É DO POVO! Edenilson marca duas vezes e Inter bate o Independiente Medellín por 2 a 0

SuperEd decidiu no Beira-Rio/Foto: Ricardo Duarte

É O CLUBE DO POVO! Com show do craque Edenilson, que marcou dois gols e assumiu a artilharia histórica do novo Beira-Rio, o Inter bateu o Independiente Medellín, no Gigante, pelo placar de 2 a 0. A vitória, conquistada na quinta rodada da CONMEBOL Sul-Americana, leva o Colorado aos nove pontos, número que vale, momentaneamente, a liderança do grupo E.

+ Veja as imagens da partida;

+ Assista aos melhores momentos;

+ “Tenho muito orgulho da minha cor!” Edenilson fala após a vitória;

+ Mano Menezes destaca evolução colorada;

+ Confira os Bastidores do confronto;

Pela CONMEBOL Sul-Americana, o Inter voltará a campo na próxima terça-feira (24/05), também no Beira-Rio, diante do 9 de Octubre-EQU. O duelo, que encerrará a fase de grupos da competição continental, está previsto para as 21h30. Antes disso, o Clube do Povo visitará o Cuiabá, no sábado que está por vir (21/05), pela sétima rodada do Brasileirão.

+3 na conta do Clube do Povo/Foto: Ricardo Duarte

Mais um bom primeiro tempo

A exemplo do que ocorrera no último final de semana, diante do Corinthians, o Inter voltou a brindar a torcida com um excelente primeiro tempo no Beira-Rio. Escalado com um trio de meio-campistas nas costas do centroavante David, formado por Edenilson, na direita, Mauricio, centralizado, e Wanderson, ponta-esquerda; o Colorado pouco deixou o DIM respirar no gramado do Gigante, e empilhou chances até abrir o placar.

Colorado venceu a segunda na CONMEBOL Sul-Americana/Foto: Ricardo Duarte

No primeiro escape de maior verticalidade, Edenilson recebeu de Mauricio e, cara a cara com Marmolejo, apostou no chute rasteiro, milagrosamente defendido pelo goleiro. Aos 12, quem tentou foi Wanderson, que finalizou bloqueado pela zaga. Pouco depois, o camisa 11 roubou a bola na saída de jogo adversária, escapou em velocidade, fintou diante da marcação e bateu forte. Em dois tempos, o arqueiro encaixou.

Simpático ao posto de algoz, Marmolejo incomodou, inclusive, no lance do gol do Inter. Da esquerda para o centro, Wanderson derivou com rapidez, e lançou David, que deixava o comando de ataque para se aproximar do companheiro. De costas para o goleiro, o centroavante tentou o drible, incompleto por tapa do rival. A defesa, contudo, não serviu para desarmar o camisa 17, que emendou rápido cruzamento.

David foi garçom do primeiro gol do Inter/Foto: Ricardo Duarte

Fechada, a bola de David tomou a direção de Edenilson, endereço que nem mesmo o desesperado Juan Díaz modificou. Praticamente debaixo das traves, mas pressionado por três rivais, SuperEd foi ágil. De direita, logo após o domínio, o craque mandou para as redes e colocou o Inter à frente no marcador. Na comemoração, o recado claro no punho erguido. Somos colorados, somos antirracistas!

8 ou 9? Ed abriu o placar fazendo as vezes de centroavante/Foto: Ricardo Duarte

O Colorado teve chances para ampliar após o gol de Ed. Com espaço para contragolpear, Wanderson se tornou o principal pesadelo da zaga colombiana, e atuou como garçom tanto de Bustos quanto de Pena, dupla que esbarrou em bloqueios da zaga do DIM. Na frente, os colombianos assustaram apenas em chute de Vladimir, que Renê mandou pela linha de fundo.


SuperEd!

O segundo de Ed foi de canhota/Foto: Ricardo Duarte

Para seguir vivo na luta pela América, o Independiente Medellín precisava vencer, necessidade reconhecida pelo técnico Julio Comesaña, que retornou dos vestiários com a entrada do atacante Felipe Pardo no lugar do lateral Gómez. Audaciosa, verdade seja dita, a postura também foi arriscada, e deu ainda mais espaços para Wanderson. Aos 11, combinação entre o atacante e Renê foi parcialmente cortada pela zaga, mas sobrou para ele: Edenilson.

Na meia-lua da grande área, Ed dominou, enquadrou o corpo e, de perna canhota, finalizou colocado. Golaço, 29º marcado pelo camisa oito no novo Beira-Rio. Consolidada a vantagem, Mano realizou as primeiras trocas, colocando Alemão e Estêvão, novidades que mantiveram renovado o fôlego do ataque vermelho. Com a dupla, e ainda com Wanderson e Edenilson, o Inter voltou a assustar, mas esbarrou em Marmolejo, que operou grandes defesas.

Palmas para ti, Ed!/Foto: Ricardo Duarte

Primeiro tempo

8min – UUUUUUUUUUUUUH! QUASE O GOL COLORADO! Dourado, da defesa, aciona o pivô de David, que leva a melhor sobre a marcação e serve Mauricio. Em altíssima velocidade, camisa 27 ataca o corredor central da intermediária ofensiva. Livre, Edenilson recebe pela direita da grande área e chuta rasteiro. Marmolejo salva os visitantes.

12min – ESCANTEIO! Dourado, de novo, liga o ataque. Agora, Mauricio recebe do volante e abre jogo até Wanderson, que corta para a canhota e chuta forte. Com desvio, ela sai pela linha de fundo.

16min – DEFENDE, MARMOLEJO! Wanderson intercepta passe ruim de Pineda e dispara ate a área colombiana. Diante da marcação, camisa 11 pedala e chuta de direita. Goleiro encaixa em dois tempos.

18min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOL! É DELE! TINHA QUE SER DELE! ELE MERECIA! É GOL DO CLUBE DO POVO! É GOL DO INTER! AMAMOS O INTER, ODIAMOS O RACISMO! ED! SUPERED! Pela esquerda, Wanderson finta a marcação e lança David em profundidade. Camisa 17 domina de frente com Marmolejo, não consegue o drible, mas descola excelente cruzamento para a segunda trave. Díaz não corta, Edenilson domina e, sem titubear, manda para as redes colombianas. Na comemoração, craque ergue o punho contra todo tipo de preconceito. ESTAMOS CONTIGO, ED!

Ouça: a narração da Rádio Colorada para o gol de SuperEd

20min – Por tirar a camisa na comemoração, Edenilson recebe o amarelo.

21min – UUUUUUUH! Bustos lança Ed pela ponta-direita. Rasteiro, camisa oito cruza buscando David, que finaliza prensado pelo goleiro.

33min – PRA FORA! Pena, pela direita, cobra escanteio por baixo. De peixinho, na primeira trave, Dourado desvia. Tiro de meta para o DIM.

34min – SAAAAAAALVA A ZAGA! Renê e Wanderson tabelam para sair de trás, e o atacante enxerga Bustos invadindo a grande área. Acionado, o lateral argentino arrisca cruzado, a bola desvia em Gómez e quase encobre o goleiro. Escanteio!

37min – BEM, RENÊ! Valdimir Hernández arma contra-ataque para o DIM, se aproxima da área colorada e chuta.

38min – QUE CONTRA-ATAQUE! Wanderson constrange Díaz, deixa o marcador comendo poeira e cruza no pé de Pena, que domina dentro da área e solta o canhotaço. Moreno coloca o corpo na direção da bola e salva o rival.

39min – Arboleda acerta Bustos e recebe o amarelo.

45min – Mais um. Vamos a 46!

46min – Intervalo no Beira-Rio.


Segundo tempo

0min – DIM retorna com mudança. Vem Felipe Pardo, sai Gómez.

8min – Daniel! De longe, Arregui finaliza forte. No canto direito, goleiro colorado defende sem rebote.

11min – GOL! GOLAÇO! PINTURA! OBRA DE ARTE! GOL DE CRAQUE! GOL DO INTER! GOL DE SUPER-HERÓI! GOL DE QUEM REPRESENTA! EDENILSOOOOOOOOOOOOOOOON! É GOOOOOOOOOOOOOOOL! Renê e Pena tentam a tabela pela esquerda da área rival, mas a zaga corta. Para infelicidade visitante, o rebote fica com Edenilson, que domina dentro da meia-lua e, praticamente em cima da risca da grande área, enquadra o corpo para finalizar de canhota. Marmolejo se estica todo, mas não alcança, e ela morre nas redes, elegante. COMO JOGA, SUPERED!

Ouça: o segundo gol de Edenilson na voz da Rádio Colorada

13min – DANIEEEEEEEL! Mosquera lança Pons, que recebe na área colorada e chuta rasteiro. Goleiro do Inter sai muito bem do gol e salva o Clube do Povo.

20min – Duas trocas no Inter: Alemão e Liziero por David e Pena.

21min – Colombianos também fazem uma dupla substituição. Entraram Castrillón e Ricaurte, saíram Juan Díaz e Vladimir.

25min – Inter muda de novo – mais uma vez em dose dupla. Moisés e Heitor vêm, Renê e Bustos vão.

17min – ELE É MUUUUUUUITO LISO! Noite fria não é hora de vir de garfo, meu filho! É DIA DE SOPA COM O WANDINHO! Depois de deixar três para trás, camisa 11 deixa David de cara com o goleiro, que salva o DIM. Na sobra, com gol aberto, mas sem ângulo, Bustos manda para fora.

29min – Mauricio recebe pela meia-lua, corta a marcação e arrisca de canhota. Por cima, por pouco!

33min – ELE MERECE O GOL! Wanderson recebe na esquerda, corta para dentro e solta a bomba. Marmolejo, de manchete, manda por escanteio.

35min – Estêvão é a novidade no Colorado. Mauricio deixa o campo.

37min – Cambindo por Pons e Cuesta por Pineda: finalizadas as trocas no DIM.

38min – AI! Moisés, pela esquerda, dá uma meia-lua em Mosquera e tenta o cruzamento por baixo. Cadavid, providecial, corta.

39min – MILAAAAAAAAAAGRES! MILAAAAAAAAAAAAAAAGRES! Pela esquerda, Edenilson cobra escanteio. A zaga corta, mas a sobra é de SuperEd, que chama o zagueiro para dançar e toca para Estêvão. De canhota, cria do Celeiro finaliza de primeira, mas Marmolejo salva. No rebote, Bruno Méndez cabeceia para novo milagre do goleiro.

39min – UUUUUUH! Inter segue em cima! Da direita, Estêvão cruza aberto. Ed, na segunda trave, cabeceia para o chão e quase transforma o triunfo em goleada!

42min – ENTROU COM FOME! Estêvão, de letra, deixa dois para trás e chuta de canhota. Assustou!

45min – Mais quatro minutos. Segundo tempo irá até 49.

49min – FIM DE PAPO! VITÓRIA COLORADA!


Ficha técnica:

Internacional (2): Daniel; Bustos (Heitor), Vitão, Bruno Méndez e Renê (Moisés); Rodrigo Dourado, Edenilson e Carlos de Pena (Liziero); Mauricio (Estêvão), David (Alemão) e Wanderson. Técnico: Mano Menezes.

Independiente Medellín (0): Marmolejo; Juan Arboleda, Víctor Moreno, Andrés Cadavid e Yulian Gómez (Felipe Pardo); Juan Díaz (Castrillón) e Arregui; Mosquera, Vladimir Hernández (Ricaurte) e Jean Pineda (Cuesta); Luciano Pons (Cambindo). Técnico: Julio Comesaña.

Gols: Edenilson, aos 18’/1ºT e 11’/2ºT (I).

Cartões amarelos: Edenilson (I). Arboleda (M).

Arbitragem: Facundo Tello, auxiliado por Ezequiel Brailovsky e Facundo Rodríguez. Quarto árbitro: Patricio Lostau.

Estádio: Beira-Rio.

Público: 4.045. Pagantes: 3.225. Não pagantes: 820.

Renda: R$ 199.667,00.

Fotos: Gurias Coloradas campeãs do Brasileirão Sub-17

Campeãs! As Gurias Coloradas da categoria Sub-17 venceram o Santos, na manhã deste domingo (1º/05), por 2 a 1, e conquistaram o título do primeiro Brasileirão Feminino da história. Confira as imagens da partida, disputada no SESC Protásio Alves:

Galeria de Fotos: Independiente Medellín 0 x 1 Internacional – 3ª rodada/CONMEBOL Sul-Americana

Pela terceira rodada da fase de grupos da CONMEBOL Sul-Americana, o Clube do Povo superou o Independiente Medellín, fora de casa, por 1 a 0. Alemão marcou o gol colorado no confronto, cujas fotos você confere a seguir!

Inter vence o Independiente, na Colômbia, com mais um gol de Alemão

Com gol de Alemão, Inter bateu o Independiente Medellín/Foto: Ricardo Duarte

Três pontos na mala, três vitórias consecutivas na temporada e três gols de Alemão com a camisa colorada! Na noite desta terça-feira (26/04), o Clube do Povo superou o Independiente Medellín, na cidade de Pereira-COL, em partida da terceira rodada da fase de grupos da CONMEBOL Sul-Americana. O triunfo de 1 a 0 foi conquistado com gol de Alexandre Alemão, que decidiu para o Inter aos nove minutos do segundo tempo.

O gol de Alemão na voz da Rádio Colorada

> Veja as imagens da partida!

Dono de cinco pontos na competição continental, o Clube do Povo volta suas atenções para o Campeonato Brasileiro. No próximo domingo (1º/05), os comandados de Mano Menezes recebem o Avaí, no Beira-Rio, em duelo da quarta rodada nacional. O embate já conta com serviço de jogo aberto e Check-In liberado, enquanto a venda de ingressos para sócios e sócias será aberta às 10h desta quarta. Clique aqui para saber mais e confirmar presença na partida. Colorado, definitivamente, joga junto!

Inter venceu a primeira na CONMEBOL Sul-Americana/Foto: Ricardo Duarte

Inter melhor e mais agressivo

Com as estreias de Alemão como titular e de Vitão com a camisa colorada, o Inter foi a campo apresentando um distinto desenho tático nos momentos em que não tinha a bola. Alinhado ao centroavante Alexandre, Wanderson atuava como um segundo homem de frente, armando o Clube do Povo no 4-4-2, que ainda tinha os meias Edenilson na direita e Carlos de Pena pela esquerda. A postura tornou especialmente agressiva a pressão alvirrubra na saída de jogo do adversário, valendo ao time de Mano Menezes consecutivos desarmes já no campo ofensivo.

Zagueiro Vitão estreou pelo Inter/Foto: Ricardo Duarte

Referência na frente, Alemão era imediatamente acionado a cada posse recuperada pelo Inter. Combativo, o centroavante soube usar do corpo para superar a zaga desde o minuto cinco, instante no qual quase transformou cruzamento de Edenilson em assistência para gol de cabeça. Já quando construía suas incursões ao ataque, o Colorado espetava Bustos na ala-direita, segurava Renê para a saída de três, aproximava Pena e Wanderson, ativos na esquerda, e potencializava o dínamo Gabriel, inquieto no corredor central.

E foi na base da troca de passes que a Academia do Povo tramou as melhores chances do primeiro tempo. Aos 26, Bustos triangulou com Dourado e cruzou boa bola para Alemão, mas Marmolejo antecipou para ficar com ela em seus braços. No minuto seguinte, Edenilson e Gabriel tabelaram dentro da área, o 23 recebeu de frente para o goleiro e finalizou, mas foi parado por milagre. Nova defesa providencial para a manutenção do zero no placar ocorreu aos 39, diante de chute venenoso de SuperEd.

Alemão já levava perigo no primeiro tempo/Foto: Ricardo Duarte

Apesar da superioridade colorada, o DIM também criou suas chances antes do intervalo, mas sempre parou em Daniel. Cedo, aos seis, o goleiro alvirrubro defendeu em dois tempos chute forte de Vladimir Hernández. Tarde, aos 39, ele bloqueou Yulian Gómez, lateral adversário que surgia livre na área do Clube do Povo, em belíssima saída da meta. Não adiantava: o primeiro tempo era dos arqueiros, que seguraram o placar no zero.

Daniel brilhou na Colômbia/Foto: Ricardo Duarte

Alemão e Daniel brilham e garantem a vitória colorada

Os colombianos retornaram em melhor nível para a etapa final, com mudança na lateral-direita. Aos quatro, por exemplo, Méndez exigiu novo milagre de Daniel, que de mão trocada enviou pela linha de fundo arremate originalmente endereçado ao seu ângulo direito. Preocupado em atacar, o Medellín ofereceu espaços em sua defesa, que foram aproveitados pelo time de Mano Menezes aos nove. Pela esquerda, Wanderson prendeu a marcação e recebeu a companhia de Rodrigo Dourado, que invadiu a área antes de servir Alemão. Uh, Alemão!

Garçom, Dourado serviu/Foto: Ricardo Duarte

O centroavante, que vinha de dois gols marcados nos últimos dois jogos, dominou fazendo o giro de perna esquerda. De frente para a bola, esperou a zaga decidir se fecharia o passe para Edenilson, livre na direita, ou o arremate cruzado, no canto de Marmolejo. Preocupada com a assistência de Alemão, a defesa colombiana pagou para ver, e deixou o camisa 35 finalizar. Para onde? Para as redes! Golaço!

Originalmente escalado no 4-1-4-1, o DIM partiu para o 4-2-3-1 após o gol de Alemão. Como seguiu sem criar, logo abraçou o 4-2-4, e só assim passou a pressionar. Com força pelos lados, o time da casa insistiu em consecutivos cruzamentos em direção à área do Clube do Povo, mas todos esses esbarraram na data desta terça-feira. Dia do goleiro em homenagem ao aniversariante e ídolo Manga, o 26 de abril presenciou consecutivos milagres de Daniel, que foi definitivo, no mínimo em três ocasiões, para a consagração do 1 a 0 colorado.

A vitória em Pereira-COL, segunda conquistada por Mano Menezes nas duas partidas que treinou o Inter, deixa o Colorado com cinco pontos na tabela, mesmo número do Independiente Medellín. Momentaneamente, o Clube do Povo é líder do grupo E da CONMEBOL Sul-Americana, competição em que enfrentará, na quinta-feira da próxima semana (05/05), o Guaireña-PAR, no Defensores del Chaco.


Primeiro tempo

5min – DIM sai jogando errado, Pena fica com a sobra e arrisca. Sem direção, ela sai pela linha de fundo.

5min – UH! Alemão leva a melhor sobre dois zagueiros e desvia cruzamento de Edenilson, feito pela direita, por cima.

Centroavante brigou com a zaga adversária/Foto: Ricardo Duarte

6min – Daniel encaixa! De fora da área, Vladimir Hernández solta o pé, e goleiro colorado defende em dois tempos.

17min – Vitão recebe o amarelo por falta em Pons.

21min – Da esquerda, Pena cobra escanteio na segunda trave. Por ali, Alemão consegue desvio mascado em direção ao gol colombiano. Marmolejo encaixa.

26min – UUUH! Gabriel inverte linda bola para Bustos, que tabela com Dourado, escapa até a linha de fundo e cruza rasteiro. Alemão quase desvia, mas a bola sai forte e morre nas mãos de Marmolejo.

Bustos criou boa chance após tabela com Dourado/Foto: Ricardo Duarte

27min – SAAAAAAAAAAAALVA O GOLEIRO! Renê cobra lateral rápida pela esquerda. Na área, Alemão faz o pivô para Gabriel, que serve Edenilson, recebe linda devolução e, em cima da marca do pênalti, chuta colocado. Goleiro salva os locais.

36min – De pé em pé, Inter chega ao ataque pela esquerda. Acionado por Wanderson, Pena tenta o lançamento em profundidade para Alemão, mas Marmolejo deixa o gol e fica com ela.

39min – UUUUUUUUUH! Gabriel dá passe de gancho para Edenilson, que chuta forte da entrada da área. Marmolejo dá rebote, mas abafa Alemão e evita o gol colorado.

Gabriel foi um gigante em campo/Foto: Ricardo Duarte

39min – DANIEEEEEEEEEEEEEL! Bustos recua bola curta para o goleiro colorado, e Gómez tira proveito para sair cara a cara com o camisa 1 do Inter, que deixa a meta e bloqueia o arremate rival.

44min – TRAVADO! Pena recebe de Wanderson e chuta de primeira. Cadavid bloqueia o arremate, que sai em escanteio.

Canhota de Carlos de Pena segue afiada/Foto: Ricardo Duarte

45min – Mais um minuto de acréscimo. Vamos a 46!

46min – Intervalo na Colômbia!


Segundo tempo

0min – Time da casa retorna com novidade. Vem Arboleda, sai Mosquera.

4min – DANIEEEEEEEEL! De muito longe, Méndez arrisca. No ângulo, goleiro colorado espalma.

7min – Gómez invade a área colorada pela esquerda e tenta o cruzamento para Hernández. Forte demais, ela sai em tiro de meta para o Inter.

9min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOL DO CLUBE DO POVO! É GOL VERMELHO! É GOL DO INTER! É GOL DE ALEMÃO! O HOMEM É ARTILHEIRO, É CENTROAVANTE GOLEADOR, É COLORADO TORCEDOR! GOLAAAAAAAAAAAÇO! Pela esquerda, o Inter escapa em velocidade com Wanderson, que, aberto na ponta, envolve a marcação e lança Dourado. Elemento surpresa, o volante pisa na área e assiste Alemão, que faz lindo giro com a perna esquerda, engatilha o chute de perna direita e manda cruzado, no cantinho, sem chance de defesa. TRÊS GOLS EM TRÊS JOGOS, É O TANQUE COLORADO, É ALEMÃO!

O gol de Alemão na voz da Rádio Colorada

13min – Nova mudança no time da casa. Vem López, sai Loaiza.

20min – Mauricio e David vêm a campo no Clube do Povo. Saem Wanderson e Alemão.

25min – Cambindo no lugar de Arregui: terceira substituição colombiana.

26min – Amarelo para Méndez. Acertou Dourado com o cotovelo.

29min – Mais duas novidades no Inter. Johnny e Mercado nas vagas de Dourado e Vitão, que sai de maca.

Duas vitórias em dois jogos para o professor/Foto: Ricardo Duarte

30min – Mauricio e Edenilson combinam pela direita. Com espaço, o camisa oito cruza para David, que cabeceia atrapalhado pela zaga. Marmolejo defende.

32min – Encerradas as alterações do time da casa. Castrillón entra no lugar de Vladimir.

35min – MILAAAAAAAAAAAAGRE! DANIEL! DANIEL! DANIEEEEEEEL! Castrillón cobra falta pela direita, Mercado não consegue o corte na segunda trave e Pons, na pequena área, finaliza à queima-roupa. Paredão colorado salva com o braço esquerdo!

43min – Liziero por Gabriel é a quinta troca de Mano Menezes.

Liziero foi a quinta troca colorada/Foto: Ricardo Duarte

43min – QUAAAAAAASE O SEGUNDO! Mauricio recebe na quina direita da área colombiana e chuta colocado. A bola resvala na marcação e quase encobre o goleiro, mas Marmolejo se recupera em tempo de fazer a defesa.

45min – Mais seis. Vamos a 51!

48min – HERÓI COLORADO! DANIEEEEEEL! Castrillón enche o pé a partir da quina esquerda da área colorada, mas goleiro vermelho, no seu dia, no dia do aniversário de Manga, salva o Inter.

49min – Moreno recebe o amarelo. Atropelou Bustos.

51min – POR CIMA! Johnny recebe de Edenilson, invade a área em velocidade e finaliza. Tiro de meta para os locais.

Johnny quase ampliou a vantagem alvirrubra/Foto: Ricardo Duarte

51min – Mais um. Jogo vai a 52.

52min – FIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIM DE PAPO! VITÓRIA COLORADA! O INTER VENCE NA COLÔMBIA! TRÊS PONTOS PARA O CLUBE DO POVO!


Ficha técnica:

Independiente Medellín (0): Marmolejo; Mosquera (Arboleda), Víctor Moreno, Cadavid e Yulian Gómez; Arregui (Cambindo), Javier Méndez e Loaiza (López); Vladimir Hernández (Castrillón), Luciano Pons e Pineda. Técnico: Julio Comesaña.

Internacional (1): Daniel; Bustos, Bruno Méndez, Vitão (Mercado) e Renê; Gabriel (Liziero), Rodrigo Dourado (Johnny), Edenilson, Carlos de Pena e Wanderson (Mauricio); Alemão (David). Técnico: Mano Menezes.

Gols: Alemão, aos 9’/2ºT (I).

Cartões amarelos: Javier Méndez e Moreno (D). Vitão (I).

Arbitragem: Nicolas Lamolina, auxiliado por José Savorani e Mariana de Almeida. Quarto árbitro: Yael Falcón.

Estádio: Hernán Ramírez Villegas-COL.

Independiente Medellin x Inter - Sul-Americana - 26/04/2022

Gurias goleiam na quinta rodada do Brasileirão

Isabela (6) fechou a conta no Sesc/Foto: João Callegari

Em grande estilo, as Gurias Coloradas superaram o Red Bull Bragantino, na tarde deste sábado (02/04), por 3 a 0. Fabi Simões, no primeiro tempo, e Sorriso e Isabela, na etapa final, marcaram os gols da vitória no Sesc Protásio Alves, resultado que leva o Inter aos 12 pontos na tabela. Agora, as comandadas de Maurício Salgado passarão pouco mais de duas semanas afastadas dos gramados, fruto de parada pela Data FIFA. Pela sexta rodada, o Clube do Povo voltará a campo apenas no dia 18 de abril, quando visitará o Atlético-MG.


Jogo corrido, placar alterado

Fabi abriu o placar logo aos dois/Foto: João Callegari

As Gurias precisaram de poucos segundos para balançar as redes nesta tarde de sábado. Antes mesmo dos três minutos de jogo, Duda serviu linda assistência para Fabi Simões, que fez a diagonal a partir da ponta direita de ataque e, dentro da área, encobriu a goleira Karol Alves. O golaço ditou o andamento do primeiro tempo, que correu em alta velocidade até o intervalo, consequência das muitas perdas de posse tanto de um lado quanto do outro.

Apesar do espaço que tinham para acelerar o jogo, as equipes não criaram muitas chances nos primeiros 45 minutos. Para além do gol de Fabi, o Inter assustou principalmente com Lelê, que passou perto de ampliar, primeiro, em bonito chute de fora da área, e depois em cabeceio na segunda trave. Já o Red Bull teve sua melhor oportunidade nos pés de Raquel, que recebeu com espaço na frente de Mayara, mas foi bem travada por Eskerdinha e Isa Haas.

Fabi (E), Lelê e Millene comemoram o primeiro gol/Foto: João Callegari

Domínio completo

Embora positiva pelo resultado, a etapa inicial deixou o sentimento de que as Gurias poderiam fazer ainda mais no segundo tempo. E assim foi, desde o primeiro apito, sucedido por consecutivos escanteios cavados por Fabi Simões. De um desses, cobrado por Duda, saiu excelente chance de Lelê, que aproveitou cabeceio de Sorriso para, livre, conferir ao lado do poste. Teimosa, a bola não entrou.

Capitã marcou de cabeça/Foto: João Callegari

Lelê voltou a aprontar aos seis – desta vez, com elegância. Acionada por cruzamento de Fabi, a centroavante não se deu por batida quando a bola tomou a direção de suas costas, e emendou acrobática bicicleta para arrematar. Tirando tinta, a bola saiu pela linha de fundo, destino diferente do que tomou três minutos mais tarde, quando Sorriso subiu no terceiro andar para ampliar. Oitavo da zagueira com a camisa das Gurias, o gol foi o segundo da capitã desta tarde no Brasileirão, e saiu após nova assistência de Duda.

Sorriso ampliou no início do segundo tempo/Foto: João Callegari

O Bragantino só conseguiu assustar aos 18, quando Luana recebeu bom passe de Ariel e chutou, de fora da área, para fora. Mais 10 minutos passaram até Mayara mostrar atenção para intervir com segurança e impedir ousada tentativa de gol olímpico. Diferente do que ocorrera no primeiro tempo, portanto, as Gurias seguiram no controle da partida após o gol de Sorriso, também em consequência às trocas feitas por Maurício Salgado, que colocou as jovens Isabela, Maiara, Priscila e Tamara em campo.

À medida que as visitantes ofereciam claros sinais de desgaste, o Inter passou a encontrar liberdade ainda maior para contragolpear. Aos 31, Zóio desarmou a zaga rival na saída de jogo e acionou Duda, que encontrou muito espaço para jogar pela esquerda. Por lá, ela lançou Isabela, que esticou jogo até Millene. A atacante retornou jogo para a 10, que deu sua terceira assistência da tarde, sexta no Brasileirão. Cara a cara com a goleira, Belinha finalizou com segurança, de perna direita, para transformar a vitória em goleada.

Terceiro gol sacramentou goleada colorada/Foto: João Callegari

Donas do jogo, as Gurias seguiram criando chances nos 20 minutos finais de confronto, que ainda presenciaram a estreia da lateral Carol Gil no Brasileirão adulto. Tamara, Priscila e Millene Fernandes tiveram oportunidades claras de ampliar, mas esbarraram, no caso das duas primeiras, na teimosia da bola, enquanto a atacante dona da camisa 14 foi travada por milagre da goleira. Com o triunfo de 3 a 0, o Inter subiu da quarta para a terceira colocação, ultrapassando o Corinthians, que irá a campo nesta manhã de domingo (03/04), como mandante, contra o São Paulo.

Resultado deixou o Inter com 12 pontos na tabela/Foto: João Callegari

Ficha técnica:

Internacional (3): Mayara; Capelinha (Carol Gil), Isa Haas, Sorriso e Eskerdinha (Isabela); Zóio, Duda e Maiara (Mai); Fabi Simões (Tamara), Lelê (Priscila) e Millene. Técnico: Maurício Salgado.

Red Bull Bragantino (0): Karol Alves; Karol Dias, Ingryd Taba (Débora) e Flavia (Taiane); Mylena, Lelê (Brenda), Raquel e Joyce (Rhay Coutinho); Ariel e Luana. Técnica: Rosana Augusto.

Gols: Fabi Simões, aos 3’/1ºT, Sorriso, aos 9’/2ºT, e Isabela, aos 31’/2ºT (I).

Cartões amarelos: Lelê, Flavia e Brenda (RB).

Arbitragem: Francisco Soares Dias apita, auxiliado por Fagner Cortes e Gustavo Schier. Quarto árbitro: Jonathan Pinheiro.

Estádio: Sesc Protásio Alves.

Inter bate o Aimoré por 1 a 0 no Gauchão

David garantiu a vitória do Inter sobre o Capilé/Foto: Ricardo Duarte

Com gol de David, marcado aos 31 minutos do primeiro tempo, o Clube do Povo superou o Aimoré, por 1 a 0, na noite deste domingo (06/03). O resultado, conquistado no Beira-Rio e válido pela 10ª rodada estadual, leva o Inter aos 15 pontos na tabela, número que alça o Colorado à terceira colocação na tabela. O time de Medina volta a campo na próxima quarta-feira (09/03), às 21h, quando enfrenta o Grêmio.


Pressão alta surte efeito

Taison voltou ao time neste domingo/Foto: Ricardo Duarte

O Inter controlou o jogo no primeiro tempo, concentrando a posse de bola desde o início da partida. O domínio colorado, porém, custou a envolver a zaga visitante, que esteve encaixada nos 20 minutos que inauguraram o embate, período que ofereceu emoções apenas em lances de bola parada, normalmente cobradas, de parte do Clube do Povo, na direção do zagueiro Kaique Rocha.

Diante das dificuldades para achar espaços na zaga do Aimoré, o Colorado ficou mais agressivo na segunda metade da etapa inicial, postura que teve como principal reflexo a intensa pressão adotada em cima da saída de bola aimoresista. Neste contexto, Mauricio, aos 30, interceptou passe do goleiro Volpi, engatilhou para a perna canhota e arriscou com força para milagre do arqueiro rival.

Mauricio quase abriu o placar em bonito chute de fora da área/Foto: Ricardo Duarte

Um minuto depois de defender, o goleiro foi batido por David. No campo de ataque, Gabriel pressionou o volante adversário, fez o desarme a acionou o camisa 17, que virou jogo na direção de Taison. Atento, o ídolo percebeu Edenilson, servido com espaço antes de fazer o jogo voltar ao DVD, que finalizou com a canhota e contou com desvio na zaga para abrir a conta. O gol, apesar de boa chance de Liziero minutos mais tarde, foi o único anotado antes do intervalo.

DVD marcou seu primeiro pelo Inter/Foto: Ricardo Duarte

Emoções no início – e só no início

Os instantes que abriram a etapa final ofereceram uma falsa impressão de jogo franco a partir de então. Ainda no primeiro minuto, Anilson, de cabeça, exigiu defesa providencial de Daniel, impedindo o empate adversário. Logo depois, Cuesta recebeu cruzamento de Edenilson e balançou as redes visitantes, mas o lance foi invalidado por impedimento do zagueiro vermelho. Já após do gol anulado, poucas chances foram criadas no gramado do Gigante, que presenciou vitória importante, embora magra, do Clube do Povo.

Grupo comemorou os três importantes pontos/Foto: Ricardo Duarte

Primeiro tempo

2min – UH! Taison serve bonita bola para Mauricio, que invade a área e cruza por baixo. David domina e ajeita para Gabriel, mas o volante é antecipado pelo zaga.

10min – Boa cobrança! Da esquerda do ataque colorado, Edenilson levanta bola na segunda trave, que Fabian Volpi corta antes do cabeceio de Kaique.

14min – Lesionado, Wellington deixa o campo. Em seu lugar, Carlos Alberto entra no Aimoré.

19min – EM CIIIIIIIIIIIIIIIIMA DA LINHA! Da esquerda, Mauricio cobra escanteio por baixo, que Kaique desvia na primeira trave. À queima-roupa, finalização do zagueiro é espalmada por Fabián Volpi. Bola, porém, toma apenas altura, e ameaça cair dentro da meta capilé. Debaixo das traves, Raphael Soares corta o perigo.

22min – VOOOOOOOLPI! Mauricio recebe de Liziero e faz bonita jogada individual para invadir a área pela direita. Rasteiro, o arremate do 27 é espalmado pelo goleiro, que dá rebote cortado pela zaga.

28min – QUE LAAAAANCE! Kaique serve bonito passe em profundidade para David, que invade a área pela direita e cruza rasteiro. Ninguém completa, e a zaga afasta em tiro de canto.

30min MILAAAAAAAAAAAAAAAAAGRE! Volpi erra na saída de jogo, Mauricio fica com a posse e, da entrada da área, enche o pé. Canhotaço tinha endereço, mas foi espalmado pelo goleiro.

32min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOL! É GOL COLORADO, É DO CLUBE DO POVO, É DE DAAAAAAVID! Inter marca pressão no campo de ataque com Gabriel, que recupera a posse e deixa com David. Dele a bola chega em Taison, que aciona Edenilson. Meio-campista percebe DVD na entrelinha e dá bom passe rasteiro, que logo é dominado para chute de canhota. A bola resvala na marcação, encobre Volpi e morre nas redes. Inter na frente!

O gol de David na narração da Rádio Colorada

38min – Valeu! Liziero recebe pela quina direita da grande área, corta para a canhota e chuta colocado. Por detalhe, ela sai por cima.

45min – Vamos a 48. Arbitragem indica três minutos de acréscimo!

48min – Intervalo no Gigante!



Segundo tempo

0min – Aimoré volta com mudança. Sai Wagner, entra Adriano Klein.

1min – DANIEEEEEEEEEEEEEEEEEEEL! Da esquerda, Marcelinho cobra escanteio em direção à primeira trave colorada, endereço atacado em velocidade por Anilson. O lateral desvia de casquinha, em direção ao contrapé do goleiro do Inter, que se estica todo para salvar o Clube ddo Povo.

2min – Estava? Edenilson cobra falta direita, em direção ao segundo poste capilé. Ali, Cuesta aparece livre e completa para as redes, mas o lance é anulado por impedimento.

12min – Quase, quase! Mauricio tabela com Bustos, escapa pela direita e cruza rasteiro. Ante de Taison, a zaga corta.

17min – Taison recebe de Paulo Victor e arrisca. Da entrada da área, a bola sai forte demais. Tiro de meta para o Aimoré!

24min – Moisés, Johnny e Wesley entram. São sacados Paulo Victor, Edenilson e Taison.

25min – SALVA O GOLEIRO! Liziero escapa pelo corredor central e abre jogo para Mauricio, que invade a área e finaliza de perna direita. Volpi manda em escanteio.

28min – Mudam os visitantes: Paulinho Dias e Luís Soares nas vagas de Carlos Alberto e Sassá.

36min – D’Alessandro por Liziero, Boschilia na vaga de Mauricio. Medina completa as cinco trocas.

38min – TIRA A ZAGA! Wesley dança para cima da marcação e cruza rasteiro. David estava livre na pequena área, mas a zaga antecipou e conseguiu o corte.

38min – Mardley sai no Aimoré. Entra Leandro Córdova.

39min – UUUUUUUUH! D’Ale inverte bonita bola para Moisés, que aparece com espaço na esquerda e enche o pé. Chute explode na marcação e sai em escanteio.

45min – Cinco minutos acrescidos. Vamos a 50!

50min – Mais um. Jogo será encerrado aos 51.

51min – Fim de jogo!


Ficha técnica:

Internacional (1): Daniel; Bustos, Kaique Rocha, Victor Cuesta e Paulo Victor (Moisés); Gabriel e Liziero (D’Alessandro); Edenilson (Johnny), Mauricio (Boschilia) e Taison (Wesley); David. Técnico: Alexander Medina.

Aimoré (0): Fabián Volpi; Anilson, Natã, Lucão e Raphael Soares; Wellington Reis (Carlos Alberto)(Paulinho Dias), Mardley, Marcelinho e Wagner (Adriano Klein); Vinícius Baiano e Sassá (Luís Soares). Técnico: Rafael Lacerda.

Gol: David, aos 32’/1ºT (I).

Arbitragem: Anderson Daronco, auxiliado por André da Silva Bitencourt e Conrado Berger. Quarto árbitro: Rodrigo da Silva.

Estádio: Beira-Rio.

Público: 5.045. Pagantes: 3.383. Adversários: 30. Menores: 159. Não pagantes: 1.473.

Renda: R$ 125.921,00

D’Ale volta, marca e Inter vence na estreia como mandante em 2022

D’Ale e Taison comemoram o segundo gol do Inter/Foto: Ricardo Duarte

D10S ESTÁ ENTRE NÓS! Na volta de D’Alessandro, ídolo marca, Wesley também, e Inter vence o União Frederiquense por 2 a 0. Válida pela segunda rodada do Gauchão, a partida, primeira disputada pelo Clube do Povo no Beira-Rio em 2022, ainda marcou as estreias do goleador Wesley e de David com a camisa colorada. Agora, o time de Medina, que soma seis pontos na tabela, volta suas atenções ao São Luiz, adversário na próxima quarta-feira (02/02), às 19h, em Ijuí.


Acelerando na hora certa

Colorado segue 100% no Gauchão/Foto: Ricardo Duarte

O Inter foi senhor do relógio no primeiro tempo, quando soube dosar o ritmo para criar suas ofensivas à retaguarda frederiquense. Escalado com David na ponta-direita, estreante responsável por conferir maior profundidade ao corredor de ataque, e Boschilia na esquerda, dono de constantes trocas de posição com o armador Taison, o Clube do Povo abriu o placar logo aos 12, quando o centroavante Wesley cobrou pênalti (que sofrera segundos antes) para estrear na lista de artilheiros da história alvirrubra.

A vantagem, que se diga, ajudou na postura colorada, que alternava entre momentos de maior verticalidade e outros de valorização da posse de bola. Quando queria acelerar, o time de Medina apostava em lançamentos para David, sempre postado de maneira a ampliar o campo disponível para o Clube do Povo. A melhor chance, porém, veio nos pés de Taison, que recebeu grande assistência de Wesley e exigiu milagre de Cetin. Inaugurado o intervalo, o placar de 1 a 0 estava mantido.

Primeiro jogo pelo Inter, primeiro gol/Foto: Ricardo Duarte

Jogo complicado? D10S resolve!

O reinício de confronto presenciou minutos de jogo franco no Beira-Rio, inicialmente com maior volume ofensivo do Inter, que quase ampliou a conta com Moisés e Edenilson. A partir dos 10, as rédeas da partida foram tomadas pela equipe visitante, que também assustou. Primeiro, quem escapou em velocidade foi Joãozinho, providencialmente travado por Cuesta. Depois, Anderson Magrão armou escape que Bruno Méndez parou no último instante, com falta. Por fim, Eliomar exigiu milagre de Daniel no minuto 27.

Diante das dificuldades, Medina recorreu a um remédio conhecido pelo povo vermelho: a genialidade de Andrés D’Alessandro. Alçado a campo no minuto 30, o ídolo incendiou o Beira-Rio desde o primeiro segundo em campo. Com a tradicional qualidade na perna canhota, o argentino, que não vestia desde o dia 20 de dezembro de 2020 o manto que lhe serve de segunda pele, escreveu mais um capítulo em sua história com o Internacional, cobrando míseros oito minutos para balançar as redes.

ELE VOLTOU!/Foto: Ricardo Duarte

Rasteiro, no canto esquerdo, onde estava o goleiro, D’Ale cobrou falta assinalada a centímetros da linha da grande área e ao lado da meia-lua. Carregada pela mística de mais de 13 anos de coloradismo do cobrador, a bola partiu em câmera lenta, na mesma velocidade que o Beira-Rio explodiu para soltar grito há tantos meses engasgado. Dos pés de um dos maiores ídolos de sua história, o Inter chegava ao 2 a 0!

Te amamos, D10S/Foto: Ricardo Duarte

Primeiro tempo

7min – Boschilia consegue bonito lançamento para David, que invade a área rival em velocidade, domina no peito e engatilha o arremate. Atento, Heltton antecipa e afasta.

12min – PÊNALTI PARA O INTER! Na cobrança de escanteio da direita, Wesley é puxado por Eliomar e o árbitro flagra.

13min – GOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! WESLEY, WESLEY, WEEEEESLEY! Camisa nove assume a responsabilidade da cobrança e o faz com estilo. No canto direito, goleiro Cetin até vai nela, mas sem chance de defesa. Inter na frente no Gigante, e o artilheiro comemora bonito, com um soco no ar.

O primeiro gol de Wesley na voz da Rádio Colorada

14min – Liziero puxa Joãozinho e recebe o amarelo.

19min – UH! David tabela com Edenilson, recebe dentro da área, domina no peito e chuta mascado. Cetin abafa!

25min – QUAAAAAAAAAAAASE! David recebe em profundidade na área frederiquense e, pela direita da grande área, cruza rasteiro. Por detalhe, nem Wesley, nem Taison conseguem o desvio para as redes.

31min – Mercado recebe o amarelo.

37min – POR CIMA! Boschilia recebe de Moisés, ganha espaço com a finta de corpo e chuta de canhota. Forte, ela supera o superior.

44min – MILAAAAAAAAAAAGRE! Wesley faz lindo pivô para Taison, que sai de cara com Cetin e finaliza buscando o canto direito. Com o pé, Cetin salva os visitantes. Seria uma pintura!

45min – Mais dois. Vamos a 47!

47min – Intervalo no Gigante!


Segundo tempo

0min – Inter retorna com mudança. Vem Mauricio, sai Boschilia.

1min – Talis sobe bem na área colorada e desvia com perigo.

7min – Edenilson e David tabelam em velocidade pela direita e se aproximam da área com perigo. De maneira parcial, a zaga corta, mas a sobra é de Taison, que abre para Moisés. O lateral cruza rasteiro, e Talis afasta em definitivo.

8min – UUUUUUUH! Edenilson fica com a sobra de chute espirado de Mauricio e, da quina direita da grande área, emenda de primeira. Cetin, sem rebote, salva.

9min – CUEEEEEEEEEEESTA! Joãozinho invade a área colorada, faz a finta e, de frente para o gol, chuta rasteiro. Patrón trava com a perna esquerda. Salvou!

12min – Dourado entra, Liziero sai. Muda Medina.

14min – Anderson Magrão recebe de Eliomar, ajeita para a perna esquerda e chuta rasteiro. Com perigo, ela sai ao lado da meta vermelha.

19min – Amarelo para Bruno Méndez.

25min – Colocado, Edenilson cobra falta frontal. Forte, ela sai por cima.

27min – BONITA TRAMA! De pé em pé, Inter chega ao ataque. Taison abre o jogo em Moisés, que aciona Mauricio. Dele, de primeira, a bola chega em David, que cruza na direção de Wesley. Antes dele, a zaga afasta em definitivo!

28min – DANIEEEEEEEEEEEEEL! Da direita, Tony Jr. cruza bola fechada e forte, que Eliomar desvia na pequena área colorada. Em lance de puro reflexo, o goleiro espalma.

30min – ELE VOLTOU! O BEIRA-RIO CANTA PARA O SEU MAESTRO! D10S ESTÁ ENTRE NÓS! D’Alessandro substitui Taison e volta a vestir o manto colorado. Na mesma mexida, vem Caio no lugar de David.

38min – É DELE! É GOL DE D10S! É GOL DELE! É DO HOMEM! É DO MAESTRO DO BEIRA-RIO! DO CRAQUE NASCIDO PARA JOGAR NO INTER! DE UM DOS MAIORES ÍDOLO DE NOSSA HISTÓRIA! Praticamente da risca da grande área, D’Alessandro cobra falta rasteira. No canto de Cetin, ela mata o goleiro no pique e explode nas redes, fazendo chorar as quase 10 mil pessoas presentes no Gigante!

A Mais Vermelha ao lado de um dos maiores

39min – Cadorini entra, Wesley sai. Última troca no Inter!

40min – No União, quem vem a campo é Mazinho. Joãozinho sai.

45min – Mais duas trocas na equipe visitante: Daivison e Everton Sena vêm, Anderson Magrão e Eliomar vão.

45min – Mais quatro!

49min – FIM DE JOGO! VENCEMOS, E ELE VOLTOU!


Ficha técnica:

Internacional (2): Daniel; Gabriel Mercado, Bruno Méndez, Victor Cuesta e Moisés; Liziero (Rodrigo Dourado), Edenilson, Boschilia (Mauricio), Taison (D’Alessandro) e David (Caio Vidal); Wesley Moraes (Matheus Cadorini). Técnico: Alexander Medina.

União Frederiquense (0): Cetin; Lessa, Talis, Heltton e Jander; Igor Silva, Marquinhos, Tony Jr., Eliomar (Everton Sena) e Joãozinho (Mazinho); Anderson Magrão (Daivison). Técnico: Daniel Franco.

Gols: Wesley, aos 13’/1ºT, e D’Alessandro, aos 38’/2ºT (I).

Cartões amarelos: Liziero, Bruno Méndez e Mercado (I).

Arbitragem: Francisco Soares Dias, auxiliado por Mauricio Coelho Silva Penna e Artur Avelino Preissler. Quarto árbitro: Bruno Alexandre da Silva Leites.

Estádio: Beira-Rio.

Público: 9.871. Pagantes: 7.568. Adversários: 137. Menores: 514. Não pagantes: 1.652

Renda: R$ 321.997,40

Inter abre 2022 com vitória

Colorado superou o Juventude por 2 a 1/Foto: Ricardo Duarte

Estreia com o pé esquerdo! Contrariando o dito popular, o Inter contou com dois lindos canhotaços, de Mauricio e Yuri Alberto, para largar com vitória no Gauchão de 2022. Disputada no Alfredo Jaconi a partir das 16h, a partida, integrante da rodada de abertura do Estadual, foi encerrada com triunfo de 2 a 1 do Clube do Povo, que volta a campo no próximo sábado (29/01), às 19h, para enfrentar o União Frederiquense. Clique aqui e confirme sua presença no confronto do Beira-Rio!


Tarde de estreias

Medina estreou no comando do Inter/Foto: Ricardo Duarte

A partida desta quarta-feira foi a primeira disputada por Alexander Medina na casamata colorada. Sempre enérgico na beira do gramado, o técnico uruguaio escalou o Inter com três meio-campistas, e teve sua estratégia recompensada com o gol de Mauricio e a assistência de Boschilia, fundamentais na construção da vitória alvirrubra. Já durante o jogo, quem debutou com as cores do Clube do Povo foi o volante Liziero, contratado nesse início de temporada.

Liziero disputou sua primeira partida pelo Inter/Foto: Ricardo Duarte

Daniel voltou!

Desde o primeiro minuto de confronto, o Inter apresentou algumas das características que marcam o trabalho de Medina como técnico de futebol. As linhas altas, a pressão à troca de passes rival e a busca por um jogo mais vertical e agressivo são alguns dos traços que estiveram presentes no Alfredo Jaconi, misturados ao já costumeiro brilho de Daniel.

Daniel teve grande atuação em Caxias/Foto: Ricardo Duarte

Nos momentos de maior pressão do Juventude, que conseguia assustar especialmente pelo corredor esquerdo de seu ataque, a estrela do goleiro colorado apareceu para impedir qualquer mudança no placar. De parte do Clube do Povo, a melhor oportunidade, armada em veloz contra-ataque de Taison e Yuri Alberto, foi parada com falta de Capixaba. Na cobrança, Boschilia assustou, mas não conseguiu balançar as redes.


Canhotas decidem

O reinício de confronto do Inter foi perfeito no Jaconi. Logo aos três minutos, Moisés escapou pelo corredor esquerdo, invadiu a área e cruzou rasteiro para Mauricio. Com espaço e liberdade na altura da marca do pênalti, o meia dominou bonito antes de encher o pé e ver William, goleiro rival, voar em direção à bola, mas sem qualquer chance de defesa. Placar inaugurado.

O filme do primeiro gol foi repetido cinco minutos mais tarde, mas com outros protagonistas. Pela esquerda, quem disparou, soberano, foi Boschilia. Dentro da área, o cruzamento rasteiro foi recebido por Yuri, que também usou da perna canhota, após rápido domínio, para marcar. Inter 2 a 0, escore que persistiu até o minuto 35, quando Ricardo Bueno, de pênalti, descontou para os locais e deu números finais ao duelo.

Yuri Alberto festeja o segundo gol/Foto: Ricardo Duarte

Primeiro tempo

11min – CUESTA! Ricardo Bueno escapa pela esquerda do ataque alviverde, invade a área colorada e, com pouco ângulo, finaliza colocado. Zagueiro argentino consegue desviar o arremate, que sai em escanteio.

15min – Valeu, Bruno! Uruguaio percebe espaço na retaguarda adversária e dispara em velocidade até a intermediária ofensiva. Dali, percebe Yuri, e tenta o cruzamento para o atacante. Goleiro defende.

17min – Capixaba recebe com espaço na entrada da área colorada e finaliza rasteiro. Bruno Méndez bloqueia o arremate.

19min – Uh! Taison cobra falta pela esquerda da intermediária ofensiva. Na segunda trave, Dourado escora na direção de Cuesta, mas William deixa o gol e antecipa.

29min – Capixaba recebe cruzamento de Jadson e cabeceia no poste direito de Daniel.

33min – Yuri recebe de Taison, faz o giro em cima da marcação e, da entrada da área, finaliza rasteiro. William encaixa.

36min – Bruno Méndez retarda o reinício de partida e, por isso, recebe o amarleo.

38min – Capixaba derruba Yuri, que invadia a área, e é advertido com amarelo.

39min – UUUUUUUUUUUUUUUUUUUH! À direita da meia-lua, Boschilia cobra falta com enorme perigo. A bola morre na rede superior, levando grande perigo.

43min – Taison abre jogo com Heitor, que cruza fechado. Antes de Yuri, William defende.

44min – DANIEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEL! DANIEEEEEEEEEEEEEEEEEL! DANIEEEEEEEEEL! Ricardo Bueno é lançado na área colorada e resvala de peito na bola. Goleiro do Inter espalma, mas a bola sobra com Darlan, que solta canhotaço à queima-roupa. Já de pé, Daniel opera novo milagre para salvar o Clube do Povo.

45min – Mais quatro. Vamos a 49!

49min – Intervalo no Jaconi.


Segundo tempo

3min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! OU MELHOR, É GOLAAAAAAAAAAAAAÇO! UM FOGUETE! CANHOTAÇO! PINTURA! Moisés dispara em altíssima velocidade pelo corredor esquerdo, invade a área e cruza rasteiro. Mauricio aparece com liberdade na altura da marca do pênalti, domina, engatilha o chute e manda bomba indefensável. Placar inaugurado em 2022!

A Rádio Colorada narrou assim o gol de Mauricio

8min – MEU DEUS! MAIS UM! MAIS UM! E UMA PINTURA! GOLAÇO! GOL DO BRABO, GOL DO ARTILHEIRO, GOL DO CRAQUE! GOOOOOOOOOOOOOOOOOL DE YURI ALBERTO! Pela esquerda, novo, o Inter chega ao ataque, agora com Boschilia. Meio-campista também invade a área e, como fizera Moisés, cruza rasteiro. Desta vez, o domínio é de Yuri, que logo emenda chute forte de perna canhota, também sem chances de defesa.

Comemore o gol de Yuri na narração da Rádio Colorada

15min – POR CIIIIIIIIIMA! Mauricio recebe grande passe de Taison, vence a marcação e serve de Boschilia. De perna direita, o chute sai forte e supera o travessão.

16min – DANIIEEEEEEEEL! Parede recebe de Capixaba e finaliza forte de perna canhota. No ângulo, goleiro colorado voa para espalmar!

17min – Muda o Papo. Vem Rodrigo Bassani, sai Parede.

25min – Caio e Liziero entram no Inter. Mauricio e Boschilia deixam o campo.

26min – UUUUUH! Taison cobra falta fechada, a zaga não afasta e Caio, da marca do pênalti, aproveita o rebote. William defende firme.

33min – DA-NI-EEEEEEEEL! COMO JOGA! Bassani recebe lançamento de Jadson, aparece com espaço na entrada da área colorada e chuta forte. Mais uma vez, arqueiro do Clube do Povo opera milagre.

33min – Pênalti para o Juventude. Rodrigo Dourado recebeu o amarelo no lance.

35min – Ricardo Bueno desconta para os locais.

37min – Saem Chico, Capixaba e Ricardo Bueno para as entradadas de Hélio Borges, Dudu e Vitor Gabriel.

44min – Duas trocas no Clube do Povo: Johnny por Taison e Cadorini na vaga de Yuri.

45min – Moraes substitui Rafael Forster.

45min – Mais sete. Vamos a 52!

47min – Daniel recebe o amarelo por retardar o reinício de confronto.

49min – Kaique entra no Inter. Caio é o substituído.

52min – FIM DE JOGO! INTER ABRE 2022 COM VITÓRIA!


Ficha técnica:

Juventude (1): William; Rodrigo Soares, Danilo Boza, Rafael Forster e William Matheus; Jadson, Darlan e Chico (Hélio Borges); Guilherme Parede (Rodrigo Bassani), Ricardo Bueno (Vitor Gabriel) e Capixaba (Dudu). Técnico: Jair Ventura.

Internacional (2): Daniel; Heitor, Bruno Méndez, Victor Cuesta e Moisés; Rodrigo Dourado, Edenilson, Boschilia (Caio Vidal)(Kaique), Taison (Johnny) e Mauricio (Liziero); Yuri Alberto (Matheus Cadorini). Técnico: Alexander Medina.

Gols: Mauricio, aos 3’/2ºT, e Yuri Alberto, aos 7’/2ºT (I). Ricardo Bueno, aos 35’/2ºT (J).

Cartões amarelos: Capixaba (J). Bruno Méndez, Daniel e Rodrigo Dourado (I).

Arbitragem: Roger Goulart, auxiliado por Lucio Flor e Mateus Rocha. Quarto árbitro: Marcelo Pereira.

Estádio: Alfredo Jaconi-RS.

Pós-jogo: a repercussão da vitória sobre o Ypiranga

O grupo principal do Clube do Povo retornou aos gramados com vitória! No Beira-Rio, o Inter superou o Ypiranga, por 4 a 2, em partida da quarta rodada do Gauchão. Martín Anselmi, auxiliar técnico colorado, e Paulo Bracks, diretor executivo, concederam entrevista coletiva no encerramento da noite deste domingo (14/03) e repercutiram o bom resultado. Confira as principais aspas:

“Acabamos de iniciar um processo e, à medida que avançou a partida, começamos a fazer algumas das coisas que vínhamos treinando, apoiando-nos nas avaliações físicas e nos dados de como os jogadores chegaram do pequeno recesso. No segundo tempo, conseguimos nos acomodar um pouco melhor. Pouco a pouco, vamos tentar ir melhorando.”

Martín Anselmi

“Antes de mais nada, parabenizar essa nova comissão técnica, que estreou hoje, pela vitória. Parabenizar também o adversário, que quase subiu pra Série B no ano passado e que nos enfrentou com muita garra e luta. E parabenizar, também, o retorno do nosso centroavante Paolo Guerrero, depois de 210 dias sem jogar. Motivo de muito alegria para nós.”

Paulo Bracks

Ainda no gramado do Gigante, Edenilson e Paolo Guerrero conversaram de maneira exclusiva com a Mídia do Inter. Primeiro a falar, o camisa oito colorado, autor do terceiro gol na vitória vermelha, analisou a estreia do grupo no Estadual e comentou o tento que marcou, anotado em cobrança de pênalti. Assista:

Camisa 9 colorado, Paolo Guerrero voltou aos gramados após 210 dias afastado por lesão. O centroavante, que encerrou a partida como capitão do Clube do Povo, comemorou o retorno e destacou o trabalho de adaptação à nova comissão técnica do Internacional. Confira:

Pós-jogo: a repercussão da vitória diante do Ceará

O Inter segue no topo do Brasileirão! Após superar o Ceará por 2 a 0 na noite desta quinta-feira (10/09), o Clube do Povo chegou aos 20 pontos no Nacional, abrindo três de vantagem para o vice-líder Flamengo. Encerrada a partida, Thiago Galhardo, autor dos dois gols da noite, Marcelo Medeiros, presidente colorado, e Eduardo Coudet, comandante alvirrubro, concederam coletiva virtual para a imprensa brasileira. Confira os principais trechos:

“Sem dúvidas vivo um momento mágico, único. Estou muito feliz por tudo que tenho passado aqui no Internacional. Mas divido isso com os companheiros. O ataque nosso começa na defesa, com a construção, e nossa defesa começa no ataque, com a pressão.”

Thiago Galhardo

“Jogo a jogo, agora estamos pensando no jogo contra o Goiás. A liderança depende de nós, mas a gente sabe que, em um determinado momento, teremos algum tropeço. O trabalho tem que ser sério, consistente. Mas a nossa preocupação, agora, passa a ser o Goiás.

Marcelo Medeiros

“A vitória é importante, gostamos de ganhar. Repito que estamos tentando fazer o melhor, ter todos os jogadores nas melhores condições. Iniciamos o jogo um pouco nervosos, mas no intervalo corrigimos para deixar o time mais solto e cômodo dentro de campo.”

Eduardo Coudet

Ainda no gramado, Galhargol, o artilheiro do Brasileirão, e Renzo Saravia, lateral-direito de grande exibição nesta noite, conversaram com exclusividade com a mídia do Internacional. Confira a fala do goleador TG:

💬 FALA, THIAGOL! Artilheiro colorado comemora os números da equipe e parabeniza o grupo por mais uma vitória. 👏 #VamoInter 🇦🇹

Posted by Sport Club Internacional on Thursday, September 10, 2020

Feliz com a vitória e a manutenção da liderança, Thiago Galhardo destacou a jogada do segundo gol como um lance que exemplifica perfeitamente as ideias do Internacional do técnico Eduardo Coudet. Assista:

💬 FALA, THIAGOL! Artilheiro colorado comemora os números da equipe e parabeniza o grupo por mais uma vitória. 👏 #VamoInter 🇦🇹

Posted by Sport Club Internacional on Thursday, September 10, 2020