Inter é derrotado em Fortaleza

Inter foi superado no Castelão/Foto: Ricardo Duarte

Em partida da 21ª rodada do Brasileirão, o Internacional foi derrotado pelo Fortaleza, na noite deste domingo (07/08), por 3 a 0. Lucas Crispim, Hércules e Robson marcaram os gols do duelo, disputado no Castelão. Agora, o Clube do Povo volta atenções para a CONMEBOL Sul-Americana. Na próxima quinta-feira, às 19h15, o Colorado decidirá como mandante uma vaga nas semifinais da competição. Clique aqui e confirme presença no duelo contra o Melgar-PER.

+ Galeria de fotos;


Bola parada é decisiva para o Fortaleza

Inter foi a campo repleto de mudanças/Foto: Ricardo Duarte

Muita transpiração, pouca inspiração. Assim pode ser definido o primeiro tempo da partida deste domingo, marcado por excessivos erros dos dois lados. Enquanto o Fortaleza pecava pelo individualismo, que dificultava o andamento de suas jogadas, o Inter, escalado de maneira bastante modificada em relação às últimas partidas, pouco conseguiu acionar Alan Patrick, atleta mais criativo do meio de campo colorado. Quando ativado, contudo, o 10 armou boas chances para o Clube do Povo.

Alan Patrick criou boas jogadas no primeiro tempo/Foto: Ricardo Duarte

Aos 9, Alan fez o corta-luz, facilitando a chegada da bola em Romero. Do centroavante ela partiu para Pedro Henrique, que tinha espaço à disposição e cruzou. Fechada demais, a tentativa de assistência encobriu a meta tricolor e saiu pela linha de fundo. Depois, aos 25, o próprio Patrick lançou PH, que de novo levantou na área. Desta vez, na medida para Romero, que cabeceou por cima.

Aos 29, o atacante Romarinho foi expulso após xingar a arbitragem. A partir daí, os ânimos ficaram extremamente acirrados, e tanto as faltas quanto os cartões viraram regra. Simpático às ambições mandantes, o roteiro picotado resultou em gol de bola parada para o Fortaleza. Lucas Crispim, às vésperas do intervalo, foi quem marcou em cobrança direta e precisa feita pela intermediária de ataque.

Romero estreou como titular no Inter/Foto: Ricardo Duarte

Segundo tempo

Mano fez quatro trocas ainda no intervalo. Taison, Edenilson, Renê e Alemão começaram o segundo tempo em campo, substituindo David, Liziero, Thauan Lara e Romero. As mudanças deixaram o Inter mais ofensivo, mas também ofereceram o contragolpe para o Fortaleza, que marcou o segundo com Hércules, aos 21, e o terceiro em jogada de contragolpe. Lançado na área colorada, Robson finalizou para o gol aberto e deu números finais à partida.


Primeiro tempo

9min – Depois de corta-luz de Alan Patrick, Romero inverte o jogo pelo chão. Pedro Henrique recebe na quina direita da grande área e tenta o cruzamento fechado, mas a bola toma muita força e sai pela linha de fundo.

11min – UH! Inter escapa em contragolpe rápido. David percebe Johnny nas costas da marcação e dá o passe em profundidade para o volante, que tenta o cruzamento rasteiro. A zaga afasta.

13min – Lucas Sasha invade a área colorada pela direita e chuta rasteiro. Na rede – de fora.

25min – POR CIMA! Alan Patrick recebe com espaço pelo corredor central de ataque e serve linda bola para PH. Pela direita, o 28 leva a melhor em cima da marcação e cruza para Romero, que cabeceia por cima. Boa chegada!

29min – NA RUA! Romarinho é expulso por reclamação.

31min – Romero recebe o amarelo por antijogo.

35min – Thauan amarelado.

36min – CANTO BOLA! Thauan recebe bom passe pela esquerda e tenta o cruzamento rasteiro. Benevenuto corta pela linha de fundo.

37min – Festival de cartões! Ronald recebe o amarelo.

40min – Mais uma amarelo, agora para Johnny.

41min – Com desvio, Capixaba cobra falta frontal em direção ao gol colorado. Escanteio para o Fortaleza.

43min – Liziero amarelado.

44min – Crispim abre o placar para o Fortaleza.

45min – Mais três. Vamos a 48 no primeiro tempo.

48min – Intervalo no Castelão.


Segundo tempo

0min – Quatro mudanças no Inter: Edenilson, Taison, Alemão e Renê nas vagas de Liziero, David, Romero e Thauan.

2min – Moisés invade a área colorada pela esquerda, aposta na jogada individual e bate cruzado. Keiller toca na bola com a ponta dos dedos, e ela sai em escanteio.

4min – POR CIIIIMA! Linda bola de Taison para Renê, que cruza rasteiro. Mesmo desequilibrado, Pedro finaliza com perigo.

10min – VALEU! De fora da área, Pedro Henrique arrisca de perna canhota. Fernando Miguel se estica para defender.

13min – Alan Patrick é amarelado.

17min – Pena por Kaique: feita a última troca colorada.

18min – NA TRAVE! Edenilson recebe de Pena, deixa dois marcadores para trás e cruza fechado. A bola beija o poste e sai em tiro de meta.

19min – Crispim e Ronald deixam o campo. Entram Hércules e Zé Welison no time da casa.

20min – Por detalhe, PH não domina lançamento de Pena, que o deixaria cara a cara com Fernando Miguel.

21min – Hércules amplia o placar.

27min – Robson invade a área colorada pela direita e chuta abafado por Keiller. Escanteio.

28min – Inter trama bonito na frente, com Taison, Alan Patrick e Edenilson. O camisa sete recebe na entrada da área e chuta cruzado, de direita. Fernando Miguel encaixa.

30min – Robson se aproxima da meta colorada a dribles, ganha ângulo para a perna direita e enche o pé. Tiro de meta.

38min- Robson marca o terceiro.

40min – Depietri vem, Moisés vai. Mudança nos mandantes.

45min – Mais quatro. Vamos a 49.

46min – Fabrício e Lucas Lima são as últimas novidades no Fortaleza. Robson e Sasha deixam o gramado.

49min – Jogo encerrado.


Ficha técnica:

Fortaleza (3): Fernando Miguel; Brítez, Benevenuto, Titi e Juninho Capixaba; Ronald (Zé Welison), Sasha (Lucas Lima) e Crispim (Hércules); Romarinho, Robson (Fabrício) e Moisés (Depietri).

Internacional (0): Keiller; Bustos, Vitão, Kaique Rocha e Thauan Lara (Renê); Johnny, Liziero (Edenilson), Pedro Henrique, Alan Patrick e David (Taison); Romero (Alemão). Técnico: Mano Menezes.

Gols: Lucas Crispim, aos 44’/1ºT, Hércules, aos 21’/2ºT, e Robson, aos 38’/2ºT (F).

Cartões amarelos: Ronald (F). Romero, Alan Patrick, Johnny, Liziero e Thauan Lara (I).

Cartão vermelho: Romarinho (F).

Arbitragem: Wagner do Nascimento Magalhães, auxiliado por Thiago Henrique Farinha e por Marcio Correia Dias. Quarto árbitro: Luciano Miranda Filho. VAR: Rodrigo Nunes de Sá.

Estádio: Beira-Rio.

Gurias são derrotadas na última rodada da primeira fase nacional

Inter encerrou a primeira fase na terceira posição/Foto: João Callegari

Pela 15ª e última rodada da primeira fase do Brasileirão A1 de 2022, as Gurias Coloradas foram superadas pelo Avaí/Kindermann, em Caçador-SC, por 2 a 1. Maii Maii abriu o placar para o Inter no Estádio Salézio Kindermann, mas Sandoval e Vilma, nos respectivos minutos finais das primeira e segunda etapas, viraram para as donas da casa.

+ Galeria de fotos;

Com o resultado, o Clube do Povo avança para as quartas de final como terceiro, colocação que reserva embate com o Flamengo, a partir do final de semana que vem, em jogos de ida e volta. Os 90 minutos iniciais do confronto eliminatório serão disputados com mando carioca, enquanto a decisão será jogada na casa colorada.

Flamengo será o próximo adversário colorado/Foto: João Callegari

Gurias marcam cedo, Kindermann empata tarde

Desfalcado por Sorriso, Duda Sampaio e Fabi Simões, suspensas, o Inter foi a campo com uma escalação bastante modificada, que viu o Avaí/Kindermann assustar primeiro. Pela direita, Débora Sorriso cobrou escanteio fechado, que ameaçou tomar o caminho do gol colorado. Atenta, Mai fez o corte de cabeça no último instante. Perigosa de um lado, a bola aérea logo seria fatal a favor das Gurias.

Gurias abriram o placar logo cedo/Foto: João Callegari

Aos seis minutos, depois de bate e rebate no corredor central da intermediária de ataque gaúcha, Isa Haas fez valer sua estatura privilegiada, e ofereceu assistência de cabeça para Maii Maii. Livre na quina direita da grande área catarinense, a meio-campista bateu forte, rasteiro e cruzado, para abrir a conta em Caçador-SC e marcar o seu primeiro gol com a camisa colorada.

O jogo ficou bastante trucando depois do gol colorado, consequência direta da precariedade do gramado local e da predisposição catarinense em amarrar com faltas qualquer tentativa de ataque das Gurias. Em busca do empate, as donas da casa voltaram a assustar no minuto 21, quando a paraguaia Sandoval teve espaço para finalizar da entrada da área. Precisa na força, a bola saiu ao lado da meta vermelha.

Maii Maii marcou seu primeiro gol pelo Inter/Foto: João Callegari

Pouco depois, Maii Maii recebeu de Millene, mais uma vez pela direita da área mandante, e repetiu o estilo do chute do gol. Desta vez, faltou direção. Já aos 32, a pressão ofensiva do Avaí/Kindermann quase resultou em gol. Depois de complicar a saída de jogo do Inter, Vilma teve a chance do empate, mas mandou por cima. A precisão que faltou à camisa 10 adversária sobrou para Sandoval, que marcou um golaço aos 44.


Inter pressiona, Avaí marca

As Gurias retornaram com novidade do vestiário: Tamara substituiu Eskerdinha, entrando na lateral-direita e deslocando Bela para a esquerda. Aos quatro minutos, a troca quase surtiu efeito imediato, já que a Bolt arriscou perigoso chute rasteiro da intermediária de ataque. Desviada por Maii Maii, a bola até tomou o caminho do gol, mas foi espalmada pela goleira.

Torcida colorada marcou presença em Caçador-SC/Foto: João Callegari

Aos sete minutos, Débora Sorriso recebeu seu segundo cartão amarelo, e deixou o Avaí/Kindermann com uma a menos em campo. Aos 12, Millene ameaçou aproveitar a maior quantidade de espaços no ataque para devolver o Inter à dianteira do placar, mas seu cabeceio foi defendido por Maike. Também pelo alto, Haas assustou aos 13. Por pouco, o testaço saiu por cima.

Aos 15, Tamara quase marcou o gol do jogo. De fora da área, pela direita, a jovem finalizou com veneno, buscando o ângulo cruzado de Maike, que deu o tapa de mão trocada e ainda contou com desvio da bola no travessão antes de ceder escanteio ao Inter. Maii Maii, na sequência, saiu cara a cara com a goleira, mas parou em novo milagre da rival.

Ataque teve boas chances na etapa final/Foto: João Callegari

Quem voltou a marcar para as Gurias foi Isabela, mas o gol foi anulado após a arbitragem indicar impedimento bastante duvidoso. Já aos 39, Bia teve boa chance, mas sofreu com o pique da bola no gramado irregular, e não conseguiu finalizar. Em uma rara escapada, o Avaí chegou à virada aos 41. Vilma, de cabeça, deu números finais à partida.

Ficha técnica:

Avaí/Kindermann (2): Maike; Raquel, Siméia, Tayane e Sorriso; Dani Venturini (Luana), Kamila e Sandoval; Vitória Kaissa (Arrieta), Vilma e Roqueline (Samhia). Técnica: Carine Bosetti.

Internacional (1): Mayara; Isabela, Bruna Benites, Isa Haas e Eskerdinha (Tamara); Maii Maii, Juliana, Capelinha (Bia Gomes) e Mai (Kamile); Millene e Lelê. Técnico: Maurício Salgado.

Gols: Sandoval, aos 44’/1ºT, e Vilma, aos 41’/2ºT (A). Maii Maii, aos 6’/1ºT (I).

Cartões amarelos: Sorriso e Samhia (A). Millene (I).

Cartão vermelho: Sorriso (A).

Arbitragem: Charly Wendy Derreti, auxiliada por Daiane Madeira e Tais da Silva. Quarto árbitro: William Machado Steffen.

Estádio: Salézio Kindermann-SC.

Com uma a menos desde o primeiro tempo, Gurias viram para cima do Santos no Beira-Rio

Millene marcou duas vezes na vitória colorada/Foto: João Callegari

Vence o Clube do Povo, na bola e na emoção! Depois de encerrarem o primeiro tempo parcialmente derrotadas por 1 a 0 e com uma jogadora a menos em campo, as Gurias Coloradas brilharam na etapa final da 14ª rodada e penúltima rodada do Brasileirão A1 para, com gols de Millene, duas vezes, e Isabela, baterem o Santos por 3 a 2 no Beira-Rio. O resultado leva o Inter aos 33 pontos na tabela, e mantém o time de Maurício Salgado na vice-liderança nacional.

+ Galeria de fotos;

+ Coletivas pós-jogo;

+ Bastidores da partida;

Já classificadas para os mata-matas do Brasileirão A1, as Gurias encerrarão a primeira fase do torneio no próximo domingo (07/08). O adversário, a partir das 11h, será o Kindermann, em partida que terá como palco o Estádio Carlos Alberto Costa Neves, em Caçador-SC. Matematicamente, o Inter também tem assegurada uma vaga no G4, o que garante o mando de campo no jogo de volta das quartas de final.

Isabela (6) empatou no início da etapa final

Erros das duas partes

Consequência da longa inatividade das equipes, que não disputavam uma partida desde o mês de junho, a etapa inicial correu marcada, sobretudo, pela grande quantidade de erros cometidos pelos dois lados. Escalado com duas linhas de quatro – a de meio-campistas formada pelas volantes Juliana e Isa Haas e as extremas Bia e Maii Maii -, o Inter foi quem assustou primeiro no Beira-Rio. Aos três, Bruna Benites mostrou que a bola parada era uma arma promissora, e finalizou, após cobrança de escanteio feita por Ju, com perigo, mas para fora.

Ju armou a primeira chance colorada/Foto: João Callegari

O contexto em que foi disputado o primeiro tempo, porém, interessava mais ao Santos. Extremamente aplicadas na marcação, as Sereias deixavam apenas a centroavante Cristiane desobrigada de recompor. Referência para contra-ataques, a experiente artilheira justificou, pouco a pouco, a liberdade recebida da técnica Tatiele Silveira.

Pivô ofensivo, a 11 santista quase tirou o zero do placar aos 15, mas parou, assim como sua companheira Jane, na goleira May. Depois, aos 30, Cristiane recebeu lançamento açucarado, mas a possível assistência foi cortada, com a mão, por Sorriso. Lucas Horn puniu a infração com vermelho, além de marcar falta na entrada da meia-lua da grande área colorada. Na cobrança, Brena abriu o placar.

Inter sofreu para criar chances antes do intervalo/Foto: João Callegari

Uma a menos em campo, um a mais no placar

Campeã da Copa América no final de semana passado, Duda Sampaio desembarcara em Porto Alegre apenas na tarde de terça-feira (02/08). Naturalmente desgastada, a melhor jogadora da atual edição do Campeonato Brasileiro A1 iniciou a partida desta quarta no banco, assim como a craque Fabi Simões, que ainda se recupera de lesão sofrida no mês de junho. Diante da desvantagem, contudo, Maurício Salgado não titubeou, e colocou a dupla em campo. O impacto? Foi imediato!

Duda (10) precisou de pouco mais de um minuto para servir Bela/Foto: João Callegari

Logo no primeiro minuto da etapa final, Duda, a rainha das assistências, cobrou escanteio fechado e venenoso a partir da direita do ataque colorado. Na segunda trave, Isabela apareceu praticamente em cima da linha fatal, demonstrou o já conhecido faro artilheiro e mandou para as redes. Tudo igual no placar, mas bastante diferente no anímico: apoiado pela torcida, o Inter virava dono do jogo.

Millene virou o jogo em um golaço/Foto: João Callegari

A virada chegou com Millene. Aos 19, depois de mais um cruzamento de Duda, a bola respingou na entrada da área, desviou na marcação santista e sobrou limpa para a artilheira colorada. Embora pudesse finalizar, a atacante mostrou tranquilidade para, primeiro, cortar Gi Oliveira. Com ângulo para a perna direita, Fernandes bateu colocado, com curva, na gaveta. Golaço!

Ainda mais nocauteado, o Santos logo sofreu o terceiro, que saiu com requintes de crueldade. Após recuo apertado de sua companheira, Vivi se complicou diante da pressão de Millene, que, atenta, precisou de um mísero segundo para desarmar a goleira e ampliar a vantagem colorada. Aos 42, Cristiane ainda descontou para as Sereias, dando números finais ao confronto.

Inter está na vice-liderança do Brasileirão A1/Foto: João Callegari

Primeiro tempo

3min – UH! Juliana cobra escanteio da direita, a bola viaja até a segunda trave e, por ali, Bruna aparece livre. Zagueira e capitã finaliza de perna direita, mas manda por cima.

4min – Santos tenta a resposta com Cristiane, que finaliza da entrada da área. Pra fora, com perigo.

8min – PRA FOOOORA! Lelê entorta Gi pela ponta-esquerda de ataque e cruza na medida para Maii Maii, que cabeceia com estilo. Boa chegada!

13min – Ousou! Gi Oliveira, de muito longe, cobra falta direto para a meta colorada. Com curva, a bola cai por cima da rede véu de noiva do Beira-Rio.

15min – MAAAAAAAAAAAAAAAAY! Cris invade a área colorada pela esquerda e cruza bola fechada. Goleira vermelha corta a tentativa de assistência e também cresce na sobra, quando Jane finaliza com bloqueio.

16min – Maii Maii avança pelo corredor central da intermediária de ataque do Inter e tenta a sorte. Forte demais, o chute sai por cima.

19min – CANTO BOLA! Pela intermediária esquerda de ataque, Juliana cobra falta perigosa, que cai na medida para testaço de Lelê. Desviada na marcação, a bola sai em escanteio.

30min – Sorriso é expulsa por impedir, com a mão, chance clara do Santos.

31min – Brena coloca o Santos em vantagem.

35min – CORTA A ZAGA! Maii Maii faz fila pela esquerda do ataque, deixa duas marcadoras para trás, invade a área e serve Bia, que finaliza com bloqueio da defesa. Escanteio!

36min – Cristiane faz excelente pivô para Jane, que invade a área colorada pela esquerda e finaliza cruzado. Tirando tinta, ela sai em tiro de meta.

41min – QUAAASE O EMPATE! Depois de escanteio cobrado por Ju, a bola viaja até a segunda trave, é desviada por Bruna, também por Isa, e sobra limpa para Bela, que finaliza de perna canhota. Em condição depois assinalada como irregular, a lateral manda por cima.

42min – Brena recebe o amarelo.

44min – MAY! Jane cobra escanteio pela esquerda, Cristiane leva a melhor na segunda trave, mas goleira encaixa.

45min – Mais três! Vamos a 48 no primeiro tempo.

48min – Intervalo no Beira-Rio!


Segundo tempo

0min – Gurias voltam com mudanças: Fabi e Duda nas vagas de Bia e Lelê.

1min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOL DO INTER! É GOL DO CLUBE DO POVO! É GOL DA LATERAL ARTILHEIRA, COM ASSISTÊNCIA DA CRAQUE DE SELEÇÃO! BEEEEEEEEEEEELA! Pela direita, Duda cobra escanteio venenoso, perfeito, açucarado. Na segunda trave, praticamente debaixo das traves, Isabela aparece em altíssima velocidade e acerta o testaço. Empate no Beira-Rio!

Ouça: o gol de Isabela na narração da Rádio Colorada

10min – Troca o Santos: Julia entra no lugar de Ana Carla.

11min – UUUUUUUUUH! Duda inverte LINDA BOLA para Bela, que ataca o corredor esquerdo, corta a marcação e, de dentro da área, chuta forte. Por cima, por pouco!

15min – Ketlen recebe cruzamento da direita e, com a perna esquerda, desvia para fora.

17min – QUASE A VIRADA! Fabi faz fila pela direita e cruza rasteiro, na direção de Millene. A zaga corta, mas Duda fica com a posse. Livre na meia-lua, ela chuta com desvio, e ganha o escanteio.

17min – SERIA OLÍMPICO! Duda, pela esquerda, cobra escanteio fechado. Vivi impede o gol olímpico.

18min – É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É O GOL DA VIRADA! VIRAAAAAAAAAAAAAMOS! É GOL DO INTER! É GOL DAS GURIAS! VAAAAAAAAAAAAAAMOS MEU COLORADO! MILLENE, QUE GOLAÇO! QUE GOLAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAÇO! Pressão colorada surte efeito! Pela direita, Duda recebe de Fabi e cruza bola aberta, que a zaga não corta, e Millene domina. Livre, a artilheira não dá espaço para a afobação, e prefere o corte ao chute. Feito o drible, ela ganha espaço para a perna direita e chuta com curva, no ângulo, sem chance de defesa.

Ouça: o gol de Millene na narração da Rádio Colorada

23min – Muda o Inter: sai Maii Maii, entra Mai.

26min – Duas substituições no Santos. Thaisinha e Stabile vêm, Fernanda e Bia Menezes vão.

27min – Amarelo por Fabi. Reclamação.

33min – Amarelo para Stabile. Carrinho violento em Fabi!

34min – Gadu é a última a entrar no Santos. Sai Jane.

36min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOL DO INTER! É GOL DO CLUBE DO POVO! É GOL DE MILLENE! É GOL DA ARTILHEIRA! GOOOOOOOOOOOOOOOOL! QUE VIRADA HISTÓRICA! NO GIGANTE, COM UMA JOGADORA A MENOS! É O INTER! SÃO AS GURIAS! Vivi se complica na saída de jogo e é desarmada por Millene, que desarma a goleira e, de frente ao gol aberto, manda para as redes.

Ouça: o terceiro gol do Inter na narração da Rádio Colorada

39min – Ketlen desperdiça boa chance para o Santos.

42min – Kaká é mais uma santista amarelada.

43min – Santos desconta com Cristiane. Em um primeiro momento, a auxiliar Ariela anulou o gol, mas arbitragem confirma.

45min – Mais cinco. Vamos a 50!

46min – Duda recebe o amarelo por antijogo.

48min – BRUUUUUUNA BENITES! Gi Oliveira cruza bola perigosíssima da direita, mas xerife e capitã faz o corte.

50min – FIM DE JOGO NO BEIRA-RIO! QUE VIRADA, QUE VITÓRIA COLORADA!


Ficha técnica:

Internacional (3): Mayara; Capelinha, Bruna Benites, Sorriso e Isabela; Isa Haas, Juliana, Bia Gomes (Fabi Simões) e Maii Maii (Mai); Lelê (Duda) e Millene. Técnico: Maurício Salgado.

Santos (2): Vivi; Gi Oliveira, Kaká, Jajá e Bia Menzes (Stabile); Brena, Ana Carla (Julia) e Fernanda (Thaisinha); Ketlen, Cristiane e Jane (Gadu). Técnica: Tatiele Silveira.

Gols: Isabela, a 1’/2ºT, e Millene, aos 19’/2ºT e aos 36’/2ºT (I). Brena, aos 31’/1ºT, e Cristiane, aos 43’/2ºT (S).

Cartões amarelos: Fabi Simões e Duda (I). Stabile, Kaká e Brena (C).

Cartão vermelho: Sorriso (I).

Arbitragem: Lucas Horn, auxiliado por Estefani da Rosa e Ariela Duarte. Quarta árbitra: Andressa Hartmann.

Estádio: Beira-Rio.

Rolo Compressor goleia o Galo no Gigante lotado

Inter garantiu a vitória ainda no primeiro tempo/Foto: Ricardo Duarte

O Inter deu show nesta tarde de domingo (31/07)! No Beira-Rio, o Clube do Povo atropelou no primeiro tempo, que contou com dois gols de Mauricio e um de Wanderson, e goleou o Atlético-MG pelo placar de 3 a 0. O resultado leva o Colorado aos 33 pontos na tabela, e devolve o time de Mano Menezes, que hoje foi comandado pelo auxiliar Sidnei Lobo, ao G6 do Brasileirão.

+ Galeria de fotos;

+ Coletivas de Mano Menezes e Alessandro Barcellos;

+ Bastidores;

+ Melhores momentos;

Pelo Nacional, o Colorado volta a campo no próximo domingo (07/08), às 18h, contra o Fortaleza. Válida pela 21ª rodada do país, a partida terá como palco o Castelão. Antes disso, o Clube do Povo abrirá as quartas de final da CONMEBOL Sul-Americana na quinta-feira (04/08). Às 19h15 de Brasília, o Inter visitará o Melgar-PER, em Arequipa.

Mauricio marcou duas vezes no Beira-Rio/Foto: Ricardo Duarte

ACADEMIA DO POVO ATROPELA

O Inter teve a semana cheia para se preparar para a partida contra o Galo, e mostrou que o período foi bem aproveitado para renovar o fôlego do elenco. Apoiado por quase 40 mil pessoas, o Colorado precisou de apenas seis minutos para abrir o placar no Gigante. Primeiro, Alemão se sobressaiu em meio à defesa, e fez excelente pivô para Mauricio. Com espaço, o meio-campista partiu para dentro da zaga e soltou a bomba de perna canhota. Golaço, no ângulo!

Mauricio marcou um golaço no Gigante/Foto: Ricardo Duarte

O Atlético-MG apostou nas finalizações de longa distância para reagir ao gol colorado, mas a receita não foi suficiente para assustar a meta de Daniel. Ao mesmo tempo, o Inter seguia com espaço para contragolpear, cenário praticamente fatal quando oferecido para uma linha de frente formada por Wanderson, Edenilson, Pena e Mauricio. Aos 20, o último quase ampliou a conta, mas o 2 a 0 estava guardado para Wandinho.

Pela direita, Bustos acionou Edenilson na casa dos 23 minutos. Marcado por Guilherme Arana, o camisa oito se impôs no jogo de corpo, pedalou para ganhar centímetros em direção à linha de fundo e cruzou rasteiro. Ou melhor, passou. Açucarada, a assistência recortou a grande área atleticana até encontrar o pé direito de Wanderson. De primeira, ele chutou forte, rasteiro, no contrapé de Everson. De pé em pé, a Academia do Povo marcava o segundo!

Faz e me abraça!/Foto: Ricardo Duarte

A vantagem nocauteou a equipe visitante, que praticamente não teve reação quando, após desarme preciso de Edenilson, Pena disparou com campo aberto pela frente. A partir do grande círculo do gramado, o uruguaio viu três alternativas surgirem diante de seus olhos. Pela esquerda, ele tinha Alemão. Na direita, Mauricio. Se seguisse pelo centro, o arremate. Solidário, Carlos serviu o artilheiro do primeiro gol, que desta vez apostou na classe para mandar colocado, de chapa, no cantinho. Virava goleada!

Meio-campista foi o goleador da tarde/Foto: Ricardo Duarte

Daniel brilha na etapa final

Já na reta final do primeiro tempo, Daniel brilhara com uma excelente saída de gol para abafar finalização perigosa de Ademir. Aos quatro da etapa final, ele voltou a ser decisivo para impedir o gol de honra dos atleticanos. Praticamente em cima da marca do pênalti, Jair finalizou buscando o canto. Tornando a situação ainda mais complicada, a bola desviou em Mercado e quase traiu o paredão vermelho, que mesmo assim esbanjou reflexo para fazer o milagre com a mão esquerda.

Daniel fez grandes defesas na etapa final/Foto: Ricardo Duarte

O Galo teve outra grande chance aos 17, quando Arana carimbou o poste. Atento à pressão do adversário, que retornara do vestiário com duas trocas no setor ofensivo, Sidnei Lobo chamou Pedro Henrique e Johnny para o jogo, e aumentou a combatividade da meia-cancha colorada. Mais tarde, o auxiliar ainda promoveu a estreia de Braian Romero, e também colocou Kaique e Estêvão no gramado. Com esses nomes, o Inter garantiu importante vitória na luta pela parte de cima da tabela do Brasileirão!


Primeiro tempo

2min – Mercado recebe o primeiro amarelo da partida.

6min – GOLAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAÇO! MEU DEUS, QUE GOLAAAAAAAAAAAAAAAAAAAÇO! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOL DO INTER! É GOL COLORADO! É GOL DO CLUBE DO POVO! É GOOOOOOOOOOOOOOOL! MAURICIOOOOOOOOOOOO! MAURICIOOOOO! Alemão faz o pivô e ajeita para o meio-campista, que não tem dúvidas: parte pra cima, ajeita para a canhota e solta a bomba da entrada da área. Em curva, no ângulo, ela morre fazendo o Beira-Rio explodir. INTER NA FRENTE!

9min – Keno, de fora da área, arrisca chute perigoso, mas ela sai pela linha de fundo.

11min – Ademir finaliza rasteiro. Tiro de meta para Daniel!

11min – Inter responde no contragolpe! Alemão vira o jogo para Wanderson, que invade a área e cruza. Bustos fica com ela, e tenta a devolução, mas o passe sai forte demais.

16min – Ademir atropela Bustos, e é punido com cartão.

20min – UUUUUUUH! Wanderson é a arma do contragolpe colorado! Lançado por Alemão, ele invade a área, espera a ultrapassagem do centroavante e faz a devolução de calcanhar. Camisa 35 cruza bola rasteira, que Mauricio emenda, com a canhota, de bate-pronto. Acertou a rede, mas de fora.

23min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOL DO INTER! É GOL COLORADO! É O SEGUNDO! É MAIS UM GOLAÇO! ACADEMIA DO POVO SÓ TEM UMA, E SE CHAMA IIIIIINTER ESSA LOUCURA! WANDERSOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOON! Pela direita, Edenilson recebe de Bustos, ganha da marcação no corpo, pedala e cruza por baixo, na medida para Wandinho. O camisa 11 faz a diagonal em altíssima velocidade e bate de primeira, rasteiro, e aumenta a vantagem colorada!

29min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É O TERCEEEEEEEEEEEEEIRO! É GOOOOOOOOOOOL! VIROU GOLEAAAAAAAADA! MAIS UM! É GOL! É GOL! GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! MAIS UM DO MAURICIO! MAIS UM CANHOTAÇO DELE, QUE É MAU! Contra-ataque armado, qualificado e colorado! Pena avança até a entrada da área e toca para Mauricio, que domina, corta a marcação, enquadra o corpo e solta o canhotaço. Academia do Povo: 3 a 0!

34min – DANIEEEEEEEL! Ademir aparece cara a cara com o goleiro colorado e finaliza, mas é abafado por excelente defesa do paredão vermelho!

35min – Hulk, de muito longe, bate falta em direção ao gol colorado. Pra fora.

45min – Mais dois: vamos a 47!

47min – Intervalo no Beira-Rio!


Segundo tempo

0min – Troca no Galo: Vargas e Pedrinho entram, Nacho e Ademir saem.

2min – UUUUH! Galo vai mal na saída de jogo, Alemão recupera a posse e deixa para Mauricio, que chuta travado.

4min – DA-NI-EEEEEEEEL! De mão esquerda, goleiro faz grande defesa. Vamos, paredão!

5min – EXPLODE NA ZAGA! Pena invade a área pela esquerda e tenta a assistência. A defesa corta, ela volta para o uruguaio, e ele finaliza travado.

12min – NADA? Alemão arma o chute, dentro da área, mas é tocado por trás e cai. Juiz mandou seguir.

17min – Arana finaliza da entrada da área, a bola desvia em Vitão e acerta o travessão colorado.

18min – Duas trocas no Inter: Pedro Henrique e Johnny substituem Wanderson e Mauricio.

23min – Keno deixa o campo no Atlético-MG. Entra Sasha.

25min – Rubens entra no Galo. Jair é o substituído.

28min – Arana vai, Dodô vem. Visitantes completam as mudanças.

29min – Mais duas mudanças no Inter! Estreante, Romero substitui Alemão, enquanto Kaique entra na vaga de Mercado.

32min – DANIEL! DANIEL DANIEEEEEEEL! Sasha cabeceia à queima-roupa, mas o goleiro colorado ENCAIXA e mantém invicta a meta vermelha!

36min – Romero é lançado do campo de defesa, chega na entrada da área atleticana e cruza para Pedro Henrique. De primeira, o 28 finaliza mascado.

38min – Estêvão é a última novidade no Inter. Sai Edenilson!

45min – Mais cinco minutos. Vamos a 50!

50min – FIIIIIIIIM DE JOGO NO BEIRA-RIO! GOLEADA COLORADA!


Ficha técnica:

Internacional (3): Daniel; Bustos, Vitão, Mercado (Kaique) e Renê; Gabriel, Carlos de Pena, Edenilson (Estêvão), Mauricio (Johnny) e Wanderson (Pedro Henrique); Alemão (Braian Romero). Técnico: Mano Menezes.

Atlético-MG (0): Everson; Mariano, Nathan Silva, Alonso e Arana (Dodô); Allan, Jair (Rubens) e Nacho (Vargas); Ademir (Pedrinho), Hulk e Keno (Sasha). Técnico: Cuca.

Gols: Mauricio, aos 6’/1ºT e aos 29’/1ºT, e Wanderson, aos 23’/1ºT (I).

Cartões amarelos: Mercado (I). Ademir (A).

Arbitragem: Flavio Rodrigues de Souza, auxiliado por Danilo Manis e Daniel Ziolli. Quarto árbitro: Roger Goulart. VAR: Daiane dos Santos.

Estádio: Beira-Rio.

Público: 39.541. Pagantes: 36.082. Não pagantes: 3.369.

Renda: R$ 2.054.144,00.

Inter fica no 3 a 3 com o São Paulo

Pedro marcou duas vezes no empate de 3 a 3/Foto: Ricardo Duarte

Em partida da 18ª rodada do Brasileirão, disputada no Beira-Rio, o Inter empatou em 3 a 3 com o São Paulo. Realizado nesta noite de quarta-feira (20/07), o confronto contou com gols de Pedro Henrique, duas vezes, e Edenilson para o Clube do Povo, que com o resultado chega aos 30 pontos no Nacional. No próximo domingo (24/06), o Colorado enfrentará o Palmeiras, no Allianz Parque, a partir das 16h30.

+ Galeria de fotos;

+ Coletiva de Mano Menezes;


Primeiro tempo movimentado

PH abriu o placar logo aos três/Foto: Ricardo Duarte

Os primeiros minutos de partida deixaram evidente que um grande espetáculo aguardava as mais de 32 mil pessoas presentes no Beira-Rio. Logo aos três, Pena cobrou, pela esquerda, falta em direção à segunda trave paulista. Por ali, Pedro Henrique apareceu livre, e mandou de cabeça para as redes – apesar de desvio no goleiro Thiago Couto. Ainda antes dos 10, porém, Nikão empatou para os visitantes, mantendo a briga aberta no placar.

O Inter não se abateu com o empate paulista, e retomou as rédeas do confronto a partir de então. Ofensivo, o Colorado chegou ao segundo gol em linda trama coletiva. Nas costas da marcação, Pena lançou Alemão, que chegou à linha de fundo e levantou bola fechada, que Pedro Henrique transformou em assistência. De peixinho, o 28 marcou mais um.

Camisa 28 também anotou o segundo/Foto: Ricardo Duarte

De novo, o São Paulo foi letal para igualar a conta. Depois de longa conferência do VAR, o gol colorado foi confirmado, e ainda era festejado quando Nikão anotou o segundo tento visitante. Mais uma vez, o Inter teve personalidade para seguir agredindo o rival, e chegaria ao terceiro com Alemão. O centroavante, entretanto, foi derrubado pelo goleiro. Pênalti de concurso, convertido por Edenilson.

Edenilson fez o terceiro/Foto: Ricardo Duarte

Etapa final truncada

O Colorado estava disposto a repetir o roteiro do primeiro tempo no início da etapa final. Aos quatro, Pedro Henrique foi lançado pela ponta e cruzou rasteiro. A bola passou do goleiro, bateu em Rafinha e entrou na meta paulista, mas a arbitragem anulou o lance, indicando impedimento bastante duvidoso. Devidamente acordado, o São Paulo chegou ao empate com Luciano.

Mais de 32 mil pessoas apoiaram o Inter nesta noite/Foto: Ricardo Duarte

Diferente do que ocorrera nos 45 minutos que inauguraram o confronto, o segundo tempo não contou com novo gol colorado – apesar da pressão dos comandados de Mano Menezes, e dos contragolpes perigosos da equipe paulista. Na melhor chance do Clube do Povo, Pedro Henrique recebeu bola escorada por Gabriel e quase mandou para as redes, mas colocou força demais, e ela saiu por cima.


Primeiro tempo

3min – OPA! Pedro Henrique chama Luizão pra dançar e tenta chegar à linha de fundo, mas é derrubado pelo zagueiro. Falta boa!

3min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! A FALTA ERA BOA? NO PÉ DO PENA FICOU AINDA MELHOR! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! ELE CAVA E MARCA! É GOL DE PEDRINHO! É GOL DE PEDRO HENRIIIIIIIIQUE! De perna canhota, Pena levanta na segunda trave paulista, onde PH aparece livre e manda de peixinho. O goleiro tenta, mas não consegue a defesa, e a bola morre nas redes visitantes. Inter começa com tudo!

Ouça: o primeiro gol de Pedro Henrique na narração da Rádio Colorada

9min – Nikão empata para o São Paulo.

10min – UH! Pedro Henrique recebe com espaço na entrada da área e arrisca. Tiro de meta para o São Paulo.

13min – Valeu, Pena! Pelo corredor esquerdo de ataque, uruguaio avança em velocidade e arrisca chute forte. Levou perigo!

19min – Pressiona o Colorado! Pedro Henrique é lançado pela direita e cruza bola rasteira, que atravessa a extensão da área e fica com a zaga paulista. Rival erra na saída de jogo, Edenilson fica com a posse e finaliza de perna direita, mas manda por cima.

21min – POR DETAAAALHE! Alemão deixa a zaga comendo poeira, invade a área pela esquerda e chuta cruzado. PH tenta o desvio, não consegue, e ela sai ao lado.

24min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOL! QUE BOLA, PENA! QUE BOLA! Uruguaio percebe Alemão nas costas da zaga e serve linda assistência para o centroavante, que chega até a linha de fundo e cruza na medida para Pedro Henrique. De cabeça, ele marca mais um, e recoloca o Inter na frente!

Ouça: o segundo gol de PH na narração da Rádio Colorada

28min – Luciano reclama demais, chora muito, e recebe o amarelo.

29min – Nikão volta a empatara para o São Paulo.

34min – UUUUUH! Edenilson lança PH nas costas da marcação, o atacante sai cara a cara com o goleiro e finaliza rasteiro, mas para em milagre do rival.

35min – PÊÊÊÊÊÊNLTI PARA O INTER! Linda bola de Edenilson para Alemão, que sai cara a cara com o goleiro e dá o drible, mas é derrubado. VAMOS, COLORADO!

37min – Goleiro Couto recebe o amarelo pelo pênalti.

41min – É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! GOL DO INTER! É GOL COLORAAAAAAAAADO! EDENILSON, EDENILSON, EDENIIIIIIIIIIILSON! VEM COM O SUPERED, TÁ?! QUE BATIDA! Com classe, camisa oito chama na fatiada e não dá chances ao goleirão, que até acertou o canto, mas ficou batido. Estamos em vantagem de novo!

Ouça: o gol de Edenilson na narração da Rádio Colorada

45min – Mais seis. Vamos a 51!

46min – Nestor carimba a trave colorada.

51min – Intervalo no Gigante!


Segundo tempo

0min – Inter volta com novidade. Entra Johnny, sai Mauricio!

4min – Rafinha faz gol contra. Seria o quarto do Inter, mas arbitragem viu impedimento. Sei não, viu?!

8min – Luciano marca para o São Paulo.

15min – MILAAAAAAAAAGRE DO GOLEIRO! PH chama Alemão para o jogo, e o centroavante faz linda parede. Servido, Johnny abre ângulo para a canhota e arrisca, mas o rival salva.

16min – Moledo recebe o amarelo.

17min – Três trocas no São Paulo. Diego, Wellington e Igor Gomes nas vagas de Beraldo, Marcos Guilherme e Nestor.

17min – No Inter, entra Wanderson. Alemão é quem deixa o campo.

18min – Neves e Heitor são advertidos com o amarelo.

21min – Moisés é amarelado por sofrer uma falta. Não entendi.

21min – UUUH! Pena levanta na área, Moisés ataca a primeira trave e desvia. Goleiro defende.

23min – Rafinha acerta carrinho só nas pernas de Wanderson. Amarelou também!

23min – SUBIU BONITO! Moledão recebe mais um grande cruzamento de Pena, mas não consegue o cabeceio em cheio.

25min – POR CIIIIMA! Edenilson recupera a posse depois de tentativa de PH e serve Gabriel. Dentro da área, ele ajeita para Pedro, que chega batendo de canhota, mas manda por cima.

32min – Éder entra no São Paulo. Sai Nikão.

33min – Thiago encaixa bom cabceio de Moledo. Vamos, Colorado!

36min – Luizão atropela David. Mais um cartão no jogo!

36min – Estêvão, David e Thauan são as últimas novidades no Inter. Saem Heitor, Pena e Moisés.

41min – Edenilson abre jogo até Estêvão, recebe a devolução da cria e tenta colocado. Rasteira, ela é defendida pelo goleiro.

42min – DANIEEEEEEEEEL! Wellington sai cara a cara com o goleiro colorado, que deixa o gol e cresce para cima do rival. Grande defesa!

44min – Mercado leva o amarelo.

45min – Só cinco de acréscimo.

46min – Talles Costa sai, Pablo entra. São Paulo completa as trocas.

50min – Jogo encerrado no Gigante.


Ficha técnica:

Internacional (3): Daniel; Heitor (Estêvão), Rodrigo Moledo, Gabriel Mercado e Moisés (Thauan Lara); Gabriel, Edenilson, Pedro Henrique, Mauricio (Johnny) e Carlos de Pena (David); Alemão (Wanderson). Técnico: Mano Menezes.

São Paulo (3): Thiago Couto; Igor Vinícius, Luizão, Beraldo (Diego Costa) e Rafinha; Gabriel Neves, Rodrigo Nestor (Igor Gomes) e Talles Costa (Pablo); Nikão (Éder), Luciano e Marcos Guilherme (Wellington). Técnico: Rogério Ceni.

Gols: Pedro Henrique, aos 3’/1ºT e aos 24’/1ºT, e Edenilson, aos 41’/1ºT (I). Nikão, aos 9’/1ºT e aos 29’/1ºT, e Luciano, aos 8’/2ºT (S).

Cartões amarelos: Rodrigo Moledo, Mercado, Moisés e Heitor (I). Luciano, Luizão, Rafinha, Gabriel Neves e Thiago Couto (S).

Arbitragem: Marcelo de Lima Henrique, auxiliado por Nailton de Sousa Oliveira e Renan Aguiar da Costa. Quarto árbitro: Roger Goulart. VAR: Adriano Milczvski.

Estádio: Beira-Rio.

Público: 32.804. Pagantes: 29.786. Não pagantes: 3.018.

Renda: R$ 1.577.029,00.