Mano e Dourado comentam classificação colorada

Após a goleada de 5 a 1 do Inter sobre o 9 de Octubre-EQU, resultou que confirmou a classificação colorada para as oitavas de final da CONMEBOL Sul-Americana, o volante Rodrigo Dourado, autor de três gols na partida, e o técnico Mano Menezes, que segue invicto após nove jogos na casamata alvirrubra, concederam coletiva no Beira-Rio. Confira a íntegra e os principais trechos das entrevistas!

Foto: Ricardo Duarte

“Jogando ou não, sempre trabalhei forte. Tenho a confiança de todos os meus companheiros, e a nova comissão, que chegou com o Mano, me deu confiança e botou para jogar. Confio no meu futebol, sei o que posso render, e acho que foi uma noite abençoada hoje. Não só pelos gols, mas pela classificação, que é o mais importante. Agora, é seguir. Seguir em frente e com a torcida do meu lado.

Rodrigo Dourado
Foto: Ricardo Duarte

“Minha família me ajudou muito, meus amigos e, principalmente, o grupo. Nosso grupo é muito bom, tenho muitos amigos aqui dentro. Fiquei em silêncio e trabalhei esperando minha chance. Estava no banco, ía para todos os jogos, não fiquei fora de nenhum. Com a chegada do Mano, conseguimos bons resultados. Estamos jogando melhor, e espero que continue por bastante tempo.”

Rodrigo Dourado
Foto: Ricardo Duarte

“Estamos muito felizes com a noite, com a classificação. Era nossa obrigação passar da fase de grupos, mas tivemos que fazer 10 dos últimos 12 pontos para conquistar essa classificação. Mostra uma ascensão dentro da competição, o que, ao meu ver, tem muito a ver com a proposta de organização da equipe. Todos têm vontade, é muito raro você não ter um atleta desse nível com vontade, mas só isso não basta. Precisa de mais, e o que eu prometi foi dar uma equipe organizada a eles.”

Mano Menezes
Foto: Ricardo Duarte

Não somos melhores do que os outros, mas temos que ser os mais organizados, e entender como podemos transformar uma equipe mais forte. É isso que estamos fazendo nesse primeiro momento, e tenho certeza que podemos evoluir. Resultados positivos, vitórias como essas, ajudam muito a se afirmar e ganhar confiança. Agora já temos uma vitória a mais para acrescentar na nossa invencibilidade. Melhora, né?”

Mano Menezes

Mano Menezes destaca evolução colorada

Mano Menzes venceu a terceira pelo Inter/Foto: Ricardo Duarte

Invencibilidade mantida, mais um jogo sem ser vazado e liderança do grupo conquistada: vivemos uma noite de hierarquia na última terça-feira (17/05). A vitória de 2 a 0 sobre o Independiente Medellín, atingida no sétimo jogo disputado pelo Clube do Povo sob o comando de Mano Menezes, ampliou para a nove a sequência colorada de partidas sem derrotas, estatística que referenda o momento de evolução do time com o novo técnico. Em entrevista após o jogo, o próprio Mano celebrou a crescente apresentada pelo Inter. Confira a íntegra e os principais trechos!

Foto: Ricardo Duarte

“Acredito muito na qualidade dos grandes jogadores que temos, e eles sabem disso. Prometi dar a eles um coletivo de equipe capaz de sustentá-los individualmente para que, eventualmente, tivessem destaque esse ou aquele – o que, para nós, não é o mais importante. Só a partir de um coletivo forte, de um time organizado, com preparação para sustentar tudo isso, eu tenho certeza que eles vão entrar, seja em que jogo for, com segurança para jogar bem.”

Mano Menezes
Foto: Ricardo Duarte

“É assim que eu enxergo o futebol, e assim sempre fiz por onde passei: acredito muito nos jogadores que são formados no Clube. Acho que eles, por todo investimento que é feito na formação, vão chegar e poder dar a sua contribuição. E nós vamos poder completar o seu desenvolvimento como atleta. Esse é o papel principal do treinador para poder tirar o melhor de cada jogador que ele tem no seu elenco.”

Mano Menezes
Foto: Ricardo Duarte

“O mais importante é que voltamos a vencer, e essas vitórias vão dando uma sustentação maior para tudo isso que estamos falando. As coisas estavam funcionando bem, estávamos criando bastante, chegando bastante, mas tinham escapado as vitórias nas últimas rodadas. O que eu disse a eles é que continuássemos fazendo bem o que estávamos fazendo, porque as coisas voltariam a sorrir como foi hoje, em um jogo importante e decisivo, que não tinha como adiar a vitória, e a equipe respondeu bem.”

Mano Menezes
Foto: Ricardo Duarte

“Temos que ter um grupo de jogadores sustentado por uma ideia de jogo clara, que permita que eles rendam bem. Nós começamos a crescer. Eu gosto desse equilíbrio porque isso vai dando confiança para todo mundo. Você marca gols, não toma gols, vence a partida, isso é o ideal. Queríamos equilibrar, e a equipe vai se equilibrando porque vamos evoluindo, mas temos um caminho longo pela frente, não temos ilusão.”

Mano Menezes

Raio-X: Inter visita o Juventude na quinta rodada do Brasileirão

Inter visita o Juventude neste domingo/Foto: Ricardo Duarte

Noite de clássico estadual para o Clube do Povo! A partir das 19h deste domingo (08/05), o Inter enfrenta o Juventude, no Alfredo Jaconi, em partida da quinta rodada do Brasileirão 2022. Confira entrevista da Rádio Colorada com Bruno Mucke, setorista do Papo pela Rádio Caxias, e saiba tudo sobre o rival alvirrubro. Na sequência, veja todas as informações sobre o duelo deste Dia das Mães.

Transmissão;
Preparação colorada;
Relacionados;
Números de Mano Menezes;
Entrevista Alan Patrick;
Arbitragem;
Rival;
Ingressos;
Último confronto;


Transmissão 📻

Ao vivo a partir das 18h, horário de veiculação do Raio-X, a Rádio Colorada apresentará, como de costume, a jornada esportiva mais vermelha da web. Já as redes sociais do Inter (TwitterInstagram e Facebook) acompanharão o duelo com o seu tradicional relato minuto a minuto enriquecido por imagens dos principais lances da partida. Na TV, Premiere e SporTV anunciam cobertura.

ProgramaçãoPlataforma
18hRaio-XSite e APP do Inter
18h15Portões AbertosSite e APP do Inter
19hJornada EsportivaSite e APP do Inter
21hVestiário VermelhoSite e APP do Inter

Preparação colorada 💪

Inter teve dois dias para trabalhar antes do jogo na Serra/Foto: Ricardo Duarte

Após empatar em 1 a 1 com o Guaireña-PAR, no Paraguai, na quinta-feira passada (05/05), o Inter teve apenas dois dias para se preparar para a quinta rodada do Brasileirão. Horas depois de desembarcar em Porto Alegre, o grupo colorado foi a campo no CT Parque Gigante para iniciar os treinos prévios à visita ao Juventude.

Na tarde de sexta (06/05), Mano Menezes e pares de comissão trabalharam com o grupo dividido. Enquanto os jogadores que disputaram a quarta rodada da CONMEBOL Sul-Americana realizaram atividades físicas e regenerativas na academia, além de corridas leves no gramado, o restante do elenco participou de treino coletivo com bola.

Na sexta, parte do grupo trabalhou na academia/Foto: Ricardo Duarte

Já as atividades do sábado de véspera de partida (07/05), que também ocorreram no turno da tarde, serviram para ajustar os detalhes finais da equipe que irá a campo no Jaconi. O grande destaque do trabalho tático comandado por Mano Menezes foi o novo – e belíssimo – uniforme de treino do Clube do Povo. Clique aqui e garanta o seu!


Relacionados 📜

A partida contra o Juventude poderá marcar a reestreia de Alan Patrick pelo Inter. Contratado no último dia 12 de abril, o novo camisa 10 colorado, que já vestiu vermelho entre os anos de 2013 e 2014, viajou para Caxias do Sul, e tem condições de enfrentar o Papo. Quem também reforçará o time de Mano Menezes no Jaconi é o atacante Pedro Henrique, que estreou pelo Clube do Povo no domingo passado (1º/05), diante do Avaí.

Alan Patrick está relacionado/Foto: Ricardo Duarte

Ausente da viagem ao Paraguai por conta de desconforto muscular, o ídolo Taison teve constatada lesão na coxa esquerda, e ficará entregue aos cuidados do Departamento Médico durante as próximas três semanas. Junto com ele, também se recuperam de injúrias os zagueiros Kaique Rocha e Rodrigo Moledo. Liziero, com entorse no tornozelo direito, completa a lista de desfalques. Conheça os relacionados para o duelo em Caxias do Sul:


Bons números com Mano Menezes 📊

Desde que chegou ao Inter, Mano Menezes já treinou o Colorado em quatro partidas, período no qual conquistou duas vitórias e dois empates por Brasileirão e CONMEBOL Sul-Americana. Sob o comando do profissional, o Clube do Povo superou Fluminense, no Maracanã, pela terceira rodada do Nacional, e Independiente Medellín, na Colômbia, na partida de encerramento do primeiro turno da fase de grupos continental. O placar de ambos confrontos foi o 1 a 0 alvirrubro, conquistado graças a gol de Alemão.

Professor tem bons números à frente do Inter/Foto: Ricardo Duarte

A estreia de Mano no Beira-Rio, acompanhada por mais de 23 mil colorados e coloradas, foi encerrada com o placar zerado. Contra o Avaí, o Inter pressionou muito, mas não conseguiu marcar gol que valeria a terceira vitória consecutiva no Brasileirão. Já o empate com o Guaireña-PAR foi a primeira e única partida em que o Clube do Povo foi vazado sob o comando de seu novo técnico.

Colorado sofreu apenas um gol sob o comando de Menezes/Foto: Ricardo Duarte

🗣️ Alan está de volta!

A possível reestreia com a camisa colorada foi comentada pelo próprio Alan Patrick durante entrevista exclusiva para o Canal do Inter. O novo 10 do Clube do Povo falou de sua satisfação em reencontrar amigos e poder voltar a jogar diante da Maior e Melhor Torcida do Rio Grande, bem como analisou o momento diferente que vive em sua carreira, quando comparado à primeira passagem pelo Beira-Rio, e destacou a vontade de retribuir com boas atuações todo o carinho recebido desde sua chegada a Porto Alegre.

“Muito feliz por estar de volta. Por poder vestir essa camisa novamente, reencontrar o torcedor, poder jogar no Beira-Rio, que é um estádio maravilhoso, e reencontrar, também, vários amigos que eu fiz aqui. A expectativa é boa, estou bem motivado, não vejo a hora de reestrear. É um momento diferente, tenho um pouco mais de experiência, e espero retribuir toda a recepção que tive. Retribuir, lógico, com o meu futebol, e ajudar o Inter a vencer e a buscar os objetivos.”

Alan Patrick
Alan Patrick é o novo 10 do Inter/Foto: Ricardo Duarte

Alan também analisou o contexto em que se prepara para voltar a vestir vermelho. Em bom nível físico, consequência da preparação específica que realizou desde sua chegada ao Clube, e adaptado ao elenco, que vive momento de afirmação na temporada, o meio-campista disse se sentir pronto para voltar aos gramados. Apenas em campo, afinal, acumulará o ritmo necessário para desempenhar o melhor futebol possível.

Foto: Ricardo Duarte

“O ambiente realmente está bom. A equipe vem jogando bem, fez boas apresentações nos últimos jogos, e isso dá confiança. Não só pra mim, mas para todo o elenco, pra que a gente possa estar sempre no nosso melhor nível dentro de campo. Claro que é sempre melhor estrear com a equipe estando bem. Sinto que, a cada treino, venho me condicionando melhor fisicamente depois de tanto tempo parado. Me sinto quase 100%, e acredito que os jogos vão me dar esse ritmo.”

Alan Patrick

A cidade de Caxias está epidermicamente ligada à trajetória que Alan Patrick já construiu pelo Inter. Foi no município, por exemplo, que o atleta brilhou na decisão do Campeonato Gaúcho de 2014, quando marcou um gol e deu duas assistências na goleada de 4 a 1 do Clube do Povo em cima do Grêmio. O retorno à Serra foi mais um tema abordado pelo meio-campista, que ainda projetou o jogo diante do Juventude.

“Um jogo difícil. Eu sei o quanto é difícil jogar contra o Juventude, já joguei aqui no Estadual. Na casa deles, vai ser um jogo duro, contra um adversário forte, mas acredito muito que a nossa equipe está preparada e bem confiante. Sem dúvidas, vamos para buscar os três pontos e seguir em busca do nosso objetivo. Lembro de alguns momentos bons em Caxias. É um reencontro com a cidade, não no estádio que estávamos acostumados a jogar, mas é sempre bom. A memória tem muita coisa positiva.”

Alan Patrick

Arbitragem 👨‍⚖️

Bruno Arleu de Araújo (FIFA) apita, auxiliado por Rodrigo Figueiredo Correa (FIFA) e Luiz Claudio Regazone, trio da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro. Quarto árbitro: Jonathan Benkestein Pinheiro, da Federação Gaúcha de Futebol. VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga, também carioca.


Rival 🆚

Papo ainda não venceu no Brasileirão/Foto: Fernando Alves/Juventude

Dono de dois empates e duas derrotas no Nacional, o Juventude abriu o final de semana na vice-lanterna do país. Sem vencer há cinco jogos, o Papo, que já lutou contra o rebaixamento nas últimas edições de Brasileiro e Gauchão, busca uma imediata recuperação na tabela, e aposta no trabalho de Eduardo Baptista para reencontrar o caminho das vitórias. Chefe da casamata do Jaconi desde o fim do Estadual, o recém-chegado profissional conta com o prestígio da diretoria alviverde, como revelou Bruno Mucke.

“É até estranho falar que o Juventude está jogando bem, embora não tenha resultado. Vem apresentando um bom futebol. O Jair Ventura fez um trabalho bem ruim nesse começo de temporada, teve o hiato antes da chegada do Eduardo Baptista, e agora o Juventude está apresentando desempenho, mas que não está conseguindo aliar à vitória. Existe muita confiança no trabalho do Eduardo Baptista.”

Bruno Mucke
Eduardo Baptista tem a confiança da direção/Foto: Fernando Alves/Juventude

As últimas três partidas disputadas pelo Juventude referendam a boa impressão que o ainda incipiente trabalho de Eduardo Baptista passa para a torcida. Na penúltima rodada de Brasileirão que disputou, o Papo dominou o Cuiabá e até desperdiçou pênalti no Jaconi, mas saiu de campo derrotado por 1 a 0.

No meio de semana anterior, a equipe esteve à frente do São Paulo em duas ocasiões, mas cedeu o empate de 2 a 2 na Copa do Brasil, também em Caxias. Já no final de semana passado, o Alviverde vencia o Botafogo, no Rio de Janeiro, até os 38 do segundo tempo, quando os cariocas igualaram a conta. Os deslizes acendem um outro alerta no Jaconi, agora referente à força psicológica da equipe.

A questão psicológica está pesando, sim. Existiu uma arrancada ruim no Campeonato Gaúcho, onde se conseguiu permanecer, mas foi bem abaixo do esperado. Já nesse Campeonato Brasileiro, a gente pode aliar um pouco de falta de qualidade com a questão psicológica. Espera-se (contra o Inter) uma boa atuação e um time mais maduro, que consiga manter o placar. Será um jogo com cara de Gauchão, pelas características que as equipes têm.”

Bruno Mucke
‘Viking’ Pitta é a esperança de gols alviverde/Foto: Fernando Alves/Juventude

Diante do Inter, Eduardo Baptista estará desfalcado de Capixaba, com lesão muscular, Marlon, que apresenta quadro de desconforto, e Ricardo Bueno ainda em transição física para retornar a campo. Vítor Mendes, por outro lado, retorna de suspensão e deve ser titular no Jaconi. O provável Papo para este domingo conta com César; Rodrigo, Vítor Mendes, Forster e William Matheus; Yuri, Jadson e Óscar Ruiz (Chico); Parede, Pitta e Moccelin.


Caxias é Inter! 🏟️

Torcida colorada sempre faz bonito no Jaconi/Foto: Ricardo Duarte

Como de costume, a Maior e Melhor Torcida do Rio Grande ficará alocada na Ferradura Norte do Alfredo Jaconi. Os ingressos para o setor custam R$ 70,00, e podem ser adquiridos aqui. Neste domingo, os portões da casa alviverde estarão abertos a partir 17h, e o acesso de colorados e colorados ocorrerá no Portão 5, através da Rua São João.


Último confronto 🔙

Também no Alfredo Jaconi foi disputada a última partida entre Inter e Juventude. No dia 26 de janeiro deste ano, o Colorado visitou o Papo na primeira rodada do Gauchão, e saiu de campo vencedor por 2 a 1. Mauricio e Yuri Alberto, que horas mais tarde se despediria do Clube do Povo, marcaram os gols do triunfo, que ainda contou com desconto de Ricardo Bueno para os donos da casa.

Fotos: Fluminense 0 x 1 Internacional – 3ª rodada/Brasileirão 2022

Na estreia do técnico Mano Menezes, o Inter contou com gol de Alemão para superar o Fluminense por 1 a 0, em partida da terceira rodada do Brasileirão de 2022, disputada no Maracanã. Confira as imagens do confronto:

“Sabemos e vamos deixar claro aonde queremos chegar!” Mano Menezes é apresentado no Beira-Rio

O futebol masculino alvirrubro tem um novo comandante. Anunciado na noite de ontem, Mano Menezes foi oficialmente apresentado como técnico do Clube do Povo no final da manhã desta quarta-feira (20/04). Dono de rico e vitorioso currículo, o profissional, contratado até o final de 2022, concedeu entrevista coletiva na sala de imprensa do Beira-Rio, e compartilhou sua satisfação em retornar ao Inter após 20 anos de sua primeira passagem pelo Colorado, à época realizada na função de treinador da categoria juvenil do Celeiro de Ases.

“Sabemos e vamos deixar claro onde queremos chegar.

Não conheço ninguém que evolua sem vencer.

O torcedor quer um modelo de jogo,

mas quer ganhar amanhã e no jogo seguinte,

e isso dá confiança para avançar!”

Mano Menezes
Mano Menezes é o novo técnico do Inter/Foto: Ricardo Duarte

A coletiva de apresentação do técnico colorado contou com as presenças de Alessandro Barcellos, presidente do Internacional, Emílio Papaléo Zin, vice de Futebol, Paulo Autuori, Diretor Técnico, e William Thomas, Diretor Executivo. Diante dos microfones, foi o mandatário do Clube do Povo quem primeiro se pronunciou à imprensa, sublinhando a rica trajetória construída por Mano Menzes no esporte e projetando o encaixe do profissional no cada vez mais estruturado Departamento de Futebol alvirrubro.

“Hoje, a gente consolida a formatação profissional daqueles que conduzirão o Departamento de Futebol do Inter. Apresentamos o Paulo Autuori como Diretor Técnico, responsável por todo o departamento junto com o William, que assume, também, nessa transversalidade. E, agora, o responsável por nossa equipe, de orientação e modelo de jogo, é o Mano Menezes, que hoje completa esse trio. Mano é um treinador que todos conhecem. Sua história, sua trajetória, começou no Rio Grande do Sul e percorreu Brasil e mundo.”

Alessandro Barcellos
Paulo Autuori (E), Alessandro Barcellos, Mano Menezes, Emílio Papaléo e William Thomas (D)/Foto: Ricardo Duarte

Emílio Papaléo também celebrou a chegada de Mano Menezes, reforçando o sentimento de satisfação com que o Clube encara o retorno do profissional. O vice-presidente de Futebol ainda definiu Mano Menezes como um profundo conhecedor da cultura gaúcha e colorada, ressaltando que essa experiência pode ser fundamental para o técnico na missão de conduzir o Inter a grandes feitos em 2022, ano que recentemente teve iniciadas as disputas da Sul-Americana e do Campeonato Brasileiro.

“Devo dizer, Mano, da alegria de te ter de volta no Beira-Rio. Tens uma carreira vitoriosa e, mais do que qualquer outro atributo, a plena consciência e conhecimento da nossa cultura e do que representa o Internacional. Com a tua chegada, fechando essa equipe técnica junto de Autuori e William Thomas, sei que tu vais nos ajudar, contribuindo para que o Internacional retome sua senda de vitórias. Seja bem-vindo!”

Emílio Papaléo Zin
Comandante posou para fotos ao lado do presidente e do vice de Futebol/Foto: Ricardo Duarte

Encerrados os pronunciamentos do corpo diretivo colorado, Mano Menezes atendeu às perguntas dos profissionais de imprensa presentes no Beira-Rio. O técnico, que minutos mais cedo comandara seu primeiro treino no CT Parque Gigante, falou sobre o retorno ao Inter, a busca do Clube por uma filosofia consolidada de futebol, sua maneira de trabalhar no dia a dia e de algumas convicções que carrega a respeito de estruturação tática de equipes, além de externalizar sua alegria em trabalhar com Paulo Autuori, amigo de longa data, mas com quem jamais dividira funções em uma mesma time. Confira as principais aspas:

Foto: Ricardo Duarte

“Primeiro, quero falar ao torcedor colorado da minha felicidade de estar aqui nesse momento. Voltar ao Clube que fez uma importante parte na minha formação como técnico de futebol. Acredito que tudo na vida tem sua hora. Se estou aqui, é porque tenho conhecimento e bagagem para o Internacional, e também penso que o Internacional é o Clube certo para me ajudar. Quando isso existe, as coisas tendem a andar bem.”

Mano Menezes
Foto: Ricardo Duarte

“Acho saudável que o Internacional busque uma filosofia para o Clube. Um dos grandes problemas que nossos times têm é a constante transformação, que às vezes faz com que você viva em círculos. É extremamente importante buscar uma identidade. Mas acho que precisamos saber o caminho para chegar aonde queremos, e nós sabemos e vamos deixar claro onde queremos chegar. Não conheço ninguém que evolua sem vencer.”

Mano Menezes
Foto: Ricardo Duarte

“Dificilmente vocês vão ter de mim um comentário individual, a menos que seja para fazer um grande elogio, às vezes depois de uma atuação extraordinária que a gente deve reconhecer. Minhas análises, quase sempre, serão da equipe, e ainda é um pouco cedo para falar sobre como vou montá-la. Eu penso o futebol de uma forma bem completa. Não conheço times vencedores que só se comportam de forma defensiva, nem times defensores que só propõem. O futebol, pra mim, é tudo isso.”

Mano Menezes
Foto: Ricardo Duarte

“Penso sempre o futebol, primeiro, na parte tática. Uma equipe organizada taticamente recupera muitas coisas, e quando as coisas precisam ser recuperadas, simplificar é o caminho inicial. Procuro montar minhas equipes com linha de quatro defensiva. Hoje, a maioria das equipes, quando inicia a construção da jogada, inicia com uma linha de três, e uma linha de três não significa três zagueiros. Minha ideia é essa saída de três, com dois zagueiros e um lateral.”

Mano Menezes

“Vou procurar obedecer e respeitar a característica dos jogadores que fizerem a formação, porque isso é tirar o melhor de cada um. Vamos, sim, construir com qualidade, porque hoje, se você não fizer isso, dificilmente estará entre as melhores equipes. O futebol, para mim, é simples: se não tivermos a bola, temos que, imediatamente, trabalhar para recuperá-la. Todos. E quando tivermos a bola, precisamos de competência para não entregar para o adversário. Penso eu que existe um potencial de melhora bastante grande no Inter.”

Mano Menezes
Foto: Ricardo Duarte

“Vou montar o time do Internacional com as características que temos. Precisamos obedecer às características, o que queremos deles, que é o profissionalismo, o comprometimento e a entrega. Para você gerenciar um grupo tão grande de profissionais, você tem que construir uma maneira de comportamento, e privilegiar aquilo que eles entregam em favor da equipe. Você também leva em consideração os seus principais jogadores, que você julga que sustentem a sua maneira de jogar.”

Mano Menezes
Foto: Ricardo Duarte

“Paulo Autuori faz parte da minha vida como treinador. Eu estava ainda no Guarani de Venâncio Aires quando tive a honra de dirigir um centroavante chamado Caio Júnior, e ele me proporcionou a aproximação com o Paulo. A partir daí, nunca nos desligamos, mesmo estando longe e nunca tendo trabalhado juntos. Pra mim, é uma honra trabalhar com um profissional como ele, que julgo como dos mais competentes em termos de conhecimento para realizar o trabalho que se propõe. Juntamente com todos, acho que o Internacional inaugura, no Clube, a forma adequada de conduzir um Departamento de Futebol.”

Mano Menezes
Mano Menezes já comandou atividades na manhã desta quarta-feira/Foto: Ricardo Duarte

Sob o comando de Mano Menezes, o elenco colorado tem mais dois dias para trabalhar antes de voltar a campo. No próximo sábado (23/04), às 19h, o Clube do Povo enfrenta o Fluminense, no Maracanã, em duelo da terceira rodada do Campeonato Brasileiro. Atualmente, o Inter soma três pontos na competição, conquistados no domingo passado (17/04), data de vitória de 2 a 1 sobre o Fortaleza, no Beira-Rio.

> Leia também: Mano Menezes é o novo técnico do Inter

> Leia também: Com participação de Mano Menezes, Colorado treina no CT

Mano Menezes é o novo técnico do Inter

O Sport Club Internacional comunica que chegou a um acordo para anunciar Mano Menezes como novo técnico. Ele assina contrato até dezembro de 2022, junto com o auxiliar técnico Sidnei Lobo.

Gaúcho de Passo do Sobrado, Mano tem em seu currículo grandes clubes do futebol brasileiro, trabalhos no exterior e dois anos de Seleção Brasileira, com dois títulos do Superclássico das Américas e a medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012.

Iniciou a carreira no começo dos anos 1990 como treinador de categorias de base. Em 2000, foi treinador do time juvenil do Inter. Com mais de 20 anos de trajetória, Mano passou pelos quatro grandes centros do futebol brasileiro e tem 13 títulos.

Ficha Técnica
Nome: Luiz Antônio Venker de Menezes
Data de Nascimento: 11/06/1962
Origem: Passo do Sobrado-RS

Carreira
1997 | Guarani de Venâncio Aires
2002 | Brasil de Pelotas
2003 | Iraty
2003 | 15 de Novembro
2004 | Caxias
2005 | Grêmio
2008 | Corinthians
2010 | Seleção Brasileira
2013 | Flamengo
2014 | Corinthians
2015 | Cruzeiro
2016 | Shandong (China)
2016 | Cruzeiro
2019 | Palmeiras
2020 | Bahia
2021 | Al-Nassr (Arábia Saudita)
2022 | Internacional

Conquistas:
2002 | Campeão da Primeira Fase do Campeonato Gaúcho
2005 | Campeonato Brasileiro Série B
2006 | Campeonato Gaúcho
2007 | Campeonato Gaúcho
2008 | Campeonato Brasileiro Série B
2009 | Campeonato Paulista
2009 | Copa do Brasil
2011 | Superclássico das Américas
2012 | Superclássico das Américas
2012 | Medalha de Prata – Olimpíadas
2017 | Copa do Brasil
2018 | Campeonato Mineiro
2018 | Copa do Brasil
2019 | Campeonato Mineiro