Gurias batem o São Paulo por 2 a 0 e abrem vantagem na decisão do Brasileiro Sub-20

Bia e Mileninha marcaram na vitória colorada/Foto: CBF

Tarde de sol, casa cheia e vitória da melhor base do país no Sesc! Pela partida de ida da decisão do Campeonato Brasileiro Sub-20, as Gurias Coloradas superaram o São Paulo, neste sábado (02/07), pelo placar de 2 a 0. Bia e Mileninha marcaram os gols da vitória do Clube do Povo, que defenderá a vantagem daqui a sete dias, fora de casa, na finalíssima nacional.

Rival fechado, Inter em cima

Gurias controlaram o primeiro tempo/Foto: CBF

Campeã brasileira sub-17 no último mês de maio, finalista do Sub-20 após golear o Grêmio por um agregado de 8 a 0 nas semifinais e vice-líderes do Nacional adulto, as Gurias colocaram todas suas valências à prova no gramado do Sesc. Além de nomes já carimbados na base colorada, como as também juvenis Guta, Mai e Pri, o técnico David da Silva escalou um time reforçado por atletas profissionais. Entre elas, Duda Sampaio, recentemente convocada pela técnica Pia Sundhage para a disputa da Copa América Feminina.

Torcida marcou presença no Sesc/Foto: CBF

A estrelada nominata assustou pela primeira vez aos oito, em boa incursão de Bia pela direita. Retraído em seu campo de defesa, o São Paulo respondeu segundos mais tarde, em contra-ataque de Duda Rodrigues. A atacante recebeu boa inversão de Serrana e bateu rasteiro, mas o arremate, cruzado de dentro da área, saiu pela linha de fundo.

Muito mais ofensivas, as Gurias exigiram uma primeira defesa da goleira Marcelle aos 10, quando Carol ficou com o rebote de corte parcial da zaga paulista e finalizou de direita, com curva. O lance empolgou a torcida, que empurrou o Inter ainda mais para cima. Logo, Mileninha também assustou. Aos 13, a camisa 10 cortou a marcação em bonito drible de letra e tentou servir Priscila, mas abusou da força.

Duda logo arrancou o primeiro suspiro da torcida. Hoje dona da 28, a rainha das assistências fez fila pela esquerda e ganhou escanteio cobrado na direção de Carla. Por detalhe, a zagueira não marcou. Já aos 18, Sampaio e Milena combinaram pelo corredor central e a bola sobrou limpa para a artilheira da base, que arriscou da entrada da área. Rasteira, a finalização foi espalmada por Marcelle.

Mari foi segura quando exigida/Foto: CBF

Pouco depois, as laterais coloradas fizeram as vezes de alas, e também assustaram. Da esquerda, Carol cruzou. Dentro da área, Susan dominou pela direita e chutou forte. Com perigo, para fora. Apenas na casa dos 30 minutos o São Paulo voltou a escapar, e foi com Serrana, extrema-direita lançada na área colorada. Frente a frente com Mari, foi abafada por Zanella, que também fez sua parte em nome da manutenção do zero no placar.

Domínio convertido em gols

O gol que teimou em não sair no primeiro tempo foi festejado logo na volta do intervalo. Aplicadas e intensas para apertar a saída de bola adversária, as atacantes coloradas forçaram o São Paulo a recuar jogo até sua goleira, que não foi feliz com os pés. Na pequena área, Bia fez o desarme e finalizou com estilo, entre as pernas de Marcelle, para fazer o Sesc explodir em festa.

Bia abriu a conta aos dois da etapa final/Foto: CBF

Em desvantagem, o São Paulo não podia mais se preocupar apenas em defender, e começou a oferecer espaços imperdoáveis para quem enfrenta um ataque tão rápido quanto o das Gurias. Carrasca, a artilheira Mileninha deixou isso claro aos 13, quando recebeu assistência de Duda (é claro), escapou nas costas da marcação e mandou um canhotaço direto para as redes. Golaço!

Mileninha ampliou a conta/Foto: CBF

Imediatamente após o gol, David da Silva sacou Mileninha, adiantou Priscila, antes ponta-esquerda, para o comando de ataque, e colocou Tamara pelo lado. Nessa disposição, o Inter ficou ainda mais simpático ao contragolpe, e teve boas chances de ampliar com ele. As melhores, com Danny e Susan, saíram tirando tinta do poste.

Na defesa, Guta e Carla cortaram a maioria das tramas paulistas, enquanto Mari Zanella, na rara vantagem do ataque visitante, brilhou com linda defesa de mão trocada, que assegurou a vantagem de dois a zero. No próximo sábado (09/07), as Gurias defenderão o resultado no Estádio Gabriel Marques Silva, em Santana da Paranaíba. Pra cima, brabas!

Vantagem foi bastante festejada/Foto: CBF

Ficha técnica:

Internacional (2): Mari Zanella; Susan, Carla, Guta e Carol Gil; Danny Teixeira, Maiara e Duda Sampaio; Bia Gomes, Mileninha (Tamara) e Priscila (Clarinha). Técnico: David da Silva.

São Paulo (0): Marcelle; Ravena, Barraca, Leticia Alves e Clara; Joyce (Dudinha), Giulia (Kedima) e Carol; Serrana, Emeli (Isa) e Duda Rodrigues.

Gols: Bia, aos 2’/2ºT, e Mileninha, aos 12’/2ºT (I).

Cartões amarelos: Joyce e Carol (S).

Arbitragem: Charly Wendy Straub Derett, auxiliada por Gizeli Casaril e Luciane Rodrigues dos Santos. Quarta árbitra: Andressa Hartmann.

Estádio: Sesc Protásio Alves.

Serviço de jogo: Gurias abrem a final do Brasileirão Sub-20

Gurias estão na final do Brasileirão Sub-20/Foto: João Callegari

Classificadas para a final do Brasileirão Sub-20 após duas goleadas de 4 a 0 sobre o Grêmio, as Gurias Coloradas iniciam a luta pelo título como mandantes. Diante do São Paulo, a melhor base do país, campeã do Nacional Sub-17 no mês de maio, buscará o segundo título no ano, e o teu apoio será fundamental em mais essa disputa. Confirme presença no duelo!

Local: Estádio Sesc Protásio Alves
Data: 2 de julho (sábado)
Horário: 
15h
Abertura dos portões:
 14h


Índice/Atalhos:

> Ingressos
> Datas de aquisição
> Fluxos de acesso

Ingressos

SetorNão sócioSócio
ÁREA LIVREIsentoIsento

Atenção: imprescindível a entrega de 1kg de alimento não perecível.

Datas para aquisição

Abertura: dia 29/06 (quarta-feira), a partir das 10h.

Fechamento: dia 02/07 (sábado), às 11h.

Instruções: acesse a área de vendas, faça seu login, adquira seu ingresso sem custo e imprima seu e-ticket.

Fluxos de acesso ao estádio

Chegue o mais cedo possível para evitar a formação de filas longas!

1 – A verificação do ingresso será no acesso principal, juntamente com a coleta do alimento.

2 – O pátio estará protegido por um perímetro de segurança, com acesso liberado de torcedores através dos pontos controlados pela segurança do Clube.

Gurias Sub-20 se preparam para a final do Brasileirão

Foto: João Callegari

A categoria Sub-20 das Gurias Coloradas se prepara para a final do Brasileirão Sub-20, que será contra o São Paulo, no sábado da semana que vem (02/07), às 15h, no Sesc Protásio Alves. Após ótima campanha na segunda fase do Nacional, com vitórias sobre Flamengo, Corinthians e Ferroviária, o Inter se classificou para as semifinais, quando enfrentou o Grêmio e venceu os dois confrontos com um placar agregado de 8 a 0.

A equipe comandada por David da Silva teve uma semana livre para trabalhar com foco no confronto com as paulistas. Durante a semana, João Feeburg, preparador físico, organizou exercícios de aquecimento visando à manutenção da posse de bola, além de atividades de força junto às atletas.

Nos treinos comandados pelo técnico, as maiores atenções estiveram voltadas à melhoria das finalizações, com trabalhos de cruzamentos e disputas de 4×2 entre as jogadoras. Agora, as Gurias voltarão ao campo do Sesc nesta segunda-feira (27/06), quando entrarão na semana decisiva da finalíssima.

Bastidores: base campeã

As Gurias Sub-17 são campeãs do Brasil! No último domingo (1º/05), as coloradas superaram o Santos por 2 a 1 e garantiram o título nacional, festejado com o grande público que marcou presença no SESC. O Canal do Inter te apresenta os Bastidores da conquista!

Fotos: Gurias Coloradas campeãs do Brasileirão Sub-17

Campeãs! As Gurias Coloradas da categoria Sub-17 venceram o Santos, na manhã deste domingo (1º/05), por 2 a 1, e conquistaram o título do primeiro Brasileirão Feminino da história. Confira as imagens da partida, disputada no SESC Protásio Alves:

Gurias Coloradas são campeãs do primeiro Brasileirão Sub-17 da história

Gurias Sub-17 são campeãs nacionais/Foto: Ricardo Duarte

É A MELHOR BASE DO BRASIL! Na raça e na bola, com o ataque mais goleador e a defesa menos vazada, contra tudo e todos, as Gurias Coloradas conquistaram, na manhã deste domingo (1º/05), o primeiro Brasileirão Feminino Sub-17 da história. Em um SESC lotado pela Maior e Melhor Torcida do Rio Grande, o Clube do Povo, que vencera a partida de ida por 1 a 0, bateu o Santos por 2 a 1, com dois gols de Berchon, e garantiu o inédito troféu para a vistosa galeria da base vermelha!

Ouça os gols de Berchon na narração da Rádio Colorada

Gurias dominam o primeiro tempo

Derrotado na Vila Belmiro, o Santos foi a campo interessado em desfazer a desvantagem, e tratou de pressionar nos movimentos de abertura da partida. A blitz paulista, porém, ficou restrita à posse de bola, improdutiva diante da defesa menos vazada do Brasileirão. Sólidas na retaguarda, as Gurias pareciam aguardar um erro das Serias para dar o primeiro golpe da manhã, que chegou no minuto 10.

Priscila foi uma gigante no gramado do SESC/Foto: Ricardo Duarte

Reserva na vitória das Gurias profissionais sobre o Palmeiras, conquistada neste sábado (30/04), a atacante Priscila, que disputou mais de 30 minutos da partida do Canindé, foi a primeira flecha explorada pelo contragolpe colorado. Acionada por Danny, a velocista camisa 25 partiu com fome de gol para cima da marcação, e só foi derrubada, dentro da área. Na cobrança, a capitã Berchon esbanjou categoria, deslocou a goleira Rayssa e partiu para o abraço. No SESC, 1 a 0. No agregado, dois!

A perna direita da craque Berchon estava afiada. Aos 15, a camisa oito cobrou falta venenosa a partir da intermediária de ataque. Por cima da barreira, a bola assoviou o poste santista. Não contente com o sucesso de seus arranques e pedaladas, Priscila também deu trabalho para Rayssa, que teve dificuldades para defender arremate feito pela esquerda da área alvinegra. Satisfeitas com o resultado, as Gurias ainda evitavam se expor com excesso, e sabiam valorizar, entre um escape e outro, a posse de bola que concentravam no meio-de-campo.


Polêmica antes do intervalo

Para além da superioridade colorada, o primeiro tempo também teve como característica o excesso de faltas cometidas pelas duas equipes. Pouco a pouco, a temperatura da partida subia, até atingir seu estopim aos 38. Após Joana cometer falta tática para impedir contra-ataque santista, a adversária Analuyza partiu para cima da defensora alvirrubra, que foi protegida por suas companheiras.

Entre as coloradas que ajudaram Joana estava Danny Teixeira, punida por Andressa Hartmann com o cartão vermelho. Curiosamente, o critério não foi repetido diante de Analuyza, que recebeu apenas o amarelo. Estava, então, atualizada a missão para o segundo tempo: além de proteger a vantagem, as Gurias também precisariam sustentar a inferioridade numérica. Fortes emoções estavam por vir.

União do grupo foi fundamental neste domingo/Foto: Ricardo Duarte

Maturidade contra as adversidades

Logo depois do apito de reinício da partida, as Gurias sofreram o segundo baque do dia. Após cruzamento da direita, a atacante Isa Viana levou a melhor contra a defesa do Inter e finalizou fora do alcance de Bianca. Debaixo das traves, Erica fez as vezes de goleira e espalmou o arremate. Amarelo para a lateral e pênalti para o Santos, que chegou ao empate com Isa.

Berchon marcou um gol em cada tempo/Foto: Ricardo Duarte

A um gol da virada que levaria a decisão para os pênaltis, o Santos esperava crescer a partir do empate. Com uma jogadora a menos, o Inter vislumbrava 35 emocionantes minutos pela frente. As Gurias, contudo, não queriam saber de drama, e responderam ao tento paulista com inacreditável maturidade. Adolescentes na idade, as atletas coloradas foram veteranas para cozinhar o jogo e, na base dos arranques de Priscila, relembrar às Sereias do iminente perigo.

Artilheira do Inter na conquista do Gauchão Feminino de 2021, Priscila voltou a ser caçada dentro da área aos quatro. Mais um pênalti no jogo, mais um pênalti para o Clube do Povo, mais um gol de Berchon. Desta vez, a capitã abriu mão da classe, e apostou na força. De peito de pé, a cobrança, feita no meio do gol, estufou as dançantes redes santistas.


CAMPEÃS!

Diferente do Inter, o Santos sentiu o gol sofrido. Desesperadas para atacar, as visitantes deixaram exposta sua dupla de zaga, que passou a sofrer com os pivôs de Alice. Camisa nove colorada, a artilheira do campeonato (dona dos mesmos seis gols de Clarinha) não errou uma sequer das diversas paredes que fez em cima das adversárias, e acumulou faltas sofridas. Uma delas custou caro às Sereias, que enfim tiveram Analuyza expulsa. Agora, eram 10 para cada lado.

As Gurias mereciam escore maior pelo segundo tempo que fizeram. No lance seguinte à expulsão, Bruna Wink, recém-alçada a campo, carimbou o travessão paulista. Priscila, em novas disparadas pela ponta, também assustou Rayssa, mas não conseguiu marcar gol que faria justiça a sua gigante exibição. Outras substitutas do começo de tarde, Teté, Fridrich, Elô e Karol mativeram o bom nível coletivo, e reforçaram a defesa, que não voltou a ser assustada. Aos 40 minutos da etapa final, o Brasil inteiro já sabia: a base colorada era campeã de novo. Festa no SESC!


Ficha técnica:

Internacional (2): Bianca; Joana (Teté), Carla, Guta e Erica (Elô); Myka (Fridrich), Danny Teixeira e Berchon; Clarinha (Bruna Wink), Alice (Karolayne) e Priscila. Técnico: David da Silva.

Santos (1): Bianca; Raíssa Calheiros, Gi Mazotti, Heloisa (Luana) e Sophia (Barbara); Fran (Vitória Rosa), Marzia, Analuyza, Gi Fernandes e Júlia Delprat (Cury); Isa Viana.

Gols: Berchon, aos 10’/1ºT e aos 4’/2ºT (I). Isa Viana, a 1’/2ºT (S).

Cartões amarelos: Joana, Erica, Myka e Bruna Wink (I). Heloisa, Sophia e Analuyza (S).

Cartões vermelhos: Danny (I). Analuyza (S).

Arbitragem: Andressa Hartmann, auxiliada por Tiago Kappes Diel e Ariela Duarte da Silveira. Quarto árbitro: Anderson Farias.

Estádio: SESC Protásio Alves.

Raio-X: Gurias decidem o título do Brasileirão Sub-17

Gurias decidem Brasileiro Sub-17 contra o Santos/Foto: Rebeca Reis/Staff Images Woman/CBF

É dia de erguer troféu inédito! Dentro de casa, as Gurias Coloradas enfrentam o Santos, a partir das 11h deste domingo (1º/05), na partida de volta da final do primeiro Brasileirão Feminino Sub-17 da história. Em vantagem após vitória de 1 a 0 no jogo de ida, disputado na quinta-feira passada (28/04), o Inter garante a taça mesmo em caso de empate no Sesc. Confira, a seguir, todas as informações sobre o confronto!


Transmissão 📻

Ao vivo a partir das 10h30, a Rádio Colorada apresentará o duelo entre Inter e Santos direto do Sesc Protásio Alves. As redes sociais das Gurias (@guriascoloradasoficial no Instagram, @GuriasColoradas no Facebook e @ColoradasGurias no Twitter) também acompanharão o jogo, e contarão com minuto a minuto enriquecido por imagens dos grandes lances da partida. Na TV, o SporTV anuncia transmissão.

ProgramaçãoPlataforma
10h30Portões AbertosSite e APP do Inter
11hJornada EsportivaSite e APP do Inter
13hVestiário VermelhoSite e APP do Inter

Vamos, Gurias! 🔝

Coloradas estão em vantagem na luta pelo título/Foto: Rebeca Reis/Staff Images Woman/CBF

A impecável campanha das Gurias no Brasileirão Sub-17 conta com vitórias nos seis jogos disputados até aqui. Líderes do grupo A na primeira fase, quando golearam Cresspom-DF, por 9 a 0, São José-SP, pelo placar de 5 a 0, e Grêmio, batido por 3 a 0; e algozes do São Paulo nas semis, superadas com duas vitórias de 2 a 0, as coloradas venceram o jogo de ida da final, disputado na Vila Belmiro, por 1 a 0, gol de Clarinha.

Clarinha (11) garantiu a vitória em Santos/Foto: Rebeca Reis/Staff Images Woman/CBF

O triunfo em Santos colocou à prova as principais características do time comandado por David da Silva. Logo aos 14 segundos, a pressão na saída de jogo adversária valeu ao Inter o gol da vitória, marcado pela própria ladra de bola que interceptou troca de passes da zaga paulista. Durante o confronto, a velocidade para contragolpear, qualidade potencializada pela presença de Priscila, atleta do grupo profissional, como titular da ponta-esquerda, também pôde ser atestada, bem como a solidez da defesa, que tem como primeiro pilar a goleira Bianca.

As Gurias, inclusive, ainda não foram vazadas no Brasileirão Sub-17, competição em que sempre atuaram com um quarteto defensivo formado por Joana, Guta, Clara e Erica. Já na frente, a equipe soma 22 gols marcados na competição. As artilheiras do Inter, e do Nacional, são as atacantes Alice e Clarinha, cada uma com seis gols. As meio-campistas Berchon e Locatelli somam três tentos, um a mais do que Danny Teixeira. De sua parte, Erica e Karol balançaram as redes rivais uma vez cada.

Bianca ainda não sofreu gols no Nacional/Foto: Rebeca Reis/Staff Images Woman/CBF

Vem pro Sesc! 🏟️

De maneira gratuita, a torcida colorada pôde confirmar presença na finalíssima do Brasileirão Sub-17 até o último minuto do sábado passado (30/04). O acesso ao Sesc, que estará com portões abertos a partir das 10h deste domingo, será realizado mediante doação de 1kg de alimento não perecível. Contamos com teu apoio na luta pela taça nacional. Vamos lado a lado. Aqui, #ColoradoJogaJunto!

Dia de lotar o Sesc/Foto: João Callegari

Arbitragem 👩‍⚖️

Andressa Hartmann apita, auxiliada por Tiago Augusto Kappes Diel e Ariela Duarte da Silveira. Quarto árbitro: Anderson da Silveira Farias. Quarteto gaúcho.


Regulamento 📖

A exemplo das demais competições organizadas pela CBF, o Brasileirão Sub-17 não conta com saldo qualificado por gols marcados fora de casa como critério de desempate. Assim, as Gurias têm a vantagem do empate na final deste domingo. Vitória santista por um gol de diferença, independente do placar, levará a decisão para os pênaltis, enquanto triunfos por maior escore valerão taça às Sereias da Vila.

Domingo de clássico nacional no Sesc/Foto: Rebeca Reis/Staff Images Woman/CBF

Gurias largam em vantagem na final do Brasileirão Sub-17

Clarinha marcou o gol da vitória na Vila Belmiro/Foto: Rebeca Reis/Staff Images Woman/CBF

Vitória gigante na Vila Belmiro! As Gurias Coloradas superaram o Santos por 1 a 0, nesta noite de quinta-feira (28/04), e largaram em vantagem na final do Brasileirão Feminino Sub-17! Clarinha marcou seu sexto gol no Nacional e garantiu o triunfo do Clube do Povo no jogo de ida da decisão. A partida de volta, que decidirá a taça, está marcada para o próximo domingo (1º/05), às 11h, no Sesc. Clique aqui para confirmar sua presença de maneira gratuita no confronto!

Ouça o gol de Clarinha na narração da Rádio Colorada

Ligadas desde o primeiro apito, as Gurias marcaram um gol histórico na casa santista. Logo aos 14 segundos, o Inter tirou o zero do placar após Clarinha pressionar a saída de jogo das Sereias, desarmar Marzia Coutinho, invadir a grande área e, de frente para a goleira Rayssa, finalizar sem chance de defesa. Pela sexta vez na competição, a camisa 11 balançava as redes rivais, empatando com Alice na artilharia do torneio. Vantagem relâmpago no litoral paulista!

As Sereias da Vila, embora apoiadas por sua torcida, sentiram o baque com o precoce vazamento de sua defesa, abatimento aproveitado pelas Gurias, que seguiram donas do jogo até o minuto 20. Em novo desarme no campo de ataque, Clarinha quase marcou o segundo, mas foi travada pela marcação adversária. Berchon, cobrando falta pela intermediária direita, também passou perto de ampliar, bem como Priscila, mais uma bloqueada pela zaga.

Camisa 11 soma seis gols no Brasileirão Sub-17/Fotos: Rebeca Reis/Staff Images Woman/CBF

O time da casa contou com reforços importantes para a partida desta quinta. Recentemente campeãs do Sul-Americano Sub-20 com a Seleção, ao lado das coloradas Biazinha, Mileninha e Gabi Barbieri, a meio-campista Gi Fernandes e a atacante Analuyza foram escaladas como titulares pela técnica Sandra dos Santos. O nível da dupla cresceu na reta final do primeiro tempo, e conduziu as Sereias ao ataque, deixando o jogo bastante indigesto para o Inter.

Aos 25, Gi escapou pela ponta-direita de ataque e cruzou bola rasteira. Perigosa, a assistência foi cortada por Carla. Pouco depois, na casa dos 30, a camisa 11 Julia teve duas oportunidades pelo corredor esquerdo. A primeira, finalizada com curva, tirou tinta do poste de Bianca. A segunda, arrematada sem ângulo, cruzou toda a extensão da área colorada, mas saiu pela lateral.

Ativo na frente, o Santos quase pagou um preço caro por sua postura ofensiva aos 36. Neste minuto, primeiro dos três acrescidos à etapa inicial, Priscila e Alice fizeram grande tabela pela direita, suficiente para dominar a área paulista. No último toque, porém, a centroavante teve cortado seu passe para a companheira. A resposta das Sereias chegou aos 37, quando Bianca salvou chute perigoso de Isa Viana. Chegava o intervalo.

Bianca segue invicta no Brasileirão Sub-17/Foto: Rebeca Reis/Staff Images Woman/CBF

O ritmo de trocação dos acréscimos do primeiro tempo imperou durante praticamente toda a etapa final. A primeira chance pertenceu às Sereias, que assustaram em cabeceio de Fernandes, seguramente defendido por Bianca. No minuto seguinte, o time da casa quase fez contra, mas escapou, graças a corte em cima da linha da zagueira Mazzoti, de sofrer o segundo gol.

Combativa na frente, a atacante Alice, que muito incomodava a zaga local, precisou deixar o campo aos 11, lesionada após sofrer forte pancada. Em seu lugar, entrou Bruna Wink, que reforçou a compactação colorada. Mais tarde, David da Silva chamou Teté para o jogo. A atleta, que substituiu Clarinha, deu maior imposição ao corredor direito, e quase foi garçonete de Berchon, que chutou com perigo, mas para fora, aos 28.

Berchon empunhou a braçadeira de capitã/Foto: Rebeca Reis/Staff Images Woman/CBF

Enquanto a exaustivamente forçada bola aérea santista fracassava na consistência de Bianca, a velocidade de Priscila conseguiu assustar a defesa rival nos últimos minutos de partida. Atenta à insegurança da goleira rival para jogar com os pés, a atacante, que integra o elenco profissional das Gurias, manteve o Inter atento à saída de bola adversária, e quase repetiu Clarinha para marcar após desarme aos 35. A finalização, desta vez, saiu mascada, encerrando o último lance de perigo da noite.

Até aqui, as Gurias somam seis vitórias nos seis jogos disputados pelo Brasileirão Sub-17. Com 22 gols marcados e nenhum sofrido, as coloradas têm a vantagem do empate para a partida de volta. Triunfo das Sereias por diferença mínima, independente do placar, levará a decisão para os pênaltis, ao passo que demais resultados interessam ao time paulista. Vamos em busca da taça, guerreiras!

Empate interessa ao Inter na luta pelo troféu/Foto: Rebeca Reis/Staff Images Woman/CBF

Ficha técnica:

Internacional (1): Bianca; Joana (Fridrich), Guta, Carla e Erica Gomes; Mika (Karol), Danny Teixeira e Berchon; Clarinha (Teté), Alice (Bruna Wink) e Priscila. Técnico: David da Silva.

Gol: Clarinha, aos 14”/1ºT (I).

Cartões amarelos: Joana (I).

Arbitragem: Marianna Nanni Batalha, auxiliada por Alberto Masseira e Robson Oliveira. Quarto árbitro: José Almeida e Souza.

Estádio: Vila Belmiro-SP.

Raio-X: Gurias abrem disputa da decisão do Brasileiro Sub-17

Noite decisiva para as Gurias Sub-17/Foto: João Callegari

Noite de decisão para o Futebol Feminino do Clube do Povo! As Gurias Coloradas enfrentam o Santos, a partir das 19h desta quinta-feira (28/04), na partida de ida da final do Brasileirão Sub-17. A seguir, fique por dentro de todas as informações sobre o confronto!


Transmissão 📻

A Rádio Colorada e as redes oficiais das Gurias (@guriascoloradasoficial no Instagram, @GuriasColoradas no Facebook e @ColoradasGurias no Twitter) oferecerão uma cobertura legitimamente alvirrubra para a Maior e Melhor Torcida do Rio Grande. A jornada esportiva da emissora oficial do Clube do Povo começará às 18h30. Com imagens, o SporTV anuncia transmissão. Torça com a gente!

ProgramaçãoPlataformas
18h30Programa do Inter/Portões AbertosSite e APP do Inter
19hJornada EsportivaSite e APP do Inter
21hVestiário VermelhoSite e APP do Inter

Pra cima, Gurias! 💪

Gurias têm a melhor campanha do Brasileirão/Foto: João Callegari

Em cinco jogos, cinco vitórias, com 21 gols marcados e nenhum sofrido. Impecável, a melhor campanha do Brasileirão Sub-17 pertence às Gurias, que nas semifinais eliminaram o São Paulo, com vitórias fora e dentro de casa, por um placar agregado de 4 a 0. Na ida, disputada com mando paulista, Alice e Clarinha garantiram o 2 a 0 colorado. Encerrada com o mesmo placar, a partida de volta, realizada no CT de Alvorada, contou com gols de Clara e Danny Teixeira.

A primeira fase do Nacional Sub-17 foi disputada por 12 equipes, divididas em três grupos de quatro times. Figurando na chave B, o Inter estreou na competição superando o Cresspom-DF por 9 a 0. A comandadas de David da Silva voltaram a golear na segunda rodada, quando despacharam o São José-SP pelo escore de 5 a 0. Rival no jogo de fechamento do quadrangular, o Grêmio também sofreu um atropelo: 3 a 0, com gols de Alice, Locatelli e Berchon.

Elenco venceu os cinco jogos que disputou/Foto: João Callegari

Sediada em Santana da Parnaíba, no estado de São Paulo, a fase de grupos foi a única realizada em turno único. Dela, as Gurias avançaram direto para as semis, que abriram o sistema de disputa em jogos de ida e volta. Individualmente, o Inter também tem destaques importantes ao longo de sua caminhada, a exemplo de Alice, artilheira do Nacional com seis gols marcados. A camisa nove é seguida de perto por Clarinha, que soma cinco tentos no Brasileiro. Berchon e Locatelli têm três, um a mais do que Danny, enquanto Erica e Karol já balançaram as redes uma vez cada.

Alice é a artilheira do Brasileirão/Foto: Adriano Fontes/CBF
Campanha das Gurias:

1ª fase:
13/04 – Gurias Coloradas 9 x 0 Cresspom-DF – Gols: Alice (3), Danny, Berchon, Clarinha, Erica, Locatelli e Karol;
15/04 – Gurias Coloradas 5 x 0 São José-SP – Gols: Clarinha (2), Alice, Berchon e Locatelli;
17/04 – Gurias Coloradas 3 x 0 Grêmio – Gols: Alice, Locatelli e Berchon;

Semifinais:
20/04 – São Paulo 0 x 2 Gurias Coloradas – Gols: Alice e Clarinha;
23/04 – Gurias Coloradas 2 x 0 São Paulo – Gols: Clarinha e Danny.
Clarinha já marcou cinco vezes/Foto: João Callegari

Arbitragem 👩‍⚖️

Marianna Nanni Batalha, auxiliada por Alberto Poletto Masseira e Robson Ferreira Oliveira. Quarto árbitro: José Guilherme Almeida e Souza.


Rival 🆚

Santos venceu quatro e empatou um dos cinco jogos que disputou/Foto: Adriano Fontes/CBF

Líder do grupo A na primeira fase do Campeonato Brasileiro, o Santos chega à decisão após superar o Grêmio nas semifinais do país. Donas de quatro vitórias e um empate nos cinco jogos que já disputaram no Nacional, as Sereias bateram o adversário gaúcho por um placar agregado de 7 a 3, construído através de goleada de 4 a 1, conquistada fora de casa, e de triunfo por 3 a 2 em solo paulista.

Assim como o Inter, o time de Sandra dos Santos também disputou clássico contra rival estadual na primeira fase do Brasileirão. Após superar a ESMAC-PA, na primeira rodada, por 5 a 0, o Peixe levou a melhor sobre o Corinthians na sexta-feira retrasada (15/04). Artilheira das Sereias no Nacional, Julia Eduarda marcou os dois gols da vitória de 2 a 0 sobre o Timão.

Julia e Marzia (10) comemoram vitória sobre o Corinthians/Foto: Adriano Fontes/CBF

Além de Julia, outras cinco jogadoras compartilham a responsabilidade dos 14 gols já marcados pelas Sereias no torneio. Vice-goleadora da equipe, Isa Viana soma três tentos, um a mais do que Gabriela Barros, Anna Cury e Luana. Algoz adversária em uma única ocasião, Heloisa completa a artilharia do Peixe.


Palco 🏟️

O duelo desta quinta-feira terá como palco a vila mais famosa do Brasil! Oficialmente nomeada Estádio Urbano Caldeira, a Vila Belmiro receberá o público de maneira gratuita para a partida de ida da final do Brasileirão Feminino Sub-17. O endereço, que abriga jogos do Santos desde 1916, conta com capacidade para pouco mais de 16 mil pessoas.


Histórico do confronto 📊

Na base, Gurias têm duas vitórias sobre o Santos/Foto: Mariana Capra

Gurias Coloradas e Sereias da Vila já se enfrentaram cinco vezes em Brasileirões de base. Vitorioso no primeiro confronto disputado pelas equipes, o Santos soma apenas esse triunfo sobre o Inter, conquistado, pelo placar de 2 a 1, no Nacional Sub-18 de 2019. De sua parte, o Clube do Povo bateu as paulistas, sempre por 3 a 1, em duas ocasiões – nos Sub-16 e Sub-18 de 2020. Ocorreram, ainda, dois empates.

Mileninha marcou gol no Sub-18 de 2020/Foto: Mariana Capra

As bases colorada e santista se enfrentaram uma única vez em confronto eliminatório, disputado no dia 18 de dezembro de 2020 e válido pela semifinal do Brasileirão Sub-16 daquele ano. Após empate sem gols no tempo normal, as Gurias levaram a melhor nas penalidades. No embalo de quatro cobranças convertidas – e duas adversárias defendidas pela goleira Mari Zanella -, o time de David da Silva avançou rumo à decisão contra o Minas Brasília.

Mari Zanella foi decisiva em 2020/Foto: Adriano Fontes/CBF

Regulamento 🔎

A edição de 2022 é a primeira da história do Brasileirão Feminino Sub-17. Campeão Sub-16 em 2020 e vice da mesma categoria na temporada passada, o Inter terá a vantagem de decidir a inédita taça como mandante. A partida de volta entre Gurias e Sereias está prevista para as 11h do próximo domingo (1º/05), no Sesc Protásio Alves.

Vale lembrar que competições organizadas pela CBF não contam com saldo qualificado por gols marcados fora de casa como critério de desempate. Assim, caso o placar agregado siga empatado após a disputa dos dois jogos, o título será definido nos pênaltis.

Supercopa do Brasil Feminina: caminho definido para as Gurias

Na tarde desta segunda-feira (17/01), aconteceu o sorteio da Supercopa do Brasil Feminina, competição que será disputada na temporada de 2022 pela primeira vez. A estreia das Gurias Coloradas, nas quartas de final, será diante do Real Brasília, com mando de campo do Clube do Povo. O torneio será disputado do dia 6 a 13 de fevereiro, com jogos apenas de mata (duelo único).

As Gurias obtiveram classificação em função da campanha histórica no Brasileirão Feminino A1 da temporada passada, no qual foram as melhores gaúchas classificadas, chegando à semifinal da competição.

Caso avance de fase e chegue na semifinal da Supercopa, as Gurias enfrentarão o vencedor do confronto entre Corinthians e Palmeiras. O jogo será em São Paulo, por conta da melhor classificação da Federação Paulista no ranking da CBF.

Em uma possível final, os adversários do chaveamento oposto são o Cruzeiro (Minas Gerais), Grêmio (Rio Grande do Sul), Esmac (Pará) e Flamengo (Rio de Janeiro). Os locais e os horários das partidas serão definidos em breve.