Inter é derrotado na estreia do Brasileirão de 2022

Colorado largou com derrota no Nacional/Foto: Ricardo Duarte

O Colorado estreou no Brasileirão neste domingo (10/04), em Minas Gerais, diante do Atlético-MG. No Mineirão, o Clube do Povo foi superado por 2 a 0, resultado construído pela equipe da casa com dois gols de Hulk. Pelo Nacional, o Inter voltará a campo no próximo domingo (17/04), às 18h, no Beira-Rio, quando receberá o Fortaleza. Antes disso, contudo, o time de Medina enfrentará o Guaireña-PAR, na quinta-feira que vem (14/04), pela Sul-Americana – e o duelo continental já conta com serviço de jogo aberto para a Maior e Melhor Torcida do Rio Grande.


Mandantes têm início avassalador

Defesa teve trabalho no início do duelo/Foto: Ricardo Duarte

Escalado com dois pontas e dois atacantes, o Atlético-MG foi a campo com o objetivo de decidir a partida o quanto antes. Sempre que a bola chegava em Keno, na esquerda, Ademir tinha liberdade para fazer a diagonal em direção à área, e a mesma movimentação era repetida quando o camisa 19, pela direita, era acionado. Enquanto isso, Hulk e Sasha, centralizados, prendiam a marcação, ao passo que Guga e Arana ultrapassavam como verdadeiros alas. Bastante ofensiva, a postura do Galo encontrou recompensa logo aos 9, quando o zero foi arrancado do placar.

Após bate-rebate na área colorada, Hulk recebeu de Nathan Silva, driblou Daniel e concluiu para o gol. Àquela altura, o time da casa já desperdiçara duas boas chances, uma delas endereçada ao travessão. Depois do tento, novas oportunidades seriam criadas pelo Atlético-MG durante os próximos 10 minutos, mas nenhuma capaz de balançar as redes do Clube do Povo. A partir dos 20, o ritmo alucinante deixou de ser adotado pelo Galo, e o Inter, pouco a pouco, cresceu em posse de bola.

Time evoluiu ao longo da primeira etapa/Foto: Ricardo Duarte

Antes do intervalo, o time de Medina chegou a criar duas oportunidades de relevância. A primeira – e mais perigosa – foi armada por Taison, que acionou Carlos de Pena, estreante entre os titulares do Clube do Povo, na ponta-esquerda. Dali, o uruguaio chutou rasteiro e cruzado, em direção à segunda trave, onde Bruno Méndez poderia completar de carrinho não fosse o tapa providencial de Everson. Minutos mais tarde, o goleiro apareceu para encaixar, sem rebote, finalização firme de Edenilson.

Pena assustou a minutos do intervalo/Foto: Ricardo Duarte

Medina muda e Inter melhora

O Clube do Povo retornou com novidade para o segundo tempo. No lugar do centroavante Wesley Moraes, Medina mandou o argentino Mercado a campo, modificando o esquema tático colorado. A partir de então, o Inter atuou com três zagueiros (Bruno na direita, o camisa 25 centralizado e Kaique pela esquerda), e liberou Bustos e Pena para as alas. Por dentro, Gabriel, Liziero e Edenilson tratavam de armar a equipe e municiar Taison e Mauricio, soltos como dupla de ataque.

Mauricio jogou mais adiantado no segundo tempo/Foto: Ricardo Duarte

Logo no primeiro minuto, a formatação criou sua primeira incursão de perigo. Da esquerda, o atacante Taison virou o jogo para Bustos, que recebeu dentro da área e ajeitou para Edenilson. Rasteiro e cruzado, o meio-campista chutou de primeira, quase empatando. Pouco depois, SuperEd preferiu ser garçom, e serviu Mauricio. Dentro da área, o camisa 27 tentou a devolução de letra, mas o passe, que criaria uma chance clara, tomou o caminho das mãos de Everson. Era preciso ser mais ofensivo, diagnóstico compartilhado por Medina, que chamou Alemão.

A postura mais franca, naturalmente, também ofereceu espaços para o contragolpe mandante, que quase se desdobrou em gol aos 27, quando Daniel operou grande defesa diante de Savarino. Na sequência, aos 31, o Inter teve sua melhor chance. Depois de passe de Taison, Edenilson saiu de frente com Everson e, embora sem ângulo, conseguiu finalizar de cobertura. Teimosa, a bola explodiu no poste, fugiu do domínio de Alemão e só foi arrematada por Pena, que acertou na zaga. Mais tarde, aos 41, Hulk, aproveitou o cenário movimentado para, em jogada individual, fazer o segundo do Galo e impedir qualquer chance de empate colorado.

Edenilson parou na trave/Foto: Ricardo Duarte

Primeiro tempo

1min – Galo começa o jogo em cima. Pela esquerda, Keno recebe, invade a área colorada, abre ângulo para dentro e chuta. Mauricio resvala, e o chute sai em escanteio.

3min – Sasha, livre na área colorada, recebe cruzamento de Keno e cabeceia para boa defesa de Daniel.

8min – Ademir carimba o travessão do Inter.

9min – Hulk recebe assistência de Nathan, dribla Daniel e manda para as redes.

16min – Keno, de cabeça, recebe cruzamento de Ademir e manda por cima.

21min – Taison recebe de Wesley, consegue fintar a marcação com o domínio, mas prefere o passe ao chute. Forte demais, a tentativa de assistência para Edenilson toma o caminho da linha de fundo.

34min – UH! Pena recebe de Taison e, da quina esquerda da grande área, chuta cruzado e rasteiro. Everson espalma, tirando dos pés de Bruno Méndez, que atacava a segunda trave de carrinho.

36min – Keiller, no banco de reservas, recebe o amarelo por reclamação.

42min – De fora da área, pela direita, Edenilson arrisca. Everson encaixa.

44min – Gabriel impede que Arana arme contra-ataque e, por isso, recebe o amarelo.

45min – Mais dois. Vamos a 47!

47min – Intervalo!


Segundo tempo

0min – Entra Mercado no Inter, na vaga de Wesley. Colorado passa a atuar com três zagueiros.

1min – PRA FOOOOOOOOOOOOORA! Taison escapa pela esquerda e inverte jogo até Bustos, que domina na área rival e ajeita para Edenilson. Camisa oito chuta cruzado, de perna direita, mas mascado. Quase o empate!

5min – Gabriel, de primeira, emenda chute forte após assistência de Mercado. Por cima!

6min – Mauricio e Edenilson tabelam pela direita da meia-lua colorada. Servido pelo oito, 27 tenta a devolução de calcanhar, mas ela fica curta.

12min – Zaracho vem no Galo. Sasha saiu.

17min – Arana acerta Gabriel com força. Amarelado.

19min – Duas trocas no Atlético: Jair e Savarino por Otávio e Ademir.

21min – Alemão vem, Mauricio vai. Clube do Povo tem novidade no ataque.

22min – Amarelo para Pena. Acertou Guga.

27min – DANIEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEL! Nathan acerta lançamento de 50 metros na direção de Savarino, que domina na área colorada, corta Kaique e chuta na saída do goleiro alvirrubro. Grande defesa!

29min – BRUNO MÉNDEZ! De fora da área, Jair enche o pé, buscando o canto da meta colorada. Zagueiro charrua se atira na direção da bola e salva o Inter!

31min – NO POOOOOOOOOOOOOOOSTE! Edenilson recebe de Taison, que puxou grande contra-ataque, e finaliza por cima de Everson. A bola explode na trave, retorna para a área, mas nem Taison, nem Alemão, conseguem o chute. Pena, na sobra, bate com desvio e ganha o escanteio.

31min – Galo responde em velocidade, e Arana, debaixo das traves, perde grande chance.

31min – Mercado reclama pênalti na jogada, e recebe o cartão amarelo.

32min – Vargas entra no Galo. Keno deixou o campo.

34min – Também tem troca no Inter: Boschilia por Liziero.

39min – MEU DEUS! Pena cruza fechado da esquerda e Everson fura na defesa. Entre suas pernas, ela quase toma o caminho do patrimônio alvinegro.

43min – Caio é a última novidade no Inter. Saiu Bruno Méndez.

45min – Mais quatro! Vamos a 49.

47min – Hulk amplia em bonito gol.

49min – Fim de jogo.


Ficha técnica:

Atlético-MG (2): Everson; Guga, Nathan Silva, Alonso e Arana; Otávio (Jair) e Allan; Keno (Vargas) e Ademir (Savarino); Sasha (Zaracho) e Hulk. Técnico: Turco Mohamed.

Internacional (0): Daniel; Bustos, Bruno Méndez (Caio Vidal), Kaique Rocha e Liziero (Boschilia); Gabriel, Edenilson, Mauricio (Alemão), Taison e Carlos de Pena; Wesley Moraes (Gabriel Mercado). Técnico: Alexander Medina.

Gols: Hulk, aos 9’/1ºT e 47’/2ºT (A).

Cartões amarelos: Nathan Silva e Arana (A). Carlos de Pena, Gabriel e Keiller (I).

Arbitragem: Bruno Arleu de Araújo, auxiliado por Rodrigo Figueiredo Correa e Carlos Henrique de Lima Filho. Quarto árbitro: Ronei Candido Alves. VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga.

Estádio: Beira-Rio.

Inter é eliminado da Copa do Brasil

Inter foi superado pelo Globo/Foto: Ricardo Duarte

Em Ceará-Mirim (RN), o Internacional foi superado pelo Globo-RN, na noite desta quinta-feira (03/03), por 2 a 0. O resultado elimina o Clube do Povo da Copa do Brasil ainda na primeira fase da competição. O Colorado volta a campo no próximo domingo (06/03), às 18h15, no Beira-Rio, quando enfrenta o Aimoré em confronto da 10ª rodada do Gauchão.


Primeiro tempo

1min – UH! Edenilson cobra escanteio da esquerda. Fechada, a bola tinha endereço, mas é cortada pelo goleiro Zuba.

14min – Hiltinho recebe de Anderson, invade a área colorada e chuta de bico. Daniel defende.

17min – Wesley faz bonita parede e vira jogo até Bustos, que escapa pela direita e cruza. Antes de Mauricio, já na pequena área, Eduardo Bahia corta.

19min – Hítalo recebe na entrada da área do Inter e, de canhota, arrisca. Daniel, em dois tempos, encaixa.

20min – Inter constrói bonita troca de passes pela direita. De Johnny para Edenilson e dele com Mauricio, que abre o jogo até Bustos. Lateral cruza rasteiro, mas a zaga tira.

31min – Edenilson e David trocam passes na meia-lua da grande área, a zaga espirra para trás, e Wesley quase tira proveito. Mael, antes do centroavante do Inter, afasta.

36min – Bruno Méndez recebe o amarelo por falta dura em Anderson.

38min – QUE PATAÇO! De longe, Moisés arrisca chute forte, que André Zuba espalma para dentro da área. No rebote, Eduardo Bahia antecipa Edenilson ganha o tiro de meta.

40min – Nino arma veloz contragolpe para o Globo. Da direita, ele percebe Hiltinho invadindo a área com liberdade, mas o passe sai fechado demais e morre nas mãos de Daniel.

44min – Edenilson recebe com espaço, engatilha o chute, mas decide pela assistência. Forte demais, ela não encontra David, que fazia a diagonal nas costas da zaga adversária.

45min – Mais dois. Vamos a 47!

47min – Intervalo em Ceará-Mirim.


Segundo tempo

0min – Com indisposição estomacal, Johnny deixa o campo. Vem Dourado.

1min – Ramon, da entrada da área, fica com a sobra de chute de Rômulo e arrisca. Tiro de meta para Daniel.

3min – COOOOOOOOOOOORTA A ZAGA! Mauricio é lançado por Edenilson, tira proveito de erro do goleiro e tenta por cobertura. Já na pequena área, a zaga consegue o corte.

5min – André Zuba recebe o amarelo.

7min – DEFENDE O GOLEIRO! David faz boa jogada pela esquerda, corta a marcação e deixa o corredor livre para Moisés, que invade a área e chuta rasteiro. Forte, ela é defendida por Zuba.

9min – Fernando abre o placar para o time da casa.

13min – Três trocas no Inter. Kaique Rocha, D’Alessandro e Caio Vidal entram nos lugares de Bruno Méndez, Mauricio e Gabriel.

16min – Nino faz cera e, por isso, é amarelado.

18min- Amarelado, Nino deixa o campo. Vem Adílio.

24min – Rômulo recebe de Hiltinho, corta para a perna canhota e finaliza rasteiro. A bola sai tirando tinta.

26min – Hiltinho recebe o amarelo.

28min – Wesley também é amarealdo.

30min – Kaique é mais um na súmula por cartões.

31min – DANIEEEEEL! Hiltinho cobra falta pela quina esquerda da grande área do Inter. Goleiro colorado voa e espalma.

31min – Cadorini entra no Inter. Substituto de Bustos.

35min – Wesley, de casquinha, consegue bom desvio na primeira trave. Na grande área, Kaique manda de puxeta, mas por cima.

38min – Cuesta. Mais um que recebe cartão.

41min – Caio escapa pela direita e cruza rasteiro. Zaga corta, a bola sobra com Ed, e o camisa oito tenta o chute, mas também é travado.

42min – Rômulo faz o segundo dos donos da casa.

44min – Victor entra no lugar de Hiltinho.

45min – Mais seis. Vamos a 51.

48min – Cadorini, dentro da área, consegue chute perigoso, mas para fora.


Ficha técnica:

Globo-RN (2): André Zuba; Alessandro, Mael, Eduardo Bahia e Fernando; Ramon, Hítalo, Nino (Adílio) e Hiltinho (Victor); Anderson e Rômulo. Técnico: Jaelson Marcelino.

Internacional (0): Daniel; Bustos (Matheus Cadorini), Bruno Méndez (Kaique Rocha), Victor Cuesta e Moisés; Gabriel (Caio Vidal), Johnny (Rodrigo Dourado), Edenilson, Mauricio (D’Alessandro) e David; Wesley Moraes. Técnico: Alexander Medina.

Gols: Fernando, aos 9’/2ºT, e Rômulo, aos 42’/2ºT (G).

Cartões amarelos: André Zuba, Hiltinho e Nino (G). Bruno Méndez, Kaique Rocha, Victor Cuesta e Wesley (I).

Arbitragem: Denis da Silva Serafim, auxiliado por Rondinelle Tavares e Wagner da Silva, trio de Alagoas. Quarto árbitro: Moisés Estevão Lima, do Rio Grande do Norte.

Estádio: Manoel Dantas Barretto-RN.

Galeria de fotos: São José-POA x Internacional – 8ª rodada/Gauchão 2022

Inter foi superado, no Passo D’Areia, por 3 a 2 pelo Zeca. Confira as imagens do confronto.

Inter perde no Passo D’Areia

Colorado foi superado na Zona Norte/Foto: Ricardo Duarte

Em duelo da oitava rodada do Gauchão 2022, o Internacional foi superado pelo São José, no Passo D’Areia, pelo placar de 3 a 2. Edenilson, no primeiro tempo, abriu o placar para o Colorado, que sofreu a virada na etapa final, e ainda descontou com Caio Vidal, já na reta final de confronto. Com 12 pontos na tabela, o Clube do Povo volta suas atenções para o Gre-Nal do próximo sábado (26/02), que ocorrerá, a partir 19h, no Beira-Rio.


Inter sai em vantagem

Torcida marcou presença no Passo D’Areia/Foto: Ricardo Duarte

Jogos disputados no gramado sintético do Passo D’Areia possuem um roteiro já conhecido. O diferente tempo de bola do piso emborrachado transforma os primeiros 20 minutos de confronto em um laboratório de testes, no qual os atletas colorados buscam a melhor adaptação às particularidades da partida. Neste período, por consequência, as emoções são escassas, e o duelo, é claro, truncado.

O crescimento colorado na partida pode ser simbolizado em trama construída aos 30, quando PV escapou pela esquerda, fintou dois marcadores e cruzou rasteiro. Boschilia, na primeira trave, chutou rasteiro, mas a zaga bloqueou. Pouco depois, Cadorini avançou pelo mesmo corredor, fintou a marcação e, da quina da área, chutou forte. Fábio espalmou para a área, no pé de Edenilson, que não perdoou.

Edenilson abriu o placar para o Inter/Foto: Ricardo Duarte

O Colorado cresceu no jogo a partir do gol de SuperEd, e criou chances para ampliar a conta antes do intervalo. Primeiro, Samuel cortou bom cruzamento de Boschilia, mas quase fez contra. Depois, Johnny tabelou com Cadorini e saiu de frente com Fábio, mas parou em milagre do goleiro. Já aos 45, quem assustou foi David, em cabeceio que a zaga rival cortou em cima da linha.


Rival vira em poucos minutos

Rival cresceu no segundo tempo/Foto: Ricardo Duarte

A partida foi reiniciada com duas equipes em ritmos distintos. Para azar colorado, com superioridade do São José, que empatou o jogo aos seis, virou aos 19 e, no minuto 22, chegou ao terceiro gol. Percebendo o time em mau momento, Medina mudou a disposição tática do Inter, e armou o time com três zagueiros. Assim, conteve as ofensivas adversárias e concentrou maior posse de bola no ataque, postura que resultou em gol de Caio, aos 41, mas que não chegou ao empate.


Primeiro tempo

12min – UH! Heitor cobra escanteio pela direita. A bola sai baixa, mas a zaga se complica, e Kaique, dentro da pequena área, finaliza no susto. Arremate explode na zaga, que salva o Zeca.

18min – David recebe de Boschilia, ganha espaço na meia-lua e serve Cadorini. Antes dele, a zaga faz o corte, e o lance é paralisado por impedimento.

20min – Everton Bala, de longe, arrisca. Daniel encaixa sem problemas.

24min – Jadson, camisa 13, entra no Zeca. Zagueiro Pablo deixou o campo após sofrer lesão em decorrência do gramado.

27min – BONITO! Edenilson recebe na intermediária defensiva e, tirando proveito do pique da bola no gramado sintético, aplica uma lindo chapéu, de primeira, em Marcelo.

30min – TIIIIIIIIIIIIRA A ZAGA! Paulo Victor faz linda jogada pela esquerda, deixa dois marcadores para trás e cruza rasteiro. Boschilia chega batendo, mas travado por Jadson, que também bloqueia Johnny na sequência.

35min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL DO INTER! ED, ED, ED, SUPEREEEEEEEED! Cadorini escapa em velocidade pela esquerda, corta a marcação na altura da quina da grande área e finaliza forte. Rasteira, ela é espalmada por Fábio, que dá rebote nos pés de Edenilson. Em altíssima velocidade, o camisa oito surge livre e finaliza para as redes do Zeca. Inter na frente!

38min – QUASE O GOL CONTRA! Cadorini lança Edenilson na direita. O camisa oito corre muito, impede a saída da bola pela lateral, progride em direção ao campo de ataque e cruza. Antes da PV, livre na segunda trave, Samuel aparece e corta, PERIGOSAMENTE, com o peito.

42min – Sillas marca para o São José, mas flagrado em lance anulado por impedimento claro de Cristiano.

43min – MILAAAAAAAAAAAAAAGRE! Johnny progride pela entrada da área e aciona Cadorini, que devolve de letra para o meio-campista. Cara a cara com Fábio, o camisa 30 chuta de canhota, mas é travado por defesa com os pés do arqueiro. No rebote, Boschilia exige nova defesa do goleiro.

45min – EM CIIIIIIIIIIIIIIMA DA LINHA! Boschilia recebe grande passe de Edenilson e, dentro da área, pela direita, cruza na segunda trave. David cabeceia no contrapé de Fábio, mas Jadson afasta debaixo das traves.

45min – Vamos a 49. Mais quatro!

46min – UH! Heitor surpreende. De muito longe, cobra falta que quase encobre Fábio, mas sai tirado tinta.

49min – Intervalo no Passo D’Areia!


Segundo tempo

0min – Troca no Zeca. Vem Kevin, sai Mazola.

3min – UUUUUUH! David lança boa bola para Boschilia, que invade a área pela esquerda e cruza rasteiro. Livre, Ed aparece na segunda trave, faz o corte para a canhota e chuta rasteiro, mas para fora. Boa chance!

6min – Sillas empata para o São José.

11min – Dourado recebe o primeiro amarelo da partida.

13min – Sillas recebe o amarelo por retardar o reinício do confronto.

17min – Duas trocas no Inter. Entram Palacios e Lindoso, saem Boschilia e Dourado.

19min – Kevin vira para os donos da casa.

22min – Cristiano amplia a conta. São José abre 3 a 1.

29min – Duas trocas no rival. Lissandro e David nas vagas de Cristiano e Sillas.

30min – De fora da área, Johnny chuta forte. Fábio encaixa.

31min – Medina promove mais duas alterações. Entram Liziero e Mauricio nos lugares de Paulo Victor e Heitor.

34min – Cadorini faz o giro de pivô e finaliza rasteiro, com perigo.

40min – Caio entra no lugar de Johnny. Medina faz a quinta troca.

41min – No São José, sai Samuel para a entrada de Alex Murici.

41min – GOOOOOOL! É GOOOOOOL! É GOOOOOOL! Caio Vidal pega a sobra de confusão da zaga adversária e, frente a frente com Fábio, chuta rasteiro para descontar. Inter vai em busca do empate!

45min – Mais seis. Vamos a 51.

48min – Cadorini, livre na esquerda, recebe bom cruzamento e desvia. Fábio encaixa.

51min – Fim de jogo.


Ficha técnica

São José (3): Fábio Rampi; Samuel (Alex Murici), Pablo (Jadson), Bruno Jesus e Marcelo; Tiago Pedra e Crystopher; Everton Bala, Sillas (Lissandro) e Cristiano (David); Mazola. Técnico: Paulo Baier.

Internacional (2): Daniel; Heitor (Mauricio), Kaique Rocha, Victor Cuesta e Paulo Victor (Liziero); Rodrigo Dourado (Rodrigo Lindoso) e Johnny (Caio Vidal); David, Edenilson e Boschilia (Palacios); Matheus Cadorini. Técnico: Alexander Medina.

Gols Sillas, aos 6’/2ºT, Kevin, aos 19’/2ºT, e Cristiano, aos 22’/2ºT (S). Edenilson, aos 35’/1ºT, e Caio Vidal, aos 41’/2ºT (I).

Cartões amarelos: Sillas (S). Rodrigo Dourado (I).

Cartões vermelhos:

Arbitragem: Jean Pierre Lima, auxiliado por Mateus Olivério Rocha e Fabricio Lima Baseggio. Quarto árbitro: Joseph Ribeiro Lopes.

Estádio: Francisco Novelletto Neto-POA.

Libertadores Sub-20: Celeiro perde para o Millonarios

Celeiro enfrentou o Millonarios nesta quarta/Foto: CONMEBOL

Em duelo da segunda rodada do Grupo B da Libertadores Sub-20, o Celeiro de Ases foi superado pelo Millonarios-COL, nesta quarta-feira (09/02), pelo placar de 1 a 0. Carvajal marcou o gol da partida, que será sucedida, no calendário da base do Clube do Povo, por embate diante do Peñarol. O confronto com os uruguaios, último da primeira fase do torneio continental, ocorre no próximo sábado (12/02), às 19h30, também em Quito.

Adversário pressionou no primeiro tempo/Foto: CONMEBOL

Quem assustou primeiro foi o Millonarios, que chegou forte com Beckham. Dono da camisa 11, o ponta-direita rival teve liberdade para chegar próximo à área colorada e, com a canhota, finalizar para milagre de Anthoni, que espalmou de mão trocada. Matheus Dias respondeu para o Inter pouco depois, aos 10, quando foi acionado na segunda trave e só não empurrou para o gol devido a desvio do volante rival.

A zaga colorada voltou a trabalhar entre os 15 e 20 minutos, quando João Pedro operou dois cortes providenciais para conter o ímpeto rival. Primeiro, o camisa três cortou arremate perigosíssimo do lateral-esquerdo adversário, que invadia a área do Inter em velocidade. Depois, o beque impediu que Óscar Cortés ficasse livre, frente a frente com Anthoni. Considerável, a exigência imposta pelo ataque colombiano resultou em lesão de João Felix, sacado para a entrada de Lucas Ryan.

Defesa trabalhou muito no primeiro tempo/Foto: CONMEBOL

O Inter tentou igualar as ações a partir dos 20 minutos, e chegou a assustar com Lucca, bem servido por Matheus Dias. Logo depois, porém, Carvajal pegou a sobra de chute de Óscar Cortes e, dentro da área colorada, mandou para as redes. Inaugurado o placar, o artilheiro colombiano passou a ser ainda mais acionado pelos companheiros, e chegou a desperdiçar duas boas chances antes de ser atingida a primeira meia-hora de confronto.

O Inter voltou a assustar aos 35, quando Allison cobrou falta, a partir da intermediária esquerda de ataque, direto na área rival. Na segunda trave, Lucas Ryan atacou a bola em altíssima velocidade e fez o desvio por cima. Já aos 44, Vitinho foi lançado em velocidade, com espaço, mas teve seu contragolpe impedido pelo goleiro rival, que se transformou em líbero para afastar o perigo. Dois minutos mais tarde, o brilho seguiu dos arqueiros, mas com Anthoni, que salvou grande chance de Óscar Cortés.

Anthoni fez grandes defesas no confronto/Foto: CONMEBOL

Mesmo na altitude, o Inter tratou de criar as melhores chances do segundo tempo. Logo aos cinco, Matheus Dias cobrou falta pela esquerda da meia-lua da grande área e exigiu milagre do goleiro rival. Logo depois, Bernardo recebeu boa bola de Estêvão e, da direita, cruzou com veneno, mas fora do alcance de Gustavo, que tentava de peixinho. Mais tarde, aos 30, Estêvão foi garçom de Lucca, que encheu o pé da entrada da pequena área, mas mandou por cima. Assim, o prélio era encerrado com vitória adversária.

Colorado pressionou no segundo tempo/Foto: CONMEBOL

Ficha técnica:

Internacional (0): Anthoni Spier; Bernardo (Ryan), João Pedro, João Felix (Lucas Ryan) e Rangel; Matheus Dias, Gustavo (Lukayan), Estêvão (Robert) e Vitinho; Allison (Jonathan) e Lucca. Técnico: João Miguel

Millonarios-COL (1): Jhonatan González; Samuel Bello (Oñate), César Benavides, Alex Paz e Asprilla; Nicolas Arévalo, Óscar Cortés (Mateo Sierra) e Jean Angulo; Beckham Castro (Kevin Cortés), Juan Carvajal e Andrés Gómez (Rubén Ramos). Técnico: Jose Gomez.

Gol: Carvajal, aos 27’/1ºT (M).

Cartões amarelos: Bello e Carvajal (M). Matheus Dias (I).

Arbitragem: Cristian Garay, auxiliado por Miguel Rocha e Juan Serrano, trio chileno. Quarto árbitro: Dilio Rodriguez, da Bolívia.

Colorado perde para o Ypiranga

Em duelo válido pela quarta rodada do Campeonato Gaúcho, o Internacional foi superado pelo Ypiranga, em Erechim, pelo placar de 3 a 1. Bruno Méndez marcou o gol colorado no duelo, enquanto Lorran e Erick, este duas vezes, anotaram os tentos da vitória rival. Agora, o Clube do Povo volta atenções para o Novo Hamburgo, adversário na próxima quarta-feira (09/02), às 21h30, no Beira-Rio. Clique aqui e confirme presença no duelo!


Primeiro tempo

0min – TIIIIIRA A ZAGA! David tabela com Edenilson, recebe na esquerda da grande área e cruza rasteiro. No retângulo menor, a zaga afasta.

0min – EEEEEEEEEEEEDSON! Moisés faz grande jogada pelo corredor esquerdo e cruza na medida para Edenilson, que cabeceia bonito, no canto direito. Goleiro canarinho defende.

6min – DANIEL SALVA O INTER! Ypiranga pressiona a saída de bola colorada e recupera a posse no campo de ataque. Matheus Santos finaliza de fora da área, Daniel espalma, mas o rebote é de Rodrigo Carioca, que finaliza para milagre do goleiro alvirrubro.

7min – PÊNALTI PARA O INTER! Edenilson recebe de Dourado e, de primeira, serve Caio Vidal. O camisa 47 recebe nas costas de Marcão e corta o zagueiro, que atropela a cria do Celeiro.

8min – Edenilson bate no canto direito, Edson voa e salva.

15min – NO POOOOOOOOSTE! Pressão ofensiva colorada surte efeito com Edenilson, que rouba a bola já perto da grande área e deixa com David. Do atacante para Boschilia, que invade a área pela direita e, livre, encobre Edson com a canhota. Teimosa, ela explode no travessão!

17min – UH! David, de fora da área, finaliza com a perna esquerda. Rasteira, ela sai ao lado.

24min – Diego Porfirio faz boa jogada pela esquerda, invade a área colorada pela esquerda e cruza rasteiro. Rodrigo Carioca domina e, cara a cara com Daniel, finaliza para milagre do goleiro do Inter. Na sobra, Lorran acerta lindo chute da meia-lua e abre o placar.

31min – UH! Dourado recupera mais uma no campo de ataque e lança David. Na meia-lua, ele consegue o domínio, mas tem o chute travado por Carlos Alexandre.

45min – UUUUUUUUH! David recebe de Dourado, após escanteio cobrado pela esquerda, recorta pela entrada da área e, de canhota, finaliza. Bola explode na zaga e sai em escanteio para o Inter.

45min – Mais um. Vamos a 46!

46min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOL! É DO IIIIIIIIIIINTER! É DO CLUBE DO POVO! É GOL COLORADO! BRUNO, BRUNO, BRUNO MÉÉÉÉÉÉNDEZ! Após confusão na grande área erechinense, Cuesta fica com a posse pela esquerda e inverte jogo até a direita. Rente à linha de fundo, Heitor se projeta e cruza para trás, onde Bruno Méndez aparece para finalizar com a perna direita e mandar às redes. Tudo igual no Colosso da Lagoa!

46min – Intervalo em Erechim!


Segundo tempo

0min – Ypiranga volta com mudança: Robson por Luiz Felipe!

1min – AMARELOU! Carlos Alexandre puxa David, que fazia bonito giro para invadir a área. Falta boa!

2min – Heitor cobra por cima da barreira, com perigo.

5min – Erick recoloca o Ypiranga na frente.

6min – Erick anota mais um para os locais.

8min – Robson recebe o amarelo por falta em Caio.

14min – Daniel salva o Inter em finalização de Erick.

15min – Caio por Mauricio, Liziero por Wesley e Heitor por Mercado. Três trocas no Inter!

19min – Entra D’Ale. Boschila é sacado.

27min – Moisés recebe o amarelo.

31min – Edenilson lança David pela esquerda do ataque colorado. Edson deixa o gol e afasta com o pé.

32min – Duas trocas no time da casa. Entram Windson e Jefferson nos lugares de Marcão e Rodrigo Carioca.

33min – Da direita, D’Alessandro cobra escanteio que Dourado desvia na primeira trave. Na pequena área, David, de carrinho, empurra para as redes, mas a arbitragem anula por impedimento duvidoso.

35min – Diego e Wesley batem boca e são amarelados.

36min – Amorim e Beléa são as últimas trocas de Luizinho Vieira. Lorran e Erick deixam o campo

37min – PV por Moisés. Muda o Inter.

41min – Beléa recebe de Lucas Falcão e, dentro da área colorada, finaliza para milagre de Daniel.

45min – Mais cinco. Vamos a 50.

47min – Beléa acerta D’Alessandro e é advertido com amarelo.

50min – Mais um minuto acrescido.

51min – Fim de jogo em Erechim.


Ficha técnica:

Ypiranga (3): Edson; Gedeílson, Carlos Alexandre, Marcão (Windson) e Diego Porfirio; Lorran (Amorim), Lucas Falcão e Luiz Felipe (Robson); Matheus Santos, Rodrigo Carioca (Jefferson) e Erick (Beléa). Técnico: Luizinho Vieira.

Internacional (1): Daniel; Heitor (Mercado), Bruno Méndez, Victor Cuesta e Moisés (PV); Rodrigo Dourado, Liziero (Mauricio), Edenilson, Boschilia (D’Alessandro) e Caio Vidal (Wesley); David. Técnico: Alexander Medina.

Gols: Lorran, aos 24’/1ºT e Erick, aos 5’/2ºT e 6’/2ºT (Y). Bruno Méndez, aos 46’/1ºT (I).

Cartões amarelos: Carlos Alexandre, Diego, Beléa e Robson (Y). Moisés e Wesley (I).

Arbitragem: Wagner Silveira, auxiliado por Tiago Augusto Kappes Diel e Maíra Mastella Moreira. Quarto árbitro: Marcelo Ignacio Domingues Neto.

Estádio: Colosso da Lagoa

Gurias são superadas em jogo com polêmica da arbitragem

Gurias foram superadas pelo Real Brasília/Foto: João Callegari

A estreia das Gurias Coloradas em 2022 foi encerrada com tropeço. No Beira-Rio, o Clube do Povo recebeu o Real Brasília, em confronto válido pelas quartas de final da Supercopa do Brasil, e sofreu revés por 1 a 0, gol de Geovana Alves. Com o placar, o Inter se despede do torneio e volta suas atenções para o Brasileirão A1, competição com início previsto para o próximo mês de março.


Primeiro tempo em marcha lenta

Inter foi a campo com postura ofensiva/Foto: João Callegari

Natural para um início de temporada, o primeiro tempo transcorreu em ritmo reduzido no gramado do Beira-Rio, que presenciou diversas estreias com a camisa colorada. Oriundas do Cruzeiro, Capelinha e Duda Sampaio iniciaram o jogo, a primeira na lateral-direita e a segunda no meio. Já Millene, contratada na temporada passada, mas ausente dos gramados por lesão, debutou na ponta-esquerda do 4-3-3 de Maurício Salgado, que foi a campo com o objetivo de controlar a posse de bola do confronto.

De sua parte, o Real Brasília, escalado com uma zagueira na volância e uma lateral no ataque, apostava nos contragolpes, fazendo questão de cozinhar o jogo sempre que incapaz de sair para o ataque em velocidade. Quando na frente, o rival forçou cruzamentos na direção de Geovana, a maioria desses cortada facilmente pela zaga vermelha. Prova disso é que as duas melhores chances do tempo regulamentar pertenceram às Gurias.

Duda Sampaio foi uma das estreantes da noite/Foto: João Callegari

A primeira investida de perigo do Inter saiu aos 29, quando Millene recebeu com espaço na esquerda, cortou para o centro e, diante do movimento de Fabi Simões, acionou a camisa sete em profundidade. Dida, em boa saída do gol, abafou o arremate e salvou as visitantes. Depois, no minuto 41, Bela apareceu de surpresa no ataque, cortou a primeira marcadora e só deixou de mandar para as redes por culpa da zaga, que conseguiu o corte. O placar do primeiro tempo, tudo indicava, seria o empate sem gols. Até ocorrer o lance capital do jogo.

Fabi teve boa chance no primeiro tempo/Foto: João Callegari

Aos 46 minutos, Roberta, no corredor direito da área colorada, acertou a mão no rosto de Djeni Becker. Baqueada, a meio-campista colorada não teve reação se não cair, consequência da clara infração adversária. O árbitro Jonathan Vivian, por incrível que pareça, negligenciou a falta, e deu sequência ao lance, que foi concluído, diante de um gol aberto, por Geovana Alves.


Gurias criam muito, mas não empatam

Colorado martelou na etapa final/Foto: João Callegari

Se o primeiro tempo foi de poucas chances e emoções reduzidas, a etapa final ofereceu grandes emoções para a torcida. Do intervalo, as Gurias retornaram com as entradas de Maiara e Lelê, adotando postura mais ofensiva e agressiva dentro de campo, e que resultou em consecutivas chances para o Internacional. As melhores delas saíram, exatamente, dos pés de Maii Maii, que carimbou o travessão em uma oportunidade e teve outra finalização cortada em cima da linha, e de Duda Sampaio, que também teve lindo arremate bloqueado pelo poste superior.

Bola teimou em não entrar/Foto: João Callegari

Primeiro tempo

13min – UUUUUUUUH! Capelinha levanta na área a partir da intermediária esquerda do ataque colorado. Na segunda trave, Bruna Benites desvia com perigo e quase abre a conta para as Gurias.

15min – Carol Gomes recebe o amarelo por falta em Fabi.

16min – Valeu a tentativa! De muito longe, Duda Sampaio arrisca chute rasteiro. Dida, no centro do gol, encaixa.

24min – MAY! Da direita, Marcela Guedes levanta na área colorada. Antes de Geovana, goleira do Inter sai do gol e afasta de soco.

25min – Carol Gomes arrisca de fora da área, mas sem perigo para o gol colorado. Tiro de meta vermelho.

29min – SAAAAAAAAAAAAAAALVA, DIDA! Gurias armam contra-ataque em altíssima velocidade. Da esquerda do campo de defesa, Duda inverte jogo até Mileninha, que acelera com Millene. Inteligente, a camisa 14 percebe Fabi nas costas da lateral adversária e serve a companheira, que finalizada abafada pela goleira rival.

33min – Sorriso amarelada por falta em Gaby Soares.

36min – Sassá chega com força excessiva em Millene, com a sola na coxa da atacante colorada. Árbitro apresenta apenas o amarelo.

41min – LINDA TRAMA! Fabi costura a zaga rival pela esquerda e deixa para Duda, que estica até Isabela. A lateral-esquerda colorada invade a área em velocidade, corta ângulo para a perna direita e engatilha o chute, mas é travada no último instante.

45min – Vamos a 48! Mais três de acréscimos.

46min – Roberta agride Djeni, a arbitragem ignora, e a lateral assiste Geovana, que marca para o Real.

48min – Intervalo no Beira-Rio.


Segundo tempo

0min – Gurias voltam com duas trocas: entram Lelê e Maiara nas vagas de Mileninha e Zóio.

4min – UH! Duda recebe de Maiara, corta para a perna direita e chuta. A zaga bloqueia, Maii Maii pega a sobra, corta a primeira marcadora e finaliza para novo corte da retaguarda rival.

4min – POR CIIIIIIIIIIIIMA! Lelê é lançada por Capelinha, invade a área pela direita e chuta forte. Ela sai com muito perigo!

10min – TIIIIIIIIRA A ZAAAAGA! Fabi é lançada por Duda, invade a área do Real pela direita, se aproxima da linha de fundo e cruza rasteiro. Debaixo do gol aberto, Rafa Soares antecipa Lelê e afasta o perigo.

14min – SAAAAAALVA, DIDA! Maiara, que entrou muito bem, dribla a marcação e encontra Fabi na área rival. A camisa sete estica jogo em Millene, que chuta buscando o ângulo. Dida espalma – no mesmo instante em que o jogo é paralisado por impedimento.

18min – Carol Gomes finaliza da entrada da área, com curva, e manda pela linha de fundo.

19min – NO TRAVESSÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃO! Duda Sampaio recebe na altura da meia-lua, faz o giro em cima da marcação, ganha ângulo para a perna direita e finaliza no ângulo. Dida não tinha chance, mas ela vai no poste superior.

20min – ELA NÃO QUER ENTRAR! ELA NÃO QUER! O QUE É ISSO? Fabi faz jogada de cinema e abre o jogo com Millene, que invade a área pela esquerda e cruza rasteiro. Dida espalma, Maiara pega a sobra e, com a goleira no chão, chuta. Mais uma vez, o travessão salva elas.

22min – Faltam palavras. Já faltam palavras. Fabi faz fila pela direita e cruza. De novo, Dida corta para o centro da área, onde Maiara chuta. Agora, Rafa Soares corta em cima da linha.

24min – Três trocas no Real. Saem Carol Gomes, Marcela e Roberta, entram Maria Dias, Dany Helena e Laíne.

25min – Duda recebe o amarelo.

27min – Rafa Soares amarelada. Acertou Maiara.

28min – FALTOU ALGUM PÉ! Djeni cobra falta da intermediária esquerda de ataque, Dida não acha nada e a bola fica viva na pequena área até o corte da zaga.

32min – Thaís Lemos por Gaby. Mais uma troca no Real.

33min – Eskerdinha por Capelinha. Muda Maurício Salgado.

37min – Haas e Biazinha entram. Sacadas são Djeni e Millene.

40min – Geovana Alves recebe o amarelo por falta em Bia.

44min – Jamille entra no lugar de Bruna Natiele.

45min – Mais sete. Vamos a 52!

46min – RAFA SOARES RECEBE O SEGUNDO AMARELO E É EXPULSA!

52min – Fim de jogo.


Ficha técnica:

Internacional (0): Mayara; Capelinha (Eskerdinha), Bruna Benites, Sorriso e Isabela; Zóio (Maiara), Djeni (Haas) e Duda; Fabi Simões, Millene (Biazinha) e Milleninha (Lelê). Técnico: Maurício Salgado

Real Brasília (1): Dida; Roberta (Laíne), Rafa Soares, Isabela Melo e Bruna Natieli; Petra, Sassá e Gaby Soares (Thais Lemos); Marcela Guedes (Dany Helena), Geovana Alves e Carol Gomes (Maria Dias). Técnico: Adilson Galdino.

Gols: Geovana Alves, aos 46’/1ºT (R).

Cartões amarelos: Sorriso e Duda (I). Carol Gomes, Rafa Soares, Geovana Alves e Sassá (R).

Cartão vermelho: Rafa Soares (R).

Arbitragem: Jonathan Vivian apita, auxiliado por Luiza Reis e Ariela Duarte. Quarto árbitro: Francisco Soares Dias.

Estádio: Beira-Rio.

Público: 1.627. Pagantes: 1.148. Menores: 81. Não pagantes: 398.

Renda: R$ 10.960,00

Gurias são eliminadas na semifinal da Liga de Desenvolvimento Sub-16

Grupo colorado está entre os 4 melhores do país. Foto: Adriano Fontes

As Gurias Coloradas da categoria Sub-16 foram superadas pelo Santos, na tarde deste domingo (12/12), em confronto válido pela semifinal da Liga de Desenvolvimento. Após empate sem gols no tempo normal, o adversário levou a melhor nas penalidades, encerradas com o placar de 5 a 4. Na disputa do terceiro lugar, o Clube do Povo enfrentará o São Paulo.

O 0 a 0 foi mantido no placar ao longo dos 60 minutos de partida (mais acréscimos) apesar da intensa pressão colorada. Em sua totalidade, o confronto foi disputado com amplo domínio das Gurias, que levavam grande perigo pelo corredor direito, ocupado por Gaby Tomé, sempre municiada por Berchon ou Bruna Wink. Normalmente finalizadas pelas atacantes Clarinha e Lúcia, contudo, as chances do Inter esbarraram ou na falta de pontaria, ou na segura atuação da goleira rival.

Nas penalidades, a arqueira adversária voltou a brilhar. Se Amanda Locatelli, Guta, Bruna Wink e Berchon converteram as primeiras quatro cobranças coloradas, também o Santos foi eficaz em suas batidas, dando contornos ainda mais decisivos para a última penalidade de cada equipe. Nesta, apenas o Santos balançou as redes, assim carimbando passaporte para a final da Liga.

Escaladas pelo técnico David da Silva, as Gurias Coloradas foram a campo com Júlia; Joana, Guta e Erica; Gaby Tomé, Bruna Wink, Amanda Locatelli, Berchon e Vitória; Lúcia e Clarinha. Ao longo do jogo, entraram as atletas Karolayne e Aline Bergmann.

Gurias estreiam com revés na Ladies Cup 2021

Jogo foi extremamente disputado/Foto: Rummens/@BrasilLadiesCup

Na manhã deste domingo (12/12), as Gurias foram superadas pelo América de Cali por 1 a 0 na estreia da Ladies Cup. Em jogo complicado contra o time colombiano, vice-campeão da Libertadores de 2020, o Inter teve dificuldades para conseguir impor seu estilo de jogo, e, em um contra-ataque em velocidade, sofreu o gol que definiu a partida. O resultado deixa o Clube do Povo na terceira colocação do grupo B, empatado com a Ferroviária.

As principais chances de jogo do Colorado vieram em bolas paradas. Aos 21 minutos da etapa inicial, Djeni cobrou falta por cima da goleira, assustando pela primeira vez o gol adversário. As Gurias voltaram a chegar na área rival aos 40, quando Djeni roubou bola no meio-campo e acionou Fabi Simões. A 7 derivou para a direita e, assim que pisou no terço final, soltou um chute de direita, parando em boa defesa de Tapia. O intervalo chegou com o placar zerado para os dois lados.

Djeni Becker foi a capitã do Inter na manhã deste domingo/Foto: Rummens/@BrasilLadiesCup

No segundo tempo, as Gurias chegaram aos 23 minutos, em cobrança de falta de Mariana Pires que, pela ponta direita, acertou a direção do gol, mas a goleira do América fez boa defesa. Aos 34 da etapa complementar, em um contra-ataque pela ponta esquerda ofensiva das colombianas, a bola foi cruzada para o meio da área, onde Guaracuco, com o pé direito, apareceu para colocar no fundo das redes. Depois do resultado adverso, o Inter pressionou em busca do empate, mas a melhor chance, em bola parada de Djeni, morreu na linha de fundo após passar por todo mundo.


Ficha técnica:

Internacional (0): Vivi; Rafa Travalão, Isa Haas, Sorriso e Ari; Djeni, Mari Pires (Biazinha) e Mai (Priscila); Maranhão (Júllia), Mileninha e Fabi Simões. T: Maurício Salgado

América de Cali (1): Tapia; Arias (Iglesias), Castañeda e Yantèn; Bonilla (Robledo), Pineda, Ospina e Basanta (Martínez); Vidal (Gabriela Rodríguez), Catarina Usme e Zamorano (Guarecuco). T: Andrés Usme

Gols: Guarecuco, aos 34’/2ºT (A).

Cartões amarelos: Zamorano e Guarecuco (A); Djeni e Rafa Travalão (I)

Estádio: Municipal de Santana da Parnaíba-SP

Inter se despede do Brasileirão com derrota

Em partida da 38ª e última rodada do Brasileirão 2021, o Internacional foi superado pelo Bragantino, fora de casa, pelo placar de 1 a 0. Artur, nos acréscimos da etapa final, marcou o único gol do confronto, relegando o Clube do Povo à 12ª colocação do país. Assim, o Colorado se despede da edição de 2021 do Nacional com 48 pontos conquistados.


Adversário pressiona

O Bragantino pressionou no início do confronto. Jogando em casa e apoiada pela torcida, a equipe paulista deu trabalho a partir da movimentação de Arthur e Ytalo. Quem assustou primeiro foi o ponta-direita, que recebeu assistência do companheiro, saiu de frente para o gol vermelho e mandou ao lado. Depois, o centroavante quase marcou em duas oportunidade, ambas defendidas por Marcelo Lomba, que operou milagre tanto com a mão, em lance de grande reflexo, quanto com o pé.

Superados os 25 minutos, o ânimo paulista foi visivelmente reduzido, inaugurando momento bastante truncado dentro das quatro linhas. Do excessivo combate no meio de campo surgiram os primeiros escapes colorados, normalmente consequência de desarmes feitos já no setor ofensivo. A mais latente oportunidade do Inter foi armada por Edenilson, que encontrou Yuri com liberdade na área. Antes do arremate do camisa 11, Léo Ortiz cortou, providencial, em escanteio.


Inter melhora, mas individualidade decide

O Inter retornou mais ofensivo para a etapa final, a partir das entradas de Mauricio e Johnny nas vagas de Dourado e Saravia. Com maior posse de bola, o Clube do Povo ainda chegou com perigo aos 15, quando Mauricio recebeu bom passe de Edenilson e, dentro da área, finalizou para bloqueio da zaga. Restrito aos escapes de Artur, o Bragantino chegou ao gol da vitória exatamente através de seu principal atleta, que balançou as redes coloradas no minuto 47, em bonito chute de perna direita.


Primeiro tempo

2min – Artur invade a área colorada pelo centro, recebe de Ytalo e finaliza colocado. Rasteira, ela sai com enorme perigo.

4min – Invertem-se as funções. Artur levanta, Ytalo desvia, Lomba salva. No rebote, Eric Ramires carimba o travessão.

16min – Artur invade a área colorada pela direita, abre ângulo para a perna esquerda e chuta rasteiro. Tiro de meta para o Inter!

20min – LOOOOOOOOOOOOOOMBA! Ytalo recebe na entrada da área colorada e solta a bomba de perna direita. Com o pé, camisa 12 do Clube do Povo salva o Inter!

26min – Yuri faz bonito giro da meia-lua da grande área e chuta forte. No centro do gol, Cleiton encaixa.

30min – Colorado pressiona a saída de bola adversária, e Edenilson consegue recuperar a posse. Com espaço, camisa oito aciona Yuri, que só não finaliza devido a bloqueio de Léo Ortiz. Canto bola para o Inter!

35min – QUASE! Palacios escapa pela direita e, já dentro da área, cruza rasteiro. Cleiton se estica e encaixa.

40min – Cuello recorta da esquerda para o centro e chuta rasteiro. Lomba encaixa.

43min – Por antijogo, Saravia recebe o amarelo.

47min – Palacios amarelado. Retardou cobrança de falta adversária.

49min – Cuesta recebe o amarelo por pisar no tornozelo de Aderlan.

53min – Intervalo em Bragança.


Segundo tempo

0min – Inter retorna com mudanças. Johnny e Mauricio substituem Dourado e Saravia.

14min – Amarelo para Jadsom. Cometeu falta em Moisés.

15min – UUUUUUUUUUH! Moisés escapa pela esquerda e cruza rasteiro, em direção à entrada da área paulista. Por ali, Edenilson chega ajeitando para Mauricio, que domina e finaliza, mas travado.

16min – Boschilia vem, Patrick vai. Muda o Inter.

18min – Yuri escapa pela direita e, já ao lado da grande área, cruza na segunda trave. Cleiton sai bem do gol e encaixa.

19min – Praxedes recebe na intermediária ofensiva do Bragantino e arrisca. Forte, ela sai por cima.

20min – Helinho vem, Praxedes vai. Primeira troca nos locais.

25min – Yuri acerta Cuello e, por isso, recebe o amarelo.

25min – LOOOOMBA! Ytalo é lançado nas costas da zaga colorada e, já na pequena área, desvia. Goleiro colorado sai bem do gol e abafa.

33min – Muda o Bragantino. Alerrandro e Tubarão, as novidades, substituem Ytalo e Cuello.

34min – No Inter, veio Heitor. Mercado deixa o campo.

36min – LOMBA! Tubarão recebe pela esquerda da área colorada e chuta forte. Goleiro do Inter defende.

37min – Moisés recebe o amarelo por falta em Helinho.

38min – Léo Ortiz amarelado. Acertou Yuri.

39min – Vem Paulo Victor, sai Moisés.

42min Hurtado no lugar de Aderlan, Bruninho na vaga de Ramires.

45min – Mais cinco! Vamos a 50.

47min – Artur marca para o Bragantino.

49min – Amarelo para Artur. Tirou a camisa na comemoração.

51min – Jogo encerrado em Bragança.


Ficha técnica:

Bragantino (1): Cleiton; Aderlan (Hurtado), Fabrício Bruno, Léo Ortiz e Luan Cândido; Jadsom, Eric Ramires (Bruninho) e Praxedes (Helinho); Artur, Ytalo (Alerrandro) e Cuello (Bruno Tubarão). Técnico: Mauricio Barbieri.

Internacional (0): Marcelo Lomba; Saravia (Mauricio), Gabriel Mercado (Heitor), Bruno Méndez, Cuesta e Moisés (Paulo Victor); Dourado (Johnny), Edenilson, Palacios e Patrick (Boschilia); Yuri Alberto. Técnico: Diego Aguirre.

Gols: Artur, aos 47’/2ºT (B).

Cartões amarelos: Jadsom e Léo Ortiz (B). Saravia, Yuri, Cuesta e Palacios e Moisés (I).

Arbitragem: Braulio da Silva Machado, auxiliado por Alessandro Rocha de Matos e Alex dos Santos. Quarto árbitro: Paulo Cesar da Silva. Quinto árbitro: Éder Alexandre. VAR: Rodrigo Dalonso Ferreira

Estádio: Nabi Abi Chedid-SP.