Raio-X: tudo sobre a 34ª rodada do Brasileirão

Dia de nova decisão para o Colorado! O Clube do Povo visita, a partir das 21h desta quinta-feira (04/02), o Athletico Paranaense, em partida da 34ª rodada do Brasileirão. Confira entrevista da Rádio Colorada com Thays Kloss, setorista do Furacão na 90min Brasil e colunista do portal Trétis, projetando o duelo na Arena da Baixada. Abaixo, você encontra todas as informações sobre o embate!

Sport Club Internacional · RAIO-X #03 | Athlético-PR x Internacional, entrevista com Thays Kloss | 04/02/2021

Transmissão


Mais vermelha do mundo, a jornada da Rádio Colorada começa às 20h desta quinta-feira (04/02). Pouco depois, a partir das 20h45, vem a Jornada Esportiva, que se estende até o último apito. Encerrada a partida, o pós-jogo Vestiário Vermelho apresenta, através de entrevistas exclusivas e também coletivas, toda a repercussão do duelo. Ouça a emissora oficial do Clube do Povo no FM 95.5 ou via Site e App do Inter.

Faça aqui o download do APP do Inter para Android;

Clique para fazer o download do APP do Inter para IOS;

Participe da jornada através do InterZap: (51)99189-4124

As redes sociais do Inter (@scinternacional no TwitterInstagram Facebook) contarão com o mais completo minuto a minuto da internet, recheado de imagens compartilhadas de maneira instantânea. Na TV, a TNT anuncia transmissão.


Vamo, Colorado!


O Inter já está em Curitiba! Recepcionado pela torcida, o grupo colorado desembarcou na capital paranaense no início da noite desta quarta (03/02). Horas antes, Abel Braga comandou, no CT Parque Gigante, a última atividade preparativa para o duelo contra o Athletico. Na Arena da Baixada, o técnico do Clube do Povo não poderá contar com Rodrigo Dourado, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

O volante integra lista de desfalques que também conta com os lesionados Rodrigo Moledo, Boschilia, Saravia e Paolo Guerrero. Pendurados, chegam para a partida os defensores Victor Cuesta, Matheus Jussa e Moisés, os meio-campistas Rodrigo Lindoso, Patrick e Marcos Guilherme, além de Boschilia, e os atacantes Abel Hernández e Leandro Fernández.

Após superar o Bragantino no último domingo (31/01), o Clube do Povo contou com três dias de atividades preparativas para o duelo diante do Athletico. No segundo desses, Yuri Alberto concedeu entrevista exclusiva para a Mídia do Inter. O vice-artilheiro da temporada alvirrubra comemorou a fase do time e projetou o embate no Paraná. Confira:

A véspera de duelo contou com manifestação de Patrick. Para o Canal do Inter, o Pantera destacou a importância do confronto desta quinta-feira, tratado como decisivo para as pretensões do Inter no Brasileirão. Assista:


Arbitragem


Ricardo Marques Ribeiro apita, auxiliado por Guilherme Dias Camilo e Celso Luiz da Silva. VAR: Emerson de Almeida Ferreira. Quarteto de Minas Gerais.


Rival


Athletico vem de bons resultados no Brasileiro

O Athletico-PR vive momento de afirmação dentro de campo. Comandado por Paulo Autuori, terceiro técnico de uma temporada que já contou com os trabalhos de Dorival Júnior e Eduardo Barros, o Furacão ocupa a 11º colocação do Brasileiro, com 45 pontos conquistados.

Quando recorreu a Autuori, o Rubro-Negro flertava com o Z4. Diretor de futebol do Furacão, Paulo aceitou o cargo de maneira excepcional, tanto que o acúmulo de funções tem dias contados. Após o Brasileirão, a casamata ganhará novo dono – o que também não significa que o trabalho atual desagrade. No papo com a Colorada, Thays Kloss destacou os méritos do atual comandante.

Paulo Autuori: atual diretor e técnico do Athletico

“O Autuori, pra mim, conseguiu organizar o time. Ele trouxe a solidez defensiva. Se antes o Athletico era um time muito pra cima, agora a gente está muito mais sólido na defesa. Podemos não estar brilhantes mas, ao contrário disso, a defesa está conseguindo fazer sua parte, trazendo uma segurança maior para que a gente ganhe jogos ou empate.”

Thays Kloss

Na seis partidas que disputou em 2021, o Athletico soma três vitórias, dois empates e uma única derrota, para o Bahia. O artilheiro do time no novo ano é Renato Kayzer, que já marcou três gols. O desempenho do atacante, de acordo com Thays, tem ajudado a torcida a superar a perda de Marco Ruben, goleador que marcou época pelo Rubro-Negro em 2019.

“O Kayzer foi uma grande surpresa. Estava super bem no Atlético-GO e aceitou vir para cá, acreditou no projeto do Clube. Diante de todos os reforços, é o único que vem rendendo. Achou seu lugar no campo, vem conseguindo decidir, e até tem certas características que o Ruben também tinha. A gente vê que ele entendeu o que o Athletico esperava dele, o que a torcida esperava dele.”

Thays Kloss
Com 11 gols, Renato Kayzer é o artilheiro do Athletico no Brasileirão

A estabilidade da retaguarda atleticana passará por grande desafio nesta quinta. Desfalcado do suspenso Khellven, lateral-direito que vinha atuando como titular, o Furacão deverá contar com Jonathan na figura de substituto. Embora experiente, a reposição, como revela Thays, deve suscitar mudanças no estilo de jogo rubro-negro.

“O Jonathan e o Khellven têm características muito diferentes. O Jonathan, até pela idade, não vai conseguir trazer uma velocidade grande. Talvez, ele perca muito defensivamente se o jogador que marcar tiver muita velocidade. Mas, ao mesmo tempo, ele traz muito mais segurança pelos recursos que tem. Ele consegue jogar um pouquinho mais pelo meio, trazer, com o Nikão, uma dupla melhor.”

Thays Kloss
Khellven é a principal baixa do Furacão para esta quinta

“O Athletico vive um momento
de virada de chave.
Com isso,
estão vindo os resultados.”

Thays Kloss

Embalado após duas vitórias consecutivas, Autuori deve mandar o Rubro-Negro a campo, nesta quinta, com Santos; Jonathan, Pedro Henrique, Thiago Heleno e Abner; Richard, Léo Cittadini e Fernando Canesin; Nikão, Renato Kayzer e Carlos Eduardo. Em recuperação de lesão, Christian corre por fora na luta por vaga entre os titulares do meio.

Thiago Heleno (D) e Pedro Henrique (E) formam a dupla de zaga rubro-negra

Situação de tabela


Líder do Brasileirão com 65 pontos, o Inter vem de nove vitórias consecutivas no Campeonato, a maior sequência da história dos pontos corridos. Diante do Athletico, o Clube do Povo busca novo triunfo, três pontos que permitiriam ao time de Abel Braga, dependendo de resultados paralelos, encerrar a rodada com sete de vantagem para o Flamengo, atual vice-líder com 61.

No mesmo horário do embate entre Colorado e Furacão, o Rubro-Negro recebe o Vasco, no Maracanã, para a disputa do primeiro Clássico dos Milhões de 2021. Terceiro colocado, o Atlético-MG já foi a campo na rodada: perdeu para o Goiás, por 1 a 0, na Serrinha. Último integrante do G4, o São Paulo teve seu duelo adiado para o próximo dia 19, uma vez que seu adversário, o Palmeiras, está envolvido na disputa do Mundial de Clubes. Confira os oito primeiros do Brasileirão:

PJVEDGPGCSG
1 – Internacional65331986573126
2 – Flamengo61331878604317
3 – Atlético-MG603418610584216
4 – São Paulo583316107533617
5 – Fluminense56341681049409
6 – Palmeiras533314118463214
7 – Grêmio533412175463511
8 – Corinthians48331391141392

Estatísticas


Duelo das duas melhores defesas do Brasileirão, superadas em 31 ocasiões, o confronto entre Inter e Athletico-PR envolve segundo melhor visitante, com sete vitórias, quatro empates e cinco derrotas, e 11º mandante, dono de 52% de aproveitamento. Quarto ataque mais positivo fora de seus domínios, com média de 1,50 gol por jogo, o Clube do Povo visita a terceira defesa local, vazada 0,75 vezes. por partida.

Confronto de ataque efetivo contra defesa segura

De acordo com números do ge.com, o Athletico é o terceiro mandante menos letal do Brasileirão, precisando de 13,1 finalizações para marcar um gol. De sua parte, o Inter é o visitante que menos oferece arremates ao rival: apenas 9,4 por jogo.

Ofensivamente, o Inter é o nono visitante em número de finalizações, ao mesmo tempo em que ocupa a terceira posição em efetividade, necessitando de apenas 7,3 chutes para marcar. Forte defensivamente, o Ahtletico sofre, em média, 10,7 arremates por jogo, mas só é vazado a cada 14,3 tentativas.

Duelo promete bastante equilíbrio

Palco


Oficialmente batizado como Joaquim Américo Guimarães, nome do presidente do Internacional Foot-Ball Club, primeiro detentor do palco, o estádio do Furacão foi inaugurado em 21 de dezembro de 1913. Popularmente conhecida como Arena da Baixada, a casa do Athletico conta, atualmente, com capacidade para 43.000 pessoas em dias de jogo. Detalhe marcante do endereço é o gramado sintético, estreado em 2016.

A moderna Arena da Baixada/Foto: Site Athletico

Retrospecto


Inter e Athletico Paranaense já se enfrentaram 70 vezes até hoje. Ao todo, o Clube do Povo soma 29 vitórias, oito a mais do que o Rubro-Negro. Ocorreram, ainda, 20 igualdades. Em gols, o retrospecto conta com 101 marcados pelo Colorado e 79 pelo Furacão.

Em 2014, Inter venceu em Curitiba por 1 a 0

Último encontro


Inter e Athletico Paranaense se enfrentaram em partida da 15ª rodada do Brasileirão 2020. Disputado no dia 11 de outubro, o confronto, que teve todos seus gols marcados no primeiro tempo, ocorreu no Beira-Rio. Aos seis, Thiago Galhardo abriu o placar para o Clube do Povo, tento acompanhado, 30 minutos mais tarde, por Abel Hernández. Já Renato Kayzer, aos 41, oficializou o 2 a 1 colorado.

Raio-X: tudo sobre o duelo contra o Fortaleza

Dia de Inter! O Clube do Povo enfrenta o Fortaleza, a partir das 20h30 deste domingo (17/01), em partida da 30ª rodada do Brasileirão. No Beira-Rio, o Inter busca a sexta vitória consecutiva no Campeonato. Confira todas as informações sobre o confronto!


Transmissão


A Rádio Colorada abre transmissão para o duelo deste domingo a partir das 19h30, com a apresentação do Portões Abertos. A Jornada Esportiva começa às 20h15, e será sucedida, ao soar do último apito, pelo Vestiário Vermelho. A atração pós-jogo repercute todos os detalhes do confronto recém-encerrado, com direito a entrevistas exclusivas e também coletivas. Acompanhe no FM 95,5 ou via Site e App do Inter!

Faça o download do APP do Inter para Android;

Clique para fazer o download do APP do Inter para IOS

Participe da jornada através do InterZap: (51)99189-4124

As redes sociais do Inter (@scinternacional no TwitterInstagram Facebook) contarão com o mais completo minuto a minuto da internet, recheado de imagens compartilhadas de maneira instantânea. Na TV, TNT Sports e Premiere anunciam transmissão.


Vamo, Colorado!


Semana foi intensa no Parque Gigante

Abel Braga teve a semana livre para preparar a equipe. Após superar o Goiás, no último domingo (10/01), o grupo colorado recebeu folga na segunda passada. A partir de terça, cinco dias recheados de atividades encaminharam os 11 iniciais que buscarão a vitória diante do Fortaleza.

Contra o Leão do Pici, Edenilson e Yuri Alberto retornam à equipe, enquanto Moledo e Galhardo, lesionados, são desfalques. A lista de pendurados conta com Rodrigo Lindoso, Caio Vidal, Rodrigo Dourado, Marcos Guilherme, Boschilia, Matheus Jussa, Abel Hernández e Leandro Fernández.

Abel busca a sexta vitória seguida no Brasileirão

Abelão encerrou os preparativos, na chuvosa tarde deste sábado (16/01), com atividade tática no CT Parque Gigante. Após o treino, Rodinei, dono da assistência para o gol de Praxedes na rodada passada, concedeu entrevista exclusiva para a Mídia do Inter. Confira:

Quem também falou durante a semana foi Victor Cuesta. Dono da camisa 15 do Clube do Povo, El Patrón concedeu entrevista coletiva na tarde da última sexta. O atleta comemorou a sequência positiva do time de Abel Braga, reforçou a torcida pela pronta recuperação do companheiro Rodrigo Moledo e projetou o próximo confronto. Assista:

Um dia da lateral-direita, outro para a esquerda. Titular absoluto sob o comando de Abel Braga, protagonista nos gols colorados sobre Boca Juniors, Botafogo e Palmeiras – os primeiros tentos contra os dois últimos -, Moisés destacou a preparação realizada ao longo da semana. Veja:

No início da semana, a palavra foi do artilheiro da última vitória. Bruno Praxedes comemorou o primeiro gol como profissional, destacou a grande presença de jovens da base no grupo principal, elogiou os trabalhos de Abel Braga e repercutiu a fase vermelha. Não perde:


Arbitragem


Rodrigo Dalonso Ferreira apita, auxiliado por Alex dos Santos e Éder Alexandre, trio de Santa Catarina. VAR: Wagner Reway, da Paraíba.


Rival


Unido, grupo tricolor tenta reverter fase recente/Foto: Bruno Oliveira, Fortaleza

O Fortaleza vive momento delicado no Brasileirão. Após iniciar a temporada sob o comando de Rogério Ceni – e com o técnico conquistar o bicampeonato cearense -, o Leão perdeu o comandante, contratado pelo Flamengo, no início do último mês de novembro. Desde então, a equipe disputou 11 partidas, sofreu cinco derrotas, somou cinco empates e conquistou uma única vitória.

Time trabalha para continuar na Série A/Foto: Karim Georges, Fortaleza

Comandado pelo interino Marconne Montenegro na primeira partida após a saída de Ceni – derrota de 2 a 1 para o Bahia -, o Fortaleza anunciou Marcelo Chamusca em 12 novembro, menos de três dias depois da perda de Rogério. Oriundo do Cuiabá, o novo comandante venceu apenas um dos nove jogos que passou na casamata tricolor e, somando mais quatro derrotas e quatro empates, despediu-se com revés para o Sport, em Recife.

Ato contínuo à demissão de Chamusca, Enderson Moreira foi contratado até o final de 2021. O trabalho é o quarto do treinador na atual temporada, que conta com passagens recentes por Goiás e Cruzeiro, além do rival Ceará. O profissional, inclusive, já estreou no Tricolor: empatou sem gols com o Grêmio, no Castelão, em partida da 29ª rodada do Brasileiro.

Enderson Moreira (E) e Marcelo Paz (D), presidente do Leão/Foto: Leonardo Moreira, Fortaleza

A sequência de insucessos dentro de campo teve como consequência perigosa aproximação do Z4. O Fortaleza chega para a rodada com 32 pontos, três a mais do que o Bahia, 17º e primeiro na zona de rebaixamento. Momentaneamente na 16ª colocação, o Leão do Pici corre risco de, perdendo para o Inter, ficar ao alcance dos baianos, que só vão a campo na quinta-feira 28 de janeiro, diante do Corinthians, em Salvador.

Cria da base, zagueiro Wanderson é um ponto positivo no Leão/Foto: Leonardo Moreira, Fortaleza

Diante do Clube do Povo, Enderson Moreira deve mandar a campo Felipe Alves; Gabriel Dias, Paulão, Wanderson e Carlinhos; Felipe e Juninho; Osvaldo, Romarinho e David; Wellington Paulista. Existe a possibilidade de Gabriel, ex-Inter, ser deslocado para o meio de campo. Assim, Tinga entraria na lateral-direita, resultando em formação mais reativa nos visitantes deste domingo.


Estatísticas


Colorado vive boa fase no Brasileirão

Se o Inter chega para o duelo deste domingo embalado pelas cinco vitórias consecutivas que soma no Brasileirão, o Fortaleza tenta, no Beira-Rio, dar fim a dois jejuns indigestos. Há sete rodadas sem vencer, o rival colorado não marcou gols nas últimas quatro partidas que disputou.

Os números negativos do Fortaleza encontram justificativa quando analisados mais a fundo. De acordo com o SofaScore, O Leão do Pici é a terceira equipe que mais precisa tocar na bola para marcar um gol, total de 713 vezes. O Inter, quarto melhor ataque do Brasileirão, é terceiro no critério: necessita de apenas 420 toques.

De Rodinei para Praxedes: o gol do Inter sobre o Goiás

Os contrastes também existem dentro do contexto do duelo deste domingo. Enquanto o Inter é o segundo melhor mandante do Brasileirão, com 74% de aproveitamento, o Fortaleza ocupa a 15ª colocação entre visitantes, somando duas vitórias, cinco empates e sete reveses longe do Castelão.

Eficiente, o ataque colorado é o quinto melhor de mandantes, e precisa de apenas 6,8 finalizações para mandar uma às redes visitantes. Por outro lado, o Fortaleza tem a sexta defensa entre as equipes que atuam longe de casa, média de 1,14 gol sofrido por jogo. Ao todo, de acordo com o ge.com, Leão oferece 13,9 arremates, a cada partida, para seus adversários.

Inter quer manter o bom momento no Beira-Rio

A provável volta de David aos titulares é uma notícia boa para o Fortaleza. Vice-artilheiro do time na temporada com 10 gols marcados, atrás apenas de Wellington Paulista, ele já deu duas assistências neste Brasileirão. O atleta é, ainda, o líder em finalizações certas do Leão no Campeonato, embora seja o terceiro com arremates menos precisos.

No primeiro turno, David persegue Moledo

Situação de tabela


O Inter pode encerrar a 30ª rodada na liderança do Brasileirão! Para tanto, além de ganhar do Fortaleza, o Colorado precisaria de vitória do Athletico Paranaense em cima do líder São Paulo. O confronto ocorre a partir das 16h de domingo, em Curitiba. Neste cenário, Clube do Povo e Tricolor somariam os mesmos 56 pontos. Caberia ao time de Abel, ainda, tirar uma diferença de quatro gols de saldo.

Edenilson é retorno importante para o time de Abel

Independente do resultado do líder, fato é que o Inter, atual segundo colocado com 53 pontos, manterá a posição em caso de vitória sobre o Fortaleza. Empate também deixa os comandados de Abel fora do alcance de seus perseguidores, mas um vitorioso Atlético-MG, terceiro com 50, poderia encerrar a rodada com um ponto a menos e uma partida atrasada por disputar.

A volta de Yuri é outra notícia positiva para o Inter

O Galo é a única equipe capaz de ultrapassar o Clube do Povo, desde que vença o Atlético-GO, às 18h15, no Mineirão. Para isso, o Inter precisaria, por óbvio, ser derrotado. Confira os oito primeiros classificados:

PJVEDGPGCSG
1 – São Paulo56291685492722
2 – Internacional53291586442618
3 – Atlético-MG50281558483612
4 – Grêmio502912143382414
5 – Flamengo4928147747398
6 – Palmeiras48281396392613
7 – Fluminense46301371040373
8 – Corinthians4228119835303
Pra cima, Colorado!

Retrospecto colorado


O Clube do Povo já enfrentou o Fortaleza em 17 ocasiões até hoje. À frente no retrospecto, o Inter soma oito vitórias, três a mais do que o rival. Ocorreram, também, quatro empates, números construídos através de 19 gols marcados e 14 sofridos.

Edenilson em ação contra o Fortaleza no Brasileirão passado/Foto: Ricardo Duarte

Vitória e recorde


Já com as atenções voltadas para o Mundial, o Inter contou com uma grande novidade para o duelo contra o Fortaleza na 35ª rodada do Brasileirão. Após um mês afastado por lesão, Fernandão retornou à equipe titular e formou ataque com Iarley, camisa 10 que abriu o placar aos 30 da etapa inicial.

Menos de 10 minutos depois, nova bola na rede. Alex cobrou falta da esquerda que Índio, artilheiro como sempre, completou para as redes. No jogo, o segundo. Do zagueiro, quinto no Campeonato. De garçom para artilheiro, o homem da canhota de bomba seria o responsável pelo terceiro

Servido por Fernandão, Alex dominou na entrada da área e mandou no canto esquerdo. Festa no Gigante, que comemorou a vitória e também recorde de Renan, que completou oito jogos sem sofrer gols e se tornou o goleiro colorado com maior invencibilidade na história dos Brasileirões.