Pós-jogo | “A vitória vale muito”, comemora Aguirre em entrevista coletiva

O início da tarde deste domingo (19/09) foi movimentado no Beira-Rio. Após contar com gol de Edenilson, marcado nos acréscimos da etapa final, para superar o Fortaleza por 1 a 0, o Clube do Povo chegou a sete jogos de invencibilidade e duas vitórias consecutivas no Brasileirão. Os feitos atingidos com o triunfo, bem como a maior proximidade da ponta de cima da tabela, foram repercutidos por Diego Aguirre em coletiva concedida depois do jogo. Confira as principais aspas:

“O resultado é o mais importante. Quem fala outra coisa, no futebol, para mim não é verdade. Mas, obviamente, temos que encontrar os caminhos para conseguir a vitória. Acho que hoje temos que valorizar muito os três pontos. Enfrentamos, na realidade, um dos melhores times do Campeonato Brasileiro, que está no G4, nas semifinais da Copa do Brasil. Então, a vitória vale muito. Tem muito valor.”

Diego Aguirre

“Mais um jogo em que não sofremos gols. Fomos competitivos, lutamos, brigamos e acreditamos. No final, procuramos a vitória e conseguimos. Estou feliz. Obviamente, sempre tem que trabalhar, sempre há coisas para melhorar, mas, quando você enfrenta um time que está em um bom momento, é normal que sofra, que tenha momentos de dificuldades. Nós superamos isso, e estou muito feliz. Essa é a verdade. Com certeza, vou comemorar muito. Nós sofremos muito quando estamos no futebol, porque dependemos do resultado e de momentos. Então, este é um momento de felicidade que sinto. Comemorei o gol, porque fazer nos acréscimos é sempre muito emocionante. De verdade, me sinto feliz, e temos que continuar com humildade, com trabalho, pois, pouco a pouco, vamos melhorar coisas. Continuar evoluindo.”

Diego Aguirre

Somos um time. Não há a parte esquerda, a parte direita, a parte do meio ou da frente. Não. Somos um time. Lembro que antes falavam dos problemas defensivos, e, hoje, acho que o Inter está defendendo muito. Quantos gols sofremos nos últimos jogos? Poucos. Isso precisa ser valorizado. A organização defensiva, a atuação do time todo. Estamos trabalhando muito para evoluir e, a cada jogo, tentar entregar mais.

Diego Aguirre

Herói do jogo, Edenilson conversou de maneira exclusiva com as redes sociais do Inter ainda no gramado do Beira-Rio. Artilheiro isolado do Campeonato Brasileiro com nove gols marcados, o camisa oito do Clube do Povo destacou a boa fase do Inter, comemorou os três pontos conquistados e reforçou a importância do foco no jogo a jogo, encarando cada jogo com uma final no calendário alvirrubro. Veja:

Quem também concedeu entrevista exclusiva para a Mídia do Inter foi o zagueiro Bruno Méndez. Dono de mais uma atuação extremamente segura na zaga colorada, o uruguaio festejou a alegria oferecida pelo elenco à Maior e Melhor Torcida do Rio Grande, valorizou o alto nível do adversário deste domingo e compartilhou a boa fase defensiva com todos os companheiros de time. Assista.

Edenilson marca nos acréscimos e Inter vence o Fortaleza no Beira-Rio

FOI COM EMOÇÃO! Na primeira partida que disputou no Beira-Rio neste mês de setembro, o Clube do Povo superou o Fortaleza, na manhã deste domingo (19/09), por 1 a 0. Marcado aos 47 do segundo tempo, o gol de Edenilson garantiu ao Inter sua segunda vitória consecutiva no Nacional, que leva o Colorado aos 29 pontos no Brasileirão de 2021.

Agora, a equipe volta suas atenções para a 22ª rodada do país, que será disputada no próximo domingo (26/09), às 16h, diante do Bahia. No Beira-Rio, o confronto envolverá equipes em realidades distintas na tabela. Afinal, enquanto o Inter luta pelo G6, o Tricolor de Aço, com 23 pontos conquistados até aqui, vive luta particular contra o rebaixamento.


Bola com o Inter, principais chances para os visitantes

Apesar do horário, é seguro afirmar que as duas equipes foram a campo bastante ligadas no Beira-Rio. Logo no primeiro minuto, Lucas Lima cruzou bola perigosa da esquerda, que Ângelo Henríquez finalizou com espaço na pequena área. Embora desperdiçada, a oportunidade empolgou os visitantes, que passaram a adiantar suas linhas e, com os alas colados em nossos laterais, e os atacantes atentos aos zagueiros vermelhos, incomodaram a saída de jogo do Clube do Povo. A resposta encontrada pelo Inter foi a aposta no corredor esquerdo de ataque.

Existente para levar o Inter ao campo ofensivo, o espaço no corredor esquerdo até ofereceu escapes agressivos para Moisés e Patrick, mas foi incapaz de colocar o Colorado dentro da área rival. Cerceada pela defesa cearense, a construção por passes foi substituída, no leque do ataque alvirrubro, pelos arremates de longa distância. O mais perigoso desses saiu dos pés de Mauricio, que quase abriu o placar, aos 40, em forte canhotaço. De sua parte, o Fortaleza assustou uma vez mais, ainda antes, no minuto 16, quando Éderson mandou por cima boa chance.


Não tá morto quem peleia

O Inter retornou dos vestiários com mudança, a partir da entrada de Boschilia no lugar de Mauricio. Quem dominou o reinício de confronto, porém, foi o time visitante, que criou duas boas tramas nos 10 minutos de abertura da etapa final. Aos poucos, o Clube do Povo passou a igualar as ações, e armou seus escapes aos 16 e 22, ambos arrematados por Yuri. Encerrando a primeira metade do segundo tempo, Saravia e David se envolveram em discussão ríspida e, por isso, foram punidos com o vermelho.

Menos atletas em campo, mais espaços para as equipes. Enquanto o Inter tratou de aproveitar os vazios, o Fortaleza forçou o antijogo, e teve sua postura complacente punida nos acréscimos. Jogador de Seleção Brasileira, Edenilson percebeu o entrosamento de Heitor e Yuri, que pegaram a zaga rival desatenta em cobrança de lateral rápida, e se projetou pela direita. Servido pelo atacante, o camisa oito finalizou sem ângulo, mas também sem chances. O nono gol do artilheiro do Nacional garantia ao Inter três pontos fundamentais.


Primeiro tempo

1min – Lucas Lima escapa pela esquerda e cruza na segunda trave, onde Ângelo Henríquez aparece com liberdade para finalizar. A bola sai ao lado, com perigo.

10min – UH! Moisés escapa pela esquerda e cruza na direção de Yuri. O atacante não chega na bola, mas Edenilson recupera a posse na segunda trave e deixa para Saravia, que levanta de canhota. Felipe Alves, de soco, corta o perigo.

12min – Assustou! Após escanteio cobrado pela esquerda por Moisés, Cuesta sobe mais do que a zaga rival e desvia ao lado do poste tricolor.

16min – QUASE, QUASE! Lucas Lima invade a área colorada pela direita e cruza rasteiro. Éderson, livre, leve e solto no retângulo pequeno, finaliza por cima.

19min – POR CIIIIIIIIIIIMA! Saravia faz fila pela direita e deixa com Mauricio, que é travado pela marcação. No rebote, Patrick solta o canhotaço, a bola desvia na marcação e quase mata Felipe Alves.

24min – Jussa avança pela esquerda e finaliza rasteiro. Daniel encaixa.

29min – Na esquerda da área colorada, Robson corta para a canhota e finaliza rasteiro. A bola cruza a extensão da meta e sai em tiro de meta para Daniel.

37min – UUUH! Yuri acha excelente ganchinho para Patrick, que finaliza forte, já dentro da área. A zaga trava, e o Inter tem escanteio.

39min – Encaixa, Felipe! Yuri recebe na intermediária ofensiva, corta para a perna direita e finaliza rasteiro. Goleiro do Fortaleza segura firme.

40min – PRA FOOOOOOOOOORA! Mauricio, também da intermediária de ataque, abre ângulo e manda o canhotaço. A bola resvala em Benevenuto e toma o caminho do ângulo, mas sai tirando tinta. Quase, quase!

45min – Mais dois. Vamos a 47!

46min – Blitz colorada! Inter roda a bola na intermediária de ataque por mais de um minuto. Pela direita, Lindoso é quem cruza, e Felipe Alves encaixa.

47min – Intervalo no Beira-Rio.


Segundo tempo

0min – Inter volta com Boschilia na vaga de Mauricio.

2min – Benevenuto recebe o amarelo por falta em Boschilia.

3min – Por cima! Boschilia, a alguns passos da meia-lua da grande área, cobra falta frontal. Forte, ela sai por cima.

4min – EM CIIIIIIIIIIIIIIMA DA LINHA! Robson recebe cruzamento da direita e finaliza de primeira. Daniel, providencial, espalma, mas o rebote é do atacante tricolor, que arremata sem chances para o goleiro do Inter. Moisés, debaixo das traves, aparece para salvar o Clube do Povo.

10min – Lucas Lima e Crispim tabelam pela esquerda, o primeiro cruza de canhota, e Daniel espalma. No rebote, Pikachu tem espaço, e finaliza, com desvio, para fora.

13min – Bruno Méndez amarelado por falta em Robson. Dourado contesta e também leva cartão.

16min – Yuri recebe em frente à meia-lua, ajeita ângulo para a canhota e manda por cima. Boa oportunidade.

19min – David vem no Fortaleza. Ângelo Henríquez é o sacado.

23min – SAAAAAAAAAAAAAAAALVA, FELIPE! Dourado oferece assistência açucarada para Edenilson, que emenda voleio cinematográfico para servir Yuri. Na pequena trave, o camisa 11 cabeceia rasteiro, mas não marca por milagre do goleiro, que defende com o pé.

23min – Guerrero e Paulo Victor entram no Inter. Lindoso e Moisés deixam o campo.

27min – Após grande confusão na lateral-direita colorada, Saravia e David são expulsos.

28min – UUUUUUUUUH! Boschilia recebe de muito longe e, com espaço pelo centro, solta a bomba. A bola toma curva e quase trai Felipe Alves, mas o goleiro consegue espalmar.

29min – Lucas Lima e Robson substituídos por Vojvoda. Depietri e Wellington Paulista entram.

34min – Heitor por Patrick. Nova troca no Clube do Povo.

36min – DANIEEEEEEEEEEEEEEEEEEL! Lucas cobra falta em dois toques, rolando para Éderson. O volante enche o pé, a bola desvia e quase encobre o goleiro colorado, que voa para espalmar em escanteio.

44min – Pikachu e Crispim dão lugar a Edinho e Ronald. Completas as trocas do Fortaleza.

45min – Jogo irá a 50. Mais cinco!

46min – UUUUUUUUUUUUUH! Guerrero arma contra-ataque para o Inter e deixa Yuri em boas condições pela esquerda. O camisa 11 corta para o fundo e finaliza forte, rasteiro. Felipe encaixa.

47min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É DO INTER! É DO CLUBE DO POVO! É DO COLORADO GAÚCHO! É DA ACADEMIA DO POVO! É GOL DE SELEÇÃO, É GOL DE CRAQUE, É GOL DE SUPEREEEEEEEED! INTER NA FREEEEENTE! Yuri Alberto, pela direita, recebe cobrança rápida de lateral de Heitor e serve Edenilson. O camisa oito invade a área em altíssima velocidade e, mesmo sem ângulo, finaliza rasteiro. Com a perna direita, a bola ainda desvia no poste esquerdo de Felipe Alves antes de morrer nas redes. COMO JOGA EDENILSON, POR FAVOOOOR!

O gol de Edenilson na voz da Rádio Colorada

48min – Na comemoração, Moisés recebeu o amarelo.

49min – Entra Johnny, sai Boschilia. Quinta troca no Clube do Povo!

50min – FIM DE JOGO! INTER VENCE NO BEIRA-RIO!


Ficha técnica:

Internacional (1): Daniel; Saravia, Bruno Méndez, Victor Cuesta e Moisés (Paulo Victor); Edenilson, Rodrigo Lindoso (Paolo Guerrero), Rodrigo Dourado e Patrick (Heitor); Mauricio (Boschilia)(Johnny) e Yuri Alberto. Técnico: Diego Aguirre.

Fortaleza (0): Felipe Alves; Daniel Guedes, Marcelo Benevenuto e Titi; Yago Pikachu (Ronald), Éderson, Matheus Jussa, Lucas Crispim (Edinho) e Lucas Lima (Depietri); Robson (Wellington Paulista) e Ângelo Henríquez (David). Técnico: Juan Pablo Vojvoda.

Gol: Edenilson, aos 47’/2ºT (I).

Cartões amarelos: Bruno Méndez, Moisés e Rodrigo Dourado (I). Marcelo Benevenuto (F).

Cartões vermelhos: Saravia (I). David (F).

Arbitragem: Edina Alves Batista, auxiliada por Neuza Ines Back e Leila Naiara da Cruz. Quarto árbitro: Jonathan Benkenstein Pinheiro. VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral.

Estádio: Beira-Rio.

Bastidores do 1 a 0 colorado na Ilha do Retiro

O Clube do Povo abriu o returno do Brasileirão com vitória fora de casa. Na Ilha do Retiro, Patrick marcou para garantir o 1 a 0 colorado, que levou o Inter aos 26 pontos e ampliou a sequência invicta do time de Aguirre para seis jogos. Confira os Bastidores do confronto:

Inter abre returno com vitória de 1 a 0 em cima do Sport

Com gol de Patrick logo aos três minutos, o Inter superou o Sport, na noite desta segunda-feira (13/09), pelo placar de 1 a 0. A vitória, conquistada na Ilha do Retiro, leva o Clube do Povo aos 26 pontos, e deixa o time de Aguirre na nona colocação. No próximo domingo (19/09), o Colorado recebe o Fortaleza, às 11h, pela 21ª rodada do Brasileirão.


Trio de ataque funciona

O Inter foi a campo com novidades. Sem Dourado, Aguirre devolveu Edenilson para a segunda função do meio de campo e colocou Caio Vidal na ponta-direita. Patrick seguiu na esquerda, e Yuri permaneceu no comando de ataque. Com esse desenho, o trio ofensivo funcionou logo aos três, quando Caio acionou Yuri. Na área rival, o camisa 11 serviu nosso Pantera, que abriu o placar para o Clube do Povo na Ilha do Retiro.

O Sport armou forte pressão nos minutos que sucederam o tento de Patrick. A falta de eficiência, porém, abreviou o sonho do empate, tornando o Leão, desiludido, menos agressivo em campo, ofensivamente restrito a explorar o pivô dos centroavantes Mikael e André. Também a dupla foi incapaz de igualar o marcador, que seguiu em 1 a 0 para o Inter até o início do intervalo.


Sport pressiona, Inter segura

A agressividade que faltou ao time da casa na etapa inicial se fez presente no segundo tempo. Dos vestiários, o Sport regressou com a entrada de Paulinho Moccelin no lugar de Sabino, desfazendo o esquema com três zagueiros e adicionando força ao ataque, que passou a incomodar o Internacional. Ainda mais ofensivo na reta final do confronto, quando Thiago Neves, Everaldo e Tréllez foram alçados a campo, o Leão, de fato, criou suas chances, mas esbarrou seguidas vezes em Daniel, além de parar na trave, e seguiu zerado no marcador.

Quem balançou as redes no segundo tempo foi Yuri Alberto, mas em lance anulado por impedimento do avante colorado. Com espaço para os contra-ataques, o Inter também assustou com Guerrero, interrompido por milagre de Mailson, e uma vez mais Yuri, que mandou pela linha de fundo chance importante. Felizmente, as oportunidades não fizeram falta, e o Clube do Povo chegou ao seu sexto jogo de invencibilidade no Nacional.


Primeiro tempo

3min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É DO IIINTER! É DO PANTEEEEEEERA! É GOL, É GOL, É GOL, É GOOOOOOOOOOOOOL! QUE INÍCIO COLORADO! Caio recebe com espaço pela intermediária direita de ataque e estica jogo até Yuri. Dentro da área, o camisa 11 cruza rasteiro, na medida para Patrick. Debaixo das traves, o Pantera completa sem a menor dificuldade para abrir a conta.

O gol de Edenilson na narração da Rádio Colorada

6min – Hayner escapa pela direita e cruza aberto. Na pequena área, pela esquerda, Sander solta o canhotaço. Por cima, assustou!

8min – Mikael faz o pivô na área colorada e finaliza. Tiro de meta para Daniel.

15min – UH! Edenilson serve Mauricio, que recebe na entrelinha adversária, avança até a altura da meia-lua e finaliza rasteiro. Mailson encaixa.

20min – TAPA DE SELEÇÃO! Edenilson percebe Saravia com espaço para atacar a direita da área rubro-negra e serve o lateral, que finaliza mascado. Mailson encaixa.

27min – Moisés recebe na intermediária esquerda de ataque e finaliza cruzado. A bola cruza a extensão da área e sai em tiro de meta.

28min – Sander caça Caio Vidal e é advertido com amarelo.

32min – QUE TRAMA! Moisés vai ao fundo pela esquerda e cruza rasteiro. Patrick domina, faz a embaixadinha e aciona Yuri, que finaliza de primeira. Mailson encaixa.

41min – André escapa pela ponta direita e cruza fechado. A bola toma curva, explode no travessão e sai em tiro de meta para o Inter.

45min – Mais dois. Vamos a 47!

46min – DANIEEEEEL! Everton Felipe cobra escanteio pela direita, a bola espirra na primeira trave e toma o endereço da pequena área colorada. Antes de Thyere, goleiro do Inter corta de soco.

47min – Primeiro tempo encerrado. Inter defende vitória parcial!


Segundo tempo

0min – Time da casa volta com mudança. Sabino sai, Moccelin vem.

0min – Guerrero representa a novidade colorada. Caio deixa o campo.

8min – Everton Felipe percebe Mikael com liberdade e lança de três dedos. Camisa 99 rival finaliza, mas sem direção.

12min – Hayner amarelado por falta em Mauricio.

14min – Mais um na conta. André puxa Moisés e recebe o amarelo.

15min – André deixa o campo. Entra Thiago Neves.

16min – Yuri recebe o amarelo. Detalhe: ele sequer tocou no adversário. Saiu no grito.

16min – Neves deixa para Moccelin, que cruza rasteiro. Na pequena área, Cuesta corta o perigo.

17min – Sander escapa pela esquerda e cruza forte. A bola passa na frente de Daniel e chega com perigo na segunda trave, mas Mikael falha em desviar.

18min – Mauricio dá lugar a Johnny.

20min – POR CENTÍMETRO! Cuesta cobra falta em velocidade, como manda a jogada ensaiada do elenco colorado. Yuri recebe, invade a área rival em velocidade e manda para as redes, mas é flagrado em impedimento.

25min – Everaldo entra no Sport. Everton Felipe deixa o campo.

28min – MILAAAAAAAAAGRE! Yuri arma contra-ataque em altíssima velocidade. Na direita da intermediária ofensiva, o camisa 11 percebe Guerrero invadindo a área livre e serve o peruano, que finaliza colocado. Mailson salva.

29min – DANIEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEL! Mikael, na segunda trave, sobe mais do que a zaga colorada e desvia para baixo. Goleiro do Inter espalma, tirando a bola praticamente de dentro do gol, e salva o Clube do Povo.

31min – MAIIIIIILSON! Jogo fica lá e cá. Guerrero aciona Patrick nas costas da zaga, o Pantera avança pela esquerda e chuta cruzado. Goleiro defende, dá rebote, e retoma a posse.

33min – Zé Welison sai, Tréllez entra.

34min – Johnny entorta Hayner e serve Patrick. Na esquerda da grande área, ele domina e busca Guerrero, que finaliza de carrinho, mas travado pela zaga. Canto bola!

35min – UUUUUH! De pé em pé, o Inter chega. Lindoso serve Yuri, que abre ângulo no domínio e bate cruzado. A bola faz menos curva do que o esperado e sai em tiro de meta.

36min – Hayner cruza da direita da área colorada. Tréllez finaliza de primeira e a bola explode no poste.

37min – Heitor é chamado por Aguirre. Yuri sai.

38min – Marcão recebe o amarelo por impedir contra-ataque armado por Bruno Méndez.

45min – Vamos a 50.

47min – MILAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAGRE! DANIEL, DANIEL, DANIEEEEEL! Tréllez, na segunda trave, recebe cruzamento rasteiro e finaliza. Goleiro colorado sai muito bem do gol e defende.

50min – Fim de papo! Inter vence em Recife!


Ficha técnica:

Sport (0): Mailson; Hayner, Sabino (Moccelin), Rafael Thyere, Chico e Sander; Marcão, Zé Welison (Tréllez) e Everton Felipe (Everaldo); Mikael e André (Thiago Neves). Técnico: Gustavo Florentín.

Internacional (1): Daniel; Saravia, Bruno Méndez, Cuesta e Moisés; Caio Vidal (Guerrero), Edenilson, Rodrigo Lindoso e Patrick; Mauricio (Johnny) e Yuri Alberto (Heitor). Técnico: Diego Aguirre.

Gol: Patrick, aos 3’/1ºT (I).

Cartões amarelos: Sander, Marcão, Hayner e André (S). Yuri Alberto (I).

Arbitragem: André Luiz de Freitas Castro, auxiliado por Nailton de Sousa Oliveira e Rafael Trombeta. Quarto árbitro: Rodrigo Pereira de Lima. VAR: Marcio Henrique de Gois.

Estádio: Ilha do Retiro-PE.

Edenilson estreia pela Seleção durante vitória brasileira sobre o Peru

SuperEd é seleção!/Foto: Lucas Figueiredo/CBF

O dia 9 de setembro de 2021 jamais será esquecido por Edenilson. Aos 31 anos e 266 dias de idade, o camisa oito colorado disputou, nesta quinta-feira (09/09), sua primeira partida pela Seleção Brasileira. Ao todo, SuperEd atuou durante 11 minutos na vitória de 2 a 0 da Canarinho sobre o Peru, válida pela 10ª rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022 e sediada na Arena Pernambuco.

Convocado por Tite no final do mês de agosto, o meio-campista foi entrevistado na Zona Mista Virtual organizada pela CBF após a partida. Nos bastidores da Arena Pernambuco, Edenilson destacou a receptividade dos nomes mais tarimbados do grupo junto aos estreantes da Seleção, acolhimento importante para que os trabalhos fossem realizados da melhor maneira possível.

“O que eu levo é a força do grupo. Desde o primeiro dia, me receberam muito bem, trataram como se eu já estivesse aqui. Isso facilita. Foi uma experiência única. O professor falou, logo no começo, para a gente deixar de lado o orgulho e concentrar na partida, e foi isso que tentei fazer. Queria trabalhar com a maior seriedade possível para poder ajudá-los.”

Edenilson
Edenilson saiu do banco nesta quinta-feira/Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Ed entrou em campo aos 38 minutos do segundo tempo. Com a 15 às costas, o meio-campista acertou todos os seis passes que deu para seus companheiros, e também obteve êxito no lançamento que arriscou. Segura, a atuação toma contornos ainda mais positivos quando considerada a expectativa natural que tomou o atleta no momento em que foi chamado por Tite.

“Esse é o sonho de todo jogador, de todo menino brasileiro. A gente sonha, mas nunca sabe como vai ser o sonho quando realizado. Se entra querendo fazer de tudo um pouco, mas, também, precisa estar concentrado para fazer os movimentos treinados. Como falei, estou aqui há mais de 10 dias treinando intensamente, igual aos meus companheiros, e procurei entrar para ajudá-los a manter o resultado que já tinha sido construído.”

Edenilson
Meio-campista não errou nenhum passe na partida/Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Será breve o intervalo até a próxima Data FIFA, uma vez que o Brasil volta a campo já no dia 7 de outubro, quando visitará a Venezuela. Logo depois, na terça-feira dia 12, o Uruguai enfrentará os comandados de Tite na Arena da Amazônia, em Manaus. Até lá, Edenilson, atual artilheiro do Brasileirão ao lado de Bruno Henrique e Gilberto, todos com oito gols, sabe o que precisa fazer para seguir monitorado de perto pela comissão canarinho.

“O mesmo que me trouxe até aqui, ou mais,

já que a gente sempre tem margem de melhora;

é isso que vou procurar fazer para, quem sabe,

ser lembrado nas próximas.”

Edenilson
Atleta colorado buscará novas convocações para a Seleção/Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Que se diga: nada têm de clubistas os elogios feitos a Edenilson. Até mesmo o volante Casemiro, um dos melhores do mundo na posição, destacou o desempenho apresentado por SuperEd nas atividades realizadas pela Seleção. Um dos capitães de Tite, o camisa cinco comemorou, em entrevista concedida ainda no gramado, logo depois do apito final, o vasto leque de alternativas atualmente disponíveis para o meio de campo do Brasil.

O Edenilson fez bons treinamentos,

entrou bem no jogo hoje.

Isso é bom para abrir o leque,

porque nós temos, no mínimo,

três seleções de grandes jogadores.”

Casemiro
Casemiro (5) elogiou o desempenho de Edenilson/Foto: Lucas Figueiredo/CBF

De todos os sorrisos que despertou com sua estreia pelo Brasil, porém, o mais comemorado por Edenilson certamente foi o de seu filho Murilo. Há cerca de duas semanas, o garoto não conteve as lágrimas quando soube da convocação do pai, proporcionando cena que conquistou a todos pelo país. Nesta quinta, a emoção deve ter tomado conta da família dos Santos mais uma vez. Vez esta que, no que depender da ambição do super-herói da casa, está longe de ser a última.

Brasil tem classificação encaminhada

Devido à suspensão do clássico diante da Argentina, que seria disputado no último domingo (05/09), e também ao adiamento de partida contra a Colômbia, que integra a quinta rodada, o Brasil disputou somente oito partidas até aqui nas Eliminatórias da Copa do Mundo, e venceu todas. Com 24 pontos, a equipe de Tite lidera lidera com folga a corrida das seleções sul-americanas pelas quatro vagas diretas para o Mundial do Catar.

Sub-18 vence na abertura da segunda fase do Brasileirão

Gurias seguem 100% no Brasileirão Feminino/Foto: Adriano Fontes/CBF

As Gurias Coloradas abriram em grande estilo a segunda fase do Brasileirão Sub-18. O confronto diante do Flamengo, disputado a partir das 15h30 desta segunda-feira (16/08), contou com gol de Carol Gil para o Clube do Povo, que, com a vitória de 1 a 0, segue 100% no Nacional da categoria. Na próxima quarta-feira (18/08), no mesmo horário, o Inter enfrenta o Santos, também no CT de Sorocaba.

Gurias criaram boas chances no primeiro tempo/Foto: Adriano Fontes/CBF

Bastante truncado e com poucas chances para os dois lados, o primeiro tempo viu o Inter levar maior perigo nas escapadas que construiu. Aos 20 minutos, Duda Flores ficou com a sobra de confusão na área carioca e, de primeira, chutou forte para defesa da goleira rubro-negra. Pouco depois, Loirão serviu Carol Gil, que finalizou abafada pela arqueira, e quase desempatou.

Reiniciado o duelo, o Flamengo armou seu momento de maior pressão no embate. Para azar das cariocas, as Gurias Coloradas contam com a segurança de uma goleira de Seleção, que provou seu valor com milagre cinematográfico após chute de Pimenta. Violento, o arremate foi espalmado por Gabi Barbieri para escanteio.

Gabi Barbieri festeja com companheiras de time/Foto: Adriano Fontes/CBF

Campeãs do Nacional em 2019 e vice na temporada passada, as Gurias Sub-18 são reconhecidas pela qualidade técnica que exibem em cada campeonato. Em partida marcada pelo duelo físico, porém, as atletas do Clube do Povo também souberam se impor contra as rivais. Aos 20 do segundo tempo, Carol Gil apertou a saída de bola rubro-negra e, diante da hesitação da goleira adversária, decidiu pressionar o chute. Resultado? Bola espirrada na avante colorada e endereçada às redes cariocas.

Vitória deixa Inter com grandes chances de avançar de fase/Foto: Adriano Fontes/CBF

O gol de Carol Gil garantiu três pontos importantíssimos para as Gurias Coloradas. Disputada em dois quadrangulares, a segunda fase do Brasileirão Feminino Sub-18 conta com apenas três partidas. Superadas estas, as duas equipes de melhor campanha em cada grupo avançarão para as semis. No momento, o Inter é vice em sua chave, empatado em pontos com o líder Corinthians.

Quarta-feira tem mais!/Foto: Adriano Fontes/CBF

Ficha técnica:

Internacional: Gabi Barbieri; Livia, Mari Barbieri, Duda Flores e Liriel; Kamila (Ju Romanelli), Ket, Teté (Berchon), Maju e Carol Gil (Milene); Loirão (Gabi Bortolon). Técnico: Fábio Sanhudo.

Gol: Carol Gil, aos 20’/2ºT (I).

Arbitragem: Matheus Delgado Candançan, auxiliado por Veridiana Contiliani Bisco e Leandro Matos Feitosa. Quarta árbitra: Bruna Serra Oliveira.

Estádio: CT do Sorocaba 1-SP.

“Muita coisa boa está acontecendo”, comemora Aguirre no pós-jogo colorado

O Clube do Povo contou com dois gols de Edenilson, um de Yuri Alberto e outro de Guerrero para superar o Fluminense por 4 a 2 e vencer a segunda seguida no Brasileirão. Após o jogo, Diego Aguirre e Emílio Papaléo Zin concederam entrevista coletiva na sala de imprensas do Beira-Rio, e você confere, a seguir, as principais aspas dos representantes alvirrubros:

“O time, aos poucos, vai tomando identidade. Fizemos um bom jogo, como já vínhamos fazendo. A atuação quase foi castigada, mas, no final, o time reagiu e conseguimos os gols. Muita coisa boa está acontecendo. Oito gols em dois jogos, duas vitórias consecutivas. As coisas estão melhorando, estamos voltando à paz, e a identidade do time está clara e se afirmando.”

Diego Aguirre

“Ainda temos muita coisa para melhorar. Estamos em dívida com a torcida, sabemos disso. Queríamos dar mais alegrias, antes não conseguimos, mas agora estamos no caminho. Precisamos olhar para a frente, fazer uma boa semana e preparar para o próximo jogo. Esse é o nosso objetivo.”

Diego Aguirre

Resumindo: O clima é o melhor possível.

Nós temos oito gols em dois jogos.

E contra a dupla Fla-Flu!

Não é pouca coisa isso,

e o torcedor merece.

Emílio Papaléo Zin
Inter conquistou grande vitória neste domingo/Foto: Ricardo Duarte

Também depois do apito final, mas ainda no gramado do gigante, os atacantes artilheiros da noite conversaram de maneira exclusiva com a Mídia do Inter. Primeiro a falar, Yuri Alberto destacou a confiança elevada do grupo, além de comemorar seu quarto gol em dois jogos. Veja:

O brabo voltou! Paolo Guerrero marcou seu segundo gol na temporada, primeiro no Beira-Rio, e comentou o alívio por se reencontrar com as redes após longo período afastado por lesão. Assista:

Inter marca dois nos acréscimos e supera o Fluminense por 4 a 2 no Beira-Rio

Vence o Clube do Povo no Beira-Rio! Com boa dose de emoção, o Colorado superou o Fluminense, na noite deste domingo (15/08), por 4 a 2. Edenilson, duas vezes, Yuri Alberto e Guerrero marcaram os gols do Inter, que garantiu o triunfo com dois gols nos acréscimos e chegou à segunda vitória consecutiva no Nacional.

+ Confira as entrevistas pós-jogo;

+ Assista aos melhores momentos da partida;

O Clube do Povo volta a campo no próximo domingo (22/08), às 18h15, pela 17ª rodada do Brasileirão. Na Vila Belmiro, o Colorado visita o Santos em confronto direto, uma vez que o Inter, agora nono, tem os mesmos 21 pontos do Peixe, mas está à frente na tabela pelos critérios de desempate.


Inter começa melhor, Fluminense pressiona no final

Disposto com a mesma formação que goleou o Flamengo na rodada passada, o Inter abriu o placar logo aos sete, quando Edenilson recebeu cruzamento de Cuesta e desviou no contrapé do goleiro. A mudança no escore motivou postura mais ofensiva do Fluminense, mas que não resultou em maior criação de jogadas de parte do Tricolor. Assim, os comandados de Aguirre seguiram no comando da partida após o tento.

Superada a casa dos 25 minutos, o jogo voltou a presenciar grandes emoções, também criadas pelo Clube do Povo. Bem postado, o Inter forçou seguidos erros do rival, respondidos com a velocidade de Taison na construção de contra-ataques. A oportunidade mais clara, que contou com drible do 10 vermelho no goleiro, foi cortada, em cima da linha, pelo zagueiro Nino.

As chances que faltaram aos visitantes durante os 40 minutos iniciais apareceram em grande volume nas vésperas do intervalo. Logo na primeira, Yago, servido por André, marcou o de empate do Fluminense. Depois, Abel Hernández ainda construiria bom movimento de pivô, mas defendido, com o pé, por Daniel.


Foi com emoção!

Na etapa final, quem começou melhor foi o Fluminense, que criou boas chances na primeira dezena de minutos. Uma vez mais, porém, a máxima de que quem não faz, leva, foi posta à prova. Após grande troca de passes pelo corredor esquerdo, Moisés escapou em direção à linha de fundo e cruzou rasteiro, na medida para Yuri desviar para as abertas redes visitantes.

Os contra-ataques, então, apareceram novamente, mas teimaram em não entrar. Até por isso, o tento de Nino, aos 38, tomava contornos de injusto castigo ao Colorado. Injusto e, felizmente, não confirmado, graças à genial percepção de Edenilson, que recebeu nova assistência de Cuesta para, já nos acréscimos, marcar o terceiro. Que não foi o último.

Guerrero merecia deixar o seu. Recuperado de lesões que prejudicaram seu primeiro semestre de temporada, o camisa nove colorado recebeu bom passe de Palacios após escanteio do Fluminense. Com campo aberto pela frente, o peruano avançou até a grande área carioca e, pela direita do retângulo, finalizou forte, rasteiro e indefensável. Agora sim, placar encerrado: Inter 4 a 2!


Primeiro tempo

7min – GOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É DO INTERNACIONAAAAAAAL! É DO CLUBE DO POVO! É DA ACADEMIA DO POVO! É DO COLORADO ALEGRIA DOS NOSSOS CORAÇÕES! Inter roda a bola por mais de um minuto, fazendo dançar a defesa carioca. Pela intermediária esquerda de ataque, Cuesta recebe com espaço e levanta com precisão na segunda trave. Edenilson, mortal como de costume para atacar os espaços, desvia no contrapé de Marcos Felipe e abre o placar no Beira-Rio!

A narração da Rádio Colorada para o gol de Edenilson

20min – Egídio vai ao fundo pela esquerda e cruza na segunda trave. Luiz Henrique consegue o desvio, mas travado por Moisés, e a bola não toma a direção da meta colorada.

26min – Amarelo para Yuri, que comete falta de ataque em Nino.

28min – UUUUUUUUUH! Taison dispara em altíssima velocidade e serve Moisés, que abre jogo para Edenilson. Livre na quina direita da grande área, o camisa oito levanta, Marcos Felipe não corta, mas Yuri passa em frente à bola. Na sobra, Taison recupera e serve Patrick, que chuta bloqueado.

29min – EM CIIIIIIIIIIIIIIMA DA LINHA! Yuri recupera a posse na saída de jogo rival, progride até as cercanias da área e serve Taison, que dribla Marcos Felipe e finaliza. Nino, praticamente debaixo das traves, corta.

38min – UH! Taison escapa em novo contra-ataque e deixa para Dourado, que não consegue o domínio. A bola espirra na zaga carioca e quase morre nas redes tricolores.

39min – POR CIMA! Yuri recebe na intermediária ofensiva, corta para a perna direita e arrisca uma bomba. Forte demais, ela sai levando perigo.

44min – André acha Yago nas costas da zaga colorada, e o camisa 20 finaliza com tranquilidade para empatar.

45min – Vamos a 47. Placa indicou mais dois.

46min – DA-NI-EEEEEL! Yago Felipe faz boa jogada e serve Abel Hernández, que consegue o giro dentro da área e finaliza de canhota. Goleiro salva o Inter.

47min – Intervalo no Beira-Rio.


Segundo tempo

5min – Após confusão na área visitante, Saravia fica com a sobra e, de muito longe, finaliza. Marcos Felipe encaixa.

7min – Egídio cobra escanteio da esquerda. Na primeira trave, ela é desviada por Abel, mas Yuri consegue cortar pela linha de fundo.

11min – DANIIIIEEEEL! Luiz Henrique invade a área colorada pela esquerda e solta a bomba. Goleiro defende, a bola rebate no atacante adversário e sai em tiro de meta.

13min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É DO IIIINTEEEEEEEEER! É DO CLUBE DO POVO! É DA ACADEMIA COLORADA! YURI, YURI, YURI ALBEEEEEEEEEERTO FAZ FESTEJAR A MAIOR E MELHOR TORCIDA DO RIO GRANDE! Não é replay não, viu? Inter roda a bola com enorme qualidade e ela chega até a esquerda de ataque. Desta vez, na medida para Moisés, que estica no fundo e cruza por baixo. Yuri, nas costas da marcação, aparece livre na pequena área para desempatar no Beira-Rio.

Comemore o gol de Yuri com a Mais Vermelha

17min – Saravia deixa o campo. Entra Heitor no Inter.

22min – Lindoso recebe o amarelo por falta em Martinelli.

28min – MILAAAAAAAAAAAAAAGRE! Taison arma mais um contra-ataque em altíssima velocidade, desde o campo de defesa, e recebe a companhia de Edenilson e Yuri. Pela esquerda, o camisa 11 é escolhido pelo garçom colorado e, com liberdade, solta a bomba, que Marcos Felipe salva em espetacular saída da meta.

29min – Lindoso marca após cabeceio de Cuesta, mas lance é anulado por impedimento.

31min – SALVA A ZAGA! Taison e Edenilson tabelam com muita qualidade na altura da meia-lua. Com espaço, o camisa 10 percebe Yuri livre na esquerda e serve o 11, que finaliza rasteiro, mas travado por Luccas Claro.

33min – Taison por Guerrero. Muda o Clube do Povo.

34min – Luiz Henrique, Martinelli e Yago sacados. John Kennedy, Nenê e Matheus Martins entram.

38min – Nino, após cruzamento de Egídio, marca o segundo do Fluminense.

40min – PRA FOOOOOOORA! Cuesta pega a sobra de corte parcial da defesa e, com muita liberdade, enche o pé. Ela sai em tiro de meta para o Fluminense.

40min – Ganso sai, Wellington entra. Bobadilla também é novidade, escolhido para o lugar de Abel Hernández.

41min – Novidades no Clube do Povo. Boschilia e Palacios por Lindoso e Patrick.

45min – UH! Boschilia solta a bomba de fora da área e assusta.

45min – Mais cinco. Vamos a 50.

47min – É GOL! É GOL! É GOL! É GOL! É GOL! É GOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É DO INTEEER! É DE EDENIIIIIIIIIIIIIIILSON! É DO SUPERED! É DA ACADEMIA DO POVO! Heitor vira o jogo até Cuesta, que faz linda jogada pela direita, entorta a marcação e, com o pé direito, levanta na segunda trave. Entre Guerrero e Yuri, Edenilson aparece para repetir a dobradinha do primeiro gol e fazer o terceiro do Colorado!

O gol de Edenilson na voz da emissora oficial do Clube do Povo

49min – VITÓRIA DO INTER! E VITÓRIA COM QUATRO GOLS MARCADOS! E VITÓRIA COM GOL DE CENTROAVANTE! SABE POR QUÊ? PORQUE É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É DO CLUBE DO POVO! É DO BRABO, É DO HOMEM, É DO MEU CENTROAVANTE, É DO PISTOLERO! GOLAÇO! Fluminense pressiona em busca do empate, mas cede espaço para o contra-ataque, acionado por Palacios e puxado por Guerrero. O camisa nove invade a área pela direita e solta a bomba, rasteira, no canto. Clube do Povo tem 4, o rival fica com 2.

A Colorada narrou assim o tento de Guerrero

50min – JOGO ENCERRADO! VITÓRIA COLORADA!


Ficha técnica:

Internacional (4): Daniel; Renzo Saravia (Heitor), Bruno Méndez, Victor Cuesta e Moisés; Edenilson, Rodrigo Dourado, Rodrigo Lindoso (Carlos Palacios) e Patrick (Gabriel Boschilia); Taison (Paolo Guerrero) e Yuri Alberto. Técnico: Diego Aguirre.

Fluminense (2): Marcos Felipe; Samuel Xavier, Nino, Luccas Claro e Egídio; André e Martinelli (John Kennedy); Yago Felipe (Nenê), Ganso (Wellington Martins) e Luiz Henrique (Matheus Martins); Abel Hernández (Raúl Bobadilla). Técnico: Roger Machado.

Gols: Edenilson, aos 7’/1ºT e aos 47’/2ºT, Yuri Alberto, aos 13’/2ºT, e Paolo Guerrero, aos 49’/2ºT (I). Yago Felipe, aos 44’/2ºT, e Nino, aos 38’/2ºT (F).

Cartões amarelos: Yuri Alberto e Rodrigo Lindoso (I).

Arbitragem: Luiz Flávio de Oliveira (SP), auxiliado por Daniel Paulo Ziolli (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP). Quarto árbitro: Roger Goulart (RS). Árbitro de Vídeo (VAR): Wagner Reway (PB). Auxiliar do VAR: Oberto da Silva Santos (PB).

Estádio: Beira-Rio.

Bastidores da vitória em cima do Juventude

O Clube do Povo superou o Juventude, no último domingo (18/07), pela 12ª rodada do Brasileirão. Thiago Galhardo, no início do segundo tempo, marcou o gol da vitória colorada no Beira-Rio. Confira os bastidores da partida:

Pós-jogo: repercussão da vitória colorada no Beira-Rio

O Inter venceu o Juventude, na noite deste domingo (18/07), pelo placar de 1 a 0. O resultado, conquistado no Beira-Rio, encerra jejum indigesto do Clube do Povo, que ainda não havia vencido como mandante neste Brasileirão. Após o jogo, Diego Aguirre, técnico colorado, concedeu entrevista coletiva. Confira as principais aspas:

“Hoje, era fundamental a vitória. Depois de vários jogos sem vencer em casa, tínhamos que recuperar. Era um jogo perigoso, porque a gente tinha jogado quinta-feira no Paraguai, pela Libertadores, o que, às vezes, tira o foco, pois são jogos muito difíceis. Mas gostei da resposta do time, foi boa. Sinto que se entregaram, lutaram. Perdemos situações, poderíamos ter matado o jogo. Estou feliz por voltar a vencer.”

Diego Aguirre

“Somos o Inter, um time grande, e temos que pensar em coisas importantes. A ideia é brigar a cada jogo e buscar vitórias para ficar nos primeiros lugares. Temos que seguir jogo a jogo, não podemos pensar muito à frente. Precisamos pensar já no jogo de quinta. Temos um bom plantel, muitos bons jogadores, e confio que vamos ter coisas boas daqui para a frente.”

Diego Aguirre

Quem também falou depois do jogo foi Heitor. Dono da assistência para o gol de Thiago Galhardo, o lateral-direito destacou a importância da vitória deste domingo, além de projetar a jornada da próxima quinta-feira (22/07), quando o Inter vai a campo pela Libertadores, e comentar a jogada do tento do Clube do Povo. Assista: