Inter fica no 1 a 1 com o Novo Hamburgo

Taison marcou o gol colorado no Gigante/Foto: Ricardo Duarte

Em partida da quinta rodada do Gauchão 2022, o Clube do Povo empatou em 1 a 1 com o Novo Hamburgo, dentro de casa, na noite desta quarta-feira (09/02). Michel Renner marcou o gol visitante na partida, enquanto Taison, em bonito chute, empatou para o Inter, que chega aos oito pontos na tabela estadual. Agora, o Colorado volta suas atenções para o Caxias, adversário no próximo sábado (12/02), às 16h30, no Centenário.


Ataque contra defesa

Inter foi mandante pela segunda vez no ano/Foto: Ricardo Duarte

O Novo Hamburgo veio a campo com novidades. Interino anilado, Benhur Pereira escalou o volante Alex Nagib como titular, sacando Jeffinho, atacante que vinha atuando nas últimas partidas. A mudança resultou em postura bastante defensiva da equipe anilada, que tratou de cercear ao máximo os espaços do Clube do Povo no Beira-Rio. Desta forma, os primeiros 45 minutos foram disputados em uma dinâmica de ataque contra defesa, e com muito tempo de bola parada pelas faltas que picotaram o embate.

A melhor arma colorada para achar espaços na zaga rival foi o corredor esquerdo, ocupado, nas cercanias da área rival, por David. Logo aos dois, o atacante recebeu bom lançamento de Dourado e, dentro da área, emendou chute forte com a canhota. Maticoli defendeu, o que também aconteceria aos 29, quando o arqueiro operou milagre para impedir o primeiro gol do ponta-esquerda com o manto alvirrubro.

David teve boa movimentação no primeiro tempo/Foto: Ricardo Duarte

Wesley e Edenilson também tentaram incomodar a retaguarda rival, muitas vezes acionados por Liziero, volante que tentava verticalizar as ações coloradas. A melhor tabela da dupla chegou, é claro, até David, que tentou cruzar na direção do centroavante. Antes dele, Maticoli afastou. De sua parte, o Novo Hamburgo, encaixado na defesa, pouco criou na frente, onde chegou, com maior relevância, aos 39, em contra-ataque que visava Michel, mas cortado por Daniel.

Wesley lutou com a zaga rival/Foto: Ricardo Duarte

Um gol para cada lado

O reinício de confronto foi interessante para o Novo Hamburgo, que abriu o placar, com Michel Renner, aos nove. Já com Boschilia em campo desde o intervalo, atleta escolhido para substituir Liziero, o Inter apostou no lado esquerdo para empatar, corredor ocupado pelo próprio camisa 21 e por Moisés, além de muito frequentado por Taison. Exatamente de trama armada pelo trio saiu o gol do Clube do Povo, pintura anotada, da entrada da área rival, pelo dono da camisa sete colorada.

Taison empatou para o Inter/Foto: Ricardo Duarte

Igualado aos 20, o escore não voltou a ser alterado na partida – apesar da pressão do Clube do Povo, que atuou, a partir da entrada de Mauricio no lugar de Heitor, com esquema bastante ofensivo. Na retaguarda, Bruno, Cuesta e Moisés formaram trio de zagueiros, enquanto Taison e David ocuparam as respectivas alas esquerda e direita. Dourado, no meio de campo, era o único volante, acompanhado pelos substitutos na região central. Na frente, Wesley comandou o ataque que martelou muito, mas não foi capaz de balançar as redes aniladas.

Ídolo empatou a conta no Gigante/Foto: Ricardo Duarte

Primeiro tempo

2min – UH! David recebe bom lançamento de Dourado, consegue o domínio na área rival, faz o giro e chuta de canhota. Maticoli encaixa.

5min – Felipe Guedes invade a área do Inter e, pela esquerda, chuta rasteiro. Daniel encaixa.

9min – BOA TRAMA! Inter roda a bola durante mais de um minuto, até Moisés receber de Liziero e, pela esquerda da grande área, cruzar rasteiro. Antes de David ou Wesley, Maticoli deixa o gol e encaixa.

29min – MILAAAAGRE! David recebe de Liziero e escapa em altíssima velocidade. Na entrada da área, o atacante chama Micael para dançar, abre ângulo para a canhota e chuta rasteiro. Maticoli salva o Novo Hamburgo!

30min – Da esquerda, Moisés cruza. Na direita da grande área, Heitor cabeceia. Goleiro encaixa.

32min – UUUH! Bonita tabela do ataque colorado, com Edenilson e Wesley combinando pelo centro. A bola chega até David, na esquerda, que cruza na direção do centroavante. Maticoli antecipa e corta.

36min – Liziero recebe o amarelo. Acertou Bustamante.

38min – Moisés cruza da esquerda, e David sobe com autoridade na área adversária. Desvio do atacante sai por cima.

39min – DANIEL! Michel é lançado na área colorada, e receberia com liberdade, mas é antecipado por excelente saída de gol do arqueiro vermelho.

42min – UUUUUUUUH! Moisés finaliza rasteiro, Wesley transforma o chute em assistência e faz o giro. Heitor aparecia com espaço na direita da área rival, mas centroavante escolheu o chute, que explodiu na zaga.

45min – Vamos a 47. Mais dois de acréscimos.

47min – Intervalo no Gigante.


Segundo tempo

0min – Liziero deixa o campo para a entrada de Boschilia. Inter mais ofensivo no segundo tempo!

5min – Com falta, Kaio impede contra-ataque colorado, que seria armado por David. Amarelado.

9min – Michel Renner recebe de Alexandre Alemão e marca para o Novo Hamburgo.

13min – Taison amarelado por falta em Felipe Guedes.

18min – Welton Heleno no lugar de Alex Nagib. Muda o Novo Hamburgo.

20min – GOLAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAÇO! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! PINTURA! UMA BUCHA! UM FOGUETE! É GOL DE TAISON, GOL DO CAPITÃO! Na esquerda da grande área, Boschilia recebe de Wesley, investe em direção à linha de fundo e ajeita para trás. Taison, com espaço, abre ângulo para a perna direita e enche o pé. Pobre do goleiro, que não teve chance alguma de defesa. Tudo igual no Gigante!

24min – Edenilson recebe de Boschilia, abre ângulo para a perna canhota e, mesmo de fora da área, chuta. Em dois tempos, goleiro encaixa.

25min – Timbó vem a campo no Novo Hamburgo. Sai Michel Renner.

30min – Alemão consegue o drible em cima de Cuesta e chuta forte. Daniel encaixa.

32min – Três trocas no Novo Hamburgo. Jeffinho, Da Silva e Ednei entram nas vagas de Bustamante, Alemão e Kaio.

33min – No Inter, vem Mauricio. Heitor sacado.

34min – TIROU TIIIIIIIIIINTA! Edenilson cruza da direita, Taison domina na esquerda da grande área e chuta colocado. Ela sai raspando o poste esquerdo da meta anilada.

37min – Timbó arma contra-ataque anilado e decide resolver sozinho. De perna direita, chuta com perigo, mas por cima.

40min – D’Ale e Caio entram no Inter. Sacados Edenilson e David.

43min – UUUH! Boschilia levanta na área a partir da esquerda. Na primeira trave, Cuesta desvia com perigo, mas ela sai por cima.

44min – CHANCE BOA! Taison faz fila desde o campo de defesa e serve Caio, parado com falta. Islan é advertido com amarelo.

45min – UUUUUUUUUUUUUH! D’Alessandro cobra a falta no canto do goleiro, rasteira. Ao lado do poste, Maticoli espalma.

46min – D’Ale recebe o amarelo por impedir contra-ataque rival.

50min – Fim de jogo no Gigante.


Ficha técnica:

Internacional (1): Daniel; Heitor (Mauricio), Bruno Méndez, Victor Cuesta e Moisés; Rodrigo Dourado, Liziero (Boschilia), Edenilson (D’Alessandro), Taison e David (Caio Vidal); Wesley Moraes. Técnico: Alexander Medina.

Novo Hamburgo (1): Lucas Maticoli; Léo, Micael, Islan e Higor; Kaio (Ednei), Felipe Guedes, Alex Nagib (Welton Heleno), Michel Renner e Bustamante (Jeffinho); Alexandre Alemão (Da Silva). Técnico: Benhur Pereira.

Gols: Michel Renner, aos 9’/1ºT (N). Taison, aos 20’/2ºT (I).

Cartões amarelos: Liziero, D’Alessandro e Taison (I). Kaio e Islan (N).

Arbitragem: Erico Andrade de Carvalho, auxiliado por Mauricio Coelho Penna e Fagner Bueno Cortes. Quarto árbitro: Sergio Eduardo Moraes.

Estádio: Beira-Rio.

Público: 8.963. Pagantes: 7.271. Adversários: 14. Menores: 314. Não pagantes: 1.364.

Renda: R$ 284.432,75

Inter fica no 1 a 1 com o Ceará

Pela quinta rodada do Brasileirão, o Clube do Povo empatou em 1 a 1 com o Ceará, no Beira-Rio, na tarde deste domingo (20/06). O gol colorado foi marcado por Edenilson, de pênalti. O Inter volta a campo na próxima quinta-feira (24/06), às 19h, quando visita a Chapecoense.


Professor de olho

Anunciado no último sábado (19/06), Diego Aguirre, novo comandante colorado, acompanhou a partida direto dos camarotes do Beira-Rio. O uruguaio, que veio de carro de Montevidéu, chegou ao Gigante minutos antes do início do confronto, e foi recebido pelo presidente Alessandro Barcellos.


Um gol cedo, outro tarde

O Inter abriu o placar ainda nos primeiros movimentos de partida. Lançado nas costas da marcação por Patrick, Yuri Alberto sofreu violento atropelo do goleiro Vinicius, percebido pelo arbitragem inicialmente como falta, mas depois corrigido para pênalti. Edenilson, preciso como sempre, abriu a contagem no minuto sete.

Atrás no escore, o Ceará passou a explorar a imposição física de seus jogadores de frente para criar uma blitz ofensiva contra o Inter. Se não criaram grandes oportunidades pelo chão, os visitantes somaram consecutivos lances perigosos de bola parada. De um destes, Lima, aos 45, empatou, marcando o último antes do intervalo.


Tudo igual no segundo tempo

Os 45 minutos finais não presenciaram modificação no placar do Beira-Rio. Simpático aos contra-ataques, o Ceará criou boas chances com Saulo, desperdiçada, e Mendoza, que exigiu grande defesa do goleiro Daniel. De sua parte, o Inter até teve volume ofensivo, elevado a partir das trocas de Osmar Loss, mas não conseguiu balançar as redes visitantes.


Primeiro tempo

1min – UH! Lucas Ramos recebe de Edenilson e, apesar da distância, arrisca. Vinicius encaixa.

1min – Mendoza vai ao fundo pela esquerda e cruza rasteiro. Lima, invadindo a área pela direita, finaliza de primeira. Pra fora.

4min – FOI FORA? Yuri Alberto é lançado nas costas de Gabriel Dias por Patrick. Em velocidade, camisa 11 colorado ganha do adversário, mas não consegue o domínio pois sofre atropelo do goleiro Vinicius. Árbitro indicou falta, mas o lance foi dentro da área.

5min – PÊNALTI! VAR confira a penalidade para o Inter, e Vinicius recebe o amarelo pela falta.

7min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOL! EDENILSON, EDENILSON, SUPERED! É PÊNALTI PRO INTER? É GOL DO ED! É GOL DO OITO COLORADO! Com a precisão de sempre, Edenilson manda no ângulo direito da meta alvinegra. Goleiro, que errou o lado, sequer saiu na foto.

8min – SERIA UM GOLAÇO! Yuri escapa pela esquerda e cruza para a altura da meia-lua. Lucas Ramos chega batendo, mas não pega em cheio. Jogada foi bonita!

9min – UH! Galhardo é lançado pela direita. Antes de Thiagol, Gabriel Lacerda manda em escanteio.

12min – Messias comete falta em Cuesta para marcar o gol de empate do Ceará. Arbitragem invalida o lance.

20min – Jorginho cobra escanteio pela esquerda do ataque alvinegro. Na primeira trave, Saulo desvia, e a bola atravessa toda a pequena área antes de sair em tiro de meta.

27min – Pênalti para o Ceará.

28min – Árbitro vai consultar o VAR.

29min – Pênalti cancelado.

41min – Leo faz jogada individual pela esquerda e cruza fechado. Vinicius encaixa.

42min – UH! Heitor cruza boa bola da intermediária direita de ataque. Yuri antecipa Messias e consegue o desvio. A bola sai por cima, por pouco!

45min – Mais cinco. Vamos a 50.

45min – Lima, de falta, empata para o Ceará.

47min – SAAAAAAAAAAALVA, LACERRDA! Galhardo intercepta recuo de bola para o goleiro Vinicius, consegue driblar o arqueiro e, de fora da área, arrisca. Gabriel Lacerda impede que a bola tome o caminho do gol.

49min – Jorginho, da direita, cobra escanteio na primeira trave. Messias sobe e desvia. A bola sai ao lado do poste esquerdo colorado.

50min – Intervalo no Beira-Rio.


Segundo tempo

3min – Sobral impede escape de Patrick com falta. Atleta recebe o amarelo.

5min UUUH! Lucas Ramos e Yuri tabelam, o camisa 11 escapa nas costas da marcação e solta a bomba. Ela sai por cima, com perigo.

7min – Saulo recebe de Mendoza e, com liberdade em frente à grande área, solta a bomba rasteira. Cruzada, ela sai levando muito perigo.

15min – Chega o Inter! Heitor vai ao fundo e cruza na primeira trave. Antes de Yuri, Messias afasta em escanteio.

19min – Lucas Ribeiro recebe o amarelo por falta em Jorginho.

21min – Duas trocas no Clube do Povo. Lucas Ramos e Thiago Galhardo deixam o campo para as entradas de Mauricio e Caio Vidal.

25min – Marlon acerta Caio e leva o amarelo.

28min – UH! Caio e Yuri avançam pela direita de ataque. Após corte parcial da defesa, Vidal tenta de bicicleta, mas acerta Jorginho. Árbitro indica falta.

30min – Charles e Vina vêm a campo no Ceará. Jorginho e Marlon sacados.

32min – Vina recebe de Mendoza e finaliza rasteiro. Lucas Ribeiro bloqueia o chute, que sai espirrado pela linha de fundo.

36min – Peglow e Nonato entram no Inter. Heitor e Leo Borges sacados.

41min – Hélio Borges entra no lugar de Lima. Troca o time visitante.

42min – Vini Mello é novidade no Inter. Yuri Alberto deixou o campo.

43min – Nonato recebe de frente para a área alvinegra e arrisca o chute. Forte demais, ela sai em tiro de meta para o Ceará.

45min – Seis de acréscimo. Vamos até 51.

45min – Mendoza, na pequena área, finaliza para milagre de Daniel.

48min – Troca Guto Ferreira. Kelvyn substitui Bruno Pacheco, e Buiú vem para a vaga de Gabriel Dias.

50min – UUH! Peglow tenta o lançamento para a área alvinegra, a zaga corta parcialmente e, no rebote, Caio solta a bomba. Tiro de meta para o Ceará.

51min – POR CIIIIIIIIMA! Patrick sobe mais do que a marcação e cabeceia bola cruzada por Mauricio. Ela tira tinta do travessão de Vinicius.

51min – Mais um. Vamos até 52.

52min – Jogo encerrado.


Ficha técnica:

Internacional (1): Daniel; Heitor (Nonato), Lucas Ribeiro, Victor Cuesta e Leo Borges (João Peglow); Rodrigo Lindoso, Edenilson, Lucas Ramos (Mauricio) e Patrick; Thiago Galhardo (Caio Vidal) e Yuri Alberto (Vinicius Mello). Técnico interino: Osmar Loss.

Ceará (1): Vinicius; Gabriel Dias (Buiú), Messias, Gabriel Lacerda e Bruno Pacheco (Kelvyn); Fernando Sobral, Marlon (Charles), Lima (Hélio Borges), Jorginho (Vina) e Stiven Mendoza; Saulo Mineiro. Técnico: Guto Ferreira.

Gols: Edenilson, aos 7’/1ºT (I). Lima, aos 45’/1ºT (C).

Cartões amarelos: Lucas Ribeiro e Leo Borges (I). Vinicius, Marlon e Fernando Sobral (C).

Arbitragem: Diego Pombo Lopez (BA), auxiliado por Jucimar dos Santos Dias (BA) e Edevan de Oliveira Pereira (BA). Quarto árbitro: Lucas Guimarães Rechatiko Horn (RS). Árbitro de Vídeo (VAR): Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ). Auxiliar do VAR: Carlos Henrique Cardoso de Souza (RJ).

Estádio: Beira-Rio.

Beira-Rio iluminado contra o preconceito às pessoas com Nanismo

A cobertura do Beira-Rio está iluminada em verde na noite desta segunda-feira (19/10). O colorido manifesta apoio ao Combate ao Preconceito às Pessoas com Nanismo, campanha que conta com a celebração de Dia Nacional no 25 de outubro. Decretada pelo Congresso em 2015, a data tem por objetivo promover maior informação e troca de conhecimentos sobre a deficiência, além de estimular movimentos que lutem em prol da inclusão social e inserção no mercado de trabalho, pautas que contam com o apoio do Clube do Povo.

Empate em São Paulo: fora de casa, Inter fica no 1 a 1 com o Palmeiras

O Clube do Povo chegou aos 16 pontos no Brasileirão! Em duelo da sétima rodada do Nacional, o Colorado empatou por 1 a 1 com o Palmeiras, na noite desta quarta-feira (02/09), no Allianz Parque. Thiago Galhardo marcou o gol do Inter, que volta a campo no próximo domingo (06/09), às 16h, quando recebe o Bahia, no Beira-Rio.

+ Assista aos Bastidores da partida


Domínio alvirrubro

A despeito das muitas alterações na escalação, que contou com sete modificações em relação ao time que iniciou o duelo contra o Botafogo, na rodada passada, o Clube do Povo não mudou sua postura para a partida diante do Palmeiras. Dono da posse de bola, até precisou de uma dezena de minutos para se encontrar dentro de campo, mas, a partir dos 10, o Inter controlou as ações no Allianz Parque. Prova disso foi a grande oportunidade criada por Sarrafiore e Nonato, aos 13, quando o meio-campista apenas deixou de abrir o placar graças a carrinho providencial de Gustavo Gómez. Cobrado o escanteio, Patrick quase marcou em linda bicicleta, que passou a centímetros da goleira de Weverton.

Resumido a escassas bolas alçadas, o Palmeiras não levou significativo perigo a Marcelo Lomba. Somente Matías Viña, em chute forte, aos 32, causou arrepios na Maior e Melhor Torcida do Rio Grande, logo sucedidos pela empolgação com os seguidos arremates de Moisés, Praxedes e Sarrafiore. Significativo, entretanto, o domínio colorado não foi suficiente para abrir o placar, que seguiu zerado com a chegada do intervalo.


Gosto amargo

O Inter continuou anulando o Palmeiras ao longo da segunda etapa. Atual campeão paulista, o time de Vanderlei Luxemburgo bem que tentou, empilhando atacantes, mas não conseguiu criar problemas à defesa colorada. O empate sem gols persistiu, insistente, até os acréscimos, quando Moisés avançou pela esquerda e cruzou rasteiro. Luan tentou o corte, mas furou em bola, e a redonda explodiu em seu braço. Wilton Pereira ignorou a penalidade, mas mudou de ideia ao consultar o VAR. Galhardo converteu a cobrança aos 46, abrindo vantagem que durou apenas dois minutos, tempo necessário para Luiz Adriano empatar e dar números finais ao confronto.


Melhores momentos – primeiro tempo

2min – FALTA! Sarrafiore recebe na intermediária ofensiva, mata no peito e tenta sair jogando com estilo. Matías Viña derruba o jovem colorado e a falta é indicada.

3min – Mais uma… Patrick tenta escapar em contra-ataque, originado de passe errado de Zé Rafael. Puxado, consegue falta para o Inter, mas o árbitro não apresenta cartão.

4min – Novo minuto, nova falta. Agora em Nonato, pela direita da intermediária ofensiva. Praxedes cobra fechado, e Weverton faz a defesa.

13min – SAAAALVA GUSTAVO GÓMEZ! Sarrafiore faz excelente trabalho de pivô e serve Nonato, que invade a área em velocidade e só não fuzila para as redes por carrinho providencial do zagueiro alviverde. Escanteio colorado!

13min – TIRANDO TIIIIINTA! Escanteio cobrado por Praxedes na direção de Moledo, que disputa pelo alto. A bola sobra com Patrick, que domina de costas, coloca para o alto e emenda linda bicicleta. De direita, o arremate desvia na marcação e sai em novo escanteio, levando muito perigo à meta de Weverton.

16min – UH! Nonato levanta de ganchinho na direção da área palmeirense. Açucarada, ela chega em Sarrafiore, que cabeceia de costas. A bola sai à direita do gol paulista.

22min – Por detalhe! Inter sobe bem pela esquerda com Moisés, que cruza rasteira, para trás, buscando Sarrafiore. O argentino domina de costas e ajeita para Marcos Guilherme, que, pressionado, não consegue engatilhar o arremate. Era boa a chegada do Clube do Povo!

23min – Cartão amarelo para Rodrigo Moledo. Camisa quatro cometeu falta em cima de Zé Rafael.

27min – Cartão! Zé Rafael leva o amarelo por impedir contra-ataque puxado por Rodinei.

32min – Por cima! Cruzamento aberto de Mayke não encontra Luiz Adriano por corte providencial de Rodinei. A sobra, porém, é palestrina, nos pés de Viña, que chuta forte, de primeira. Sobre o travessão!

37min – Luan acerta carrinho frontal, violento, em Nonato. Falta indicada, cartão apresentado.

40min – Lucas Lima leva o amarelo por solada em Nonato. Estão mordendo o jovem meio-campista colorado!

42min – LOMBA! Palmeiras ensaia blitz com seguidos cruzamentos à área colorada. No terceiro deles, de Bruno Henrique, goleiro colorado deixa o gol e defende segura, sem rebote.

42min – UUUUH! Moisés entorta a espinha da marcação e solta o canhotaço. Por cima, ela leva muito perigo.

43min – CANTO BOLA! Praxedes recebe pela intermediária, ajeita para a canhota e manda chute forte. Desviada, ela sai em escanteio.

45min – Praxedes leva o amarelo por falta na região central.

46min – Vamos a 48. Mais três!

47min – SAAAAAAAALVA A ZAGA! Sarrafiore avança pela direita, pedala em cima da marcação e chuta, já nas cercanias da pequena área, rasteiro. Travada pela marcação, a bola é afastada em definitivo por Mayke.

48min – Encerrado o primeiro tempo!


Segundo tempo

0min – Equipes de volta com mudanças. Edenilson substitui Praxedes, enquanto Rony altera Menino.

6min – MOLEDO! MOLEDO! MOLEDO! Camisa quatro colorado cresce pra cima dos atacantes palmeirenses. Como uma muralha, trava dois arremates consecutivos, afastando o perigo em escanteio para os visitantes.

7min – Cobrado o escanteio, Luan acerta cotovelaço violento em Moledo. Árbitro não percebe, e o jogo segue.

12min – Coudet promove duas alterações. Boschilia entra na vaga de Patrick, e Thiago Galhardo no lugar de Marcos Guilherme.

14min – UHH! Sarrafiore puxa contra-ataque veloz para o Inter. De frente para a meta, testa de canhota. A bola explode na marcação e volta em Boschilia, que cruza fechado. Gustavo Gómez afasta pela lateral.

14min – Zé Rafael deixa o campo para a entrada de Ramires.

19min – TAVA MADUUUURO! Após escanteio adversário cobrado pela esquerda, Boschilia dispara em contra-ataque muito veloz para o Inter. O camisa 21 atravessa o campo de uma intermediária a outra e, já próximo da meia-lua, serve Edenilson. A bola fica curta, e o camisa 8 não consegue partir em direção a Weverton, preferindo o toque para Nonato, que é milagrosamente travado.

21min – Nonato leva o amarelo por impedir reposição rápida da equipe palmeirense.

24min – Willian e Diogo Barbosa são as escolhas de Luxemburgo. Deixam o campo, respectivamente, Lucas Lima e Viña.

26min – UHHH! Boschilia cobra falta fechada da esquerda. Weverton defende ela sobre a linha. O VAR até consulta o lance, mas indica que a bola não superou a marca fatal.

31min – Coudet coloca Matheus Jussa. Quem sai é Johnny.

32min – Wilton Pereira apresenta o amarelo para Cuesta, que comete falta em Luiz Adriano.

33min – CANTO BOLA! Galhardo dispara pela esquerda em altíssima velocidade. Já dentro da área, é travado por grande carrinho de Gustavo Gómez.

34min – Gustavo Gómez sobe bem e cabeceia buscando o ângulo direito de Lomba. Perigosa, a bola sai em tiro de meta.

37min – Amarelo para Jussa.

38min – Nonato deixa o campo para a entrada de D’Alessandro na quinta e última troca de Coudet. Com isso, Edenilson passa a ocupar a função de central na linha de três meio-campistas do Inter. Pela direita, fica Sarrafiore. Na esquerda, Boschilia. D’Ale forma o ataque com Galhardo, enquanto Jussa é o primeiro homem alvirrubro, cão de guarda da defesa colorada.

43min – MÃO! LUAN COLOCA A MÃO NA BOLA! Moisés cruza rasteiro da esquerda. Zagueiro palmeirense fura em bola e ela explode na mão. Wilton Pereira manda seguir, mas o VAR pede que o lance seja revisto.

45min – PÊNALTI MARCADO! WILTON PEREIRA INDICA!

46min – GOOOOOOOOOOOOOOOOL DO INTERNACIONAL! É DO CLUBE DO POVO! É DA ACADEMIA DO POVO! É DO COLORADO ALEGRIA DOS NOSSOS CORAÇÕES! GALHARDO, GALHARDO, GALHARDO! THIAGO GALHARDO É O NOME DA PINTURA! QUE COBRANÇA! Camisa 17 cobra forte, sem chances de defesa para Weverton, que fica plantado no centro do gol.

47min – Vamos a 52. Mais sete minutos.

48min – Luiz Adriano empata para o Palmeiras.

51min – Última troca no Palmeiras. Bruno Henrique sai, Wesley entra.

52min – Encerrado o confronto!


Ficha técnica:

Palmeiras (1): Weverton; Mayke, Luan, Gustavo Gómez e Matías Viña (Diogo Barbosa); Gabriel Menino (Rony), Bruno Henrique (Wesley) e Patrick de Paula; Lucas Lima (Willian) e Zé Rafael (Ramires); Luiz Adriano. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Internacional (1): Marcelo Lomba; Rodinei, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Moisés; Johnny (Matheus Jussa); Bruno Praxedes (Edenilson), Nonato (Andrés D’Alessandro) e Patrick (Gabriel Boschilia); Marcos Guilherme (Thiago Galhardo) e Martín Sarrafiore. Técnico: Eduardo Coudet.

Gols: Thiago Galhardo, aos 46 minutos do segundo tempo (I). Luiz Adriano, aos 48 minutos do segundo tempo (P).

Cartões amarelos: Zé Rafael, Lucas Lima e Luan (P). Rodrigo Moledo, Nonato, Victor Cuesta, Matheus Jussa e Bruno Praxedes (I).

Arbitragem: Wilton Pereira Sampaio, auxiliado por Bruno Raphael Pires e Leone Carvalho. VAR: Elmo Alves Resende Cunha. Quarteto de Goiás.

Estádio: Allianz Parque-SP.

Inter lança máscara protetora com estampa LGBTQI+

O Dia Internacional do Orgulho LGBTQI+ é comemorado neste domingo (28/06). Data fundamental para o combate à homofobia e a defesa do amor e das liberdades, mobiliza, mundo afora, centenas de milhões de indivíduos e instituições que acreditam em uma sociedade menos intolerante e discriminatória. Clube do Povo do Rio Grande do Sul, o Inter compartilha desta luta, e apresenta, hoje, sua nova linha de máscaras protetoras, as quais carregam a bandeira LGBTQI+ como estampa.

Consciente das limitações que a atual pandemia do novo coronavírus impõe às tradicionais mobilizações da comunidade LGBTQI+, caso das efervescentes Paradas, o Colorado traz esta novidade de modo a permitir que o orgulho por quem somos e aqueles que amamos siga exaltado. As máscaras protetoras do vírus, vale lembrar, integram o selo ‘Juntos Vencemos’, criado no último mês de abril, que ratifica nosso histórico posicionamento de Clube do Povo.

As máscaras personalizadas são vendidas a R$ 9,00 a unidade. Você pode adquirir a sua através do site da loja licenciada Baby Brasil, parceira do projeto, e também pelo Whatsapp, número (51) 98610-9973.

ATENÇÃO: Compras acima de R$ 90,00 garantem FRETE GRÁTIS para todo o Rio Grande do Sul.
Aí vai a dica: você vai precisar de, no mínimo, duas máscaras. Assim, quando uma estiver lavando, a outra poderá ser usada. Aproveita e compra uma pra quem mora contigo, ou combina com um vizinho. Desta forma, vocês aproveitam o frete grátis!

Dia do Orgulho LGBTQI+ homenageia Revolta ocorrida, há 51 anos, em Nova York

Bar Stonewall In no final dos anos 1960/Foto: Divulgação

Nova York, 28 de junho de 1969. Na ilha de Manhattan, o boêmio bairro de East Village vive mais uma noite agitada, com destaque para o popular Stonewall Inn, que ferviha embebedado de amor e alegria.

Icônico por levantar bandeiras de resistência em uma cidade que, até a década de 1980, considerava criminosa a relação entre duas pessoas do mesmo sexo, o bar costumava ser frequentado pela parcela da população marginalizada da sociedade, em especial homossexuais. Toda a euforia compartilhada no local, entretanto, foi abruptamente interrompida quando, naquela madrugada, policiais empreenderam uma autoritária e violenta batida no estabelecimento.

Policiais conduzem batida violenta no bar/Foto: NBCNews

Sob a justificativa de que o endereço não poderia comercializar bebidas alcoólicas, os agentes algemaram funcionários e, arbitrariamente, passaram a agredir travestis e drag queens, detendo um total de 13 pessoas. Do lado de fora, uma multidão, que assistia indignada às prisões, decidiu responder, encurralando e mantendo os policiais dentro do bar até o amanhecer.

O episódio serviu de faísca para a ‘Revolta de Stonewall’, marcada por seis dias de ruas tomadas em protestos contra a homofobia e em defesa do amor e das liberdades. Um ano depois, comprovando a importância do levante nova-iorquino, os Estados Unidos sediariam, em diversas regiões, as primeiras paradas LGBTQI+ da história.

Primeira ‘Marcha do Orgulho Gay’ de que se tem registro, realizada nos EUA/Foto: Divulgação

Considerado um marco do combate à homofobia, atualmente o episódio de Stonewall é homenageado com a comemoração do Dia Internacional do Orgulho LGBTQI+ em 28 de junho. Passados 51 anos da Revolta, o Inter, sabedor de sua obrigação, reafirma, na data, seu compromisso na luta contra o preconceito. Amar quem queremos e viver como nascemos é um direito de todos, primordial para o Clube do Povo, que se posiciona também pelo passado, de resistência, mas, principalmente, pelo presente, ainda muito discriminatório, encarado, em nossa casa, o Beira-Rio, através do canal de denúncias ‘Estaremos Contigo’ . Viva o amor, em todas as suas formas!