Pós-jogo: colorados repercutem vitória na Ilha do Retiro

Por 1 a 0, o Clube do Povo superou o Sport, fora de casa, nesta segunda-feira (13/09). Após o jogo, o técnico Diego Aguirre concedeu entrevista coletiva para a imprensa, onde analisou a vitória colorada, que consagra sequência de seis jogos de invencibilidade do time, além de alçar o Inter à nona colocação nacional. Confira as principais aspas:

“Acho que não fizemos um bom jogo, mas nosso objetivo hoje era ganhar. Ganhar ou ganhar, e priorizamos a vitória. Obviamente, gostaria que o time tivesse jogado melhor, mas o Inter foi competitivo, brigou, lutou. Para mim, sempre tem coisas a melhorar, mas também outras boas, para seguir afirmando.”

Aguirre

“São seis jogos sem perder, outra vitória fora de casa, contra um adversário que ninguém ganhou fácil aqui. É uma das melhores defesas do Campeonato. Então, me sinto bem com a vitória, mas com coisas a melhorar, e vamos trabalhar bastante para mudar o que não foi bom.”

Aguirre

Ainda no gramado da Ilha do Retiro, os atletas Saravia e Rodrigo Lindoso falaram de maneira exclusiva com as redes sociais do Inter. Primeira a falar, o lateral-direito comemorou seu retorno após período afastado por lesão, além de destacar a importância da vitória em um jogo tão disputado. Na sequência, o meio-campista compartilhou suas impressões a respeito do confronto, além de descrever o lance do gol de Patrick, originado de um desarme seu. Assista:

“Um jogo muito difícil, muito quente, intenso.

Levamos os três pontos que viemos buscar.

Muito feliz, emocionado de

voltar a vestir essa camiseta.”

Saravia

“Foi um gol bem coletivo.

De oportunismo tanto da minha parte

quanto do Patrick.

A equipe se empenhou,

tudo em prol do Inter,

para sair vitorioso.”

Lindoso

Inter abre returno com vitória de 1 a 0 em cima do Sport

Com gol de Patrick logo aos três minutos, o Inter superou o Sport, na noite desta segunda-feira (13/09), pelo placar de 1 a 0. A vitória, conquistada na Ilha do Retiro, leva o Clube do Povo aos 26 pontos, e deixa o time de Aguirre na nona colocação. No próximo domingo (19/09), o Colorado recebe o Fortaleza, às 11h, pela 21ª rodada do Brasileirão.


Trio de ataque funciona

O Inter foi a campo com novidades. Sem Dourado, Aguirre devolveu Edenilson para a segunda função do meio de campo e colocou Caio Vidal na ponta-direita. Patrick seguiu na esquerda, e Yuri permaneceu no comando de ataque. Com esse desenho, o trio ofensivo funcionou logo aos três, quando Caio acionou Yuri. Na área rival, o camisa 11 serviu nosso Pantera, que abriu o placar para o Clube do Povo na Ilha do Retiro.

O Sport armou forte pressão nos minutos que sucederam o tento de Patrick. A falta de eficiência, porém, abreviou o sonho do empate, tornando o Leão, desiludido, menos agressivo em campo, ofensivamente restrito a explorar o pivô dos centroavantes Mikael e André. Também a dupla foi incapaz de igualar o marcador, que seguiu em 1 a 0 para o Inter até o início do intervalo.


Sport pressiona, Inter segura

A agressividade que faltou ao time da casa na etapa inicial se fez presente no segundo tempo. Dos vestiários, o Sport regressou com a entrada de Paulinho Moccelin no lugar de Sabino, desfazendo o esquema com três zagueiros e adicionando força ao ataque, que passou a incomodar o Internacional. Ainda mais ofensivo na reta final do confronto, quando Thiago Neves, Everaldo e Tréllez foram alçados a campo, o Leão, de fato, criou suas chances, mas esbarrou seguidas vezes em Daniel, além de parar na trave, e seguiu zerado no marcador.

Quem balançou as redes no segundo tempo foi Yuri Alberto, mas em lance anulado por impedimento do avante colorado. Com espaço para os contra-ataques, o Inter também assustou com Guerrero, interrompido por milagre de Mailson, e uma vez mais Yuri, que mandou pela linha de fundo chance importante. Felizmente, as oportunidades não fizeram falta, e o Clube do Povo chegou ao seu sexto jogo de invencibilidade no Nacional.


Primeiro tempo

3min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É DO IIINTER! É DO PANTEEEEEEERA! É GOL, É GOL, É GOL, É GOOOOOOOOOOOOOL! QUE INÍCIO COLORADO! Caio recebe com espaço pela intermediária direita de ataque e estica jogo até Yuri. Dentro da área, o camisa 11 cruza rasteiro, na medida para Patrick. Debaixo das traves, o Pantera completa sem a menor dificuldade para abrir a conta.

O gol de Edenilson na narração da Rádio Colorada

6min – Hayner escapa pela direita e cruza aberto. Na pequena área, pela esquerda, Sander solta o canhotaço. Por cima, assustou!

8min – Mikael faz o pivô na área colorada e finaliza. Tiro de meta para Daniel.

15min – UH! Edenilson serve Mauricio, que recebe na entrelinha adversária, avança até a altura da meia-lua e finaliza rasteiro. Mailson encaixa.

20min – TAPA DE SELEÇÃO! Edenilson percebe Saravia com espaço para atacar a direita da área rubro-negra e serve o lateral, que finaliza mascado. Mailson encaixa.

27min – Moisés recebe na intermediária esquerda de ataque e finaliza cruzado. A bola cruza a extensão da área e sai em tiro de meta.

28min – Sander caça Caio Vidal e é advertido com amarelo.

32min – QUE TRAMA! Moisés vai ao fundo pela esquerda e cruza rasteiro. Patrick domina, faz a embaixadinha e aciona Yuri, que finaliza de primeira. Mailson encaixa.

41min – André escapa pela ponta direita e cruza fechado. A bola toma curva, explode no travessão e sai em tiro de meta para o Inter.

45min – Mais dois. Vamos a 47!

46min – DANIEEEEEL! Everton Felipe cobra escanteio pela direita, a bola espirra na primeira trave e toma o endereço da pequena área colorada. Antes de Thyere, goleiro do Inter corta de soco.

47min – Primeiro tempo encerrado. Inter defende vitória parcial!


Segundo tempo

0min – Time da casa volta com mudança. Sabino sai, Moccelin vem.

0min – Guerrero representa a novidade colorada. Caio deixa o campo.

8min – Everton Felipe percebe Mikael com liberdade e lança de três dedos. Camisa 99 rival finaliza, mas sem direção.

12min – Hayner amarelado por falta em Mauricio.

14min – Mais um na conta. André puxa Moisés e recebe o amarelo.

15min – André deixa o campo. Entra Thiago Neves.

16min – Yuri recebe o amarelo. Detalhe: ele sequer tocou no adversário. Saiu no grito.

16min – Neves deixa para Moccelin, que cruza rasteiro. Na pequena área, Cuesta corta o perigo.

17min – Sander escapa pela esquerda e cruza forte. A bola passa na frente de Daniel e chega com perigo na segunda trave, mas Mikael falha em desviar.

18min – Mauricio dá lugar a Johnny.

20min – POR CENTÍMETRO! Cuesta cobra falta em velocidade, como manda a jogada ensaiada do elenco colorado. Yuri recebe, invade a área rival em velocidade e manda para as redes, mas é flagrado em impedimento.

25min – Everaldo entra no Sport. Everton Felipe deixa o campo.

28min – MILAAAAAAAAAGRE! Yuri arma contra-ataque em altíssima velocidade. Na direita da intermediária ofensiva, o camisa 11 percebe Guerrero invadindo a área livre e serve o peruano, que finaliza colocado. Mailson salva.

29min – DANIEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEL! Mikael, na segunda trave, sobe mais do que a zaga colorada e desvia para baixo. Goleiro do Inter espalma, tirando a bola praticamente de dentro do gol, e salva o Clube do Povo.

31min – MAIIIIIILSON! Jogo fica lá e cá. Guerrero aciona Patrick nas costas da zaga, o Pantera avança pela esquerda e chuta cruzado. Goleiro defende, dá rebote, e retoma a posse.

33min – Zé Welison sai, Tréllez entra.

34min – Johnny entorta Hayner e serve Patrick. Na esquerda da grande área, ele domina e busca Guerrero, que finaliza de carrinho, mas travado pela zaga. Canto bola!

35min – UUUUUH! De pé em pé, o Inter chega. Lindoso serve Yuri, que abre ângulo no domínio e bate cruzado. A bola faz menos curva do que o esperado e sai em tiro de meta.

36min – Hayner cruza da direita da área colorada. Tréllez finaliza de primeira e a bola explode no poste.

37min – Heitor é chamado por Aguirre. Yuri sai.

38min – Marcão recebe o amarelo por impedir contra-ataque armado por Bruno Méndez.

45min – Vamos a 50.

47min – MILAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAGRE! DANIEL, DANIEL, DANIEEEEEL! Tréllez, na segunda trave, recebe cruzamento rasteiro e finaliza. Goleiro colorado sai muito bem do gol e defende.

50min – Fim de papo! Inter vence em Recife!


Ficha técnica:

Sport (0): Mailson; Hayner, Sabino (Moccelin), Rafael Thyere, Chico e Sander; Marcão, Zé Welison (Tréllez) e Everton Felipe (Everaldo); Mikael e André (Thiago Neves). Técnico: Gustavo Florentín.

Internacional (1): Daniel; Saravia, Bruno Méndez, Cuesta e Moisés; Caio Vidal (Guerrero), Edenilson, Rodrigo Lindoso e Patrick; Mauricio (Johnny) e Yuri Alberto (Heitor). Técnico: Diego Aguirre.

Gol: Patrick, aos 3’/1ºT (I).

Cartões amarelos: Sander, Marcão, Hayner e André (S). Yuri Alberto (I).

Arbitragem: André Luiz de Freitas Castro, auxiliado por Nailton de Sousa Oliveira e Rafael Trombeta. Quarto árbitro: Rodrigo Pereira de Lima. VAR: Marcio Henrique de Gois.

Estádio: Ilha do Retiro-PE.

Fotos: Sport x Inter – 20ª rodada/Brasileirão 2021

Colorado visita o Leão na Ilha do Retiro. Confira as imagens do confronto:

Inter encara o Sport no início do returno

Fotos: Ricardo Duarte

Depois de duas semanas de trabalhos intensos visando ao returno do Campeonato Brasileiro, o Colorado encerrou a preparação para o primeiro desafio. Nesta segunda-feira (13/09), às 20h, o Inter tem pela frente o Sport, na Ilha do Retiro, pela 20ª rodada da competição nacional.

Antes de ir ao Recife para a partida, a delegação colorada fez uma parada em São Paulo e realizou, na manhã deste domingo (12/09), a última atividade na capital paulista. No CT da base do Palmeiras, o treinador Diego Aguirre comandou um exercício técnico de finalização, seguido por um trabalho de bola parada, além de um treinamento tático em campo reduzido.

O comandante uruguaio contou com uma novidade no treinamento em São Paulo. O meio-campista Edenilson, que estava servindo à Seleção Brasileira, treinou normalmente com o grupo e está à disposição da comissão técnica. Além dele, Guerrero, Rodrigo Lindoso e Renzo Saravia também retornam ao grupo e podem atuar no Nordeste. Já Rodrigo Dourado e Palacios, suspensos, ficam de fora, assim como o capitão Taison e Gabriel Mercado, lesionados.

Na tarde deste domingo a delegação viaja para Recife, chegando no início da noite a Pernambuco. O Clube do Povo soma 23 pontos na tabela e busca mais uma vitória no Brasileirão para se aproximar da zona da Libertadores da América.

Inter empata com o Coritiba

O Internacional empatou em 2 a 2 com o Coritiba na tarde deste domingo, no Beira-Rio, pela abertura do returno do Brasileirão. O time colorado esteve duas vezes à frente no placar, com gols de Yuri Alberto e Nonato, mas acabou cedendo o empate. O Inter passou a ocupar a liderança de forma isolada, com 36 pontos.

Agora as atenções se voltam para a disputa do jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil, contra o América-MG, na quarta-feira (11/11), às 21h30, no Gigante. Pelo campeonato nacional, o próximo compromisso é diante do Santos, sábado (14/11), na Vila Belmiro.


Bola aérea decide no primeiro tempo

Com posse de bola de 65% no primeiro tempo, o Inter ditou o ritmo da partida, mas encontrou certa dificuldade para vencer o ferrolho armado pelos visitantes, que em muitos momentos se postavam com praticamente todo o time atrás da linha da bola. O Coritiba chegou uma vez com força, em rápido contra-ataque que terminou com Ricardo Oliveira acertando a trave.

Edenilson comemora com Yuri Alberto o gol marcado no primeiro tempo

O Colorado apostava nas jogadas pelas laterais do campo, com Heitor e Moisés abusando dos cruzamentos para a área. E foi justamente na bola aérea que chegou ao gol: aos 32min, Yuri Alberto – substituto do artilheiro Thiago Galhardo, suspenso – foi preciso no cabeceio após boa assistência de Heitor e fez 1 a 0.


Adversidades na etapa final

Nonato entrou no segundo tempo e deixou a sua marca

O segundo tempo começou com um duro golpe. Logo aos 2min, Giovanni Augusto igualou o marcador para o Coxa. Para complicar, minutos depois, Heitor recebeu, de forma injusta, o cartão vermelho. Mesmo assim, o Inter encontrou forças e chegou ao segundo gol aos 12min. Nonato, que recém havia entrado no jogo, aproveitou a sobra após arremate de Patrick e fez 2 a 1. Porém, aos 28min, Sabino empatou novamente para o Coritiba. Mesmo com um jogador a menos, o Colorado buscou até o final o gol da vitória, mas o duelo acabou mesmo em 2 a 2.


Melhores momentos – primeiro tempo

5min – Inter valoriza a posse de bola e troca passes no campo de ataque. Coritiba se retrai por completo para dificultar a conclusão colorada.

🟨 12min – Rodolfo Filemon recebe amarelo por entrada dura em Abel Hernández.

14min – Primeira chegada do Inter: Heitor cruza da direita e Rodrigo Lindoso desvia de cabeça, ao lado direito da meta adversária.

15min – QUE PERIGO! Em contra-ataque fulminante do Coritiba, Ricardo Oliveira recebe no interior da área e dispara o chute que acerta a trave direita.

Heitor viveu o céu e o inferno na partida: fez assistência para o gol de Yuri Alberto e acabou sendo expulso na etapa final

17min – Moisés cruza da esquerda e a bola passa em frente ao gol do Coritiba sem que ninguém consiga o desvio.

20min – QUASE! Heitor alça na área e Rodrigo Lindoso aparece mais um vez entre os zagueiros para desviar de cabeça: a bola passa rente à trave direita.

29min – Marcos Guilherme tabela com Edenilson chuta para a defesa de Wilson, sem maior perigo.

⚽️  32min – GOOOOOOOOOOOOOOOL! Yuri Alberto cabeceia para ao fundo da rede após bom cruzamento de Heitor! Aberto o placar no Gigante! Foi o segundo gol do atacante com a camisa colorada em oito partidas disputadas.

40min – LOMBA! Goleiro colorado dá um tapinha providencial na bola após cobrança de falta de Neilton.

47min – Fim do primeiro tempo!


Segundo tempo

2min – Gol do Coritiba. Giovanni Augusto empata no recomeço da partida.

🟨  2min – Heitor recebe cartão amarelo.

🟥 7min – Heitor pisa involuntariamente em Robson, mas lance é revisado pelo VAR e lateral recebe o cartão vermelho.

🔻🔺 9min – Duas mudanças no Inter: Rodinei e Nonato entram nos lugares de Yuri Alberto e Marcos Guilherme, respectivamente.

Nonato parte para a comemoração depois de colocar Inter novamente em vantagem

⚽️ 12min – VAMO COLORADO! GOOOOOOOOOOOOL DO INTER!! Em rápido contra-ataque, Patrick chuta em cima da zaga e a bola sobra livre para Nonato, da meia-lua, disparar o chute para o fundo do gol. 2 a 1! Foi o sexto gol de Nonato pelo Inter e o terceiro na temporada 2020.

22min – NA TRAVE! Patrick chuta e a bola acerta a trave esquerda. Quase o terceiro!

24min – Abel Hernández luta contra a marcação no lado esquerdo da área e chuta. A bola acerta a rede pelo lado de fora.

🔻🔺 27min – Três mudanças no Coxa: Henrique Vermudt, Nathan e
Yan Sasse nos lugares de Rodolfo Filemon, Neilton e Mattheus.

⚽️ 28min – Coritiba empata com Sabino. Zagueiro consegue o desvio após cobrança de escanteio. 2 a 2.

🔻🔺 35min – Rodrigo Muniz no lugar de Ricardo Oliveira.

🟨  36min – Yan Sasse.

🟨  37min – Rodrigo Muniz.

🔻🔺 39min – Musto no lugar de Rodrigo Lindoso.

41min – Patrick tenta a finalização, mas é bloqueado pela zaga.

🔻🔺 42min – Ramón Martínez no lugar de Giovanni Augusto.

45min – PERIGO! Matheus Sales chuta da entrada da área e a bola passa por cima do gol colorado.

🟨 50min – Musto.

52min – Final de jogo. 2 a 2


Ficha técnica:

Internacional (2): Marcelo Lomba; Heitor, Zé Gabriel, Victor Cuesta e Moisés; Rodrigo Lindoso (Musto), Marcos Guilherme (Nonato), Edenilson e Patrick; Yuri Alberto (Rodinei) e Abel Hernández. Técnico: Eduardo Coudet.

Coritiba (2): Wilson; Jonathan, Rodolfo Filemon (Henrique Vermudt), Sabino e Mattheus Oliveira (Yan Sasse); Matheus Sales, Hugo Moura, Giovanni Augusto (Ramón Martínez), Robson e Neilton (Nathan); Ricardo Oliveira (Rodrigo Muniz). Técnico: Rodrigo Santana.

Gols: Yuri Alberto (I), aos 32min do primeiro tempo, Giovanni Augusto (C), aos 2min do segundo tempo, Nonato (I), aos 12min do segundo tempo, Sabino (C), aos 28min do segundo tempo.

Cartões amarelos:
Rodolfo Filemon, Yan Sasse, Rodrigo Muniz (C); Heitor, Musto (I).

Expulsão: Heitor (I).

Arbitragem:
Dyorgines Padovani de Andrade, auxiliado por Fabiano da Silva Ramires e Vanderson Antonio Zanotti. VAR: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro, do Rio Grande do Norte.

Estádio: Beira-Rio.

Raio-X: detalhes da abertura do returno nacional

Que venha o segundo turno! Líder do Brasileirão, o Clube do Povo abre o returno do torneio a partir das 16h deste domingo (08/11). Diante do Coritiba, no Beira-Rio, o Internacional busca repetir o resultado do último encontro entre as equipes, finalizado com triunfo colorado, para encerrar uma sequência de dois jogos sem vitórias. Fique por dentro de tudo sobre a jornada!


Pra cima deles, Colorado!

A preparação colorada para o duelo diante do Coritiba foi encerrada na tarde deste sábado (07/11). No CT Parque Gigante, Eduardo Coudet ajustou, através de trabalhos táticos, os últimos detalhes do time que entrará em campo contra os paranaenses. Para o confronto, o comandante tem os desfalques de Thiago Galhardo, suspenso, e Johnny, a serviço da Seleção dos Estados Unidos da América.

“Fizemos um grande primeiro turno, temos tudo para conquistar a vitória e manter a liderança do Brasileiro. A gente tem motivação e confiança do treinador para trabalhar ainda mais.”

Heitor

O lateral-direito Heitor conversou de maneira exclusiva com a mídia do Inter. Em entrevista concedida após o treinamento, a cria do Celeiro comemorou a força do grupo colorado, além de projetar o returno do Brasileirão. Confira:


Transmissão

A transmissão da Rádio Colorada para o duelo entre Inter e Coritiba ocorre a partir das 15h deste domingo. Após a apresentação do Portões Abertos, pré-jogo legitimamente alvirrubro, a jornada esportiva da Mais Vermelha chega às 15h45, e se estende até o apito final, quando vem o Vestiário Vermelho, responsável por apresentar, com entrevistas exclusivas e também coletivas, toda a repercussão do confronto de gaúchos contra paranaenses. Acompanhe a cobertura da emissora oficial do Clube do Povo via FM 95,5 ou através de Site e App do Inter!

As redes sociais do Inter (@scinternacional no TwitterInstagram Facebook) contarão com o mais completo minuto a minuto da internet, recheado de imagens compartilhadas de maneira instantânea. Na TV, Globo e TNT transmitem para todo o país, com exceção do Rio Grande do Sul. Para o Brasil inteiro, quem anuncia cobertura é o Premiere.

Clique aqui para fazer o download do APP do Inter para Android

Clique aqui para fazer o download do APP do Inter para IOS


Situação de tabela

O Clube do Povo lidera o Brasileirão com 35 pontos conquistados. A pontuação é a mesma do Flamengo, mas o Colorado leva a vantagem no saldo de gols, superior ao dos cariocas em seis tentos. Dois pontos atrás dos rubros alvi e negro está o São Paulo, que já foi a campo na rodada. Na sequência, com 32, aparecem, respectivamente, Atlético-MG e Fluminense.

Dentre os membros do pelotão de frente, o Inter será o primeiro a ir a campo neste domingo (07/11). Uma vitória sobre o Coritiba mantém o Colorado inalcançável pelos quarto e quinto colocados. Apenas o Flamengo poderia ultrapassar um triunfante Clube do Povo. Para tanto, porém, precisaria golear o Atlético-MG em Minas Gerais.

As equipes perseguidoras do Internacional duelam, a partir das 18h15 de domingo, no Mineirão. Caso conquiste a vitória, o Galo chegará a 35 pontos e 11 vitórias, um triunfo a mais do que o Urubu. Assim, a vice-liderança passaria a ser ocupada pelo alvinegro.

Um empate no Beira-Rio permite que o Flamengo assuma a ponta em caso de vitória por qualquer escore em Belo Horizonte. Se for derrotado, o Inter, que já conquistou 10 vitórias no Brasileirão, também ficaria ao alcance de Atlético-MG e Fluminense. Os cariocas, todavia, precisariam, a exemplo de seu rival, tirar uma diferença de seis gols de saldo.

O Fluminense enfrenta, a partir das 20h30, o Grêmio. No Maracanã, o Tricolor carioca busca três pontos que lhe garantiriam, no mínimo, a terceira colocação. Afinal de contas, caso Atlético-MG e Flamengo empatem, o time das Laranjeiras ultrapassaria, além do São Paulo, o Galo. Se o confronto do Mineirão tiver algum vencedor, o derrotado também ficaria ao alcance dos comandados de Odair Hellmann.


Arbitragem

Dyorgines Padovani de Andrade apita, auxiliado por Fabiano da Silva Ramires e Vanderson Antonio Zanotti, trio capixaba. VAR: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro, do Rio Grande do Norte.


O Rival

Rodrigo Santana, comandante alviverde/Foto: Coritiba, DVG

Diante do Inter, o Coxa, 17º no Brasileirão, contará com novidade na casamata. Contratado para o lugar de Jorginho, Rodrigo Santana fará sua estreia à frente do alviverde paranaense. Com o técnico, os visitantes deste domingo buscam sua segunda vitória consecutiva no Nacional, uma vez que na última rodada superaram, sob o comando do auxiliar Pachequinho, o Atlético-GO, no Couto Pereira, placar de 1 a 0.

Santana é o terceiro nome a assumir o comando do Coritiba nesta temporada. Antes dele, Eduardo Barroca abrira o ano na casamata alviverde. Foi ele, inclusive, o treinador superado pelo Inter na abertura do Brasileirão. Seu sucessor, Jorginho, durou apenas 13 partidas, nas quais somou três vitórias, quatro empates e seis derrotas.

Jorginho treinou o Coxa na maior parte do primeiro turno/Foto: Coritiba, DVG

Vice-campeão do Paranaense, o Coritiba tem como principal meta para o encerramento de temporada a permanência na Série A. Somando 19 pontos, o Alviverde conquistou cinco vitórias, quatro empates e 10 derrotas no primeiro turno do Brasileirão. Vazado em 24 ocasiões, a equipe do Couto Pereira já anotou 16 tentos no torneio.

Ricardo Oliveira: esperança de gols para a torcida alviverde/Foto: Coritiba, DVG

Para além da pressão que decorre da fase conturbada que vive, levemente atenuada após o triunfo da rodada passada, o Coritiba também precisará superar alguns desfalques diante do Clube do Povo. Cinco atletas contraíram Covid-19 e não vieram para Porto Alegre, assim como Sarrafiore, fora da partida por questões burocráticas, e Matheus Galdezani e Nathan Silva, dupla que não teve sua ausência justificada – há possibilidade, inclusive, de que integrem o quinteto de baixas em decorrência do novo coronavírus.

Por outro lado, Rodrigo Santana contará com o retorno de Robson, suspenso na rodada passada. Assim, os prováveis 11 inicias do Coxa contam com Wilson; Matheus Sales, Rodolfo Filemon, Sabino e William Matheus; Hugo Moura, Henrique Vermudt, Robson, Giovanni Augusto e Neilton; Ricardo Oliveira.

Zagueiro Sabino é um dos destaques do primeiro turno do Coxa/Foto: Coritiba, DVG

Histórico colorado

Inter e Coritiba já se enfrentaram 47 vezes na história. À frente no retrospecto do confronto, o Clube do Povo soma 21 vitórias, 10 a mais do que os rivais. Ocorreram, ainda, 15 igualdades. A vantagem vermelha existe também no saldo de gols, positivo em 21 tentos. Ao todo, o Colorado, vazado em 36 ocasiões, mandou 57 bolas para as redes alviverdes.


Último encontro

Disputado em 8 de agosto, o confronto de estreia do Inter no Brasileirão 2020 teve o Couto Pereira como sede. Escalado com equipe bastante modificada, consequência do agitado calendário que impunha duelo nacional apenas três dias após o encerramento do segundo turno estadual, o Clube do Povo criou as melhores oportunidades na etapa inicial, encerrada sem gols. No segundo tempo, minutos após entrar, Galhardo fez grande jogada pela esquerda e serviu Guerrero, que não perdoou. Colorado 1 a 0, e os três primeiros pontos estavam conquistados.

Fotos do clássico

Clássico Gre-Nal na Arena decidiu título do segundo turno do Gauchão.

Galeria de fotos: Inter 4 x 0 Esportivo

Colorado recebe o Esportivo no Gigante por uma vaga na final do returno do Gauchão!

Raio-X: todas as informações sobre o duelo diante do Esportivo

Andrezinho durante partida contra o Esportivo, em 2009

Fim de semana de Inter! O Clube do Povo vai a campo neste sábado (25/07), a partir das 19h, para enfrentar o Esportivo, em duelo da quinta rodada do returno estadual. Penúltimo confronto antes da fase eliminatória, a partida, que acontece no Estádio Montanha dos Vinhedos, em Bento Gonçalves, é decisiva para a classificação das duas equipes. Para ficar por dentro de tudo sobre a jornada, confira o nosso Raio-X!


Pra cima deles, Inter!

A preparação colorada para a partida contra o Esportivo foi encerrada na tarde desta sexta-feira (24/07), no CT Parque Gigante. O técnico Eduardo Coudet comandou atividades físicas, técnicas e táticas, testando alternativas e ajustando detalhes para o confronto na serra gaúcha.

Em entrevista para a mídia do Inter, o meio-campista Nonato destacou a relevância de um grupo de jogadores forte, caso do Clube do Povo, e ainda projetou o duelo em Bento Gonçalves. “Vai ser mais uma importante prova para nossa equipe. Temos que demonstrar o que a gente demonstrou antes da parada, falo do coletivo, mas de forma individual também.” Poucas horas após os trabalhos, a delegação alvirrubra partiu para Bento Gonçalves. O retorno para Porto Alegre ocorrerá logo depois do confronto, ainda na noite de sábado.


O Esportivo

Na rodada passada, primeira disputada após mais de quatro meses de paralisação do Estadual, o Esportivo conquistou importante ponto diante do Ypiranga, equipe mandante da partida disputada em Lajeado. Com um jogador a menos durante toda a etapa final, consequência da expulsão de Galiardo, o Tivo marcou, aos 48 do segundo tempo, seu segundo gol na jornada, suficiente para igualar o marcador. Para o duelo, o técnico Carlos Moraes mandou o time a campo com Renan, goleiro bicampeão da América pelo Inter; Vinícius Bovi, Cleiton e Luis Eduardo; Galiardo, Gullithi (Robert), Emerson (Gustavo Sapeka), Igor Bosel (Xaro) e Flávio Torres (Marcão); João Pedro e Caprini (Diogo).

Gullithi comemora o primeiro gol do Esportivo sobre o Ypiranga/Foto: Kévin Sganzerla


Duelo decisivo

Caso a fase de grupos do segundo turno estadual fosse encerrada hoje, Inter e Esportivo estariam classificados para as semifinais e disputariam vaga na decisão. Líder da Chave A, o Colorado já somou sete pontos no returno e, em caso de vitória neste sábado, poderá garantir a primeira colocação com uma rodada de antecedência.

Atrás do Clube do Povo está o Novo Hamburgo, empatado em pontos com o Juventude, que também tem quatro. Se as duas equipes não triunfarem na rodada e o Inter superar o Esportivo, a liderança da chave e, consequentemente, o mando de campo na semifinal, serão alvirrubros.

Segundo na Chave B, o Esportivo também soma sete pontos, assim como o Caxias, terceiro colocado. Uma vitória contra o Inter, portanto, significa muito na luta da equipe de Bento por vaga nas semifinais. Na última rodada, o Alviazul encara, fora de casa, o Juventude.


Arbitragem

Anderson Daronco apita, auxiliado por Lúcio Beiersdorf Flor e José Eduardo Calza. Quarto árbitro: Marcelo Cavalheiro


Transmissão

Dona da jornada mais vermelha da web, a Rádio Colorada promete novo show de cobertura para o duelo deste sábado. Com início previsto para as 18h, horário de apresentação do ‘Portões Abertos’, pré-jogo legitimamente alvirrubro, a transmissão será continuada até as 22h, enriquecida com toda a repercussão da partida.

As redes sociais do Clube do Povo (@scinternacional no Twitter, Instagram e Facebook) e o Site do Inter também acompanharão o confronto, oferecendo completo minuto a minuto repleto de imagens compartilhadas de maneira instantânea. Na TV, Premiere e Sportv (exceto RS) anunciam a transmissão.


Apoio de casa!

A volta do futebol não significa o fim da pandemia de Covid-19; pelo contrário. Dentro de campo, atletas, comissão técnica, grupos de apoio e comissão de arbitragem têm tomado todos os cuidados para evitar a propagação do novo coronavírus, seguindo à risca o protocolo da Federação Gaúcha de Futebol (FGF). A torcida, é claro, também precisa fazer sua parte.

Foto: Max Peixoto

Hoje, contribuir significa ficar em casa e respeitar as orientações de isolamento social. Se a saudade bater, faça uma chamada com os amigos, ligue para a tradicional companhia de Gigante, mas não deixe de curtir o jogo do conforto de seu lar, seguro em sua residência. Se precisar sair, use máscara e mantenha suas mãos constantemente higienizadas. Distantes fisicamente, mas unidos no sentimento, buscaremos os três pontos no Gauchão. Vamo, Inter!


Palco já testemunhou show de inesquecível dupla

Há 11 anos, em cenário parecido ao deste sábado, Inter e Esportivo duelaram na cidade de Bento Gonçalves. Antepenúltima rodada do segundo turno do Gauchão, foi disputada na noite da terça-feira 24 de março de 2009. Escalado pelo técnico Tite, o Clube do Povo foi a campo com Lauro no gol, Danilo, Danny Morais, Bolívar e Marcelo Cordeiro na defesa; Sandro, depois Rosinei, Magrão, Guiñazú e Andrezinho, depois Giuliano, no meio; Nilmar e Taison, depois Alecsandro, na frente.

Temível dupla de ataque, dona de velocidade rara para a composição de linhas de frente, a parceria Taison e Nilmar brilhou na Montanha dos Vinhedos. Logo aos 15, o camisa 9 abriu o placar pegando a sobra de excelente desarme do volante Sandro. Já no encerramento da primeira etapa, o então artilheiro virou garçom e, aos 43, serviu o 7, que ampliou. Menos de dois minutos depois, a tabelinha foi repetida, garantindo o 3 a 0 antes do intervalo.

Na etapa final, Taison marcou o quarto, enquanto Nilmar anotou os gols de número cinco e seis. Dono da casa, o Esportivo ainda colocou duas bolas na rede. Inter 6 a 2, e a vaga na fase final estava cada vez mais próxima – assim como o título gaúcho, que seria conquistado de maneira invicta.

Inter superado no Centenário

Quatro meses depois, o Inter voltou a disputar um jogo oficial. No Estádio Centenário, em Caxias do Sul, o Clube do Povo foi derrotado por 1 a 0 pelo Grêmio. A partida, iniciada às 21h30, integrou a quarta rodada do returno estadual. Agora, o Colorado volta suas atenções para o duelo do próximo sábado (25/07), quando visita, em Bento Gonçalves, o Esportivo. O duelo, previsto para as 19h, terá como sede a Montanha dos Vinhedos.


Primeiro tempo movimentado

Reflexo natural do longo tempo de parada das duas equipes, os primeiros movimentos da etapa inicial estiveram marcados por faltas em sequência de ambos os lados. Conforme o jogo ficou mais solto, o Inter passou a ocupar papel de protagonista no confronto, criando boas oportunidades pelos dois flancos do campo. A partir da segunda metade da partida, o Grêmio conseguiu encaixar seus primeiros contra-ataques e levar perigo à meta colorada. Na melhor oportunidade dos visitantes, Everton cobrou pênalti sofrido por Kannemann, após cobrança de escanteio, e Lomba defendeu. Já nos instantes finais, o Clube do Povo retomou o controle sobre a posse de bola e voltou a rondar a defesa rival, sem converter, porém, suas chances em gol. Chegado o intervalo, o placar persistia em branco.


Segundo tempo decisivo

O Clube do Povo retornou bastante ofensivo dos vestiários. No primeiro terço da etapa final, foram muitas as oportunidades criadas pelo Colorado, que esbarrou em milagres de Vanderlei, cortes providenciais da zaga gremista e, inclusive, na teimosia da bola, que parecia evitar tomar o caminho do gol adversário. Aos 17, Jean Pyerre abriu o placar para os visitantes em cobrança de falta que teve sua trajetória alterada após desvio na barreira do Inter. Atrás no placar, os comandados de Coudet trataram de pressionar em busca do tento de empate, que não saiu.


Principais lances:

50min – Encerrada a partida.

45min – Vamos a 50. Mais cinco.

45min – Paulo Miranda entra no lugar de Alisson.

43min – UHHHHHHHHHHH! Patrick, atuando como lateral-esquerdo, faz grande jogada pela ponta, dá uma caneta no marcador e cruza buscando Guerrero. Geromel afasta parcialmente e a sobra fica com Saravia, na entrada da área. O lateral não pega em cheio, e a bola fica com a zaga gremista.

41min – Zé Gabriel entra no lugar de Moisés.

34min – Pepê amarelado por falta em Saravia.

33min – Luciano e Thaciano em campo na equipe visitante. Jean Pyerre e Everton fora da partida.

27min – Duas mudanças no Inter. Marcos Guilherme e Boschilia saem para as respectivas entradas de Praxedes e Patrick.

26min – Cartão amarelo para Marcos Guilherme.

19min – No Inter, entra Pottker no lugar de D’Alessandro. O Grêmio tira Diego Souza e alça Pepê.

17min – Jean Pyerre cobra falta na barreira colorada. O desvio acontece e engana Lomba, morrendo na goleira do Inter.

15min – COMO NÃO ENTROU?????????? Edenilson intercepta troca de passes na defesa azul, chega de frente para a área, corta Geromel e finaliza de esquerda, no cantinho. Quando picou no chão, a bola estava dentro, mas a redonda, teimosa, pega curva e sai beijando o poste.

10min – Lindoso leva o amarelo.

9min – NADA? D’Alessandro cobra escanteio aberto, em jogada ensaiada com Guerrero. Peruano escora para a pequena área, mas a zaga consegue desvio. Time colorado pede mão, mas o árbitro ignora.

8min – MILAAAGRE! Boschilia cobra falta pela direita, buscando o ângulo de Vanderlei, que voa, de mão trocada, para salvar os gremistas.

5min – BLITZ COLORADA! D’Alessandro deixa com Saravia, pela direita. O argentino cruza buscando Edenilson, que bota na confusão, na direção de Guerrero. Centroavante colorado toma um pisão de Geromel, ignorado pela arbitragem que, na sequência, assinala falta do ataque alvirrubro.

3min – SAAAAAAAAAAAAALVA A ZAGA! D’Alessandro aciona Guerrero no contra-ataque. O peruano corre do centro para a esquerda e vira para Marcos Guilherme, livre na área gremista. O relâmpago tenta o cruzamento rasteiro buscando Edenilson, mas a zaga consegue corte providencial.

0min – Equipes retornam com mudanças. No Inter, Lindoso entra na vaga de Musto. De parte do time visitante, Darlan substitui Maicon.


48min – Guilherme Guedes atropela D’Alessandro na região central do campo. Árbitro não apresenta o cartão e, assim que feita a cobrança, interrompe a partida.

46min – UH! Guerrero faz o pivô e deixa com Boschilia, que solta a bomba de canhota. Bola vai por cima, levando perigo!

44min – Mais três. Etapa inicial vai até os 48!

37min – Cuesta recebe o cartão por falta em Kannemann.

32min – LOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOMBA! LOOOOOOOOOOOOOOOOMBA! Everton bate à meia-altura, buscando o canto direito. Paredão colorado voa para defender.

31min – Pênalti para o Grêmio.

30min – Pressão colorada! D’Alessandro cobra escanteio na cabeça de Guerrero, que testa forte buscando o ângulo oposto de Vanderlei. Ela sai em tiro de meta.

29min – POR CIMA! Guerrero cobra direto. A bola desvia na barreira e pega velocidade, mas não cai em tempo de morrer nas redes visitantes. Boa oportunidade!

27min – Esse já tem cartão, professor! D’Alessandro entorta Kannemann e arma contra-ataque para o Inter, acionando Guerrero, que é atropelado por Matheus Henrique. Falta é marcada, mas árbitro parou por aí.

23min – LOOOOOOMBA! Diego Souza recebe lançamento em profundidade e sai de frente com o goleiro colorado, que deixa o gol abafando o ângulo do atacante adversário. Grande defesa! Na sequência do lance, Musto leva cartão por falta em Jean Pyerre.

18min – COOOORTA A ZAGA! Marcos Guilherme e Boschilia invertem os lados. Pela esquerda, o relâmpago escapa da marcação, pisa na área e cruza rasteiro buscando Guerrero. Zaga visitante faz o corte.

15min – Amarelado! Sem tempo de bola, Matheus Henrique dá pisão em Musto. Falta marcada e cartão apresentado!

14min – Na banheira! Moledo desarma Everton, dentro da área colorada. A sobra, espirrada, é de Diego Souza que, em condição irregular, finaliza de trivela. Lomba opera linda defesa.

10min – UHHHHHHHHHHH!!!! D’Alessandro recebe de Saravia pela direita, invade a área e cruza fechado. Geromel desvia para trás, quase atentando contra o próprio patrimônio, mas consegue tirar a bola da direção de Edenilson.

8min – Clube do Povo começa a dominar as ações do jogo, controlando a posse de bola. D’Alessandro tenta lançamento para Edenilson, a zaga gremista afasta de qualquer maneira e a sobra é colorada, que volta a cozinhar escape ofensivo.

6min – Reflexo natural da falta de ritmo de jogo, primeiros minutos transcorrem marcados por faltas em sequência dos dois lados. Em boa escapada pela direita, Saravia tenta o cruzamento na segunda trave e quase encobre o goleiro Vanderlei.


Ficha técnica:

Inter (0): Marcelo Lomba; Renzo Saravia, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta, Moisés (Zé Gabriel); Damián Musto (Rodrigo Lindoso), Marcos Guilherme (Bruno Praxedes), Edenilson, Gabriel Boschilia (Patrick); Andrés D’Alessandro (William Pottker) e Paolo Guerrero. Técnico: Eduardo Coudet.

Grêmio (1): Vanderlei; Victor Ferraz, Pedro Geromel, Walter Kannemann, Guilherme Guedes; Maicon (Darlan), Matheus Henrique, Alisson (Paulo Miranda), Jean Pyerre (Thaciano), Everton (Luciano); Diego Souza (Pepê). Técnico: Renato Portaluppi.

Gol: Jean Pyerre (G).

Cartões amarelos: Damián Musto, Rodrigo Lindoso, Marcos Guilherme e Victor Cuesta (I). Matheus Henrique e Pepê (G).

Arbitragem: Daniel Nobre Bins apita, auxiliado por Rafael Alves e Mauricio Pena. Quarto árbitro: Anderson Farias.

Estádio: Centenário – Caxias do Sul (RS).