Nova camisa II celebra 15 anos do título mundial

A histórica conquista no Japão está representada na camisa II para a temporada 2021/22, lançada nesta sexta-feira (21/5) por Inter e adidas. Totalmente branca, assim como há 15 anos na antológica final contra o Barcelona, a camisa carrega o escudo do Clube do Povo, o logo adidas e as três listras em vermelho, além de um sign-off, na nuca, da cidade e do ano em que o Colorado alcançou a taça: Yokohama/2006.

COMO ADQUIRIR:

Sexta (21/5), sábado (22) e domingo (23): Venda exclusiva para sócios do Inter!

– Nas lojas físicas do Inter (clique aqui para conferir a relação de lojas) mediante apresentação da carteirinha de sócio.

– On-line: acessando a Área de Sócios – faça seu login com matrícula/senha e clique no banner da camisa.

De 24 a 27 de maio: Venda para a torcida em geral exclusivamente nas lojas do Inter (internet e lojas físicas)!


Com falas inéditas de Fernandão, reconstruídas por meio de tecnologia, lançamento homenageia o título mundial de 2006

A campanha da camisa II buscou símbolos importantes na história colorada e resgatou a voz do eterno capitão Fernandão, a taça levantada, a torcida e seu amor pelo Clube e a estrela, que representa a conquista máxima do Inter em seus 112 anos.

Inter e a adidas recriaram a voz de Fernandão – capitão do time de 2006 – para presentear a torcida com um vídeo recheado de imagens da partida, embaladas pela voz deste que é um dos maiores ídolos da história do Inter.

O material aproxima ainda mais a trajetória do time à paixão de quem o impulsionou até a vitória ao trazer também depoimentos de sócios torcedores. Dos que cruzaram o mundo e viram de perto a vitória aos que nasceram à época e cresceram orgulhosos do time do coração, o vídeo traz relatos dos colorados que viveram esse momento inesquecível à sua maneira, e que tiveram histórias de vida cruzadas com a conquista. O manifesto convida o torcedor a reviver os momentos marcantes e celebrar essa vitória que move a apaixonada nação colorada.

De Tabela com Iarley: Gabiru relembra epopeia no Japão

Um gol para sempre. Um 17 de dezembro eternizado no calendário da nação colorada. Para celebrar os 14 anos do título mundial, Adriano Gabiru e Iarley rememoram com riqueza de detalhes o antológico lance protagonizado contra o Barcelona em Yokohama!

Copa Kirin: o primeiro brilho em território japonês

Ruben Paz, o craque do torneio/Foto: Masahide Tomikoshi/@tphoto2005

Muito antes da conquista do planeta, já aprontávamos no Oriente. Mundialmente respeitado após dominar o Brasil nos anos 70, em 1984 o Clube do Povo foi convidado para a disputa da VI Copa Kirin, competição amistosa realizada no Japão e conquistada, há exatos 36 anos, pelo Colorado.

Após vitória sobre a Seleção Universitária do Japão e empate contra a Irlanda na primeira fase, o Inter avançou para as semifinais do torneio na primeira colocação do Grupo A. O adversário na luta por vaga na decisão foi o Toulouse, da França, despachado com arrasadora goleada por 4 a 1.

A final do torneio foi disputada em 5 de junho, no Estádio Nacional de Tóquio, contra a Seleção da Irlanda. Para o confronto, Otacílio Gonçalves, comandante colorado, mandou o Inter a campo com Gilmar no gol; Winck, Aloísio, Mauro Galvão e André Luís na zaga, Ademir Kaefer, Jajá, depois Dunga, e Ruben Paz no meio; Paulo Santos, Silvinho e Milton Cruz, depois Beretta, no ataque.

Iniciada a partida, todas as atenções estiveram voltadas para o show de Ruben Paz. Genial, o ídolo camisa 10 deu assistência milimétrica para Milton Cruz empatar ainda no primeiro tempo e, na etapa final, virou o jogo marcando verdadeira pintura. Inter 2 a 1, uruguaio eleito o craque do campeonato e a taça era nossa!