Raio-X: Fluminense x Gurias Coloradas

Fotos: Mariana Capra

É dia de decisão! A partir das 10h deste sábado (13/02), as Gurias Coloradas entram em campo diante do Fluminense, no Estádio das Laranjeiras-RJ, para a primeira partida da final do Brasileirão Sub-18. O Clube do Povo vai para a sua segunda decisão consecutiva, em busca do bicampeonato nacional. Abaixo, você encontra tudo sobre o duelo!

Vamo, Inter! 💪

As Gurias Coloradas estão em sua segunda final consecutiva no Brasileirão Sub-18. Após uma vitória heroica em cima do São Paulo, garantindo a vaga nos pênaltis, o plantel vermelho agora vai em busca do bicampeonato nacional.

Gabi Barbieri brilhou nas penalidades que classificaram o Inter para a final

Graças a uma campanha impressionante do Clube do Povo, a primeira partida da decisão será disputada no Rio de Janeiro, enquanto a volta ocorre em Porto Alegre. São oito vitórias, dois empates e apenas uma derrota das Gurias Coloradas até a grande final. Foram 23 gols marcados e sete sofridos pelo Inter, que ainda conta com a artilheira da competição, Mileninha, autora de nove tentos.

“A semifinal passou, ficamos muito felizes de ter conseguido a classificação. Foi um jogo muito difícil, mas agora o foco total é no Fluminense. A gente sabe que é um time muito forte e, se chegou até aqui, é porque mereceu. Então, vamos dar tudo de nós para poder ganhar lá, posteriormente ganhar aqui e sair campeãs!”

Mileninha
A festa da classificação para a final

O grupo comandado pelo técnico Fábio Sanhudo já está em solo carioca, e finalizou os últimos detalhes da equipe que irá a campo neste sábado. Lembrando que Sanhudo não poderá contar com a capitã Vick, expulsa na última partida. As atletas penduradas são Liriel e Eduarda.


O rival 👀

Pela primeira vez na final do Brasileirão Sub-18, o Fluminense chega embalado para a decisão. O time carioca superou o Santos na semifinal, com placar agregado de 6 a 2. A equipe que entrou em campo no último confronto foi: Ravena, Andressa (Luana), Tarciane, Núbia, Sabrina, Luany, Luiza Travassos (Duda Cerqueira), Carolina (Kethilyn), Lara (Duda Calazans), Leandra e Kailane (Larissa).

Sabrina (D) é um dos destaques tricolores/Foto: Adriano Fontes, DVG

Com uma campanha forte, a equipe comandada por Isaias Rodrigues chega para a partida com 7 vitórias, 3 derrotas e 1 empate na conta. Foram 15 gols marcados e apenas seis sofridos, tendo Carolina como artilheira da equipe com quatro tentos anotados.

“Elas surpreenderam todo mundo chegando nessa final. O Fluminense chega com bastante confiança depois da goleada contra o Santos, na Vila Belmiro, 5 a 1 em uma grande atuação. As meninas chegam com a autoestima lá no alto, mas acredito que sem salto alto, respeitando, com certeza, o time do Inter, que é o atual campeão.”

Sharon Prais, setorista do Fluminense no portal Saudações Tricolores

Transmissão 📻

Dona da jornada mais vermelha da web, a Rádio Colorada transmite a partida decisiva das Gurias Coloradas pelo Brasileirão Sub-18 a partir das 9h30. Pela TV, SporTV e CBF TV garantem o jogo em imagens.

Clique aqui para ouvir a Colorada!

Faça aqui o download do APP do Inter para Android;

Clique para fazer o download do APP do Inter para IOS;

Participe da jornada através do InterZap: (51)99189-4124

As redes sociais das Gurias Coloradas (@guriascoloradasoficial no Instagram, @GuriasColoradas no Facebook e @ColoradasGurias no Twitter) contarão com um completo minuto a minuto.


Arbitragem 🧑‍⚖️

Quem apita a partida é Rejane Caetano da Silva, árbitra FIFA, auxiliada por Fabiana Nobrega Pitta e Beatriz Geraldini de Sousa. O trio é carioca.

A pintura de Caíco: relembre o golaço do aniversariante, em 1992

Aniversariante desta sexta-feira, dia 15 de maio, Caíco fez história vestindo a camisa do Clube do Povo. Revelado no Celeiro de Ases, o habilidoso meia fez sucesso no Beira-Rio durante os anos 1990, conquistando, além de títulos, convocações para a Seleção Brasileira. Atual auxiliar técnico do Inter, Caíco teve um capítulo especial em sua história de amor com o Colorado. Quem nunca sonhou em marcar um golaço numa final de campeonato defendendo o time do seu coração? Caíco foi abençoado com esse momento de epifania.

E que momento! Com apenas 19 anos, ele já despontava na equipe principal como grande revelação do time de 1992, finalista da Copa do Brasil daquele ano diante do Fluminense. A primeira partida da decisão foi levada pelo time carioca para o acanhado Estádio das Laranjeiras, onde poderia impor uma maior pressão sobre o Colorado. Mas o guri de Porto Alegre não se intimidou e marcou uma verdadeira pintura que encaminhou o título para o Beira-Rio. Aos 7 minutos do segundo tempo, Caíco recebeu pelo lado esquerdo, driblou um, driblou dois, driblou três e, na saída do goleiro, bateu com a calma e categoria que aos craques pertencem. 

Confira abaixo:

Imagens: Rede Globo

“Foi um gol muito bonito. Recordo até hoje que o Marquinhos (meia) me falava ‘Caíco, pega a bola e vai pra cima, no último quarto do campo não tem mais o que fazer’. Eu tinha a característica do drible, tive a felicidade de driblar dois ou três e, na saída do goleiro, fazer o gol”

Caíco, campeão da copa do brasil de 1992

Há dois anos, o ídolo concedeu entrevista exclusiva para o quadro ‘Memória Colorada’, da TV Inter, contando detalhes da sua carreira, resenhas de vestiário e bastidores do caminho rumo ao inédito título conquistado em 1992. Confira abaixo na íntegra: