Supercopa do Brasil Feminina: caminho definido para as Gurias

Na tarde desta segunda-feira (17/01), aconteceu o sorteio da Supercopa do Brasil Feminina, competição que será disputada na temporada de 2022 pela primeira vez. A estreia das Gurias Coloradas, nas quartas de final, será diante do Real Brasília, com mando de campo do Clube do Povo. O torneio será disputado do dia 6 a 13 de fevereiro, com jogos apenas de mata (duelo único).

As Gurias obtiveram classificação em função da campanha histórica no Brasileirão Feminino A1 da temporada passada, no qual foram as melhores gaúchas classificadas, chegando à semifinal da competição.

Caso avance de fase e chegue na semifinal da Supercopa, as Gurias enfrentarão o vencedor do confronto entre Corinthians e Palmeiras. O jogo será em São Paulo, por conta da melhor classificação da Federação Paulista no ranking da CBF.

Em uma possível final, os adversários do chaveamento oposto são o Cruzeiro (Minas Gerais), Grêmio (Rio Grande do Sul), Esmac (Pará) e Flamengo (Rio de Janeiro). Os locais e os horários das partidas serão definidos em breve.

Gurias são eliminadas na semifinal da Liga de Desenvolvimento Sub-16

Grupo colorado está entre os 4 melhores do país. Foto: Adriano Fontes

As Gurias Coloradas da categoria Sub-16 foram superadas pelo Santos, na tarde deste domingo (12/12), em confronto válido pela semifinal da Liga de Desenvolvimento. Após empate sem gols no tempo normal, o adversário levou a melhor nas penalidades, encerradas com o placar de 5 a 4. Na disputa do terceiro lugar, o Clube do Povo enfrentará o São Paulo.

O 0 a 0 foi mantido no placar ao longo dos 60 minutos de partida (mais acréscimos) apesar da intensa pressão colorada. Em sua totalidade, o confronto foi disputado com amplo domínio das Gurias, que levavam grande perigo pelo corredor direito, ocupado por Gaby Tomé, sempre municiada por Berchon ou Bruna Wink. Normalmente finalizadas pelas atacantes Clarinha e Lúcia, contudo, as chances do Inter esbarraram ou na falta de pontaria, ou na segura atuação da goleira rival.

Nas penalidades, a arqueira adversária voltou a brilhar. Se Amanda Locatelli, Guta, Bruna Wink e Berchon converteram as primeiras quatro cobranças coloradas, também o Santos foi eficaz em suas batidas, dando contornos ainda mais decisivos para a última penalidade de cada equipe. Nesta, apenas o Santos balançou as redes, assim carimbando passaporte para a final da Liga.

Escaladas pelo técnico David da Silva, as Gurias Coloradas foram a campo com Júlia; Joana, Guta e Erica; Gaby Tomé, Bruna Wink, Amanda Locatelli, Berchon e Vitória; Lúcia e Clarinha. Ao longo do jogo, entraram as atletas Karolayne e Aline Bergmann.

Sub-20 recebe Apafut em Alvorada

Juniores eliminaram o Atlético Carazinho nas quartas de final/Foto: João Callegari

O Campeonato Gaúcho Sub-20 tem mais uma partida em Alvorada. Nesta sexta-feira (10/12), a partir das 15h30, o Celeiro de Ases recebe o Apafut.

As vendas dos ingressos se encerram na sexta, às 12h, sendo que os sócios e não sócios têm ingresso gratuito, mediante a entrega de 1kg de alimento não perecível. Para acessar o estádio, é necessário apresentar o E-ticket e documento com foto.

Data: Quarta (10/12)
Horário: 15h30
Abertura dos portões: 14h30
Local: CT Alvorada-RS
Endereço: Av. Pres. Getúlio Vargas, 111 – bairro Bela Vista, Alvorada-RS

Gauchão Sub-17: apoie o Celeiro de Ases na semifinal em Alvorada

O Campeonato Gaúcho Sub-17 terá mais uma partida no CT Alvorada nesta quarta-feira (08/12). A partir das 15h30, a gurizada dos juvenis recebe o Jaú, em duelo de volta pela semifinal do Estadual – na ida, o Colorado goleou por 9 a 0 fora de casa. A entrada é gratuita para sócios e não sócios, mediante a entrega de 1kg de alimento não perecível.

Para acessar o CT, é necessário apresentar o E-ticket e documento com foto. Confirme sua presença até esta quarta-feira, às 12h:

Inter x Jaú
Gauchão Sub-17: Semifinal (volta)
Data: Quarta (8/12)
Horário: 15h30
Abertura dos portões: 14h30
Local: CT Alvorada-RS
Endereço: Av. Pres. Getúlio Vargas, 111 – bairro Bela Vista, Alvorada-RS

Bastidores da classificação das Gurias à final do Gauchão

Depois de mais uma goleada pelo Gauchão Feminino, agora pelo placar de 10 a 0, as Gurias se classificaram para a finalíssima do Rio Grande do Sul. Agora, o Canal do Inter te apresenta tudo do jogo de volta contra o Brasil de Farroupilha, que contou com quatro gols de Wendy Carballo, dois de Rafa Travalão e um de Fabi Simões, Shashá, Júllia e Belinha!

Gurias garantem vaga na final do Gauchão Feminino

Gurias golearam neste Dia da Consciência Negra/Foto: João Callegari

Finalistas! As Gurias Coloradas superaram o Brasil de Farroupilha por 10 a 0, na tarde deste sábado (20/11), no confronto de volta das semifinais do Gauchão Feminino de 2021. Wendy Carballo, quatro vezes, Rafa Travalão, duas, e Fabi Simões, Júllia, Shashá e Belinha marcaram os gols do Inter no confronto, disputado no Sesc Protásio Alves. Agora, o Clube do Povo aguarda o classificado de duelo entre Grêmio e Flamengo de São Pedro para conhecer seu adversário na finalíssima, marcada para o próximo dia 5 de dezembro.

Sport Club Internacional · Rádio Colorada | Gols: Brasil de Farroupilha 1 x 6 Gurias Coloradas | 14/11/2021

Coloradas pressionam desde o apito inicial

Antes do apito inicial, a partida deste sábado já carregava significado histórico para as Gurias, que foram a campo vestindo a nova camisa preta do Internacional. No minuto de silêncio que antecedeu o início do embate, as coloradas fizeram uma necessária manifestação contra o racismo, com punhos erguidos em alusão ao Dia da Consciência Negra, comemorado neste 20 de novembro, e que reforçaram a principal mensagem do dia: amamos o Inter, odiamos o racismo!

Colorados fizeram bonito gesto antirracismo antes da partida/Foto: João Callegari

As Gurias iniciaram o confronto afim de jogo, e cobraram pouco mais de um minuto para construir a primeira chegada de perigo à meta rival. Lançada em profundidade, Fabi fintou a goleira e, rente à linha de fundo, cruzou na direção de Rafa Travalão. Antes da camisa 11, contudo, a zaga cortou em escanteio. Logo depois, aos três, Leidi disparou pela direita e levantou na segunda trave, na medida para Shashá, que dominou e finalizou para as redes. O lance, contudo, foi invalidado por toque de mão da atacante colorada.

Wendy abriu o placar no início do confronto/Foto: João Callegari

Intensa, a pressão colorada surtiu efeito aos seis. Em velocidade, Wendy recebeu assistência de Rafa Travalão e, na altura da meia-lua da grande área, percebeu hesitação da goleira para cabecear por cima, de cobertura. Inter 1 a 0, escore duplicado no minuto 16, quando Leidi voltou a aproveitar os espaços oferecidos pela defesa rival. Pela direita da área, a camisa dois cruzou bola rasteira que nem Wendy, nem Shashá aproveitaram. Parcial, o corte da zaga foi aproveitado por Rafa, que soltou a bomba de perna direita para ampliar a conta.

Rafa brilhou na etapa inicial/Foto: João Callegari

A primeira etapa de Rafa foi iluminada. No minuto 20, a camisa 11 recebeu bom passe de Fabi e, da intermediária de ataque, a consideráveis metros de distância da meia-lua, encheu o pé. Teleguiado, o arremate morreu nas redes serranas. Com o terceiro gol, as Gurias passaram a cadenciar o jogo, também porque o Brasil, antes corajoso para enfrentar o Inter de igual para igual, passou a apresentar intensidade distinta àquela de outrora.

Camisa 11 exibiu pontaria afiada/Foto: João Callegari

A envolvente troca de passes do Inter cansou a marcação adversária, que sofreu com o desfalque de Yasmin, expulsa no minuto 41. Logo depois, Fabi fez fila, avançou em velocidade até as cercanias da área e finalizou com estilo, no ângulo. Gurias quatro a zero, em um gol tão bonito quanto a comemoração de punho erguido da artilheira, devidamente ovacionada pela torcida.

A conta de quatro a zero ainda não satisfazia os interesses das Gurias, que voltaram a balançar as redes antes do intervalo. No último minuto da etapa inicial, Djeni dominou pela esquerda da entrada da área e acionou Wendy, que voltou a ser camisa nove para finalizar rasteiro na saída de Bina. Agora sim, os times estavam autorizados a partir para os vestiários.

Fabi fez lindo gol para ampliar a goleada do Inter/Foto: João Callegari

Cinco vira, 10 acaba

Se teve gol no último minuto da primeira etapa, também teria bola na rede no instante de abertura da segunda. De volta a campo com quatro mudanças, simbolizadas nas entradas de Mileninha, Mai, Isa e Belinha nos lugares de Rafa Travalão, Djeni, Bruna Benites e Sorriso, as Gurias aumentaram a conta depois de Isabela, logo em seu primeiro toque na bola, impedir que a zaga serrana afastasse o perigo e levantar na segunda trave, onde Wendy apareceu para acertar testaço consciente.

Shashá marcou uma pintura de fora da área/Foto: João Callegari

O segundo da etapa final, sétimo da tarde, saiu aos cinco. Da meia-lua, Mai tentou arremate de perna canhota, mas viu o chute sair mascado e rasteiro. Assim, a finalização virou assistência, aproveitada por Wendy Carballo, já na pequena área. De fora dela, e também da grande, quem balançou as redes foi Shashá, em lindo tiro de perna direita que a goleira até resvalou, mas não defendeu.

O protagonismo da ala jovem do elenco colorado é uma das principais características da campanha das Gurias no Gauchão de 2021, e foi colocado à prova, por Júllia, no minuto 15 da etapa final. Atuando pela segunda vez com a camisa do Inter, a atacante, que substituiu Fabi Simões, marcou seu segundo gol pelo Clube do Povo após falta cobrada por Leidi. Da direita, a bola viajou até a trave oposta, onde encontrou o pé direito da joia alvirrubra. Eram nove!

Wendy marcou quatro no Sesc Protásio Alves/Foto: João Callegari

Na tarde dos golaços, o último do Inter fez jus à fama do sábado. Da esquerda, Belinha arrastou a marcação antes de cortar para a perna direita e perceber o famoso dormitório da coruja. Nele, o foguete de perna direita explodiu, testando a resistências dos barbantes que sustentam a meta do Sesc. Com o placar agregado de 16 a 1, as Gurias asseguraram a vaga em mais uma final de Gauchão Feminino, a quinta consecutiva.


Ficha técnica:

Internacional (10): Vivi; Leidi, Bruna Benites (Isa Haas), Sorriso (Belinha) e Ari; Djeni (Maiara), Mari Pires, Wendy (Maranhão) e Shashá; Rafa Travalão (Mileninha) e Fabi Simões (Júllia). Técnico: Maurício Salgado.

Brasil de Farroupilha (0): Sabrina; Adri, Letícia, Joyce (Vergani) e Yasmin; Laysa (Dessa) e Luana (Vick); Keka (Bianca Bender), Bruna Lisandra e Barbosa (Yasmin Ramos); Tanque (Duda). Técnico: Fernando Varani.

Gols: Wendy Carballo, aos 6’/1ºT, 48’/1ºT, 1’/2ºT e 5’/2ºT, Rafa Travalão, aos 16 e 20’/1ºT, Fabi Simões, aos 44’/1ºT, Shashá, ao 13’/2ºT, Júllia, aos 15’/2ºT, e Belinha, aos 34’/2ºT (I).

Cartões amarelos: Rafa Travalão (I). Yasmin, Joyce, Barbosa e Luana (B).

Cartão vermelho: Yasmin (B).

Arbitragem: Ruggeri Damasco da Fontoura, auxiliado por Luiza Reis e Tais Ruver.

Estádio: Sesc Protásio Alves.

Raio-X: Gurias decidem vaga na final do Gauchão

Coloradas recebem o Brasil de Farroupilha neste sábado/Foto: João Callegari

Dia de decisão para as Gurias! A partir das 17h deste sábado (20/11), as coloradas recebem o Brasil de Farroupilha, no Sesc Protásio Alves, para a disputa da partida de volta da semifinal do Gauchão de 2021. Confira, a seguir, todas as informações sobre a jornada, última do Futebol Feminino do Inter como mandante na temporada.


Transmissão 📻

Sempre ao lado das Gurias, a Rádio Colorada transmitirá a partida deste sábado direto do Sesc Proásio Alves. Confira a programação da emissora oficial do Clube do Povo, que viverá sábado de jornada dupla, também embalado pela transmissão de duelo entre Inter e Flamengo, válido pela 34ª rodada do Brasileirão masculino:

Gurias em campo, Colorada nos microfones/Foto: João Callegari
Sábado (20/11)Plataforma
16h30Portões Abertos
(Gurias Coloradas x Brasil de Farroupilha –
Semifinal volta/Gauchão 2021)
Internet e App do Inter
17hJornada Esportiva
(Gurias Coloradas x Brasil de Farroupilha –
Semifinal volta/Gauchão 2021)
Internet e App do Inter
19hVestiário Vermelho
(Gurias Coloradas x Brasil de Farroupilha –
Semifinal volta/Gauchão 2021)
Internet e App do Inter
20h30Portões Abertos
(Internacional x Flamengo –
34ª rodada/Brasileirão 2021)
Internet e App do Inter
21h30Jornada Esportiva
(Internacional x Flamengo –
34ª rodada/Brasileirão 2021)
Internet e App do Inter
23h30Vestiário Vermelho
(Internacional x Flamengo –
34ª rodada/Brasileirão 2021)
Internet e App do Inter

As redes sociais das Gurias (@guriascoloradasoficial no Instagram, @GuriasColoradas no Facebook e @ColoradasGurias no Twitter) acompanharão a partida com relato minuto a minuto. Via imagens, a FGF TV anuncia transmissão.


Regulamento 📖

Gurias conquistaram importante vantagem na ida/Foto: João Callegari

As Gurias Coloradas venceram a partida de ida, disputada em Farroupilha, pelo placar de 6 a 1, escore construído através das pinturas de Fabi Simões, Djeni, Belinha, Priscila, duas vezes, e Bruna Benites. Como as semifinais do Gauchão não contam com saldo qualificado por gols marcados fora de casa, o Brasil precisa triunfar por diferença de cinco tentos apenas para levar a decisão para os pênaltis. Quem avançar do embate enfrentará, na decisão, Grêmio ou Flamengo de São Pedro.

Coloradas estão a um jogo da finalíssima estadual/Foto: João Callegari

Vamo, Inter! 💪

Após retornarem de Farroupilha logo depois da partida de ida, as Gurias Coloradas iniciaram preparação para o jogo de volta das semis na quarta-feira passada (17/11). Com atenções voltadas à vaga na final, o técnico Maurício Salgado e o preparador físico Douglas Libonorio focaram em preservar e melhorar a parte física das atletas nessa reta de encerramento de temporada, organizando trabalhos em campo e academia, sempre no Sesc Protásio Alves.

Semana foi de atividades fortes no Sesc/Foto: João Callegari

Os dois gols marcados em Farroupilha garantiram para Priscila a manutenção da artilharia colorada no Gauchão. Até aqui, a jovem atacante potiguar já balançou as redes rivais em 10 ocasiões, três a mais do que Fabi Simões, sua imediata perseguidora. Garçonete do tento de Fabi, Wendy chegou a seis assistências na competição, uma a menos do que Leidi, líder do elenco das Gurias no quesito.

Priscila (19) é a artilheira das Gurias no Gauchão/Foto: João Callegari

O Sesc te espera! 🏟️

Cerca de 400 lugares foram disponibilizados à torcida colorada, que pôde confirmar presença na partida deste sábado ao longo das últimas quinta (18/11) e sexta-feira. Gratuita, a entrada no Estádio do Sesc ocorrerá mediante doação de 1kg de alimento não perecível. No momento do acesso, os torcedores e as torcedoras ainda precisarão apresentar documento de identificação com foto, E-Ticket e comprovante nacional de vacinação.

Dia de lutarmos juntas/Foto: João Callegari

O duelo deste sábado será o último das Gurias como mandantes em 2021, uma vez que tanto a final do Gauchão quanto a decisão do terceiro lugar ocorrerão em campo neutro. Até aqui, as coloradas venceram as três partidas que disputaram diante da Maior e Melhor Torcida do Rio Grande nesta temporada. Com 31 gols marcados e nenhum sofrido, as comandadas de Maurício Salgado já superaram Elite, por 10 a 0, Flamengo de São Pedro, pelo placar de 8 a 0, e Juventude, escore final de 13 a 0.

+ Vai partir para o Beira-Rio depois do Sesc? Confira as linhas de ônibus e lotação que fazem o trajeto!

Gurias contam com a força da torcida/Foto: João Callegari

Arbitragem 👨‍⚖️

Ruggeri Damasio da Fontoura apita, auxiliado por Luiza Naujorks Reis e Tais Regina Ruver. Trio gaúcho.


Rival 🆚

Obrigado pelo regulamento a vencer por seis gols de diferença para avançar de fase no tempo normal, o Brasil de Farroupilha também precisa se recuperar animicamente após o revés do final de semana passado. O escore de 6 a 1 foi o maior sofrido pelo time serrano na atual edição do Estadual, que já havia presenciado derrotas de 2 a 1 e 2 a 0 da equipe na fase de grupos.

Contra o Inter, Brasil sofreu sua terceira derrota no Gauchão/Foto: João Callegari

Autora do gol do Brasil na partida de ida, Bianca Bender agora soma três tentos no Estadual, número que lhe permite dividir a vice-artilharia do time de Farroupilha com as companheiras Keka e Luana. Líder no quesito, com cinco bolas enviadas às redes rivais, Bruna Lissandra também já ofereceu cinco assistências na competição, e se destaca como o principal nome da equipe serrana.


Pela quinta final consecutiva 🔙

Inter venceu as sete partidas que já disputou no Estadual de 2021/Foto: João Callegari

Maior vencedor do Gauchão Feminino, o Clube do Povo, octacampeão estadual, busca disputar sua quinta final consecutiva do torneio. Desde a criação das Gurias Coloradas, em 2017, o Inter jamais esteve ausente da decisão do Rio Grande. Ainda, vale lembrar que três das últimas quatro edições foram vencidas pelas alvirrubras.’

Gurias Coloradas goleiam Brasil de Farroupilha na partida de ida das semifinais do Gauchão Feminino

Gurias conquistaram vitória importante em Farroupilha/Foto: João Callegari

As Gurias Coloradas abriram em grande estilo as semifinais do Gauchão Feminino! Na manhã deste domingo (14/11), o Clube do Povo venceu os primeiros 90 minutos do embate com o Brasil de Farroupilha, disputados no Estádio das Alterosas, pelo placar de 6 a 1, gols de Fabi Simões, Djeni, Belinha, Priscila, duas vezes, e Bruna Benites.

Com o resultado, as coloradas garantem importante vantagem para a partida de volta, marcada para as 15h do próximo sábado (20/11), no Sesc Protásio Alves. Na luta pelo Tri consecutivo, as Gurias podem perder por até quatro gols de diferença que garantirão vaga na final do Rio Grande do Sul.

Time está em vantagem na luta para chegar à final/Foto: João Callegari

Corredor esquerdo abre o caminho

Diante da melhor equipe do interior do estado, que encerrou a primeira fase na vice-liderança do grupo A, as Gurias Coloradas disputaram início de partida bastante truncado na Serra gaúcha. A primeira boa chance saiu aos 12, quando Shashá, que abriu o duelo na meia-esquerda, avançou até a lateral da grande área antes de levantar na segunda trave. Com espaço, Wendy conseguiu bonito domínio antes de finalizar para milagre da goleira Bina.

Wendy quase abriu a conta no início/Foto: João Callegari

Percebendo o espaço ofertado para suas extremas, Maurício Salgado decidiu inverter os lados das atletas, e a alteração logo se desdobrou no primeiro gol colorado. Pela esquerda, Wendy escapou em altíssima velocidade e serviu Fabi em profundidade, nas costas da zaga. Após dominar colocando na frente, a camisa sete não titubeou diante da saída da goleira para, rasteiro, mandar às redes.

Fabi chegou a sete gols no Gauchão 2021/Foto: João Callegari

Em desvantagem, o Brasil passou a agredir mais a defesa colorada, construindo tramas sempre protagonizadas por Bruna Lisandra. Aos 31, a atleta aproveitou sobra de confusão no lado direito da área vermelha e, de primeira, chutou forte, mas pela linha de fundo. A camisa 10 das serranas voltou a assustar em cobrança fechada de falta, que foi enviada à linha de fundo por Djeni. Do escanteio surgiu o último lance de perigo das locais antes do intervalo, consequência de cabeceio da zagueira Joyce.

Uh! Fabiana!/Foto: João Callegari

A resposta das Gurias à postura ambiciosa do time da casa veio em lindo lançamento de Djeni, que achou Wendy livre na esquerda do ataque. A charrua progrediu com espaço e, já na pequena área, finalizou para defesa providencial da arqueira. No rebote, a camisa nove do Internacional até superou a goleira, mas teve o arremate cortado, em cima da linha, por Adri. Ato contínuo, Fernando Varani, técnico adversário, tentou reencaixar sua zaga através da realização de duas mudanças ainda no primeiro tempo.

Demonstrando maus modos para uma visitante, Wendy não permitiu que as recém-alçadas do Brasil se encontrassem em campo, e tratou de armar mais uma escapada com Fabi. Essa, parada com falta. E falta, para Djeni, é sinônimo de gol. A um passo da grande área, próxima da quina esquerda do retângulo, a camisa oito superou a barreira e acertou a gaveta para marcar o último da etapa inicial.

Vitória vira goleada

As Gurias retornaram famintas dos vestiários, e pouco custaram para ampliar a conta. Aos cinco, Rafa Travalão cobrou falta da esquerda da área rival com açúcar para cabeceio de Belinha. A lateral-esquerda, que pela primeira vez desde que retornou de lesão iniciava uma etapa final, infiltrou em velocidade e desviou sem chances para a arqueira, que até tentou, mas não conseguiu impedir o tento.

Belinha marcou o terceiro do Inter/Foto: João Callegari

Logo depois do gol, Maurício promoveu as primeiras mudanças no Inter. Ariane, Maranhão, Mileninha e Maiara entraram nas vagas de Belinha, Wendy, Rafa Travalão e Mariana Pires, assim renovando o fôlego de defesa, meio e ataque do Clube do Povo. A primeira trama das substitutas foi finalizada por Djeni, que tirou tinta do travessão e suspiros da torcida colorada no minuto 23.

A campanha das Gurias no Gauchão 2021 conta com uma regra mais do que consagrada junto à torcida. A Lei de Priscila registra que, quando a camisa 19 está em campo, o placar está proibido de permanecer em branco. Artilheira do Inter no Estadual já antes da partida, com oito gols marcados, a atacante potiguar somou mais dois no Estádio das Castanheiras.

A vibração da artilheira/Foto: João Callegari

O primeiro saiu aos 34, em bonita jogada individual que envolveu disputa de corpo com a zaga e fatal arrancada que superou com facilidade a última linha de marcadoras do Brasil. Depois, aos 41, Priscila não perdoou a hesitação da zaga, que falhou em afastar falta cobrada por Djeni, e mandou de primeira, colocado, para as redes.

As donas da casa descontaram aos 44, em bonito gol de Bianca. Bonito, também, foi o sexto e último do Inter, marcado por Bruna Benites. Ou melhor, lindo. Da esquerda, Djeni cobrou escanteio endereçado à segunda trave, onde a capitã subiu soberana e testou forte para encerrar a conta no ensolarado domingo véspera de feriado.

Xerife Benites (E) decidiu/Foto: João Callegari

Ficha técnica:

Brasil de Farroupilha (1): Bina; Adri (Tanque), Letícia, Joyce e Yasmin (Duda); Bahia (Bianca Bender), Andressa (Laysa) e Bruna Lissandra; Barbosa, Keka (Yasmin R.) e Luana. Técnico: Fernando Varani.

Internacional (6): Vivi; Leidi, Bruna Benites, Sorriso (Isa Haas) e Belinha (Ari); Djeni, Mariana Pires (Mai), Wendy (Maranhão) e Shashá; Rafa Travalão (Mileninha) e Fabi Simões (Priscila). Técnico: Maurício Salgado.

Gols: Fabi Simões, aos 28’/1ºT, Djeni Becker, aos 43’/1ºT, Belinha, aos 5’/2ºT, Priscila, aos 34’/2ºT e 41’/2ºT, e Bruna Benites, aos 45’/2ºT (I).

Estádio: Estádio das Castanheiras.

Raio-X: Gurias iniciam disputa das semis do Gauchão Feminino

Manhã de semifinal para as Gurias/Foto: João Callegari

Começa mais um capítulo na luta pelo Tri! As Gurias Coloradas visitam o Brasil de Farroupilha, às 11h deste domingo (14/11), para a disputa da partida de ida das semifinais do Gauchão Feminino. No Estádio das Castanheiras, o time de Maurício Salgado, que encerrou a primeira fase na liderança do grupo B, enfrenta as vice-líderes da chave A na abertura das eliminatórias estaduais. Fique por dentro de tudo sobre o embate!


Transmissão 📻

A Rádio Colorada cobrirá o duelo das Gurias in loco, direto do Estádio das Castanheiras, a partir das 10h30. Imperdível, a programação da emissora oficial do Clube do Povo contará com entrevistas exclusivas com atletas e membros da delegação alvirrubra. Confira:

Domingo (13/11)Plataforma
10h30Portões AbertosInternet e App do Inter
11hJornada EsportivaInternet e App do Inter
13hVestiário VermelhoInternet e App do Inter
Rádio Colorada é quem mais transmite as Gurias Coloradas/Foto: João Callegari

O minuto a minuto da partida será relatado nas redes sociais das Gurias Coloradas (@guriascoloradasoficial no Instagram, @GuriasColoradas no Facebook e @ColoradasGurias no Twitter). Com imagens, a FGF TV anuncia transmissão.


Pra cima delas! 💪

Gurias contaram com duas semanas de preparação para o duelo/Foto: João Callegari

A comissão técnica colorada contou com duas semanas para preparar o time que irá a campo em Farroupilha, período iniciado na segunda-feira retrasada (01/11). As atividades prévias à semifinal englobaram trabalhos em curto espaço, disputa de bolas em duplas e embates de 3×3, além de dinâmicas de inteligência como jogo da velha em velocidade, organizado para aguçar a tomada de decisão em tempo curto.

Sesc recebeu trabalhos fortes do elenco colorado/Foto: João Callegari

Campeãs gaúchas em 2019 e 2020 e donas da taça em três das quatro edições que disputaram desde 2017, as Gurias chegam às semifinais no embalo de uma campanha impecável. Vitoriosas nas seis partidas que disputaram no grupo B, as coloradas avançaram de fase com incríveis 48 gols marcados e apenas um sofrido. Agora, o time de Maurício Salgado, que soma 64% de aproveitamento na presente temporada, busca o nono Estadual Feminino da história do Inter.

Até aqui, os principais destaques individuais das Gurias ficam por conta de Priscila e Fabi, respectivas artilheira e vice com oito e seis gols marcados, e Leidi e Wendy, donas de sete, no caso da lateral, e cinco assistências na fase de grupos. Enquanto visitante, o Clube do Povo já disputou 12 jogos no ano, dos quais venceu nove e perdeu três, além de somar 30 gols marcados e apenas 11 sofridos.

Grupo superou primeira fase com sobras/Foto: João Callegari

Na última vez que foram a campo, as Gurias golearam o Juventude, no Sesc Protásio Alves, pelo placar de 13 a 0. Maior escore construído pelo Inter na primeira fase da competição, o resultado, conquistado na rodada de encerramento dos grupos, contou com hat-tricks de Rafa Travalão e Mileninha, além de dois gols de Priscila e um de Fabi Simões, Djeni, Leidi, Wendy e Maiara.

Vitória sobre o Juventude encerrou primeira fase colorada/Foto: João Callegari

As vozes da semana 🎙️

O período que antecedeu a abertura da fase eliminatória do Gauchão também contou com entrevistas de duas atacantes coloradas. Primeira a falar para o Canal do Inter, a jovem Priscila compartilhou a felicidade com que encara a meteórica ascensão que construiu com a camisa vermelha, sempre dividindo os méritos do bom momento com as companheiras de elenco, que tem ajudado a atleta a evoluir como profissional.

“No começo eu fiquei bastante preocupada. No início do meu primeiro jogo, até perdi alguns gols, mas consegui me adaptar, e estou indo bem, aprendendo com as mais velhas, que estão aqui há algum tempo. Isso é excelente, gosto muito delas, e é bom para o meu crescimento. Não esperava tudo isso tão rápido, é algo novo, especial.”

Priscila

Já na última sexta-feira (12/11), quem falou com exclusividade aos microfones vermelhos foi Rafa Travalão. Campeã estadual na temporada passada, a experiente atacante comemorou a crescente que antecedeu a estreia colorada nas semifinais, além de se declarar à vida em Porto Alegre e ao Inter e, é claro, projetar o jogo diante do Brasil.

“A gente sabia que tinha que chegar com um time consolidado tanto na defesa quanto no ataque. Fizemos bem nosso trabalho, terminamos a primeira fase muito bem, e agora estamos focando na semifinal. Vai ser um jogo de alto nível, que deixa a gente ligada. Temos que trabalhar firme para estar na final mais uma vez. Estou feliz com os gols, todo mundo espera isso de uma atacante, e aqui me sinto bem. Gostei muito de Porto Alegre e do Internacional”

Rafa Travalão

Arbitragem 👨‍⚖️

Cristiano Moreira da Silva, auxiliado por Lucas Simiano do Nascimento e Lucas do Nascimento. Trio gaúcho.


Rival 🆚

Adversário foi vice-líder do grupo A/Foto: Luiz Erbes/Brasil de Farroupilha

Time do interior dono da melhor campanha na primeira fase, que superou com nove pontos em cinco rodadas – a partida contra o Guarany de Bagé, que seria jogada fora de casa, não ocorreu pela falta de equipe médica no estádio -, o Brasil de Farroupilha foi segundo colocado no grupo A. No Gauchão, a equipe, que no primeiro semestre da temporada disputou o Brasileirão A2, perdeu apenas para o Grêmio, em partidas encerradas com os placares de 2 a 1 e 2 a 0.

Bruna Lissandra é o destaque do Brasil/Foto: Luiz Erbes/Brasil de Farroupilha

O principal destaque do Brasil no Estadual atende pelo nome de Bruna Lissandra. Primeira contratação feita pela equipe para a disputa do Gauchão, a atleta soma 10 participações em gol no torneio, com cinco tentos anotados e outro quinteto de assistências oferecidas. Atrás dela na artilharia estão Luana e Keka, empatadas com três bolas enviadas às redes. Bianca Bender, dona de dois gols, e Fran Barbosa, com um, completam a lista de goleadoras do time das Castanheiras.


Palco 🏟️

Panorama do Estádio das Castanheiras/Foto: João Callegari

Com capacidade para aproximadamente cinco mil pessoas, o Estádio das Castanheiras foi construída pela Prefeitura de Farroupilha, que cedeu o palco ao Brasil. Reformado entre os anos de 2007 e 2011, o endereço, localizado no Parque Cinqüentenário e dono de belíssima vista da cidade, foi credenciado pela FIFA como Centro de Treinamento para a Copa do Mundo de 2014.


Último confronto 🔙

Gurias golearam rivais na última visita às Castanheiras/Foto: Mariana Capra

O último encontro entre Gurias Coloradas e Brasil de Farroupilha teve como palco o mesmo Estádio das Castanheiras, e integrou a primeira rodada da fase de grupos do Gauchão passado. Com dois gols de Djeni, um de Gabi Luizelli, outro de Ari e mais um de Byanca Brasil, o Internacional superou as locais, no dia 29 de novembro de 2020, pelo placar de 5 a 0, assim garantindo importante passo inaugural na campanha que tornaria o Clube do Povo octacampeão estadual feminino.

Djeni marcou dois no duelo do ano passado/Foto: Mariana Capra

Gurias se classificam para a final da Copa Nike

Time está classificado para mais uma final em competições categorias de base.

Pela semifinal da Copa Nike Sub-17, as Gurias Coloradas empataram no tempo normal com o Corinthians, por 0 a 0, e venceram, nas penalidades, por 4 a 3. Em um jogo complicado, quem se destacou foi Mari Zanella, goleira do Inter, que fez diversas defesas decisivas ao longo do confronto e foi eleita a melhor em campo pela Nike Premier Cup.

“Foi um jogo extremamente complicado, principalmente pela questão do vento, que nos prejudicou para colocarmos nosso ritmo de jogo. Soubemos lidar muito bem com as adversidades, lutamos até o final, mostramos mais uma vez que a união desse grupo é fora do normal. Fico feliz demais pela minha atuação, sempre que tem pênalti, parece que brilha minha estrelinha, e fico muito feliz de ajudar na classificação do time.”

Mari Zanella
Mari Zanella ‘The best of the match’./Divulgação Copa Nike

As Gurias Coloradas foram a campo com: Mari Zanella, Érica, Guta, Amanda Locatelli e Gaby Tomé; Bruna Wink, Giovanna e Berchon; Iasmin, Maria Lúcia e Clarinha. No comando, é claro, esteve David da Silva.