de Roma soube cavar sua vaga entre os titulares do Inter. Tanto que, no ano seguinte, quando o Clube do Povo conquistou o Hexa, Falcão já estava consolidado entre os 11 iniciais da equipe vermelha, posição que seguiria ocupando ao longo de toda a década. E que década!

Maior camisa 5 da história do futebol brasileiro, entre os principais meio-campistas da história do esporte, três vezes dono do país para na sequência ser coroado monarca na Itália. Jogador cerebral e moderno, à frente de seu tempo, que ao longo da carreira esbanjou dribles, assistências e gols magistrais. Este foi – e é – Falcão.

Nem o mais criativo romancista, porém, poderia elaborar a história deste ídolo nacional, e, principalmente, do Inter, iniciada por uma derrota. Um revés que serviu de abertura para uma narrativa Gigante, à altura do palco de sua infeliz alvorada. Obrigado por tudo, Rei Falcão, e um feliz aniversário!

Rei Falcão, colorado e campeão!

Colorado goleia e vai à final do segundo turno do Gauchão

De volta ao Gigante após quase cinco meses de distância, o Inter demonstrou, neste domingo (02/08), a importância de se estar em casa. Diante do Esportivo, o Clube do Povo abriu o placar da semifinal do segundo turno estadual logo aos 40 segundos de jogo, e manteve a aplicação ofensiva ao longo de todo o confronto para conquistar gigante triunfo por 4 a 0. Anotados por Thiago Galhardo, Marcos Guilherme, Paolo Guerrero e Boschilia, os gols alvirrubros garantiram vaga na decisão da Taça Francisco Novelletto Neto, que será disputada, na próxima quarta-feira (05/08), contra o Grêmio.


Gigante com novidades, e também permanências

Como de costume, a vitória deste domingo passou Maior e Melhor Torcida do Rio Grande, que teve sua paixão devidamente representada nas arquibancadas do Beira-Rio. Em homenagem aos colorados e coloradas que, devido à pandemia, estiveram fisicamente distantes do Gigante, o Clube promoveu uma série de iniciativas que criaram verdadeiro clima de jogo nas arquibancadas de nossa casa, entre elas um belíssimo mural de 140m de comprimento por 25m de largura. Ao mesmo tempo, os corredores internos do número 891 da Padre Cacique sediaram rígido protocolo organizado para garantir a segurança de todos os profissionais envolvidos no duelo entre Inter e Esportivo.


Piscou? Perdeu!

A saudade de atuar no Beira-Rio era grande, e o Inter fez questão de deixar isso claro antes mesmo de ser completada a primeira volta do cronômetro. Aos 40 segundos de partida, Saravia cobrou lateral no peito de Edenilson. Com exuberante qualidade, o camisa 8 colorado deu linda fatiada na bola, cruzando na segunda trave. A redonda até passou de Guerrero, mas não de Galhardo, que mandou um testaço indefensável para as redes. Gol colorado, o primeiro do camisa 17 alvirrubro no gramado do Gigante, quinto no Gauchão.

O gol colorado perturbou a equipe visitante. Escalado com uma linha de cinco defensores, o Esportivo teve seus planos de ferrolho defensivo frustrados logo cedo, e custou a se reencontrar dentro de campo. Mortal, o Clube do Povo tirou proveito da desatenção serrana e, apostando na força de seu flanco direito, ampliou, aos 11, com Marcos Guilherme, em lindo chute de fora da área. Apenas três minutos depois, Galhardo, de grande atuação neste domingo, desarmou João Pedro na intermediária ofensiva, invadiu a grande área e cruzou, rasteiro, para Paolo Guerrero, que fez o terceiro e último de uma etapa inicial marcada por exibição maiúscula, intensa e veloz do Internacional.


Grupo forte e entrosado

A vantagem folgada no marcador deu segurança para Coudet promover mudanças na equipe colorada, que vive o início de uma maratona de partidas válidas por distintas competições. Na volta do intervalo, D’Alessandro, Zé Gabriel e William Pottker apareceram como novidades, mudando a dinâmica da equipe, mas mantendo o mesmo nível visto na etapa inicial. Pouco depois, quem entrou foi Patrick, substituição logo acompanhada pelo quarto gol do Clube do Povo, marcado por Boschilia que, em chute forte, completou veloz contra-ataque puxado exatamente por D’Ale, Pottker e Pantera.

Madura, a equipe de Coudet soube cozinhar os últimos 30 minutos de confronto, trocando passes seguros e deixando o tempo passar. A goleada, maior do Inter no ano ao lado do triunfo sobre o São José, conquistado no dia 15 de março, classificou, com autoridade, o Clube do Povo para a final do segundo turno gaúcho.


PRINCIPAIS LANCES DO PRIMEIRO TEMPO:

0min – GOOOOOOOOOOOOOOL DO INTERNACIONAL! GOOOOOOOL DO CLUBE DO POVO! DA COLORADO ALEGRIA DO NOSSO CORAÇÃO, DO ROLO COMPRESSOR! INÍCIO DE JOGO FULMINANTE! Colorado cava lateral na direita do campo ofensivo, cobrada por Saravia no peito de Edenilson. Com muita categoria, camisa 8 domina ela no peito e dá linda fatiada na direção da grande área, buscando a segunda trave. Galhardo, muito bem posicionado, sobe mais alto do que a marcação e manda um testaço indefensável. É o primeiro do camisa 17 no Beira-Rio, quinto no Gauchão. Vamos, Thiagol!

4min – UHHHH! Marcos Guilherme pega a sobra de jogada do ataque colorado e manda chute forte. Renan fica com ela!

11min – GOOOOOOOOOOOOOL DO INTEEEEEER! É COLORADO, É ALVIRRUBRO, É DA ACADEMIA DO POVO, DO ROLO COMPRESSOOOOOR! RELAMPEJOU EM PORTO ALEGRE, OU MELHOR, RELAMPEGOU! Grande jogada de Marcos Guilherme, que tabela com Edenilson, deixa com Musto, recebe do argentino, engatilha o chute e manda um pataço de fora da área. Rasteira, a bola vai picando direto no canto direito de Renan. Inter já tem 2, e o Esportivo? Nada!

13min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOL DO INTEEEEEER! NÃO PERCA AS CONTAS, MAIS UM, MAIS UM DO COLORADO, DO CLUBE DO POVO, DA GIGANTE ACADEMIA POPULAR! FALTAVA O DELE, O DO PISTOLEIRO ARTILHEIRO, DO PERUANO PAOLO GUERRERO! Thiago Galhardo, que atuação! Camisa 17 desarma João Pedro na intermediária, pela esquerda, dispara em velocidade, invade a área e serve Guerrero, que finaliza rasteiro, no contrapé de Renan. É o terceiro do Inter nesta agitada y intensa tarde de Beira-Rio!

23min – SAAAAAAAAAAAAAAAAAAALVA RENAN! Boschilia recebe em boas condições pela esquerda, faz o giro, engatilha e manda uma bomba. Goleiro do Esportivo espalma, salvando os visitantes.

29min – Amarelou! Cleiton recebe o cartão por falta em Galhardo.

33min – Muda o Esportivo. Entra Igor Bosel, sai Galiardo.

38min – MILAAAAAAAAGRE! Esportivo adianta suas linhas para tentar criar problemas ao Inter. Inteligente, Musto percebe vazio nas costas da última linha serrana e lança Boschilia, que dispara em velocidade pela esquerda, vai ao fundo e cruza rasteiro. Na mesma posição em que há pouco marcou, Guerrero aparece livre e finaliza bem, mas Renan, em saída maravilhosa, opera novo milagre. Salva-se o Esportivo!

43min – POR CIIIIIMA! Pela direita, Boschilia recebe de Galhardo, domina com a canhota, coloca na frente, ajeita e manda arremate de efeito. A bola supera o travessão de Renan, levando muito perigo.

45min – Vamos 48! Juiz adiciona três minutos ao tempo regulamentar.

48min – FIM DE PAPO! Com grande atuação, Inter vai vencendo por 3 a 0.


PRINCIPAIS LANCES DO SEGUNDO TEMPO:

0min – À frente no marcador, Coudet promove mudanças na equipe colorada. Entram Pottker, D’Alessandro e Zé Gabriel nos lugares de Guerrero, Galhardo e Cuesta. Esportivo também muda, com Diogo, cria do Celeiro, substituindo Luís Eduardo.

9min – Muda o Inter mais uma vez. Patrick é a novidade, alçado na vaga de Edenilson.

14min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL DO INTEEEEEEER! É DO CLUBE DO POVO, É PRA SACRAMENTAR A GOLEADA. TINHA QUE SER TEU, BOSCHILIA, TEU TINHA QUE SER TEU, MEU CAMISA 21! Grande contra-ataque do Colorado. D’Alessandro fica com a sobra de escanteio cobrado pelo Esportivo e aciona, pela esquerda, Patrick, que coloca Marcos Guilherme para correr. O Relâmpago dispara até os arredores da área alviazul e devolve para o Pantera. Camisa 88 invade a área, pedala para cima da marcação e chama Pottker, que faz a parede e deixa com Boschilia. Camisa 21 chega enchendo o pé, de canhota, e manda para as redes de Renan. Clube do Povo abre 4 a 0 no placar!

18min – Saravia segura Sapeka, impedindo contra-ataque do Esportivo, e é punido com o vermelho.

22min – Emerson e Marcão são novidades no Esportivo. Deixam o campo Flávio Torres e João Pedro.

23min – Quinta e última alteração no Clube do Povo: Praxedes por Marcos Guilherme.

29min – Bem, Musto! Camisa 5 colorado intercepta troca de passes do Esportivo na altura da região central e parte em velocidade para, na entrada da grande área, receber assistência de Pottker. Com a canhota, o volante tenta o chute, mas Renan encaixa firme.

32min – SALVA! Pottker recebe de D’Alessandro, após gringo tabelar com Praxedes, faz o giro em velocidade e solta o canhotaço. Rasteira, ela morre nas mãos de Renan.

35min – Chama a atenção o posicionamento da equipe colorada com um a menos em campo. Time de Coudet está estruturado em duas linhas de 4. A primeira, na defesa, conta com Zé Gabriel na lateral direita, Fuchs e Moisés no miolo de zaga e Patrick na lateral esquerda. À frente, Praxedes é o meia-direita e Boschilia o esquerdo, enquanto Musto e D’Alessandro ocupam as posições centrais.

38min – PAAAAASSA POR TODO MUNDO! Patrick, esbanjando pulmão, faz grande jogada pela esquerda e cruza na medida para Pottker. O camisa 7 escora na confusão, mas ninguém aparece para completar. Grande chance, mais uma, do Inter!

39min – Xaro entra, Sapeka sai. Nova mudança no Esportivo.

45min – Segundo tempo será encerrado aos 49. Juiz acrescenta quatro minutos de acréscimos.

46min – Xaro leva o cartão amarelo.

47min – NADA, PROFESSOR? Zé Gabriel invade a área serrana a dribles, coloca na frente, escapa do último marcador e, nas cercanias do pequeno retângulo, quando preparava para cruzar, é derrubado por carrinho de Rômulo. Pênalti claro, ignorado pela arbitragem.

49min – ESTAMOS NA FINAL! Partida encerrada com goleada do Clube do Povo: 4 a 0!


Ficha técnica:

Internacional (4): Marcelo Lomba; Renzo Saravia, Bruno Fuchs, Victor Cuesta (Zé Gabriel) e Moisés; Damián Musto; Marcos Guilherme (Bruno Praxedes), Edenilson e Gabriel Boschilia; Thiago Galhardo (Andrés D’Alessandro) e Paolo Guerrero (William Pottker). Técnico: Eduardo Coudet.

Esportivo (0): Renan; Vinícius Bovi, Cleiton, Luis Eduardo, Gullithi e Rômulo; Galiardo (Igor Bosel), Robert e João Pedro (Emerson); Gustavo Sapeka (Xaro) e Flávio Tores (Marcão). Técnico: Carlos Eduardo Moraes.

Gols: Thiago Galhardo, aos 40 segundos, Marcos Guilherme, aos 11 minutos, e Paolo Guerrero, aos 13 minutos do primeiro tempo, Boschilia aos 14 minutos do segundo tempo (I).

Cartões amarelos: Cleiton e Xaro (E).

Cartão vermelho: Renzo Saravia (I).

Arbitragem: Jean Pierre Lima, auxiliado por Leirson Peng Martins e Michael Stanislau. Quarto árbitro: Marcelo Cavalheiro.

Estádio: Beira-Rio, Porto Alegre (RS).

Galeria de fotos: Inter 4 x 0 Esportivo

Colorado recebe o Esportivo no Gigante por uma vaga na final do returno do Gauchão!

Raio-X: Inter x Esportivo

Colorado decide uma vaga à final do Gauchão neste domingo (Foto: Ricardo Duarte)

Domingo de decisão no Gigante! De volta ao Beira-Rio, o Inter enfrenta, neste domingo (02/08), o Esportivo, em partida da semifinal do segundo turno do Gauchão. O duelo, disputado com portões fechados, ocorre a partir das 16h, e definirá um dos finalistas da Taça Francisco Novelletto Neto. Confira nosso Raio-X e fique por dentro de tudo sobre o confronto eliminatório!

O CLUBE DO POVO

Dono da melhor campanha geral no Gauchão, o Inter avançou à fase eliminatória na liderança da chave A e, por isso, tem a vantagem do mando de campo contra o Esportivo. Na última rodada da fase de grupos, o Clube do Povo venceu, com autoridade, o Aimoré. Disputado no CT de Alvorada, o embate frente ao time capilé esteve marcado por atuação maiúscula da equipe colorada, vencedora da partida pelo placar de 2 a 0, gols de Paolo Guerrero.

A última atividade visando à semifinal aconteceu na tarde deste sábado (01/08), quando o treinador Eduardo Coudet ajustou os últimos detalhes da equipe para o duelo. A semifinal do turno acontece em jogo único e o vencedor terá pela frente o ganhador de Grêmio e Novo Hamburgo.

DE OLHO NO ADVERSÁRIO

Gullithi (D) teve passagem pela base colorada (Foto: Kévin Sganzerla)

O Esportivo também chega embalado para o duelo. A classificação  para a semifinal foi conquistada com requintes épicos. Em seu elenco, o time da Serra conta com algumas figuras conhecidas do torcedor colorado, como Renan, goleiro multicampeão pelo Inter, e Gullithi, defensor com passagem pelo Celeiro de Ases.

Campeã do Interior, na última quarta-feira a equipe de Bento Gonçalves deu fim a um jejum de 40 anos ao vencer, no Alfredo Jaconi, clássico disputado contra o Juventude. Após abrir o placar com gol de Gustavo Sapeka logo a um minuto, o Alviazul sofreu a virada ainda antes do intervalo, alcançada pelo Papo graças a dois gols de Breno. A equipe de Carlos Moraes não se abalou com o resultado e, na etapa final, retomou a dianteira do marcador através dos tentos de Flávio Torres e Cleiton. 

A escalação do Esportivo na partida foi: Renan; Vinícus Bovi, Cleiton, Luis Eduardo e Gullithi (Rômulo); Xaro (Diogo), Robert, Igor Bosel (Galiardo) e João Pedro; Sapeka (Emerson) e Marcão (Flávio Torres).


Dia para jogar em casa – cada um na sua!

Voltamos para o Gigante, não ao normal. A realização de jogos na capital gaúcha foi autorizada pela Prefeitura de Porto Alegre mediante adoção de rigoroso protocolo de segurança, que inclui, é claro, a ausência de público nos estádios. Você também pode, e deve, fazer sua parte para voltarmos todos, definitivamente, ao Gigante: fique em casa!

Nossa casa está pronta para, neste domingo, dar exemplo não como caldeirão, posto que geralmente ocupa, e sim enquanto palco seguro. Por ora, não existe apoio maior do que torcer de casa, evitando aglomerações e respeitando as orientações dos órgãos responsáveis. Fiscamente, precisamos estar distantes hoje para, no futuro, nos reencontrarmos. Mas fique tranquilo, pois, mesmo de longe, estaremos conectados por nossa paixão comum, contagiando, com energia e vibração, o templo da Padre Cacique. Em breve, voltaremos ao Gigante, e tenha certeza: ele estará te esperando para começar a festa!

TRANSMISSÃO

Mesmo ficando em casa, pode ficar tranquilo: você vai ficar por dentro de todos os detalhes da partida. A Rádio Colorada traz a cobertura mais vermelha da web a partir das 15h, com o Portões Abertos, seguindo com a jornada e pós-jogo até 19h com muita informação e entusiasmo pelo Inter. Antes da transmissão, o programa Velhas Súmulas, com a volante Thessa das Gurias Coloradas, será reprisado. A RBS TV também anuncia transmissão ao vivo da partida.

Sintonize a Rádio Colorada:
Web
App
Spotfy
Soundcloud

Arbitragem:

Jean Pierre Lima apita, auxiliado por Leirson Peng Martins e Michael Stanislau. Quarto árbitro: Marcelo Cavalheiro.

NA HISTÓRIA

No ano de 2013, Inter e Esportivo também se encontraram em semifinal de turno do Gauchão. Válido pela Taça Piratini, o confronto foi disputado, com mando do Clube do Povo, no Estádio Centenário, em Caxias do Sul. 

Comandado pelo técnico Dunga, o Colorado foi a campo, no dia 3 de março, com Muriel no gol, Gabriel, Moledo, Juan e Fabrício na defesa; Ygor, depois Elton, Josimar, Fred e D’Alessandro, depois Vitor Júnior, no meio; Damião, depois Caio, e Forlán no ataque. Autor de dois golaços de fora da área, um em cada etapa, o uruguaio foi o grande nome da partida, encerrada com o 2 a 0 no placar.

Beira-Rio receberá a semifinal, mas torcida será de casa!

Beira-Rio volta a receber jogos. Última partida antes da pandemia foi no dia 8 de março

A Prefeitura de Porto Alegre autorizou a realização de jogos na capital gaúcha e, com isso, o Inter enfrentará o Esportivo no Beira-Rio neste domingo (2/8), às 16 horas, pela semifinal do Gauchão. O jogo será realizado sem presença de torcida e com rigoroso protocolo de segurança.

Torça de casa!

Voltamos para o Gigante, não ao normal. Por enquanto, não existe apoio maior do que torcer seguro, em sua residência. Mas fique tranquilo. Quando tudo passar, o Beira estará te esperando para começar a festa!

Renzo Saravia mira semifinal do Gauchão

Com a palavra: Renzo Saravia! 🎙️💭 Lateral destacou a evolução do time e projetou a semifinal do returno do Gauchão contra o Esportivo!

Esportivo é o adversário na semifinal

Inter está na luta pelo título do Gauchão 2020

O Inter voltará a enfrentar o Esportivo, desta vez em jogo válido pela semifinal do returno do Gauchão. Com a vitória de 2 a 0 sobre o Aimoré, o Colorado confirmou o primeiro lugar do Grupo A, com 11 pontos, enquanto a equipe de Bento Gonçalves ficou na segunda colocação do Grupo B, também com 11. A outra semifinal será disputada entre Grêmio e Novo Hamburgo.

O time de Eduardo Coudet será mandante diante do Esportivo, porém o local e a data do confronto ainda serão definidos pela Federação Gaúcha de Futebol. As semifinais e a final do segundo turno serão realizadas em jogo único. A finalíssima, entre o campeão do primeiro turno, o Caxias, e o vencedor do returno, será disputada em jogos de ida e volta.