Galeria de Fotos: Independiente Medellín 0 x 1 Internacional – 3ª rodada/CONMEBOL Sul-Americana

Pela terceira rodada da fase de grupos da CONMEBOL Sul-Americana, o Clube do Povo superou o Independiente Medellín, fora de casa, por 1 a 0. Alemão marcou o gol colorado no confronto, cujas fotos você confere a seguir!

Inter vence o Independiente, na Colômbia, com mais um gol de Alemão

Com gol de Alemão, Inter bateu o Independiente Medellín/Foto: Ricardo Duarte

Três pontos na mala, três vitórias consecutivas na temporada e três gols de Alemão com a camisa colorada! Na noite desta terça-feira (26/04), o Clube do Povo superou o Independiente Medellín, na cidade de Pereira-COL, em partida da terceira rodada da fase de grupos da CONMEBOL Sul-Americana. O triunfo de 1 a 0 foi conquistado com gol de Alexandre Alemão, que decidiu para o Inter aos nove minutos do segundo tempo.

O gol de Alemão na voz da Rádio Colorada

> Veja as imagens da partida!

Dono de cinco pontos na competição continental, o Clube do Povo volta suas atenções para o Campeonato Brasileiro. No próximo domingo (1º/05), os comandados de Mano Menezes recebem o Avaí, no Beira-Rio, em duelo da quarta rodada nacional. O embate já conta com serviço de jogo aberto e Check-In liberado, enquanto a venda de ingressos para sócios e sócias será aberta às 10h desta quarta. Clique aqui para saber mais e confirmar presença na partida. Colorado, definitivamente, joga junto!

Inter venceu a primeira na CONMEBOL Sul-Americana/Foto: Ricardo Duarte

Inter melhor e mais agressivo

Com as estreias de Alemão como titular e de Vitão com a camisa colorada, o Inter foi a campo apresentando um distinto desenho tático nos momentos em que não tinha a bola. Alinhado ao centroavante Alexandre, Wanderson atuava como um segundo homem de frente, armando o Clube do Povo no 4-4-2, que ainda tinha os meias Edenilson na direita e Carlos de Pena pela esquerda. A postura tornou especialmente agressiva a pressão alvirrubra na saída de jogo do adversário, valendo ao time de Mano Menezes consecutivos desarmes já no campo ofensivo.

Zagueiro Vitão estreou pelo Inter/Foto: Ricardo Duarte

Referência na frente, Alemão era imediatamente acionado a cada posse recuperada pelo Inter. Combativo, o centroavante soube usar do corpo para superar a zaga desde o minuto cinco, instante no qual quase transformou cruzamento de Edenilson em assistência para gol de cabeça. Já quando construía suas incursões ao ataque, o Colorado espetava Bustos na ala-direita, segurava Renê para a saída de três, aproximava Pena e Wanderson, ativos na esquerda, e potencializava o dínamo Gabriel, inquieto no corredor central.

E foi na base da troca de passes que a Academia do Povo tramou as melhores chances do primeiro tempo. Aos 26, Bustos triangulou com Dourado e cruzou boa bola para Alemão, mas Marmolejo antecipou para ficar com ela em seus braços. No minuto seguinte, Edenilson e Gabriel tabelaram dentro da área, o 23 recebeu de frente para o goleiro e finalizou, mas foi parado por milagre. Nova defesa providencial para a manutenção do zero no placar ocorreu aos 39, diante de chute venenoso de SuperEd.

Alemão já levava perigo no primeiro tempo/Foto: Ricardo Duarte

Apesar da superioridade colorada, o DIM também criou suas chances antes do intervalo, mas sempre parou em Daniel. Cedo, aos seis, o goleiro alvirrubro defendeu em dois tempos chute forte de Vladimir Hernández. Tarde, aos 39, ele bloqueou Yulian Gómez, lateral adversário que surgia livre na área do Clube do Povo, em belíssima saída da meta. Não adiantava: o primeiro tempo era dos arqueiros, que seguraram o placar no zero.

Daniel brilhou na Colômbia/Foto: Ricardo Duarte

Alemão e Daniel brilham e garantem a vitória colorada

Os colombianos retornaram em melhor nível para a etapa final, com mudança na lateral-direita. Aos quatro, por exemplo, Méndez exigiu novo milagre de Daniel, que de mão trocada enviou pela linha de fundo arremate originalmente endereçado ao seu ângulo direito. Preocupado em atacar, o Medellín ofereceu espaços em sua defesa, que foram aproveitados pelo time de Mano Menezes aos nove. Pela esquerda, Wanderson prendeu a marcação e recebeu a companhia de Rodrigo Dourado, que invadiu a área antes de servir Alemão. Uh, Alemão!

Garçom, Dourado serviu/Foto: Ricardo Duarte

O centroavante, que vinha de dois gols marcados nos últimos dois jogos, dominou fazendo o giro de perna esquerda. De frente para a bola, esperou a zaga decidir se fecharia o passe para Edenilson, livre na direita, ou o arremate cruzado, no canto de Marmolejo. Preocupada com a assistência de Alemão, a defesa colombiana pagou para ver, e deixou o camisa 35 finalizar. Para onde? Para as redes! Golaço!

Originalmente escalado no 4-1-4-1, o DIM partiu para o 4-2-3-1 após o gol de Alemão. Como seguiu sem criar, logo abraçou o 4-2-4, e só assim passou a pressionar. Com força pelos lados, o time da casa insistiu em consecutivos cruzamentos em direção à área do Clube do Povo, mas todos esses esbarraram na data desta terça-feira. Dia do goleiro em homenagem ao aniversariante e ídolo Manga, o 26 de abril presenciou consecutivos milagres de Daniel, que foi definitivo, no mínimo em três ocasiões, para a consagração do 1 a 0 colorado.

A vitória em Pereira-COL, segunda conquistada por Mano Menezes nas duas partidas que treinou o Inter, deixa o Colorado com cinco pontos na tabela, mesmo número do Independiente Medellín. Momentaneamente, o Clube do Povo é líder do grupo E da CONMEBOL Sul-Americana, competição em que enfrentará, na quinta-feira da próxima semana (05/05), o Guaireña-PAR, no Defensores del Chaco.


Primeiro tempo

5min – DIM sai jogando errado, Pena fica com a sobra e arrisca. Sem direção, ela sai pela linha de fundo.

5min – UH! Alemão leva a melhor sobre dois zagueiros e desvia cruzamento de Edenilson, feito pela direita, por cima.

Centroavante brigou com a zaga adversária/Foto: Ricardo Duarte

6min – Daniel encaixa! De fora da área, Vladimir Hernández solta o pé, e goleiro colorado defende em dois tempos.

17min – Vitão recebe o amarelo por falta em Pons.

21min – Da esquerda, Pena cobra escanteio na segunda trave. Por ali, Alemão consegue desvio mascado em direção ao gol colombiano. Marmolejo encaixa.

26min – UUUH! Gabriel inverte linda bola para Bustos, que tabela com Dourado, escapa até a linha de fundo e cruza rasteiro. Alemão quase desvia, mas a bola sai forte e morre nas mãos de Marmolejo.

Bustos criou boa chance após tabela com Dourado/Foto: Ricardo Duarte

27min – SAAAAAAAAAAAALVA O GOLEIRO! Renê cobra lateral rápida pela esquerda. Na área, Alemão faz o pivô para Gabriel, que serve Edenilson, recebe linda devolução e, em cima da marca do pênalti, chuta colocado. Goleiro salva os locais.

36min – De pé em pé, Inter chega ao ataque pela esquerda. Acionado por Wanderson, Pena tenta o lançamento em profundidade para Alemão, mas Marmolejo deixa o gol e fica com ela.

39min – UUUUUUUUUH! Gabriel dá passe de gancho para Edenilson, que chuta forte da entrada da área. Marmolejo dá rebote, mas abafa Alemão e evita o gol colorado.

Gabriel foi um gigante em campo/Foto: Ricardo Duarte

39min – DANIEEEEEEEEEEEEEL! Bustos recua bola curta para o goleiro colorado, e Gómez tira proveito para sair cara a cara com o camisa 1 do Inter, que deixa a meta e bloqueia o arremate rival.

44min – TRAVADO! Pena recebe de Wanderson e chuta de primeira. Cadavid bloqueia o arremate, que sai em escanteio.

Canhota de Carlos de Pena segue afiada/Foto: Ricardo Duarte

45min – Mais um minuto de acréscimo. Vamos a 46!

46min – Intervalo na Colômbia!


Segundo tempo

0min – Time da casa retorna com novidade. Vem Arboleda, sai Mosquera.

4min – DANIEEEEEEEEL! De muito longe, Méndez arrisca. No ângulo, goleiro colorado espalma.

7min – Gómez invade a área colorada pela esquerda e tenta o cruzamento para Hernández. Forte demais, ela sai em tiro de meta para o Inter.

9min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOL DO CLUBE DO POVO! É GOL VERMELHO! É GOL DO INTER! É GOL DE ALEMÃO! O HOMEM É ARTILHEIRO, É CENTROAVANTE GOLEADOR, É COLORADO TORCEDOR! GOLAAAAAAAAAAAÇO! Pela esquerda, o Inter escapa em velocidade com Wanderson, que, aberto na ponta, envolve a marcação e lança Dourado. Elemento surpresa, o volante pisa na área e assiste Alemão, que faz lindo giro com a perna esquerda, engatilha o chute de perna direita e manda cruzado, no cantinho, sem chance de defesa. TRÊS GOLS EM TRÊS JOGOS, É O TANQUE COLORADO, É ALEMÃO!

O gol de Alemão na voz da Rádio Colorada

13min – Nova mudança no time da casa. Vem López, sai Loaiza.

20min – Mauricio e David vêm a campo no Clube do Povo. Saem Wanderson e Alemão.

25min – Cambindo no lugar de Arregui: terceira substituição colombiana.

26min – Amarelo para Méndez. Acertou Dourado com o cotovelo.

29min – Mais duas novidades no Inter. Johnny e Mercado nas vagas de Dourado e Vitão, que sai de maca.

Duas vitórias em dois jogos para o professor/Foto: Ricardo Duarte

30min – Mauricio e Edenilson combinam pela direita. Com espaço, o camisa oito cruza para David, que cabeceia atrapalhado pela zaga. Marmolejo defende.

32min – Encerradas as alterações do time da casa. Castrillón entra no lugar de Vladimir.

35min – MILAAAAAAAAAAAAGRE! DANIEL! DANIEL! DANIEEEEEEEL! Castrillón cobra falta pela direita, Mercado não consegue o corte na segunda trave e Pons, na pequena área, finaliza à queima-roupa. Paredão colorado salva com o braço esquerdo!

43min – Liziero por Gabriel é a quinta troca de Mano Menezes.

Liziero foi a quinta troca colorada/Foto: Ricardo Duarte

43min – QUAAAAAAASE O SEGUNDO! Mauricio recebe na quina direita da área colombiana e chuta colocado. A bola resvala na marcação e quase encobre o goleiro, mas Marmolejo se recupera em tempo de fazer a defesa.

45min – Mais seis. Vamos a 51!

48min – HERÓI COLORADO! DANIEEEEEEL! Castrillón enche o pé a partir da quina esquerda da área colorada, mas goleiro vermelho, no seu dia, no dia do aniversário de Manga, salva o Inter.

49min – Moreno recebe o amarelo. Atropelou Bustos.

51min – POR CIMA! Johnny recebe de Edenilson, invade a área em velocidade e finaliza. Tiro de meta para os locais.

Johnny quase ampliou a vantagem alvirrubra/Foto: Ricardo Duarte

51min – Mais um. Jogo vai a 52.

52min – FIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIM DE PAPO! VITÓRIA COLORADA! O INTER VENCE NA COLÔMBIA! TRÊS PONTOS PARA O CLUBE DO POVO!


Ficha técnica:

Independiente Medellín (0): Marmolejo; Mosquera (Arboleda), Víctor Moreno, Cadavid e Yulian Gómez; Arregui (Cambindo), Javier Méndez e Loaiza (López); Vladimir Hernández (Castrillón), Luciano Pons e Pineda. Técnico: Julio Comesaña.

Internacional (1): Daniel; Bustos, Bruno Méndez, Vitão (Mercado) e Renê; Gabriel (Liziero), Rodrigo Dourado (Johnny), Edenilson, Carlos de Pena e Wanderson (Mauricio); Alemão (David). Técnico: Mano Menezes.

Gols: Alemão, aos 9’/2ºT (I).

Cartões amarelos: Javier Méndez e Moreno (D). Vitão (I).

Arbitragem: Nicolas Lamolina, auxiliado por José Savorani e Mariana de Almeida. Quarto árbitro: Yael Falcón.

Estádio: Hernán Ramírez Villegas-COL.

Independiente Medellin x Inter - Sul-Americana - 26/04/2022

Bastidores da terceira vitória seguida das Gurias no Brasileirão

O primeiro gol da capitã no Beira-Rio, Millene desencantando com a camisa do Clube do Povo e mais três pontos na tabela! A noite de segunda-feira (21/03) foi de vitória importante das Gurias no Gigante, e o Canal do Inter te apresenta agora os bastidores do terceiro triunfo seguido no Brasileirão A1!

Colorado empata sem gols em Ijuí

Colorado empatou sem gols no 19 de Outubro/Foto: Ricardo Duarte

Com um elenco bastante modificado em relação ao escalado nas duas primeiras rodadas do Gauchão, o Clube do Povo encarou o São Luiz, fora de casa, na noite desta quarta-feira (02/02). Completamente lotado, o Estádio 19 de Outubro recebeu boa partida, que contou com grande exibição de D’Alessandro, mas encerrada sem gols. O resultado mantém o Inter na liderança do Estadual, agora com sete pontos somados em três jogos. No próximo sábado (05/02), o time de Alexander Medina visita o Ypiranga, em Erechim, a partir das 16h30.


Novidades no time

Medina promoveu mudanças em todos os setores do time nesta quarta-feira. Em relação à espinha de equipe, também modificada, que disputou as duas primeiras rodadas do Gauchão, oito nomes apareceram pela primeira vez como titulares na temporada. Desses, Keiler e Paulo Victor estrearam em 2022. Já durante o jogo, três atletas oriundos da base foram alçados a campo: Matheus Dias, Lucas Ramos e Nicolas. Além deles, também entrou o jovem Gustavo Maia, resultando em uma média de idade de 22 anos para a equipe que encerrou o duelo.


Primeiro tempo movimentado

Inter voltou a jogar fora de casa pelo Gauchão/Foto: Ricardo Duarte

A grande injustiça no placar que encerrou a etapa final foi a manutenção do zero para os dois lados. Teimosa, a bola muito circundou as metas de Inter e São Luiz ao longo dos 45 minutos que inauguraram o confronto, mas insistiu em não encontrar os córdeis das cidadelas rubra e colorada. Para os donos da casa, que exploravam tanto a velocidade de Ariel, nos contra-ataques, quanto a bola parada, o grande vilão foi Keiller, que operou defesa providencial em falta cobrada por Jean Silva, aos 27.

Keiller voltou a jogar pelo Inter depois de quase cinco anos/Foto: Ricardo Duarte

Já de parte do Inter, as principais tramas contaram com o brilho de D’Alessandro. Inteligente para perceber a marcação menos aplicada do São Luiz na altura do meio de campo, o camisa 10 participou ativamente da construção das jogadas colorada, e muito bem combinou com Mauricio e Paulo Victor. Aos 18, o segundo desses recebeu lindo lançamento do maestro e cruzou rasteiro para o primeiro, que chutou forte, com espaço, mas por cima.

A melhor chance do primeiro tempo, inclusive, pertenceu ao Inter, e surgiu de tabela entre D’Ale e PV. Acionado pelo gringo, o camisa seis teve espaço para cruzar, mas foi travado por bloqueio feito com a mão por Lucas Carvalho. Na cobrança da falta, assinalada a centímetros da grande área, Heitor exigiu milagre do arqueiro rival, enquanto Cadorini, no rebote, teve seu arremate cortado em cima da linha por Paulinho Santos.

Cadorini quase marcou na etapa final/Foto: Ricardo Duarte

Inter pressiona no reinício

Alexander Medina mudou o time na etapa final, invertendo Mauricio e Caio. Pela meia-esquerda, o camisa 27 passou a combinar ainda mais com PV e D’Ale, sobrecarregando esse como principal corredor colorado. Ao mesmo tempo, Vidal ficava espetado pela direita, pronto para servir de escape a jogadas individuais. Sempre de cabeça erguida, Johnny assumiu a responsabilidade das inversões, que reduziram o São Luiz, antes incômodo, à postura excessivamente defensiva.

Paulo Victor armou boas chances para o Colorado/Foto: Ricardo Duarte

Neste novo desenho, o Inter confundiu o São Luiz e criou cinco grandes chances em 15 minutos. O goleiro Renan, diante de arremates de Lindoso, Mauricio e Mercado, assumiu sua parcela de culpa para manter o escore zerado, bem como a linha de impedimento adversária, que foi definitiva para anular escapes de Paulo Victor e Kaique.


Primeiro tempo

2min – Inter começa o jogo na pressão! Pela direita, Mauricio e D’Alessandro combinam antes de a bola ser espichada para Cadorini, que inverte até Paulo Victor. Lateral cruza na direção de D’Ale, mas a zaga antecipa e corta em escanteio.

4min – KEILLER! De fora da área, Ariel arrisca chute forte. Goleirão se estica no canto e defende, em dois tempos, com estilo.

9min – UH! Heitor é lançado na área rival e, pela direita, tenta o toque de primeira para Cadorini. Antes dele, João Marcus corta.

10min – COMO JOGA! D’Alessandro pensa diferente! Da altura do meio de campo, camisa 10 percebe Caio nas costas do lateral Lucas Carvalho e lança. No último instante, rival afasta pela linha de fundo.

11min – PRA FOOOOOOOOORA! Heitor cobra escanteio da esquerda, na medida para Kaique subir no terceiro andar e desviar com estilo. Ela sai tirando tinta.

12min – LINDOSO! Ariel recebe de Juba e, dentro da área colorada, corta o primeiro marcador. Antes do chute, é travado pelo 19 do Clube do Povo!

18min – QUE JOGAAAAAADA! QUAAAAAAAAAASE! De novo, D’Alessandro percebe Paulo Victor com espaço e lança o lateral, que domina já dentro da área. Da esquerda, o camisa seis cruza rasteiro para Mauricio, que chega batendo na altura da marca do pênalti. Forte demais, ela sai por cima.

26min – KEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEILLER! Ao lado da meia-lua da grande área colorada, Jean Silva cobra falta com muito veneno. Goleiro do Clube do Povo se estica todo e, no canto direito, opera um milagre.

32min – FALTA! D’Ale volta a encontrar Paulo Victor e serve o lateral, que vai ao fundo e cruza. Com a mão, Lucas Carvalho abafa.

33min – UUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUH! A dois passos da grande área, pela esquerda, Heitor cobra falta fechada, buscando a segunda trave. Renan Rocha voa para espalmar, mas o rebote é de Matheus Cadorini, que finaliza rasteiro. Em cima da linha, Paulinho afasta, e nem Paulo Victor, nem Mauricio, conseguem marcar na sobra.

39min – Por reclamação, Daronco apresenta o amarelo para D’Alessandro.

41min – Mauricio aplicava balãozinho em Willian Goiano, mas é atropelado pelo zagueiro rival. Falta e amarelo apresentados.

43min – Amarelo para Ariel: caçou Heitor.

45min – Mais três! Vamos a 48 em Ijuí.

48min – Intervalo no 19 de Outubro.


Segundo tempo

7min – SUBIU A BANDEIRA! Após cobrança de escanteio de D’Alessandro, feita pela direita, Caio fica com a bola na entrada da área e deixa com PV. O camisa seis cruza para Lindoso, com espaço nas cercanias do gol, mas o volante prefere o toque para Kaique. Antes do zagueiro, que estava em impedimento, Renan defendeu.

9min – TIROU TIIIIIIIIIIIIIIIIINTA! Johnny recupera a posse no campo ofensivo e, sem titubear, enquadra o corpo para o chute. Forte, a bomba explode na haste de sustentação.

11min – MILAAAAAAAAAAAAAAAAAAGRE! PV e D’Ale tabelam pela esquerda. Em velocidade, o lateral vai ao fundo e toca para Mauricio, que invade a área, ajeita para a canhota e chuta colocado. Renan, em escanteio, espalma, salvando os locais.

12min SURGE UM VILÃO! D’Ale cobra escanteio da esquerda, Kaique ganha por cima e Mercado, livre na segunda trave, chuta. Com os pés, Renan Rocha salva o Rubro.

16min – PV faz fila pela esquerda, deriva para o centro e acha Mauricio com lindo toque de ganchinho. De perna direita, meio-campista chuta pra fora, mas em condição flagrada como irregular.

30min – Duas trocas no Clube do Povo. Gustavo Maia e Nicolas entram, Rodrigo Lindoso e Matheus Cadorini saem.

31min – No São Luiz, também uma dupla de mudanças. Germano na vaga de Paulinho, Paulinho Simionato no lugar de Juba.

37min – Mais mudanças no time da casa. Vem Mizael, vai Lucas Carvalho. Sai Régis, entra Prill.

40min – Aplaudido de pé por um 19 de Outubro lotado, D’Alessandro deixa o campo. Entra Matheus Dias, acompanhado de Lucas Ramos, substituto de Mauricio.

45min – Mais cinco! Vamos a 50.

47min – No lugar de João Marcus, o São Luiz promove a entrada de Rodrigo Milanez.

49min – Mais um. Serão, ao todo, seis de acréscimo.

51min – Fim de jogo.


Ficha técnica:

São Luiz (0): Renan Rocha; Lucas Carvalho (Mizael), João Marcus (Rodrigo Milanez), Willian Goiano e Márcio Goiano; Régis (Prill), Paulinho (Germano) e João Vieira; Ariel, Juba (Paulinho Simionato) e Jean Silva. Técnico: Paulo Henrique Marques.

Internacional (0): Keiller; Heitor, Gabriel Mercado, Kaique Rocha e Paulo Victor; Rodrigo Lindoso (Gustavo Maia), Johnny, Caio Vidal, D’Alessandro (Matheus Dias) e Mauricio (Lucas Ramos); Matheus Cadorini (Nicolas). Técnico: Alexander Medina.

Cartões amarelos: Willian Goiano e Ariel (S). D’Alessandro (I).

Arbitragem: Anderson Daronco, auxiliado por Gustavo Schier e Conrado Berger. Quarto árbitro: Deividi de Freitas.

Estádio: 19 de Outubro.

Gurias disputam última rodada do Brasileirão Sub-18

Gurias decidem vaga nas semifinais nesta sexta/Foto: Adriano Fontes/CBF

Dia de decisão para as Gurias Coloradas no Brasileiro Sub-18! Vice-líderes de quadrangular que compõe a segunda fase nacional, as comandadas de Fábio Sanhudo vão a campo a partir das 15h30 desta sexta-feira (20/08) para a disputa da terceira e última rodada anterior às semifinais. Com quatro pontos, o Inter precisa de apenas um empate diante do Corinthians, em Sorocaba-SP, para garantir vaga nos mata-matas.

Após encerrar a primeira fase do Brasileirão Feminino Sub-18 com seis vitórias em seis partidas, o Inter abriu o quadrangular batendo o Flamengo. Carol Gil marcou o gol que garantiu triunfo de 1 a 0 sobre o Urubu, conquistado na última segunda-feira (16/08). Dois dias depois, as Gurias ficaram no empate com o Santos. O placar, de 2 a 2, foi construído com gols de Tati, contra, e Berchon para o Clube do Povo.

Loirão (11) e Berchon comemoram gol colorado contra o Santos/Foto: Adriano Fontes/CBF

Os quatro pontos somados até aqui deixaram as Gurias em boas condições para avançar às semis. Disputada em dois quadrangulares, a segunda fase classifica duas equipes, líder e vice de cada chave, para os mata-matas. Diante do primeiro colocado do grupo, o Inter precisa apenas empatar para chegar a pontuação inatingível ao Santos, terceiro com um ponto, enquanto uma vitória garante a liderança para o Clube do Povo.

Empate garante vaga, vitória vale a liderança!/Foto: Adriano Fontes/CBF

Em caso de classificação, as Gurias darão continuidade ao excelente retrospecto construído na breve história do Brasileirão Feminino Sub-18. Campeãs da primeira edição do torneio, realizada em 2019, as jovens do Clube do Povo ficaram com o vice na temporada passada. O título foi conquistado em cima do São Paulo, enquanto a decisão mais recente foi disputada diante do Fluminense.

Inter quer o bicampeonato/Foto: Adriano Fontes/CBF

+ Rival

Campeãs brasileiras Sub-16 no último mês de junho, as categorias de base do Corinthians vivem momento de afirmação no cenário nacional. Comandadas pela ex-atleta Daniela Alves, jogadora de Seleção Brasileira, as alvinegras avançaram para o quadrangular como líderes do grupo F, posição garantida apenas na última rodada, quando venceram, de virada, confronto direito contra o Bahia.

Corinthians lidera o quadrangular das Gurias/Foto: Adriano Fontes/CBF

Escalado com diversas atletas que venceram o Sub-16, casos da goleira Nanda, da zagueira Duda Mineira, das laterais Áhlice e Daisy, das meias Julia Brito e Vick, esta artilheira da equipe com cinco gols, e das atacantes Laysla e Manu Olivan, o Corinthians superou Santos e Flamengo na segunda fase nacional. Enquanto o clássico paulista foi encerrado com placar de 3 a 2 para o Timão, o duelo com o Rubro-Negro teve o 1 a 0 como escore final.

Vick (10) é a artilheira do Corinthians/Foto: Adriano Fontes/CBF

+ Transmissão

Como de costume, as redes sociais das Gurias Coloradas (@guriascoloradasoficial no Instagram, @GuriasColoradas no Facebook e @ColoradasGurias no Twitter) transmitirão o minuto a minuto do duelo. Com imagens, o Eleven Sports anuncia transmissão. A partir das 18h, a Rádio Colorada, através do Programa do Inter, repercute o embate decisivo.

Raio-X: As informações da visita colorada ao Bahia

Dia de Inter em campo pelo Brasileirão! A partir das 20h30 deste domingo (13/06), o Clube do Povo visita o Bahia, em Pituaçu, pela terceira rodada do Nacional. Confira entrevista da Rádio Colorada com Marinho Junior, setorista do Esquadrão pela Rádio Metrópole FM, projetando o duelo. Abaixo, você encontra todas as informações sobre o confronto!

Sport Club Internacional · Raio-X #30 | Bahia x Internacional | 12/06/2021

Transmissão 📻

Ao vivo com o pré-jogo Portões Abertos a partir das 19h45, a Rádio Colorada transmite todas as emoções do duelo deste domingo. Confira a programação da emissora oficial do Clube do Povo, que pode ser acompanhada via Site e APP do Inter:

AtraçãoPlataforma
19hRaio-XInternet e APP do Inter
19h45Portões AbertosInternet e APP do Inter
20h30Jornada EsportivaInternet e APP do Inter
22h30Vestiário VermelhoInternet e APP do Inter
23h30Programação musicalInternet e APP do Inter
Torça com a gente!

As redes sociais do Inter (@scinternacional no TwitterInstagram Facebook) acompanharão o duelo com o já tradicional minuto a minuto, enriquecido por imagens dos principais lances da partida. Na TV, o Premiere anuncia transmissão.


Vamo, Inter! 💪

Colorado já está em Salvador/Foto: Ricardo Duarte

O Colorado já está em Salvador. O desembarque na capital baiana ocorreu no final da tarde deste sábado (12/06), horas após a realização do último treino prévio ao duelo contra o Esquadrão. No CT Parque Gigante, o técnico interino Osmar Loss comandou o segundo dia consecutivo de atividades táticas e técnicas, exercícios que encaminharam os 11 nomes que buscarão a primeira vitória do Inter no Brasileirão 2021.

O Clube do Povo precisará superar alguns desfalques em Pituaçu. Ao todo, oito jogadores desfalcam o time de Loss. São eles: Palacios, convocado pelo Chile para a disputa da Copa América, Paolo Guerrero, que estava com a Seleção Peruana, Pedro Henrique, suspenso, Dourado, lesionado, Moisés, fora por questões contratuais, Boschilia, em processo de recuperação de lesão sofrida no joelho direito, e Lomba e Saravia, preservados após apresentarem sintomas gripais.

Osmar Loss comandará o Inter neste domingo/Foto: Ricardo Duarte

Titular em duas das últimas três partidas disputadas pelo Clube do Povo na temporada, o goleiro Daniel concedeu, na véspera do confronto, entrevista exclusiva para a Mídia do Inter. O atleta repercutiu os dois dias de preparação sob o comando de Osmar Loss, além de projetar as dificuldades que o Colorado imagina encontrar nesta terceira rodada do Brasileirão.

“O professor Osmar já vem com a gente há um tempo, conhece cada estilo de jogo de cada atleta. Nestes dois dias, foi muito boa a preparação. Focada, forte. Vai ser uma partida difícil, o Bahia é o atual campeão da Copa do Nordeste. Em um lugar difícil, a casa deles, mas gente tem que estar preparado para essa batalha.”

Daniel

Daniel ainda comentou a disputa existente pela titularidade da meta colorada. Cria do Celeiro, o goleiro abriu a temporada entre os 11 iniciais, posto também já ocupado por Danilo Fernandes e Marcelo Lomba. A dupla, experiente, foi destacada pelo camisa 42 do Clube do Povo, que ressaltou a confiança compartilhada entre os companheiros de posição.

“Do Lomba, eu não tenho o que falar. É um cara com quem aprendi muito. Não só com o Lomba, mas com o Danilo também. São os caras mais velhos, e a disputa no gol é sadia. Só joga um, mas não importa quem jogar, o Inter sempre vai estar bem servido de goleiro.”

Daniel

Arbitragem 👨‍⚖️

Wagner do Nascimento Magalhães apita, auxiliado por Michael Correia e Daniel do Espírito Santo Parro, trio do Rio de Janeiro. Quarto árbitro: Edvalter Marinho dos Santos, da Bahia. VAR: Márcio Henrique de Gois, de São Paulo.


Rival 🆚

Tricolor tem quatro pontos no Brasileirão/Foto: Felipe Oliveira, Bahia

Campeão da Copa do Nordeste no último dia 8 de maio, o Bahia arrancou bem no Brasileirão. Após estrear batendo o Santos, em Pituaçu, por 3 a 0, o Esquadrão de Aço empatou em 3 a 3 com o Red Bull Bragantino na rodada passada. Positiva, a fase tricolor é reflexo do trabalho de Dado Cavalcanti, técnico que assumiu o comando da equipe nos últimos dias do ano passado e, desde então, conquistou a admiração de todos, como revela Marinho.

“O Bahia apostou em Dado Cavalcante. Um técnico novo, que não tem grife, não tinha uma visibilidade no futebol brasileiro, embora fosse bicampeão da Copa Verde. Ele chegou como quem não queria nada, como um desconhecido, e conseguiu livrar o time do rebaixamento e unir o grupo.”

Marinho Junior sobre Dado Cavalcanti
Dado Cavalcanti é o técnico tricolor/Foto: Felipe Oliveira, Bahia

O meio-campista Rodriguinho é um dos grandes pilares do Esquadrão de Dado. Autor de três gols na campanha campeã regional, inclusive marcando tento na finalíssima, o camisa 10 tem atuado com maior liberdade sob o comando de Cavalcanti. Afastado de obrigações defensivas, o atleta, já convocado para a Seleção Brasileira, tem atuado como um segundo atacante, próximo de Gilberto. No setor, atingiu todas as expectativas depositadas pela torcida tricolor em seu futebol.

“Com Roger e Mano, o Rodriguinho fazia a função do 10, e não rendia. Quando Dado chega, ele monta um tripé de volantes e deixa o Rodriguinho próximo da área. Dando assistências, fazendo gols, resolvendo jogos. Os dois se encaixaram: treinador e craque.”

Marinho Junior a respeito de Rodriguinho
Com Dado, Rodriguinho assumiu a braçadeira/Foto: Felipe Oliveira, Bahia

Desfalcado por algumas peças do setor defensivo, suspensas, o Bahia deve repetir, diante do Inter, os mesmos nomes de linha que empataram com o Bragantino. Assim, o provável time titular conta com Matheus Teixeira; Renan Guedes, Conti, Luiz Otávio e Matheus Bahia; Patrick de Lucca, Matheus Galdezani e Thaciano; Rossi, Gilberto e Rodriguinho.

Luiz Otávio (E), Conti (C) e Gilberto (D) devem enfrentar o Inter/Foto: Felipe Oliveira, Bahia

Palco 🏟️

O Estádio Metropolitano Governador Roberto Santos, mais conhecido como Pituaçu, tem servido de casa para o Bahia desde a eclosão da pandemia do novo coronavírus. Propriedade do governo estadual, o palco do duelo deste domingo foi a alternativa encontrada pelo Esquadrão ao uso da Fonte Nova, principal endereço do futebol soteropolitano, que foi transformada em hospital de campanha no combate à covid-19.

Panorama de Pituaçu/Foto: DVG, Bahia

Previsão do tempo 🌧️

Ao que tudo indica, o duelo deste domingo será disputado debaixo de chuva. A precipitação, contudo, não significará queda brusca de temperatura, que permanecerá na casa dos 25ºC ao longo de todo o confronto.


Retrospecto ⏲️

Ídolo Alex em ação contra o Bahia, 2013

O duelo deste domingo será o de número 40 entre Inter e Bahia na história do Brasileirão. À frente no retrospecto do confronto, o Clube do Povo já superou o Esquadrão em 24 ocasiões, 20 vitórias a mais do que as somadas pelo rival. Os empates, até hoje, foram 11, números construídos através de 65 gols colorados e 28 do Tricolor.

Galhardo marcou no último encontro das duas equipes/Foto: Ricardo Duarte

No último encontro das duas equipes, a vitória foi colorada. Pela 27ª rodada do Brasileirão passado, o Clube do Povo superou o Bahia, na Fonte Nova, pelo placar de 2 a 1. Rodrigo Dourado, nos acréscimos do primeiro tempo, e Thiago Galhardo, na abertura da etapa final, marcaram os gols do Inter na partida, disputada no dia 27 de dezembro de 2020.

Pós-jogo | Repercussão do show colorado

O Inter deu show no gramado do Beira-Rio nesta quarta-feira (05/05). Pela terceira rodada do grupo B da Libertadores, o Clube do Povo goleou o Olimpia, por 6 a 1, e chegou aos seis pontos na chave. Após o confronto, Miguel Ángel Ramírez, técnico, e Taison, camisa 10 que reestreou pelo Colorado, concederam coletiva. Confira principais aspas e íntegra das coletivas:

“Há dias que não entram tanto. Às vezes, entra. E o volume ofensivo é igualmente alto. Então, é uma questão de estar no momento oportuno. Nas duas últimas partidas de Libertadores, conseguimos gerar muito e converter. O que me preocupa mais é que produzamos, pois sei que há dias em que entram todas, e dias em que não entra nenhuma.”

Miguel Ángel Ramírez

“Os jogadores são conscientes da importância da diferença de gols em uma classificação de fase de grupos. Não há que trabalhar nenhum psicológico, pois eles sabem que precisamos somar o maior número de gols para, em caso de um empate, classificar. Se estamos líderes do grupo, é pelos gols. Quanto mais fazemos e menos sofremos, mais opções temos para classificar.”

Miguel Ángel Ramírez
Íntegra da coletiva de Miguel Ángel Ramírez

“Para nós, o resultado deixa um recado de continuar trabalhando da maneira que foi hoje. Seguir do mesmo jeito. O resultado foi muito bom, mas eu sou uma pessoa que, quando acaba, já pensa no outro jogo. Vão ter jogos difíceis, vão ter jogos que a gente vai construir mais fáceis. Hoje, a equipe está de parabéns. Fez um grande jogo do início ao fim.”

Taison

“Agradeço o Rodrigo (Dourado). Ele chegou em mim ontem e falou que eu seria o capitão da equipe. O grupo todo também me fez chegar da maneira que eu cheguei. Me abraçaram, me deixaram feliz. Gostei do meu desempenho, não só meu como do grupo todo. A palavra de hoje é gratidão por voltar a jogar no meu Clube, no Inter, e pela vitória.”

Taison
Íntegra da coletiva de Taison

A Mídia do Inter também entrevistou alguns dos destaques da goleada sobre os paraguaios. O primeiro a falar foi Thiago Galhardo, humilde artilheiro da noite, que revelou toda sua alegria com a produção ofensiva do Clube do Povo, além de eleger o gol de Caio, sexto da noite, como o mais bonito da partida, apesar de também ele ser dono de uma pintura, quarta do duelo. Veja:

“Tenho vivido,

a cada dia que passa,

momentos mágicos aqui”

Thiago Galhardo

A ordem das entrevistas exclusivas, inclusive, acompanhou a sequência dos goleadores colorados. Enquanto Galhardo anotou os tentos de número três e quatro, Yuri Alberto foi o dono do quinto. Camisa 11 do Clube do Povo, também ele foi entrevistado pela Mídia do Inter, e aproveitou para comemorar o fortalecimento do grupo alvirrubro.

“Nosso grupo está cada vez

mais forte. Podemos contar

com qualquer jogador.”

Yuri Alberto

Inter tem atuação de gala e despacha o Olimpia: 6 a 1

Grupo comemora o primeiro gol da noite/Foto: Ricardo Duarte

Chuva de gols! O gramado do Beira-Rio sediou uma atuação irretocável do Inter nesta quarta-feira (05/05). Disputada a partir das 21h, a jornada colorada contra o Olimpia, válida pela terceira rodada do grupo B da Libertadores, foi encerrada com imponente 6 a 1 alvirrubro. Victor Cuesta, Edenilson, Thiago Galhardo, duas vezes, Yuri Alberto e Caio Vidal marcaram na maior goleada da história do Clube do Povo na competição, que também marcou a reestreia de Taison com o manto vermelho.

> Confira as entrevistas pós-jogo

Pela Libertadores, o Inter volta a campo na próxima terça-feira (11/05), às 19h15, na Venezuela. O adversário, no Estádio Pueblo Nuevo, será o Deportivo Táchira. Antes, o Clube do Povo disputa, às 19h deste sábado (08/05), os últimos 90 minutos da semifinal do Gauchão. No Beira-Rio, os comandados de Miguel Ángel Ramírez jogam para reverter o 1 a 0 conquistado na ida pelo Juventude.

Inter é líder do grupo B da Libertadores/Foto: Ricardo Duarte

O Taison voltou!

Exatos 4.271 dias depois, Taison voltou a vestir a camisa colorada. Novo 10 do Clube do Povo, o atacante reestreou pelo Inter como titular, e teve grande atuação, protagonizando boas oportunidades ao longo dos 72 minutos que passou dentro de campo. Anunciado no último dia 16 de abril, o pelotense participou, por exemplo, do terceiro gol do Inter, armando jogada finalizada por Galhardo. O filho retornou para casa!

Ele está de volta!/Foto: Ricardo Duarte

Inter envolvente

Com o objetivo de surpreender, o Olimpia tentou pressionar o Inter nos primeiro cinco minutos de partida. Logo, porém, descobriu que a postura avançada tinha como consequência a oferta de espaços na defesa. Ofensivo, o Clube do Povo os explorou, inicialmente, pela esquerda, flanco ocupado por Mauricio, Moisés e, na fase ofensiva, Taison.

Zagueiro-artilheiro, Cuesta marcou mais um na Libertadores/Foto: Ricardo Duarte

A partir dos 15, o Inter inverteu o lado sobrecarregado. Pela direita, Taison, com liberdade, atuou próximo de Rodinei e Marcos Guilherme, em nova postura que encontrou o mesmo fim: pressão colorada. De tanto martelar, o Clube do Povo abriu o placar em filme conhecido. Rodinei, da direita, cobrou escanteio. Cuesta, na pequena área, testou para as redes. Inter na frente, e assim seguiria até o intervalo.


Atropelo

Frio, calculista e colorado: Edenilson segue impecável nas penalidades/Foto: Ricardo Duarte

A diferença entre as etapas primeira e segunda do Inter ficou por conta da efetividade. Após o intervalo, o Colorado converteu tudo que criou. Minutos depois do reinício do confronto, Mauricio tentou acionar Moisés, mas teve sua assistência cortada por mão do zagueiro. Pênalti, que Edenilson converteu.

Os gols de número três e quatro coincidiram no autor. Primeiro, Galhardo pegou rebote de Marcos Guilherme, então servido por Taison, para completar em direção às redes abertas. Depois, Thiagol foi mais ousado: assistido por Praxedes, partiu de frente com Olveira e encobriu o desnorteado arqueiro. Virava goleada – mas tinha mais!

Galhardo marcou dois e chegou a três na Libertadores/Foto: Ricardo Duarte

Alçado a campo no lugar do artilheiro da noite, Yuri fez o quinto. O camisa 11 completou para as redes linda jogada coletiva, iniciada na defesa, abrilhantada por Rodinei, e assinada pelo garçom Marcos Guilherme. Logo depois, Caio Vidal aprontou.

Yuri também deixou o dele, segundo que marca na competição/Foto: Ricardo Duarte

Caio ficou com a sobra de corte parcial da defesa, que sofreu para afastar cruzamento de Saravia, lateral que voltou aos gramados após mais de sete meses, e emendou bicicleta cinematográfica. Pintura, de número 200 da história colorada na Libertadores, 400º anotado no Beira-Rio desde a reinauguração de nossa casa. No apagar das luzes, Derlis González ainda fez o de honra paraguaio.

Ciclista Caio fez uma pintura no Beira-Rio/Foto: Ricardo Duarte

Melhores momentos – primeiro tempo

3min – UUUUUUUUUUUUUUUUH! Taison, ele está de volta! Camisa 10 costura da esquerda para o centro, aciona Galhardo e, em altíssima velocidade, invade a grande área. Cara a cara com Olveira, ele tenta a assistência para Marcos Guilherme, mas a zaga corta.

5min – Arriscou! Sosa, da intermediária ofensiva, finaliza direto pela linha de fundo.

8min – PRA FOOOOOOOOOOOOOOOOORA! Taison, de novo ele! Da esquerda da grande área para a quina do retângulo, camisa 10 conduz antes de cruzar aberto. Edenilson raspa na bola, mas não consegue colocar direção. Saiu por detalhe!

10min – Atento, Olveira! Moisés aplica uma meia-lua no marcador e invade a área. Antes dele, goleiro deixa a meta e encaixa rasteiro.

16min – ERA O GOL! Marcos Guilherme intercepta a saída de bola paraguaia, ajeita com Galhardo, o 17 devolve e, praticamente na marca do pênalti, Relâmpago não consegue o arremate.

17min – AMARELOU! Polenta puxa Marcos Guilherme. Falta e cartão indicados.

18min – OLVEIRA! Moisés, em frente à grande área, mais pela direita, cobra falta direta. Goleiro, ligado, encaixa.

21min – UH! Edenilson, pela direita de grande área, cruza. Taison, invadindo o retângulo, finaliza. Por cima.

28min – Inter faz a zaga rival dançar! Dourado aciona Taison. Na pequena área, ele deixa mais atrás para Rodinei, que cruza, mas é travado.

28min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOL DO INTERNACIONAL! NÃO, NÃO É DÉJÀ VU! NÃO É FILME REPETIDO! CUESTA, CUESTA, CUESTAAAAAAA! Rodinei cobra escanteio pela direita com muito açúcar, rasante. Na pequena área, Victor Cuesta se atira em lindo peixinho e testa para as redes paraguaias. Inter na frente!

A emoção do gol de Cuesta na narração da Rádio Colorada

31min – UHH! Quase, quase! Dourado desarma a saída de bola rival e deixa com Taison, que avança pelo centro e abre jogo com Mauricio. Da esquerda da grande área, o 27 cruza para Galhardo, que testa por cima.

34min – OLVEIRA! Taison serve linda assistência para Galhardo. Pela direita da grande área, o camisa 17 manda chute cruzado, mas o goleiro encaixa.

36min – Recalde é lançado na área colorada. Antes dele, Zé Gabriel faz o corte, mas ela desvia no atacante e toma a direção do gol vermelho. Lomba encaixa!

37min – TÁ BONITO! Taison pra Mauricio, que cruza aberto. Marcos Guilherme pega a sobra, aciona Rodinei e dele novamente ao camisa 27, que cruza rasteiro. Galhardo domina e faz o pivô para Edenilson, que chega batendo. Olveira encaixa.

40min – Só assim para parar! Silva derruba Mauricio e recebe o amarelo.

42min – UH! Rodinei, pela esquerda da intermediária, cobra falta direto. Passou perto!

44min – Alejandro Silva invade a área colorada pela direita e cruza rasteiro. Ninguém completa, e ela sai em tiro de meta.

45min – A placa sobe indicando mais um. Vamos a 46.

46min – Intervalo de jogo no Beira-Rio!


Segundo tempo

3min – MILAAAAAAAGRE! Taison, da esquerda para o centro, enfia em Marcos Guilherme. Na profundidade, o camisa 23 finaliza, mas o goleiro opera um milagre.

3min – ERA O SEGUNDO! Taison, rodeado de cinco defensores paraguaios, percebe Galhardo livre e serve. O camisa 17 finaliza e marca, mas é flagrado em condição irregular pela arbitragem.

5min – É PÊNALTI! Marcos Guilherme intercepta a saída de bola do Olimpia e serve Taison. Ele deixa com Mauricio, que tenta a cavadinha para Moisés, mas tem seu passe interceptado pela mão de Benítez. PENALIDADE!

6min – É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! GOOOOOOOOOOOOOOOL! GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL DO INTERNACIONAL! É DO COLORADO, DO CLUBE DO POVO, DA ACADEMIA DO POVO, DA ALEGRIA DOS NOSSOS CORAÇÕÕÕÕÕÕÕES! EDENILSON, EDENILSON, SUPEREDDD! Com a tranquilidade costumeira, camisa oito cobra bem demais. Goleiro para o lado esquerdo, bola na rede direita, festa no Gigante!

A narração da emissora do Clube do Povo para a cobrança de Edenilson

8min – Edenilson recebe o amarelo após discussão com Ortiz, do Olimpia.

9min – Sosa sai, Derlis entra. Roque Santa Cruz também é novidade, sacando Rojas.

18min – GOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOL! GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL DO INTERNACIONAL! É DO CLUBE DO POVO, DA ACADEMIA DO POVO, DO COLORADO ALEGRIA DOS NOSSOS CORAÇÕES! THIAGOL, THIAGOL, THIAGOL GALHARDOOOOOOOOO! Taison recebe pela esquerda da grande área e enfia para Marcos Guilherme, que ainda conta com corta-luz de Galhardo para receber em liberdade. Ele finaliza, Olveira espalma, mas o rebote foi imperdoável. De primeira, Thiagol manda para as redes paraguaias e faz o terceiro!

Thiagol marca, Rádio Colorada comemora

19min – Derlis González acerta carrinho violento em Rodinei. Amarelo apresentado.

20min – Muda o Inter. Vem Praxedes, sai Mauricio.

22min – Ojeda desarma na área colorada e finaliza. Pra fora, por pouco.

25min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! GOL NÃO, GOLAÇOOOOOOOOOOOO! PINTURA! OBRA DE ARTE! ESPETÁCULO! GOLAAAAAAAAAAAAAAAAAAAÇO DO CLUBE DO POVO, QUE ENCHE DE ALEGRIA OS NOSSOS CORAÇÕES! Galhardo tabela com Praxedes e recebe passe espetacular da cria colorada. Cara a cara com Olveira, o 17 finaliza por cima. Enorme tranquilidade para encobrir o goleiro, frieza para ampliar a goleada no Gigante!

A pintura de Galhardo na voz da emissora do Clube do Povo

26min – Três mudanças no Inter! Yuri Alberto, Nonato e Caio Vidal entram, Thiago Galhardo, Edenilson e Taison saem.

26min – No Olimpia, novidades. Camacho e Otálvaro vêm, Silva e Benítez vão.

31min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOL! PISCOU? O INTER MARCOU! PISCOU? O COLORADO CHEGOU! Inter sai com enorme tranquilidade do campo de defesa, trocando passes. Pela direita, Rodinei recebe com liberdade e serve Marcos Guilherme. Nas costas da marcação, o camisa 23 avança até a grande área e, cara a cara com Olveira, serve Yuri. O camisa 11 empurra para as redes e faz o quinto!

Na voz da Mais Vermelha, o gol de Yuri Alberto

32min – Muda o Inter! Afastado dos gramados desde 29 de setembro de 2020, Saravia é quem entra. Rodinei saiu.

32min – Saulcedo substitui o lesionado Polenta.

34min – GOOOOOOOOOOLAAAAAAAAAAÇO! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! GOLAAAAAAAAAAAÇO! PINTURA! O MEU GURI É OUSADO! É LIGEIRO! É DIFERENTE! Saravia arranca pelo corredor direito, puxa para a canhota e cruza na segunda trave. A zaga consegue o corte, mas apenas parcial, pois Caio percebe a bola à feição para emendar linda bicicleta e arrisca. Indefensável, com a benção de Luís Fernando, com a classe do Celeiro, com a assinatura colorada: 6 a 0!

A ousadia de Caio pelos microfones da Colorada

38min – Pênalti para o Olimpia, cometido por Dourado em cima de Otálvaro.

40min – Derlis González desconta.

45min – Vamos a 48! Mais três!

48min – UM, DOIS, TRÊS, QUATRO, CINCO E SEIS! FIM DE PAPO NO BEIRA-RIO!


Ficha técnica:

Internacional (6): Marcelo Lomba; Rodinei (Renzo Saravia), Zé Gabriel, Victor Cuesta e Moisés; Rodrigo Dourado, Edenilson (Nonato) e Mauricio (Bruno Praxedes); Marcos Guilherme, Thiago Galhardo (Yuri Alberto) e Taison (Caio Vidal). Técnico: Miguel Ángel Ramírez.

Olimpia (1): Gastón Olveira; Alan Benítez (Sergio Otálvaro), Antolín Alcaraz, Diego Polenta (Saul Salcedo) e Iván Torres; Richard Ortiz e Rodrigo Rojas (Roque Santa Cruz); Alejandro Silva (Nestor Camacho), Braian Ojeda e Ramón Sosa (Derlis González); Jorge Recalde. Técnico: Sergio Orteman.

Gols: Victor Cuesta, aos 28’/1ºT, Edenilson, aos 6’/2ºT, Thiago Galhardo, aos 18’/2ºT e 25’/2ºT, Yuri Alberto, aos 31’/2ºT, e Caio Vidal, aos 34’/2ºT (I). Derlis González, aos 40’/2ºT.

Cartões amarelos: Edenilson (I); Diego Polenta, Derlis González e Alejandro Silva (O).

Arbitragem: Facundo Tello, auxiliado por Gabriel Chade e Ezequiel Brailovsky. Quarto árbitro: Nestor Pitana. Quarteto argentino.

Estádio: Beira-Rio.

Raio-X: Inter recebe o Olimpia pela Libertadores

Em busca da segunda vitória consecutiva na Libertadores, o Clube do Povo recebe o Olimpia, a partir das 21h desta quarta-feira (05/05), pela terceira rodada do grupo B da competição. Confira entrevista da Rádio Colorada com Victor Villalba, jornalista paraguaio, projetando o confronto. Abaixo, você encontra todas as informações do duelo.

Sport Club Internacional · Raio-X #22 | Internacional x Olimpia, entrevista com Victor Villalba | 05/05/2021

Transmissão 📻

Dona da jornada mais vermelha da internet, a Rádio Colorada estará ao vivo a partir das 18h desta quarta-feira. A jornada, que contará com completos pré e pós-jogo, além de narração legitimamente torcedora, se estende até a madrugada de quinta. Confira a programação da emissora oficial do Clube do Povo, que pode ser acompanhada via Site e APP do Inter!

AtraçãoPlataformas
18hPrograma do InterInternet e App do Inter
19hProgramação especialInternet e App do Inter
19h30Raio-XInternet e App do Inter
20hPortões AbertosInternet e App do Inter
21hJornada EsportivaInternet e App do Inter
23hVestiário VermelhoInternet e App do Inter

As redes sociais do Inter (@scinternacional no TwitterInstagram Facebook) contarão com um completo minuto a minuto. Com imagens, Fox Sports e Facebook Watch anunciam transmissão.


Vamo, Inter! 💪

Miguel Ángel Ramírez teve três dias para preparar a equipe colorada/Foto: Ricardo Duarte

Debaixo de chuva, o Inter encerrou na tarde desta terça-feira (04/05) os preparativos para o duelo contra o Olimpia. No CT Parque Gigante, Miguel Ángel Ramírez comandou trabalho tático que azeitou os últimos detalhes da equipe que buscará, contra os paraguaios, a segunda vitória consecutiva na Libertadores.

No Beira-Rio, Ramírez não poderá contar com Carlos Palacios. Expulso diante do Táchira, o chileno cumpre suspensão nesta quarta-feira. Taison, por outro lado, está à disposição do técnico colorado. O novo camisa 10 do Clube do Povo, vale lembrar, não está inscrito no Gauchão, mas figura na nominata de relacionados para a principal competição do continente.

Taison pode ser uma novidade diante do Olimpia/Foto: Ricardo Duarte

Como de costume nas vésperas de Libertadores, a terça-feira contou com entrevista coletiva no CT colorado. Escolhido para falar à imprensa, o goleiro Marcelo Lomba, que não sofreu gols no último duelo disputado pelo Inter no torneio, comentou as expectativas do grupo para a partida contra o Olimpia.

“A gente quer manter o nível da atuação contra o Deportivo e desses jogos em que conseguimos convencer, jogar bem, se sentir bem em campo. Conversamos, nós jogadores, e a gente acredita que já amadureceu no esquema do Miguel. Tem um mês que estamos trabalhando, então tem uma expectativa boa para voltar aqui para o Beira-Rio e fazer um grande jogo.”

Marcelo Lomba

O camisa 12 do Clube do Povo também analisou o adversário que espera o Inter. Atual campeão paraguaio, o Olimpia, de acordo com Lomba, tem uma história rica, que cobra respeito. O presente, porém, também exige muita atenção, convertida em intenso trabalho pelo grupo colorado.

“Sei que o Olimpia é um grande clube, de muita tradição. É um jogo de visibilidade, mas, acima de tudo, um jogo que decide quem vai estar na ponta do grupo, porque está tudo embolado. Quando a gente olha pro Olimpia, vemos grandes jogadores. Já vimos alguma coisa do esquema de jogo, do que vamos enfrentar. Serão duas grandes equipe.”

Marcelo Lomba

Por fim, Lomba ainda reforçou a importância do Beira-Rio para o Inter. O goleiro, um dos líderes do elenco vermelho, ressaltou que o grupo espera somar o maior número possível de vitórias dentro de casa, consciente da força especial que o Clube do Povo tem no número 891 da Padre Cacique.

“O Inter é muito forte dentro de casa. A gente tem um grande retrospecto, a história diz. Temos que usar isso a nosso favor, principalmente em momentos decisivos. A gente conversou que, com o revés na Bolívia, os dois próximos jogos – um a gente já conseguiu vencer – ficaram muito mais importantes. Temos que tentar fazer os seis pontos a todo custo.”

Marcelo Lomba

Arbitragem 🧑‍⚖️

Facundo Tello apita, auxiliado por Gabriel Chade e Ezequiel Brailovsky. Quarto árbitro: Nestor Pitana. Quarteto argentino.


Rival 🆚

Olimpia venceu a última rodada da Libertadores/Foto: DVG, Twitter Olimpia

Adversário desta quarta-feira (05/05), o Olimpia conquistou importante vitória na última vez que foi a campo pela Libertadores. No Paraguai, o Decano virou para cima do Always Ready-BOL, com gols de Santa Cruz e Ortiz, e zerou seu saldo de gols no grupo B. De acordo com Victor Villalba, porém, o triunfo foi atingido mais pela garra do que por uma possível atuação envolvente dos locais.

“O Olimpia perdeu para o Deportivo Táchira-VEN de forma surpreendente. Não estava nos planos. Depois, no Paraguaio, se recuperou ao ganhar do Guaraní. Foi um jogo aceitável, no máximo. E tem a última impressão deixada na Libertadores. Ganhou a partida contra o Always Ready, me parece, mais pelo peso da camisa do que por uma superioridade no aspecto do futebol.”

Victor Villalba
Veterano Roque Santa Cruz marcou o do empate na última quarta/Foto: DVG, Twitter Olimpia

O duelo com o Always Ready-BOL foi o penúltimo disputado por ‘La O’. No sábado passado (01/05), a equipe perdeu para o Cerro Porteño, fora de casa, em nova edição do Superclássico paraguaio. O placar de 2 a 0 gerou intensas críticas a Sergio Órteman, ex-volante e atual comandante alvinegro.

“O Olimpia chega com muitas dúvidas sobre rendimento. Contra o Cerro, jogou mal, com um esquema muito conservador do treinador. Foi um time que quase não chutou a gol. E o Órteman, na verdade, está tendo sua primeira grande oportunidade. A pergunta que fazíamos, e agora repetimos, é: está, realmente, Órteman preparado para assumir esse desafio?

Victor Villalba
Órteman assumiu o Olimpia no último mês de março/Foto: DVG, Twitter Olimpia

Apesar das recentes oscilações, o Decano paraguaio conta com atletas que despertam grande confiança na torcida alvinegra. Jogador de três Copas do Mundo, Roque Santa Cruz desponta como o nome mais conhecido da equipe, mas muitos de seus companheiros de meio de campo também contam com prestígio junto ao público.

“Depois do Roque, me parece que o jogador mais importante do Olimpia é Jorge Recalde. É um meia-atacante que tudo me faz imaginar que vá jogar como titular nesta quarta-feira, em Porto Alegre. Depois, no terceiro lugar, podemos colocar Alejandro Silva. Ultimamente, porém, ele anda irregular.”

Victor Villalba

Diante do Inter, Órteman deve contar com escalação inédita nesta edição da Libertadores. Os prováveis 11 nomes, de acordo com Victor Villalba, são: Olveira; Benítez, Alcaraz, Polenta e Iván Torres; Richard Ortiz, Néstor Camacho e Jorge Recalde; Roque Santa Cruz e Walter González. Roque, porém, ainda não tem sua presença confirmada.


Classificação do grupo 🧮

Goleada contra o Táchira valeu a liderança do grupo para o Inter/Foto: Ricardo Duarte

Líder do grupo B, o Inter soma os mesmos três pontos de Olimpia-PAR, Deportivo Táchira-VEN e Always Ready-BOL, mas leva vantagem no saldo de gols, positivo em dois tentos. Uma vitória no Beira-Rio permitiria maior folga aos comandados de Miguel Ángel, que abririam distância para os paraguaios. Bolivianos e venezuelanos se enfrentam na quinta (06/05), às 19h, em La Paz.

PJVEDGPGCSG
1 – Inter32101422
2 – Always Ready32101321
3 – Olimpia32101440
4 – Deportivo Táchira3210136-3
Contra o Olimpia, Colorado quer seguir no topo/Foto: Ricardo Duarte

Contra paraguaios ⏱️

O Clube do Povo já disputou oito confrontos oficiais contra equipes paraguaias. Até hoje, a história registra cinco vitórias coloradas, dois empates e um único triunfo de times do país vizinho. O último duelo, inclusive, foi encerrado com alegria para a Maior e Melhor Torcida do Rio Grande, que festejou não apenas o 2 a 0 sobre o Libertad, mas também a classificação à final da Libertadores 2006.

A derrota do Inter ocorreu justamente diante do Olimpia. Pelas semifinais da Libertadores de 1989, o Clube do Povo até largou em vantagem, graças a golaço de Luís Fernando, de bicicleta, no Defensores del Chacho, mas foi superado no Beira-Rio. Após 3 a 2 para os visitantes no tempo normal, o Alvinegro acabou eliminado nas penalidades.

Prazo de credenciamento para Inter x Olimpia-PAR

Profissionais e veículos de imprensa interessados em realizar a cobertura do duelo entre Inter e Olimpia, previsto para as 21h da quarta-feira da semana que vem (05/05), válido pela terceira rodada da fase de grupos da Libertadores, têm até o próximo domingo (02/05) para realizar seu credenciamento. Com início previsto para as 12h desta quarta-feira (28/04), as inscrições podem ser feitas até as 18h da data-limite.

Atendendo a orientações da CONMEBOL, o credenciamento é organizado pelo clube mandante. O Inter contará com o apoio de ACEG e ARFOC para a realização.

>Credenciamento via ACERGS

Em conformidade com o regulamento da CONMEBOL, serão permitidas nove (9) vagas para imprensa escrita ou sites, oito (8) lugares para profissionais de rádio e três (3) para repórteres de TV não detentores dos direitos de transmissão. As inscrições devem ser realizadas pelo e-mail acegpoa@gmail.com, dentro do prazo estipulado.

>Credenciamento via ARFOC

Em conformidade com o regulamento da CONMEBOL, cinco (5) profissionais (repórteres fotográficos) terão sua atuação liberada nesta fase da competição.

>Acesso ao Estádio e ficha epidemiológica

Em conformidade com o Protocolo de Operações das Competições de Clubes da CONMEBOL, os credenciados poderão realizar seu acesso até três horas antes do início da partida. Os profissionais aprovados no credenciamento, que deverão apresentar ficha epidemiológica no momento da retirada da credencial (o documento será enviado após a aprovação da inscrição), serão conduzidos aos seus locais habilitados para cobertura, definidos pelo Oficial Media da CONMEBOL (OMC).

>Participação na coletiva

Quem tiver interesse em se credenciar para a entrevista coletiva do Inter, envie as informações abaixo para os e-mails rantoniutti@internacional.com.br e gcardoso@internacional.com.br até SEGUNDA-FEIRA (03/05), às 12h. Será permitido um profissional por veículo.

Nome completo:
Empresa:
Cidade e País do Veículo:
Número de telefone: