Colorado fica no 2 a 2 com o Corinthians

Alan Patrick marcou pela primeira vez após voltar ao Inter/Foto: Ricardo Duarte

Em duelo da sexta rodada do Brasileirão de 2022, o Internacional empatou em 2 a 2 com o Corinthians, no Beira-Rio, nesta noite de sábado (14/05). Alan Patrick e Wanderson marcaram os gols do Clube do Povo no duelo, que deixa o Colorado com nove pontos na tabela. Agora, o time de Mano Menezes volta suas atenções para a CONMEBOL Sul-Americana, torneio pelo qual irá a campo às 19h15 próxima terça-feira (17/05), como mandante, diante do Independiente Medellín.


Grande primeiro tempo no Gigante!

Colorado pressionou desde cedo/Foto: Ricardo Duarte

O Inter jogou muito futebol nos 45 minutos de abertura do confronto. Escalado com Edenilson na meia-direita, Alan Patrick centralizado e Wanderson na ponta-esquerda, além de David no comando do ataque, o Clube do Povo esteve insinuante desde cedo, e esbarrou no primeiro milagre de Cássio logo aos quatro. Segundos mais tarde, cruzamento perigoso de Pena quase resultou em gol, mas SuperEd, por detalhe, não conseguiu finalizar.

A pressão colorada viveu novo capítulo de tirar o fôlego aos 14, quando Bustos recebeu de David, tabelou com Edenilson e, de perna direita, chutou forte e rasteiro. Quase! Já a bola aérea apareceu pela vez primeira aos 21, após Pena cobrar escanteio que Mercado desviou pela linha de fundo. Maduro, o gol vermelho chegou aos 24, e serviu de recompensa perfeita à grande forma coletiva do Internacional.

Torcida marcou presença no Beira-Rio/Foto: Ricardo Duarte

No campo de defesa, Dourado percebeu o encaixe da pressão ofensiva paulista na saída de jogo do Inter e recuou para formar a linha de três. O volante atraiu a marcação e deixou com Daniel, que teve o campo aberto para acionar Pena. Em velocidade, o uruguaio partiu até o ataque e abriu com Wanderson, que cruzou de canhota. No primeiro poste, Edenilson desviou de letra. No segundo, Alan Patrick completou para o gol aberto.

Alan abriu o placar/Foto: Ricardo Duarte

Marcado na estreia de Alan Patrick tanto como titular quanto no Beira-Rio nesta segunda passagem pelo Inter, o gol foi efusivamente comemorado pelo Beira-Rio, mas sucedido por forte pressão paulista. Nas duas primeiras chances do rival, Daniel foi decisivo. Depois de grande confusão suscitada por dois cruzamentos consecutivos, porém, o Corinthians empatou, aos 30, com Raul.

O empate era injusto, e o Inter não se abalou com ele. Merecedor de uma parcial vitória, o time de Mano Menezes chegou ao segundo gol aos 44. Pela direita, David envolveu Raul com estilo antes de cruzar na cabeça de Alan Patrick. O camisa 10 testou para o chão, respeitando o manual, mas esbarrou em milagre de Cássio. No rebote, Wanderson mandou para as redes.

Wanderson (11) fez o segundo do Inter/Foto: Ricardo Duarte

Rival pressiona pelo empate

O Corinthians retornou do vestiário com Jô entre os titulares, mudança que estimulou maior aposta na bola aérea por parte dos visitantes. Na primeira oportunidade que teve, o atacante parou em defesa segura de Daniel, goleiro que voltou a ser decisivo em outro cabeceio do rival, este feito em condição irregular. Também impedido, Gil marcou. Enquanto o gol dele não valeu, o de Jô, anotado aos 18, valeu aos paulistas o empate.

Pouco depois do gol de empate, último marcado nesta noite, o jogo passou bons minutos parados por um episódio lamentável. Capitão colorado, Edenilson denunciou ter sido vítima de injúria racial por parte de Rafael Ramos, lateral do Corinthians. É inadmissível que ainda ocorram fatos desse tipo em 2022. Não há espaço para o racismo em nossa sociedade. O Clube do Povo reitera que repudia todo e qualquer ato de preconceito, e apoia o seu atleta.


Primeiro tempo

1min – Inter em cima! Alan fica com a sobra de dividida na altura do meio de campo e lança David, que invade a área, mas é travado por Raul.

4min – MILAAAAAAAAAAAGRE! Daniel, inteligente, repõe em velocidade para Wanderson. Camisa 11 deixa a marcação comendo poeira e abre jogo para David, já na entrada da área. Atacante sai de frente com Cássio e chuta de canhota, mas goleiro salva o Corinthians.

5min – UUUUUUUUUH! Pena recebe pela esquerda e cruza bola aberta. Na segunda trave, Edenilson tenta o desvio de carrinho, mas não consegue colocar direção no arremate.

6min – Róger Guedes recebe de Rafael e finaliza rasteiro. Daniel encaixa.

9min – Mano recebe o amarelo por reclamação.

12min – PRA FOOOOOOORA! David, de cabeça, consegue bom passe para Bustos, que deixa, também por cima, para Edenilson. Camisa oito devolve na medida para o argentino, que invade a área e enche o pé. Rasteira, ela sai pela linha de fundo.

16min – QUE PECADO! Zaga paulista não consegue o corte após tentativa de assistência de Alan Patrick para Wanderson, e a bola sobra para David. Livre, o atacante não consegue o domínio, e Cássio defende.

21min – AO LADO! Pena cobra escanteio pela esquerda. Na segunda trave, Mercado sobe mais do que a zaga e desvia para o chão. Quase!

22min – Maycon recebe o amarelo por impedir contragolpe colorado.

24min – GOLAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAÇO! QUE JOGADA! É A ACADEMIA DO POVO! PINTURA COLETIVA! É GOL DO INTER! É GOL DE 10! É GOL DE REESTREANTE NO GIGANTE! ALAN PATRICK: JOGA MUITO! Do campo de defesa, Inter sai com qualidade. Daniel recebe de Dourado e coloca no pé de Pena, que escapa até o ataque para então abrir jogo com Wanderson. De primeira, o camisa 11 cruza de canhota. Edenilson resvala de letra na primeira trave e mata a marcação, garantindo gol aberto para Alan Patrick, que empurra para as redes!

Ouça o gol de Alan Patrick na narração da Rádio Colorada

26min – Du Queiroz, de fora da área, finaliza rasteiro. Daniel encaixa.

28min – DANIEEEEEEL! Róger Guedes recebe de Renato Augusto, sai de frente com o goleiro e finaliza de direita. Paredão salva o Inter!

30min – Corinthians empata com Raul.

36min – Alan Patrick cobra falta central que Cássio encaixa.

42min – UH! David recebe de Alan e chuta buscando o ângulo de Cássio. Pra fora, por cima.

44min – É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É NA BASE DA INSISTÊNCIA! É NA BASE DO APERTO, DA RAÇA, DA LUTA E DA QUALIDADE! WANDERSON! É GOL DO 11! WANDINHO! Pela direita, David recebe cobrança de escanteio e faz o pivô em cima de Raul. Dentro da área, rente à linha de fundo, o atacante gira e cruza na medida para Alan Patrick. Cabeceio do camisa 10 para em milagre de Cássio, mas rebote é de Wanderson. De primeira, velocista solta o canhotaço e estufa as redes rivais.

Confira o gol de Wanderson com a narração da Rádio Colorada

45min – Mais quatro. Vamos a 49!

46min – Amarelo para Dourado.

49min – Mais um. Jogo pouco andou nos acréscimos.

50min – Intervalo no Gigante!


Segundo tempo

0min – Corinthians retorna com Jô na vaga de Guedes.

3min – Jô, de cabeça, desvia na área colorada. Daniel encaixa.

6min – DANIEEEEEEEL! Como um gato, goleiro colorado salva o Inter diante de cabeceio de Jô. Na sequência, jogo é paralisado por impedimento do atacante rival.

9min – Em condição irregular, Gil marca para os visitantes. Impedimento foi assinalado em campo e referendado pelo VAR.

15min – VITÃÃÃÃÃO! Maycon recebe de Willian e aparece livre na área colorada. De perna canhota, o meio-campista chuta forte e rasteiro. Zagueiro vermelho bloqueia!

18min – Jô empata para o Corinthians.

19min – Muda o Inter: Alan Patrick deixa o campo para a entrada de Pedro Henrique.

19min – Jô comete falta em Pena. Por isso, recebe o amarelo.

26min – Mantuan, com espaço na área do Inter, solta a bomba. Daniel salva.

30min – Jogo parado. Edenilson relata ter sido vítima de injúria racial por parte de Rafael Ramos.

34min – Alemão e Mauricio entram no Inter. Saíram David e Wanderson.

35min – QUAAAAAAAAAAAAAASE! Mauricio escapa pela esquerda e cruza rasteiro. Alemão tenta o desvio, mas não acerta a finalização.

36min – Mudanças no Corinthians: Cantillo, João Victor e Gustavo Silva substituem Renato Augusto, Rafael e Willian.

44min – Lesionado, Vitão deixa o campo. Vem Moisés.

45min – Corinthians também troca. Maycon dá lugar a Giuliano.

45min – Oito! Jogo vai até 53.

53min – Jogo encerrado.


Ficha técnica:

Internacional (2): Daniel; Fabricio Bustos, Vitão (Moisés), Gabriel Mercado e Renê; Rodrigo Dourado, Carlos de Pena, Edenilson, Alan Patrick (Pedro Henrique) e Wanderson (Mauricio); David (Alemão). Técnico: Mano Menezes.

Corinthians (2): Cássio; Rafael Ramos (Joao Victor), Raul Gustavo, Gil e Bruno Melo; Du Queiroz, Renato Augusto (Cantillo) e Maycon; Mantuan, Róger Guedes (Jô) e Willian (Gustavo Silva). Técnico: Vítor Pereira.

Gols: Alan Patrick, aos 24’/1ºT, e Wanderson, aos 44’/1ºT (I). Raul, aos 30’/1ºT, e Jô, aos 18’/2ºT (C).

Cartões amarelos: Dourado (I). Maycon e Jô (C).

Arbitragem: Braulio da Silva Machado apita, auxiliado por Alex dos Santos e Thiaggo Americano Labes. Quarto árbitro: Lucas Guimarães Horn. VAR: Emerson de Almeida Ferreira.

Estádio: Beira-Rio.

Público: 17.506. Pagantes: 14.757. Não pagantes: 2.749.

Renda: R$: 874.575,00.

Colorado empata no Alfredo Jaconi

Vitão marcou o gol colorado no Jaconi/Foto: Ricardo Duarte

Em partida da quinta rodada do Brasileirão 2022, Inter e Juventude ficaram no 1 a 1, nesta noite de quinta-feira (08/05), no Alfredo Jaconi. O resultado deixa o Clube do Povo com oito pontos na tabela do Nacional. Agora, o Colorado terá semana livre de jogos para se preparar para o embate contra o Corinthians, previsto para as 19h do próximo sábado (14/05), no Beira-Rio.


Pressão do Juventude

Colorado chega aos oito pontos no Brasileirão/Foto: Ricardo Duarte

Eduardo Baptista escalou sua equipe de maneira espelhada ao Internacional, também com um tripé de meio-campistas, que contava com Jadson, Yuri e Darlan. A disposição tática, no 4-3-3, complicou a circulação de bola do Clube do Povo, que sofreu grandes sustos nos primeiros 25 minutos. Pitta, primeiro, e Jadson, mais tarde, desperdiçaram as melhores chances do Papo neste período, obrigando Mano Menezes a mudar o esquema alvirrubro, que foi atualizado para o 4-4-2.

Mano fez correções ao longo da primeira etapa/Foto: Ricardo Duarte

A maior companhia para Alemão, refletida em nova postura de David, aumentou a presença ofensiva do Inter, que passou a assustar pela direita. Por ali, a bola aérea quase valeu gol ao Clube do Povo no minuto 39, quando Edenilson teve espaço para acertar cabeceio forte, para o chão, que César salvou. Daí em diante, o jogo seguiu franco, mas sem novas oportunidades que pudessem tirar o zero do placar.


Um gol cedo, outro gol tarde

Vitão abriu o placar logo cedo/Foto: Ricardo Duarte

O Inter abriu o placar logo no primeiro minuto da etapa final. Pela intermediária esquerda de ataque, Pena cobrou falta em curva, que Vitão, na marca do pênalti, desviou em direção às redes caxienses. Em vantagem, o Colorado criaria mais duas excelentes oportunidades para ampliar. Aos três, David cabeceou no poste. Aos 14, Pedro Henrique recebeu grande passe de Bustos antes de encher o pé na rede, mas de fora.

Sentindo seu time nocauteado, Eduardo Baptista tratou de renovar o fôlego alviverde, e colocou Paulinho Moccelin no ataque, que desde o intervalo já contava com Óscar Ruiz. Ofensivo, o time da casa passou a controlar a posse de bola e circundar a área colorada, colocando Daniel para trabalhar. Na única bola que não defendeu, o goleiro foi vazado pelo próprio Ruiz, que empatou aos 47. No minuto seguinte, Alan Patrick quase marcou o gol da vitória vermelha, mas esbarrou em milagre do goleiro César.

Alan Patrick reestreou pelo Inter/Foto: Ricardo Duarte

Primeiro tempo

2min – Primeira escapada! Edenilson lança Wanderson pela direita. Camisa 11 avança em velocidade e cruza para David, mas a zaga corta o perigo.

3min – De fora da área, Chico Kim arrisca chute rasteiro. Daniel, sem rebote, encaixa.

5min – Seguro, Bustos! William Matheus recebe na esquerda e cruza rasteiro. Lateral argentino, de carrinho, trava por escanteio.

12min – Pitta recebe de Chico, sai cara a cara com Daniel e finaliza sem direção.

13min – Amarelo para Sidnei Lobo, auxiliar-técnico colorado.

21min – Agora, quem perde boa chance para os locais é Jadson, livre pela esquerda da área do Inter.

33min – Pitta, de longe, finaliza de perna direita. Sem curva, a bola sai em tiro de meta para o Clube do Povo.

39min – UUUUH! Alemão recebe de Wanderson, escapa pela direita e cruza bola aberta para Edenilson. Na segunda trave, o camisa oito aparece como centroavante e cabeceia de acordo com o figurino, para o chão. César salva os locais!

45min – Vamos a 46. Placa subiu indicando mais um.

46min – Intervalo em Caxias do Sul.


Segundo tempo

0min – Inter volta com mudança: Pedro Henrique no lugar de Alemão.

0min – Juventude também trocou. Darlan, amarelado, deixa o campo para a entrada de Óscar Ruiz.

1min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOL DO INTER! É GOL DO CLUBE DO POVO! É GOL DE VITÃO! É A FORÇA AÉREA QUE DECIDE! Pela intermediária esquerda de ataque, Pena cobra falta com açúcar. Em curva, a bola voa até a marca do pênalti, onde Vitão, livre, desvia sem chances de defesa para César. No cantinho, o Inter sai em vantagem na Serra!

O gol de Vitão na narração da Rádio Colorada

3min – NO POOOOOOOSTE! Pedro Henrique, pela direita, cruza entre os zagueiros caxienses. David sobe mais do que os rivais e desvia no contrapé de César, que já estava batido quando a bola explodiu em sua trave.

4min – Mauricio recebe o amarelo por reclamação.

6min – Óscar Ruiz comete falta em Pedro Henrique e, por isso, é punido com o amarelo.

14min – PRA FOOOOOOOOOOOOOORA! Dourado arma contra-ataque veloz para o Inter, que escapa da defesa com Bustos. Já na área adversária, o lateral serve Pedro Henrique, que enche o pé e acerta a rede – de fora.

17min – Duas mudanças no Juventude. Paulinho Moccelin e Busanello substituem Parede e William Matheus.

17min – DANIEEEEEEEEEEEEEL! Pitta comete falta em Bruno Méndez, fica com a posse dentro da área e sai de frente com Daniel, que se agiganta para abafar chute do centroavante rival. MILAGRE!

21min – Rodrigo recebe pela direita da área colorada e cruza bola rasteira. Na segunda trave, Óscar Ruiz desvia diante do gol aberto, mas para fora. Na sequência, lance é parado por impedimento.

22min – MILAAAAAAAAAAAAAAAAAGRE! Yuri, da entrada da área, solta um canhotaço. Daniel voa e espalma pela linha de fundo. Que defesa!

25min – Alan Patrick reestreia pelo Inter! Camisa 10 é escolhido no lugar de David.

27min – FORSTER SALVA! Renê avança pela esquerda e, já da altura da grande área, cruza bola aberta. Pedro Henrique, pela direita, apenas ajeita para Edenilson, que tenta o chute colocado. Zagueiro rival bloqueia e impede o que seria o segundo gol do Inter.

28min – UH! Pena cobra escanteio pela esquerda. Na segunda trave, Pedro Henrique sobe no terceiro andar e desvia, mas a bola sai pela linha de fundo.

33min – Caio Vidal entra no Inter. Atacante substitui Wanderson.

38min – Mudanças nos dois lados. Mano tira Edenilson e coloca Gabriel, enquanto o time da casa saca Rodrigo e promove a entrada de Paulo Henrique.

39min – Vitor Gabriel recebe cruzamento de Paulo Henrique e cabeceia em direção ao canto direito de Daniel, que defende!

40min – Alan Patrick recebe o amarelo.

45min – A placa sobe e indica mais cinco. Vamos a 50!

46min – Pedro Henrique amarelado.

47min – Óscar Ruiz empata para o Juventude.

49min – SAAAAAAAAAAALVA, CÉSAR! Alan Patrick cobra falta frontal com açúcar. No ângulo, sobre a barreira, era o segundo do Inter, mas goleiro local opera um milagre.

51min – Jogo encerrado.


Ficha técnica:

Juventude (1): César; Rodrigo Soares (Paulo Henrique), Vítor Mendes, Rafael Forster e William Matheus (Busanello); Jadson, Yuri e Darlan (Óscar Ruiz); Parede (Paulinho Moccelin), Pitta e Chico. Técnico: Eduardo Baptista.

Internacional (1): Daniel; Bustos, Vitão, Bruno Méndez e Renê; Rodrigo Dourado, Edenilson (Gabriel), Wanderson (Caio Vidal) e Carlos de Pena; David (Alan Patrick) e Alemão (Pedro Henrique). Técnico: Mano Menezes.

Gols: Vitão, a 1’/2ºT (I), e Óscar Ruiz, aos 47’/2ºT (J).

Cartões amarelos: Darlan, Óscar Ruiz e Jadson (J). Mauricio, Alan Patrick, Pedro Henrique e Wanderson (I).

Arbitragem: Bruno Arleu de Araújo, auxiliado por Rodrigo Figueiredo Correa e Luiz Claudio Regazone. Quarto árbitro: Jonathan Benkenstein Pinheiro. VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga.

Estádio: Alfredo Jaconi-RS.

Juventude x Inter - Brasileirão - 08/05/2022

Colorado empata com o Guaireña-PAR no Defensores del Chaco

Colorado empatou em 1 a 1 com o Guaireña-PAR/Foto: Ricardo Duarte

Em duelo da quarta rodada da CONMEBOL Sul-Americana, o Inter empatou em 1 a 1 com o Guaireña-PAR, fora de casa, nesta noite de quinta-feira (05/05). Wanderson marcou o gol colorado na partida, disputada no Defensores del Chaco. Com o resultado, o Clube do Povo chega aos seis pontos na tabela do grupo E, segue empatada com os paraguaios, mas ocupando a segunda colocação pelos critérios.

O time de Mano Menezes volta suas atenções, agora, para o Campeonato Brasileiro. No próximo domingo (08/05), Dia das Mães, o Clube do Povo visitará o Juventude, no Jaconi, a partir das 19h. Pela CONMEBOL Sul-Americana, o retorno aos gramados ocorre em 17 de maio, no Beira-Rio, contra o Independiente Medellín.

Torcida colorada apoiou o Inter no Paraguai/Foto: Ricardo Duarte

Contragolpe abre o placar para os paraguaios

A expectativa de ataque contra defesa foi confirmada nos primeiros minutos do confronto. Logo aos dois, Edenilson assustou em cobrança de falta pela direita da área rival. Escobar, sem rebote, defendeu. Aos cinco, quem aproveitou bola parada cobrada pelo camisa oito foi Alemão, que quase marcou após escanteio batido na primeira trave.

Mauricio teve boa chance no início da partida/Foto: Ricardo Duarte

Já aos 10, Mauricio, então aberto na esquerda, foi servido por Wanderson, que iniciou o jogo na ponta-direita, e assustou em arremate rasteiro. A bola explodiu nos pés da marcação e saiu em escanteio. No minuto seguinte, Pena acertou a rede, mas de fora, tirando suspiros da Maior e Melhor Torcida do Rio Grande.

Superada casa dos 15 minutos, o domínio colorado, antes agressivo à intermediária defensiva do Guaireña, passou a sofrer com seguidos erros de passe, que limitaram o poder criativo da equipe alvirrubra. Seguro para travar o ataque do Inter, o Guaireña ansiava pelo contragolpe, e encontrou a oportunidade de seus sonhos aos 30.

Guaireña-PAR se fechou bem no primeiro tempo/Foto: Ricardo Duarte

Em velocidade, Villagra recebeu passe em profundidade e invadiu a área gaúcha. Bruno Méndez até conseguiu interceptar o iminente chute rival, mas com pênalti – na interpretação da arbitragem. Na batia, Otazú converteu, assinalando o único gol antes do intervalo.


Inter empata e pressiona

David retornou entre os titulares/Foto: Ricardo Duarte

O Colorado retornou dos vestiários com duas trocas. David e Dourado substituíram Mauricio e Gabriel, e cobraram apenas seis minutos para justificar o porquê de sua entrada. Após escape pela direita, o recém-entrado atacante cruzou bola parcialmente cortada pela zaga, mas recuperada pelo dono da camisa 13, que abriu jogo até Pena.

Dele a posse seguiu até Renê, dono de cruzamento rasteiro transformado em assistência por Wanderson. De primeira, nas redes, a finalização do 11 empatou a conta. Segundos mais tarde, David escaparia de frente com o goleiro Escobar, mas foi derrubado por Joel Giménez. Falta marcada, vermelho apresentado, e Inter com um a mais em campo!

Wanderson (11) marcou o gol colorado/Foto: Ricardo Duarte

Na cobrança da irregularidade que valeu cartão vermelho ao lateral adversário, Bustos quase virou, mas parou em milagre de Escobar. Aos 17, Alemão teve excelente oportunidade diante de cruzamento de Renê, mas cabeceou pela linha de fundo. O goleiro paraguaio voltou a ser vilão nos minutos 24, quando abafou chute de David, e 35, instante em que parou Dourado, e assim, apesar da pressão, o Inter não chegou à vitória.


Primeiro tempo

2min – UH! Edenilson cobra falta pela direita da entrada da área paraguaia. Escobar encaixa sem rebote.

5min – Edenilson cobra escanteio pela direita, a zaga não faz o corte na primeira trave, e Alemão consegue o desvio na pequena área. De primeira, ela sai por cima.

10min – Wanderson inverte boa bola para Mauricio, que domina na quina esquerda da grande área rival e arrisca rasteiro. Zaga corta em escanteio.

11min – UUUUUUUUH! Pena recebe de Renê, progride até a entrada da área adversária e, de canhota, chuta forte. Bola, que buscava o ângulo, explode na rede, mas de fora.

18min – É LISO DEMAIS! Wanderson enfileira marcadores a partir da direita e estica jogo com Alemão, que finaliza de perna direita. Paniagua trava, e a bola sai pela linha de fundo.

19min – Da direita, Edenilson cobra escanteio que Mercado desvia por cima.

22min – Otazú cobra escanteio da direita. Na primeira trave, Salinas desvia com enorme perigo.

24min – Alemão, depois de bonito drible em dois marcadores, arrisca de longe. Com desvio na zaga, ela chega tranquila para o goleiro Escobar.

28min – Alemão, de bicicleta, emenda cruzamento de Renê. Seria tiro de meta, mas arbitragem assinalou falta.

30min – Bruno Méndez comete penalidade em Villagra, e é punido com amarelo.

32min – Otazú abre o placar para o time da casa.

43min – Pena cobra falta fechada a partir da quina direita da área paraguaia. Em dois tempos, goleiro encaixa.

45min – Mais dois. Vamos a 47.

47min – Intervalo de jogo.


Segundo tempo

0min – Inter volta com duas mudanças: David e Dourado por Mauricio e Gabriel.

3min – QUASE O EMPATE! Edenilson encontra David na meia-lua. Em velocidade, o atacante faz o giro e chuta cruzado. Rasteira, ela é defendida por Escobar, que quase se complicou.

4min – Otazú cobra falta de longe, que sai por cima.

7min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOL DO INTER! É GOL COLORADO! É GOL DE WANDERSON! EMPATE DO CLUBE DO POVO NO PARAGUAI! Na direita, Bustos lança David, que levanta na segunda trave. A zaga corta parcialmente, mas Dourado recupera e deixa com Pena. Do uruguaio para Renê, que cruza, de primeira, por baixo. Wanderson também dispensa o domínio e finaliza de direita, no contrapé, sem chance de defesa. Tudo igual no Defensores del Chaco!

Ouça o gol de Wanderson na narração da Rádio Colorada

8min – EXPULSO! Edenilson lança linda bola para David, que invadiria a área de frente para o goleiro. Atacante é derrubado por Giménez, que recebe o vermelho pela falta.

9min – MILAAAAAAAAGRE! Pena cobra falta rasteira, que explode na barreira, mas sobra para Bustos. Livre, o lateral direito finaliza no canto do goleiro, que consegue salvar o time da casa.

12min Edenilson recebe pelo corredor central da intermediária de ataque e arrisca. Forte demais, ela sai por cima.

17min – PRA FOOOORA! Renê cruza bola da esquerda, que Alemão desvia pela linha de fundo. Que chance!

18min – Muda o Inter. Wesley vem, Alemão vai.

20min – DANIEEEEEEEL! Salinas recebe na direita da área colorada, faz o corte e chuta para milagre do goleiro do Inter.

22min – Toledo é o primeiro atleta a sair do banco paraguaio. Ele substitui Santacruz.

24min – SAAAAAAAAAAALVA O GOLEIRO! Edenilson, da intermediária de ataque, lança Wesley, que faz a casquinha para David. Cara a cara com o goleiro, o atacante finaliza para grande defesa do rival.

27min – David recebe de Renê e cabeceia no contrapé de Escobar. Goleiro manda por escanteio.

30min – Caio Vidal! Camisa 19 entra no lugar de Wanderson.

31min – Carlos Duarte e Alex Cáceres são as novidades do Guaireña. Sacados: Villagra e Ayala.

33min – UH! Caio recebe de David, corta para a perna direita e chuta rasteiro. Escobar defende.

34min – Duarte acerta Dourado e, por isso, recebe o amarelo.

35min – MAIS UM MILAAAAAAAAAAAAGRE! Edenilson inverte linda bola para Dourado, que deixa dois no chão e finaliza de perna direita. Goleiro Escobar opera mais uma defesa providencial.

39min – Estêvão entra, Pena sai.

40mi – Muda também o time da casa: Victor Barrios na vaga de Nelson Ruiz.

45min – Mais seis. Vamos a 51!

51min – Fim de jogo!


Ficha técnica:

Guaireña (1): Rubén Escobar; Aquilino Giménez, Nelson Ruiz (Victor Barrios), Paniagua e Joel Giménez; Jordan Santacruz (Rosalino Toledo), Juan Aguilar e Pablo Ayala (Cáceres); Richard Salinas, César Villagra (Carlos Duarte) e Mario Otazú. Técnico: Troadio Duarte.

Internacional (1): Daniel; Bustos, Mercado, Bruno Méndez e Renê; Gabriel (Rodrigo Dourado), Edenilson e Carlos de Pena (Estêvão); Mauricio (David), Alemão (Wesley) e Wanderson (Caio Vidal). Técnico: Mano Menezes.

Gols: Otazú, aos 32’/1T (G). Wanderson, aos 7’/2T (I).

Cartões amarelos: Carlos Duarte (G). Bruno Méndez (I).

Cartão vermelho: Giménez (G).

Arbitragem: Cristian Garay, auxiliado por Alejandro Molina e Miguel Rocha. Quarto árbitro: Nicolas Gamboa.

Estádio: Defensores del Chaco-PAR.

Inter pressiona, mas não sai do zero contra o Avaí

Colorado pressionou, mas não saiu do zero no Beira-Rio/Foto: Ricardo Duarte

O Colorado empatou sem gols com o Avaí, na noite deste domingo (1º/05), em partida da quarta rodada do Brasileirão de 2022. Com o resultado, o Inter, que volta a campo na próxima quinta-feira (05/05), mas pela CONMEBOL Sul-Americana, chega aos sete pontos no Nacional. O adversário neste meio de semana será o Guaireña, fora de casa.


Inter pressiona, mas não marca

Inter pressionou muito no início do confronto/Foto: Ricardo Duarte

O Inter foi a campo em ritmo frenético no Beira-Rio. Apoiado pela torcida, que protagonizava bonita festa nas arquibancadas do Gigante, o Colorado já fazia por merecer seu gol antes mesmo dos 10 minutos. A essa altura, afinal, o jogo já testemunhara boas chances de Wanderson e Alemão, que muito se encontravam em tabelas envolventes, e de Mauricio, que carimbou o poste após cruzamento de Bustos.

Vivendo semana de grande exigência para o preparo físico, o Colorado diminuiu a intensidade a partir dos 15 minutos. Atento à força do ataque vermelho, especialmente insinuante na ponta-esquerda, o Avaí também tratou de reencaixar seu sistema defensivo, recuando ainda mais as linhas, que ficaram restritas às cercanias da própria grande área catarinense.

Wanderson teve boa atuação no Beira-Rio/Foto: Ricardo Duarte

Escanteios, escanteios e mais escanteios. A bola aérea foi intensamente aproveitada pelo Inter antes do intervalo, e valeu ao Clube do Povo diversas situações de perigo latente, mas nenhuma convertida para as redes. Também Mauricio apareceu nesta fase da partida, quase abrindo a conta aos 46. O placar, contudo, estava decidido a abraçar o zero, que perdurou até o último apito da etapa.


Douglas impede a vitória do Inter

Alemão quase abriu a conta no reinício da partida/Foto: Ricardo Duarte

Assim como no primeiro tempo, o Inter também pressionou intensamente no reinício de confronto, mas passou a esbarrar no brilho do goleiro Douglas. No minuto quatro, ele impediu que Wanderson marcasse um golaço. Ainda antes, Alemão, em bonita jogada individual, havia arrancado tinta do travessão catarinense. Já aos oito, Wilton Pereira Sampaio fez o que lhe é costumeiro, e ignorou possível penalidade em Edenilson.

Aos 12, o Beira-Rio soltou o grito de gol, mas por poucos segundos. De fora da área, o insinuante Wanderson acertou as redes. Infelizmente, do lado de fora da meta. Pecado! Mais tarde, aos 23, o camisa 11 recebeu passe genial de Bustos e mandou chute forte. Douglas, que há pouco brilhara para impedir gol do recém-entrado Taison, espalmou. Com o correr dos minutos, a tensão cresceu e as chances escassearam, consagrando o empate no Beira-Rio.

Taison também teve sua chance/Foto: Ricardo Duarte

Primeiro tempo

2min – SAAAAAAAAALVA A ZAGA! Wanderson faz linda jogada a partir do campo de defesa e lança Alemão, que devolve na medida para o camisa 11. Atacante invade a área pela direita, sai de frente com Douglas e tenta a assistência para Mauricio. Antes dele, a zaga corta.

3min – UUUUUH! Alemão e Wanderson tabelam novamente, mas a zaga trava o arremate do camisa 11. Na sobra, Edenilson enche o pé. Bloqueado, o chute sai em escanteio para o Inter.

6min – PRESSÃO COLORADA! Pena escapa pela esquerda, deixa a marcação comendo poeira e cruza por baixo. Antes de Alemão, Cortez afasta de qualquer maneira pela linha de fundo.

9min – NO POOOOOOOOOSTE! Renê, de primeira, abre jogo para Wanderson, que cruza na primeira trave. A zaga corta parcialmente, mas Bustos, pela direita, emenda chute forte e rasteiro. Mauricio, no centro da área, desvia em direção à trave direita de Douglas. Teimosa, ela corre por sobre a linha e retorna em direção ao campo. QUE BLITZ!

11min – Com dores, Moledo deixa o campo. Entra Mercado.

18min – Bissoli consegue espaço na entrada da área colorada, ajeita para o pé direito e finaliza. Méndez bloqueia a trajetória da bola, que sai, com perigo, em escanteio.

30min –UUUUUH! Mauricio pega a sobra de corte da zaga e, a poucos passos da meia-lua, arrisca de perna direita. Chute cruzado sai ao lado do poste direito de Douglas.

31min – OPA! Mauricio cobra escanteio fechado pela direita. Douglas, estranhamente, afasta de soco.

37min – Pena recebe cobrança curta de escanteio e cruza fechado. A bola quase encobre Douglas, mas sai pela linha de fundo.

43min – TINHA ENDEREÇO! Após cobrança de falta feita por Pena, Gabriel controla o rebote e, a partir do corredor central da intermediária ofensiva, arrisca rasteiro. Zaga consegue o bloqueio e impede um possível gol colorado.

45min – Mais dois. Vamos a 47!

46min – Bustos cruza bola inteligente e rasteira para Mauricio, que domina sobre a risca da grande área, enquadra o corpo e manda de canhota. Com desvio na zaga, ela sai pelo fundo do campo.

47min – Intervalo no Gigante.


Segundo tempo

0min – Mudança no Avaí: Dentinho por Marcinho.

2min – ELE TÁ DEMAAAAAAAAAAAIS! Alemão deixa dois marcadores para trás em lindo drible, invade a área e enche o pé. Forte, ela sai por cima, assoviando o travessão catarinense.

3min – MILAAAAAAGRE! Wanderson chama a marcação para dançar e finaliza pela direita da área rival. Douglas voa e espalma em escanteio.

8min – NADA? Edenilson recebe cruzamento rasteiro e prepara o chute, mas sofre toque faltoso de Bruno Silva. Wilton mandou seguir. Era pênalti.

9min – Bruno Silva amarelado.

12min – PRA FOOOOOOOOOOOORA! Mauricio aciona Wanderson, que domina na quina esquerda da área rival e chuta forte. Bola explode na rede, mas de fora.

14min – Pena finaliza de fora da área. Pra fora, por pouco!

15min – Duas novidades no time visitante. Entram Rômulo e Jean Pyerre nas vagas de Bruno Silva e Copete.

16min – Edenilson amarelado.

19min – Entram David e Taison. Mano retira Mauricio e Pena.

21min – SAAAAAAAAAAAAAALVA O GOLEIRO! Taison costura da esquerda para o centro e solta a bomba. No cantinho, Douglas voa e salva o time visitante.

23min – MAIS UM MILAGRE! Bustos, de ganchinho, lança Wanderson, que recebe pela direita da pequena área e enche o pé. Douglas opera mais uma intervenção providencial.

26min – DANIEEEEEEEEEEEEEEEEEEEL! Bissoli recebe de Dentinho e se prepara para finalizar, mas é abafado por excelente saída do goleiro colorado.

29min – Estêvão e Pedro Henrique estreiam pelo Inter! Saíram Wanderson e Alemão.

33min – Avaí completa suas cinco mudanças. Pottker e Jean Cleber substituem Bissoli e Raniele.

37min – PRA FOOOOOOOOOORA! Pedro Henrique faz a finta no lateral rival, entra na área e solta o canhotaço. Tiro de meta para o Avaí.

39min – Rômulo corta da esquerda para o centro e chuta rasteiro. Daniel encaixa.

43min – David recebe de Estêvão e arma o giro sobre Arthur, mas é derrubado pelo zagueiro, que recebe o cartão amarelo.

44min – Taison é punido com o amarelo.

45min – Vamos a 50.

46min – TRAVESSÃÃÃÃÃÃO! Renê escapa pela esquerda e levanta na medida para Edenilson, que cabeceia como manda o figurino. A bola explode no poste superior!

48min – Jean Cleber vai só no corpo de Edenilson. Amarelou.

50min – Jogo encerrado.


Ficha técnica:

Internacional (0): Daniel; Bustos, Bruno Méndez, Rodrigo Moledo (Gabriel Mercado) e Renê; Gabriel, Edenilson e Carlos de Pena (David); Mauricio (Taison), Alemão (Pedro Henrique) e Wanderson (Estêvão). Técnico: Mano Menezes.

Avaí (0): Douglas; Kevin, Bressan, Arthur Chaves e Cortez; Raniele, Bruno Silva (Rômulo) e Eduardo; Marcinho (Dentinho), Bissoli e Copete (Jean Pyerre). Técnico: Eduardo Barroca.

Cartões amarelos: Edenilson e Taison (I). Bruno Silva, Jean Cleber e Arthur Chaves (A).

Arbitragem: Wilton Pereira Sampaio, auxiliado por Bruno Raphael Pires e Fábio Pereira. Quarto árbitro: Roger Goulart. VAR: Daiane Caroline dos Santos.

Estádio: Beira-Rio.

Público: 23.823. Pagantes: 3.362. Não pagantes: 20.461.

Renda: R$ 963.264,00.

Inter x Avaí - Brasileirão - 01/05/22

Inter vence o Independiente, na Colômbia, com mais um gol de Alemão

Com gol de Alemão, Inter bateu o Independiente Medellín/Foto: Ricardo Duarte

Três pontos na mala, três vitórias consecutivas na temporada e três gols de Alemão com a camisa colorada! Na noite desta terça-feira (26/04), o Clube do Povo superou o Independiente Medellín, na cidade de Pereira-COL, em partida da terceira rodada da fase de grupos da CONMEBOL Sul-Americana. O triunfo de 1 a 0 foi conquistado com gol de Alexandre Alemão, que decidiu para o Inter aos nove minutos do segundo tempo.

O gol de Alemão na voz da Rádio Colorada

> Veja as imagens da partida!

Dono de cinco pontos na competição continental, o Clube do Povo volta suas atenções para o Campeonato Brasileiro. No próximo domingo (1º/05), os comandados de Mano Menezes recebem o Avaí, no Beira-Rio, em duelo da quarta rodada nacional. O embate já conta com serviço de jogo aberto e Check-In liberado, enquanto a venda de ingressos para sócios e sócias será aberta às 10h desta quarta. Clique aqui para saber mais e confirmar presença na partida. Colorado, definitivamente, joga junto!

Inter venceu a primeira na CONMEBOL Sul-Americana/Foto: Ricardo Duarte

Inter melhor e mais agressivo

Com as estreias de Alemão como titular e de Vitão com a camisa colorada, o Inter foi a campo apresentando um distinto desenho tático nos momentos em que não tinha a bola. Alinhado ao centroavante Alexandre, Wanderson atuava como um segundo homem de frente, armando o Clube do Povo no 4-4-2, que ainda tinha os meias Edenilson na direita e Carlos de Pena pela esquerda. A postura tornou especialmente agressiva a pressão alvirrubra na saída de jogo do adversário, valendo ao time de Mano Menezes consecutivos desarmes já no campo ofensivo.

Zagueiro Vitão estreou pelo Inter/Foto: Ricardo Duarte

Referência na frente, Alemão era imediatamente acionado a cada posse recuperada pelo Inter. Combativo, o centroavante soube usar do corpo para superar a zaga desde o minuto cinco, instante no qual quase transformou cruzamento de Edenilson em assistência para gol de cabeça. Já quando construía suas incursões ao ataque, o Colorado espetava Bustos na ala-direita, segurava Renê para a saída de três, aproximava Pena e Wanderson, ativos na esquerda, e potencializava o dínamo Gabriel, inquieto no corredor central.

E foi na base da troca de passes que a Academia do Povo tramou as melhores chances do primeiro tempo. Aos 26, Bustos triangulou com Dourado e cruzou boa bola para Alemão, mas Marmolejo antecipou para ficar com ela em seus braços. No minuto seguinte, Edenilson e Gabriel tabelaram dentro da área, o 23 recebeu de frente para o goleiro e finalizou, mas foi parado por milagre. Nova defesa providencial para a manutenção do zero no placar ocorreu aos 39, diante de chute venenoso de SuperEd.

Alemão já levava perigo no primeiro tempo/Foto: Ricardo Duarte

Apesar da superioridade colorada, o DIM também criou suas chances antes do intervalo, mas sempre parou em Daniel. Cedo, aos seis, o goleiro alvirrubro defendeu em dois tempos chute forte de Vladimir Hernández. Tarde, aos 39, ele bloqueou Yulian Gómez, lateral adversário que surgia livre na área do Clube do Povo, em belíssima saída da meta. Não adiantava: o primeiro tempo era dos arqueiros, que seguraram o placar no zero.

Daniel brilhou na Colômbia/Foto: Ricardo Duarte

Alemão e Daniel brilham e garantem a vitória colorada

Os colombianos retornaram em melhor nível para a etapa final, com mudança na lateral-direita. Aos quatro, por exemplo, Méndez exigiu novo milagre de Daniel, que de mão trocada enviou pela linha de fundo arremate originalmente endereçado ao seu ângulo direito. Preocupado em atacar, o Medellín ofereceu espaços em sua defesa, que foram aproveitados pelo time de Mano Menezes aos nove. Pela esquerda, Wanderson prendeu a marcação e recebeu a companhia de Rodrigo Dourado, que invadiu a área antes de servir Alemão. Uh, Alemão!

Garçom, Dourado serviu/Foto: Ricardo Duarte

O centroavante, que vinha de dois gols marcados nos últimos dois jogos, dominou fazendo o giro de perna esquerda. De frente para a bola, esperou a zaga decidir se fecharia o passe para Edenilson, livre na direita, ou o arremate cruzado, no canto de Marmolejo. Preocupada com a assistência de Alemão, a defesa colombiana pagou para ver, e deixou o camisa 35 finalizar. Para onde? Para as redes! Golaço!

Originalmente escalado no 4-1-4-1, o DIM partiu para o 4-2-3-1 após o gol de Alemão. Como seguiu sem criar, logo abraçou o 4-2-4, e só assim passou a pressionar. Com força pelos lados, o time da casa insistiu em consecutivos cruzamentos em direção à área do Clube do Povo, mas todos esses esbarraram na data desta terça-feira. Dia do goleiro em homenagem ao aniversariante e ídolo Manga, o 26 de abril presenciou consecutivos milagres de Daniel, que foi definitivo, no mínimo em três ocasiões, para a consagração do 1 a 0 colorado.

A vitória em Pereira-COL, segunda conquistada por Mano Menezes nas duas partidas que treinou o Inter, deixa o Colorado com cinco pontos na tabela, mesmo número do Independiente Medellín. Momentaneamente, o Clube do Povo é líder do grupo E da CONMEBOL Sul-Americana, competição em que enfrentará, na quinta-feira da próxima semana (05/05), o Guaireña-PAR, no Defensores del Chaco.


Primeiro tempo

5min – DIM sai jogando errado, Pena fica com a sobra e arrisca. Sem direção, ela sai pela linha de fundo.

5min – UH! Alemão leva a melhor sobre dois zagueiros e desvia cruzamento de Edenilson, feito pela direita, por cima.

Centroavante brigou com a zaga adversária/Foto: Ricardo Duarte

6min – Daniel encaixa! De fora da área, Vladimir Hernández solta o pé, e goleiro colorado defende em dois tempos.

17min – Vitão recebe o amarelo por falta em Pons.

21min – Da esquerda, Pena cobra escanteio na segunda trave. Por ali, Alemão consegue desvio mascado em direção ao gol colombiano. Marmolejo encaixa.

26min – UUUH! Gabriel inverte linda bola para Bustos, que tabela com Dourado, escapa até a linha de fundo e cruza rasteiro. Alemão quase desvia, mas a bola sai forte e morre nas mãos de Marmolejo.

Bustos criou boa chance após tabela com Dourado/Foto: Ricardo Duarte

27min – SAAAAAAAAAAAALVA O GOLEIRO! Renê cobra lateral rápida pela esquerda. Na área, Alemão faz o pivô para Gabriel, que serve Edenilson, recebe linda devolução e, em cima da marca do pênalti, chuta colocado. Goleiro salva os locais.

36min – De pé em pé, Inter chega ao ataque pela esquerda. Acionado por Wanderson, Pena tenta o lançamento em profundidade para Alemão, mas Marmolejo deixa o gol e fica com ela.

39min – UUUUUUUUUH! Gabriel dá passe de gancho para Edenilson, que chuta forte da entrada da área. Marmolejo dá rebote, mas abafa Alemão e evita o gol colorado.

Gabriel foi um gigante em campo/Foto: Ricardo Duarte

39min – DANIEEEEEEEEEEEEEL! Bustos recua bola curta para o goleiro colorado, e Gómez tira proveito para sair cara a cara com o camisa 1 do Inter, que deixa a meta e bloqueia o arremate rival.

44min – TRAVADO! Pena recebe de Wanderson e chuta de primeira. Cadavid bloqueia o arremate, que sai em escanteio.

Canhota de Carlos de Pena segue afiada/Foto: Ricardo Duarte

45min – Mais um minuto de acréscimo. Vamos a 46!

46min – Intervalo na Colômbia!


Segundo tempo

0min – Time da casa retorna com novidade. Vem Arboleda, sai Mosquera.

4min – DANIEEEEEEEEL! De muito longe, Méndez arrisca. No ângulo, goleiro colorado espalma.

7min – Gómez invade a área colorada pela esquerda e tenta o cruzamento para Hernández. Forte demais, ela sai em tiro de meta para o Inter.

9min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOL DO CLUBE DO POVO! É GOL VERMELHO! É GOL DO INTER! É GOL DE ALEMÃO! O HOMEM É ARTILHEIRO, É CENTROAVANTE GOLEADOR, É COLORADO TORCEDOR! GOLAAAAAAAAAAAÇO! Pela esquerda, o Inter escapa em velocidade com Wanderson, que, aberto na ponta, envolve a marcação e lança Dourado. Elemento surpresa, o volante pisa na área e assiste Alemão, que faz lindo giro com a perna esquerda, engatilha o chute de perna direita e manda cruzado, no cantinho, sem chance de defesa. TRÊS GOLS EM TRÊS JOGOS, É O TANQUE COLORADO, É ALEMÃO!

O gol de Alemão na voz da Rádio Colorada

13min – Nova mudança no time da casa. Vem López, sai Loaiza.

20min – Mauricio e David vêm a campo no Clube do Povo. Saem Wanderson e Alemão.

25min – Cambindo no lugar de Arregui: terceira substituição colombiana.

26min – Amarelo para Méndez. Acertou Dourado com o cotovelo.

29min – Mais duas novidades no Inter. Johnny e Mercado nas vagas de Dourado e Vitão, que sai de maca.

Duas vitórias em dois jogos para o professor/Foto: Ricardo Duarte

30min – Mauricio e Edenilson combinam pela direita. Com espaço, o camisa oito cruza para David, que cabeceia atrapalhado pela zaga. Marmolejo defende.

32min – Encerradas as alterações do time da casa. Castrillón entra no lugar de Vladimir.

35min – MILAAAAAAAAAAAAGRE! DANIEL! DANIEL! DANIEEEEEEEL! Castrillón cobra falta pela direita, Mercado não consegue o corte na segunda trave e Pons, na pequena área, finaliza à queima-roupa. Paredão colorado salva com o braço esquerdo!

43min – Liziero por Gabriel é a quinta troca de Mano Menezes.

Liziero foi a quinta troca colorada/Foto: Ricardo Duarte

43min – QUAAAAAAASE O SEGUNDO! Mauricio recebe na quina direita da área colombiana e chuta colocado. A bola resvala na marcação e quase encobre o goleiro, mas Marmolejo se recupera em tempo de fazer a defesa.

45min – Mais seis. Vamos a 51!

48min – HERÓI COLORADO! DANIEEEEEEL! Castrillón enche o pé a partir da quina esquerda da área colorada, mas goleiro vermelho, no seu dia, no dia do aniversário de Manga, salva o Inter.

49min – Moreno recebe o amarelo. Atropelou Bustos.

51min – POR CIMA! Johnny recebe de Edenilson, invade a área em velocidade e finaliza. Tiro de meta para os locais.

Johnny quase ampliou a vantagem alvirrubra/Foto: Ricardo Duarte

51min – Mais um. Jogo vai a 52.

52min – FIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIM DE PAPO! VITÓRIA COLORADA! O INTER VENCE NA COLÔMBIA! TRÊS PONTOS PARA O CLUBE DO POVO!


Ficha técnica:

Independiente Medellín (0): Marmolejo; Mosquera (Arboleda), Víctor Moreno, Cadavid e Yulian Gómez; Arregui (Cambindo), Javier Méndez e Loaiza (López); Vladimir Hernández (Castrillón), Luciano Pons e Pineda. Técnico: Julio Comesaña.

Internacional (1): Daniel; Bustos, Bruno Méndez, Vitão (Mercado) e Renê; Gabriel (Liziero), Rodrigo Dourado (Johnny), Edenilson, Carlos de Pena e Wanderson (Mauricio); Alemão (David). Técnico: Mano Menezes.

Gols: Alemão, aos 9’/2ºT (I).

Cartões amarelos: Javier Méndez e Moreno (D). Vitão (I).

Arbitragem: Nicolas Lamolina, auxiliado por José Savorani e Mariana de Almeida. Quarto árbitro: Yael Falcón.

Estádio: Hernán Ramírez Villegas-COL.

Independiente Medellin x Inter - Sul-Americana - 26/04/2022

Gurias empatam com o Flamengo em São Leopoldo

Millene (14) marcou para as Gurias no empate com o Flamengo/Foto: João Callegari

As Gurias Coloradas ficaram no 1 a 1 com o Flamengo, na tarde deste domingo (24/04), em partida da sétima rodada do Brasileirão A1. Disputado no Cristo Rei, em São Leopoldo, o duelo contou com gol de Millene Fernandes para o Inter, chegou aos 16 pontos na tabela. O Clube do Povo volta a campo no próximo sábado (30/04), às 11h, quando visitará o Palmeiras no Estádio do Canindé.


Primeiro tempo movimentado

Equipe foi a campo pela sétima rodada do Brasileirão/Foto: João Callegari

Melhores em campo no começo da partida, as Gurias criaram três boas chances nos primeiros 10 minutos de jogo, a melhor delas com Isa Haas, que levou a melhor sobre a zaga após escanteio cobrado pela direita e quase marcou de cabeça. Debaixo das traves, Kaylane cortou o perigo para o Flamengo, que a partir de então cresceu no duelo. Aos 15, confirmando a melhora rubro-negra, Duda só não marcou, depois de boa jogada de Maria Alves, devido a carrinho de Bruna Benites, precisa para cortar o perigo já na entrada da pequena área.

Mais uma vez, Duda foi destaque/Foto: João Callegari

Puco depois, Leidiane invadiu a área colorada pela esquerda, e só foi parada com pênalti. Na cobrança, Duda abriu o placar para as visitantes, que sofreram um grande susto aos 21, quando Andressa Hartmann assinalou penalidade para o Inter. Segundos mais tarde, contudo, a árbitra percebeu que Ariela Duarte, sua auxiliar, indicara impedimento no lance, e desfez a marcação.

Pressão em busca do empate, de fato, passou a ser construída pelas Gurias a partir dos 33, instante em que Lelê concluiu veloz contra-ataque colorado e finalizou para defesa segura de Kaká. Na sequência, Duda assustou em dois chutes, um de perna canhota, feito de dentro da área, e outro de direita, endereçado à linha de fundo. Maduro, o gol do Inter saiu aos 42, quando a camisa 10 alvirrubra ofereceu sua sétima assistência no Brasileirão. Agraciada com o passe, Millene finalizou entre as pernas da arqueira para igualar a conta!

Millene empatou antes do intervalo/Foto: João Callegari

Gurias pressionam, mas não viram

Chances, chances e mais chances. As Gurias Coloradas pressionaram na etapa final, e fizeram por merecer o gol da virada. Já do intervalo, o Clube do Povo retornou com a entrada de Maii Maii no lugar de Isa Haas, desfazendo o 3-5-2 e adotando o esquema 4-3-3. Nesta formação, o Inter quase virou o jogo logo aos cinco, quando a recém-promovida Maiara passou perto de completar para as redes escanteio cobrado por Duda.

Kaká brilhou na etapa final/Foto: João Callegari

E como Duda jogou! Aos 16, a camisa 10 armou bonita jogada para Millene, que tirou proveito de confusão da goleira e quase desempatou. Passados três minutos, a meio-campista tabelou com Capelinha e, de dentro da área, encheu o pé. Por cima, por pouco. Na melhor oportunidade da craque, aos 27, ela recebeu de Fabi, chegou em velocidade pela esquerda e arrematou rasteiro. Kaká, com o pé, salvou. Vilã colorada, a goleira carioca voltaria a brilhar antes do apito final, desempenhando papel decisivo na manutenção da igualdade no placar.


Primeiro tempo

2min – UUUUUH! Millene serve Duda, que recebe na esquerda da área carioca e chuta rasteiro. Kaká se estica e defende.

8min – CANTO! Millene faz o pivô para Duda, que estica jogo para Fabi. Em velocidade, a camisa sete dispara até a lateral da grande área e cruza por baixo. Antes de Lelê, a zaga manda em escanteio.

8min – EM CIIIIIIIIMA DA LINHA! Fabi cobra escanteio da direita, e Haas, na segunda trave, consegue o desvio. Debaixo das traves, Kaylane corta.

Haas quase marcou no início do duelo/Foto: João Callegari

15min – BRUUUUUUUUUUNA! Maria Alves invade a área colorada pela direita e toca atrás, na direção de Duda. Camisa 10 domina, mas é desarmada, antes do chute, por Benites.

18min – Pênalti para o Flamengo.

19min – Duda abre o placar para as cariocas.

21min – Arbitragem indica penalidade para o Inter, mas desfaz a marcação após Ariela Duarte, auxiliar principal, indicar impedimento na origem da jogada.

33min – QUE GRANDE CHANCE! Em velocidade, Gurias escapam pela direita. Lançada por Capelinha, Fabi investe contra a marcação e serve Millene, que encontra Isabela. Com espaço na meia-lua, a camisa seis aciona Lelê. Livre, a centroavante domina na quina esquerda da grande área e chuta rasteiro. Kaká encaixa.

Fabi armou bom contra-ataque para o Inter/Foto: João Callegari

36min – UUUUUUUUUH! Lelê tabela com Isabela, recebe pela esquerda e encontra Duda, que domina na grande área e chuta forte. De perna canhota, a finalização explode na rede de fora.

40min – PRA FOOORA! Duda, de muito longe, solta a bomba de perna direita. À esquerda de Kaká, a bola sai assoviando o poste.

42min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOL DAS GURIAS COLORADAS! É GOL DO CLUBE DO POVO! É GOL DE MILLENE! É ASSISTÊNCIA DA DUDA! É EMPATE NO PLACAR! Duda leva a melhor sobre a marcação com bonito drible de corpo e serve Millene. A camisa 14 invade a área carioca pela direita, sai de frente com Kaká, espera a tomada de decisão da goleira e finaliza por entre as pernas. PRA CIMA DELAS!

O gol de Millene na narração da Rádio Colorada

45min – Mais dois! Vamos a 47!

47min – Intervalo.


Segundo tempo

0min – Gurias voltam com novidade. Entra Maii Maii no lugar de Haas.

Maii Maii entrou no intervalo/Foto: João Callegari

5min – QUASE A VIRADA! Duda cobra escanteio pela esquerda. Fechada, a batida surpreende Kaká, que quase espalma na cabeça de Maii Maii.

13min – Finalmente! Primeiro amarelo do jogo, tardiamente, é apresentado para o Flamengo. Maria Alves foi agraciada.

15min – SERIA UM GOLAÇO! De voleio, Belinha emenda cobrança de escanteio feita por Fabi Simões. Bola saiu perto!

Bela quase marcou de voleio/Foto: João Callegari

16min – QUASE, QUASE! Duda lança Millene desde o campo de defesa. Kaká, atabalhoada, deixa o gol e corta de cabeça, mas a sobra é de Fernandes, que ajeita e chuta. Goleira do Flamengo defende.

19min – POR CIIIIIIIIIMA! Duda tabela com Capelinha, recebe pela direita da área e chuta forte. Tiro de meta para o Flamengo.

Capelinha começou o jogo na volância e seguiu para a lateral/Foto: João Callegari

20min – Trocas no Flamengo: Duda Rodrigues e Stella por Leidiane e Kika.

23min – Amarelo para Zóio.

24min – De fora da área, Monalisa arrisca e acerta o travessão colorado.

26min – Gica entra no Flamengo. Saiu Maria Alves.

27min – MILAAAAAAAAAAAAAAAGRE! Millene lança linda bola para Fabi, que invade a área carioca pela esquerda e cruza rasteiro. Duda engatilha o chute, mas corta duas marcadoras no domínio, chega de frente com Kaká e finaliza. Com o pé, goleira salva o time visitante.

30min – Dois amarelos consecutivos para as Gurias. Isabela e Maii Maii receberam.

34min – Priscila e Mai entram no Inter. As sacadas foram Lelê e Zóio.

35min – UH! Duda, de muito longe, cobra falta com força. Tiro de meta para Kaká.

37min – Antijogo vale cartão amarelo para Monalisa.

41min – Tamara é chamada por Maurício. Ela substitui Millene.

43min – TRAAAAAAAAVA A ZAGA! Tamara recebe de Priscila, invade a área pela direita e chuta rasteiro. Monalisa bloqueia em escanteio.

Tamara quase marcou no primeiro toque na bola/Foto: João Callegari

44min – Andressa e Pimenta são as últimas novidades no Flamengo. Saíram Thaísa e Gisseli.

45min – Mais cinco. Vamos a 50!

47min – SALVA, MAYARA! Monalisa cobra falta frontal no contrapé da goleira colorada, que consegue a recuperação para espalmar.

50min – No último lance, Fabi quase completa para as redes depois de cruzamento de Priscila. Depois, jogo é encerrado.

Priscila foi mais uma a ameaçar o gol rubro-negro/Foto: João Callegari

Ficha técnica:

Internacional (1): Mayara; Haas (Maii Maii), Bruna Benites e Sorriso; Fabi Simões, Capelinha, Zóio (Maiara), Isabela e Duda; Millene (Tamara) e Lelê (Priscila). Técnico: Maurício Salgado.

Flamengo (1): Kaká; Monalisa, Cida, Kaylane e Rayanne; Kika (Stella), Thaísa (Andressa), Leidiane (Duda Rodrigues) e Gisseli (Pimenta); Duda e Maria Alves (Gica). Técnico: Luis Andrade.

Gols: Duda, aos 19’/1ºT (F). Millene, aos 42’/1ºT (I).

Cartões amarelos: Zóio, Isabela e Maii Maii (I). Monalisa e Maria Alves (F).

Arbitragem: Andressa Hartmann, auxiliada por Ariela Duarte da Silveira e Juarez de Mello Júnior. Quarto árbitro: Francisco Soares Dias.

Estádio: Cristo Rei.

3I8A2459

Alemão marca e Inter vence o Fluminense por 1 a 0 na estreia de Mano Menezes

Alemão marcou o gol da vitória do Inter no Maracanã/Foto: Ricardo Duarte

O MARACA É ALEMÃO! Com mais um gol do centroavante, o Inter superou o Fluminense por 1 a 0, no Rio de Janeiro, em duelo da terceira rodada do Brasileirão. Conquistada no jogo de estreia de Mano Menezes na casamata do Clube do Povo, a vitória, segunda seguida do no Nacional, deixa o Colorado com seis pontos na tabela do país.

Pelo Brasileirão, o Inter volta a campo no próximo domingo (1º/05), no Beira-Rio, contra o Avaí. Antes disso, os comandados de Mano Menzes partem para a Colômbia, onde enfrentarão o Independiente Medellín, às 21h30 de terça-feira (26/04), pela terceira rodada da CONMEBOL Sul-Americana.

Colorado chegou à segunda vitória consecutiva/Foto: Ricardo Duarte

Inter começa melhor, mas Fluminense cresce

O início de partida empolgou a torcida colorada presente no Maracanã. Nos primeiros 10 minutos de confronto, o Clube do Povo assustou em quatro ocasiões, a melhor delas desperdiçada por Moledo, que quase tirou o zero do placar após cobrança de escanteio da esquerda. Escalado pelo estreante Mano Menezes com Wanderson (também debutante) na ponta-esquerda e Mauricio na direita, além de Edenilson e Carlos de Pena como interiores, o Inter seguiu melhor até os 25, demonstrando intensidade para chegar ao ataque em bloco, com muitos jogadores pisando na área carioca.

Moledo quase marcou no primeiro tempo/Foto: Ricardo Duarte

Com o passar do tempo, o Fluminense encaixou melhor sua pressão na saída de jogo colorada, forçando erros consecutivos de nossa defesa. O cenário tornou a partida mais corrida e franca, favorecendo o estilo dos cariocas, que passaram a somar maior posse de bola e se aproximar da área do Inter. Referência ofensiva dos locais, Cano bem que tentou converter o bom momento tricolor em gol, mas sofreu para levar a melhor sobre Moledo. Seguro, Daniel também contribuiu para a manutenção do empate de 0 a 0 até o intervalo.

Mano Menezes estreou com vitória/Foto: Ricardo Duarte

Alemão decide

Dos vestiários, o Inter retornou com a primeira troca de Mano Menezes. Autor de gol decisivo no domingo passado (17/04), quando o Colorado venceu o Fortaleza, no Beira-Rio, por 2 a 1, Alemão entrou no lugar de Wesley, e precisou de apenas oito minutos para reencontrar as redes adversárias. Servido por Pena, extrema-esquerda acionado por Wanderson, o centroavante fez a diagonal a partir da direita da área carioca e antecipou a zaga para desviar, de primeira, no contrapé de Fábio. Festa colorada no Maraca!

UH! ALEMÃO!

Abel respondeu ao gol do Inter com mudança no esquema tático carioca. David Braz, zagueiro, foi sacado para a entrada de Luiz Henrique, enquanto Willian deu lugar a Jhon Arias. Mais ofensivo e leve, o time da casa partiu para o ataque, mas seguiu sem conseguir criar diante de uma zaga sólida e estrelada por nova exibição de gala de Rodrigo Moledo. Já na frente, o Clube do Povo tirava proveito dos espaços oferecidos pelo Fluminense, armando contragolpes que por detalhe não valeram mais um gol ao time de Mano Menezes.

Bustos e Carlos de Pena, antes mesmo dos 30, exigiram os primeiros milagres de Fábio. O lateral-direito, que invadiu a grande área após assistência de Edenilson, encheu o pé para defesa providencial do goleiro, ao passo que o uruguaio, na altura da meia-lua, teve seu arremate, colocado, espalmado em escanteio. Aos 42, Alemão, violentamente caçado pela marcação tricolor, superou as pancadas para, aos trancos e barrancos, arriscar de perna canhota. Com desvio de Luccas Claro, o lance quase resultou em gol, mas o placar já estava definido: 1 a 0 para o time de Mano Menezes!

Grande estreia, professor!/Foto: Ricardo Duarte

Primeiro tempo

2min – UUUUUUUH! Bustos recebe pela direita e estica jogo até Mauricio, que cruza rasteiro. Edenilson resvala na primeira trave, mas Wesley, na marca do pênalti, é antecipado pela zaga. Era gol!

3min – PRESSIONA O INTER! Wanderson recebe de Mauricio, que fazia fila na defesa carioca, e arrisca de fora da área. Por cima!

7min – QUASE O GOL COLORADO! Pena cobra escanteio da esquerdo em direção à segunda trave. Por ali, Mercado sobe mais do que a zaga e desvia para Moledo, que cabeceia por cima.

10min – FÁBIO! Pena, da entrada da área, arrisca de perna canhota. Goleiro carioca defende sem rebote.

15min – Lesionado, Manoel deixa o campo. Entra Luccas Claro.

21min – VALEU, ED! Camisa oito corta André, abre ângulo para a perna esquerda e, da entrada da área, solta a bomba. Tiro de meta para Fábio, que se esticou todo, mas não tocou nela.

31min – André, de cabeça, tenta servir Cano, que tinha espaço na área colorada. Daniel deixa o gol e encaixa sem rebote!

35min – Martinelli, de fora da área, arrisca. Daniel, no centro do gol, segura.

36min – Cano, de cabeça, tenta encobrir Danil, mas o goleiro faz mais uma defesa firme.

41min – David Braz recebe o primeiro amarelo do jogo.

44min – Willian arma contra-ataque veloz para o Fluminense. Pela direta, ele invade a área e cruza para Cano, que chega batendo. De primeira, para fora.

45min – Mais dois! Vamos a 47.

46min – MOLEDÃO! Cano recebia bom passe em profundidade na área colorada, mas zagueiro dono da camisa quatro antecipa e corta pela linha de fundo.

47min – Intervalo no Maracanã.


Segundo tempo

0min – Inter retorna com mudança. Vem Alemão, sai Wesley.

8min – É GOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOL COLORADO NO MARACANÃ! É GOL DE ALEMÃO! É DE CENTROAVANTE! UH, ALEMÃO! UH, ALEMÃO! PRA CIIIIMA! Inter roda a bola no corredor central da intermediária ofensiva. De Edenilson ela chega até Wanderson, que estica jogo na direção de Carlos de Pena. Aberto na esquerda, o uruguaio cruza rasteiro, e Alemão antecipa a zaga para desviar às redes cariocas. De pé em pé até o barbante: essa é a Academia do Povo!

O gol de Alemão na narração da Rádio Colorada

13min – Amarelo para Luccas Claro. Caçou Alemão!

14min – POR CIIIIIIIIIIIMA! Edenilson cobra falta pela direita. Na quina esquerda da grande área, Pena emenda de primeira e manda pela linha de fundo.

15min – Duas mudanças no Fluminense: Luiz Henrique e Arias nos lugares de David Braz e Willian.

16min – Também tem troca no Inter. David, de volta de lesão, entra na vaga de Wanderson.

19min – David recebe o amarelo.

26min – Boschilia entra na vaga de Mauricio. Terceira troca de Mano.

29min – QUE AULA DE CONTRA-ATAQUE! Edenilson escapa pela direita. Em altíssima velocidade, o meio-campista abre até Bustos, que invade a área e enche o pé. Fábio salva o Fluminense!

29min – FÁÁÁÁÁÁÁÁÁBIO! De Pena recebe com espaço e, a poucos passos da meia-lua, arrisca de perna canhota. Goleiro tricolor voa para espalmar em escanteio.

32min – Muda o Fluminense. Entra Fred na vaga de Martinelli, vem Matheus Martins no lugar de Ganso.

39min – Dourado por Edenilson, que sai com dores, é a última troca de Mano Menezes no jogo.

41min – Por reclamação, Fred é amarelado.

42min – QUASE! Alemão recebe de David, avança na marra e chuta de canhota. Mascada, a bola desvia em Luccas Claro e quase vai no contrapé de Fábio, que se estica todo para defender.

45min – Mais sete de acréscimos!

46min – Daniel amarelado por antijogo.

47min – Calegari acerta Alemão. Amarelo nele!

48min – Dourado também recebe o amarelo.

50min – Cartão para Arias. Caçou o Pena.

52min – FIM DE JOGO NO MARACANÃ!


Ficha técnica:

Fluminense (0): Fábio; Nino, Manoel (Luccas Claro) e David Braz (Luiz Henrique); Calegari, André, Martinelli (Fred) e Marlon; Ganso (Matheus Martins); Cano e Willian (Jhon Arias). Técnico: Abel Braga.

Internacional (1): Daniel; Bustos, Rodrigo Moledo, Gabriel Mercado e Renê; Gabriel, Edenilson (Dourado), Carlos de Pena; Mauricio (Boschilia), Wesley Moraes (Alemão) e Wanderson (David). Técnico: Mano Menezes.

Gols: Alemão, aos 8’/2ºT (I).

Cartões amarelos: David Braz, Fred, Calegari, Arias e Luccas Claro (F). David, Daniel e Dourado (I).

Arbitragem: Braulio da Silva Machado, auxiliado por Alex dos Santos e Thiaggo Labes. Quarto árbitro: Philip Bennett. VAR: Emerson de Almeida Ferreira.

Estádio: Maracanã-RJ.

Gurias vencem e assumem a vice-liderança do Brasileirão A1

Gurias venceram a quinta no Brasileirão A1/Foto: Bruno Sousa/Atlético-MG

Anota mais três pro Clube do Povo! Fora de casa, as Gurias Coloradas bateram o Atlético-MG por 1 a 0, em partida da sexta rodada do Brasileirão A1, chegaram à quinta vitória na competição, segunda consecutiva, e atingiram a vice-liderança do país. O triunfo, conquistado com gol de Lelê, deixa o Inter com 15 pontos, um a menos do que o Palmeiras, atual primeiro colocado. Agora, o time de Maurício Salgado volta atenções para o Flamengo, adversário no próximo domingo (24/04), às 16h, em duelo que contará com mando de campo alvirrubro.


Gurias começam em cima – e com gol

O início de partida foi de predomínio das Gurias, que mesmo desfalcadas de nomes importantes, como Mayara, Djeni Becker e Bruna Benites, souberam explorar os pontos fracos do Atlético-MG no gramado de Nova Lima. Inquieta e atenta, a atacante Lelê foi quem mais incomodou nos movimentos de abertura do confronto, sempre se posicionando nas costas da adiantada linha de zaga mineira. Percebida por Isa e Capelinha, a camisa 9 teve seus dois primeiros cabeceios travados por defesa da goleira Nicole e bloqueio da lateral Leidiane, mas não perdoou na terceira oportunidade que lhe foi oferecida.

Primeiro tempo foi de muita aplicação colorada/Foto: Bruno Sousa/Atlético-MG

Aos 16, Zóio cruzou da quina direita da grande área, com açúcar para Leticia, que subiu no terceiro andar e desviou com estilo, fora do alcance da goleira. Antes de cruzar a linha, a bola chegou a explodir no poste esquerdo, mas um beijo nas mãos de Nicole garantiu o gol do Inter. Em vantagem, as Gurias seguiram criando as melhores chances na continuidade da etapa inicial, enquanto o Atlético-MG, talvez subestimando o alto nível da jovem Mari Zanella, que estreava como profissional à frente da meta colorada, apostava em consecutivos chutes de longa distância.


Galo pressiona, Inter também assusta, mas goleiras brilham

Lindsay Camila tornou as Vingadoras mais ofensivas para o reinício de confronto, colocando a centroavante Nath Fabem e a meia-atacante Jayanne nas vagas de Katielle e Soraya. Em contrapartida à ousadia, a nova postura também ofereceu espaços para o contragolpe colorado, que começou a levar perigo aos três, sempre orquestrado por Duda, responsável por servir boas assistências às tentativas de Fabi e Lelê.

Apostando na bola aérea ofensiva, o Atlético-MG passou a frequentar de maneira desconfortável os arredores da área colorada, mas tinha dificuldades para agredir com eficácia a meta das Gurias. No ataque, Fabi, primeiro em chute de longa distância e depois em linda jogada pela ponta-direita, que nem Millene, nem Priscila conseguiram finalizar, respondeu com qualidade à pressão alvinegra, mas também sem o capricho necessário para ampliar a vantagem.

Rival pressionou no segundo tempo/Foto: Bruno Sousa/Atlético-MG

Atingida a meia-hora no cronômetro, as chances claras, antes escassas, se multiplicaram, e as goleiras, até então pouco exigidas, viraram protagonistas. Aos 32, Mari brilhou para espalmar, em direção ao poste superior, violento chute de Rafa Barros, impedindo o gol atleticano. Nicole respondeu com três saídas providenciais do gol, através das quais abafou arremates de Millene, duas vezes, e Fabi. Já nos acréscimos, Zanella encaixou sem rebote chute de Fabem, o último da partida.


Primeiro tempo

10min – UH! Isa lança linda bola para Lelê, que aparece nas costas de Cotrim e cabeceia. Sem força, ela morre nas mãos de Nicole.

13min – Boa chance! Da direita, Capelinha cruza bola aberta, na segunda trave, com açúcar para Lelê. A centroavante consegue o desvio, mas ela explode nas costas de Leidi e sai em escanteio.

16min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOL DAS GURIAS, É GOL DE CENTROAVANTE, É GOL DA MINHA CAMISA NOVE! LELÊÊÊÊÊÊÊ! Da quina direita da área atleticana, Zóio percebe Lelê entre as zagueiras rivais e cruza na medida. Centroavante colorada sobe no terceiro andar e desvia com estilo, mas a bola explode no poste esquerdo. O rebote, porém, explode nas mãos da goleira Nicole, e cruza a linha da meta mineira. Gurias em vantagem!

22min – Da intermediária esquerda de ataque do Atlético-MG, Soraya cobra falta direta. Por cima, ela sai em tiro de fundo para o Inter.

25min – Lelê recebe pela direita da área adversária e cruza fechado. Fabi estava na área, e por pouco não conseguiu o desvio!

26min – POR CIIIIIIIIIMA! Gurias rodam a bola por quase dois minutos. Percebida por Zóio, Duda recebe no corredor central da intermediária ofensiva e, apesar da distância, arrisca de perna direita. Forte, ela sai por cima.

30min – Karol Bermúdez arrisca de fora da área. Em curva, a bola sai pela linha de fundo.

31min – NICOOOOOOOOOOOOOOOLE! Maii Maii finta a marcação e abre jogo para a esquerda da entrada da área atleticana. Lelê briga com Leidi e a sobra é de Fabi, que invade a área, mas não finaliza por culpa da goleira rival, que sai muito bem da meta.

34min – MARI! Katielle cobra escanteio curto, recebe a devolução de Leidi e finaliza de perna canhota. Estreante como profissional, goleira colorada defende sem rebote.

44min – De longe, Aninha tenta surpreender Mari Zanella com cobrança fechada, mas a goleira colorada faz a defesa.

45min – Mais dois! Vamos a 47.

46min – MILAAAAAAAAAAAGRE! Duda intercepta saída de jogo rival e tabela com Lelê. Lançada pela centroavante, camisa 10 colorada enche o pé e exige grande defesa da goleira Nicole. Quase o segundo!

47min – Intervalo de jogo.


Segundo tempo

0min – Atlético-MG retorna com duas mudanças. Jayanne e Nath nas vagas de Soraya e Katielle.

3min – UUUUUUUH! Duda ataca de garçonete duas vezes. Primeiro, a 10 serviu Fabi, que recebeu com espaço, mas chutou sem força com a perna direita. Na sobra, a servida é Lelê, que enche o pé, mas manda pela linha de fundo.

13min – Maurício Salgado manda Priscila e Maiara a campo. Saíram Lelê e Maii Maii.

13min – Atlético-MG assusta com Cuesta, que escapa pela direita e cruza rasteiro. Isa não consegue o corte definitivo, e a sobra quase fica com Nath Fabem, mas Capelinha afasta.

16min – Mais uma substituição no Galo. Marta entra no lugar Karol, sacada com dores.

16min – SERIA UMA PINTURA! Fabi, na direita do ataque colorado, intercepta a cobrança de tiro de meta rival e arrisca. A boa encobre Nicole, mas supera o poste.

21min – MEU DEEEEEEEEEEEEEEEEEEUS! Duda linda o jogo com muito estilo para Fabi, que invade a área pela direita e cruza fechado. Nem Millene, na altura da marca penal, nem Priscila, na segunda trave, conseguem o desvio, e ela morre em arremesso lateral.

22min – Nova lesão motiva a quarta substituição nas Vingadoras: Luciana por Aninha.

29min – Muda o Inter. Capelinha deixa o campo para a entrada de Eskerdinha. Isabela é deslocada para a lateral-direita.

29min – Mari Zanella recebe o amarelo. Motivo? Sentiu dores. Isa ajuda a goleira e, por isso, também é punida com cartão.

31min – Rafaela Barros é a última novidade nas mandantes. Saiu Cuesta.

32min – MAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAARI! De muito longe, Rafaela solta um foguete, que tinha endereço. Zanella dá o tapa, a bola explode no poste superior, e a zaga corta. Milagre da minha cria!

35min – Nath Fabem faz o giro de pivô na área colorada e enche o pé. Pra fora!

37min – Novo erro na saída de bola paulista resulta em posse para Priscila, que chuta mascado. Lance quase vira uma assistência para Millene, mas Nicole deixa o gol e tranquiliza.

42min – Duda lança Fabi, que sai cara a cara com a goleira, mas não consegue o domínio e adianta demais a bola. Nicole deixa o gol e salva as locais.

43min – VALEU, DUDA! Camisa 10 costura da esquerda para o centro e, da entrada da área, arrisca. Forte, ela sai por cima.

44min – MARI! MARI! MARI! Nath desarma Duda com falta, o árbitro ignora e a atacante adversária chuta para defesa segura e sem rebote da goleira colorada.

45min – Mais cinco.

47min – ERA PARA MATAR O JOGO! Millene escapa em contra-ataque de altíssima velocidade para as Gurias. Camisa 14 invade a área atleticana pela esquerda, sai de frente com a goleira e enche o pé, mas sem direção.

48min – Duda deixa Millene de frente com a goleira, mas o domínio da camisa 14 oferece a posse para Nicole, que defende.

49min – MEU DEUS DO CÉU! Leidiane cruza da direita, Jayanne domina na esquerda da pequena área e também levanta fechado, Sorriso desvia, e Isabela, debaixo das traves, corta. NÃO VAI ENTRAR!

50min – FIM DE JOGO!


Ficha técnica:

Atlético-MG (0): Nicole; Leidi, Cotrim, Hilary e Bárbara Melo; Karol Bermúdez (Marta), Dayana, Cuesta (Rafaela Barros) e Katielle (Nath Fabem); Aninha (Luciana) e Soraya (Jayanne). Técnica: Lindsay Camila.

Internacional (1): Mari Zanella; Capelinha (Eskerdinha), Haas, Sorriso e Isabela; Zóio, Duda e Maiara (Mai); Fabi Simões, Lelê (Priscila) e Millene. Técnico: Maurício Salgado.

Gol: Lelê, aos 16’/1ºT (I).

Cartões amarelos: Mari Zanella e Isa Haas (I).

Arbitragem: Antonio da Silva, auxiliado por Pablo da Costa e Marcyano Vicente. Quarta árbitra: Marcyano Vicente.

Estádio: Castor Cifuentes-MG.

A vitória que D’Ale merecia: com golaço do ídolo, Inter vira sobre o Fortaleza no Beira-Rio lotado

Inter venceu na despedida de D’Alessandro/Foto: Ricardo Duarte

O dia 17 de abril de 2022 jamais será esquecido pela Maior e Melhor Torcida do Rio Grande. Na noite deste domingo de páscoa, Andrés Nicolás D’Alessandro, um dos principais ídolos da história colorada, viveu a última partida de sua carreira, que foi disputada como o craque merecia: na raça, na bola, na emoção de um Gigante lotado e com vitória do Clube do Povo do Rio Grande do Sul.

No Beira-Rio, o camisa 10, titular do jogo, marcou um golaço nos acréscimos do primeiro tempo. Já na etapa final, D’Ale viu, do banco, Alemão fazer o segundo da vitória de 2 a 1 do Inter sobre o Fortaleza, válida pela segunda rodada do Brasileirão. O resultado deixa o Colorado com três pontos na tabela do Nacional, campeonato pelo qual o Clube do Povo volta a campo no próximo sábado (23/04), às 19h, diante do Fluminense, no Maracanã.

Alemão decidiu na reta final de partida/Foto: Ricardo Duarte

Inter ligado

O clima de festa estava armado, mas de nada ele serviria não fosse a sintonia apresentada entre time e torcida desde o primeiro apito. A presença de D’Ale entre os titulares injetou ainda mais ânimo na massa colorada, que iniciou o jogo ao lado do Inter, e foi recompensada com bons escapes pelo corredor esquerdo de ataque, armados tanto por Renê quanto por Pena. Já pela direita, o camisa 10, escalado como nos tempos do Bi da Libertadores, aprontava das suas junto de Bustos, e os dois, juntos, construíram trama que Wesley quase transformou em gol aos 27.

Torcida e time jogaram juntos contra o Fortaleza/Foto: Ricardo Duarte

Aos 40, instantes após a arbitragem ignorar duas possíveis penalidades para o Inter, D’Alessandro quase foi garçom. Depois de erro do goleiro Max Walef, Gabriel ficou com a posse na intermediária ofensiva e lançou o argentino, que de primeira deixou com Mauricio. Dentro da área, o meio-campista dominou com a perna esquerda e, de imediato, chutou de direita, mas teve seu gol tirado por desvio da zaga. Era noite de fortes emoções.


D10s

O empate saiu dos pés dele/Foto: Ricardo Duarte

Os acréscimos já haviam sido indicados quando o árbitro, atendendo a chamado do VAR, ignorou o critério que havia estabelecido ao longo do primeiro tempo e marcou pênalti em favor do Fortaleza. Às vésperas do intervalo, o time visitante abria o placar, e os mais de 36 mil colorados e coloradas presentes no Beira-Rio, sentindo o momento de adversidade, corriam os olhos em direção a D’Alessandro, como muitas vezes fizemos ao longo dos últimos 14 anos. Contra os problemas, apostávamos, de novo, em um representante nosso no gramado. E é claro que ele respondeu.

O último grito de gol/Foto: Ricardo Duarte

Imediatamente após a saída de bola no centro do gramado, D’Ale, presente na intermediária esquerda do campo de defesa, virou jogo até Bustos, que atacava pela direita. Em velocidade, o camisa 10 tratou de se aproximar do parceiro e conterrâneo, iniciando tabelinha envolvente. Em dado momento, porém, dois adversários cercaram o craque, que parecia não ter mais para onde seguir. A não ser entre as pernas de seu marcador. Dada a caneta, D’Alessandro tinha o gol a sua frente.

Mesmo sem ângulo, o ídolo sentiu que poderia superar Max Walef, e disparou violento canhotaço. Esforçado, o goleiro rival até tocou na bola, mas sem a menor chance de fazer a defesa. Pela 97ª vez, em seu jogo 529, D10s marcava um gol pelo Inter. Incrédulo com o que acabara de fazer, o artilheiro da noite comemorou com uma desorientada corrida, finalizada já diante de sua família, presente na altura do Portão 8 do Beira-Rio. Tudo igual no Gigante, que com os olhos cheios d’agua recebeu o apito do intervalo.

Todos saúdam D10s/Foto: Ricardo Duarte

Colorado passa por cima de tudo e todos

O Colorado voltou dos vestiários no embalo da linda festa que encerrara o primeiro tempo. Logo aos dois, Wesley e Johnny arrancaram suspiros da torcida, fazendo crer que a virada estava próxima. No minuto seguinte, porém, a arbitragem marcou novo pênalti para o Fortaleza. Por reclamação, o protagonista da noite ainda foi advertido com amarelo. Tudo levava a crer que o destino armava uma armadilha para o Inter. Tudo menos os gritos do povo, que amaldiçoou a cobrança de Pikachu. No poste!

Tem pênalti que não entra…/Foto: Ricardo Duarte

A vitória voltou a ficar próxima depois da chance desperdiçada pelos visitantes, que foi sucedida pelo momento de maior pressão do Clube do Povo na partida. Dono do campo de defesa adversário, o time treinado por Cauan de Almeida ainda contava com uma atuação de luxo de Rodrigo Moledo, que, titular pela primeira vez em 15 meses, impedia qualquer possibilidade de contra-ataque cearense e alimentava a blitz colorada, enquanto a bola insistia em não entrar.

Incomodado com a inoperância de seu ataque, Vojvoda trocou toda a linha de frente do Fortaleza aos 21. Percebendo maior disposição do lado rival, Cauan respondeu renovando o fôlego do meio de campo aos 26, quando sacou D’Alessandro, aplaudido de pé por torcida, companheiros, rivais e, inclusive, arbitragem. O jogo de xadrez das casamatas equilibrou o confronto durante poucos minutos, até Alemão substituir Wesley, que deixou o campo esgotado depois de boa atuação.

Uh! Alemão!/Foto: Ricardo Duarte

Colorado de infância, Alemão estava predestinado a marcar seu primeiro gol pelo Inter logo em uma noite tão importante para o Clube do Povo. Assim que entrou em campo, o centroavante cavou faltas que reforçaram a presença alvirrubra no campo de ataque. O momento de consagração, porém, surgiu aos 44, quando Boschilia recebeu de Bustos e lançou o centroavante. Cara a cara com o goleiro, ele chutou de perna direita, no contrapé, para garantir os três pontos. Explosão no Beira-Rio!

Festa entre colorados/Foto: Ricardo Duarte

Primeiro tempo

7min – Amarelo para Capixaba. Caçou D’Alessandro.

8min – UUUH! D’Ale serve Renê, que invade a área do Fortaleza pela esquerda e cruza rasteiro. Landazuri trava em escanteio.

15min – Vargas é flagrado em condição irregular pela arbitragem, mas somente após lance de ataque cearense ser concluído. Nesse, Moisés desperdiçou boa chance.

16min – Bom escape! Pena, pela esquerda, encara a marcação no mano a mano e chuta rasteiro. Walef encaixa.

21min – Mercado recebe o cartão após falta em Robson.

27min – QUASE! Bustos percebe Wesley no mano a mano e lança em profundidade. Centroavante leva a melhor sobre Titi, carrega até a área e cruza por baixo. Zaga corta em escanteio!

28min – SALVA A ZAGA! D’Ale, gênio, percebe Bustos nas costas de Capixaba e serve o lateral, que cruza rasteiro. Wesley chuta, mas Benevenuto, providencial, coloca o pé na frente e desvia pela linha de fundo.

30min – BEM, JOHNNY! Matheus Vargas faz a diagonal para a direita da área colorada, recebe bom passe e tenta a assistência para quem chega de trás. Volante alvirrubro não hesita e corta o perigo!

38min – De longe, Moisés chuta com pique para surpreender Daniel, mas goleiro colorado encaixa sem rebote.

39min – NADA? Bustos é atropelado por Capixaba. Lateral estava dentro da área rival, pela direita, mas infração foi ignorada pelo árbitro.

40min – QUE CHAAAAAAAAAAAAAAANCE! Max sai jogando errado, e Gabriel tira proveito da falha do goleiro. Volante estica para D’Alessandro, que recebe ao lado da meia-lua e deixa, de primeira, com Mauricio. Dentro da área, 27 domina e chuta mascado, ao lado.

45min – Mais um de acréscimo. Vamos a 46!

48min – Após consulta ao VAR, árbitro assinala pênalti para o Fortaleza e adverte Johnny com cartão.

50min – Yago Pikachu abre o placar para o time visitante.

51min – MEU DEUS DO CÉU! MEU DEUS DO CÉU! MEU DEUS DO CÉU! EU TE AMO, D’ALESSANDRO! EU TE AMO, MAESTRO! OBRIGADO POR ESCOLHER O INTER! OBRIGADO POR SER DO INTER! NÓS TE AMAMOS! É GOL! É GOL! É GOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É UM GOLAÇO! É UMA PINTURA! É MAGIA, É GENIALIDADE, É POESIA, É DESTINO, É TRABALHO, É DIVINO! D’Alessandro arma jogada pela direita, tabela com Bustos, encara a marcação de dois defensores, aplica uma caneta desconcertante em Felipe, invade a área e, mesmo sem ângulo, solta um canhotaço. Um foguete, empurrado por milhares de colorados e coloradas, que até explode nas mãos de Walef, mas morre nas redes visitantes. GOLAÇO! O DE NÚMERO 97 DE D’ALE PELO INTER!

O gol de D’Alessandro na narração da Rádio Colorada

52min – Intervalo no Gigante.


Segundo tempo

0min – Inter retorna com Bruno Méndez na vaga de Mercado.

2min – QUASE A VIRADA! Pena cobra lateral pela esquerda direto na área, na direção de Wesley, que prende a marcação com o corpo e chuta forte. Max salva, Mauricio pega o rebote e cruza para Johnny, que desvia por cima.

3min – Robson é derrubado, e arbitragem assinala pênalti para o Fortaleza.

4min – D’Alessandro recebe o amarelo por reclamação.

8min – NO POOOOOOOOOOOOOOOOSTE! PIKACHU COBRA NO POSTE! VAMOS VIRAR, COLORADO!

11min – FOI BONITO! Wesley faz a parede para Mauricio, que recebe na direita da área e cruza na direção de Pena. O camisa 14 estava livre, mas a bola veio forte demais!

15min – Mauricio, D’Ale e Bustos fazem uma roda de bobo pela direita e ganham espaço para o cruzamento, feito pelo 27. Livre, Wesley desvia, mas ela sai sem força e vai nas mãos de Max.

19min – O QUE O MOLEDO ESTÁ JOGANDO, MEUS AMIGOS, É BRINCADEIRA! Pikachu aparecia livre na área colorada, mas sequer consegue o domínio antes do desarme do meu zagueiro. Daniel, atento, fica com a sobra.

21min – Vojvoda responde à pressão colorada com três trocas. Entram Crispim, Romero e Kayzer nas vagas de Matheus Vargas, Moisés e Robson.

23min – Bustos cobra falta rápida pela direita do ataque. Acionado, Mauricio vai até a entrada da área e arrisca de canhota. Walef encaixa.

26min – Obrigado, D’Ale! Você é eterno, e o 891 da Padre Cacique será SEMPRE a tua casa! Camisa 10 deixa o campo para a entrada de Boschilia. Também vieram Caio e Dourado, substitutos de Mauricio e Johnny.

32min – Alemão vem a campo no Inter. Wesley, com dores, é sacado.

33min – UH! Boschilia cobra falta pela esquerda. Ela supera a barreira, mas também o poste.

34min – Capixaba é substituido por Vojvoda. Entra Lucas Lima.

37min – Boschilia reclama e, por isso, recebe o amarelo.

40min – ELA NÃO QUER ENTRAR! Do corredor central da intermediária de ataque, Pena cobra falta direto. Ele buscava o ângulo de Walef, que até se esticou, mas não chegou nem perto. Teimosa, contudo, a bola sai pela linha de fundo.

41min – Romero amarelado. Puxou Renê.

44min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOL DE QUEM JOGOU! É GOL DE QUEM TENTOU! É GOL DE QUEM PRESSIONOU! É GOL DO CLUBE DO POVO, É GOL DE UM COLORADO, É GOL DE ALEMÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃO! Em velocidade, Inter sai para o contra-ataque desde a esquerda do campo de defesa. Na direita, Bustos recebe e cruza bola rasteira na direção de Boschilia, que atua como garçom e coloca no pé de Alemão. De primeira, o chute do centroavante, de perna direita, sai no contrapé de Walef e morre no cantinho. Vira? Virou, meu povo!

Alemão virou, e a Colorada narrou assim

45min – Mais seis! Vamos a 51.

45min – No lance do gol, dois amarelos foram apresentados: Alemão, por comemorar abraçado à torcida, e Jussa, que reclamou.

49min – UUUUUUUUUUUUUUUUH! Caio é lançado na esquerda da área rival e solta o canhotaço por cima. Quase o terceiro.

51min – ACABOU! ACABOU! ACABOU! O INTER VENCE NO GIGANTE!


Ficha técnica:

Internacional (2): Daniel; Bustos, Rodrigo Moledo, Gabriel Mercado (Bruno Méndez) e Renê; Gabriel, Johnny (Rodrigo Dourado), Mauricio (Caio Vidal) D’Alessandro (Boschilia) e Carlos de Pena; Wesley Moraes (Alemão). Técnico: Cauan de Almeida.

Fortaleza (1): Max Walef; Landazuri, Benevenuto e Titi; Yago Pikachu, Zé Welison, Felipe, Juninho Capixaba (Lucas Lima) e Matheus Vargas (Lucas Crispim); Robson (Renato Kayzer) e Moisés (Silvio Romero). Técnico: Juan Pablo Vojvoda.

Gols: Yago Pikachu, aos 50’/1ºT (F). D’Alessandro, aos 51’/1T, e Alemão, aos 44’/2ºT (I).

Cartões amarelos: Mercado, D’Alessandro, Boschilia, Alemão e Johnny (I). Capixaba, Silvio Romero e Matheus Jussa (F).

Arbitragem: Flávio Rodrigues de Souza, auxiliado por Daniel Luis Marques e Evandro de Melo Lima. Quarto árbitro: Rafael Rodrigo Klein. VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral.

Estádio: Beira-Rio.

Público: 36.573. Não pagantes: 23.906. Pagantes: 12.667.

Renda: R$ 644.027,00

Inter empata com o Guaireña na segunda rodada da CONMEBOL Sul-Americana

Fotos: Ricardo Duarte

Em duelo da segunda rodada do grupo E da CONMEBOL Sul-Americana, o Clube do Povo empatou em 1 a 1 com o Guaireña-PAR, no Beira-Rio, na noite desta quinta-feira (14/04). Após cruzamento de Taison, o zagueiro Miguel Peinaga desviou para as próprias redes, aos 31 do segundo tempo, na jogada do gol de empate do Inter, que volta a campo no próximo domingo (17/04), às 18h, diante do Fortaleza. Válida pelo Brasileirão, a partida já conta com serviço de jogo aberto. Confirme aqui e confirme sua presença no embate.


Guaireña abre vantagem

O corredor esquerdo de ataque ofereceu ao Inter um início de jogo promissor no Beira-Rio. Atuando como lateral, Pena formou boa dupla com Taison, e os dois, juntos, chegaram a assustar a zaga paraguaia, que só melhorou seu encaixe a partir dos 15 minutos. Deste momento em diante, a posse de bola colorada ficou mais concentrada na intermediária, e não nas cercanias da área, como em outrora. Apenas Mauricio, em finalização à queima-roupa e de carrinho, assustou Espíndola na etapa inicial, mas parou em grande defesa do goleiro.

Seguro atrás, o Guaireña decidiu se aventurar no ataque, e encontrou espaço pela esquerda. Dali, aos 38, saiu oportunidade que Villagra, de cabeça, mandou nas mãos de Daniel. Pouco depois, o camisa 16 Otazú surgiu neste vazio, e, lançado por Sallinas, finalizou de voleio para abrir o placar. Logo após o gol, Wesley, servido por Taison, quase empatou, mas a zaga conseguiu desvio para escanteio, assim garantindo a vitória visitante como resultado parcial até o intervalo.


Inter pressiona, mas só empata

O Colorado criou uma série de oportunidades no segundo tempo. Primeiro, aos oito, Caio e Wesley, os dois de cabeça, tiraram tinta do poste direito da meta paraguaia. Já aos 12, quem assustou foi Bustos, enquanto Espíndola foi vilão aos 15, em boa defesa após chute forte de Pena – no lance, Taison ainda desperdiçou o rebote. Bastante adversa, a derrota parcial tornava o Inter cada vez mais ofensivo, tanto que os volantes Liziero e Gabriel, dentro da área, foram os donos das chances criadas na sequência.

De tanto insistir, o Inter empatou aos 31. Taison, da esquerda, partiu em velocidade para o centro e cruzou bola perigosa que o zagueiro rival mandou em direção às próprias redes. Com o empate no escore, Medina recorreu a D’Alessandro e Rodrigo Moledo, alternativas que deram continuidade à blitz no setor ofensivo, mas insuficientes para chegar ao segundo gol. O 1 a 1 deixa o Clube do Povo com dois pontos na tabela da chave E.


Primeiro tempo

3min – UH! Taison tenta em profundidade para Edenilson, a zaga até antecipa, mas não consegue o corte em um primeiro momento. Atento, Mauricio quase tira proveito, mas Mendoza afasta.

8min – Richard Salinas recebe o amarelo por falta em Pena.

11min – BOA JOGADA! De calcanhar, Gabriel deixa com Mauricio, que chuta forte e rasteiro com a perna canhota. Espíndola encaixa.

17min – Pena recebe o amarelo por falta em Salinas.

19min – POR DETALHE! Da esquerda, Pena cruza bola em curva, na direção de Wesley, que estica o pé, mas não consegue o desvio para as redes.

22min – MILAAAAAAAAAAAGRE! Depois de grande jogada de Pena, Taison recupera o corte parcial da zaga e, da entrada da área, pela esquerda, chuta forte. A bola explode na marcação e chega mascada para a área, onde Mauricio, de carrinho, desvia. Espíndola salva e a retaguarda paraguaia manda pela linha de fundo.

24min – UH! Taison recebe bom passe de Edenilson e, dentro da área, mas de costas, tenta finalizar de calcanhar. Defesa trava.

31min – Da intermediária ofensiva, Liziero arrisca de perna canhota. Goleiro defende sem rebote.

37min – Lesionado, Edenilson deixa o campo. Entra Caio Vidal.

38min – Villagra, livre na área colorada, cabeceia para defesa de Daniel.

40min – Otazú recebe de Salinas e abre o placar para o Guaireña-PAR.

41min – PRA FOOOOOOOOOORA! Taison, da direita, cruza rasteiro para Wesley, que resvala na bola. Seria gol, mas Mendoza desviou e salvou os visitantes.

45min – Mais três. Vamos a 48.

46min – Wesley faz o giro em cima da marcação e finaliza rasteiro. De perna direita, chute é defendido, sem rebote. por Espíndola.

47min – Taison inverte linda bola para Bustos, que ataca a linha de fundo e cruza rasteiro. Mauricio, de perna direita, chuta mascado para nova defesa segura do goleiro rival.

48min – Intervalo no Beira-Rio.


Segundo tempo

0min – Guaireña volta com troca: Rosalino Toledo por Santacruz.

2min – Taison tabela com Wesley, recebe o pivô do centroavante e chuta forte. Tiro de meta.

8min – UUUUUUUUH! Pena escapa pela esquerda e cruza na medida para Caio, que cabeceia. Bola explode na zaga, Inter ganha escanteio.

8min – PRA FOOOOOOOOOORA! Wesley, de peixinho, desvia escanteio cobrado da esquerda. Grande chance, que sai em tiro de meta!

10min – AMARELO! Otazú atropela Bustos e é punido com cartão.

11min – NINGUÉM COLOCOU PRA DENTRO! Pena vai mais uma vez bem no cruzamento. Da intermediária direita de ataque, o camisa 14 cruza boa bola, que passa por todo mundo e sai tirando tinta.

12min – QUASE O EMPATE! Bustos, na direita da área paraguaia, chuta forte e rasteiro. Cruzada, ela arranca suspiros da torcida.

15min – ELA NÃO QUER ENTRAR! Pena invade em altíssima velocidade a área paraguaia e, de canhota, enche o pé. Espíndola salva, mas dá rebote para Taison, que chuta, no reflexo, sem direção.

16min – Alemão substitui Mauricio.

18min – Duas mudanças no time visitante. Godoy e Cáceres nas vagas de Ayala e Salinas.

20min – MEU DEUS DO CÉÉÉÉÉÉU! Taison faz a diagonal em direção ao corredor central e serve Wesley, que faz a parede dentro da área e aciona Liziero. Volante domina livre, mas, no momento do chute, é abafado pela zaga.

29min – MILAAAAAAAAAAAAAAAAAAAGRE! Nova cobrança de falta de Pena, que da intermediária direita de ataque levanta em direção à segunda trave. Mercado chega nela e escora para a pequena área, mas Espíndola, antes de Gabriel, opera arrojada e providencial defesa para impedir o empate colorado.

31min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOL DO CLUBE DO POVO DO RIO GRANDE DO SUL, É GOL DA ACADEMIA DO POVO, É DO INTER! TAISON, TAISON, TAISOOOOON! Pela esquerda da intermediária ofensiva, Taison recebe e progride em velocidade. Próximo da área, o camisa sete cruza, mas Painagua desvia contra o próprio patrimônio e mata o goleira Espíndola. Vamos, Inter! Pela virada!

34min – UUUUUUUUH! Liziero, da entrada da área, solta o canhotaço. Espíndola defende.

35min – Carlos Duarte entra no Guaireña. Sai Villagra.

38min – D’Ale e Moledo são as últimas novidades no Inter. Saíram Gabriel e Bruno Méndez.

43min – Caio, em altíssima velocidade, escapa pela direita da área rival e cruza. Espíndola defende, ela bate em Alemão e sai em tiro de meta.

45min – Amarelo para Godoy.

45min – Mais cinco. Vamos a 50.

47min – Alemão recebe o amarelo.

47min – Acosta no lugar de Otazú. Quinta mudança visitante.

50min – Jogo encerrado no Beira-Rio.


Ficha técnica:

Internacional (1): Daniel; Bustos, Bruno Méndez (Rodrigo Moledo), Gabriel Mercado e Carlos de Pena; Gabriel (D’Alessandro) e Liziero; Mauricio (Alemão), Edenilson (Caio Vidal) e Taison; Wesley Moraes. Técnico: Alexander Medina.

Guaireña-PAR (1): Héctor Espíndola; Aquilino Gimenez, Miguel Peniagua, David Mendoza e Joel Gimenez; Santacruz (Rosalino Toledo), Juan Aguilar e Ayala (Godoy); Richard Salinas (Cáceres), Villagra (Carlos Duarte) e Mario Otazú (Acosta). Técnico: Troadio Duarte.

Gols: Otazú, aos 40’/1ºT (G). Taison, aos 31’/2ºT (I).

Cartões amarelos: Carlos de Pena e Alemão (I). Richard Salinas, Godoy e Otazú (G).

Arbitragem: Gery Vargas, auxiliado por José Antelo e Edwar Saavedra. Quarto árbitro: Dilio Rodríguez. Quarteto da Bolívia.

Estádio: Beira-Rio.

Público: 11.172. Pagantes: 7.595. Não pagantes: 3.577.

Renda: R$ 140.286,00.