Edenilson estreia pela Seleção durante vitória brasileira sobre o Peru

SuperEd é seleção!/Foto: Lucas Figueiredo/CBF

O dia 9 de setembro de 2021 jamais será esquecido por Edenilson. Aos 31 anos e 266 dias de idade, o camisa oito colorado disputou, nesta quinta-feira (09/09), sua primeira partida pela Seleção Brasileira. Ao todo, SuperEd atuou durante 11 minutos na vitória de 2 a 0 da Canarinho sobre o Peru, válida pela 10ª rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022 e sediada na Arena Pernambuco.

Convocado por Tite no final do mês de agosto, o meio-campista foi entrevistado na Zona Mista Virtual organizada pela CBF após a partida. Nos bastidores da Arena Pernambuco, Edenilson destacou a receptividade dos nomes mais tarimbados do grupo junto aos estreantes da Seleção, acolhimento importante para que os trabalhos fossem realizados da melhor maneira possível.

“O que eu levo é a força do grupo. Desde o primeiro dia, me receberam muito bem, trataram como se eu já estivesse aqui. Isso facilita. Foi uma experiência única. O professor falou, logo no começo, para a gente deixar de lado o orgulho e concentrar na partida, e foi isso que tentei fazer. Queria trabalhar com a maior seriedade possível para poder ajudá-los.”

Edenilson
Edenilson saiu do banco nesta quinta-feira/Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Ed entrou em campo aos 38 minutos do segundo tempo. Com a 15 às costas, o meio-campista acertou todos os seis passes que deu para seus companheiros, e também obteve êxito no lançamento que arriscou. Segura, a atuação toma contornos ainda mais positivos quando considerada a expectativa natural que tomou o atleta no momento em que foi chamado por Tite.

“Esse é o sonho de todo jogador, de todo menino brasileiro. A gente sonha, mas nunca sabe como vai ser o sonho quando realizado. Se entra querendo fazer de tudo um pouco, mas, também, precisa estar concentrado para fazer os movimentos treinados. Como falei, estou aqui há mais de 10 dias treinando intensamente, igual aos meus companheiros, e procurei entrar para ajudá-los a manter o resultado que já tinha sido construído.”

Edenilson
Meio-campista não errou nenhum passe na partida/Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Será breve o intervalo até a próxima Data FIFA, uma vez que o Brasil volta a campo já no dia 7 de outubro, quando visitará a Venezuela. Logo depois, na terça-feira dia 12, o Uruguai enfrentará os comandados de Tite na Arena da Amazônia, em Manaus. Até lá, Edenilson, atual artilheiro do Brasileirão ao lado de Bruno Henrique e Gilberto, todos com oito gols, sabe o que precisa fazer para seguir monitorado de perto pela comissão canarinho.

“O mesmo que me trouxe até aqui, ou mais,

já que a gente sempre tem margem de melhora;

é isso que vou procurar fazer para, quem sabe,

ser lembrado nas próximas.”

Edenilson
Atleta colorado buscará novas convocações para a Seleção/Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Que se diga: nada têm de clubistas os elogios feitos a Edenilson. Até mesmo o volante Casemiro, um dos melhores do mundo na posição, destacou o desempenho apresentado por SuperEd nas atividades realizadas pela Seleção. Um dos capitães de Tite, o camisa cinco comemorou, em entrevista concedida ainda no gramado, logo depois do apito final, o vasto leque de alternativas atualmente disponíveis para o meio de campo do Brasil.

O Edenilson fez bons treinamentos,

entrou bem no jogo hoje.

Isso é bom para abrir o leque,

porque nós temos, no mínimo,

três seleções de grandes jogadores.”

Casemiro
Casemiro (5) elogiou o desempenho de Edenilson/Foto: Lucas Figueiredo/CBF

De todos os sorrisos que despertou com sua estreia pelo Brasil, porém, o mais comemorado por Edenilson certamente foi o de seu filho Murilo. Há cerca de duas semanas, o garoto não conteve as lágrimas quando soube da convocação do pai, proporcionando cena que conquistou a todos pelo país. Nesta quinta, a emoção deve ter tomado conta da família dos Santos mais uma vez. Vez esta que, no que depender da ambição do super-herói da casa, está longe de ser a última.

Brasil tem classificação encaminhada

Devido à suspensão do clássico diante da Argentina, que seria disputado no último domingo (05/09), e também ao adiamento de partida contra a Colômbia, que integra a quinta rodada, o Brasil disputou somente oito partidas até aqui nas Eliminatórias da Copa do Mundo, e venceu todas. Com 24 pontos, a equipe de Tite lidera lidera com folga a corrida das seleções sul-americanas pelas quatro vagas diretas para o Mundial do Catar.

Gabi Barbieri, Maiara e Mileninha são convocadas para a Seleção Brasileira Sub-20

A segunda-feira (30/08) de decisão para as Gurias Coloradas foi inaugurada em grande estilo, com a presença de três atletas do grupo principal na lista de convocadas para a Seleção Brasileira Sub-20. Gabi Barbieri, Mai e Mileninha foram relacionadas pelo técnico Jonas Urias para período de treinos que ocorre na Data FIFA dos próximos dias 13 a 21 de setembro.

Mileninha, com cinco gols, é a vice-artilheira das Gurias em 2021/Foto: Mariana Capra

Sediada no CT do Brasiliense, localizado no Distrito Federal, a semana de trabalhos da Amarelinha contará com jogos-treinos contra Real Brasília e Minas Brasília, equipes que disputaram a elite do Brasileirão A1 deste ano. Além de integradas ao grupo principal, as coloradas convocadas também estão envolvidas na disputa do Nacional Sub-18, torneio que tem no Inter uma de suas equipes semifinalistas.

Edenilson é convocado para a disputa das Eliminatórias da Copa do Mundo

O meio-campista colorado Edenilson foi convocado pelo técnico Tite para a disputa de rodada tripla das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022. Presente em lista divulgada nesta sexta-feira (27/08), o camisa oito do Clube do Povo defenderá a Seleção Brasileira nos jogos contra Chile, Argentina e Peru, previstos para os próximos dias 2, 5 e 9 de setembro.

SuperEd foi convocado para rodada tripla das Eliminatórias da Copa do Mundo/Foto: Ricardo Duarte

Em entrevista para Canal do Inter, SuperEd comemorou o feito, inédito em sua carreira. O camisa oito fez questão de registrar a felicidade de ser escolhido para defender “a melhor seleção do mundo”, como definiu, além de compartilhar a convocação com todos os seus companheiros de dia a dia, tanto do presente quanto do passado.

“Fico muito feliz. É uma sensação única, difícil descrever, um sentimento que não cabe dentro do peito. Na hora, quis ligar para a minha família e agradecer cada companheiro, os de hoje e os que passaram. A gente sabe que o futebol é trabalho coletivo, em que, às vezes, um se sobressai mais e é chamado. Só tenho a agradecer. Representar a maior seleção do mundo, que tem mais história, o país do futebol! São poucos que têm esse privilégio, e me sinto honrado.”

Edenilson

A convocação chega em reconhecimento à grande temporada que o atleta vive com a camisa do Clube do Povo. Artilheiro do Brasileirão, ao lado de Bruno Henrique e Gilberto, com oito tentos, o gaúcho de Porto Alegre também já ofereceu cinco assistências no campeonato, números que lhe tornam o jogador com maior participação em gols na competição.

Ninguém no Brasileirão criou mais gols do que o oito do Inter/Foto: Ricardo Duarte

No Inter desde 2017, o camisa oito colorado é um dos nove nomes que foram adicionados à lista originalmente divulgada no último dia 13 de agosto. A convocação destes novos jogadores ocorre em meio às incertezas que rondam a presença de atletas da Premier League na rodada tripla, uma vez que o Brasil aparece na lista vermelha do Reino Unido, indicado como país de alto risco de contaminação por Covid-19.

Confira o calendário da Seleção:

02/09 – Chile x Brasil – 22h
05/09 – Brasil x Argentina – 16h
09/09 – Brasil x Peru – 21h30

Camisa oito é o artilheiro do Brasileirão/Foto: Ricardo Duarte

Duelo contra companheiros

Edenilson encontrará dois companheiros de Inter durante sua caminhada com a Amarelinha. Adversário na primeira das três rodadas que serão disputadas neste início de setembro, o Chile contará com o atacante Carlos Palacios, enquanto o Peru, rival no dia 9, convocou Paolo Guerrero. Sobre as coincidências, o camisa oito revelou a expectativa por enfrentar seus colegas de equipe, mas deixou claro o resultado que espera para o final:

“Primeiro, vou focar no jogo contra o Atlético-GO,

para ajudar a equipe junto do Paolo e do Palacios.

Depois, que a gente possa se encontrar

– e o Brasil sair vencedor desses confrontos.”

Edenilson
Melhor volante do Brasileirão 2020 defenderá a Seleção/Foto: André Porto

Base Colorada tem quatro atletas convocados

Nos últimos dias aconteceram convocações de duas categorias para a Seleção Brasileira. Na Sub-17 Vinicius Tobias mais uma vez foi chamado, assim como Lucas Mello, João Paulo Dalla Corte e Rodriguinho para a Sub-15.

Trio volta a ser convocado

Rodriguinho chega a sua 3ª convocação em 2021/Foto: Jota Finkler

A Seleção Brasileira Sub-15 foi convocada para novo período de treinamentos na Granja Comary, em Teresópolis-RJ. Com foco no desenvolvimento da geração 2006, o técnico Dudu Patetuci selecionou 26 atletas de 11 clubes do cenário nacional para 10 dias de treinos.

O trio colorado composto pelo goleiro Lucas Mello, o zagueiro João Paulo Dalla Corte e o atacante Rodriguinho novamente foram selecionados. O grupo ficará concentrado entre os dias 13 e 22 de agosto e tem dois jogos-treinos na agenda.

Tobias na Sub-17

Tobias foi chamado em todas as convocações do ano/Foto: Jota Finkler

O técnico da Seleção Brasileira Sub-17, Paulo Victor Gomes, convocou 23 jogadores para a disputa de dois jogos preparatórios contra o Paraguai, em Assunção, nos dias 2 e 5 de setembro. O grupo se apresentará no dia 25 de agosto na Granja Comary onde irá treinar até o embarque para a capital paraguaia no dia 31.

O primeiro duelo contra o Paraguai será no dia 2 de setembro, às 10h, no Estádio Arsenio Erico do Club Nacional. O segundo encontro será no dia 5 de setembro, às 10h, no Estádio Manuel Ferreira, do Club Olímpia. O lateral-direito do Internacional, Vinicius Tobias, que segue atuando com a equipe Sub-20 colorada, foi chamado em todas as convocações do ano.

Com Bruna Benites, Seleção Feminina estreia nas Olimpíadas nesta quarta-feira

Bruna Benites representa o Inter na Seleção Feminina/Foto: Sam Robles, CBF

O Inter estará representado na luta pelo ouro no Japão! Atleta das Gurias Coloradas, Bruna Benites iniciará nesta quarta-feira a disputa de sua terceira edição de Olimpíadas. Xerifa da seleção de Pia Sundhage, a defensora do Clube do Povo deve ser titular nesta quarta-feira (21/07), diante da China, na partida de estreia do futebol brasileiro nos Jogos de Tóquio.

Contratada pelo Inter em junho de 2019, Bruna Benites já conquistou dois Campeonatos Gaúchos com a camisa do Clube do Povo. Peça fundamental na afirmação do Colorado na elite do futebol feminino brasileiro, a zagueira se destaca pela técnica refinada que apresenta, capaz de aliar botes precisos à enorme qualidade na construção de jogadas. Craque, é reverenciada pela Maior e Melhor Torcida do Rio Grande, que tem na capitã uma de suas grandes referências.

Bruna é a dona da 3 do Inter/Foto: Mariana Capra

O Inter passa longe de ser uma exceção na carreira multicampeã de Bruna. Aos 35 anos, a zagueira pode se orgulhar da vasta história que possui tanto no futebol brasileiro quanto no do exterior. Bicampeã da Libertadores e vencedora do Mundial com o São José-SP, Benites já atuou na Noruega, nos Estados Unidos e na China, grandes centros da modalidade. Rico, o currículo conta com convocações para os Jogos Olímpicos de Londres e Rio de Janeiro, além do título da Copa América de 2014.

Bruna (14) comemora vitória do Brasil nas Olimpíadas de 2016/Foto: Ricardo Stuckert

O primeiro passo do Brasil na luta pelo ouro olímpico será dado a partir das 5h desta quarta. Contra a China, Bruna e companhia disputarão a rodada de abertura do grupo F de Tóquio, que será sucedida por duelo diante da Holanda, no próximo domingo (24/07), marcado para as 8h. A terceira e última partida ocorre na outra segunda-feira (27/07), também às 8h, contra a Zâmbia. Boa sorte, capitã! Estamos contigo!

Estamos contigo, capitã!/Foto: Mariana Capra

Gabi Barbieri é convocada para a Seleção Sub-20

Goleira das Gurias Coloradas, Gabi Barbieri foi convocada nesta segunda-feira (12/07) para período de treinamentos com a Seleção Brasileira Sub-20. Integrante do grupo principal do Clube do Povo, a atleta, que atualmente disputa o Brasileirão Sub-18, participará de preparação sediada no CT do Retrô, em Pernambuco, entre os dias 19 de julho e 2 de agosto.

A convocação de Jonas Urias não desfalcará as equipes envolvidas na disputa das quartas de final do Brasileirão A1. A abertura da fase eliminatória está prevista para a semana do dia 15 de agosto, mais de 10 dias após o encerramento do período de treinos da Seleção Sub-20. Assim, Gabi Barbieri estará disponível para, junto de Mayara, Sabrina e Vivi Holzel, proteger a meta vermelha na luta por vaga nas semis do país.

Gabi Barbieri tem histórico como pegadora de pênaltis/Foto: Mariana Capra

Bruna Benites é convocada para as Olimpíadas

Vai ter capitã no Japão! Zagueira das Gurias Coloradas, Bruna Benites foi convocada pela técnica Pia Sundhage para a disputa dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Presente na lista divulgada na manhã desta sexta-feira (18/06), a defensora, grande destaque do penúltimo amistoso preparatório disputado pela Seleção, ajudará o Brasil na luta pelo ouro inédito no futebol feminino.

Bruna (13) comemora gol marcado pelo Brasil/Foto: Richard Callis, SPP, CBF

A edição de Tóquio será a terceira disputada por Bruna Benites em sua carreira. Presente nas Olimpíadas de Londres, em 2012, e do Rio de Janeiro, em 2016, a zagueira, que busca sua primeira medalha nos Jogos, comentou, em entrevista para as redes sociais das Gurias, o sentimento com a convocação.

“É uma honra muito grande representar o país, principalmente nas Olimpíadas, onde apenas 22 são escolhidas. Gratidão muito grande pelas pessoas que estiveram comigo, pelo meu clube. Não caiu minha ficha ainda, estou muito feliz, e espero que, dessa vez, a gente consiga trazer esse ouro tão sonhado.”

Bruna Benites

O palco das Olimpíadas traz boas lembranças para a capitã das Gurias. Em 2014, quando defendia as cores do São José-SP, Bruna conquistou o Mundial Feminino em solo japonês. O passado vitorioso empolga a zagueira, que também conhece a rica história colorada em território nipônico.

A gente sempre busca os bons exemplos, as boas histórias. O Inter tem história no Japão, eu também tenho, fui campeã mundial com o São José. Então, tenho boas recordações. Na última vez que pisei lá, voltamos com o troféu!

Bruna Benites
Bruna chegou ao Inter em 2019/Foto: Mariana Capra

A convocação de Bruna não desfalcará as Gurias na disputa do Brasileirão A1. O campeonato, que já fora paralisado durante a última Data FIFA, também será interrompido ao longo das Olimpíadas, onde a Seleção estreará em 21 de julho, diante da China. Três dias depois, as comandadas de Pia enfrentam a Holanda, enquanto o encerramento da fase de grupos acontece no dia 27, contra a Zâmbia.

Antes de partir para o Oriente, porém, Bruna participará das duas rodadas de encerramento da primeira fase do Campeonato Brasileiro. Já classificado para as quartas de final, o Inter luta pela melhor posição possível no G8, e, para isso, enfrentará Grêmio e Real Brasília nos próximos dias 20 e 24, respectivamente.

Bruna Benites é um dos pilares das Gurias Coloradas/Foto: Mariana Capra

Bruna Benites brilha em amistoso da Seleção Feminina

Bruna (13) comemora o primeiro gol da partida/Foto: Richard Callis, SPP, CBF

A Seleção Feminina do Brasil disputou, diante da Rússia, seu penúltimo amistoso preparatório à disputa das Olimpíadas de Tóquio. Iniciada às 16h desta sexta-feira (11/06), a partida, vencida por 3 a 0 pelas comandadas de Pia Sundhage, contou com brilho de Bruna Benites. Capitã das Gurias Coloradas, a zagueira marcou os dois primeiros gols do confronto, realizado no Estádio Cartagonova-ESP.

Titular durante os 90 minutos (mais acréscimos), Bruna deu o show de sempre na retaguarda defensiva. Pela direita da dupla de zaga, que formou com a palmeirense Rafaelle, a capitã colorada, pouco exigida pelo ataque russo, ofereceu enorme segurança na saída de bola canarinho. Importante na construção de jogo, porém, a camisa 13 do Brasil não resumiu sua participação aos primeiros centímetros do campo.

Bruna é festejada pelas companheiras/Foto: Richard Callis, SPP, CBF

Melhor em campo desde o início do confronto, a Seleção Brasileira custou a abrir o placar contra as russas. Foi apenas aos 41 do primeiro tempo que, após Andressinha cobrar escanteio pela esquerda, Bruna Benites apareceu para tranquilizar a missão canarinho. Atenta, a guria colorada aproveitou desvio de Ludmila, na primeira trave, para se antecipar à marcação e completar de cabeça em direção às redes adversárias.

O segundo gol saiu no segundo tempo, também de bola aérea, mas a partir de outra movimentação. Pela direita, Andressa Alves seguiu à risca o manual dos escanteios, e levantou na altura da marca do pênalti. Atenta, Bruna subiu com autoridade, no terceiro andar, para também respeitar a cartilha dos testaços. Para baixo, no contrapé da goleira Grichenko, a zagueira ampliou a vantagem brasileira.

Os minutos finais de confronto ainda presenciaram gol de Andressa Alves, responsável por encerrar o escore espanhol. O último amistoso prévio aos Jogos Olímpicos ocorre na próxima segunda-feira (14/06), contra o Canadá, também em Cartagena. A estreia do Brasil nas Olimpíadas está prevista para o dia 21 de julho, uma quarta-feira, diante da tradicional Seleção da China.

Bruna, abraçada por Isa (23), já tem um gol marcado no Brasileirão A1 2021/Foto: Mariana Capra

Brasil bate Equador por 2 a 0 no Beira-Rio

Brasil venceu Equador por 2 a 0/Foto: Lucas Figueiredo

No Beira-Rio, a Seleção Brasileira superou o Equador, na noite desta sexta-feira (04/06), por 2 a 0. Partida de número 13 da história da Canarinho na casa colorada, valeu ao Brasil sua 10ª vitória no Gigante, conquistada através dos gols de Richarlison e Neymar.

O confronto integrou a sétima rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022. Líder na corrida sul-americana rumo Catar, o Brasil volta a campo na próxima terça-feira (08/06), às 21h30, diante do Paraguai. O duelo terá como palco o Defensores del Chaco.

Gigante recebeu o Brasil pela 13ª vez

Crias em casa

Lapidados pelo Celeiro de Ases, o goleiro Alisson e o meio-campista Fred iniciaram o duelo desta sexta como titulares do Brasil. Comandados por Tite, outro ex-colorado, a dupla vestiu as respectivas camisas de número um e oito. A comissão técnica canarinho, vale lembrar, conta com outra cria do Inter, Tafarrel, preparador de arqueiros.


Primeiro tempo morno, segundo com vitória

A Seleção Brasileira sofreu para criar oportunidades na etapa inicial, que presenciou forte marcação do Equador. Atento à postura adversária, que colocava o volante Méndez na caça de Neymar, Tite modificou a disposição tática canarinho ainda antes do primeiro tempo, com seus comandados partindo para esquema com dois pontas e dois atletas livres pelo centro do ataque.

Neymar deu uma assistência e marcou um gol/Foto: Lucas Figueiredo, CBF

O novo esquema foi mantido após o intervalo, e melhor adaptado a partir da entrada de Gabriel Jesus na ponta-direita. Ofensiva, a postura brasileira abriu espaços para o brilho de Neymar, que serviu, aos 19, linda assistência para Richarlison abrir o placar em forte canhotaço.

Jesus, Richarlison e Neymar seguiram estonteantes nos minutos seguintes à abertura do placar. Domínguez, inspirado, operou grandes milagres, que até retardaram o segundo gol brasileiro, mas não o impediram. Neymar precisou de duas cobranças, após o arqueiro rival se adiantar na primeira, para marcar, aos 49, o tento último da noite no Beira-Rio.

Richarlison abriu os caminhos para a Seleção/Foto: Lucas Figueiredo, CBF

Ficha técnica:

Brasil (2): Alisson; Danilo, Éder Militão, Marquinhos e Alex Sandro; Lucas Paquetá, Casemiro e Fred (Gabriel Jesus); Richarlison (Fabinho), Gabriel (Firmino) e Neymar. Técnico: Tite.

Equador (0): Domínguez; Ângelo Preciado, Arboleda, Arreaga e Estupiñán; Gruezo, Méndez (Estrada) e Franco; Mena (Cazares), Valencia (Jordy Caicedo) e Ayrton Preciado (Fidel Martinez). Técnico: Gustavo Alfaro.

Gols: Richarlison, aos 19’/1ºT, e Neymar, aos 49’/2ºT (B).

Cartões amarelos: Ângelo Preciado, Ayrton Preciado, Domínguez e Valencia (E). Fred e Éder Militão (B).

Arbitragem: Alexis Herrera, auxiliado por Carlos López e Jorge Urrego. Quarto árbitro: José Argote. Quarteto venezuelano. VAR: Christian Garay, do Chile.

Estádio: Beira-Rio.

Casa colorada viveu noite canarinho

Atacante Millene reforça as Gurias Coloradas

O Internacional finalizou as negociações para anunciar a atacante Millene como nova integrante do elenco das Gurias Coloradas. Natural da cidade de Cacoal, em Rondônia, a atleta iniciou sua trajetória profissional no Atlético Mineiro. Na sequência da carreira, a atacante de 26 anos atuou por Rio Preto-SP e Corinthians, além de passagens pelo futebol chinês. 

Millene foi a artilheira dos Brasileirões de 2016, pelo Rio Preto-SP, e de 2019, pelo Corinthians. Ainda em 2016 foi eleita jogadora revelação do Paulistão e, em 2019, a craque do Brasileirão. A atleta já marcou 45 gols na história do Campeonato Brasileiro, sendo a maior artilheira de uma mesma edição da competição, com 19 gols marcados, além de ser a segunda maior artilheira da história do torneio.

Figura nas convocações da Seleção Brasileira desde a categoria Sub-15, pela qual, em 2011, disputou o Sul-Americano. Em 2016, já pela equipe adulta, vestiu a amarelinha no Torneio Internacional de Futebol Feminino, em 2018, na Copa América. Em 2019, foi convocada novamente para a disputa do Torneio Internacional. A atacante tem no currículo a conquista de uma Libertadores, em 2019, dois Campeonatos Brasileiros, em 2015 e 2018, e dois Campeonatos Paulistas, em 2017 e 2019.

Ficha da atleta:
Nome: Millene Karine Fernandes Arruda
Nascimento: 13/12/1994
Natural: Cacoal-RO
Altura: 1,62 cm

Carreira:
2012 | Atlético Mineiro
2015 | Rio Preto-SP
2018 | Corinthians 
2020 | Wuhan Xinjiyuan (China)
2021 | Internacional