Gols: Inter avança com goleada na CONMEBOL Sul-Americana

Dourado, três vezes, Estêvão e Mina, que marcou contra após jogada de Edenilson. Confira os gols da goleada de 5 a 1 do Inter sobre o 9 de Octubre-EQU, que classificou o Clube do Povo para as oitavas de final da CONMEBOL Sul-Americana

Fotos: Inter x 9 de Octubre – 6ª rodada/CONMEBOL Sul-Americana

Com show de Dourado, autor de três gols, o Inter goleou o 9 de Octubre, nesta noite de terça-feira (24/05), pelo placar de 5 a 1. Confira as imagens da partida, disputada no Beira-Rio e válida pela sexta rodada da CONMEBOL Sul-Americana:

Inter goleia o 9 de Octubre e confirma vaga nas oitavas da CONMEBOL Sul-Americana

Dourado deu show no Gigante/Foto: Ricardo Duarte

GOLEADA DE OURO! Com três gols de Rodrigo Dourado, um de Estêvão – o primeiro do meio-campista como profissional – e outro de Mina, contra, o Internacional superou o 9 de Octubre por 5 a 1, na noite desta terça-feira (24/05), e confirmou vaga nas oitavas de final da CONMEBOL Sul-Americana. Válida pela sexta rodada da competição continental, a vitória, conquistada no Beira-Rio, garantiu ao Clube do Povo os 12 pontos e a liderança do grupo E.

+ Veja a galeria de fotos da partida;

Na segunda-feira que vem (30/05), o Inter volta a campo pelo Brasileirão. No Gigante, os comandados de Mano Menezes enfrentarão o Atlético-GO, a partir das 20h, pela oitava rodada do Nacional. Já o próximo atrativo no calendário alvirrubro referente à CONMEBOL Sul-Americana será o sorteio das oitavas de final do torneio, previsto para o início da tarde de sexta-feira (27/05).

A festa com o desencanto de Estêvão/Foto: Ricardo Duarte

Início fulminante, mas rival empata em vacilo

Os primeiros movimentos de partida foram de um Internacional alucinante no gramado do Beira-Rio. Aos seis, Pena mostrou que os escanteios poderiam ser frutíferos ao Clube do Povo, e levantou bola perigosa pela direita. Na pequena área, o goleiro não conseguiu o corte, mas seus zagueiros compensaram a meta aberta com seguidos bloqueios diante de arremates de Bruno Méndez e Wanderson.

Volante marcou o primeiro na etapa inicial/Foto: Ricardo Duarte

Logo depois, aos oito, o uruguaio cruzou da esquerda, desta vez na cabeça de Rodrigo Dourado. Em noite iluminada, o volante justificou o porquê de sua fama na bola aérea, antecipou a marcação adversária e, na primeira trave, testou para as redes. Dois minutos mais tarde, o 9 de Octubre tirou proveito de erro na saída de jogo do Inter e chegou ao empate com Caicedo, servido por Da Luz.

O empate, inicialmente, não abalou o Colorado, que seguiu em cima e criou boas chances com Mauricio, dono de arremate espalmado por Recalde, Pena, cuja finalização também foi defendida pelo goleiro, e Wanderson, que concluiu bonita trama do corredor esquerdo do Clube do Povo. Uma vez mais, o arqueiro defendeu, encaminhando o 1 a 1 como placar final do primeiro tempo.


Rolo compressor atropela

Rodrigold desempatou no renício de partida/Foto: Ricardo Duarte

Hoje teve show do Rodrigold! Três minutos após o reinício da partida, o volante marcou o seu segundo na noite. Alçado a campo ainda na etapa inicial, quando substituiu Mauricio, sacado após entorse no joelho esquerdo, Taison foi Taison, e superou a marcação com direito a embaixadinha antes de cruzar bola rasteira. A assistência logo encontrou Dourado, que finalizou rasteiro e cruzado, de perna direita, para as redes equatorianas. Comece a contar: 2 a 1!

Remediado pelo roteiro do primeiro tempo, o Inter não deixou o 9 de Octubre se interessar pelo jogo na etapa final, e seguiu avassalador. Depois de frutífera pressão ofensiva, Carlos de Pena sofreu violenta solada do zagueiro Becerra, punido com o cartão vermelho pela arbitragem. Somada à superioridade numérica, a ofensividade colorada resultou em goleada, a primeira do Clube do Povo sob o comando de Mano Menezes.

SuperEd armou o gol da tranquilidade/Foto: Ricardo Duarte

Aos 20, Bustos percebeu Edenilson e lançou o meio-campista na costas da zaga. Pela direita da grande área, o camisa oito cruzou bola à meia-altura, buscando David. Antes dele, Mina desviou contra o próprio patrimônio. Saía o terceiro do Inter, com novo brilho do meio de campo e com mais uma participação decisiva de SuperEd.

O quarto gol também veio da direita. Depois de escanteio cobrado curto, Bustos recebeu de Carlos de Pena e cruzou bola em curva, endereçada à pequena área. Por ali, o falso-nove Dourado voltou a ser decisivo, e cabeceou no contrapé do goleiro. Festa da torcida e festa no campo, com o volante recebendo os cumprimentos de todos os companheiros.

Quantos tu marcaste, Dourado?Foto: Ricardo Duarte

O escore tranquilo, bem como a leveza do time dentro de campo, que atuava no embalo de linda festa da torcida, fez Mano proporcionar minutos importantes para os jovens. Estêvão e Cadorini entraram ao longo da etapa final, e tramaram, junto com Taison, o ‘Gol do Celeiro de Ases’, quinto marcado nesta noite. Do ídolo a bola voou teleguiada até o peito do centroavante, que fintou o goleiro e finalizou bloqueado. Atento, o meio-campista esbanjou recurso e reflexo para armar voleio no rebote e mandar para as redes. Fim de papo, 5 a 1.

Estêvão fez o primeiro como profissional/Foto: Ricardo Duarte

Primeiro tempo

5min – DANIEL! Caicedo cobra falta frontal por baixo da barreira, mas não surpreende o atento goleiro colorado.

6min – UUUUUUUUH! Pena cobra escanteio pela direita, goleirão cata borboleta e a bola fica viva. Bruno Méndez, duas vezes, finaliza bloqueado pela zaga, e Wanderson também sofre com duplo bloqueio da marcação adversária.

8min – TIIIIIIIIIIIIRA A ZAGA! Inter tabela pela esquerda com Wanderson e Pena, que estica até Mauricio. O 27 cruza na direção de David, mas, antes dele, a marcação afasta por escanteio.

8min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOL DO CLUBE DO POVO! É GOL DE DOURADO! É GOL DO INTERNACIONAL! Pena cobra escanteio NA MEDIDA pela esquerda. Dourado, na primeira trave, desvia para as redes e abre o placar para o Clube do Povo! Testaço!

10min – Caicedo empata para os equatorianos.

13min – Chávez amarelado. Falta em Pena.

15min – INTER SEGUE EM CIMA! Mauricio recebe o pivô de David e solta o canhotaço. Recalde defende e o rebote fica com o camisa 17 do Clube do Povo, que, impedido, devolve para o meia. De bicicleta, seria gol, mas lance já estava parado.

16min – QUASE UMA PINTURA! Pena, fechado, cruza pela esquerda e quase encobre Recalde.

20min – POR DETAAAAAAAALHE! Renê recebe de Bustos e cruza rasteiro. David estica o pé e quase desvia para as redes, mas ela cruza a frente da meta e sai em lateral.

21min – Mauricio, de perna direita, arrisca da entrada da área. Por cima, por detalhe!

26min – SAAAAAALVA, RECALDE! Pela esquerda, Pena solta a bomba rasteira. Goleiro se estica todo e manda por escanteio.

28min – O SEGUNDO GOL TÁ MADURO! David ganha da marcação na velocidade e chama Bustos para o jogo. Ele inverte até a ponta-esquerda, onde Renê tenta o cruzamento por baixo. Wanderson domina e chuta de canhota, mas mascado, e Recalde defende.

35min – Sai Mauricio, lesionado, e entra Taison.

40min – PRA FOOOOOOORA! Pena cobra escanteio baixo na primeira trave, a bola passa pela marcação e chega até Edenilson, que desvia, no reflexo, para fora. Quase!

42min – DEFEEEEEEEEEEENDE O GOLEIRO! Taison intercepta saída de jogo ruim do time equatoriano e deixa, de cabeça, para Edenilson. O meio-campista devolve na medida para o camisa sete, que chuta rasteiro. Com os pés, Recalde salva.

45min – Mais quatro. Vamos a 49!

49min – Intervalo de jogo no Beira-Rio!


Segundo tempo

3min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! DOURADO! VOLANTE EM NOITE ARTILHEIRA! VOLANTE GOLEADOR! RODRIGOLD! RODRIGOOOOOOOOL! Depois de escanteio cobrado por Edenilson, a zaga faz o corte parcial e Taison fica com a sobra pela direita da grande área. Capitão dá uma embaixadinha, escapa do marcador e cruza rasteiro para Dourado, que finaliza cruzado, de perna direita, no cantinho de Recalde. Vantagem vermelha!

7min – UUUUH! Wanderson faz fila pela esquerda, escapa até a linha de fundo e cruza de canhota. David quase desvia, de cabeça, mas a bola passa por cima.

11min – QUASE O GOL DO MEU 11! Wanderson chamou a marcação para dançar, cortou para a perna direita e bateu colocado. Recalde manda por escanteio.

11min – ELA NÃO QUIS ENTRAR! Taison, na meia-lua da grande área, aciona David com lindo ganchinho. Na quinta esquerda da pequena área, o atacante finaliza de canhota e tira do goleiro, mas a bola, teimosa, sai pela linha de fundo.

14min – Becerra acerta solada violenta em De Pena, crava as chuteiras na costela do uruguaio e recebe o vermelho.

15min – INTELIGENTE! Pena, que fingia não estar preparado para cobrar a falta, emenda rápida corrida em direção à bola e manda de canhota. Por fora da barreira, ela morre na rede, mas de fora.

16min – Muda o 9 de Octubre: Quiñónez substitui Mojica.

20min – EDENILSOOOOOOOOOOOOOOOOOON! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOL DO INTER, É GOL DE SUPERED! É FESTA NO BEIRA-RIO! VAMOS, COLORADO! PELA AMÉRICA! Bustos lança Edenilson nas costas da marcação. Em velocidade, camisa oito chega à lateral da grande área e cruza na direção de David. Em frente ao camisa oito, Glendys Mina intercepta o cruzamento, e envia a bola para o seu próprio patrimônio. É 3 a 1 no escore do Beira-Rio!

21min – FOGUETE PELA LINHA DE FUNDO! David leva a melhor sobre a marcação, invade a área e solta o canhotaço. Assustou!

25min – Wanderson deixa o campo para a entrada de Estêvão, e Cadorini substitui David.

29min – BONITO! BONITO DEMAIS! LINDO DEMAIS! Edenilson lança para Estêvão, que dispensa o domínio e, de primeira, aciona Cadorini. De cabeça, centroavante desvia bloqueado por defesa de Recalde.

30min GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É MAIS UM DELE! É HAT-TRICK DO HOMEM! É O TERCEIRO DE DOURADO! A ARMA (NEM TÃO) SECRETA DA BOLA AÉREA COLORADA! Após cobrança curta de escanteio, Bustos cruza pela direita da área rival. Na pequena área, Dourado sobe com estilo, desvia no contrapé de Recalde e chega a três gols na noite! JOGA MUITO, DOURADO!

30min – Dourado tirou a camisa na comemoração e, por isso, recebeu o amarelo.

34min – Dupla troca no Clube do Povo. Heitor e Gabriel por Bustos e Dourado.

36min – GOLAAAAAAAAAAAAAAAAÇO! GOLAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAÇO! É GOL! É GOLAÇO! QUE PINTURA! QUE JOGADA! GOL DA CRIA! GOL COM O DNA DO CELEIRO! TAISON, QUE LANÇAMENTO! CADORINI, QUE DOMÍNIO! ESTÊVÃO, QUE VOLEIO! Pela esquerda, camisa sete mostra a visão de jogo de sempre para encontrar Matheus. Dentro da grande área, o centroavante mata no peito, finta o goleiro e tenta o chute de canhota. A zaga trava, mas Estêvão emenda voleio de puro reflexo para as redes equatorianas! Festa no Gigante!

39min – Chávez sai, Saltos vem. Segunda troca nos visitantes.

45min – Mais dois. Vamos a 47!

47min – FIM DE JOGO! ESTAMOS NAS OITAVAS!


Ficha técnica:

Internacional (5): Daniel; Bustos (Heitor), Vitão, Bruno Méndez e Renê; Rodrigo Dourado (Gabriel), Edenilson e Carlos de Pena; Mauricio (Taison), David (Cadorini) e Wanderson (Estêvão). Técnico: Mano Menezes.

9 de Octubre (1): Edison Recalde; Jon Medina, Becerra, Cisneros e Glendys Mina; Wilson Vernaza e Esterilla; Da Luz, Mojica (Quiñónez) e Chávez (Saltos); Caicedo. Técnico: Juan León.

Gols: Dourado, aos 8’/1ºT, aos 3’/2ºT e aos 30’/2ºT; Mina, contra, aos 20’/2ºT, e Estêvão, aos 36/2ºT (I). Caicedo, aos 10’/1ºT (9).

Cartões amarelos: Rodrigo Dourado (I). Chávez (9).

Cartão vermelho: Becerra (9).

Arbitragem: Yael Falcón, auxiliado por Cristian Navarro e Pablo González. Quarto árbitro: Nicolas Lamolina.

Estádio: Beira-Rio.

Público: 17.429. Pagantes: 13.567. Não pagantes: 3.862.

Renda: R$ 747.718,00

Inter x 9 De Octubre - Sul-Americana - 25/05/2022

Goleada sobre o Tamoio mantém 100% do Colorado no Gauchão Sub-20

O Internacional goleou o Tamoio por 7 a 1, na tarde deste sábado (30/04), no CT Alvorada. O jogo válido pelo Campeonato Gaúcho Sub-20 teve Lucca marcando quatro vezes e ainda os gols de Enzo, Tortello e Vinícius Alves. O Inter volta a atuar pela competição no dia 14 de maio contra o Novo Hamburgo.

Lucca foi o destaque da tarde com 4 gols marcados/Foto: Jota Finkler

A vitória que garantiu o 100% do Colorado no Gauchão começou a ser construída logo com um minuto de jogo. Lucca recebeu passe de Allison e tirou do goleiro para anotar o primeiro. No mais, o jogo no primeiro tempo teve duas expulsões pelo lado do Tamoio – um atleta e o técnico da equipe.

Allison e Lucca celebram gol do Inter/Foto: Jota Finkler

Na segunda etapa o Internacional voltou disposto a liquidar a fatura cedo. Aos 3 minutos Lucca aparou o cruzamento de Allan Aniz para marcar o segundo e aos 8, Tortello que recém tinha entrado no jogo marcou o terceiro. Mesmo com a vantagem mais larga no marcador o atacante Lucca queria mais. Aos 15 marcou após jogada de Kevin Quiñones pela esquerda e aos 16 arriscou de fora da área para fazer o seu quarto gol no jogo e o quinto do Internacional.

Matteo em ação contra o Tamoio/Foto: Jota Finkler

A vantagem no marcador foi ampliada pelo aniversariante da tarde, Enzo, que cobrou pênalti sofrido por Vinícius Alves e correu para o abraço com os companheiros. E por falar em aniversariante, teve mais um, Rangel entrou no jogo e deu trabalho ao goleiro adversário em três oportunidades.

Enzo comemora seu gol no jogo/Foto: Jota Finkler

Ainda teve o sétimo do Inter marcado por Vinícius Alves, que pegou rebote de sua própria cobrança de penalti e marcou o seu primeiro com a camiseta do Colorado, enquanto o Tamoio descontou no fim da partida.

óVinícius Alves anotou pegando rebote de sua própria cobrança de penalti/Foto: Jota Finkler

O Internacional atuou com Lucas Flores; Allan Aniz, João Pedro, Lucas Ryan (Felipe) e Thauan Lara; Lukayan, Matteo (Rangel), Gustavo (Kevin Quiñones), Allison (Enzo) e Vitinho (Tortello); Lucca (Vinícius Alves).

Vitinho fez sua primeira partida no Gauchão/Foto: Jota Finkler

Bastidores da classificação das Gurias à final do Gauchão

Depois de mais uma goleada pelo Gauchão Feminino, agora pelo placar de 10 a 0, as Gurias se classificaram para a finalíssima do Rio Grande do Sul. Agora, o Canal do Inter te apresenta tudo do jogo de volta contra o Brasil de Farroupilha, que contou com quatro gols de Wendy Carballo, dois de Rafa Travalão e um de Fabi Simões, Shashá, Júllia e Belinha!

Gurias encerram primeira fase do Gauchão com goleada

Inter superou o Juventude por 13 a 0 neste sábado/Foto: João Callegari

As Gurias Coloradas deram show na tarde deste sábado (30/10)! No Estádio do Sesc, o Clube do Povo superou o Juventude, em partida da sexta rodada dos grupos do Gauchão, pelo placar de 13 a 0. Rafa Travalão e Mileninha, três vezes cada, Priscila, responsável por enviar duas bolas às redes, e Fabi Simões, Wendy, Leidi, Djeni e Maiara marcaram os gols da vitória do Clube do Povo, que com o resultado avança para as semifinais do Estadual na liderança isolada da chave B.

Os gols das Gurias na narração da Rádio Colorada

Donas de impecável aproveitamento de 100%, com seis vitórias na fase de grupos, as Gurias enfrentarão o Brasil de Farroupilha na luta por vaga na decisão do Rio Grande. Vice-líder da chave A, o rival serrano abrirá a disputa como mandante, enquanto as coloradas serão locais na volta. Em 2021, as comandadas de Maurício Salgado buscam conquistar o Estadual pelo terceiro ano consecutivo.

Gurias encerraram primeira fase na liderança isolada do grupo/Foto: João Callegari

Carrasca, Rafa brilha no primeiro tempo

Até o início da partida deste sábado, Rafa Travalão somava dois gols no Gauchão, ambos marcados diante do Juventude. Iniciado o confronto do Sesc, a camisa 11 precisou de apenas seis minutos para anotar mais um e comprovar sua vocação para carrasca do Papo. Servida por Djeni, a atacante, que no primeiro tempo formou dupla com Fabi Simões, dispensou o domínio para finalizar na saída da goleira Mari e abrir a conta.

O segundo do Inter também foi marcado por Rafa, mas merece ter seus méritos estendidos a todo o corredor direito do time colorado. Após tabela entre Sorriso e Bruna Benites, Shashá recebeu rente à linha lateral e espichou jogo até Leidi. Vertical, a lateral foi ao fundo e cruzou rasteiro para Travalão, que mandou sem chances de defesa. Aos 34, a camisa 11 fechou a conta da etapa inicial. De bico, a artilheira da tarde recebeu de Fabi Simões, que enfileirara três adversárias, para estabelecer o primeiro hat-trick do sábado alvirrubro.


Como parar Fabi Simões?

Fabi comandou o ataque no reinício do confronto/Foto: João Callegari

Se o primeiro tempo teve como protagonista a dona da camisa 11 colorada, o reinício do confronto ficou marcado pelo brilho da sete vermelha. Após linda inversão de Bruna Benites, Shashá tabelou com Ari por cima e, dentro da área, pela esquerda, passou na medida para Fabi Simões. Na quina do pequeno retângulo, a craque usou do domínio para enquadrar o corpo e, sem titubear, finalizou colocado.

A dobradinha Shashá/Fabi brilhou voltou a brilhar no minuto nove. Mais uma vez assistida pela companheira, Simões deixou a marcação comendo poeira e saiu de frente com a goleira antes de sofrer toque da zagueira adversária. Dentro da área, a irregularidade foi flagrada pelo árbitro, que indicou pênalti. Responsável pela cobrança, Djeni Becker fez questão de sanar a eterna dúvida, deixando claro que existem golaços marcados a partir da marca do cal.

Camisa oito fez o quinto/Foto: João Callegari

Após brilhar pela esquerda, Fabi decidiu dar show no corredor direito. Aos 11, ela só não investiu em direção à linha de fundo por conta de nova pancada imposta pela zaga esmeralda. Dentro da área como a predecessora, a irregularidade foi cobrada por Leidi, que impediu qualquer esperança de defesa por parte de Mari e marcou o sexto das Gurias.

Leidi marcou o sexto/Foto: João Callegari

Brilham as promessas

O gol de Leidi foi sucedido por três trocas no time colorado. Enquano Ariane e Isa Haas já haviam entrado no intervalo, Maiara, Wendy e Mileninha foram alçadas a campo no minuto 12, e cobraram míseros 120 segundos para começar a ocupar espaço de destaque na súmula da partida. Após bonita jogada de Shashá, Milena, que retornava de Data FIFA com a Seleção Sub-20, tirou proveito de hesitação entre zaga e goleira para entrar com bola e tudo e anotar o seu primeiro do dia.

Mileninha precisou de poucos minutos para balançar as redes/Foto: João Callegari

Aos 18, quem marcou foi Wendy, responsável por finalizar jogada construída pela recém-promovida Priscila. A 19, que acabara de substituir Rafa Travalão, recuperou a posse no campo de defesa, cruzou a linha do meio de campo e percebeu a companheira com espaço pela direita. Feito o passe, a charrua, tranquila, justificou o porquê de vestir a nove: de cara com a goleira, usou da canhota para aumentar a festa da torcida.

Wendy deu costumeiro show de garra na frente/Foto: João Callegari

Desde sua estreia, na segunda rodada dos grupos, Priscila havia balançado as redes em todas as partidas que disputou. Diante do Juventude, a jovem atacante fez questão de renovar a escrita. Aos 34, ela aproveitou o rebote de lindo chute de Mileninha, que explodira no poste, para fazer o nono do Clube do Povo. No minuto seguinte, Milena recebeu de Shashá e adicionou o segundo dígito ao escore: 10 a 0!

A generosidade ganhou os holofotes aos 37. Em reconhecimento à assistência maravilhosa que recebera para anotar o seu, Wendy fez questão de servir Priscila com passe igualmente açucarado. À saída da goleira, a dona da 19 respondeu com inteligente domínio, que matou as chances de defesa, e rápido arremate, que lentamente beijou as redes.

Priscila e Mileninha (17): uma foto, cinco gols/Foto: João Callegari

Das trocas ofensivas de Maurício, faltava apenas o gol de Mai, e ele saiu aos 38. De fora da área, a camisa 26 não quis saber de brincadeira e, após confusão na altura da meia-lua, finalizou de canhota. Com desvio, a bola matou a goleira Lari, que nada pôde fazer para impedir o primeiro tento da meio-campista colorada como atleta profissional.

Mai marcou o 12º em bonito canhotaço/Foto: João Callegari

Mai quase marcou mais um aos 40, mas a zagueira Letícia demonstrou boa leitura do lance para cortar o arremate já debaixo das traves. O rebote, contudo, foi de Mileninha, que transformou o gramado em madeira e, de bico, no melhor estilo do futsal, finalizou no ângulo. Não, você não errou as contas. O gol foi o 13º do Inter, terceiro de Milena, de número 48 na impecável campanha das Gurias no Gauchão. Que venham as semis!

Todo o recurso de Mileninha para fechar a conta/Foto: João Callegari

Ficha técnica:

Internacional (13): Vivi; Leidi, Bruna Benites (Mai), Sorriso e Belinha (Ari); Djeni, Mari Pires (Wendy), Shashá e Maranhão (Isa); Fabi Simões (Mileninha) e Rafa Travalão (Priscila). Técnico: Maurício Salgado.

Juventude (0): Mari (Lari); Jenni (Hellen), Dai, Júlia e Dessa; Yasmin, Alana (Letícia) e Mi; Mariazinha, Maria Eduarda (Isa) e Tauany (Gabi Rech). Técnico: Giordano Demore.

Gols: Rafa Travalão, aos 6’/1ºT, 15’/1ºT e 34’/1ºT; Fabi Simões, aos 6’/2ºT; Djeni, aos 10’/2ºT; Leidi, aos 12’/2ºT; Mileninha, aos 14’/2ºT, 35’/2ºT e 40’/2ºT, Wendy, aos 18’/2ºT; Priscila, aos 34’/2ºT e 37’/2ºT; e Maiara, aos 38’/2ºT (I).

Cartões amarelos: Djeni (I). Gabi Rech, Alana, Dessa e Mi (J).

Arbitragem: Felipe William Vuaden, auxiliado por Estefani Estrela da Rosa e Ariela Duarte.

Estádio: Sesc Protásio Alves.

Bastidores da vitória que valeu vaga às Gurias

Após golearem o Flamengo de São Pedro, no Sesc Protásio Alves, pela quarta rodada da primeira fase do Gauchão, as Gurias Coloradas garantiram vaga antecipada nas semifinais estaduais. Confira os bastidores da vitória de 8 a 0 do Inter, que contou com show dentro de campo, emoldurado pelo uso de manto comemorativo aos 30 anos da primeira Copa do Mundo Feminina, e também fora, graças à presença da Maior e Melhor Torcida do Rio Grande!

Time e torcida dão show, e Inter goleia a Chapecoense por 5 a 2 no Beira-Rio

OH INTERNACIONAL, QUE EU VIVO A EXALTAR! A torcida colorada, que esperou 581 dias para retornar às arquibancadas do Beira-Rio, sequer precisou aguardar um minuto, a partir do apito inicial deste domingo (10/10), para ver as redes do Gigante novamente balançadas. Em uma atuação maravilhosa, o Clube do Povo atropelou a Chapecoense, em partida da 25ª rodada do Brasileirão, pelo placar de 5 a 2. Taison, Cadorini e Yuri Alberto, este três vezes, anotaram os gols do confronto que marcou o retorno do público à casa alvirrubra.

Os três pontos conquistados neste domingo levam o Inter aos 36 no Brasileirão. Sétimo colocado, o Clube do Povo está a um ponto do Corinthians, primeira equipe do G6. Embalado pela força da única torcida capaz de recuar as águas de um rio, o Colorado agora volta suas atenções para a próxima quarta-feira (13/10), quando receberá o América-MG, no Beira-Rio, em partida da 26ª rodada do Brasileirão, marcada para as 21h30.


É O ROLO COMPRESSOR!

UMA ATUAÇÃO INESQUECÍVEL EM UMA MANHÃ MÁGICA! O Internacional deu show nos primeiros 45 minutos de seu reencontro com a Maior e Melhor Torcida do Rio Grande! Apoiado pelo povo que tomou as arquibancadas do Beira-Rio, o Colorado evocou, desde o apito inicial, as memórias do Rolo Compressor, insaciável por balançar as redes adversárias – o que não demorou para acontecer. Logo no instante de abertura do confronto, Yuri ficou com a sobra de milagre de João Paulo, em lance que ainda contara com bola de Mauricio na trave, para abrir a conta no número 891 da Padre Cacique.

O Inter tem um cara que é a cara do Clube que é do povo. Sem atuar para a torcida colorada desde o confronto que nos consagrou Bi da América, Taison merecia um gol. O que fez, porém, mais pareceu uma pintura. Na direita da grande área, o 10 recebeu grande cruzamento de Patrick, dominou ganhando ângulo e soltou a bomba. No limite da meta, ao lado do poste, a bola explodiu na rede. Com ela, o Beira-Rio foi junto. Maestro, nosso capitão regia a massa!

O segundo gol não satisfazia as ambições do Inter. Com espaço pela direita, o time de Aguirre seguiu levando perigo a partir das triangulações de Saravia e Mauricio, sempre acionados com precisão por Taison e Dourado. Yuri, intenso entre os zagueiros, não oferecia descanso à retaguarda adversária, que estonteada sobreviveu sem sofrer novos tentos até os 36, quando os artilheiros voltaram a brilhar.

Em velocidade, Taison costurou pelo centro e chegou às cercanias da área alviverde. Preciso, o 10 viu Yuri Alberto entre os zagueiros e serviu no instante exato. Artilheiro, o 11 girou com estilo antes de finalizar na saída do goleiro. Golaço, logo sucedido pelo quarto colorado, terceiro de Yuri, que concluiu jogada iniciada em drible estonteante de Moisés. Nos acréscimos, o atacante voltaria a balançar as redes, mas em lance anulado após consulta do árbitro ao VAR.


Goleada confirmada

O Inter retornou dos vestiários com novidades. Heitor, Boschilia e Cadorini, estreando com o grupo principal, foram alçados a campo por Aguirre, deixado o Clube do Povo mais simpático às bolas cruzadas. Na primeira que venceu por cima, aos sete, o atacante parou em João Paulo, que defendeu em dois tempos. Depois, contudo, não existiu o que ser feito. Da esquerda, Heitor cobrou escanteio fechado, que o camisa 18 testou com força para as redes. Clube do Povo? Cinco!

Confortável em campo, o Inter passou a administrar o folgado resultado, ao passo que a Chapecoense, visivelmente indignada com o amplo escore ostentado pelo Clube do Povo, se jogou para o ataque. A postura rendeu aos visitantes dois gols, anotados por Mike, mas insuficientes para impedir a consagração do reencontro de time e torcida. Nos braços de sua gente, o Colorado atropelava por 5 a 2.


Primeiro tempo

1min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOL, É GOL, É GOL, É GOOOOOOOOOOOOL DO INTEEEEER! No ritmo da torcida, que canta a plenos pulmões no Estádio, Colorado sai do campo de defesa pela direita. A zaga catarinense tenta a recuperação, mas Dourado domina na intermediária ofensiva e serve Saravia. Do lateral para Mauricio, que manda no poste. No rebote, Patrick exige milagre de João Paulo. Azarado, o goleiro vê Yuri pegar a sobra, e o camisa 11 não perdoa. A bola? Para as redes. O artilheiro? Para a galera!

Assim a Rádio Colorada narrou o primeiro gol do reencontro deste domingo

3min – DANIEEEEEEEEEL! Chapecoense chega com perigo pela esquerda. Bruno Silva domina na altura da quina da grande área, corta para o pé direito e busca o ângulo, mas goleiro colorado voa para defender.

5min – É DEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEELE! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É DO CARA QUE É A CARA DO CLUBE QUE É DO POVO! TAISON, TAISON, TAISON, TAISON, TAISON, TAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAISOOOOOOOOON! Camisa 10 arma contra-ataque em altíssima velocidade e abre jogo até Patrick. O Pantera invade a área e cruza aberto, na medida para o ídolo alvirrubro, que domina e, com enorme qualidade, manda na bochecha da rede. EXPLODE O BEIRA-RIO! É O INTER JUNTO DE SEU POVO!

O gol do cara que é a cara do Clube que é do Povo na voz mais colorada de todas!

11min – Muda o time visitante. Renê Júnior sai, Anderson Leite vem.

13min – BRUUUUUUUUUUNO MÉNDEZ! Chape chega pela direita com cruzamento rasteiro de Geuvânio. Antes de Bruno Silva, o zagueiro colorado trava o arremate e manda em escanteio.

15min – INTER CHEGA EM VELOCIDADE! Mauricio é lançado pela direita e cruza aberto. Patrick chegava livre na segunda trave, mas a bola, forte demais, passa fora de seu alcance.

16min – Daniel recebe o amarelo. Sabe-se lá qual o motivo.

17min – E VEM O INTER! Mauricio e Saravia tabelam pela direita. Servido pelo lateral, o meio-campista vai ao fundo e cruza rasteiro. Yuri finaliza, mas é travado por Jordan.

21min – PRA FOOOOOOOOOOORA! Dourado intercepta a construção ofensiva alviverde e a sobra é de Taison. Ídolo carrega em altíssima velocidade e, na intermediária de ataque, serve Mauricio, que invade a área e solta a bomba de direita. Quase, quase!

25min – UUUUUUUUUUUUUUUUUUH! Cuesta, à esquerda da meia-lua da grande área, cobra falta no canto do goleiro. João Paulo, com a ponta dos dedos, consegue desviar em escanteio. Quase o terceiro! Quase o do Patrón!

30min – Parada técnica para hidratação.

31min – Jogo retomado, e Inter segue mordendo. Dourado, com precisão, serve Mauricio, que invade a área em velocidade e finaliza cruzado. Rasteira, ela sai ao lado.

33min – QUE PRESSÃO! Patrick recebe de Mauricio, avança pela esquerda e cruza com açúcar. Yuri, livre na direita da área, tenta servir Taison, mas a zaga corta. Na sobra, Dourado e Lindoso tabelam e a bola chega até Cuesta, que levanta na medida para Mauricio. Cabeceio sai por cima.

36min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOL! É DO IIIIIIIIIIIINTER! É DO CLUBE DO POVO! É DE YURI ALBEEEEEERTOOO! Dourado, de novo ele, que desarme! O camisa 13 recupera a posse e ela fica com Patrick, que aciona Taison. Em altíssima velocidade, nosso ídolo deixa os adversários comendo poeira e, já nas cercanias da área, serve Yuri. O camisa 11 domina fazendo o giro e, mesmo desequilibrado, finaliza na saída de João Paulo. Pintura, pintura, PINTURA!

Comemore o 3 a 0 com a emissora oficial do Clube do Povo

39min – HAT-TRICK DO HOMEM! É GOL! É MAIS UM! É MAIS UM! DALE Ô, COLORADO EU SOU! É GOL, É SHOW DO INTER! UMA MANHÃ GIGANTE, À ALTURA DE SEU SIGNIFICADO! GOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! Moisés vai ao fundo e aplica drible desconcertante em Matheus Ribeiro. Com liberdade, o lateral cruza rasteiro, a zaga impede o gol de Mauricio, mas a sobra é dele, que tem perfume de gol! Yuri, Yuri, Yuuuuuuuuuuuuri para as redes!

Assim a Mais Vermelha narrou o hat-trick de Yuri

45min – Mais quatro. Vamos a 49!

46min – DANIEL! Bruno Silva escapa pela esquerda e, dentro da área colorada, rente à linha de fundo, cruza rasteiro. Goleiro alvirrubro encaixa.

48min – Yuri, servido por linda jogada de Cuesta, marca o quarto, mas o lance é invalidado pelo VAR.

49min – INTERVALO NO BEIRA-RIO! QUE PRIMEIRO TEMPO!


Segundo tempo

0min – Na Chapecoense, Denner deixa o campo. Entra Lima.

0min – Inter também retorna com novidades: Heitor, Boschilia e Cadorini, que estreia com o grupo principal. Sacados são Saravia, Dourado e Yuri Alberto.

2min – QUASE! Cuesta cobra falta frontal, e João Paulo espalma por escanteio.

7min – Boschilia cruza da direita, na medida para Cadorini, que acerta bonito cabeceio. Em dois tempos, João Paulo defende.

12min – CADOGOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOL DE ESTREAAAANTE! É GOL DE QUEM SABE! É GOL DE CENTROAVANTE! É GOL DO INTEEEEEER! GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! Da direita, Heitor cobra escanteio na direção da segunda trave. Cadorini, com espaço, faz o gesto técnico perfeito para marcar o quinto do Inter. Que estreia com o grupo principal, minha cria!

A Rádio que mais acompanha a base colorada narrou assim o desencanto de Cadorini

14min – Patrick deixa o campo. Vem Gustavo Maia.

15min – Mike recebe na área colorada e finaliza bonito para descontar.

19min – Jordan amarelado por falta em Cadorini.

21min – Busanello por Mancha, Geuvânio por Marquinho. Trocas no time visitante.

23min – MILAAAAAAAAAAGRE! Inter roda a bola com qualidade, da esquerda para a direita. Taison é quem inverte o jogo, na medida para Heitor, que aciona Mauricio. O camisa 27 cruza na segunda trave, onde Gustavo Maia aparece livre. Ele cabeceia, e o goleiro, mesmo à queima-roupa, encaixa.

24min – Cadorini recebe o amarelo por falta em Ignácio.

26min – Paulo Victor vem a campo no lugar do ovacinado Taison. A gente te ama, ídolo!

36min – Lima cruza da direita, Mike emenda de primeira pela esquerda e marca para a Chapecoense.

37min – Kaio Nunes é a última mudança de Pintado. Saiu Moisés Ribeiro.

44min – Moisés leva o amarelo.

45min – Mais cinco. Vamos a 50!

50min – FIIIIIIIIIM DE JOGO! CINCO MUITO!


Ficha técnica:

Internacional (5): Daniel; Saravia (Heitor), Bruno Méndez, Victor Cuesta e Moisés; Mauricio, Rodrigo Lindoso, Rodrigo Dourado (Boschilia) e Patrick (Gustavo Maia); Taison (Paulo Victor) e Yuri Alberto (Matheus Cadorini). Técnico: Diego Aguirre.

Chapecoense (2): João Paulo; Matheus Ribeiro, Ignácio, Jordan e Mancha; Moisés Ribeiro (Kaio Nunes), Renê Júnior (Anderson Leite) e Denner (Lima); Geuvânio (Marquinho), Mike e Bruno Silva. Técnico: Pintado.

Gols: Yuri Alberto, aos 1’/1ºT, 36’/1ºT e 39’/1ºT, Taison, aos 5’/1ºT, e Cadorini, aos 18’/2ºT (I). Mike, aos 15’/2ºT e 36’/2ºT (C).

Cartões amarelos:
Daniel, Moisés e Cadorini (I). Ignácio (C).

Arbitragem: Alisson Sidnei Furtado, auxiliado por Fábio Pereira e Cipriano da Silva Sousa. Quarto árbitro: Lucas Guimarães Rechatiko Horn. VAR: Leone Carvalho Rocha.

Estádio: Beira-Rio.

Público: 8.506. Pagantes: 7.394. Menores: 99. Não pagantes: 1.013.

Renda:
R$ 474.842,00

Pós-jogo | Gurias comemoram goleada e retorno da torcida

Gurias comemoraram muito a importante vitória deste domingo/Foto: João Callegari

Reencontro com a torcida, vitória de 10 a 0, estreantes brilhando, crias da base protagonistas e aproveitamento de 100% mantido. O domingo (03/10) foi de fortes emoções para as Gurias Coloradas, que superaram o Elite com autoridade na segunda rodada do Gauchão Feminino. Após a partida, a equipe da Rádio Colorada entrevistou algumas das protagonistas da movimentada tarde alvirrubra, que repercutiram o importante resultado conquistado no Sesc.

Maranhão já soma três gols no Gauchão 2021/Foto: João Callegari

Atacante formada na base das Gurias, Maranhão foi a primeira a falar com a equipe da Mais Vermelha. Jogadora de passagem pelas categorias Sub-16 e Sub-18 do Clube do Povo, a jovem de 17 anos marcou dois gols na partida deste domingo, sua terceira como profissional e primeira realizada com presença de público. Entrevistada, a atleta fez questão de destacar o apoio das arquibancadas.

“É uma sensação única, de verdade.

Incrível poder fazer gol, jogar com alegria,

e a torcida estar ali, mesmo na chuva, apoiando.”

Maranhão

Maranhão dividiu a artilharia da tarde com Priscila. Anunciada horas antes da partida, a atacante potiguar saiu do banco aos 15 minutos do segundo tempo e, com muita velocidade, passou a travar duelo particular com a goleira Cláudia. No início, a adversária até levou a melhor, mas não demorou para a jovem de 17 anos superar o nervosismo natural de uma estreia para marcar dois bonitos gols.

“A expectativa estava a mil, e eu estava bastante ansiosa. Cheguei na cara do gol e perdi dois, mas, graças a Deus, me acalmei, fui feliz e consegui fazer outros dois. Foi uma estreia especial, com torcida. Isso é muito motivante para continuar crescendo. A alegria é muita, estou realizando o sonho de jogar em um dos maiores do Brasil.”

Priscila

A meio-campista Barbara foi a outra estreante da tarde. Também natural do Rio Grande do Norte, a atleta, formada no mesmo Projeto 10 da Bola que revelou Priscila, encerrou a partida com uma assistência, oferecida para o primeiro gol de Maranhão no jogo. Orgulhosa de suas origens, ela fez questão de exaltar a iniciativa que lhe proporcionou o primeiro contato com a bola, além de destacar a emoção sentida por atuar diante da torcida colorada.

“Sensação única por estar aqui, participando, e de ter ajudado com um passe. Ter torcida anima muito a jogadora, o time. É incrível, nem sei como falar o que estou sentindo. É um momento que vai ficar marcado para sempre na minha vida. Ao Projeto 10 da Bola, só tenho a agradecer por nos ajudar a mostrar nosso talento, mostrar que nós podemos.”

Barbara
Barbara demonstrou grande visão de jogo/Foto: João Callegari

Goleada das Gurias consagra reencontro dos sonhos entre Inter e torcida

Torcida matou as saudades de apoiar o Inter/Foto: João Callegari

Melhor? Impossível! Passados mais de 18 meses de distância e isolamento, o Internacional reencontrou sua gente na tarde deste domingo (03/10) – e o fez em grande estilo. As centenas de colorados e coloradas que se dirigiram até o Sesc para apoiar as Gurias na segunda rodada do Gauchão Feminino foram recompensadas com uma inesquecível goleada de 10 a 0 do Clube do Povo sobre o Elite. Empolgante dentro das quatro linhas, a vitória teve como principal destaque, é claro, o apoio da Maior e Melhor Torcida do Rio Grande.

União entre time e torcida fez a diferença/Foto: João Callegari

Nem mesmo a chuva, é importante que se diga, arrefeceu o ânimo do povo colorado. Habituada a encarar as águas para fazer história, a torcida vermelha, que demonstrara desde a última quinta-feira (30/09), data da abertura do processo de reserva das 400 entradas disponíveis, enorme mobilização para apoiar as Gurias, transformou o Sesc em um verdadeiro caldeirão para as rivais desta segunda rodada estadual.

Colorados e coloradas fizeram valer o fator local/Foto: João Callegari

Decorado com faixas que coloriram a lateral do campo oposta às arquibancadas, o Estádio localizado na Zona Leste de Porto Alegre vibrou intensamente com cada um dos gols marcados pelas Gurias. Ainda antes deles, a entrada do time em campo foi saudada pelos tradicionais gritos de ‘Vamo, Vamo Inter!”, acompanhados de efusivos aplausos de uma torcida que não era local desde o dia 8 de março de 2020.

Ao longo do jogo, cada uma das seis atletas coloradas que entrou em campo oriunda do banco de reservas teve seu nome saudado pela torcida, que também deu exemplo de respeito às orientações de distanciamento social e uso de máscara nas cadeiras. Após o apito final, o maiúsculo placar foi celebrado com o igualmente marcante, e, por que não, profético, canto de ‘Seremos campeões’.

Desta forma, as Gurias Coloradas, vencedoras dos últimos dois Gauchões e donas de oito taças na história, puderam atestar, neste primeiro domingo de outubro, que o mais importante dos reforços está pronto para fazer a diferença na luta pelo título do Rio Grande. Juntos, nossas guerreiras e seu povo buscarão o Tri. Pra cima delas!

Vamos, Gurias!/Foto: João Callegari