Fernandão é o Personagem do Mês do Museu do Inter

Do Gol 1000 em clássicos ao topo do mundo. Das conquistas regionais para os maiores feitos da história do clube. Exemplo dentro e fora de campo. O Personagem do Mês de julho do Museu do Inter é o eterno camisa 9 e capitão colorado: Fernando Lúcio da Costa.

Quando desembarcou em Porto Alegre naquele longínquo 2004, havia esperança. Mas nem o mais otimista dos colorados poderia imaginar o que viria pela frente. Só que o Gol 1000 em clássicos mostrava que tinha algo a mais ali. O camisa 18 daquela partida tinha, na verdade, um 9 tatuado na alma.

Líder dentro e fora dos gramados, Fernandão desbravou os caminhos que nos levaram ao topo da América. Na Copa do Mundo de Clubes, o ídolo, como um grande capitão, foi a testa de sua tropa, combatendo os avanços adversários até o limite de seu corpo. Retirou-se do gramado para a entrada daquele que marcaria o gol da vitória. Até nisso foi predestinado.

Marcou 77 gols nos seus 190 jogos com a camisa rubra. Foi dirigente, técnico e deixou um legado gigante para as gerações futuras de colorados. Em uma fatalidade, perdeu a vida em 2014. Mas jamais deixará nossas memórias e corações. Fernandão é eterno.

Vídeo: arte colorada no viaduto da Conceição

Está finalizada a revitalização das pilastras da elevada da Conceição. Ao longo da última semana, o Inter convocou o artista Alan Vieira para grafitar a região com artes que retratam a história dos Eucaliptos, do antigo Beira-Rio e do atual Gigante. O trabalho ainda conta com homenagens aos ídolos Carlitos, Tesourinha e Falcão. Te liga no resultado final!

> Saiba mais sobre a ação

Inter participa de revitalização da elevada da Conceição

Maior artilheiro da história colorada, Carlitos emoldura uma das pilastras da elevada

A nova fase do processo de revitalização da elevada da Conceição conta com participação do Clube do Povo. Atendendo a convite da Prefeitura de Porto Alegre à dupla Gre-Nal, o Inter, por meio das vice-presidências de Marketing e Relacionamento Social, e em parceria com as Tintas Renner, representará a história dos Eucaliptos, antigo Beira-Rio e atual Gigante através de grafites pintados em três das pilastras que sustentam o viaduto.

Marco da transição de Porto Alegre para o status de metrópole, o Túnel da Conceição foi inaugurado no dia 8 de agosto de 1972. Suas obras envolveram também a construção de passagens elevadas sobre as avenidas Alberto Bins, Farrapos e Voluntários da Pátria. Exatamente na altura desta última estão as pilastras que servirão de tela para o artista Alan Vieira contar um pouco da história colorada.

Artista já iniciou mural em homenagem aos Eucaliptos

Recrutado através do Departamento de Torcidas do Internacional, Alan trabalha com o grafite desde 2003, quando participou de oficina promovida por um amigo. O artista, que exibe intensa vinculação com o Clube do Povo, iniciou na última quarta-feira (26/05) os trabalhos do primeiro mural, que homenageará o saudoso Eucaliptos a partir da imagem de ídolos que marcaram época no Estádio que serviu de morada ao Inter entre 1931 e 1969.

“No primeiro painel, estou trazendo os Eucaliptos. Resolvi fazer o Estádio e alguns ídolos daquela época: o Carlitos e o Tesourinha, um dos mais habilidosos que tivemos. É bem importante retratar pra galera que não conhece, que às vezes nem tem tempo pra procurar na internet ali, saber um pouco mais do seu Clube através da arte.”

Alan Vieira
Inter e grafite: as paixões de Alan

A iniciativa, que integra uma série de ações de embelezamento previstas para o Centro de Porto Alegre, não teve custo algum para o Clube. Os trabalhos serão realizadas até o meio da próxima semana, quando ocorre a entrega do espaço à Prefeitura.

Raio-X: Inter decide Gauchão na Arena

Dia de final! O Clube do Povo decide o Gauchão 2021 neste domingo (23/05), às 16h, diante do Grêmio. Na Arena, o Inter busca reverter a vantagem do rival e garantir a 46ª taça estadual da história alvirrubra. Confira entrevista da Rádio Colorada com Gabriel Corrêa, coordenador de conteúdo da Footure, projetando o clássico. Abaixo você encontra tudo sobre o duelo!

Sport Club Internacional · Raio-X #25 | Internacional x Grêmio, entrevista com Gabriel Corrêa | 15/05/2021

Transmissão 📻

A Rádio Colorada estará ao vivo a partir das 15h deste domingo (23/05) com a apresentação do pré-jogo Portões Abertos. Dona da jornada mais vermelha da internet, a emissora oficial do Clube do Povo contará com narração legitimamente torcedora. Confira a programação, que pode ser acompanhada via Site ou APP do Inter!

AtraçãoPlataformas
13hVelhas Súmulas
(Reapresentação)
Internet e App do Inter
14h30Raio-XInternet e App do Inter
15hPortões AbertosInternet e App do Inter
16hJornada EsportivaInternet e App do Inter
18hVestiário VermelhoInternet e App do Inter
Dia de Inter é na Rádio Colorada!

As redes sociais do Inter (@scinternacional no TwitterInstagram Facebook) contarão com completo minuto a minuto. Na TV, RBS e Premiere anunciam transmissão.


Vamo, Inter! 💪

Inter contou com dois dias de treinos antes do clássico/Foto: Eduardo Schemes

O Clube do Povo está pronto para a final do Gauchão! Iniciada na última sexta-feira, dia seguinte à vitória colorada sobre o Olimpia, pela quinta rodada da Libertadores, a preparação do elenco alvirrubro chegou ao fim na tarde deste sábado (22/05).

No CT Parque Gigante, Miguel Ángel Ramírez comandou atividades táticas, após exercícios na academia, que encaminharam os 11 nomes que iniciarão o duelo diante do Grêmio. Na Arena, o técnico colorado estará desfalcado de Taison, contratado após o período de inscrições no Gauchão.

Preparação colorada chegou ao fim neste sábado/Foto: Eduardo Schemes

A véspera da finalíssima contou com entrevista coletiva do meio-campista Nonato. Titular no Gre-Nal do domingo passado, o camisa 33 do Clube do Povo reforçou a confiança que tem no grupo colorado, destacando a postura que espera do Inter no gramado adversário.

“Gre-Nal se vence, e a gente vai com esse pensamento. A única forma de vencer é pensando positivo. São 11 contra 11, não tem nada definido, e temos totais condições de reverter e conquistar um resultado positivo. Sei que a gente vai dar o nosso melhor.”

Nonato

Nonato também comentou a obrigação de reverter a desvantagem obtida no jogo de ida. De acordo com o atleta, o tropeço motivou trabalho ainda mais intenso de parte do elenco, que sabe que está dentro do campo a melhor maneira de responder às feridas deixadas pela derrota do domingo passado.

“A única resposta que a gente pode dar é conquistando títulos, vitórias. Felizmente, o futebol nos dá essa possibilidade de, em menos de uma semana, provar novamente. Essa é mais uma oportunidade para demonstrar tudo o que vem sendo feito no dia a dia.”

Nonato

Por fim, o meio-campista também esclareceu os motivos que alimentam sua grande confiança no Clube do Povo. Além da continuidade do grupo, que já trabalha junto há algumas temporadas, e da assimilação crescente dos métodos de Miguel Ángel, Nonato elencou a torcida colorada como um dos pontos fortes do Inter.

“Não tenho dúvida de que o Inter está pronto.

Temos plenas condições de levar o título,

porque a torcida merece.”

Nonato


Regulamento 📖

Superado por 2 a 1 no jogo de ida, o Inter precisa vencer o Grêmio para conquistar o título na Arena. Vitória colorada por 1 a 0 leva a decisão para os pênaltis, enquanto triunfo por maior diferença garante a taça nos 90 minutos. A final do Gauchão não conta com saldo qualificado por gols marcados fora de casa como critério de desempate.

Inter busca a vitória na Arena/Foto: Ricardo Duarte

Arbitragem 👨‍⚖️

Leandro Pedro Vuaden apita, auxiliado por Rafael da Silva Alves e Maurício Coelho da Silva Penna. Quarto árbitro: Vinícius Gomes do Amaral. VAR: Rodrigo Nunes de Sá.


Rival 🆚

Gre-Nal 432 decide o Gauchão 2021/Foto: Ricardo Duarte

O Grêmio preservou grande parte de seus titulares na última vez que foi a campo. Na Venezuela, o rival colorado superou o Aragua, na quinta-feira passada (20/05), por 6 a 2. Entre os preservados esteve Diego Souza, artilheiro do Gauchão com sete gols, e jogador que tem a admiração de Gabriel Corrêa.

“O Diego Souza é um jogador que soube se cuidar fisicamente, mudando de posição. Se tivesse que jogar como meia, provavelmente não teria esse nível de desempenho, pois o corpo dele não sustenta mais tanta correria. Ele tem posicionamento e impulsão.”

Gabriel Corrêa
Diego Souza (E) foi poupado na última quinta/Foto: Ricardo Duarte

Outro nome da linha de frente preservado pelo técnico Tiago Nunes foi o ponta-esquerda Ferreira. Responsável por atuar em setor já ocupado por nomes como Everton e Pepê, negociados recentemente com o futebol europeu, o atleta tem construído boas atuações neste início de temporada.

“Acho que o Ferreira ainda tem alguns problemas na tomada de decisão, mas é uma evolução de um jogador que a gente viu, em 2020, muito individualista. Ele tem melhorado, e se consolidou como um jogador que substitui Pepê, que substitui Everton. É um cara que incomoda.”

Gabriel Corrêa
Diogo Barbosa (C) e Ferreira (D) atuam pela esquerda do Grêmio/Foto: Ricardo Duarte

Na Arena, Tiago Nunes repetirá a maior parte dos nomes que foram a campo no Beira-Rio. As novidades devem ficar por conta de Thiago Santos, no lugar de Lucas Silva, e Léo Pereira, que no domingo já substituira o lesionado Luiz Fernando. Assim, os 11 titulares especulados são: Brenno; Rafinha, Geromel, Ruan e Diogo Barbosa; Thiago, Matheus Henrique e Maicon; Léo, Diego Souza e Ferreira.


Palco 🏟️

Finalíssima ocorre na Zona Norte de Porto Alegre/Foto: Ricardo Duarte

Inaugurada em dezembro de 2012, a Arena conta com capacidade para pouco mais de 55 mil torcedores. Localizado às margens da Free-Way, o palco da finalíssima deste domingo teve no Inter o primeiro vencedor de um Gre-Nal disputado em suas dependências. Em 2014, Rafael Moura marcou duas vezes e garantiu o 2 a 1 colorado na abertura da decisão estadual.


Retrospecto 🧮

Iarley comemora o gol da vitória de clássico disputado no ano de 2006

O clássico deste domingo é o de número 432 na história. Desde 1945 à frente no retrospecto da maior rivalidade do país, o Inter soma 157 vitórias sobre o Grêmio. De sua parte, os rivais superaram o Colorado em 138 oportunidades. Ocorreram, também, 136 igualdades, números construídos através de 589 gols do Clube do Povo, 28 a mais do que os marcados pelos adversários.


Para repetir 2011 ⏱️

Há 10 anos, o Clube do Povo conquistou a última taça da história do Estádio Olímpico. Após tropeço na partida de ida, disputada no Beira-Rio e encerrada com vitória de 3 a 2 do rival, o Inter superou o Grêmio pelo mesmo placar na Azenha e levou a decisão para os pênaltis. Na marca da cal, Renan brilhou e o Colorado, patrão do Sul, ganhou!

Inter foi a última equipe a levantar uma taça no Olímpico

Vivi, Ximena e Wendy visitam Museu do Inter e Beira-Rio

Fotos: Mariana Capra/Internacional

A goleira Vivi, a meio-campista Ximena e a atacante Wendy estiveram no Gigante na tarde desta quinta-feira (20). As jogadoras das Gurias Coloradas se juntaram ao elenco no início da temporada 2021 e foram convidadas a conhecer a história e instalações do Clube.

Acompanhadas pela equipe do Museu do Inter, as atletas puderam conhecer os maiores feitos da história colorada, como se deu a construção do Beira-Rio e também a trajetória do futebol feminino no Inter.

Palacios conhece o Museu do Inter

Reforço colorado para a temporada 2021, o chileno Carlos Palacios visitou o Museu do Inter e conheceu um pouco mais da história do Clube do Povo. O atacante, que já soma duas partidas com a camisa vermelha, viu de perto as taças das maiores conquistas de nossa história, escutou a respeito das raízes alvirrubras, e se identificou com as homenagens ao ídolo Don Elias Figueroa!

“É um Clube grande, com muita história. Ali, uma foto que representa meu país através de Don Elias Figueroa, que também é grande aqui. Estou muito feliz de conhecer este lindo museu. Cheguei com muita vontade de poder ajudar com o meu grão de areia, e espero poder conquistar também.”

Carlos Palacios

Ex-lateral Ceará relembra a vitoriosa temporada de 2006

Um lugar especial na história colorada. Isto o ex-lateral-direito Ceará tem. É consequência de um jogador que foi campeão da Copa Libertadores da América e do Mundial de Clubes da FIFA em 2006, além da Recopa Sul-Americana em 2007, pelo Internacional.

Ceará em campo pelo Inter em 2006, após a Libertadores

Marcos Venâncio de Albuquerque, conhecido por Ceará, fez parte da construção e efetivação de um período mágico da vida do Inter entre 2005 e 2007. Defendeu a camisa vermelha em 113 partidas, tendo marcado 6 gols. Segurança defensiva, intensidade e apoio no campo adversário. Isto, além de boas – e vitoriosas – recordações, Ceará deixou de herança dos períodos nos quais foi atleta colorado.

Sobre estes momentos, o ex-latera-direito concedeu entrevista ao programa Velhas Súmulas, da rádio Colorada, para a edição deste sábado (13/02).

A entrevista com Ceará pode ser escutada novamente no player abaixo:

Sport Club Internacional · Rádio Colorada | Entrevista com o ex-lateral-direito Ceará | 13/02/2021

A conversa com ex-lateral Ceará também pode ser acessada no Spotify do Inter.

O programa Velhas Súmulas vai ao ar aos sábados na rádio Colorada geralmente das 14h às 15h30. Durante 90 minutos, entrevistas com personagens da história do Inter, detalhamento de fatos importantes da trajetória do Clube do Povo, reportagens especiais, além de leituras de trechos de livros, crônicas e textos sobre futebol preenchem as tardes de sábado da emissora oficial do Internacional.

Aos domingos também, quando o programa é reproduzido como reprise. Neste final de semana, a veiculação vai ao ar às 13h30, antecedendo o programa Portões Abertos, o pré-jogo colorado, para a Jornada Esportiva que vai relatar a partida do Internacional contra o Vasco da Gama, válido pela rodada 36 do Campeonato Brasileiro da Série A de 2020.

Acompanhe ainda a programação da emissora oficial do Inter durante a semana: de segunda a sexta-feira, o Programa do Inter, o noticiário colorado mais completo do rádio, vai ao ar a partir das 18h via internet e FM 95.5 da rádio Sara Brasil.

Além do site do Inter, a emissora oficial do Clube do Povo pode ser escutada via aplicativo.

Rádio Colorada: mais informações sobre a emissora mais vermelha da Web e do FM!

Siga a rádio Colorada no Twitter.

Teté é o Personagem do Mês do Museu do Inter

José Francisco Duarte Júnior, também conhecido como Teté ou Marechal das Vitórias, um dos maiores treinadores da história do Internacional, é o Personagem do Mês de fevereiro do Museu do Inter. Natural de Pelotas, treinou diversas equipes do interior gaúcho antes de chegar ao Colorado. Enquanto o Rolo Compressor conquistava o histórico hexacampeonato gaúcho (1940-1945), Teté treinava Brasil-PEL, Farroupilha, Cruzeiro e Nacional-POA.

Teté é um dos grandes treinadores da história colorada

Antes de chegar ao Inter, já havia conquistado um título gaúcho, treinando a equipe do 9º Regimento de Infantaria. Chegou ao estádio dos Eucaliptos em 1951 e só sairia em 1957, com 4 títulos gaúchos e 4 citadinos (1951-1953 e 1955) – teve outra passagem em 1960.

Também comandou a Seleção Brasileira formada somente por gaúchos, que conquistou o Pan-Americano no México, em 1956. Esta foi uma das maiores conquistas do futebol nacional pré-Copa do Mundo de 1958, não só pela dificuldade, como pelo fato de se tratar de um selecionado regional.

Teté está no panteão dos grandes técnicos gaúchos e também dos maiores da história do Internacional, sendo um dos que mais treinou a jaqueta rubra.

Especial Valdomiro 75 anos (Parte 2)

Confira a Parte 1

Você sabe qual foi o 100º, 300º ou 500º jogo de Valdomiro? O Museu do Inter pesquisou algumas partidas que representam marcas históricas do ídolo colorado e te conta agora!

O 100º jogo de Valdomiro foi um amistoso diante da Seleção Romena no Estádio Beira-Rio, em 1970. O gol colorado no empate em 1 a 1 foi marcado justamente por Valdomiro. Já a partida nº 200 ocorreu em 1971, pelo Gauchão, no Beira-Rio. Empate em 1 a 1 com o Flamengo de Caxias. Na partida nº 300, vitória por 2 a 0 diante do Atlético Carazinho, fora de casa, em 1973. Outro elemento histórico marcou a partida de nº 400: a despedida de Jorge Andrade, lateral que jogou de 1967 a 1975 no clube, e vitória por 3 a 2 contra o Ruch Chorzow, da Polônia.

O jogo 500 de Valdomiro, em 1976, foi especial: 6 a 0 diante do Figueirense, pelo Brasileiro, e 2 gols do camisa 7. Também pelo Brasileiro foi a partida de nº 600, em 1978: vitória por 2 a 1 diante do Santa Cruz, em Recife, e vaga garantida nas semifinais da competição.

Valdomiro jogou a sua partida de nº 700 em 1982: com a camisa 16, o craque saiu do banco para marcar um dos gols da vitória por 2 a 0 sobre o Brasil de Pelotas no Beira-Rio. 

Via Museu do Inter

D’Ale Para Sempre – documentário inédito

Não é fácil se despedir de um dos maiores jogadores da história centenária de um clube, da mesma forma, não é simples contar como foram mais de 12 anos de idolatria, amor e conquistas. D’Ale Para Sempre é um documentário que mostra imagens únicas e exclusivas de um camisa 10 que ficou eternizado na memória e no coração de todos os colorados.

Da sua chegada em julho de 2008, passando pela conquista inédita da Sul-Americana, o bicampeonato da Libertadores da América, o título da Recopa Sul-Americana, os diversos Campeonatos Gaúchos, o homem Gre-Nal, o gol histórico da reinauguração do Beira-Rio, o dia do Fico, a primeira despedida, o retorno, os recordes individuais até chegar em dezembro de 2020, a despedida.

Vídeos, entrevistas, fotos. Uma história contada pelo seu protagonista. Andrés Nicolás D’Alessandro abre o seu coração, a sua casa e deixa um legado incalculável. Argentino, canhoto, camisa 10, que representou dentro e fora de campo milhares de pessoas. Que se tornou brasileiro, com filho gaúcho e cidadão de Porto Alegre. Um gigante das causas sociais, um exemplo para todos que acreditam num mundo melhor.

Um documentário que deixa registrado todos esses anos de paixão, de um matrimônio, de algo que ficará para a eternidade: D’Ale Para Sempre.