Raio-X: Pela CONMEBOL Sul-Americana, Colorado visita o Independiente Medellín

Passadas duas vitórias consecutivas no Brasileirão, o Inter agora volta suas atenções para o calendário continental. Pela terceira rodada da fase de grupos da CONMEBOL Sul-Americana, o Clube do Povo enfrenta o Independiente Medellín, às 21h30 desta terça-feira (26/04), na cidade de Pereira-COL. Confira, a seguir, todas as informações sobre a partida!


Transmissão 📻

A jornada mais vermelha do planeta, apresentada pela Rádio Colorada, estará no ar a partir das 20h30 desta terça-feira. Além da emissora oficial do Clube do Povo, você também poderá torcer com as redes sociais do Inter (TwitterInstagram e Facebook), que acompanharão o duelo com relato minuto a minuto. Com imagens, a Conmebol TV anuncia transmissão.

ProgramaçãoPlataformas
20h30Portões AbertosSite e APP do Inter
21h30Jornada EsportivaSite e APP do Inter
23h30Vestiário VermelhoSite e APP do Inter

Pra cima deles 💪

Equipe treinou na noite de segunda/Foto: Ricardo Duarte

O Inter conquistou sua segunda vitória consecutiva pelo Brasileirão no último sábado (23/04), quando bateu o Fluminense, no Maracanã, por 1 a 0. Horas depois do triunfo, a delegação colorada embarcou para Bogotá, onde chegou no início da tarde de domingo. Por lá, o grupo realizou atividades de academia, divididas entre um circuito físico para os atletas que não foram a campo no Rio de Janeiro e exercícios regenerativos para os jogadores que participaram do triunfo em solo carioca.

Dia de véspera da partida, a segunda-feira (25/04) também foi de deslocamento e trabalhos para o elenco alvirrubro, que encarou horas de espera no Aeroporto de Bogotá até partir em direção ao município de Pereira-COL, palco do jogo contra o Independiente. Concentrado na cidade de Armênia, contudo, o Clube do Povo ainda encarou trajeto de ônibus até o hotel em que ficará abrigado.

Já era noite quando o grupo de jogadores chegou ao Estádio Centenário de Armênia, onde Mano Menezes e comissão técnica encerraram os preparativos para a terceira rodada da CONMEBOL Sul-Americana. O endereço conviveu com treinos físicos e táticos que encaminharam os 11 nomes que irão a campo em busca do primeiro triunfo do Inter no certame continental, além de exercícios de bola parada ofensiva e defensiva.

Bigode (E), Reginho, Buiu e Banha – equipe de apoio presente na Colômbia/Foto: Ricardo Duarte

Relacionados 📜

Os jogadores relacionados para o jogo contra o Independiente Medellín são praticamente os mesmos que marcaram presença no Maracanã, à exceção de Rodrigo Moledo. O zagueiro segue um planejamento específico de condicionamento físico, uma vez que acaba de retornar aos gramados – e em grande estilo – após mais de 15 meses afastado por lesão. De resto, todos os atletas que enfrentaram o Fluminense estão concentrados na Colômbia. Confira a nominata que integra a delegação do Clube do Povo em Pereira-COL:

Goleiros:
Daniel;
Keiller;
Emerson Jr;
Laterais:
Fabricio Bustos;
Heitor;
Paulo Victor;
Renê;
Zagueiros:
Gabriel Mercado;
Bruno Méndez;
Vitão;
Meio-campistas:
Boschilia;
Edenilson;
Estêvão;
Gabriel;
Johnny;
Liziero;
Mauricio;
Rodrigo Dourado;
Atacantes:
Alemão;
Caio Vidal;
Carlos de Pena;
David;
Wanderson;
Wesley Moraes;
Mano Menezes tem 24 jogadores à disposição/Foto: Ricardo Duarte

Fala, Wanderson! 💬

Atleta que debutou pelo Inter na partida passada, o atacante Wanderson concedeu entrevista coletiva no final da tarde desta segunda-feira, já no município de Armênia. Atual camisa 11 colorado, o jogador confidenciou o desgaste compartilhado pelo grupo a partir da exigente viagem até a Colômbia, mas deixou claro que, acima de qualquer obstáculo imposto pelo calendário, o elenco buscará imediata recuperação para conquistar os três pontos no grupo E do torneio.

Foto: Ricardo Duarte

“É claro que foi uma viagem um pouco complicada para todos nós. O tempo de recuperação também não foi tão longo, foi bastante curto, mas isso faz parte do trabalho. Todos somos profissionais, e vamos fazer de tudo para recuperar bem e, amanhã, estarmos preparados para o jogo. Alimentação, descanso. Tudo isso influencia na recuperação. É isso que a gente vai fazer a partir de agora, trabalhar e recuperar, para amanhã estar inteiro.”

Wanderson

Wanderson também se mostrou extremamente satisfeito após estrear com as cores do Clube do Povo. Ponta-esquerda na formação que Mano Menezes levou a campo diante do Fluminense, o camisa 11 teve boa atuação no gramado do Maracanã, inclusive participando da jogada do gol colorado, marcado por Alemão. À vontade no Inter, o atacante ainda sublinhou que, acima da felicidade com o feito individual, toma o jogo passado como um importante marco para o restante da temporada alvirrubra.

Foto: Ricardo Duarte

“Fiquei feliz. O mais importante foi a vitória, independente da minha atuação. Acho que pude aportar bem ali na ponta-esquerda. Meu objetivo, antes e depois do jogo, sempre foi dar o máximo para o Inter vencer. Sempre sonhei em jogar no Brasil, e, desde o começo, falei que ia dar o meu máximo pelo Clube. Agora, é continuar trabalhando para levar o Inter ao lugar que verdadeiramente merece. Me identifiquei com bastante jogadores, o grupo me recebeu muito bem. Estou me sentindo já em casa.”

Wanderson

Por fim, Wanderson projetou a postura ambiciosa que será apresentada pelo Inter nesta noite de terça-feira. Até aqui, o Colorado soma dois pontos na fase de grupos da competição, conquistados através de empates com 9 de Octubre-EQU, fora de casa, por 2 a 2, e Guaireña-PAR, adversário que segurou o resultado de 1 a 1 no Beira-Rio. Agora, no fechamento do primeiro turno, o time de Mano Menezes tem a chance de assumir a liderança da chave em caso de triunfo sobre o rival colombiano.

“Pro grupo, essa vitória (no Maracanã) foi muito importante. Para a moral dos jogadores. E o importante é seguir vencendo. Não parar, de forma alguma, de trabalhar, de estar se esforçando fora dos jogos, o que é muito importante. Independente de qual seja o jogo, a gente sempre vai com a mentalidade de vencer. E independente de viagem, cansaço, a mentalidade é a mesma: chegar aqui e vencer. Vamos assim!”

Wanderson

Arbitragem 👨‍⚖️

Nicolas Lamolina apita, auxiliado por José Savorani e Mariana de Almeida. Quarto árbitro: Yael Falcón. Quarteto natural da Argentina.


História do DIM 🔎

Poderoso de la Montaña, Equipe del Pueblo, Rey de Corazones e DIM. São vários os apelidos que carrega o Deportivo Independiente Medellín, fundado no dia 14 de novembro de 1913. Potência do futebol colombiano entre as décadas de 1920 e 1940, o rival colorado desta terça-feira foi um dos precursores do processo de profissionalização do esporte no país, ocorrido às vésperas dos anos 1950.

Assim como o Inter, Medellín também tem história popular/Foto: DVG/DIM

Sob a batuta do ídolo José Manuel Moreno ‘El Charro’, o DIM seguiu protagonista no início da era profissional, levantando seus dois primeiros títulos nacionais em 1955 e 1957. Após anos de dificuldades, o Independiente reencontrou o caminho das taças na temporada de 1981, quando conquistou a Copa Colômbia. Já no Século XXI, a Equipe del Pueblo encarrilhou mais quatro troféus da Liga, erguidos em 2002, 2004, 2009 e 2016, e dois da Copa, vencida em 2019 e 2020.

Independiente conquistou a Copa Colômbia de 2020/Foto: DVG/DIM

Primeira equipe do futebol colombiano a completar 100 anos de história, em 2013, o DIM também é conhecido, especialmente entre seus torcedores, como o ‘Decano’ do país. A nível continental, o Medellín acumula participações destacadas tanto na Libertadores, competição na qual foi semifinalista em 2003, quando caiu para o Santos, quanto na Sul-Americana, torneio em que chegou às quartas de final no ano de 2017.


Momento do rival 🆚

Independiente vive bom início de temporada/Foto: DVG/DIM

Quarto colocado no Apertura, o Independiente Medellín conquistou 30 pontos nas 17 rodadas que já disputou do Nacional. Até aqui, a equipe tem o terceiro melhor ataque do torneio, dono de 24 gols marcados, um a menos do que o líder Tolima e o Atlético Nacional, atual terceiro. O ‘Poderoso’ ainda conta com o artilheiro da competição, Luciano Pons. O argentino de 31 anos, contratado no início da temporada, balançou as redes nove vezes no Colombiano, e 11 no acumulado de 2022.

Pons é o artilheiro do adversário/Foto: DVG/DIM

O DIM assegurou vaga na CONMEBOL Sul-Americana de 2022 após conquistar, no início do ano passado, a Copa Colômbia de 2020. O título garantiu ao Medellín vaga na primeira fase do certame continental, na qual o Independiente encarou, em jogos de ida e volta, os rivais locais do América de Cali. Como cada equipe levou a melhor na partida disputada em seus domínios, a classificação aos grupos foi decida nos pênaltis, vencidos pelo Independiente, fora de casa, por 3 a 1.

Invicto no mês de abril, o Independiente Medellín não perde há 10 jogos. Desde o último revés, sofrido justamente no confronto de volta da primeira fase da CONMEBOL Sul-Americana, os comandados de Julio Comesaña conquistaram seis vitórias e quatro empates. Em boa fase, o DIM, que já disputou 22 partidas no ano, ainda não foi batido em seus domínios, somando 10 triunfos e uma igualdade no Atanasio Girardot, além de 20 gols marcados e quatro sofridos.

Medellín eliminou o América em Cali/Foto: DVG/DIM

Para além do goleador Pons, outros destaques da equipe de Comesaña são o zagueiro Cadavid, vice-artilheiro do time na temporada, com cinco tentos marcados, o volante Arregui, que já balançou as redes quatro vezes, e ainda soma dois passes para gol, o polivalente meio-campista Pineda, o experiente atacante Felipe Pardo, recém-repatriado após mais de uma década no futebol do exterior, e o velocista Vladimir Hernández. Ex-jogador do Santos, o camisa 16 é o garçom do DIM em 2022, somando quatro assistências para seus companheiros.

Vladimir Hernández já defendeu o Santos/Foto: DVG/DIM

Na última vez que foi a campo, no sábado passado (23/04), o Independiente Medellín superou o Bucaramanga, fora de casa, por 3 a 2. A escalação titular nessa partida tem boas chances de ser repetida para o duelo contra o Inter, ainda com a ausência de Felipe Pardo, afastado por lesão desde a vitória de 2 a 1 do DIM sobre o 9 de Octubre, pela segunda rodada da CONMEBOL Sul-Americana. Assim, o provável time de Julio Comesaña conta com Vásquez; Arboleda, Moreno, Cadavid e Gutiérrez; Arregui e Pineida; Mosquera, Ricaurte (Loaiza) e Hernández; Pons.


Palco 🏟️

A partida desta terça-feira ocorrerá no Estádio Hernán Ramirez Villegas, e não no Atanasio Girardot, que está fechado para jogos em virtude dos preparativos para show do astro Maluma. Localizado na cidade de Pereira-COL, distante 260km de Medellín, o palco da terceira rodada da CONMEBOL Sul-Americana conta com capacidade para 30.313 pessoas, número atualizado após completa reforma para a Copa do Mundo Sub-20 de 2011, disputada 30 anos após a reinauguração do endereço – e conquistada pelo Brasil.

Panorama do Estádio Hernán Ramirez Villegas/Foto: José Tramontin/Athletico-PR

Grupo 📊

Somente os líderes de cada grupo avançarão de fase na CONMEBOL Sul-Americana, torneio que receberá, na fase de oitavas de final, os terceiros colocados das chaves da Libertadores. Vale lembrar que os turnos da competição continental não são disputados de forma espelhada. Por esta razão, o Inter, que estreou diante do 9 de Octubre, enfrentará o Guaireña na próxima semana. Antes disso, paraguaios e equatorianos se enfrentarão, nesta quarta-feira (27/04), no Defensores del Chaco.

Grupo EPJVEDGPGCSG
1) Independiente Medellín-COL42110541
2) Guaireña-PAR22020440
3) Internacional22020330
4) 9 de Octubre-EQU1201134-1
Inter pode assumir a liderança em caso de vitória/Foto: Ricardo Duarte

Inter desembarca na Venezuela

Menos de 24h após golear o Juventude e confirmar presença na final do Gauchão, o Clube do Povo desembarcou, no final da tarde deste domingo (09/05), na cidade de San Cristóbal. Capital do venezuelano estado de Táchira, o município sediará, a partir das 19h15 da próxima terça-feira (11/05), duelo entre Inter e Deportivo Táchira, válido pela quarta rodada do grupo B da Libertadores.

Agora é a hora de a gente virar a chave, pensar na Libertadores, no jogo contra o Deportivo Táchira. A viagem foi muito cansativa, oito horas, mas isso aí não é desculpa. Estamos preparados para fazer um bom jogo e levar mais uma vitória para Porto Alegre.

Rodinei, para o Canal do Inter

A rotina da delegação colorada foi intensa neste Dia das Mães. Às 10h, o grupo já se encontrava no Salgado Filho, de onde partiu para Manaus. A capital do Amazonas serviu de escala no trajeto até o Aeroporto Internacional de Santo Domingo. Dele, os representantes do Inter seguiram de ônibus até San Cristóbal, trecho responsável por uma das nove horas de duração total da viagem.

Elenco embarcou na manhã deste domingo/Foto: Ricardo Duarte

Breve, a preparação colorada para o duelo continental viverá seu último capítulo na tarde desta segunda-feira (10/05). Em território venezuelano, Miguel Ángel e comissão promoverão o único treinamento com vistas ao embate diante do Táchira. O técnico colorado inclusive comentou, em coletiva após o jogo contra o Juventude, sua visão sobre a maratona de jogos que vive o Colorado.

“A cabeça quer que nos recuperemos rápido, mas a realidade é que, quando se precisa jogar partidas seguidas, vão pesando as pernas. Hoje, vimos. A sequência com tão poucos dias de recuperação é complicada. Quando ganhas, fica um pouco melhor, porque está alegre. Mas é difícil. Temos que trocar o chip por um resultado que nos aproxime da classificação na Libertadores.”

Miguel Ángel Ramírez
Duelo do primeiro turno foi encerrado com vitória vermelha/Foto: Ricardo Duarte

Na Venezuela, o Inter defende a liderança da chave. Com duas vitórias nas primeiras três rodadas, o Clube do Povo soma os mesmos seis pontos do Always Ready-BOL, mas leva vantagem no saldo de gols, superior em quatro tentos. Lanterna do grupo, o Táchira tem três pontos, e busca, diante do Colorado, a reabilitação no torneio.

Patrick marcou o segundo na goleada do Inter

Inter e Deportivo se enfrentaram na segunda rodada da Libertadores. No Beira-Rio, o Colorado superou os visitantes por 4 a 0, gols de Cuesta, Patrick, Galhardo e Yuri. A goleada, vale lembrar, foi construída apesar de o Clube do Povo atuar em desvantagem numérica durante boa parte da etapa final.

“Fizemos um bom jogo contra eles dentro de casa, mas, com certeza, agora vai ser uma pedreira. Jogo difícil. Libertadores não tem jogo fácil, tem que guerrear, tem que lutar, mas o nosso time vem demonstrando isso. Raça nunca vai faltar, estamos conseguindo fazer belas partidas e impor o estilo que o Miguel vem pedindo.”

Rodinei, para o Canal do Inter

Embalado na competição depois de superar o Olimpia, por 6 a 1, na semana passada, o Clube do Povo será o segundo adversário do Táchira na Venezuela. Na estreia, o Deportivo derrotou o Olimpia, por 3 a 2, no Estádio Pueblo Nuevo, palco do confronto desta terça.

Estádio Pueblo Nuevo/Foto: Site Deportivo Táchira

A partida desta terça-feira contará com completa cobertura da Rádio Colorada. Mais vermelha da internet, a emissora oficial do Clube do Povo estará no ar a partir das 18h, e seguirá ao vivo até o encerramento de toda a repercussão do duelo. As redes sociais do Inter (@scinternacional no TwitterInstagram Facebook) também contarão com rico minuto a minuto. Torça com a gente!

A primeira excursão do Internacional

Foram necessários pouco mais de três anos de história para o Clube do Povo fazer sua primeira viagem para fora de Porto Alegre, ocorrida há 108 anos. Após 19 horas de viagem no vapor Itaúba, os jovens atletas colorados desembarcaram em Pelotas, para a realização de dois amistosos, no dia 9 de julho de 1912. A primeira partida, diante do União, ficou marcada por acachapante vitória de 6 a 0. Os gols foram marcados por Ribas (3), Vares (2) e Túlio.

O Inter ainda jogaria contra o Pelotas, dois dias depois, na Boca do Lobo. Encerrando a primeira excursão alvirrubra, os mandantes saíram de campo vencedores pelo placar de 2 a 1. Escalado no à época popular esquema 2-3-5, famosa “pirâmide”, o Colorado disputou os dois amistosos com o mesmo escrete: Barbiéri; Thomaz Ávila e Badu; Hugo, Lay e Argemiro Dornelles; Túlio, Simão, Pedro, Vares e Ribas

Time perfilado para a disputa de amistoso em Pelotas/Foto: Acervo Museu do Inter

Libertadores: pacote de viagem para jogo na Colômbia