Bastidores: vitória colorada em Bragança

Com dois gols nos acréscimos, marcados por Johnny e Carlos de Pena, o Clube do Povo venceu o Brangatino, na nona rodada do Brasileirão, e chegou aos 14 pontos na tabela nacional. Agora, o Canal do Inter te apresenta os Bastidores do triunfo por 2 a 0!

Fotos: Red Bull Bragantino 0 x 2 Internacional – 9ª rodada/Brasileirão 2022

O Colorado bateu o Bragantino, na noite deste domingo (05/06), em partida da nona rodada do Brasileirão 2022. Johnny e Pena, os dois nos acréscimos da etapa final, marcaram os gols da vitória de 2 a 0 do Inter em Bragança. Confira, agora, as imagens do confronto!

Inter marca duas vezes nos acréscimos e vence em Bragança

Pena fechou a conta em Bragança/Foto: Ricardo Duarte

A noite de domingo (05/06) foi de vitória colorada no Brasileirão! Em duelo da nona rodada do Nacional, o Clube do Povo superou o Bragantino, fora de casa, por 2 a 0, e chegou aos 14 pontos na tabela. Johnny, aos 46 da etapa final, e Carlos de Pena, no último lance de partida, marcaram os gols do triunfo do Inter, que volta a campo na próxima quarta-feira (08/06), quando visitará o Santos, a partir das 21h30, na Vila Belmiro.

+ Confira as imagens do confronto;

+ Assista aos Bastidores da partida;


Rival começa melhor, Inter assusta no fim

Daniel trabalhou muito no início de confronto/Foto: Ricardo Duarte

Começa o jogo e… bola na trave. Antes mesmo de o relógio completar sua primeira volta, o Bragantino, em chute mascado do volante Raul, acertou o poste vermelho. Na sequência do lance, que se desdobrou em escanteio para os donos da casa, Daniel foi impecável para salvar o Inter após cabeceio de Natan. Se é verdade que início de jogo até poderia ser pior, em caso de gol paulista, ele também passava longe de atender às expectativas coloradas.

Rival pressionou nos primeiros minutos/Foto: Ricardo Duarte

O Bragantino seguiu assustando ao longo da primeira meia-hora de partida. Artur, em finalização praticamente da pequena área, só não balançou as redes por culpa de Vitão, que fez bloqueio providencial. Já Helinho também carimbou o poste, endereço final de cabeceio que o camisa 11 desferira livre.

A primeira resposta verdadeiramente perigosa do Inter chegou aos 40. Pelo corredor central de ataque, Alan Patrick percebeu David com espaço para fazer a diagonal nas costas da marcação e lançou o atacante, que chutou forte, mas por cima. Nos acréscimos, o 10 decidiu resolver sozinho e, depois de boa arrancada, finalizou com perigo. Tiro de meta para Cleiton.

Alan armou as melhores chances coloradas antes do intervalo/Foto: Ricardo Duarte

Do controle à pressão, que resultou na vitória

A criatividade mandante do início do primeiro tempo não tornou a aparecer na etapa final. Pelo contrário, o Bragantino passou a errar muito mais após o intervalo, deixando o Inter bastante confortável para jogar. E o jogo colorado fluiu ainda melhor com as entradas de Pena e Alemão, alçados a campo no minuto 28.

Alemão entrou bem no comando de ataque/Foto: Ricardo Duarte

Enquanto o centroavante deu maior profundidade ao time de Mano Menezes, o uruguaio acelerou a circulação de bola no meio de campo alvirrubro. Aos 32, ele cobrou falta com muito veneno, e passou perto de atuar como garçom de Vitão, que quase completou para as redes. Dois minutos mais tarde, foi Alemão quem serviu um companheiro. Agraciado da vez, Wanderson parou em milagre de Cleiton.

O Inter criava para marcar um gol, embora o correr dos minutos tornasse improvável a conquista da terceira vitória no Brasileirão. Dentro de campo, entretanto, ninguém duvidou da possibilidade do triunfo, que se tornou mais tangível aos 46. Após cruzamento de Pena, Mauricio ajeitou de cabeça para Johnny, que encheu o pé para fazer a festa colorada em Bragança.

Artilheiro e garçom comemoram/Foto: Ricardo Duarte

Atordoado com a vantagem colorada, o Bragantino logo se deparou com Alemão saindo cara a cara com Cleiton. Atabalhoado com o atacante vermelho, Andrés Hurtado cometeu pênalti. Na bola, Carlos de Pena preferiu o jeito à força. Colocada, no canto, a cobrança confirmou os três pontos para o Clube do Povo.

Pena festeja a vitória colorada/Foto: Ricardo Duarte

Primeiro tempo

1min – Raul finaliza da entrada da área do Inter, a bola desvia em Vitão e acerta o poste direito do Inter.

2min – DANIEEEEEEEEEL! Após escanteio cobrado pela esquerda da área colorada, Luan Cândido desvia de casquinha na primeira trave. Na segunda, Natan cabeceia forte, e goleiro do Inter vai no limite dos dedos para salvar.

6min – Helinho recebe de Raul, domina na área do Inter e chuta rasteiro. Daniel encaixa.

17min – Artur recebe de Aderlan e finaliza. Vitão resvala, e ela sai por cima.

26min – Kevin acerta uma gravata em David. Inicialmente, zagueiro rival é punido com amarelo.

28min – UH! Alan Patrick cobra falta a partir do corredor central da intermediária de ataque do Inter. Livre, Mercado recebe e tenta o desvio para o lado aposto da área, mas a zaga corta.

32min – Helinho, de cabeça, acerta o poste colorado.

34min – Wanderson recebe o cartão após acertar Artur.

40min – POR CIIIMA! Alan Patrick estica boa bola para David, que enche o pé. Assustou!

45min – Mais quatro. Vamos a 49!

47min – QUAAAASE UM GOLAÇO! Alan escapa a dribles da primeira linha de pressão paulista, tabela com Edenilson, invade a área, abre ângulo para a perna direita e chuta rasteiro. Cruzada, ela sai ao lado do poste rival.

49min – Intervalo em Bragança.


Segundo tempo

2min – Mercado, de cabeça, coloca Cleiton para trabalhar. Goleiro defende sem rebote.

6min – Cleiton, como se fora um líbero, deixa sua área para afastar lançamento do ataque colorado com a cabeça. Equivocado, corte do goleiro encontra o pé de Alan Patrick, que finaliza de primeira, mas sem força, permitindo que o arqueiro se recupere.

16min – Contra-ataque veloz do Inter! Pela esquerda, David chama Wanderson para o jogo, e o camisa 11 cruza rasteiro. Fechada, ela morre nas mãos de Cleiton.

19min – De soco, Daniel corta cruzamento perigoso de Luan.

23min – Duas mudanças no Red Bull Bragantino. Hurtado e Bruno Tubarão substituem Ytalo e Artur.

27min – Pena e Alemão entram no Inter. Saem Dourado e David.

28min – Segue a leva de substituições. No time da casa, Sorriso e Andrés Hurtado vêm, Aderlan e Helinho vão.

32min – ELA NÃO EEEEEEENTRA! Pena cobra falta fechada a partir da intermediária esquerda de ataque. Na primeira trave, a bola resvala na zaga e sai do alcance de Vitão, que teria o gol aberto para completar.

34min – MILAAAAAAAAAAAAAAGRE DE CLEITON! Alan Patrick aciona Alemão, que deixa de letra para Wanderson. Dentro da área, o ponta abre ângulo para a perna direita e arremata rasteiro, no contrapé do goleiro, que faz um milagre.

35min – Meu deus. Kevin, que já fizera por merecer o vermelho no primeiro tempo, dá violento carrinho frontal em Edenilson. Era, no mínimo, para amarelo, que seria o segundo do atleta no jogo. Mas o árbitro ignora o lance.

36min – Amarelo para Praxedes. Abraçou a bola.

36min – Taison por Alan Patrick é a troca no Inter.

36min – Alerrandro entra na vaga de Praxedes. Mudam os mandantes.

43min – Johnny e Mauricio completam as trocas do Inter. Mano saca Edenilson e Wanderson.

44min – Sorriso, lançado por Luan Cândido, cruza perigosa bola rasteira pela esquerda da área colorada.

45min – Mais cinco! Vamos a 50.

46min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOL DO INTERNACIONAAAAAAAAAAAAAAL! É GOL DO CLUBE DO POVO! É GOL DA ACADEMIA DO POVO! É GOL COLORADO! VAMOS, INTER! VAMOS, CELEIRO! VAMOS, COLORADO! VAMOS, JOHNNY! Da esquerda, Pena cruza linda bola para Mauricio, que aparece livre na segunda trave. Inteligente, o meio-campista deixa de cabeça para Johnny, que chega batendo de primeira e estufa as redes paulistas.

Ouça: o gol de Johnny na narração da Rádio Colorada

47min – Bruno Méndez recebe amarelo na comemoração do gol.

50min – Médico colorado, Guilherme Caputo é expulso.

50min – Os cinco viram sete. Dois minutos acrescidos aos acréscimos.

51min – Taison recebe o amarelo

52min – PÊNALTI! PÊNALTI PARA O INTER! Taison lança linda bola para Alemão, que sairia cara a cara com Cleiton, mas é derrubado por Andrés Hurtado. Equatoriano ainda recebe o amarelo.

54min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOL! É GOL DO INTER! É GOL COLORADO! É GOOOOOOOOOOOOOOOOL! PENA, PENA, PEEEEEEEEEEEEEEEENA! COMO JOGA ESSE URUGUAIO! COMO JOGA O CHARRUA E COLORADO! Na batida, camisa 14 só desloca o goleiro Cleiton, que escolhe o canto direito, e vê a bola morrer no lado oposto. Festa colorada em Bragança!

Ouça: o gol de Pena na narração da Rádio Colorada

54min – JOGO ENCERRADO! VITÓRIA COLORADA!


Ficha técnica:

Red Bull Bragantino (0): Cleiton; Aderlan (Andrés Hurtado), Kevin, Natan e Luan Cândido; Raul, Lucas Evangelista e Praxedes (Alerrandro); Artur (Bruno Tubarão), Ytalo (Hurtado) e Helinho (Sorriso). Técnico: Maurício Barbieri.

Internacional (2): Daniel; Bustos, Vitão, Gabriel Mercado e Renê; Gabriel e Rodrigo Dourado (Carlos de Pena); Edenilson (Johnny), Alan Patrick (Taison) e Wanderson (Mauricio); David (Alemão). Técnico: Mano Menezes.

Gols: Johnny, aos 46’/2ºT, e Carlos de Pena, aos 54’/2ºT (I).

Cartões amarelos: Kevin, Andrés Hurtado e Praxedes (B). Wanderson, Taison e Bruno Méndez (I).

Arbitragem: Wagner do Nascimento Magalhães, auxiliado por Michael Correia e Daniel do Espírito Santo. Quarto árbitro: Thiago Duarte Peixoto. VAR: Adriano Milczvski.

Estádio: Nabi Abi Chedid-SP.

Pós-jogo | “Isso é Inter: vamos demonstrar força e raça até o final”, destaca Johnny

O Clube do Povo visitou o Bahia, na noite deste domingo (13/06), e conquistou sua primeira vitória no Brasileirão 2021. Edenilson, de pênalti, marcou o único gol do triunfo, repercutido em entrevista coletiva de Osmar Loss. Confira as principais aspas do técnico interino colorado!

“O vestiário, hoje, é um vestiário de jogadores que se sacrificaram, que se doaram, que estão de parabéns pela sua disciplina tática, pela sua dedicação e pelo seu compromisso com a camisa do Internacional. Estão conscientes que a gente precisa dar passos importantes em rumo da evolução, mas satisfeitos com o rendimento e a entrega de todos.”

Osmar Loss

“A dedicação dos jogadores, o compromisso com a disciplina tática, as trocas que a gente conseguiu para energizar os setores do campo que estavam frágeis; foram decisivos. Mesmo com um a menos, as melhores oportunidades de gol foram nossas. Ou seja, é um time que, mesmo sabendo se defender bem, não deixou de contra-atacar com bastante eficiência.”

Osmar Loss

Os minutos seguintes ao apito final também contaram com aspas do elenco colorado. Primeiro atleta a falar, o meio-campista Johnny, titular pela terceira vez nas últimas quatro partidas, destacou a luta do Clube do Povo, que garantiu os três pontos mesmo após atuar quase todo o segundo tempo com um jogador a menos. Assista!

“Isso é Inter.

A gente vai demonstrar força e raça

até o final do Campeonato.”

Johnny

Coube a Victor Cuesta encerrar as aspas concedidas ainda na orla do campo de Pituaçu. O zagueiro argentino, que também reforçou o positivo impacto anímico da vitória conquistada em Salvador, destacou a sequência de jogos que aguarda o Inter pelo Brasileirão. Veja!

“Precisávamos reverter a fase,

e começamos por hoje, com uma

vitória importante”

Victor Cuesta

Johnny destaca oportunidade no começo da temporada

Um dos jogadores mais experientes da equipe que iniciou o Campeonato Gaúcho, Johnny destaca a oportunidade que os jovens do Celeiro estão tendo na competição estadual. Confira no Canal do Inter!

Perfil Celeiro: Johnny fala sobre sua trajetória

Do Celeiro de Ases ao time principal do Inter e à Seleção dos Estados Unidos: conheça a trajetória do meio-campista Johnny, nascido em New Jersey-EUA, criado em Criciúma-SC e cada vez mais brilhando com a camisa colorada!

“Sempre sonhei com isso”, comenta Johhny sobre estreia pela Seleção dos EUA

Johnny concedeu entrevista direto da Áustria

Cria do Celeiro de Ases, o meio-campista colorado Johnny, que estreou oficialmente com as cores da Seleção dos Estados Unidos na última quinta-feira (12/11), concedeu, nesta tarde (15/11), entrevista coletiva, direto da Áustria. Direto da concentração estadunidense, o atleta de 19 anos, nascido em Nova Jersey-EUA, comentou, em português, a alegria por vestir as cores do selecionado principal de seu país.

“Está sendo muito especial pra mim. Estou muito feliz, sempre sonhei com isso, não esperava que fosse tão rápido, mas sempre trabalhei para alcançar meus objetivos. É uma oportunidade única.”

Johnny

A íntegra da coletiva de Johhny. Créditos: U.S. Soccer/Veritone

Dono da camisa 30 do Clube do Povo, Johnny estreou oficialmente pelos profissionais do Inter no dia 15 de setembro do ano passado, em partida contra o Atlético-MG, válida pela 19ª rodada do Brasileirão. Figura que se tornou cada vez mais frequente entre os titulares colorados a partir da atual temporada, o meia chega à primeira convocação para o grupo principal dos EUA credenciado, também, pela consistente trajetória que construiu nas categorias de base do selecionado estadunidense. Até por isso, e apesar de ter crescido no Brasil, revelou se sentir muito à vontade vestindo as cores de seu país natal.

“Tudo começou com a vinda dos meus pais para os Estados Unidos. Nasci, mas nasci na época do atentado do 11 de Setembro. Então, pouco tempo depois eu retornei para o Brasil, com a minha família, que é aonde fui criado, mas sempre tive aquele gostinho americano. Sempre tive curiosidade de voltar, e ter essa oportunidade, pra mim, é incrível. Fico muito feliz, é a Seleção que está me dando visibilidade, então minha ideia é continuar aqui.”

Johnny, sobre sua caminhada até a Seleção dos EUA

Paixão crescente nos Estados Unidos, o futebol tem revelado grandes craques no país. Atualmente, a Seleção conta com diversos jovens nomes que atuam no futebol europeu, estrelas de um grupo que tem a responsabilidade de estender a fama conquistada por ídolos nacionais como Landon Donovan, Clint Dempsey, Michael Bradley e Tim Howard. No que depender da admiração de Johnny, os companheiros estão no caminho certo para alçar grandes voos.

Foto: Site Seleção EUA

“Fui muito bem recebido por todos, tive bastante contato com todo mundo. Claro que tirei bastante ideia, até pra levar de aprendizado comigo. Dividir campo com pessoas como o Weston (McKennie), que joga na Juventus, o Dest, no Barcelona, o Reina, no Borussia… fico muito feliz. A maioria dos jogadores vivenciam, hoje, o futebol na Europa, então qualquer ideia trocada com eles vai ser um grande aprendizado pra mim, não só pessoal como técnico, tático. Fico muito feliz com esse retorno e, com certeza, eu vou voltar melhor.”

Johnny

O grande sonho de Johnny, comum a todos os selecionáveis, é disputar uma Copa do Mundo. Sede do Mundial de 1994, os Estados Unidos marcaram presença nas quatro edições que sucederam o torneio marcado pelo Tetra do Brasil. Ausentes na Rússia, em 2018, os estadunidenses sonham com um retorno de grande estilo para 2022, quando o Catar sediará o maior evento esportivo do planeta.

“Eu sempre sonho, (a Copa do Mundo de 2022) é uma oportunidade que eu posso ter na minha vida, com toda a certeza vou trabalhar muito pra isso, mas, pra acontecer, eu tenho que desenvolver o meu bom futebol dentro do meu clube, que é o Inter. Vou treinar pra isso e pra ter essa oportunidade. A Seleção vem montando uma base muito nova, com uma média de idade de 22 anos, então acredito que, daqui um tempo, a gente vai brigar pelo título.”

Johnny comenta o que espera do futuro da Seleção dos EUA
Atuação de Johnny contra o Palmeiras, no Brasileirão deste ano, rendeu muitos elogios ao jovem

Exibindo felicidade superior, inclusive, à vergonha de um estreante que precisou passar pelo tradicional trote na concentração, Johnny debutou em amistoso disputado pelos Estados Unidos contra o País de Gales. Realizado no Liberty Stadium, casa do Swansea City, o confronto foi encerrado sem gols. Vestindo o número 16, o atleta colorado entrou em campo aos 26 minutos do segundo tempo, quando substituiu Tyler Adams, jogador do alemão RB Leipzig. A empreitada internacional, contudo, não impede que o meia siga acompanhando, à distância, o dia a dia do Clube do Povo.

“Estou acompanhando o Inter. A gente vem brigando por três campeonatos, que são difíceis, e o Abel vem com uma responsabilidade grande, mas, maior do que a responsabilidade, é ele, um técnico muito vitorioso e experiente, que vem para agregar junto com a gente. Eu vou continuar com o meu trabalho, forte, vou procurar dar o meu melhor e, quando voltar, voltar com a cabeça focada no Inter para ajudar a equipe da melhor forma.”

Johnny

Na próxima segunda-feira (16/11), Johnny terá nova oportunidade para defender as cores de seu país natal. Em território austríaco, os Estados Unidos disputam novo amistoso, agora contra o Panamá. A partida acontece a partir das 16h45 de Brasília. Boa sorte, guri!

🎙️ Pós-jogo colorado: repercussão da igualdade no Allianz Parque

O Inter conquistou ponto importante na noite desta quarta-feira (02/09). Iniciado às 21h30, o duelo contra o Palmeiras, válido pela sétima rodada do Brasileirão, teve o 1 a 1 como placar final. Após a partida, Johnny, meio-campista de grande atuação no Allianz Parque, Alessandro Barcellos, vice-presidente de Futebol, e Eduardo Coudet, comandante alvirrubro, concederam entrevista para a imprensa do país. Confira os principais trechos:

“A gente sabia das dificuldades do jogo. Fora, contra o Palmeiras, um time que vem invicto também. Infelizmente, a gente sabia que qualquer desatenção poderia correr o risco, mas sabíamos da qualidade do nosso time. Viemos com a intenção de propor o nosso jogo e sair com a vitória.”

Johnny

“Jogo contra um time difícil de ser batido, principalmente na sua casa, um Palmeiras de grandes investimentos. Fizemos um grande jogo, montamos uma estratégia e conseguimos, inclusive, abrir o marcador.”

Alessandro Barcellos

“Creio que, primeiro, contente porque os jovens que jogaram participaram de uma grande maneira. Mostramos que trabalhamos da mesma forma e que vamos precisar de todos. Depois, sim, uma lástima que escaparam dois pontos no final.”

Eduardo Coudet

Colorado fecha semana com trabalho de finalizações

A semana de treinamentos no CT Parque Gigante chegou ao final colocando a pontaria do grupo colorado em dia. Na manhã desta sexta-feira (22/05), a comissão técnica organizou o trabalho focado nas finalizações dos atletas, encerrando a terceira semana de atividades desde a retomada após as férias.

A comissão técnica organizou o treino em atividades que exigiam bons passes, cruzamentos e chutes da entrada da área. Os jogadores foram divididos em pequenos grupos e realizaram os exercícios em horários distintos, mantendo o distanciamento e os cuidados rotineiros.

Os destaques desta manhã foram os garotos Johnny e Roberto. Os dois jovens do Celeiro de Ases renovaram seus contratos com o Clube até dezembro de 2022. No dia anterior, Praxedes – outro destaque da base colorada que está no grupo principal – também renovou com o Inter.

O final de semana será de folga para o elenco. Na segunda-feira (25/05), o Colorado dará sequência à preparação especial.

Johnny e Roberto renovam contrato com o Inter

Dois guris oriundos do Celeiro de Ases tiveram seus contratos renovados com o Inter. O zagueiro Roberto e o meio-campista Johnny estenderam os seus vínculos com o Clube do Povo até dezembro de 2022. Ambos subiram para a equipe principal no ano passado. O defensor já vestiu o manto colorado em doze oportunidades, enquanto o meio-campista entrou em campo em sete partidas.

Presidente Marcelo Medeiros, Roberto e Alessandro Barcellos, vice-presidente de futebol

Desde 2006 nas categorias de base do Inter, Roberto não escondeu a felicidade por esse momento. “Motivo de muita alegria. Estou desde pequeno aqui. Fico muito feliz por mais esse voto de confiança. Me inspirava muitos nos jogadores que estão aqui, estar tendo essa experiência com eles é motivo de muito aprendizado”, ressaltou o camisa 40.

Presidente Marcelo Medeiros, Johnny e Alessandro Barcellos, vice-presidente de futebol

Já Johnny, que nasceu nos Estados Unidos e está no Colorado há seis anos, comemorou a renovação. “Mais um sonho e objetivo sendo realizado, muito feliz em renovar o contrato. Que eu possa trazer alegrias e títulos para a torcida colorada. Está sendo um ano de muito aprendizado, de oportunidades e estou tentando aproveitar da melhor maneira”, conclui o camisa 30.