Clube do Povo e Americanas proporcionam tarde especial às crianças da FECI

Festa de Natal foi promovida no ginásio Gigantinho (Fotos: Felipe Bortoluzzi)

Em meio a tantas desigualdades e adversidades vividas em nossa sociedade, algumas atitudes podem fazer toda a diferença, principalmente quando tratamos de nosso futuro: as crianças e os adolescentes. O Clube do Povo, em parceria com a Americanas, patrocinadora oficial do Inter, proporcionou um momento especial nesta terça-feira (21/12) para cerca de 120 jovens atendidos nos projetos sociais da Fundação de Educação e Cultura do Internacional (FECI).

No ginásio Gigantinho, foi promovida uma festa de Natal para mais de uma centena de crianças e adolescentes que fazem parte do Interagir e do Interabilita. O evento contou com uma lista gigante de atrações e convidados especiais. O mascote Saci foi o anfitrião, juntando-se à criançada para comandar a festa, que contou com brinquedos infláveis e camas elásticas fornecidas pelas Americanas.

Para alegria geral, no meio da tarde o Papai Noel adentrou o ginásio dirigindo um “tuk-tuk”. Ele distribuiu os presentes angariados junto aos funcionários do Clube, que apadrinharam cada uma das crianças. Além disso, estavam à disposição lanches e bebidas, fornecidos com apoio de Dario Rodrugues, do Núcleo de Apoio da FECI (NAFE).


Teve campeão do mundo marcando presença também. Índio, ex-zagueiro e ídolo colorado, apareceu de surpresa para fazer a alegria da criançada e distribuir presentes. “Depois de 10 anos atuando no Internacional, o Clube se tornou sinônimo de família após encerrar a minha carreira. Parabéns ao Inter por toda essa demonstração de amor ao próximo. Vim aqui para retribuir todo o amor e carinho que sempre recebo fora de campo”, declarou a lenda colorada.

Para quem pôde desfrutar da ocasião e testemunhar o sorriso de seu filho, tudo foi ainda mais belo. Rubia Braz, mãe de Artur, menino de cinco anos atendido pelo projeto Interabilita desde o seu primeiro ano de idade, viveu uma tarde inesquecível. “O Artur encontrou aqui muito mais do que o atendimento que ele precisava. Encontrou carinho, acolhimento, pessoas maravilhosas que prestam um cuidado personalizado, de acordo com o que ele gosta, como músicas e números. Hoje, foi um momento especial. Normalmente ele estranha alguns lugares, mas ele se sente em casa no Gigantinho e está podendo participar tranquilamente”.

Os projetos colorados oferecem serviços de convivência e fortalecimento de vínculos a crianças e adolescentes no turno inverso ao escolar, além de aulas de reforço, informática, artes, esporte, atendimento psicológico e refeições. O trabalho da fundação superou inúmeras dificuldades durante o último ano, sobretudo em função da pandemia, que restringiu o atendimento às crianças.

Valdir Scariot, presidente da FECI, celebrou o recomeço: “É um momento especial para as crianças e para todos nós que representamos a FECI. Uma oportunidade de mostrar a importância e a função social da fundação. Projetamos um crescimento significativo para o próximo ano, dobrando o número de crianças atendidas”, planejou.

O evento está em linha com o propósito da Americanas de “somar o que o mundo tem de bom para melhorar a vida das pessoas”. A iniciativa também busca reforçar o comprometimento da marca com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da ONU, tais como a redução das desigualdades (ODS 10).10).

Especial homenageia D’Alessandro

Novo dia, novo presente da Colorada para a Maior e Melhor Torcida do Rio Grande. Se a quinta-feira (24/12) ficou marcada por entrevista com Maurício Salgado, nesta sexta (25/12) o Programa do Inter transmitiu especial em homenagem a Andrés Nicolás D’Alessandro. Ouça o conteúdo, que relembra todos os 12 anos do gringo no Clube do Povo:

Sport Club Internacional · Rádio Colorada | Especial Andrés Nicolás D’Alessandro
Créditos:
ATAQUE COLORADO – “LA BOBA”;
KANHANGA – “RAP DO D’ALESSANDRO”;
LEOPOLDO RASSIER – “VETERANO”;

Música incidental:
Faixas do álbum “Astor Piazzolla – Greatest Hits”;
e remixes de tangos clássicos argentinos retirados do Youtube (vários artistas);

Não existe estrangeiro na história do futebol canarinho com tanto sucesso quanto El Cabezón. Todos queriam ter D’Alessandro, mas apenas a torcida colorada pode encher a boca para falar que, ao longo de 517 partidas, 95 gols, 113 assistências e 13 títulos, teve Andrés. O maior camisa 10 do Rio Grande, sinônimo de Internacional, chegou ao Beira-Rio elogiando o estilo dos jogadores brasileiros. Mal ele sabia que, com o tempo, os brasileiros se apaixonariam por ele. No especial, você lembra porquê!

Consulado de Barracão promove ação de Natal

Show de solidariedade! A segunda edição do Natal Colorado organizado pelo Consulado de Barracão-RS ocorreu às vésperas do Natal de 2019, e distribuiu cerca de 63kg de balas entre as crianças residentes nos bairros carentes do município.