Alan Patrick: “espero continuar escrevendo essa história de vitórias aqui”

Meio-campista retornou ao Clube do Povo (Fotos: Ricardo Duarte)

A camisa 10 do Clube do Povo já tem novo dono. De volta ao Clube do Povo, Alan Patrick foi apresentado nesta quinta-feira (21/04) e falou da honra em vestir o manto colorado. Após longo período atuando na Ucrânia, o meio-campista expressou sua motivação em voltar a dar alegrias para a torcida.

> Leia também: Alan Patrick está de volta ao Inter

Com contrato assinado até abril de 2025, ele também comentou a parceria de longa data com Taison quando atuaram juntos no Shakhtar. Além disso, analisou sua evolução como jogador, seu estilo de jogo e como pode ajudar a equipe comandada por Mano Menezes dentro de campo.

Confira abaixo os principais trechos da entrevista coletiva do reforço colorado.

Alan Patrick recebeu do vice de futebol Emílio Papaléo Zin a camisa 10 do Inter

> Assista à entrevista coletiva na íntegra

Camisa 10
“Essa camisa tem uma história muito linda, vestida por ídolo que eu admiro e tive o prazer de jogar junto. Para mim, é uma honra. Obviamente, o D’Ale tem uma história lindíssima e é um cara insubstituível. Claro que eu, dentro das minhas características, vou procurar apresentar meu futebol, com meu estilo de jogo. Sempre com o objetivo de fazer o Inter mais forte, fazer o Inter vencer e chegar às conquistas. Estou muito motivado para isso.”

História no Inter
“É um Alan Patrick diferente daquele de anos atrás. Porém, vem comigo e carrego na memória a lembrança de ter sido feliz aqui, de ter sido campeão. Espero continuar escrevendo essa história de vitórias aqui.”

Relação com Taison
“O Taison é um amigo, estivemos jogando juntos muito tempo lá na Ucrânia. Me dou super bem com ele, temos também um entrosamento e entendimento de ter jogado muito tempo juntos. A gente espera poder aplicar também isso aqui no Internacional. Lá, tivemos algumas conquistas. Espero levantar troféus aqui, juntos novamente. É uma parceria muito boa, nos damos super bem.”

Estilo em campo
“Acho que depende de como será a tática que o Mano irá montar a equipe. Tive dois ou três treinadores nesse período no Shakhtar onde joguei em posições diferentes, como 8 ou como 10, dependendo da tática. Pode ser também aquele 10 mais centralizado, avançado e próximo ao centroavante. É por onde sempre atuei, as minhas características cabem a esse estilo dentro de campo. Estou disponível pra atuar onde o ‘mister’ achar que eu devo atuar e ele enxergar que seja melhor pra equipe. Vou procurar dar o meu melhor”

Novo reforço colorado, Bruno Gomes revela felicidade no novo desafio

Volante de 20 anos assinou por quatro temporadas (Foto: Ricardo Duarte)

Tem novo reforço no meio de campo do Clube do Povo. De olho no presente, mas projetando, também, o futuro, o Internacional apresentou oficialmente, nesta terça-feira (15/02), o jovem promissor Bruno Gomes, volante de 20 anos contratado junto ao Vasco da Gama, em negociação envolvendo Zé Gabriel.

Revelado pelo Cruz-Maltino, o atleta com passagens pela base da Seleção Brasileira assinou contrato de quatro anos com o Inter. Bruno Gomes, que vestirá a camisa de número 32 e já treina com o grupo, foi apresentado pelo vice-presidente de futebol Emílio Papaléo Zin e pelo diretor-executivo Paulo Bracks.

Confira abaixo os principais trechos da entrevista coletiva:

Diretoria

Jovem meio-campista foi apresentado pela diretoria (Foto: Ricardo Duarte)

Emílio Papaléo Zin
“O Sport Club Internacional tem a satisfação em apresentar Bruno Gomes, 20 anos, com bom começo de carreira no Vasco. Acumulou experiência em mais de 70 jogos. Além da satisfação em recebê-lo no Clube, desejamos sorte e sucesso, que nos ajude nessa temporada.”

Paulo Bracks
“É o nosso sexto reforço nessa temporada. Dentro do processo de reformulação que temos de nosso plantel, de qualificação da nossa equipe e nossos ativos. O Bruno é um jogador jovem, que terá no Internacional a sua segunda casa. Já está sendo muito bem recebido em Porto Alegre e no Clube, nós daremos toda condição e estrutura para desenvolver seu futebol. Assinou um contrato definitivo de quatro anos, um vínculo duradouro, que esperamos seja muito positivo. Dentro da nossa estratégia de contratação, um equilíbrio entre atletas experientes e jovens, de muita projeção, de presente e de futuro.”

Bruno Gomes

Bruno Gomes deu sua primeira entrevista como jogador do Inter (Foto: Ricardo Duarte)

Desejo de atuar pelo Inter
“Acho que vou agregar pela vontade que tenho de estar aqui, a felicidade que estou de vestir essa camisa. Vontade vai ter dentro de campo, o resto é futebol, é o que a gente sabe fazer. Acho que vou aprender muito com esse grupo, jogadores com bastante nome e experientes. Espero ajudar ao máximo. Dentro e fora de campo vou dar o meu melhor.”

Sobre o novo treinador
“Não tivemos um contato tão direto ainda, mas já participei do treino, ele já conversou comigo, me deu as boas-vindas e total apoio dele. Antes de vir, li bastante sobre como ele gosta do estilo do volante.”

Volante já treina com o grupo no CT Parque Gigante (Foto: Ricardo Duarte)

Nova fase na carreira
“Fui muito feliz no Vasco, só tenho lembranças boas, é o time que estive desde os meus 13 anos, sou muito agredecido. Agora o meu foco está no Inter, são novos ares, estou com a felicidade de jogar aqui. Estava bastante ansioso de estrear, fazer o primeiro treino, conhecer a ‘rapazeada’. Estou feliz, conheci todo mundo. Agora é um passo de cada vez e tentar ser feliz com essa camisa.”

Condição física
“Em relação ao físico, eles (comissão técnica e performance) vão saber dizer melhor que eu. Estive um tempinho parado lá no Vasco, mas já estou voltando à minha forma física. Quando eles acharem que estou apto a ir para o jogo vou me sentir bem.”

Posicionamento em campo
“Em relação à posição, não tenho preferência. Gosto de jogar nas duas (1º e 2º volante). Nesse último ano, joguei até de lateral direito. Onde me colocar, se eu puder ajudar, eu consigo jogar.”

Reforço posa com o manto colorado (Foto: Ricardo Duarte)

Conselho do amigo Mauricio
“Antes de vir, falei bastante com o Mauricio, o Gustavo Maia também. Perguntei como era aqui, a cidade. Ele (Mauricio) me falou que o grupo era excepcional e acolhia bem. Dito e feito, é um grupo muito gente boa mesmo. Falou bem do time também, das condições que o clube apoia. O campo do CT é maravilhoso. Me falou muito bem da cidade. Uma das coisas que me deixou mais feliz em vir foi essa conversa que tive.”

História colorada
“Quando conversava com pessoas próximas sobre vir para cá, me disseram que a história é bastante parecida com a do Vasco, que é linda também. Ouvi falar da história do Inter, é uma história gigante, um time que ganhou todas as competições. Tem um certo peso vestir essa camisa.”


Veja a entrevista coletiva na íntegra:

Ficha técnica:
Nome: Bruno Gomes da Silva Clevelário
Data Nascimento: 04/04/2001
Local Nascimento: Rio de Janeiro-RJ
Altura: 1,75m

Carreira:
2019 | Vasco
2022 | Internacional

“A raça é da minha essência”, reitera Gabriel em apresentação oficial

Volante multicampeão reforça o Inter (Fotos: Ricardo Duarte)

Novo reforço para o meio de campo colorado, Gabriel foi oficialmente apresentado nesta sexta-feira (11/02) com a camisa do Clube do Povo. Dono de um currículo vencedor, no qual ostenta dois títulos do Campeonato Brasileiro, um da Copa do Brasil, além do tricampeonato paulista e um carioca, ele também agrega experiência e personalidade no elenco que está sendo formado nesta temporada.

O volante de 29 anos recebeu do vice-presidente de futebol Emílio Papaléo Zin e do diretor-executivo Paulo Bracks, além das palavras de apoio e confiança em seu futebol, a camisa de número 23 do Inter. O jogador assinou contrato, de maneira definitiva, até dezembro de 2023.

Gabriel concedeu entrevista coletiva na sala de imprensa do Beira-Rio e falou com a imprensa pela primeira vez como jogador colorado. Confira abaixo os principais trechos da conferência.

Diretoria

Meio-campista usará a camisa 23

Emílio Papaléo Zin
“É um jogador de 29 anos, experiente, com passagem em grandes clubes. Tem uma regularidade importante por onde passou, e também foi vitorioso na trajetória que percorreu. Temos a certeza e satisfação em te receber, te desejando boa sorte, que tu vais nos ajudar muito nessa temporada.”

Paulo Bracks
“O Gabriel é o nosso quinto reforço no ano. Quinto reforço em um processo de reformulação que a gente está fazendo em 2022. Hoje, completamos 30 dias de trabalho da nova comissão técnica e, com muita satisfação, a gente apresenta mais um jogador que vai nos ajudar bastante. Dois anos de contrato, de maneira definitiva. Essa é a sua nova casa. Sei que é uma mudança para você, de cidade, uma mudança importante, e nós vamos te dar todas a a estrutura e todas as condições para você continuar com a sua performance alta e nos ajudar bastante.”

Gabriel

Volante concedeu entrevista coletiva

Características
“Acredito que sou um jogador versátil, posso atuar em várias posições do meio de campo. Lógico que com uma característica agressiva na marcação, aguerrida, mas vou procurar ajudar meus companheiros oferecendo linhas de passe. É o futebol de hoje. Estou bem tranquilo, preparado, ainda me adaptando um pouco ao sistema, ao grupo e à cidade, mas isso é normal. Já passei por muitas coisas na carreira, e é mais um novo desafio. Estou preparado e bem motivado para que comece logo.”

Sai de um gigante, vem para outro
“A negociação foi bem tranquila, de ambas as partes. Tive uma carreira, acredito, bem vitoriosa no Corinthians, onde passei anteriormente. Agora é um novo ciclo, uma nova oportunidade. Estou muito feliz que o Inter me abriu as portas para poder seguir minha carreira. Tive algumas conversas com o professor, ele passou algumas coisas, mas ainda não profundo. É início de trabalho, com muitos treinos e ideias novas para passar não só pra mim, mas para o resto do lado. Agora, chegando, vamos aprofundar mais essa conversa, e também a prática, nos treinamentos, para encaixar o mais rápido possível e levar o Inter a lugares maiores.”

Primeiras impressões do grupo
“O D’Ale eu já encarei muitas vezes, quando atuávamos contra. A gente sabe da importância que ele tem pro Inter, a qualidade que tem, não só dentro de campo, mas também fora, pela importância que tem para o Clube. Me deu as boas-vindas. Em relação a grupo, a comissão é bem franca e direta. As conversas estão boas, treinos bons, com uma intensidade muito alta, o que é bom nesse período de pré-temporada, já que o ano, por conta da Copa do Mundo, será mais curto. O grupo vai ter que estar preparado fisicamente para aguentar e suportar essa temporada, e a relação entre grupo e comissão está bem boa. Estou muito motivado, e não vejo a hora que comece tudo isso.”


Expectativa do Inter
“Jogar bola, jogar futebol. Fazer o que mais sei e o que mais amo. Na minha carreira, já passei por muitas coisas. É um grande desafio vestir a camisa do Inter, me sinto honrado, e vou jogar bola. Mostrar, não só com palavras, mas com atitude e ações em campo, buscando as vitórias sempre. Essa confiança vai se criar com jogos, resultados. Tenho total confiança que isso vai acontecer.”

Objetivo de ser campeão
“Independente de jogadores que têm no grupo ou não, se venceram ou não, eu acredito no grupo e no projeto. Realmente, a gente vem aqui para ganhar. Ninguém vem para passear, para passar férias. Venho com esse foco de jogar, de ganhar e de conquistar. Vou procurar fazer de tudo pra que isso aconteça, e ajudar meus companheiros no que precisar. Já passei por muitas coisas na minha carreira, muitas experiências, e vou poder agregar algo de vestiário ou mesmo campo, que é o principal. Existem jogadores de uma parte experiente e outra jovem no grupo, o que é normal em todos os lugares, e acredito que esse entrosamento, quando encaixar, as coisas vão acontecer mais naturais, e os resultados e títulos vão acontecer.”

Concorrência na volância
A concorrência é sempre boa, e a competição é saudável. É bom para mim e para os outros. Um vai motivar o outro a ser melhor. Só um tem a ganhar, o Inter. Estamos bem tranquilos e, como eu disse, o ano é bem cheio. Apesar de tantos jogos que temos no Brasil, tem a parada antes da Copa do Mundo. Então, vai ser preciso um grupo grande e qualificado para conquistarmos nossos objetivos.”

Visão que tem do grupo
“Todos que vestem essa camisa têm qualidade para estar aqui. Ninguém chega no Inter de paraquedas, todos têm competência para estar aqui, e vou passar confiança, ajudar. Estamos aqui, vamos correr juntos e vencer juntos. Confiança, olho no olho, transparência… são fatores que, lá no final, vão trazer coisas boas para nós. Na quarta, não conseguimos ganhar, mas é início de trabalho. Queremos vencer todos, e jogamos para isso, mas acredito que, passando confiança para todos, isso fica ainda melhor.”

Atleta já conheceu a estrutura do Gigante

A raça como sinônimo
“Isso é meu, de onde eu vim e da onde eu cresci. Não é nada forçado, que busquei durante minha trajetória. Faz parte da minha essência, a motivação e o sangue no olho. Aqui não vai ser diferente. Estou aqui com isso, com essa vontade de entrar no Estádio, jogar e ver a torcida nos apoiando, ganhando títulos e fazendo história. Acredito que isso é que vai marcar. Depois, vamos olhar para trás e falar que o cara fez isso e aquilo. Acredito que essa minha vontade vai transparecer para todos, e vou procurar ajudar meus companheiros, que é o principal.”

Competição sadia
“Vou chegar para trabalhar e ajudar o Inter, o Dourado e a todos no meio de campo. No final de tudo, quem vence somos nós. Quando ganha o título, todos são valorizados e estão felizes, com a torcida de bem. O resultado é o mais importante. O próprio Medina vem mesclando e mexendo na equipe, todos vão poder jogar, e eu venho com a intenção de jogar, mostrar minha qualidade e o que tenho para favorecer o Inter, mas todos com o mesmo objetivo de união e de uma família, para conquistar juntos e, depois, comemorar juntos também.”

Importância do currículo que construiu
“Acredito que experiência e tudo que passei. Lógico que se você jogar 10, 15 finais, você está mais preparado para ganhar do que se jogar uma ou duas. Quanto mais você chega em decisões, você fica mais preparado para ganhar. Nesse momento, isso pode ser um fator positivo, mas o grupo tem jogadores vitoriosos, que conquistaram coisas grandes na carreira. Isso há de se respeitar. Existem momentos, fases, estamos em uma transição para uma comissão nova, que estamos entendendo o mais rápido possível para poder encaixar e as coisas fluírem naturalmente. Criar uma casca, um time, para chegar nas decisões e ganhar.”

Gabriel reforça o meio de campo colorado

Ficha técnica:
Nome: Gabriel Girotto Franco
Data Nascimento: 10/07/1992
Local Nascimento: Campinas-SP
Altura: 1,70m

Carreira:
2012 | Botafogo
2015 | Palmeiras
2017 | Corinthians
2021 | Internacional

Conquistas:
2013 | Campeonato Carioca
2015 | Copa do Brasil
2016 | Campeonato Brasileiro
2017 | Campeonato Paulista
2017 | Campeonato Brasileiro
2018 | Campeonato Paulista
2019 | Campeonato Paulista

Liziero é apresentado no Beira-Rio e assume a camisa 5 do Inter

Meio-campista assinou contrato de empréstimo com valor fixado (Fotos: Ricardo Duarte)

Tem novidade no meio de campo do Inter em 2022. Reforço para a engrenagem da equipe de Alexander Medina, Liziero foi oficialmente apresentado na tarde desta quarta-feira (12/10) no estádio Beira-Rio. O meio-campista revelado pelo São Paulo recebeu a histórica camisa colorada de número 5 e falou pela primeira vez como jogador do Clube do Povo.

Ao lado do presidente Alessandro Barcellos e do diretor executivo Paulo Bracks, o jogador de 23 anos de idade revelou seus objetivos no Internacional, falou sobre seu estilo de jogo, uma conversa com Medina e o aprendizado com Taison e D’Alessandro. Liziero assinou contrato de empréstimo até o final da temporada, com valor fixado para compra definitiva.

Confira abaixo os principais trechos da entrevista coletiva:

Dirigentes

Barcellos (E) e Bracks (D) apresentaram novo camisa 5

Alessandro Barcellos:
“O Internacional vê no Liziero um perfil importante, um atleta jovem ainda. Uma trajetória importante em um clube como o São Paulo, ele traz nas suas características muita agilidade, versatilidade e habilidade. Fruto, também, do histórico dele praticando futsal até os 16 anos. Sabemos o quanto é importante para um jogador trazer consigo esses elementos do período de formação. O fundamental disso tudo é que, desde que procuramos o Liziero, dentro das características que buscamos para o elenco, ele se mostrou muito empolgado em estar aqui conosco e nos ajudar nessa caminhada.”

Paulo Bracks:
“É o nosso segundo reforço no ano, de um elenco que nós estamos montando. Temos duas janelas de transferências dentro do Brasil, e essa primeira vai até abril, com o objetivo de qualificar o nosso elenco. A contratação do Liziero é pra qualificação do nosso plantel. Um atleta que nós procuramos no ano passado, mas se mostrou inviável no começo do ano. Com muita satisfação, a gente agora coseguiu concretizar.”

Liziero

Motivado
“Vivemos um ano complicado no São Paulo, de altos e baixos. Alguns jogadores não conseguiram manter uma constância, o que é algo que estou procurando aqui no Inter. Estou muito feliz, muito motivado, é um clube gigante. Pude ver as estruturas de treinamento e tudo mais. Estou aqui para evoluir e aprender.”

Características
“Me vejo como um volante de construção, domínio de bola, de passe, ocupação de espaço. São minhas características principais desde a base. Já joguei também de lateral. Posso jogar tanto de 5 como de 8, estou aqui para ajudar como o professor pedir.”

Volante construtor
“Geralmente, o 5 é o primeiro pivô do time. Onde a bola está sempre passando no pé, o que dá qualidade pra equipe jogar pra frente. O 5 também faz papel de volante construtor. Você vê muitos jogadores na Europa onde o primeiro volante é o jogador que tem o passe acima da média pra poder dar uma constância no time.”

Em busca de títulos
“Cheguei aqui em Porto Alegre e vi a dimensão do Inter, é um time gigante. A estrutura e os profissionais que tem são acima da média. O Inter tem que estar sempre almejando títulos. Temos que pensar passo a passo. O primeiro campeonato que temos pela frente é o Gaúcho, que estamos trabalhando para conquistar.”

Papo com Medina
“Foram apenas dois treinos, mas deu para conversar um pouco ontem. Antes de vir para cá eu olhei na internet, como todo mundo vê, o estilo de jogo do professor. Ele falou comigo que quer me ajudar muito. Estou aqui para evoluir também, é um clube com características diferentes das do São Paulo.”

Ídolos do Clube
“Já tive contato com o Taison e o D’Alessandro, sei da grandeza deles, da qualidade que eles têm também. Vou absorver ao máximo a experiência deles. No que eles puderem me ajudar, estarei sempre atento para aprender.”

Principal objetivo
“Meu maior objetivo é ser campeão aqui, sem dúvida. Todo jogador quer ser campeão no clube que está. Chegar no Inter e colocar meu nome na história do clube, que é gigante. Poder ser campeão e dar alegria ao torcedor é o meu principal objetivo.”


Assista a entrevista coletiva na íntegra:

Liziero é o novo reforço do Internacional

O Sport Club Internacional comunica que chegou a um acordo para anunciar a contratação do meio-campista Liziero. Ele assina contrato de empréstimo até dezembro de 2022, com preço fixado para compra ao término do vínculo.

Formado nas categorias de base do São Paulo, o atleta fez toda a sua trajetória no clube do Morumbi e se destacou por atuar em mais de uma posição, podendo aparecer como volante, como meio-campista mais avançado e também pelos lados do campo. Durante a carreira, também jogou pela lateral-esquerda.

Liziero tem 23 anos e teve uma longa e vitoriosa trajetória nas categorias de base do São Paulo. Promovido aos 19 anos, estreou pelo time principal em 2018 e soma 146 jogos e seis gols. Em 2021, foi titular nos sete jogos da Copa Libertadores e atuou em 29 partidas do Brasileirão. Pela seleção brasileira, disputou a Copa do Mundo sub-17 e também fez parte da Seleção Brasileira Olímpica no ano de 2021.

Ficha técnica:
Nome: Igor Matheus Liziero Pereira
Data Nascimento: 07/02/1998
Local Nascimento: Jales-SP
Altura: 1,75m

Carreira:
2009 | São Paulo (base)
2018 | São Paulo
2022 | Internacional

Conquistas:
2013 | Copa do Brasil sub-15
2015 | Campeonato Paulista sub-17
2016 | Campeonato Paulista sub-20
2016 | Copa do Brasil sub-20
2018 | Melhor jogador da Copa São Paulo de Futebol Júnior
2021 | Campeonato Paulista

Ajude o ex-jogador Luis Fernando na luta contra a doença rara ELA

Luis Fernando, meio-campista colorado da década de 1990, campeão Gaúcho em 1994, luta contra Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA), uma doença neurodegenerativa rara que afeta o sistema nervoso e prejudica a capacidade muscular, comprometendo todos os movimentos e a fala.

Para continuar seu tratamento para retardar a ELA, que envolve terapias e medicações, Luis Fernando precisa da nossa ajuda. Junte-se a essa rede de solidariedade:

Boschilia é apresentado e declara: ‘chego com muita gana de vencer’

Mais novo reforço colorado para a temporada de 2020, Gabriel Boschilia foi oficialmente apresentado à torcida e imprensa na tarde desta quinta-feira (30/01). Anunciado na última terça (28/01), o meio-campista de 23 anos se mostrou empolgado com a oportunidade de vestir a camisa colorada, vontade esta que, como revelou, carrega consigo desde o primeiro contato com a direção do Clube do Povo. “Quando surgiu o interesse do Internacional eu não tive nenhuma dúvida em falar para os meus representantes que queria estar aqui. Desde o começo, todos os dirigentes aqui do Clube sabiam da minha decisão, assim como no Monaco. Senti algo pessoal, a história do Clube, competições que disputa, projeto, profissionais que aqui estão… tudo isso fez eu tomar a decisão de vir para cá.”

A coletiva de apresentação do atleta foi aberta pelo vice-presidente de Futebol colorado Alessandro Barcellos, que destacou o currículo extenso do jovem reforço alvirrubro. “O Boschilia chega com uma importante experiência de quatro temporadas e meia fora do país, na Europa. Foi para lá jovem. Um jogador de Seleção Brasileira de base, vice-campeão mundial Sub-20, e que se trata de uma convicção do departamento.” Na sequência, o diretor executivo Rodrigo Caetano fez questão de revelar a importância que a vontade de Gabriel em vestir a camisa alvirrubra exerceu durante as tratativas, que se estenderam ao longo de aproximadamente dois meses. “Esta negociação durou cerca de 60 dias, e foi fundamental a demonstração de vontade por parte do atleta, que deixou claro ao Monaco que queria voltar ao Brasil, e ao Internacional. Quando os objetivos se encontram, fica muito mais fácil atingir o sucesso.” Os diretores ainda citaram a presença do presidente Marcelo Medeiros, que prestigiou a entrevista realizada na Sala de Conferências do CT Parque Gigante.

Confira os principais trechos da entrevista:

Alessandro Barcellos:

“É com imensa satisfação que a vice-presidência de Futebol, em nome da nossa direção, anuncia, hoje, perante imprensa, comunidade esportiva e nossos torcedores, a chegada do Gabriel Boschilia. Um jovem jogador, que vem para contribuir com o nosso grupo e chega com uma importante experiência de quatro temporadas e meia fora do país, na Europa. Foi para lá jovem. Um jogador de Seleção Brasileira de base, vice-campeão mundial Sub-20, e que se trata de uma convicção do departamento.”

“Todas as decisões são sempre colegiadas sobre aquilo que é visto como necessidade de implementação no grupo e respeita as condições financeiras do Clube. Evidentemente, aqui é preciso ressaltar que a vontade do Boschilia foi fundamental para que pudéssemos concluir o negócio com êxito. Com muita satisfação, queremos desejar muita sorte e sucesso. Que possamos, juntos, fazer um grande ano de 2020. Esperamos muitas alegrias e vitórias juntos.”

Rodrigo Caetano:

“Agradecemos a compreensão de todos pela espera, estávamos acelerando os procesos para que, hoje mesmo, o Boschilia esteja no BID e inscrito nas competições que temos pela frente. Dito isso, saúdo também a presença de nosso presidente, quem chancela todos os movimentos do Departamento de Futebol.”

“No caso do Boschilia, o Internacional tem um orçamento do qual não desvia um milímetro. Por conta disso, conduzimos a operação da maneira que nos era possível. Os investimentos acontecem conforme o tamanho do nosso bolso. Neste primeiro momento, trouxemos os direitos federativos e adquirimos 20% dos federativos. Temos, e esperamos concluir, a obrigatoriedade de mais 10%, e ainda existe a opção de mais 40%. É um modelo que encontramos neste ano, para essa janela, de trazer reforços jovens, com expectativa de reforço técnico e, posteriormente, financeiro também. Todos foram mapeados, os processos, respeitados, a partir de um levantamento com o nosso treinador. Atendendo a todas estas tarefas, o Internacional com certeza tem capacidade de executar este movimento.”

“Boschilia participou da última conquista de um ‘intruso’, que não o PSG, no Campeonato Francês. O desempenho dele no São Paulo e nas Seleções de base também comprovam o que esperamos. Esta negociação durou cerca de 60 dias, e foi fundamental a demonstração de vontade do atleta, que deixou claro ao Monaco que queria voltar ao Brasil, e ao Internacional. Quando os objetivos se encontram, fica muito mais fácil atingir o sucesso. A expectativa é gigante, e tenho certeza que o Clube fez uma escolha correta, assim como você, Boschilia, também fez para a tua carreira. Conte com todos nós, e com a torcida colorada. Seja bem-vindo!”

Gabriel Boschilia:

“Boa tarde. Quando surgiu o interesse do Internacional eu não tive nenhuma dúvida em falar para os meus representantes que eu queria estar aqui. Desde o começo, todos os dirigentes aqui do Clube sabiam da minha decisão, assim como no Monaco. Senti algo pessoal, a história do Clube, competições que disputa, projeto, profissionais que aqui estão… tudo isso fez eu tomar a decisão de vir para cá.”

Como avalia os primeiros anos de carreira

“Fui cedo para a Europa. Cheguei no Monaco e fui emprestado para a Bélgica. Quando tive oportunidades por lá, aproveitei. No segundo ano na França, fui campeão, marcando 8 gols em 16 jogos. Então, tive uma lesão. Depois dela, tive alguns momentos difíceis, mas uma questão técnica, por não estar jogando. Dentro de campo, do meio para a frente estou à disposição do treinador. Estou aqui para ajudar. Entendo que minha passagem pelo exterior foi vitoriosa, e chego aqui com muita gana de vencer.”

“Eu saí do Monaco para subir um degrau, vindo para cá. Pelo projeto, pelo Clube, pela história, a maneira com que conduziram as negociações, eu senti muita confiança, muita vontade. Quando vi esse conjunto, minha decisão não poderia ser outra que não vir ao Inter.”

Características

“Minhas características estão no arremate, cobrança de falta. Me considero rápido, tenho boa visão de jogo. Mas tudo isso eu preciso mostrar dentro de campo, não aqui, falando.”

“Não tenho muito o que apresentar. Espero que a torcida colorada nos apoie, e retribuir o apoio com muita alegria. É grande a satisfação em estar aqui.”

“Eu estou pronto para jogar. Estava em meio de temporada. Fisicamente, estou 100%. Hoje já vou treinar e estou à disposição do professor.”

Com quem buscou informações sobre o Inter

“Foram quase 60 dias de negociação. Quando começamos a falar, o elenco ainda estava em férias e o professor não estava acertado aqui. Venho acompanhando, já falei com o Marcos Guilherme, que conhecia de antes. Hoje tive um primeiro contato com os jogadores. Todos foram muito legais comigo, assim como Coudet, conversamos muitas coisas. Eu vinha acompanhando, e acho que estamos no caminho certo para um grande ano de muitas conquistas.”

“O Oscar é um amigo meu. Alguém que considero muito. Tem uma história linda aqui. Quando chegou a ideia, minha mulher falou com a dele, que só disse maravilhas do Clube e da cidade. Fiquei muito feliz de ele me passar a confiança para estar aqui.”

Revelação da base do Guarani, Boschilia foi negociado com São Paulo em 2012. No tricolor paulista realizou 44 jogos e, de lá, foi vendido ao Monaco (FRA), em 2015. O meio-campista também soma passagens pelas categorias de base da Seleção Brasileira, tendo disputado a Copa do Mundo Sub-17 no ano de 2013, anotando seis gols em quatro partidas. Em seu currículo, ostenta, ainda, convocações para as categorias Sub-20 e Sub-21. No Velho Continente, Gabriel ainda atuou por Standard Liége (BEL) e Nantes (FRA). Com o Inter, o jogador assinou contrato até o final de 2022.

Ficha do atleta

Nome: Gabriel Boschilia

Nascimento: 05/03/1996

Natural: Piracicaba-SP

Altura: 1,72m

Carreira:

2014| São Paulo

2015| Monaco (FRA)

2016| Standard Liége (BEL)

2018| Nantes (FRA)

2019| Monaco (FRA)

Conquistas:

2016| Copa da Bélgica

2017| Campeonato Francês

Inter contrata meio-campista Gabriel Boschilia

O Sport Club Internacional anuncia que concluiu as tratativas com o Monaco (FRA) para a contratação do meio-campista Gabriel Boschilia. O jogador viajará para Porto Alegre e assinará contrato com o Colorado até o final de 2022, após a realização de exames médicos.

Revelação da base do Guarani, o jogador foi negociado para o São Paulo em 2012. No clube paulista realizou 44 jogos e foi vendido para o futebol francês em 2015. Boschilia também possui histórico nas categorias de base da Seleção Brasileira, tendo disputado a Copa do Mundo Sub-17 no ano de 2013, anotando seis gols em quatro partidas, e também tem no currículo convocações para as categorias Sub-20 e Sub-21.

Além de ter atuado no Monaco, o meio-campo também passou pelo Standard Liége (BEL) e Nantes (FRA).

Ficha do atleta

Nome: Gabriel Boschilia

Nascimento: 05/03/1996

Natural: Piracicaba-SP

Altura: 1,72m

Carreira:

2014 | São Paulo

2015 | Monaco (FRA)

2016 | Standard Liége (BEL)

2018 | Nantes (FRA)

2019 | Monaco (FRA)

Conquistas:

2016 | Copa da Bélgica

2017 | Campeonato Francês

Inter acerta contratação do meio-campista Musto

O Sport Club Internacional concluiu as negociações para anunciar o meio-campista Damián Musto, que estava no Huesca, da Espanha. O atleta firmará contrato de empréstimo até o final de 2020 após realizar exames médicos. O jogador de 32 anos iniciou sua carreira profissional no Quilmes, em 2006. Também defendeu o Atlético Tucumán, onde jogou de 2008 até 2010, até transferir-se para o Spezia, da Itália, e depois regressar ao futebol argentino, atuando no Olimpo e Rosário Central.

Foi no clube da província de Santa Fé que se destacou, sendo peça fundamental nas boas campanhas da equipe no Campeonato Argentino de 2015, na Copa Libertadores e na Copa Argentina, em 2016. O bom desempenho despertou interesse do Tijuana, do México, para onde foi vendido no ano de 2017. No Huesca, estava cumprindo sua segunda temporada no futebol espanhol.

Ficha do atleta:

Nome: Damián Marcelo Musto

Nascimento: 09/06/1987

Natural: Casilda (ARG)

Altura: 1,83m

Carreira:

2006 | Quilmes

2008 | Atlético Tucumán (ARG)

2010 | Spezia (ITA)

2011 | Olimpo (ARG)

2014 | Rosário Central (ARG)

2017 | Tijuana (MEX)

2018 | Huesca (ESP)