Bruna Benites é homenageada pelo Clube do Povo

O futebol feminino brasileiro é realidade, reafirmada diariamente através de muita luta. Parte viva dessa história desde 2017, as Gurias Coloradas se orgulham de contar com diversas atletas fundamentais para o processo de consolidação da modalidade no país. Dentre elas, Bruna Benites, zagueira homenageada pelo Clube do Povo nesta segunda-feira (09/08).

Vencedora de dois títulos paranaenses, um paulista e outro amazonense, dona de duas Libertadores, duas Copas do Brasil e um Mundial de Clubes, Bruna chegou ao Inter em junho de 2019. Bicampeã gaúcha com as Gurias Coloradas, a capitã ostenta relação de inexplicável gratidão com o Clube do Povo, como a própria atleta fez questão de destacar em entrevista concedida para o Facebook colorado em 2020.

“Minha relação com o Inter é surreal. O Clube apareceu na minha vida quando eu estava me recuperando de cirurgia, momento em que não é todo mundo que acredita. Costumo falar que minha relação vai além do profissional. Adquiri um carinho muito grande, tenho um respeito muito grande. O mínimo que eu posso fazer é dar o meu melhor – e, mesmo que eu faça isso, ainda não estou retribuindo tudo o que foi feito por mim.”

Bruna Benites

O melhor de Bruna é, também, o melhor que existe no futebol brasileiro, não à toa a zagueira é figura carimbada na Seleção desde 2012. A rotina de convocações foi mantida no Inter, e recompensada com presença no elenco relacionado para a disputa das Olimpíadas de Tóquio. Terceira edição a contar com a presença de Benites, os Jogos de 2020 foram realizados nas últimas semanas, e tiveram na defensora colorada uma titular do time de Pia Sundhage.

Bruna (13) defendeu o Brasil em Tóquio/Foto: Sam Robles/CBF

No oriente, Bruna escreveu mais um capítulo no rico currículo que constrói desde os 14 anos de idade. Já eternizada na história do futebol feminino brasileiro e colorado, ela não apenas defendeu o sonho de milhões de conterrâneos, como também propagou o nome do Inter em solo que traz boas lembranças para o povo vermelho. Qualquer agradecimento, portanto, fica pequeno diante de tamanha contribuição para Clube e país, mas não menos necessário.

Minutos antes do início de mais um treino das Gurias Coloradas, que se preparam para as quartas de final do Brasileirão A1, Bruna recebeu uma versão especial da camisa comemorativa aos 30 anos da primeira Copa do Mundo Feminina. Lançado por Inter e adidas no último dia 19 de julho, o manto, que homenageia as precursoras de nosso país, carregava um agradecimento à defensora, fidedigna herdeira desse legado desbravador.

Vamos, capitã!/Foto: Mariana Capra

Obrigado por mais uma vez honrar nossas cores, capitã! Você é gigante! Juntos, buscaremos mais feitos relevantes. Agora, nos gramados de Brasil e Rio Grande. Pra cima!

Bruna Benites é convocada para as Olimpíadas

Vai ter capitã no Japão! Zagueira das Gurias Coloradas, Bruna Benites foi convocada pela técnica Pia Sundhage para a disputa dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Presente na lista divulgada na manhã desta sexta-feira (18/06), a defensora, grande destaque do penúltimo amistoso preparatório disputado pela Seleção, ajudará o Brasil na luta pelo ouro inédito no futebol feminino.

Bruna (13) comemora gol marcado pelo Brasil/Foto: Richard Callis, SPP, CBF

A edição de Tóquio será a terceira disputada por Bruna Benites em sua carreira. Presente nas Olimpíadas de Londres, em 2012, e do Rio de Janeiro, em 2016, a zagueira, que busca sua primeira medalha nos Jogos, comentou, em entrevista para as redes sociais das Gurias, o sentimento com a convocação.

“É uma honra muito grande representar o país, principalmente nas Olimpíadas, onde apenas 22 são escolhidas. Gratidão muito grande pelas pessoas que estiveram comigo, pelo meu clube. Não caiu minha ficha ainda, estou muito feliz, e espero que, dessa vez, a gente consiga trazer esse ouro tão sonhado.”

Bruna Benites

O palco das Olimpíadas traz boas lembranças para a capitã das Gurias. Em 2014, quando defendia as cores do São José-SP, Bruna conquistou o Mundial Feminino em solo japonês. O passado vitorioso empolga a zagueira, que também conhece a rica história colorada em território nipônico.

A gente sempre busca os bons exemplos, as boas histórias. O Inter tem história no Japão, eu também tenho, fui campeã mundial com o São José. Então, tenho boas recordações. Na última vez que pisei lá, voltamos com o troféu!

Bruna Benites
Bruna chegou ao Inter em 2019/Foto: Mariana Capra

A convocação de Bruna não desfalcará as Gurias na disputa do Brasileirão A1. O campeonato, que já fora paralisado durante a última Data FIFA, também será interrompido ao longo das Olimpíadas, onde a Seleção estreará em 21 de julho, diante da China. Três dias depois, as comandadas de Pia enfrentam a Holanda, enquanto o encerramento da fase de grupos acontece no dia 27, contra a Zâmbia.

Antes de partir para o Oriente, porém, Bruna participará das duas rodadas de encerramento da primeira fase do Campeonato Brasileiro. Já classificado para as quartas de final, o Inter luta pela melhor posição possível no G8, e, para isso, enfrentará Grêmio e Real Brasília nos próximos dias 20 e 24, respectivamente.

Bruna Benites é um dos pilares das Gurias Coloradas/Foto: Mariana Capra

Bruna Benites brilha em amistoso da Seleção Feminina

Bruna (13) comemora o primeiro gol da partida/Foto: Richard Callis, SPP, CBF

A Seleção Feminina do Brasil disputou, diante da Rússia, seu penúltimo amistoso preparatório à disputa das Olimpíadas de Tóquio. Iniciada às 16h desta sexta-feira (11/06), a partida, vencida por 3 a 0 pelas comandadas de Pia Sundhage, contou com brilho de Bruna Benites. Capitã das Gurias Coloradas, a zagueira marcou os dois primeiros gols do confronto, realizado no Estádio Cartagonova-ESP.

Titular durante os 90 minutos (mais acréscimos), Bruna deu o show de sempre na retaguarda defensiva. Pela direita da dupla de zaga, que formou com a palmeirense Rafaelle, a capitã colorada, pouco exigida pelo ataque russo, ofereceu enorme segurança na saída de bola canarinho. Importante na construção de jogo, porém, a camisa 13 do Brasil não resumiu sua participação aos primeiros centímetros do campo.

Bruna é festejada pelas companheiras/Foto: Richard Callis, SPP, CBF

Melhor em campo desde o início do confronto, a Seleção Brasileira custou a abrir o placar contra as russas. Foi apenas aos 41 do primeiro tempo que, após Andressinha cobrar escanteio pela esquerda, Bruna Benites apareceu para tranquilizar a missão canarinho. Atenta, a guria colorada aproveitou desvio de Ludmila, na primeira trave, para se antecipar à marcação e completar de cabeça em direção às redes adversárias.

O segundo gol saiu no segundo tempo, também de bola aérea, mas a partir de outra movimentação. Pela direita, Andressa Alves seguiu à risca o manual dos escanteios, e levantou na altura da marca do pênalti. Atenta, Bruna subiu com autoridade, no terceiro andar, para também respeitar a cartilha dos testaços. Para baixo, no contrapé da goleira Grichenko, a zagueira ampliou a vantagem brasileira.

Os minutos finais de confronto ainda presenciaram gol de Andressa Alves, responsável por encerrar o escore espanhol. O último amistoso prévio aos Jogos Olímpicos ocorre na próxima segunda-feira (14/06), contra o Canadá, também em Cartagena. A estreia do Brasil nas Olimpíadas está prevista para o dia 21 de julho, uma quarta-feira, diante da tradicional Seleção da China.

Bruna, abraçada por Isa (23), já tem um gol marcado no Brasileirão A1 2021/Foto: Mariana Capra

Bruna Benites é convocada para a Seleção Brasileira

Nesta quarta-feira (2), a técnica Pia Sundhage anunciou a segunda lista do ano de convocadas para a Seleção Brasileira. A zagueira colorada Bruna Benites está entre as atletas relacionadas para um período de preparação na Granja Comary, em Teresópolis-RJ, visando os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, adiados para 2021. Em março, Pia já havia feito uma convocação para o Torneio Internacional da França, que também contou com a participação de Bruna.

A Seleção Brasileira realizará os treinamentos de 14 a 22 de setembro. Este período substitui a Data FIFA de setembro, reservada para jogos preparatórios, e cancelada em agosto, pela entidade máxima do futebol. Por isso, com o intuito de seguir a preparação da Seleção Feminina para a Olimpíada, e em concordância com os clubes, a CBF irá paralisar o calendário do Campeonato Brasileiro A1.